Alexandre Ferreira Bilhalva

Graduado em Biotecnologia na Universidade Federal de Pelotas, mestre em Zootecnia na mesma instituição.

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Zootecnia

2015 - 2017

Universidade Federal de Pelotas
Título: Desenvolvimento e avaliação farmacocinética de géis termossensíveis para administração sustentada de butafosfan em bovinos,Ano de Obtenção: 2017
Francisco Augusto Burkert Del Pino.Coorientador: Marcio Nunes Corrêa. Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em Biotecnologia

2011 - 2014

Universidade Federal de Pelotas
Título: Marcadores Moleculares aplicados à Bovinocultura
Orientador: Priscila Marques Moura de Leon

Ensino Médio (2º grau)

2005 - 2007

Colégio São José

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2012 -

Curso de Inglês. , TopWay - English School, TW, Brasil.

2016 - 2016

Ciclo de Palestras em Pecuária e Pastagens. (Carga horária: 10h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2014 - 2014

VI Curso de Verão de Pesquisa em Oncologia. (Carga horária: 90h). , Instituto Nacional de Câncer, INCA, Brasil.

2013 - 2013

Cultivo Celular e Engenharia Tecidual. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2013 - 2013

Teste de competência em Leitura em Inglês. , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2012 - 2012

Como o câncer é tratado. (Carga horária: 3h). , Union for International Cancer Control, UICC, Estados Unidos.

2012 - 2012

Metodologias para o Estudo de Autofagia. (Carga horária: 5h). , UFRGS - Laboratório de Sinalização Celular, LABSINAL/UFRGS, Brasil.

2012 - 2012

Como o câncer se desenvolve. (Carga horária: 1h). , Union for International Cancer Control, UICC, Estados Unidos.

2012 - 2012

O câncer como uma doença crônica. (Carga horária: 2h). , Union for International Cancer Control, UICC, Estados Unidos.

2012 - 2012

Câncer: Controlando os sintomas. (Carga horária: 2h). , Union for International Cancer Control, UICC, Estados Unidos.

2012 - 2012

Metodologias para o Estudo de Morte Celular. (Carga horária: 5h). , UFRGS - Laboratório de Sinalização Celular, LABSINAL/UFRGS, Brasil.

2012 - 2012

Metodologias para o Estudo de Ciclo Celular. (Carga horária: 5h). , UFRGS - Laboratório de Sinalização Celular, LABSINAL/UFRGS, Brasil.

2012 - 2012

Imunoterapia em Câncer: Novas abordagens. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2012 - 2012

ABC do Câncer - Abordagens Básicas para o Controle. (Carga horária: 30h). , Instituto Nacional de Câncer, INCA, Brasil.

2012 - 2012

Quimioterápicos e Antineoplásicos. (Carga horária: 80h). , Portal Educação, PE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Biotecnologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Farmacologia / Subárea: Farmacologia Bioquímica e Molecular.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

BILHALVA, A. F. . 2ª Convenção NUPEEC - Empreendedorismo e Inovação. 2016. (Outro).

BILHALVA, A. F. . II Simpósio de Biotecnologia - Informação e Tecnologia. 2014. (Outro).

BILHALVA, A. F. . II Simpósio de Biotecnologia - Informação e Tecnologia. 2014. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Ciclo de Palestras - Construindo Carreiras de Sucesso. 2015. (Outra).

III Semana Acadêmica da Zootecnia. 2014. (Encontro).

II Simpósio de Biotecnologia - Informação e Tecnologia. 2014. (Simpósio).

Simpósio de Biotecnologia - Pesquisa e Desafios para Inovação. 2013. (Simpósio).

VI Workshop em Nanociências - Nanotoxicologia e Nanosensoresres. 2013. (Outra).

XXII Congresso de Iniciação científica - UFPe. 2013. (Congresso).

7° Ciclo de Palestras de Biologia Molecular e Biotecnologia. 2012. (Seminário).

II Estudo da Sinalização Celular no Câncer - Metodologias. 2012. (Congresso).

II Jornada de Biotecnologia UFPel. 2012. (Outra).

