Gisele Facholi Bomfim

Possui graduação em Farmacia (2004) e habilitação em Análises Clínicas (2005) pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, mestrado em Análises Clínicas pela Universidade de São Paulo (2008) e doutorado em Farmacologia pela Universidade de São Paulo (2012). Vivenciou um período de doutorado-sanduíche no Medical College of Georgia nos EUA (2011). Atualmente é Professora Adjunta IV da Universidade Federal de Mato Grosso campus Sinop. É docente-orientadora do Programa de Pós graduação em Ciências em Saúde da UFMT campus Sinop. Tem experiência nas áreas de Imunologia, Farmacologia e Análises clínicas. Atua principalmente nos seguinte temas: resposta imune em doenças cardiovasculares; ação vasoativa de compostos naturais; prevalência de ISTs em população vulnerável. É mãe do Felipe (DN:05/01/2015) e da Helena (DN: 24/08/2017).

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Farmacologia

2008 - 2012

Universidade de São Paulo
Título: ESTUDO DA INFLUÊNCIA DOS RECEPTORES TIPO TOLL NO SISTEMA CARDIOVASCULAR EM MODELO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL
Orientador: em Medical College of Georgia ( Clinton Webb)
com Maria Helena Catelli Carvalho. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Mestrado em Análises Clínicas

2006 - 2008

Universidade de São Paulo
Título: Interação do Trichophyton rubrum com macrófagos de pacientes com dermatofitose,Ano de Obtenção: 2008
Sandro Rogério de Almeida.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Aperfeiçoamento em Análises Clínicas

2005 - 2005

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Ano de finalização: 2005;

Graduação em Farmacia

2001 - 2004

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Ensino Médio (2º grau)

1997 - 1999

Cooperativa de Ensino do Médio Araguaia

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2009 - 2009

Extensão universitária em Programa de Aperfeiçoamento de Ensino. (Carga horária: 90h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2007 - 2007

Extensão universitária em Programa de Aperfeiçoamento de Ensino. (Carga horária: 90h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2004 - 2004

Estágio no Centro de Vigilância Toxicológica - CIVITOX. (Carga horária: 542h). , Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Maria Pedrossian, HR-MS, Brasil.

2002 - 2002

Extensão universitária em Monitoria na disciplina de Anatomia Humana. (Carga horária: 224h). , Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia de Órgãos e Sistemas/Especialidade: Fisiologia Cardiovascular.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia Celular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Bomfim, Gisele Facholi ; RISSATO, M. ; ZAMPIERON, R. G. . VI Jornada Acadêmica de Farmácia. 2019. (Congresso).

BOMFIM, Gisele Facholi . II Jornada Acadêmica de Farmácia da UFMT campus Sinop. 2015. (Outro).

BOMFIM, Gisele Facholi . I Jornada Acadêmica de Farmácia da UFMT campus Sinop. 2014. (Outro).

BOMFIM, Gisele Facholi . I Curso de Verão de Farmacologia. 2009. (Outro).

BOMFIM, G. F. ; CORREA, A. . I Ciclo de Palestras CAFARM-UFMS. 2004. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXIV Simpósio Brasileiro de Fisiologia Cardiovascular.Mesa Redonda: Mulheres na Ciência. 2020. (Simpósio).

XXXI Simpósio Brasileiro de Fisiologia Cardiovascular.Moderação de apresentações orais. 2017. (Simpósio).

II Workshop da Pós Graduação do Araguaia.Resposta imune na hipertensão arterial. 2016. (Simpósio).

XVIII Simpósio Brasileiro de Fisiologia Cardiovascular.Moderadora das apresentações orais. 2014. (Simpósio).

Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão. Participação do TLR4 na reatividade vascular de ratos espontaneamente hipertensos. 2012. (Congresso).

II Simpósio de Biologia Vascular.O bloqueio do receptor tipo Toll 4 diminui a pressão arterial e a resposta contrátil em animais hipertensos. 2012. (Simpósio).

XLVII Congresso Brasileiro de Fisiologia. Mitochondrial DNA activates TLR9 in vascular smooth muscle cells. 2012. (Congresso).

Experimental Biology. Reactivity in resistance arteries of SHR treated with anti-TLR4 antibody. 2011. (Congresso).

High Blood Pressure Research Scientific Session. Innate immune response and hypertension: Toll like receptor 4 blockade decrease blood pressure in spontaneously hypertensive rats via NFkB inactivation. 2011. (Congresso).

Vasculata. Contribution of inflammatory mediators to contractile response in male and female SHR. 2011. (Congresso).

Experimental Biology. Role of TLR4 expression in experimental hypertension. 2010. (Congresso).

High Blood Pressure Research 2010 Scientific Session. Is there a role for TLR4 in hypertension?. 2010. (Congresso).

XXV Reuniao Anual da Federacaode Sociedades de Biologia Experimental. Papel do receptor TLR4 na hipertensao arterial experimental. 2010. (Congresso).

41 Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental. Toll-like receptors expression are increased in spontaneously hypertensive rats. 2009. (Congresso).

curso "Fundamentos Teóricos dos Métodos de Biologia Molecular". 2009. (Outra).

curso "Planejamento e Otimização da PCR e Pequenos RNAs e Silenciamento Gênico". 2009. (Outra).

PCR em tempo real. 2009. (Seminário).

XVIII Inter American Society of Hypertension (Scientific Session). Expression of Toll like receptors in Spontaneously hypertensive rats. 2009. (Congresso).

"Curso de Bioestatística". 2008. (Outra).

Biossegurança em Biotérios e Laboratórios de Pesquisa. 2008. (Seminário).

II Fórum de Ética em Pesquisa da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo. 2008. (Outra).

III Curso de Citometria de Fluxo do Instituto Adolfo Lutz. 2008. (Outra).

V Congresso do Instituto de Ciências Biomédicas. 2008. (Congresso).

I Simpósio Interação Parasito-Hospedeiro Modelos de Estudo. 2007. (Simpósio).

XXIV Congresso Brasileiro de Microbiologia. Interação do Trichophyton rubrum com macrófago de paciente com dermatfitose. 2007. (Congresso).

Curso de Extensão Universitária "Introdução à Imunobiologia". 2006. (Outra).

Extra Section of Clinical Immunology - ESCI-2006. 2006. (Oficina).

III SINCCAL - Simpósio Internacional de Controle de Contaminação em Áreas Limpas. 2006. (Simpósio).

VI São Paulo Research Conference - Mecanismos de Infecção e Vacinas. 2006. (Outra).

XXXI Meeting of the Brazilian Society for Immunology. 2006. (Congresso).

57° Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.Estudo da ocorrencia de infecções na corrente sanguínea causada por fungos em Hospital Unoversitário de Mato Grosso do Sul. 2005. (Outra).

7° Congresso Regional de Análises Clínicas do Centro Oeste. Septicemia por Candida spp em pacientes da UTI neonatal. 2005. (Congresso).

I Simpósio de Infecção Hospitalar. 2005. (Simpósio).

Mini curso em Rotinas Básicas de Microbiologia. 2005. (Outra).

1° Jornada de Hemoterapia e Hematologia de Mato Grosso do Sul. 2004. (Outra).

27° Encontro Nacional dos Estudantes de Farmácia. 2004. (Encontro).

50° Conselho Nacional das Entidades Estudantis de Farmácia e Fórum de Projeto Político Pedagógico. 2004. (Outra).

Curso de Gasometria e Equilíbrio Ácido-Básico. 2004. (Outra).

I Curso de uso de Antimicrobianos na Prática Clínica. 2004. (Outra).

VI Congresso Regional de Análises Clínicas do Centro-Oeste. Agentes de fungemia em Hospital público de Mato Grosso do Sul. 2004. (Congresso).

1° Simpósio de Farmácia da Faculdade Estácio de Sá de Campo grande. 2003. (Simpósio).

Semana de Controle de Infecções em Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso do Sul. 2003. (Outra).

VIII Jornada Acadêmica de Farmácia. 2003. (Outra).

XXVI Encontro Nacional dos Estudantes de Farmácia. 2003. (Encontro).

XXVI Encontro Nacional dos Estudantes de Farmácia; X Congresso Científico Brasileiro dos Estudantes de Farmácia. 2003. (Encontro).

VII Jornada Acadêmica de Farmácia. 2002. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Sheila Rodrigues do Nascimento Pelissari

Bomfim, Gisele Facholi; SINHORIN, A. P.. Estudo da composição química e atividades imunomoduladora e antioxidante do extrato metanólico do veneno de Rhinella marina. 2020. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIAS AMBIENTAIS) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Milena do Nascimento

Bomfim, GiseleF.; LEOPOLDO, A. S.; NASCIMENTO, A.F.. Obesidade e inflamação/fibrose hepática, mas não esteatose, são fatores de risco para hipertrofia e disfunção cardíaca. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós graduação em Ciências em Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Gabriel Vasconcelos de Abreu

BOMFIM, G.F.; SUGIZAKI, MARIO M.; LEOPOLDO, A. S.. Efeito da administração crônica da digoxina e do verapamil sobre a contratilidade e porteínas do transiente de cálcio de ratos submetidos ao treinamento físico intervalado. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Renée de Nazaré Oliveira da Silva

AKAMINE, ELIANA HIROMI; Tostes, RitaBOMFIM, GISELE F.; FOCK, R. A.; FESTUCCIA, W. T. L.. Efeito protetor do baço contra a resposta inflamatória do tecido adiposo perivascular do leito mesentérico de camundongos obesos. 2018 - Universidade de São Paulo.

Aluno: Ana Paula Melgarejo

ZAMPIERON, R. G.; RIBEIRO, E. B.; SHENG, L. Y.; BOMFIM, Gisele Facholi. Consultório farmacêutico: Atuação e contribuição do farmacêutico no acompanhamento de pacientes com problemas de saúde. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Renata Piran

QUEIROZ, E. A. I. F.; LUVIZOTTO, R. A. M.;Bonfim, G.F.. EFEITO DO LICOPENO SOBRE PERFIL LIPÍDICO E GLICÊMICO E ESTRESSE OXIDATIVO NO TECIDO ADIPOSO DE RATOS OBESOS. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Natália Cavachia

Bomfim, G. F.. AVALIAÇÃO DO ESTILO DE VIDA DE MULHERES HIPERTENSAS PRATICANTES E NÃO PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: João Francisco Meloquero Tavares

BOMFIM, GISELE F.; SUGIZAKI, M. M.. Influencia da digoxina sobre o desempenho fisico em teste de esforço e a estrutura do coração em ratos treinados. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Danielli Geraldelli

BOMFIM, GISELE F.; CASTOLDI, L.. A resposta imunológica à infecção pelo vírus HIV. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Jiuliane Bruna Pedroso

RISSATO, M.; Bomfim, G. F.. O Serviço de Farmácia em um hospital geral e os fatores que influenciam a assistência ao paciente. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Adriana Dela Justina

RISSATO, M.;BOMFIM, G.F.. Qualidade da prescrição de medicamentos em um hospital geral de Sinop. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Bomfim, G. F.. Concurso público para provimento de vaga de Professor Adjunto. 2014. Universidade Federal de Goiás.

Bomfim, G. F.. Concurso Público para provimento de vaga de Professor Adjunto. 2014. Universidade Federal de Mato Grosso.

Bomfim, G. F.. Concurso Público de provas e títulos para provimento de cargos na carreira do magistério superior em Ciências Biológicas e da Saúde, subárea Biotecnologia farmacêutica, biologia molecular e Metodologia científica. 2013. Universidade Federal de Mato Grosso.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Helena Catelli de Carvalho

CARVALHO MH; ANTUNES, E.; LANDGRAF, M. A. V.; VELLOSO, L. A.; CAMARA, N. O. S.. Participação do receptor tipo Toll 4 na reatividade vascular em ratos espontaneamente hipertensos.. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Farmacologia) - Instituto de Ciências Biomédicas.

Maristella de Almeida Vitta Landgraf

ANTUNES, E.; VELOSO, L. A.;LANDGRAF, M. A. V.CAMARA, N. O. S.CARVALHO, Maria Helena Catelli. Participação do receptor tipo toll 4 na reatividade vascular em ratos espontaneamente hipertensos. 2012. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade de São Paulo.

Carlos Pelleschi Taborda

TABORDA, C. P.; ALMEIDA, S. R.; VAZ, A. J.. Interação do Trichophyton rubrum com macrófagos de pacientes com dermatofitose. 2008. Dissertação (Mestrado em Farmácia (Fisiopatologia e Toxicologia)) - Universidade de São Paulo.

Niels Olsen Saraiva Câmara

Camara, N.O.S.; ANTUNES, Edson; Velloso, L. A.; Maristella Vitta Landgraf; CARVALHO, M. H. C.. Estudo da influência dos receptores tipo toll no sistema cardiovascular em modelo de hipertensão arterial. 2012. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade de São Paulo.

Niels Olsen Saraiva Câmara

Câmara, N. O. S.; ALMEIDA, S. R.; MUNHOZ, C. D.. Influência do receptor tipo Toll 4 na reatividade vascular de ratos geneticamente hipertensos. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Farmacologia) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Cintia Vieira dos Santos

Ação do veneno do sapo Rhinella marina na sepse; Início: 2020; Dissertação (Mestrado profissional em Ciências em Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso; (Orientador);

Sabrina Trigueiro Mendonça

Avaliação do risco cardiovascular de animais submetidos a supernutrição precoce; Início: 2020; Dissertação (Mestrado profissional em Ciências em Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso; (Orientador);

Luciana Ortega Telles

EFEITO DO OLÉO DE COPAÍBA (Copaifera langsdorffii) SOBRE O PERFIL METABÓLICO E TECIDO ADIPOSO EM RATOS EUTRÓFICOS E OBESOS; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Ciências em Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Bianca Sulzbacher da Silva

Avaliação do efeito do óleo de copaíba (Copaifera sp) sobre o fígado e a disfunção vascular de ratos com cirrose hepática induzida por tioacetamida; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós graduação em Ciências em Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso; (Orientador);

Angelica Macedo Borges Paulino

EFEITO DO TRATAMENTO COM VENENO DO SAPO Rhaebo guttatus, SOBRE A FUNÇÃO VASCULAR E HIPERTENSÃO ARTERIAL; ; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Ciências em Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso; (Orientador);

Suziely Cristina Ferreira Nascimento

Prevalência e fatores de risco relacionados a infecção por HIV em população encarcerada no norte de Mato Grosso; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências em Saúde) - Universidade Federal de Mato Grosso,; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Cinthya Echem de Souza Pereira

