Hanna Priscilla da silva

Enfermeira graduada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN/2017). Mestranda em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da UFRN (PPGEnf/UFRN/2018). Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Enfermagem Clínica -NEPEC (2015- atual).Desenvolve pesquisas e estudos sobretudo em Sistematização da Assistência de Enfermagem e Sistemas de Classificação NANDA, NIC e NOC. Apresenta experiência como enfermeira assistencial (2017-Atual). Enfermeira da Comissão de Controle de Infecções relacionadas a Assistência a Saúde ( 2017-Atual).

Informações coletadas do Lattes em 01/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Enfermagem

2018 - Atual

Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Título: CONSTRUÇÃO E ANÁLISE DE CONTEÚDO DO DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM RETORNO VENOSO INEFICAZ,Orientador:
Allyne Fortes Vitor.

Especialização em andamento em MBA COMPETÊNCIAS E CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR

2017 - Atual

Faculdade INESP

Graduação em Enfermagem

2013 - 2017

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2011

Colégio Nossa Senhora das Neves

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 -

INGLES. (Carga horária: 360h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, IFRN, Brasil.

2014 -

Espanhol. (Carga horária: 100h). , Instituto Ágora - UFRN, ÁGORA UFRN, Brasil.

2017 - 2017

I CONFERÊNCIA NACIONAL SEGURANÇA DO PACIENTE: DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A ALTA C. , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2017 - 2017

VI Conferência Internacional: Qualidade e Segurança em serviços de saúde. , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2016 - 2016

Linguagem Diagnóstica de Enfermagem e Indicadores para a Segurança do Pct. , Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em NEPEC: COLETA E ORGANIZAÇÃO DE DADOS EM PESQUISA CIENTÍFICAS. (Carga horária: 40h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em NOÇÕES BÁSICAS DE DOAÇÃO DE MEDULA ÓSSEA E SEU USO TERAPEUTICO. (Carga horária: 3h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2015 - 2015

ARTIGO CIENTÍFICO- COMO ESTRUTURAR E PUBLICAR. (Carga horária: 4h). , Conselho Federal de Enfermagem, COFEN, Brasil.

2015 - 2015

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA EM REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR. (Carga horária: 46h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2015 - 2015

REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR: FORMAÇÃO DO PENSAMENTO CRÍTICO. (Carga horária: 46h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2015 - 2015

I CURSO AVANÇADO DE SAUDE OCULAR: AVALIAÇÃO DO OLHO SECO. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2015 - 2015

SUPORTE BASICO DE VIDA (SBV). (Carga horária: 4h). , Conselho Federal de Enfermagem, COFEN, Brasil.

2013 - 2013

Extensão universitária em EXPERIENCIAS EXITOSAS EM SACI E POTI. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

2013 - 2013

APRESENTAÇÕES DE PROJETOS DE INTERVENÇÕES POTI 2013.2. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Rio Grande do Norte, UFRN, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Enfermagem.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I ENCONTRO INTERNACIONAL DO PROCESSO DE ENFERMAGEM.APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM ATELECTASIA TOTAL DE PULMÃO DIREITO ASSOCIADO A SEQUELA DE TUBERCULOSE: RELATO DE EXPERIÊNCIA. 2017. (Encontro).

12º Simposio Nacional de Diagnóstico em Enfermagem.APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM INSUFICIENCIA CARDÍACA E ESTENOSE AORTICA: RELATO DE EXPERIENCIA. 2016. (Simpósio).

12º Simposio Nacional de Diagnóstico em Enfermagem.APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM INSUFICIENCIA CARDÍACA E ESTENOSE AORTICA: RELATO DE EXPERIENCIA. 2016. (Simpósio).

18 CONGRESSO BRASILEIRO DOS CONSELHOS DE ENFERMAGEM. SAUDE DO HOMEM: DIFICULDADE DE ACESSO A ATENÇÃO PRIMARIA DE SAÚDE. 2016. (Congresso).

IV ENCONTRO DE ENFERMAGEM DO HOSPITAL MEMORIAL.Segurança do paciente: Um compromisso com a assistência. (Encontro). 2015. (Outra).

XXVI CICT: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Morfometria do Compartimento Tubulardos testiculos de ratos Wistar tratados com extrato de Turnera Umifolia. 2015. (Congresso).

XXVI CICT: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. MORFOMETRIA DO COMPARTIMENTO INTERTUBULAR DOS TESTICULOS DE RATOS WISTAR ADULTOS TRATADOS COM EXTRATO DE TURNERA UMIFOLIA. 2015. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Jéssica Naiara de Medeiros Araújo

VITOR, ALLYNE FORTES; DANTAS, RODRIGO ASSIS NEVES; LOPES, CAMILA TAKÁO;ARAÚJO, Jéssica Naiara de Medeiros. CONSTRUÇÃO DA PROPOSIÇÃO DIAGNÓSTICA DE ENFERMAGEM RETORNO VENOSO PERIFÉRICO INEFICAZ EM PACIENTES ADULTOS COM CONDIÇÕES CLÍNICAS CARDIOVASCULARES. 2019. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Jéssica Naiara de Medeiros Araújo

VITOR, ALLYNE FORTES; DANTAS, RODRIGO ASSIS NEVES;ARAÚJO, Jéssica Naiara de Medeiros. Construção e análise de conceito do diagnóstico de enfermagem Retorno venoso periférico ineficaz. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

ALLYNE FORTES VITOR

VITOR, ALYNNE FORTES; DANTAS, Rodrigo Assis Neves; ARAUJO, Jessica Naiara de Medeiros. Construção e análise de conceito do diagnóstico de enfermagem retorno venoso periférico ineficaz. 2019. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

ALLYNE FORTES VITOR

VÍTOR, ALLYNE FORTES; BOTARELLI, Fabiane Rocha; ARAUJO, Jessica Naiara de Medeiros; FERREIRA JUNIOR, Marcos Antonio. A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NA SEGUNDA ETAPA DA PESQUISA TRANSLACIONAL. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Rodrigo Assis Neves Dantas

VITOR, Allyne Fortes;DANTAS, Rodrigo Assis Neves; ARAUJO, Jessica Naiara de Medeiros. Construção e análise de conceito do diagnóstico de enfermagem retorno venoso periférico ineficaz. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Enfermagem) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem/UFRN.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

ALLYNE FORTES VITOR

Construção e análise de conteúdo do diagnóstico de enfermagem Retorno Venoso Ineficaz; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-graduação em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte; (Orientador);

Danielle Barbosa Morais

Morfometria do compartimento tubular e índices de produção espermática de ratos wistar tratados com extrato da folha de Turnera ulmifolia; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, PROPESQ UFRN; Orientador: Danielle Barbosa Morais;

Danielle Barbosa Morais

Ação de Extensão - Workshop sobre Gravidez, Drogas e Distúrbios Congênitos; 2013; Orientação de outra natureza; (Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Pró-reitoria de Extensão - UFRN; Orientador: Danielle Barbosa Morais;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVA, H. P. ; FERNANDES, ANA PAULA NUNES DE ; ARAUJO, J. N. M. ; OLIVEIRA PITOMBEIRA, DANIELLY ; FERREIRA JÚNIOR, MARCOS ANTONIO ; VITOR, A. F. . Ojo seco y enfermedades de la córnea en pacientes en cuidados intensivos. REVISTA CUBANA DE ENFERMERIA , v. 34, p. --, 2018.

  • ARAUJO, M. G. ; SILVA, A. B. ; VITOR, A. F. ; SILVA, H. P. ; ARAUJO, J. N. M. ; FERNANDES, A. P. N. L. . Validation of nursing outcome dry eye Severity: a methodological study. ONLINE BRAZILIAN JOURNAL OF NURSING , v. 1, p. 96-98, 2018.

  • SILVA, H. P. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; SANTOS, V. E. P. ; FERREIRA JUNIOR, M. A. ; VITOR, A. F. ; ARAUJO, J. N. M. . Risk of dry eye and ocular dryness in intensive care: a cross-sectional study. ONLINE BRAZILIAN JOURNAL OF NURSING , v. 17, p. 1, 2018.

  • MOURA, L. A. ; ARAUJO, J. N. M. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; CARVALHO, R. E. F. L. ; SILVA, H. P. ; SANTOS, I. E. P. ; FERREIRA JUNIOR, M. A. ; VITOR, A. F. . Factores de riesgo de caída en ancianos en el ambiente hospitalario. REVISTA CUBANA DE ENFERMERIA , v. 33, p. ---, 2017.

  • NEVES CÂMARA, VANESSA GABRIELLE ; DE MEDEIROS ARAÚJO, JÉSSICA NAIARA ; NUNES DE LIMA FERNANDES, ANA PAULA ; ROCHA BOTARELLI, FABIANE ; BARBOSA DA SILVA, AMANDA ; ALVES COSTA MEDEIROS, RAIANNY ; DA SILVA, HANNA PRISCILLA ; OLIVEIRA PITOMBEIRA, DANIELLY ; PALHANO DOS SANTOS, MARINA MARISA ; FERREIRA JÚNIOR, MARCOS ANTONIO ; FORTES VITOR, ALLYNE . Methods for detection of dry eye in critically ill patients: An Integrative Review. INTERNATIONAL ARCHIVES OF MEDICINE , v. 9, p. 1-10, 2016.

  • CAMPOS DE AZEVEDO, ISABELLE ; DE MEDEIROS ARAÚJO, JÉSSICA NAIARA ; FERNANDES COSTA, ISABELLE KATHERINNE ; RODRIGUES FEIJÃO, ALEXSANDRA ; LIRA DA SILVA, RITA DE CÁSSIA ; DE ARAÚJO OLÍMPIO, JÉSSICA ; FERNANDES MEIRELES CÂMARA, PRISCILA ; DA SILVA, HANNA PRISCILA ; HERCULANO LIMA, JÉSSICA VALESKA ; OLIVEIRA PITOMBEIRA, DANIELLY ; FORTES VITOR, ALLYNE ; FERREIRA JÚNIOR, MARCOS ANTONIO . Evidence For Dry Eye Treatment In Hematopoietic Stem Cells Post-Transplantation. INTERNATIONAL ARCHIVES OF MEDICINE , v. 9, p. 1-10, 2016.

  • ARAUJO, J. N. M. ; SILVA, H. P. ; BOTARELLI, F. R. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; ARAUJO, M. G. ; VITOR, A. F. . ANÁLISE OCULAR EM PACIENTES COM O DIAGNOSTICO DE ENFERMAGEM RISCO DE OLHO SECO EM TERAPIA INTENSIVA. In: ENIPE- I ENCONTRO INTERNACIONAL DO PROCESSO DE ENFERMAGEM, 2017, São Paulo. ANÁLISE OCULAR EM PACIENTES COM O DIAGNOSTICO DE ENFERMAGEM RISCO DE OLHO SECO EM TERAPIA INTENSIVA, 2017.

  • ARAUJO, J. N. M. ; SILVA, H. P. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; ARAUJO, M. G. ; VITOR, A. F. . SUPORTE VENTILATORIO DE PACIENTES COM O DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM RISCO DE OLHO SECO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA. In: ENIPE- I ENCONTRO INTERNACIONAL DO PROCESSO DE ENFERMAGEM, 2017, São Paulo. SUPORTE VENTILATORIO DE PACIENTES COM O DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM RISCO DE OLHO SECO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA, 2017.

  • SILVA, HANNA PRISCILLA ; ARAÚJO, JÉSSICA ; FERNANDES, ANA PAULA NUNES DE ; ARAÚJO, MÉRCIO ; PALHANO DOS SANTOS, MARINA MARISA ; FORTES VITOR, ALLYNE . APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM ATELECTASIA TOTAL DE PULMÃO DIREITO ASSOCIADAS À SEQUELA DE TUBERCULOSE: RELATO DE EXPERIÊNCIA.. In: I Encontro Internacional do Processo de Enfermagem: raciocínio clínico e a era digital, 2017, São Paulo, 2017.

  • SILVA, HANNA PRISCILLA ; ARAÚJO, JÉSSICA ; BOTARELLI, FABIANE ; FERNANDES, ANA PAULA NUNES DE ; PATRÍCIA, RAFFAELA ; FORTES VITOR, ALLYNE . APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UMA PACIENTE COM MIOMATOSE UTERINA. In: I Encontro Internacional do Processo de Enfermagem: raciocínio clínico e a era digital, 2017, São Paulo, 2017.

  • FERNANDES, A. P. N. L. ; SILVA, H. P. ; MEDEIROS, R. A. C. ; ARAUJO, M. G. ; ARAUJO, J. N. M. ; VITOR, A. F. . PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES SOBRE O USO DO EXAME CLÍNICO OBJETIVAMENTE ESTRUTURADO NO ENSINO DA SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM. In: 12 Simposio Nacional de diagnostico de Enfermagem, 2016, Recife, PE. PERCEPÇÃO DE ESTUDANTES SOBRE O USO DO EXAME CLÍNICO OBJETIVAMENTE ESTRUTURADO NO ENSINO DA SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM, 2016.

  • ARAUJO, J. N. M. ; SILVA, H. P. ; ARAUJO, M. G. ; MEDEIROS, R. A. C. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; VITOR, A. F. . ENSINO DA SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM POR MEIO DO EXAME CLÍNICO OBJETIVAMENTE ESTRUTURADO: PERCEPÇÃO DOS DOCENTES. In: 12º SINADEN, 2016, Recife. ENSINO DA SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM POR MEIO DO EXAME CLÍNICO OBJETIVAMENTE ESTRUTURADO: PERCEPÇÃO DOS DOCENTES, 2016.

  • SOARES, R. P. S. ; SILVA, H. P. ; ARAUJO, M. G. ; MEDEIROS, R. A. C. ; BARRETO, V. P. ; VITOR, A. F. . PROCESSO DE ENFERMAGEM APLICADO A PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA VALVAR. In: 12º SINADEN, 2016, Recife, PE. PROCESSO DE ENFERMAGEM APLICADO A PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA VALVAR, 2016.

  • MEDEIROS, R. A. C. ; SILVA, H. P. ; ARAUJO, J. N. M. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; ARAUJO, M. G. ; VITOR, A. F. . RISCO DE ASPIRAÇÃO EM PACIENTES CRÍTICOS EM INTUBAÇÃO GASTROINTESTINAL: REVISÃO INTEGRATIVA. In: 12º SINADEN, 2016, Recife, PE. RISCO DE ASPIRAÇÃO EM PACIENTES CRÍTICOS EM INTUBAÇÃO GASTROINTESTINAL: REVISÃO INTEGRATIVA, 2016.

  • SOARES, R. P. S. ; SILVA, H. P. ; PITOMBEIRA, D. O. ; MEDEIROS, R. A. C. ; BARRETO, V. P. ; VITOR, A. F. . APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA E ESTENOSE AÓRTICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA. In: 12º SINADEN, 2016, Recife. APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA E ESTENOSE AÓRTICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA, 2015.

  • SILVA, H. P. ; SIMPSON, C. A. ; NEREZ, J. N. S. . SAÚDE DO HOMEM: DIFICULDADE DE ACESSO A ATENÇÃO PRIMARIA EM SAUDE. In: Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem, 2015, João Pessoa. 18º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem, 2015.

  • SILVA, H. P. ; MORAIS, D. B. ; AMARANTE, M. S. M. ; RODRIGUES, T. B. . MORFOMETRIA DO COMPARTIMENTO INTERTUBULAR DOS TESTICULOS DE RATOS WISTAR ADULTOS TRATADOS COM EXTRATO DE TURNERA UMIFOLIA. In: XXVI CIC- CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, 2015, NATAL. eCICT 2015, 2015.