XXI Congresso de Iniciação científica - UFPel. 2012. (Congresso).

6° Ciclo de Palestras de Biologia Molecular e Biotecnologia. 2011. (Seminário).

Encontro Internacional em Terapia Celular e Engenharia de Tecidos. 2011. (Encontro).

I Jornada de Biotecnologia. 2011. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Vinícius Farias Campos

BRAUNER, C. C.; HAX, L. T.;CAMPOS, V. F.; LEON, P. M. M.. Marcadores Moleculares aplicados à Bovinocultura. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas.

Rubens Alves Pereira

DELPINO, F. A. B.; BRAUNER, Cássio Cassal; CORREA, M. N.;PEREIRA, RUBENS ALVES. Desenvolvimento e avaliação farmacocinética de géis termossensíveis para administração sustentada de butafosfan. 2017. Dissertação (Mestrado em Veterinária) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Tiago Veiras Collares

Expressão da proteína p53 humana em Mycobacterium bovis BCG para imunoterapia de câncer superficial de bexiga; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Tiago Veiras Collares;

Fabiana Kommling Seixas

Nanoncology: avaliação de fármacos nanoencapsulados sobre banco de células tumorais; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Fabiana Kömmling Seixas;

Priscila Marques Moura de Leon

Marcadores Moleculares Aplicados à Bovinocultura; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Priscila Marques Moura de Leon;

Rubens Alves Pereira

Desenvolvimento e avaliação farmacocinética de geis termossensíveis para administração sustentada de uma molécula hidrossolúvel em bovinos; 2015; Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Pelotas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Rubens Alves Pereira;

Francisco Augusto Burkert Del Pino

Inovação farmacológica para vacas leiteiras no periparto; 2015; Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Francisco Augusto Burkert Del Pino;

Fabrício Rochedo Conceição

Desenvolvimento e avaliação de vacina com antígenos recombinantes de Toxocara canis para controle da Larva Migrans Visceral; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Fabricio Rochedo Conceição;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BILHALVA, ALEXANDRE FERREIRA ; FINGER, ILUSCA SAMPAIO ; PEREIRA, RUBENS ALVES ; CORRÊA, MARCIO NUNES ; BURKERT DEL PINO, FRANCISCO AUGUSTO . Utilization of biodegradable polymers in veterinary science and routes of administration: a literature review. JOURNAL OF APPLIED ANIMAL RESEARCH , v. 45, p. 1-7, 2017.

  • WEILLER, M. A. A. ; JACOMETO, C. B. ; PEREIRA, R. A. ; RODRIGUES, M. C. C. ; BARROS, C. C. ; BILHALVA, A. F. ; PINO, F. A. B. ; TEIXEIRA, G. P. ; CORREA, M. N. ; MATTEI, P. . BUTAFOSFAN AUMENTA AS CONCENTRAÇÕES SÉRICAS DE GLICOSE. Science and Animal Health, Pelotas - RS, p. 96 - 97, 05 nov. 2016.

  • LIMA, A. ; BILHALVA, A. F. ; SANTOS, C. P. ; PRIETSCH, R. ; PEREIRA, R. A. ; CORREA, M. N. . DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO IN VITRO DE UMA FORMULAÇÃO DE LIBERAÇÃO CONTROLADA PARA MOLÉCULA ALTAMENTE HIDROSSOLÚVEL. In: XXV CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UFPel, 2016, Pelotas. Anais do XXV CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UFPel, 2016.

  • WEILLER, M. A. A. ; JACOMETO, C. B. ; PEREIRA, R. A. ; RODRIGUES, M. C. C. ; BARROS, C. C. ; BILHALVA, A. F. ; PINO, F. A. B. ; TEIXEIRA, G. P. ; CORREA, M. N. ; MATTEI, P. . Butafosfan aumenta as concentrações séricas de glicose. In: 18º Congresso Estadual de Medicina Veterinária e 1º Encontro de Buiatria do CONESUL, 2016, Canela. Anais do 18º Congresso Estadual de Medicina Veterinária e 1º Encontro de Buiatria do CONESUL, 2016.

  • BILHALVA, A. F. ; LIMA, A. ; SANTOS, C. P. ; FARIAS, C. ; SCHMIDT, A. . Empreendedorismo e Modelo Tripla Hélice. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BILHALVA, A. F. . Benefícios da utilização de um sistema de liberação prolongada de eprinomectina injetável em bovinos de corte. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • BILHALVA, A. F. ; PEREIRA, R, F ; MAGALHÃES, G, C ; FINGER, P. F. ; PEPE, S, M ; CONCEIÇÃO, R, F . Expressão do antígeno TES-120 de Toxocara canis em Pichia pastoris. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BILHALVA, A. F. ; SCHULTZE, E. ; BECK, R. C. R. ; COLLARES, T. ; SEIXAS, F. K. . UFPel. NANOBIOTECNOLOGIA: PADRONIZAÇÃO DO ENSAIO COLORIMÉTRICO DO MTT (BROMETO DE 3-[4,5-DIMETIL-TIAZOL-2-IL]-2,5-DIFENIL-TETRAZÓLIO), PARA AVALIAÇÃO DA PROLIFERAÇÃO DE CÉLULAS DE ADENOCARCINOMA DE PULMÃO (A549). 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2017

    Metabolismo e Inovação Farmacêutica Veterinária, Descrição: Existem consideráveis sinergias nas fases iniciais do desenvolvimento de novos produtos dos setores humano e veterinário. Deste modo, encontramos na medicina humana, muitas inovações em terapias medicamentosas, cujas tecnologias podem, muitas vezes, ser extrapoladas para a medicina animal, necessitando, obviamente, de ajustes, porém com grande possibilidade de fornecer à veterinária, produtos inovadores a partir de tecnologias avançadas já utilizadas e com eficácia e eficiência já comprovadas. Assim sendo, o NUPEEC busca através de seus projetos de inovação, fornecer às empresas do setor privado de desenvolvimento e produção de medicamentos veterinários, a possibilidade de especialização e inovação. Isso busca atender áreas específicas do mercado, ancorados em exemplos muitas vezes já existentes na medicina humana e em estudos minuciosos de investigação científica em suas outras linhas de pesquisa, todas ligadas ao METABOLISMO ANIMAL e, a partir de seu entendimento, criar soluções inovadoras no que tange à terapêutica veterinária propriamente dita. Mesmo quando não envolve a descoberta de uma nova molécula, a inovação contribui para a melhoria da saúde animal, da eficácia e oferece ainda terapias diferenciadas, com vias de administração alternativas, reduzidos efeitos colaterais, diminuição do período de carência ou mesmo alternativas de tratamento com maior custo-benefício e permitindo o uso racional e sustentável de medicamento veterinários. O NUPEEC desenvolve estudos de inovação farmacêutica veterinária, conduzindo pesquisas direcionadas ao desenvolvimento de novas alternativas terapêuticas, bem como otimização daquelas já existentes no mercado. Estes projetos fazem uso de ferramentas da farmacotécnica e da tecnologia farmacêutica, já consagradas e outras em ascensão no setor, como sistemas de liberação controlada de fármacos, nanotecnologias, entre outros... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandre Ferreira Bilhalva - Coordenador / Rafael PRIETSCH - Integrante / Rubens Alves Pereira - Integrante / Francisco Augusto Burkert Del Pino - Integrante / Marcio Nunes Corrêa - Integrante / Alexandre Lima - Integrante / Catiane Prestes dos Santos - Integrante / Ilusca Sampaio Finger - Integrante.

  • 2012 - 2014

    Desenvolvimento e avaliação de vacina com antígenos recombinantes de Toxocara canis para controle da Larva Migrans Visceral, Descrição: A Larva migrans Visceral (LMV) tem como principal agente o nematóide Toxocara canis e apesar de sua importância e ampla distribuição mundial, é uma parasitose negligenciada. Estudos realizados com crianças e adolescentes no Brasil mostraram índices de soroprevalência da LMV que variam entre 35 e 60% e, além disso, as condições sociais, culturais e ambientais em que os indivíduos estão inseridos podem ser relacionadas aos fatores de risco a infecção por T. canis. Em vista desse problema de saúde pública o objetivo do projeto é produzir antígenos recombinantes de Toxocara canis para desenvolvimento de uma vacina para controle da Larva Migrans Visceral. As proteínas recombinantes serão clonadas, expressas em Escherichia coli e Pichia pastoris e posteriormente purificadas. Essas proteínas serão utilizadas para imunização de camundongos. Após a imunização, será verificada a resposta humoral e celular frente aos antígenos recombinantes e posteriormente os animais serão desafiados com larvas de T. canis. Formas alternativas de prevenção como a produção de uma vacina, associados à menor contaminação ambiental, podem possibilitar a redução na prevalência e minimização dos danos provocados por essa síndrome.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandre Ferreira Bilhalva - Integrante / FABRICIO RIBEIRO PEREIRA - Integrante / CAROLINA GEORG MAGALHÃES - Integrante / MICHELE SOARES PEPE - Integrante / FABRICIO ROCHEDO CONCEIÇÃO - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2011 - 2012

    Expressão da proteína p53 humana em Mycobacterium bovis BCG para imunoterapia de câncer superficial de bexiga, Descrição: Construção de rBCG/p53 Foram utilizados dois vetores de expressão em micobactérias: o plasmídeo pUP410 e o plasmídeo pUS1997, da coleção do Laboratório de Biologia Molecular do CDTec/Biotecnologia da UFPel. Ambos os plasmídeos contêm uma origem de replicação em E. coli e em M. bovis, um sítio de múltipla clonagem e um gene de resistência ao antibiótico canamicina. A sequência do gene p53 utilizada neste trabalho foi sintetizada in vitro pela empresa Epoch Life Science. Este fragmento foi, então, ligado aos vetores descritos anteriormente, criando-se as moléculas pUS1997/p53 e pUP410/p53. A molécula pUS1997/p53 foi utilizada para transformar células competentes de E.coli DH5 por choque térmico. A presença do inserto de p53 no plasmídeo foi confirmada através de mapeamento com endonucleases de restrição. Clones de E.coli DH5 recombinantes para pUS1997/p53 foram selecionados e o DNA plasmideal foi extraído utilizando-se o kit GFXTM Micro Plasmid Prep (Amersham Biosciences, UK). O DNA resultante dessas extrações foi utilizado para amplificação do cassete gênico, composto pelo promotor 18 kDa de Mycobacterium e pela sequência do gene p53, que foi utilizado para síntese da molécula pUP410/p53. Ambas as moléculas construídas foram utilizadas para transformação de cepas de BCG, sendo pUS1997/p53 utilizado na cepa de BCG Pasteur, e o pUP410/p53 na cepa BCG leuD. Para avaliar a expressão de p53 em rBCG/p53, colônias individuais foram multiplicadas em meio descrito anteriormente e a presença da proteína foi analisada por Western blot, utilizando-se anticorpo monoclonal comercial (Sigma®) para proteína p53. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Alexandre Ferreira Bilhalva - Integrante / Eduarda Schultze - Integrante / Tiago Collares - Integrante / Fabiana Kömmling Seixas - Coordenador / VINICIUS FARIAS CAMPOS - Integrante / KARINE RECH BEGNINI - Integrante / LUÍZA MARTINS NASCENTES MELO - Integrante / JULIETI HUCH BUSS - Integrante / FERNANDA KEGLES - Integrante / CAMILA CALDEIRA SIMÕES - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - 2017

    Núcleo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Pecuária

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando

    Atividades

    • 02/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Universidade Federal de Pelotas, .,Linhas de pesquisa

  • 2013 - 2014

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista de Iniciação Científica no Laboratório de Imunologia Aplicada - UFPel/CDTec

  • 2012 - 2013

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Bolsista (CNPq) no Grupo de Pesquisa em Oncologia Celular e Molecular - Biotecnologia CDTec/UFPel

  • 2014 - 2014

    Detecta - Teste em DNA Animal

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estágio final, Carga horária: 40

    Outras informações:
    Período no qual foi realizado estágio final na empresa Detecta - Teste em DNA Animal. Na empresa realizava-se testes de paternidade em diversas espécies animais, através da genotipagem do material genético.