Participação do TLR4 no remodelamento cardíaco de ratos espontaneamente hipertensos; 2010; Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Instituto de Ciências Biomédicas I, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Coorientador: Gisele Facholi Bomfim;

Adriele Morimoto de Almeida

ADESÃO AO TRATAMENTO DE ANTIRRETROVIRAL DE PACIENTES COM HIV NA REGIÃO NORTE DE MATO GROSSO; ; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Cintia Vieira dos Santos

Avaliação dos mecanismos de ação envolvidos na ação anti-contrátil do veneno do sapo Rhaebo guttatus; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Mato Grosso, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Caroline Aparecida Tomazelli

Ação do veneno das espécies de sapos Rhaebo guttatus e Rinnela marina sobre a reatividade vascular de ratos Wistar; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Wanderson Antônio de Souza

Estudo epidemiológico e fatores associados à infecção pelo vírus da hepatite B em população encarcerada no norte de Mato Grosso; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Cilma Ribeiro de Sousa

Estudo epidemiológico e fatores associados à infecção pelo vírus HIV em população encarcerada no norte de Mato Grosso; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Izabel Cristina Carreiro de Oliveira Vieira

Prevalência e fatores de risco relacionados a Sífilis em população encarcerada no norte de Mato Grosso; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Izabel Cristina Carreiro de Oliveira Vieira

Estudo epidemiológico e fatores associados à infecção pelos vírus da hepatite B em população encarcerada no norte de Mato Grosso; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Carina da Costa de Sousa

Efeito da dieta rica em castanha do Pará sobre a disfunção vascular presente em modelo de ratos com disfunção hepática; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Enfermagem) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Ingrid Lucas de Souza

Efeitos da botriosferana (-(13)(16)-D-glucana) sobre a disfunção vascular presente na obesidade; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Milena do Nascimento

Avaliação da função vascular em modelo de ratos com doença do fígado gorduroso não alcóolica (DFGNA); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Ingrid Lucas de Souza

Análise dos efeitos da botriosferana (-(13)(16)-D-glucana) sobre a reatividade vascular de ratos obeso; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Milena do Nascimento

Ação do veneno das espécies de sapos Rhaebo guttatus e Rinnela marina sobre a reatividade vascular de ratos Wistar; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Milena do Nascimento

Influência do cálcio citosólico sobre as vias calmodulina quinase II e calcineurina no miocárdio de ratos submetidos ao treinamento físico; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal de Mato Grosso, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Clara Barbosa Martins

Participação do TLR4 na geração de espécies reativas de oxigênio em artérias mesentéricas de resistência de ratos espontaneamente hipertensos; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Enfermagem) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Gisele Facholi Bomfim;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Maria Helena Catelli de Carvalho

Estudo da influência dos receptores tipo Toll no sistema cardovascular em modelo de hipertensão arterial; 2008; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Farmacologia) - Universidade de São Paulo,; Orientador: Maria Helena Catelli de Carvalho;

Maria Helena Catelli de Carvalho

Estudo da participação do DNA Mitocondrial no Processo Inflamatório na Hipertensão arterial: papel do receptor tiipo TOLL 9; 2012; Instituto de Ciências Bioimédicas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Maria Helena Catelli de Carvalho;

Sandro Rogério de Almeida

Interação do Trchophyton rubrum com macrofagos de pacientes com dermatofitose; 2008; Dissertação (Mestrado em Farmácia (Fisiopatologia e Toxicologia)) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Rogério de Almeida;

Marilene Rodrigues Chang

Perfil epidemiológico de fungos do gênero Candida obtidos a partir de hemoculturas de pacientes atendidos no UTI- Neonatal do Hospital Universitário; 2005; 15 f; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia Bioquímica) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Marilene Rodrigues Chang;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • ECHEM, CINTHYA ; DA COSTA, TIAGO JANUÁRIO ; OLIVEIRA, VANESSA ; GIGLIO COLLI, LUCAS ; LANDGRAF, MARISTELLA ALMEIDA ; RODRIGUES, STEPHEN FERNANDES ; DO CARMO PINHO FRANCO, MARIA ; LANDGRAF, RICHARDT GAMA ; SANTOS-EICHLER, ROSÂNGELA APARECIDA ; BOMFIM, Gisele Facholi ; AKAMINE, ELIANA HIROMI ; DE CARVALHO, MARIA HELENA CATELLI . MITOCHONDRIAL DNA: A NEW DRIVER FOR SEX DIFFERENCES IN SPONTANEOUS HYPERTENSION. PHARMACOLOGICAL RESEARCH , v. 1, p. 1, 2019.

  • BOMFIM, Gisele Facholi ; CAU, STEFANY BRUNO ASSIS ; BRUNO, ALEXANDRE SANTOS ; FEDOCE, ALINE GARCIA ; CARNEIRO, FERNANDO S . Hypertension: a new treatment for an old disease? Targeting the immune system.. BRITISH JOURNAL OF PHARMACOLOGY , v. 1, p. 1, 2018.

  • SILVA, AMADEU Z. ; COSTA, FELIPE P.L. ; SOUZA, INGRID L. ; RIBEIRO, MARIANA C. ; GIORDANI, MORENNA ALANA ; QUEIROZ, DIOGO A. ; LUVIZOTTO, RENATA A.M. ; NASCIMENTO, ANDRÉ F. ; BOMFIM, GISELE F. ; SUGIZAKI, MARIO M. ; DEKKER, ROBERT F.H. ; BARBOSA-DEKKER, ANELI M. ; QUEIROZ, EVELINE A.I.F. . Botryosphaeran reduces obesity, hepatic steatosis, dyslipidaemia, insulin resistance and glucose intolerance in diet-induced obese rats. LIFE SCIENCES , v. 1, p. 1, 2018.

  • NASCIMENTO, M. ; PIRAN, R. ; DA COSTA, R.M. ; GIORDANI, M.A. ; CARNEIRO, F.S. ; AGUIAR, D.H. ; DIAS, M.C. ; SUGIZAKI, M.M. ; LUVIZOTTO, R.A. ; NASCIMENTO, A.F. ; BOMFIM, G.F. . Hepatic injury induced by thioacetamide causes aortic endothelial dysfunction by a cyclooxygenase-dependent mechanism. LIFE SCIENCES , v. 212, p. 168-175, 2018.

  • BOMFIM, GISELE F. ; RODRIGUES, FERNANDA LUCIANO ; CARNEIRO, FERNANDO S. . Are the innate and adaptive immune systems setting hypertension on fire?. Pharmacological Research , v. 117, p. 377, 2017.

  • BIANCARDI, VINICIA CAMPANA ; BOMFIM, Gisele Facholi ; REIS, WAGNER LUIS ; AL-GASSIMI, SARAH ; NUNES, KENIA PEDROSA . The interplay between Angiotensin II, TLR4 and hypertension. Pharmacological Research , v. 120, p. 88-96, 2017.

  • NUNES, KENIA P. ; BOMFIM, GISELE F. ; TOQUE, HAROLDO A. ; SZASZ, THEODORA ; CLINTON WEBB, R. . Toll-like receptor 4 (TLR4) impairs nitric oxide contributing to Angiotensin II-induced cavernosal dysfunction. LIFE SCIENCES , v. 1, p. S0024-3205(17)3, 2017.

  • BOMFIM, G.F. ; ECHEM, C. ; MARTINS, C.B. ; COSTA, T.J. ; SARTORETTO, S.M. ; DOS SANTOS, R.A. ; OLIVEIRA, M.A. ; AKAMINE, E.H. ; FORTES, Z.B. ; TOSTES, R.C. ; WEBB, R.C. ; CARVALHO, M.H.C. . Toll-like receptor 4 inhibition reduces vascular inflammation in spontaneously hypertensive rats. Life Sciences (1973) , v. 122, p. 1-7, 2015.

  • RODRIGUES, FERNANDA LUCIANO ; SILVA, LUIZ EDUARDO VIRGILIO ; HOTT, SARA CRISTINA ; BOMFIM, GISELE F. ; DA SILVA, CARLOS ALBERTO AGUIAR ; FAZAN, RUBENS ; RESSTEL, LEONARDO B MORAES ; TOSTES, RITA C ; CARNEIRO, FERNANDO S . Toll-like Receptor 9 (TLR9) Plays a Key Role in the Autonomic Cardiac and Baroreflex Control of Arterial Pressure. American Journal of Physiology. Regulatory, Integrative and Comparative Physiology , v. 000, p. ajpregu.00150.2014, 2015.

  • ECHEM, CINTHYA ; BOMFIM, Gisele Facholi ; CERAVOLO, GRAZIELA SCALIANTI ; OLIVEIRA, MARIA APARECIDA ; SANTOS-EICHLER, ROSÂNGELA APARECIDA ; BECHARA, LUIZ ROBERTO ; VERAS, MARIANA MATERA ; SALDIVA, PAULO HILÁRIO NASCIMENTO ; FERREIRA, JULIO CESAR ; AKAMINE, ELIANA HIROMI ; FORTES, ZULEICA BRUNO ; DANTAS, ANA PAULA ; CARVALHO, MARIA HELENA CATELLI DE . Anti-toll like receptor 4 (TLR4) therapy diminishes cardiac remodeling regardless of changes in blood pressure in spontaneously hypertensive rats (SHR). International Journal of Cardiology (Print) , v. 187, p. 243-245, 2015.

  • LIMA, VICTOR V. ; ZEMSE, SAIPRASAD M. ; CHIAO, CHIN-WEI ; BOMFIM, GISELE F. ; TOSTES, RITA C. ; CLINTON WEBB, R. ; GIACHINI, FERNANDA R. . Interleukin-10 limits increased blood pressure and vascular RhoA/rho-kinase signaling in angiotensin II-infused mice. Life Sciences (1973) , v. 145, p. 137-143, 2015.

  • SANTIAGO, KARLA ; BOMFIM, Gisele Facholi ; CRIADO, PAULO RICARDO ; ALMEIDA, SANDRO ROGERIO . Monocyte-Derived Dendritic Cells from Patients with Dermatophytosis Restrict the Growth of Trichophyton rubrum and Induce CD4-T Cell Activation. Plos One , v. 9, p. e110879, 2014.

  • SZASZ, THEODORA ; BOMFIM, G.F. ; WEBB . The influence of perivascular adipose tissue on vascular homeostasis. Vascular Health and Risk Management (Online) , v. 9, p. 105, 2013.

  • Bomfim, Gisele&nbsp ; Dos Santos, Rosangela&nbsp ; Oliveira, Maria&nbsp ; Giachini, Fernanda&nbsp ; Akamine, Eliana&nbsp ; Tostes, Rita&nbsp ; Fortes, Zuleica&nbsp ; Webb, R.&nbsp ; Carvalho, Maria&nbsp . Toll-like receptor 4 contributes to blood pressure regulation and vascular contraction in spontaneously hypertensive rats. Clinical Science (1979) , v. 122, p. 535-543, 2012.

  • Goulopoulou, Styliani ; Matsumoto, Takayuki ; Bomfim, Gisele&nbsp ; Webb, R.&nbsp . Toll-like receptor 9 activation: a novel mechanism linking placenta-derived mitochondrial DNA and vascular dysfunction in pre-eclampsia. Clinical Science (1979) , v. 123, p. 429-435, 2012.

  • Bomfim, G. F. ; Szasz, T. ; CARVALHO, M. H. C. ; WEBB, R. C. . The Toll way to hypertension: role of the innate immune response. Endocrinology & Metabolic Syndrome , v. S8:002, p. 1, 2011.

  • Sousa, M. Glória ; Ghosn, E. Eid Bou ; Nascimento, R. Ciciro ; Bomfim, G. Facchioli ; Noal, V. ; Santiago, K. ; de Maria Pedrozo e Silva Azevedo, C. ; Marques, S. Garcia ; Gonçalves, A. Guedes ; de Castro Lima Santos, D. Wagner ; Criado, P. Ricardo ; Costa Martins, J. Eduardo ; Almeida, S. Rogerio . Monocyte-derived dendritic cells from patients with severe forms of chromoblastomycosis induce CD4 + T cell activation in vitro . Clinical and Experimental Immunology , v. 156, p. 117-125, 2009.

  • LINDENBERG, A ; CHANG, M. R. ; PANIAGO, A.M. ; LAZERA, M. ; BOMFIM, G. F. ; MONKADA, P. ; NOGUEIRA, S. ; WANKE, B. . Clinical and epidemiological features of 123 cases os cryptococcosis in Mato Grosso do Sul, Brazil. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (Impresso) , v. 50, p. 1-4, 2008.

  • SOUSA, M. G. T. ; Azevedo, C. d. M. P. e S. ; NASCIMENTO, R. C. ; GHOSN, E. E. B. ; SANTIAGO, K. L. ; Noal, V. ; Bomfim, G. F. ; MARQUES, S. G. ; GONCALVES, A. G. ; Santos, D. W. d. C. L. ; Almeida, S. R. . Fonsecaea pedrosoi infection induces differential modulation of costimulatory molecules and cytokines in monocytes from patients with severe and mild forms of chromoblastomycosis. Journal of Leukocyte Biology , p. 1-7, 2008.

  • Xavier, Paula Cristhina Niz ; Chang, Marilene Rodrigues ; Nunes, Maína O. ; Palhares, Durval B. ; Silva, Renato Andreotti e ; Bonfim, Gisele Facholi ; Almeida Júnior, Nalvo F. . Candidemia neonatal, em hospital público do Mato Grosso do Sul. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical , v. 41, p. 459-463, 2008.

  • Motta-Castro, A. R. C. ; Martins, R. M. B. ; Araujo, N. M. ; Niel, C. ; Facholi, G. B. ; Lago, B. V. ; Mello, F. C. A. ; Gomes, S. A. ; BOMFIM, Gisele Facholi . Molecular epidemiology of hepatitis B virus in an isolated Afro-Brazilian community. Archives of Virology , v. 153, p. 2197-2205, 2008.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Bomfim, Gisele&nbsp ; DONOFRIO, F. C. ; PAULINO, A. M. B. ; SULZBACHER, B. ; TAFFAREL, M. . Avaliar o percentual de risco de doenças cardiovasculares. 2019.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    AVALIAÇÃO DO EFEITO DO ÓLEO DE COPAÍBA (Copaiferasp) SOBRE O FÍGADO E A DISFUNÇÃO VASCULAR DE RATOS COM CIRROSE HEPÁTICA INDUZIDA POR TIOACETAMIDA, Descrição: A cirrose é considerada uma das causas mais comuns de morte no mundo, além de ser a principal doença crônica do fígado. Até 40% dos pacientes com cirrose são assintomáticos, dificultando o diagnóstico. Uma vez que os sintomas manifestam-se o prognóstico é severo. Estudos revelam que a ocorrência da cirrose hepática leva a danos vasculares levando a hipertensão portal, ascite, sobrecarga cardíaca, pulmonar e encefalopatia. Dados recentes do nosso laboratório mostrou que um dos principais mecanismos envolvidos na disfunção vascular presente na cirrose se deve ao processo inflamatório, via ativação da ciclooxigenase 2 (COX-2), presente nessa condição. Trabalhos tem demonstrado a ação anti-inflamatória e antioxidante do óleo de copaíba, um produto da copaífera a qual é uma árvore típica da região norte do Brasil. Os principais efeitos do óleo de copaíba se deve pelos componentes -cariophileno e o -bisaboleno presentes nele. Em vista disso, nosso objetivo será avaliar a ação do óleo de copaíba sobre o fígado e a disfunção vascular presente na aorta de ratos com cirrose. A cirrose hepática será induzida pela administração de tioacetamida (TAA), uma droga hepatotóxica, na dose de 100mg/kg por via intraperitoneal (i.p) durante 74 dias O tratamento com óleo de Copaíba será realizado através de gavagem de 1.15g/kg/dia durante 18 dias. Avaliaremos os danos vasculares através da reatividade vascular na presença ou não de endotélio em resposta à agonistas vasoconstritores e vasodilatadores, e investigaremos os mecanismos envolvidos. Realizaremos análise da geração de estresse oxidativo, parâmetros bioquímicos e liberação de citocinas pró-inflamatórias para verificar o efeito do óleo de copaíba sobre o dano hepático. Será ainda avaliado as alterações histológicas na aorta e fígado e a expressão das enzimas COX-2, óxido nítrico sintase endotelial e induzível (eNOS e iNOS) após o tratamento com óleo de copaíba. Dessa forma avaliaremos a eficácia do tratamento com óleo de Copaíba sobre a cirrose hepática e a disfunção vascular presente nessa condição.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Coordenador / Bianca Sulzbacher - Integrante / SUGIZAKI, MARIO M. - Integrante / LUVIZOTTO, R.A. - Integrante / NASCIMENTO, A.F. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Estudo epidemiológico e fatores associados à infecção pelo HIV em população encarcerada no norte de Mato Grosso, Descrição: A saúde da população carcerária tornou-se um importante desafio em âmbito nacional, ocasionado pelas péssimas condições vivenciadas no sistema prisional. Apesar dos direitos constitucionais e garantias fundamentais dos privados de liberdade, a realidade vem sendo pautada em unidades superlotadas, estruturas precárias, pouco ventiladas e iluminadas, o que tem acarretado condições indignas de sobrevivência e aumento do risco de transmissão de doenças, em especial às infectocontagiosas. Estudos têm demonstrado que a infecção pelo HIV possui alta prevalência em alguns presídios brasileiros, principalmente por via sexual e pelo uso de drogas. Em alguns estados, essa taxa chega a ser quarenta vezes superior que a média na população brasileira. Diante disso, os presídios têm sido vistos como um importante foco de transmissão do HIV, o que coloca em risco a população prisional e a população em geral. Levando em consideração as circunstâncias descritas, o objetivo deste projeto é investigar a prevalência da infecção pelo vírus HIV e os fatores de risco associados na população encarcerada do município de Sinop ? MT, localizado no bioma amazônico. A pesquisa será realizada na Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira ?Ferrugem?, cujo abriga cerca de 830 reeducandos. Para tanto, será realizado um trabalho de educação em saúde com estes sujeitos, com informações a respeito da pesquisa. Logo, será aplicado um questionário para investigação dos fatores de risco e, então, realizado a testagem para o HIV, sendo que os infectados serão encaminhados ao tratamento adequado. Dessa forma conheceremos a prevalência desta infecção e os fatores de risco e ainda faremos um trabalho de prevenção de IST, colaborando com a saúde desta comunidade e com o desenvolvimento de políticas públicas de saúde aplicadas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Coordenador / A R Motta Castro - Integrante / Suziely Cristina Ferreira Nascimento - Integrante / Ana Lúcia Sartori - Integrante / Izabel Cristina O. Vieira - Integrante.

  • 2017 - Atual

    ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO E FATORES ASSOCIADOS À INFECÇÃO DE SÍFILIS EM POPULAÇÃO ENCARCERADA NO NORTE DE MATO GROSSO, Descrição: Investigar a prevalência de infecção pela sífilis e os fatores associados a esta infecção em população encarcerada do Centro Penitenciário Osvaldo Florentino do município de Sinop ? MT, região amazônica. Iremos ainda encaminhar os diagnósticos positivos confirmados para o tratamento apropriado no programa municipal. Para isso iremos: estimar a prevalência da infecção pela sífilis, na população encarcerada na penitenciaria do município de Sinop ?Ferrugem?; verificar os principais fatores de risco associados com a sífilis na população encarcerada do Centro Penitenciário Osvaldo Florentino do município de Sinop-MT; encaminhar os diagnósticos positivos confirmados para o tratamento apropriado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Coordenador / Motta-Castro, A. R. C. - Integrante / Suziely Cristina Ferreira Nascimento - Integrante / Ana Lúcia Sartori - Integrante / Izabel Cristina O. Vieira - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Efeito da botriosferana, -(13) (16)-D-Glucana, sobre o desenvolvimento tumoral na obesidade: mecanismos envolvidos., Descrição: Estudos epidemiológicos tem relacionado a obesidade com uma grande variedade de cânceres, como o câncer de mama metastático. Resistência à insulina e hiperinsulinemia tem sido propostos como os mecanismos pelos quais a obesidade induz ou promove a tumorigênese. -glucanas são substâncias produzidas por micro-organismos, como os fungos, e descritas por serem efetivas em tratar várias condições patológicas, incluindo câncer. Trabalho por nós desenvolvido anteriormente demonstrou que a botriosferana, uma -(13)(16)-D-glucana, produzida pelo fungo Botryosphaeria rhodina, apresenta efeitos antiproliferativo e pró-apoptótico direto relacionado à ativação da AMPK e do FOXO3a. Assim, o objetivo deste estudo será analisar as atividades biológicas do exopolissacarídeo (EPS) produzido pelo fungo Botryosphaeria rhodina [botriosferana (-(13)(16)-D-glucana)] sobre o desenvolvimento tumoral na obesidade e os mecanismos de ação do botriosferana sobre o desenvolvimento tumoral. No presente estudo serão utilizados ratos Wistar machos, com 30 dias de idade, provenientes do Biotério Central da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Os ratos serão mantidos durante todo o período experimental em caixas de polipropileno, acondicionadas em ambiente com temperatura controlada de 222C e ciclo claro-escuro de 12h, com livre acesso à água e alimento. Os ratos serão divididos em quatro grupos experimentais: I) Controle com tumor (CT); II) Controle com tumor tratado com botriosferana (CTB); III) Obeso com tumor (OT) e IV) Obeso com tumor tratado com botriosferana (OTB). Os ratos controle (CT e CTB) receberão ração padrão para roedores e os grupos OT e OTB uma ração hipercalórica e água com sacarose (300g/litro), durante 8 semanas. Na 8ª semana todos os animais receberão a inoculação de células do tumor de Walker-256, subcutâneamente, no flanco superior direito. No mesmo dia da inoculação do tumor será iniciado o tratamento de parte dos ratos do grupo CT e OT com botriosferana (12 mg/kg por dia, via gavagem, durante 15 dias, os demais ratos receberão água. Após quinze dias de tratamento, os animais serão eutanaziados e os tecidos e fluidos serão removidos, pesados, congelados e armazenados para análises posteriores. Para a caracterização e confirmação da eficácia do tratamento com dieta hipercalórica, a obesidade será avaliada através da determinação do Índice de Lee =[peso corporal1/3 (g)/comprimento naso-anal (cm)X100], do peso relativo (g/100g peso corporal) das gorduras periepididimal e retroperitonial e da massa magra (músculos sóleo e EDL). Ainda, será avaliado o desenvolvimento tumoral, o perfil lipídico dos animais, a sensibilidade à insulina, tolerância à glicose e expressão protéica por técnica de Western Blotting.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Mario Mateus Sugizaki - Integrante / André Ferreira do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Integrante / Eveline A I Fonseca de Queiroz - Coordenador / Ingrid Lucas de Souza - Integrante / Amadeu Zatonni da Silva - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Efeito do Hibiscus sabdariffa sobre marcadores inflamatórios e estresse oxidativo no tecido adiposo de animais obesos, Descrição: Obesidade é caracterizada pelo acúmulo excessivo ou anormal de gordura corporal que pode deteriorar a saúde. Foi relatado que o Hibiscus sabdariffa está relacionado com a diminuição da gordura corporal. Além disso, foram observados efeitos terapêuticos do Hibiscus sabdariffa no combate a obesidade e doenças relacionadas. O objetivo do estudo será analisar o efeito do extrato etanólico do Hibiscus sabdariffa (Hs) sobre os marcadores inflamatórios e estresse oxidativo no tecido adiposo de animais com obesidade induzida por dieta. O presente estudo será realizado em parceria com o Professor Dr. Mário Mateus Sugizaki e utilizará amostras congeladas de soro e tecido adiposo epididimal. Os animais serão randomizados para receberem dieta controle (C) e hipercalórica (H), por 8 semanas. Após este período os animais, de ambos os grupos, serão novamente randomizados para receberem ou não o extrato etanólico de Hs (C, n=8; C+Hs, n=8; H, n=8; H+Hs, n=8). O extrato etanólico de Hibiscus sabdariffa será administrado aos animais na dose de 150mg/kg/dia via gavagem, por 8 semanas. Animais dos grupos não tratados (C e H) receberão solução fisiológica, via gavagem, em volume equivalente ao oferecido aos grupos tratados com Hs. Amostras de sangue serão usadas para determinação hormonal de adiponectina, TNF- e IL-6. A aferição do estado antioxidante total será feita pelo método TAP, a produção de espécies reativas será analisada indiretamente pela presença do produto final da peroxidação lipídica malondialdeído. A expressão gênica (adiponectina, TNF- e IL-6) será realizada por meio de PCR em tempo real. Os dados serão expressos por meio de medidas descritivas de posição e variabilidade. A comparação entre os grupos será realizada pela técnica ANOVA complementada com o teste de Tukey. O nível de significância considerado para todas as variâncias será de 5%.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Mario Mateus Sugizaki - Integrante / André Ferreira do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Coordenador / Karla E Von Dentz - Integrante.

  • 2017 - Atual

    POTENCIAL TERAPÊUTICO DO EXTRATO DE HIBISCUS SABDARIFFA ASSOCIADO AO TREINAMENTO FÍSICO EM RATOS OBESOS, Descrição: Nosso modelo experimental de obesidade em ratos induzida por dieta hipercalórica promove esteatose hepática e resistência à insulina. O treinamento físico e a dieta são pilares no combate à obesidade. Atualmente, o uso de chás tem sido usado para perda de peso e tratamento de várias doenças. A hipótese desse trabalho é que o extrato de hibiscus sabdariffa associado ao treinamento físico podem reduzir a resistência à insulina e a esteatose hepática em ratos obesos. O objetivo desse trabalho será avaliar o potencial terapêutico do hibiscus sabdariffa associado ao treinamento físico em ratos obesos. Serão utilizados ratos machos Wistar inicialmente divididos em: controle (C) e obeso (O). Após 8 semanas o grupo O será dividido aletatoriamente em: Obeso com dieta hipercalórica (O), obeso+treinamento físico (OTF), obeso+hibiscus (OHi), obeso + treinamento físico + hibiscus (OTFHi). Cada grupo será composto por 10 animais. A indução à obesidade será de 8 semanas e após esse período os animais obesos serão submetidos ao treinamento físico em esteira rolante, 1 hora/ dia, 5 dias/ semana durante 8 semanas a uma intensidade de 50% da velocidade máxima atingida no teste de esforço. O extrato de hibiscus será administrado via gavagem 1/dia/60 dias na dosagem de 150 mg/kg de peso corpóreo. Serão avaliados os níveis séricos de glicose, perfil lipídico, insulina, TNF, teste de tolerância à glicose e gordura corporal. A esteatose hepática será mensurada por meio de cortes histológicos. A reatividade vascular será avaliada em anéis de aorta em um sistema de órgão isolado. Os dados serão submetidos ao tratamento estatístico e a comparação entre grupos será pela ANOVA e teste posterior de Tukey. O nível de significância considerado será p<0,05.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Mario Mateus Sugizaki - Coordenador / André Ferreira do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Integrante / Morenna Alana Giordani - Integrante / Eveline A I Fonseca de Queiroz - Integrante / Bianca Sulzbacher - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Influência da inflamação hepática sobre a função vascular e a dinâmica do cálcio intracelular no desempenho mecânico do coração, Descrição: Trabalhos clínicos sugerem que a doença do fígado gorduroso não alcoólica (DFGNA) é um importante fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, incluindo disfunção do coração. Entretanto, ainda é incerto se o risco de comprometimento cardíaco é mais evidente em uma condição de esteatose isolada ou na presença de esteatohepatite (EHNA). Desde que EHNA pode estar envolvida com a liberação crônica de TNF- pelo tecido hepático inflamado, o comprometimento cardíaco será decorrente de uma alteração na dinâmica do cálcio intracelular frente ao elevado conteúdo plasmático de TNF-. Assim, o objetivo do trabalho será avaliar a influência da inflamação hepática sobre a função vascular e a dinâmica do cálcio intracelular no desempenho mecânico do coração. Ratos Wistar machos, com 30 dias de idade, serão casualmente divididos para receberem dieta controle (C) ou hipercalórica (H), com a presença ou não de tioacetamida (TAA, Sigma-Aldrich, EUA) durante 8 semanas, perfazendo 4 grupos experimentais independentes (C, H, C+TAA e H+TAA, sendo 12 animais/grupo). O grupo C+TAA e H+TAA receberão a quantidade de 200mg/kg/i.p de TAA, duas vezes por semana. Essa droga demonstra ser um importante agente hepatotóxico indutor de inflamação e fibrose no fígado. Em contrapartida, a dieta H promove esteatose isolada, como demonstrado por nosso grupo anteriormente. Após o sacríficio, serão avaliados os indicadores de obesidade e comorbidades associadas. A morfologia e função hepática serão determinadas. A caracterização da função do coração será verificada in vivo por meio do ecocardiograma e in vitro pelas técnicas de músculo papilar e miócito isolados. A função vascular será determinada pela técnica de reatividade vascular em anéis de aorta. Os dados serão expressos por meio de medidas descritivas de posição e variabilidade. A comparação entre os grupos será realizada e complementadas por testes específicos. Estudo de covariabilidade também será realizado. O nível de significância considerado para todas as variáveis será de 5%.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Mario Mateus Sugizaki - Integrante / André Ferreira do Nascimento - Coordenador / Milena do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Integrante.

  • 2015 - 2018

    Efeitos da botriosferana (-(13)(16)-D-glucana) sobre a obesidade induzida por dieta hipercalórica em ratos, Descrição: O objetivo do presente trabalho será avaliar as atividades biológicas da -glucana obtida pelo fungo Botryosphaeria rhodina MAMB-05, Botriosferana (-(13)(16)-D-glucana), na obesidade induzida por dieta hipercalórica em ratos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Mario Mateus Sugizaki - Integrante / André Ferreira do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Integrante / Eveline A I Fonseca de Queiroz - Coordenador.

  • 2015 - Atual

    Desenvolvimento de tecnologias para o processamento de produtos da flora amazônica e suas aplicações na saúde humana, Descrição: Os produtos da flora amazônica têm elevado potencial de aplicação na indústria alimentícia e farmacêutica, porém, por questões técnicas ou comerciais ainda não apresentam a relevância que fazem jus. Assim, nesta proposta, tem-se por objetivo desenvolver e difundir tecnologias inovadoras, que dê suporte ao processamento da castanha-do-brasil, do cupuaçu e da copaíba, desde o extrativismo até a indústria alimentícia, bem como identificar e manipular compostos contidos nestes produtos com finalidade terapêutica, de modo a garantir a eficiência do processo produtivo, a segurança alimentar e a agregação de valor à produção regional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Coordenador / Mario Mateus Sugizaki - Integrante / André Ferreira do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Integrante / Roberta Martins Nogueira - Integrante / Morenna Alana Giordani - Integrante / Carla Regina ANDRIGUETTI - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2018

    Efeito do licopeno sobre adiponectina, SIRT1 e FOXO1 no tecido adiposo de animais com obesidade induzida por dieta., Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Mario Mateus Sugizaki - Integrante / André Ferreira do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Coordenador.

  • 2014 - 2018

    Caracterização fenotípica das células com função imunorregulatória em amostras de cérvice uterina infectadas pelo Papilomavírus humano, Descrição: A infecção pelo HPV é a infecção sexualmente transmissível viral mais frequente na população sexualmente ativa e é considerada um fator necessário para o desenvolvimento do câncer cervical. O HPV contribui para o desenvolvimento da carcinogênese por meio dos oncogenes virais E6 e E7, que inibem respectivamente a atividade das proteínas p53 e pRb no controle da replicação celular, provocando divisão celular com instabilidade cromossômica e acúmulo de mutações na célula infectada, conduzindo eventualmente ao desenvolvimento de lesões neoplásicas. O câncer do colo do útero é um importante problema de saúde pública mundial devido a sua alta prevalência e seus altos índices de morbimortalidade. Constitui-se a segunda neoplasia maligna mais prevalente em mulheres de todo o mundo e a principal causa de morte por câncer entre mulheres de países em desenvolvimento. Estudos demonstram a associação entre a progressão neoplásica relacionada ao HPV e o estado imunológico da paciente. Um dos importantes mecanismos de escape viral, que também contribui para o desenvolvimento neoplásico é a criação de um microambiente imunorregulatório via produção de IL-10, importante citocina imunorreguladora produzida por muitas populações de células. A IL-10 tem potentes efeitos inibidores sobre a resposta inflamatória e proliferação de células T. Atua deprimindo a produção de citocinas Th1 e inibe a apresentação de antígenos pelas APC profissionais a partir da redução da expressão de MHC classe II e moléculas co-estimulatórias na sua superfície celular. A detecção da expressão de IL-10, a determinação dos fenótipos celulares envolvidos na sua produção e a avaliação da influência desta citocina sobre a expressão de MHC de classe II contribuirá para elucidar importantes fatores sobre a persistência da infecção pelo HPV e evolução das lesões neoplásicas, permitindo o desenvolvimento de novas estratégias preventivas e terapêuticas baseadas na imunoterapia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Cacilda Tezelli Junqueira Padovani - Coordenador / Inês Aparecida Tozetti - Integrante / Alda Maria Teixeira Ferreira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Apoio e Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2017

    Estudo epidemiológico e fatores associados à infecção pelos vírus da hepatite B e C em população encarcerada no norte de Mato Grosso, Descrição: O Brasil é considerado um país com prevalência heterogênea e intermediária de hepatites virais, sendo o norte do país uma área de alta prevalência. Estudos têm descrito que a prevalência de hepatite B e C é maior na comunidade carcerária do que na população em geral, sendo considerado um importante fator de risco. Tendo em vista que a hepatite B e C são um problema de saúde pública e que há poucos estudos no Brasil a respeito da presença de hepatites virais nas penitenciárias, o presente estudo irá investigar a prevalência da infecção pelos vírus das hepatites B e C e os fatores associados a estas infecções na população encarcerada de Sinop ? MT, localizada no bioma amazônico. Para isso será realizado um questionário para os presidiários do Centro Penitenciário Osvaldo Florentino e logo após será feito um teste rápido para triagem da população soropositiva. Os testes positivos serão confirmados através de testes de imunoensaios e as pessoas infectadas serão encaminhadas para um tratamento. Será ainda realizado um trabalho de educação em saúde, buscando a prevenção dessas doenças e a promoção da saúde dessa população. Dessa forma pretendemos conhecer a prevalência destas infecções e os fatores de risco associados na penitenciária de Sinop e ainda desenvolver um trabalho de prevenção de DSTs colaborando com a saúde desta comunidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Coordenador / Cilma Ribeiro de Sousa - Integrante / Wanderson Antonio de Souza - Integrante / Lúcia Mendes Silva Tomaz - Integrante / Walther Esteves Lima - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Relação entre doença do fígado gorduroso não alcoólica e alterações cardiovasculares em uma condição de obesidade, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Mario Mateus Sugizaki - Integrante / André Ferreira do Nascimento - Coordenador / Milena do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Integrante / Carolina Tomazelli - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Ação do veneno das espécies de sapos Rhaebo guttatus e Rinnela marina sobre a pressão arterial e reatividade vascular de ratos Wistar, Descrição: As secreções da pele de anfíbios representam rica fonte de substâncias como peptídeos, alcaloides, bufadienolídeos, aminas biogênicas e proteínas. Os sapos das espécies Rhinella marina e Rhaebo guttatus são comumente encontrados no Mato Grosso e já foi descrito a composição química de seus venenos, sendo o veneno do R. marina rico em telocinobufagina, marinobufagina, bufalina e resibufogenina, enquanto R. guttatus apresenta apenas marinobufagina. Ambos venenos são ricos em bufadienolídeos, sendo que trabalhos publicados já descreveram que esse tipo de substância apresenta propriedades angiogênicas, anti hipertensivas, imunossupressoras, anti tumorais e inotrópicas positivas. Os bufadienolídeos possuem como principal mecanismo de ação a inibição da bomba Na/K ATPase, uma enzima localizada na membrana da grande maioria das células, inclusive no sistema cardiovascular, e tem a função de manter as concentrações de Na+ e K+ adequadas nos líquidos intra e extracelular. Apesar de já possuir um mecanismo de ação já descrito, os bufadienolídeos possuem formas estruturais diferentes, o que acaba resultando em características funcionais distintas entre algumas substâncias dessa família, sendo que alguns bufadienolídeos podem ter ação agonista e outros antagonista sobre a bomba Na/K ATPase. Dessa forma, sabe-se que alguns bufadienolídeos possuem ação sobre os vasos sanguíneos, no entanto ainda não foi caracterizado a ação sobre a reatividade vascular e a pressão arterial de alguns bufadienolídeos presentes nos venenos dos sapos R. marina e R. guttatus. Em vista disso, nosso objetivo será verificar a ação vasoativa e sobre a pressão arterial dos venenos dos sapos R. marina e R. guttatus, que são ricos em bufadienolídeos, em ratos Wistar. Para isso, iremos realizar estudos in vivo e in vitro, onde ratos Wistar serão tratados com os venenos e será avaliado a pressão arterial e a reatividade vascular após o tratamento. Avaliaremos ainda o efeito in vitro desses venenos incubando aortas de ratos Wistar com os venenos e avaliando a resposta a agentes vasoconstritores e vasodilatores. Vamos verificar também o efeito dos venenos sobre a expressão protéica das subunidades da bomba Na/K ATPase. Dessa forma, pretendemos caracterizar a ação dos venenos dos sapos R. marina e R. guttatus sobre a pressão arterial e a reatividade vascular em ratos, e assim investigar um possível efeito anti-hipertensivo desses venenos e uma alternativa para o tratamento da hipertensão arterial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Coordenador / Giachini, FernandaR. - Integrante / Mario Mateus Sugizaki - Integrante / André Ferreira do Nascimento - Integrante / Renata de Azevedo Melo Luvizotto - Integrante / LIMA, VICTOR V. - Integrante / CARNEIRO, FERNANDO S. - Integrante / Adilson Paulo Sinhorin - Integrante / Cintia Vieira dos Santos - Integrante / Camila Ferreira Wenceslau - Integrante / Angélica Macedo Borges Paulino - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2015

    Participação do receptor tipo Toll 4 na geração de espécies reativas de oxigênio em artérias de ratos espontaneamente hipertensos., Descrição: O receptor tipo Toll 4 (TLR4) pertence á imunidade inata, é expresso em quase todas as células e é ativado por ligandes exógenos (LPS) e endógenos (angiotensina II). Quando ativado, o TLR4 ativa o NFB e a transcrição de genes envolvidos na resposta inflamatória, como citocinas pró-inflamatórias (TNF-, IL-6, IL-1,IL-8 e MCP-1), moléculas de adesão, óxido nítrico (NO) e EROs. Nos últimos anos, vem sendo descrito e caracterizado o importante envolvimento dos TLRs nas doenças cardiovasculares como, aterosclerose, hipertrofia cardíaca, infarto do miocardio, diabetes e obesidade, sendo que o bloqueio deste receptor apresenta um efeito protetor nessas patologias(14). No entanto, ainda é escasso o estudo da participação destes receptores em um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento destas doenças que é a hipertensão arterial. Vários estudos mostram a ocorrência de alterações e aumento das moléculas (Ang II, HSP60 e 70, PCR) envolvidas no processo inflamatório na HA, o que acaba por colaborar com a disfunção vascular presente nesta doença. Além disso, estas moléculas que desencadeiam uma resposta pró-inflamatória podem ser possíveis ativadores dos TLRs no sistema cardiovascular. Em vista disso, nosso objetivo é investigar se a ativação do TLR4 está relacionado com a geração de EROs em microvasos de ratos espontaneamente hipertensos (SHR).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Coordenador / SARTORETTO, S.M. - Integrante / AKAMINE, E.H. - Integrante / ECHEM, CINTHYA - Integrante / OLIVEIRA, MARIA APARECIDA - Integrante / CARVALHO, MARIA HELENA CATELLI DE - Integrante.

  • 2012 - Atual

    ESTUDO DA PARTICIPAÇÃO DO DNA MITOCONDRIAL NO PROCESSO INFLAMATÓRIO NA HIPERTENSÃO ARTERIAL: PAPEL DO RECEPTOR TIPO TOLL 9, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Maria Helena C. Carvalho - Coordenador / Webb, R.Clinton - Integrante.

  • 2009 - 2015

    Participação do receptor tipo Toll 4 na hipertensão arterial experimental, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / Maria Helena C. Carvalho - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2008

    Interação do Tricophyton rubrum com macrófagos de pacientes com dermatofitose, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Coordenador.

  • 2001 - 2004

    Soroepidemiologia molecular da infecção pelo vírus da Hepatite B na população pantaneira e afro descendentes das comunidades isoladas de Mato Grosso do Sul, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Gisele Facholi Bomfim - Integrante / A R Motta Castro - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Menção Honrosa VI Jornada Acadêmica de Farmácia, UFMT - campus Sinop.

2016

Prêmio Severino Meirelles - melhor Iniciação Científica da UFMT, UFMT.

2014

Menção Honrosa, XXIX Reunião Anual da Fesbe.

2014

Professora Homenageada, UFMT - Formandos da Turma de Farmácia 2014/1.

2012

Menção Honrosa, Congresso da Sociedade Brasileira de Fisiologia.

2012

Menção Honrosa, Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão.

2012

Melhor trabalho na área experimental, Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão.

2012

Menção Honrosa, II Simpósio de Biologia Vascular.

2012

Apresentação oral, II Simpósio de Biologia Vascular.

2012

Menção honrosa II, II Simpósio em Biologia Vascular.

2011

Terceiro lugar no Prêmio José Ribeiro do Valle, Congresso da Sociedade Brasileira de Farmacologia de Terapêutica Experimental.

2011

Apresentação oral no Council of High Blood Pressure, American Heart Association.

2009

Menção Honrosa, Congresso da Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental.

2009

Melhor painel, V Simpósio de Farmacologia "Qualidade Científica Prof. Dr. João Garcia Leme".

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - Atual

Universidade Federal de Mato Grosso

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 02/2017

    Ensino, Ciências em Saúde, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Fundamentos morfofuncionais na saúde e na doença, Imunologia na saúde e na doença

  • 05/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências da Saúde, .,Cargo ou função, Membro do Colegiado do Programa de Pos graduação em Ciências em saúde.

  • 01/2016

    Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Imunologia, Inglês aplicado a Enfermagem

  • 01/2016

    Ensino, Medicina Veterinária, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Imunologia, Bioquímica

  • 03/2013

    Ensino, Farmácia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Imunologia, Imunologia Clínica, Bioquímica Clínica, Doenças Tropicais, Estágio Supervisionado III (Farmácias e Drogarias), Estágio Supervisionado IV (Análises Clínicas), Metodologia Científica

  • 12/2016 - 08/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências da Saúde, .,Cargo ou função, Membro da Congregação do Instituto Ciências da saúde.

  • 12/2015 - 08/2016

    Direção e administração, Instituto de Ciências da Saúde, .,Cargo ou função, Coordenadora do curso de Farmácia.

  • 10/2013 - 10/2014

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências da Saúde, .,Cargo ou função, Membro do Colegiado de Curso de Farmácia.

2006 - 2012

Universidade de São Paulo

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutoranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2003 - 2005

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20