Marina Costa Negreiros

Mestranda em Intervenção e Animação Artísticas no Politécnico de Leiria, em Portugal. Bacharel em Teatro pela Universidade Federal da Paraíba (2017), onde foi bolsista de pesquisa (2013 - 2014) na área da videodança e estagiária (2014 - 2015) no programa Inglês sem Fronteiras (atual Idiomas sem Fronteiras). Foi selecionada e participou, em 2015, do programa de mobilidade acadêmica ofertado pelo Santander para a Universidade de Coimbra, em Portugal. Em 2017, na conclusão da graduação, foi premiada com a Láurea Acadêmica pelo grande desempenho durante o curso pela Universidade Federal da Paraíba, sendo contemplada também, no mesmo ano, com uma bolsa de mérito pelo Instituto Politécnico de Leiria. Seus interesses de pesquisa são: cultura popular, feminismo e performance (processo criativo).

Informações coletadas do Lattes em 28/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Intervenção e Animação Artísticas

2017 - Atual

Instituto Politécnico de Leiria, IPLeiria
Orientador: Maria de São Pedro Lopes;Coorientador: Clara Maria de Araújo Leão Cardoso da Silva. Bolsista do(a): Instituto Politécnico de Leiria, IPL, Portugal.

Graduação em Teatro

2013 - 2017

Universidade Federal da Paraíba
Título: Uma reflexão sobre o papel da mulher no Cavalo Marinho e no experimento cênico Quem disse que eu não posso sambar?
Orientador: Carolina Dias Laranjeira

Ensino Médio (2º grau)

2010 - 2012

Colégio e Curso Evolução

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2016

Extensão universitária em Orquestra Típica e Rancho da Secção do Fado. (Carga horária: 100h). , Universidade de Coimbra, UC, Portugal.

2015 - 2015

Extensão universitária em Francês - Niveau A1. (Carga horária: 32h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2015 - 2015

Habilidades Comunicativas em Língua Inglesa. (Carga horária: 48h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2015 - 2015

Habilidades Integradas com Enfoque Comunicativo. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2014 - 2015

Técnicas Circense. (Carga horária: 63h). , Trupe Independente de Pesquisa e Estudo em Circo, TRIPE CIRCO, Brasil.

2014 - 2014

Habilidades Comunicativas em Língua Inglesa. (Carga horária: 64h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2014 - 2014

English Speaking Lab: Beginner. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2014 - 2014

Capacitação em Maquiagem de Efeitos Especiais. (Carga horária: 20h). , Studio Premier Inêlda de Cristo, INÊLDA DE CRISTO, Brasil.

2014 - 2014

Curso de Técnicas Circenses. (Carga horária: 120h). , Trupe Independente de Pesquisa e Estudo em Circo, TRIPE CIRCO, Brasil.

2014 - 2014

Treinamento para administrar o TOEFL ITP. (Carga horária: 1h). , Master-Test, MASTER-TEST, Brasil.

2013 - 2014

Preparação Vocal para a Ópera do Malandro. (Carga horária: 100h). , Atelier Musical, AM, Brasil.

2013 - 2013

Ballet para adultos. (Carga horária: 100h). , Maison de Danse, MD, Brasil.

2012 - 2012

Extensão universitária em Boiuna Luna. (Carga horária: 100h). , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2012 - 2012

Curso de Teatro na Estação Ciência. (Carga horária: 172h). , Estação Cabo Branco- Ciência, Cultura e Artes, ECARTES, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Mariana Pérez ; NEGREIROS, M. C. . CONFERÊNCIA PARA PROFESSORES DE LÍNGUA INGLESA - ABERTURA EFOPLI 2019. 2019. (Outro).

Mariana Pérez ; NEGREIROS, M. C. . PDPI: Participa, Paraíba!. 2017. (Outro).

Mariana Pérez ; Ana Carolina Bastos ; NEGREIROS, M. C. . English Immersion Experience. 2016. (Outro).

Mariana Pérez ; Ana Carolina Bastos ; NEGREIROS, M. C. . I EPPI - I Encontro Paraibano de Professores de Inglês. 2014. (Outro).

Mariana Pérez ; NEGREIROS, M. C. . CONFERÊNCIA PARA PROFESSORES DE LÍNGUA INGLESA - ABERTURA EFOPLI 2019. 2019. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

11ª sessão informativa "Gênero,Educação e Cidadania: desocultar (dr (discriminações), desconstruir (preconceitos) e capacitar ( pessoas). 2019. (Outra).

Maio Criativo.Quem disse que eu não posso sambar?. 2018. (Outra).

Nós, as outras.Performance: nós, mulheres.. 2018. (Outra).

English Immersion Experience.Workshop English Play Center. 2016. (Oficina).

V Mostra Universitária Artes em Cena.Intercâmbio: Experiência e Atravessamentos. 2016. (Outra).

II Mostra Universitária Artes em Cena.O Jardim de Mariquita e o João Poluição. 2014. (Outra).

II Mostra Universitária Artes em Cena.Retalhos. 2014. (Outra).

V Jornada de Pesquisa em Artes Cênicas. Aspectos Históricos da Produção da Videodança no Brasil. 2014. (Congresso).

XXII Encontro de Iniciação Científica.Aspectos Históricos da Produção da Videodança no Brasil. 2014. (Encontro).

IV Jornada de Pesquisa em Artes Cênicas. 2013. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Sergio Jose de Oliveira

LARANJEIRA, C. D.;Oliveira, Sergio J.. QUEM DISSE QUE EU NÃO POSSO SAMBAR. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Teatro) - Universidade Federal da Paraíba.

Carolina Dias Laranjeira

LARANJEIRA, C. D.; OLIVEIRA, S.; OLIVEIRA, V. H. N.. Quem disse que eu não posso sambar? Reflexões sobre o papel da mulher no Cavalo Marinho e em um experimento cênico. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Teatro) - Universidade Federal da Paraíba.

Victor Hugo Neves de Oliveira

LARANJEIRA, C. D.; OLIVEIRA, S. J.;OLIVEIRA, V. H. N.. Quem disse que eu não posso sambar?: O papel da mulher no Cavalo Marinho e em um experimento cênico. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Teatro) - Universidade Federal da Paraíba.

Victor Hugo Neves de Oliveira

OLIVEIRA, V. H. N.. Quem disse que eu não posso sambar?: O papel da mulher no Cavalo Marinho e em um experimento cênico. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Dança) - Universidade Federal da Paraíba.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Carolina Dias Laranjeira

Quem disse que eu não posso sambar? Reflexões sobre o papel da mulher no Cavalo Marinho; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Dança) - Universidade Federal da Paraíba; Orientador: Carolina Dias Laranjeira;

Guilherme Barbosa Schulze

Aspectos históricos da videodança no Brasil; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Dança) - Universidade Federal da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Guilherme Barbosa Schulze;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • NEGREIROS, M. C. . Aspectos históricas da videodança no Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • NEGREIROS, M. C. ; SCHULZE, G. . Aspectos históricos da videodança no Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

NEGREIROS, M. C. . Preparação Vocal para a Sala de Aula. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

NEGREIROS, M. C. . Jogos Teatrais para o Ensino de Língua Inglesa. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

NEGREIROS, M. C. . Quem disse que eu não posso sambar?. 2017. Performática.

NEGREIROS, M. C. ; OLIVEIRA, S. . Palácio das Ilusões. 2016. Teatral.

NEGREIROS, M. C. . Bloco Blocado - No Picadeiro Encantado. 2015. Circense.

NEGREIROS, M. C. . Festa das Latas. 2015. Coreográfica.

NEGREIROS, M. C. . Imposição de Insígnias. 2015. Coreográfica.

NEGREIROS, M. C. . SASUC. 2015. Coreográfica.

NEGREIROS, M. C. . A Paixão: Segundo Antônio Conselheiro. 2014. Teatral.

NEGREIROS, M. C. . Intervalo Lúcido. 2014. Circense.

NEGREIROS, M. C. . Retalhos. 2014. Performática.

NEGREIROS, M. C. . Paixão de Cristo: O Calvário. 2013. Teatral.

NEGREIROS, M. C. . Olha os Palhaços no Meio da Rua. 2013. Teatral.

NEGREIROS, M. C. . Ópera do Malandro - O Musical. 2013. Teatral.

NEGREIROS, M. C. . O Jardim de Mariquita e o João Poluição. 2013. Teatral.

NEGREIROS, M. C. ; MELO, F. . Fragmentos de Um Sol Quente. 2012. Teatral.

NEGREIROS, M. C. . Macunaíma: Um Herói Sem Nenhum Caráter. 2012. Teatral.

NEGREIROS, M. C. ; PAES, R. ; PALMEIRA E. . Nelson Rodrigues em 3 Atos. 2012. Teatral.

NEGREIROS, M. C. ; CRUZ, R. . A Aurora da Minha Vida. 2011. Teatral.

NEGREIROS, M. C. ; PALMEIRA E. ; PAES, R. . A Pena e a Lei. 2011. Teatral.

NEGREIROS, M. C. ; CRUZ, R. . Romeu e Julieta. 2010. Teatral.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - 2014

    Aspectos históricos da videodança no Brasil, Descrição: Um dos principais objetivos do projeto Dança em 2D: dimensões analíticas e criativas é o de consolidar em termos históricos e estéticos a trajetória da videodança. Esta é uma forma artística de filmagem influenciada pela videoarte, audiovisual, multimídia e performance. Este Plano de Trabalho aborda a produção da videodança no Brasil a partir de determinados aspectos históricos do cinema experimental, com enfoque na cineasta Maya Deren como uma das maiores influências da videodança atual. Com o avanço tecnológico no campo da arte, cinema e vídeo durante o século XX, houve uma grande e variada produção de videodança. No Brasil, isso ocorreu a partir dos anos 1970s com o barateamento do equipamento de vídeo gravação e a percepção de que a tela permitia resignificações do espaço, tempo, e, principalmente do corpo na dança. Foram analisados os filmes Meshes of the afternoon de Maya Deren e M 3x3 de Ana Lívia Cordeiro, buscando compreender os aspectos históricos que contextualizavam essas produções. O contexto abordado na videodança está ligada ao local e à época em que foi realizada. Percebemos que Meshes of the afternoon de Deren, realizada no período da segunda guerra mundial, traz um clima surrealista dentro do suspense vivido pela personagem principal. Nessa época, a sociedade vivia a letargia do perigo eminente. Já a videodança de Cordeiro está direcionada ao desenvolvimento industrial brasileiro dos anos 1970s. Com isso, percebemos a relação entre a produção artística e os fatos contextuais envolvendo a sociedade mundial. A partir dos resultados obtidos nessa pesquisa, observamos que para compreendermos o presente e tudo aquilo que é realizado hoje, é preciso olhar e pesquisar o passado.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Marina Costa Negreiros - Integrante / Guilherme Schulze - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

Laurea Acadêmica, Universidade Federal da Paraíba.

2017

Bolsa de mérito, Instituto Politécnico de Leiria.

2017

Bolsa de isenção de taxa de matrícula, Sqore.

2015

Bolsa de mobilidade acadêmica para a Universidade de Coimbra, Santander.

2014

3º lugar no I Festival de Teatro e Dança de Mangabeira com a Peça Olha os Palhaços no Meio da Rua, I Festival de Teatro e Dança de Mangabeira.

2013

Prêmio destaque da aldeia Sesc para o Grupo de teatro Boiúna Luna, Aldeia Sesc.

2012

1º lugar na Mostra de Teatro no Lyceu Paraibano com a Peça Fragmentos de Um Sol Quente, Mostra de Teatro PB.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2014 - Atual

    Universidade Federal da Paraíba

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Criação de arte para a divulgação de materiais para as redes sociais e ministrar oficina acerca da utilização dos jogos teatrais no ensino da língua inglesa.

  • 2014 - 2015

    Universidade Federal da Paraíba

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Estagiária bolsista no programa Idiomas sem Fronteiras tendo como função: trabalhos administrativos, criação de arte para alimentar as redes sociais, ministrar oficinas sobre jogos teatrais e voz para os professores do programa.

  • 2016 - 2017

    Plena Educação

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Pofessora

  • 2017 - 2018

    Corvos de Lins

    Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professora