Ismael Henrique da Silveira

Possui graduação em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal de Viçosa. Mestrado e doutorado em Saúde Coletiva, na área de concentração em Epidemiologia, pelo Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - IMS/UERJ. Tem interesse nos efeitos contextuais, do meio ambiente urbano e das mudanças climáticas na saúde pública. Além da utilização de métodos que envolvam sistemas de informações geográficas, geoprocessamento em saúde, análise espacial e análise de séries temporais.

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Saúde Coletiva

2015 - 2019

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: Efeitos da temperatura na mortalidade por doenças cardiovasculares e impactos futuros segundo cenários de mudanças climáticas no Brasil
Washington Leite Junger. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Mudança climática; Temperatura ambiente; Doenças cardiovasculares; Mortalidade; Estudos de séries temporais; epidemiologia ambiental. Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia ambiental.

Mestrado em Saúde Coletiva

2013 - 2015

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: Espaços verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares no município do Rio de Janeiro,Ano de Obtenção: 2015
Washington Leite Junger.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: espaços verdes; Doenças cardiovasculares; epidemiologia ambiental; estudos ecológicos.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.

Graduação em Engenharia Ambiental

2007 - 2012

Universidade Federal de Viçosa
Título: Estudo Espacial da Doença Diarreica Aguda no Município de Viçosa no Período de 2006 a 2011
Orientador: Paula Dias Bevilacqua
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem.

Francês

, Lê Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia ambiental.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Mudanças climáticas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SILVEIRA, I. H. . XI Seminário dos Estudantes do IMS ?Resistir em tempos de violações dos direitos: Saúde, Educação e Democracia?. 2017. (Outro).

SILVEIRA, I. H. . Minicursos: Missing Data e Rastreamento em Câncer. 2016. (Outro).

SILVEIRA, I. H. . X Seminário de Pesquisa do IMS/UERJ ?Recordar, narrar, agir: Encontros entre sujeitos e coletivos em formação?. 2015. (Outro).

SILVEIRA, I. H. . IX Seminário de Pesquisa do IMS/UERJ ?Por um Sistema Único e uma Saúde Coletiva: Reformas, Resistências e Revolução?. 2014. (Outro).

SILVEIRA, I. H. . I Fórum de Políticas de Combate às Opressões da UFV. 2012. (Outro).

SILVEIRA, I. H. ; MANCIO, A. B. . XIV Estágio Interdisciplinar de Vivência. 2011. (Outro).

SILVEIRA, I. H. . Troca de Saberes. 2010. (Outro).

SILVEIRA, I. H. . I Semana Acadêmica de Engenharia Ambiental. 2010. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

X Congresso Brasileiro de Epidemiologia. 2017. (Congresso).

27th Conference of the International Society for Environmental Epidemiology "Addressing Environmental Health Inequalities". Geocoding Health Events Using Google Maps. 2015. (Congresso).

XI Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. 2015. (Congresso).

IX Congresso Brasileiro de Epidemiologia. Distribuição espacial da mortalidade infantil no município do Rio de Janeiro e sua associação com as condições de vida da população. 2014. (Congresso).

8º Seminário de Pesquisa do IMS - Saúde Pra Quem?. 2013. (Seminário).

Simpósio de Integração Acadêmica.Agregando valor ao resíduo: uma alternativa para o gerenciamento ambiental no processo de pintura de móveis. 2011. (Simpósio).

VI Encontro Nacional e IV Encontro Latino-americano sobre Edificações e Comunidades Sustentáveis - ELECS.Aplicação de resíduo de tinta da linha de pintura de móveis na construção civil. 2011. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Sandra de Souza Hacon

JACOBSON, L.; GOUVEIA, N. C.; WERNECK, G. L.;JUNGER, W. L.Hacon, S.. Efeitos da temperatura na mortalidade por doenças cardiovasculares e impactos futuros segundo cenários de mudanças climáticas no Brasil.. 2019. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social / UERJ.

Gulnar Azevedo e Silva

Azevedo e Silva, Gulnar. Espaços verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares no município do Rio de Janeiro. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina Social / Uerj.

Gulnar Azevedo e Silva

PINHEIRO, S. L. L. A.;Azevedo e Silva, GulnarJUNGER, W.; WERNECK, G. L.. Efeitos da temperatura e do estresse térmico na mortalidade por doenças cardiovasculares: impactos atuais e futuros. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-graduação em Saúde Coletiva) - INSTITUTO DE MEDICINA SOCIAL.