  • SILVA, H. P. ; DE MEDEIROS ARAÚJO, JÉSSICA NAIARA ; FERNANDES, A. P. N. L. ; ARAUJO, M. G. ; SANTOS, M. M. P. ; VITOR, A. F. . APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM ATELECTASIA TOTAL DE PULMÃO DIREITO ASSOCIADAS À SEQUELA DE TUBERCULOSE: RELATO DE EXPERIÊNCIA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, H. P. ; ARAUJO, J. N. M. ; BOTARELLI, F. R. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; SOARES, R. P. S. ; VITOR, A. F. . APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UMA PACIENTE COM MIOMATOSE UTERINA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ARAUJO, J. N. M. ; SILVA, H. P. ; ROCHA BOTARELLI, FABIANE ; FERNANDES, A. P. N. L. ; ARAUJO, M. G. ; VITOR, A. F. . SUPORTE VENTILATÓRIO DE PACIENTES COM O DIAGNÓSTICO DE ENFERMAGEM RISCO DE OLHO SECO EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • ARAUJO, J. N. M. ; SILVA, H. P. ; BOTARELLI, F. R. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; ARAUJO, M. G. ; VITOR, A. F. . ANÁLISE OCULAR EM PACIENTES COM O DIAGNOSTICO DE ENFERMAGEM RISCO DE OLHO SECO EM TERAPIA INTENSIVA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BARRETO, V. P. ; SILVA, H. P. ; ARAUJO, J. N. M. ; OLIMPIO, J. A. ; ARAUJO, M. G. ; VITOR, A. F. . INVESTIGAÇÃO DAS INTERNAÇÕES POR GLAUCOMA NAS REGIÕES SUL, SUDESTE E CENTRO-OESTE DO BRASIL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, H. P. ; SOARES, R. P. S. ; MEDEIROS, R. A. C. ; ARAUJO, M. G. ; BARRETO, V. P. ; VITOR, A. F. . PROCESSO DE ENFERMAGEM APLICADO A UM PACIENTE COM INSUFICIENCIA VALVAR. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • MEDEIROS, R. A. C. ; SILVA, H. P. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; ARAUJO, M. G. ; VITOR, A. F. ; ARAUJO, J. N. M. . Ensino da Sistematização da Assistência de Enfermagem por meio do Exame Clínico objetivamente estruturado: Percepção dos docentes. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • MEDEIROS, R. A. C. ; SILVA, H. P. ; ARAUJO, J. N. M. ; FERNANDES, A. P. N. L. ; ARAUJO, M. G. ; VITOR, A. F. . RISCO DE ASPIRAÇÃO EM PACIENTES CRÍTICOS EM INTUBAÇÃO GASTROINTESTINAL: REVISÃO INTEGRATIVA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FERNANDES, A. P. N. L. ; SILVA, H. P. ; ARAUJO, J. N. M. ; ARAUJO, M. G. ; SOARES, R. P. S. ; VITOR, A. F. . GRAVIDADE DO OLHO SECO EM PACIENTES INTERNADOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA: ANÁLISE DE CONCEITO E CONSTRUÇÃO DE DEFINIÇÕES. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • FERNANDES, A. P. N. L. ; SILVA, H. P. ; MOURA, L. A. ; ARAUJO, J. N. M. ; SOARES, R. P. S. ; VITOR, A. F. . VALIDAÇÃO CLÍNICA DO RESULTADO DE ENFERMAGEM COMPORTAMENTO DE PREVENÇÃO DE QUEDAS EM PACIENTES INTERNADOS EM AMBIENTE HOSPITALAR. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • ARAUJO, M. G. ; SILVA, H. P. ; MOURA, L. A. ; MEDEIROS, R. A. C. ; ARAUJO, J. N. M. ; VITOR, A. F. . AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO DE PREVENÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS HOSPITALIZADOS A PARTIR DA NURSING OUTCOMES CLASSIFICATION. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SILVA, H. P. . IMPORTANCIA DO TRABALHO INTERDISCIPLINAR A SAUDE DO PACIENTE. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SILVA, H. P. . MITOS E VERDADES SOBRE A AMAMENTAÇÃO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SILVA, H. P. . TIPOS DE PARTO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • SILVA, H. P. ; SOARES, R. P. S. ; MEDEIROS, R. A. C. ; PITOMBEIRA, D. O. ; BARRETO, V. P. ; VITOR, A. F. . APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ENFERMAGEM A UM PACIENTE COM INSUFICIENCIA CARDÍACA E ESTENOSE AORTICA: RELATO DE EXPERIENCIA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • SILVA, H. P. ; SIMPSON, C. A. ; NEREZ, J. N. S. ; PINHEIRO, M. G. C. . SAUDE DO HOMEM: DIFICULDADE DE ACESSO A ATENÇÃO PRIMARIA DE SAÚDE. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, H. P. ; MORAIS, D. B. . Morfometria do Compartimento Tubulardos testiculos de ratos Wistar tratados com extrato de Turnera Umifolia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • SILVA, H. P. ; MORAIS, D. B. ; RODRIGUES, T. B. ; CAMILO, C. S. ; AMARANTE, M. S. M. . MORFOMETRIA DO COMPARTIMENTO INTERTUBULAR DOS TESTICULOS DE RATOS WISTAR ADULTOS TRATADOS COM EXTRATO DE TURNERA UMIFOLIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SILVA, H. P. ; MORAIS, D. B. . Morfometria do compartimento tubular e índices de produção espermática de ratos wistar tratados com extrato da folha de Turnera ulmifolia. 2015. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - 2017

    INFLUÊNCIA DOS ANESTÉSICOS GERAIS NA OCORRÊNCIA DO OLHO SECO, Descrição: Esta proposta de pesquisa aborda a avaliação da influência dos anestésicos gerais para a ocorrência do fenômeno olho seco em pacientes submetidos a um procedimento cirúrgico. No sentido de delimitar o problema em tela, faz-se necessário abordar os seguintes assuntos: a condição de olho seco, a assistência perioperatória e a utilização de anestésicos gerais. A motivação para desenvolver essa temática sobreveio das experiências vivenciadas na prática hospitalar, e das leituras sobre o tema que versam sobre a influência da assistência hospitalar em seus diversos âmbitos na ocorrência do olho seco, especialmente sobre a proposição do efeito dos anestésicos na ocorrência desse dano à saúde ocular do paciente em situação cirúrgica. No sentido de promover uma assistência integral, esses profissionais devem estar comprometidos com a segurança do paciente, ao implementar iniciativas direcionadas à eliminação dos riscos, assim como recomenda a Portaria de nº 529, de 1º de abril de 2013, sobre o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), cujo objetivo visa a qualificação do cuidado em saúde em todos os estabelecimentos, a fim de promover iniciativas específicas à segurança do paciente, acesso da sociedade a informação pertinente à segurança do paciente e a inclusão do tema segurança do paciente no ensino técnico, de graduação e pós-graduação (BRASIL, 2013). Com referência à influência do ambiente hospitalar na saúde ocular, destaca-se o Centro Cirúrgico (CC), setor crítico de atendimento a pacientes com necessidades cirúrgicas e, portanto, com maior dependência de cuidados. Essas unidades dispõem de profissionais de saúde das mais diversas áreas e especialidades, que empregam variadas tecnologias destinadas ao diagnóstico e terapêutica no ambiente hospitalar. As responsabilidades encontradas em um setor crítico, como o CC são múltiplas e as prioridades são voltadas para os procedimentos imediatos com o paciente, enquanto que os cuidados simples e de fácil ascensão passam despercebidos, como por exemplo, o cuidado ocular. Isto acontece, pois há uma carência de conhecimento do enfermeiro e da equipe multiprofissional a respeito dos temas relacionados à anatomia, fisiologia, avaliação ocular, cuidados qualificados a serem implementados e as implicações que podem ocorrer quando o cuidado ocular é impróprio ou esquecido (WERLI-ALVARENGA et al., 2011).Sob a utilização de um anestésico geral o paciente encontra-se exposto a um fator de risco para o desenvolvimento do fenômeno olho seco, uma vez que tanto os reflexos sensoriais como os motores foram intensamente inibidos. Na ocorrência da inibição do reflexo sensorial, tem-se à diminuição da secreção lacrimal induzida pelo reflexo ocular e a frequência de piscar. A perda do reflexo motor induz a redução da secreção da lágrima e impede o fechamento completo da pálpebra e assim, o globo ocular encontra-se consequentemente exposto ao ambiente de baixas temperatura e umidade como é caracterizado o centro cirúrgico. Todos esses fatores coadunam para um possível desenvolvimento da secular da superfície ocular e, desta forma, merece a atenção da equipe de saúde envolvida no procedimento operatório (FONSECA; ARRUDA; ROCHA, 2010). Estudo realizado em outro setor crítico hospitalar, a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), aponta a síndrome do olho seco foi a afecção ocular mais frequente, com incidência de 72,2% em dano ocular na córnea com incidência de 59% entre os pacientes internados e pode ser evitado por condutas acessíveis e de baixo custo (OH et al., 2009; WERLI-ALVARENGA et al., 2011) Deste modo, percebe-se que o fenômeno olho seco apesar de ser uma disfunção prevenível é um problema na vida dos pacientes e familiares, uma vez que interfere na reinserção social e nas relações interpessoais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Hanna Priscilla da Silva - Integrante / ALLYNE FORTES VITOR - Coordenador.

  • 2013 - 2015

    Efeitos do extrato da folha de Turnera ulmifolia L. sobre a espermatogênese de ratos wistar adultos, Descrição: Há vários séculos as plantas vêm sendo consideradas fontes medicamentosas e tem sido empregadas tanto em preparações tradicionais, como chás, sucos e tinturas, quanto, mais recentemente, na forma de princípios ativos puros (Pitman,1996). Estima-se que existam aproximadamente 500 mil espécies de plantas no mundo, das quais o Brasil possui cerca de 120 mil (Almassy Jr., 2000). O uso dessas plantas na terapêutica é impulsionado pela promessa da produção de medicamentos com preços mais acessíveis e pela grande aceitação dos produtos naturais pela população. Dessa forma, tornam-se importantes e necessários estudos criteriosos sobre estas espécies vegetais, para que haja comprovação ou não de seus efeitos terapêuticos ou farmacológicos e de possíveis efeitos colaterais e/ou tóxicos. Embora a maior parte destas plantas tenha seu efeito afrodisíaco confirmado, para algumas os resultados são controversos ou bem diferentes do esperado. Como exemplo, verificou-se que a administração dos extratos de Trichilia catigua e Catuama®, conhecidas como formas de catuaba, causou efeito deletério sobre a população e volume de células de Leydig nos testículos de ratos (Gomes, 2007). Adicionalmente foi observado efeito prejudicial à espermatogênese pela administração do extrato de Pfaffia glomerata, (Matta, 2012), a qual acreditava-se ter efeito afrodisíaco semelhante ao comprovado para a espécie Pfaffia paniculata (Arletti et al., 1999). Na presente proposta de pesquisa propõe-se a obtenção de um maior conhecimento sobre os efeitos do extrato da espécie Turnera ulmifolia sobre parâmetros diretamente relacionados à produção espermática. Apesar de terem sido comprovados efeitos altamente benéficos de espécies do gênero Turnera sobre o sistema reprodutor masculino (Arletti et al., 1999; Estrada-Reyes et al., 2013), não foram encontrados relatados referentes ao extrato de T. ulmifolia. Assim, diante dos conhecidos efeitos benéficos de T. diffusa e T. aphrodisiaca sobre a reprodução masculina e da carência de informações acerca dos efeitos de T. ulmifolia, torna-se de grande importância que sejam aprofundados os estudos acerca desta espécie, afim de verificar se ela também apresenta efeitos positivos sobre os parâmetros reprodutivos, ou mesmo se seus efeitos podem ser considerados tóxicos e prejudiciais à reprodução. Uma vez que os testículos podem ser divididos no compartimento tubular (espermatogênico) e no compartimento intertubular (androgênico) (França e Russell, 1998), o presente plano de trabalho será focado nas análises do compartimento tubular e quantificação da produção espermática.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Hanna Priscilla da Silva - Coordenador / DANIELLE BARBOSA MORAIS - Integrante / Christina da Silva Camillo - Integrante / Maria do Socorro Medeiros Amarante - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Centro de Ciências da Saúde. , AC Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Lagoa Nova, 59078970 - Natal, RN - Brasil, Telefone: (084) 32153772

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Cientifica

  • 2015 - 2015

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Ações Acadêmicas Associadas

  • 2014 - 2015

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Cientifica

  • 2013 - 2013

    Universidade Federal do Rio Grande do Norte

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Atividade de Extensão

    Atividades

    • 01/2015

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem.,Linhas de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Hospital Memorial

    Vínculo: Privado, Enquadramento Funcional: Enfermeira, Carga horária: 30

    Atividades

    • 01/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Hospital Memorial, .,Cargo ou função, NÚCLEO DE APOIO AS PRÁTICAS DE ENFERMAGEM.

    • 01/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Hospital Memorial, .,Cargo ou função, NÚCLEO DE SEGURANÇA DO PACIENTE.

    • 01/2018

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Hospital Memorial, .,Cargo ou função, COMISSÃO DE CONTROLE DE INFECÇÕES RELACIONADAS A ASSISTÊNCIA.