Bruno de Jesus Silva

Graduando em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Alagoas. Graduação interrompida em 2012 em Artes Visuais. Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF. Atualmente é bolsista do Grupo de Estudos em Projeto de Arquitetura(GEPA). Tem interesse nas áreas de Projeto arquitetônico e Arquitetura Sustentável.

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Arquitetura e Urbanismo

2012 - Atual

Universidade Federal de Alagoas

Graduação interrompida em 2012 em Artes Visuais

2011 - Interrompido

Universidade Federal do Vale do São Francisco
Ano de interrupção: 2012

Ensino Médio (2º grau)

2006 - 2008

Colégio da Polícia Militar (BA) - Alfredo Vianna

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Arquitetura e Urbanismo / Subárea: Projeto de Arquitetura e Urbanismo/Especialidade: Planejamento e Projetos da Edificação.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXIII ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFAL.AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO FUNCIONAL DE APARTAMENTOS DE TRÊS DORMITÓRIOS NO PERÍODO 1980-1985 EM MACEIÓ/AL.. 2013. (Encontro).

Semana Universitária de Arte (SUA).FOTOGRAFIA. 2011. (Oficina).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Fernando Antônio de Melo Sá Cavalcanti

TOLEDO, Alexandre M.;CAVALCANTI, Fernando A. de M. S.; CAVALCANTE, Morgana M. P. D.; MAIA, Rafael T.. Proposta para o novo bloco do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIVASF - Juazeiro/BA.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Alagoas.

Morgana Maria Pitta Duarte Cavalcante

CAVALCANTE, Morgana Maria Pitta Duarte; MAIA, R. T.; CAVALCANTI, F.. PROPOSTA PARA O NOVO BLOCO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO DA UNIVASP-JUAZEIRO -BA. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Alagoas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Alexandre Márcio Toledo

Escola de Arquitetura para a UFVSF; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Alagoas; Orientador: Alexandre Márcio Toledo;

Alexandre Márcio Toledo

PIBIC2014-2015 - ANÁLISE DO DIMENSIONAMENTO DE APARTAMENTOS DA TIPOLOGIA DE TRÊS DORMITÓRIOS NO PERÍODO DE 1986-1992 EM MACEIÓ/AL; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Alagoas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Alexandre Márcio Toledo;

Alexandre Márcio Toledo

PIBIC2012-2013 - Avaliação do desempenho funcional de apartamentos de três dormitórios no período 1980-1985 em Maceió/AL; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Alagoas, Universidade Federal de Alagoas; Orientador: Alexandre Márcio Toledo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2012 - Atual

    AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO AMBIENTAL E FUNCIONAL DE UNIDADES HABITACIONAIS UNIFAMILIARES E MULTIFAMILIARES EM MACEIÓ-AL., Descrição: Descrição: A avaliação do desempenho dos edifícios no Brasil ocorre com grande defasagem temporal em ralação aos países desenvolvidos. As primeiras normas nacionais de desempenho remontam a 2005 e tratam apenas do desempenho térmico de edifícios de interesse social; em 2008, a ABNT aprovou normas de desempenho para edifícios residenciais de até cinco pavimentos. Além disso, destacam-se os critérios mínimos de desempenho de habitações térreas de interesse social, em discussão no âmbito do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade da Construção Habitacional (PBQP-H) e o Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética Edificações Residenciais (RTQ-R), do INMETRO. No trópico quente e úmido, as estratégias de ventilação natural e sombreamento da envolvente do edifício são as mais recomendadas para garantir o conforto térmico dos usuários de edifícios não climatizados, sobretudo os residenciais. As normas brasileiras, por se basearem na norma internacional de desempenho, desenvolvida para países de clima temperado, são pouco específicas para o aproveitamento da ventilação natural pelo processo ação do vento, considerado mais adequado para as condições climáticas brasileiras, bem como do sombreamento da envolvente do edifício, tanto para a componente opaca quanto para a componente transparente. Por outro lado, as normas nacionais recentes remetem o papel de certificação de desempenho aos laboratórios e instituições de pesquisa. O objetivo da presente pesquisa é avaliar o desempenho ambiental e funcional de unidades habitacionais unifamiliares e multifamiliares de diferentes épocas, construídas na cidade de Maceió/AL.. . , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Bruno de Jesus Silva - Integrante / Pablo Peixoto de Lima - Integrante / Alexandre Márcio Toledo - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional