Denis Richter

Possui graduação em Geografia (Licenciatura) pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí (1999), mestrado (2004), doutorado (2010) em Geografia pela Universidade Estadual Paulista - Unesp, Campus de Presidente Prudente/SP e pós-doutorado (2018) pela Universidad Autónoma de Madrid (Espanha). Atualmente é professor no curso de Graduação e Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás (UFG), no Instituto de Estudos Socioambientais (IESA), e participa do Laboratório de Ensino e Pesquisa em Educação Geográfica (LEPEG), do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Educação Geográfica (NEPEG), da Rede Latino-americana de Investigadores de Didática de Geografia (REDLADGEO) e é líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Cartografia para Escolares (GECE). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Ensino de Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: cartografia para escolares, didática da geografia e formação de professores.

Informações coletadas do Lattes em 14/08/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Geografia

2006 - 2010

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Raciocínio Geográfico e Mapas Mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do Ensino Médio
Fátima Aparecida Dias Gomes Marin. Palavras-chave: Geografia; Ensino de Geografia; Representação Cartográfica; Escala Geográfica.Grande área: Ciências Humanas

Mestrado em Geografia

2002 - 2004

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Professor(a), para que serve este ponto aqui no mapa? A construção das noções espaciais e o ensino da Cartografia na formação do Pedagogo(a).,Ano de Obtenção: 2004
Profa. Dra. Fátima Aparecida Dias Gomes Marin.Palavras-chave: Ensino de Geografia; Representação Cartográfica; Ensino-aprendizagem; Epistemologia Genética; Formação de Professores.Grande área: Ciências HumanasSetores de atividade: Educação Superior.

Graduação em Geografia Licenciatura Plena

1996 - 1999

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul
Título: Geografia e Cartografia - uma abordagem ao ensino fundamental
Orientador: Prof Msc. Célia Atkinson

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2017 - 2018

Pós-Doutorado. , Universidad Autónoma de Madrid, UAM, Espanha. , Grande área: Ciências Humanas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2000 - 2000

Capacitação Em Informática Educativa. (Carga horária: 63h). , Núcleo de Tecnologia Educacional, NTE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana/Especialidade: Ensino de Geografia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

RICHTER, D. . 5º Colóquio Internacional da Rede Latino-americana de Investigadores de Didática de Geografia. 2018. (Congresso).

RICHTER, D. . VIII Fórum NEPEG de Formação de Professores de Geografia. 2016. (Congresso).

RICHTER, D. ; BUENO, M. A. ; MORAES, L.B. de . IX Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares. 2016. (Congresso).

RICHTER, D. ; CAVALCANTI, L. S. ; BARBOSA, M. E. . XI Seminário Educação e Cidade e V Colóquio do LEPEG: escola, práticas sociais e (des)caminhos do planejamento urbano. 2015. (Congresso).

RICHTER, D. . VII Fórum NEPEG de Formação de Professores de Geografia. 2014. (Congresso).

RICHTER, D. . VI Fórum NEPEG de Formação de Professores: Didática da Geografia - avanços teóricos e metodológicos. 2012. (Congresso).

RICHTER, D. . XI Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia. 2011. (Congresso).

RICHTER, D. . IX ENANPEGE (Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação em Geografia). 2011. (Congresso).

RICHTER, D. . VIII Jornada de Educação da FACLEPP. 2007. (Congresso).

RICHTER, D. . VII Jornada de Educação da Faclepp/Unoeste. 2006. (Congresso).

RICHTER, D. . V Encontro Nacional de Ensino de Geografia - Fala Professor. 2003. (Congresso).

RICHTER, D. . I Semana da Engenharia Ambiental e V Semana da Geografia. 2003. (Congresso).

RICHTER, D. ; BUENO, M. A. ; MORAES, L.B. de . IX Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares. 2016. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

5º Colóquio Internacional da Rede Latino-Americana de Investigadores de Didática de Geografia.A CARTOGRAFIA ESCOLAR NO ENSINO DE GEOGRAFIA: uma análise sobre as práticas docentes na Espanha e no Brasil. 2018. (Simpósio).

VIII Congresso Ibérico de Didática da Geografia. A cartografia escolar no Brasil e na Espanha: uma análise teórica preliminar. 2017. (Congresso).

4º Colóquio Internacional de Investigadores en Didáctica de la Geografía.Geografia e ensino de cidades: a percepção espacial dos alunos do ensino médio sobre o planejamento urbano de Goiânia/Brasil. 2016. (Encontro).

IX Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares. O OLHAR DOS ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO DE GOIÂNIA: PERSPECTIVAS PARA PENSAR O PLANEJAMENTO URBANO. 2016. (Congresso).

I Semana Integrada de Geografia.Técnicas e práticas de espacialização geográfica. 2014. (Encontro).

VIII Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares.Os mapas mentais no ensino médio de Geografia: contribuições para as práticas escolares de professores do ensino médio. 2013. (Simpósio).

VI Seminário da Pós-Graduação em Geografia.Práticas curriculares e cotidianas no ensino de Geografia: perspectivas para a pesquisa. 2013. (Seminário).

XVI Semana da Geografia.O papel do professor na formação do indivíduo. 2013. (Outra).

VI Fórum NEPEG de Formação de Professores: Didática de Geografia - avanços teóricos e metodológicos.Os desafios da formação do professor de Geografia e sua articulação com a escola. 2012. (Encontro).

VIII Seminário Educação e Cidade e II Colóquio do LEPEG. 2012. (Seminário).

VIII Seminário Educação e Cidade e II Colóquio do LEPEG.Concepções e representação cotidianas na cidade. 2012. (Seminário).

XVI Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino.Formação e práticas docentes no anos iniciais do ensino fundamental e as dimensões espaciais. 2012. (Encontro).

III Semana Acadêmica de Geografia.Ensino de Geografia e Formação Docente: produção do espaço, linguagens e papel social.. 2011. (Outra).

IV EDIPE - Encontro de Didática e Práticas de Ensino.Grupo de Trabalho de Geografia. 2011. (Encontro).

V Encontro de Geografia: novas abordagens para novas perspectivas.Os mapas mentais no ensino de Geografia. 2011. (Encontro).

XI Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia.Cidade e cidadania: a abordagem do global e do local no ensino de Geografia. 2011. (Encontro).

XI Semana de Geografia e IV Encontro de Estudantes de Licenciatura em Geografia.Perspectivas para a Geografia: campos de atuação para os geógrafos. 2010. (Encontro).

10º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia.Conhecimento geográfico e Cartografia: produção e análise de mapas mentais por alunos do ensino fundamental e médio. 2009. (Encontro).

12o Encontro de Geógrafos da América Latina. 2009. (Congresso).

VIII Encontro Nacional da ANPEGE.A produção de mapas mentais de alunos do ensino médio: caminhos para a investigação do raciocínio geográfico. 2009. (Encontro).

IX Jornada de Educação da FACLEPP. 2008. (Outra).

9º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia.Onze anos se passaram... Será que desenvolvi um raciocínio geográfico? O ensino de Geografia e da Cartografia no ensino médio.. 2007. (Encontro).

Encontro de Geógrafos da América Latina.A formação do Pedagogo e a Alfabetização Cartográfica: análises, possibilidades e perspectivas.. 2007. (Encontro).

ENEPE - Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão da UNOESTE. 2007. (Encontro).

II Simpósio: "A prática de ensino em questão". 2007. (Simpósio).

VII Simpósio de Iniciação Científica. 2006. (Simpósio).

8º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia.A construção das noções espaciais e o ensino da Cartografia nos cursos de Pedagogia.. 2005. (Encontro).

ENEPE - Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão da Unoeste.Avaliação docente: sentido, fontes, instrumentos e uso dos resultados.. 2005. (Encontro).

I Fórum de Auto-Avaliação Institucional - Unoeste/Sinaes.. 2005. (Outra).

V Fórum Social Mundial. 2005. (Outra).

VI Jornada de Educação e I Semana de Extensão dos Cursos de Licenciatura da Faclepp. 2005. (Outra).

VI Simpósio de Iniciação Científica. 2005. (Simpósio).

I Encontro de Estudantes de Licenciatura em Geografia.Como está a relação pesquisa/ensino em Geografia.. 2004. (Encontro).

7º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia.Da sala dos professores à sala de aula. 2003. (Encontro).

I Semana da Engenharia Ambiental e V Semana da Geografia. 2003. (Outra).

V Encontro Nacional de Ensino de Geografia - Fala Professor.Cansei de levar mapas em minhas aulas. Eles não entendem mesmo! A relação entre a formação do professor e os mapas.. 2003. (Encontro).

V Encontro Regional: Educadores em Defesa da Água. 2003. (Encontro).

XXIII Encontro Estadual de Geografia.Formação de professor na realidade escolar: a integração da Geografia nesta busca contínua. 2003. (Encontro).

I Encontro de Geografia da Unesp. 2002. (Encontro).

I Seminário Internacional de Novas Tecnologias em Educação. 2002. (Seminário).

XIII Encontro Nacional de Geógrafos.Trabalho de campo em microbacias hidrográficas urbanas: um compromisso com as águas. 2002. (Encontro).

XVIII Semana de Geografia.Do que se vê ao que se pensa: analisando uma atividade prática nas aulas de Geografia. 2002. (Outra).

IV Ciclo de Palestras - MIssões Jesuítico - Guarani - Semana Acadêmica de História e Geografia.IV Ciclo de Palestras - Missões Jesuítico - Guarani - Semana Acadêmica de História e Geografia. 2001. (Outra).

4º Encontro Nacional de Geógrafos.4.1.16. Mini-Curso: Mapas com Vida. 2000. (Oficina).

4º Encontro Nacional de Geógrafos.4.1.15. Espaço de Diálogo: Materiais Didáticos Alternativos. 2000. (Outra).

XII Encontro Nacional de Geógrafos.4.1.14. XII Encontro Nacional de Geógrafos. 2000. (Encontro).

4º Encontro Nacional de Ensino de Geografia.4.1.9. 4º Encontro Nacional de Ensino de Geografia. 1999. (Encontro).

4º Encontro Nacional de Ensino de Geografia.4.1.10. Espaço de Diálogo Cartografia e Ensino de Geografia. 1999. (Outra).

51ª Reunião Anual da SBPC.4.1.8. 51ª Reunião Anual da SBPC. 1999. (Outra).

III Jornada Estadual Nossas Práticas, Nossos Desafios.4.1.12. III Jornada Estadual Nossas Práticas, Nossos Desafios. 1999. (Outra).

Semana Acadêmica dos Cursos de Geografia e História.4.1.11. Semana Acadêmica dos Cursos de Geografia e História. 1999. (Outra).

VII Seminário de Iniciação Científica da Unijuí.4.1.13. VII Seminário de Iniciação Científica da Unijuí. 1999. (Seminário).

XIX Encontro Estadual de Geografia e VI Encontro Rio-Grandense de Estudantes de Geografia.4.1.7. XIX Encontro Estadual de Geografia e VI Encontro Rio-Grandense de Estudantes de Geografia. 1999. (Encontro).

III Colóquio Internacional de Estudos Fronteiriços e XVIII Encontro Estadual de Geografia.4.1.4. III Colóquio Internacional de Estudos Fronteiriços e XVIII Encontro Estadual de Geografia.. 1998. (Outra).

I Jornada Brasileira de Biogeografia.4.1.5. I Jornada Brasileira de Biogeografia. 1998. (Outra).

Semana Acadêmica do Curso de Geografia e II Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão.4.1.6. Semana Acadêmica do Curso de Geografia e II Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão. 1998. (Outra).

V Encontro de Cientistas Sociais e a Problemática Regional.4.1.2. V Encontro de Cientistas Sociais e a Problemática Regional. 1997. (Encontro).

XVII Encontro Estadual de Professores de Geografia.4.1.3. XVII Encontro Estadual de Professores de Geografia. 1997. (Encontro).

I Jornada de Geografia e História.4.1.1. I Jornada de Geografia e História. 1996. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Luciano Martins da Rosa

RICHTER, D.; DIAS, L.C.; DUARTE, T.S.; CARLOS, L.C.. A literatura de ficção como estratégia de educação geográfica: tradição inventada, modelação e discurso no Continente de São Pedro. 2019. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Gabriella Goulart Silva

BUENO, M. A.; SOUZA, V.L.C.A.;RICHTER, D.. Ensinar Geografia com a Cartografia: a contribuição dos mapas mentais no processo de ensino-aprendizagem dos alunos do Ensino Médio. 2019. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Gabriella Goulart Silva

Bueno, M.A.; SOUZA, V.L.C.A.;RICHTER, D.. Ensinar Geografia com a Cartografia: a contribuição dos mapas mentais no processo de ensino-aprendizagem de alunos do Ensino Médio. 2019. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Daniele Prates Macedo

RICHTER, D.; CARLOS, L.C.; SPIRONELLO, R. L.. Ensino de Geografia e Formação de Professores: estratégias pós-representacionais e a construção do pensamento (geo)espacial. 2018. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Pelotas.

Aluno: Ícaro Felipe Soares Rodrigues

BUENO, M. A.; CASTROGIOVANNI, A.C.;RICHTER, D.. Atlas para ensinar e aprender Geografia: o que faz deles escolares na construção do raciocínio geográfico. 2018. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Flávia Gabriela Domingos Silva

BUENO, M. A.;RICHTER, D.; SENA, C. C. R. G.. A escala cartográfica na ponta dos dedos: contribuição das maquetes táteis na construção da noção de proporção no espaço vivido. 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: David Luiz Rodrigues de Almeida

PINHEIRO, A.C.; REIS, C. M. M.;RICHTER, D.. Mapas mentais para o ensino de Geografia: práticas e reflexões em uma escola de Campina Grande/PB. 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Christiane Fernanda da Costa

PEZZATO, J. P.;RICHTER, D.; OSTI, A.. Representações do município de Rio Claro/SP: uma leitura da cartografia infantil. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Thiago Luiz Calandro

PEZZATO, J. P.;RICHTER, D.; MEDINILHA, A.. Memória e identidade em Jaguariaíva, PR: contribuição à Cartografia Escolar. 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Cláudia do Carmo Rosa

SOUZA, Vanilton Camilo de;RICHTER, D.; PIRES, L. M.. O estágio na formação do professor de Geografia: relações universidade e escola. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Denise Mota Pereira da Silva

LEITE, C. M. C.;RICHTER, D.; PELUSO, M. L.. Raciocínio geográfico e avaliação formativa: uma análise aplicada ao Ensino Médio. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Heitor Silva Sabota

BUENO, M. A.; PEREIRA, C. M. R. B.;RICHTER, D.. O movimento escoteiro e as contribuições da Educação não formal para o ensino de Geografia e Cartografia. 2014. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: José Nildo Frutuoso de Arruda

REIS, C. M. M.;RICHTER, D.; ALBUQUERQUE, M.A.M.. Potencialidades e limitações dos produtos de sensoriamento para o processo de ensino-aprendizagem de Geografia no ensino fundamental II. 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Suâmi Adballa-Santos

RICHTER, D.; STEINKE, V. A.; ARAUJO SOBRINHO, F. L.. Instrumentos educacionais para o ensino de Geografia: um estudo sobre a produção de videoaulas. 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Flávia Gabriela Domingos Silva

BUENO, M. A.; SENA, C. C. R. G.; SILVA, L. A.; CAVALCANTI, L. S.;RICHTER, D.. O que os olhos não veem a linguagem esclarece: a contribuição da mediação semiótica à elaboração do raciocínio geográfico pelo aluno com cegueira congênita. 2019. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Murilo Vogt Rossi

ALBUQUERQUE, M.A.M.;RICHTER, D.; PINHEIRO, A.C.; MORAIS, I. R. D.; CARVALHO, L. E. P.. A Cartografia Escolar frente à ciência geográfica renovada: uma questão socioespacial. 2019. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Wellington Alves Aragão

RICHTER, D.; CAVALCANTI, L. S.; PORTELA, M.O.B.; SOUZA, L. F.; CASTILHO, D.. A escala geográfica e o pensamento geografia: experiências com jovens escolares do ensino médio. 2019. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Natália Lampert Batista

CASSOL, R.; BECKER, E.L.S.;RICHTER, D.; SPIRONELLO, R. L.; KNOLL, G.F.; DAVID, C.. Cartografia escolar, multimodalidade e multiletramentos para o ensino de Geografia na contemporaneidade. 2019. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Maria Betanha Cardoso Barbosa

CAVALCANTI, L. S.; VALLERIUS, D. M.; BENTO, I.P.; MORAIS, E. M. B.;RICHTER, D.. A construção do conhecimento pedagógico do conteúdo sobre cidade na formação inicial do professor de Geografia, em Santarém-PA. 2018. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Robson Alves dos Santos

SOUZA, Vanilton Camilo de; SPIRONELLO, R. L.; LEITE, C. M. C.;RICHTER, D.; PIRES, L. M.. O professor de Geografia e o conhecimento docente: diálogos na construção do conhecimento profissional. 2017. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Thiara Vichiato Breda

CARNEIRO, C. D. R.; VEGA, A. G. L.;RICHTER, D.; LASTORIA, A. C.; PRADO, G. V. T.; CANTO, T. S.. ?Por que eu tenho que trabalhar lateralidade??: experiências formativas com professoras dos anos iniciais. 2017. Tese (Doutorado em Ensino e História de Ciências da Terra) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Auristela Afonso da Costa

Oliveira, J.O.; SENA, C. C. R. G.; SAMPAIO, A.A.M.; SOUZA, Vanilton Camilo de;RICHTER, D.. Cartografia Tátil: conhecimentos docentes mobilizados na formação de alunos cegos e com baixa visão, Rede Municipal de Educação de Goiânia/GO. 2017. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Ronaldo Goulart Duarte

CASTELLAR, S.M.V.;RICHTER, D.; OLIVEIRA, C.A.C.; ROBERTO, L.H.S.; SIMIELLI, M.E.R.. Educação geográfica, cartografia escolar e pensamento espacial no segundo segmento do Ensino Fundamental. 2016. Tese (Doutorado em Geografia (Geografia Humana)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Vânia Lúcia Costa Alves Souza

LEITE, C. M. C.; REIS Jr, D.F.C.;RICHTER, D.; GOMES, M. F. V. B.; CAVATHON, M. F. F.. A Cartografia como linguagem nas aulas de Geografia: desafios dos professores do Ensino Médio das escolas públicas do Distrito Federal. 2016. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Luis Alberto Martins Palhares de Melo

STEINKE, E.T.; SILVA, C.A.;RICHTER, D.; STEINKE, V. A.; LARANJA, R. E. P.. Capacitação do graduando do curso de Geografia em quantificação aplicada a Geografia.. 2015. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade de Brasília.

Aluno: IZABELLA PERACINI BENTO

CAVALCANTI, L. S.; CALLAI, H.C.;RICHTER, D.; SOUZA, Vanilton Camilo de; SILVA, E.I.. A mediação didática na construção do conhecimento geográfico: uma análise do processo de ensino e aprendizagem de jovens do ensino médio e da potencialidade do lugar. 2013. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Thiago Luiz Calandro

RICHTER, D.; PEZZATO, J. P.; ZACHARIAS, A. A.. Memória e lugar: espaço-tempo no ensino de Geografia. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia (Organizacao do Espaco)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: José Rodrigues de Carvalho

RICHTER, D.; SOUZA, L. F.; SOUZA, Vanilton Camilo de. Geografia, ensino e alteridades: discursos acerca de identidades e diferenças regionais e etnicorraciais no espaço das escolas públicas de Redenção/Pará. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Luline Silva Carvalho

SOUZA, Vanilton Camilo de; ASCENCAO, V. O. R.;RICHTER, D.. O pensamento geográfico como especificidade: formação inicial de professores de Geografia. 2018.

Aluno: Mateus Marchesan Pires

CAVALCANTI, L. S.; PEREIRA, C. M. R. B.;RICHTER, D.. Mediações simbólicas no ensino e aprendizagem geográfica: a potência das imagens fixas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Fabiana Rodrigues Oliveira Queiroz

ALVES, A. O.; PIRES, L. M.;RICHTER, D.. A mediação didática do professor pedagogo no ensino de conteúdos geográficos: o uso do desenho e do conceito de paisagem como possibilidade. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Magno Emerson Barbosa da Silva

CAVALCANTI, L. S.; Oliveira, J.O.;RICHTER, D.. O papel da violência urbana no processo (re)organização de espaço escolar no município de Goiânia. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Flávia Gabriela Domingos Silva

Bueno, M.A.; CAVALCANTI, L. S.;RICHTER, D.. O que os Olhos não veem a Linguagem Esclarece: Contribuição da Mediação Semiótica na Construção do Conceito de Lugar por Alunos com Cegueira Congênita.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Wellington Alves Aragão

CAVALCANTI, L. S.;RICHTER, D.; SOUZA, L. F.. A Escala Geográfica e o Raciocínio Geográfico: Uma Análise com Jovens Escolares do Ensino Médio a Partir do Conteúdo Indústria.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Vânia Lúcia Costa Alves Souza

LEITE, C. M. C.;RICHTER, D.; REIS Jr, D.F.C.. A Cartografia como linguagem nas aulas de Geografia: desafios dos professores do Ensino Médio das escolas públicas do Distrito Federal. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Maria Betanha Cardoso Barbosa

CAVALCANTI, L. S.; BENTO, I.P.;RICHTER, D.. Possibilidades de construção do conhecimento pedagógico do conteúdo: articulando saberes sobre a cidade na formação inicial do professor de Geografia. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Murilo Vogt Rossi

ALBUQUERQUE, M.A.M.; PINHEIRO, A.C.;RICHTER, D.; MELO, J.A.B.. As metodologias de ensino e aprendizagem geográficas não cartesianas dos professores de Geografia da Rede Municipal de João Pessoa/PB. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Daniel Mallmann Vallerius

CAVALCANTI, L. S.;RICHTER, D.; PEREIRA, C. M. R. B.. A construção do identidade profissional cidadã no estágio supervisionado em Geografia. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Robson Alves dos Santos

SOUZA, Vanilton Camilo de; PIRES, L. M.;RICHTER, D.. O professor de Geografia e o conhecimento docente: diálogos entre as disciplinas específicas com as disciplinas pedagógicas na construção do conhecimento profissional. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: IZABELLA PERACINI BENTO

CAVALCANTI, L. S.;RICHTER, D.; SOUZA, Vanilton Camilo de. A mediação didática na construção do conhecimento geográfico: uma análise do processo de ensino-aprendizagem de jovens escolares do ensino médio sobre a categoria lugar. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Gabriella Goulart Silva

RICHTER, D.; MORAES, L.B. de; BUENO, M. A.. Mapa mental no ensino de Geografia: uma metodologia de produção e representação do raciocínio geográfico do aluno do ensino médio. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Izabelle de Cássia Chaves Galvão

ALVES, A. O.; BARROS, J.R.;RICHTER, D.. As bases teórico-metodológicas para ensino do conteúdo de clima dos professores iniciantes de Geografia. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Manoel Victor Peres Araujo

CAVALCANTI, L. S.; PAULA, F.M.A.;RICHTER, D.. Cidadania, segregação e desigualdades sociais: desafios e possibilidades da Geografia Escolar em bairros periféricos da cidade de Goiânia/GO. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Janiane Divina dos Santos Honda

Bueno, M.A.; REIS, Geovana;RICHTER, D.. Políticas curriculares educacionais e atlas escolares municipais: contribuições para o estudo do lugar. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Samuel de Oliveira Mendes

MORAIS, E. M. B.; Oliveira, J.O.;RICHTER, D.. Os solos no ensino de Geografia e sua importância para a formação cidadã na Educação Básica. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Christiane Fernanda da Costa

PEZZATO, J. P.;RICHTER, D.; CHALUH, L. N.. Representações do município de Rio Claro/SP: uma leitura da cartografia infantil. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: MARCOS PITER LOPES

RICHTER, D.; MORAES, L.B. de; BUENO, M. A.. Mapas mentais e o ensino de Geografia na EAJA: desafios para as leituras cotidianas de um mundo global em um escola pública de Inhumas/GO. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Hugo Gabriel da Silva Mota

SOUZA, Vanilton Camilo de; MORAES, L.B. de;RICHTER, D.. O livro didático mediando a construção do conhecimento na formação continuada do professor de Geografia. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Magno Emerson Barbosa

ALVES, A. O.; MORAIS, E. M. B.;RICHTER, D.. As temáticas ambientais no ensino de Geografia: recontextualizando significados de ambiente na prática docente. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Cláudia do Carmo Rosa

SOUZA, Vanilton Camilo de; CAVALCANTI, L. S.;RICHTER, D.. O estágio na formação do professor de Geografia: entrelaces universidade e escola. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Heitor Silva Sabota

BUENO, M. A.;RICHTER, D.; SOBREIRA, P. H. A.. O movimento escoteiro e as contribuições do ensino não formal para o ensino de Cartografia e Geografia. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Diego Pinheiro Alencar

ARRAIS, T. P. A.;RICHTER, D.; CHAVEIRO, E. F.. Metropolização e mobilidade: análise dos deslocamentos para estudo na região metropolitana de Goiânia, 2010 a 2013. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Régis Rodrigues de Almeida

CAVALCANTI, L. S.;RICHTER, D.; BARREIRA, C. C. M. A.. A escola e a educação geográfica para uma formação voltada à participação popular no planejamento e gestão urbanos: um estudo de caso em municípios pequenos goianos. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Fernando Silva Magalhães

RICHTER, D.; Oliveira, J.O.; ALMEIDA, Maria Geralda de. A paisagem cultural da cidade de Goiás: percepção de moradores e visitantes. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: José Nildo Frutuoso de Arruda

RICHTER, D.; ALBUQUERQUE, M.A.M.; REIS, C. M. M.. Potencialidades e limitações dos produtos de sensoriamento para o processo de ensino-aprendizagem de Geografia no ensino fundamental II. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Priscilla Régia de Castro Pereira

RICHTER, D.; Bueno, M.A.; Oliveira, J.O.. Os conteúdos com bases matemáticas na Cartografia: uma avaliação do ensino-aprendizagem na Educação Fundamental. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Yara Pereira Santos

Oliveira, J.O.; ROMÃO, P.A.;RICHTER, D.. Mapeamento turístico colaborativo no município de São Domingos/GO. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Andressa Cristina Moreira de Almeida

BUENO, M. A.; ALVES, D.A.;Richter, Denis. O ENSINO DE GEOGRAFIA PARA SURDOS: UMA ESPACIALIZAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES ENTRE OS ANOS DE 2005 E 2018. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Uaquila Borges de Almeida

CAMPOS, L.R.; GOMES, R.R.F.;RICHTER, D.. O CONTEÚDO DE SOLO NO LIVRO DIDÁTICO DE GEOGRAFIA DO ENSINO MÉDIO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Maria Ferreira Queiroz

CAMPOS, L.R.; SILVA, A.R.;RICHTER, D.. O ENSINO DE CIDADE NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS1. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Laís Neves Pereira

MENDES, L. R.; RODRIGUES, C.;RICHTER, D.. Didática multissensorial e Geografia: o conceito de paisagem na construção da autonomia de alunos com deficiência visual. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Gabriel Vaz Romão

Oliveira, J.O.; ROMÃO, P.A.;RICHTER, D.. O uso da Cartografia na compreensão geográfica de eventos históricos relacionados à Segunda Guerra Mundial no 9º ano. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Marizete de Souza Cardoso

GOMES, M. F. V. B.; MENDES, L. R.;RICHTER, D.. A Cartografia Escolar na prática pedagógica do professor de Geografia na Educação Básica: um estudo de caso em Goiânia-GO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Gardênia Oliveira Alves Dias de Matos

JESUS, A.S.; LIMA, F.P.;RICHTER, D.. Degradação ambiental na área urbana de Silvânia/GO: o teatro de bonecos como instrumento de educação ambiental. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Isabela Rusconve Carvalho

JESUS, A.S.; LIMA, F.P.;RICHTER, D.. Conhecendo os solos de Silvânia/GO por meio da cartilha didática. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Daniel Souza Santos

SILVA, Rusvênia Luiza Batista Rodrigues da.; SOUZA, Vanilton Camilo de;RICHTER, D.. A Música no Processo de Ensino e Aprendizagem em Geografia na Educação Básica.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Rafael Francisco Santana Borges

OLIVEIRA, S. F.;RICHTER, D.. DESCARTE INCORRETO DO LIXO: UMA QUESTÃO AMBIENTAL NO SETOR PARQUE PARANAÍBA, ARAGOIÂNIA, GO. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Luana Nunes Martins de Lima

SILVA, V.C.P.;RICHTER, D.. Entre o esquecimento e a memória: o patrimônio que resiste e se revela em Pilar de Goiás. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Karollynne Geovana Nunes Rocha

CAVALCANTI, L. S.; SILVA, A.B. e;RICHTER, D.. O uso da fotografia e o ensino de cidade: experiência didática com a disciplina de Geografia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Thiago Aires Silva

RICHTER, D.; SOUZA, Vanilton Camilo de. A construção do conceito de paisagem por deficientes visuais: uma discussão acerca da inclusão escolar. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Cátia Oliveira Souza

RICHTER, D.; MORAIS, E. M. B.. O jornal impresso como recurso metodológico para tratar os problemas ambientais pelo ensino de Geografia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Gleibe Martins Tavares

RICHTER, D.; ALVES, A. O.; OLIVEIRA, S. F.. Análise das metodologias usadas pelos professores de Geografia para promoverem a Educação Ambiental nas escolas do município de Trindade/GO. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Magno Emerson Barbosa da Silva

RICHTER, D.; ALVES, A. O.. Internet e Climatologia: estratégia para o Ensino de Geografia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Eduardo de Matos Vieira

OLIVEIRA, S. F.;RICHTER, D.. Uma análise da eficiência do Programa Goiânia Coleta Seletiva. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Keila Alves de Campos Nunes

BENTO, I.P.;RICHTER, D.. A alfabetização cartográfica como meio para construção da linguagem dos mapas: encaminhamentos metodológicos para ensinar e aprender Cartografia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Rosineide Evangelista Ramos

RICHTER, D.; MORAIS, E. M. B.. O conceito de paisagem e seus desdobramentos no ensino de Geografia. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Sueli Lopes Gimenes

RICHTER, D.; PAES, P.C.D. Do esboço cartográfico ao mapa mental: caminhos para contribuir nas práticas escolares de Geografia do Ensino Médio. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Aluno: Jaqueline de Oliveira da Fonseca

RICHTER, D.; PAES, P.C.D. Geografia escolar e deficiente auditivo: desafios ao processo de ensino-aprendizagem. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Aluno: Régis Rodrigues de Almeida

RICHTER, D.; BENTO, I.P.; CAVALCANTI, L. S.. A formação inicial em Pedagogia e o ensino de Geografia: um diagnóstico dos projetos de formação, no estado de Goiás. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Flávia Gabriela Domingos Silva

RICHTER, D.; Bueno, M.A.; DIAS, M.E.S.. As formas invisíveis do espaço vivido: compreendendo o corredor do CEBRAV através de maquete e planta baixa tátil. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás.

RICHTER, D.. Comissão Examinadora do Concurso Público para Professor Adjunto do Departamento de Geociências. 2013. Universidade Federal de Juiz de Fora.

RICHTER, D.. Comissão Examinadora do Concurso Público para Professor Adjunto do Departamento de Geociências. 2013. Universidade Federal de Juiz de Fora.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Gilza Maria Zauhy Garms

MARIN, Fátima Aparecida Dias Gomes;GARMS, Gilza Maria Zauhy; CALLAI, Helena Copetti. Professor(a), para que serve este ponto aqui no mapa? A construção de noções espaciais e o ensino da cartografia na formação do(a) pedagogo(a). 2004. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Gilza Maria Zauhy Garms

MARIN, Fátima Aparecida Dias Gomes;GARMS, Gilza Maria Zauhy; GEBRAN, Raimunda Abou. Professor(a), para que serve este ponto aqui no mapa? A construção das noções espaciais e o ensino da cartografia na formação do(a) pedagogo(a): estamos preparados?. 2003. Outra participação, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Fátima Aparecida Dias Gomes Marin

MARIN, Fátima Aparecida Dias Gomes; GARMS, Gilza Maria Z; CALLAI, H. C.. Professor(a), para que serve este ponto aqui no mapa? A construção das noções espaciais e o ensino da cartografia na formação do(a) pedagogo(a). 2004. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Fátima Aparecida Dias Gomes Marin

MARIN, Fátima Aparecida Dias Gomes; LIMA, José Milton; GEBRAN, Raimunda Abou; Castelar, Sônia Maria Vanzella. Raciocínio geográfico e mapas mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do ensino médio. 2010. Tese (Doutorado em Geografia/ Des. Regional e Planej. Ambiental) - Faculdade de Ciências e Tecnologia Unesp.

Fátima Aparecida Dias Gomes Marin

MARIN, Fátima Aparecida Dias Gomes; GEBRAN, Raimunda Abou; LIMA, José Milton. Raciocínio Geográfico e Mapas Mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do ensino médio. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia/ Des. Regional e Planej. Ambiental) - Faculdade de Ciências e Tecnologia Unesp.

Fátima Aparecida Dias Gomes Marin

MARIN, Fátima Aparecida Dias Gomes. Professor(a), para que serve este ponto aqui no mapa? A construção das noções espaciais e o ensino de cartografia na formação do(a) pedagogo(a): estamos preparados?. 2003. Outra participação, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Raimunda Abou Gebran

GEBRAN, R. A.; CALLAI, H. C.; LIMA, José Milton; MARIN, F.A.D.G.; CASTELAR, S. M. V.. Raciocínio geográfico e mapas mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do ensino médio. 2010. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Raimunda Abou Gebran

GEBRAN, R. A.; LIMA, José Milton; MARIN, F.A.D.G.. Raciocínio Geográfico e Mapas Mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do ensino médio. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim

AMORIM, M. C. C. T.. Análise integrada: a cartografia no ensino de Geografia. 2002. Outra participação, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

José Milton de Lima

MARIN, F. A. D. G. M.;LIMA, J. M.; GEBRAN, Raimunda Abou; CALLAI, H. C.; CASTELAR, S. M. V.. Raciocínio Geográfico e Mapas Mentais: a leitura espacial do cotidiano dos alunos do Ensino Médio. 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pós- Graduação em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia.

José Milton de Lima

MARIN, F. A. D. G. M.; GEBRAN, Raimunda Abou;LIMA, J. M.. Produção do Espaço Geográfico. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós- Graduação em Geografia) - Faculdade de Ciências e Tecnologia.

Helena Copetti Callai

CALLAI, Helena Copetti; MARIN, Fátima Aparecida Dias Gomes; GARMS, Gilda Maria Zauhy. Professor(a), para que serve este ponto aqui no mapa? A construção das noções espaciais e o ensino da cartografia na formação do(a) pedagogo(a). 2004. Dissertação (Mestrado em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo.

Helena Copetti Callai

MARIN, F. A. D. G.;CALLAI, Helena Copetti; GARMS, G. M. A.. Produção do espaço geográfico. 2004. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Helena Copetti Callai

MARIN, F. A. D. G.;CALLAI, Helena CopettiCASTELLAR, Sonia Maria Vanzella; GEBRAN, R. A.; LIMA, J. M.. Raciocínio geográfico e mapas mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do ensino médio. 2010. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Arlete Aparecida Correia Meneguette

MENEGUETTE, A. A. C.; AMORIM, M.. Análise integrada: a cartografia no ensino de Geografia (Pré-projeto). 2002 - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Adsson José Rodrigues Luz

Geografia e Arte: a utilização da linguagem cinematográfica no ensino de Geografia; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; (Orientador);

Luana Maria Xavier Silva

A LINGUAGEM CARTOGRÁFICA NA ANÁLISE ESPACIAL DE HISTÓRIAS INFANTIS: a construção do conhecimento geográfico nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Heitor Silva Sabota

O ensino não-formal e a Geografia escolar: as relações e as proximidades entre as duas modalidades de ensino; Início: 2018; Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; (Orientador);

Lidiane Bezerra de Oliveira

Formação continuada do professor: a dinamização da aula expositiva de Geografia pela via reflexiva e colaborativa; Início: 2017; Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; (Orientador);

Gabriel Martins Cavallini

Os mapas mentais nos livros didáticos de Geografia do Ensino Médio: uma análise qualitativa da linguagem cartográfica; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; (Orientador);

Alyne Rodrigues Cândido Lopes

O ensino de Geografia e a linguagem cartográfica: os mapas mentais e sua contribuição para a formação continuada de professores de Geografia; 2018; Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Denis Richter;

Helena de Moraes Borges

A RELAÇÃO CAMPO-CIDADE NO ENSINO DE GEOGRAFIA: REPRESENTAÇÃO DO CAMPO NO CONTEXTO DE ESCOLAS URBANAS; 2017; Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Denis Richter;

Marcos Lopes Piter

Mapas mentais e o ensino de Geografia na EJA: desafios para leituras cotidianas e sua relação com os conteúdos escolares; 2015; Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás,; Orientador: Denis Richter;

Hugo Gabriel da Silva Mota

O LIVRO DIDÁTICO MEDIANDO A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO NA FORMAÇÃO CONTINUADA DO PROFESSOR DE GEOGRAFIA; 2015; Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás,; Orientador: Denis Richter;

Lais Rodrigues Campos

Uma Cartografia Escolar do lugar e da identidade territorial quilombola em Savaterra - PA; 2019; Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Denis Richter;

Pedro Moreira dos Santos Neto

O mapa e a Língua Brasileira de Sinais (Libras): possibilidades da linguagem cartográfica para construção do pensamento geográfico dos alunos surdos na Educação Básica; 2019; Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Denis Richter;

Priscylla Karoline de Menezes

Os cursos de licenciatura em Educação do Campo no Estado de Goiás e suas relações com os conhecimentos geográficos; 2018; Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Goiás, Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Ravenna Cardoso e Cruz

Operações do pensamento: contribuições para a prática docente em Geografia; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Gabriel Martins Cavallini

A linguagem cartográfica nos livros didáticos de Geografia do Ensino Médio: uma análise qualitativa dos mapas; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

João Paulo de Andrade Marques

As pesquisas sobre a escala cartográfica para o ensino de Geografia: uma análise da produção acadêmica entre 2000 a 2017; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Kamila Rodrigues Gomes

A utilização de jogos nas aulas de Geografia: o RPG no ensino dos conteúdos cartográficos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Glauciane Sant'Ana

O ensino de Geografia e a Cartografia Escolar no EJA: caminhos para desenvolver o pensamento espacial; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Daniel Lopes Reis

Ensinar Geografia com o Google Maps: potencialidades para aprender sobre a cidade; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Janilson Souza Dourado

O ensino de Geografia em escolas do campo: desafios para o processo de ensino-aprendizagem; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

João Victor Cordeiro Gama

Diversidade cartográfica para o ensino de Geografia: contribuições para o trabalho docente; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Diego Costa Guimarães

Mobilidade urbana e cotidiano: uma análise das práticas sociais dos alunos do Ensino Médio para as aulas de Geografia; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Delba de Jesus Lopes

A CARTOGRAFIA ESCOLAR NA PRÁTICA DO PROFESSOR PEDAGOGO NO 5o ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Wellington de Oliveira Lino

HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA SALA DE AULA: potencialidades para trabalhar com o ensino de Geografia; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Luana Maria Xavier Silva

A CONSTRUÇÃO DE MAPAS MENTAIS A PARTIR DE HISTÓRIAS INFANTIS: uma proposta metodológica para a aprendizagem de conteúdos geográficos nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Alyne Rodrigues Cândido Lopes

A contribuição dos mapas mentais para o ensino dos conteúdos geográficos; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Welber Soares da Silva

O lugar da feira livre no ensino de Geografia; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Abi - Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Rodrigo Franco Vespucci

O ensino do tema Cerrado nas aulas de Geografia: uma análise do trabalho docente; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Damiana Pereira de Sousa

A análise do conceito de território no livro didático de Geografia para o ensino médio; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Athos Marcos da Trindade

O desafio de ensinar-aprender Cartografia no Ensino Médio: uma análise das aulas de Geografia em duas escolas em Goiânia/GO; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Auera Vale Gonçalves

CARTOGRAFIA ESCOLAR E ATIVIDADES LÚDICAS: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Patrícia Lopes Gimenes

A CARTOGRAFIA ESCOLAR NA EDUCAÇÃO BÁSICA: UMA ANÁLISE DA PRÁTICA DOCENTE NO ENSINO DE GEOGRAFIA DA ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI (IVINHEMA/MS); ; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul; Orientador: Denis Richter;

Hellen Lauana Xavier de Souza

A construção de mapas mentais no ensino de Geografia: investigação dos desafios do planejamento urbano com base na percepção espacial dos alunos do 3º ano do Ensino Médio; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Lennon Cunha Lustosa

O ensino das dinâmicas socioeconômicas nas práticas escolares de Geografia no Ensino Médio: análise de conteúdo, da metodologia e dos desafios no trabalho docente; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

Alyne Rodrigues Cândido

Mapas mentais no ensino de Geografia: articulações entre conteúdos, conceitos e saberes; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Denis Richter;

William Fernando Camilo Queiroz

O ensino superior para os moradores do Bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?; 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Geografia) - Universidade do Oeste Paulista; Orientador: Denis Richter;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mônica Modesta Santos Decanini

Raciocínio Geográfico e Mapas Mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do Ensino Médio; 2010; Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho,; Coorientador: Mônica Modesta Santos Decanini;

João Paulo de Andrade Marques

As dificuldades da escala cartográfica: Uma analise documental do ensino cartográfico; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Geografia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: João Paulo de Andrade Marques;

Fátima Aparecida Dias Gomes Marin

Professor(a) para que serve este ponto aqui no mapa?A construção das noções espaciais e o ensino da cartografia na formação do(a) pedagogo(a): estamos preparados?; 2004; Dissertação (Mestrado em Pós graduação em Geografia - Presidente Prudente) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho,; Orientador: Fátima Aparecida Dias Gomes Marin;

Fátima Aparecida Dias Gomes Marin

Raciocínio geográfico e mapas mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do ensino médio; 2010; Tese (Doutorado em Geografia/ Des; Regional e Planej; Ambiental) - Faculdade de Ciências e Tecnologia Unesp,; Orientador: Fátima Aparecida Dias Gomes Marin;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • RICHTER, D. . O pensamento, o pensamento espacial e a linguagem cartográfica para a geografia escolar nos anos iniciais do ensino fundamental. Boletim Paulista de Geografia , v. 99, p. 251-267, 2018.

  • RICHTER, D. . A linguagem cartográfica no ensino de Geografia. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO EM GEOGRAFIA , v. 7, p. 277-300, 2017.

  • RICHTER, D. . As mudanças no ensino de Geografia para uma ação efetiva da Cartografia escolar. REVISTA GEOUECE , v. 3, p. 217-237, 2014.

  • RICHTER, D. ; BUENO, M. A. . As potencialidades da Cartografia escolar: a contribuição dos mapas mentais e atlas escolares no ensino de Geografia. REVISTA ANEKUMENE , v. 6, p. 9-19, 2013.

  • LOPES, A.R.C. ; RICHTER, D. . A construção de mapas mentais e o ensino de Geografia: articulações entre o cotidiano e os conteúdos escolares. Revista Eletrônica de Geografia Territorium Terram , v. 2, p. 2-12, 2013.

  • RICHTER, D. ; FARIA, G.G. de . CONHECIMENTO GEOGRÁFICO E CARTOGRAFIA: produção e análise de mapas mentais. Ateliê geográfico (UFG) , v. 5, p. 250-268, 2011.

  • RICHTER, D. ; Marin, Fátima Aparecida Dias Gomes ; Decanini, Mônica Modesta Santos . ENSINO DE GEOGRAFIA, ESPAÇO E LINGUAGEM CARTOGRÁFICA. MERCATOR (FORTALEZA. ONLINE) , v. 9, p. 163-178, 2010.

  • RICHTER, D. . ?Minha casa fica a 5 minutos de carro da casa do meu amigo?: a relação espaço-tempo na vivência urbana.. Revista Terra Livre , v. 1, p. 185-202, 2008.

  • RICHTER, D. . O ensino de geografia e suas possibilidades de leitura de mundo. FORMAÇÃO (PRESIDENTE PRUDENTE) , v. 1, p. 201-202, 2006.

  • RICHTER, D. ; BRAGA, F. S. ; FURKOTTER, M. . A informática no processo ensino-aprendizagem: contribuindo para uma nova escola. FORMAÇÃO (PRESIDENTE PRUDENTE) , Presidente Prudente/SP, v. 2, p. 247-258, 2003.

  • RICHTER, D. . Oficina: Técnicas de aprendizagem com o auxílio da Cartografia. Desenvolvimento Regional Turismo e Educação Ambiental, Porto Alegre: AGB-PA, v. 01, p. 217-222, 1999.

  • RICHTER, D. ; CAMPOS, L.R. (Org.) . Cartografia Escolar. 1. ed. Goiânia: Espaço Acadêmico, 2017. v. 1. 99p .

  • BUENO, M. A. ; Oliveira, J.O. ; RICHTER, D. ; MORAES, L.B. de . Atlas escolar municipal de Goiânia. 1. ed. Goiânia: Alfa, 2015. 114p .

  • RICHTER, D. ; CAVALCANTI, L. S. (Org.) . Aprender com a Cidade: Dinâmicas Econômicas da Região Metropolitana de Goiânia. 1. ed. Goiânia: Gráfica e Editora América, 2013. v. 1. 20p .

  • RICHTER, D. . O mapa mental no ensino de Geografia: concepções e propostas para o trabalho docente. 1. ed. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011. 270p .

  • RICHTER, D. ; STRAFORINI, R. ; ALVES, N. . Geografia 2º Ano - Coleção Tecendo Redes (livro do aluno). 1. ed. Rio de Janeiro: Edita, 2008. v. 1. 114p .

  • RICHTER, D. ; STRAFORINI, R. ; ALVES, N. . Geografia 2º Ano - Coleção Tecendo Redes (livro do professor). 1. ed. Rio de Janeiro: Edita, 2008. v. 1. 164p .

  • RICHTER, D. ; STRAFORINI, R. ; ALVES, N. . Geografia 3º Ano - Coleção Tecendo Redes (livro do aluno). 1. ed. Rio de Janeiro: Edita, 2008. v. 1. 142p .

  • RICHTER, D. ; STRAFORINI, R. ; ALVES, N. . Geografia 3º Ano - Coleção Tecendo Redes (livro do professor). 1. ed. Rio de Janeiro: Edita, 2008. v. 1. 182p .

  • RICHTER, D. ; STRAFORINI, R. ; ALVES, N. . Geografia 4º Ano - Coleção Tecendo Redes (livro do aluno). 1. ed. Rio de Janeiro: Edita, 2008. v. 1. 142p .

  • RICHTER, D. ; STRAFORINI, R. ; ALVES, N. . Geografia 4º Ano - Coleção Tecendo Redes (livro do professor). 1. ed. Rio de Janeiro: Edita, 2008. v. 1. 182p .

  • RICHTER, D. ; STRAFORINI, R. ; ALVES, N. . Geografia 5º Ano - Coleção Tecendo Redes (livro do aluno). 1. ed. Rio de Janeiro: Edita, 2008. v. 1. 142p .

  • RICHTER, D. ; STRAFORINI, R. ; ALVES, N. . Geografia 5º Ano - Coleção Tecendo Redes (livro do professor). 1. ed. Rio de Janeiro: Edita, 2008. v. 1. 182p .

  • RICHTER, D. ; OLIVEIRA, L.B. . O MAPA COMO RECURSO POTENCIALIZADOR DA AULA EXPOSITIVA DE GEOGRAFIA. In: Francisco Amorim do Santos. (Org.). ENSINO DE GEOGRAFIA ASPECTOS TEÓRICOS E PERSPECTIVAS METODOLÓGICAS. 01ed.Teresina: EDUFPI, 2018, v. 01, p. 75-86.

  • RICHTER, D. ; BUENO, M. A. . A importância da disciplina ?Cartografia Escolar? na formação do professor de geografia. In: Jussara Fraga Portugal. (Org.). Educação Geográfica: temas contemporâneos. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2017, v. 1, p. 189-203.

  • RICHTER, D. ; BARBOSA, M. E. . O estudo das dinâmicas econômicas da Região Metropolitana de Goiânia: reflexões e possibilidades para o trabalhar escolar. In: Flávia Maria de Assis Paula; Lana de Souza Cavalcanti; Vanilton Camilo de Souza. (Org.). Ensino de Geografia e Metrópole. 1ed.Goiânia: America, 2014, v. , p. 157-170.

  • RICHTER, D. . Os Desafios da Formação do Professor de Geografia: o Estágio Supervisionado e sua articulação com a escola.. In: Eunice Isaias da Silva; Lucineide Mendes Pires. (Org.). Desafios da Didática da Geografia. 1ed.Goiânia: Editora da PUC Goiás/NEPEG, 2013, v. , p. 107-123.

  • RICHTER, D. . Um olhar para os mapas mentais: os percursos e suas leituras do espaço. In: Maria Adailza Martins de Albuquerque; Joseane Abílio de Souza Ferreira. (Org.). Formação, pesquisa e práticas docentes: reformas curriculares em questão. 01ed.João Pessoa: Editora Mídia, 2013, v. 01, p. 183-218.

  • RICHTER, D. ; BOMTEMPO, Denise C ; LUPÉRCIO, M. R. . Antropologia e Sociologia aplicadas a enfermagem: propostas de abordagem. In: Genilda Murta. (Org.). Saberes e Práticas: guia para ensino e aprendizado de Enfermagem. : , 2006, v. 01, p. -.

  • RICHTER, D. ; FERREIRA, Marystela . Iniciação Científica - um diferencial na formação acadêmica. Caderno Faclepp, Presidente Prudente, p. 15 - 15, 02 out. 2007.

  • RICHTER, D. ; BOMTEMPO, Denise C . O espaço chamado Colômbia. Caderno Faclepp, Presidente Prudente, SP, p. 30 - 30, 14 maio 2007.

  • RICHTER, D. . Construtivismo: ele serve para a sala de aula?. Caderno Faclepp, Presidente Prudente/SP, p. 15 - 15, 02 out. 2006.

  • RICHTER, D. . Professor(a), leia mais sobre Piaget e Vygotsky!. Caderno Faclepp, Presidente Prudente/SP, p. 15 - 15, 22 maio 2006.

  • RICHTER, D. ; VEGA, A. G. L. . A cartografia escolar no Brasil e na Espanha: uma análise teórica preliminar. In: VIII Congresso Ibérico de Didática da Geografia, 2017, Lisboa. Atas do VIII Congresso Ibérico de Didática da Geografia. Lisboa: Associação de Professores de Geografia, 2017. v. 1. p. 501-511.

  • SOUZA, H. L. X. ; RICHTER, D. . O OLHAR DOS ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO DE GOIÂNIA: PERSPECTIVAS PARA PENSAR O PLANEJAMENTO URBANO. In: IX Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares, 2016, Goiânia/GO. Anais do IX Colóquio de Cartografia para Criança e Escolares. Goiânia/GO: UFG, 2016. v. 01. p. 659-666.

  • MOTA, H. G. S. ; RICHTER, D. . EL LIBRO DE TEXTO MEDIANDO LA CONSTRUCCIÓN DEL CONOCIMIENTO EN LA FORMACIÓN CONTÍNUA DEL PROFESOR DE GEOGRAFÍA. In: XI CONGRESO NACIONAL DIDÁCTICA DE LA GEOGRAFÍA, 2016, Sevilha/Espanha. ACTAS DEL XI CONGRESO NACIONAL DIDÁCTICA DE LA GEOGRAFÍA: NATIVOS DIGITALES Y GEOGRAFÍA EN EL SIGLO XXI: EDUCACIÓN GEOGRÁFICA Y SISTEMAS DE APRENDIZAJE. Sevilla: Universidad Pablo de Olavide y Grupo de Didáctica de la AGE, 2016. v. 01. p. 173-184.

  • RICHTER, D. ; CANDIDO, Alyne Rodrigues . A CONSTRUÇÃO DE MAPAS MENTAIS E O ENSINO DE GEOGRAFIA: ARTICULAÇÕES ENTRE O COTIDIANO E OS CONTEÚDOS ESCOLARES. In: VIII Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares, 2013, São João Del-Rei. Anais do VIII Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares. São João Del-Rei: UFSJ, 2013. p. 01-10.

  • RICHTER, D. . A Cartografia Escolar na formação inicial da Pedagogia. In: Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino, 2012, Campinas/SP. XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino. Araraquara/SP: Junqueira&Marin Editores, 2012. p. 2-13.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. ; DECANINI, M. . O mapa mental no ensino de geografia e sua contribuição para a leitura de mundo. In: XI Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia, 2011, Goiânia/GO. Anais do XI Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia. Goiânia: UFG, 2011. p. 01-11.

  • GIMENES, P. L. ; RICHTER, D. . A Cartografia escolar no ensino de Geografia: análises e perspectivas no trabalho escolar. In: XVIII Encontro Sul-matogrossense de Geógrafos, 2010, Três Lagoas. Anais do XVIII Encontro Sul-matogrossense de Geógrafos, 2010. p. 01-15.

  • RICHTER, D. ; FARIA, G.G. de . Conhecimento geográfico e Cartografia: produção e análise de mapas mentais por alunos do ensino fundamental e médio. In: 10º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia, 2009, Porto Alegre. Anais do 10º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia, 2009.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. ; DECANINI, M. . A produção de mapas mentais de alunos do ensino médio: caminhos para a investigação do raciocínio geográfico. In: VIII Encontro Nacional da ANPEGE, 2009, Curitiba/PR. Encontro Nacional da ANPEGE, 2009.

  • QUEIROZ, W. F. C. ; RICHTER, D. . Ensino Superior e jovens da periferia: contextos de uma realidade segregada. In: 10º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia, 2009, Porto Alegre. Anais do 10º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia, 2009.

  • QUEIROZ, W. F. C. ; RICHTER, D. . O espaço do ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP. In: XV Encontro Nacional de Geógrafos, 2008, São Paulo. Anais do XV Encontro Nacional de Geógrafos. São Paulo: AGB, 2008. p. 1-10.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. . A formação do Pedagogo e a Alfabetização Cartográfica: análises, possibilidades e perspectivas.. In: Encontro de Geógrafos da América Latina, 2007, Bogotá/Colômbia. Encuentro de Geógrafos da America Latina. Bogotá, 2007.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. ; DECANINI, M. . Onze anos se passaram... Será que desenvolvi um raciocínio geográfico? O ensino de Geografia e da Cartografina no ensino médio.. In: 9º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia, 2007, Niterói. Anais [CD-ROM] / 9 Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia : mundo contemporâneo, práxis educativa e ensino de geografia. Juiz de Fora: FEME, 2007. p. 1-16.

  • RICHTER, D. . Viver na MATRIX: A homogeneidade dos espaços globais na Era da Informação. In: VII Simpósio de Iniciação Científica da FACLEPP, 2006, Presidente Prudente. XI SIMPÓSIO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA ? FACLEPP, 2006. p. 100-106.

  • RICHTER, D. . A construção das noções espaciais e o ensino da Cartografia nos cursos de Pedagogia. In: 8º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia, 2005, Dourados/MS. Anais do 8º Encontro Nacional de Prática de Ensino de Geografia - CD-Rom, 2005.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. ; FURKOTTER, M. ; SOBARZO, L. C. D. . A competência para ensinar na concepção dos professores de diferentes áreas e o processo de formação inicial. In: VI Encontro de Pesquisa em Educação da Região Sudeste: Política, Conhecimento e Cidadania, 2004, Rio de Janeiro/RJ. Anais do VI Encontro de Pesquisa em Educação da Região Sudeste: Política, Conhecimento e Cidadania, 2004.

  • RICHTER, D. . A prática cartográfica no ensino de História e Geografia. In: V Simpósio de Iniciação Científica - FACLEPP, 2004, Presidente Prudente. Anais do V Simpósio de Iniciação Científica, 2004. p. 25-32.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. . Formação de professores na realidade escolar: a integração da Geografia nesta busca contínua. In: XXIII Encontro Estadual de Geografia, 2003, Canoas. Anais do XXIII Encontro Estadual de Geografia. Porto Alegre, 2003. p. 319-326.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. . Da sala dos professores à sala de aula. In: 7º Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia, 2003, Vitória. Anais do 7º Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia, 2003.

  • RICHTER, D. . Trabalho de Campo em microbacias hidrográficas urbanas: um compromisso com as águas. In: XIII Encontro Nacional de Geógrafos, 2002, João Pessoa, PB. Anais do XIII Encontro Nacional de Geógrafos, 2002.

  • RICHTER, D. . Análise espacial da mata ciliar na porção média da Bacia do Rio Ijuí/RS - 1996. In: XIX Encontro Estadual de Geografia e VI Encontro Rio-Grandense de Estudantes de Geografia, 1999, Santo Ângelo. Desenvolvimento Regional, Turismo e Educação Ambiental. Porto Alegre: AGB - PoA, 1999. p. 148-149.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. ; DECANINI, M. . The sketch maps as a language to analyze geographic reasoning. In: 4th World Conference on Educational Sciences (WCES-2012), 2012, Barcelona/Espanha. Procedia: Social and Behavioral Sciences. Londres/Reino Unido: Elsevier Ltda, 2012. v. 46. p. 5183-5186.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. . Professor(a): para que serve este ponto aqui no mapa? A construção das noções espaciais e o ensino da Cartografia na formação do(a) Pedagogo(a).. In: V Simpósio de Iniciação Científica - FACLEPP, 2004, Presidente Prudente. Anais do V Simpósio de Iniciação Científica - FACLEPP, 2004. p. 53-56.

  • GIMENES, S. L. ; RICHTER, D. . Ensino de Geografia e mapas mentais: análise e integração nas práticas escolares do Ensino Médio. In: XI Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia, 2011, Goiânia/GO. Anais do XI XI Encontro Nacional de Práticas de Ensino de Geografia. Goiânia: UFG, 2011. p. 01-05.

  • RICHTER, D. ; ALVES, A. O. . A contribuição do trabalho de campo como instrumento da práxis pedagógica na educação ambiental. In: V Encontro Nacional de Ensino de Geografia - Fala Professor, 2003, Presidente Prudente. Caderno de Resumos do V Encontro Nacional de Ensino de Geografia - Fala Professor, 2003. p. 19-20.

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. . Cansei de levar mapas em minhas aulas. Eles não entendem mesmo! A relação entre a formação do professor e os mapas. In: V Encontro Nacional de Ensino de Geografia - Fala Professor, 2003, Presidente Prudente. Cadernos de Resumos do V Encontro Nacional de Ensino de Geografia - Fala Professor, 2003. p. 104-105.

  • RICHTER, D. ; MENEGUETTE, A. A. C. . Do que se vê ao que se pensa: analisando uma atividade prática nas aulas de Geografia.. In: XVIII Semana de Geografia da UEL, 2002, Londrina. Geografia, Ciência e Filosofia: interdisciplinaridade e interfaces de conhecimentos - contribuições científicas da XVIII Semana de Geografia da UEL. Londrina: Humanidades, 2002. p. 144-146.

  • RICHTER, D. . Alfabetização Cartográfica - da crítica à ação. In: 51ª Reunião Anual da SBPC, 1999, Porto Alegre. Anais da 51ª Reunião Anual da SBPC, 1999.

  • RICHTER, D. . Cobertura florestal na porção média da Sub-Bacia do Rio Ijuí, RS: Evolução e Análise Espacial em ambiente SIG. In: 51ª Reunião da SBPC, 1999, Porto Alegre. Anais da 51ª Reunião da SBPC, 1999.

  • RICHTER, D. . Ensino-Aprendizagem da geografia com o auxílio da Cartografia. In: 4º Encontro Nacional de Ensino de Geografia, 1999, Curitiba. Anais do 4º Encontro Nacional de Ensino de Geografia. Contribuições Científicas e Resumos. Curitiba: AGB, 1999. p. 42.

  • RICHTER, D. ; SCHMIDT, C. A. ; GRANELL, M. C. . Cobertura Florestal na Porção Média da Sub-Bacia do Rio Ijuí, RS: evolução e análise espacial em ambiente SIG. In: VII Seminário de Iniciação Científica da Unijuí, 1999, Ijuí. Livro de Resumos do VII Seminário de Iniciação Científica da Unijuí. Ijuí: Unijuí, 1999. p. 56.

  • RICHTER, D. . Bacia Hidrográfica do Rio Potiribu: uma gestão racional dos recursos naturais. In: II Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão e VI Seminário de Iniciação Científica - Unijuí, 1998, Ijuí. : Anais da II Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão e VI Seminário de Iniciação Científica - Unijuí. Caderno de Resumos. Ijuí: Unijuí, 1998. p. 209.

  • RICHTER, D. ; MARTINS, A. B. . Utopias Concretas do Ensino. In: II Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão e VI Seminário de Iniciação Científica - Unijuí, 1998, Ijuí. Anais da II Jornada de Ensino, Pesquisa e Extensão e VI Seminário de Iniciação Científica - Unijuí. Caderno de Resumos. Ijuí: Unijuí, 1998. p. 357.

  • RICHTER, D. . Planejamento Estratégico da Bacia do Rio Potiribu. Ensinar e Aprender Geografia, Porto Alegre, RS, p. 136-138, 1998.

  • RICHTER, D. . Os dilemas da Cartografia Escolar no ensino de Geografia. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Formação de professores de Geografia: contextos e desafios. 2019. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • RICHTER, D. . Linguagens geográficas: contextos, desafios e práticas. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . A linguagem cartográfica na produção do saber geográfico. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . A leitura geográfica na perspectiva das Geotecnologias presentes no espaço e no cotidiano. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Ensinar Geografia com a Cartografia: onde está o raciocínio?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . O pensamento, o pensamento espacial e a linguagem cartográfica para a geografia escolar nos anos iniciais do ensino fundamental. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Cartografia escolar e os desafios para uma prática reflexiva na formação do professor de Geografia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . O ensino de Geografia e a Cartografia Escolar: percursos para a construção do pensamento geográfico. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . ACLIL approach to teaching Geography in bilingual education. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . A linguagem cartográfica no ensino e na pesquisa em Geografia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Professor de Geografia: contextos e desafios na prática escolar. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. ; CAVALCANTI, L. S. . GEOGRAFIA E ENSINO DE CIDADES: A PERCEPÇÃO ESPACIAL DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO SOBRE O PLANEJAMENTO URBANO DE GOIÂNIA/BRASIL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Richter, Denis . O ensino de Geografia e a representação cartográfica: possibilidades para a construção do pensamento geográfico. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Ensinar Geografia e a construção do raciocínio geográfico: perspectivas para pensar o trabalho docente. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Cultura, mídia e educação geográfica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Cartografia Clássica e Social: possibilidades para a pesquisa. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . A escola, a universidade e a cidade: contextos para um diálogo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. ; BARBOSA, T. . As múltiplas metodologias de ensino aplicadas a Geografia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Raciocínio geográfico e o processo de ensino-aprendizagem de Geografia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Diferentes linguagens no ensino de Geografia: novas possibilidades. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. ; CANDIDO, Alyne Rodrigues . Os mapas mentais no ensino médio de Geografia: contribuições para as práticas escolares de professores do ensino médio. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • RICHTER, D. ; FARIA, G.G. de . Conhecimento geográfico e Cartografia: produção e análise de mapas mentais por alunos do ensino fundamental e médio. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. ; DECANINI, M. . A produção de mapas mentais de alunos do ensino médio: caminho para a investigação do raciocínio geográfico. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . A formação do Pedagogo e a Alfabetização Cartográfica: análises, possibilidades e perspectivas.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. ; DECANINI, M. . Onze anos se passaram... Será que desenvolvi um raciocínio geográfico? O ensino de Geografia e da Cartografia no ensino médio.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Conhecimento científico e práticas pedagógicas na perspectiva de Freire, Piaget e Vigotski. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . O uso de mapas no ensino de Geografia para as séries iniciais do ensino fundamental.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Ensino de Geografia: noções fundamentais para o trabalho com mapas na educação fundamental.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Sensoriamento Remoto aplicado ao Turismo. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . A construção das noções espaciais e o ensino da Cartografia nos cursos de Pedagogia. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . O ensino de Geografia nas séries iniciais do ensino fundamental. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Professor(a), para que serve este ponto aqui no mapa? A construção das noções espaciais e o ensino da Cartografia na formação do(a) Pedagogo(a).. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. ; MARIN, F. A. D. G. ; SOBARZO, L. C. D. ; FURKOTTER, M. . A competência para ensinar na concepção dos professores de diferentes áreas e o processo de formação incial.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . A teoria piagetiana e a construção das noções de espaço e tempo.. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . A construção das noções espaciais e o ensino da Cartografia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Metodologia do Ensino da Geografia. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Da sala dos professores à sala de aula.. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Formação de professor na realidade escolar: a integração da Geografia nesta busca contínua. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Cansei de levar mapas em minhas aulas. Eles não entendem mesmo! A relação entre a formação do professor e os mapas.. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. ; ALVES, A. O. . Trabalho de campo em microbacias hidrográficas urbanas: um compromisso com as águas. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Alfabetização Cartográfica nas séries iniciais do ensino fundamental. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Do que se vê ao que se pensa: analisando uma atividade prática nas aulas de Geografia.. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Técnicas de aprendizagem com o auxílio da cartografia no ensino de Cartografia. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Alfabetização Cartográfica - da crítica à ação. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. ; SCHMIDT, C. A. . Cobertura florestal na porção média da sub-bacia do rio Ijuí, RS: evolução e análise espacial em ambiente SIG. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Ensino-aprendizagem da geografia com o auxílio da Cartografia. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Técnias de aprendizagem com o auxílio da Cartografia no ensino da Geografia. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Análise espacial da mata ciliar na porção média da bacia do rio Ijuí/RS - 1996. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . 500 anos de ensino de História e Geografia no Brasil. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • RICHTER, D. . Planejamento estratégio da bacia do rio Potiribu. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Bacia hidrográfica do rio Potiribu: uma gestão racional dos recursos naturais. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Utopias concretas de ensino. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • RICHTER, D. . Reseñas bibliográficas: Movimentos para ensinar Geografia - oscilações. Madrid: UAM, 2017 (Resenha).

  • RICHTER, D. ; BUENO, M. A. ; MORAES, L.B. de . Apresentação do Dossiê de Cartografia Escolar. Campinas, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

RICHTER, D. . Comissão Assessora do Processo de Produção de Itens para a Prova Nacional de Ingresso na Carreira Docente. 2011.

Richter, Denis . O ensino de Geografia e suas temáticas. 2013. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

RICHTER, D. . Metodologias de ensino para a Cartografia Escolar. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Ensinar a cidade a partir de mapas mentais. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Mapa mental. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Educação geográfica e cartografia escolar: propostas e abordagens para o ensino. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Geografia de Goiás. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

RICHTER, D. . Cartografia Escolar: bases teóricas e contribuições para o ensino de Geografia.. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Oficina Pedagógica: Cartografia Escolar. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Geografia: um olhar crítico-reflexivo sobre as questões ambientais. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . O processo de ensino-aprendizagem na teoria de Vigotski: práticas e contextualizações. 2007. .

RICHTER, D. . Viver na Matrix - a homogeneidade dos espaços globais na Era da Informação.. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Senhores Piaget e Vygotsky, sejam bem-vindos à nossa escola: as teorias de ensino/aprendizagem. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Onde está o espaço para Jean Piaget?. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . O ensino de mapas nas séries iniciais do ensino fundamental. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . A prática da Cartografia no ensino de História e Geografia. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . A construção das noções espaciais e a aprendizagem da criança.. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. ; MONTESSORO, C. . Localização do centro de Anápolis-GO. 2003. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

RICHTER, D. ; MONTESSORO, C. . Mapeamento das atividades formais e informais nas ruas do centro de Anápolis-GO Jun/2003. 2003. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

RICHTER, D. ; MONTESSORO, C. . Localização do centro de Anápolis-GO: delimitação da área de estudo. 2003. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

RICHTER, D. ; CASARI, L. . Contribuição da agricultura familiar no contexto econômico e social do município de Fernandópolis/SP. 2003. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

RICHTER, D. ; CHELOTTI, M. C. . Município de Sant´Ana do Livramento/RS: núcleos de assentamentos. 2002. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

RICHTER, D. ; CHELOTTI, M. C. . Município de Sant´Ana do Livramento/RS: assentamentos rurais. 2002. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

RICHTER, D. ; CHELOTTI, M. C. . Rio Grande do Sul: deslocamento dos colonos assentados. 2002. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

RICHTER, D. . Trabalho de Campo em microbacias hidrográficas urbanas: um compromisso com as águas.. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. . Técnicas de ensino-aprendizagem: uma abordagem com os recursos cartográficos. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

RICHTER, D. ; GOMES, M. F. V. B. ; SOBARZO, L. C. D. ; ALVES, A. O. ; BRAGA, F. S. ; MENEGUETTE, A. A. C. . Pelos Caminhos das Águas. 2000. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Livro Paradidático).

RICHTER, D. . Técnicas de aprendizagem com auxílio da Cartografia. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Os mapas nos livros didáticos de Geografia do Ensino Médio: uma análise qualitativa da linguagem cartográfica, Descrição: A presença dos mapas nos livros didáticos de Geografia tem se consolidado nos últimos anos em razão de dois contextos, o primeiro refere-se ao desenvolvimento de estudos no campo da Cartografia Escolar e o segundo ao fortalecimento do Programa Nacional de Avaliação do Livro Didático (PNLD). Contudo, cabe questionar como esses mapas estão sendo integrados nessas publicações. Diante dessa situação é que estrutura esta investigação que busca analisar a linguagem cartográfica presente nos livros didáticos de Geografia do Ensino Médio aprovados pelo PNLD 2018 na perspectiva de superar a proposta do mapa servir apenas para a visualização ou a localização de fenômenos espaciais. O desenvolvimento desse estudo encontra-se atrelado a metodologia quanti-qualitativa, tendo como técnica de pesquisa a análise documental. Para isso serão selecionadas seis coleções de livros didáticos de Geografia do Ensino Médio, aprovadas pelo PNLD 2018, que servirão de base para o trabalho de identificação e categorização dos diferentes tipos de mapas, bem como o reconhecimento da perspectiva dessas linguagens em relação às propostas da Cartografia Escolar. Assim, será construído um banco de dados que permitirá uma análise qualitativa da presença da linguagem cartográfica nos livros didáticos de Geografia e de contribuir para os estudos no campo do ensino de Geografia.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / Gabriel Martins Cavallini - Integrante / Larissa Barbara Borges Drumond - Integrante.

  • 2014 - 2017

    O ESTUDO DO ESPAÇO LOCAL E SUA REPRESENTAÇÃO, A PARTIR DA PRODUÇÃO DE ATLAS ESCOLARES NO BRASIL E MOÇAMBIQUE, Descrição: Projeto em parceria coma Universidade Pedagógica de Moçambique, que tem como objetivo trabalhar com a formação de professores do Ensino Fundamental a partir de atlas escolares municipais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Denis Richter - Integrante / Lana de Souza Cavalcanti - Integrante / Míriam Aparecida Bueno - Coordenador / Diego Tarley Ferreira Nascimento - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2016

    Percepção espacial e planejamento urbano: uma análise a partir do olhar de estudantes do ensino médio/high school de escolas em Goiânia/Brasil e Los Angeles/EUA, Descrição: O crescimento das cidades nos dias de hoje interfere diretamente no cotidiano dos indivíduos, a partir da construção e alteração de ruas, praças, calçadas, parques, equipamentos e mobiliários urbanos. Essas mudanças que ocorrem são, muitas vezes, projetadas pelos órgãos públicos competentes sem reconhecer ou respeitar as necessidades específicas da população que vive na cidade ou nos bairros onde são realizadas essas modificações. Como consequência desse distanciamento entre o planejamento urbano e as demandas da sociedade, a cidade se modifica, muitas vezes, sem levar em consideração as questões emergentes dos seus habitantes. Diante dessa situação, se reconhece a importância de formar nos citadinos uma análise mais criteriosa da organização do espaço urbano, desde a transformação dos diferentes lugares como a proposição de mudanças necessárias que visam melhorar o planejamento da cidade. Compreende-se, assim, que é importante a participação ativa dos cidadãos para entender o espaço urbano através das práticas de planejamento urbano, tendo como critério o direito ao usufruto da cidade (LEFEBVRE, 2001). Nesse sentido, esta pesquisa objetiva analisar a percepção espacial dos alunos dos 3o anos do ensino médio/high school sobre o planejamento urbano da cidade, a partir de suas práticas cotidianas (mobilidade espacial, percursos na cidade, infraestrutura urbana) nas áreas de entorno de quatro escolas públicas localizadas na cidade de Goiânia/GO e de outras quatro escolas situadas em San Fernando Valley, na cidade de Los Angeles/EUA. A pesquisa em Goiânia será desenvolvida por pesquisadores da Universidade Federal de Goiás (UFG) e, de modo análogo, os pesquisadores da California State University Northridge (CSUN) realizarão esse estudo na cidade de Los Angeles. A partir dos resultados de ambas as pesquisas será realizada uma comparação dos dados obtidos com o objetivo de identificar e analisar, com base nas práticas cotidianas dos alunos brasileiros e norte-americanos participantes desse estudo, os elementos e contextos convergentes/divergentes da percepção espacial, das demandas por infraestrutura urbana e da adequação dos modelos de planejamento urbano em voga nesses dois países, considerando-se esses aspectos específicos. Ressalta-se que a relevância de desenvolver um estudo comparativo entre duas realidades - Goiânia e Los Angeles - se constitui na busca por compreender como os jovens escolares desses espaços, a princípio tão distintos, analisam e percebem o planejamento urbano, a partir de suas práticas cotidianas, e quais elementos são comuns ou singulares na reflexão sobre a cidade. Esse contexto visa colaborar no aprofundamento do escopo dos resultados dessa investigação e de possibilitar intercâmbios futuros em outras pesquisas correlatas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / Adriana Olívia Alves - Integrante / Lana de Souza Cavalcanti - Integrante / Míriam Aparecida Bueno - Integrante / Zeynep Toker - Integrante / Eurípedes de Oliveira - Integrante / Magno Emerson Barbosa - Integrante / Emmanuele Rodrigues Antonio - Integrante / Daniel Mallmann Vallerius - Integrante / Fernanda Leão Inácio Alves - Integrante / Hellen Lauana Xavier de Souza - Integrante / Malu Ítala Araújo Souza - Integrante / Izabelle de Cássia Chaves Galvão - Integrante / Juliana Gomes da Silva de Melo - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - Atual

    Projetos de Formação de professores de Geografia: 10 anos após as Diretrizes Curriculares Nacionais, Descrição: O projeto tem como objeto a formação de professores de Geografia no Brasil, no contexto das alterações desencadeadas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) para a formação de professores de 2002. A análise centra-se no estudo dos projetos pedagógicos e nos depoimentos de alunos ingressantes, egressos e de professores formadores de cursos de licenciaturas em Geografia de diferentes Instituições de Ensino Superior (IES) do país. A amplitude da pesquisa é possível pelo fato de ser uma atividade do núcleo de pesquisa denominado NEPEG (Núcleo de Ensino de Ensino e Pesquisa em Educação Geográfica), que agrega professores pesquisadores de diferentes IES e regiões do Brasil. A problemática da formação de professores de Geografia no contexto das DCNs requer considerações sobre o contexto político da educação brasileira; o cenário da implantação das políticas de formação de professores; e sobre os impactos já percebidos na formação de professores de Geografia em função dessas DCNs.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (2) . , Integrantes: Denis Richter - Integrante / Adriana Olívia Alves - Integrante / Lana de Souza Cavalcanti - Integrante / Vanilton Camilo de Souza - Integrante / Eliana Marta Barbosa de Morais - Coordenador / Míriam Aparecida Bueno - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Mapas mentais no ensino de Geografia: articulações entre conteúdos, conceitos e saberes, Descrição: A Geografia é uma ciência que se ocupa por compreender as dinâmicas espaciais que ocorrem na sociedade, ontem e hoje. O espaço, na visão da Geografia, não representa apenas uma área física ou a delimitação de um determinado local, significa a produção e o resultado das ações da sociedade ao longo do tempo, que se materializa na organização dos mais diferentes lugares, ou seja seus arranjos espaciais. Diante desse contexto, essa pesquisa busca integrar no processo de ensino de Geografia o estudo sobre o espaço geográfico e a representação cartográfica por meio da construção e uso de mapas mentais. Para isso, objetivo geral visa contribuir na integração e uso de mapas mentais, como recurso didático, nas aulas de Geografia do ensino médio, a partir da articulação entre conteúdos, conceitos geográficos e saberes aprendidos pelos alunos ao longo da formação escolar.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / Alyne Rodrigues Candido - Integrante.

  • 2011 - 2012

    O ensino das dinâmicas socioeconômicas nas práticas escolares de Geografia no Ensino Médio: análise de conteúdo, da metodologia e dos desafios no trabalho docente, Descrição: O desenvolvimento da sociedade nas últimas décadas tem exigido de qualquer indivíduo uma leitura muito ampla e aprofundada para reconhecer os processos e os fenômenos que interferem na produção e transformação do espaço. Esses processos podem ser relacionados desde a configuração econômica vigente até a interferência desta nas relações sociais presentes em diferentes escalas geográficas. A trama deste processo tem como um dos principais articuladores a globalização, que modifica e altera significativamente os espaços e as práticas cotidianas dos indivíduos em várias partes do mundo. Podemos exemplificar o desenvolvimento desses fenômenos no trabalho didático do professor de Geografia a partir dos temas que buscam aprofundar o entendimento das dinâmicas socioeconômicas, como: cadeia produtiva, população economicamente ativa e inativa (PEA e PEI), setores da economia (primário, secundário e terceário) e relações de trabalho. Por outro lado, reconhecemos que o trabalho de ensino desses conteúdos representa um desafio para qualquer docente, principalmente por se tratarem de temas complexos e que, consequentemente, exigem deste profissional uma leitura teórica aprofundada e, ao mesmo tempo, o reconhecimento e a utilização de metodologias específicas que possibilitam a aprendizagem do aluno sobre esse conteúdo. Diante desses apontamentos essa pesquisa tem o objetivo de analisar e diagnosticar as práticas escolares dos professores de Geografia do EM (1o ao 3o ano), no que se refere ao conteúdo, as metodologias e os desafios (dificuldades/avanços) no ensino das dinâmicas socioeconômicas na escala global-local. Esses três elementos - conteúdo, metodologia e desafios - representam a importante conexão entre o estudo teórico e ação didática que é realizada pelo professor, no exercício cotidiano de sua prática e com o objetivo de oferecer ao aluno um saber mais coadunado aos contextos que interferem na realidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / Lennon da Cunha Lustosa - Integrante / Manoel Victor Peres Araujo - Integrante.

  • 2011 - Atual

    PESQUISA COLABORATIVA SOBRE DEMANDAS DE PRODUÇÃO DIDÁTICA PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA NA REGIÃO METROPOLITANA DE GOIÂNIA, Descrição: As experiências cotidianas da Universidade com a escola básica, por intermédio do Estágio Supervisionado em Geografia, tem demonstrado a falta de materiais didáticos para trabalhar com as temáticas geográficas sobre a Região Metropolitana de Goiânia e a dificuldade de acesso da produção bibliográfica acadêmica no âmbito escolar, o que representa alguns dos problemas recorrentes na prática do ensino de Geografia. É com base nessas demandas que este projeto adota, como objetivo de investigação, identificar as demandas didáticas sobre a área metropolitana de Goiânia em parceria com professores de Geografia da Educação Básica dos municípios que integram a RMG. Espera-se com esta pesquisa contribuir para o desenvolvimento da Geografia escolar tendo como referências fundamentais o cotidiano e o lugar de vivência dos alunos e de seus professores e a produção acadêmica do Instituto de Estudos Sócio-Ambientais-IESA sobre essa temática. A metodologia a ser adotada fundamenta-se na abordagem qualitativa de pesquisa. Propõe-se assim a realização das etapas: 1. Constituição de um grupo focal com os professores de Geografia das escolas dos municípios que compõem a Região Metropolitana de Goiânia (RMG) para levantar as demandas; 2. Constituição de um núcleo com professores e alunos em diferentes níveis de formação da Universidade Federal de Goiás e com professores de Geografia dos municípios da RMG, para efetivar a pesquisa. Teremos nesse núcleo os consultores das Universidades Federal de Goiás e da Universidade de São Paulo; 3. Realização de Oficinas didáticas com temáticas sobre a RMG; 4. Pesquisa bibliográfica e trabalho de campo para elaboração dos materiais didáticos; 5. Elaboração, experimentação e avaliação de fascículos didáticos com temática sobre a RMG; 6. Sistematização e publicação do relatório final da pesquisa e do fascículo didático confeccionado. O período previsto para realização da pesquisa é de 24 meses a partir de agosto de 2010.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Integrante / Lana de Souza Cavalcanti - Coordenador / Adriana Olívia Sposito Alves Oliveira - Integrante.

  • 2009 - 2012

    GERAÇÃO E DISPOSIÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E AS FORMAS DE ORGANIZAÇÃO DOS TRABALHADORES CATADORES DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS NOS MUNICÍPIOS LOCALIZADOS NA SUB-BACIA DO RIO IVINHEMA - MS, Descrição: Sempre que nos colocamos a enumerar as questões geradas dentro das cidades e que estão relacionadas diretamente à forma e à lógica sob a qual a sociedade se organiza para se produzir/reproduzir na atualidade, destacamos uma variedade de problemas que necessitam ser resolvidos como, por exemplo, o que fazer para amenizar os danos gerados pela crescente geração de resíduos sólidos nos espaços urbanos e problemas correlatos. Neste sentido, o desenvolvimento desse projeto de pesquisa objetiva a realização do diagnóstico da atual situação que envolve os resíduos sólidos urbanos nos municípios localizados na Sub-bacia do Rio Ivinhema, no estado de Mato Grosso do Sul, perfazendo um total de 26 municípios. Outra questão a ser analisada é inserção dos trabalhadores catadores de resíduos compostos por materiais recicláveis no circuito econômico da reciclagem, marcados pela exploração de pequenos e grandes intermediários e pela dominação dos que controlam o processo industrial da reciclagem de materiais em diferentes setores. Assim, a partir dos dados e das informações levantadas e sistematizadas, procuraremos subsidiar e estimular a elaboração de propostas para a gestão integrada dos resíduos sólidos nos municípios localizados na área de pesquisa e para o Mato Grosso do Sul, em escala mais ampla.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Denis Richter - Integrante / Marcelino de Andrade Gonçalves - Coordenador / Ary Tavares Rezende Filho - Integrante / Jodenir Calixto Teixeira - Integrante / Júlio César Ribeiro - Integrante / Antônio Cezar Leal - Integrante / Flávia Akemi Ikuta - Integrante / Charlei Aparecido da Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante.Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2008 - 2009

    O ensino superior para os moradores do bairro Humberto Salvador/Presidente Prudente-SP: acesso ou segregação?, Descrição: O acesso à educação é fundamental, ela é um dos caminhos mais concretos para que os indivíduos possam transformar o seu meio, desenvolver seu papel social e de contribuir na sua própria formação. Em outra perspectiva, é possível afirmar que o processo educacional é longo. Pois, nos dias atuais a educação formal encontra-se organizada desde a infância até a fase adulta do ser humano. Todas essas fases e períodos da formação educacional do indivíduo são de direito e devem estabelecer o acesso a todos os cidadãos. No entanto, nem todos têm a possibilidade desse acesso de forma homogenia. O Brasil, ainda é um país marcado por grandes contrastes sociais e econômicos que infelizmente criam espaços de segregação, nos mais diversos segmentos da sociedade. Portanto, isso significa dizer que mesmo à educação sendo direito de todos, nem todos tem a mesma qualidade de ensino. Todavia, mesmo tendo escola para todos nem todos possuem a mesma escola. É a materialização da dialética na vida em sociedade, baseada nas desigualdades e combinações estratégicas do capital. Aqueles que não tiverem um padrão de ensino com qualidade terão dificuldades de inserir-se em uma faculdade (ensino superior), devido ao processo seletivo da universidade pública ou pela impossibilidade de pagar uma universidade particular. Por conseguinte, esse difícil acesso ao ensino superior restringe as chances de ocorrer um desenvolvimento social para as pessoas que sempre estiveram à margem da sociedade, como por exemplo, os moradores de bairros da periferia das inúmeras cidades brasileiras, no caso dessa pesquisa como o Humberto Salvador, situado na área urbana da cidade de Presidente Prudente/SP. Nesse sentido, cabe analisar com mais profundidade a questão do acesso ao ensino superior, para se possa ter uma compreensão de uma equalização de oportunidades aos indivíduos ou de uma autêntica dissimulação do nosso sistema.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Denis Richter - Coordenador / William Fernando Camilo Queiroz - Integrante., Número de orientações: 1

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2007

Concurso Público de Provas e Títulos para Provimento de Cargos de Docentes Substitutos do Magistério Público do Ensino Superior do Estado de São Paulo na Unesp, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho".

2006

Concurso Público de Provas e Títulos para Provimento de Cargos de Docentes Integrantes da Carreira do Magistério Público do Ensino Superior do Estado do Paraná na UEPG, Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Goiás, Instituto de Estudos Sócio-Ambientais. , Campus Samambaia, Jardim Itatiaia, 74001970 - Goiânia, GO - Brasil - Caixa-postal: 131, Telefone: (62) 35211184, Ramal: 226, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2011 - Atual

    Universidade Federal de Goiás

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 05/2019

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Didática de Geografia I

    • 02/2019

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia III

    • 03/2011

      Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Estudos Sócio-Ambientais, .,Linhas de pesquisa

    • 07/2018 - 12/2018

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia II

    • 03/2018 - 07/2018

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Didática de Geografia

    • 03/2014 - 08/2017

      Direção e administração, Instituto de Estudos Sócio-Ambientais, .,Cargo ou função, Coordenador do Curso de Geografia - licenciatura.

    • 03/2017 - 07/2017

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Cartografia Escolar

    • 03/2017 - 07/2017

      Ensino, Geografia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Linguagem cartográfica aplicada ao ensino e a pesquisa geográfica

    • 08/2016 - 12/2016

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Didática de Geografia II

    • 02/2016 - 06/2016

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia III

    • 08/2015 - 12/2015

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia II

    • 03/2015 - 07/2015

      Ensino, Geografia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Formação de Professores em Geografia

    • 02/2015 - 07/2015

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia III

    • 08/2014 - 12/2014

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia II

    • 02/2014 - 06/2014

      Ensino, Abi - Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Didática de Geografia I

    • 05/2012 - 02/2014

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê de Ética na Pesquisa (CEP) da UFG, .,Cargo ou função, Parecerista do Comitê.

    • 08/2013 - 12/2013

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Didática da Geografia II

    • 08/2013 - 12/2013

      Ensino, Geografia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Tópicos Especiais: Formação de Professores em Geografia

    • 03/2013 - 07/2013

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia III

    • 10/2012 - 02/2013

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia IV

    • 01/2012 - 09/2012

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia III

    • 08/2011 - 12/2011

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Didática para o Ensino de Geografia I, Estágio Supervisionado em Geografia II

    • 03/2011 - 07/2011

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Didática e Formação de Professores de Geografia, Estágio Supervisionado em Geografia I

  • 2009 - 2011

    Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 08/2010 - 02/2011

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Curricular Programado I, Estágio Curricular Programado III, Prática de Ensino em Geografia V, Prática de Ensino em Geografia VII

    • 04/2010 - 12/2010

      Extensão universitária , Campus de Nova Andradina, .,Atividade de extensão realizada, Campus Cultural.

    • 04/2009 - 12/2010

      Extensão universitária , Campus de Nova Andradina, .,Atividade de extensão realizada, Campus Cultural "2".

    • 08/2009 - 07/2010

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Curricular Programado I, Geografia do Brasil II, Prática de Ensino de Geografia II, Prática de Ensino de Geografia IV, Trabalho de Conclusão de Curso

    • 02/2009 - 07/2009

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geografia do Brasil II, Prática de Ensino de Geografia I, Prática de Ensino de Geografia II

  • 2007 - 2007

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: CLT, Carga horária: 24

    Atividades

    • 03/2007 - 12/2007

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Estágio Supervisionado em Geografia - Regência, Metodologia em Geografia

  • 2004 - 2009

    Universidade do Oeste Paulista

    Vínculo: CLT, Enquadramento Funcional: Professor Contratado, Carga horária: 12

    Atividades

    • 08/2008 - 01/2009

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geografia Humana II, Sensoriamento Remoto

    • 08/2008 - 01/2009

      Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia da História nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental

    • 02/2008 - 07/2008

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Cartografia II

    • 08/2005 - 07/2008

      Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia do Ensino Fundamental - Geografia e História (1ª à 4ª séries)

    • 02/2004 - 06/2008

      Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Legislação e Educação Ambiental

    • 08/2007 - 12/2007

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geografia Humana I, Cartografia I

    • 02/2007 - 07/2007

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia de Ensino de Geografia II (Ensino Médio)

    • 08/2006 - 12/2006

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Sensoriamento Remoto, Metodologia de Ensino de Geografia (Ensino Fundamental), Cartografia II

    • 08/2005 - 12/2006

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geografia Física

    • 08/2005 - 07/2006

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia de Ensino de Geografia II (Ensino Médio), Cartografia I

    • 02/2004 - 06/2006

      Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Antropologia Filosófica

    • 08/2005 - 12/2005

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Sensoriamento Remoto, Cartografia II

    • 08/2004 - 12/2005

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Metodologia de Ensino de Geografia I (Ensino Fundamental)

    • 02/2005 - 07/2005

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Prática de Ensino em Geografia no Ensino Médio, Antropologia

    • 08/2004 - 12/2004

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Prática de Ensino de Geografia no Ensino Fundamental, Estudo dos Problemas Ambientais e Conservação dos Recursos Naturais

    • 02/2004 - 12/2004

      Ensino, História, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geografia I

    • 02/2004 - 12/2004

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Geografia Física

    • 02/2004 - 07/2004

      Ensino, Geografia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Antropologia, Climatologia, Geografia Física

  • 2003 - 2007

    Colégio Criarte

    Vínculo: CLT, Enquadramento Funcional: Professor Regente, Carga horária: 6

  • 2005 - 2005

    Colégio Criarte

    Vínculo: CLT, Enquadramento Funcional: Coordenador Pedagógico, Carga horária: 8

    Atividades

    • 01/2005 - 02/2007

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Atualidades, Geografia

    • 02/2003 - 12/2004

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Atualidades

    • 02/2003 - 12/2004

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Atualidades

  • 2000 - 2001

    Secretaria de Educação e Cultura do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20

  • 2000 - 2001

    Secretaria de Educação e Cultura do Rio Grande do Sul

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professsor substituto, Carga horária: 10

    Atividades

    • 03/2000 - 03/2001

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Geografia

    • 07/2000 - 02/2001

      Ensino,,Disciplinas ministradas, Geografia