Michel Moraes Gonçalves

Bacharel em CIÊNCIAS MILITARES pela ACADEMIA MILITAR DAS AGULHAS NEGRAS (AMAN-1999); bacharel em EDUCAÇÃO FÍSICA pela Escola de Educação Física do Exército (EsEFEx-2002); especialista em FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO APLICADO AO TREINAMENTO PERSONALIZADO pelo Centro Universitário União da Associação Educacional Sul Matogrossense (UNAES-2005); especialista em BIOMECÂNICA pela Escola de Educação Física e Desporto (EEFD) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-2014) e MESTRE EM EDUCAÇÃO FÍSICA pela Escola de Educação Física e Desporto (EEFD) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-2016) . Foi instrutor da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO) no Biênio 2011/12 e Chefe da Equipe de Taekwondo do Exército Brasileiro de 2013 a 2015. Possui experiência como Oficial de Treinamento Físico Militar nas regiões Norte, Sul, Centro-oeste e Sudeste do Brasil. Instrutor de combate corpo a corpo do Exército e Faixa Preta 3º Dan de Karate-do (CBK/FKERJ). Atualmente, é chefe da Seção de BIOMECÂNICA do INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO (IPCFEx) e chefe da equipe de Karate-do do Exército Brasileiro.

Informações coletadas do Lattes em 27/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Educacao Fisica

2015 - 2016

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: RELAÇÃO ENTRE A FORÇA DE PREENSÃO MANUAL E A FORÇA MUSCULAR, ABSOLUTA E RELATIVA, EM MILITARES DO EXÉRCITO BRASILEIRO,Ano de Obtenção: 2016
Jefferson da Silva Novaes.Coorientador: Runer Augusto Marson.

Especialização em Biomecânica

2013 - 2014

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: A INFLUÊNCIA DE PROTOCOLO DE TFM NA FORÇA DE PREENSÃO MANUAL EM MILITARES DO EXÉRCITO BRASILEIRO OBSERVADORES DE PAZ DA ONU
Orientador: RUNER AUGUSTO MARSON

Especialização em Bases Geo-Históricas para formulação Estratégica

2012 - 2013

Escola de Comando e Estado Maior do Exército
Título: Preparação à Escola de Comando e Estado Maior do Exército

Especialização em Aperfeiçoamento em Operações Militares

2007 - 2008

Escola de Aperfeicoamento de Oficiais
Título: A influência dos Protocolos de Aquecimento de TFM na performance da corrida do TAF, em recrutas incorporados no 29º BIB
Orientador: Ivan Christie Barros de Araujo

Especialização em Fisiologia do Exercício Aplicado ao Trein. Person.

2003 - 2005

Centro Universitário de Campo Grande
Título: A influência dos Protocolos de Aquecimento de TFM na performance da corrida do TAF, em recrutas incorporados no 18º BLog
Orientador: José Gehilson da Silva

Graduação em Instrutor de Educação Física

2001 - 2002

Escola de Educação Física do Exército

Graduação em Bacharelado em Ciências Militares

1996 - 1999

Academia Militar das Agulhas Negras

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Fundamentos da Administração Eportiva. (Carga horária: 70h). , Comitê Olímpico Internacional, COI, Suiça.

2013 - 2013

Extensão universitária em Fisiologia Geral. (Carga horária: 80h). , Portal Educação de Campo Grande, PE, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em Biomecânica. (Carga horária: 60h). , Portal Educação de Campo Grande, PE, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em Fisiologia do Exercício. (Carga horária: 60h). , Portal Educação de Campo Grande, PE, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em Musculação do iniciante ao avançado. (Carga horária: 60h). , Portal Educação de Campo Grande, PE, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em Prescrição de Exercícios Físicos em Doenças Cardio. (Carga horária: 20h). , Faculdade de Campo Grande, UNAES, Brasil.

2007 - 2007

Alto rendimento de Karate - Douglas Brose. (Carga horária: 12h). , Confederação Brasileira de Karate, CBK, Brasil.

2007 - 2007

Técnico de Kihon, Kata e Kumite. (Carga horária: 8h). , Federação Gaúcha de Karate, FGK, Brasil.

1998 - 1998

Aperfeiçoamento técnico de karate - Sadamu Uriu. (Carga horária: 8h). , Federação de Karate Shotokan do Rio de Janeiro, FKSRJ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Educação Física.

    Grande área: Outros / Área: Defesa / Subárea: DOUTRINA MILITAR.

    Grande área: Outros / Área: Defesa / Subárea: Doutrina da Capacitação Física Militar.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

GONÇALVES, MICHEL MORAES ; JÚNIOR . I Simpósio de Karate do Exército. 2019. (Outro).

GONÇALVES, M. M. . 17º Simpósio Internacional de Atividades Físicas do Rio de Janeiro - SIAFis RJ. 2016. (Outro).

GONÇALVES, M. M. . 16º Simpósio Internacional de Atividades Físicas do Rio de Janeiro. 2014. (Outro).

GONÇALVES, M. M. . 15º Simpósio Internacional de Atividades Físicas do Rio de Janeiro. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

CISM International Symposium.Effects of 4 weeks resistance training on vertical jump of military soccer players. 2019. (Simpósio).

Obesity Experience. 2019. (Outra).

41º SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS DO ESPORTE.RELAÇÃO ENTRE VARIABILIDADE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E FORÇA MUSCULAR TOTAL: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO. 2018. (Simpósio).

BIOCONF - CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DE EXERCÍCIO, TREINAMENTO E REABILITAÇÃO DE LESÕES. 2018. (Outra).

XIII Semana de Ciências Humanas.Relação entre a Força de Preensão Manual e Força Isométrica Total em Militares do Exército Brasileiro. 2018. (Seminário).

XXVI Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica. 2018. (Congresso).

4º International Soldiers' Congress on Physical Performance. Effects of jump squat in the performance of the squat lunge and squat hold in Brazilian military parachute. 2017. (Congresso).

17º Simpósio Internacional de Atividades Físicas do Rio de Janeiro. 2016. (Simpósio).

38º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte."Orientação do Treinamento Físico de Atletas de Futebol do Exército através do Índice Elástico: uma proposta". 2015. (Simpósio).

16º Simpósio Internacional de Atividades Físicas do Rio de Janeiro. 2014. (Simpósio).

1º Seminário Chusei - Douglas Brose. 2014. (Seminário).

15º Simpósio Internacional de Atividades Físicas do Rio de Janeiro.Avaliação isocinética da musculatura flexora e extensora de joelhos de soldados do Exército Brasileiro. 2013. (Simpósio).

36º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte. 2013. (Simpósio).

III Jornada de Interoperabilidade Logística. 2012. (Outra).

Seminário Técnico Internacional de Karate - Rafael Aghayev. 2012. (Seminário).

1º Encontro Carioca de Professores de Karate. 2011. (Encontro).

V Simpósio Internacional de Logística Militar. 2011. (Simpósio).

VII Simpósio Internacional de Atividades Físicas do Rio de Janeiro. 2002. (Simpósio).

1º Seminário de Medição de Corridas de Rua - CBAt. 2000. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rosemeire Lopes da Silva Farias

SILVA, J, G;FARIAS, Rosemeire Lopes da Silva. A influência dos protocolos de aquecimento de TFM na performance da corrida do TAF, de recrutas incorporados no 18º Blog. 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Fisiologia do exercício aplicado ao treinamento pe) - Centro Universitário de Campo Grande.

JEFFERSON DA SILVA NOVAES

NOVAES, JEFFERSON S.. Relação entre a Força de Preensão manual e a Força Muscular Total, Absoluta e Relativa, em Militares do Exército Brasileiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Educacao Fisica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Daniel de Souza Alves

OLIVEIRA, L. F.Daniel de S. AlvesMATTA, T. T.. A influência de protocolo de TFM na força de preensão manual de militares do exército brasileiro observadores de paz da ONU. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Biomecânica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Runer Augusto Marson

NOVAES, J. S.; FORTES, M. S. R.;MARSON, Runer AugustoMARSON, Runer Augusto. Relação entre a força de preensão manual e a força muscular total, absoluta e relativa, em militares do Exército Brasileiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Runer Augusto Marson

MARSON, Runer AugustoMARSON, Runer Augusto; FORTES, M. S. R.; NOVAES, J.. Relação entre os testes de dinamometria de força de preensão manual, membros superiores, tronco e membros inferiores. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Educação Física) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Thiago Torres da Matta

ALVES, Daniel de SouzaMATTA, T T; OLIVEIRA, Liliam Fernandes de. A influência de protocolo de TFM na força de preensão manual de militares do exército brasileiro observadores de paz da ONU. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Biomecânica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Marcos de Sá Rego Fortes

FORTES, Marcos de Sá RegoMARSON, R. A.; NOVAES, Jefferson da Silva. Relação entre a Força de Preensão Manual e a Força Muscular Total, Absoluta e Relativa, em Militares do Exército Brasileiro. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

JEFFERSON DA SILVA NOVAES

RELAÇÃO ENTRE A FORÇA DE PREENSÃO MANUAL E A FORÇA MUSCULAR, ABSOLUTA E RELATIVA, EM MILITARES DO EXÉRCITO BRASILEIRO; 2016; Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Jefferson da Silva Novaes;

Humberto Lameira Miranda

Comparação entre diferentes modelos de periodização e implementos no treinamento de força em parâmetros da aptidão neuromuscular de militares do exército brasileiro; Início: 2019; Tese (Doutorado em Educação Física) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • NETO, GABRIEL R. ; NOVAES, JEFFERSON S. ; SALERNO, VERÔNICA P. ; GONÇALVES, MICHEL M. ; PIAZERA, BRUNA K. L. ; RODRIGUES-RODRIGUES, THAIS ; CIRILO-SOUSA, MARIA S. . Acute Effects of Resistance Exercise With Continuous and Intermittent Blood Flow Restriction on Hemodynamic Measurements and Perceived Exertion. PERCEPTUAL AND MOTOR SKILLS , v. 124, p. 277-292, 2017.

  • NETO, GABRIEL R. ; NOVAES, JEFFERSON S. ; SALERNO, VERÔNICA P. ; GONÇALVES, MICHEL M. ; BATISTA, GILMÁRIO R. ; CIRILO-SOUSA, MARIA S. . Does a resistance exercise session with continuous or intermittent blood flow restriction promote muscle damage and increase oxidative stress?. JOURNAL OF SPORTS SCIENCES , v. 31, p. 1-7, 2017.

  • GONÇALVES, MICHEL MORAES ; BORBA-PINHEIRO, CLAUDIO JOAQUIM ; MARSON, RUNER AUGUSTO ; CAMPOSO, LUCAS RODRIGUES ; SARAIVA, ALAM DOS REIS ; NOVAES, JEFFERSON DA SILVA . Correlation between maximum isometric strength variables and specific performance of Brazilian military judokas. Motricidade , v. 13, p. 68, 2017.

  • GONÇALVES, MICHEL MORAES ; Runer Marson ; FORTES, M.S.R ; NEVES, E. B. ; NOVAES, JEFFERSON DA SILVA . THE RELATIONSHIP BETWEEN TOTAL MUSCLE STRENGTH AND ANTHROPOMETRIC INDICATORS IN BRAZILIAN ARMY MILITARY. REVISTA BRASILEIRA DE OBESIDADE, NUTRIÇÃO E EMAGRECIMENTO , v. 11, p. 330-337, 2017.

  • GONÇALVES, MICHEL MORAES ; FELITO, GUILHERME ; OLIVEIRA, GUSTAVO ; VALENTE, ANTONIO ; JOÃO NASCIMENTO, B. ; MACHADO, FABIO ; VIEIRA, LUCIANO ; MARSON, RUNER . Effects of jump squat in the performance of the squat lunge and squat hold in Brazilian military parachute. JOURNAL OF SCIENCE AND MEDICINE IN SPORT , v. 20, p. S62, 2017.

  • DO NASCIMENTO, JOAO GUILHERME CLOS ; DOS SANTOS VALENTE, ANTONIO MARCIO ; MACHADO, FABIO ; GONÇALVES, MICHEL MORAES ; MARSON, RUNER . The influence of the diameter of the bar in the maximum repetitions of pull-up test. JOURNAL OF SCIENCE AND MEDICINE IN SPORT , v. 20, p. S70, 2017.

  • VALENTE, ANTONIO ; NASCIMENTO, JOAO ; MACHADO, FABIO ; GONÇALVES, MICHEL MORAES ; MARSON, RUNER . The acute effect of cadence on the maximum number of repetitions in the push-up test. JOURNAL OF SCIENCE AND MEDICINE IN SPORT , v. 20, p. S121, 2017.

  • RODRIGUES NETO, GABRIEL ; NOVAES, JEFFERSON DA SILVA ; GONÇALVES, MICHEL ; BATISTA, GILMÁRIO RICARTE ; MENDONÇA, ROSA MARIA SOARES COSTA DE ; MIRANDA, HUMBERTO ; NOVAES, GIOVANNI DA SILVA ; CIRILO-SOUSA, MARIA DO SOCORRO . Hypotensive effects of resistance exercise with continuous and intermittent blood flow restriction. Motriz , v. 22, p. 198-204, 2016.

  • COSTA, G. M. M. ; MACHADO, A. A. B. ; ANNES, D. B. ; MATHIAS, M. M. ; PACHECO NETO, O. ; MARTINS, M. E. A. ; GONÇALVES, M. M. ; CARVALHO, L. F. . Performance de Militares do Exército Brasileiro no Army Physical Fitness Test. Revista de Educação Física - Escola de Educação Física do Exército , v. 1, p. 60-64, 2004.

  • GONÇALVES, M. M. ; VALENTE, A.M.S ; Fabio Machado ; NEVES, E. B. ; MARSON, RUNER. A. . Relação entre a Força de Preensão Manual e Força Isométrica Total em Militares do Exército Brasileiro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GONÇALVES, M. M. ; MORGADO, J. J. M. ; MARSON, RUNER. A. ; NOVAES, J. S. ; MIRANDA, H. . RELAÇÃO ENTRE VARIABILIDADE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA E FORÇA MUSCULAR TOTAL: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • GONÇALVES, MICHEL MORAES ; Guilherme Felito ; Gustavo Oliveira ; Antônio Valente ; João Nascimento ; Fabio Machado ; Luciano Vieira. ; Runer Marson . Effects of jump squat in the performance of the squat lunge and squat hold in Brazilian military parachute. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Antônio Valente ; João Nascimento ; Fabio Machado ; GONÇALVES, MICHEL MORAES ; MARSON, RUNER. A. . The acute effect of cadence on the maximum number of repetitions in the push-up test. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • JOÃO GUILHERME CLÓS NASCIMENTO ; ANTONIO MARCIO DOS SANTOS VALENTE ; Fabio Machado ; GONÇALVES, MICHEL MORAES ; MARSON, RUNER. A. . The influence of the diameter of the bar in the maximum repetitions of pull-up test. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SANTOS, C.G.M ; PIMENTEL-COELHO, P.M ; BUSNARDO, R. G. ; GONÇALVES, M. M. ; SILVA, D. P. ; DORNELAS-RIBEIRO, M ; MOURA NETO, R. S. ; POMPEU, F. A. M. S. . SERUM HDL LEVELS IN RESPONSE TO 7 MONTHS STANDARDIZED MILITARY PHYSICAL TRAINING. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, M. M. ; MARSON, R. A. ; VALENTE, A.M.S ; FORTES, M.S.R ; GOMES, T. ; NOVAES, J. S. . Orientação do Treinamento Físico de Atletas de Futebol do Exército através da Análise do Índice Elástico: uma proposta. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • A da ROSA ; GONÇALVES, M. M. ; CAMPOSO, L. ; MARSON, R. A. ; ARAÚJO, C. ; NOVAES, J. S. . Correlação entre Special Judo Fitness Test e força isométrica total. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • GONÇALVES, M. M. ; MARSON, R. A. ; FORTES, M.S.R ; GIL, A. ; NOVAES, J. S. . Correlação do Teste de Força de Preensão Manual com Avaliações Dinâmicas de Força. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ARAÚJO, C. ; BROWN, A. ; CHAVES, E. ; GONÇALVES, M. M. ; RODRIGUES NETO, G. ; NOVAES, J. S. . Treinamento Resistido com Oclusão Vascular sobre a Flexibilidade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • GERKEN, G.A ; GONÇALVES, M. M. ; OLIVEIRA, L.F. . Avaliação isocinética da musculatura flexora e extensora de joelhos de soldados do Exército Brasileiro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SANTOS, C.G.M ; GONÇALVES, M. M. ; POMPEU, F.A.M.S ; MOURA-NETO, R.S ; SILVA, R. . Study of Ace and ACTN3 Polymorphisms and Physical Performance in Brazilian Army Volunteers. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, M. M. . Manual de Lutas C 20-50. Brasilia: Estabelecimento General Gustavo Cordeiro de Farias - EGGCF, 2015 (Atualização de manual de instrução militar).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - Atual

