Rosana Maria Nascimento Castro Silva

Doutora e mestra em Antropologia Social pela Universidade de Brasília, bacharela em Ciências Sociais com habilitação em Antropologia Social pela mesma universidade. Especialista em Saúde Coletiva (ênfase em Avaliação de Tecnologias em Saúde) pela Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz Brasília. Realizou estágio pós-doutoral no Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IMS/UERJ). Atualmente, é professora substituta do Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília. Realiza pesquisa sobre fluxos e práticas do campo da pesquisa farmacêutica em seres humanos no Brasil e ações de coletivos e associações de pacientes que buscam acesso a tratamentos experimentais. Suas principais áreas de interesse são: teoria antropológica; antropologia da ciência e da tecnologia; antropologia da saúde; etnografia; medicamentos; raça e genética; racismo e saúde; ética em pesquisa.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Antropologia

2014 - 2018

Universidade de Brasília, UnB
Título: Precariedades oportunas, terapias insulares: economias políticas da doença e da saúde na experimentação farmacêutica
Soraya Resende Fleischer. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. Palavras-chave: Pesquisa clínica; Medicamentos; indústria farmacêutica; economias políticas da doença e da saúde.

Mestrado em Antropologia

2010 - 2012

Universidade de Brasília, UnB
Título: No fiel da balança: uma etnografia da regulamentação sanitária de medicamentos para emagrecer,Ano de Obtenção: 2012
Soraya Resende Fleischer.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Especialização em Saúde Coletiva

2015 - 2015

Fundação Oswaldo Cruz
Título: Participação social em processos de Avaliação de Tecnologias em Saúde: uma revisão narrativa de modelos e estratégias internacionais
Orientador: Flávia Tavares Silva Elias

Graduação em Ciências Sociais - Bacharelado em Antropologia

2005 - 2009

Universidade de Brasília, UnB
Título: "Direito à vida" vs. "Direito de decidir": reflexões sobre o debate legislativo do aborto à luz da noção de direitos reprodutivos
Orientador: Carla Costa Teixeira

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2019

Pós-Doutorado. , Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil. , Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. , Grande área: Ciências Humanas, Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Tratamentos experimentais. , Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Ética em Pesquisa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Design and Interpretation of Clinical Trials. (Carga horária: 20h). , Johns Hopkins University, JHU, Estados Unidos.

2015 - 2015

Oficina sobre Artigos de Revisão. (Carga horária: 4h). , Fiocruz Brasília, FIOCRUZ, Brasil.

2011 - 2011

Formação de tutores do curso de Bioética Aplicada. (Carga horária: 40h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em Elaboração de Projetos de Pesquisa - Minicurso. (Carga horária: 12h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2010 - 2010

Extensão universitária em Seminários do DAN. (Carga horária: 16h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2010 - 2010

Comunicação Científica em Ciências Sociais. (Carga horária: 3h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em Educação e Políticas Públicas: gênero e raça. (Carga horária: 3h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em Seminários do DAN. (Carga horária: 18h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em Seminário Saúde Mental e Direitos Humanos. (Carga horária: 4h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em Estudos Feministas e de Gênero em Brasília. (Carga horária: 20h). , Universidade Católica de Brasília, UCB/DF, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em Ciclo de Debates: Desafios de Justiça. (Carga horária: 6h). , Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero, ANIS, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em Promotoras Legais Populares. (Carga horária: 4h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2009 - 2009

Extensão universitária em Homofobia - Vamos Conversar?. (Carga horária: 5h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

2008 - 2008

Extensão universitária em Semana Socius. (Carga horária: 20h). , Universidade de Brasília, UnB, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Lê Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Teoria Antropológica.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia da Saúde.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia da Ciência.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia dos Medicamentos.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Ética em Pesquisa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MANICA, Daniela T. ; CASTRO, Rosana ; VIEIRA, Suzane A. . ST 05 - Escrita antropológica e contradisciplinaridade: encontros possíveis entre linguagens, grafias e (cosmo)políticas. VII Reunião de Antropologia da Ciência e da Tecnologia (Co-coordenadora). 2019. (Outro).

ALMEIDA, Rafael Antunes ; CESARINO, Letícia ; RIBEIRO, Tiago Duarte ; CASTRO, Rosana . MR 01 - Às voltas com a pós-verdade: os estudos de ciência em fase da ascensão dos 'populismos tecnológicos'. VIII Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade. (Debatedora). 2019. (Outro).

CASTRO, Rosana ; AZIZE, Rogério L. ; CARVALHO, Marcos C. . ST 26 - Saberes e tecnologias biomédicas: agenciamentos, políticas e éticas no campo da saúde. 8o. Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. 2019. (Congresso).

MUNIZ, Tatiane P. ; RICHTER, Vitor ; CASTRO, Rosana ; FREITAS, Janaína . MR 07 - Ciência, biotecnologia genética e as performances contemporâneas da raça. XIII Reunião de Antropologia do Mercosul (Debatedora). 2019. (Congresso).

CASTRO, Rosana . GT Política Públicas, Saúde e Educação. VII Encontros Graduados (Debatedora). 2018. (Outro).

FLEISCHER, Soraya ; SARTI, Cynthia. ; SILVA, Martinho Braga ; TEMPESTA, Giovana ; CASTRO, Rosana . Simpósio Especial 01 - Como fazer antropologia no pós-510? 31ª Reunião Brasileira de Antropologia (Debatedora). 2018. (Congresso).

ALMEIDA, Rafael Antunes ; CASTRO, ROSANA ; Engel, Cintia . GT 27 - Controvérsias insurgentes e ciências emergentes. VII ESOCITE - Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade (Co-coordenadora). 2017. (Congresso).

CASTRO, Rosana . GT Antropologia da Saúde: terapêuticas, cuidados e serviços especializados. V Conversas da Kata - Jornada Discente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília - PPGAS/UnB (Debatedora). 2017. (Outro).

ALLEBRANDT, Débora ; NEVES, Ednalva M. ; CASTRO, Rosana . GT 4 - Negociando diagnósticos de prognósticos: interfaces da saúde, genética e epigenética. II Reunião de Antropologia da Saúde (Co-coordenadora). 2017. (Outro).

FLEISCHER, S. R. ; PEREIRA, E. ; CASTRO, ROSANA ; CARNEIRO, R. G. ; BERMUDEZ, X. P. ; SILVA, E. Q. ; JUSTINO, A. F. ; Engel, Cintia . II Reunião de Antropologia da Saúde. 2017. (Outro).

CASTRO, Rosana ; PEREIRA, Lucas. C. ; COSTA, Ana Carolina. O. ; FAGUNDES, Guilherme M. . Seminário Negras Antropologias. 2017. (Outro).

CASTRO, Rosana ; MOURA, B. M. ; FERNANDES, J. ; COSTA, A. C. ; DUARTE, T. ; MORAIS, I. ; MOLINA, L. . IV Conversas da Kata - Jornada Discente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília - PPGAS/UnB. 2016. (Outro).

VIANA, T. ; CASTRO, Rosana ; GUIMARAES, M. ; ANDRADE, K. ; PATERNIANI, S. Z. ; ALBUQUERQUE, R. ; MARTINS, R. . III Conversas da Kata - Jornada Discente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília - PPGAS/UnB. 2015. (Outro).

CASTRO, Rosana ; JUSTINO, A. F. . GT Saúde (Debatedora). IV Semana de Encontros Graduados. 2015. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

V Conversas da Kata - Jornada Discente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília.Experimentações antropológicas: notas metodológicas a partir de interações com Comitês de Ética em Pesquisa. 2017. (Encontro).

VI Reunião de Antropologia da Ciência e da Tecnologia.Biocapital, diversidade e doença: reflexões iniciais sobre a pesquisa farmacêutica em seres humanos na América Latina. 2017. (Outra).

30ª Reunião Brasileira de Antropologia. Testemunho, evidência e risco: o caso da fosfoetanolamina sintética. 2016. (Congresso).

III Jornada de Farmácia do Distrito Federal.Uma discussão sobre a fosfoetanolamina. 2016. (Encontro).

IV Conversas da Kata - Jornada Discente do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília.Reivindicações por participação em pesquisas clínicas e desafios à regulamentação ética da investigação científica no Brasil. 2016. (Outra).

Seminário de Estudos Latino-Americanos e Pós-Coloniais de Ciência, Tecnologia e Sociedade.A expectativa (frustrada) de obter novas respostas apesar da persistência de velhas perguntas. 2016. (Seminário).

1 Encontro Científico de Pesquisas Aplicadas às Políticas Públicas de Saúde.Participação social em processos de Avaliação de Tecnologias em Saúde: uma revisão narrativa de modelos e estratégias internacionais. 2015. (Encontro).

V Reunião de Antropologia da Ciência e da Tecnologia.O estatuto do medicamento e o medicamento como estatuto: notas a partir de uma etnografia da regulamentação sanitária. 2015. (Encontro).

XI Reunião de Antropologia do Mercosul. Reivindicações por participação em pesquisas clínicas e desafios à regulamentação ética da investigação científica no Brasil. 2015. (Congresso).

I Encontro Extraordinário de Comitês de Ética em Pesquisa. 2012. (Encontro).

III Reunião de Antropologia da Ciência e da Tecnologia. Segurança e eficácia de inibidores de apetite: notas de uma controvérsia sócio-técnica. 2011. (Congresso).

IX Reunião de Antropologia do Mercosul. Antropologia dos medicamentos: cotejando propostas teórico-metodológicas. 2011. (Congresso).

27ª Reunião Brasileira de Antropologia. Itinerários do aborto clandestino: redes sociais e autoridades não-médicas. 2010. (Congresso).

I Seminário de Ciências Sociais e Saúde da Faculdade de Ceilândia.Itinerários do aborto clandestino: redes de informações, cuidados e segredo. 2010. (Seminário).

Ciclo de Palestras Sérgio Vieira de Mello - Uma Nova Consciência em Direitos Humanos. 2009. (Outra).

I ENADIR - Encontro Nacional de Antropologia do Direito."O direito à vida desde a concepção": a construção do nascituro como sujeito de direitos no debate legislativo sobre aborto. 2009. (Encontro).

Minicurso de Extensão Sobre Elaboração de Projetos de Pesquisa.O Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Ciências Humanas - UnB. 2009. (Outra).

I Seminário de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. 2008. (Seminário).

V Congresso Científico de bioética de Uberlândia. 2008. (Congresso).

XXXII Reunião Anual da ANPOCS. 2008. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Heytor de Queiroz Marques

NEVES, Ednalva M.;CASTRO, Rosana; MALUF, Sônia W.. ?Está no sangue?: Uma etnografia sobre a Perspectiva Hereditária da Mucopolissacaridoses no Cariri Paraibano. 2020. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal da Paraíba.

Aluno: Natália Maria Alves Machado

PENALVA, Janaína; PIZA, Evandro;CASTRO, ROSANA; Diniz, Debora. Epistemologias com deficiências? Uma auto-etnografia das ausências (Notas corporais sobre diferença, ensino jurídico e insuficiências em acessibilidade). 2020. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade de Brasília.

Aluno: Jaqueline Cardoso Durães

Bernardino-Costa, Joaze; BATISTA, Luís Eduardo;CASTRO, Rosana; ALMEIDA, Tânia Mara C.. Doença falciforme: amor, luta(o) e dor na caminhada da ABRADFAL. 2019. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Marcello Cavalcanti Barra

Rocha, Emerson Ferreira; BENTO, Berenice; COLLARES, Ana C. Murta; MERCANTE, Carolina Vieira;CASTRO, Rosana. Percepções de médicos e médicas da Emergência Pediátrica de um hospital do Distrito Federal sobre problemas de saúde mental na categoria médica de Brasília. 2019. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Alessandra Teixeira Marques Pinto

RIOS, André R.; SIVORI, Horácio F.; MENEZES, Rachel A.;CASTRO, Rosana. Questões bioéticas sobre a prática do acolhimento espiritual em cuidados paliativos. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Naiara Nara Coutinho do Nascimento

BRANDÃO, Elaine R.; CABRAL, Cristiane S.; PIMENTEL, Ana Cristina L.;CASTRO, Rosana. Dispositivos contraceptivos de longo prazo: análise socioantropológica das controvérsias científicas e morais que cercam sua implantação no Brasil. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Coletiva) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Jaqueline Cardoso Durães

Bernardino-Costa, Joaze;CASTRO, Rosana; Rocha, Emerson Ferreira. Doença falciforme: amor, luta (o) e dor na caminhada da ABRADFAL. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade de Brasília.

Aluno: Aissa Simas Petronilho

FLEISCHER, Soraya;CASTRO, Rosana. Ciência, saúde e cuidado: um estudo sobre a pesquisa clínica no contexto da epidemia do Zika. 2020. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília.

Aluno: Mariana Diniz Balbino

CASTRO, Rosana; Barreiro, R. Políticas LGBTI+ no Brasil: contribuições da Terapia Ocupacional. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Terapia Ocupacional) - Universidade de Brasília.

Aluno: Ivanilde Maria de Deus Bezerra

Fernandes, Janaína;CASTRO, ROSANA; Moura, Luís Cláudio. Avaliação da percepção dos Usuários do SUS sobre o Programa Mais Médicos no município de Formosa/GO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências Sociais) - Instituto federal de Goiás.

Aluno: Amanda Juliette de Sá Araujo

MARQUES, S. B.; CARNEIRO, R. G.;CASTRO, Rosana. A Reivindicacao do Direito a Saude da Populacao Negra-Um Estudo Da Anemia Falciforme no Centro-Oeste 2014-2016. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saúde Coletiva) - Universidade de Brasília.

