Larissa Fidalgo Pereira de Barros

Acadêmica de Medicina na Universidade Federal Fluminense desde 2014.2. Atualmente participando de projetos de iniciação científica nas áreas de neurocirurgia e gastroenterologia, no Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP) e projetos de extensão no Programa de Controle de Tuberculose Hospitalar (PCTH) e Centro de Controle de Intoxicações (CCIn), ambos também no HUAP.

Informações coletadas do Lattes em 01/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Medicina

2014 - Atual

Universidade Federal Fluminense

Graduação interrompida em 2014 em Medicina

2014 - Interrompido

Universidade do Grande Rio
Ano de interrupção: 2014

Ensino Médio (2º grau)

2008 - 2010

Escola Sesc de Ensino Médio

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Curso de Semiologia Cardiovascular. (Carga horária: 22h). , Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.

2014 - 2014

Treinamento Básico de Suturas. (Carga horária: 7h). , Educação Continuada em Saúde, EDUSA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Fala Pouco, Lê Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Italiano

Fala Pouco, Lê Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Introduction of Neurosurgery for Medical Students. 2017. (Simpósio).

Simpósio da Medicina e Espiritualidade. 2017. (Simpósio).

IV Congresso Internacional Oncolgia D'OR. 2016. (Congresso).

IX Congresso Luso-Brasileiro de Pneumologia. CARACTERÍSTICAS DA TUBERCULOSE EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NO PERÍODO DE 2000 A 2014. 2016. (Congresso).

IX Simpósio de Emergências Médicas. 2016. (Simpósio).

XIV Congresso Brasileiro de Endoscopia Respiratória. CARACTERÍSTICAS DA TUBERCULOSE EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NO PERÍODO DE 2000 A 2014.. 2016. (Congresso).

XXXVIII Congresso Brasileiro de Pneumologia e Tisiologia. CARACTERÍSTICAS DA TUBERCULOSE EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NO PERÍODO DE 2000 A 2014. 2016. (Congresso).

Curso de Emergências Neurológicas. 2015. (Seminário).

IV Simpósio - Trauma Pediátrico: Desafios da Infância. 2015. (Simpósio).

Simpósio Doença de POMPE - HUAP- UFF. 2015. (Simpósio).

Experiências de um cirurgião do grupo Médicos sem Fronteira na África. 2014. (Seminário).

III Simpósio Internacional de Cardiologia. 2014. (Simpósio).

Sessão Clínica Atendimento ao politraumatizado. 2014. (Simpósio).

Sessão Clínica Neuroanatomia - Medula Espinhal. 2014. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Marcus André Acioly de Sousa

ESTUDO DA NEUROPLASTICIDADE POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NAS DOENÇAS COMPRESSIVAS DOS NERVOS PERIFÉRICOS; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade Federal Fluminense; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SOARES, R. L. S. ; COSTA, M. C. ; SAAD, M. A. ; SANTOS, M. M. ; PAES, J. L. ; MENEZES, G. M. ; BARROS, L. F. P. . Prevalence of Normal Endoscopic Findings in Women with Dyspeptic Symptoms ina Brazilian Community. Ann clin exp metabol , v. 2, p. 1024-1026, 2017.

  • GONCALVES, B. D. ; RODRIGUES, C. C. ; BELMAR, E. G. ; FERNANDES, C. B. ; BARROS, L. F. P. ; MESSIAS, I. R. ; PERES, T. M. ; LEMOS, R. P. . TUBERCULOSE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES DIAGNOSTICADOS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2000 A 2014.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONCALVES, B. D. ; RODRIGUES, C. C. ; BELMAR, E. G. ; FERNANDES, C. B. ; BARROS, L. F. P. ; MESSIAS, I. R. ; PERES, T. M. ; LEMOS, R. P. . CARACTERÍSTICAS DA TUBERCULOSE EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NO PERÍODO DE 2000 A 2014.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONCALVES, B. D. ; RODRIGUES, C. C. ; BELMAR, E. G. ; FERNANDES, C. B. ; BARROS, L. F. P. ; MESSIAS, I. R. ; PERES, T. M. ; LEMOS, R. P. . TUBERCULOSE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES DIAGNOSTICADOS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2000 A 2014.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Prevalence of Intolerance to milk in adults in Brazil -Rio de Janeiro, Descrição: Background and motivation Gastrointestinal symptoms are the most common manifestations of allergy and intolerance food. ,About one-third of the north american people changed your diet in function of these symptoms over the past few years. However,in most of the times the hypersensitive skin prick tests are negative and no correlating with the clinical complaints. Milk allergy and intolerance to cow's milk are different terms used often interchangeably, resulting in confusion in clinical practice. Milk allergy cow is an IgE-mediated reaction to cow?s (casein, Alpha-lactalbumin and betalactoglobulina) and involving the gastrointestinal tract, skin, respiratory system or multiple systems). Intolerance to cow's milk refers to non-immunological reactions to cow's milk,understanding disorders of digestion and absorption of lactose caused by lactase deficiency, being more frequent in the paediatric population. The symptoms and signs of lactose intolerancecan simulate other gastrointestinal diseases, functional, such as the functional dispepsy (FD) and irritable bowel syndrome (IBS), and can simulate organic diseases also, as inflammatory intestinal diseases(DII) and Celiac Disease (CD). The adult may display a spectrum of inespecific symptoms that include: borborygmus, abdominal distension, flatulence, nausea, diarrhoea, abdominal cramps, meteorism. Then, it is important to review the concept of milk allergy and intolerance in clinical practice and create innovative approach to this subject. In additon, the relative deficiency lactase deficiency in adults not Caucasians (mostly in Latin america and the Caribbean) was questioned recently . Until recently it was considered that the primary lactose intolerance was more frequent among adults in the southern hemisphere, due to the composition of the population of this region, with predominance of indigenous populations and of African origin, however, current studies show that on the basis of genetic polymorphism found in these populations in the south hemisphere , the profile of the lactase enzyme activity is similar to that found in the northern hemisphere. Currently, we have evidencces that lactase persistence in adult population, is not restrictedonly to Caucasian populations. The clinical data available in the literature are scarce. and justify the clinical and epidemiological investigation of the correlation between milk intolerance clinical perception digestive symptoms in the non-caucasian adult population We believe that the present study may contribute to diagnostic and therapeutic of functional digestive disorders .. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (1) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Larissa Fidalgo Pereira de Barros - Integrante / Rosa Leonôra Salerno Soares - Coordenador / Maria Auxiliadora Saad - Integrante / Juliana Leandro Paes - Integrante / Glauber Marcius Menezes - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Prevalência e Fatores Associados à Constipação Intestinal em Mulheres na Pós-Menopausa do Hospital Universitário Antonio Pedro - HUAP, Descrição: A constipação intestinal (CI) é a queixa digestiva mais comum na população geral, sendo mais frequente nas mulheres, maiores que 60 anos e em sedentários. As principais causas da constipação crônica são alterações primárias do intestino, alterações metabólicas, alterações neurológicas e alterações decorrentes do uso de medicações. A cronicidade dos sintomas, a falta de orientação terapêutica adequada e o uso abusivo de laxantes podem ter como conseqüências o surgimento de outras patologias, tais como: doença diverticular do cólon, hemorróidas, fissuras anais e fecalomas com impactação fecal. Os critérios para caracterizar a CI são heterogêneos, dificultando assim, estimativas de prevalência em comparações entre estudos clínicos. Entretanto sabe-se que a CI constitui um problema freqüente na população feminina, especialmente na fase pós-menopáusica. De acordo com o consenso de Roma III, a definição de CI baseia-se em seis critérios: esforço ao evacuar, fezes endurecidas ou fragmentadas, sensação de evacuação incompleta, sensação de obstrução ou bloqueio anorretal, manobras manuais para facilitar as evacuações e menos de três evacuações por semana. Existem vários fatores associados à constipação tais como idade, sexo feminino, baixo nível sócio-econômico, baixa escolaridade, inatividade física, baixa ingestão calórica e o estilo de vida dos países industrializados. Entre os fatores que podem explicar essa maior prevalência em mulheres citam-se os danos causados aos músculos pélvicos e suas inervações, decorrentes de partos e cirurgias ginecológicas, e os prolapsos genitais, mais freqüentes após a menopausa, visto que neste período instala-se um quadro de hipoestrogenismo, associado a mudanças anatômicas e fisiológicas, que comprometem o assoalho pélvico e os esfíncteres. São raros os estudos que avaliaram a CI e os distúrbios da fisiologia anorretal em mulheres durante os anos climatéricos. Portanto o conhecimento precário acerca das disfunções da evacuação nessas pacientes. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Larissa Fidalgo Pereira de Barros - Integrante / Rosa Leonôra Salerno Soares - Coordenador / Juliana Leandro Paes - Integrante / Glauber Marcius Menezes - Integrante.

  • 2016 - Atual

    ESTUDO DA NEUROPLASTICIDADE POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NAS DOENÇAS COMPRESSIVAS, TRAUMÁTICAS E INFECCIOSAS DOS NERVOS PERIFÉRICOS, Descrição: Os objetivos são avaliar a reorganização cortical de pacientes portadores de neuropatias compressivas submetidos ao tratamento cirúrgico; avaliar as alterações microestruturais das substâncias branca e cinzenta em pacientes com neuropatias compressivas idiopáticas; avaliar as alterações estruturais por neurografia por RM em pacientes com doenças compressivas, traumáticas e infecciosas dos nervos periféricos; e correlacionar os achados da RMf com os parâmetros clínicos e eletrofisiológicos pré- e pós-operatórios das síndromes compressivas, traumáticas e infecciosas. Serão incluídos pacientes acometidos por doença compressiva dos nervos periféricos, sintomáticos com indicação de tratamento cirúrgico, pacientes acometidos por doença compressiva de nervos periféricos no escopo da Hanseníase com indicação de tratamento cirúrgico, pacientes com lesões traumáticas de nervos periféricos, além de controles saudáveis pareados por idade e gênero. Os sujeitos serão submetidos a avaliação clínica e eletrofisiológica completa, além de ressonância magnética funcional com intervalos pré-estabelecidos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Larissa Fidalgo Pereira de Barros - Integrante / Marcus Andre Ancioly de Sousa - Coordenador / Jonadab dos Santos Silva - Integrante / Fernanda Rueda - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional