Lázaro Ramon Silva Soares

Possui formação técnica em agropecuária pelo Instituto Federal Baiano Campus Guanambi (2011). Graduando do 9º semestre em biotecnologia pela Universidade Federal da Bahia. Desde o início de sua formação sempre esteve envolvido na pesquisa acadêmica e em projetos de extensão em diversos gêneros. Foi membro do Programa de Educação Tutorial (2013-2016) onde participou de pesquisas com fitoterápicos e isolamentos de compostos bioativos. Foi diretor de projetos da empresa júnior PRIMER biotecnologia (2015-2016) atuando como coordenador do Núcleo de fermentados (laboratório de biotecnologia industrial), representante em eventos, palestrante na ministração de cursos na área de bioprocessos e biotecnologia industrial. Atualmente é estagiário no laboratório de biologia vascular do Instituto do Coração (INCOR) em São Paulo (SP).

Informações coletadas do Lattes em 01/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Biotecnologia

2012 - Atual

Universidade Federal da Bahia

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Pesquisa com antimicrobianos de origem natural. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.

2014 - 2014

Bioprospecção de bactérias de interesse agrícola. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.

2014 - 2014

Uso de marcadores moleculares em genética forense. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.

2014 - 2014

VII Curso de inverno de Genética. (Carga horária: 36h). , Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.

2012 - 2012

Cultivo de tecidos vegetais. (Carga horária: 2h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2012 - 2012

Biotecnologia das Algas. (Carga horária: 2h). , Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.

2010 - 2012

Fazendo maquetes de Relevo. (Carga horária: 4h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, IFBAIANO, Brasil.

2011 - 2011

Treinamento em operação de GPS - Módulo I. (Carga horária: 24h). , Serviço nacional de Aprendizagem Rual, SENAR, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Italiano

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biologia Geral / Subárea: Biotecnologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Encontro Municipal de Empresas Juniores e I Mover - Construindo em empreendedor na Universidade. 2016. (Encontro).

I Encontro Municipal de Empresas Juniores e I Mover - Construindo em empreendedor na Universidade.Produção de Bebidas Artesanais. 2016. (Encontro).

I MALTEC - Curso de Melhoramento Técnico da Cervejaria Artesanal.Contagem de células viáveis em Hemocitômetro. 2016. (Oficina).

I MALTEC - Curso de Melhoramento Técnico da Cervejaria Artesanal.Reaproveitamento de leveduras. 2016. (Oficina).

I MALTEC - Curso de Melhoramento Técnico da Cervejaria Artesanal.Montagem de Starter e Pé-de-cuba na cervejaria Artesanal. 2016. (Oficina).

I MALTEC - Curso de Melhoramento Técnico da Cervejaria Artesanal.O laboratório da cervejaria (Equipamentos e análises). 2016. (Outra).

II INTERPET - Inovações no Ensino Superior. 2015. (Outra).

II Workshop de Empreendedorismo e Inovação. 2015. (Outra).

I Workshop Comemorativo ao Ano Internacional da Luz.Cerimonialista. 2015. (Outra).

Minicurso de Gestão e Marketing Pessoal. 2015. (Outra).

VIII Feira de Estágio de Vitória da Conquista. ATENDIMENTO: EMPRESA JÚNIOR DE BIOTECNOLOGIA. 2015. (Feira).

X Reunião Regional da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FESBE ).Avaliação da atividade antimicrobiana da frações de sementes de Caesalpinia Leiostachya sobre Staphilococcus aureus resistentes a antibióticos.. 2015. (Outra).

I CONGRESSO PARANAENSE DE MICROBIOLOGIA. POTENCIAL ANTIMICROBIANO DAS FRAÇÕES DE HEXANO, DICLOROMETANO, ACETATO DE ETILA E BUTANOL DA CASCA E FOLHAS DE Phanera flexuosa Moric SOBRE Staphylococcus aureus RESISTENTE À METICILINA.. 2014. (Congresso).

I INTERPET IMS/UFBA - Novas Perspectivas. 2014. (Outra).

Simpósio Sul-americano de Escherichia Coli.POTENCIAL ANTIMICROBIANO DAS FRAÇÕES DE HEXANO, DICLOROMETANO, ACETATO DE ETILA E BUTANOL DA CASCA E FOLHAS DE Phanera flexuosa Moric SOBRE Staphylococcus aureus RESISTENTE À METICILINA.. 2014. (Simpósio).

XII Encontro Paranaense de Genética. 2014. (Encontro).

1 Simpósio latino-americano de biotecnologia. 2013. (Simpósio).

4º Congresso Brasileiro de Biotecnologia. 2012. (Congresso).

II Semana de Biotecnologia. 2012. (Outra).

Quarto Seminário de Segurança em Laboratórios. 2012. (Seminário).

Quinto Seminário de Segurança em Labóratórios. 2012. (Seminário).

SEXTO ENCONTRO NACIONAL DO CAFÉ. 2012. (Encontro).

Segunda Mostra de Iniciação Científica.Desenvolvimento do sorgo IPA 1011 em solo adubado com esterco de coelho. 2010. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Nayara Silva de Macêdo Neres

MACÊDO-NERES,N.S.; MELO, A. V.; YATSUDA, R.. Potencial antimicrobiano de extratos fracionados da casca e galhos de Anadanthera macrocarpa (BENTH) BRENAN contra cepas de Staphylococcus aureus resistentes a meticilina.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal da Bahia.

Aracely Vieira de Melo

MELO, A. V.; MACEDO, N. S.; Yatsuda, R.. Potencial antimicrobiano de extratos fracionados da casca e galhos de Anadanthera macrocarpa (BENTH) BRENAN contra cepas de Staphylococcus aureus resistentes a meticilina. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal da Bahia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Laize Tomazi

Monitoria da disciplina IMS028 - Técnicas em Biologia molecular; 2014; Orientação de outra natureza; (Biotecnologia) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Laize Tomazi;

Felizarda Viana Bebé

Efeito de doses de esterco bovino e de coelho sobre o desenvolvimento e nutrição do sorgo forrageiro IPA 1011; 2010; Orientação de outra natureza - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano; Orientador: Felizarda Viana Bebé;

Patrícia Nolasco

Isolamento, caracterização e manutenção de células vasculares de músculo liso, retiradas de aortas de camundongos transgênicos para Síndrome de Marfan, em dois diferentes modelos (C1039G e mg∆loxpneo); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal da Bahia; Orientador: Patricia Nolasco Santos;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BEBÉ, F. V. ; SOARES, L. R. S. ; MAGALHAES JUNIOR, R. G. ; DONATO, S. L. R. ; ARANTE, A. M. . ALTERAÇÕES QUÍMICAS EM SOLO ADUBADO COM ESTERCO DE COELHO. In: XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, 2011, Uberlândia. Solos nos biomas Brasileiros: Sustentabilidade e mudanças Climáticas, 2011.

  • SOARES, L. R. S. ; QUADROS, H. C. ; SANTOS, M. M. ; MELO, A. V. ; YATSUDA, R. . POTENCIAL ANTIMICROBIANO DAS FRAÇÕES DE HEXANO, DICLOROMETANO, ACETATO DE ETILA E BUTANOL DA CASCA E FOLHAS DE Phanera flexuosa Moric SOBRE Staphylococcus aureus RESISTENTE À METICILINA.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • OLIVEIRA, A. C. ; SOARES, L. R. S. ; QUEIROZ, A. F. ; LOPES, H. R. M. ; CUNHA, J. R. B. ; CANDIDO, E. M. B. ; LEAL, P. L. . QUANTIFICAÇÃO DA PRODUÇÃO DE CELULASE, AMILASE DEXTRINIZANTE, CMCASE E PECTINASE POR UM FUNGO FILAMENTOSO ISOLADO DE RIZOSFERA DE Melocactus zehntnerien.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CEDRO, P. E. P. ; SOARES, L. R. S. ; MELO, A. V. ; SOUSA, A. R. O. ; MARQUES, L. M. ; FERREIRA, Q. H. R. ; YATSUDA, R. . AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DO EXTRATO ETANÓLICO DAS FOLHAS CASA E GALHO DO ANGICO SOBRE Staphilococcus aures RESITENTE A ANTIBIÒTICOS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BEBÉ, F. V. ; SOARES, L. R. S. ; MAGALHAES JUNIOR, R. G. . DESENVOLVIMENTO DO SORGO IPA 1011 EM SOLO ADUBADO COM ESTERCO DE COELHO. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SOARES, L. R. S. ; SOLIDADE, L. S. ; SOARES, A. L. G. ; FREIRE, R. S. ; SILVA, L. A. ; SAMPAIO, B. A. ; ANDRADE, C. G. S. ; PRADO, A. P. ; GONCALVEZ, C. V. . I MALTEC - Curso de melhoramento técnico da cervejaria artesanal. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2010 - 2011

    Efeito de doses de esterco bovino e de coelho sobre o desenvolvimento e nutrição do sorgo forrageiro IPA 1011, Descrição: Descrição: Um dos maiores problemas da agricultura e principalmente no semi-árido brasileiro é o manejo inadequado da adubação devido a falta de assistência técnica, além dos elevados custos dos fertilizantes minerais. Por isso, a aplicação de esterco como fonte de matéria orgânica para a agricultura é de fundamental importância devido a melhoria das propriedades químicas e físicas do solo como aumento de nutrientes, retenção de água, aumento da porosidade, resultando em incremento da produtividade. A região de Guanambi ainda apresenta baixa produtividade de sorgo devido a escassez de água e do manejo inadequado da fertilidade do solo. Portanto, há necessidade de realização de pesquisas voltadas a adição de matéria orgânica para melhorar a fertilidade do solo e aumentar a retenção de umidade e consequentemente aumentar a produtividade. Existem fontes de matéria orgânica que se encontram subutilizadas, necessitando de alternativas viáveis que venha a contribuir também para a minimização dos problemas ambientais e um manejo sustentável da agricultura. Uma destas fontes é o esterco proveniente da criação de coelhos que é tido como uma das melhores fontes de matéria orgânica existentes. Apesar da baixa produção deste esterco, é notória a necessidade de experimentos para o destino adequado que possa contribuir para melhoria da fertilidade do solo, principalmente nos campos experimentais do IFBAIANO - Campus Guanambi. Por outro lado, o esterco bovino é utilizado na região de Guanambi principalmente para cultivo de produtos olerícolas. Entretanto, é imprescindível o estudo de doses em outras culturas de importância agrícola na região, pois existem pecuaristas que plantam sorgo e não aplicam esterco. O sorgo é uma das culturas de suma importância na região para a produção de silagem para alimentação de bovinos na época da seca. Uma das variedades de sorgo mais cultivadas na região é IPA 1011 que apresenta alto valor protéico e alta produtividade e resistente a seca. Desta f. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lázaro Ramon Silva Soares - Coordenador.

  • 2010 - Atual

    Avaliação da atividade antimicrobiana de plantas medicinais do Semi-árido da Bahia na inibição de fatores de virulência de Staphylococcus aureus resistentes a antibióticos, Descrição: : O uso indiscriminado dos antimicrobianos na comunidade e também no ambiente hospitalar é um fator de risco importante para aparecimento e disseminação da resistência microbiana (ANVISA, 2005). O Staphylococcus aureus é um importante patógeno que causa uma grande variedade de manifestações clínicas, tais como infecções de feridas, pneumonia, septicemia e endocardite. Agentes antimicrobianos beta-lactâmicos são os fármacos preferidos para o tratamento das infecções graves por S. aureus. No entanto, desde a introdução da meticilina no uso clínico, os S. aureus resistente à meticilina (MRSA) têm surgido como importantes patógenos hospitalares em todo o mundo (Chambers, 2001; Jones e Beach 2001; Hiramatsu 2002). O aumento da prevalência de S. aureus MRSA tornou-se uma grande ameaça para o setor da saúde em todo o mundo, devido principalmente à sua virulência, opções terapêuticas limitadas e sua distribuição em ambos os ambientes, hospitalar e comunidade (Huletsky et al., 2004). MRSA surge agora como a bactéria patogênica grave e predominante, levando à alta morbidade e mortalidade. O aumento da prevalência de resistência a uma ampla gama de antibióticos estruturalmente independentes e de agentes antimicrobianos, tem elevado esta já perigosa bactéria a uma MRSA multi-resistente. Desta forma, é urgente a descoberta e desenvolvimento de novos agentes anti-MRSA, com novos mecanismos de ação (Enright, 2003), como alternativas aos muito poucos antibióticos já existentes. Assim, a descoberta de novos produtos de origem natural ou moléculas com atividade antimicrobiana é de grande interesse científico, social, ambiental, tecnológico e econômico para o país, tanto para o desenvolvimento de fitoterápicos quanto dos medicamentos no Brasil. Desta forma, o projeto tem como objetivo geral avaliar a atividade de plantas medicinais do semi-árido da Bahia quanto à atividade antimicrobiana e influência sobre os fatores de virulência de S. aureus resistentes a antibióticos, visando o uso.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Lázaro Ramon Silva Soares - Coordenador / Regiane Yatsuda - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2015 - Atual

    REDE DE PESQUISA EM BIOTECNOLOGIAS DE MICRORGANISMOS ISOLADOS DA FERMENTAÇÃO DE AMÊNDOAS DE CACAU (REDE MICRO BIOTEC CACAU), Descrição: Descrição: Descrição: Os alimentos funcionais constituem hoje prioridade de pesquisa em todo mundo com a finalidade de elucidar as propriedades e os efeitos que estes produtos podem apresentar na promoção da saúde. São considerados alimentos funcionais aqueles que, além de fornecerem a nutrição básica, promovem a saúde. As bactérias probióticas são microrganismos vivos que, quando consumidos, exercem efeitos benéficos sobre o hospedeiro conferindo propriedades à microbiota endógena. O espectro de atividade dos probióticos pode ser dividido em efeitos nutricionais, fisiológicos e antimicrobianos. Algumas propriedades benéficas atribuídas às culturas probióticas necessitam de estudos mais controlados para serem definitivamente esclarecidas. A maioria dos pesquisadores ressalta a necessidade de se considerar que, além da especificidade terapêutica de cada espécie, um probiótico não será eficaz ou seguro em todas as condições de utilização. Assim, apesar dos inúmeros estudos com probióticos, há uma quantidade limitada de evidências científicas para o estabelecimento seguro sobre sua efetividade. Apenas uma parcela de seus mecanismos de ação foi elucidada. Diante deste contexto e das extensas informações existentes, é importante o conhecimento sobre os benefícios e possíveis malefícios do uso terapêutico dos probióticos. Portanto, considerando o número reduzido de produção de conhecimentos sobre probióticos encontrados na literatura e, que avaliem o mecanismo de ação, a eficácia e a segurança clínica de uma determinada intervenção, podemos afirmar que existe uma lacuna a ser preenchida pelos pesquisadores para a produção de evidências científicas, necessariamente, com uma equipe multidisciplinar, para fundamentar e assegurar a futura produção de novos produtos funcionais e a prática clínica com maior segurança e eficácia. Para que o desenvolvimento científico e tecnológico na área de probióticos aconteça de forma eficiente, é de extrema relevância a cooperação entre grupos de pesquisa e a criação de redes. As redes de pesquisa possibilitam a melhor articulação entre pesquisadores e instituições, formando competência em assuntos de interesse do Estado e do País, com otimização do uso de recursos, evitando duplicação e, ao mesmo tempo, aumentando a gama de instituições e pesquisadores beneficiados. Desta forma, esta proposta tem como objetivo formar a Rede de pesquisa em biotecnologias de microrganismos isolados da fermentação de amêndoas de cacau (REDE MICRO BIOTEC CACAU) e desenvolver projeto de pesquisa articulado em rede, de forma cooperativa entre as instituições de pesquisa brasileiras (UESC, UFBA, UFRB) e uma argentina (INLAIN, UNL-CONICET, Santa Fé) na área de Probióticos, através de intercâmbio científico e tecnológico entre as instituições participantes. Assim, visa fortalecer e expandir as pesquisas inovadoras nesta área, tendo como base o conhecimento científico e tecnológico dos integrantes do grupo; como também promover a internacionalização das pesquisas geradas nesta proposta, incrementar a qualidade de formação de profissionais de graduação e pós-graduações Brasileiras. Espera-se a partir deste projeto, intensificar as relações dos pesquisadores envolvidos, de forma a contribuir para o desenvolvimento de projetos futuros no tema Probióticos; e a formação de profissionais altamente qualificados em questões técnicas e científicas, como também de produção intelectual, e estímulo do perfil empreendedor e inovador em pesquisa.. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lázaro Ramon Silva Soares - Integrante / Regiane Yatsuda - Coordenador / Lucas Miranda Marques - Integrante / Daniela da Silva Rocha - Integrante / Ana Paula Trovatti Uetanabaro - Integrante / Paulo José Lima Juiz - Integrante.

