Elaine Barbosa

Elaine Barbosa, é Advogada. Membro do Instituto de Cultura e Consciência Negra Nelson Mandela. Membro do grupo de pesquisa do grupo de pesquisa Formação de professores, Pedagogias Decoloniais, currículo e interculturalidade: agendas emergentes na escola e na universidade na UNIRIO. Desenvolve pesquisa nas áreas da Educação, Direito com mulheres em situação de cárcere e processos de aprendizagens direcionados aos aportes na América Latina. Desenvolve pesquisas pautadas na crítica pós-colonial, educação e interculturalidade, narrativas subalternas, decolonização do pensamento, Feminismo Decolonial, Movimentos sociais, criminologia crítica e as dificuldades da inserção do egresso penitenciário brasileiro no mercado de trabalho e à educação. Graduada em Direito pela Universidade Gama Filho, Pós- graduada em Direito do Trabalho (UCAM) e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de janeiro com pesquisa titulada de : APRENDIZAGENS DECOLONIAIS A PARTIR DAS CARTAS DE MULHERES ENCARCERADAS: UM ESTUDO SOBRE O MOVIMENTO NEGRO EDUCADOR.

Informações coletadas do Lattes em 11/12/2018

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Educação

2016 - 2017

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Título: APRENDIZAGENS DECOLONIAIS A PARTIR DAS CARTAS DE MULHERES ENCARCERADAS: UM ESTUDO SOBRE O MOVIMENTO NEGRO EDUCADOR,Ano de Obtenção: 2017
Cláudia Miranda.Coorientador: Cláudia Miranda.

Especialização em Direito e processo do trabalho

2013 - 2013

Universidade Candido Mendes
Título: Do Direito do Trabalho da mulher: da Igualdade e proteção
Orientador: Arnaldo Pereira magalhães

Graduação em Direito

2006 - 2011

Universidade Gama Filho
Título: Da Ação Afirmativa ao alcance do Princípio da Igualdade e Dignidade da Pessoa Humana
Orientador: Maria Paulina Gomes
Bolsista do(a): Universidade Gama Filho, UGF, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Advogada Trabalhista e consultoria.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Membro da Comissão de Igualdade Racial OAB/RJ.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Membro da Comissão Estadual da Verdade da escravidão negra no Brasil - CEVENBRJ.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MIRANDA, C. ; BARBOSA, E. ; Silva, R.C ; SILVA, S. M. V. ; PIMENTEL, F. ; GOMES, D. D. F. . I encontro da Rede Carioca de Etnoeducadoras Negras. 2015. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Seminário Gênero, Feminismos, e Sistema de Justiça.Mulher encarcerada, Sistema carcerário, Controle social punitivo, Cartas. 2018. (Seminário).

II encontro de educação e ralações étinco-raciais .Racismo o que a universidade tem a ver com isso ? Diálogos e intervenções antirracistas.Cotas e políticas de combate ao racismo: um pensamento decolonial. 2017. (Encontro).

III ENCONTRO DA REDE CARIOCA DE ETNOEDUCADORAS NEGRAS. 2017. (Encontro).

Seminário sobre o Relatório da Comissão da Escravidão Negra e suas consequências,.Colonialismo e Escravidão. 2017. (Seminário).

3° Conferência Estadual de Diretos Humanos do Rio de Janeiro. 2016. (Outra).

5° Seminário interdisciplinar em Sociologia e Direito.Os pareceres que Oliveira Vianna, consultor jurídico do Ministério do Trabalho, indústria e comércio, na construção do Direito do Trabalho. 2015. (Seminário).

Entrega do relatório parcial da Comissão Estadual da Verdade da Escravidão Negra no Brasil - OABRJ.. 2015. (Outra).

I COPENE SUDESTE. Ser mulher e negra: Reflexos da colonialidade sobre a exploração sexual de mulheres negras. 2015. (Congresso).

I ENCONTRO DA REDE CARIOCA DE ETNOEDUCADORAS NEGRAS.conversar interdisciplinares sobre o multiculturalismo crítico. 2015. (Encontro).

KIZOMBA: Feira de africanidades do Colégio Pedro II. Direito e Justiça. 2015. (Feira).

VIII seminário internacional - As redes educativas e as tecnologias : Movimentos sociais e a educação.O impacto dos movimentos sociais no sistema penitenciário: Entre cartas e diálogos interculturais através da educação em rede. 2015. (Seminário).

VI JUBRA - UFRJ.Juventude e criminalização da pobreza: Implicações do estigma e da ausência de direitos frente ao crescimento da presença feminina do Sistema carcerário.. 2015. (Simpósio).

V semana de educação da UNIRIO: Trilhas e Trilhos?.Narrativas de detentos do regime fechado e transgressões possíveis: viagens imaginárias a partir da redação de cartas. 2015. (Simpósio).

XXII Conferência Nacional dos Advogados. 2014. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Rafael Carlos Pizano Marino

Silva, R.C;BARBOSA, E.. Reflexões sobre a organização do tempo e dos espaços na educação infantil de tempo integral. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Camille Final dos Santos Campos Silva

Silva, R.C;BARBOSA, E.. Plasticidade Neuronal: Um conceito da Neurociência como subsídio para refletir sobre a prática pedagógica. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Mário Augusto Moreira Suruagy

SURUAGY, Mário Augusto Moreira. Da ação afirmativa ao alcance do princípio da igualdade e da dignidade da pessoa humana. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em direito) - Universidade Gama Filho.

Neidy Márcia de Souza Silva

SILVA, Neidy Márcia de Souza. Residência em Serviço Social. 2003. Outra participação, Hospital Universitário Pedro Ernesto.

Luciana Boiteux de Figueiredo Rodrigues

BOITEUX, Luciana; MIRANDA, Claudia; ANDRADE, Eliana Ribeiro. Aprendizagens decoloniais a partir das Cartas de Mulheres Encarceradas: um estudo sobre o movimento negro educador. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Luciana Boiteux de Figueiredo Rodrigues

BOITEUX, Luciana; MIRANDA, Claudia; ANDRADE, Eliane Ribeiro. Aprendizagens outras no ICCNNM: o trabalho a partir das cartas de mulheres encarceradas. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

MARIA PAULINA GOMES

Da ação Afirmativa ao alcance do Principio da Igualdade e Dignidade da Pessoa humana; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Universidade Gama Filho; Orientador: Maria Paulina Gomes;

Claudia Miranda

Aprendizagens decoloniais a partir das cartas de mulheres encarceradas: um estudo sobre o movimento negro educador; 2018; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação - PPGEdu) - UNIRIO - Programa de Pós-graduação em Educação/PPGdu,; Orientador: Claudia Miranda;

Bianca Walsh

?O gênero comercial de TV: produção textual; ?; 2007; Orientação de outra natureza; (Licenciatura) - Universidade Federal Fluminense, Pró-docência; Orientador: Bianca Walsh;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SOUZA NETO, N. S. ; BARBOSA, E. . Os pareceres que Oliveira Vianna, consultor jurídico do Ministério do Trabalho, indústria e comércio, na construção do Direito do Trabalho. In: 5° Seminário Interdisciplinar em Sociologia e Direito, 2016, Rio de Janeiro. 5° Seminário Interdisciplinar em Sociologia e Direito, 2016.

  • BARBOSA, E. . Narrativas de detentos do regime fechado e transgressões possíveis: viagens imaginárias a partir da redação de cartas. In: V Semana de educação da UNIRIO : Trilhas e Trilhos, 2015, Rio de Janeiro. V Semana de educação da UNIRIO : trilhos e Trilhas, 2015.

  • Silva, R.C ; BARBOSA, E. . Ser mulher e negra: Reflexos da colonialidade sobre a exploração sexual de mulheres negras. In: I COPENE Sudeste, 2015, Rio de Janeiro. I COPENE Sudeste, 2015.

  • BARBOSA, E. . O Impacto dos movimentos sociais no sistema penitenciário: entre cartas e diálogos interculturais através da educação em rede. In: VIII Seminário Internacional Redes educativas e as tecnologias: Movimentos sociais e Educação, 2015, Rio de Janeiro. VIII Seminário Internacional Redes educativas e as tecnologias: Movimentos sociais e Educação, 2015.

  • BARBOSA, E. . INTERLOCUÇÕES POSSÍVEIS ENTRE O INSTITUTO NELSON MANDELA: ENUNCIAÇÕES SOBRE AS MULHERES NEGRAS ENCARCERADAS. In: 13° mundos de mulheres e fazendo gênero 11, 2017, Florianópolis. INTERLOCUÇÕES POSSÍVEIS ENTRE O INSTITUTO NELSON MANDELA: ENUNCIAÇÕES SOBRE AS MULHERES NEGRAS ENCARCERADAS, 2017.

  • BARBOSA, E. ; BARBOSA, E. . Narrativas de detentos do Regime fechado e transgressões possíveis: viagens imaginárias a partir da redação de cartas. In: V Semana de educação da UNIRIO : Trilhas ou Trilhos?, 2015, Rio de Janeiro. V Semana de Educação da UNIRIO : trilhos ou Trilhas?, 2015. v. 1. p. 57-60.

  • Silva, R.C ; BARBOSA, E. . Juventude e Criminalização da pobreza: Implicações do estigma e da ausência de direitos frente ao crescimento da presença feminina no Sistema carcerário.. In: VI JUBRA, 2015, Rio de Janeiro. VI JUBRA, 2015.

  • BARBOSA, E. . Colonialismo e Escravidão. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BARBOSA, E. . Cotas e Políticas Públicas de combate ao racismo: um pensamento decolonial. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • BARBOSA, E. . Entre as cartas de mulheres do cárcere: narrativas do sujeito feminino e aprendizagens decoloniais na perspectiva dos direitos humanos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BARBOSA, E. . Cartas de mulheres do cárcere: Interlocuções possíveis entre o Instituto Nelson Mandela e o campo educacional. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BARBOSA, E. . Significações do crescimento da presença feminina non sistema carcerário: Narrativas de mulheres negras através das cartas do Instituto Nelson Mandela. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BARBOSA, E. . Entre as cartas de mulheres do cárcere : narrativas do sujeito feminino e aprendizagens decoloniais para o campo educacional. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BARBOSA, E. . Relações de educação e do trabalho prisional nas regiões. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • BARBOSA, E. . O Impacto dos movimentos sociais no sistema penitenciário: entre cartas e diálogos interculturais através da educação em rede. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Silva, R.C ; BARBOSA, E. . Ser mulher e negra: Reflexos da colonialidade sobre a exploração sexual de mulheres negras. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Silva, R.C ; BARBOSA, E. ; MIRANDA, C. . Juventude e Criminalização da pobreza: Implicações do estigma e da ausência de direitos frente ao crescimento da presença feminina no Sistema carcerário.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • BARBOSA, E. . Narrativas de detentos do regime fechado e transgressões possíveis: viagens imaginárias a partir da redação de cartas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SOUZA NETO, N. S. ; BARBOSA, E. . Os pareceres que Oliveira Vianna, consultor jurídico do Ministério do Trabalho, indústria e comércio, na construção do Direito do Trabalho. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PRUDENTE, W. R. ; BARBOSA, E. . relatório parcial da Comissão Estadual da Verdade da Escravidão Negra no Brasil - OABRJ.. 2015. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    Como a Educação Intercultural impacta as políticas e as práticas curriculares no Brasil e na Colômbia: um estudo comparado sobre a participação dos movimentos pedagógicos e as perspectivas de gestores/as e etnoeducadores/as., Descrição: Visa dar prosseguimento às investigações iniciadas no ano de 2009, e que passamos a desenvolver no âmbito do Grupo de Estudos e Pesquisas Formação de Professores, Currículo (s), Interculturalidade e Pedagogias Decoloniais (GFPPD). Nosso foco está nos ?Movimentos Pedagógicos? no Brasil e na Colômbia que defendem outras pedagogias para a descolonização dos currículos formais e praticados, tais como a Rede Carioca de Etnoeducadoras Negras (Rio de Janeiro) e a Red de Maestros e Maestras Tras los Hilos de Ananse (Bogotá) em um trabalho de fortalecimento e promoção das ações de cooperação dos respectivos coletivos. Trata-se da consolidação de uma investigação pautada nos impactos alcançados pela cooperação entre redes dinamizadas por intelectuais orgânicos, estudantes e educadoras/es vinculadas/os aos processos emancipatórios e decoloniais rumo a outras epistême , e des-aprendizagens/re-aprendizagens. Ratificamos o ideário que passa pelo reconhecimento da importância da pesquisa comparada com o foco nos países da América Latina e Caribe e se consolida como intervenção sociopolítica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Elaine Barbosa - Integrante / Rejane Costa da Silva - Integrante / Cláudia Miranda - Coordenador / Danielle de Deus França Gomes - Integrante / Jhon Henry Arboleda - Integrante / Fanny Milena Quiñones Riascos - Integrante / Ralphen Rocca Musauer - Integrante / Fernando Guimarães Pimentel - Integrante / Celso Sánchez Pereira - Integrante / Ana Beatriz da Silva - Integrante / Catalina Revollo Pardo - Integrante / Rafael dos Santos Lázaro - Integrante / Leonardo V. de Castro - Integrante / Dilson Miklos Pereira - Integrante / Aline Cristina Oliveria do Carmo - Integrante / Renato Siqueira - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Grupo de Estudos e Pesquisas Formação de Professores/as, Currículo (s), Interculturalidade e Pedagogias Decoloniais - GFPPD, Descrição: Descrição: Objetiva entender a transposição/mediação cultural, a diversidade das/nas práticas curriculares e as interseções viáveis entre a escola e a universidade públicas. Mapear aspectos sobre o cotidiano escolar com base nos Estudos Culturais, os Estudos da Educação das Relações Étnico-raciais, da Sociologia das Desigualdades, da Antropologia e dos Estudos do Cotidiano em Educação. Entender e analisar as formas de consolidação de espaços mais interculturais e menos monolíticos na interseção escola-universidade.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (6) .. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Elaine Barbosa - Integrante / Rejane Costa da Silva - Integrante / Cláudia Miranda - Coordenador / Fernando Pimentel - Integrante / Sonia Maria Vieira da Silva - Integrante / Ana Luisa Nascimento - Integrante / Danielle de Deus França Gomes - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

DIVISION B-CURRICULUM STUDIES ELLA BAKER/SEPTIMA CLARK HUMAN RIGHTS AWARD, AMERICAN EDUCATIONAL RESEARCH ASSOCIATION.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional