Patricia Pereira Machado

Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fitopatologia

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Aperfeiçoamento em agronomia

2016 - 2016

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Título: Aplicação de Boro e Zinco no controle da pinta-preta da batata. Ano de finalização: 2016
Orientador: Fabio Steiner

Graduação em andamento em Agronomia

2012 - Atual

Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2010

Escola Caminho Anglo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia.

    Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Fitossanidade/Especialidade: Fitopatologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MACHADO, P. P. . ESTANDE DE DIVULGAÇÃO DO CURSO DE AGRONOMIA-UEMS-NA EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA DE CASSILÂNDIA-MS (EXPOCENTER 2012). 2012. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

49 congresso brasileiro de fitopatologia. 2016. (Congresso).

XI SEMANA AGRONÕMICA DE CASSILÂNDIA e IV SEMANA DE PESQUISA DA PÓS GRADUAÇÃO. 2016. (Outra).

48º congresso Brasileiro de Fitopatologia e II Congresso Brasileiro de Patologia Pós Colheita. 2015. (Congresso).

Enepex. 2015. (Encontro).

II CONGRESSO BRASILEIRO DE PÓS COLHEITA. 2015. (Congresso).

II ENEPEX. 2015. (Encontro).

X SEMANA DA AGRONOMIA. 2015. (Outra).

congresso paulista de fitopatologia. 2014. (Congresso).

ENEPEX.Efeito de Diferentes óleos essenciais sobre a qualidade sanitária e fisiológica de sementes de cenoura (Daucus carota l.). 2014. (Encontro).

mercado e produção de tomate industrial. 2014. (Outra).

Utilização de Micro-Organisnismo Entomopatogenicos Nas Principais Culturas Agricícolas Brasileiras. 2014. (Outra).

VIII Curso de Inverno em Entomologia Agrícola. 2014. (Outra).

4° encontro de ensino,pesquisa e extensão- EPEX/UEMS.USO DE SUBSTÂNCIAS ALTERNATIVAS NO CONTROLE DE FUNGOS QUE ACOMETEM A MANGA DE MESA. 2013. (Encontro).

4° encontro de ensino,pesquisa e extensão- EPEX/UEMS. 2013. (Encontro).

Exposição Agropecuaria de Cassilandia, MS. Estande de Divulgação do Curso de Agronomia-UEMS. 2012. (Exposição).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

FÁBIO STEINER

ZOZ, T.; BARBOSA, G. F.;STEINER, F.. Aplicação de Boro e Zinco no Controle da Pinta-Preta da Batata. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Tiago Zoz

STEINER, F.; BARBOSA, G. F.;ZOZ, T.. Aplicação de Boro e Zinco no Controle da Pinta-Preta da Batata. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Giselle Feliciani Barbosa

STEINER, F.; ZOZ, T.;BARBOSA, G. F.. Aplicação de boro e zinco no controle da pinta-preta da batata. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Susiane de Moura Cardoso dos Santos

Monitoria na Disciplina de Microbiologia Agrícola; 2015; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul/Cassilândia -MS; Orientador: Susiane de Moura Cardoso dos Santos;

FÁBIO STEINER

Aplicação de Boro e Zinco no Controle da Pinta-Preta da Batata; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Orientador: Fábio Steiner;

FÁBIO STEINER

Estágio na Brenco - Companhia Brasileira de Energia Renovável; 2016; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Orientador: Fábio Steiner;

FÁBIO STEINER

Monitoria da Disciplina de Olericultura I - Modalidade sem Bolsa; 2016; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Orientador: Fábio Steiner;

Giselle Feliciani Barbosa

Orientação de monitoria na disciplina "Fitopatologia I"; 2016; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Orientador: Giselle Feliciani Barbosa;

Giselle Feliciani Barbosa

Orientação de monitoria na disciplina "Fitopatologia II"; 2015; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Orientador: Giselle Feliciani Barbosa;

GUSTAVO HARALAMPIDOU DA COSTA VIEIRA

Uso de substâncias alternativas no controle de fungos que acometem a manga de mesa; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul; Orientador: Gustavo Haralampidou da Costa Vieira;

GUSTAVO HARALAMPIDOU DA COSTA VIEIRA

Estágio Curricular Supervisionado Não-obrigatório; 2014; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Orientador: Gustavo Haralampidou da Costa Vieira;

Diógenes Martins Bardiviesso

Monitoria da disciplina de Fitopatologia I; 2015; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Orientador: Diógenes Martins Bardiviesso;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PASTANA, R. F. ; VIEIRA, G. H. C. ; MACHADO, P. P. . uso da propolis no controle 'in vitro' do fungo Colletotrichum gloesporioides causador da antracnose em berinjela. Revista de Agricultura Neotropical , v. 3, p. 12-15, 2016.

  • MACHADO, P. P. ; Machado, A.R ; VIEIRA, G. H. C. . Uso da própolis e óleo de nim no controle dos fungos Lasiodiplodia theobromae e Colletotrichum gloesporioides: principais patógenos que acometem os frutos da manga. Revista de Agricultura Neotropical , v. 2, p. 31-37, 2015.

  • OLIVEIRA, B. L. N. ; Steiner. F ; MACHADO, P. P. ; HONDA, G. B ; MACHADO, J. S . SEED GERMINATION AND EARLY GROWTH OF PHYSIC NUT SEEDLINGS UNDER SALINITY STRESS. Acta Iguazu , 2016.

  • Machado, A.R ; MACHADO, P. P. ; Steiner. F . Efeito de Cobre e Zinco sobre o índice de severidade da mancha alvo em mudas de pepineiro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MACHADO, P. P. ; Machado, A.R ; Steiner. F ; Nascimento, D. M . Efeito de Boro e Zinco no índice de severidade da Alternaria grandis em Batata. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MACHADO, P. P. ; Machado, A.R ; Steiner. F ; Nascimento, D. M . Efeito de Boro e Zinco na incidência da pinta-preta (Alternaria grandis) da batata em cultivo protegido. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Machado, A.R ; MACHADO, P. P. ; Steiner. F . Efeito de Cobre e Zinco sobre a incidência da doença Corynespora cassiicola em cultivo protegido de mudas de pepineiro. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OLIVEIRA, C. E. DA S. ; ZOZ, A ; ZOZ, J ; MACHADO, P. P. ; ZUFFO, A. M ; Steiner. F . TOLERANCIA DE CULTIVARES DE ALGODÃO AO ESTRESSE SALINO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FERREIRA, H. C. P ; MACHADO, P. P. ; ZOZ, A ; ZOZ, J ; Steiner. F . CO-INOCULAÇÃO DE Rhizobium tropici E Azospirillum brasilense VISANDO A SUSTENTABILIDADE DA PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO EM CASSILÂNDIA-MS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • SILVA, A . P ; MACHADO, P. P. ; ZOZ, J ; ZOZ, A ; Steiner. F . USO DO CLOROFILÔMETRO PARA RACIONALIZAÇÃO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA NA CULTURA DO FEIJOEIRO EM SISTEMAS DE PRODUÇÃO COM USO DE ALTA TECNOLOGIA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MACHADO, P. P. ; Machado, A.R ; TEIXEIRA, A.V ; VIEIRA, G. H. C. . MÉTODOS ALTERNATIVOS PARA O CONTROLE IN VITRO DE RHIZOCTONIA SOLANI EM SOLANUM TUBEROSUM L.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MACHADO, P. P. ; NEVES, L. M ; Machado, A.R ; TEIXEIRA, A.V ; VIEIRA, G. H. C. . EFEITO FUNGICIDA DE ÓLESO ESSENCIAIS SOBRE O FUNGO SCLEROTINIA SCLEROTIORUM ISOLADO DO FEIJOEIRO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MACHADO, P. P. ; VIEIRA, G. H. C. ; Machado, A.R . Tratamento alternativo do fungo fitopatogênico rhizoctonia solani causador do rizoctoniose em batateira. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MACHADO, P. P. ; Machado, A.R ; VIEIRA, G. H. C. . Tratamento alternativo do fungo fitopatogênico rhizoctonia solani causador do rizoctoniose em batateira. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • TEIXEIRA, A.V ; VIEIRA, G. H. C. ; MACHADO, P. P. . EFEITO DE OLEOS ESSENCIAIS SOBRE O FUNGO C. gossypii CAUSADOR DA ANTRACNOSE NA CULTURA DO ALGODOEIRO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MACHADO, P. P. ; VIEIRA, G. H. C. ; Machado, A.R ; ANDRADE, W. P. . Uso de substancias alternativas no controle de fungos que acometem a manga de mesa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Machado, A.R ; MACHADO, P. P. ; ANDRADE, W. P. ; PASTANA, R. F. ; VIEIRA, G. H. C. . USO DA PRÓPOLIS NO CONTROLE 'IN VITRO' DO FUNGO Colletotrichum gloeosporioides CAUSADOR DA ANTRACNOSE EM FRUTOS DE BERINJELA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Machado, A.R ; MACHADO, P. P. ; BARBOSA, M. S. ; ANDRADE, W. P. ; VIEIRA, G. H. C. . POTENCIAL DA PRÓPOLIS NO CONTROLE DE FUNGOS PATOGÊNICOS QUE ACOMETEM A PARTE ÁREA DA CENOURA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MACHADO, P. P. ; Machado, A.R ; VIEIRA, G. H. C. ; PASTANA, R. F. ; ANDRADE, W. P. . AÇÃO FUNGICIDA DA PRÓPOLIS E ÓLEOS ESSENCIAIS SOBRE Colletotrichum gloeosporioides CAUSADOR DA ANTRACNOSE EM HORTALIÇAS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MACHADO, P. P. ; Machado, A.R ; BARBOSA, M. S. ; ANDRADE, W. P. ; VIEIRA, G. H. C. . USO DA PRÓPOLIS E ÓLEOS ESSENCIAIS NO CONTROLE IN VITRO DO FUNGO Colletotrichum musae CAUSADOR DA ANTRACNOSE NA BANANEIRA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ANDRADE, W. P. ; PASTANA, R. F. ; VIEIRA, G. H. C. ; MACHADO, P. P. ; Machado, A.R . AÇÃO FUNGICIDA DA PRÓPOLIS E ÓLEOS ESSENCIAIS SOBRE COLLETOTRICHUM GLOEOSPORIOIDES CAUSADOR DA ANTRACNOSE EM HORTALIÇAS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MACHADO, P. P. ; VIEIRA, G. H. C. ; Machado, A.R . Efeito de diferentes óleos essenciais sobre a qualidade sanitária e fisiológica de sementes de cenoura (Daucus carota L).. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MACHADO, P. P. ; VIEIRA, G. H. C. ; Machado, A.R ; Murakami, L. F . USO DE SUBSTÂNCIAS ALTERNATIVAS NO CONTROLE DE FUNGOS QUE ACOMETEM A MANGA DE MESA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - Atual

    Tratamento alternativo do fungo fitopatogênico rhizoctonia solani causador do rizoctoniose em batateira, Descrição: Alguns óleos essenciais têm apresentado atividade fungistática ou fungicida sobre fungos patogênicos. Assim, espera-se ao final desse estudo propor uma alternativa de controle do fungo Rhizoctonia solani que seja de baixo impacto ambiental e não deixe resíduos tóxicos no alimento. Essa proposta seria de interesse comum, tanto aos produtores como consumidores. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Patricia Pereira Machado - Integrante / Gustavo. H da Costa Vieira - Coordenador / Rafael Alves Machado - Integrante.