    Exercícios de Força com Restrição de Fluxo Sanguíneo, Descrição: No cenário do treinamento de força, a aproximadamente uma década, pesquisadores japoneses elaboraram uma metodologia de treinamento de força coligado à redução de fluxo sanguíneo, fundamentados na proposição de que alterações na ativação muscular (MORITANI et al., 1992) e nas concentrações de metabólitos (GOTO et al., 2005) promoveriam um maior desempenho neuromuscular por se aproximarem das condições anaeróbicas máximas. Esta metodologia consiste em realizar o exercício de força combinando cargas de baixa intensidade (20-50% de 1RM) aliada à técnica da restrição do fluxo sanguíneo ou oclusão vascular denominada de KAATSU (KARABULUT et al., 2007; SATO, 2005).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (8) / Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Michel Moraes Gonçalves - Integrante / Jefferson da Silva Novaes - Coordenador / Gabriel Rodrigues Neto - Integrante / Luiz Gustavo Dias - Integrante / Ingrid Dias - Integrante / Eduardo Chaves - Integrante / Bruna Piazera - Integrante / Renata Tarevnic - Integrante / Carol Oliveira - Integrante / Antonio Paulo de Sousa Neto - Integrante.

  • 2013 - Atual

    INSERÇÃO DO SEXO FEMININO NA LINHA DO ENSINO MILITAR BÉLICO DO EXÉRCITO BRASILEIRO, Descrição: A inclusão do segmento feminino na linha de ensino bélico do Exército Brasileiro apresenta demandas a serem investigadas, visto que, a despeito das necessidades operacionais de diferentes frações e dos padrões de desempenho cobrados na Formação Militar, este público possui aspectos fisiológicos, biomecânicos, entre outros, que devem ser analisados para verificar as implicações no Exame de Aptidão Física (EAF), no Treinamento Físico Militar (TFM) e nas tabelas do Teste de Aptidão Física (TAF).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) . , Integrantes: Michel Moraes Gonçalves - Coordenador / Antonio Fernando Araujo Duarte - Integrante / Eduardo Camillo Martinez - Integrante / Runer Augusto Marson - Integrante / Jairo José Monteiro Morgado - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2015

MEDALHA MILITAR DE PRATA, Secretaria Geral do Exército.

2014

MEDALHA MARECHAL OSÓRIO "O LEGENDÁRIO", Comando do Exército.

2005

MEDALHA MILITAR, SECRETARIA GERAL DO EXÉRCITO.

2002

MEDALHA DO SERVIÇO AMAZÔNICO, COMANDO MILITAR DA AMAZÔNIA.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2013 - Atual

    Instituto de Pesquisa da Capacitação Física do Exército

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Chefe da Seção de Biomecânica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Oficial Superior do Exército Brasileiro (Major), Pesquisador do IPCFEx e chefe da Seção de Biomecânica.

  • 2011 - 2013

    Escola de Aperfeicoamento de Oficiais

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Instrutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Instrutor da Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO), no Curso de Intendência. Responsável pelas instruções relativas às Ações Comuns às Operações Básicas, Reconhecimento e Segurança, Logística Operacional em ambiente de Selva e História Militar. Oficial de Treinamento Físico Militar do Curso de Intendência. Relator da Prova Formal 5 e da Avaliação Psicomotora.