Aluno: Thereza Cristina de Souza Mareco

GUIMARÃES, Silvia;CASTRO, Rosana; SILVA, E. Q.. (Des)centralizando o cuidado: mães como terapeutas familiares. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saúde Coletiva) - Universidade de Brasília.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Daniela Tonelli Manica

FLEISCHER, S. R.;MANICA, Daniela Tonelli; NASCIMENTO, Wanderson F.; BORGES, Antonádia M.. Precariedades oportunas, terapias insulares: Economias políticas da doença e da saúde na experimentação farmacêutica. 2018. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

Daniela Tonelli Manica

FLEISCHER, S. R.;MANICA, Daniela Tonelli; SAUTCHUK, C. E.. Sobre experimentos, tratamentos e seus múltiplos efeitos: uma etnografia no contexto da pesquisa clínica com medicamentos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

Carlos Emanuel Sautchuk

FLEISCHER, S. R.; AZIZE, R. L.; TEIXEIRA, C. C.;SAUTCHUK, C. E.. No fiel da balança: uma etnografia da regulamentação sanitária de medicamentos para emagrecer. 2012. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

Carlos Emanuel Sautchuk

FLEISCHER, S. R.; MANICA, D.;SAUTCHUK, C. E.. Sobre experimentos, tratamentos e seus múltiplos efeitos: uma etnografia no contexto da pesquisa clínica com medicamentos. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Antropologia Social) - Universidade de Brasília.

Wanderson Flor do Nascimento

FLEISCHER, S. R.; MANICA, D. T.;flor do nascimento, wanderson; BORGES, A. M.. Precariedades oportunas, terapias insulares: Economias políticas da doença e da saúde na experimentação farmacêutica. 2018. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

SORAYA RESENDE FLEISCHER

AZIZE, R.; TEIXEIRA, Carla Costa.;FLEISCHER, S.. No fiel da balança: uma etnografia da regulamentação sanitária de medicamentos para emagrecer. 2012. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

SORAYA RESENDE FLEISCHER

TEIXEIRA, Carla Costa.;FLEISCHER, S. R.. ?O direito à vida? vs ?Direito de decidir?: Reflexões sobre o debate legislativo do aborto à luz dos direitos reprodutivos. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília.

Maria Célia Delduque Nogueira Pires de Sá

DELDUQUE,MC; ELIAS, F. T. S.; PEREIRA, D. R.. Participação social em processos de avaliação de tecnologias em saúde: uma revisão narrativa de modelos e estratégias internacionais. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde Coletiva) - Fundação Oswaldo Cruz.

Rogerio Lopes Azize

FLEISCHER, S. R.;AZIZE, R. L.; TEIXEIRA, C. C.; SAUTCHUK, C. E.. No fiel da balança:uma etnografia da regulamentação sanitária de medicamentos para emagrecer.. 2012. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília.

Daniella Cristina Rodrigues Pereira

PEREIRA, D. C. R.; ELIAS, F.T.S.; SA, M. C. D. N. P.. Participação social em processos de avaliação de tecnologias em saúde: uma revisão narrativa de modelos e estratégias internacionais. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Saúde Coletiva) - Escola Fiocruz de Governo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Milena da Silva Magalhães

Sem título; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Coorientador);

Roberta Trevisan

Prevenção quaternária: quando menos é mais na lógica de ?cuidado? dos médicos de família e comunidade; Início: 2019; Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; (Coorientador);

Fernando Launé

Sem título; Início: 2019; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade de Brasília; (Orientador);

Beatriz Klimeck Gouvêa Gama

"Anorexia? Não, olha o seu tamanho": anorexia nervosa "atípica" em mulheres gordas; 2020; Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Coorientador: Rosana Maria Nascimento Castro Silva;

Michely Alvarenga

--; 2019; Orientação de outra natureza; (Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília; Orientador: Rosana Maria Nascimento Castro Silva;

Nina Maciel

--; 2019; Orientação de outra natureza; (Abi - Ciências Sociais) - Universidade de Brasília; Orientador: Rosana Maria Nascimento Castro Silva;

Raíssa Magalhães

--; 2019; Orientação de outra natureza; (Ciências Sociais) - Universidade de Brasília; Orientador: Rosana Maria Nascimento Castro Silva;

Bruna Oliveira da Silva

--; 2014; Orientação de outra natureza; (Saúde Coletiva) - Universidade de Brasília; Orientador: Rosana Maria Nascimento Castro Silva;

Ananda Vitória Almeida

--; 2014; Orientação de outra natureza; (Saúde Coletiva) - Universidade de Brasília; Orientador: Rosana Maria Nascimento Castro Silva;

Flávia de Souza Viriato

--; 2014; Orientação de outra natureza; (Saúde Coletiva) - Universidade de Brasília; Orientador: Rosana Maria Nascimento Castro Silva;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Flávia Tavares Silva Elias

Participação Social em processos de Avaliação de Tecnologias em Saúde: Uma revisão narrativa de modelos e estratégias internacionais; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Saúde Coletiva) - Fundação Oswaldo Cruz; Orientador: Flávia Tavares Silva Elias;

SORAYA RESENDE FLEISCHER

Precariedades oportunas, terapias insulares: economias políticas da doença e da saúde na experimentação farmacêutica; 2018; Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Soraya Resende Fleischer;

Rogerio Lopes Azize

2019; Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Rogerio Lopes Azize;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CASTRO, Rosana . Documento técnico contendo levantamento e análise da distribuição geográfica das análises éticas feitas pelo Sistema CEP-CONEP sobre projetos de pesquisa envolvendo ensaios clínicos no ano de 2012. 2014.

CASTRO, Rosana . Documento técnico contendo análise quantitativa e qualitativa das contribuições apresentadas no âmbito da Consulta Pública sobre a Resolução CNS n. 196/1996 no que toca à limitação da abrangência do referido documento às pesquisas biomédicas. 2013.

CASTRO, Rosana . Documento técnico contendo análise quantitativa e qualitativa das contribuições apresentadas no âmbito da Consulta Pública sobre a Resolução CNS n. 196/1996 no que toca à regulamentação das pesquisas com participação estrangeira. 2013.

CASTRO, Rosana . Documento técnico contendo análise quantitativa e qualitativa das contribuições apresentadas no âmbito da Consulta Pública sobre a Resolução CNS n. 196/1996 no que toca às competências e organização do Sistema CEP/CONEP. 2013.

CASTRO, Rosana . Documento técnico contendo análise quantitativa e qualitativa de Projetos de Lei em tramitação sobre temas relacionados à bioética e à ética em pesquisa. 2013.

CASTRO, Rosana . Documento técnico contendo análise quantitativa e qualitativa do financiamento das pesquisas referentes ao tema de saúde da população negra apoiadas pelo Decit/SCTIE/MS no período entre 2003 e 2013. 2013.

CASTRO, Rosana . Documento técnico abordando o processo de tramitação das pesquisas clínicas no Brasil no âmbito do sistema CEP/CONEP. 2012.

CASTRO, Rosana . Documento técnico abordando os dilemas éticos relacionados ao uso de células-tronco e embriões em pesquisa no Brasil e no mundo. 2012.

CASTRO, Rosana . Documento técnico contendo análise quantitativa e qualitativa das contribuições apresentadas no âmbito da Consulta Pública sobre a Resolução CNS (Conselho Nacional de Saúde) n. 196/1996 no que toca à questão do acesso ao tratamento após término das pesquisas no caso de pacientes portadores de doenças raras. 2012.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Physis: Revista de Saúde Coletiva. 2020.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Aceno - Revista de Antropologia do Centro-Oeste. 2020.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido aos Cadernos de Saúde Pública. 2020.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido ao Anuário Antropológico. 2020.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Sexualidad, Salud y Sociedad. 2019.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Áltera: Revista de Antropologia. 2019.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Mundaú. 2019.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Physis: Revista de Saúde Coletiva. 2019.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação. 2019.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Ayé: Revista de Antropologia. 2019.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Amazônica: Revista de Antropologia. 2018.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Amazônica: Revista de Antropologia. 2018.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Amazônica: Revista de Antropologia. 2018.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Equatorial - Revista do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFRN. 2018.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Mundaú. 2017.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Brasileira de Ciências Criminais. 2017.

CASTRO, ROSANA . Parecer a artigo submetido à Revista Saúde e Sociedade. 2017.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Vivência - Revista de Antropologia. 2017.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Ciência & Saúde Coletiva. 2016.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Avá - Revista del Postgrado en Antropología Social de la Universidad Nacional de Misiones. 2016.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação. 2015.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação. 2015.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Saúde e Sociedade. 2014.

CASTRO, Rosana . Pareceres para resumos submetidos ao Segundo Congresso Mundial de Doença Falciforme. 2014.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Ciência & Saúde Coletiva. 2013.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Ciência & Saúde Coletiva. 2013.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação. 2013.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Ciência & Saúde Coletiva. 2012.

CASTRO, Rosana . Parecer a artigo submetido à Revista Ciência & Saúde Coletiva. 2012.

CASTRO, Rosana . Como as ciências humanas podem ajudar as ciências naturais: problematizações do método científico. 2020. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

CASTRO, Rosana . Explique sua tese - Testes de medicamentos em seres humanos. 2019.

CASTRO, Rosana . 'Racismo, gênero e capital: corpo e doença na experimentação farmacêutica no Brasil'. III Curso de Extensão Medicalização do corpo: contribuições da problemática de gênero para os processos de saúde e doença. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

CASTRO, Rosana . Fármacos, sangue e ciência: fluxos e poder na experimentação farmacêutica. 2017. Fotografia.

CASTRO, Rosana . Fármacos, sangue e ciência: fluxos e poder na experimentação farmacêutica. 2017. Fotografia.

PÁCIFER, J. ; CASTRO, Rosana . Tarde Seca. 2011 (Filma curta-metragem).

MOTA, A. ; GUIMARAES, T. ; CASTRO, Rosana ; PÁCIFER, J. . Cabeça de Tulipa. 2006 (Filma curta-metragem).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Bioativismo científico, ética em pesquisa e direito à saúde: tratamentos e geopolíticas experimentais na regulamentação da pesquisa clínica com doenças ultrarraras no Brasil, Descrição: A partir da reconstituição do processo de construção, elaboração, publicação e implementação da Resolução 563/2017 do Conselho Nacional de Saúde, este projeto de pesquisa tem como objetivo compreender como as atividades de grupos de pacientes com doenças ultrarraras por acesso a tratamentos experimentais, em especial aquelas que se apresentam como fundamentais a suas perspectivas de sobrevida, se articulam às estratégias de investimento global de indústrias farmacêuticas internacionais. Nesse caminho, busco identificar e compreender práticas relacionadas a diferentes noções de ética, direito e saúde agenciadas pelos diferentes atores envolvidos no campo de ação do documento (grupos de pacientes, órgãos de regulamentação ética, pesquisadores, instituições públicas e privadas de saúde), bem como suas interações e efeitos sobre as práticas de empresas do campo de pesquisa clínica com relação priorização do Brasil para a condução de ensaios clínicos envolvendo doenças ultrarraras.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rosana Maria Nascimento Castro Silva - Coordenador.

  • 2016 - 2017

    Como mulheres em idade reprodutiva percebem o vírus zika, a participação em testes clínicos e futuras vacinas?, Descrição: A conjugação entre a previsão de riscos aumentados para as mulheres diante de contágios por agentes patológicos como zika vírus coloca-nos face a desafios específicos no que toca à participação de gestantes em estudos experimentais. A necessidade de desenvolvimento de parâmetros específicos para avaliação dos riscos e benefícios referentes ao seu envolvimento em pesquisas clínicas, considerado indispensável para o desenvolvimento de terapias dirigidas especificamente a mulheres em fase gestacional, demanda que conheçamos os modos com que essas próprias mulheres avaliam seu contato com fármacos em fase de estudo de modo a melhor adequar os protocolos de estudos a suas expectativas, condições e situações contextuais. Face ao clima de incerteza em relação a etiologia do contágio, aos sintomas das doenças e de suas consequências a longo prazo (seja a má formação fetal, seja outras síndromes como a Guillain-Barré, por exemplo), buscamos compreender como as pessoas percebem, por um lado, as formas de contágio e de adoecimento e os riscos específicos que o vírus zika (e demais fatores) sobre a gestação e, por outro, o desenvolvimento das vacinas que estão em curso e como avaliariam tornarem-se partícipes desse tipo de pesquisa, caso fossem (hipoteticamente) convidadas a tanto.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rosana Maria Nascimento Castro Silva - Integrante / Soraya Resende Fleischer - Coordenador / Rosamaria Giatti Carneiro - Integrante., Financiador(es): Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 2015 - 2018

    Entre experimentos, tratamentos e seus múltiplos efeitos: uma etnografia no contexto da pesquisa clínica envolvendo medicamentos, Descrição: O presente projeto de pesquisa tem como objetivo a investigação qualitativa de uma fase fundamental de pesquisa científica farmacêutica: a pesquisa clínica. Tendo como hipótese a ideia de que os efeitos de um composto farmacêutico são inerentes a seu princípio ativo, mas sim o resultado de um agenciamento complexo de relações entre esse composto e agentes humanos e não-humanos em uma rede terapêutica (Akrich, 1995) e que, neste sentido, os efeitos experimentados em um teste clínico são potencialmente tão diversificados quanto as relações que este empreendimento engendra, esta pesquisa tem como objetivo identificar, rastrear e compreender os efeitos complexos e heterogêneos produzidos, mensurados e avaliados em um experimento clínico de um composto farmacêutico. Ao final desta pesquisa, espera-se analisar algumas dimensões da complexidade do empreendimento da experimentação farmacêutica com seres humanos, sobretudo no que toca à produção de efeitos heterogêneos sobre os corpos, percepções, ações e relações entrelaçados nesse tipo de empreendimento científico, econômico, sanitário e político.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rosana Maria Nascimento Castro Silva - Coordenador., Número de produções C, T & A: 7

  • 2015 - 2018

    Pesquisa clínica, ética e saúde: cartografando práticas emergentes de bioativismo científico, Descrição: Este projeto busca cartografar práticas emergentes de bioativismo de grupos e famílias de pessoas com doenças raras voltadas ao acesso a terapias experimentais. Com as recentes iniciativas de atualização dos marcos éticos referentes à condução de pesquisas farmacêuticas em seres humanos no Brasil, sobretudo a partir da revisão da Resolução CNS 196/96, diversas ações de grupos de pessoas com doenças raras têm se voltado para a interpelação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, com o objetivo de pressionar o órgão a formular normativas específicas para pesquisas clínicas com esse tipo de doenças. Diante desse cenário, esse projeto busca tanto identificar e sistematizar elementos históricos de ativismo biossocial voltado para o universo da produção de conhecimento científico no Brasil, como refletir sobre iniciativas recentes preocupadas especificamente com o exercício de influência e participação sobre processos de regulamentação ética de experimentos farmacêuticos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rosana Maria Nascimento Castro Silva - Coordenador., Número de produções C, T & A: 3

  • 2015 - Atual

    Pílula do câncer: ciências, políticas e riscos na controvérsia da fosfoetanolamina sintética, Descrição: Em 2015, veio a público o fato de que cientistas do Instituto de Química de São Carlos, da Universidade de São Paulo (USP), vinham produzindo e distribuindo gratuitamente cápsulas contendo fosfoetanolamina sintética para pacientes com câncer há aproximadamente 20 vinte anos. O caso tomou os mais diversos noticiários do país pelo fato de os responsáveis pela substância não serem médicos e a distribuírem sem que ela tenha passado pelos experimentos clínicos necessários à autorização legal de seu uso como medicamento. Diante da complexa controvérsia firmada entre os químicos que a desenvolveram; pacientes que a tomavam; autoridades dos poderes executivo, judiciário e legislativo; a mídia; os laboratórios farmacêuticos e a comunidade médico-científica nacional e internacional, este projeto busca refletir a respeito das diferentes articulações entre ciências, políticas e riscos que colocaram sob intensa disputa os critérios de legitimidade sobre a produção de conhecimentos e tecnologias terapêuticas no Brasil.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rosana Maria Nascimento Castro Silva - Coordenador / Rafael Antunes Almeida - Integrante., Número de produções C, T & A: 2

  • 2011 - 2011

    Regulamentação de medicamentos no Brasil: a controvérsia pública dos inibidores de apetite, Descrição: Este projeto visa compreender a regulamentação dos medicamentos no Brasil sob uma perspectiva das controvérsias sócio-técnicas. A partir do acompanhamento do atual debate sobre os medicamentos inibidores de apetite, busca-se compreender os trâmites de registro de medicamentos no Brasil, bem como os processos que os colocam em suspeição. A partir de etnografia do debate público a respeito dos anorexígenos, busca-se compreender que critérios foram fundamentais para seu registro há 30 anos e quais fazem com que este possa ser suspenso. Identificando os diferentes atores públicos, bem como as características particulares dos quatro medicamentos em exame (sibutramina, fempromporex, anfepramona e mazindol), busca-se compreender como ciência, gestão sanitária e prática clínica se articulam ao medicamento, a partir da avaliação dos riscos e benefícios que sua materialidade enseja.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rosana Maria Nascimento Castro Silva - Coordenador., Número de produções C, T & A: 8

  • 2009 - 2010

    Aborto no Brasil, Descrição: Estimativa direta da proporção de mulheres que realizaram aborto no Brasil baseada em um inquérito domiciliar cuja amostra representa a população urbana alfabetizada do Brasil. Para isso desenvolveu-se e testou-se instrumentos de coleta de dados que utilizam a técnica de urna. Além da estimativa, seus resultados permitiram o teste de hipóteses sobre o perfil das mulheres que abortaram no país.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rosana Maria Nascimento Castro Silva - Integrante / Debora Diniz - Coordenador., Financiador(es): Ministério da Saúde - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Quando o aborto se aproxima do tráfico: uma análise da comercialização do misoprostol, Descrição: Este projeto analisará um conjunto de processos penais de venda ilegal de misoprostol. A pesquisa considerará as ações penais que tenham sido transitadas e julgadas. O objetivo é conhecer o itinerário de comercialização do misoprostol a partir das evidências apresentadas nos processos penais e nas narrativas das pessoas presas pela venda ilegal do medicamento, a fim de analisar novos cenários de risco para as mulheres que abortam na ilegalidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Rosana Maria Nascimento Castro Silva - Integrante / Debora Diniz - Coordenador / Lívia Barbosa - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Prêmio ESOCITE.BR de Melhor Tese de Doutorado na Área de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia, Associação Brasileira de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias.

2019

Tese de doutorado indicada pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília (PPGAS/UnB) para concorrer ao Prêmio CAPES de Tese - Edição 2019, Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília (DAN/ICS/UnB).

2019

Melhor Tese de Doutorado - Concurso ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias em Ciências Sociais, Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciências Sociais - ANPOCS.

2013

Dissertação indicada pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade de Brasília (PPGAS/UnB) para concorrer ao Prêmio ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias, ANPOCS.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de Brasília, UNB, Departamento de Antropologia. , Instituto de Ciências Sociais, Campus Darcy Ribeiro, 20550900 - Brasília, DF - Brasil, Telefone: (61) 31071551, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2019 - 2019

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 40

Outras informações:
Pesquisadora em estágio pós-doutoral no Instituto de Medicina Social (IMS), com bolsa do Programa Nacional de Pós-Doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (PNPD/Capes). 1/2019 - Professora colaboradora da disciplina "Substâncias, drogas, medicamentos: usos e regulações contemporâneas", ministrada pelos professores Rogerio Lopes Azize e Martinho Silva e pela professora Jane Russo.

2019 - Atual

Universidade de Brasília, UnB

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora substituta, Carga horária: 40

Outras informações:
Disciplinas ministradas: 2/2019: Introdução à Antropologia (Turmas C e D). 0/2020: Introdução à Antropologia (Turma B). 1/2020: Introdução à Antropologia (Turma K), Antropologia da Saúde, Antropologia da Ciência e da Tecnologia. Membro do Núcleo Docente Estruturante.

2014 - 2015

Universidade de Brasília, UnB

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Substituta, Carga horária: 20

Outras informações:
Professora substituta do Curso de Saúde Coletiva, da Faculdade de Ceilância (FCE/UnB). Disciplinas ministradas: - Saúde e Sociedade 1: Introdução às Ciências Sociais e Saúde - Saúde e Sociedade 2: A construção do processo saúde/doença - Tópicos Especiais em Saúde Coletiva 1: Antropologia e Medicamentos

2010 - 2011

Universidade de Brasília, UnB

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro suplente de colegiado Comitê de Ética

Outras informações:
Membro suplente do colegiado do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Ciências Humanas da Universidade de Brasília

2009 - 2010

Universidade de Brasília, UnB

Vínculo: Estagiário Técnico, Enquadramento Funcional: Estagiário Técnico, Carga horária: 40

Outras informações:
Realizou trabalho de secretariado no Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto de Ciências Humanas.

2008 - 2009

Universidade de Brasília, UnB

Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 2

Outras informações:
Integrante do Grupo de Pesquisas "Antropologia Política da Saúde", sob orientação da Profª Drª Carla Costa Teixeira.

2006 - 2006

Universidade de Brasília, UnB

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitoria Voluntária, Carga horária: 4

Outras informações:
Monitoria Voluntária na disciplina Introdução à Filosofia ministrada pelo Prof. Luis Marcio Nogueira.

2005 - 2005

Universidade de Brasília, UnB

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitoria Voluntária, Carga horária: 4

Outras informações:
Monitoria voluntária na disciplina História Social e Política do Brasil, ministrada pela Prfa. Dra. Maria Filomena da Costa Coelho.

2012 - 2014

Ministério da Saúde

Vínculo: Consultora Técnica, Enquadramento Funcional: Consultora Técnica, Carga horária: 40

Outras informações:
Consultora Técnica no Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde (Decit/SCTIE/MS) na área de Bioética e Ética em Pesquisa. Além disso, acompanha projetos de pesquisa nos temas de saúde da população negra, saúde da população LGBT, gestão e políticas de saúde. Durante 2012, acompanhou projeto de pesquisa sobre avaliação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU 192.

2012 - 2014

Organizacão Pan-Americana da Saude/Organizacão Mundial da Saude

Vínculo: Consultora Técnica, Enquadramento Funcional: Consultora Técnica, Carga horária: 40

Outras informações:
Consultora Técnica na área de bioética e ética em pesquisa.

2009 - 2010

Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20

Outras informações:
Membro da equipe da Pesquisa Nacional de Aborto (PNA), sob coordenação da Profa. Dra. Debora Diniz.

2008 - 2010

Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisadora

Outras informações:
Pesquisa "Quando o aborto se aproxima do tráfico: uma análise da comercialização do misoprostol"

2008 - 2008

Chroma Comunicação

Vínculo: Professora de oficina, Enquadramento Funcional: Responsável pela oficina de teoria, Carga horária: 4

Outras informações:
Ministrei aulas sobre história e cultura afro-brasileira com ênfase no Congado mineiro no projeto sócio-cultural "Educação através do tambor mineiro".