  • 2015 - Atual

    REDE DE PESQUISA EM BIOTECNOLOGIAS DE MICRORGANISMOS ISOLADOS DA FERMENTAÇÃO DE AMÊNDOAS DE CACAU (REDE MICRO BIOTEC CACAU), Descrição: Descrição: Descrição: Os alimentos funcionais constituem hoje prioridade de pesquisa em todo mundo com a finalidade de elucidar as propriedades e os efeitos que estes produtos podem apresentar na promoção da saúde. São considerados alimentos funcionais aqueles que, além de fornecerem a nutrição básica, promovem a saúde. As bactérias probióticas são microrganismos vivos que, quando consumidos, exercem efeitos benéficos sobre o hospedeiro conferindo propriedades à microbiota endógena. O espectro de atividade dos probióticos pode ser dividido em efeitos nutricionais, fisiológicos e antimicrobianos. Algumas propriedades benéficas atribuídas às culturas probióticas necessitam de estudos mais controlados para serem definitivamente esclarecidas. A maioria dos pesquisadores ressalta a necessidade de se considerar que, além da especificidade terapêutica de cada espécie, um probiótico não será eficaz ou seguro em todas as condições de utilização. Assim, apesar dos inúmeros estudos com probióticos, há uma quantidade limitada de evidências científicas para o estabelecimento seguro sobre sua efetividade. Apenas uma parcela de seus mecanismos de ação foi elucidada. Diante deste contexto e das extensas informações existentes, é importante o conhecimento sobre os benefícios e possíveis malefícios do uso terapêutico dos probióticos. Portanto, considerando o número reduzido de produção de conhecimentos sobre probióticos encontrados na literatura e, que avaliem o mecanismo de ação, a eficácia e a segurança clínica de uma determinada intervenção, podemos afirmar que existe uma lacuna a ser preenchida pelos pesquisadores para a produção de evidências científicas, necessariamente, com uma equipe multidisciplinar, para fundamentar e assegurar a futura produção de novos produtos funcionais e a prática clínica com maior segurança e eficácia. Para que o desenvolvimento científico e tecnológico na área de probióticos aconteça de forma eficiente, é de extrema relevância a cooperação entre grupos de pesquisa e a criação de redes. As redes de pesquisa possibilitam a melhor articulação entre pesquisadores e instituições, formando competência em assuntos de interesse do Estado e do País, com otimização do uso de recursos, evitando duplicação e, ao mesmo tempo, aumentando a gama de instituições e pesquisadores beneficiados. Desta forma, esta proposta tem como objetivo formar a Rede de pesquisa em biotecnologias de microrganismos isolados da fermentação de amêndoas de cacau (REDE MICRO BIOTEC CACAU) e desenvolver projeto de pesquisa articulado em rede, de forma cooperativa entre as instituições de pesquisa brasileiras (UESC, UFBA, UFRB) e uma argentina (INLAIN, UNL-CONICET, Santa Fé) na área de Probióticos, através de intercâmbio científico e tecnológico entre as instituições participantes. Assim, visa fortalecer e expandir as pesquisas inovadoras nesta área, tendo como base o conhecimento científico e tecnológico dos integrantes do grupo; como também promover a internacionalização das pesquisas geradas nesta proposta, incrementar a qualidade de formação de profissionais de graduação e pós-graduações Brasileiras. Espera-se a partir deste projeto, intensificar as relações dos pesquisadores envolvidos, de forma a contribuir para o desenvolvimento de projetos futuros no tema Probióticos; e a formação de profissionais altamente qualificados em questões técnicas e científicas, como também de produção intelectual, e estímulo do perfil empreendedor e inovador em pesquisa.. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lázaro Ramon Silva Soares - Integrante / Regiane Yatsuda - Coordenador / Lucas Miranda Marques - Integrante / Daniela da Silva Rocha - Integrante / Ana Paula Trovatti Uetanabaro - Integrante / Paulo José Lima Juiz - Integrante.

