Ademir Anildo Dreger

Possui graduação em Química pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1983), graduação em Licenciatura em Ciências - 1º Grau pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1980). Mestrado em Tecnologia de Materiais e Processos Industriais pela Universidade Feevale (2012). Doutorando em Engenharia de Materiais no Laboratório de Polímeros - UFRGS(em curso 2016). Atualmente é professor - Faculdades Integradas de Taquara, FACCAT, no curso de Engenharia de Produção e Gestão da Qualidade. Consultor de empresas no NEPI-FACCAT na área de Produção mais Limpa em empresas da região, buscando a melhor relação desde a entrada de matérias primas a saída de produtos com o melhor aproveitamento dos recursos disponíveis, buscando o menor desperdício e o maior resultado para o negocio. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química, atuando principalmente nos seguintes áreas: Calçados e seus processos: corte, costura e montagem. Compostos de: PU, PVC, TR, TPU, EVA, Plásticos de Engenharia. Compósitos. Resíduos Industriais. Redução e Reaproveitamento de Matérias Primas em processo de descarte. Também atua na melhoria de processos de produção, melhoria na gestão do Negócio. Redução na geração de resíduos. Gestão inteligente do processo de desenvolvimento de produto, ecodesign, negociação de materiais e logística(interna e externa). Eficiência dos resultados. . Experiencia na aplicação da Ferramenta 4R.

Informações coletadas do Lattes em 25/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais

2015 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Título: Influencia de Óleos Plastificantes de Fonte Renovável em Compostos de PVC Reciclado para Setor Calçadista,
Orientador: Ruth Marlene Campomanes Santana
Palavras-chave: Laminados de PVC; Calçados; Compósitos de PVC.Grande área: EngenhariasSetores de atividade: Coleta, tratamento e disposição de resíduos; recuperação de materiais.

Mestrado em Tecnologia de Materiais e Processos Industriais

2010 - 2012

Universidade Feevale
Título: Incorporação de Laminado de PVC Moído Integral em Solados,Ano de Obtenção: 2012
Fernando Dal Pont Morisso.Setores de atividade: Fabricação de produtos de borracha e de material plástico.

Graduação em Química

1978 - 1983

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Título: Não constava no curso
Orientador: Não constava no curso

Graduação em Licenciatura em Ciências - 1º Grau

1978 - 1980

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Metologia e Utilização de Sofware de Produção Mais Limpa. (Carga horária: 16h). , SENAI - Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/DR/RS, Brasil.

2016 - 2016

Curso de Eficiencia Energetica. (Carga horária: 3h). , Faculdades Integradas de Taquara, FACCAT, Brasil.

2015 - 2015

Metologia e Utilização de Sofware de Produção Mais Limpa. (Carga horária: 16h). , SENAI - Departamento Regional do Rio Grande do Sul, SENAI/DR/RS, Brasil.

1987 - 1987

Acabamento em Calçados, Processos e Controle. (Carga horária: 27h). , Centro Tecnológico do Couro, Calçados e Afins, CTCCA, Brasil.

1986 - 1986

Incremento da Estratégia Competitiva. (Carga horária: 16h). , Sinergia - RS, WB, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Química.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

FIMEC. 2017. (Feira).

10 Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental.O Case Magni e Rosa. 2016. (Simpósio).

Curso de Eficiência Energetica.O aproveitamento da energia nas empresas. 2016. (Outra).

Encontro do Fórum Estadual de Secretarios e Dirigentes Municipais de Desenvolvimento do Rios Grande do Sul. 2016. (Encontro).

XIV Mostra de Iniciação Científica e VI Salão de Extensão, Pós-Graduação e Pesquisa.Vantagens na Aplicação da Tecnologia do Código de Barras: Um Estudo de Caso em Uma Empresa do Ramo Comercial. 2016. (Seminário).

XIV Mostra de Iniciação Científica e VI Salão de Extensão, Pós-Graduação e Pesquisa.Influência do clima no comércio varejista de vestuário: estudo de caso. 2016. (Seminário).

FIMEC. 2015. (Feira).

XIII Mostra de Iniciação Cientifica/ V Salão de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação.Processo de Destilação dos Solventes MEK E DMF para Reutilização do Produto. 2015. (Seminário).

XIII Mostra de Iniciação Cientifica/ V Salão de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação.Melhoria no Desenvolvimento de Produto: uma Aplicação da Ferramenta FMEA. 2015. (Seminário).

XIII Mostra de Iniciação Cientifica/ V Salão de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação.Analise da Melhoria nos Resultados de Vendas Através do Uso da Ferramenta Padrão de Atendimento ao Cliente(PAC). 2015. (Seminário).

FIMEC. 2014. (Feira).

IX Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental.Solados de Resíduos de Calçado de Laminados de PVC: Propriedades Mecânicas e Morfológicas. 2014. (Simpósio).

IX Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental.Incorporação de Resíduos de Laminados Sintéticos em Compósitos de PVC. 2014. (Simpósio).

SICC. 2014. (Feira).

Fimec. 2013. (Feira).

Formação Continuada de Docentes - Faccat.Formação Continuada de Docentes. 2013. (Outra).

Seminario de resíduos solidos da industria calçadista.Os resíduos solidos da industria calçadista. 2013. (Seminário).

Zeroº-Feira de Calçados e Acessórios. 2013. (Feira).

111th Canton fair. 2012. (Feira).

Couromoda. 2011. (Outra).

Fimec. 2011. (Outra).

Couromoda. 2010. (Outra).

Fimec. 2010. (Outra).

II Seminário de Materiais.A Pesquisa e o Desenvolvimento de Novos Materiais para a Produção de Calçados Esportivos. 2010. (Seminário).

Treinamento de Coloração e Aditivação - Masterbatches. 2010. (Outra).

Brasil Plast. 2009. (Outra).

Couromoda. 2009. (Outra).

Fimec. 2009. (Outra).

Francal. 2009. (Outra).

Fimec. 2008. (Outra).

Interplast. 2008. (Congresso).

Salão Internacional do Couro e do Calçado. 2008. (Outra).

Brasil Plast. 2007. (Outra).

Fimec. 2007. (Outra).

Fenafic. 2006. (Outra).

Brasil Plast. 2005. (Outra).

Fimec. 2005. (Outra).

International Trade Mart Centro Têxtil. 2005. (Outra).

X Seminário de Atualidades Tecnologicas.As novidades da tecnologia. 2005. (Seminário).

Fimec. 2004. (Outra).

Lineapelle. 2004. (Feira).

Lineapelle. 2004. (Outra).

Seminário de Apresentação da Linha de Produtos da Rohm and Haas Aplicáveis à Indústria de Calçados. 2004. (Seminário).

Courovisão. 2003. (Outra).

Courovisão. 2002. (Outra).

Fimec. 2002. (Outra).

3º Salão da Logística. 2001. (Outra).

Courovisão. 2001. (Outra).

Courovisão. 2001. (Outra).

Fimec. 2001. (Outra).

Francal. 2001. (Outra).

Logismat-Sul. 2001. (Outra).

Seminário Supply Chain Management - Uma Revolução na Gestão de Negócios. 2001. (Seminário).

APLF. 2000. (Outra).

Fimec. 2000. (Outra).

Francal. 2000. (Outra).

Lineapelle. 2000. (Outra).

Brasil Plast. 1999. (Outra).

Fimec. 1999. (Outra).

APLF. 1998. (Outra).

Seminário Internacional ´New Negotiation Strategies. 1997. (Seminário).

III Congresso Brasileiro de Tecnologia do Calçados. 1988. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Maico Ismael Klein

BARBOSA, L. A.;DREGER, A. A.. REDUÇÃO DAS RECLAMAÇÕES DE CLIENTE COM USO DA FERRAMENTA A3 NO SETOR DE ESTOQUE DE UMA INDÚSTRIA METAL MECÂNICA. 2016.

Aluno: Érica Rosana Silveira Peixoto

DREGER, A. A.; SILVA, R. I.; SOUZA, J.; ROSA, F. L.. Proposta e aplicação de um modelo integrado a partir da utilização de FMEA e 8D. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Rodrigo Martins

DREGER, A. A.; SILVA, R. I.; SPORKET, F.; ROSA, J. A.. Aplicação da tecnica SMED para elevação da eficiência em ativos de capital em uma empresa cervejeira. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Camila Boava dos Saantos

DREGER, A. A.; GABRIEL, U.; ATHANASIO, B. B. M.. A Implementação da Norma ABNT NBRISO9001 e as Contribuições para a Satisfação do Cliente: estudo de Caso na Metalúrgica Açoreal LTDA no município de Campo BomRS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Andressa de Paula Machado

DREGER, A. A.; NIKOLAY, S.. Estrategias de Analise e concessão de credito utilizadas por empresas Industriais Calçadistas: o caso do Vale do Paranhana/RS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Cicero Miguel Arnhold

TANURE, S.;DREGER, A. A.; PIRES, F. L. R. S.. A destinação de residuos solidos e a sustentabilidade do negocio: um estudo de caso de uma empresa de transporte terrestre. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Edimar Fernando Casagrande

BUGS, J. C.;DREGER, A. A.; BISCHOFF, L. M.. O uso do WMS na gestão de estoques: O caso Paraboni MultiferramentasInd e Com Ltda. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Fabiano Barbieri

DREGER, A. A.; BARBOSA, L. A.; MENGDEN, P. R. A. V.. Atividades Inovativas na Industria Moveleira do Vale do Paranhana. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Jean Pierre Ludwig

DREGER, A. A.; PACHECO, D. A. J.; BARBOSA, L. A.. MODELO INTEGRADO DE MELHORIA DA QUALIDADE PARA INDÚSTRIAS DE MÓVEIS SOB ENCOMENDA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Renata Tondin

DREGER, A. A.; BARBOSA, L. A.; SILVA, R. I.. MELHORIA NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO: UMA APLICAÇÃO DA FERRAMENTA FMEA. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Cassio Parissot

DREGER, A. A.. Método SMED: Estudo de Caso, Analise Critica e Aperfeiçoamento. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Doglas Dalarosa Misturini

DREGER, A. A.. Redução do Impacto Ambiental: Uma Abordagem no Setor de Modelagem em uma Empresa Calçadista. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Gabriel Eduardo Galle

DREGER, A. A.. Analise das 7 Perdas no Processo, Baseadas em Conceito de Produção Enxuta, no Envasamento de Cervejas em uma Empresa da Região Sul do Brasil. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Nadir Fatima Kalschne

DREGER, A. A.. Modelo para avaliação de programas municipais de incentivos fiscais. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: MAIQUEL SANMARTIN CREMONESE

DREGER, A. A.. Implicações das práticas de padronização e gestão à vista em processos industriais. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Carlos Rafael Breyer

DREGER, A. A.. Analise Logística da Empresa Energia S.A.. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Dilvano Moura de Oliveira

DREGER, A. A.. Desenvolvimento de Materiais: Uma Atividade de Compras Estratégica Proativa na Industria Calçadista - Estudo de Caso. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdades Integradas de Taquara.

Aluno: Fabiano Magnus

DREGER, A. A.. Empresa e Forncedor: Vantagem Competitiva a Partir de Fornecedores no Setor Calçadista. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Administração) - Faculdades Integradas de Taquara.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ricardo Martins de Martins

Brandalise, R. N.; Jahno, V. D.;MARTINS, R. M.. Incorporação de laminado de PVC moído integral em solados. 2012. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Materiais e Processos Industriais) - Universidade Feevale.

Vanusca Dalosto Jahno

Martins, Ricardo Martins de;Morisso, Fernando Dal Pont; Brandalise, R.N.;JAHNO, V. D.. Incorporação de laminado de PVC moído integral em solados. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Tecnologia de Materiais e Processos In) - Universidade Feevale.

Vanusca Dalosto Jahno

Kreutz, Olyr Celestino;Morisso, Fernando Dal PontJAHNO, V. D.. Recuperação e reutilização de laminados sintéticos em compostos de PVC. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Tecnologia de Materiais e Processos In) - Universidade Feevale.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Renata Tondin

MELHORIA NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO: UMA APLICAÇÃO DA FERRAMENTA FMEA; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia de Produção) - Faculdades Integradas de Taquara; Orientador: Ademir Anildo Dreger;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • TONDIN, R. ; DREGER, A. A. ; BARBOSA, L. A. . Melhoria no desenvolvimento de produto: uma aplicação da ferramenta FMEA. ESPACIOS (CARACAS) , v. 38, p. 18, 2017.

  • BARBOSA, L. A. ; DREGER, A. A. ; SCHNEIDER, E. L. ; Fernando Dal Pont Morisso ; Ruth Marlene Campomanes Santana . Polietileno de baixa densidade - PEBD: mercado, produção, principais propriedades e aplicações. ESPACIOS (CARACAS) , v. 38, p. 10, 2017.

  • BARBOSA, L. A. ; DREGER, A. A. ; SCHNEIDER, E. L. ; Fernando Dal Pont Morisso ; Ruth Marlene Campomanes Santana . Gerenciamento de resíduos em uma planta petroquímica, produtora de termoplásticos. Espacios (Caracas) , v. 37, p. 10, 2016.

  • BARBOSA, L. A. ; DREGER, A. A. ; SCHNEIDER, E. L. ; Fernando Dal Pont Morisso ; GASKO, A. ; Ruth Marlene Campomanes Santana . Fluid Dynamics Simulation of Two-Phase Flow in a Separator Vessel through CFD. The International Journal Of Engineering And Science (IJES) , v. 5, p. 30-37, 2016.

  • LUDWIG, J. P. ; FAIZ, E. B. ; SCHEIFLER, T. ; DREGER, A. A. . Aplicação da metodologia just in time para a redução de estoques em uma indústria do ramo moveleiro. JOURNAL OF LEAN SYSTEMS, , v. 1, p. 25, 2016.

  • TONDIN, R. ; DREGER, A. A. . Melhoria no Desenvolvimento de Produto: uma Aplicação da Ferramenta FMEA. Revista Universo Acadêmico , v. 9, p. 153-174, 2016.

  • SCHEIFLER, T. ; FAIZ, E. B. ; LUDWIG, J. P. ; DREGER, A. A. . Automação como meio para aumento de produtividade e competitividade ? Estudo de caso. Espacios (Caracas) , v. 37, p. 18, 2016.

  • BARBOSA, L. A. ; DREGER, A. A. ; MARON, G. M. ; Ruth Marlene Campomanes Santana . Metodologia DMAIC aplicada à solução de problemas em uma planta petroquímica. Espacios (Caracas) , v. 36, p. 1-15, 2015.

  • DREGER, A. A. ; BARBOSA, L. A. ; SCHNEIDER, E. L. ; KREUTZ, O. C. ; Fernando Dal Pont Morisso . Incorporação de Laminado de PVC Moído em Compósitos de PVC com Possível Aplicação em Solados. In: Ana Carolina Kayser, Marco Antonio Siqueira Rodrigues e Valdir Pedde. (Org.). Materiais e Processos. 1ed.Porto Alegre: Evergraf, 2016, v. 1, p. 125-147.

  • DREGER, A. A. . Uma trajetória de trabalho e garra. Matéria-Prima, Porto Alegre, 16 jan. 2001.

  • SCHOENARDIE, K. ; WILBORN, F. ; DREGER, A. A. ; BARBOSA, L. A. . O Uso da Ferramenta QFD para Identificar Pontos de Melhoria no Produto. In: 13 Simpósio de Engenharia de Produção, 2016, Bauru - SP. O Uso da Ferramenta QFD para Identificar Pontos de Melhoria no Produto. Bauru: UNESP, 2016.

  • VOLTZ, E. ; PETERS, C. M. ; DREGER, A. A. ; MATTE JUNIOR, A. A. ; RODRIGUES, B. B. . Estudo Comparativo entre Arranjo Fisico Linear e Arranjo Fisico Celular. In: ENEGEP - 2015, 2015. Anais Eletrônicos da Associação Brasileira de Engenharia de Produção, 2015. v. 1. p. 1.

  • LUDWIG, J. P. ; FAIZ, E. B. ; SCHEIFLER, T. ; DREGER, A. A. . Aplicação da Metodologia Just in Time para a Redução de Estoques em uma Industria do Ramo Moveleiro. In: V Congresso de Sistemas LEAN, 2015, Florianopolis. Aplicação da Metodologia Just in Time para a Redução de Estoques em uma Industria do Ramo Moveleiro, 2015. v. 1. p. 200-213.

  • BARBOSA, L. A. ; DREGER, A. A. ; MARON, G. M. ; Ruth Marlene Campomanes Santana . INFLUENCIA DE LA TEMPERATURA DE LA REACCIÓN EN LA GENERACIÓN DE LOS GELES, DURANTE LA PRODUCCIÓN DE EVA EN REACTOR TUBULAR. In: XI Simposio Argentino de Polímeros - SAP 2015, 2015, Santa Fé - Argentina. INFLUENCIA DE LA TEMPERATURA DE LA REACCIÓN EN LA GENERACIÓN DE LOS GELES, DURANTE LA PRODUCCIÓN DE EVA EN REACTOR TUBULAR L, 2015. v. 1. p. 192-197.

  • DREGER, A. A. ; BARBOSA, L. A. ; MARON, G. M. ; Ruth Marlene Campomanes Santana . EVALUACIÓN DEL DESEMPEÑO MECÁNICO DE COMPUESTOS DE PVC RECICLADO DESPUÉS DE INTEMPERISMO NATURAL. In: XI Simposio Argentino de Polímeros - SAP 2015, 2015, Santa Fé - Argentina. EVALUACIÓN DEL DESEMPEÑO MECÁNICO DE COMPUESTOS DE PVC RECICLADO DESPUÉS DE INTEMPERISMO NATURAL, 2015. v. 1. p. 736-740.

  • SCHEIFLER, T. ; FAIZ, E. B. ; LUDWIG, J. P. ; DREGER, A. A. . Automação como meio para Aumento de Produtividade e Competitividade na produção de Talheres - Estudo de Caso. In: XV SEPROSUL, 2015, Sorocaba - SP. XV Simpósio de Engenharia de Produção Sul-Americano, 2015. v. 1. p. 30.

  • DREGER, A. A. ; Ruth Marlene Campomanes Santana ; Fernando Dal Pont Morisso . Solados de Resíduos de Calçado de Laminados de PVC: Propriedades Mecnicas e Morfológicas. In: IX Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2014, Porto Alegre - RS - Brasil. Solados de Resíduos de Calçado de Laminados de PVC: Propriedades Mecnicas e Morfológicas, 2014. v. 01. p. 01-09.

  • DREGER, A. A. ; Ruth Marlene Campomanes Santana ; Fernando Dal Pont Morisso . Incorporação de Resíduos de Laminados Sintéticos em Compósitos de PVC. In: IX Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental, 2014, Porto Alegre - RS - Brasil. Incorporação de Resíduos de Laminados Sintéticos em Compósitos de PVC, 2014. v. 01. p. 01-09.

  • DREGER, A. A. ; Ruth Marlene Campomanes Santana ; Fernando Dal Pont Morisso . Influência do teor de resíduos de laminado de calçado nas propriedades físicas de compósitos de pvc. In: Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2014, Cuiabá. Influência do teor de resíduos de laminado de calçado nas propriedades físicas de compósitos de pvc, 2014. v. 01. p. 01-08.

  • DREGER, A. A. ; Ruth Marlene Campomanes Santana ; Fernando Dal Pont Morisso . Avaliação da adesão de fibras sintéticas provenientes de resíduos de laminado de calçado de compósitos de PVC. In: Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciência dos Materiais, 2014, Cuiabá. Avaliação da adesão de fibras sintéticas provenientes de resíduos de laminado de calçado de compósitos de PVC, 2014. v. 01. p. 01-09.

  • DREGER, A. A. ; BARBOSA, L. A. ; Fernando Dal Pont Morisso ; SCHNEIDER, E. L. ; Ruth Marlene Campomanes Santana . PERFORMANCE ASSESSMENT OF PVC COMPOSITE MECHANICAL RECYCLED AFTER NATURAL AGING. In: 3 Brazilian Conference on Composite Materials BCCM3, 2016, Gramado -RS. PO30 PERFORMANCE ASSESSMENT OF PVC COMPOSITE MECHANICAL RECYCLED AFTER NATURAL AGING, 2016.

  • DREGER, A. A. ; ROSA, F. L. ; NIKOLAY, R. . O Case da Magni e Rosa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • DREGER, A. A. ; Ruth Marlene Campomanes Santana ; Fernando Dal Pont Morisso . Solados de Resíduos de Calçados de Laminados de PVC: Propriedades Mecânicas e Morfológicas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • DREGER, A. A. . A pesquisa e o desenvolvimento de novos materiais para a produção de calçados esportivos. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

DREGER, A. A. ; CARUSO, L. A. C. ; PIO, M. J. ; CARLONI, A. ; SIRIBELI, A. ; GOMES, C. R. ; SOUZA, J. L. ; FALEIROS, L. ; ROBINSON, L. C. ; GARCIA, R. ; SILVA, R. ; COSTA, A. B. ; SCOLARI, B. D. ; TIGRE, P. . Recomendações - Setor de Calçados Serie Antena Temática n.7 SENAI. 2007.

DREGER, A. A. ; CARUSO, L. A. C. ; PIO, M. J. ; CARLONI, A. ; SIRIBELI, A. ; GOMES, C. R. ; SOUZA, J. L. ; FALEIROS, L. ; ROBINSON, L. C. ; GARCIA, R. ; SILVA, R. ; COSTA, A. B. ; SCOLARI, B. D. ; TIGRE, P. . Tendências para o Setor de Calçados - Serie Difusão Tecnológica e Organizacional - n.3 SENAI. 2007.

DREGER, A. A. . Curso Novos Materiais, Tecnologias e Aplicações para o Setor Calçadista. 2016. .

DREGER, A. A. . Curso Novos Materiais, Tecnologias e Aplicações para o Setor Calçadista. 2016. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2010 - 2011

    Azaléia Inovação Tecnológica III, Descrição: Além de calçados a Azaléia produz insumos de alta tecnologia, tais como: solados em borracha Poliuretano, EVA, PVC, TR e ABS), enfeites galvanizados, adesivos, tintas e couro, até a fase semi-acabado, maqueteria e matrizaria, e embalagens de diversos tipos. O projeto tem como objetivo desenvolver produtos e sistemas inovadores, superando as necessidades do mercado e estabelecendo um diferencial criativo e competitivo em relação aos concorrentes, tanto no mercado interno, quanto no exterior. São previstos sub-projetos para desenvolvimento de componentes para calçados, tendo como materiais: poliuretano, borracha, EVA, borracha termoplástica (TR), policloreto de vinila (PVC) e compostos termoplásticos. Serão também desenvolvidos outros componentes como tintas, adesivos e sistemas gavanoplásticos. A empresa lança anualmente mais de 100 (cem) coleções de calçados, o envolve uma grande equipe de técnicos altamente qualificados para desenvolver componentes, ferramentaria e todos os processos de fabricação e montagem. Cada coleção depois de desenvolvida na área de componentes e tecnologia é distribuída por uma ou mais unidades de produção, entre as 36 que se compõe o grupo, situadas no estado do Rio Grande do Sul, Sergipe e Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ademir Anildo Dreger - Coordenador.

  • 2008 - 2009

    Azaléia Inovação Tecnológica II, Descrição: Além de calçados a Azaléia produz insumos de alta tecnologia, tais como: solados em borracha Poliuretano, EVA, PVC, TR e ABS), enfeites galvanizados, adesivos, tintas e couro, até a fase semi-acabado, maqueteria e matrizaria, e embalagens de diversos tipos. O projeto tem como objetivo desenvolver produtos e sistemas inovadores, superando as necessidades do mercado e estabelecendo um diferencial criativo e competitivo em relação aos concorrentes, tanto no mercado interno, quanto no exterior. São previstos sub-projetos para desenvolvimento de componentes para calçados, tendo como materiais: poliuretano, borracha, EVA, borracha termoplástica (TR), policloreto de vinila (PVC) e compostos termoplásticos. Serão também desenvolvidos outros componentes como tintas, adesivos e sistemas gavanoplásticos. A empresa lança anualmente mais de 100 (cem) coleções de calçados, o envolve uma grande equipe de técnicos altamente qualificados para desenvolver componentes, ferramentaria e todos os processos de fabricação e montagem. Cada coleção depois de desenvolvida na área de componentes e tecnologia é distribuída por uma ou mais unidades de produção, entre as 36 que se compõe o grupo, situadas no estado do Rio Grande do Sul, Sergipe e Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ademir Anildo Dreger - Coordenador.

  • 2006 - 2008

    Azaléia Inovação Tecnológica, Descrição: Além de calçados a Azaléia produz insumos de alta tecnologia, tais como: solados em borracha Poliuretano, EVA, PVC, TR e ABS), enfeites galvanizados, adesivos, tintas e couro, até a fase semi-acabado, maqueteria e matrizaria, e embalagens de diversos tipos. O projeto tem como objetivo desenvolver produtos e sistemas inovadores, superando as necessidades do mercado e estabelecendo um diferencial criativo e competitivo em relação aos concorrentes, tanto no mercado interno, quanto no exterior. São previstos sub-projetos para desenvolvimento de componentes para calçados, tendo como materiais: poliuretano, borracha, EVA, borracha termoplástica (TR), policloreto de vinila (PVC) e compostos termoplásticos. Serão também desenvolvidos outros componentes como tintas, adesivos e sistemas gavanoplásticos. A empresa lança anualmente mais de 100 (cem) coleções de calçados, o envolve uma grande equipe de técnicos altamente qualificados para desenvolver componentes, ferramentaria e todos os processos de fabricação e montagem. Cada coleção depois de desenvolvida na área de componentes e tecnologia é distribuída por uma ou mais unidades de produção, entre as 36 que se compõe o grupo, situadas no estado do Rio Grande do Sul, Sergipe e Bahia.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ademir Anildo Dreger - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2015

Professor Homenageado, Faculdades Integradas de Taquara.

2014

Gestão Integrada do Ambiente, Associação Brasileira de Engenharia Sanitária - IX Simpósio Internacional de Qualidade Ambiental.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2015 - Atual

Fundação Educacional Encosta Inferior do Nordeste

Vínculo: Extensionista, Enquadramento Funcional: Contratado, Carga horária: 30

Outras informações:
Extensionista no Projeto FEEIN-FACCAT junto ao Núcleo de Extensão a Pesquisa e Inovação em conjunto com a Agencia de Gaucha de Desenvolvimento e Inovação, que atende empresas de pequeno e médio porte no Vale do Paranhana, Serra e Litoral. Atualmente atende 21 empresas na área de Produção mais Limpa, buscando a melhor utilização dos recursos (mão de obra, matéria prima, energia e produto) na empresa para a melhoria na qualidade do processo produtivo e no produto final, com a menor geração de descarte de resíduos e de produtos com defeitos e ainda melhorando os resultados das empresas.

2013 - Atual

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
Professor docente no curso de graduação em Engenharia de Produção e Tecnólogo em Gestão da Qualidade. Também atendeu aos cursos de Psicologia e Sistemas de Informação na disciplina de Metologia Cientifica e Tecnológica

2017 - 2017

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12

Outras informações:
2017- 1 GERÊNCIA DE SERVIÇOS - Conceitos de serviços. Estratégias para gerenciamento de serviços: clientes, necessidades, expectativas; Qualidade em serviços, desdobramento da qualidade. A qualidade de vida no trabalho (QVT). Os serviços nas empresas. A linha de produção e o cliente interno. O cliente externo e a sua importância para a sobrevivência do seu negócio. 2017-1 - GESTÃO DE MATERIAIS - O conceito de empresa, natureza, matéria-prima e finanças. Distribuição, armazenagem, suprimento e transporte de matérias primas e produtos, a logística interna e externa. Modelos de distribuição; Redes de distribuição; Gestão de compras, sistemas de compras, LEC, o ponto do pedido, estoque mínimo, estoques úteis e obsoletos; Gestão de estoques; Fluxos logísticos. A logística reversa na empresa e nos produtos fabricados. 2017-1 - QUÍMICA I - Estrutura da matéria, Unidades estruturais da matéria. Modelos atômicos. Organização da tabela periódica. Propriedades periódicas e aperiódicas. Fenômenos físicos e químicos. Ligações Químicas, Tipos de ligações e ocorrência. Interações intermoleculares. Geometria molecular. Reações químicas. Cálculos estequiométricos. Funções Inorgânicas: Identificação de ácidos, bases, sais e óxidos. Nomenclatura de compostos inorgânicos. Reações e aplicações dos compostos inorgânicos. Soluções, Conceito e classificações. Cálculos de concentrações.

2016 - 2016

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
2016-1 - GERÊNCIA DE SERVIÇOS - Conceitos de serviços; Estratégias para gerenciamento de serviços: clientes, necessidades, expectativas; Qualidade em serviços, desdobramento da qualidade. A qualidade de vida no trabalho (QVT). Os serviços nas empresas. A linha de produção e o cliente interno. O cliente externo e a sua importância para a sobrevivência do seu negócio. 2016-1 - METOLOGIA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - Introdução a metologia cientifica. A metologia na Engenharia e suas aplicações. A importância das ferramentas da qualidade na aplicação da metologia. O que é metologia nas empresas, o dente de serra. O conhecimento cientifico, sistêmico e as formas de pensar. A aplicação e as diferenças entre técnica, ciência e tecnologia na experiência e pela visão da engenharia. A importância destes fatores na empresa. Como criar hipóteses, formatar teorias, através do modelo pratico alinhado as teorias. As constantes e variáveis nas empresas e na ciência, modelo cientifico. A inovação. Aplicação do método cientifico em todas as suas etapas.

2016 - 2016

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pofessor, Carga horária: 12

Outras informações:
2016-2 - PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS -PDP -- O que é produto, desenvolvimento de produto em empresas; Etapas detalhadas seguindo o cronograma do desenvolvimento de produto. A importância do PDP nas empresas. Planejamento Estratégico de Produto.Planejamento do Produto. Riscos do projeto de produto. Projeto Informacional. Projeto conceitual. Projeto detalhado. Preparação para a produção. O lançamento do produto no mercado. Acompanhar o produto na produção e o processo de aceitação e venda no mercado. Descontinuar o produto. O ciclo de vida e todos os seus detalhes segundo Rozenfield. 2016 -2 METOLOGIA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA - Introdução a metologia cientifica. A metologia na Engenharia e suas aplicações. A importância das ferramentas da qualidade na aplicação da metologia. O que é metologia nas empresas, o dente de serra. O conhecimento cientifico, sistêmico e as formas de pensar. A aplicação e as diferenças entre técnica, ciência e tecnologia na experiência e pela visão da engenharia. A importância destes fatores na empresa. Como criar hipóteses, formatar teorias, através do modelo pratico alinhado as teorias. As constantes e variáveis nas empresas e na ciência, modelo cientifico. A inovação. Aplicação do método cientifico em todas as suas etapas. 2106-2 - PLANEJAMENTO EMPRESARIAL- - Noções de planejamento empresarial; Estratégia. Planejamento Estratégico. Ferramentas de apoio e suporte; Estudos de mercado; Fatores chave e processo decisório. Aplicação do SWOT, Aplicação de ferramentas em casos reais. Disposição física de equipamentos em empresas, Layout. O Fluxo de caixa nas empresas. Analise financeira e de resultado no negócio.

2015 - 2015

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
2015-1 - GESTÃO DE MATERIAIS - O conceito de empresa, natureza, matéria-prima e finanças. Distribuição, armazenagem, suprimento e transporte de matérias primas e produtos, a logística interna e externa. Modelos de distribuição; Redes de distribuição; Gestão de compras, sistemas de compras, LEC, o ponto do pedido, estoque mínimo, estoques úteis e obsoletos; Gestão de estoques; Fluxos logísticos. A logística reversa na empresa e nos produtos fabricados. 2015 -1 - GERÊNCIA DE SERVIÇOS - Conceitos de serviços; Estratégias para gerenciamento de serviços: clientes, necessidades, expectativas; Qualidade em serviços, desdobramento da qualidade. A qualidade de vida no trabalho (QVT). Os serviços nas empresas. A linha de produção e o cliente interno. O cliente externo e a sua importância para a sobrevivência do seu negócio.

2015 - 2015

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
2015-2 - PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE MATERIAIS - PDP - O que é produto, desenvolvimento de produto em empresas; Etapas detalhadas seguindo o cronograma do desenvolvimento de produto. A importância do PDP nas empresas. Planejamento Estratégico de Produto.Planejamento do Produto. Riscos do projeto de produto. Projeto Informacional. Projeto conceitual. Projeto detalhado. Preparação para a produção. O lançamento do produto no mercado. Acompanhar o produto na produção e o processo de aceitação e venda no mercado. Descontinuar o produto. O ciclo de vida e todos os seus detalhes segundo Rozenfield. 2015-2 - TECNOLOGIA DE MATERIAIS - Materiais na Engenharia; Aplicação; Compostos; Plásticos de Engenharia; Natural e Sintéticos; Nano Compósitos e sua aplicação como elemento inovador em características físicas e também de conservação e longevidade destes materiais. Obtenção de polímeros através das reações e determinações de compostos aplicáveis na indústria de transformação. Utilização de compostos e compósitos na indústria de calçados e seus componentes, metal mecânica e automobilística e aviação como as principais aplicações e solicitações de plásticos de engenharia. Aplicação na indústria de transformação e principais normas a serem seguidas de resistência e exposição de plásticos e polímeros de engenharia.

2014 - 2014

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
2014-1 - GESTÃO DE MATERIAIS - O conceito de empresa, natureza, matéria-prima e finanças. Distribuição, armazenagem, suprimento e transporte de matérias primas e produtos, a logística interna e externa. Modelos de distribuição; Redes de distribuição; Gestão de compras, sistemas de compras, LEC, o ponto do pedido, estoque minimo, estoques úteis e obsoletos; Gestão de estoques; Fluxos logísticos. A logística reversa na empresa e nos produtos fabricados. 2014-1 - GERÊNCIA DE SERVIÇOS -Conceitos de serviços; Estratégias para gerenciamento de serviços: clientes, necessidades, expectativas; Qualidade em serviços, desdobramento da qualidade. A qualidade de vida no trabalho (QVT). Os serviços nas empresas. A linha de produção e o cliente interno. O cliente externo e a sua importância para a sobrevivência do seu negocio.

2014 - 2014

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
2014-2 - PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO - PDP - O que é produto, desenvolvimento de produto em empresas; Etapas detalhadas seguindo o cronograma do desenvolvimento de produto. A importância do PDP nas empresas. Planejamento Estratégico de Produto.Planejamento do Produto. Riscos do projeto de produto. projeto Informacional. Projeto conceitual. Projeto detalhado. Preparação para a produção. O lançamento do produto no mercado. Acompanhar o produto na produção e o processo de aceitação e venda no mercado. Descontinuar o produto. O ciclo de vida e todos os seus detalhes segundo Rozenfield.

2013 - 2013

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
2013 -1 - GERÊNCIA DE SERVIÇOS - Conceitos de serviços; Estratégias para gerenciamento de serviços: clientes, necessidades, expectativas; Qualidade em serviços, desdobramento da qualidade. A qualidade de vida no trabalho (QVT). Os serviços nas empresas. A linha de produção e o cliente interno. O cliente externo e a sua importância para a sobrevivência do seu negocio.

2013 - 2013

Faculdades Integradas de Taquara

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
2013-2 - GERÊNCIA DE SERVIÇOS - Conceitos de serviços; Estratégias para gerenciamento de serviços: clientes, necessidades, expectativas; Qualidade em serviços, desdobramento da qualidade. A qualidade de vida no trabalho (QVT). Os serviços nas empresas. A linha de produção e o cliente interno. O cliente externo e a sua importância para a sobrevivência do seu negocio. 2013-2 - PLANEJAMENTO EMPRESARIAL- Noções de planejamento empresarial; Estratégia. Planejamento Estratégico. Ferramentas de apoio e suporte; Estudos de mercado; Fatores chave e processo decisório. Aplicação do SWOT, Aplicação de ferramentas em casos reais. Disposição física de equipamentos em em empresas, Layout. O Fluxo de caixa nas empresas. Analise financeira e de resultado no negocio.

2016 - 2016

Castelli Escola Superior de Hotelaria

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Outras informações:
2016 -1 - GESTÃO DE SEGURANÇA - Disciplina objetiva caracterizar o processo de Identificação, análise Qualitativa e Quantitativa, planejamento das respostas e monitorização e controle de riscos aos quais o ?Negócio? possa estar exposto. Implantação de um Sistema Integrado de proteção. A sua Gestão deixa de ser meramente operacional para se tornar estratégica dentro de qualquer empreendimento. Segurança ,proteção e continuidade do ?Negócio?. 2016 -2 - GESTÃO PATRIMONIAL - Enfoque moderno da gestão patrimonial; Planejamento estratégico em gestão patrimonial; Análise das variáveis internas e externas; Processos que sustentam o negócio; Análise de vulnerabilidades, riscos , ameaças e vulnerabilidades - origem, históricos, etc.; Plano diretor de vulnerabilidades - medidas corretivas e preventivas; Plano de manutenção; Plano operacional - normas e procedimentos; Plano de continuidade de negócios - contingências; Implantação e controles;

2015 - 2016

Castelli Escola Superior de Hotelaria

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Outras informações:
Professor titular no curso de Gestão Hoteleira e Pós-Graduação em Hotelaria nas disciplinas do curso de Gestão Patrimonial e Gestão de Segurança.

2015 - 2015

Castelli Escola Superior de Hotelaria

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4

Outras informações:
2015 - 1 - GESTÃO DE SEGURANÇA- Disciplina objetiva caracterizar o processo de Identificação, análise Qualitativa e Quantitativa, planejamento das respostas e monitorização e controle de riscos aos quais o ?Negócio? possa estar exposto. Implantação de um Sistema Integrado de proteção. A sua Gestão deixa de ser meramente operacional para se tornar estratégica dentro de qualquer empreendimento. Segurança, proteção e continuidade do negocio. 2015 ? 2 - GESTÃO PATRIMONIAL ? O Enfoque moderno da gestão patrimonial; Planejamento estratégico em gestão patrimonial; Análise das variáveis internas e externas; Processos que sustentam o negócio; Análise de vulnerabilidades, riscos , ameaças e vulnerabilidades - origem, históricos, etc.; Plano diretor de vulnerabilidades - medidas corretivas e preventivas; Plano de manutenção; Plano operacional - normas e procedimentos; Plano de continuidade de negócios - contingências; Implantação e controles. 2015 - 2 - GESTÃO PATRIMONIAL E SEGURANÇA - (Pós) - Disciplina objetiva caracterizar o processo de Identificação, análise Qualitativa e Quantitativa, planejamento das respostas e monitorização e controle de riscos aos quais o ?Negócio? possa estar exposto. Implantação de um Sistema Integrado de proteção. A sua Gestão deixa de ser meramente operacional para se tornar estratégica dentro de qualquer empreendimento. Segurança, proteção e continuidade do ?Negócio?.

2014 - Atual

Instituo By Brasil

Vínculo: Outros - Consultor, Enquadramento Funcional: Contrato, Carga horária: 10

Outras informações:
Consultor contratado mediante demanda e necessidades de empresas associadas ao Instituto no setor de gestão de processos. Gestão de pessoas. Garantia da qualidade de matérias primas e de produtos acabados. Programa de qualidade aplicado a produto e processo. Organização e aplicação de melhorias de processo, produtividade e eficiência na linha de produção.

2014 - 2014

Calçados Ramarim

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Prestador de Serviço, Carga horária: 10

Outras informações:
Auxiliar a empresa no desenvolvimento, treinamento e comprometimento dos colaboradores, na implantação de processos, padronização e negociação com fornecedores, assim como a redução de custos, perdas, retrabalho, buscando a redução de materiais obsoletos, melhorando a logística interna com suas unidades fabris e buscando o incrementando resultados, assim como, a melhoria da eficiência produtiva..

2012 - 2013

Calçados Aniger

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor de Materiais e Processos Industrias, Carga horária: 20

Outras informações:
Projeto na área de desenvolvimento de matérias primas com melhor desempenho para calçados femininos com uma melhor otimização de processo e aproveitamento de mão de obra com aumento da eficiência e da produtividade. A pesquisa e negociação de novos fornecedores e parceiros para o fornecimento de materiais no JIT com qualidade assegurada nas unidades fabris. Desenvolvimento de fornecedores e parceiros na China de matérias primas para calçados femininos. Implantação de um sistema de logística nas empresas do grupo no Brasil e na America Central.

1985 - 2012

Calçados Azaléia

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Químico e Diretor de Tecnologia, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Implantação do laboratório de Controle de Qualidade de matérias primas para calçados e seus componentes. Pesquisador de novos produtos e compostos para a fabricação de solados e componentes para calçados em EVA(placa e injetado), Borracha, PVC, TPU nos processos de injeção e vulcanização e reticulação com treinamento e visitas a empresas técnicas na Alemanha e na Ásia. Treinamento na Asics em Kobe no Japão por 30 dias para adquirir conhecimento dos processos de fabricação e controle de qualidade materiais e produtos para a implantação na fábrica no Brasil Desenvolvimento adesivos e tintas. Reciclagem e recuperação de materiais dentro do mesmo composto ou criando novos compostos com aplicações dentro do processo industrial ou de assessórios (Principio da Logística Reversa). Treinamento no Japão com o Dr. Shiro para a utilização de resíduos da indústria de calçados. Desenvolvimento e projetos de apoio no Programa de Qualidade e Produtividade visando buscar o treinamento e o comprometimento dos colaboradores no melhor aproveitamento dos recursos humanos, materiais, energia e demais em toda empresa. Professor coordenador do curso Técnico em Química ministrado dentro da empresa aprovado pelo MEC e pelo CRQ 5 região. Acompanhou toda implantação do projeto de construção e instalação da unidade da empresa no sul da Bahia onde foram gerados 8.000 empregos na produção de calçados e componentes. Gerente de compras de produtos químicos para a área de componentes. Diretor de Materiais e Logística sendo responsável pela compra e abastecimento de todas as unidades do grupo no Brasil e no exterior implantou processo EDI entre a empresa e os grandes fornecedores, monitoramento todos almoxarifados por RFDI. Diretor de Tecnologia onde era responsável pelo projeto de produto de todos os componentes de calçados e sua fabricação de ferramentas e de produtos na: maqueteria, fundição, matrizaria, pesquisa e desenvolvimento de solados para calçados esportivos e femininos

1984 - 1985

Couros Parobé S.A

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Químico Responsável Recurtimento, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Responsável pelo sistema de rebaixadeira, recurtimento, engraxe e tingimento de couros wett-blue assim como era o químico responsável pela empresa, tratamento de efluentes, ETE, resíduos e aparas de rebaixadeira.

1982 - 1986

Escola Estadual Engenheiro Parobé

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12

Outras informações:
Professor de 1 e 2 grau de ciências e matemática.

1980 - 1982

Escola Estadual Olivia Lahn Hirt

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Professor de 1 e 2 grau de ciências e matemática.

Propriedade Intelectual

Patentes (1)

Tipo Título Data depósito
INVENTOR Método e dispositivo para aplicação de motivos decorativos em calçados 10/01/2006