Gulnar Azevedo e Silva

Azevedo e Silva, Gulnar. Efeitos da temperatura e do estresse térmico na mortalidade por doenças cardiovasculares: impactos atuais. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-graduação em Saúde Coletiva) - INSTITUTO DE MEDICINA SOCIAL.

Enirtes Caetano Prates Melo

MELO, E. C. P.; Silva, Gulnar Azevedo e; Werneck, G.V; JUNGER, W. L.. Espaços Verdes e Mortalidade por Doenças Cardiovasculares no Município do Rio de Janeiro. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Enirtes Caetano Prates Melo

MELO, E. C. P.; Werneck, G.V; JUNGER, W. L.. Espaços verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares do Rio de Janeiro. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Guilherme Loureiro Werneck

HACON, S. S.;Werneck, G.L.; JACOBSON, L. S. V.; JUNGER, W. L.; GOUVEIA, N. C.. Efeitos da temperatura na mortalidade por doenças cardiovasculares e impactos futuros segundo cenários de mudanças climáticas no Brasil. 2019. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Guilherme Loureiro Werneck

PINHEIRO, S. L. L. A.; SILVA, G. A.;GUILHERME LOUREIRO WERNECK; JUNGER, W. L.. Efeitos da temperatura e do estresse térmico na mortalidade por doenças cardiovasculares: impactos atuais e futuros. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Guilherme Loureiro Werneck

Werneck, Guilherme L.; JUNGER, WASHINGTON L; PRATES, E.C.. Espaços verdes e mortalide por doenças cardiovasculares no Rio de Janeiro. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Washington Leite Junger

Werneck, Guilherme Loureiro;Junger, Washington; Prates, E.C.. Espaços verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares do Rio de Jnaeiro. 2014.

Rose Ferraz Carmo

BEVILACQUA, P. D.;CARMO, R. F.; RIBEIRO, C. A. A. S.. Estudo espacial da doença diarreica aguda no município de Viçosa no período de 2006 a 2011. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Viçosa.

Carlos Antonio Alvares Soares Ribeiro

BEVILACQUA, P. D.;RIBEIRO, C. A. A. S.. Estudo espacial da doença diarreica aguda no município de Viçosa, no período de 2006 a 2011. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Viçosa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

RITA DE CÁSSIA SILVA SANT'ANA ALVARENGA

Agregando valor ao resíduo: uma alternativa para o gerenciamento ambiental no processo de pintura de móveis; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Viçosa; Orientador: Rita de Cassia Silva Sant'Ana Alvarenga;

Paula Dias Bevilacqua

Estudo espacial da doença diarreica aguda no muncípio de Viçosa no período de 2006 a 2011; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Viçosa; Orientador: Paula Dias Bevilacqua;

Washington Leite Junger

Espaços verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares no Rio de Janeiro; 2015; Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Washington Leite Junger;

Washington Leite Junger

Efeitos da temperatura na mortalidade por doenças cardiovasculares e impactos futuros segundo cenários de mudanças climáticas no Brasil; 2019; Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Washington Leite Junger;

Carlos Antonio Alvares Soares Ribeiro

Estudo espacial da doença diarreica aguda no município de Viçosa, no período de 2006 a 2011; ; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Viçosa; Orientador: Carlos Antonio Alvares Soares Ribeiro;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BARRETO, P. A. ; LOPES, C. S. ; SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. ; FAERSTEIN, E. . Morar perto de áreas verdes é benéfico para a saúde mental? Resultados do Estudo Pró-Saúde. REVISTA DE SAÚDE PÚBLICA (ONLINE) , v. 53, p. 75, 2019.

  • DA SILVEIRA, ISMAEL HENRIQUE ; de Oliveira, Beatriz Fátima Alves ; CORTES, TAÍSA RODRIGUES ; JUNGER, WASHINGTON LEITE . The effect of ambient temperature on cardiovascular mortality in 27 Brazilian cities. SCIENCE OF THE TOTAL ENVIRONMENT , v. 691, p. 996-1004, 2019.

  • SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. . Espaços verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares no município do Rio de Janeiro. REVISTA DE SAÚDE PÚBLICA (ONLINE) , v. 52, p. 49, 2018.

  • FAERSTEIN, EDUARDO ; DA SILVEIRA, ISMAEL HENRIQUE ; BOCLIN, KARINE DE LIMA SÍRIO ; CURIONI, CINTIA CHAVES ; CASTRO, INÊS RUGANI RIBEIRO DE ; JUNGER, WASHINGTON LEITE . Associations of neighborhood socioeconomic, natural and built environmental characteristics with a 13-year trajectory of non-work physical activity among civil servants in Rio de Janeiro, Brazil: The Pro-Saude Study. HEALTH & PLACE , v. 53, p. 110-116, 2018.

  • SILVEIRA, I. H. ; OLIVEIRA, B. F. A. ; JUNGER, W. L. . Utilização do Google Maps para o georreferenciamento de dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade no município do Rio de Janeiro, 2010-2012*. EPIDEMIOLOGIA E SERVICOS DE SAUDE , v. 26, p. 881-886, 2017.

  • de Souza Hacon, Sandra ; de Oliveira, Beatriz Fátima Alves ; SILVEIRA, ISMAEL . A Review of the Health Sector Impacts of 4 °C or more Temperature Rise. In: Carlos A Nobre; Jose A Marengo; Wagner R Soares. (Org.). Climate Change Risks in Brazil. 1ed.Cham, Switzerland: Springer International Publishing, 2019, v. , p. 67-129.

  • SILVEIRA, I. H. ; SILVA, L. C. S. ; FERREIRA, S. B. ; SANTOS, M. L. . A construção, o acontecimento e os resultados do I Fórum de Políticas de Combate às Opressões Machismo Racismo e Homofobia na Universidade Federal de Viçosa. In: III Seminário Internacional Enlaçando Sexualidades, 2013, Salvador. Anais III Seminário Enlaçando Sexualidades (2013). Salvador: EDUNEB, 2013.

  • OLIVEIRA, D. S. ; SILVEIRA, I. H. ; BAHIA, L. A. ; CUNHA, M. B. A. M. ; JUNGER, W. L. . Mortalidade infantil no município do Rio de Janeiro: distribuição espacial e associação com as condições de vida da população nos triênios de 2000-2002 e 2009-2011. In: 21º SINAPE - Simpósio Nacional de Probabilidade e Estatística, 2014, Natal, RN.. Anais do 21º SINAPE, 2014.

  • SILVEIRA, I. H. ; ALVARENGA, R. C. S. S. ; REZENDE, A. A. P. ; TORRES, R. R. . Estudo da viabilidade de aplicação de tinta reciclada do resíduo da linha de pintura de móveis como material da construção civil. In: 27º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2013, Goiania. Anais do 27º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2013.

  • SILVEIRA, I. H. ; Torres, R, R ; ALVARENGA, R. C. S. S. ; Ana Augusta Passos Rezende . Aplicação de resíduo de tinta da linha de pintura de móveis na construção civil. In: Encontro Latino Americano sobre Edificações e Comunidades Sustentáveis, 2011, Vitória. Anais do IV Encontro Latino Americano sobre Edificações e Comunidades Sustentáveis. Vitória: ANTAC, 2011.

  • BARRETO, P. A. ; SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. ; LOPES, C. S. ; FAERSTEIN, E. . Áreas verdes urbanas e transtornos mentais comuns: Estudo Pró-Saúde, Rio de Janeiro, Brasil. In: 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2018, Rio de Janeiro. Anais do Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva.. Campinas: GALOÁ, 2018.

  • OLIVEIRA, B. F. A. ; SILVEIRA, I. H. ; HORTA, M. A. P. ; FEITOSA, R. ; JUNGER, W. L. ; HACON, S. . Avaliação das condições de estresse térmico na bacia hidrográfica de São Francisco. In: 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2018, Rio de Janeiro. Anais do Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Campinas: GALOÁ, 2018.

  • SILVEIRA, I. H. ; CURIONI, C. C. ; BOCLIN, K. L. S. ; CANELLA, D. S. ; CASTRO, I. R. R. ; BEZERRA, F. F. ; FAERSTEIN, E. . Ambiente alimentar e consumo de frutas e verduras: Estudo Pró-Saúde, RJ-Brasil. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis-SC. Anais do X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017.

  • BOCLIN, K. L. S. ; SILVEIRA, I. H. ; CURIONI, C. C. ; CANELLA, D. S. ; CASTRO, I. R. R. ; BEZERRA, F. F. . Características de vizinhança e prática de atividade física de lazer: Estudo Pró-Saúde. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis-SC. Anais do X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017.

  • SILVEIRA, I. H. ; OLIVEIRA, B. F. A. ; HORTA, M. A. P. ; JUNGER, W. L. ; HACON, S. . Impactos futuros da temperatura na mortalidade por causas cardiorrespiratórias no Brasil. In: X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017, Florianópolis. Anais do X Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2017.

  • SILVEIRA, I. H. ; SÍVORI, Horacio Federico ; SILVA, M. B. B. E. ; CAETANO, Rosângela . A produção acadêmica discente de uma pós-graduação em saúde coletiva (1993-2013): mudanças e permanências. In: 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2015, Goiânia. Anais do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Saúde Coletiva, 2015.

  • SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. . Espaços verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares no município do Rio de Janeiro. In: 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, 2015, Goiânia. Anais do 11º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Saúde Coletiva, 2015.

  • SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. . Geocoding Health Events Using Google Maps. In: 27th Conference of the International Society for Environmental Epidemiology, 2015, São Paulo. Abstracts of the 2015 Conference of the International Society of Environmental Epidemiology (ISEE), 2015.

  • JUNGER, W. L. ; SILVEIRA, I. H. . Greenness, Socioeconomic Inequality, And Mortality In Rio De Janeiro. In: 27th Conference of the International Society for Environmental Epidemiology, 2015, São Paulo. Abstracts of the 2015 Conference of the International Society of Environmental Epidemiology (ISEE), 2015.

  • SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. . A relação entre espaços verdes e desfechos na saúde: uma revisão sistemática das evidências científicas. In: IX Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2014, Vitória. IX Congresso Brasileiro de Epidemiologia: as fronteiras da epidemiologia contemporânea: do conhecimento científico à ação. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2014. v. 01. p. 1172-1172.

  • SILVEIRA, I. H. ; OLIVEIRA, D. S. ; BAHIA, L. A. ; CUNHA, M. B. A. M. ; JUNGER, W. L. . Distribuição espacial da mortalidade infantil no município do Rio de Janeiro e sua associação com as condições de vida da população. In: IX Congresso Brasileiro de Epidemiologia, 2014, Vitória. IX Congresso Brasileiro de Epidemiologia: as fronteiras da epidemiologia contemporânea: do conhecimento científico à ação. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2014. v. 01. p. 1193-1193.

  • SILVA, L. C. S. ; SANTOS, M. L. ; FERREIRA, S. B. ; SILVEIRA, I. H. . Contornos de Atuação do Movimento LGBT: Primavera nos Dentes em Faces de Ações de Luta. In: Simpósio de Integração Acadêmica, 2012, Viçosa. Simpósio de Integração Acadêmica-SIA/UFV, 2012.

  • FERREIRA, S. B. ; SANTOS, M. L. ; SILVA, L. C. S. ; SILVEIRA, I. H. . I Fórum de Políticas de Combate às Opressões da UFV. In: Simpósio de Integração Acadêmica, 2012, Viçosa. Simpósio de Integração Acadêmica-SIA/UFV, 2012.

  • SILVEIRA, I. H. ; ALVARENGA, R. C. S. S. ; Ana Augusta Passos Rezende ; Torres, R, R . Agregando valor ao resíduo: uma alternativa para o gerenciamento ambiental no processo de pintura de móveis. In: Simpósio de Integração Acadêmica da UFV / SIA UFV 2011, 2011, Viçosa. Simpósio de Integração Acadêmica-SIA/UFV, 2011.

  • Torres, R, R ; Ana Augusta Passos Rezende ; SILVEIRA, I. H. ; Camisassa, M. M. S. . Análise do solvente recuperado na destilação do resíduo do processo de pintura de móveis. In: Simpósio de Integração Acadêmica, 2010, Viçosa. Simpósio de Integração Acadêmica-SIA/UFV, 2010.

  • REZENDE, E. H. ; SILVEIRA, I. H. ; TEIXEIRA, H. M. ; LADEIRA, C. G. P. ; MANCIO, A. B. . Estágio Interdisciplinar de Vivência. In: Simpósio de Integração Acadêmica da UFV / SIA UFV 2010, 2010, Viçosa. Simpósio de Integração Acadêmica-SIA/UFV, 2010.

  • OLIVEIRA, B. F. A. ; SILVEIRA, I. H. ; FEITOSA, R. ; HORTA, M. A. P. ; JUNGER, W. L. ; HACON, S. . Human heat stress risk prediction in the Brazilian semiarid Region based on the Wet-Bulb Globe Temperature. ANAIS DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS (ONLINE) , 2019.

  • SILVEIRA, I. H. . Efeitos da temperatura na mortalidade por doenças cardiovasculares e impactos futuros segundo cenários de mudanças climáticas no Brasil. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • OLIVEIRA, B. F. A. ; SILVEIRA, I. H. ; HORTA, M. A. P. ; FEITOSA, R. ; JUNGER, W. L. ; HACON, S. . Avaliação das condições de estresse térmico na bacia hidrográfica de São Francisco. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • BARRETO, P. A. ; SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. ; LOPES, C. S. ; FAERSTEIN, E. . Áreas verdes urbanas e transtornos mentais comuns: Estudo Pró-Saúde, Rio de Janeiro, Brasil. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVEIRA, I. H. ; OLIVEIRA, B. F. A. ; HORTA, M. A. P. ; JUNGER, W. L. ; HACON, S. . Impactos futuros da temperatura na mortalidade por causas cardiorrespiratórias no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVEIRA, I. H. ; CURIONI, C. C. ; BOCLIN, K. L. S. ; CANELLA, D. S. ; CASTRO, I. R. R. ; BEZERRA, F. F. ; FAERSTEIN, E. . Ambiente alimentar e consumo de frutas e verduras: Estudo Pró-Saúde, RJ-Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • BOCLIN, K. L. S. ; SILVEIRA, I. H. ; CURIONI, C. C. ; CANELLA, D. S. ; CASTRO, I. R. R. ; BEZERRA, F. F. ; FAERSTEIN, E. . Características de vizinhança e prática de atividade física de lazer: Estudo Pró-saúde. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. . Geocoding Health Events Using Google Maps. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • JUNGER, W. L. ; SILVEIRA, I. H. . Greenness, Socioeconomic Inequality, And Mortality In Rio De Janeiro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVEIRA, I. H. ; SÍVORI, Horacio Federico ; SILVA, M. B. B. E. ; CAETANO, Rosângela . A produção acadêmica discente de uma pós-graduação em saúde coletiva (1993-2013): mudanças e permanências. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. . Espaços verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares no município do Rio de Janeiro. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVEIRA, I. H. ; OLIVEIRA, D. S. ; BAHIA, L. A. ; CUNHA, M. B. A. M. ; JUNGER, W. L. . Distribuição espacial da mortalidade infantil no município do Rio de Janeiro e sua associação com as condições de vida da população. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SILVEIRA, I. H. ; JUNGER, W. L. . A relação entre espaços verdes e desfechos na saúde: uma revisão sistemática das evidências científicas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SILVEIRA, I. H. . Georreferenciamento dos endereços de participantes do Estudo ERICA. 2017.

SILVEIRA, I. H. . Atualização do material didático do módulo 'Gênero, sexualidades e desigualdades'. 2015. (Atualização de material didático).

SILVEIRA, I. H. . II Oficina de apresentação do Estágio Interdisciplinar de Vivência: Movimentos Socias. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SILVEIRA, I. H. . Oficina de Apresentação do XIV Estágio Interdisciplinar de Vivência - Integridade e Sustentabilidade Ecológica. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

SILVEIRA, I. H. . 'Estágio Interdisciplinas de Vivência' na programação do evento 'XIII Ciclo de Estudos Pedagógicos'. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Desigualdades Socioambientais, Estilo de Vida e Saúde Mental em Coorte de Adolescentes do ERICA, Descrição: O principal objetivo do presente projeto é, a partir de uma subamostra do ERICA, conduzir um estudo de coorte para avaliar a incidência de transtornos mentais comuns (TMC) e depressão, assim como o papel das desigualdades socioambientais (condição socioeconômica, características ambientais do entorno da residência e da escola, incluindo áreas verdes e desordem do espaço urbano) e da evolução de fatores de risco, tais como variáveis de estilo de vida e da trajetória de peso, na ocorrência de tais transtornos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ismael Henrique da Silveira - Integrante / Claudia de Souza Lopes - Coordenador / Katia Vergetti Bloch - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Determinantes Sociais & Biológicos da Obesidade - Estudo Pró-Saúde, Descrição: Descrição: Descrição: A pandemia de obesidade vem seguindo curso explosivo em número crescente de sociedades humanas, e já permite vislumbrar uma reversão das tendências declinantes das doenças cardiovasculares em vários países, inclusive no Brasil. Os mecanismos envolvidos mais diretamente, de modo proximal, no ganho excessivo de peso corporal relacionam-se ao desequilíbrio energético (ingestão excedendo gasto calórico). Até o momento, não foi possível identificar, na literatura, evidencias convincentes de resultados efetivos, em nível populacional, de ações de promoção à saúde que visem garantir balanço energético individual em padrões ideais. Um número crescente de pesquisadores considera que os padrões de dieta e atividade física ("the Big Two"), conforme tradicionalmente avaliados, são insuficientes para -- isoladamente -- explicar o rápido crescimento mundial da obesidade. Desde a década passada, esses mesmos fatores vêm sendo explorados sob óticas antes negligenciadas, como seus determinantes contextuais (e.g. características das áreas de moradia) dos padrões de dieta e atividade física ("ambientes obesogênicos"), e o papel do ultraprocessamento dos alimentos. O presente projeto visa contribuir em 2 vertentes adicionais: - a investigação de alguns "determinantes dos determinantes", ampliando o nicho de estudos sobre o ambiente construído (built environment), constructo multidimensional sobre o desenho e as condições contextuais urbanas que podem favorecer ou dificultar hábitos saudáveis. Essa vertente ainda é praticamente inexistente no Brasil - sendo provável que haja especificidades associadas a aspectos de nossa história e cultura. - a deficiência de vitamina D, cuja insuficiência vem sendo crescentemente investigada em relação a diversas condições, e.g. diabetes, tuberculose e outras. Há também evidências de uma associação inversa entre o estado de vitamina D e a obesidade, sendo controversa a direção (ou a bidirecionalidade) e os mecanismos biológicos envolvidos na associação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ismael Henrique da Silveira - Integrante / Eduardo Faerstein - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    Poluição atmosférica e asma: potenciais efeitos inflamatórios, genotóxicos e interação gene-ambiente, Descrição: Descrição: Descrição: Estudos têm mostrado que mesmo em níveis mais baixos que os recomendados pela Organização Mundial de Saúde a poluição atmosférica apresenta efeitos adversos à saúde de populações em grandes centros urbanos. Alguns subgrupos da população estão mais suscetíveis aos efeitos adversos dos poluentes, especialmente crianças, idosos, portadores de doenças como asma e DPOC. Indivíduos com traços genéticos específicos também podem ser mais suscetíveis aos efeitos da poluição do ar. Vários estudos buscavam estimar associações entre concentrações diárias de contaminantes com contagens diárias de eventos de saúde, indicadores da morbidade e mortalidade pouco sensíveis já que apenas uma pequena parcela da população é internada ou morre. Nas últimas décadas, vêm sendo propostos novos indicadores dos efeitos na saúde a fim de avaliar os efeitos subclínicas considerados mais sensíveis. O objetivo deste estudo é investigar os potenciais efeitos inflamatórios, genotóxicos e a interação gene-ambiente da poluição atmosférica em crianças e adolescentes asmáticos no município do Rio de Janeiro. Este estudo está estruturado como três subprojetos concorrentes: i) Desenvolvimento de metodologias alternativas para quantificar a exposição e, posteriormente avaliar o impacto dessa exposição em crianças asmáticas; ii) estimativa dos efeitos da poluição atmosférica em crianças e adolescentes asmáticos com idade entre 6 e 14 anos atendidas em Pólos de Asma do município; iii) acompanhamento longitudinal com medidas repetidas dos biomarcadores óxido nítrico (inflamação), de efeitos genotóxicos (danos de DNA) e de suscetibilidade genética (polimorfismos).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ismael Henrique da Silveira - Integrante / Washington Leite Junger - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    Saúde Ambiental em Espaços Urbanos (fase 2): poluição atmosférica, fatores climáticos e áreas verdes, Descrição: Descrição: O presente projeto visa contribuir para consolidar o conhecimento sobre os efeitos da poluição atmosférica na saúde das populações residentes em grandes centros urbanos, este projeto busca também estender a investigação para os efeitos que outros elementos do ambiente em centros urbanos podem exercer sobre a saúde, por exemplo, as altas temperaturas, e os benefícios de áreas verdes como parques e jardins. O objetivo geral deste projeto é desenvolver metodologias de quantificação da exposição e avaliar o impacto da poluição do ar na saúde da população da cidade do Rio de Janeiro. Os objetivos específicos são (i) quantificar por meios alternativos a exposição à poluição do ar no município do Rio de Janeiro; (ii) estimar a associação entre material particulado (PM10) e atendimentos de emergência por causas respiratórias em uma unidade sentinela da vigilância ambiental relacionada com a qualidade do ar (VIGIAR) na cidade do Rio de Janeiro; (iii) estimar a associação entre material particulado fino (PM2,5) e mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares na cidade do Rio de Janeiro; (iv) estimar a associação entre material particulado (PM10) e mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares em idosos e crianças considerando a distribuição espacial da situação socioeconômica tendo como unidade de análise setores censitários da cidade do Rio de Janeiro; (v) estimar a associação entre variações temperaturas e internações hospitalares por acometimentos cardiovasculares na cidade do Rio de Janeiro; e (vi) estimar a associação entre áreas verdes e mortalidade por doenças cardiovasculares, no município do Rio de Janeiro, através do ajuste de um modelo que considera aspectos sociodemográficos e ambientais. O presente projeto também visa fortalecer a cooperação internacional com o CREAL (Centre de Recerca em Epidemiologia Ambiental ? Barcelona, Espanha) com a participação de um pesquisador dessa instituição.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ismael Henrique da Silveira - Integrante / Washington Leite Junger - Coordenador.

  • 2013 - Atual

    Poluição do ar e efeitos na saúde em populações urbanas, métodos alternativos de quantificação da exposição e o papel da situação socioeconômica, Descrição: Descrição: Descrição: Os estudos epidemiológicos constituem uma das linhas de investigação empregadas para caracterizar os efeitos da poluição na saúde. Seus resultados podem descrever a relação entre a exposição e o evento de interesse e avaliar os efeitos em subgrupos específicos da população, por exemplo, pessoas idosas ou crianças. Recentemente, foi concluído o Projeto ESCALA (Estudios de Salud y Contaminación del Aire en Latinoamérica) financiado pelo Health Effects Institute, dos EUA, que investigou os efeitos da poluição atmosférica em nove cidades do México, do Chile e do Brasil. Um dos objetivos do Projeto ESCALA era investigar se a situação socioeconômica é um modificador do efeito da poluição do ar na saúde nas nove cidades integrantes do estudo. Esta dimensão do projeto impôs algumas dificuldades; sobretudo, a quantificação da exposição. Uma abordagem que implique menor erro de classificação da exposição demanda uma medida mais local e envolve modelos, já que apenas um número limitado de monitores estão instalados na cidade. Atualmente, devido a estas dificuldades, o papel da situação socioeconômica ainda é uma pergunta de investigação em aberto e com grande importância do ponto de vista da equidade em saúde. O objetivo geral deste projeto é desenvolver metodologias de quantificação da exposição e avaliar o impacto da poluição do ar na saúde da população da cidade do Rio de Janeiro. Os objetivos específicos são i) investigar formas alternativas de quantificação da exposição à poluição do ar no município do Rio de Janeiro; ii) investigar a associação entre material particulado (PM10) e atendimentos de emergência por causas respiratórias em uma unidade sentinela da vigilância ambiental relacionada com a qualidade do ar (VIGIAR) na cidade do Rio de Janeiro; iii) investigar a associação entre material particulado fino (PM2,5) e mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares na cidade do Rio de Janeiro; iv) investigar a associação entre material particulado (PM10) e mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares em idosos e crianças considerando a distribuição espacial da situação socioeconômica tendo como unidade de análise setores censitários da cidade do Rio de Janeiro. O presente projeto também visa fortalecer a cooperação internacional com o CREAL (Centre de Recerca em Epidemiologia Ambiental - Barcelona, Espanha) com a participação de um pesquisador dessa instituição.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ismael Henrique da Silveira - Integrante / Washington Leite Junger - Coordenador.

  • 2010 - 2012

    Agregando valor ao resíduo: uma alternativa para o gerenciamento ambiental no processo de pintura de móveis, Descrição: Descrição: Entre os principais resíduos sólidos gerados pela indústria moveleira encontram-se os resíduos de tinta impregnados com solvente da limpeza da linha de pintura de móveis. Estes resíduos são classificados, quanto à periculosidade, como resíduos classe I, perigosos e, portanto, necessitam de uma disposição final adequada. Nas indústrias de móveis de produção retilínea, o volume gerado destes resíduos é bem significativo, por ser a pintura o acabamento padrão. Estes resíduos são dispostos inadequadamente no meio ambiente de forma a causar impactos negativos nos recursos solo e água, ou queimados de forma inapropriada. Uma fonte considerável desses problemas encontra-se no município de Ubá, localizado no norte da Zona da Mata mineira, sede do principal pólo moveleiro de Minas Gerais. A proximidade da cidade de Viçosa com Ubá, 60km, a disponibilidade intelectual para pesquisas e a recente inauguração do Laboratório de Tratamento de Resíduos de Indústria Florestal, construído a partir de um projeto financiado pela FAPEMIG (Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais) e em cooperação com o INTERSIND (Sindicato Intermunicipal das Indústrias do Mobiliário de Ubá), permitem que um projeto-piloto de gerenciamento de resíduos seja feito junto ao Pólo Moveleiro de Ubá, com vistas ao reaproveitamento de resíduos da indústria moveleira. O maior desafio e objetivo é o reaproveitamento da borra de tinta e a conseqüente valorização de seus sub-produtos. O presente trabalho tem, portanto, como proposta desenvolver estudos que visem à recuperação do solvente dos resíduos gerados no processo de pintura de móveis com fins de subsidiar uma nova forma de gerenciamento ambiental dos resíduos na indústria moveleira e viabilizar a utilização dos subprodutos deste processo... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ismael Henrique da Silveira - Integrante / Ana Augusta Passos Rezende - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2011

13º PRÊMIO ABRAFATI PETROBRAS DE CIÊNCIA EM TINTAS (3° colocado), Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2013 - Atual

    Universidade do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2017 - 2018

    Centro Sul Brasileiro de Pesquisa Extensão e Pós-Graduação LTDA

    Vínculo: Professor contratado, Enquadramento Funcional: Docente em Pós-Graduação Lato Senso

    Outras informações:
    As disciplinas ministradas foram para o curso de pós-graduação lato senso em Saúde Pública com Ênfase em Estratégia de Saúde da Família.

    Atividades

    • 01/2017

      Ensino, Especialização em Saúde Pública com Ênfase em Saúde da Família, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Aula Inaugural , Epidemiologia aplicada a Saúde Pública, Vigilância Ambiental em Saúde

  • 2012 - 2012

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de extensão (PROEX), Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista do Programa de Extensão Universitária (PROEXT) do projeto Primavera nos Dentes que integrou o Programa Extensionista Observatório dos Movimentos Sociais, Edital Nº 04 PROEXT 2011 ? MEC/SESU.

  • 2010 - 2011

    Universidade Federal de Viçosa

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Tecnológica (PIBITI), Carga horária: 20

    Outras informações:
    Bolsista do Programa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação / Pibiti 2010-2011 do CNPq, pelo projeto "Agregando valor ao resídio: uma alternativa para o gerenciamento ambiental no processo de pintura de moveis".

  • 2018 - Atual

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor substituto, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Professor substituto no Instituto de Estudos em Saúde Coletiva, na área de Epidemiologia.

    Atividades

    • 08/2019

      Ensino, Saúde Coletiva, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Atividades Integradas em Saúde Coletiva VI, Atividades Integradas em Saúde Coletiva VIII, Vigilância Epidemiológica

    • 07/2019

      Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Internato integrado Medicina de Família e Comunidade, Saúde Mental e Saúde Coletiva

    • 02/2019 - 07/2019

      Ensino, Saúde Coletiva, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Atividades integradas em Saúde Coletiva V, Atividades integradas em Saúde Coletiva VII

    • 01/2019 - 06/2019

      Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Internato integrado Medicina de Família e Comunidade, Saúde Mental e Saúde Coletiva

    • 08/2018 - 12/2018

      Ensino, Saúde Coletiva, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Atividades integradas em saúde coletiva VI , Atividades integradas em saúde coletiva VIII, Vigilância Epidemiológica

    • 09/2018 - 09/2018

      Ensino, Enfermagem, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Seminários de Epidemiologia (Aula: Estudos de caso-controle e de coorte"