Carlos Guilherme Silveira Pedreira

Professor Associado III do Departamento de Zootecnia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), Universidade de São Paulo, em Piracicaba, SP. Leciona disciplinas de graduação na área de Forragicultura e de pós-graduação, na área de metodologia de pesquisa com plantas forrageiras e pastagens. Na pesquisa, o interesse é em aspectos da fisiologia aplicada da produção de forragem em pastagens e manejo de pastagens, enfocando as respostas de espécies forrageiras ao ambiente físico (clima) e ao manejo da desfolhação. Projetos envolvem a avaliação de cultivares e espécies forrageiras sob corte e pastejo, incluindo a identificação de práticas de manejo que combinem produtividade, qualidade e persistência, além de otimizar o aproveitameto da forragem produzida. Outra linha de trabalho envolve o desenvolvimento de modelos empíricos para estimativas da produção potencial de espécies forrageiras, e a adaptação e parametrização de modelos mecanísticos existentes com bancos de dados de espécies tropicais. É consultor ad hoc da FAPESP, CNPq, CAPES, EMBRAPA, FACEPE, FUNDECT, entre outros. Atua regularmente como revisor dos periódicos Agronomy Journal, Crop Science, Journal of Agricultural Science, Scientia Agricola, Pesquisa Agropecuária Brasileira, Ciência e Agrotecnologia, Revista Brasileira de Zootecnia, Revista Ceres, Boletim de Indústria Animal, Revista Magistra. Foi Editor Científico da revista Scientia Agricola de 1999 a 2004, membro do Conselho Editorial da Revista Brasileira de Zootecnia de 2002 a 2008, Editor Científico de Forragicultura da RBZ em 2012/13. Foi Associate Editor e Senior Associate Editor do periódico Agronomy Journal de 2008 a 2018. Foi Technical Editor do periódico Forage and Grazinglands. Atualmente é Technical Editor (Div. C-06 Forage and Grazinglands) do periódico Crop Science e membro do Editorial Affairs, Policies, & Practices Committee (CSSA Technical Editor). É "Fellow" da American Society of Agronomy, e da Crop Science Society of America, sendo membro de ambas desde 1990. É membro da Gamma Sigma Delta Honor Society of Agriculture desde 1994, e do American Forage and Grassland Council desde 1993. (23/08/2006)

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Agronomy (Ph.D.)

1992 - 1995

University of Florida
Título: Plant and animal responses on grazed pastures of 'Florakirk' and 'Tifton 85' bermudagrasses
Orientador: Lynn E. Sollenberger
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Manejo; Pastejo; Cynodon spp.; bermudagrass; Desempenho animal; Reserva orgânica. Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Produção Animal. Setores de atividade: Produção Animal, Inclusive Serviços Veterinários; Produção Vegetal.

Mestrado em Agronomy (M.Sc.)

1989 - 1992

University of Georgia
Título: Forage yield of three populations of 'Pensacola' bahiagrass as related to their physiological and morphological traits,Ano de Obtenção: 1992
Orientador: R. Harold Brown
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Fisiologia; Morfologia; Paspalum Notatum; Fotossintese; Producao Sob Corte.Grande área: Ciências AgráriasGrande Área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia. Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura / Especialidade: Fisiologia de Plantas Forrageiras. Setores de atividade: Produção Vegetal.

Graduação em Engenharia Agronômica

1984 - 1987

Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2004

Livre-docência. , Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, ESALQ, Brasil. , Título: Respostas de plantas forrageiras ao ambiente e o uso de modelos de simulação simples na racionalização de processos biológicos, Ano de obtenção: 2004., Palavras-chave: Clima; Planejamento da produção; Acúmulo de forragem; Panicum maximum; Brachiaria brizantha; Cynodon spp.. , Grande área: Ciências Agrárias, Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura / Especialidade: Avaliação, Produção e Conservação de Forragens. , Setores de atividade: Produção Vegetal; Produção Animal, Inclusive Serviços Veterinários.

2012

Pós-Doutorado. , University of Florida, UF, Estados Unidos. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Agrárias, Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagens e Forragicultura. , Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura / Especialidade: Modelagem em Forragicultura.

1995 - 1998

Pós-Doutorado. , Universidade de São Paulo, USP, Brasil. , Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. , Grande área: Ciências Agrárias, Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura / Especialidade: Manejo e Conservação de Pastagens.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2013 - 2013

DSSAT 2013 - International Training Program. (Carga horária: 40h). , University of Georgia, UGA, Estados Unidos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura/Especialidade: Fisiologia de Plantas Forrageiras.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura/Especialidade: Produção Animal Em Pastagens.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Avaliação de pastagens com animais.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura/Especialidade: Manejo de Pastagens.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Zootecnia / Subárea: Pastagem e Forragicultura/Especialidade: Técnicas experimentais em avaliação de pastagens.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

1o. Simpósio de Pecuária Integrada.Manejo de pastagens tropicais para intensificação da produção. 2014. (Simpósio).

2014 ASA-CSSA-SSSA International Annual Meetings. Growth Analysis of Marandu Palisadegrass in Comparison to Simulations of Cropgro Perennial Forage Model. 2014. (Congresso).

VII SIMFOR / 5th International Symposium on Animal Production under Grazing.Modelagem na avaliação de plantas forrageiras no Brasil. 2014. (Simpósio).

2013 ASA-CSSA-SSSA International Annual Meetings. Calibration of the CROPGRO Perennial Forage model to simulate irrigated and rainfed palisadegrass growth in Brazil. 2013. (Congresso).

2012 ASA-CSSA-SSSA International Annual Meetings. Herbage Yield of Irrigated and Non-Irrigated Brachiaria and Bermudagrass Genotypes. 2012. (Congresso).

2011 ASA-CSSSA-SSSA International Annual Meetings. Leaf photosynthesis of Panicum spp. grasses as determined by level of insertion, portion of leaf blade, and light intensity. 2011. (Congresso).

18 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP. 2010. (Simpósio).

2010 ASA-CSSA-SSSA Annual Meetings.Adapting the CROPGRO Model to Predict Growth of Tropical Forage Grasses. 2010. (Outra).

47a Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia.Impacto do manejo do pastejo no valor nutritivo da forragem de Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk: fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido. 2010. (Outra).

2009 ASA-CSSA-SSSA Annual Meetings.Modeling Herbage and Plant Part Accumulation of Five Cultivars of Brachiaria Spp. Using Daylength and Air Temperature. 2009. (Outra).

2008 ASA-CSSA-SSSA Annual Meetings.Dynamics of Herbage and Plant Part Accumulation in Pastures of Xaraes Palisadegrass [Brachiaria brizantha Cv. Xaraes] Under Rotational Stocking. 2008. (Outra).

Reunião Anual da American Society of Agronomy, Crop Science Society of America, e Soil Science Society of America.Sward structure and herbage accumulation on pastures of Xaraés palisadegrass [Brachiaria brizantha cv. Xaraés] in response to rotational grazing strategies. 2007. (Outra).

VI Simpósio de Forragicultura e Pastagens.Uso de gramíneas do gênero Cynodon como alternativa na formação de pastagens: abordagem e implicações econômicas. 2007. (Simpósio).

III Simpósio sobre Manejo Estratégico da Pastagem.III Simpósio sobre Manejo Estratégico da Pastagem. 2006. (Simpósio).

I Simpósio de Forrageiras e Produção Animal.I Simpósio de Forrageiras e Produção Animal. 2006. (Simpósio).

Reunião Anual da American Society of Agronomy, Crop Science Society of America, e Soil Science Society of America. Persistence-related responses of alfalfa genotypes under grazing in tropical Brazil. 2006. (Congresso).

13 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.13 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP. 2005. (Simpósio).

22 Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 2005. (Simpósio).

Semana de Estudos Agropecuários e Florestais de Botucatu - SEAB.Semana de Estudos Agropecuários e Florestais de Botucatu - SEAB. 2005. (Outra).

21o. Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 2004. (Simpósio).

11o. Simpósio de Iniciação Científica da USP.Simpósio de Iniciação Científica da USP. 2003. (Simpósio).

20.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simposio sobre Manejo da Pastagem. 2003. (Simpósio).

19.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 2002. (Simpósio).

39a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia.Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia. 2002. (Outra).

Reunião Anual da American Society of Agronomy, Crop Science Society of America, e Soil Science Society of America. Reunião Anual da American Society of Agronomy - Crop Science Society of America - Soil Science Society of America. 2002. (Congresso).

Simpósio sobre Manejo Estratégico da Pastagem.Simpósio sobre Manejo Estratégico da Pastagem. 2002. (Simpósio).

18.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 2001. (Simpósio).

38a. Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia.Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia. 2001. (Outra).

XIX International Grassland Congress. Congresso Internacional de Pastagens. 2001. (Congresso).

17o. Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 2000. (Simpósio).

8o. Simpósio de Iniciação Científica da USP / 1o. Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Simpósio de Iniciação Científica da USP / Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP. 2000. (Simpósio).

16.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 1999. (Simpósio).

7o. Simpósio de Iniciação Científica da USP.Simpósio de Iniciação Científica da USP. 1999. (Simpósio).

I Simpósio Internacional Grassland Ecophysiology and Grazing Ecology.Simpósio Internacional Grassland Ecophysiology and Grazing Ecology. 1999. (Simpósio).

IV Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens para Bovinos de Corte.Estabelecimento de plantas forrageiras (Cynodon, Brachiaria, Panicum, e Pennisetum). 1999. (Outra).

V Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens para Bovinos de Corte.Estabelecimento de plantas forrageiras (Cynodon, Brachiaria, Panicum, e Pennisetum). 1999. (Outra).

Workshop - Milho para Silagem.Workshop - Milho para Silagem. 1999. (Oficina).

XX SETA - Curso. 1999. (Outra).

15.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 1998. (Simpósio).

6o. Simpósio de Iniciação Científica da USP.Simpósio de Iniciação Científica da USP. 1998. (Simpósio).

90a. Reunião Anual da American Society of Agronomy/Crop Science Society of America/Soil Science Society of America. Reunião Anual da American Society of Agronomy/Crop Science Society of America/Soil Science Society of America. 1998. (Congresso).

Curso de Atualização em Bovinocultura Leiteira.Estabelecimento de pastagens. 1998. (Outra).

Curso de Princípios Básicos em Bovinocultura Leiteira.Implantação e manejo de pastagens. 1998. (Outra).

Curso de Produção de Feno.Estabelecimento de gramíneas para fenação. 1998. (Outra).

Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens.Estabelecimento de plantas forrageiras destinadas ao sistema intensivo de pastagens (Cynodon, Brachiaria, panicum, e Pennisetum). 1998. (Outra).

Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens para Bovinos Leiteiros.Estabelecimento de plantas forrageiras destinadas so sistema intensivo (Cynodo, brachiaria, Panicum, e Pennisetum). 1998. (Outra).

IV Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens para Bovinos de Corte.Estabelecimento de plantas forrageiras destinadas ao sistema intensivo (Cynodon, Brachiaria, Panicum, e Pennisetum). 1998. (Outra).

IV Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens para Bovinos de Corte.Estabelecimento de plantas forrageiras (Cynodon, Brachiaria, Panicum, e Pennisetum). 1998. (Outra).

IV Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens para Bovinos Leiteiros.Estabelecimento de plantas forrageiras destinadas ao sistema intensivo de pastagens (Cynodon, Brachiaria, Panicum, e Pennisetum). 1998. (Outra).

14.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Suplementação volumosa no pastejo rotacionado (co-autor). 1997. (Simpósio).

3.o Simpósio sobre Ecossistema de Pastagens.Princípios de ecologia aplicados ao manejo da pastagem (co-autor). 1997. (Simpósio).

Curso de Produção de Feno.Estabelecimento de gramíneas para fenação. 1997. (Outra).

Curso de Produção de Feno.Características de culturas forrageiras destinadas à fenação. 1997. (Outra).

Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens.Estabelecimento de Cynodon, Brachiaria, Panicum e Pennisetum. 1997. (Outra).

Curso de Sistema Rotacionado Intensivo de Produção de Pastagens.Estabelecimento de plantas forrageiras destinadas ao sistema intensivo (Cynodon, Brachiaria, Panicum, e Pennisetum). 1997. (Outra).

Curso de Treinamento Técnico de Mão-de-Obra para Produção de Silagem e Feno.Espécies forrageiras para fenação. 1997. (Oficina).

I Seminário de Pecuária Leiteira.Tecnologia em alimentação animal - alternativas e pastejo rotativo. 1997. (Seminário).

Simpósio Internacional sobre Produção Animal em Pastejo. 1997. (Simpósio).

13.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem.Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 1996. (Simpósio).

Curso de Atualizaçãop em Aliemtnos Volumosos para Bovinos Leiteiros.Potencial forrageiro de novas gramíneas do gênero Cynodon para a pecuária do Brasil Central.. 1996. (Seminário).

Curso de Pós-graduação em Ciência Animal e Pastagens.Avaliação de novas gramíneas tropicais sob pastejo: Protocolos experimentais e dinâmica da interface Planta:Animal. 1996. (Seminário).

Encontro técnico de manejo - Gramas bermuda.Dia de campo sobre potencial forrageiro de novas gramíneas Cynodon dactylon e Cynodon nlemfuënsis. 1996. (Encontro).

XXI Semana de Ciência e Tecnologia Agropecuária - SECITAP.Utilização de pastagens na Flórida - EUA. 1996. (Outra).

International Conference on Livestock in the Tropics.New Cynodon forages for the subtropics and tropics. 1995. (Encontro).

Palestra.Palestra proferida aos estagiários do CPZ (Clube de Práticas Zootécnicas), do Departamento de Zootecnia da ESALQ, em Piracicaba, SP. Apresentação feita em 18/11/95 sobre trabalho de Tese de Doutoramento desenvolvido no exterior.. 1995. (Outra).

Workshop sobre o Potencial Forrageiro do Gênero Cynodon.Workshop sobre o Potencial Forrageiro do Gênero Cynodon. 1995. (Oficina).

43rd Annual Beef Cattle Short Course. 1994. (Outra).

86a. Reunião Anual da American Society of Agronomy/Crop Science Society of America/Soil Science Society of America.Reunião Anual da American Society of Agronomy/Crop Science Society of America/Soil Science Society of America. 1994. (Outra).

42nd Annual Beef Cattle Short Course. 1993. (Outra).

82a. Reunião Anual da American Society of Agronomy-Crop Science Society of America-Soil Science Society of America. 1990. (Outra).

Tri-National Workshop on Microbial and Plant Opportunities to Improve Lignocellulose Utilization by Ruminants. 1990. (Oficina).

II Reunião Brasileira de Fisiologia Vegetal. 1989. (Outra).

9.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 1988. (Simpósio).

IV Encontro Técnico Anual sobre Caprinocultura de Leite. 1988. (Encontro).

Curso básico de criação e manejo de gado leiteiro. 1987. (Outra).

II Encontro para Discussão de Sistemas de Produção de Leite. 1987. (Encontro).

8.o Simpósio sobre Manejo da Pastagem. 1986. (Simpósio).

Congresso Brasileiro de Pastagens. 1986. (Congresso).

Encontro para discussão sobre capins do gênero Brachiaria. 1986. (Encontro).

Curso de Atualização em Pastagens e Alimentação de Equinos. 1985. (Outra).

Curso de Extensão em Hipologia e Produção de Equinos. 1985. (Outra).

Curso de Utilização de Resíduos Agro-Industriais da Cana-de-Açúcar na Alimentação de Ruminantes. 1985. (Outra).

I Curso de Avaliação e Seleção de Tratores. 1985. (Outra).

X Semana de Zootecnia. 1985. (Outra).

IX Semana de Zootecnia. 1984. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Larissa Fernanda Garcia

SILVA, S.C.SBRISSIA, A.F.PEDREIRA, C.G.S.; Paciullo, D.S.C.. Padrão de expansão, características morfológicas e anatômicas, e valor nutritivo de lâminas foliares de capim-elefante cv. Napier. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Caio Macret Gomes

SILVA, S.C.PEDREIRA, C.G.S.; Pereira LET;SBRISSIA, A.F.. Oportunidade para flexibilização das metas pré-pastejo do manejo rotativo do capim-marandu. 2019. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP.

Aluno: Gabriel Baracat Pedroso

PEDREIRA, C.G.S.da SILVA, S. C.MORENO, L.S.B.; SOLLENBERGER, L.E.. Forage accumulation and nutritive value, canopy structure, and grazing losses on Mulato II brachiariagrass under continuous and rotational stocking. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Sara de Oliveira Romeiro Lopes

SANTOS, P.M.PEDREIRA, C.G.S.; PEZZOPANE, J.R.M.; MATTOS, W. T.. Planejamento e execução de adubações nitrogenadas em pastagens em sistemas de produção de gado de corte no Estado de São Paulo. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Solange Garcia Holschuch

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.PEDREIRA, B.C.; Gimenes, F.M.A.. Impacto do método de pastejo sobre o acúmulo de forragem, estrutura do dossel e respostas morfofisiológicas da Brachiaria híbrida Convert HD 364. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP.

Aluno: Otávio Goulart de Almeida

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.; Gimenes, F.M.A.;LARA, M.A.S.. Acúmulo, composição morfológica, e valor nutritivo da forragem do capim Convert HD 364 em resposta ao manejo do pastejo sob lotação contínua e rotativa. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP.

Aluno: Amauri Cássio Prudente Júnior

Mendonça, F.C.;PEDREIRA, C.G.S.; Duarte, S.N.; FARIA, R. T.. Utilização de sonda capacitiva FDR para estimativa do consumo de água e coeficiente de cultura (Kc) de Urochloa brizantha cv Marandu em cultivo solteiro e consorciado. 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Sistemas Agrícolas) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP.

Aluno: Júnior Issamu Yasuoka

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.BRAGA, G.J.. Acúmulo de forragem e contribuição relativa de categorias de folhas na fotossíntese do dossel do capim Mulato II pastejado sob taxas contrastantes de crescimento e alturas do dossel. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Fagner Júnior Gomes

PEDREIRA, B.C.PEDREIRA, C.G.S.; Pereira, D. H.; PINA, D. S.. Avaliação agronômica de capim marandu [Brachiaria brizantha (Hoechst ex A. Rich.) Stapf. cv. Marandu] em sistemas integrados de produção. 2015. Dissertação (Mestrado em ZOOTECNIA) - Universidade Federal de Mato Grosso.

Aluno: Jorge Daniel Caballero Mascheroni

SILVA, S.C.PEDREIRA, C.G.S.; Paciullo, D.S.C.. Características estruturais do dossel forrageiro e acúmulo de forragem de Brachiaria brizantha cv. Piatã submetido a regime de sombra em sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Liliane Severino da Silva

PEDREIRA, C.G.S.BRAGA, G.J.SANTOS, P.M.. Tiller population density and demography dynamics of Convert HD 364 brachiariagrass in response to canopy height and growth rate under continuous stocking. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Ianê Correia de Lima Almeida

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.HERLING, V.R.. Acúmulo e valor nutritivo da forragem do capim Convert HD 364 (Brachiaria híbrida) sob taxas contrastantes de crescimento em resposta à altura do dossel mantida por lotação contínua. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Lucas da Rocha Carvalho

SILVA, S.C.PEDREIRA, C.G.S.SBRISSIA, A.F.. Interceptação luminosa, massa de raízes e acúmulo de forragem em Arachis pintoi cv. Belmonte submetido a intensidades de pastejo. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Murilo Saraiva Guimarães

PEDREIRA, C.G.S.BRAGA, G.J.; RUGGIERI, A. C.. Desempenho produtivo, análise de crescimento e características estruturais do dossel de dois capins do gênero Cynodon sob duas estratégias de pastejo intermitente. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Aliedson Sampaio Ferreira

PEDREIRA, C.G.S.BRAGA, G.J.; VALENTIM, J.F.. Dinâmica de acúmulo de forragem e estrutura do dossel em pastagens de Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk sob lotação contínua. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Cleunice Auxiliadora Fialho

da SILVA, S. C.PEDREIRA, C.G.S.; NASCIMENTO JR, D.. Densidade populacional e dinâmica do perfilhamento em capim-marandu submetido a estratégias de pastejo rotativo e adubação nitrogenada. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Diego Noleto Luz Pequeno

PEDREIRA, C.G.S.MELLO, A.C.L.BRAGA, G.J.. Intensidade de pastejo como condicionante da estrutura do dossel e da assimilação de carbono de pastos de capim Xaraés [Brachiaria brizantha (A. Rich.) Stapf. cv. Xaraés] sob lotação contínua. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Veridiana Aparecida Limão

da SILVA, S. C.PEDREIRA, C.G.S.; GIACOMINI, A.A.. Padrões de crescimento de pastos de capim-Mulato submetidos a estratégias de pastejo rotativo. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Felipe Curcelli

PEDREIRA, C.G.S.da SILVA, S. C.BRAGA, G.J.. Respostas morfogênicas e dinâmica de acúmulo de forragem do capim Xaraés [Brachiaria brizantha (A. Rich.) Stapf. cv. Xaraés] submetido a estratégias de pastejo rotativo. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Carlindo Santos Rodrigues

PEDREIRA, C.G.S.da SILVA, S. C.; NASCIMENTO JR, D.; FONSECA, D.M.; DETMANN, E.. Caracterização morfogênica de gramíneas tropicais sob crescimento livre. 2008. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Júlio Kuhn da Trindade

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; CARVALHO, P.C.F.. Modificações na estrutura do pasto e no comportamento ingestivo de bovinos durante o rebaixamento do capim-marandu submetido a estratégias de pastejo rotacionado. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marília Gabriela Faustino

PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, W.R.S.; SOUZA NETO, J.M.. Modelagem de algumas características qualitativas de capins do gênero Panicum em função de variáveis climáticas. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Salim Jacaúna de Souza Júnior

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; NASCIMENTO JR, D.. Estrutura do dossel, interceptação de luz e acúmulo de forragem em pastos de capim-marandu submetidos a estratégias de pastejo rotativo por bovinos de corte. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marcio André Stefanelli Lara

PEDREIRA, C.G.S.; BRAGA, G. J.;SANTOS, P.M.. Respostas morfofisiológicas de cinco cultivares de Brachiaria spp. às variações estacionais da temperatura do ar e do fotoperíodo. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Daniel Rume Casagrande

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.; RUGGIERI, A. C.. Características morfogênicas do dossel de Brachiaria brizantha (Hochst ex. A. Rich.) cv. Marandu manejada com diferentes ofertas de forragem sob lotação intermitente. 2007. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (UNESP) - Jaboticabal.

Aluno: Renata La Guardia Nave

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.; COSTA, C.. Produtividade, valor nutritivo, e características físicas da forragem do capim-Xaraés [Brachiaria brizantha (Hochst ex A. RICH) STAPF.] em resposta a estratégias de pastejo sob lotação intermitente. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Bruno Carneiro e Pedreira

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.BRAGA, G.J.. Interceptação de luz, arquitetura, e assimilação de carbono em dosséis de capim-xaraés [Brachiaria brizantha (A.Rich.) Stapf. cv. Xaraés] submetidos a estratégias de pastejo rotacionado. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Ricardo Cazerta Duarte Goulart

PEDREIRA, C.G.S.; PENATI, M.A.;CORSI, M.. Mecanismos envolvidos na escolha de locais de pastejo por bovinos de corte. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Flávia Maria Erbetta de Andrade

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; RODRIGUES, L.R.A.. Produção de forragem e valor alimentício do capim-Marandu submetido a regimes de lotação contínua por bovinos de corte. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Euro Roberto Detomini

PEDREIRA, C.G.S.DOURADO NETO, D.MANFRON, P.A.. Modelagem da produtividade potencial de Brachiaria brizantha (variedades cultivadas Marandu e Xaraés). 2004. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Daniel de Castro Rodrigues

PEDREIRA, C.G.S.HERLING, V.R.; RAMOS, A.K.B.. Produção de forragem de cultivares de Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich.) Stapf e modelagem de respostas produtivas em função de variáveis climáticas. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leonardo Simões de Barros Moreno

PEDREIRA, C.G.S.; PEREIRA, A.R.; NABINGER, C.. Produção de forragem de capins do gênero Panicum e modelagem de respostas produtivas e morfofisiológicas em função de variáveis climáticas. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Miguel José Thomé Menezes

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.SANTOS, P.M.. Eficiência agronômica de fontes nitrogenadas e de associações de fertilizantes no processo de diferimento de Brachiaria brizantha cv. Marandu. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Adriana Ramos de Miranda

PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, W.R.S.; ABDALLA, A. L.. Avaliação das frações fibrosa, protéica e cinza do capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq.) irrigado, com três intensidades de pastejo. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Lyssa Otani

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.; REIS, R.A.. Produtividade e valor nutritivo de genótipos de alfafa sob pastejo. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Felipe Tonato

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; NABINGER, C.. Determinação de parâmetros produtivos e qualitativos de Cynodon spp. em função de variáveis climáticas. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Adriano Vecchiatti Lupinacci

PEDREIRA, C.G.S.; RODRIGUES, L.R.A.;SILVA, S.C.. Reservas orgânicas, índice de área foliar e produção de forragem em Brachiaria brizantha cv. Marandu submetidas a intensidade de pastejo por bovinos de corte. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Waldeliza Fernandes da Cunha

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.HERLING, V.R.. Métodos indiretos para estimativa de massa de forragem em pastagens de Cynodon spp.. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Valter Dantas Pinheiro

PEDREIRA, C.G.S.; FERNANDES, A. L. T.; COELHO, R. D.. Viabilidade econômica da irrigação de pastagem de capim Tanzânia em diferentes regiões do Brasil. 2002. Dissertação (Mestrado em Irrigação e Drenagem) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Daniel da Silva Pagotto

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; RODRIGUES, L.R.A.. Comportamento do sistema radicular do capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq.) sob irrigação e submetido a diferentes intensidades de pastejo. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Gustavo José Braga

PEDREIRA, C.G.S.HERLING, V.R.LUZ, P.H.C.. Resposta do capim Mombaça (Panicum maximum Jacq.) a doses de nitrogênio e intervalos de corte. 2001. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos Usp.

Aluno: Patrícia Sarmento

PEDREIRA, C.G.S.; MONTEIRO, F.A.;CORSI, M.. Respostas da alfafa (Medicago sativa L.) a fontes de fósforo e momento de calagem. 2000. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Frederico Alberto de Andrade Rosseto

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.HERLING, V.R.. Desempenho agronômico de pastagens de capim-elefante cv. Guaçu (Pennisetum purpureum Schum.) e capim-Tanzânia (Panicum maximum Jacq.) em sistemas de produção de leite. 2000. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Jailson Lara Fagundes

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; RODRIGUES, L.R.A.. Efeito de intensidades de pastejo sobre o índice de área foliar, interceptação luminosa, e acúmulo de forragem em pastagens de Cynodon spp.. 1999. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Raul Menzen Campos

PEDREIRA, C.G.S.; HADDAD, C.M.; MONTEIRO, F.A.. Efeito da idade de corte sobre a produção e composição químico-bromatológica do Tifton 85 (Cynodon spp.). 1998. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Patrícia Menezes Santos

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; RODRIGUES, L.R.A.. Estudo de características de Panicum maximum (Jacq.) cultivares Tanzânia e Mombaça para estabelecer seu manejo. 1997. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Cynthia Correia Costa Gomide

PEDREIRA, C.G.S.; RODRIGUES, L.R.A.; REIS, R.A.. Algumas características fisiológicas e químicas de cinco cultivares de Cynodon. 1996. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Aluno: Patrícia Luizão Barbosa

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.; Gimenes, F.M.A.. Canopy characteristics and tillering in 'Zuri' guineagrass pastures in response to grazing frequency and severity. 2020. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Júnior Issamu Yasuoka

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; SENTELHAS, P.C.; COSTA, C.. Respostas agronômicas e microclimáticas dentro de gaiolas de exclusão e seus impactos na estimativa do acúmulo de forragem em pastos sob lotação contínua. 2020. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Fagner Júnior Gomes

PEDREIRA, C.G.S.PEDREIRA, B.C.; PEZZOPANE, J.R.M.; Paciullo, D.S.C.. Sistema silvipastoril: respostas agronômicas e adaptação do modelo APSIM para capim Marandu sob lotação contínua. 2019. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Fernanda Lamede de Jesus

Mendonça, F.C.;PEDREIRA, C.G.S.; Duarte, S.N.; Gomes, E.P.. Potencial produtivo de capim Mombaça irrigado e com diferentes doses de nitrogênio e boro. 2019. Tese (Doutorado em Engenharia de Sistemas Agrícolas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Joilson Roda Echeverria

SBRISSIA, A.F.da SILVA, S. C.; OLIVEIRA, D. E.; BALDISSERA, T. C.;PEDREIRA, C.G.S.. Morfogênese e dinâmica do acúmulo de forragem em pastos de gramíneas perenes de inverno cultivados puros ou em mistura. 2018. Tese (Doutorado em Ciencia Animal) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Tiago Miqueloto

SBRISSIA, A.F.PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; BALDISSERA, T. C.; RIBEIRO FILHO, H. M. N.. Dinâmica do perfilhamento e acúmulo de forragem em pastos de Pennisetum clandestinum e Festuca arundinacea cultivados em associação. 2018. Tese (Doutorado em Ciencia Animal) - Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aluno: Cristiam Bosi

SENTELHAS, P.C.;PEDREIRA, C. G. S.; LARA, M. A. S.;PILAU, F.G.SANTOS, P.M.. Parameterization and evaluation of mechanistic crop models for estimating Urochloa brizantha cv. BRS Piatã productivity under full sun and in silvopastoral system. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia de Sistemas Agrícolas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Filipe Inácio Matias

FRITSCHE-NETO, R.;PEDREIRA, C.G.S.; VALLE, C.B.; SOUZA, A. P.. Melhoramento de forrageiras tropicais do clássico às modernas ferramentas genômicas: um exemplo em híbridos interespecíficos tetraplóides de Urochloa spp.. 2018. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marcell Patachi Alonso

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.HERLING, V.R.; ANDRADE, C. M. S.; BATISTA, K.. Características agronômicas de genótipos de amendoim forrageiro em resposta à intensidade e ao intervalo de desfolhação. 2017. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Valdson Jose da Silva

PEDREIRA, C.G.S.MELLO, A.C.L.SANTOS, P.M.; RUGGIERI, A. C.;SILVA, S.C.. Carbon assimilation, herbage accumulation, nutritive value, and grazing efficiency of Mulato II brachiariagrass under continuous stocking. 2016. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Steben Crestani

SILVA, S.C.SBRISSIA, A.F.PEDREIRA, C.G.S.; Paciullo, D.S.C.; Pereira LET. Respostas morfogênicas e dinâmica da população de perfilhos e touceiras em Brachiaria brizantha cv. Piatã submetida a regimes de sombra em área de integração lavoura-pecuária-floresta. 2015. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Cleunice Auxiliadora Fialho

SILVA, S.C.; Chiavegato, M.B.;PEDREIRA, C.G.S.SBRISSIA, A.F.; ANDRADE, C. M. S.. Características morfogênicas e estruturais de amendoim forrageiro (Arachis pintoi Krapovickas & Gregory cv. Belmonte) submetido a intensidades de pastejo sob lotação contínua. 2015. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Tatiane Beloni

SANTOS, P.M.PEDREIRA, C. G. S.; Fávero, A.P.; HUAMAN, C. A. M. Y.; GOMIDE, C. A. M.. Ecophysiological and agronomic responses of perennial grass species under water stress. 2015. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Diego Noleto Luz Pequeno

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.BARIONI, L.G.MARIN, F. R.; BOOTE, K. J.. Agronomic performance and adaptation of the CROPGRO - Perennial Forage model to predict growth of three tropical forage grasses under irrigated and rainfed conditions. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Dábora de Carvalho Basto

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.BRAGA, G.J.; FRANCA, A. F. S.; GOMIDE, C. A. M.. Impacto da inversão da intensidade de desfolhação sobre o perfilhamento e adaptação estrutural em pastos de Brachiaria spp.. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Aline Mendes Ribeiro

CECATO, U.;PEDREIRA, C.G.S.; BARBERO, L. M.; GALBEIRO, S.; ARAUJO, M. A.. Capim Xaraés sob lotação contínua manejado em diferentes intensidades de rastejo. 2014. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Estadual de Maringá.

Aluno: Ana Flávia Gouveia de Faria

PEDREIRA, C.G.S.; GIACOMINI, A.A.;BRAGA, G.J.; ANDRADE, C. M. S.; GOMIDE, C. A. M.. Morfogênese e análise de crescimento de três capins tropicais em resposta à frequência de desfolhação. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Aliedson Sampaio Ferreira

PEDREIRA, C.G.S.; ABDALLA, A. L.;BRAGA, G.J.; ANDRADE, C. M. S.; GOMIDE, C. A. M.. Desempenho agronômico, características morfofisiológicas e valor nutritivo da forragem de quatro genótipos de amendoim forrageiro sob corte. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Damião Wetimane Nguluve

HERLING, V.R.PEDREIRA, C.G.S.; GOMIDE, C.A.; SILVA, S.L.; OLIVEIRA, P.P.A.. Composição química, produção in vitro de gases da fermentação entérica, e ácidos graxos de cadeia curta de gramíneas forrageiras tropicais. 2014. Tese (Doutorado em Qualidade e Produtividade Animal) - Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos Usp.

Aluno: Leandro Coelho de Araújo

SANTOS, P.M.PEDREIRA, C.G.S.BARIONI, L.G.HERLING, V.R.; PEZZOPANE, J.R.M.. Modelos matemáticos para estimar a sazonalidade de produção em pastagens de Panicum maximum cv. Mombaça em regiões do Estado de São Paulo. 2012. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marcio André Stefanelli Lara

PEDREIRA, C.G.S.; VALLE, C.B.;BARIONI, L.G.DOURADO NETO, D.; SIQUEIRA, F. L. T.. Respostas morfofisiológicas de genótipos de Brachiaria spp sob duas intensidades de desfolhação e modelagem da produção de forragem em função das variações estacionais da temperatura e fotoperíodo: adaptação do modelo CROPGRO. 2011. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leandro Martins Barbero

da SILVA, S. C.PEDREIRA, C.G.S.HERLING, V.R.SANTOS, P.M.SBRISSIA, A.F.. Respostas morfogênicas e características estruturais do capim-mulato submetido a estratégias de pastejo rotativo. 2011. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Tiago Barreto Garcez

PEDREIRA, C.G.S.; MURAOKA, T.;SANTOS, P.M.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2011. Tese (Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Priscila de Oliveira

FAVARIN, J.L.;PEDREIRA, C.G.S.DOURADO NETO, D.; Kluthcouski, J.; STONE, L. F.. Consórcio de milho com adubos verdes e manejo da adubação nitrogenada no cultivo de feijão em sucessão no sistema Integração Lavoura-Pecuária no Cerrado. 2010. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Vitor Del'Alamo Guarda

da SILVA, S. C.PEDREIRA, C.G.S.; CARVALHO, P.C.F.;SBRISSIA, A. F.; HERNANDEZ-GARAY, A.. Frequência e severidade de desfolhação e eficiência de utilização de forragem em pastos de capim-marandu manejados sob lotação contínua e ritmos de crescimento induzidos por fertilização nitrogenada. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Ana Clara Rodrigues Cavalcante

SANTOS, P.M.PEDREIRA, C.G.S.; SUSIN, I.; Cândido, M.J.D.; HOLANDA JR., E.V.. Produção de leite de cabra em pastagem de capim tanzânia: avaliação de alternativas de manejo para produção sustentável em pasto cultivado. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Jorge Nunes Portela

PEDREIRA, C.G.S.BRAGA, G.J.; CECATO, U.; OLIVO, C.J.;da SILVA, S. C.. Intensidade e frequência de desfolhação como definidores da estrutura do dossel, da morfogênese, e do valor nutritivo da Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk sob lotação intermitente. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Pedro Gomes da Cruz

SANTOS, P.M.PEDREIRA, C.G.S.BARIONI, L.G.; OLIVEIRA, P.P.A.; PEZZOPANE, J.R.M.. PRODUÇÃO DE FORRAGEM Brachiaria brizantha: ADAPTAÇÃO, GERAÇÃO E AVALIAÇÃO DE MODELOS EMPÍRICOS E MECANICISTAS PARA ESTIMATIVA DO ACÚMULO DE FORRAGEM. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Flávia Maria de Andrade Gimenes

da SILVA, S. C.BRAGA, G.J.; EUCLIDES, V.P.B.; RUGGIERI, A. C.;PEDREIRA, C.G.S.. Produção e produtividade animal em capim-marandu submetido a estratégias de pastejo rotativo e adubação nitrogenada. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Adriano Gomes Páscoa

Costa, M.J.R.;PEDREIRA, C.G.S.; RUGGIERI, A. C.; REIS, R.A.;HERLING, V.R.. Comportamento de bovinos de corte em resposta à disposição espacial de condicionadores de pastejo. 2009. Tese (Doutorado em PPG Zootecnia) - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (UNESP) - Jaboticabal.

Aluno: Felipe Tonato

PEDREIRA, C.G.S.BARIONI, L.G.DOURADO NETO, D.da SILVA, S. C.; Costa, M.A.B.. Desenvolvimento e avaliação de modelos preditores de acúmulo de forragem em pastagens tropicais para apoio à tomada de decisão. 2009. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Bruno Carneiro e Pedreira

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.BARIONI, L.G.SANTOS, P.M.; RUGGIERI, A. C.. Capim Xaraés sob pastejo: Respostas agronômicas e morfofisiológicas, e adaptação do modelo CROPGRO para a predição de crescimento. 2009. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Cristiane Prezoto Silveira

MONTEIRO, F.A.;PEDREIRA, C.G.S.; COSTA, C.; FONSECA, D.M.; MURAOKA, T.. Doses de nitrogênio e enxofre para a recuperação de pastagem com capim-braquiária: atributos de parte aérea, raízes e fertilidade do solo. 2009. Tese (Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Daniel Oliveira de Lucena Sarmento

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.SBRISSIA, A.F.; NASCIMENTO JR, D.; MATTOS, W.R.S.. Produção, composição morfológica, e valor nutritivo da forragem em pastos de Brachiaria brizantha (Hochst ex A. RIch) Stapf. cv Marandu submetidos a estratégias de pastejo rotativo por bovinos de corte. 2007. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: José Leonardo Ribeiro

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.; CAMPOS, F.P.; COSTA, C.; BERGAMASCHINE, A. F.. Silagens de capins Marandu e Tanzânia avaliadas quanto às perdas de conservação, perfil fermentativo, valor nutritivo, edesempenho de animais, na presença de aditivos químicos, microbianos, e e fontes absorventes de umidade. 2007. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Gustavo José Braga

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.HERLING, V.R.; BERNARDES, M.S.;SILVA, S.C.. Assimilação de carbono, acúmulo de forragem, e eficiência de pastejo em pastagens de capim Marandu [Brachiaria brizantha (Hochst ex A. RICH.) Stapf.] em resposta à oferta de forragem. 2005. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: João Menezes de Souza Neto

PEDREIRA, C.G.S.; DEMARCHI, J.J.A.A.; MATTOS, W.R.S.;NUSSIO, L.G.; CAMPOS, F.P.. Produtividade, morfologia, características físicas e valor nutritivo da forragem de capins Panicum spp.. 2005. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Suzana Pereira de Melo

PEDREIRA, C.G.S.; MONTEIRO, F.A.; KORNDORFER, G.H.; ZAGATTO, E.A.G.; MURAOKA, T.. Silício e fósforo para estabelecimento do capim Marandu num Latossolo Vermelho-Amarelo. 2005. Tese (Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: André Fischer Sbrissia

SILVA, S.C.PEDREIRA, C.G.S.; NABINGER, C.;CORSI, M.; MORAES, A.. Morfogênese, dinâmica do perfilhamento e do acúmulo de forragem em pastos de capim-Marandu sob lotação contínua. 2004. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Miguel Antonio Bueno da Costa

PEDREIRA, C.G.S.; YAMAKAMI, A.; BATOCCHIO, A.; RIBEIRO, R.V.; FERNANDES, J.F.R.. Um modelo baseado em conhecimento para simular rebanhos de bovinos de corte. 2004. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Campinas.

Aluno: Luis Geraldo Teixeira Soria

PEDREIRA, C.G.S.HERLING, V.R.; COELHO, R. D.;LUZ, P.H.C.; BOTREL, T.A.. Produtividade do capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzânia) em função da lâmina de irrigação e de adubação nitrogenada. 2003. Tese (Doutorado em Irrigação e Drenagem) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Maria Del Carmen Ferragine

PEDREIRA, C.G.S.; COSTA, C.; MONTEIRO, F.A.; DALL'AGNOL, M.;HERLING, V.R.. Determinantes morfofisiológicos de produtividade e persistência de genótipos de alfafa sob pastejo. 2003. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Geraldo Bueno Martha Júnior

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; MACEDO, M.C.M.; RODRIGUES, L.R.A.;HERLING, V.R.. Produção de forragem e transformações do nitrogênio do fertilizante em pastagem irrigada de capim Tanzânia. 2003. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: NAYLOR BASTIANI PEREZ

PEDREIRA, C.G.S.; DALL'AGNOL, M.; NABINGER, C.; PAIM, N.R.; SCHEAFFERBASSO, S.. Melhoramento genético de leguminosas de clima temperado - Alfafa (Medicago sativa L.) e Cornichão (Lotus corniculatus L.) - para aptidão ao pastejo. 2003. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: André de Faria Pedroso

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.; PIRES, A.V.; REIS, R.A.; ROSA, B.. Aditivos químicos e microbianos no controle de perdas e na qualidade de silagem de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum L.). 2003. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Dimas Estrásulas de Oliveira

PEDREIRA, C.G.S.; LANNA, D.P.D.;LEME, P.R.SILVA, S.C.; PRATES, E.R.. Uso da técnica de n-alcanos para medir o aporte de nutrientes através de estimativas do consumo de forragem em bovinos. 2003. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Henrique Rocha de Medeiros

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.VILLA NOVA, N.A.; BARBOSA, P.F.; EUCLIDES, V.P.B.. Avaliação de modelos matemáticos desenvolvidos para auxiliar a tomada de decisão em sistemas de produção de ruminantes em pastagens.. 2003. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Luciana Gerdes

MATTOS, H.B.;PEDREIRA, C.G.S.; WERNER, J.C.;SILVA, S.C.HERLING, V.R.. Introdução de uma mistura de três espécies forrageiras de inverno em pastagem irrigada de capim-aruana. 2003. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Patrícia Menezes Santos

PEDREIRA, C.G.S.; NABINGER, C.;CORSI, M.; TRIVELIN, P. C. O.;HERLING, V.R.. Controle do desenvolvimento das hastes no capim Tanzânia: um desafio. 2002. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marco Antonio Penati

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.HERLING, V.R.; COSTA, C.; NASCIMENTO JR., D.. Estudo do desempenho animal e produção do capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq.) em um sistema rotacionado de pastejo sob irrigação em três níveis de resíduo pós-pastejo. 2002. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Luís Gustavo Barioni

PEDREIRA, C.G.S.; LANNA, D.P.D.; SILVEIRA, A. C.; VALLE, R.;NUSSIO, L.G.. Modelagem dinâmica e otimização metaheurística para apoio à tomada de decisões na recria e engorda de bovinos de corte. 2002. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Alexandre Carneiro Leão de Mello

PEDREIRA, C.G.S.; BERNARDES, M.S.; REIS, R.A.; RODRIGUES, T. J. D.;HERLING, V.R.. Respostas morfofisiológicas do capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzânia) irrigado à intensidade de pastejo sob lotação rotacionada. 2002. Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Clotilde Maria Korndorfer

MEIRELLES, C. F.;PEDREIRA, C.G.S.; REZENDE, K. T.; ABDALLA, A. L.; GENARI, S. M.. Eficiência de utilização do feno de Brachiaria decumbens na alimentação de ovinos Santa Inês. 1999 - Centro de Energia Nuclear na Agricultura.

Aluno: Lucas Fillietaz Balcão

PEDREIRA, C.G.S.; SENTELHAS, P.C.; PEZZOPANE, J.R.M.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Mariely Lopes dos Santos

PEDREIRA, C.G.S.; RANIERI, S.B.L.; PEZZOPANE, J.R.M.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Guilherme Portes Silva

PEDREIRA, C.G.S.SBRISSIA, A.F.; Pereira LET. Exame de Qualificação de Doutorado. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Lucas da Rocha Carvalho

PEDREIRA, C.G.S.SBRISSIA, A.F.; Pereira LET. Exame de Qualificação de Doutorado. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Eliana Vera Geremia

PEDREIRA, C.G.S.SBRISSIA, A.F.; Paciullo, D.S.C.. Exame Geral de Qualificação de Doutorado. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Lilian Elgalise Techio Pereira

PEDREIRA, C.G.S.; CARVALHO, P.C.F.;SBRISSIA, A.F.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Adenilson José Paiva

PEDREIRA, C.G.S.SBRISSIA, A.F.CARVALHO, C.A.B.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leandro Martins Barbero

PEDREIRA, C.G.S.SBRISSIA, A.F.; CECATO, U.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Salim Jacaúna de Souza Júnior

PEDREIRA, C.G.S.; CARVALHO, P.C.F.;SBRISSIA, A.F.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leandro Coelho de Araújo

PEDREIRA, C.G.S.BARIONI, L.G.HERLING, V.R.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Fernanda Satie Ikeda

PEDREIRA, C.G.S.; CHRISTOFOLETTI, P.J.; MELO, P.C.T.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Fitotecnia) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Priscila de Oliveira

PEDREIRA, C.G.S.DOURADO NETO, D.; COSTA, J. D.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Fitotecnia) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Vitor Dell'Alamo Guarda

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.SBRISSIA, A.F.. Exame de Qualificação de Doutorado. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Ana Clara Rodrigues Cavalcante

PEDREIRA, C.G.S.; SUSIN, I.; CERRI, C.E.P.. Exame de qualificação de Doutorado. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Ricardo Cazerta Duarte Goulart

NUSSIO, L.G.; MATTOS, W.R.S.;PEDREIRA, C.G.S.. Exame de Qualificação de Doutorado (primeiro exame). 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Ricardo Cazerta Duarte Goulart

NUSSIO, L. G.; MATTOS, W.R.S.;PEDREIRA, C.G.S.. Exame de Qualificação de Doutorado (segundo exame). 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Cleber José Toneto

MANFRON, P.A.PEDREIRA, C.G.S.DOURADO NETO, D.; Medeiros, S.L.P.; Caron, B.O.. Composição bromatológica e produção de fitomassa e de sementes de genótipos de azevém anual com manejo de cortes distintos. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Carla Cristina Zeppenfeld

MANFRON, P.A.PEDREIRA, C.G.S.DOURADO NETO, D.; Caron, B.O.; Medeiros, S.L.P.. Produção e composição de forragens hidropônicas. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Liziany Müller Medeiros

MANFRON, P.A.PEDREIRA, C.G.S.DOURADO NETO, D.; CHRISTOFOLETTI, P.J.; SCHMIDT, D.. Rendimento, qualidade nutricional, e variáveis morfogênicas de genótipos de azevém com ênfase para duplo propósito. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Cristiane Prezotto Silveira

PEDREIRA, C.G.S.; CARMELLO, Q. A. C.; MURAOKA, T.. Exame geral de qualificação par obtenção do grau de Doutor em Agronomia. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Solos e Nutrição de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Maity Zopollatto

PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, W.R.S.; DUARTE, A.P.. Exame Geral de Qualificação para o grau de Doutor em Agronomia. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: José Leonardo Ribeiro

SUSIN, I.;PEDREIRA, C.G.S.; COSTA, C.. Exame Geral de Qualificação para o grau de Doutor em Agronomia. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Daniel de Oliveira Lucena Sarmento

PEDREIRA, C.G.S.HERLING, V.R.CORSI, M.. Exame Geral de Qualificação para o grau de Doutor em Agronomia. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Gelson dos Santos Difante

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; NASCIMENTO JR, D.; EUCLIDES, V.P.B.; FONSECA, D.M.. Exame Geral de Qualificação para o grau de Doctor Scientiae. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Suzana Pereira de Melo

PEDREIRA, C.G.S.; PROCHNOW, L.I.; ALLEONI, L.R.F.. Exame Geral de Qualificação para o grau de Doutor em Agronomia. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Solos e Nutrição de Plantas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: André Fischer Sbrissia

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; NABINGER, C.. Exame Geral de Qualificação para obtenção do grau de Doutor em Agronomia. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: André de Faria Pedroso

PEDREIRA, C.G.S.; PIRES, A.V.; REIS, R.A.. Exame Geral de Qualificação para o Grau de Doutor em Agronomia. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Roberta Aparecida Carnevalli

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.HERLING, V.R.. Exame Geral de Qualificação para o grau de Doutor em Agronomia. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Dimas Estrásulas de Oliveira

PEDREIRA, C.G.S.LEME, P.R.SILVA, S.C.. Exame Geral de Qualificação para o Grau de Doutor em Agronomia. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: María del Carmen Feragine

PEDREIRA, C.G.S.HERLING, V.R.; MONTEIRO, F.A.; SANTOS, F.A.P.. Exame Geral de Qualificação para o Grau de Doutor em Agronomia. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marco Antonio Penati

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.; CASTRO, P.R.C.; VITTI, G.C.. Exame Geral de Qualificação para o Grau de Doutor em Agronomia. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Patrícia Menezes Santos

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.; OLIVEIRA, R.F.;HERLING, V.R.. Exame Geral de Qualificação para o grau de Doutor em Agronomia. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Luís Gustavo Barioni

PEDREIRA, C.G.S.; LANNA, D.P.D.; SANTOS, F.A.P.;NUSSIO, L.G.. Exame Geral de Qualificação para o Grau de Doutor em Agronomia. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Carlos Augusto Miranda Gomide

PEDREIRA, C.G.S.; GOMIDE, J.A.; PEREIRA, O.G.; HUAMAN, C.A.M.; MOSQUIM, P.R.. Exame Geral de Qualificação para o Grau de Doctor Scientiae. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa.

Aluno: Vagner Ovani da Silva

TRIVELIN, P. C. O.;PEDREIRA, C.G.S.; GERDES, L.. Produção sustentável de ruminantes a pasto. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências - Biologia na Agricultura e no Ambiente) - Centro de Energia Nuclear na Agricultura.

Aluno: Luciano Alves de Oliveira

FOLEGATTI, M. V.; FARIA, R. T.;PEDREIRA, C.G.S.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia de Sistemas Agrícolas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marcelo Tavares reis

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Adubação nitrogenada e enxofre afetando o desempenho animal. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Gesiane Ribeiro

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Viabilidade econômica do uso de "creeper" para bezerros de corte. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Julia Silveira Pereira Santos

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Uso de milheto na alimentação de bovinos. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Claudia Regina de Oliveira

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Efeito do estresse térmico em bovinos de corte mantidos em pastagens e confinamento. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marina Messias Cottas

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Controle de plantas invasoras no estabelecimento de pastagens. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Rafael Giroto

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Qualidade e manejo de novas variedades do gênero Brachiaria como alternativa para produção animal. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Maria Regina Vieira da Rocha

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Descrição morfológica e produção de novas variedades do gênero Brachiaria. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Alissa Maria Lalucce e Sérgio Guimarães de Oliveira Filho

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Utilização de caroço de algodão e farelo de algodão em rações para bovinos de corte. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Alberto Miguel Duda e João Carlos Navascues

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Uso de suplementação para bezerros de corte após a desmama. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Breno Henrique Araújo e Ítalo Stoupa Vieira

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Zoonoses e distúrbios metabólicos causados por deficiência na conservação de forragens. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Bruna Gomes Demétrio

PEDREIRA, C.G.S.; PEDROSO, A.M.; SUSIN, I.. Frequência alimentar e espaçamento de cocho. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Produção de Ruminantes) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Letícia da Fonseca Antonino

PEDREIRA, C.G.S.; YASUOKA, J. I.; Silva, L.O.. Análise bromatológica da Pereskia aculeata (Mill.) para uso na alimentação animal. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Pedro Moreira Xavier

PEDREIRA, C.G.S.; BARBOSA, P. L.; HOLSCHUCH, S. G.. USO DA ANÁLISE DIGITAL DE IMAGEM DA VEGETAÇÃO COMO FERRAMENTA DE MANEJO DO PASTEJO. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Paulo Henrique Peres Verdi

PEDREIRA, C.G.S.; de Zen, S.; Sitta, C.. Análise da viabilidade econômica da bovinocultura em Mato Grosso do Sul: uma comparação entre os sistemas de cria, recria e engorda, e ciclo completo. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Stéphanie Ferreira Vicente

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.; VENDRAMINI, J.M.B.. Estratégias de gestão nutricional para melhorar o desempenho reprodutivo de novilhas de corte e acompanhamento de outros experimentos na Estação experimental de Ona, da Universidade da Flórida (Relatório de Estágio Profissionalizante em Engenharia Agronômica). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Victor Sanches

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.; Marques, R.. Relatório de estágio profissionalizante em Engenharia Agronômica desenvolvido na Oregon State University - eastern Oregon Agricultural Research Center. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Stéphanie Ferreira Vicente

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; Pereira LET. Composição morfológica e química da extrusa de bovinos em pastos de capim Marandu manejados sob lotação contínua e adubados com nitrogênio. 2014 - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Liliane Severino da Silva

PEDREIRA, C.G.S.; BITTAR, C. M. M.;PEQUENO, D.N.L.. Respostas agronômicas e estruturais de dosséis de capins do gênero Brachiaria e Cynodon sob duas frequencias de corte em condição irrigada e não irrigada. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Andrés Adorno Caballero

PEDREIRA, C.G.S.PEQUENO, D.N.L.; SILVA, V. J.. Efeito do sobrepastejo no crescimento e desenvolvimento das plantas forrageiras. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Cesar Augusto Figueiredo

PEDREIRA, C.G.S.; VICTORIA FILHO, R.; AQUINO, D.C.. Acompanhamento de experimentos a campo no Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa Dow AgroSciences. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Felipe Furlan

PEDREIRA, C.G.S.; MONTEIRO, F.A.. Tolerância ao alumínio em três cultivares de Brachiaria brizantha em solução nutritiva. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Rodrigo Coelho Denipote

PEDREIRA, C.G.S.; PENATI, M.A.;TONATO, F.. Impacto da gestão na lucratividade do leite. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Diego Augusto Ribeiro

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.; BURGI, R.. Acompanhamento técnico administrativo de fazendas de pecuária de corte. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Gislene Roberta Manarim

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.; VENDRAMINI, J.M.B.. Efeito da frequência de pastejo em diferentes genótipos de bahiagrass e acompanhamento de atividades de pesquisa em pastagens. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Aurélio Luis Manfrinato Pinton

PEDREIRA, C.G.S.; HADDAD, C.M.;NUSSIO, L.G.. Acompanhamento e desenvolvimento de projetos de gestão pecuária no Cerrado e Amazônia brasileiros. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Murilo Saraiva Guimarães

PEDREIRA, C.G.S.PEDREIRA, B.C.BRAGA, G.J.. Respostas morfológicas e produtivas de cinco cultivares de Brachiaria spp. sob duas intensidades de desfolhação e acompanhamento de atividades de pesquisa em pastagens. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Felipe Vilela Nobre

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.; BURGI, R.. Acompanhamento técnico-administrativo de fazendas de pecuária de corte - Estágio Profissionalizante em Engenharia Agronômica. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Guilherme Pinezzi Honório

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.SILVA, S.C.. Planejamento e acompanhamento de sistemas de produção no nordeste do estado do Mato Grosso. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Elaine Cristina Quintino Araújo

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; PENATI, M.A.. Acompanhamento e participação nas atividades de pesquisa e extensão em Ciência Animal e Pastagens da Universidade Estadual da Carolina do Norte - NCSU - EUA. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Ana Paula Oeda Rodrigues

PEDREIRA, C.G.S.; MENTEN, J.F.M.; DELGADO, E.F.. Capacitação em práticas de piscicultura - Tilapicultura. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Priscila Robertina dos Santos

HADDAD, C.M.;PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, W.R.S.. Acompanhamento da rotina administrativa e operacional de uma fazenda de gado de corte da raça Angus em Manduri, SP. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Pedro Castro de Almeida

CORSI, M.PEDREIRA, C.G.S.; PENATI, M.A.. Atividade de pesquisa e vivência em forragicultura, gado de leite e ovinocultura na Universidade Lincoln, Nova Zelândia. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Felipe Pecinatto Daltro

CORSI, M.PEDREIRA, C.G.S.; PENATI, M.A.. Desenvolvimento de atividades relacionadas ao setor de pesquisa e desenvolvimento de produtos na Estação Experimental da Dow Agrosciences em Mogi-Mirim, SP. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Daniel Collucci

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; MATTOS, W.R.S.. O sistema de produção e comercialização de leite na Nova Zelândia. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Renata Novelli Kairof

NUSSIO, L.G.PEDREIRA, C.G.S.. Avaliação de enzimas fibrolíticas sobre a digestibilidade da parede celular de silagens de milho. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Igor Barsi Santos

PEDREIRA, C.G.S.; SOUZA NETO, J.M.; CYRINO, J.E.P.. Caracterização do grau de degradação e avaliação da altura do dossel como estimador de massa de forragem em pastagens. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Francisco Azevedo Figueiredo Neto

PEDREIRA, C.G.S.; BITTAR, C.M.M.; SANTOS, F.A.P.. Acompanhamento de sistemas de produção de carne bovina em fazendas australianas. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Fernando Logar Seraphico Peixoto da Silva

PEDREIRA, C.G.S.; BITTAR, C.M.M.; HADDAD, C.M.. Acompanhamento de atividades de rotina de empresa de projetos e consultoria agropecuária. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Rodrigo Belmonte Cascalles

PEDREIRA, C.G.S.; BITTAR, C.M.M.; HADDAD, C.M.. Estudo e implantação de sistema silvipastoril e pastagem consorciada em pecuária de corte na cidade de Conchas, SP. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Diogo Fleury Azevedo Costa

PEDREIRA, C.G.S.; MENTEN, J.F.M.; MATTOS, W.R.S.; HADDAD, C.M.. Acompanhamento de atividades de extensão agropecuária em diferentes regiões da Austrália. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Thiago Galvão Hussar

PEDREIRA, C.G.S.; MENTEN, J.F.M.; HADDAD, C.M.; MATTOS, W.R.S.. Acompanhamento de sistema de produção orgânica - projeto de pecuária de corte - cria. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Alexandra Tamelline Dallacqua

PEDREIRA, C.G.S.; CYRINO, J.E.P.; MENTEN, J.F.M.; VERDADE, L.M.. Levantamento de mamíferos não-voadores de médio e grande porte no campus Luiz de Queiroz utilizando duas metodologias diferentes. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Igor Salvador e Lima

PEDREIRA, C.G.S.; SUSIN, I.; MACHADO, P.F.. Desempenho animal relacionado a fatores de intensificação: pastejo rotacionado, adubação, e monitoramento de produção de forragem. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Pedro Agostinho Giani

PEDREIRA, C.G.S.; MIYADA, V.S.; PACKER, I.U.. Levantamento de dados da produção e reposição de matrizes F1 C-40 em uma granja multiplicadora da genética Dalland. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Fábio Olegário Caminha

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.NUSSIO, L.G.. Avaliação do desempenho de bovinos de corte em pastagens de forrageiras anuais - milheto [Pennisetum glaucum (L.) R.Br.] e capim-pé-de-galinha [Eleusine coracana (L.) Gaertn.] durante o período de entressafra e em sucessão à cultura da soja. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Maurício Terzella Nogueira

PEDREIRA, C.G.S.; CYRINO, J.E.P.; MENTEN, J.F.M.. Planejamento de sistemas de produção animal no nordeste do Estado do Pará. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Thiago Pedroso Palma

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.; SUSIN, I.. Caracterização da produção intensiva de touros da raça Nelore em empresa agropecuária da região de Campo Grande, MS. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Tiago Esteves Badocha

PEDREIRA, C.G.S.; MENTEN, J.F.M.; CYRINO, J.E.P.. Biologia e manejo da ictiofauna Amazônica. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leôncio de Souza Brito Neto

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; PENATI, M.A.. Acompanhamento de atividades agropecuárias em fazendas Australianas. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Felipe De David Bortolotto

PEDREIRA, C.G.S.; PENATI, M.A.;CORSI, M.. Acompanhamento e participação nas atividades de pesquisas e extensão em Ciência Animal e Pastagens na Faculdade Estadual da Carolina do Norte, EUA. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marcelo Halle Najm

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.; NUSSIO, C.M.B.. Relatório Final de Estágio Profissionalizante realizado na Fazenda Figueira - FEALQ. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Lilian Bellucci

PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, W.R.S.;NUSSIO, L.G.. Estudo e caracterização do sistema de produção agropecuária da Fazenda Olhos D'Água. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Teodoro Teles Martins

PEDREIRA, C.G.S.; MACHADO, P.F.; SUSIN, I.. Acompanhamento das atividades do setor de bezerreiro da Fazenda Colorado e realização de um estudo de caso para avaliação da incidência de diarréia e do desempenho de bezerros da raça Holandesa. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Silvia do Vale Hernandez Aguiar

PEDREIRA, C.G.S.; MENTEN, J.F.M.; MACHADO, P.F.;CORSI, M.. Efeito da dose e do parcelamento da adubação nitrogenada no acúmulo de massa seca do capim Mombaça (Panicum maximum Jacq. cv. Mombaça) sob duas frequências de corte. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Ronaldo Yugo Kaminagakura

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; MENTEN, J.F.M.; MACHADO, P.F.. Custos de produção de bovinos nas atividades de recria e engorda. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Thais Alleoni Marson

PEDREIRA, C.G.S.; MENTEN, J.F.M.; MACHADO, P.F.;CORSI, M.. Avaliação de pastos de capim Tanzânia submetidos a regimes de lotação intermitente com diferentes estratégias de manejo de desfolha. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leandro Silva Torres de Oliveira

PEDREIRA, C.G.S.; CYRINO, J.E.P.; MENTEN, J.F.M.; MACHADO, P.F.. Relatório de Estágio Profissionalizante realizado junto à Mar & Terra Indústria e COmércio de Pescados Ltda.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Mariana Paes Andreucci

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; MENTEN, J.F.M.; MACHADO, P.F.. Efeito do besouro Digitonthophagus gazella na fertilidade do solo, resistência do solo à penetração e umidade. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Mateus Castilho Santos

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; MENTEN, J.F.M.; MACHADO, P.F.. Avaliação da qualidade da silagem de capim Mombaça (Panicum maximum Jacq.) aditivada com casca de soja sob três formatos. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Bruno Graziano da Silva Turini

PEDREIRA, C.G.S.; CYRINO, J.E.P.; MENTEN, J.F.M.; MACHADO, P.F.. Biologia e conservação da fauna de peixes na bacia do Paranapanema. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Victor Hugo Santana Silveira

PEDREIRA, C.G.S.; MENTEN, J.F.M.; MACHADO, P.F.. Caracterização de pastagens em sistemas de produção animal do oeste de São Paulo, noroeste do Paraná, e Mato Grosso do Sul, para fins de estabelecimento de estratégias de manejo, reforma, ou recuperação. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Andre Luiz Watanabe

PEDREIRA, C.G.S.; MIYADA, V.S.; OLIVEIRA, A.M.B.M.S.. Biologia e conservação de peixes migradores no sistema hidrelétrico da bacia do Paranapanema - Duke Energy International. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Henrique Mumme Harger da Silva

PEDREIRA, C.G.S.; OLIVEIRA, A.M.B.M.S.; DAIRIKI, J.K.. Biologia e conservação de peixes migradores no sistema hidrelétrico da bacia do Paranapanema. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Rafaela Carareto

PEDREIRA, C.G.S.; HADDAD, C.M.; PIRES, A.V.. Levantamento e análise de características físico-químicas de silagens de milho e sorgo e acompanhamento das atividades da empresa Bellman Nutrição Animal. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Marcus Vinícius Furlan Brioni

PEDREIRA, C.G.S.; CAMPOS, F.P.; PIRES, A.V.. Levantamento e análise de características físico-químicas de cana-de-açúcar e silagens de capins tropicais. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Oscar Cezar Muller Queiroz

PEDREIRA, C.G.S.; CAMPOS, F.P.; SUSIN, I.. Estudo do efeito e da viabilidade de inoculantes bacterianos na confecção de silagens. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Cauê Varesqui Zeferino

PEDREIRA, C.G.S.; PIRES, A.V.; SANTOS, F.A.P.. Acompanhamento das atividades produtivas de uma propriedade comercial de pecuária de corte no oeste baiano. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leonardo Susumu Takahashi

PEDREIRA, C.G.S.; VERDADE, L.M.; CYRINO, J.E.P.. Avaliação de diferentes níveis de carboidratos na dieta, no desempenho de alevinos de pintado. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leandro Fellet Lourenço

PEDREIRA, C.G.S.; COELHO, R. D.; BURGI, R.. Desenvolvimento de uma metodologia para uso racional da irrigação em pastagens. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Diogo Silveira Pedroso

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.. Acompanhamento e atuação nas etapas de um sistema de produção de feno. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Pablo Molloy

PEDREIRA, C.G.S.; CYRINO, J.E.P.; VERDADE, L.M.. Viabilidade técnico-econômica da carcinicultura marinha intensiva: um estudo de caso do complexo carcinicultor do grupo MPE. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Milena Masili Passanezi

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.SILVA, S.C.. Estudo de diferentes intensidades de pastejo sobre o valor nutritivo de cultivares de Cynodon dactylon pastejado por ovinos sob regime de lotação contínua. 1998. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Melissa Lombardi Ercolin

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.SILVA, S.C.. Uso de técnicas de coleta de dados científicos e de produção para fins de avaliação, condução de pesquisas e implementação de práticas de manejo em sistemas de produção animal a pasto na Nova Zelândia. 1998. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Patrícia Viviane Salles

PEDREIRA, C.G.S.NUSSIO, L.G.SILVA, S.C.. Caracterização e avaliação do sistema intensivo de produção animal a pasto da Nova Zelândia - Comparação com o sistema brasileiro. 1998. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Roberta Aparecida Carnevalli

PEDREIRA, C.G.S.; OMOTO, C.;SILVA, S.C.. Avaliação de características produtivas e ecológicas de plantas da espécie Cynodon nlemfuënsis para fins de modulação e otimização de sistemas de manejo do pastejo. 1996. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: LEONARDO KEHDI MOLAN

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; CARVALHO, P.C.F.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2004. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: José Leonardo Ribeiro

PEDREIRA, C.G.S.; COSTA, C.; MATTOS, W.R.S.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2004. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Miguel José Thomé Menezes

PEDREIRA, C.G.S.SANTOS, P.M.; CAMPOS, F.P.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2004. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Lucas José Mari

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; MATTOS, W.R.S.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2003. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Leandro Fellet Lourenço

PEDREIRA, C.G.S.; BOTREL, T.A.; MIRANDA, J.H.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2003. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Flávia Maria Erbetta de Andrade

PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, W.R.S.; HADDAD, C.M.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2003. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Waldeliza Fernandes da Cunha

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.;NUSSIO, L.G.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2001. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Rosane Claudia Rodrigues

PEDREIRA, C.G.S.; MONTEIRO, F.A.;SILVA, S.C.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2001. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Adriano Vechiatti Lupinacci

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.; MATTOS, H.B.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2001. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Daniel Silva Pagotto

PEDREIRA, C.G.S.; SANTOS, F.A.P.; HADDAD, C.M.. Exame de Qualificação de Mestrado. 2000. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Patrícia Sarmento

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.CORSI, M.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1999. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Moema Ferreira Bueno

PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, H.B.;SILVA, S.C.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1999. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Luís Felipe de Moura Pinto

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; MATTOS, H.B.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1999. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Carlos Augusto Brandão de Carvalho

PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, H.B.;SILVA, S.C.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1999. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: André Fischer Sbrissia

PEDREIRA, C.G.S.; MATTOS, H.B.;SILVA, S.C.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1999. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Paulo Tosi

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.CORSI, M.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1998. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Osvaldo Ruben Peralta Heisecke

PEDREIRA, C.G.S.; PIRES, A.V.; HADDAD, C.M.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1998. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: João Maurício Bueno Vendramini

PEDREIRA, C.G.S.; HADDAD, C.M.;SILVA, S.C.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1998. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Geraldo Bueno Martha Júnior

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.SILVA, S.C.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1998. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Jailson Lara Fagundes

PEDREIRA, C.G.S.SILVA, S.C.; MONTEIRO, F.A.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1997. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Andréa Campmany Vieira

PEDREIRA, C.G.S.; HADDAD, C.M.; PACKER, I.U.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1997. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Flávio Geraldo Ferreira Castro

PEDREIRA, C.G.S.; HADDAD, C.M.; PACKER, I.U.. Exame de Qualificação de Mestrado. 1997. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Aluno: Patrícia Menezes Santos

PEDREIRA, C.G.S.CORSI, M.SILVA, S.C.. Exame de qualificação de Mestrado. 1996. Outra participação, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

NOGUEIRA FILHO, J.C.M.;PEDREIRA, C.G.S.; TITTO, E. A. L.; JORGE, A.M.; RENNÓ, F.P.. Concurso para provimento de cargo de Professor Doutor na área de Produção e Nutrição de Ruminantes. 2009. Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos Usp.

MATTOS, W.R.S.;PEDREIRA, C.G.S.; PIRES, A.V.. Processo seletivo para preenchimento de vaga de Especialista em Laboratório (Técnico de nível superior I-A) junto ao Laboratório de Bromatologia do Departamento de Zootecnia da ESALQ-USP. 2003. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

REIS, R.A.; PEREIRA, O.G.;HERLING, V.R.PEDREIRA, C. G. S.; ALVES, P. L. C. A.. Análise conjunta de dados de experimentos com intensidades de pastejo em pastos de capim Marandu (Concurso da Professora Ana Cláudia Ruggieri, para obtenção de título de Livre-Docente em Zootecnia, na área de Pastagens e Forragicultura). 2016. Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (UNESP) - Jaboticabal.

NOGUEIRA FILHO, J.C.M.;PEDREIRA, C.G.S.; REIS, R.A.; ZANETTI, M.A.; CECATO, U.. Concurso do Professor Valdo Rodrigues Herling, para obtenção de título de Livre-Docente em Zootecnia, na área de Pastagens e Forragicultura. 2006. Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos Usp.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Paulo César da Silva Santos

Impacto do método de pastejo na produção, composição, e decomposição de biomassa de raízes em pastos de capim Mulato II; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Juliana Aparecida de Assis

FREQUÊNCIA DE DESFOLHAÇÃO E NITROGÊNIO COMO DETERMINANTES DO PERFILHAMENTO E DO ACÚMULO DE FORRAGEM DO CAPIM BRS ZURI SOB PASTEJO; Início: 2018; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Solange Garcia Holschuch

Métodos de pastejo e fontes de suplementos em pastos de capim Mulato II: respostas agronômicas e potencial de mitigação de metano in vitro; Início: 2019; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Theyson Duarte Maranhão

Calibração do modelo CROPGRO-PFM para a previsão da produtividade e partição de carbono em Arachis pintoi e Arachis glabrata; Início: 2019; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Otávio Goulart de Almeida

Manejo do pastejo e nitrogênio como determinantes da estrutura do dossel, acúmulo e valor nutritivo da forragem, e eficiência do pastejo em pastos de capim BRS Zuri; Início: 2018; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Fagner Júnior Gomes

Início: 2019; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz;

Marcos Vinícius Gardenal Martins

Influência do manejo do pastejo e nitrogênio no acúmulo e perdas de forragem e na eficiência do pastejo em pastos de capim BRS Zuri; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Programa Unificado de Bolsas da USP; (Orientador);

Otávio Goulart de Almeida

Acúmulo, composição morfológica, e valor nutritivo da forragem do capim Convert HD 364 em resposta ao manejo do pastejo sob lotação contínua e rotativa; 2018; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Solange Garcia Holschuch

Impacto do método de pastejo sobre o acúmulo de forragem, estrutura do dossel, e respostas morfofisiológicas da Brachiaria híbrida Convert HD 364; 2018; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Gabriel Baracat Pedroso

Forage accumulation and nutritive value, canopy structure, and grazing losses on Mulato II brachiariagrass under continuous and rotational stocking; 2018; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Júnior Issamu Yasuoka

Acúmulo de forragem e contribuição relativa de categorias de folhas na fotossíntese do dossel do capim Mulato II pastejado sob taxas contrastantes de crescimento e alturas do dossel; 2016; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Liliane Severino da Silva

Tiller population density and demography dynamics of Convert HD 364 brachiariagrass in response to canopy height and growth rate under continuous stocking; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Ianê Correia de Lima Almeida

Acúmulo e valor nutritivo da forragem do capim Convert HD 364 (Brachiaria híbrida) sob taxas contrastantes de crescimento em resposta à altura do dossel mantida por lotação contínua; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Murilo Saraiva Guimarães

Desempenho produtivo, análise de crescimento, e características estruturais do dossel de dois capins do gênero Cynodon sob duas estratégias de pastejo intermitente; 2012; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Valdson Jose da Silva

Desempenho produtivo e análise de crescimento de capins do gênero Cynodon em resposta à frequência de desfolhação; 2012; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Aliedson Sampaio Ferreira

Dinâmica de Acúmulo de forragem e estrutura do dossel em pastagens de Brachiaria decumbens Stapf; cv; Basilisk sob lotação contínua; 2011; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marcos Schleiden Sousa Carvalho

Desempenho agronômico e análise de crescimento de capins do gênero Cynodon em resposta à frequência de corte; 2011; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Diego Noleto Luz Pequeno

Intensidade de pastejo como condicionante da estrutura do dossel e da assimilação de carbono de pastos de capim Xaraés [Brachiaria brizantha (A; Rich; ) Stapf; cv; Xaraés] sob lotação contínua; 2010; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Felipe Curcelli

Respostas morfogênicas e dinâmica de acúmulo de forragem do capim Xaraés [Brachiaria brizantha (A; Rich; ) Stapf; cv; Xarés] submetido a estratégias de pastejo rotativo; 2009; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marília Gabriela Faustino

Modelagem de algumas características qualitativas de capins do gênero Panicum em função de variáveis climáticas; 2007; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marcio André Stefanelli Lara

Respostas morfofisiológicas de cinco cultivares de Brachiaria spp; às variações estacionais da temperatura do ar e do fotoperíodo (Proc; FAPESP n 05/52344-9); 2007; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Renata La Guardia Nave

Produtividade, valor nutritivo, e características físicas da forragem do capim-Xaraés [Brachiaria brizantha (Hochst ex A; RICH) STAPF; ] em resposta a estratégias de pastejo sob lotação intermitente (Processo FAPESP n 05/57838-0); 2007; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Bruno Carneiro e Pedreira

Interceptação de luz, arquitetura, e assimilação de carbono em dosséis de capim-xaraés [Brachiaria brizantha (A; Rich; ) Stapf; cv; Xaraés] submetidos a estratégias de pastejo rotacionado (Processo FAPESP n 04/04717-8); 2006; 86 f; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Daniel de Castro Rodrigues

Produção de forragem de cultivares de Brachiaria brizantha (Hochst; ex A; Rich; ) Stapf e modelagem de respostas produtivas em função de variáveis climáticas; 2004; 94 f; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Leonardo Simões de Barros Moreno

Produção de forragem de capins do gênero Panicum e modelagem de respostas produtivas e morfofisiológicas em função de variáveis climáticas (Processo FAPESP n 01/11826-0); 2004; 86 f; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Lyssa Otani

Produtividade e valor nutritivo de genótipos de alfafa sob pastejo (Processo FAPESP n 00/04509-5); 2003; 66 f; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Felipe Tonato

Determinação de parâmetros produtivos e qualitativos de Cynodon spp; em função de variáveis climáticas (Processo FAPESP n 00/10495-7); 2003; 85 f; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Frederico Alberto de Andrade Rosseto

Desempenho agronômico de pastagens de capim elefante cv; Guaçu (Pennisetum purpureum Schum; ) e capim tanzânia (Panicum maximum Jacq; ) em sistemas de produção de leite; 2000; Dissertação (Mestrado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Júnior Issamu Yasuoka

Respostas agronômicas e microclimáticas dentro de gaiolas de exclusão e seus impactos na estimativa do acúmulo de forragem em pastos sob lotação contínua; 2020; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Patrícia Luizão Barbosa

Canopy characteristics and tillering in 'Zuri' guineagrass pastures in response to grazing frequency and severity; 2020; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Fagner Júnior Gomes

Sistema silvipastoril: respostas agronômicas e adaptação do modelo APSIM para capim Marandu sob lotação contínua; 2019; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marcell Patachi Alonso

Características agronômicas de genótipos de amendoim forrageiro em resposta à intensidade e ao intervalo de desfolhação; 2017; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Valdson Jose da Silva

Carbon assimilation, herbage accumulation, nutritive value, and grazing efficiency of Mulato II brachiariagrass under continuous stocking; 2016; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Patrícia Luizão Barbosa

Perfilhamento do capim BRS-Zuri em resposta a estratégias de desfolhação sob lotação rotativa; 2016; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Diego Noleto Luz Pequeno

Agronomic performance and adaptation of the CROPGRO - Perennial Forage model to predict growth of three tropical forage grasses under irrigated and rainfed conditions; 2014; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Débora de Carvalho Basto

Impacto da inversão da intensidade de desfolharão sobre o perfilhamento e adaptação estrutural em pastos de Brachiaria spp; ; 2014; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Ana Flávia Gouveia de Faria

Morfogênese e análise de crescimento de três capins tropicais em resposta à frequência de desfolhação; 2014; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Aliedson Sampaio Ferreira

Desempenho agronômico, características morfofisiológicas e valor nutritivo da forragem de quatro genótipos de amendoim forrageiro sob corte; 2014; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marcio André Stefanelli Lara

Respostas morfofisiológicas de genótipos de Brachiaria spp sob duas intensidades de desfolhação e modelagem da produção de forragem em função das variações estacionais da temperatura e fotoperíodo: adaptação do modelo CROPGRO; 2011; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Jorge Nunes Portela

Intensidade e frequência de desfolhação como definidores da estrutura do dossel, da morfogênese, e do valor nutritivo da Brachiaria decumbens Stapf; cv; Basilisk sob lotação intermitente; 2010; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz,; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Felipe Tonato

Desenvolvimento e avaliação de modelos preditores de acúmulo de forragem em pastagens tropicais para apoio à tomada de decisão; 2009; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Bruno Carneiro e Pedreira

Capim Xaraés sob pastejo: Respostas agronômicas e morfofisiológicas, e adaptação do modelo CROPGRO para a predição de crescimento; 2009; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Gustavo José Braga

Assimilação de carbono, acúmulo de forragem, e eficiência de pastejo em pastagens de capim Marandu [Brachiaria brizantha (Hochst ex A; RICH; ) Stapf; ] em resposta à oferta de forragem (Processo FAPESP n 01/09706-6); 2005; 110 f; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

João Menezes de Souza Neto

Produtividade, morfologia, características físicas e valor nutritivo da forragem de capins Panicum spp; ; 2005; 86 f; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz,; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Maria Del Carmen Ferragine

Determinantes morfofisiológicos de produtividade e persistência de genótipos de alfafa sob pastejo; 2003; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Henrique Rocha de Medeiros

Avaliação de modelos matemáticos desenvolvidos para auxiliar a tomada de decisão em sistemas de produção de ruminantes em pastagens (Processo FAPESP n 00/01208-4); 2003; 98 f; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Alexandre Carneiro Leão de Mello

Respostas morfofisiológicas do capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq; cv; Tanzânia) irrigado à intensidade de pastejo sob lotação rotacionada (Processo FAPESP n 99/03703-3); 2002; Tese (Doutorado em Ciência Animal e Pastagens) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Valdson Jose da Silva

Frequência e intensidade de desfolhação afetam o desempenho agronômicoe foixação biológica de nitrogênio de cultivares de amendoim forrageiro; 2017; Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Cristiam Bosi

2017; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Bruno Carneiro e Pedreira

2011; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Felipe Tonato

2011; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Orlando Lucato Neto

Effects of introduction of legumes into forage system on delivery of supporting ecosystem services; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Letícia da Fonseca Antonino

Análise bromatológica da Pereskia aculeata (Mill; ) para uso na alimentação animal; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Eduardo Henrique Seccarecio

Impactos ambientais em sistemas de produção animal em pastagens: Com ênfase em gases do efeito-estufa; 2019; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Arthur Dal Moro Paro

Análise econômica e zootécnica de bovinos de corte em um sistema de cria baseado em pastagens - estudo de caso da Fazenda Poesia; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Orlando Daniel Masnello

Estimativa do efeito de alterações na temperatura do ar sobre a produtividade do capim Piatã na mesorregiões do Estado de São Paulo; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Pedro Moreira Xavier

USO DA ANÁLISE DIGITAL DE IMAGEM DA VEGETAÇÃO COMO FERRAMENTA DE MANEJO DO PASTEJO; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Gabriel Baracat Pedroso

PESQUISA EM FORAGICULTURA E SISTEMAS DE INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA-FLORESTA NA AMOZÔNIA MATOGROSSENSE; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"- USP; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Paulo Henrique Peres Verdi

Análise de viabilidade econômica de bovinocultura em Mato Grosso do Sul: uma comparação entre os sistemas de cria, recria e engorda, e ciclo completo; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Liliane Severino da Silva

Respostas agronômicas e estruturais de dosséis de capins do gênero Brachiaria e Cynodon sob duas frequencias de corte em condição irrigada e não irrigada; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Mariana Falda Abdal

Frequência de corte como determinante de características produtivas e estruturais de novos capins do gênero Cynodon; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Andrés Adorno Caballero

Efeito do sobrepastejo no crescimento e desenvolvimento das plantas forrageiras; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Vitor Hugo Moura Bertolini

Produção e dinâmica populacional de perfilhos do capim Xaraés submetido a intensidades de pastejo sob lotação contínua; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Cesar Augusto Figueiredo

Utilização do software DSSAT como ferramenta de manejo de plantas forrageiras; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Gabriela Pompei Silva

Validação do aplicativo Canopeo como técnica de predição indireta da massa de forragem em capim Mulato II sob lotação contínua e intermitente; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Gabriel Alvarenga Alves Ferreira

Impacto do método de pastejo no acúmulo de forragem, estrutura do dossel e morfofisiologia do capim Mulato II sob lotação contínua e intermitente; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Programa Unificado de Bolsas da USP; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Carlos Henrique Franco Silva

Efeito do método de pastejo na distribuição vertical dos componentes morfológicos em dosséis de capim Mulato II; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Programa Unificado de Bolsas da USP; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Pedro Moreira Xavier

USO DA ANÁLISE DIGITAL DE IMAGEM DA VEGETAÇÃO COMO FERRAMENTA DE MANEJO DO PASTEJO; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marina Miquilini

DINÂMICA DO MERISTEMA APICAL NO CAPIM ZURI EM RESPOSTA AO MANEJO DO PASTEJO; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Murilo de Carvalho Maturana

Impacto do método de pastejo sobre a eficiência de colheita em pastos de capim Mulato II; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Carlos Henrique Franco Silva

MÉTODO DE PASTEJO E SEU IMPACTO SOBRE A FOTOSSÍNTESE E O ACÚMULO DE FORRAGEM DO CAPIM MULATO II; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Isabela Silva de Souza

MANEJO DO PASTEJO COMO DETERMINANTE DA DISTRIBUIÇÃO VERTICAL DOS COMPONENTES MORFOLÓGICOS DO CAPIM MULATO II; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Carolina Ferraz dos Santos

GAIOLAS DE EXCLUSÃO ALTERAM A TAXA DE FOTOSSÍNTESE FOLIAR EM PASTOS SOB LOTAÇÃO CONTÍNUA?; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marina Miquilini

PRODUTIVIDADE DE SEMENTES DE GENÓTIPOS DE AMENDOIM FORRAGEIRO (Arachis pintoi Krap; & Greg; ) SOB ESTRATÉGIAS DE MANEJO VARIÁVEIS; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Giuliana Piccirilli Soufia

Métodos de determinação de índice de área foliar em amendoim forrageiro (Arachis pintoi Krap; & Greg; ); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Pedro Moreira Xavier

PLANTAS DANINHAS EM ESTANDES DE AMENDOIM FORRAGEIRO (Arachis pintoi Krap; & Greg; ): UMA ANÁLISE QUANTITATIVA; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Maristela de Araújo Gomes

Respostas morfológicas e produtivas do Capim Mulato II a doses de N e estratégias de desfolhação sob lotação contínua; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Mateus Calderan Pereira

Características morfológicas e produtivas do capim Mulato II sob taxas contrastantes de crescimento em resposta à altura do dossel mantida por lotação contínua; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Carla Mariane Marassatto

Respostas produtivas e morfológicas de cinco genótipos de amendoim forrageiro sob corte; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, PIBIC - Reitoria da Universidade de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Liliane Severino da Silva

Respostas agronômicas e estruturais de dosséis de capins do gênero Brachiaria e Cynodon sob duas frequencias de corte em condição irrigada e não irrigada; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Mariana Falda Abdal

Frequência de corte como determinante de características produtivas e estruturais de novos capins do gênero Cynodon; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Felipe Niitsu de Lima

Estratégias de corte modificam os parâmetros de crescimento de capins do gênero Cynodon?; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Lucas Zambone Geraldini

Respostas produtivas e estrutura do dossel de capins do gênero Cynodon pastejados sob duas estratégias de desfolhação intermitente (Proc; FAPESP n 2010/08725-6); 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Paulo Henrique Peres Verdi

Simulações de crescimento de plantas forrageiras com o software DSSAT, utilizando o modelo CROPGRO; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Vinicius Lelis Giglio

Desempenho agronômico e características estruturais do dossel de cultivares do gênero Cynodon sob duas frequências de pastejo intermitente; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, PIBIC - Reitoria da Universidade de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Vitor Hugo Moura Bertolini

Produção e dinâmica populacional de perfilhos do capim Xaraés submetido a intensidades de pastejo sob lotação contínua; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Gislene Roberta Manarim

Desempenho agronômico de novos capins do gênero Cynodon em resposta a freqüências de corte; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Murilo Saraiva Guimarães

RESPOSTAS MORFOLOGICAS E PRODUTIVAS DE CINCO CULTIVARES DE BRACHIARIA SPP; SOB DUAS INTENSIDADES DE DESFOLHACAO (Processo n 08/50289-9); 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Aurélio Macedo Debiazzi

Altura de corte como determinante do desempenho produtivo e da morfologia de plantas de Brachiaria spp (Bolsa PIBIC-CNPq); 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marcel Olivetti Trivelin

Fotossíntese foliar de plantas Brachiaria spp; e modelagem do potencial assimilatório de dosséis sob estratégias contrastantes de desfolhação (Bolsa PIBIC-RUSP); 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, PIBIC - Reitoria da Universidade de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Aurélio Macedo Debiazzi

Composição químico-bromatológica do capim Xaraés (Brachiaria brizantha cv; Xaraés) sob três frequências de pastejo rotativo (Bolsa PIBIC-CNPq); 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Cacilia Leonelli

Indicadores qualitativos da forragem de capim Xaraés (Brachiaria brizantha cv; Xaraés) em resposta a estratégias de pastejo rotativo (Processo FAPESP n 07/54150-2); 2008; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Darcy Barthmann Neto

Respostas fotossintéticas de folhas de capins Panicum spp; à intensidade luminosa (Processo FAPESP n 05/55388-7); 2007; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Cacilia Leonelli

Respostas morfológicas e estruturais de dosséis de capim-Xaraés [Brachiaria brizantha (A; Rich; ) Stapf] à estratégia de pastejo sob lotação rotacionada (Processo FAPESP n 06/55283-3); 2007; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Daniel Collucci

Desempenho de pastos de capim Xaraés [Brachiaria brizantha (A; Rich; ) Stapf] sob pastejo intermitente: efeito da frequência de desfolhação sobre a estrutura do dossel (Bolsa PIBIC-CNPq); 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Aurélio Macedo Debiazzi

Respostas morfológicas e estruturais de dosséis de capim Xaraés [Brachiaria brizantha (A; Rich; ) Stapf; ] à estratégia de pastejo sob lotação rotacionada (Bolsa PIBIC-CNPq); 2007; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Karina Salomão

Potencial fotossintético de folhas dos capins Tobiatã e Massai (Panicum spp) em função da idade e da posição no perfil do dossel (Processo FAPESP n 05/55480-0); 2006; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Cacilia Leonelli

Curvas de luz na descrição da fotossíntese foliar de capins Panicum: parametrização do modelo da hipérbole não-retangular (Bolsa PIBIC-CNPq); 2005; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Bruno Carneiro e Pedreira

Componentes do acúmulo de forragem em cultivares de Panicum maximum sob irrigação em rebrota de inverno; 2003; 1 f; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Lavras; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Leonardo Simões de Barros Moreno

Avaliação de modelos matemáticos para estimativa de respostas agronômicas, produtivas, e morfológicas de gramíneas Cynodon spp; em função da temperatura do ar e do fotoperíodo (Processo FAPESP no; 00/09322-0); 2002; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Leonardo Simões de Barros Moreno

Acúmulo de forragem e perdas por pastejo em um sistema de produção de leite baseado em pastejo rotacionado de capim Tanzânia; 1999; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Maurício Felipe do Amaral Oliveira

Acúmulo de forragem e perdas por pastejo em um sistema de produção de leite baseado em pastejo rotacionado de capim elefante; 1999; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Daniela Fabiana Coco

Estudo da ecologia de gramíneas forrageiras tropicais sob pastejo através da caracterização de sua fenologia e ontogenia para fins de planejamento, desenvolvimento, modulação e otimização de sistemas de produção animal a pasto; I; Cynodon spp; (Processo FAPESP no; 97/04373-1 Ganhador de Menção Honrosa no 6o; SICUSP 1998); 1998; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Marina Castro Uebele

Estudo de diferentes intensidades de pastejo sobre o acúmulo de forragem, estrutura do pasto, valor nutritivo, e desempenho animal em cultivares de Cynodon spp; pastejados por ovinos em crescimento sob regime de lotação contínua (Processo FAPESP no; 97/04374-8 Ganhador de Menção Honrosa no 6o; SICUSP 1998); 1998; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Evanilda Zammer Barbosa

Estágio curricular obrigatório; 2019; Orientação de outra natureza; (Alimentos) - Fatec Piracicaba ?Deputado Roque Trevisan?; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Ana Flávia Bastos Ongaro

Estágio curricular obrigatório; 2019; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Universidade Federal de São João Del-Rei; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Renan Valerio Endres

EStágio curricular obrigatório; 2019; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Yan do Nascimento Ribeiro

Estágio curricular obrigatório; 2019; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Universidade Federal de São João Del-Rei; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Orlando Daniel Masnello

Pesquisa em forragicultura e modelagem agrícola em sistemas de integração lavoura-pecuária (Estágio Vivencial); 2018; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Juan David Flores-Godoy

Estágio curricular obrigatório; 2018; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Escuela Agrícola Panamericana Zamorano; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Letícia Custódio de Oliveira

Estágio curricular obrigatório; 2018; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual de Goiás; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Victor Sanches

Relatório de estágio profissionalizante em Engenharia Agronômica desenvolvido na Oregon State University - eastern Oregon Agricultural Research Center; 2014; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Stéphanie Ferreira Vicente

Estratégias de gestão nutricional para melhorar o desempenho reprodutivo de novilhas de corte e acompanhamento de outros experimentos na Estação experimental de Ona, da Universidade da Flórida (Relatório de Estágio Profissionalizante em Engenharia Agronômica); 2014; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Liliane Severino da Silva

Análise bromatológica de taninos condensados de leguminosas forrageiras de diversas regiões do Brasil; 2012; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Laiz Pamplona de Oliveira

Estágio em pastagens e forragicultura; 2011; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - UNESP Botucatu; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Mariana Luiza Mezzena Gobato

Estágio em pastagens e forragicultura; 2011; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - UNESP Botucatu; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Cesar Augusto Figueiredo

Acompanhamento de experimentos a campo no Departamento de Pesquisa e desenvolvimento da empresa Dow AgroSciences; 2011; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Bruno Damasceno Filiage

Estágio em pesquisa com pastagens e plantas forrageiras; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Universidade Brasil; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Gislene Roberta Manarim

Efeito de frequência de pastejo em diferentes genótipos de Bahiagrass e acompanhamento de atividades de pesquisa em pastagens; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Camila Vilela Vasconcelos

Estágio curricular em Pastagens e Forragicultura; 2010; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal de Goiás; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Ianê Correia de Lima Almeida

Estágio em Pastagens e Forragicultura; 2010; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - UNESP Botucatu; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Mariana Gobato

Estágio em Pastagens e Forragicultura; 2010; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - UNESP Botucatu; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Analu Guarnieri

Estágio em Pastagens e Forragicultura; 2010; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Diego Augusto Ribeiro

Acompanhamento técnico-administrativo de fazendas de pecuária de corte; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Gislene Roberta Manarim

Efeito da frequência de pastejo em diferentes genótipos de bahiagrass e acompanhamento de atividades de pesquisa em pastagens; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Rodrigo Coelho Denipote

O IMPACTO DA GESTÃO NA LUCRATIVIDADE DO LEITE? REHAGRO - RECURSOS HUMANOS NO AGRONEGÓCIO; 2010; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Aurélio Luis Manfrinato Pinton

Acompanhamento e desenvolvimento de projetos de gestão pecuária; 2009; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Murilo Saraiva Guimarães

Respostas morfológicas e produtivas de cinco cultivares de Brachiaria spp; sob duas intensidades de desfolhação e acompanhamento de atividades de pesquisa em pastagens; 2009; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Felipe Vilela Nobre

Acompanhamento técnico-administrativo de fazendas de pecuária de corte; 2009; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Murilo Mariano de Pádua

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2007; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Universidade Estadual de Goiás; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Renato Antonio Cortez

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2007; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Universidade Estadual de Goiás; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Diego Noleto Luz Pequeno

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2007; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Federal do Tocantins; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Sergio Rodrigo Fernandes

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2007; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Universidade Federal do Paraná; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Daniel Collucci

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas I; 2007; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Guilherme Pinezzi Honório

Planejamento e acompanhamento de sistemas de produção no nordeste do Estado do Mato Grosso; 2007; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Daniel Collucci

O sistema de produção e comercialização de leite na Nova Zelândia; 2007; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Cacilia Leonelli

Estágio supervisionado em práticas Zootécnicas II; 2007; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Igor Barsi Santos

Caracterização do grau de degradação e avaliação da altura do dossel como estimador de massa de forragem em pastagens; 2006; 39 f; Orientação de outra natureza - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Maria Eugênia Freitas Alves Pereira

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2006; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Faculdade de Ciências Agronômicas; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Letícia Fogarolli Fransceschet

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2006; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Faculdade de Ciências Agronômicas; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Natália Mitiko Aono

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2006; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Faculdade de Ciências Agronômicas; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Cacilia Leonelli

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas I; 2006; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Maurício Terzella Nogueira

Planejamento de sistemas de produção animal no nordeste do Estado do Pará; 2005; 37 f; Orientação de outra natureza - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Igor Salvador e Lima

Desempenho animal relacionado a fatores de intensificação: pastejo rotacionado, adubação, e monitoramento de produção de forragem; 2005; 21 f; Orientação de outra natureza - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Pablo Menezes de Seabra

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2005; Orientação de outra natureza; (Medicina Veterinária) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Thiago Fontes Frederico

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2005; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Darcy Barthmann Neto

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas II; 2005; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Darcy Barthmann Neto

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas I; 2005; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Karina Salomão

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas I; 2005; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Victor Hugo Santana Silveira

Caracterização de pastagens em sistemas de produção animal do oeste de São Paulo, noroeste do Paraná, e Mato-Grosso do Sul para fins de estabelecimento de estratégias de manejo, reforma, ou recuperação; 2004; 165 f; Orientação de outra natureza - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Enos Toledo Yan Hsin Ma

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas I; 2004; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Guilherme Pinezzi Honório

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas I; 2004; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Juliana Tozo Geraldo

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas II; 2003; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

david Pugliese antunes Junior

Estágio na área de produção e manejo de pastagens; 2001; Orientação de outra natureza; (Zootecnia) - Universidade Estadual de Maringá; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Ricardo Nery de Castro

Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas I; 2001; Orientação de outra natureza; (Engenharia Agronômica) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; Orientador: Carlos Guilherme Silveira Pedreira;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Sila Carneiro da Silva

1998; Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Sila Carneiro da Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • GOMES, FAGNER J. ; PEDREIRA, BRUNO C. ; SANTOS, PATRÍCIA M. ; BOSI, CRISTIAM ; LULU, JORGE ; PEDREIRA, CARLOS G.S. . Microclimate effects on canopy characteristics of shaded palisadegrass pastures in a silvopastoral system in the Amazon biome of central Brazil. EUROPEAN JOURNAL OF AGRONOMY , v. 115, p. 126029, 2020.

  • PEDREIRA, CARLOS G.S. ; SILVA, VALDSON J. ; FERRAGINE, MARIA D.C. ; BOUTON, JOSEPH H. ; TONATO, FELIPE ; OTANI, LYSSA ; BASTO, DÉBORA C. . Validating the NAAIC alfalfa grazing tolerance standard test and assessing physiological responses to grazing in a tropical environment. Crop Science , v. 60, p. csc2.20145, 2020.

  • GOMES, FAGNER JUNIOR ; PEDREIRA, BRUNO CARNEIRO ; SANTOS, PATRÍCIA MENEZES ; BOSI, CRISTIAM ; PEDREIRA, CARLOS GUILHERME SILVEIRA . Shading effects on canopy and tillering characteristics of continuously stocked palisadegrass in a silvopastoral system in the Amazon biome. GRASS AND FORAGE SCIENCE , v. 75, p. 1-12, 2020.

  • SILVA, LILIANE S. ; SILVA, VALDSON J. ; YASUOKA, JUNIOR I. ; Sollenberger, Lynn E. ; PEDREIRA, CARLOS G.S. . Tillering dynamics of -Mulato II? brachiariagrass under continuous stocking. Crop Science , v. 60, p. 1105-1112, 2020.

  • TESK, CÁTIA R. M. ; CAVALLI, JOSIANA ; PINA, DOUGLAS S. ; PEREIRA, DALTON H. ; PEDREIRA, CARLOS G. S. ; JANK, LIANA ; Sollenberger, Lynn E. ; PEDREIRA, BRUNO C. . Herbage responses of Tamani and Quênia guineagrasses to grazing intensity. Agronomy Journal , v. 112, p. 2081-2091, 2020.

  • DA SILVA, FLABIELE S. ; DOMICIANO, LEANDRO F. ; GOMES, FAGNER J. ; Sollenberger, Lynn E. ; PEDREIRA, CARLOS G. S. ; PEREIRA, DALTON H. ; PEDREIRA, BRUNO C. . Herbage accumulation, nutritive value and beef cattle production on marandu palisadegrass pastures in integrated systems. AGROFORESTRY SYSTEMS , v. 94, p. 1-12, 2020.

  • BRAGA, G.J ; PEDREIRA, C.G.S. ; FERREIRA, A.S. ; OLIVEIRA, E.A. ; PAULINO, V.T. . Seasonal herbage accumulation, plant-part composition and nutritive value of signal grass (Urochloa decumbens) pastures under simulated continuous stocking. TROPICAL GRASSLANDS - FORRAJES TROPICALES , v. 8, p. 48-59, 2020.

  • GOMES, FAGNER JUNIOR ; BOSI, CRISTIAM ; PEDREIRA, BRUNO CARNEIRO ; SANTOS, PATRÍCIA MENEZES ; PEDREIRA, CARLOS GUILHERME SILVEIRA . Parameterization of the APSIM model for simulating palisadegrass growth under continuous stocking in monoculture and in a silvopastoral system. AGRICULTURAL SYSTEMS , v. 184, p. 102876, 2020.

  • SILVA, VALDSON J. ; FARIA, ANA FLÁVIA G. ; PEQUENO, DIEGO N. L. ; SILVA, LILIANE S. ; Sollenberger, Lynn E. ; PEDREIRA, CARLOS G.S. . Growth Analysis of Brachiariagrasses and -Tifton 85? Bermudagrass as Affected by Harvest Interval. CROP SCIENCE , v. 59, p. 1808-1814, 2019.

  • GOMES, FAGNER J. ; PEDREIRA, CARLOS G. S. ; BOSI, CRISTIAM ; CAVALLI, JOSIANA ; HOLSCHUCH, SOLANGE G. ; MOURÃO, GERSON B. ; PEREIRA, DALTON H. ; PEDREIRA, BRUNO C. . Shading Effects on Marandu Palisadegrass in a Silvopastoral System: Plant Morphological and Physiological Responses. AGRONOMY JOURNAL , v. 111, p. 2332-2340, 2019.

  • YASUOKA, J. I. ; PEDREIRA, C. G. S. ; DA SILVA, V. J. ; ALONSO, M. P. ; DA SILVA, L. S. ; GOMES, F. J. . Canopy height and N affect herbage accumulation and the relative contribution of leaf categories to photosynthesis of grazed brachiariagrass pastures. GRASS AND FORAGE SCIENCE , v. 73, p. 183-192, 2018.

  • PEDREIRA, C.G.S. ; Silva, V.J. ; GUIMARÃES, M.S. ; PEQUENO, D.N.L. ; TONATO, F. . Fixed versus variable rest period effects on herbage accumulation and canopy structure of grazed 'Tifton 85' and 'Jiggs' Bermuda grass. PESQUISA AGROPECUÁRIA BRASILEIRA (ONLINE) , v. 53, p. 113-120, 2018.

  • PEQUENO, D. N. L. ; PEDREIRA, C. G. S. ; BOOTE, K. J. ; ALDERMAN, P. D. ; FARIA, A. F. G. . Species-genotypic parameters of the CROPGRO Perennial Forage Model: Implications for comparison of three tropical pasture grasses. GRASS AND FORAGE SCIENCE , v. 73, p. 440-455, 2018.

  • PEDREIRA, CARLOS G. S. ; BRAGA, GUSTAVO J. ; PORTELA, JORGE N. . Herbage accumulation, plant-part composition and nutritive value on grazed signal grass (Brachiaria decumbens) pastures in response to stubble height and rest period based on canopy light interception. Crop & Pasture Science , v. 68, p. 62-73, 2017.

  • PEDREIRA, CARLOS G. S. ; SILVA, VALDSON J. ; PEDREIRA, BRUNO C. ; Sollenberger, Lynn E. . Herbage Accumulation and Organic Reserves of Palisadegrass in Response to Grazing Management based on Canopy Targets. CROP SCIENCE , v. 57, p. 2283-2293, 2017.

  • Silva, V.J. ; PEDREIRA, C.G.S. ; Sollenberger, Lynn E. ; CARVALHO, M.S.S. ; TONATO, F. ; Basto, D.C. . Growth analysis of irrigated ?Tifton 85? and Jiggs bermudagrasses as affected by harvest management. Crop Science , v. 56, p. 882-890, 2016.

  • ANDRADE, A. S. ; SANTOS, P. M. ; PEZZOPANE, J. R. M. ; DE ARAUJO, L. C. ; PEDREIRA, B. C. ; PEDREIRA, C. G. S. ; MARIN, F. R. ; LARA, M. A. S. . Simulating tropical forage growth and biomass accumulation: an overview of model development and application. Grass and Forage Science (Print) , v. 71, p. 54-65, 2016.

  • SILVA, VALDSON J. ; PEDREIRA, CARLOS G.S. ; Sollenberger, Lynn E. ; SILVA, LILIANE S. ; YASUOKA, JÚNIOR I. ; ALMEIDA, IANÊ C.L. . Canopy Height and Nitrogen Affect Herbage Accumulation, Nutritive Value, and Grazing Efficiency of `Mulato II Brachiariagrass. Crop Science , v. 56, p. 2054-2061, 2016.

  • SILVA, VALDSON J. ; PEDREIRA, CARLOS G. S. ; Sollenberger, Lynn E. ; SILVA, LILIANE S. ; YASUOKA, JUNIOR I. ; ALMEIDA, IANÊ C. L. . Carbon Assimilation, Herbage Plant-Part Accumulation, and Organic Reserves of Grazed -Mulato II? Brachiariagrass Pastures. Crop Science , v. 56, p. 2853-2860, 2016.

  • PEDREIRA, CARLOS G.S. ; SILVA, VALDSON J. ; NEWMAN, YOANA C. ; Sollenberger, Lynn E. . Yearling Cattle Performance on Continuously Stocked -Tifton 85? and -Florakirk? Bermudagrass Pastures. Crop Science , v. 56, p. 3354-3360, 2016.

  • MARIN, F. R. ; PILAU, F.G. ; OTTO, R. ; SPOLADOR, H. F. S. ; PEDREIRA, C.G.S. . Intensificação sustentável da agricultura brasileira: cenários para 2050. Revista de Politica Agricola , v. 25, p. 108-124, 2016.

  • PEDREIRA, BRUNO C. ; PEDREIRA, CARLOS G. S. ; LARA, MÁRCIO A. S. . Leaf age, leaf blade portion and light intensity as determinants of leaf photosynthesis in Panicum maximum Jacq.. GRASSL SCI , v. 61, p. 45-49, 2015.

  • PEQUENO, DIEGO N. L. ; PEDREIRA, CARLOS G. S. ; Sollenberger, Lynn E. ; DE FARIA, ANA F. G. ; SILVA, LILIANE S. . Forage Accumulation and Nutritive Value of Brachiariagrasses and Tifton 85 Bermudagrass as Affected by Harvest Frequency and Irrigation. Agronomy Journal (Print) , v. 107, p. 1741-1749, 2015.

  • SILVA, VALDSON J. ; PEDREIRA, CARLOS G.S. ; Sollenberger, Lynn E. ; CARVALHO, MARCOS S.S. ; TONATO, FELIPE ; BASTO, DÉBORA C. . Seasonal Herbage Accumulation and Nutritive Value of Irrigated -Tifton 85?, Jiggs, and Vaquero Bermudagrasses in Response to Harvest Frequency. Crop Science , v. 55, p. 2886-2894, 2015.

  • TONATO, F. ; PEDREIRA, B.C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; PEQUENO, D.N.L. . Aveia preta e azevém anual colhidos por interceptação de luz ou intervalo fixo de tempo em sistemas integrados de agricultura e pecuária no Estado de São Paulo. Ciência Rural (UFSM. Impresso) , v. 44, p. 104-110, 2014.

  • DE SOUZA, J. ; BATISTEL, F. ; TICIANI, E. ; SANDRI, E. C. ; PEDREIRA, C. G. S. ; OLIVEIRA, D. E. . Green leaf allowance and dairy ewe performance grazing on tropical pasture. Journal of Animal Science , v. 92, p. 2708-2715, 2014.

  • PEDREIRA, C.G.S. ; PEDREIRA, B.C. ; BITTAR, C.M.M. ; FAUSTINO, M.G. ; SANTOS, V.P. ; FERREIRA, L.S. ; LARA, M.A.S. . Produtividade e Degradabilidade Ruminal da Forragem de Capins da Espécie Panicum maximum. Nativa , v. 2, p. 143-148, 2014.

  • MORENO, LEONARDO S.B. ; PEDREIRA, CARLOS G.S. ; BOOTE, KENNETH J. ; ALVES, ROSIANA R. . Base temperature determination of tropical Panicum spp. grasses and its effects on degree-day-based models. Agricultural and Forest Meteorology (Print) , v. 186, p. 26-33, 2014.

  • PEQUENO, DIEGO N. L. ; PEDREIRA, CARLOS G. S. ; BOOTE, KENNETH J. . Simulating forage production of Marandu palisade grass (Brachiaria brizantha) with the CROPGRO-Perennial Forage model. Crop & Pasture Science (Print) , v. 65, p. 1335-1348, 2014.

  • FERREIRA, A.S. ; PEDREIRA, C.G.S. ; MARASSATTO, C. M. . Sward structural characteristics of perennial peanut genotypes as affected by harvest frequency. Tropical Grasslands - Forrajes Tropicales , v. 1, p. 74, 2013.

  • Faria, A.F.G. ; PEDREIRA, C.G.S. ; PEQUENO, D.N.L. ; SILVA, L.S. ; Nguluve, D.W. ; FERREIRA, A.S. . Morphogenic responses of two Brachiaria genotypes to clipping frequency. Tropical Grasslands - Forrajes Tropicales , v. 1, p. 71, 2013.

  • LARA, M.A.S. ; PEDREIRA, C.G.S. ; BOOTE, K. J. ; PEDREIRA, B.C. ; Moreno, L.S.B. ; ALDERMAN, P.D. . Predicting Growth of Panicum maximum : An Adaptation of the CROPGRO?Perennial Forage Model. Agronomy Journal (Print) , v. 104, p. 600-611, 2012.

  • CARVALHO, M. S. S. ; PEDREIRA, C.G.S. ; TONATO, F. . Análise de crescimento de capins do gênero Cynodon submetidos a frequências de colheita. Boletim de Indústria Animal (Impresso) , v. 69, p. 41-49, 2012.

  • PEDREIRA, B.C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; BOOTE, K. J. ; LARA, M.A.S. ; ALDERMAN, P.D. . Adapting the CROPGRO Perennial Forage model to predict growth of Brachiaria brizantha. Field Crops Research , v. 120, p. 370-379, 2011.

  • PORTELA, J. N. ; PEDREIRA, C.G.S. ; BRAGA, G.J. . Demografia e densidade de perfilhos de capim-braquiária sob pastejo em lotação intermitente. Pesquisa Agropecuária Brasileira (Online) , v. 46, p. 315-322, 2011.

  • LARA, M.A.S. ; PEDREIRA, C.G.S. . Estimativa da assimilação potencial de carbono em dosséis de espécies de braquiária. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 46, p. 743-750, 2011.

  • LARA, M.A.S. ; PEDREIRA, C.G.S. . Respostas morfogênicas e estruturais de dosséis de espécies de Braquiária à intensidade de desfolhação. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 46, p. 760-767, 2011.

  • HERLING, V.R. ; PEDREIRA, C.G.S. ; LUZ, P.H.C. ; BRAGA, G.J. ; MARCHESIN, W.A. ; MACEDO, F.B. ; LIMA, C.G. . Performance and productivity of Nellore steers on rotationally stocked palisadegrass (Brachiaria brizantha) pastures in response to herbage allowance. Journal of Agricultural Science (Print) , v. 149, p. 761-768, 2011.

  • NAVE, RLG ; PEDREIRA, CGS ; PEDREIRA, BC . Nutritive value and physical characteristics of Xaraes palisadegrass as affected by grazing strategy. SOUTH AFRICAN JOURNAL OF ANIMAL SCIENCE , v. 40, p. 285-293, 2011.

  • TONATO, F. ; BARIONI, L.G. ; PEDREIRA, C.G.S. ; DANTAS, O. D. ; MALAQUIAS, J. V. . Desenvolvimento de modelos preditores de acúmulo de forragem em pastagens tropicais. PESQUISA AGROPECUARIA BRASILEIRA , v. 45, p. 522-529, 2010.

  • BRAGA, G.J ; PORTELA, J.N ; PEDREIRA, C.J.S ; LEITE, V.B.O ; OLIVEIRA, E.A . Herbage yield in Signalgrass pastures as affected by grazing management. SOUTH AFRICAN JOURNAL OF ANIMAL SCIENCE , v. 39, p. 130-132, 2010.

  • BRAGA, G.J. ; PEDREIRA, C.G.S. ; HERLING, V.R. ; LUZ, P.H.C. ; MARCHESIN, W.A. ; MACEDO, F.B. . Quantifying herbage mass on rotationally stocked palisadegrass pastures using indirect methods. Scientia Agricola (USP. Impresso) , v. 66, p. 127-131, 2009.

  • BRAGA, G.J. ; MELLO, A.C.L. ; PEDREIRA, C.G.S. ; MEDEIROS, H.R. . Fotossíntese e taxa diária de produção de forragem em pastagens de capim-tanzânia sob lotação intermitente. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 44, p. 84-91, 2009.

  • NAVE, R.L.G. ; PEDREIRA, C.G.S. ; LIMA, C.G. . Canonical correlations among chemical, physical and morphological characteristics of Xaraés palisadegrass under rotational grazing. Scientia Agricola (USP. Impresso) , v. 66, p. 270-275, 2009.

  • PEDREIRA, B.C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; da SILVA, S. C. . Acúmulo de forragem durante a rebrotação de capim-xaraés submetido a três estratégias de desfolhação. Revista Brasileira de Zootecnia (Online) , v. 38, p. 618-625, 2009.

  • BRAGA, G.J. ; PEDREIRA, C.G.S. ; HERLING, V.R. ; LUZ, P.H.C. ; LIMA, C.G. . Herbage allowance effects on leaf photosynthesis and canopy light interception in palisadegrass pastures under rotational stocking. Tropical Grasslands , v. 42, p. 214-223, 2008.

  • VILLA NOVA, N.A. ; TONATO, F. ; PEDREIRA, C.G.S. ; MEDEIROS, H.R. . Método alternativo para cálculo da temperatura base de gramíneas forrageiras. Ciência Rural (UFSM. Impresso) , v. 37, p. 545-549, 2007.

  • PEDREIRA, B.C. ; PEDREIRA, C.G.S. . Fotossíntese foliar do capim-xaraés [Brachiaria brizantha (A. Rich.) Stapf. cv. Xaraés] e modelagem da assimilação potencial de dosséis sob estratégias de pastejo rotativo. Revista Brasileira de Zootecnia (Online) , v. 36, p. 773-779, 2007.

  • BRAGA, G.J. ; PEDREIRA, C.G.S. ; HERLING, V.R. ; LUZ, P.H.C. . Eficiência de pastejo de capim-marandu submetido a diferentes ofertas de forragem. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 42, p. 1641-1649, 2007.

  • MEDEIROS, H. R. ; PEDREIRA, C.G.S. . Programação linear na simulação e tomada de decisão em um sistema de produção animal. Archivos de Zootecnia , v. 56, p. 935-938, 2007.

  • PEDREIRA, B. C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; SILVA, Sila Carneiro da . Estrutura do dossel e acúmulo de forragem de Brachiaria brizantha cultivar Xaraés em resposta a estratégias de pastejo. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , v. 42, p. 281-287, 2007.

  • BRAGA, G.J. ; PEDREIRA, C.G.S. ; HERLING, V.R. ; LUZ, P.H.C. ; LIMA, C.G. . Sward structure and herbage yield of rotationally stocked pastures of 'Marandu' palisadegrass [Brachiaria brizantha (A.Rich.) Stapf] as affected by herbage allowance. Scientia Agricola (USP. Impresso) , Piracicaba, v. 63, n.2, p. 121-129, 2006.

  • SANTOS, P.M. ; CORSI, M. ; PEDREIRA, C.G.S. ; LIMA, C.G. . Tiller cohort development and digestibility in Tanzania guineagrass (Panicum maximum cv. Tanzania) under three levels of grazing intensity. Tropical Grasslands , Brisbane, v. 40, n.2, p. 84-93, 2006.

  • LIMA, M.L.P. ; PEDREIRA, C.G.S. ; ROSSETO, F.A.A. ; BERCHIELLI, T. T. ; LEME, P.R. ; NOGUEIRA, J. R. . Produção de leite de vacas mestiças mantidas em pastagens de capim-elefante e capim-tanzânia em São Paulo. Boletim de Indústria Animal , v. 63, p. 217-226, 2006.

  • MEDEIROS, H.R. ; PEDREIRA, C.G.S. ; MELLO, A.C.L. . Avaliação do modelo Stockpol em sistemas de produção animal tropicais. Pasturas Tropicales , Cali, v. 28, n.2, p. 41-48, 2006.

  • PEDREIRA, C.G.S. ; ROSSETO, F.A.A. ; SILVA, S.C. ; NUSSIO, L.G. ; MORENO, L.S.B. ; LIMA, M.L.P. ; LEME, P.R. . Forage yield and grazing efficiency on rotationally stocked pastures of 'Tanzania-1' guineagrass and 'Guaçu' elephantgrass. Scientia Agricola (USP. Impresso) , Piracicaba, v. 62, n.5, p. 433-439, 2005.

  • MEDEIROS, H.R. ; PEDREIRA, C.G.S. ; VILLA-NOVA, N.A. . Avaliação de um modelo matemático para estimar o acúmulo de forragem em função de variáveis climáticas. Pasturas Tropicales , Cali, v. 27, n.2, p. 12-17, 2005.

  • VILLA-NOVA, N.A. ; DETOMINI, E.R. ; DOURADO NETO, D. ; PILAU, F.G. ; PEDREIRA, C.G.S. . Avaliação da produtividade potencial de Brachiaria ruziziensis em função de unidades fototérmicas. Revista Brasileira de Agrometeorologia , Piracicaba, v. 13, n.2, p. 443-449, 2005.

  • SOLLENBERGER, L.E. ; MOORE, J.E. ; ALLEN, V.G. ; PEDREIRA, C.G.S. . Reporting forage allowance in grazing experiments. Crop Science , v. 45, p. 896-900, 2005.

  • MELLO, A.C.L. ; PEDREIRA, C.G.S. . Respostas morfológicas do capim-tanzânia (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzânia-1) irrigado à intensidade de desfolha sob lotação rotacionada. Revista Brasileira de Zootecnia / Brazilian Journal of Animal Science , Viçosa, v. 33, n.2, p. 282-289, 2004.

  • FERRAGINE, M.D.C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; OTANI, L. ; TONATO, F. . Produção estacional, índice de área foliar e interceptação luminosa de cultivares de alfafa sob pastejo. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , Brasília, v. 39, n.10, p. 1041-1048, 2004.

  • VILLA-NOVA, N.A. ; DETOMINI, E.R. ; DOURADO NETO, D. ; MANFRON, P.A. ; PEDREIRA, C.G.S. . Modelo de estimativa da produtividade de fitomassa seca de parte aérea de Cynodon nlemfuensis Vanderyst var. nlemfuensis cv. Florico em função da radiação solar. Pasturas Tropicales , Cali, v. 26, n.3, p. 56-61, 2004.

  • HERNANDEZ-GARAY, A. ; SOLLENBERGER, L.E. ; STAPLES, C.R. ; PEDREIRA, C.G.S. . ?Florigraze? and ?Arbrook? Rhizoma Peanut as Pasture for Growing Holstein Heifers. Crop Science , v. 44, p. 1355-1360, 2004.

  • FAGUNDES, J. L. ; da SILVA, S. C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; CARNEVALLI, R. A. ; CARVALHO, C. A. B. ; SBRISSIA, A. F. ; PINTO, L. F. M. . Índice de área foliar, coeficiente de extinção luminosa e acúmulo de forragem em pastagens de Cynodon spp. sob lotação contínua. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , Brasília, v. 36, n.1, p. 187-195, 2001.

  • CARVALHO, C. A. B. ; da SILVA, S. C. ; SBRISSIA, A. F. ; PINTO, L. F. M. ; CARNEVALLI, R. A. ; FAGUNDES, J. L. ; PEDREIRA, C.G.S. . Demografia do perfilhamento e acúmulo de matéria seca em coastcross submetido a pastejo. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , Brasília, v. 36, n.3, p. 567-575, 2001.

  • CARVALHO, C. A. B. ; da SILVA, S. C. ; SBRISSIA, A. F. ; FAGUNDES, J. L. ; CARNEVALLI, R. A. ; PINTO, L. F. M. ; PEDREIRA, C.G.S. . Carboidratos não estruturais e acúmulo de forragem em pastagens de Cynodon spp. sob lotação contínua. Scientia Agricola (USP. Impresso) , Piracicaba, v. 58, n.4, p. 667-674, 2001.

  • CARNEVALLI, R. A. ; da SILVA, S. C. ; FAGUNDES, J. L. ; SBRISSIA, A. F. ; CARVALHO, C. A. B. ; PINTO, L. F. M. ; PEDREIRA, C.G.S. . Desempenho de ovinos e respostas de pastagens de tifton 85 (Cynodon spp.) sob lotação contínua. Scientia Agricola (USP. Impresso) , Piracicaba, v. 58, n.1, p. 7-15, 2001.

  • PINTO, L. F. M. ; da SILVA, S. C. ; SBRISSIA, A. F. ; CARVALHO, C. A. B. ; CARNEVALLI, R. A. ; FAGUNDES, J. L. ; PEDREIRA, C.G.S. . Dinâmica do acúmulo de matéria seca em pastagens de Tifton 85 sob pastejo. Scientia Agricola (USP. Impresso) , Piracicaba, v. 58, n.3, p. 439-447, 2001.

  • CARNEVALLI, R. A. ; da SILVA, S. C. ; CARVALHO, C. A. B. ; SBRISSIA, A. F. ; FAGUNDES, J. L. ; PINTO, L. F. M. ; PEDREIRA, C.G.S. . Desempenho de ovinos e respostas de pastagens de Coastcross submetidas a regimes de desfolha sob lotação contínua. Pesquisa Agropecuária Brasileira (1977. Impressa) , Brasília, v. 36, n.6, p. 919-927, 2001.

  • SBRISSIA, A.F. ; SILVA, S.C. ; MATTHEW, C. ; CARVALHO, C.A.B. ; CARNEVALLI, R.A. ; PINTO, L.F.M. ; FAGUNDES, J.L. ; PEDREIRA, C.G.S. . Tiller size/population density compensation in grazed Coastcross bermudagrass swards. Scientia Agricola (USP. Impresso) , Brasília, v. 58, n.12, p. 655-665, 2001.

  • CARNEVALLI, R. A. ; da SILVA, S. C. ; CARVALHO, C. A. B. ; SBRISSIA, A. F. ; FAGUNDES, J. L. ; PINTO, L. F. M. ; PEDREIRA, C.G.S. . Desempenho de ovinos e respostas de pastagens de Florakirk (Cynodon spp) submetidas a regimes de desfolha sob lotação contínua.. Boletim de Indústria Animal , Nova Odessa, v. 57, n.1, p. 53-63, 2000.

  • CARVALHO, C. A. B. ; da SILVA, S. C. ; CARNEVALLI, R. A. ; SBRISSIA, A. F. ; PINTO, L. F. M. ; FAGUNDES, J. L. ; PEDREIRA, C.G.S. . Perfilhamento e acúmulo de forragem em pastagens de Florakirk (Cynodon spp) sob pastejo.. Boletim de Indústria Animal , Nova Odessa, v. 57, n.1, p. 39-51, 2000.

  • PEDREIRA, C.G.S. ; SOLLENBERGER, L.E. ; MISLEVY, P. . Botanical composition, light interception, and organic reserve status of grazed Florakirk bermudagrass. Agronomy Journal (Print) , v. 92, p. 194-199, 2000.

  • CARVALHO, C.A.B. ; SILVA, S.C. ; SBRISSIA, A.F. ; PINTO, L.F.M. ; CARNEVALLI, R.A. ; FAGUNDES, J.L. ; PEDREIRA, C.G.S. . Demografia do perfilhamento e taxas de acúmulo de matéria seca em capim 'Tifton 85' sob pastejo. Scientia Agricola (USP. Impresso) , v. 57, p. 591-600, 2000.

  • VILLA NOVA, N. A. ; BARIONI, L. G. ; PEDREIRA, C.G.S. ; PEREIRA, A. R. . Modelo para previsão da produtividade do capim elefante em função de temperatura do ar, fotoperíodo e frequência de desfolha.. Revista Brasileira de Agrometeorologia , Santa Maria, v. 7, n.1, p. 75-79, 1999.

  • FAGUNDES, J. L. ; da SILVA, S. C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; CARNEVALLI, R. A. ; CARVALHO, C. A. B. ; SBRISSIA, A. F. ; PINTO, L. F. M. . Intensidades de pastejo e a composição morfológica de pastos de Cynodon spp. Scientia Agricola (USP. Impresso) , Piracicaba, v. 56, n.4, p. 897-908, 1999.

  • FAGUNDES, J. L. ; da SILVA, S. C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; SBRISSIA, A. F. ; CARNEVALLI, R. A. ; CARVALHO, C. A. B. ; PINTO, L. F. M. . Índice de área foliar, interceptação luminosa e acúmulo de forragem em pastagens de Cynodon spp. sob diferentes intensidades de pastejo. Scientia Agricola (USP. Impresso) , Piracicaba, v. 56, n.4, p. 1141-1150, 1999.

  • PEDREIRA, C.G.S. ; SOLLENBERGER, L.E. ; MISLEVY, P. . Productivity and nutritive value of Florakirk bermudagrass as affected by grazing management. Agronomy Journal (Print) , v. 91, p. 976-801, 1999.

  • MAFONGOYA, P.L. ; MUGENDI, D.N. ; PEDREIRA, C.G.S. . Evaluation of Leucaena leucocephala leaf prunings as a source of nitrogen for maize.. African Crop Science Journal , Uganda, v. 4, n.2, p. 249-255, 1996.

  • PEDREIRA, C.G.S. ; BROWN, R. H. . Yield of Selected and Unselected Bahiagrass Populations at Two Cutting Heights. Crop Science , Madison, v. 36, n.1, p. 134, 1996.

  • PEDREIRA, C.G.S. ; BROWN, R. H. . Physiology, Morphology, and Growth of Individual Plants of Selected and Unselected Bahiagrass Populations. Crop Science , Madison, v. 36, n.1, p. 138, 1996.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PEDREIRA, C.G.S. ; MOURA, J.C. ; SILVA, S.C. ; FARIA, V.P. . Produção de Ruminantes em Pastagens (ISBN 978-85-7133-052-8). 2007. (Editoração/Livro).

PEDREIRA, C.G.S. . Revista Brasileira de Zootecnia. 2007. (Editoração/Periódico).

PEDREIRA, C.G.S. . Agronomy Journal (ISSN 0002-1962). 2007. (Editoração/Periódico).

PEDREIRA, C.G.S. ; MOURA, J.C. ; SILVA, S.C. ; FARIA, V.P. . As Pastagens e o Meio Ambiente (ISBN 85-7133-049-2). 2006. (Editoração/Livro).

PEDREIRA, C.G.S. ; MOURA, J.C. ; SILVA, S.C. ; FARIA, V.P. . Teoria e Prática da Produção Animal em Pastagens (ISBN 85-7133-043-3). 2005. (Editoração/Livro).

PEDREIRA, C.G.S. ; MOURA, J.C. ; FARIA, V.P. . Fertilidade do Solo para Pastagens Produtivas (ISBN 85-7133-033-6). 2004. (Editoração/Livro).

PEDREIRA, C.G.S. . Scientia Agricola (ISSN 0103-9016). 2004. (Editoração/Periódico).

PEIXOTO, A.M. ; MOURA, J.C. ; PEDREIRA, C.G.S. ; FARIA, V.P. . Inovações Tecnológicas no Mahnejo de Pastagens (Anais do 19 Simpósio sobre Manejo da Pastagem). 2002. (Editoração/Anais).

PEIXOTO, A.M. ; PEDREIRA, C.G.S. ; MOURA, J.C. ; FARIA, V.P. . A Planta Forrageira no Sistema de Produção (Anais do 17 Simpósio sobre Manejo da Pastagem). 2001. (Editoração/Anais).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Métodos de pastejo e fontes de suplementos em pastos de capim Mulato II: Respostas agronômicas, cinética da decomposição de raízes e potencial de mitigação de metano in vitro, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Solange Garcia Holschuch - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2019 - Atual

    Respostas agronômicas e parametrização do modelo CROPGRO-Perennial Forage para simulação do crescimento de duas espécies de amendoim forrageiro em resposta ao manejo da desfolhação, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Theyson Duarte Maranhão - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2018 - Atual

    Manejo do pastejo e nitrogênio como determinantes da estrutura do dossel, acúmulo e valor nutritivo da forragem, e eficiência do pastejo em pastos de capim BRS Zuri, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Otávio Goulart de Almeida - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2018 - Atual

    Frequência de desfolhação e nitrogênio como determinantes do perfilhamento e do acúmulo de forragem do capim BRS zuri sob pastejo, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Patrícia Luizão Barbosa - Integrante / Juliana Aparecida de Assis - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2018 - Atual

    Cinética da decomposição de biomassa de raízes em pastos de capim Mulato II em resposta a métodos de pastejo, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Solange Garcia Holschuch - Integrante / Paulo César da Silva Santos - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2016 - 2020

    Acúmulo de forragem, estrutura do dossel, e características morfofisiológicas do capim Convert HD 364 em resposta ao nível de controle da altura do dossel sob lotação contínua, Descrição: O estabelecimento de metas de altura do dossel em pastos mantidos sob lotação contínua tem sido relacionado com o aumento da produção e utilização da forragem produzida e do desempenho animal. No entanto, em condições práticas de manejo podem ocorrer grandes variações na altura do dossel, que podem levar a modificações importantes em características morfofisiológicas das plantas forrageiras, mesmo quando a proposta é o controle da altura. O nível de controle da altura pode resultar em alterações na estrutura do dossel, interferindo na assimilação de carbono de folhas e do dossel, afetando diretamente as taxas de acúmulo de forragem. Este trabalho tem por objetivo descrever e explicar o acúmulo de forragem, estrutura do dossel e respostas fotossintéticas de folhas e do dossel do capim Convert HD 364, em resposta a duas intensidades de desfolhação e três amplitudes de variação das alturas, mantidas por pastejo mimetizando lotação contínua e taxa de lotação variável. O experimento será realizado em área do Departamento de Zootecnia da ESALQ, em Piracicaba-SP. O delineamento experimental será em blocos completos casualizados, num arranjo fatorial 2 x 3, correspondendo a duas alturas de manejo (20 e 30 cm) e três níveis variação no controle ( 10, 25 e 40 %) da altura, com três repetições. Serão estudadas as seguintes variáveis: taxa de acúmulo de forragem, estrutura do dossel, cobertura verde sobre o solo, densidade volumétrica dos componentes morfológicos, fotossíntese foliar e do dossel. Os dados serão analisados utilizando-se o PROC MIXED do SAS e as médias comparadas pelo teste ?t? a uma significância de 5%. Espera-se que os dados deste estudo, possa contribuir para definição de estratégias de manejo mais eficientes para o capim Convert HD 364 em pastagens mantidas sob lotação contínua e taxas de lotação variável.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Junior Issamu Yasuoka - Integrante / Marcell Patachi Alonso - Integrante / Fagner Junior Gomes - Integrante / Solange Garcia Holschuch - Integrante / Patrícia Luizão Barbosa - Integrante / Gabriel Baracat Pedroso - Integrante / Otávio Goulart de Almeida - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2016 - 2020

    Gaiolas de exclusão alteram o microambiente, as respostas morfogênicas e as características morfofisiológicas do dossel em pastos sob lotação contínua?, Descrição: O uso de gaiolas de exclusão é consagrado como uma técnica experimental para estimar o acúmulo de forragem em pastos sob lotação contínua. Erros na estimativa do acúmulo, entretanto, podem ocorrer em função das alterações morfofisiológicas e microclimáticas que ocorrem na vegetação dentro da gaiola em relação às áreas não excluídas do pastejo, alterações estas que dependem da condição do dossel no momento da exclusão. A magnitude dessas alterações também depende do período de tempo em que a vegetação fica excluída do pastejo. Por essas razões, muitos autores argumentam que o acúmulo de forragem medido com gaiolas pode ser maior ou menor que o acúmulo de forragem real, embora não haja na literatura registros sobre trabalhos que documentem se essas modificações realmente ocorrem. O objetivo no presente estudo é descrever e explicar os efeitos do uso de gaiolas de exclusão nas características estruturais e morfogênicas, na fotossíntese, e no microclima em dosséis do capim Mulato II mantidos a 20 e 30 cm de altura por pastejo mimetizando lotação contínua com taxa de lotação variável sob três períodos de exclusão. O experimento será realizado na Escola Superior de Agricultura ?Luiz de Queiroz?, campus da USP, em Piracicaba-SP, durante dois verões agrostológicos. O delineamento experimental será o de blocos completos casualizados com parcelas subdivididas, sendo duas alturas de manejo (20 e 30 cm) na parcela e três períodos de exclusão (14, 21 e 28 dias) na subparcela, com três repetições, totalizando 6 unidades experimentais. Serão avaliados a acúmulo de forragem, índice de área foliar, interceptação de luz, ângulos foliares, coeficiente de extinção luminosa, taxa de fotossíntese foliar e do dossel, respostas morfogênicas e microclima. Os dados serão analisados usando o procedimento MIXED do SAS, e as médias serão comparadas pelo teste ?t? de ?Student? ao nível de 5% de significância. As variáveis microclimáticas serão correlacionadas às variáveis morfofisiológicas e morfogênicas para auxiliar na explicação dos resultados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Junior Issamu Yasuoka - Integrante / Solange Garcia Holschuch - Integrante / Gabriel Baracat Pedroso - Integrante / Otávio Goulart de Almeida - Integrante / Marina Miquilini - Integrante / Carlos Henrique Franco Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2016 - 2019

    Acúmulo de forragem e valor nutritivo do capim Convert HD 364 em resposta ao grau de controle na altura do dossel em pastos sob lotação contínua, Descrição: A intensidade de desfolhação é considerada chave no manejo de pastagens, pois tem um importante impacto no acúmulo de forragem e da persistência da pastagem. Em pastos manejados sob lotação contínua, a altura do dossel tem sido relacionada de maneira consistente com as respostas produtivas da planta e do animal. A manutenção de metas de altura precisa também considerar aspectos práticos de manejo, incluindo as variações aceitáveis nos valores preconizados de altura empregados. Frequentemente é difícil manter constante uma meta fixa de altura, e na prática o que ocorre são variações de diversas amplitudes altura do dossel. O impacto dessas variações sobre a produtividade do pasto e o valor nutritivo da forragem em oferta não foi documentado na literatura científica.O presente estudo tem como objetivo descrever e analisar o acúmulo de forragem e valor nutritivo da Brachiaria híbrida Convert HD 364 (cv. Mulato II) em função das variações de altura de manejo do dossel mimetizando lotação contínua com taxa de lotação variável. O experimento será realizado em área do Departamento de Zootecnia da Escola Superior de Agricultura ?Luiz de Queiroz?, Universidade de São Paulo, em Piracicaba, SP. O delineamento experimental será em blocos completos casualizados, com tratamentos em arranjo fatorial 2 x 3, correspondendo a duas alturas de manejo (20 e 30 cm) e três níveis de controle da manutenção da altura (variações de 10, 25 e 40 %), com três repetições. Serão caracterizadas as variáveis massa e acúmulo de forragem, composição morfológica índice de área foliar e valor nutritivo. Os dados serão analisados utilizando-se o PROC MIXED do SAS e as médias serão comparadas pelo teste ?t?. Espera-se que os dados deste estudo contribuam para o aprimoramento das estratégias de manejo para o capim Mulato II, favorecendo alta produção de forragem com alto valor nutritivo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Solange Garcia Holschuch - Integrante / Patrícia Luizão Barbosa - Integrante / Gabriel Baracat Pedroso - Integrante / Otávio Goulart de Almeida - Integrante / Marina Miquilini - Integrante / Carlos Henrique Franco Silva - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2016 - 2018

    Perdas de forragem e eficiência de pastejo em pastagens de capim Mulato II (Convert HD 364) sob lotação contínua e intermitente, Descrição: Apesar da expressividade da produção animal em pastagens no Brasil, as áreas exploradas por essa atividade frequentemente apresentam baixa produtividade devido a falhas de manejo e escolha de cultivares forrageiros. Dentro desse contexto, a definição de estratégias adequadas de manejo de pastagens pode contribuir para o aumento da eficiência global da atividade. O presente trabalho visa caracterizar e explicar os impactos dos métodos de lotação contínua e intermitente no acúmulo e valor nutritivo da forragem, perdas de forragem, eficiência de pastejo e características estruturais do dossel de capim Mulato II (Convert HD 364). Os tratamentos serão combinações fatoriais de duas metas de altura média de dossel (20 e 30 cm) e três amplitudes de variação em torno destas médias (10, 25 e 40% para mais e para menos). Variações de altura de 10% visam mimetizar estratégias de manejo por lotação contínua com taxa de lotação variável, em que a altura média do dossel é mantida aproximadamente constante; variações de 25% representam estratégias de manejo por lotação intermitente com desfolhação leniente; e variações de 40% representam estratégias de manejo por lotação intermitente com desfolhação severa, mas sempre visando altura média de 20 e 30 cm. O experimento será conduzido em pastagem formada com Brachiaria híbrida cv. Mulato II (Convert HD 364), pertencente ao Departamento de Zootecnia da ESALQ/USP, em Piracicaba, SP. O período experimental abrangerá os verões agrostológicos de 2017 e 2017/2018 e o manejo do pastejo seguirá protocolo experimental do tipo mob-grazing. Os dados serão analisados pelo procedimento MIXED do SAS (Statistical Analyses System). As médias serão estimadas pelo procedimento ?LSMEANS? e as comparações entre elas serão realizadas pela probabilidade da diferença (?PDIFF?), por meio do teste de Tukey ao nível de 5% de significância.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Solange Garcia Holschuch - Integrante / Patrícia Luizão Barbosa - Integrante / Gabriel Baracat Pedroso - Integrante / Otávio Goulart de Almeida - Integrante / Carlos Henrique Franco Silva - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2016 - 2017

    ANÁLISE DIGITAL DE IMAGENS COMO FERRAMENTA DE MANEJO DO PASTEJO, Descrição: O manejo do pastejo, visando o ideal desenvolvimento das plantas forrageiras e melhores respostas dos animais, deve-se basear em características estruturais do dossel forrageiro. Nesse contexto, são necessárias ferramentas que auxiliem no monitoramento desses parâmetros estruturais. Com o trabalho, objetivou-se encontrar possíveis associações entre valores de parâmetros já consagrados na avaliação da estrutura do dossel (interceptação luminosa -IL- e altura), e valores de cobertura verde mensurados por meio do aplicativo Canopeo em pastos de Panicum maximum cv. BRS Zuri, com o intuito de obter uma nova ferramenta de manejo do pastejo. O experimento foi realizado durante o período de 06/01 a 08/04/2017, sendo conduzido em área experimental do departamento de Zootecnia da ESALQ/USP. Os tratamentos corresponderam a combinações entre duas intensidades de desfolhação (pastejo finalizado com 57 e 29% de severidade de pastejo) e duas frequências de desfolhação (pastejo iniciado com 95% IL e 70 cm de altura). O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados, quatro repetições e arranjo fatorial 2 x 2. Foram avaliadas as seguintes respostas: interceptação luminosa do dossel forrageiro, altura e cobertura verde. As avaliações foram realizadas do inicio e no fim de cada evento de pastejo. A cobertura verde pré-pastejo apresentou correlação positiva e fraca com a IL pré-pastejo (r=0,23) (P=0,02); a cobertura verde pós apresentou correlação positiva e fraca com a altura pós (r=0,25) (P=0,01), e positiva e moderada com a IL pós (r=0,5) (P<0,01). Os resultados impedem que sejam feitas associações entre essas variáveis, e indicam que a cobertura verde mensurada por meio do aplicativo Canopeo não se mostrou uma ferramenta poderosa para estimar altura e IL no capim BRS Zuri sob as condições experimentais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Junior Issamu Yasuoka - Integrante / Solange Garcia Holschuch - Integrante / Pedro Moreira Xavier - Integrante / Mariana Miquilini - Integrante / Patrícia Luizão Barbosa - Integrante / Gabriel Baracat Pedroso - Integrante / Otávio Goulart de Almeida - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2016 - Atual

    Intercomparação, aprimoramento e adaptação de modelos de simulação de sistemas de produção animal aplicação em estudos relacionados a mudanças climáticas globais, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Patricia Menezes Santos em 21/11/2017., Descrição: A agricultura mundial enfrenta o desafio de aumentar a produção de alimentos para assegurar a segurança alimentar para uma população projetada para 9 funcionalidades dos ecossistemas. Este desafio é agravado pela necessidade de adaptação dos sistemas de produção às mudanças climáticas. A pecuária desempenha importante papel econômico e social de ser responsável por 30,4% do PIB do agronegócio e 6,7% do PIB brasileiro em 2011, a pecuária tem expressiva participação na quantidade de postos de trabalho e ocupação da mão de obra no campo e é uma das principais formas de uso da terra no Brasil. A análise dos impactos da variabilidade e mudança climática na agricultura requerem um esforço interdisciplinar para articular o estado da arte dos cenários climáticos, modelos de simulação do crescimento, desenvolvimento e produtividade de cu desse projeto é aprimorar a caracterização dos riscos relativos às mudanças climáticas na produção pecuária brasileira, possibilitando o desenvolvimento de estratégias que minimizem seus impactos, incrementando capacidade adaptativa das cadeias de produção de carne e leite e sua sustentabilidade frente mudanças climáticas por meio da utilização de modelos de simulação. capacidade preditiva de modelos de simulação do desenvolvimento, crescimento e produtividade de pastagens em relação às respostas aos níveis de CO modificações nos códigos e parâmetros para melhorar a predição e adaptação d desenvolvimento, crescimento e produtividade de pastagens nas condições brasileiras; elaborar uma base de dados para a calibração de modelos de produção animal para o Brasil; avaliar as estratégias de adaptação dos sistemas de produção animal às mudanças climáticas e suas implicações nas diferentes regiões; calibrar e validar modelos de simulação do crescimento, desenvolvimento e produtividade para as e Panicum maximum cv. Mombaça. Os modelos DSSAT e adaptação dos modelos será feita a partir de bases de dados experimentais já existentes e também de novos ensaios de campo, necessários para o ajuste de parâmetros específicos dos modelos. Após a parame modelos serão testados e comparados e será feita análise de sensibilidade a fatores climáticos. Em seguida, os modelos serão utilizados para caracterizar os efeitos da variabilidade e mudança climática sobre a pecuária do Brasil e para identificar alternativas de adaptação dos sistemas de produção nas regiões mais vulneráveis. projeto está inserido na programação de pesquisa da Plataforma de Mudanças Climáticas da Embrapa e está relacionado aos projetos ?Dinâmica de gases de efeito estufa em brasileira? (Embrapa), ?Intercomparação, aprimoramento e adaptação de modelos de simulação de culturas para aplicação em mudanças climáticas? sustainable livestock production under climate change de pesquisa iniciadas durante os projetos Mudanças Climáticas Regionalizadas? ( mudanças climáticas globais? (Capes matemáticos para simulação de sistemas de produção animal no Brasil associado aos sistemas de produção animal no Brasil e a identificação de regiões vulneráveis; e a determinação de medidas de adaptação nas regiões mais vulneráveis de forma a garantir a competitividade e sustentabilidade dos sistemas de produção animal. II. Contextualização teórica do tema e Justificativa Apresentação de uma revisão sintética e crítica da situação do conhecimento sobre o(s) tema(s) estudado(s); Formulação do objeto da pesquisa; Dissertação de como o objeto da pesquisa se inscreve no permitem precisar as questões ou as hipóteses da pesquisa; A justificativa deve demonstrar: A relevância e originalidade do projeto para a área temática; Indicar a contribuição do projeto para a consolidação de tecnológico/inovador ou mesmo de área de concentração do Programa de Pós Graduação (PPG); 6/7 bilhões em 2050 e, ao mesmo tempo, preservar o ambiente e as culturas e modelos econômicos. Os objetivos específic. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (6) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Integrante / Patrícia Menezes Santos - Coordenador / Paulo César Sentelhas - Integrante / Márcio André Stefanelli Lara - Integrante / Bruno Carneiro e Pedreira - Integrante / Patrícia Perondi Anchão de Oliveira - Integrante / Fábio Ricardo Marin - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2015 - 2020

    Densidade populacional e dinâmica do perfilhamento em pastos de capim Zuri em resposta a frequência e severidade de desfolhação em regime de lotação intermitente, Descrição: A necessidade de identificar práticas que otimizem o manejo é o que leva a estudos mais criteriosos sobre a população de plantas e a influência de fatores que possam impactar a produção animal em pastagens, estes geralmente têm por fim uma recomendação de períodos de descanso para otimizar parâmetros fisiológicos e nutricionais, otimizando o momento ideal para interrupção da desfolha, visando benefícios tanto para o conjunto de plantas quanto para a colheita dos animais. O conjunto de perfilhos (densidade populacional), associado aos padrões demográficos do perfilhamento (aparecimento, mortalidade e sobrevivência), determina a produção da comunidade vegetal, assim, a comunidade vegetal mantém sua população estável por meio do perfilhamento, que após o pastejo a planta possui capacidade de regeneração do tecido foliar a partir da emissão de folhas de meristemas apicais que estão abaixo do planto de corte, sendo assim, decisões sobre a intensidade e frequência de utilização refletem na capacidade da pastagem de produzir forragem. O experimento será conduzido em área do Departamento de Zootecnia/Esalq, em Piracicaba ? SP, em pastos de Panicum maximum cv. BRS Zuri, em blocos completos casualizados, sendo quatro estratégias de manejo do pastejo, dois intervalos de pastejo e quatro intensidades de desfolhação. Quando a meta de entrada for 70 cm de altura, as intensidades de pastejo serão 30 e 50 cm. Quando a meta de entrada for 95% de interceptação luminosa, as intensidades de pastejo corresponderão a mesma proporção de desfolhação (severidade) com base nas intensidades de 30 e 50 cm. Serão avaliadas concomitantemente medidas de altura e interceptação luminosa, até que a meta de pastejo seja obtida. As variáveis estudadas serão a nível de perfilhos do capim Zuri serão: dinâmica de populações, densidade populacional, fotossíntese em diferentes idades, peso médio, comprimento, composição morfológica, localização de pontos de crescimento, massa e acúmulo de forragem. O objetivo com este estudo é inferir sobre a frequência e severidade do pastejo no perfilhamento de capim Zuri, de modo a fornecer subsídios para realização de ajustes apurados no manejo do pastejo, permitindo a eficiência de utilização da forragem produzida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Junior Issamu Yasuoka - Integrante / Fagner Junior Gomes - Integrante / Solange Garcia Holschuch - Integrante / Patrícia Luizão Barbosa - Integrante / Gabriel Baracat Pedroso - Integrante / Otávio Goulart de Almeida - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2014 - 2017

    Características agronômicas de genótipos de amendoim forrageiro em resposta à intensidade e ao intervalo de desfolhação, Descrição: As pastagens são a base da alimentação dos ruminantes na pecuária brasileira. Sistemas de produção em condições pastoris utilizam diversos genótipos forrageiros sob diferentes formas de manejo, no intuito de otimizar respostas produtivas desses sistemas. Algumas decisões quanto ao manejo, no entanto, são tomadas de forma não criteriosa e generalista, tornando o sistema de produção frequentemente propenso a erros na gestão. A intensificação da produção animal em pastagem possibilita o aumento da participação de leguminosas forrageiras no sistema. No entanto, ainda há um limitado entendimento das respostas destas plantas quando submetidas a manejos mais intensificados. Este trabalho teve como objetivo caracterizar quatro cultivares comerciais de Arachis pintoi Krapov. & Greg., sob duas intensidades de desfolhação e dois intervalos entre desfolhas ao longo da estação de crescimento de dois anos consecutivos. Para tanto, foi conduzido um experimento analisando-se os cultivares Alqueire-1, Amarillo, Belmonte e BRS Mandobi sob quatro manejos de colheita: dois intervalos (28 e 35 dias) associados a duas intensidades de desfolha (5 e 10 cm). Determinou-se a produtividade total por estação de crescimento, acúmulo total de forragem, taxa de acúmulo diário, composição morfológica, ângulo foliar, interceptação luminosa, índice de área foliar, composição química e digestibilidade da forragem, fotossíntese foliar, fotossíntese de dossel e compostos orgânicas de reserva. O experimento foi conduzido no município de Piracicaba ? SP, sendo a área experimental total de 0,11 ha. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado com arranjo em parcelas subdivididas. À parcela foram alocados as combinações entre cultivares de A. pintoi (Alqueire-1, Amarillo, Belmonte e BRS Mandobi) e intervalos entre cortes (28 e 35 dias) em um fatorial 4 x 2. À subparcela foi designado o fator intensidade de desfolhação, na forma de duas alturas de resíduo (5 e 10 cm), tendo o experimento contado com com 3 repetições. A análise estatística dos dados foi realizada utilizando-se o procedimento MIXED do SAS. As médias dos tratamentos foram estimadas utilizando-se o "LSMEANS" e comparadas pelo teste teste Tukey a 5% de probabilidade. O cultivar Belmonte apresentou média de acúmulo total acima de 11850 kg MS ha-1, taxa de acúmulo diário de 41,34 kg MS ha-1 e produtividade superior a 5,9 Mg MS ha-1 estação-1 nos diferentes manejos adotados, sendo o maior desempenho produtivo em relação aos demais cultivares testados. Em geral, o intervalo de 28 dias com intensidade de desfolha de 5 cm, confere maior produtividade total aos cultivares de A. pintoi. Menores produções de folíolos, pecíolos e estolões foram obtidos para o cultivar Amarillo.O perfil nutricional do cultivar Belmonte apresentou maior potencial em função da alta concentração de proteína bruta (277,3 g kg-1 MS) e digestibilidade in vitro da matéria orgânica (716,5 g kg-1 MS) em relação a Alqueire-1 e Amarillo e concentrações de fibra em detergente neutro (365,6 g kg-1 MS) intermediárias comparativamente aos três cultivares. Variações intraespecífica entre os cultivares apresenta pouco efeito sobre os compostos de reservas, sendo estes mais afetados pelas estratégias de manejo adotadas. Carboidratos totais não estruturais estiveram menos concentrados nos órgãos de reserva de Alqueire-1 (195,71 g kg-1 MO), e a concentração de N total apresentou variação somente entre os cultivares Belmonte (31,03 g kg-1 MO) e BRS Mandobi (25,35 g kg-1 MO). Em geral, a concentração de carboidratos totais não estruturais nos órgãos de reserva é maior quando o manejo de intervalos entre desfolha é de 35 dias. Plantas invasoras são mais evidentes em dosséis manejados com intensidade de desfolha de 5 cm. O cultivar Belmonte apresenta características que lhe conferem maior desempenho agronômico, sendo portanto considera. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Aliedson Sampaio Ferreira - Integrante / Marcell Patachi Alonso - Integrante / Fagner Junior Gomes - Integrante / YASUOKA, JÚNIOR I. - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2014 - 2016

    Acúmulo de forragem e contribuição relativa de categorias de folhas na fotossíntese do dossel do capim Mulato II pastejado sob taxas contrastantes de crescimento e alturas do dossel, Descrição: A intensidade de pastejo e o uso de fertilizantes nitrogenados podem impactar as características estruturais no dossel forrageiro afetando o ambiente luminoso dentro da vegetação, o que por sua vez pode influenciar a taxa fotossintética das folhas e do dossel, e também a produção de forragem. O objetivo deste trabalho foi descrever e explicar os efeitos da altura do dossel mantida constante e da taxa de crescimento aplicada como dose de nitrogênio (N) do capim Mulato II (Brachiaria brizantha B. decumbens B. ruziziensis) sob lotação contínua e taxa de lotação variável sobre as características produtivas e morfofisiológicas e a participação de diferentes categorias de folhas na composição do índice de área foliar (IAF) e na fotossíntese do dossel. O estudo foi conduzido na ESALQ/USP em Piracicaba-SP durante dois verões agrostológicos. O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados, com arranjo fatorial combinando três alturas do dossel (10, 25 e 40 cm) e duas taxas de crescimento geradas por doses de N (50 e 250 kg ha-1 ano-1), em três repetições. As variáveis estudadas incluíram: acúmulo total anual de forragem (ATF), IAF, interceptação de luz (IL), taxas de fotossíntese foliar e do dossel e contribuição relativa de diferentes categorias de folhas no IAF e na fotossíntese do dossel. O ATF aumentou linearmente com a altura do dossel (de 8560 para 13600 kg MS ha-1 ano-1). Aumentos também foram observados para IAF, IL, taxa de fotossíntese do dossel e contribuição das folhas maduras (MAD) no IAF e das folhas mais jovens completamente expandidas (JCE) na fotossíntese do dossel. A contribuição das folhas em expansão (EXP) e das folhas JCE no IAF, a taxa de fotossíntese das folhas EXP e MAD e a contribuição relativa das folhas EXP na fotossíntese do dossel aumentaram com a diminuição da altura do dossel. A aplicação de 250 kg N ha-1 ano-1 resultou em aumento de 137% no ATF em relação à taxa de 50 kg ha-1 ano-1. A maior dose de N resultou em aumento significativo no IAF, IL, taxa de fotossíntese de todas as categorias de folhas, fotossíntese do dossel e contribuição das folhas JCE na fotossíntese do dossel, embora a contribuição das folhas EXP na fotossíntese do dossel tenha sido maior na menor dose de N. A contribuição das folhas MAD na fotossíntese do dossel foi maior quando o dossel foi mantido mais alto e também com maior dose de N na altura de 10 cm. Nos dosséis de 25 cm a proporção de folhas MAD foi maior na menor dose de N e não diferiu entre doses de N quando mantido a 40 cm. Embora dosséis mantidos mais baixos apresentem maior proporção de folhas mais jovens (EXP e JCE) que são as que apresentam maiores taxas fotossintéticas, a fotossíntese do dossel e o ATF foram maiores nos dosséis mais altos. A aplicação de 250 kg N ha-1 ano-1 resulta em aumento na fotossíntese do dossel como consequência do aumento do IAF e da taxa de fotossíntese foliar, resultando em aumento no ATF.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Marcell Patachi Alonso - Integrante / SILVA, LILIANE S. - Integrante / Fagner Junior Gomes - Integrante / SILVA, VALDSON J. - Integrante / YASUOKA, JUNIOR I. - Integrante / ALMEIDA, IANÊ C. L. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2013 - 2015

    Densidade populacional e dinâmica do perfilhamento do capim Mulato II em resposta à altura do dossel e taxa de crescimento sob lotação contínua, Descrição: A pecuária baseada em pastagens é uma das principais atividades econômicas do Brasil. Geralmente, ocorre adoção de novos materiais forrageiros sem que haja informações suficientes sobre suas características produtivas o que compromete seu potencial de uso. Um experimento foi conduzido em Piracicaba (2242? S, 4730? W, 580 m asl.) durante dois verões agrostológicos tendo por objetivo descrever e explicar a dinâmica de perfilhamento da Brachiaria híbrida Convert HD 364 (Brachiaria hybrid CIAT 36087) sob lotação contínua e taxa de lotação variável. Foram avaliados densidade populacional de perfilhos (DPP), demografia do perfilhamento (taxas de aparecimento - TAP e sobrevivência de perfilhos? TSP), índice de estabilidade do pasto (IE), peso médio de perfilhos (PMP), massa de forragem (MF), índice de área foliar (IAF), interceptação luminosa (IL), ângulo foliar (AF), distância entre base do colmo e meristema apical e distância entre base do colmo e lígula da última folha expandida. O delineamento experimental foi em blocos completos casualizados, com arranjo fatorial 3x2, correspondendo às combinações entre alturas de dossel (10, 25 e 40 cm) e doses de nitrogênio (50 e 250 kg N ha- ano-), com três repetições. Os dados foram analisados utilizando-se o procedimento de modelos mistose as médias comparadas utilizando-se o teste ?t? (P0,05). Sob altura de dossel de 10 cm, o capim Convert HD 364 apresentou DPPs 10 e 25% superiores àquelas sob 25 e 40 cm, respectivamente. O aumento na taxa de crescimento resultou em aumento de 10% na DPP e decréscimo de 9% no PMP. O PMP foi 80 e 274% maior nos dosséis de 40 cm de altura do que nos de 25 e 10 cm, respectivamente. Nos dosséis de 40 cm e sob taxa de crescimento baixa, a MF foi 163 e 41% maior do que nos dosséis de 10 e 25 cm, enquanto na taxa de crescimento alta, a MF a 40 cm foi 233 e 77% maior do que a 10 e 25 cm, respectivamente. Quanto à determinação das distâncias da base do colmo ao meristema apical e à lígula da última folha expandida, notou-se respostas similares, na com aumento na altura do meristema com o aumento na altura do dossel. Exceto nos dosséis de 25 cm, não houve diferença entre as taxas de crescimento, para altura de meristema e . Com o aumento da dose de nitrogênio, TAP sofreu aumento de 29%, enquanto, TSP sofreu decréscimo de 13%. TAP e TSP variaram ao longo do período estudado, demonstrando a influência de fatores ambientais nas mesmas. Não houve variação no IE ao longo do experimento taxa de crescimento baixa, mas na taxa alta o IE foi 20 e 35% maior em Fevereiro do que em Janeiro e Março, respectivamente. O incremento na dose de nitrogênio propiciou incremento nas respostas de produção de forragem e perfilhamento. A determinação da localização do meristema apical é uma importante ferramenta para o planejamento adequado de estratégias de manejo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Valdson José da Silva - Integrante / Marcell Patachi Alonso - Integrante / SILVA, LILIANE S. - Integrante / Fagner Junior Gomes - Integrante / YASUOKA, JÚNIOR I. - Integrante / ALMEIDA, IANÊ C.L. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2012 - 2016

    Assimilação de carbono, acúmulo de forragem e eficiência de pastejo do Capim Mulato II sob lotação contínua, Descrição: As pastagens são o elemento central da pecuária brasileira, sendo as gramíneas do gênero Brachiaria (sin. Urochloa) as plantas forageiras tropicais mais utilizadas. Embora a dependência de recursos forageiros seja alta, o manejo do pastejo é frequentemente realizado baseado em recomendações empíricas, generalistas e não-espedíficas. O capim Mulato II (Convert HD 364, Dow AgroSciences, São Paulo, Brazil) (B. brizantha B. ruziziensis B. decumbens), um novo híbrido de Brachiaria, foi lançado como uma opção para diversas condições ambientais e de manejo. Entretanto não existem informações de práticas de manejo específicas para o capim Mulato II sob lotação contínua no Brasil. Os objetivos desse estudo foram descrever e explicar variações na assimilação de carbono, acúmulo de forragem (AF), acúmulo de componentes morfológicos no dossel, valor nutritivo e eficiência de pastejo (EP) do capim Mulato II em resposta a alturas do dossel mantidas constantes e taxas de crescimento impostas por doses de nitrogênio sob lotação contínua mimetizada. Um experimento foi conduzido em Piracicaba, São Paulo, Brasil, durante dois verões agrostológicos seguindo um delineamento experimental de blocos completos casualizados com arranjo factorial 3 2, correspondendo a três alturas do dossel (10, 25 e 40 cm) e duas doses de N (50 and 250 kg N ha-1 ano-1), com três repetições. A maior parte das variáveis estudadas não foram afetadas pela interação altura dose de N. O AF do capim Mulato II aumentou linearmente (de 8640 para 13400 kg MS ha-1 ano-1), a digestibilidade in vitro da matéria orgânica (DIVMO) foi reduzida linearmente (de 652 para 586 g kg-1), e a EP foi reduzida (efeito linear e quadrático) de 65 para 44% com o aumento da altura do dossel. Com isso, embora a EP e a DIVMO tenham sido maiores em dosséis mantidos a 10 cm, o AF foi reduzido em 36% em comparação com aquele a 40 cm. As taxas de assimilação de carbono de folhas foi maior nos dosséis mantidos a 10 cm, mas a assimilação do dossel foi maior nos dosséis mais altos devido ao maior índice de área foliar (IAF). A redução do AF, do acúmulo de componentes morfológicos e do IAF não foram associados com outros sinais de deterioração do dossel forrageiro. Folha foi o principal componente morfológico acumulado e a taxa de acúmulo aumentou linearmente de 70 para 100 kg DM ha-1 dia-1 quando a altura de manejo aumentou de 10 para 40 cm. O capim Mulato II foi menos produtivo (7940 vs. 13380 kg ha-1 ano-1) e apresentou menor DIVMO (581 vs. 652 g kg-1) na menor dose de N. O aumento na dose de N afetou o crescimento da planta, resultando em aumentos na assimilação de carbono, IAF, acúmulo de componentes morfológicos e AF. Os resultados indicam que o aumento nas taxas de acúmulo de material morto devido a maior dose de N foi resultado de um aumento geral nas taxas de acúmulo de todos os componentes morfológicos do dossel. A manutenção do dossel mais alto (25 ou 40 cm) pode ser vantajosa devido ao aumento no AF do capim Mulato II, embora o valor nutritivo e EP tenha sido maior a 25 cm, sugerindo que esse capim deve ser mantido na altura de ~25-cm quando manejado sob lotação contínua.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Marcell Patachi Alonso - Integrante / SILVA, LILIANE S. - Integrante / Fagner Junior Gomes - Integrante / SILVA, VALDSON J. - Integrante / ALMEIDA, IANÊ C.L. - Integrante / YASUOKA, JUNIOR I. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2012 - 2014

    Acúmulo e valor nutritivo da forragem do capim Convert HD 364 (Brachiaria híbrida) sob taxas contrastantes de crescimento em resposta à altura do dossel mantida por lotação contínua, Descrição: As pastagens ocupam uma grande extensão territorial no Brasil, e estão tradicionalmente incorporadas aos sistemas pecuários, constituindo a principal fonte de alimento para os ruminantes. Entretanto, seu manejo, ainda é frequentemente realizado de forma extensiva e às vezes extrativista, tornando esta uma atividade pouco competitiva. Nesse sentido, o estudo de estratégias de manejo do pastejo sob lotação contínua com o capim Convert HD 364 (Brachiaria híbrida), contribui para a diversificação das áreas de pastagens e para a intensificação dos sistemas de produção de ruminantes baseados em pastagens. O objetivo do presente estudo foi descrever e explicar diferenças no potencial produtivo e nas características qualitativas, através de atributos estruturais e químico-bromatológicas da Brachiaria híbrida (Brachiaria ssp.) Convert HD 364 em resposta a três intensidades de desfolhação e dois ritmos de crescimento gerados por doses de nitrogênio, em pastos sob lotação contínua mimetizada e taxa de lotação variável. O experimento foi conduzido em Piracicaba, no período de 2 de janeiro a 10 de maio de 2013. Foram testadas três intensidades de desfolhação determinadas por alturas de manejo do pasto (10, 25 e 40 cm) em combinação com duas doses de N (50 e 250 kg N ha-1 ano-1) seguindo um arranjo fatorial (3 x 2) num delineamento em blocos completos casualizados, com três repetições. Foram caracterizadas e determinadas as seguintes variáveis-resposta: massa, acúmulo e taxa de acúmulo de forragem, IAF, composição morfológica e valor nutritivo (Proteína bruta - PB, Fibra em detergente neutro - FDN, Digestibilidade in vitro da matéria orgânica - DIVMO) da forragem no horizonte pastejado. Os maiores valores de acúmulo e taxa de acúmulo foram registrados para os dosséis mantidos a 40 cm de altura (12650 kg MS ha-1ano-1 e 110 kg MS ha-1dia-1, para acúmulo e taxa de acúmulo respectivamente) e para dosséis adubados com 250 kg N ha-1 (13974 kg MS ha-1ano-1 e 126 kg MS ha-1 dia-1, para acúmulo e taxa de acúmulo respectivamente). Esse mesmo tratamento apresentou os maiores valores de IAF (8,1). A massa de forragem não sofreu influência das doses de N, apenas da altura do dossel, respondendo ao aumento da altura e sendo maior para os pastos mantidos a 40 cm (14650 kg MS ha-1). Os tratamentos com maior aplicação de N (250 kg ha-1) resultaram em forragem com maior proporção de lâminas foliares (26 %). Já as maiores porcentagens de colmo (40%) foram medidas nos piquetes manejados a 40 cm e adubados com 50 kg N ha-1 enquanto as proporções de material morto foram maiores (49%) nos tratamentos de 10 cm de altura e 50 kg N ha-1. Dosséis mantidos a 10 cm e adubados com 50 kg N ha-1, embora tenham apresentado menor produtividade, produziram forragem de melhor valor nutritivo, pois apresentaram maior DIVMO (670 g kg-1 para altura e para dose) e concentração de PB (153 g kg-1 e 165 g kg-1, para altura de 10 cm e dose de 250 kg N ha-1, respectivamente). O teor de FDN foi maior nos tratamentos com 40 cm de altura (545 g kg-1) e para pastos adubados com 50 kg N ha-1 (550 g kg-1), o que está ligado também à maturidade dos tecidos no momento da colheita. A adubação nitrogenada promove ganhos em produtividade e resulta em forragem com melhor valor nutritivo, enquanto que incrementos em altura do dossel promovem maior acúmulo total e taxa média de acúmulo de forragem, até o ponto em que ocorre estabilidade da produção (25 cm). O tratamento que apresentou melhor produtividade aliada a um bom valor nutritivo foi 25 cm de altura do dossel e 250 kg N ha-1. As combinações entre os fatores permitiram um contraste adequado entre os tratamentos, contribuindo para a identificação de estratégias de manejo adequadas à cada necessidade, otimizando o processo produtivo e explorando o capim Convert HD 364.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Ianê Correia de Lima Almeida - Integrante / Valdson José da Silva - Integrante / SILVA, LILIANE S. - Integrante / YASUOKA, JUNIOR I. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    Respostas produtivas e morfológicas de cinco genótipos de amendoim forrageiro sob corte, Descrição: O experimento foi conduzido no Departamento de Zootecnia da ESALQ/USP em Piracicaba-SP. Estudou-se quatro cultivares de amendoim forrageiro Arachis pintoi (Amarillo, Alqueire-1, Belmonte e Mandobi) manejados sob duas frequências de corte, 28 e 42 dias. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três repetições, num esquema fatorial 4 x 2, totalizando 24 unidades experimentais de 18 m (4 x 4,5 m) separadas entre si por corredores de 1 m de largura . O plantio foi realizado no dia 7 de abril de 2011 e o período de coleta de dados foi de maio de 2012 a em abril de 2013. Para avaliar massa de forragem acumulada entre os cortes e a composição morfológica da forragem, coletou-se amostras utilizando-se duas molduras metálicas de 0,7m, a 10 cm do solo. A forragem coletada foi pesada fresca no campo, em seguida, retirou-se duas subamostras. Uma subamostra foi separada manualmente em seus componentes morfológicos: folhas (folíolos), limbo + pecíolo, material morto e invasoras. Para análise estatística, os dados foram submetidos à análise de variância utilizando-se o recurso PROC MIXED. As médias dos tratamentos foram estimadas através do ?LSMEANS? e comparadas utilizando-se o teste ?t? de ?Student? com nível de significância de 5%. A produçãode forragem apresentou efeito de genótipo (P<0,001) e frequência de corte (P<0,0082), porém não houve interação genótipo x frequência (P> 0,5788). O cultivar Belmonte apresentou produção superior aos demais, sendo que estudos relatam sua excelente adaptação a condições pluviométricas adversas e resistência a períodos de seca, por exemplo, em regiões como no sul da Bahia a no Acre, evidenciando-se uma maior capacidade de adaptação a condições climáticas diversas (VALENTIM et. al. 2001). Em relação à frequência de corte, o intervalo de 28 dias resultou em maior produção de massa de forragem quando comparado ao de 42 dias. SANTOS et. al (1999)colaboraram isto, uma vez que afirmam que maior produção de massa de forragem ocorre sob condição de frequência de desfolhação mais intensa. Houve interação genótipo x frequência tanto na produção de folhas (P < 0,0023) quanto para proporção de pecíolo (P<0,002). Os cultivares Alqueire-1 e Amarillo não diferiram entre si quanto a proporção de folhas em nenhuma das frequências de corte. Enquanto isso, os cultivares Mandobi e Belmonte produziram mais folhas e pecíolos quando colhidos a cada 42 dias, embora, o Belmonte tenha sido superior.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Aliedson Sampaio Ferreira - Integrante / Carla Mariane Marassatto - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    Características morfológicas e produtivas do capim Mulato II sob taxas contrastantes de crescimento em resposta à altura do dossel mantida por lotação contínua, Descrição: O objetivo deste trabalho foi investigar o efeito da altura do dossel e da dose de N sobre características produtivas do capim Mulato II sob lotação contínua. O estudo foi realizado no Departamento de Zootecnia da ESALQ-USP. O delineamento do experimento foi em blocos completos casualizados, num fatorial 3x2, sendo três alturas de dossel (10, 25 e 40 cm) mantidas constantes e duas doses de N (50 e 250 kg ha-1 ano-1) com três repetições, totalizando 18 unidades experimentais com 200m2 cada. A imposição dos tratamentos de desfolhação seguiu o protocolo experimental do tipo ?mob grazing? utilizando-se bovinos. A adubação foi parcelada em 4 aplicações. A massa de forragem (MF) nos piquetes foi medida a cada 21 dias utilizando-se a técnica da dupla amostragem. Para estimativa do acúmulo de forragem (AF) foram utilizadas gaiolas de exclusão com 0,9 m de diâmetro em ciclos de 21 dias. Esse acúmulo foi estimado pelo método agronômico da diferença (DAVIES et al.,1993). As médias foram estimadas pelo comando LSMEANS e comparadas pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. Houve efeito da altura (P=0,0059) e da dose de N (P<0,0001) sobre o acúmulo total e sobre a taxa de acúmulo de forragem, com valores maiores para a altura de 40 cm e para a dose de 250 kg de N ha-1 ano-1. Assim como o acúmulo, a taxa de acúmulo variou tanto em resposta à altura (P=0,0136) quanto à dose de N (P<0,0001) (Tabela 1). O efeito da altura sobre acúmulo e taxa de acúmulo pode ser explicado pela maior área foliar residual mantida nos dosséis de 40 cm de altura, propiciando maior área para interceptação de luz e realização de fotossíntese, acelerando os processos metabólicos para produção de forragem. O efeito do N sobre as variáveis produtivas pode ser atribuído à sua grande influência sobre o crescimento da planta, pois esse nutriente participa da composição de enzimas responsáveis pelo processo fotossintético e de componentes estruturais da planta.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Ianê Correia de Lima Almeida - Integrante / Liliane Severino da Silva - Integrante / Mateus Calderan Pereira - Integrante / Valdson José da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2012 - 2013

    RESPOSTAS MORFOLÓGICAS E PRODUTIVAS DO CAPIM MULATO II A DOSES DE N E ESTRATÉGIAS DE DESFOLHAÇÃO SOB LOTAÇÃO CONTÍNUA, Descrição: Foram testadas três intensidades de desfolhação, (correspondentes às alturas de 10, 25 e 40 cm mantidas constantes) e duas doses de N (50 e 250 kg de N ha-1 ano-1), num arranjo fatorial (3x2), sob delineamento em blocos completos casualizados, com três repetições. A imposição dos tratamentos seguiu o protocolo experimental do tipo ?mob grazing?. A massa de forragem (MF) foi estimada a cada 21 dias usando um prato ascendente que foi calibrado periodicamente contra valores reais de MF acima de 5 cm do solo. Realizou-se a separação dos componentes morfológicos (lâmina foliar, colmo e material morto). Parte da fração folha foi escaneada em um integrador de área foliar LI-3100 e calculou-se o índice de área foliar (IAF). As amostras foram secas em estufa de circulação de ar forçado a 60 C por 72 h. Mediu-se a interceptação de luz (IL) e ângulo foliar do dossel utilizando o LAI-2000 (LI-COR, EUA). As médias foram estimadas utilizando o ?LSMEANS? e comparadas pelo teste de Tukey (P<0,05). Houve efeito de altura (P<0,0001) para IAF e IL, e para as massas de colmo, folha e material morto. O dossel manejado a 25 cm apresentou IL semelhante ao de 40 cm, embora com IAF inferior. Na altura de 10 cm o IAF foi menor que 3, o que pode indicar presença de áreas de solo descobertas (Tabela 1). Não houve efeito para ângulo foliar (P>0,05), cujo valor médio obtido foi 42,90,6 graus. Com o aumento da altura a massa de colmo aumentou e a massa de material morto diminuiu (Tabela 2). A massa de material morto variou com a dose de nitrogênio (P=0,0245), sendo maior para a dose de 50 kg N(4450 kg MS.ha-1; EPM=126 kg MS.ha-1) em relação à dose de 250 kg N (3877 kg MS.ha-1; EPM=169 kg MS.ha-1), isso porque o N estimula a renovação de tecidos no dossel (PEREIRA et al., 2010) e com a menor aplicação de N pode ter ocorrido um aumento na participação de folhas mais velhas e senescentes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Ianê Correia de Lima Almeida - Integrante / Liliane Severino da Silva - Integrante / Valdson José da Silva - Integrante / Maristela de Arújo Gomes - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2011 - 2014

    Impacto da inversão da altura de manejo sobre o perfilhamento e adaptação estrutural em pastos de Brachiaria spp., Descrição: A produtividade do sistema que se baseia na utilização de pastagem como recurso forrageiro para alimentação de ruminantes é extremamente afetada quando a planta não é utilizada de forma adequada. A falta de orientação especializada dos pecuaristas promove oscilações nas características estruturais e residuais do dossel forrageiro, causando perda de eficiência na capacidade de rebrotação e reduzindo a perenidade dos pastos. Aspectos como o entendimento de princípios de ecologia e a dinâmica de população de plantas forrageiras em pastagens são fundamentais para uma abordagem sistêmica sobre a eficiência máxima do pasto. Com o intuito de estabelecer bases racionais para a otimização do uso de capins do gênero Brachiaria spp., será conduzido um experimento no Departamento de Zootecnia da Escola Superior de Agricultura ?Luiz de Queiroz?, campus da USP, município de Piracicaba-SP, para avaliar e comparar as características morfológicas e fisiológicas de Brachiaria brizantha (A. Rich.) Stapf cvs. Marandu e Xaraés, e de Brachiaria decumbens Stapf cv. Basilisk. Serão caracterizados aspectos estruturais e arquitetônicos do dossel (altura, IAF, interceptação luminosa e ângulos foliares), com o objetvo central de definir e descrever os padrões de rebrotação e crescimento das plantas em função de mudanças súbitas no manejo, por meio de variações abruptas nas alturas de corte pré-determinadas. As respostas dessa à essa mudança serão caracterizadas principalmente por avaliações de densidade populacional, demografia e peso de perfilhos. O delineamento experimental será em blocos completos casualizados, com quatro repetições e dois manejos (alto e baixo) totalizando 24 unidades experimentais, correspondendo aos três genótipos de Brachiaria spp. sob duas alturas residuais de corte (20cm e 8cm). As parcelas serão irrigadas e a forragem será colhida mecanicamente, visando caracterizar e documentar a dinâmica do restabelecimento da estrutura e população de plantas do dossel quando este é submetido a um processo de super utilização ou subutilização.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Márcio André Stefanelli Lara - Integrante / Débora de Carvalho Basto - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2011 - 2014

    Respostas agronômicas e adaptação do modelo CROPGRO para predição de crescimento de três genótipos forrageiros irrigados e não-irrigados, Descrição: Apesar da importância das pastagens para a produção de carne e leite no Brasil, existe uma grande carência de bancos de dados de experimentos conduzidos para o propósito de modelagem e implementação de softwares. Modelos de simulação são importantes ferramentas no gerenciamento de sistemas cultivados possibilitando estimar a produção de forragem em diferentes condições, permitindo melhorias no controle do ponto de colheita e ajustes em taxas de lotação. Esses experimentos precisam ser conduzidos sob condições controladas de fertilidade e irrigação, não apresentando restrições ao crescimento, de forma a tornar mais claro os efeitos de ambiente que não são controláveis sobre o acúmulo de biomassa. O objetivo deste trabalho é adaptar o modelo CROPGRO-forragem para estimar o crescimento da Brachiaria híbrida CIAT 36087 cv. Mulato II, da Brachiaria brizantha cv. Marandu e do Cynodon dactilon cv. Tifton 85 em resposta a freqüências de corte em condição de sequeiro e irrigado. Com isso espera-se tornar possível a simulação da produção de matéria seca de pastagens em diferentes locais, disponibilizando mais uma ferramenta de auxílio no planejamento e manejo em fazendas e centros de pesquisa. Serão conduzidos dois experimentos, um irrigado e outro não irrigado. O delineamento experimental de ambos os ensaios será em blocos completos casualizados num arranjo fatorial (3 x 2), correspondendo às combinações entre os três genótipos e as freqüências de corte de 28 e 42 dias de rebrotação, com quatro repetições. Serão avaliadas a produção de forragem, assimilação de carbono, composição morfológica, índice de área foliar, interceptação luminosa e valor nutritivo da forragem. Posteriormente, esses dados serão utilizados para adaptação do modelo CROPGRO-forragem.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Lynn Elwood Sollenberger - Integrante / Kenneth J. Boote - Integrante / Liliane Severino da Silva - Integrante / Ana Flávia Gouveia de Faria - Integrante / SILVA, VALDSON J. - Integrante / PEQUENO, D. N. L. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2011 - 2014

    Morfogênese e análise de crescimento de três capins tropicais em resposta à frequência de desfolhação, Descrição: O Brasil apresenta grande parte do seu território ccultivado com pastagens. Para que o potencial de cultivares comumente usados como o capim Marandu, com alta produção de forragem como o Tifton 85, e recentemente lançados como o Mulato II (Convert HD 364) possa ser racionalmente e intensivamente explorado é necessário entender como a frequência de desfolhação afeta as respostas produtivas, por meio de fisiologia dos processos. As práticas de manejo definem os padrões de crescimento e desenvolvimento das plantas e a análise de crescimento é uma forma simples de avaliação das respostas morfofisiológicas das espécies forrageiras. O objetivo com este estudo foi avaliar e descrever o efeito de duas frequências de desfolhação (28 e 42 dias) sobre as características de análise de crescimento do capim Mulato II (Convert HD 364), capim Marandu, e Tifton 85, e características morfogênicas do capim Mulato II (Convert HD 364) e capim Marandu. O experimento foi conduzido em Piracicaba,SP, e o delineamento experimental foi de blocos completos casualizados, com quatro repetições. As respostas medidas ncluiram índice de área foliar (IAF), taxa de crescimento de cultura (TCC), taxa de crescimento relativo (TCR), taxa de assimilação líquida (TAL), razão de área foliar (RAF) e razão de peso foliar (RPF). Também foram avaliados filocrono, número de folhas vivas por perfilho (NFV), taxa de alongamento de folhas (TALF) e colmos (TALC), taxa de aparecimento de folhas (TAPF), densidade populacional de perfilhos (DPP) e taxa de senescência (TSF). A TCC foi igual para o Mulato II (Convert HD 364) e Tifton 85 mas a RPF foi maior para o Mulato II (Convert HD 364) sugerindo que este capim possui maior massa de folhas, uma característica desejável.. Por outro lado, o Tifton 85 com menor IAF residual apresentou altos valores de TAL e alcançou resultados semelhantes ao Mulato II (Convert HD 364) de TCC, podendo também ser uma boa opção forrageira. A TAPF e TALF foram maiores no capim Marandu do que no capim Mulato II (Convert HD 364). O filocrono foi maior no capim Mulato II (Convert HD 364) comparado ao capim Marandu. Houve interação frequênca x estação para o filocrono, e aos 28 dias o menor filocrono foi em 2011/2012, e com 42 dias não houve diferença entre as duas estações de crescimento estudadas. A TALF, TALC e TSF foram maiores na frequência de 42 dias. Houve interação entre as frequência x estação de crescimento e capim x frequência no NFV. Este foi maior em 2011/2012 tanto aos 28 quanto aos 42 dias de rebrotação, e aos 42 dias nas duas estações de crescimento estudadas. O NFV foi igual no capim Marandu e Mulato II (Convert HD 364) com 28 dias de frequência de corte e maior no capim Marandu com 42 dias de rebrotação. Tanto o capim Marandu quanto o Mulato II (Convert HD 364) tiveram maior NFV com 42 dias de frequência de corte. O capim Mulato II (Convert HD 364) é uma boa opção forrageira para intensificação e diversificação de pastagens devido aos altos valores de IAF, TCC, RPF e RAF.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Diego Noleto Luz Pequeno - Integrante / Aliedson Sampaio Ferreira - Integrante / Liliane Severino da Silva - Integrante / Ana Flávia Gouveia de Faria - Integrante / Valdson José da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2011 - 2014

    Desempenho agronômico, características morfofisiológicas e valor nutritivo da forragem de quatro genótipos de amendoim forrageiro sob corte, Descrição: A diversificação de pastagens em conjunto com menor dependência de insumos de alta energia, como a adubação mineral em sistemas de produção de forragem é uma alternativa promissora para o desenvolvimento dessa indústria. No entanto, a falta de informações sobre as características morfológicas e fisiológicas de muitas forrageiras promissoras, tais como as leguminosas, limita a utilização racional e gestão adequada deste recurso. Estudos morfológicos, fisiológicos e características agronômicas de leguminosas forrageiras são importantes para caracterizar seus padrões de crescimento, bem como para descrever o seu desenvolvimento e produção. A fim de estabelecer uma base para o uso de genótipos de amendoim forrageiro e verificar a adaptação e o potencial destes materiais para as condições Sudeste do Brasil, este estudo foi elaborado para descrever e explicar a morfologia, fisiologia e respostas agronômicas, bem como características estruturais do pasto e valor nutritivo da forragem de quatro genótipos de amendoim forrageiro (Arachis pintoi (Krapov. & WC Gregory) submetidos a duas frequências de corte. O estudo foi realizado em Piracicaba, São Paulo, Brasil. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x2 (genótipos Mandobi, Amarillo, Belmonte, e Alqueire-1, colhidas a cada 28 ou 42 dias a 10 cm), com três repetições, totalizando 24 unidades experimentais. As variáveis medidas incluíram a produção de forragem, atributos estruturais do dossel, incluindo altura, índice de área foliar, interceptação luminosa, composição morfológica e valor nutritivo. O acúmulo total de forragem na estação (5,8 Mg MS ha-1) e taxa de acúmulo (52 kg MS ha-1 dia-1) foram maiores sob o cronograma de colheita de 28 dias. O cultivar Belmonte apresentou a maior produtividade (8,1 Mg MS ha-1) e taxa de acúmulo (69 kg MS ha-1 d-1) de todos os genótipos. O IAF médio na pré-colheita (4,5) e interceptação luminosa (97%) não variou em resposta à frequência de colheita. A concentração de proteína bruta da forragem foi maior aos 28 dias (253 g kg-1) e o cultivar Belmonte apresentou maiores concentrações (265 g kg-1) do que Mandobi e Amarillo. As concentrações de fibra em detergente neutro (FDN) não variaram com a frequência de colheita nem cultivar Belmonte apresentou maior concentração deFDN (369 g kg-1) do que Alqueire-1 (337 g kg-1). A produção de folhas e pecíolos não variou em função da frequência de colheita e Belmonte teve a maior produção de folhas (6,0 Mg MS ha-1) e pecíolos (2,6 kg MS ha-1). Belmonte teve melhor desempenho agronômico com maior interceptação de luz e IAF, resultando em maior acúmulo total de forragem. Características de produção, impacto das frequências de colheita pode modificar a arquitetura do pasto. Maturidade da planta afetada valor nutritivo da forragem, com a programação de 28dias, resultando em melhor forragem.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Diego Noleto Luz Pequeno - Integrante / Aliedson Sampaio Ferreira - Integrante / Ana Flávia Gouveia de Faria - Integrante / Carla Mariane Marassatto - Integrante / Valdson José da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2010 - 2012

    Desempenho produtivo e análise de crescimento de capins do gênero Cynodon em resposta à frequência de desfolhação, Descrição: No Brasil, a produção das pastagens é um importante componente da bovinocultura pois o pasto é o principal recurso alimentar utilizado na alimentação do maior rebanho comercial de bovinos do mundo. Assim, é imprescindível o conhecimento dos fatores de manejo que interferem na produção de forragem, tornando mais clara a tomada de decisões dentro do sistema de produção. Contudo, para algumas plantas forrageiras, a exemplo das gramíneas do gênero Cynodon, informações técnico-científicas ainda são escassas em regiões tropicais, especialmente para genótipos recentemente introduzidos, como os capins Jiggs e Vaquero. Isso leva ao estreitamento de oportunidades de utilização eficiente desses materiais, uma vez que diferenças entre Cynodons, por sutis que sejam, sugerem a necessidade de manejos diferentes para que cada genótipo externe seu potencial. O estudo de plantas forrageiras colhidas sob diferentes regimes de desfolhação pode ajudar na diferenciação do potencial de produção e utilização de espécies e cultivares dentro de estratégias de manejo estabelecidos a partir de determinação dos limites ecofisiológicos do manejo proposto. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi descrever e explicar características produtivas, morfológicas e estruturais dos capins Tifton 85, Jiggs e Vaquero e parâmetros de crescimento dos capins Jiggs e Tifton 85 em resposta às frequências de desfolhação de 14, 28 e 42 dias. O experimento foi conduzido na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, campus da USP, localizado em Piracicaba SP, no período de 21 de dezembro de 2010 a 21 de dezembro de 2011. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em arranjo fatorial, possibilitando a combinação entre os capins e as três frequências de desfolhação, com quatro repetições. Foram avaliadas a produção total e estacional de forragem, composição morfológica da forragem colhida e caracteríticas estruturais do dossel, incluido altura no précorte, IAF e interceptação de luz dos capins Tifton 85, Jiggs e Vaquero. Foi também realizada a análise de crescimento dos capins Tifton 85 e Jiggs, determinando-se a taxa de crescimento da cultura (TCC), taxa de crescimento relativo (TCR), taxa de assimiliação líquida (TAL), características morfológicas e eficiência de colheita (EC). No verão e primavera, o capim Jiggs é tão produtivo quanto o Tifton 85, porém o Tifton 85 apresenta maior proporção de folhas na forragem colhida. Na frequência de 42 dias, o capim Jiggs é mais produtivo que os demais cultivares quando considerada a produção total de forragem (25,96 Mg MS ha-1), mas é semelhante ao Tifton 85 na frequência de 28 dias (16,64 Mg MS ha-1). Considerando a produção de forragem e relação folha/colmo, no verão e primavera, o corte dos capins Jiggs e Tifton 85 deve ser realizado a cada 28 dias e o Vaquero na frequência de 42 dias. O capim Vaquero é menos estacional, devido à menor produção de forragem na primavera e verão. Independente da frequência de desfolhação, o capim Jiggs apresentou maior taxa de assimilação líquida (TAL) (10,56 g m2 dia-1). Características morfológicas e estruturais do dossel fazem com que o Jiggs tenha maiores de taxas de crescimento relativo (TCR) para atingir os níveis de produção do Tifton 85 no verão e primavera. Gramíneas com produção semelhante nas estações de crescimento podem apresentar diferenças importantes na estrutura do dossel e taxas de crescimento, indicando que a utilização de práticas de manejo generalistas em cultivares de Cynodon podem afetar o potencial produtivo e as características morfológicas da forragem colhida.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Marcos Schleiden de Sousa Carvalho - Integrante / Mariana Falda Abdal - Integrante / Felipe Niitsu de Lima - Integrante / Valdson José da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2010 - 2012

    Desempenho produtivo, análise de crescimento e características estruturais do dossel de dois capins do gênero Cynodon sob duas estratégias de pastejo intermitente, Descrição: A pecuária representa um dos setores mais importantes da economia brasileira, com grande participação na geração de divisas para o país, tendo nas pastagens a sua base alimentar, o que a torna altamente competitiva globalmente. Novos materiais forrageiros são constantemente lançados no mercado, o que gera a necessidade de estudos que identifiquem práticas adequadas pare seu manejo. Na tentativa de conhecer novos materiais do gênero Cynodon e seu manejo mais adequado, que atenda às necessidades dos pecuaristas, foi conduzido um experimento em Piracicaba ? SP com a finalidade de estudar as respostas de dois cultivares, Tifton 85 e Jiggs, sob desfolhação intermitente em duas estratégias de pastejo. O objetivo do presente estudo foi descrever as características estruturais e o desempenho agronômico dos dois capins sob dois regimes distintos de pastejo impostos por técnicas contrastantes de desfolhação baseadas no pastejo rotativo, mas diferindo no referencial para estabelecimento do momento de interrupção do período de descanso. Uma de descanso fixo (28 dias) e outra variável (sempre que a altura média do dossel chegava a 25 cm), sob delineamento experimental inteiramente casualizado em arranjo fatorial (2 x 2) que definiu quatro tratamentos, e três repetições, totalizando 12 unidades experimentais (parcelas), cada uma medindo 12,5 por 9,5 m em um Nitossolo Vermelho eutroférrico com horizonte A moderado e de textura argilosa a muito argilosa. O período experimental teve duração de 180 dias de 28 de outubro de 2010 até 26 de abril de 2011. O Tifton 85 e o Jiggs revelaram características produtivas muito próximas, não diferindo no acúmulo total de forragem, que foi de 16,8 Mg ha-1 na média. Dosséis do capim Jiggs apresentaram em média o mesmo nível de interceptação luminosa pré-pastejo que os de Tifton 85, mas com demais características estruturais diferentes, como por exemplo, menor relação folha:colmo devido à maior quantidade de colmos com mesma quantidade de folhas, maior altura de dossel (nos pastos manejados com dias fixos de descanso) e menor IAF. O capim Jiggs apresentou maior proporção de material verde. As variáveis da análise de crescimento não sofreram efeito de cultivar ou estratégia. O cultivar Jiggs apresentou resultados bastante satisfatórios se igualando em desempenho ao Tifton 85. O uso de descanso fixo se mostrou eficiente como técnica de manejo, para as condições impostas neste estudo, levando em consideração parâmetros de produção e estrutura do dossel, além das variáveis relacionadas ao crescimento das plantas. Mais estudos, que descrevam as características qualitativas desses materiais sob essas estratégias, bem como o potencial de consumo voluntário e de produção animal em pastejo, são necessários para que recomendações possam ser elaboradas para o setor produtivo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Felipe Tonato - Integrante / Murilo Saraiva Guimarães - Integrante / Diego Noleto Luz Pequeno - Integrante / Felipe Niitsu de Lima - Integrante / SILVA, VALDSON J. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2010 - 2012

    Respostas agronômicas e adaptação do modelo CROPGRO para predição de crescimento de três cultivares de plantas forrageiras irrigados e não-irrigados, Descrição: Apesar da importância das pastagens para a produção de carne e leite no Brasil, existe uma grande carência de bancos de dados de experimentos conduzidos para o propósito de modelagem e implementação de softwares. Modelos de simulação são importantes ferramentas no gerenciamento de sistemas cultivados possibilitando estimar a produção de forragem em diferentes condições, permitindo melhorias no controle do ponto de colheita e ajustes em taxas de lotação. Esses experimentos precisam ser conduzidos sob condições controladas de fertilidade e irrigação, não apresentando restrições ao crescimento, de forma a tornar mais claro os efeitos de ambiente que não são controláveis sobre o acúmulo de biomassa. O objetivo deste trabalho é adaptar o modelo CROPGRO-forragem para estimar o crescimento da Brachiaria híbrida CIAT 36087 cv. Mulato II, da Brachiaria brizantha cv. Marandu e do Cynodon dactilon cv. Tifton 85 em resposta a freqüências de corte e suprimento ou não de déficit hídrico. Com isso espera-se tornar possível a simulação da produção de matéria seca de pastagens em diferentes locais, disponibilizando mais uma ferramenta de auxílio no planejamento e manejo em fazendas e centros de pesquisa. Serão conduzidos dois experimentos, um irrigado e outro não irrigado. O delineamento experimental de ambos os ensaios será em blocos casualizados num arranjo fatorial (3 x 2), correspondendo a todas as combinações possíveis entre os três cultivares e as freqüências de corte de 28 e 42 dias de rebrotação, com 3 repetições. Serão avaliadas a produção de forragem, assimilação de carbono, composição morfológica, índice de área foliar, interceptação luminosa e valor nutritivo da forragem. Posteriormente, esses dados serão utilizados para adaptação do modelo CROPGRO-forragem.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Lynn Elwood Sollenberger - Integrante / Diego Noleto Luz Pequeno - Integrante / Kenneth J. Boote - Integrante / João Maurício Bueno Vendramini - Integrante / Mariana Falda Abdal - Integrante / Liliane Severino da Silva - Integrante / Ana Flávia Gouveia de Faria - Integrante., Financiador(es): DOW AGROSCIENCES INDUSTRIAL LTDA. - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2010 - 2011

    Adaptação do modelo CROPGRO para estimativa de crescimento de capim Tanzânia, utilizando o software DSSAT, Descrição: Ferramentas que auxiliem na tomadas de decisão na propriedade, que permitam melhorias no controle do ponto de colheita e ajustes em taxas de lotação, podem aumentar a eficiência do sistema agropecuário. Além disso, entender a estacionalidade de produção, prever a produção de forragem e ser capaz de planejar a estratégia alimentar do rebanho, possibilita melhores ganhos aos animais, gerando maior quantidade de produto animal (carne, leite etc.) em menor tempo. Dessa forma, o uso de ferramentas capazes de estimar a produção ao longo do ano, por meio do conhecimento das respostas de plantas forrageiras a estímulos do ambiente são fundamentais para melhorar os sistemas de produção baseados em pastagem. Os processos fisiológicos quando bem entendidos podem ser sintetizados utilizando-se modelos de crescimento, que são artifícios matemáticos importantes na avaliação das respostas das plantas, simulando o crescimento das plantas sob as mais diversas situações ambientais além de simular os resultados de melhoramento genético, manejo da cultura e do solo. O modelo CROPGRO é um modelo mecanicista que prediz a produção e composição de culturas baseado nas informações da planta, do manejo e do solo. Além disso, tem a habilidade de simular o balanço hídrico e de nitrogênio, a matéria orgânica e a dinâmica de resíduos no solo, danos causados as culturas por pragas e/ou doenças além de simular mudanças climáticas, aspectos que aumentam a visibilidade e utilidade do CROPGRO. Este modelo pode ser adaptado para as mais diversas culturas usando como base de dados arquivos que identificam e caracterizam a espécie, cultivar e ecótipo. Assim, a parametrização é baseada no conhecimento aprofundado de uma espécie utilizando um banco de dados construído por meio de dados coletados na literatura, e pela compilando valores observados em experimentos conduzidos em diferentes regiões, sob condições contrastantes. Tal procedimento gera faixas de variação aceitáveis para determinados parâmetros, e contrastando-as com o simulado pelo modelo é possível prever a produção e simular condições para o crescimento da cultura. Portanto, o objetivo deste trabalho é adaptar o modelo CROPGRO-Forragem para simular o crescimento de Panicum maximum, e descrever o processo de adaptação do modelo para uma nova espécie, a qual tem grande importância econômica no Brasil.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Bruno Carneiro e Pedreira - Integrante / César Augusto Figueiredo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2009 - 2011

    Respostas morfofisiológicas de genótipos de Brachiaria spp. sob duas intensidades de desfolhação e modelagem da produção de forragem em função das variações estacionais da temperatura e fotoperíodo: adaptação do modelo CROPGRO, Descrição: Para poder compreender e descrever o crescimento das plantas forrageiras é necessário ter conhecimento acerca de seus aspectos agronômicos e morfofisiológicos e suas respostas aos fatores edafoclimáticos. O desenvolvimento de ferramentas que viabilizem a racionalização dessas inter-relações é de grande importância para a comunidade científica, ao facilitar a explicação da dinâmica do crescimento, e para o pecuarista dando opções de planejamento e auxílio à tomada de decisão na propriedade pecuária. O objetivo deste trabalho foi avaliar as respostas agronômicas e morfofisiológicas de cinco genótipos de Brachiaria spp. e gerar modelos de crescimento baseados em soma térmica e fotoperíodo além de adaptar o modelo CROPGRO-Forragem, visando explorar esses recursos computacionais para estabelecer uma base racional de manejo desses capins. Foram estudados quatro genótipos de Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich.) Stapf (Marandu, Xaraés, Arapoty e Capiporã) e uma de B. decumbens Stapf (cv. Basilisk) colhidos a 15 e 7,5 cm durante onze ciclos distribuídos em um ano. As unidades experimentais (parcelas de 9 x 4 m) foram irrigadas e adubadas com o equivalente a 220 kg ha-1 ano-1 de N e K2O. O delineamento experimental foi de blocos completos casualizados em parcelas subdivididas com quatro repetições. Foi calculada a produção total e estacional de forragem. Foram monitoradas uma rebrotação de verão e de inverno, descrevendo-se a massa do resíduo, o fluxo de tecidos, padrão de acúmulo de forragem e as taxas de fotossíntese foliar dos capins, que foram utilizadas para a simulação da taxa de fotossíntese do dossel. Os capins Capiporã e Xaraés foram mais produtivos durante o verão. No inverno não houve diferença na produção dos genótipos. A altura de corte de 7,5 cm proporcionou maior acúmulo de forragem acima do resíduo para todos os genótipos, sendo que nesse regime de corte as plantas apresentaram as maiores taxas de crescimento em nível de perfilho, expressas pela maior taxa de alongamento e aparecimento de folhas. Além disso, houve maior renovação de perfilhos sob essas condições. Apesar dos capins terem produções diferentes, suas taxas de fotossíntese de dossel, foram semelhantes nas duas alturas de corte dentro de cada estação, sugerindo um mecanismo de compensação entre a área foliar e fotossíntese de folhas individuais. Os modelos de acúmulo de forragem baseados em graus dia (GD) e unidades fototérmicas (UF) se ajustaram bem à produção. O uso da UF mostrou-se efetivo na predição de características produtivas dos capins estudados. O resultado da adaptação do modelo CROPGRO-Forragem sugere que essa é uma ferramenta eficiente para integrar aspectos fisiológicos de B. brizantha e pode ser usado para simular o crescimento com boa exatidão.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Débora de Carvalho Basto - Integrante / PEDREIRA, BRUNO C. - Integrante / LARA, M. A. S. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2009 - 2011

    Dinâmica de acúmulo de forragem e estrutura do dossel em pastagens de Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk sob lotação contínua, Descrição: A produção das pastagens tropicais requer o acúmulo de forragem em quantidades satisfatórias bem como que sua eficiência de colheita seja maximizada. A otimização deste processo exige conhecimento integrado de informações sobre do processo produtivo, onde a altura do dossel, usada como ferramenta de manejo, está relacionada as respostas morfogênicas e estruturais do dossel, composição morfológica e produtividade da forragem, podendo ser útil para recomendação do manejo do pastejo. O objetivo deste estudo foi descrever e explicar o efeito da altura do dossel sobre a dinâmica de acúmulo de forragem e eficiência de pastejo em pastagens de capim-braquiária (Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk) sob lotação contínua. O estudo foi realizado em Brotas-SP. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com quatro repetições e os tratamentos consistiram em três alturas de manejo, 10, 17,5, 25 cm. As unidades experimentais (144 m2) foram mantidas em alturas constantes de dossel utilizando a técnica de ?mob grazing?. Foram avaliados (no ano e dentro de quatro estações) o acúmulo de forragem, massa de forragem, composição morfológica, estrutura do dossel, densidade de perfilhos e morfogênese. A maior produção total foi de 16660 kg MS ha-1 nos dosséis de 25 cm. O acúmulo de forragem na altura de 10 cm foi 15 % maior do que o de 17,5 cm no verão. A massa de forragem estive associada com a altura, e foi 46 % maior na altura de 25 cm em relação ao dossel de 10 cm. A proporção de lâmina foliar foi em média de 44 % na altura de 10 cm e de 40 % no verão. A proporção de colmos aumentou com o aumento da altura, com 42 % registrado verão nos dosséis de 25 cm. No ano, a proporção de material morto no outono e inverno foi semelhante em todos os tratamentos e no verão e primavera a maior proporção foi nos pastos de 17,5 e 25 cm. O IAF foi maior na altura de 25 cm no verão, outono e inverno e com IL em média de 97 %. Na altura de 10 cm a taxa de aparecimento de folhas foi maior do que nos pastos manejados a 25 cm. A duração de vida de folha foi maior no outono. Na altura de 25 cm a duração de vida da folha foi de 54 dias, enquanto que nos dosséis de 10 cm foi de 46 dias. A eficiência de pastejo não foi modificada pela altura, com valor médio de 64%. A altura modificou a densidade de perfilhos basais e reprodutivos, porém não alterou a densidade de perfilhos totais, variando nas estações (40 % a mais no verão do que no inverno). As respostas produtivas, estruturais e morfogênicas variaram em função das alturas de dossel utilizadas, podendo assim a altura ser utilizada como ferramenta de manejo do pastejo em pastagens de capim-braquiária manejados sob lotação contínua.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Gustavo José Braga - Integrante / Aliedson Sampaio Ferreira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2009 - 2011

    Desempenho agronômico e análise de crescimento de capins do gênero Cynodon em resposta à frequência de corte, Descrição: Para o estabelecimento de um sistema de produção animal sustentável, viável e estável é necessário o conhecimento do mesmo como um todo, seus componentes e suas características, além dos fatores que interferem em seus diversos níveis de eficiência, possibilitando a detecção dos pontos de estrangulamento. Contudo, para algumas plantas forrageiras, essas informações técnico-científicas ainda são limitadas, justificando a necessidade de aprofundar os estudos para melhor compreender e planejar práticas de manejo e utilização dessas plantas forrageiras. O trabalho aqui proposto objetivou analisar os padrões de crescimento de capins do gênero Cynodon submetidos a estratégias de corte simulando um campo de produção intensivo de feno utilizando as premissas básicas da análise clássica de crescimento. O experimento foi conduzido no campus da ESALQ onde foram avaliados três intervalos de corte (14, 28 e 42 dias de rebrotação) e três cultivares: dois plantados por mudas, (Tifton 85 e Jiggs) e um cultivar semeado (Vaquero). O delineamento experimental utilizado foi completamente casualizado com 9 tratamentos, correspondendo aos três cultivares nas 3 frequências de corte, e 4 repetições, totalizando 36 unidades experimentais (parcelas) ao longo de duas estações do ano. No período experimental foram realizados estudos de produção de forragem, composição morfológica e análise de crescimento para estudar as bases fisiológicas da produção. No verão agrostológico, os cultivares Jiggs e Tifton 85 foram os mais produtivos. Independente da estação do ano, a massa de forragem apresentou maior proporção na frequência de 42 dias de colheita. A porcentagem de folha demonstrou maior proporção nas frequências de 14 e 28 dias de colheita para as duas estações. O cultivar Jiggs apresentou maior proporção de colmo para as duas estações e a frequência de corte de 42 dias foi a que expôs maior porcentagem de colmo. No pré-verão, pós-verão e pré-inverno, o IAF foi maior na frequência de 42 dias de corte. Os cultivares Jiggs e Tifton 85 ofereceram maior altura no pré-verão na frequência de 42 dias de colheita. No pré-inverno a maior altura foi para os capins Jiggs e Vaquero. Os padrões de IL foram afetados pelas frequências de corte nas duas estações para as condições de pré e pós-corte. A frequência de 42 dias de corte apresentou maior TCC no verão. No inverno, maior TCC e TCR ocorreram nas frequências de 14 e 28 dias de colheita. No verão, o cultivar Vaquero apresentou maior TAL, no inverno a TAL não sofreu nenhum efeito estatístico. No verão ocorreu efeito de frequência de corte na RAF e no inverno a RAF não sofreu efeito estatístico. No verão e no inverno a frequência de 28 dias de colheita apresentou maior RPF.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Mariana Falda Abdal - Integrante / Valdson José da Silva - Integrante / Débora de Carvalho Basto - Integrante / LARA, M. A. S. - Integrante / CARVALHO, MARCOS S.S. - Integrante / PEQUENO, D. N. L. - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.

  • 2009 - 2011

    Estabelecimento de diretrizes de manejo e estratégias de uso para aveia preta (Avena strigosa Schreb.) aveia amarela (Avena bizantina C. Koch.) e azevém anual (Lolium multiflorum Lam.) para uso em sistemas integrados de agricultura e pecuária no Estado de, Descrição: Objetivou-se caracterizar o potencial produtivo, a distribuição mensal, a composição morfológica e botânica da forragem de aveia preta e de azevém anual submetidos a estratégias de manejo de corte no estado de São Paulo. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com tratamentos correspondendo a combinações entre formas de cultivo (aveia e azevém exclusivos ou combinados) e estratégias de colheita (cortes com 95% de IL ou intervalo FIXO de 30 dias de rebrotação), em arranjo fatorial com três repetições. Os estandes colhidos por IL acumularam 1580 kg MS/ha/corte, e os por FIXO 2020 kg de MS/ha/corte. A proporção de folhas foi maior no azevém (70%), seguido do cultivo combinado (64%) e depois pela aveia (52%). Entre os manejos, a IL resultou em maiores proporções de folha e menor proporção de colmos que o FIXO. A proporção de azevém foi 64% sob o manejo por IL, e 70% no manejo por descanso FIXO. Ao longo do tempo ocorreu a substituição da aveia pelo azevém na composição do dossel combinado. Ambas estratégias de manejo podem ser adotadas para essas forrageiras de inverno em sistemas de integração lavoura-pecuária, com vantagem para o azevém.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Felipe Tonato - Integrante / Murilo Saraiva Guimarães - Integrante / PEDREIRA, BRUNO C. - Integrante / PEQUENO, DIEGO N. L. - Integrante / LARA, M. A. S. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2009 - 2010

    DINÂMICA DE ACÚMULO, RESPOSTAS MORFOGÊNICAS E VALOR NUTRITIVO DA FORRAGEM DE Brachiaria Decumbens STAPF. CV. BASILISK SOB DESFOLHAÇÃO INTERMITENTE (Processo FAPESP n 09/51855-0), Descrição: O trabalho visa descrever e explicar a influência do método de pastejo sobre a dinâmica de acúmulo, respostas morfogênicas e o valor nutritivo da forragem de Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk sob pastejo intermitente. A fase de campo desenvolveu-se na Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Brotas, APTA ? SP e os tratamentos foram duas intensidade de desfolhação (alturas pós-pastejo), 5 e 10 cm e duas freqüência de desfolhação (95 e 100% de interceptação luminosa, IL, para início do pastejo). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com quatro repetições, totalizando 16 parcelas (unidades experimentais) e como agentes de desfolhação foram utilizados novilhos. Na massa de forragem pré-pastejo foi feita a caracterização morfológica da forragem. A morfogênese das plantas foi estudada em todos os ciclos de rebrotação em todas as unidades experimentais. Com a finalidade de se completar o estudo, será feira a caracterização qualitativa da forragem em oferta no pré-pastejo. As análises para a determinação da composição químico-bromatológica (PB, FDN, FDA) e da digestibilidade (DIVMS) serão realizadas em amostras compostas por tratamento, conforme os ciclos de pastejo. Os resultados serão analisados usando-se o programa estatístico SAS (SAS, 1999), onde será realizada análise de variância em medidas repetidas no tempo, utilizando-se o PROC MIXED e as respostas médias dos tratamentos (LSMEANS) serão comparadas pelo teste Tukey (10%).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Gustavo José Braga - Integrante / Jorge Nunes Portela - Integrante / Vanderley Benedito de Oliveira Leite - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 5

  • 2008 - 2010

    Intensidade de pastejo como condicionante da estrutura do dossel e da assimilação de carbono de pastos de capim Xaraés [Brachiaria brizantha (A. Rich) Stapf. cv. Xaraés] sob lotação contínua, Descrição: A produção de forragem em pastagens é resultado de um processo complexo e dinâmico onde características estruturais como o arranjo e a distribuição de partes da planta e o padrão de distribuição de luz condicionam respostas fisiológicas e produtivas. A altura de dossel mantida constante pode ser relacionada com respostas produtivas, estruturais e fisiológicas do dossel, possibilitando recomendações de manejo do pastejo. O objetivo do trabalho foi descrever e discutir o efeito da altura de dossel mantida constante em 15, 30 e 45 cm sobre características produtivas e morfo-fisiológicas do capim Xaraés submetido à lotação contínua. O estudo foi realizado na Escola Superior de Agricultura ?Luiz de Queiroz?, campus da USP, localizado em Piracicaba ? SP, numa pastagem de Brachiaria brizantha cv. Xaraés, onde foram avaliadas a produção e taxas de acúmulo de forragem, proporção de folhas, colmos e material morto, índice de área foliar (IAF), interceptação luminosa (IL), ângulo foliar, taxas de fotossíntese foliar e de dossel. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com três tratamentos e três repetições, totalizando nove unidades experimentais (piquetes) de 120 m2 cada, onde as alturas de dossel pretendidas eram mantidas constante por pastejos rápidos e freqüentes, mimetizando um cenário de lotação contínua e taxa de lotação variável. O total de forragem e a taxa de acúmulo não variaram com as alturas de dossel estudadas. A massa de forragem total mantida nos pastos esteve diretamente relacionada com a altura de dossel. A maior proporção de folhas nos dosséis mantidos a 15 cm foi acompanhada de menor proporção de colmos, com exceção do final da primavera, em relação àqueles mantidos a 45 cm. No final da primavera maiores proporções de material morto foram encontradas nos dosséis mantidos a 45 cm, não variando com as alturas de dossel do verão ao início do outono. O IAF esteve diretamente relacionado com a altura de dossel apresentando valores médios variando de 1,6 a 3,4 para os dosséis mantidos a 15 e 45 cm, respectivamente. O IAF dos dosséis com valores de 2,5 já apresentavam máximos valores de IL (99%), condição encontrada nos pastos mantidos a 30 cm. O ângulo foliar não sofreu efeito de altura de dossel, com média de 39. A taxa fotossintética média da folha mais jovem completamente expandida foi diminuída 17% quando a altura média de dossel foi aumentada de 15 para 45 cm. As taxas de fotossíntese de dossel simuladas pelo modelo foram aumentadas com incrementos na altura de dossel, alcançando valores máximos nos dosséis mantidos a 30 cm. O aumento nas taxas fotossintéticas de dossel seguiu o mesmo padrão de resposta do IAF e da IL. A altura de dossel em pastos de capim Xaraés pode ser mantida entre 15 e 45 cm.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Bruno Carneiro e Pedreira - Integrante / PEQUENO, D. N. L. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2008 - 2009

    Indicadores qualitativos da forragem de capim-Xaraés (Brachiaria brizantha cv. xaraes) em resposta a estratégias de pastejo rotativo (Processo FAPESP n 07/58301-5), Descrição: O intervalo entre desfolhações em gramíneas forrageiras afeta diretamente a produção, o valor nutritivo, o potencial de rebrotação, a composição botânica e morfológica e a persistência da pastagem. Em geral, um longo intervalo entre desfolhações tem como conseqüência um aumento no teor de matéria seca e das frações fibrosas e um decréscimo na relação folha:colmo, teor de proteína bruta e digestibilidade, que resultam em um decréscimo do consumo (Crowder & Cheeda, 1992) e do desempenho animal. A relação folha:colmo além de influenciar o valor nutritivo, afeta também a seleção da dieta e o consumo pelos animais. O objetivo desse trabalho é quantificar o valor nutritivo [teores de proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA) e digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS)] do capim-xaraés, utilizando amostras coletadas nas primaveras e verões de um experimento com duração de dois anos, realizado na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", campus da USP localizada em Piracicaba ? SP. Nesse estudo, o capim-xaraés foi submetido a três estratégias de pastejo durante os verões agrostológicos: uma baseada no calendário (desfolhação a cada 28 dias) e duas em função de interceptação luminosa pelo dossel (95% e 100% para início do pastejo), sob lotação intermitente. Espera-se encontrar uma relação entre as estratégias de pastejo e as características qualitativas analisadas, sendo uma das hipóteses a de que dosséis pastejados sempre no mesmo momento (i.e., pastejados sempre na mesma condição estrutural, ditada por um nível de interceptação de luz pelo dossel) apresentarão forragem de qualidade relativamente uniforme, enquanto que dosséis manejados com base em dias fixos de descanso (manejo baseado no calendário) não apresentarão essa uniformidade nas respostas qualitativas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Bruno Carneiro e Pedreira - Integrante / Cacília Leonelli - Integrante / Renata La Guardia Nave - Integrante / Felipe Curcelli - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2007 - 2009

    Modelagem matemática na estimativa de respostas agronômicas e fisiológicas de cinco cultivares de Brachiaria spp. sob duas intensidades de desfolhação em função da temperatura do ar e do fotoperíodo (Processo CNPq n 479786/2007-0 Ed MCT-CNPq 15/2007), Descrição: Modelos propostos para a previsão da produção forrageira ao longo do ano podem ser ferramentas valiosas no planejamento das tomadas de decisão desde que englobem as variáveis determinantes do crescimento das plantas para que possam fornecer valores condizentes com os verificados em condições de campo. Com o intuito de estabelecer bases racionais para a otimização do uso de capins do gênero Brachiaria spp., será instalado um experimento no Departamento de Zootecnia da Escola Superior de Agricultura ?Luiz de Queiroz?, campus da USP, município de Piracicaba-SP, para avaliar e comparar as características morfológicas e fisiológicas de Brachiaria brizantha (A. Rich.) Stapf cultivares Marandu, Xaraés, Arapoty, e Capiporã, e de B. decumbens Stapf cv. Basilisk, às variações estacionais da temperatura do ar e do fotoperíodo, determinando o potencial fotossintético, produtivo e as perdas por senescência, além de aspectos estruturais e arquitetônicos do dossel (IAF, interceptação luminosa e ângulos foliares), visando à geração de um banco de dados que deverá ser útil para a racionalização de processos, incluindo a modelagem do processo de produção de forragem. O delineamento experimental será em blocos casualizados, com quatro repetições e dez tratamentos (20 unidades experimentais subdivididas), correspondendo aos cinco cultivares de Brachiaria spp sob duas alturas de corte (8 e 15 cm). As parcelas serão irrigadas e a forragem será colhida a cada 28 dias no verão e 42 dias no inverno durante um ano. Um crescimento de verão e um de inverno serão acompanhados por amostragens semanais para geração de curvas de resposta para parametrização de modelos. Será medida a densidade populacional pela contagem de perfilhos e a senescência através do fluxo de tecidos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Márcio André Stefanelli Lara - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 4

  • 2006 - 2010

    Intensidade e frequência de desfolhação como definidores da estrutura do dossel, da morfogênese e do valor nutritivo da Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk sob lotação intermitente, Descrição: O capim-braquiária (Brachiaria decumbens Stapf. cv. Basilisk) tem grande importância para sistemas de produção pecuários no Brasil, notadamente em regiões com baixa fertilidade natural do solo. O objetivo do presente trabalho foi estudar efeitos de duas intensidades (5 e 10 cm de altura pós-pastejo) e duas frequências de desfolhação (descanso até 95 e 100% de interceptação luminosa, IL, para início do pastejo) como definidores da estrutura do dossel, da morfogênese e do valor nutritivo da B.decumbens cv. Basilisk sob lotação intermitente. O estudo foi conduzido em Brotas - SP. O período experimental foi de Jan 2007 a Ago 2008, compreendendo sete épocas (Verão/2007, Outono/2007, Inverno/2007, Final de primavera/2007, Verão/2008, Outono/2008 e Inverno/2008) para as variáveis: produção de forragem, composição morfológica, índice de área foliar (IAF), altura de dossel, IL e valor nutritivo de folhas. Para características morfogênicas, densidade e demografia de perfilhos, o período foi de Ago 2007 a Ago 2008 e para valor nutritivo da forragem de Jan 2008 a Ago 2008. Os tratamentos foram quatro combinações possíveis entre as duas intensidades e frequências de desfolhação, em arranjo fatorial, com quatro repetições num delineamento inteiramente casualizado. O manejo com 100% IL resultou em produção total de 17,1 Mg MS ha-1, enquanto que para 95% IL a produção foi de 14,2 Mg MS ha-1. Pastos sob a estratégia 100% IL resultaram em maior produção de colmos e material morto, e maior IAF-pré pastejo. A intensidade de 10 cm promoveu maior produção de forragem e colmos (16,6 e 4,4 Mg MS ha-1), e maior IL e IAF no pós-pastejo. As maiores taxas de aparecimento de folhas (TAPF) e menores taxas de senescência foliar (TSF), alongamento (TALC) e acúmulo de colmo (TAFCM), na primavera de 2007 até outono de 2008 foram obtidas para 95% IL. As maiores taxas de acúmulo de folhas (TAFLM) no final da primavera ocorreram em pastos submetidos a 95% de IL e no verão e outono para o tratamento 10/95 (24,3, 26,8 e 23,3 kg MS ha-1 dia-1). De forma geral, o tratamento 10/95 resultou em altas taxas de aparecimento e de sobrevivência de perfilhos basais nas épocas com maior disponibilidade nos fatores de crescimento. Épocas, em que também foram encontrados os maiores teores em proteína bruta (PB) de folhas para 95% IL, enquanto a digestibilidade in vitro da matéria orgânica (DIVMO) de folhas foi maior para a intensidade de 10 cm. As menores DIVMOs da forragem foram encontradas nos pastos que receberam a combinação 5/100, indicando que períodos longos de descanso e intensidades altas de pastejo resultam na produção de forragem de baixo valor nutritivo. A altura de dossel no pré-pastejo para o manejo com 95% IL ficou próximo a 16 cm e para 100% IL em 22 cm. A desfolhação do capim-braquiária deve ser realizada até 10 cm uma vez que isto resulta em rebrotações rápidas e, quando associado à frequência de 95% IL, permite que animais em pastejo tenham acesso a forragem com maior participação de folhas e menor de material morto e colmo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Gustavo José Braga - Integrante / Eliara Anaí de Oliveira - Integrante / PORTELA, JORGE N. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2006 - 2009

    Respostas morfofisiológicas do capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq.) à intensidade de desfolha em um sistema irrigado de pastejo, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Alexandre Carneiro Leão de Mello - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2006 - 2008

    Modelagem de respostas agronômicas e fisiológicas do capim-xaraés [Brachiaria brizantha (A.Rich.) Stapf] sob pastejo: Parametrização do modelo CROPGRO (Processo FAPESP n 06/55845-1), Descrição: A produção de forragem em pastagens é um processo complexo, pois envolve uma série de fatores de ordem fisiológica, morfológica e a interação destes. A partir do conhecimento sobre processos individuais e das interações entre eles pode-se estimar a capacidade assimilatória do dossel usando modelos matemáticos. O objetivo do trabalho é avaliar o poder de predição do modelo CROPGRO para o crescimento do capim-xaraés, e assim, estimar o potencial de uso dessa ferramenta no manejo de pastagens tropicais, adicionando ou modificando a programação para incluir parâmetros, como órgãos de reserva (e.g., raízes ou base do colmo) na estrutura do modelo, e contemplar os mecanismos de fotossíntese foliar para acomodar os seus efeitos sobre a assimilação de CO2 do dossel. O estudo será implantado na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", campus da USP localizado em Piracicaba - SP, numa área com 9 parcelas de 120 m cada, que serão estabelecidas com capim-xaraés, com o objetivo de avaliar um modelo de predição da assimilação fotossintética de carbono pelo dossel, além de avaliar características agronômicas, morfológicas e fisiológicas deste, tais como produção de forragem, taxas de fotossíntese, índice de área foliar (IAF), interceptação luminosa (IL), ângulos foliares. Num delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos e três repetições, parcelas serão pastejadas por grupos de animais sempre que a IL do dossel chegar a 95%, ou a 100% ou a cada 28 dias, durante um verão agrostológico, visando estabelecer uma base racional de manejo e observando o sistema sob o ponto de vista fisiológico da planta e da praticidade do manejo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Bruno Carneiro e Pedreira - Integrante / Kenneth J. Boote - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.Número de orientações: 4

  • 2004 - 2006

    Modelos para a previsão de respostas produtivas e qualitativas de Panicum maximum (Jacq.) baseados em variáveis climáticas (Processo FAPESP n 04/00415-7), Descrição: Modelos para a previsão da produção forrageira e das características qualitativas da forragem produzida ao longo do ano podem ser ferramentas valiosas no planejamento e na tomada de decisão em sistemas de produção animal baseados em pastagens, bem como no estudo dessas respostas por meio de simulações em ambientes de pesquisa. Tais modelos, no entanto, devem ser desenvolvidos e propostos segundo critérios provados de validade e aplicabilidade a uma gama de cenários e, em geral, são mais sólidos e abrangentes na medida em que englobem as variáveis determinantes dos processos sobre os quais se deseja inferir. Dados sobre produção e variação das características qualitativas da forragem produzida devem ser gerados em simulações de tal forma que sejam coerentes com os valores reais obtidos em condições de campo. Para tal, as variáveis independentes escolhidas para a previsão dessas respostas devem ser consistentes biologicamente com os processos sobre os quais têm efeito. O objetivo do presente estudo é caracterizar as principais respostas produtivas e qualitativas de cinco cultivares de Panicum maximum (Jacq.), com o objetivo de gerar um banco de dados sobre características agronômicas e de valor nutritivo destas forragens, tais como acúmulo de forragem, composição morfológica e químico-bromatológica, digestibilidade, e caracterização física. De posse dessas informações serão avaliados modelos de previsão de respostas produtivas e qualitativas em função de variáveis climáticas como soma calórica (graus-dia) e soma calórica modificada pelo fotoperíodo (unidades fototérmicas). Com isso, espera-se ser possível racionalizar os processos biológicos, desvinculando-os de procedimentos menos consistentes como o uso de escalas cronológicas (calendário) para a determinação do manejo de colheita ideal para essas forragens. Variações estacionais nas respostas medidas no campo serão confrontadas com os resultados simulados pelos modelos para fins de avaliação do poder de previsão. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Leonardo Simões de Barros Moreno - Integrante / João Menezes de Souza Neto - Integrante / Bruno Carneiro e Pedreira - Integrante / Marília Gabriela Faustino - Integrante / Darcy Barthmann Neto - Integrante / Karina Salomão - Integrante / Cacília Leonelli - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 7

  • 2003 - 2003

    Produção de forragem de cultivares de Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich.) Stapf. e modelagem de respostas produtivas em função de variáveis climáticas, Descrição: O objetivo foi gerar informações sobre produção de forragem e características morfológicas de quatro genótipos de Brachiaria brizantha (Hochst. ex A. Rich) Stapf (cvs. Marandu, Xaraés, Arapoty e Capiporã) e parametrizar modelos simples de predição da produção de forragem para esses cultivares, buscando associar características agronômicas e variáveis ambientais na tomada de decisão. Foram realizados dois experimentos irrigados com delineamento inteiramente casualizado com 4 tratamentos (cultivares) e 4 repetições . No primeiro, quantificou-se o acúmulo de forragem e a composição morfológica da forragem colhida a cada quatro semanas a 20 cm. No segundo, em crescimento livre, o acúmulo e a composição morfológica da forragem foram medidos aos 28, 42, 56, 70 e 84 dias. No primeiro experimento, as maiores produções foram de Arapoty e Capiporã (8380 e 7130 kg MS/ha, respectivamente) seguidos de Xaraés e Marandu (6210 e 5860 kg MS/ha, respectivamente). Aos 84 dias, os cultivares não diferiram na produção de forragem e após os 56 dias o aumento de massa foi oriundo principalmente do maior acúmulo de hastes e material morto. Visando conciliar maior produção de folhas e menor produção de haste e material morto, Arapoty, Xaraés e Capiporã devem ser cortados quando apresentarem altura entre 45 e 50 cm. Marandu deve ser colhido 35-40 cm. O fotoperíodo foi forte determinante do acúmulo de forragem e as temperaturas mínimas e médias do ar tiveram menor influência. Os R2 de Arapoty e Marandu foram 0,64 e 0,59 para Tmin (temperatura mínima) e 0,50 e 0,41 para Tmed (temperatura média), respectivamente. Em Capiporã e Xaraés, as temperaturas mínima e média afetaram mais a taxa de acúmulo de forragem, com R2 de 0,83 e 0,74 para Tmin e 0,53 e 0,63 para Tmed respectivamente. A análise comparativa dos modelos completos e reduzidos revelou coincidência entre os modelos de Tmin, Tmed, GD (graus-dia) e UF (unidades fototérmicas) para um nível de significância de 5%.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Daniel de Castro Rodrigues - Integrante / Allan Kardec Braga Ramos - Integrante / Luis Gustavo Barioni - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Associação Para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras Tropica - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2002 - 2004

    Modelagem matemática na estimativa de respostas agronômicas, morfológicas, e fisiológicas de Panicum maximum, em função das variações estacionais da temperatura do ar e do fotoperíodo, Descrição: O estudo foi conduzido com o objetivo de gerar um banco de dados sobre as características produtivas e morfofisiológicas de capins do gênero Panicum e desenvolver modelos que descrevessem o acúmulo de forragem e as características do dossel em função de uma variável que combina os efeitos de temperatura e fotoperíodo (Unidade Fototérmica - UF). Foram utilizados cinco cultivares de Panicum spp. colhidos a cada 28 (Atlas, Massai e Mombaça) ou 35 (Tanzânia e Tobiatã) dias durante o verão agrostológico (21 de setembro a 22 de março) e 49 (Atlas, Massai e Mombaça) ou 63 (Tanzânia e Tobiatã) dias durante o 'inverno' (23 de março a 20 de setembro), a 35 cm (Atlas, Massai e Mombaça e Tobiatã) ou 15 cm (Massai). As parcelas eram irrigadas e adubadas (450 kg N/ ha). Foi medido o acúmulo de forragem e calculadas a produções anual de forragem, a de verão e a de inverno. Acompanharam-se semanalmente duas rebrotações de verão e, bi-semanalmente, uma rebrotação de inverno, avaliando a massa do resíduo, o acúmulo de forragem, a altura, o índice de área foliar (IAF), os ângulos foliares e a interceptação luminosa (IL) do dossel e as taxas de fotossíntese foliar, que foram utilizadas para modelar a fotossíntese do dossel. O Massai produziu 30 Mg MS/ha/ano, seguido de Mombaça, Tanzânia e Tobiatã que acumularam 20 Mg MS/ha/ano e Atlas (12 Mg MS/ha/ano). Embora o Massai tenha sido o mais produtivo, suas taxas de fotossíntese de dossel foram as menores (1,08 mg CO2/ m2/s), o que pode estar relacionado com a maior proporção de folhas na massa de forragem. O IAF médio do Massai (2,0) foi menor que o dos demais capins (2,25 a 2,68), e a sua massa residual (4 Mg MS/ha) foi quase a metade da média dos demais cultivares (7 Mg MS/ha). Isso gerou menor 'diluição' da massa de folhas na massa total, fazendo com que a maior parte da massa total fosse constituída por folhas. Os modelos de acúmulo de forragem, de folhas, IAF, IL e de altura do dossel foram diferentes entre cultivares e estações.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / João Menezes de Souza Neto - Integrante / Leonardo Simões de Barros Moreno - Integrante / Bruno Carneiro e Pedreira - Integrante / Marília Gabriela Faustino - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2

  • 2001 - 2005

    Assimilação de carbono, acúmulo de forragem e eficiência de pastejo em pastagens de capim-marandu [Brachiaria brizantha (Hochst ex A. RICH.) STAPF.] em resposta à oferta de forragem, Descrição: O objetivo foi avaliar o efeito da oferta de forragem (OF) sobre a capacidade fotossintética foliar e do dossel, o acúmulo de forragem, a estrutura do dossel e a eficiência de pastejo em pastagens de capim-Marandu [Brachiaria brizantha (Hochst ex A. RICH.) STAPF.] sob lotação rotacionada num delineamento de blocos completos ao acaso com 4 repetições. Os tratamentos foram 4 níveis de OF, aplicados como 5, 10, 15 e 20 kg de forragem por 100 kg peso vivo por dia com ciclos de pastejo de 28 d descanso por 7d de ocupação. Respostas avaliadas durante a rebrotação foram o índice de área foliar (IAF), a interceptação de luz, a altura média do dossel, a massa de forragem e a fotossíntese foliar. A eficiência de pastejo foi estimada em função do acúmulo de forragem durante a rebrotação e da taxa de desaparecimento de forragem, descontando-se as perdas durante o pastejo. A dispersão dos valores de altura do dossel no pré- e no pós-pastejo, ilustroua variabilidade espacial da vegetação. Com base na distribuição da luz no perfil do dossel e na fotossíntese foliar, foi desenvolvido um modelo para estimar a fotossíntese do dossel e o acúmulo de forragem. A altura média no pós-pastejo foi 17 cm para a OF de 5%, mas para as demais OFs houve aumento dos valores ao longo do experimento. A relação entre altura e interceptação de luz pelo foi modificada ao longo do experimento, sendo que para uma mesma altura, a capacidade de interceptação foi maior nos dosséis sob OF de 5 e 10%. A fotossíntese foliar decresceu linearmente com o aumento da OF (entre 28 e 23 mmol CO2/m2/s em 2003 e entre 27 e 24 mmol CO2/m2/s em 2004, para as OFs de 5 e 20% respectivamente. O modelo de fotossíntese indicou máximo acúmulo de forragem num IAF médio de 3,5, abaixo do que seria atingido (~ 4) se a fotossíntese foliar máxima (Amax) não diminuísse com o aumento do IAF. A eficiência de pastejo decresceu com o aumento da OF, atingindo valores máximos de 64 e 55% nas duas estações sob OF de 5%.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Valdo Rodrigues Herling - Integrante / Marcos Silveira Bernardes - Integrante / Gustavo José Braga - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 1

  • 2001 - 2002

    Determinação de parâmetros produtivos e qualitativos de Cynodon spp. em função de variáveis climáticas, Descrição: O estudo foi desenvolvido com o objetivo de gerar um banco de dados de parâmetros produtivos e nutricionais de plantas do gênero Cynodon spp. e a partir desse banco de dados avaliar modelos matemáticos para estimar o acúmulo de matéria seca, estacionalidade de produção e alterações no valor nutricional (PB, FDN e DIVMO) com base em duas variáveis unidades climáticas, uma gerada em função do acúmulo térmico diário, os graus-dia (GD), e a outra ajustando esse acúmulo térmico às alterações no fotoperíodo, a unidade fototermica (UF). Os tratamentos foram todas as combinações de dois intervalos entre cortes (4 e 6 semanas) e cinco cultivares de Cynodon spp. (Tifton 85, Coastcross, Florico, Florona e Estrela) mecanicamente colhidos a 7 cm. As parcelas eram irrigadas e adubadas com 400 kg N/ha.ano. O delineamento foi blocos completos casualizados. Nas três estações ("estação completa", "verão" e "inverno") foram avaliados o acúmulo de forragem (AF), a taxa média diária de acúmulo de forragem (TMDAF), a distribuição estacional da produção e os teores de proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN) além da digestibilidade "in vitro" da matéria orgânica (DIVMO). O intervalo de 6 semanas apresentou maior AF, maior TMDAF, menor PB, menor DIVMO e maior FDN do que o intervalo de 4 semanas em todas as "estações". A distribuição da produção foi igual nos intervalos, com 73% da produção no "verão" e 27% no "inverno". O AF e a TMDAF para a "estação completa" não foram diferentes entre os cultivares, mas no "verão" Tifton 85 se sobrepôs a Coastcross e Florona. No "inverno", os cultivares não diferiram nessas respostas, resultando em maior estacionalidade do Tifton 85 do que Coastcross Florico e Florona. Coastcross apresentou os menores teores de PB e, juntamente com Tifton 85, os maiores teores de FDN em todas as "estações". Os modelos gerados para os parâmetros quantitativos foram altamente significativos, apresentando melhores resultados nos menores níveis de agregação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Felipe Tonato - Integrante / Leonardo Simões de Barros Moreno - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 2

  • 2001 - 2001

    Avaliação de modelos matemáticos para estimativa de respostas agronômicas, produtivas, e morfológicas de gramíneas Cynodon spp. em função da temperatura do ar e do fotoperíodo, Descrição: Modelos propostos para a previsão da produção forrageira ao longo do ano são ferramentas valiosas no planejamento das tomadas de decisão desde que englobem as variáveis determinantes ao crescimento das plantas, para que possam fornecer valores condizentes com os verificados em condições de campo. Com o intuito de verificar a validade de um modelo matemático baseado na Unidade Fototérmica, foi realizado um estudo, através de medições de produção forrageira, características estruturais e morfológicas (IAF, interceptação luminosa e ângulos foliares), para estabelecer a comparação entre os dados "previstos" pelo modelo e aqueles observados no campo e explique as variações na estrutura do dossel de cinco gramíneas Cynodon spp. ao longo do ano. Parcelas irrigadas foram monitoradas e colhidas a cada 4 ou 6 semanas e crescimentos de verão e inverno foram acompanhados semanalmente. Florona, Florico e Coastcross mostraram menor variação entre estações, enquanto, apesar de ser o mais produtivo, foi o mais estacional. A relação entre IAF e IL foi modelada como uma relação de saturação pelo modelo de Mitscherlich (y = a*(1-e-bx)). A relação foi altamente significativa (P<0.0001) e apresentou alto coeficiente de determinação (R2 = 0.9946). As relações foram coincidentes para todos os cultivares e estações. O modelo parametrizado dessa relação foi IL = 1,0064*(1-e-0.7713*IAF).Devido à estreita relação funcional entre IAF e IL decidiu-se que as relações entre variáveis climáticas deveriam ser realizados com a variável IAF. As relações entre IAF e graus dia e IAF e unidades fototérmicas foram altamente significativas, testadas por ambos modelos lineares ou não lineares (Mischerlich), P<0,01. As relações entre graus-dia e IAF, e unidades fototérmicas e IAF não diferiram entre cultivares ou estações do ano (P > 0,05). Os modelos produziram estimativas semelhantes durante a fase linear de resposta (até aproximadamente 300 graus-dia ou 5000 unidades fototérmicas).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Felipe Tonato - Integrante / Leonardo Simões de Barros Moreno - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 2

  • 2000 - 2003

    Avaliação de modelos matemáticos desenvolvidos para auxiliar a tomada de decisão em sistemas de produção de ruminantes em pastagens, Descrição: Este trabalho teve como objetivos testar o modelo Stockpol nas condições e sistemas de produção de ruminantes em pastagens brasileiros, validar um modelo de acúmulo de forragem em função de variáveis climáticas para estimar produção de forragem e avaliar modelos para estimar consumo de forragem em sistemas de produção de ruminantes em pastagens. Foram identificadas publicações com informações suficientes que pudessem ser utilzados nos exercícios de validação e avalilação modelos testados. As informações foram catalogadas em três bancos de dados: (A) pastagens, (B) bovinos e (C) indicadores de preços e insumos. Isso permitiu identificar áreas carentes de pesquisa (estacionalidade de produção forrageira e medir o consumo de animais em pastagem) e a necessidade de se padronizar os procedimentos metodológicos, para que se possa comparar e integrar os resultados obtidos diversas regiões do Brasil. Apesar das limitações encontradas, se forem realizados ajustes nos parâmetros e/ou a inclusão de novas variáveis no modelo Stockpol, esse poderá ser uma ferramenta de auxílio à pesquisa e à tomada de decisão em sistemas de produção de ruminantes em pastagens no Brasil. O Modelo de UF proposto é adequado para estimar a produção de Cynodon spp. desde que os fatores de variação sejam unicamente fotoperíodo e temperatura. Nesse modelo o as simulações deverão ser realizadas para períodos entre 28 e 42 dias, e a temperatura base utilizada entre 13 e 15 C. Outras variáveis (e.g., balanço hídrico) devem ser incorporadas ao modelo a fim de melhorar suas estimativas. O modelo de consumo de forragem por ruminantes em pastejo deverá ser reparametrizado e/ou utilizar a oferta de folhas (massa de folhas verdes por unidade de peso vivo animal), em sistemas que utilizem pastagens tropicais. O modelo de desempenho não estimou bem o ganho de peso devido à superestimativa do custo energético do pastejo e/ou da subestimativa do valor nutritivo da dieta selecionada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Henrique Rocha de Medeiros - Integrante., Financiador(es): Massey University - Main Campus - Cooperação / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 1

  • 2000 - 2002

    Respostas morfofisiológicas do capim Tanzânia (Panicum maximum) à intensidade de desfolha em um sistema irrigado de pastejo, Descrição: O experimento foi conduzido na Fazenda Areão, da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", em Piracicaba-SP, de 05/11/00 a 11/09/02, em uma área de 4,8 ha de pastagem de capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq.), irrigada por um sistema de pivô central. Os tratamentos foram três intensidades de pastejo, aplicados como quantidades de massa seca verde residual pós-pastejo (T1=1.000; T2=2.500 e T3=4.000 kg MSV ha-1). O delineamento experimental foi de blocos completos casualizados com quatro repetições. O método de pastejo foi lotação rotacionada, com ciclo de pastejo de 36 dias, sendo 3 e 33 dias de ocupação e descanso, respectivamente. As taxas de lotação para cada tratamento e ciclo de pastejo foram definidas em função da massa de forragem pré-pastejo, e o nível de massa seca residual definida pelos tratamentos. A área foi dividida em 12 parcelas de 0,4 ha, e cada uma foi subdividida em três piquetes (0,133 ha). Taxas de fotossíntese foliar líquida e temperatura foliar foram medidas utilizando-se um sistema portátil de fotossíntese LI 6400 (LI-COR). Em cada unidade experimental, foram realizadas 30 medições de fotossíntese foliar líquida e de temperatura foliar. Antes das medições, era fixado um nível de radiação no interior da câmara, objetivando eliminar o efeito de variações na quantidade e qualidade da radiação incidente, visto que as medições e transporte do aparelho entre os piquetes e entre as estações de medições, duravam em torno de 100 minutos, o que, geralmente acarretava em variações na quantidade de radiação natural incidente. A fase da rebrota (dia pós-pastejo) não afetou as taxas de fotossíntese foliar, as quais foram regidas pela categoria da folha, expressa principalmente pela sua idade. A maior intensidade de pastejo alterou a estrutura do dossel, evidenciada pela redução nos ângulos foliares médios (folhas mais planas) ao longo das estações.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Alexandre Carneiro Leão de Mello - Integrante / Leonardo Simões de Barros Moreno - Integrante / Guilherme de Castro Belardo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 1

  • 2000 - 2002

    Genótipos de alfafa sob pastejo: Produtividade e valor nutritivo, Descrição: De março de 2001 a fevereiro de 2002, estudou-se o efeito do método de pastejo sobre a produtividade e o valor nutritivo de cinco genótipos de alfafa. O experimento do tipo "mob-grazing" foi realizado em Piracicaba, SP. O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados, com parcelas subdivididas (split-plot), com 10 tratamentos e seis repetições. À parcela foi alocado o método de pastejo ("lotação contínua", simulada por desfolhas semanais, e "lotação rotacionada" com desfolha a cada 4 semanas na primavera-verão e a cada 6 semanas no outono-inverno). Nas sub-parcelas foram alocados os cinco genótipos de alfafa com diferentes aptidões agronômicas em termos de dormência, adaptação local e tolerância ao pastejo (ABT-805, Alfagraze, Crioula, CUF-101 e Pioneer 5432), submetidos a 295 dias de pastejo e sob irrigação. ABT-805 foi mais produtiva sob lotação contínua (26,6 Mg MS/ha.ano) e no pastejo rotacionado (18 Mg MS/ha.ano). Alfagraze, apesar de ser uma das menos produtivas no pastejo rotacionado (13,3 Mg MS/ha.ano) foi semelhante a ABT-805, sob lotação contínua (26,3 Mg MS/ha.ano). Pioneer 5432 foi intermediária, produzindo 24,3 e 15,3 Mg MS/ha.ano). O valor nutritivo (VN), da fração planta inteira, variação com o método de pastejo, mas não devido a cultivares. Lotação contínua apresentou valores superiores de PB e DIVMS, 349 e 810 g/kg respectivamente, em comparação à lotação rotacionada, 238,5 e 757,8 g/kg respectivamente. Os teores de fibra apresentaram tendência inversa, com lotação continua sendo inferior (240 g/kg FDN, 182 g/kg FDA, e 34,9 g/kg lignina) que a lotação rotacionada (325 g/kg FDN, 255 g/kg FDA, e 50,6 g/kg lignina). O VN da haste variou similarmente ao da planta inteira, na comparação entre os métodos de pastejo. O VN da folha foi afetado pela interação cultivar*método*estação. ABT-805 e Alfagraze são produtivas e moderadamente adaptadas ao pastejo no Brasil tropical mas o seu sucesso dependerá das condições climáticas e do manejo. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Lyssa Otani - Integrante / María del Carmen Ferragine - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2

  • 1999 - 2003

    Determinantes morfofisiológicos de produtividade e persistência de genótipos de alfafa sob pastejo, Descrição: Foi estudado o efeito do método de pastejo sob o acúmulo de forragem total (AFT), o índice de área foliar (IAF) e a interceptação luminosa (IL) de 5 genótipos de alfafa em Piracicaba. O delineamento foi de blocos completos casualizados, com parcelas subdivididas (split-plot) e 6 repetições. Nas parcelas foi alocado o método de pastejo ("lotação contínua", LC, simulada por desfolhas semanais, e "lotação rotacionada", LR, com desfolha a cada 4 semanas na primavera-verão e 6 semanas no outono-inverno). Nas sub-parcelas foram alocados genótipos com diferentes aptidões (dormência, adaptação local e tolerância ao pastejo: ABT-805, Alfagraze, Crioula, CUF-101 e Pioneer 5432), em 295 dias de pastejo sob irrigação. ABT-805 foi a mais produtiva sob LC (26,6 Mg MS/ha/ano) e LR (18 Mg MS/ha/ano) e quem teve o maior IAF médio (2,1) e o máximo IL médio (53%), sob LR. Alfagraze, apesar de ser um dos menos produtivos sob LR (13,3 Mg MS/ha/ano) foi semelhante em produção a ABT-805 sob LC (26,3 Mg MS/ha/ano), com IL média de 47% e IAFs médios de 1,1 e 1,8 para LC e LR, respectivamente. Pioneer 5432 foi intermediária, com IL média de 49%, com AFT de 24,3 e 15,3 Mg MS/ha/ano e IAFs médios de 0,98 e 1,76 para LC e LR, respectivamente. ABT-805 adaptou-se melhor ao pastejo e às condições edafo-climáticas locais. Cultivares tolerantes e não-tolerantes ao pastejo, diferiram no estande final, sobrevivência, % de invasoras, e teores e estoques de carboidratos (CNE) e nitrogênio (NT) em raízes e coroa. Crioula e CUF-101, não sobreviveram sob LC. Alfagraze teve a melhor persistência sob LC com estande inicial de 245,7 e final de 63,9 plantas/m2 (26% de sobrevivência).Sob LR maior sobrevivência foi ABT-805 (250 para 112,3 plantas/m2). Após 325 d de pastejo, Alfagraze, ABT-805 e Pioneer 5432 apresentaram teores e estoques de CNE em raízes e coroas de 221 e 112,9 g/kg MO e 406 e 210,7 g/ m2 , respectivamente. Estoques de CNE caíram em raízes (79,8%) e em coroas (84,7%) sob LC e 46 e 59% sob LR. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Lyssa Otani - Integrante / María del Carmen Ferragine - Integrante / Felipe Tonato - Integrante., Financiador(es): Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz - Remuneração / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 2

  • 1999 - 2002

    Respostas morfofisiológicas do capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq.) irrigado à intensidade de pastejo, Descrição: O objetivo foi quantificar respostas morfológicas e fisiológicas de capim Tanzânia (Panicum maximum Jacq.) sob três intensidades de pastejo usando lotação rotacionada e irrigação. O experimento foi conduzido na Fazenda Areão da USP/ESALQ, em Piracicaba, SP, em uma área de 4,8 ha de capim Tanzânia. Os tratamentos foram três intensidades de pastejo, aplicados como quantidades de matéria seca verde residual pós-pastejo (T1=1000; T2=2500 e T3=4000 kg MSV/ ha), em delineamento de blocos completos casualizados com quatro repetições. Durante oito ciclos de pastejo (rebrotas de 33 dias após três dias de pastejo em cada ciclo), foram medidos a altura média do dossel, índice de área foliar (IAF), interceptação luminosa (IL), ângulos foliares médios, fotossíntese foliar líquida (FFL) e temperatura foliar (TF), em quatro dias dentro do período de rebrota (1, 11, 22 e 33 dias após a saída dos animais). A massa de forragem foi estimada pré- e pós-pastejo e o acúmulo e a taxa de acúmulo de forragem calculados. Calibrações de massa versus altura do dossel foram usadas para estimar as massas. Houve correlações entre altura e MF, altura e IL, IAF e IL, e ângulos foliares e MF. Da primavera-verão para outono-inverno houveram reduções nas taxas de FFL, TF e IAF médio. Valores médios de IAF crítico (95% IL) foram 3,3 (T1), 3,8 (T2) e 4,2 (T3), atingidos por volta do 22o dia das rebrotas. Não houve diferença na taxa de acúmulo líquido de forragem (média = 88,7 kg MS/ha.d) nem no acúmulo total (média = 21650 kg MS/ha. A maior intensidade de pastejo alterou a estrutura do dossel, evidenciado pela redução nos ângulos foliares médios (folhas mais planas), com plantas passando a interceptar mais luz por unidade de área foliar. Os IAFs críticos medidos sugerem a necessidade de períodos de descanso relativamente curtos para o Tanzânia, sob irrigação e adubação. O menor resíduo não reduziu o vigor de rebrota (taxa de acúmulo líquido), mas períodos experientais mais longos são necessários. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Alexandre Carneiro Leão de Mello - Integrante / Leonardo Simões de Barros Moreno - Integrante / Guilherme de Castro Belardo - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa., Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 1

  • 1999 - 2000

    Desempenho agronômico de plantas forrrageiras em dois sistemas de produção de leite baseados no uso de pastagens de capim-elefante cv. Guaçu (Pennisetum purpureum) e capim Tanzânia (Panicum maximum), Descrição: Foram comparados sistemas de produção de leite com vacas mestiças (Gir x Holandês) caracterizando o desempenho agronômico, sob pastejo intermitente, do capim elefante cv. Guaçu (Pennisetum purpureum) e do capim Tanzânia (Panicum maximum). Foram avaliadas produção e utilização de forragem, dinâmica do acúmulo e valor nutritivo. Duas áreas foram usadas, uma de 10,5 ha de capim Guaçu e outra de 15,8 ha de capim Tanzânia. Os tratamentos foram as 2 espécies forrageiras, replicados 4 vezes, num delineamento inteiramente casualizado. Além da produção, o valor nutritivo da forragem e de suas frações (haste e folha), do material ofertado e do resíduo pós-pastejo, foi caracterizado. Dinâmica do acúmulo de forragem: taxa de aparecimento de folhas, filocrono, número de folhas expandidas, número de folhas em expansão e número de folhas em senescência foram comparadas entre ciclos de pastejo ou épocas. O Guaçu apresentou maior potencial de produção que o Tanzânia, maior eficiência de colheita e qualidade da forragem superior. A produção média foi 5.420 e 2.800 kg MS/ha (136 e 88 kg MS/ha.dia), e a quantidade média de forragem perdida por pastejo foi de 1.040 e 880 kg MS/ha (eficiência média de 51,5 e 37,3%), com lotação de 5,1 e 3,0 UA/ha, respectivamente, para o Guaçu e o Tanzânia. A taxa média de aparecimento de folhas foi 0,14 folhas/dia ou 66,6 graus-dia para o capim Guaçu. O número máximo de folhas vivas foi 7,1 ao final do período de rebrota, com 2,8 folhas senescidas por perfilho. Das folhas vivas, 3,7 eram folhas expandidas e 3,4 eram folhas em expansão. No capim Tanzânia, a taxa média de aparecimento de folhas foi de 0,10 folhas/dia (93,9 graus-dia), com 4,8 folhas vivas por perfilho (3,2 expandidas e 1,6 em expansão) e 2,3 senescidas. O valor nutritivo foi melhor nos estratos superiores do dossel. Guaçu teve maior digestibilidade e qualidade de fibra (74,5 e 67,8% DIVMO; 63,1 e 67,7% FDN; 33,9 e 34,8% FDA; 2,6 e 2,6% LIG), mas %PB foi maior no Tanzânia (13,2 vs 12,6. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / Luiz Gustavo Nussio - Integrante / Sila Carneiro da Silva - Integrante / Frederico Alberto de Andrade Rosseto - Integrante / Leonardo Simões de Barros Moreno - Integrante / Maurício Felipe do Amaral Oliveira - Integrante / Leonardo Khedi Molan - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 3

  • 1996 - 1998

    Avaliação de Germoplasmas e práticas de armazenamento de volumosos forrageiros no semi-árido potiguar, Descrição: O projeto teve como objetivo principal identificar e avaliar introduções de germoplasmas forrageiros e práticas de armazenamento de forragens capazes de melhorar a oferta qualitativa e quantitativa de volumosos e consequentemente o desempenho animal dos sistemas pecuários do Rio Grande do Norte.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Integrante / Guilherme Ferreira da Costa Lima - Coordenador / José Mariano Nobre - Integrante / Francisco Canindé Maciel - Integrante / José Araújo Dantas - Integrante / José Geraldo Medeiros da Silva - Integrante / Marlúcia Elias de Farias - Integrante / José Simplício de Holanda - Integrante / Maria de Fátima P Barreto - Integrante / Auri Alaécio Simplício - Integrante / Fernando Viana Nobre - Integrante / Nésio Antonio M T Barros - Integrante / Emerson M de Aguiar - Integrante / Hildebrando Pereira da Silva - Integrante / Joaquim Raimundo Lima - Integrante / et al - Integrante., Financiador(es): Fundo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Secretaria de Turismo - Auxílio financeiro.

  • 1996 - 1998

    Estudo da ecologia de gramíneas forrageiras tropicais sob pastejo através da caracterização de sua fenologia e ontogenia para fins de planejamento, desenvolvimento, modulação, e otimização de sistemas de produção animal a pasto. I. Cynodon spp., Descrição: A proposta do projeto foi a concepção, elaboração, implantação, e execução de um projeto de pesquisa original, idealizado com a finalidade estabelecer uma filosofia de trabalho inovadora no que diz respeito à pesquisa científica com pastagens e plantas forrageiras no Brasil. O objetivo principal foi o de implantar um estudo descritivo detalhado de plantas forrageiras de interesse econômico para a pecuária do Brasil Central, abordando aspectos de fenologia, ontogenia, e ecologia num contexto de sistema de produção, usando um enfoque diferente do que é normalmente feito no nosso meio. A proposta visou também a elaboração de um banco de dados abrangente e inédito, sobre as respostas biológicas de plantas forrageiras e animais em pastejo, bem como entender as suas inter-relações dentro do sistema SOLO:PLANTA:ANIMAL:MEIO. O delineamento foi o de blocos completos casualizados, com parcelas subdivididas ("split-plot") e quatro repetições. Os três cultivares de Cynodon spp., 'Tifton 85', 'Florakirk' e 'Coastcross', foram alocados às parcelas, com quatro condições de pasto, geradas por ovinos em pastejo (regime de lotação contínua), alocadas nas sub-parcelas. Cada condição correspondeu a uma altura média de 5, 10, 15 e 20 cm, mantidas com a adição ou retirada de animais ("put-and-take"). Apesar dos cultivares pertencerem ao mesmo gênero e terem porte e hábito de crescimento semelhante, Tifton 85 mostrou a maior IAF no perfil do dossel, diferença atribuída à variação na morfologia das plantas. A amplitude de condições (intensidade de pastejo) deve ter se situado dentro de uma faixa onde o equilíbrio entre crescimento e senescência resultou em taxas de acúmulo de forragem semelhantes. Tifton 85 apresentou faixa ótima de uso variando de 5 a 15 cm. Para Florakirk essa faixa foi até 20 e para Coastcross o limite superior deve ser mais que 20 cm. Os cultivares devem ter requerimentos variados de manejo de desfolha quando o objetivo é o uso eficiente da luz. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Carlos Guilherme Silveira Pedreira - Coordenador / M. Cortucci - Integrante / E. R. Rodrigues - Integrante / L.H. Watanabe - Integrante / F.C. Machado - Integrante / I.N.S. Rolim - Integrante / Moacyr Corsi - Integrante / Sila Carneiro da Silva - Integrante / Daniela Fabiana Côco - Integrante / Marina Castro Uebele - Integrante / Leonardo Simões de Barros Moreno - Integrante / André Fischer Sbrissia - Integrante / Carlos Augusto Brandão de Carvalho - Integrante / Roberta Aparecida Carnevalli - Integrante / Luiz Felipe de Moura Pinto - Integrante / Jaílson Lara Fagundes - Integrante / Maurício Felipe do Amaral Oliveira - Integrante / Milena Masili Passanezi - Integrante / Leonardo Khedi Molan - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa., Número de produções C, T & A: 22

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Citation for Excellence as Associate Editor of Crop Science, Crop Science Society of America.

2016

Fellow, American Society of Agronomy (ASA).

2016

Fellow, Crop Science Society of America (CSSA).

2015

Citation for Excellence as Associate Editor of Crop Science, Crop Science Society of America.

2015

Menção Honrosa - Prêmio CAPES de Tese 2015 (Área de Zootecnia/ Recursos Pesqueiros), CAPES.

2013

Outstanding Associate Editor - Agronomy Journal, American Society of Agronomy.

2008

Menção Honrosa, 16 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP.

2005

Menção Honrosa, 13 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP.

1999

Menção Honrosa, 7 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP.

1998

Menção Honrosa, 6 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP.

1998

Menção Honrosa, 6 Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP - SIICUSP.

1995

Fred Hull Award (indicação), IFAS - University of Florida.

1995

Charles E. Dean Award (indicação), IFAS - University of Florida.

1994

Membro, Gamma Sigma Delta, The Honor Society of Agriculture.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia. , Av. Pádua Dias, 11, Agronomia, 13418-900 - Piracicaba, SP - Brasil - Caixa-postal: 9, Telefone: (19) 34294134, Fax: (19) 34294215, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2012 - Atual

    Crop Science Society of America

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Associate Editor, Div. C-06, Crop Science, Carga horária: 8

  • 2010 - Atual

    American Society of Agronomy, Crop Science Society of America, Soil Science

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Editorial Affairs, Policies, & Practices Comm, Carga horária: 2

    Outras informações:
    Membro do Editorial Affairs, Policies, & Practices Committee, como CSSA Technical Editor.

  • 2004 - Atual

    Universidade Federal da Bahia

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Revisor Revista Magistra, Carga horária: 0

    Atividades

    • 03/2004

      Serviços técnicos especializados , Escola de Agronomia, Revista Magistra.,Serviço realizado, Revisão de trabalhos.

  • 2003 - Atual

    Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

    Atividades

    • 01/2003

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, .,Cargo ou função, Consultor.

  • 2003 - Atual

    Instituto de Zootecnia do Governo do Estado de São Paulo

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

    Atividades

    • 01/2003

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Seção de Publicações, Boletim de Indústria Animal.,Cargo ou função, Consultor Ad-hoc.

  • 2002 - Atual

    Revista Brasileira de Zootecnia

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

    Atividades

    • 01/2002

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Revista Brasileira de Zootecnia, .,Cargo ou função, Membro de conselho editorial.

  • 2002 - Atual

    Fundação de Apoio Ao Desenvolvimento do Ensino Ciência e Tecnologia do Esta

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

    Atividades

    • 09/2002

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação de Apoio Ao Desenvolvimento do Ensino Ciência e Tecnologia do Esta, .,Cargo ou função, Consultor Ad-hoc.

  • 2002 - Atual

    Universidade Federal de Lavras

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor ad hoc, Carga horária: 0

    Atividades

    • 01/2002

      Serviços técnicos especializados , Revista Ciência e Agrotecnologia, .,Serviço realizado, Revisão de manuscritos submetidos à publicação.

    • 01/2002

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Federal de Lavras, .,Cargo ou função, Consultor.

  • 2001 - Atual

    Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

    Vínculo: assessor, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

    Atividades

    • 05/1996

      Conselhos, Comissões e Consultoria, FAPESP, .,Cargo ou função, .

  • 1999 - 2004

    Revista Scientia Agricola

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Editor Científico, Carga horária: 0

    Atividades

    • 11/1999 - 04/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão Editorial, .,Cargo ou função, Membro de conselho editorial.

  • 2005 - Atual

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado (MS-5), Carga horária: 40

  • 2000 - 2005

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor-Doutor (MS-3) efetivo em RDIDP, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1998 - 2000

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Professor Contratado, Enquadramento Funcional: Professor Doutor (MS-3) em RDIDP, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1995 - 1998

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Pós-Doutorando, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 40

    Atividades

    • 03/2001

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia.,Cargo ou função, Membro de comissão permanente.

    • 01/2000

      Direção e administração, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia.,Cargo ou função, Membro da Comissão Departamental de Estágios.

    • 01/2000

      Direção e administração, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia.,Cargo ou função, Coordenador de Programa.

    • 03/1999

      Direção e administração, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia.,Cargo ou função, Membro suplente da representação do Departamento de Zootecnia junto à Comissão de Graduação da ESALQ.

    • 08/1998

      Ensino, Engenharia Agronômica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, LZT635 - Estágio Supervisionado em Práticas Zootécnicas II, LZT 532 - Zootecnia II, LZT 547 - Planejamento de Sistemas de Produção de Ruminantes

    • 08/1998

      Ensino, Ciência Animal e Pastagens, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, LZT 5813 - Métodos Agronômicos de Avaliação de Pastagens

    • 03/1998

      Serviços técnicos especializados , Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia.,Serviço realizado, Treinamento de estagiários.

    • 03/1998

      Extensão universitária , Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia.,Atividade de extensão realizada, Atendimento a produtores, técnicos e comunidade.

    • 03/1998

      Treinamentos ministrados , Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia.,Treinamentos ministrados, Aulas em cursos de educação continuada e aperfeiçoamento no Centro de Treinamento de Recursos Humanos do Departamento de Zootecnia

    • 09/1995

      Pesquisa e desenvolvimento , Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Departamento de Zootecnia.,Linhas de pesquisa

    • 11/1999 - 04/2004

      Direção e administração, Revista Scientia Agricola, Revista Scientia Agricola.,Cargo ou função, Membro de Comissão Editorial.

  • 1994 - 1995

    University of Florida

    Vínculo: Contrato temporário, Enquadramento Funcional: Graduate Teaching Assistant, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Mantido pelo Institute of Food and Agricultural Sciences (IFAS)/College of Agriculture, University of Florida

  • 1992 - 1994

    University of Florida

    Vínculo: Pós-graduando, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPq, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 09/1994 - 08/1995

      Ensino, Engenharia Agronômica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, AGR 4231 Forage Science and Range Management

  • 1989 - 1992

    University of Georgia

    Vínculo: Pós-graduando, Enquadramento Funcional: Bolsista CNPq, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 1989 - 1989

    Secretaria de Agricultura e Abastecimento

    Vínculo: Contrato Prefeitura Municipal, Enquadramento Funcional: Chefe da Casa da Agricultura - Itupeva, Carga horária: 20

    Atividades

    • 03/1989 - 07/1989

      Serviços técnicos especializados , Coordenadoria de Assistência Técnica Integral, .,Serviço realizado, Assistência técnica a produtores rurais.

  • 2005 - Atual

    Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado (Livre-Docente), Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Aprovado em concurso de provas e títulos com obtenção do título de Livre-Docente em dezembro de 2004.

  • 1998 - 2005

    Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Docente em contrato de 03/1998 a 03/2000. Efetivado por concurso público a partir de 03/2000

  • 1995 - 1998

    Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

    Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pós-doutorando, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsista do Programa de Apoio a Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Processo FAPESP no. 95/08859-0

    Atividades

    • 03/1999

      Ensino, Engenharia Agronômica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, LZT 532 Zootecnia de Rumonantes, LZT 547 Planejamento de Sistemas de Produção de Ruminantes

    • 08/1998

      Ensino, Ciência Animal e Pastagens, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, LZT 5813 Métodos Agronômicos de Avaliação de Pastagens

  • 2004 - Atual

    Centro Latino Americano e do Caribe de Informaçãoem Ciências da Saúde

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

    Atividades

    • 03/2004

      Serviços técnicos especializados , Scielo Brasil, .,Serviço realizado, Avaliação de periódico para inclusão na base SciELO.

  • 2001 - Atual

    Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0

    Atividades

    • 07/2001

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Cnpq, Cnpq.,Cargo ou função, Consultor Ad-hoc.

  • 2004 - Atual

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Ad Hoc para avaliação de projetos, Carga horária: 0

    Atividades

    • 04/2004

      Serviços técnicos especializados , Sistema Embrapa de Gestão, .,Serviço realizado, Avaliação de projetos.

    • 04/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Sistema Embrapa de Gestão, .,Cargo ou função, Consultor Ad-hoc.

  • 1996 - 1998

    Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: , Carga horária: 0