  • 2013 - 2014

    EFEITO DE DIFERENTES ÓLEOS ESSENCIAIS SOBRE A QUALIDADE SANITÁRIA E FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE CENOURA (Daucus carota L)., Descrição: A cenoura Daucus carota L. é uma planta bienal originaria do Afeganistão, pertencente á família Apiaceae. Suas características morfológicas compreendem um caule pouco perceptível, folhas recortadas e raiz tuberosa (Filgueira, 2003). A parte economicamente utilizada da cenoura é a raiz, rica em vitamina A. Segundo Filgueira (2003), os três maiores produtores mundiais de cenoura são a China, Estados Unidos e Rússia. No Brasil essa cultura ocupa o sexto lugar em volume comercializado (Finger et al., 2005), sendo os principais estados produtores Minas Gerais, Bahia, São Paulo, Paraná, Pernambuco e Goiás. Anualmente o país produz 750 mil toneladas de cenoura, o que representa aproximadamente 5% da produção total de hortaliças (Vieira et al., 1999). As principais doenças fúngicas existentes nessa cultura são a mancha-preta-das-raízes, causada pelo fungo Alternaria radicina e a queima-das-folhas ou pinta-preta, causada por Alternaria dauci (Cunha et al., 1987). Um dos principais meios de disseminação dessas doenças é através das sementes, sendo o tratamento das mesmas uma prática cada vez mais frequente (Neergaard, 1979). Atualmente o controle dos fungos é feito com produtos químicos, que além de favorecer o desenvolvimento de resistência dos patógenos, provoca ainda risco de contaminação ao ambiente e ao alimento que chega ao consumidor (Dhingra, 1985). No intuito de minimizar os impactos causados pelo uso dos produtos químicos, trabalhos com o uso de substâncias alternativas estão se tornando cada vez mais frequente. Estudos recentes comprovam que o uso de métodos alternativos para o controle de doenças e pragas na agricultura, visando minimizar os danos ao ambiente e à saúde pública é prática reconhecida e necessária (Nist, 1998; Ranasinghe et al., 2002; Coitinho et al.,2006; Souza et al., 2006; Pinto et al., 2008). Dentre os produtos alternativos, podem-se citar os óleos essenciais que apresentam baixa toxicidade aos mamíferos, sendo amplamente testados no controle de fitopatógenos em diferentes culturas (Daferera et al., 2003; Bastos & Albuquerque, 2004; Dingra et al., 2004; Gayoso et al., 2005; Diniz et al., 2006; Silva & Bastos, 2007; Silva, 2008). Considerando a importância econômica da cenoura, assim como a forma de consumo desse alimento, o presente trabalho será desenvolvido com o objetivo de determinar o efeito de diferentes óleos essenciais sobre a qualidade sanitária e fisiológica das sementes de cenoura.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Patricia Pereira Machado - Integrante / Gustavo. H da Costa Vieira - Coordenador / Rafael Alves Machado - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2012 - 2013

    USO DE SUBSTÂNCIAS ALTERNATIVAS NO CONTROLE DE FUNGOS QUE ACOMETEM A MANGA DE MESA, Descrição: O presente estudo será desenvolvido com o objetivo de determinar a eficiência do extrato etanólico de própolis (EEP) e do óleo de nim (Azadirachta indica) no controle de fungos que acometem o fruto da mangueira (Mangifera indica L.). Os fungos serão obtidos diretamente dos frutos com injúrias, encontrados nos pomares do município de Cassilândia ou no comércio local. Esses fungos serão transferidos para placas de petri com meios de cultura batata-dextrose-ágar (BDA), mantidos em BOD a 25ºC, com fotoperíodo de 12h. Após a identificação, os fungos serão transferidos para placas de petri com meio de cultura, sendo essas colônias puras destinadas aos testes. O desenvolvimento experimental compreenderá duas etapas, sendo a primeira constituída pelo delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2x5 composta por duas substâncias (EEP e óleo de nim) nas concentrações de 0, 4, 8, 16, 32 e 64 mL/L de água destilada, com 5 repetições. Na segunda etapa do trabalho, o delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, constituído pelos dois melhores tratamentos obtidos na primeira etapa (melhor resultado obtido para EEP e óleo de nim) mais o controle - fungicida (testemunha negativa) e o meio de cultura apenas (testemunha positiva), com cinco repetições para cada tratamento. O desenvolvimento colonial dos fungos nos diferentes tratamentos será determinado através do diâmetro das colônias (média de duas medidas diametralmente opostas), obtido após 24, 48 e 96h de inoculação do fungo. Todos os dados serão avaliados através da análise de variância pelo teste F e havendo significância ao nível de 5 % de probabilidade entre os tratamentos será aplicado o teste Tukey para comparação das médias e verificação do ajuste de regressão para as doses testadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Patricia Pereira Machado - Coordenador / Gustavo. H da Costa Vieira - Integrante.

  • 2012 - 2013

    USO DE SUBSTÂNCIAS ALTERNATIVAS NO CONTROLE DE FUNGOS QUE ACOMETEM A MANGA DE MESA, Descrição: O presente estudo será desenvolvido com o objetivo de determinar a eficiência do extrato etanólico de própolis (EEP) e do óleo de nim (Azadirachta indica) no controle de fungos que acometem o fruto da mangueira (Mangifera indica L.). Os fungos serão obtidos diretamente dos frutos com injúrias, encontrados nos pomares do município de Cassilândia ou no comércio local. Esses fungos serão transferidos para placas de petri com meios de cultura batata-dextrose-ágar (BDA), mantidos em BOD a 25ºC, com fotoperíodo de 12h. Após a identificação, os fungos serão transferidos para placas de petri com meio de cultura, sendo essas colônias puras destinadas aos testes. O desenvolvimento experimental compreenderá duas etapas, sendo a primeira constituída pelo delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2x5 composta por duas substâncias (EEP e óleo de nim) nas concentrações de 0, 4, 8, 16, 32 e 64 mL/L de água destilada, com 5 repetições. Na segunda etapa do trabalho, o delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, constituído pelos dois melhores tratamentos obtidos na primeira etapa (melhor resultado obtido para EEP e óleo de nim) mais o controle - fungicida (testemunha negativa) e o meio de cultura apenas (testemunha positiva), com cinco repetições para cada tratamento. O desenvolvimento colonial dos fungos nos diferentes tratamentos será determinado através do diâmetro das colônias (média de duas medidas diametralmente opostas), obtido após 24, 48 e 96h de inoculação do fungo. Todos os dados serão avaliados através da análise de variância pelo teste F e havendo significância ao nível de 5 % de probabilidade entre os tratamentos será aplicado o teste Tukey para comparação das médias e verificação do ajuste de regressão para as doses testadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Patricia Pereira Machado - Coordenador / Gustavo. H da Costa Vieira - Integrante.

  • 2012 - 2013

    USO DE SUBSTÂNCIAS ALTERNATIVAS NO CONTROLE DE FUNGOS QUE ACOMETEM A MANGA DE MESA, Descrição: O presente estudo será desenvolvido com o objetivo de determinar a eficiência do extrato etanólico de própolis (EEP) e do óleo de nim (Azadirachta indica) no controle de fungos que acometem o fruto da mangueira (Mangifera indica L.). Os fungos serão obtidos diretamente dos frutos com injúrias, encontrados nos pomares do município de Cassilândia ou no comércio local. Esses fungos serão transferidos para placas de petri com meios de cultura batata-dextrose-ágar (BDA), mantidos em BOD a 25ºC, com fotoperíodo de 12h. Após a identificação, os fungos serão transferidos para placas de petri com meio de cultura, sendo essas colônias puras destinadas aos testes. O desenvolvimento experimental compreenderá duas etapas, sendo a primeira constituída pelo delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2x5 composta por duas substâncias (EEP e óleo de nim) nas concentrações de 0, 4, 8, 16, 32 e 64 mL/L de água destilada, com 5 repetições. Na segunda etapa do trabalho, o delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, constituído pelos dois melhores tratamentos obtidos na primeira etapa (melhor resultado obtido para EEP e óleo de nim) mais o controle - fungicida (testemunha negativa) e o meio de cultura apenas (testemunha positiva), com cinco repetições para cada tratamento. O desenvolvimento colonial dos fungos nos diferentes tratamentos será determinado através do diâmetro das colônias (média de duas medidas diametralmente opostas), obtido após 24, 48 e 96h de inoculação do fungo. Todos os dados serão avaliados através da análise de variância pelo teste F e havendo significância ao nível de 5 % de probabilidade entre os tratamentos será aplicado o teste Tukey para comparação das médias e verificação do ajuste de regressão para as doses testadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Patricia Pereira Machado - Coordenador / Gustavo. H da Costa Vieira - Integrante.

  • 2012 - 2013

    USO DE SUBSTÂNCIAS ALTERNATIVAS NO CONTROLE DE FUNGOS QUE ACOMETEM A MANGA DE MESA, Descrição: O presente estudo será desenvolvido com o objetivo de determinar a eficiência do extrato etanólico de própolis (EEP) e do óleo de nim (Azadirachta indica) no controle de fungos que acometem o fruto da mangueira (Mangifera indica L.). Os fungos serão obtidos diretamente dos frutos com injúrias, encontrados nos pomares do município de Cassilândia ou no comércio local. Esses fungos serão transferidos para placas de petri com meios de cultura batata-dextrose-ágar (BDA), mantidos em BOD a 25ºC, com fotoperíodo de 12h. Após a identificação, os fungos serão transferidos para placas de petri com meio de cultura, sendo essas colônias puras destinadas aos testes. O desenvolvimento experimental compreenderá duas etapas, sendo a primeira constituída pelo delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2x5 composta por duas substâncias (EEP e óleo de nim) nas concentrações de 0, 4, 8, 16, 32 e 64 mL/L de água destilada, com 5 repetições. Na segunda etapa do trabalho, o delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, constituído pelos dois melhores tratamentos obtidos na primeira etapa (melhor resultado obtido para EEP e óleo de nim) mais o controle - fungicida (testemunha negativa) e o meio de cultura apenas (testemunha positiva), com cinco repetições para cada tratamento. O desenvolvimento colonial dos fungos nos diferentes tratamentos será determinado através do diâmetro das colônias (média de duas medidas diametralmente opostas), obtido após 24, 48 e 96h de inoculação do fungo. Todos os dados serão avaliados através da análise de variância pelo teste F e havendo significância ao nível de 5 % de probabilidade entre os tratamentos será aplicado o teste Tukey para comparação das médias e verificação do ajuste de regressão para as doses testadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Patricia Pereira Machado - Coordenador / Gustavo. H da Costa Vieira - Integrante.

  • 2012 - 2013

    USO DE SUBSTÂNCIAS ALTERNATIVAS NO CONTROLE DE FUNGOS QUE ACOMETEM A MANGA DE MESA, Descrição: O presente estudo será desenvolvido com o objetivo de determinar a eficiência do extrato etanólico de própolis (EEP) e do óleo de nim (Azadirachta indica) no controle de fungos que acometem o fruto da mangueira (Mangifera indica L.). Os fungos serão obtidos diretamente dos frutos com injúrias, encontrados nos pomares do município de Cassilândia ou no comércio local. Esses fungos serão transferidos para placas de petri com meios de cultura batata-dextrose-ágar (BDA), mantidos em BOD a 25ºC, com fotoperíodo de 12h. Após a identificação, os fungos serão transferidos para placas de petri com meio de cultura, sendo essas colônias puras destinadas aos testes. O desenvolvimento experimental compreenderá duas etapas, sendo a primeira constituída pelo delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) em esquema fatorial 2x5 composta por duas substâncias (EEP e óleo de nim) nas concentrações de 0, 4, 8, 16, 32 e 64 mL/L de água destilada, com 5 repetições. Na segunda etapa do trabalho, o delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, constituído pelos dois melhores tratamentos obtidos na primeira etapa (melhor resultado obtido para EEP e óleo de nim) mais o controle - fungicida (testemunha negativa) e o meio de cultura apenas (testemunha positiva), com cinco repetições para cada tratamento. O desenvolvimento colonial dos fungos nos diferentes tratamentos será determinado através do diâmetro das colônias (média de duas medidas diametralmente opostas), obtido após 24, 48 e 96h de inoculação do fungo. Todos os dados serão avaliados através da análise de variância pelo teste F e havendo significância ao nível de 5 % de probabilidade entre os tratamentos será aplicado o teste Tukey para comparação das médias e verificação do ajuste de regressão para as doses testadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Patricia Pereira Machado - Coordenador / Gustavo. H da Costa Vieira - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. , rua teotonio reis costa, 671, centro, 79540000 - Cassilândia, MS - Brasil, Telefone: (67) 36683187