Giulianna Bueno Denari

É bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos com ênfase em Sociologia. Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho", campus de Araraquara. Mestre em Sociologia pelo Programa de Pós Graduação em Sociologia, da Universidade Federal de São Carlos. Doutoranda em Sociologia pelo Programa de Pós Graduação em Sociologia, da Universidade Federal de São Carlos. Integra o Laboratório de Estudos sobre Trabalho, Profissões e Mobilidades (LEST-M).

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Sociologia

2017 - Atual

Universidade Federal de São Carlos
Título: Luz, câmera e likes: o trabalho dos YouTubers nas mídias digitais,
Jacob Carlos Lima. Palavras-chave: Trabalho; Criatividade; YouTubers; Mídias digitais.

Mestrado em Sociologia

2014 - 2016

Universidade Federal de São Carlos
Título: ?Batom na caveira?: um estudo sobre a inserção da mulher na Polícia Militar de São Paulo,Ano de Obtenção: 2016
Jacqueline Sinhoretto.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: administração de conflitos; gênero; polícia militar; segurança pública; profissão.Grande área: Ciências Humanas

Graduação em Ciências Sociais

2016 - 2017

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Graduação em Ciências Sociais

2010 - 2013

Universidade Federal de São Carlos
Título: As mulheres da Polícia Militar: um debate sobre Segurança Pública e gênero
Orientador: Jacqueline Sinhoretto

Ensino Médio (2º grau)

2006 - 2009

Colégio Anglo São Carlos

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Trabalho.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Gênero.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Administração de Conflitos.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia da Violência.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SINHORETTO, J. ; BONELLI, M. G. ; OLIVEIRA, F. L. ; DENARI, G. B. ; MELO, F. A. L. ; SILVESTRE, G. ; MACEDO, H.L.S. ; CANONICO, L. ; SCHLITTLER, M. C. C. ; MIRANDA, Y. L. R. . Colóquio Internacional justiça, Política e Sociedade. 2014. (Outro).

LIMA, J. C. ; PIRES, A. S. ; DENARI, G. B. ; PINA, M. R. M. ; MARTINS JUNIOR, A. ; OLIVEIRA, D. R. ; MARTINS, A. C. ; BRITTO, D. F. ; RANGEL, F. ; SILVA, G. ; MOTTA, L. D. ; CELESTINI, S. . Seminário Internacional Juventudes e a Nova Cultura do Trabalho. 2014. (Outro).

SINHORETTO, J. ; ONOFRE, E. M. C. ; SILVESTRE, G. ; SCHLITTLER, M. C. C. ; MELO, F. A. L. ; DENARI, G. B. ; MIRANDA, Y. L. R. . I Encontro do projeto Formação de Educadores e gestores educacionais para as unidades prisionais paulistas: desvelando caminhos, construindo saberes. 2013. (Outro).

ONOFRE, E. M. C. ; DENARI, G. B. ; MIRANDA, Y. L. R. . III Encontro do projeto Formação de Educadores e gestores educacionais para as unidades prisionais paulistas: desvelando caminhos, construindo saberes. 2013. (Outro).

SILVESTRE, G. ; ONOFRE, E. M. C. ; SCHLITTLER, M. C. C. ; DENARI, G. B. ; MELO, F. A. L. ; MIRANDA, Y. L. R. . II Encontro do projeto Formação de Educadores e gestores educacionais para as unidades prisionais paulistas: desvelando caminhos, construindo saberes. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

42º Encontro anual da ANPOCS. Discursos sobre trabalho e diversão na plataforma Youtube: novas configurações do trabalho informacional a partir de likes e visualizações.. 2018. (Congresso).

XXXI Congreso ALAS. Sobre vídeos e compartilhamentos: um estudo de novas formas de trabalho na tecnologia da informação a partir dos Youtubers. 2017. (Congresso).

XV Semana de Pós-Graduação em Ciências Sociais. O trabalho feminino na Polícia Militar do Estado de São Paulo: uma análise sobre as mudanças e constâncias do trabalho das mulheres policiais. 2016. (Congresso).

17º Congresso Brasileiro de Sociologia. ?NEM HOMENS, NEM MULHERES: SOMOS POLICIAIS?: UMA ANÁLISE SOBRE O DISCURSO MILITAR E O DISCURSO DE GÊNERO NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. 2015. (Congresso).

V Seminário Internacional do Programa de Pós Graduação em Sociologia da UFSCar.?Um sorriso e o batom?: as narrativas sobre a história da inserção e permanência das mulheres na Polícia Militar do Estado de São Paulo.. 2015. (Seminário).

38º Encontro anual da ANPOCS. 2014. (Congresso).

XII Semana de Ciências Sociais - UFSCar.VESTIR A FARDA ANÁLISE DA FIGURA DO ?HEROI? E DA ?HEROINA? NA POLÍ- CIA MILITAR. 2014. (Outra).

10ª Jornada Científica e Tecnológica da UFSCar.Grupo de Estudos sobre Violência e Administração de Conflitos - GEVAC. 2013. (Outra).

I Encontro do projeto Formação de Educadores e Gestores Educacionais para as unidades prisionais paulistas: desvelando caminhos, construindo saberes. 2013. (Encontro).

II Encontro do projeto Formação de Educadores e Gestores Educacionais para as unidades prisionais paulistas: desvelando caminhos, construindo saberes. 2013. (Encontro).

III Encontro do projeto Formação de Educadores e Gestores Educacionais para as unidades prisionais paulistas: desvelando caminhos, construindo saberes.. 2013. (Encontro).

Minicurso Análise Cultural: gênero e sexualidade na literatura e no cinema.A Confissão de Lúcio, a verdade inverossímil. 2012. (Outra).

Mini curso Movimentos Sociais. 2012. (Outra).

X Semana de Ciências Sociais. 2012. (Outra).

Curso de Conservação de acervos fotográficos físicos. 2011. (Outra).

Curso de Noções Básicas para Arquivo e Conservação de Documentos. 2011. (Outra).

Curso de Patrimônio Imaterial. 2011. (Outra).

II Fórum Brasileiro de Pós graduação em Ciência Política. 2011. (Outra).

Colóquio A política hoje: teoria, ação e instituições. 2010. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Jacob Carlos Lima

SIGNORETTO, J.;LIMA, J. C.; FACHINETTO, R. F.. "Batom na caveira": um estudo sobre mulheres na Polícia Militar do Estado de São Paulo. 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Rochele Fellini Fachinetto

FACHINETTO, R. F.; SINHORETTO, J.; LIMA, J. C.. "Batom na caveira": um estudo sobre as mulheres na Polícia Militar do Estado de São Paulo. 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Rochele Fellini Fachinetto

FACHINETTO, R. F.; SINHORETTO, J.; LIMA, J. C.. "Batom na caveira": um estudo sobre as mulheres na Polícia Militar do Estado de São Paulo. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Jacqueline Sinhoretto

SINHORETTO, J.; LIMA, J. C.; FACHINETTO, R. F.. "Batom na caveira": um estudo sobre as mulheres na Polícia Militar do Estado de São Paulo. 2016. Dissertação (Mestrado em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Jacqueline Sinhoretto

SINHORETTO, J.; LIMA, J. C.; FACHINETTO, R. F.. "Batom na caveira": um estudo sobre as mulheres na Polícia Militar do Estado de São Paulo. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Jacob Carlos Lima

Luz, câmera e likes: o trabalho dos YouTubers nas mídias digitais; Início: 2017; Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal de São Carlos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BUENO DENARI, GIULIANNA . DISCUSSÕES SOBRE O TRABALHO FEMININO NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. NORUS - NOVOS RUMOS SOCIOLÓGICOS (IMPRESSO) , v. 5, p. 239-260, 2018.

  • DENARI, G. B. . Sobre Autogestão nas Fábricas Recuperadas no Brasil: (R)Existindo no Mercado. CADERNOS DE ESTUDOS SOCIAIS E POLÍTICOS , v. 7, p. 165-170, 2018.

  • DENARI, G. B. . Propagandas das formas de trabalhos: discussão sobre propaganda e novas formas de trabalho nas mídias digitais. ÁSKESIS , v. 6, p. 237-251, 2018.

  • BUENO DENARI, GIULIANNA . Discursos sobre trabalho e diversão na plataforma Youtube: novas configurações do trabalho informacional a partir de likes e visualizações. In: 42º Encontro anual da ANPOCS, 2018, Caxambu. GT33 Trabalho, trabalhadores e ação coletiva, 2018.

  • DENARI, G. B. . ?Um sorriso e o batom?: as narrativas sobre a história da inserção e permanência das mulheres na Polícia Militar do Estado de São Paulo.. In: V Seminário Internacional do Programa de Pós Graduação em Sociologia da UFSCar, 2015, São Carlos. Anais V Seminário Internacional do Programa de Pós Graduação em Sociologia da UFSCar, 2015.

  • DENARI, G. B. . ?VESTIR A FARDA?: ANÁLISE DA FIGURA DO ?HEROI? E DA ?HEROINA? NA POLÍCIA MILITAR. In: XII Semana de Ciências Sociais da UFSCar, 2014, São Carlos. Anais da XII Semana de Ciências Sociais da UFSCar, 2014. p. 556-568.

  • DENARI, G. B. . O TRABALHO FEMININO NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO: UMA ANÁLISE SOBRE AS MUDANÇAS E CONSTÂNCIAS DO TRABALHO DAS MULHERES POLICIAIS,. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • DENARI, G. B. . ?Um sorriso e o batom?: as narrativas sobre a história da inserção e permanência das mulheres na Polícia Militar do Estado de São Paulo.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • DENARI, G. B. . ?NEM HOMENS, NEM MULHERES: SOMOS POLICIAIS?: UMA ANÁLISE SOBRE O DISCURSO MILITAR E O DISCURSO DE GÊNERO NA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DENARI, G. B. . VESTIR A FARDA ANÁLISE DA FIGURA DO ?HEROI? E DA ?HEROINA? NA POLÍ- CIA MILITAR. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

DENARI, G. B. ; MARTINS, A. C. . Transformações no mundo do trabalho: apontamentos da contemporaneidade. 2018. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - 2014

    Desigualdade racial e segurança pública em São Paulo: letalidade policial e prisões em flagrante, Descrição: Descrição: Pesquisa pelo Grupo de Estudos sobre Violência e Administração de Conflitos da Universidade Federal de São Carlos (GEVAC/UFSCar), coordenado pela Profa. Dra. Jacqueline Sinhoretto, no âmbito do programa de pesquisa Segurança pública e relações raciais . O objetivo foi investigar a existência de mecanismos de produção da desigualdade racial na atividade policial em São Paulo. Diante da inexistência de dados disponíveis sobre a atividade policial de abordagem, foram utilizados outros indicadores de monitoramento do tratamento policial nos diferentes grupos da população paulista. Para tanto, foram coletados e analisados dados quantitativos sobre a letalidade e prisões em flagrante. Os dados sobre a letalidade policial publicados não permitem a análise pela variável cor/raça dos indivíduos mortos pela ação da polícia. Em busca de reconstruir essas informações a equipe de pesquisa firmou uma parceria com a Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo para a produção de uma base de dados sobre a letalidade policial com informações sobre o perfil das vítimas e dos policiais envolvidos, incluindo a variável cor/raça das vítimas. Em relação às prisões em flagrante, os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo também não possibilitam a observação da variável cor/raça. Porém, a Coordenadoria de Análise e Planejamento forneceu uma consulta específica à base de registro de ocorrência, o que permitiu conhecer a distribuição das prisões em flagrante efetuadas segundo a cor/raça dos presos. A pesquisa descobriu que em São Paulo, nos anos de 2010 e 2011, entre as vítimas de mortes cometidas por policiais, 58% são negras, ao passo que na população residente do estado o percentual de negros é de 34%. Para cada grupo de 100 mil habitantes negros, foi morto 1,4, ao passo que, para cada grupo de 100 mil habitantes brancos, foi morto 0,5. Além da produção da desigualdade racial na letalidade policial, a pesquisa constatou ainda que a vigilância policial é operada de modo racializado. Em São Paulo, a taxa de flagrantes de negros é mais que o dobro da verificada para brancos. Os dados expressam que a vigilância policial privilegia as pessoas negras e as reconhece como suspeitos criminais, flagrando em maior intensidade as suas condutas ilegais, ao passo que os brancos gozam de menor vigilância da polícia para suas atividades criminais.. Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Giulianna Bueno Denari - Integrante / Jacqueline Sinhoretto - Coordenador / Giane Silvestre - Integrante / Maria Carolina de Camargo Schlittler - Integrante / Yasmin Lucita Rodrigues Miranda - Integrante / Letícia de Souza Canonico - Integrante / Henrique de Linica dos Santos Macedo - Integrante / David Esmael Marques da Silva - Integrante / Kathleen Angulo - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2017 - Atual

    Universidade Federal de São Carlos

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutoranda, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

  • 2014 - 2016

    Universidade Federal de São Carlos

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluna de mestrado, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Bolsista CAPES - Mestrado

    Atividades

    • 03/2014 - 06/2016

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação e Ciências Humanas, .,Linhas de pesquisa

  • 2011 - 2012

    Prefeitura Municipal de São Carlos - SP

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 10, Regime: Dedicação exclusiva.