Malenna Clier Ferreira Farias

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Federal do Pará (2020); Membro do corpo editorial da Revista Caderno 4 Campos do referido programa (https://caderno4campos.wixsite.com/inicio/a). Compõe o quadro de Pareceristas "ad hoc" da Revista da Associação de Pós-Graduandos da PUC-SP. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da mesma universidade (2018-2020); Bacharela em Antropologia pela Universidade Federal do Oeste do Pará (2013-2018); Membro do Grupo de Pesquisa Diversidade Cultural, território e novos direitos na Amazônia, da mesma universidade; Atuou como bolsista no Núcleo de Estudos Interdisciplinares em Sociedades Amazônicas, Cultura e Ambiente (SACACA) como bolsista PROEXT (2016) e PIBEX (2016-2017) desenvolvendo pesquisas relacionadas à memória, território, ambiente, conhecimento tradicional e patrimônio cultural imaterial; Desenvolveu pesquisa de Iniciação Científica (FAPESPA 2014-2015) sobre os desafios e lutas da educação escolar indígena dos povos indígenas do Baixo Tapajós, em Santarém/PA. Realiza pesquisas em contextos de comunidades tradicionais na Amazônia em torno das discussões de organização social, conflito, identidade, territorialidade, memória, trajetórias, gênero e etnografia. É colaboradora do projeto social Faro Jiu-Jitsu que atua com crianças, adolescentes e jovens na promoção do esporte, educação, arte e cultura no município de Faro-PA. Atuou como co-coordenadora do projeto "Acervo de Memória e Arte das Quadrilhas Folclóricas de Faro-PA", premiado pela Lei Aldir Blanc 2020 de incentivo à cultura, tendo como produto a exposição de longa duração de acervo fotográfico e audiovisual em plataforma virtual. Atuou neste mesmo projeto como curadora da exposição "Memórias de Quadrilheiro" disponível em https://www.acervoquadrilhasdefaro.com/

Informações coletadas do Lattes em 04/05/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em ANTROPOLOGIA

2020 - Atual

Universidade Federal do Pará
Edna Ferreira Alencar.

Mestrado em Ciências Sociais

2018 - 2020

Universidade Federal do Pará
Título: Sou da Terra: a trajetória de uma mulher do beiradão amazônico como redescoberta de si com os outros.,Ano de Obtenção: 2020
Luciana Gonçalves de Carvalho.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: História de vida; Catarina; Memória; Narrativa; Identidade.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Graduação em andamento em Sociologia - Licenciatura

2022 - Atual

Faculdade Estácio de Belém, Estácio Belém

Graduação em Antropologia

2013 - 2018

Universidade Federal do Oeste do Pará
Título: ?Sou coletivo?: aspectos sobre esta noção em um contexto de disputa na comunidade Repartimento dos Pilões, Almeirim-PA.
Orientador: Luciana Gonçalves de Carvalho

Ensino Médio (2º grau)

2010 - 2012

Profª. Flora Teixeira

Formação complementar

2022 -

PLANO MUSEOLÓGICO: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA MUSEUS. (Carga horária: 40h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2022 - 2022

Extensão universitária em Gênero, Raça e Mudanças climáticas: uma abordagem interseccional. (Carga horária: 11h). , Instituto de Tecnologia e Sociedade, ITS Rio, Brasil.

2021 - 2021

Extensão universitária em Pandemia e Territórios. (Carga horária: 30h). , Associação Brasileira de Antropologia, ABA, Brasil.

2021 - 2021

Para fazer uma exposição. (Carga horária: 20h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2021 - 2021

Inventário Participativo. (Carga horária: 20h). , Escola Nacional de Administração Pública, ENAP, Brasil.

2021 - 2021

As Pensadoras Negras - 2ª ed.. (Carga horária: 20h). , Escola As Pensadoras, EAP, Brasil.

2021 - 2021

As Pensadoras Latinoamericanas. (Carga horária: 20h). , Escola As Pensadoras, EAP, Brasil.

2021 - 2021

As Pensadoras e o Socialismo. (Carga horária: 20h). , Escola As Pensadoras, EAP, Brasil.

2011 - 2011

Curtas Memórias. (Carga horária: 25h). , Fundação Nacional de Artes, FUNARTE, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Organização de eventos

FARIAS, M. C. F. . IV Encontro Nacional de Estudantes Indígenas. 2016. (Congresso).

FARIAS, M. C. F. . I Seminário de Gênero, sexualidade e cidadania. 2016. (Exposição).

FARIAS, M. C. F. . Semana dos Povos Indígenas 2015. 2015. (Outro).

FARIAS, M. C. F. . III Chamado da Floresta, "Floresta Conservada é vida continuada. 2015. (Outro).

Participação em eventos

Gloria Anzaldua: Contribuições Conceituais e Metodológicas. 2022. (Outra).

3 Seminário Internacional América Latina: conflitos e políticas contemporâneas ? SIALAT,.?Nasci da terra": vida e luta de uma mulher do Beiradão Amazônico como expressão da luta extrativista. 2021. (Seminário).

Escrita Criativa. 2021. (Outra).

Inventário das Quadrilhas Folclóricas de Faro: usando a história oral. 2021. (Oficina).

Patrimônios e acervos: conjuntos dinâmicos de objetos. 2021. (Oficina).

VIII Reunião de Antropologia de Mato Grosso do Sul. Território, corpo e etnografia: lutas protagonizadas por mulheres no beiradão amazônico. 2021. (Congresso).

Biografia histórica e história política, sob a perspectiva da Nova História: práxis historiográficas. 2020. (Outra).

IV Encontro de Antropologia Visual da América Amazonica.Movimento e Imagem: etnografia sobre identificações em um contexto de conflito territorial. 2020. (Encontro).

31ª Reunião Brasileira de Antropologia. Os "coletivos" entre o eucalipto e a castanha: estratégias de territorialidade em Repartimento dos Pilões, Almeirim-PA. 2018. (Congresso).

XII Simpósio Brasileiro de Etnobiologia e Etnoecologia.Sou coletivo: representações sobre o território em um contexto de disputa. 2018. (Simpósio).

XVI Congresso da Sociedade Internacional de Etnobiologia. Sou coletivo: representações sobre o território em um contexto de disputa. 2018. (Congresso).

III Congresso Amazônico de Universitários Cristãos. 2016. (Congresso).

IV Encontro Nacional de Estudantes Indígenas. 2016. (Encontro).

I Conferência Nacional de Política Indigenista.Atuação como relatora. 2015. (Encontro).

I Conferência Nacional de Políticas Indigenistas - Etapa local. 2015. (Encontro).

I Encontro Diversidade em Foco & I Simpósio de Sociedades Amazônicas, Cultura e Ambiente. 2015. (Encontro).

IV Jornada Acadêmica da Universidade Federal do Oeste do Pará. O PAPEL E IMPORTÂNCIA DO ESPAÇO ESCOLAR INDÍGENA SOB O OLHAR ANTROPOLÓGICO EM SANTARÉM E REGIÃO,. 2015. (Exposição).

IV SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA DA UFOPA: "Juventude Negra: Violências, Identidades e Resistências". 2015. (Seminário).

Primeira Feira de Profissões do Colégio Álvaro Adolfo. Explorando Antropologia. 2015. (Feira).

Semana dos Povos Indígenas. O Povo Amanari sob Festas e Guerras. 2015. (Exposição).

V Seminário de Iniciação Científica da Universidade Federal do Oeste do Pará - UFOPA. O papel e importância da educação indígena sob o olhar antropológico em Santarém e Região. 2015. (Exposição).

INTERAÇÕES ENTRE ÁFRICA, EUROPA E O MUNDO ATLÂNTICO. 2014. (Oficina).

Semana dos Povos Indígenas. 2014. (Oficina).

VII Congresso Universitário d santarém. 2014. (Congresso).

I Encontro tapajônico em Saúde, Ambiente e Qualidade de Vida na Amazônia. 2013. (Encontro).

I Mesa de debates: Direitos Humanos X Homossexualidade da Ufopa. 2013. (Outra).

Mini-curso: Saúde do Trabalhador no contexto rural. 2013. (Outra).

Semana dos Povos Indígenas. 2013. (Oficina).

VI Festival de Direitos - "Por que estudar direito hoje? Por um direito achado na beira do rio". 2013. (Seminário).

Jornada de Oficinas de Comunicação. 2012. (Oficina).

Curtas Memórias: resgate de causos e histórias da identidade de povos cercados pelas águas?.Comunidade de Faro. 2011. (Oficina).

Comissão julgadora das bancas

Marina Ramos Neves de Castro

CASTRO, MARINA RAMOS NEVES DE; ALENCAR, Edna F.. SOU DA TERRA?: a trajetória de uma mulher do beiradão amazônico como redescoberta étnica de si com os outros. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Antropologia) - Universidade Federal do Pará.

Ana Lídia Nauar Pantoja

CARVALHO, L. G.;NAUAR, Ana Lídia; Myriam Lins de Barros; SANTOS, S. M. B. M.. "Sou da Terra": a trajetória de uma mulher do beiradão como redescoberta de si com os outros.. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós Graduação em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Pará.

Luciana Gonçalves de Carvalho

CARVALHO, L. G.; ALENCAR, E.; CASTRO, M.. ?SOU DA TERRA?: a trajetória de uma mulher do beiradão amazônico como redescoberta étnica de si com os outros. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia e Antropologia) - Universidade Federal do Pará.

Luciana Gonçalves de Carvalho

CARVALHO, L. G.; ALMEIDA, R.; VAZ FILHO, F. A.. ?SOU COLETIVO?: ASPECTOS SOBRE ESTA NOÇÃO EM UM CONTEXTO DE DISPUTA NA COMUNIDADE REPARTIMENTO DOS PILÕES, ALMEIRIM-PA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Antropologia) - Universidade Federal do Oeste do Pará.

Florêncio Almeida Vaz Filho

VAZ FILHO, FLorêncio Almeida.; CARVALHO, L. G.. "Sou coletivo": aspectos sobre esta noção em um contexto de disputa na comunidade repartimento dos Pilões, Almerim - PA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arqueologia) - Universidade Federal do Oeste do Pará.

EDNA FERREIRA ALENCAR

CARVALHO, L. G.;ALENCAR, E. F.; RODRIGUES, C. I.; CASTRO, M. R. N.. SOU DA TERRA?: a trajetória de uma mulher do beiradão amazônico como redescoberta étnica de si com os outros. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Sociologia e AnPPGSA) - Universidade Federal do Pará.

Rogério Henrique Almeida

Florencio Vaz;ALMEIDA, R. H.. "Sou Coletivo" aspectos sobre esta noção em um contexto de disputa na Comunidade de Pilões - Almeirim - PA. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Antropologia) - Universidade Federal do Oeste do Pará.

Foi orientado por

EDNA FERREIRA ALENCAR

?SOU DA TERRA? X ?ESTOU NA LUTA?: trajetórias de vida, conflito e identificações de mulheres lideranças em uma comunidade no Pará; Início: 2020; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Antropologia/PPGA) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Produções bibliográficas

  • MERCES, F. S. ; FARIAS, Malenna Clier ; MERCÊS, J. A. S. . 'Memórias de Quadrilheiro': relato de pesquisa em tempos de pandemia. Caderno 4 Campos , v. 8, p. 08-36, 2021.

  • MERCÊS, J. A. S. ; FARIAS, Malenna Clier ; CASTRO, Fábio F. . Deslocamento Compulsório em Tucuruí: sintoma, sofrimento e mal-estar. PAPERS DO NAEA (UFPA) , v. 28, p. 132-149, 2019.

  • FARIAS, Malenna Clier ; NERES, RAILANA FERNANDA ; CARVALHO, LUCIANA GONÇALVES DE . Entre Castanhais Nativos e Plantações de Eucalipto. Amazônica: Revista de Antropologia , v. 9, p. 892-902, 2018.

  • CARVALHO, LUCIANA GONÇALVES DE (Org.) ; FARIAS, Malenna Clier (Org.) . Repartimento dos Pilões: terra de castanheiras e castanheiros. 1. ed. Belém: NUMA/UFPA, 2022. v. 2. 74p .

  • FARIAS, Malenna Clier ; PRINTES, C. ; BENTES, N. ; CARNEIRO, V. ; CARDOSO, V. ; CASTRO, W. S. . Mulheres e seus saberes e fazeres na pandemia. In: Carvalho, L. G.; Nascimento, R. M. C.; Nascimento, V. B.. (Org.). Vulnerabilidade histórica e futura das comunidades quilombolas do Pará em tempo de pandemia. 1ªed.Belém/PA: Numa/UFPA, 2021, v. V991v, p. 75-101.

  • FARIAS, Malenna Clier ; CARVALHO, L. G. . Os 'coletivos' entre o eucalipto e a castanha: estratégias de territorialidade em Repartimento dos Pilões, Almeirim-PA. In: Reunião Brasileira de Antropologia, 2018, Brasília. Direitos Humanos e Antropologia em Ação, 2018.

  • FARIAS, Malenna Clier ; CARVALHO, LUCIANA GONÇALVES DE . Nasci da terra: vida e luta de uma mulher do Beiradão Amazônico como expressão da luta extrativista. 2021. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • FARIAS, Malenna Clier ; ALENCAR, E. F. . Território, corpo e etnografia: lutas protagonizadas por mulheres no beiradão amazônico. 2021. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • FARIAS, Malenna Clier ; MERCES, F. S. ; MERCÊS, J. A. S. . Noções de História e Memória. 2021. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FARIAS, Malenna Clier ; MERCÊS, J. A. S. ; FERREIRA, V. B. . A memória em tela. 2021. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FARIAS, Malenna Clier ; CARVALHO, L. G. . Movimento e Imagem: etnografia sobre identificações em um contexto de conflito territorial. 2020. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • FARIAS, Malenna Clier . Sou da Terra: a trajetória de uma mulher do beiradão amazônico como redescoberta de si com os outros. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FARIAS, Malenna Clier ; CARVALHO, L. G. . Sou coletivo: representações sobre o território em um contexto de disputa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FARIAS, Malenna Clier ; CARVALHO, L. G. . Os 'coletivos' entre o eucalipto e a castanha: estratégias de territorialidade em Repartimento dos Pilões, Almeirim-PA. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • FARIAS, Malenna Clier ; CARVALHO, L. G. . Sou coletivo: representações sobre o território em um contexto de disputa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FARIAS, M. C. F. . Explorando Antropologia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • FARIAS, Malenna Clier ; CARVALHO, LUCIANA GONÇALVES DE . Castanhais de dono: parentesco, herança e direitos territoriais em Repartimento dos Pilões 2021 (Livro digital (e-book)).

Outras produções

BRITO, I. A. ; MERCES, F. S. ; MERCÊS, J. A. S. ; FARIAS, Malenna Clier ; ABECASSIS, R. F. ; FERREIRA, V. B. . Exposição Memórias de Quadrilheiro. 2021; Tema: Exposição de longa duração do Festival de Quadrilhas Folclóricas de Faro-PA que é Patrimônio Cultural, Imaterial e Histórico do município.. (Site).

Laura Vieira ; Felipe Damasceno ; FARIAS, Malenna Clier . O fazer antropológico em meio ao caos: o que nossas pesquisas falam sobre o impacto da pandemia do COVID-19 em nossos campos e nosso trabalho?. 2021. (Editoração/Periódico).

Lúcio Costa Leite ; Daiane Pereira ; Alan Silva Nazaré ; FARIAS, Malenna Clier . Arqueologias do Amapá. 2021. (Editoração/Periódico).

TOUTONGE, E. C. P. ; PEREIRA, R. C. ; FARIAS, Malenna Clier . Territórios Tradicionais na Amazônia Paraense: processos educativos e dinâmicas socioculturais por sujeitas e sujeitos locais. 2020. (Editoração/Periódico).

SARQUIS, G. B. ; CARVALHO, L. G. ; FARIAS, M. C. F. . Modo de Fazer Cuias do Baixo Amazonas. 2017. (Editoração/Livro).

Projetos de pesquisa

  • 2018 - 2020

    "Sou da terra": a trajetória de uma mulher do beiradão amazônico como redescoberta de si com os outros, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Malenna Clier Ferreira Farias - Integrante / Luciana Gonçalves de Carvalho - Coordenador.

  • 2014 - 2015

    O papel e importância da educação escolar indígena no município de Santarém e região., Descrição: A pesquisa tem como objetivo promover os debates acerca do ensino diferenciado para as escolas indígenas na região de Santarém a partir da percepção das populações indígenas sobre esta instituição de ensino.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Malenna Clier Ferreira Farias - Coordenador.

Histórico profissional

Experiência profissional

2018 - Atual

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

2016 - 2017

Universidade Federal do Oeste do Pará

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Programa Institucional de Bolsas de Extensão, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2016 - 2016

Universidade Federal do Oeste do Pará

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Projeto de Extensão, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

2015 - 2015

Fundação Nacional do Índio

Vínculo: Temporário, Enquadramento Funcional: Retatora em Conferência Nacional

2014 - 2015

Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20