  • 2015 - Atual

    REDE DE PESQUISA EM BIOTECNOLOGIAS DE MICRORGANISMOS ISOLADOS DA FERMENTAÇÃO DE AMÊNDOAS DE CACAU (REDE MICRO BIOTEC CACAU), Descrição: Descrição: Descrição: Os alimentos funcionais constituem hoje prioridade de pesquisa em todo mundo com a finalidade de elucidar as propriedades e os efeitos que estes produtos podem apresentar na promoção da saúde. São considerados alimentos funcionais aqueles que, além de fornecerem a nutrição básica, promovem a saúde. As bactérias probióticas são microrganismos vivos que, quando consumidos, exercem efeitos benéficos sobre o hospedeiro conferindo propriedades à microbiota endógena. O espectro de atividade dos probióticos pode ser dividido em efeitos nutricionais, fisiológicos e antimicrobianos. Algumas propriedades benéficas atribuídas às culturas probióticas necessitam de estudos mais controlados para serem definitivamente esclarecidas. A maioria dos pesquisadores ressalta a necessidade de se considerar que, além da especificidade terapêutica de cada espécie, um probiótico não será eficaz ou seguro em todas as condições de utilização. Assim, apesar dos inúmeros estudos com probióticos, há uma quantidade limitada de evidências científicas para o estabelecimento seguro sobre sua efetividade. Apenas uma parcela de seus mecanismos de ação foi elucidada. Diante deste contexto e das extensas informações existentes, é importante o conhecimento sobre os benefícios e possíveis malefícios do uso terapêutico dos probióticos. Portanto, considerando o número reduzido de produção de conhecimentos sobre probióticos encontrados na literatura e, que avaliem o mecanismo de ação, a eficácia e a segurança clínica de uma determinada intervenção, podemos afirmar que existe uma lacuna a ser preenchida pelos pesquisadores para a produção de evidências científicas, necessariamente, com uma equipe multidisciplinar, para fundamentar e assegurar a futura produção de novos produtos funcionais e a prática clínica com maior segurança e eficácia. Para que o desenvolvimento científico e tecnológico na área de probióticos aconteça de forma eficiente, é de extrema relevância a cooperação entre grupos de pesquisa e a criação de redes. As redes de pesquisa possibilitam a melhor articulação entre pesquisadores e instituições, formando competência em assuntos de interesse do Estado e do País, com otimização do uso de recursos, evitando duplicação e, ao mesmo tempo, aumentando a gama de instituições e pesquisadores beneficiados. Desta forma, esta proposta tem como objetivo formar a Rede de pesquisa em biotecnologias de microrganismos isolados da fermentação de amêndoas de cacau (REDE MICRO BIOTEC CACAU) e desenvolver projeto de pesquisa articulado em rede, de forma cooperativa entre as instituições de pesquisa brasileiras (UESC, UFBA, UFRB) e uma argentina (INLAIN, UNL-CONICET, Santa Fé) na área de Probióticos, através de intercâmbio científico e tecnológico entre as instituições participantes. Assim, visa fortalecer e expandir as pesquisas inovadoras nesta área, tendo como base o conhecimento científico e tecnológico dos integrantes do grupo; como também promover a internacionalização das pesquisas geradas nesta proposta, incrementar a qualidade de formação de profissionais de graduação e pós-graduações Brasileiras. Espera-se a partir deste projeto, intensificar as relações dos pesquisadores envolvidos, de forma a contribuir para o desenvolvimento de projetos futuros no tema Probióticos; e a formação de profissionais altamente qualificados em questões técnicas e científicas, como também de produção intelectual, e estímulo do perfil empreendedor e inovador em pesquisa.. . , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lázaro Ramon Silva Soares - Integrante / Regiane Yatsuda - Coordenador / Lucas Miranda Marques - Integrante / Daniela da Silva Rocha - Integrante / Ana Paula Trovatti Uetanabaro - Integrante / Paulo José Lima Juiz - Integrante.

  • 2015 - Atual

    REDE DE PESQUISA EM BIOTECNOLOGIAS DE MICRORGANISMOS ISOLADOS DA FERMENTAÇÃO DE AMÊNDOAS DE CACAU (REDE MICRO BIOTEC CACAU), Descrição: Descrição: Descrição: Os alimentos funcionais constituem hoje prioridade de pesquisa em todo mundo com a finalidade de elucidar as propriedades e os efeitos que estes produtos podem apresentar na promoção da saúde. São considerados alimentos funcionais aqueles que, além de fornecerem a nutrição básica, promovem a saúde. As bactérias probióticas são microrganismos vivos que, quando consumidos, exercem efeitos benéficos sobre o hospedeiro conferindo propriedades à microbiota endógena. O espectro de atividade dos probióticos pode ser dividido em efeitos nutricionais, fisiológicos e antimicrobianos. Algumas propriedades benéficas atribuídas às culturas probióticas necessitam de estudos mais controlados para serem definitivamente esclarecidas. A maioria dos pesquisadores ressalta a necessidade de se considerar que, além da especificidade terapêutica de cada espécie, um probiótico não será eficaz ou seguro em todas as condições de utilização. Assim, apesar dos inúmeros estudos com probióticos, há uma quantidade limitada de evidências científicas para o estabelecimento seguro sobre sua efetividade. Apenas uma parcela de seus mecanismos de ação foi elucidada. Diante deste contexto e das extensas informações existentes, é importante o conhecimento sobre os benefícios e possíveis malefícios do uso terapêutico dos probióticos. Portanto, considerando o número reduzido de produção de conhecimentos sobre probióticos encontrados na literatura e, que avaliem o mecanismo de ação, a eficácia e a segurança clínica de uma determinada intervenção, podemos afirmar que existe uma lacuna a ser preenchida pelos pesquisadores para a produção de evidências científicas, necessariamente, com uma equipe multidisciplinar, para fundamentar e assegurar a futura produção de novos produtos funcionais e a prática clínica com maior segurança e eficácia. Para que o desenvolvimento científico e tecnológico na área de probióticos aconteça de forma eficiente, é de extrema relevância a cooperação entre grupos de pesquisa e a criação de redes. As redes de pesquisa possibilitam a melhor articulação entre pesquisadores e instituições, formando competência em assuntos de interesse do Estado e do País, com otimização do uso de recursos, evitando duplicação e, ao mesmo tempo, aumentando a gama de instituições e pesquisadores beneficiados. Desta forma, esta proposta tem como objetivo formar a Rede de pesquisa em biotecnologias de microrganismos isolados da fermentação de amêndoas de cacau (REDE MICRO BIOTEC CACAU) e desenvolver projeto de pesquisa articulado em rede, de forma cooperativa entre as instituições de pesquisa brasileiras (UESC, UFBA, UFRB) e uma argentina (INLAIN, UNL-CONICET, Santa Fé) na área de Probióticos, através de intercâmbio científico e tecnológico entre as instituições participantes. Assim, visa fortalecer e expandir as pesquisas inovadoras nesta área, tendo como base o conhecimento científico e tecnológico dos integrantes do grupo; como também promover a internacionalização das pesquisas geradas nesta proposta, incrementar a qualidade de formação de profissionais de graduação e pós-graduações Brasileiras. Espera-se a partir deste projeto, intensificar as relações dos pesquisadores envolvidos, de forma a contribuir para o desenvolvimento de projetos futuros no tema Probióticos; e a formação de profissionais altamente qualificados em questões técnicas e científicas, como também de produção intelectual, e estímulo do perfil empreendedor e inovador em pesquisa... , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Lázaro Ramon Silva Soares - Integrante / Regiane Yatsuda - Coordenador / Lucas Miranda Marques - Integrante / Daniela da Silva Rocha - Integrante / Ana Paula Trovatti Uetanabaro - Integrante / Paulo José Lima Juiz - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal da Bahia, Campus Anísio Teixeira Instituto Multidisciplinar em Saúde. , Rua Hormindo Barros, Candeias, 45029094 - Vitória da Conquista, BA - Brasil, Telefone: (77) 34292709

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional