Raíssa Marques Sampaio Sidrim

Bacharela em Ciências Econômicas pela Universidade Regional do Cariri (URCA), Mestra em Demografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e, atualmente, Doutoranda em Demografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Possui interesse pelos seguintes temas: migrações; deslocamento pendular; mercado de trabalho; gênero.

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Demografia

2018 - Atual

Universidade Estadual de Campinas
Orientador: Maria Coleta F. A. de Oliveira
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em DEMOGRAFIA

2016 - 2018

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Título: Pendularidade e inserção ocupacional nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição de migração,Ano de Obtenção: 2018
Wilson Fusco.Coorientador: Ricardo Ojima. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Mobilidade pendular; Inserção Ocupacional; Migração.Grande área: Ciências Sociais AplicadasGrande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Demografia / Subárea: Componentes da Dinâmica Demográfica / Especialidade: Migração.

Graduação em Ciências Econômicas

2010 - 2015

Universidade Regional do Cariri
Título: Fluxos migratórios intrametropolitanos: o caso da Região Matropolitana de Fortaleza - 1986/1991, 1995/2000 e 2005/2010
Orientador: Silvana Nunes de Queiroz

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Minicurso: Medidas de pobreza e desigualdade na PNAD: teoria e aplicações c. (Carga horária: 16h). , Universidade Regional do Cariri, URCA, Brasil.

2015 - 2015

Módulo energia e mudança climática. (Carga horária: 16h). , Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, ONUDI, Brasil.

2015 - 2015

MOOC Finanças pessoais e investimentos em ações. (Carga horária: 13h). , B3 Brasil Bolsa Balcão SA, B3, Brasil.

2015 - 2015

PNAD no SPSS. (Carga horária: 12h). , Observatório das Migrações do Estado do Ceará, OMEC, Brasil.

2014 - 2014

Estratégia competitiva. (Carga horária: 4h). , Universidade Regional do Cariri, URCA, Brasil.

2013 - 2013

A Importância do CORECON e Educação Financeira. (Carga horária: 4h). , Universidade Regional do Cariri, URCA, Brasil.

2012 - 2012

Pesquisa de Mercado. (Carga horária: 4h). , Universidade Regional do Cariri, URCA, Brasil.

2011 - 2011

decisão de invest. em ações com base na anál. graf. (Carga horária: 8h). , Universidade Regional do Cariri, URCA, Brasil.

2011 - 2011

Economia solidária: em busca de um conceito. (Carga horária: 4h). , Universidade Regional do Cariri, URCA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia.

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Demografia / Subárea: Componentes da Dinâmica Demográfica/Especialidade: Migração.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SIDRIM, R. M. S. . XIV semana de economia da URCA. 2013. (Congresso).

SIDRIM, R. M. S. . III Colóquio Sociedade, Políticas Públicas, Cultura e Desenvolvimento. 2013. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

AULA MAGNA COM SILVIA FEDERICI: O PONTO ZERO DA REVOLUÇÃO. 2019. (Outra).

Apresentação do Comitê de Ética em Pesquisa nas Ciências Humanas e Sociais. 2018. (Outra).

SEMINÁRIO: 25 ANOS DO CAIRO: POPULAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E A AGENDA DE DIREITOS AMPLIADA. 2018. (Seminário).

6º Colóquio Sociedade, Políticas Públicas, Cultura e Desenvolvimento-CEURCA e do 2º Simpósio do Observatório das Migrações no Estado do Ceará-SOMEC. 2017. (Congresso).

II SPDem ? Seminário de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Demografia.O perfil dos pendulares migrantes e não migrantes das Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: uma análise de 2000 e 2010. 2017. (Seminário).

Quartas Demográficas QD21 | Aula inaugural 2017.1 PPGDEM | População e Políticas de Desenvolvimento | Jaime Nadal (UNFPA Brasil). 2017. (Outra).

Quartas Demográficas QD22 | População e Meio Ambiente: o que há além do mito malthusiano? | Ricardo Ojima (UFRN). 2017. (Outra).

Quartas Demográficas QD23 | O Fim da Transição de Fecundidade e Início da Transição de Adiamento no Brasil | Eduardo Rios-Neto (Cedeplar/UFMG). 2017. (Outra).

Quartas Demográficas QD25 | Twentieth century changes in family size in Latin America: analyses through cohort fertility and parity progression | Everton Lima (NEPO/UNICAMP). 2017. (Outra).

Quartas Demográficas QD26 | O aumento das uniões informais no Brasil entre 1980 e 2010: uma análise sobre mudanças nos diferenciais segundo escolaridade | Ana Paula Verona (Cedeplar/UFMG). 2017. (Outra).

Seminário em rede | Mobilidade Social: o que mostram os primeiros resultados da PNAD 2014 | Paulo Januzzi (ENCE). 2017. (Seminário).

VII Simpósio Nacional de História da População. 2017. (Simpósio).

X Encontro Nacional sobre Migração.Deslocamentos pendulares recentes nas regiões Metropolitanas do nordeste e breve caracterização da População envolvida. 2017. (Outra).

I Seminário de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Demografia (I SPDem). 2016. (Seminário).

Quartas Demográficas QD19 | Aula Inaugural PPGDEM | Monitoramento e Avaliação de Programas Sociais: Uma Introdução aos Conceitos e Técnicas | Paulo Januzzi (SAGI/MDS)ZZI. 2016. (Seminário).

Quartas Demográficas QD20 | Aula Inaugural 2016.2 PPGDEM | Demógrafos Hifenados: DuasTrajetórias na UFRN | Profª. Maria Célia de Carvalho Formiga (DDCA/UFRN) / Prof. Paulo Cesar Formiga Ramos (DDCA/UFRN). 2016. (Outra).

Seminário Acadêmico Desenvolvendo a Gestão de RPPS: Contribuições Interdisciplinares e Multidisciplinares. 2016. (Seminário).

XX Encontro Nacional de Estudos Populacionais (ABEP) e VII Congreso de la Asociación LatinoAmericana de Población (ALAP). 2016. (Congresso).

III colóquio de sociedade, políticas públicas, Cultura e Desenvolvimento. 2013. (Outra).

XIV semana de economia da URCA. 2013. (Outra).

Desafio SERBRAE.2ª fase (Repescagem) do Desafio Sebrae. 2012. (Outra).

Desafio SERBRAE.1ª fase do Desafio Sebrae. 2012. (Outra).

II colóquio de sociedade, políticas públicas, Cultura e Desenvolvimento. 2012. (Outra).

Seminário Rede Sesc de Turismo Social: potencialidades do patrimônio cultural local. 2012. (Seminário).

Teoria e prática da docência. 2012. (Outra).

VII SOBER Nordeste. 2012. (Congresso).

XIII semana de economia da URCA. 2012. (Outra).

I colóquio de sociedade, políticas públicas, Cultura e Desenvolvimento. 2011. (Outra).

O professor educador e o prazer pela arte de ensinar. 2011. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

ROSANA APARECIDA BAENINGER

FUSCO, WilsonBAENINGER, RosanaQueiroz, S.. Pendularidade e inserção ocupacional nas regiões metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição migratória. 2018. Dissertação (Mestrado em DEMOGRAFIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Silvana Nunes de Queiroz

FUSCO, W.; OJIMA, R.;BAENINGER, R. A.QUEIROZ, Silvana Nunes de. Pendularidade e inserção ocupacional nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição de migração. 2018. Dissertação (Mestrado em Demografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Silvana Nunes de Queiroz

FUSCO, W.; OJIMA, R.;QUEIROZ, Silvana Nunes de. Deslocamentos populacionais cotidianos nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição de migração. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Demografia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Ricardo Ojima

FUSCO, W.; QUEIROZ, S. N.;OJIMA, R.. Deslocamentos populacionais cotidianos nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição de migração. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em DEMOGRAFIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Wellington Ribeiro Justo

QUEIROZ, S. N.;JUSTO, W. R.; SANTOS, J. M.. FLUXOS MIGRATÓRIOS INTRAMETROPOLITANOS: O CASO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA - 1986/1991, 1995/2000 E 2005/2010. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Regional do Cariri.

Wilson Fusco

Fusco, WilsonOJIMA, RicardoBAENINGER, RosanaQUEIROZ, S. N.. Pendularidade e inserção ocupacional nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição de migração. 2018. Dissertação (Mestrado em DEMOGRAFIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Wilson Fusco

FUSCO, WilsonOJIMA, RicardoQUEIROZ, S. N.. Deslocamentos populacionais cotidianos nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição de migração. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em DEMOGRAFIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Silvana Nunes de Queiroz

Fluxos Migratórios Intrametropolitanos: O Caso da Região Metropolitana de Fortaleza - 1986/1991, 1995/2000 e 2005/2010; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Econômicas) - Universidade Regional do Cariri; Orientador: Silvana Nunes de Queiroz;

Ricardo Ojima

Pendularidade e inserção ocupacional nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição de migração; 2018; Dissertação (Mestrado em DEMOGRAFIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Ricardo Ojima;

Wilson Fusco

Pendularidade e inserção ocupacional nas Regiões Metropolitanas de Fortaleza, Recife e Salvador: evidências segundo a condição de migração; 2016; Dissertação (Mestrado em DEMOGRAFIA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Wilson Fusco;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SIDRIM, R. M. S. ; FUSCO, W. . MOBILIDADE PENDULAR E INSERÇÃO OCUPACIONAL NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE. Revista de Desenvolvimento Econômico (Impresso) , v. 1, p. 239-265, 2019.

  • SIDRIM, R. M. S. . Uma análise do perfil do migrante recente na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). In: 6º Colóquio Sociedade, Políticas Públicas, Cultura e Desenvolvimento-CEURCA e do 2º Simpósio do Observatório das Migrações no Estado do Ceará-SOMEC, 2017, Crato-CE. Austeridade fiscal, dívida pública e questão social, 2017.

  • SILVA, J. G. ; QUEIROZ, S. N. ; SIDRIM, R. M. S. . Movimento Pendular na Região Metropolitana do Cariri (RMC). In: X Encontro Nacional Sobre Migração, 2017, Natal - RN. Anais do X encontro nacional sobre migrações, 2017.

  • SIDRIM, R. M. S. ; QUEIROZ, S. N. . Fluxos migratórios intrametropolitanos: o caso da Região Matropolitana de Fortaleza - 1986/1991, 1995/2000 e 2005/2010. In: IX encontro nacional sobre migrações, 2015, Campinas - SP. ANAIS DO IX ENCONTRO NACIONAL SOBRE MIGRAÇÕES, 2015.

  • SIDRIM, R. M. S. ; SANTOS, P. L. ; ARAUJO, R. R. ; REBOUCAS FILHO, P. J. . Impactos da instalação do Aterro Sanitário do Cariri. In: IV Colóquio Sociedade, Políticas Públicas, Cultura e Desenvolvimento - CEURCA, 2014, Crato. População, espaço e ambiente, 2014. v. 4. p. 1600-1614.

  • SIDRIM, R. M. S. ; FUSCO, Wilson . Pendularidade e inserção ocupacional da Região Metropolitana de Fortaleza. In: XXI Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 2018, Poços de Caldas. Anais do XXI Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 2018.

  • SIDRIM, R. M. S. ; FUSCO, Wilson . Pendularidade e inserção ocupacional na região Metroplitana de Recife: evidencias segundo a condição de migração. In: VIII Congreso de la Asociación Latinoamericana de Población, 2018, Puebla. Anais do VIII Congreso de la Asociación Latinoamericana de Población, 2018.

  • SIDRIM, R. M. S. . Deslocamentos pendulares recentes nas Regiões Metropolitanas do Nordeste e breve caracterização da população envolvida. In: X Encontro Nacional sobre Migração, 2017, Natal - RN. Anais do X Encontro Nacional sobre Migrações, 2017.

  • SIDRIM, R. M. S. ; FUSCO, Wilson . Migração intrametropolitana: um estudo comparativo entre as metrópoles do Nordeste (Fortaleza, Recife e Salvador). In: VII Congreso de la Asociación LatinoAmericana de Población e XX Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 2016, Foz do Iguaçu. Anais do VII Congreso de la Asociación LatinoAmericana de Población e XX Encontro Nacional de Estudos Populacionais, 2016.

  • SIDRIM, R. M. S. ; SANTOS, P. L. ; ARAUJO, R. R. ; REBOUCAS FILHO, P. J. . Impactos da instalação do Aterro Sanitário do Cariri. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SIDRIM, R. M. S. . Parecerista de trabalhos científicos da Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura (CIENTEC). 2016. 2017. (Parecerista).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Regiões Metropolitanas no Interior do Nordeste (RMINEs) e Cidades Médias: Migrações e Deslocamentos Pendulares, Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Silvana Nunes de Queiroz em 18/03/2019., Descrição: A Constituição Federal brasileira de 1988 passou atribuir aos Estados a competência para a instituição de regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e microrregiões (BRASIL, 1988). Com isso, assistiu-se à proliferação das mesmas pelo país que, em 2017, conta com 73 regiões metropolitanas, sendo que a região Nordeste lidera com 29. Ademais, usando a definição do IBGE que classifica como Cidades Médias aquela com população de 100.000 até 500.000 habitantes, o interior nordestino possui 30 cidades desse porte em 2010. Portanto, o objetivo principal desse projeto, aprovado no Edital Universal e financiado pelo CNPq, é analisar a mobilidade nas Regiões Metropolitanas no Interior do Nordeste (RMINEs) e Cidades Médias dessa região, a partir dos fluxos migratórios (longa, média e curta distância) e deslocamentos pendulares. É importante frisar que um dos objetivos específicos é refletir sobre o critério adotado pelo IBGE para a divisão e/ou classificação de cidades médias, e propor uma tipologia para caracterizá-las de acordo com as características demográficas, econômicas e geográficas do Nordeste brasileiro. Este projeto foi aprovado através de Edital Universal e financiado pelo CNPq, o mesmo é desenvolvido pelo grupo de pesquisa Observatório das Migrações no Estado do Ceará (OMEC) em parceria com professores e pesquisadores de diversas IES e Órgãos de pesquisa no Brasil (URCA, UFRN, FUNDAJ, UNICAMP, UFABC, UFES e UECE)... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Raíssa Marques Sampaio Sidrim - Integrante / Silvana Nunes de Queiroz - Coordenador.

  • 2019 - Atual

    Famílias, Gênero e Cuidados: das invisibilidades e sobrecargas do trabalho reprodutivo., Descrição: As tarefas destinadas à manutenção do espaço doméstico e de cuidados com a família constituem elementos importantes para a reprodução social, contudo, a substantiva produção existente sobre o tema aponta para a persistente condição de invisibilidade social da importância dessas atividades, que são desempenhadas majoritariamente por mulheres. À despeito das inegáveis conquistas femininas, a assimétrica divisão sexual do trabalho não estaria sendo atenuada, mas sim intensificada pela sobreposição das responsabilidades femininas impostas pelas condições em que se articulam a vida produtiva e reprodutiva. Evidências empíricas apontam para um uso do tempo profundamente desigual entre homens e mulheres. Embora se observem jornadas de trabalho extensas para ambos os sexos, as mulheres respondem por uma jornada em afazeres domésticos, em média, três vezes superior ao dos homens. Para avançar no entendimento dessa persistente desigualdade e na elaboração de ações que visem um cenário de maior equidade de gênero é importante ir além da mensuração da quantidade de horas que homens e mulheres dispendem com o trabalho reprodutivo. Faz-se necessário também avaliar o tipo de atividades realizadas por ambos. Desse modo, este estudo tem por objetivo analisar aspectos da vida produtiva e reprodutiva da população masculina e feminina economicamente ativa (PEA) de 16 anos e mais de idade. A partir dos dados coletados pela PNAD Contínua, visa avaliar e comparar aspectos do trabalho de cuidados para com o espaço doméstico-familiar e para com membros da família realizados por homens e mulheres segundo o tipo de arranjo doméstico-familiar no qual estão inseridos. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Raíssa Marques Sampaio Sidrim - Integrante / Glaucia dos Santos Marcondes - Coordenador.

  • 2015 - 2017

    Observatório das Migrações no Estado do Ceará (Fase 2: Migrações, Trabalho, Pobreza e Educação), Descrição: A fase II do Observatório das Migrações no Estado do Ceará (Migrações, Trabalho, Pobreza e Educação), pretende avançar na relação entre migração/migrante e o mercado de trabalho, migração e pobreza, migração e educação, através da análise/estudo das características demográficas, ocupacionais e socioeconômicas dos envolvidos nesse processo. O Observatório das Migrações no Estado do Ceará conta com professores e pesquisadores da região Nordeste (URCA, UFCA e UFRN) e Sudeste (UNICAMP, UFV, UFES e IBGE), funcionando em rede, através da parceria com o Observatório das Migrações em São Paulo e o Observatório das Migrações Nordestinas. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Raíssa Marques Sampaio Sidrim - Integrante / Silvana Nunes de Queiroz - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    Observatório das Migrações no Estado do Ceará, Descrição: Este projeto almeja resgatar no período de sessenta anos (1950 a 2010), os fluxos populacionais que partiram e chegaram ao estado do Ceará em suas diversas modalidades migratórias, distintos tempos e espaços, e desvendar em uma perspectiva histórica e econômica, os principais trajetos, tendências e inflexões da dinâmica migratória estadual. A partir dessa reconstrução, pretende-se contribuir com o aprimoramento e focalização de políticas públicas, dado o inchaço populacional, concentração da atividade econômica, emprego, e infraestrutura em algumas áreas do estado. O observatório das Migrações no Estado do Ceará contará com professores e pesquisadores da região Nordeste (URCA e UFRN) e Sudeste (UNICAMP e Fundação Seade), funcionando em rede, através da parceria com o Observatório das Migrações em São Paulo: fases e faces do fenômeno migratório no estado de São Paulo e o Observatório das Migrações Nordestinas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Raíssa Marques Sampaio Sidrim - Integrante / Silvana Nunes de Queiroz - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Monografia homenageada na II Mostra de Monografias da XVI Semana de Economia - SECON, Universidade Regional do Cariri - URCA, Universidade Regional do Cariri - URCA.

2015

Monografia premiada em 1º lugar do Curso de Ciências Econômicas da URCA, do ano de 2014, Universidade Regional do Cariri - URCA.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional