Cristiane Gonçalves de Souza

Possui graduação em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF/1993), especialização em História das Relações Internacionais (UERJ/2002) e mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ/2012). Foi coordenadora do Núcleo de Ações Integradas na Fundação Municipal de Educação de Niterói, onde atuou no desenvolvimento de formação continuada para professores nas temáticas da diversidade: relações étnico-raciais e relações de gênero e sexualidade. Conselheira Titular do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial do município de Niterói. Atualmente, é coordenadora da Assessoria de Articulação Pedagógica e Superintendente de Desenvolvimento de Ensino, na Fundação Municipal de Educação de Niterói/SEMECT. É doutora em educação pela UERJ (Proped), onde defendeu tese, vinculada a linha: Currículo: sujeitos, conhecimento e cultura. Integra o grupo de pesquisa Políticas de Currículo e Docência. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em políticas de curriculo e formação docente, atuando principalmente nos seguintes temas: relações étnico-raciais, currículo e formação de professores.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Educação

2015 - 2019

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: Movimentos sociais, suas demandas e articulação política nas políticas de currículo promovidas pela SECAD/MEC Brasil (2003-2010)
Rosanne Evangelista Dias. Palavras-chave: SECAD; Formação de professores; Relações Étnico-Raciais.Grande área: Ciências Humanas

Mestrado em Educação

2010 - 2012

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: PROJETO SAGRADA NATUREZA: CURRÍCULO EM AÇÃO - UMA EXPERIÊNCIA MULTICULTURAL NA APLICAÇÃO DA LEI 11.645/2008,Ano de Obtenção: 2012
Ana Canen.Palavras-chave: Multiculturalismo; Relações Étnico-Raciais; Currículo multicultural.Grande área: Ciências HumanasSetores de atividade: Educação.

Especialização em História das Relações Internacionais

2002 - 2003

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Título: A Revista Em Guarda: Uma leitura da política de boa vizinhança no esforço de guerra norte-americano (1941-1945)
Orientador: Mônica Leite Lessa

Graduação em História

1988 - 1993

Universidade Federal Fluminense
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Formação para Conselheiros Municipais /Gestão, Planejamento e Controle. (Carga horária: 10h). , Prefeitura Municipal de Niterói, PMN, Brasil.

2011 - 2011

Projeto A Cor da Cultura. (Carga horária: 40h). , Canal Futura, FUTURA, Brasil.

2007 - 2007

Currículo, Mediação Pedagógica e Avaliação. (Carga horária: 8h). , Fundação Pública Municipal de Educação de Niteroi, FPMEN, Brasil.

2006 - 2006

Linguagem Dramática. (Carga horária: 28h). , Governo do Estado do Rio de Janeiro, GOVERNO/RJ, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Pouco, Lê Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação.

Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

12ª Reunião Científica Regional Sudeste da ANPED. 2016. (Outra).

VIII Colóquio Luso-Brasileiro de Currículo.Arandu Rape: Relações Étnico-Raciais, Currículo e Formação Docente. 2016. (Outra).

VI Seminário Vozes da Educação.O projeto de formação docente para as relações étnico-raciais da SECADI: Diversidade, Diferença e Inclusão (2003-2010). 2016. (Seminário).

V Seminário Estadual da ANPAE-RJ: A LDB e as Políticas Educacionais: Perspectivas, possibilidades e desafios 20 anos depois.A SECADI e a política pública de formação docente para as relações étnico-raciais no governo Lula (2003-2010). 2016. (Seminário).

XII Colóquio sobre Questões Curriculares.Diversidade, Inclusão e Diferença: um debate em torno da SECADI e a política de formação docente para a educação das relações étnico-raciais (2003-2010). 2016. (Outra).

XVIII ENDIPE.Educação e Relações Étnico-Raciais: Aportes Coloniais. 2016. (Encontro).

37ª Reunião Nacional da Anped. 2015. (Outra).

IV Pensando Áfricas e Suas Diásporas.Arandu Rape: um projeto de formação docente. 2015. (Outra).

Praticando o controle social na educação. 2015. (Outra).

Seminário Insultos, Opiniões e Agressões: Manifestações de Intolerância Religiosa e Discriminações no Espaço Público.PROJETO SAGRADA NATUREZA: CURRÍCULO EM AÇÃO - UMA EXPERIÊNCIA MULTICULTURAL NA APLICAÇÃO DA LEI 11.645/2008. 2015. (Seminário).

VII Colóquio Internacional de Políticas e Práticas Curriculares.A SECADI e a produção de discursos para as relações étnico-raciais nos materiais de formação de professores no governo Lula (2004-2010). 2015. (Outra).

VIII Seminário Internacional: As Redes Educativas e as Tecnologias: Movimentos Sociais e a Educação. 2015. (Seminário).

11º Encontro de Pesquisa em Educação da Região Sudeste. 2014. (Encontro).

2º SEEJA - Entrelaçando Olhares por uma educação planetária. 2014. (Seminário).

Congresso Niterói que queremos. 2014. (Congresso).

II Mostra de Projetos Educacionais Instituintes.Projeto Sagrada Natureza: Baía de Guanabara, Temiminós e Yemanjá...um olhar multicultural.. 2014. (Outra).

IX Jornada Interdisciplinar Holocausto e Direitos Humanos: As violações de Direitos Fundamentais: uma visão da atualidade.Entre a Igualdade e a Diferença: produção de sentidos em direitos humanos e currículo. 2014. (Outra).

Seminário Externo: A Escola que queremos: repensando a organização pedagógica da rede municipal de Niterói. 2014. (Seminário).

Jornada Holocausto e Direitos Humanos.Entre a Igualdade e a Diferença: produção de sentidos em direitos humanos e currículo. 2013. (Outra).

Patrimônio Cultural, conhecimentos tradicionais e educação indígena.A temática indígena na escola - subsídios para aplicação da lei 11.645/2008.. 2013. (Outra).

VI Seminário Nacional de Educação das Relações Étnico-Raciais Brasileiras.Projeto Sagrada Natureza: Currículo em ação - uma experiência multicultural na aplicação da lei 10.639/2003.. 2013. (Seminário).

3º Salão de Leitura de Niterói.Cultura Visual e Tecnologia: Agonia do Livro ou Transformação da Literatura?. 2012. (Outra).

Educação e Sustentabilidade no Ensino.Projeto Sagrada Natureza: Alternativas Multiculturais em Educação Ambiental. 2012. (Outra).

III Pensando Áfricas e Suas Diásporas e I Encontro de Antropologia e Educação.PROJETO SAGRADA NATUREZA: CURRÍCULO EM AÇÃO - UMA EXPERIÊNCIA MULTICULTURAL NA APLICAÇÃO DA LEI 11.645/2008. 2012. (Seminário).

II Seminário Estadual de Diversidade Educacional - Avaliação de Práticas Pedagógicas sobre a Temática das Relações Étnico-Raciais. 2012. (Seminário).

Jornada Holocausto e Direitos Humanos. 2012. (Outra).

VIII Encontro de Pedagogia.A temática indígena e o currículo escolar - desafios e limites para aplicação da lei 11.645/2008.. 2012. (Encontro).

Encontro Transdisciplinar de Afrobrasilidades.A Sagrada Natureza afro-indígena: um projeto multicultural e transdisciplinar. 2011. (Encontro).

Construção dos Referenciais Curriculares do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Educação de Niterói.Diversidade. 2010. (Encontro).

Encontro das Memórias Narrativas Docentes.Sobre Giz e Borboletas...Educadores no Jardim. 2010. (Encontro).

IX Congresso Iberoamericano de História da Educação Latino-Americana. 2009. (Congresso).

V Seminário Interativo de Extensão, Pesquisa e Práticas Pedagógicas na Formação do Professor.Projeto Änïmä Ludens...reinventando o chão da escola. 2009. (Seminário).

IV Mostra Acadêmica de Educação de Niterói.A Sagrada Natureza: Um projeto transdisciplinar. 2008. (Outra).

Semana de Ciência e Tecnologia.A Sagrada Natureza: Um projeto transdisciplinar. 2008. (Outra).

Seminário de Culturas Afro-Brasileira e Indígena.A Sagrada Natureza: Um projeto transdisciplinar. 2008. (Seminário).

Conferência Municipal de Educação de Niterói.Delegado representante docente. 2007. (Outra).

I Festival de Arte da rede municipal de educação de Niterói."O vôo de Andorinha". 2007. (Outra).

II Encontro das Memórias e Narrativas Docentes - Docência para além da regência.Anima Ludens. 2007. (Encontro).

Mostra de Trabalhos Pedagógicos de Professores de 3º e 4º ciclos.Produção Cultural. 2006. (Outra).

Rio 2022 - uma alusão aos duzentos anos de independência do Brasil. 2005. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Mylene Soraya da Silva Ferreira

Gonçalves de Souza, Cristiane. A Face Excludente da Belle Époque Carioca (1902-1930). 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História) - Universidade Candido Mendes.

Gonçalves de Souza, Cristiane. XIV Mostra de Iniciação à Docência na Educação Básica. 2016. Universidade Federal Fluminense.

Gonçalves de Souza, Cristiane; Dominick Rejany. V Seminário Interativo de Práticas Pedagógicas, Pesquisa e Extensão na Formação do Professor. 2009. Universidade Federal Fluminense.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Vitória Campos Mamede Maia

CANEN, A.;MAIA, Maria Vitória C. M.; RANGEL, M.. Projeto Sagrada Natureza: Currículo em ação - uma experiência muilticultural na aplicação da lei 11.645/2008. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Maria Vitória Campos Mamede Maia

MAIA, Maria Vitória C. M.; GABRIEL,C.T.; CANEN, A.. Sagrada natureza afro-indígena: um projeto multicultural e transdisciplinar. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Sonia Maria de Castro Nogueira Lopes

LOPES, S. M. C. N.; CANEN, A.; RANGEL, M.; MAIA, M. V. M.; FONTOURA, H. A.. Projeto sagrada natureza: currículo em ação - uma experiência multicultural na aplicação da Lei 11645/2008. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Olegna de Souza Guedes

BOURGUIGNON, J. A.; RAIHER, A. P.; GONCALVES, L. A. C.; JACCOUD, L.;GUEDES, O. S.. Limites e Possibilidades das Práticas Pedagógicas contribuirem no processo de protagonismo cidadão no contexto dos Centros de Referência de Assistência Social. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Sociais Aplicadas) - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Mary rangel

RANGEL, M.; Canen, Ana; MAIA, Maria Vitória Campos Mamede; LOPES, Sonia Maria de Castro Nogueira; FONTOURA, Helena Amaral da. PROJETO SAGRADA NATUREZA: CURRÍCULO EM AÇÃO - UMA EXPERIÊNCIA MULTICULTURAL NA APLICAÇÃO DA LEI 11.645/2008. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Mônica Leite Lessa

LESSA, Mônica Leite; GONCALVES, W.. A Revista em Guarda: uma leitura da Política de Boa Vizinhança no esforço de guerra norte-americano (1941-1945). 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História das Relações Internacionais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Rosanne Evangelista Dias

DIAS, Rosanne Evangelista; FRANGELLA, Rita de Cássia P.; IVENICKI, A.;MACEDO, Elizabeth; EUGENIO, B. G.. Movimentos Sociais, suas demandas e articulação política nas políticas de currículo promovidas pela SECAD/MEC Brasil (2003-2010). 2019. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Rosanne Evangelista Dias

MACEDO, ElizabethDIAS, Rosanne Evangelista; EUGENIO, B. G.. Os sentidos de diferença na política de formação de professores implementada pela SECAD no Governo Lula (2003-2010). 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Elizabeth Fernandes de Macedo

Macedo, Elizabeth; IVENICKI, A.;DIAS, Rosanne Evangelista; FRANGELLA, Rita de Cássia Prazeres; EUGENIO, B. G.. Movimentos sociais, suas demandas e articulação política nas políticas de currículo promovidas pela SECAD/MEC Brasil (2003-2010). 2019. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Elizabeth Fernandes de Macedo

Macedo, ElizabethDIAS, Rosanne Evangelista; EUGENIO, B. G.. Os sentidos de diferença nas política de formação de professores implementada pela SECAD no governo Lula (2003-2010). 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Ana Canen

DIAS, R. E.; MACEDO, E. F.; FRANGELLA, R. C. P.;IVENICKI, A.; GENIO, B. G.. Movimentos Sociais, Suas Demandas e Articulação Política nas Políticas de Currículo Promovidas pela SECAD/MEC Brasil (2003 - 2010). 2019. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Hugo Rogelio Suppo

SUPPO, Hugo R.; GONCALVES, W.;LESSA, Mônica L.. Domício da Gama: uma voz discordante na política externa da Primeira República (1893-1924). 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Relações Internaciona) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mônica Leite Lessa

A Revista em Guarda: uma leitura da Política de Boa Vizinhança no esforço de guerra norte-americano (1941-1945); 2005; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História das Relações Internacionais) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Mônica Leite Lessa;

Rosanne Evangelista Dias

Movimentos Sociais, suas demandas e articulação política nas políticas de currículo promovidas pela SECAD/MEC Brasil (2003-2010); 2019; Tese (Doutorado em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro,; Orientador: Rosanne Evangelista Dias;

Ana Canen

Projeto Sagrada Natureza:curriculo em ação - uma experiência multicultural na aplicação da lei 11645/2008; 2012; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação- UFRJ,; Orientador: Ana Ivenicki;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • Gonçalves de Souza, Cristiane ; SANTOS, D. C. ; VIEIRA, P. ; VIEIRA, R. ; MARQUES, B. ; VENTURINI, Y. . Entre tambores e memórias: a docência em história - ofício de ser um eterno aprendiz na arte de cultivar o chão da escola. In: Juniele Rabelo de Almeida; Manuel Roph de Viveiros Cabeceiras e Marcus Ajuruam de Oliveira Dezemone. (Org.). Universidade e escola formando professores de História. 1ed.São Paulo: Letra e Voz, 2015, v. , p. 9-228.

  • Gonçalves de Souza, Cristiane ; CAMPOS, M. C. R. ; EUGENIO, B. G. ; SILVA, P. T. B. . Educação e Relações Étnico-Raciais: Aportes Coloniais. In: XVIII ENDIPE, 2016, Cuiabá. Didática e Prática de Ensino no Contexto Contemporâneo: cenas da educação brasileira. Cuiabá: UFMT, 2016. p. 9-471.

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A Revista Em Guarda: Uma leitura da política de Boa Vizinhança no esforço de guerra norte-americano (1941-1945). In: IX Congreso de La Solar, 2004, Rio de Janeiro. A Integração da diversidade racial e cultural do Novo Mundo. Rio de Janeiro: UERJ, 2004.

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Diversidade e Multiculturalismo: Leituras sobre as violências na e da Escola. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Questões de Gênero da/na Educação Infantil: relações de gênero. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A Formação do Leitor: currículos e narrativas. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A SECADI e a política pública de formação docente para as relações étnico-raciais no governo Lula (2003-2010). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Diversidade, Inclusão e Diferença: um debate em torno da SECADI e a política de formação docente para a educação das relações étnico-raciais (2003-2010). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . O Projeto de Formação Docente para as relações étnico-raciais da SECADI: Diversidade, Diferença e Inclusão (2003-2010). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Arandu Rape: Relações Étnico-Raciais, Currículo e Formação Docente. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Insultos, opiniões e agressões: manifestações de intolerância religiosa e discriminações no espaço público. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Arandu Rape: diálogos interculturais. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A SECADI e a produção de discursos para as relações étnico-raciais nos materiais de formação de professores no governo Lula (2003-2010). 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Projeto Sagrada Natureza: Baía de Guanabara, Temiminós e Yemanjá...um olhar multicultural.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . PROJETO SAGRADA NATUREZA: CURRÍCULO EM AÇÃO - UMA EXPERIÊNCIA MULTICULTURAL NA APLICAÇÃO DA LEI 10.639/2003. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Entre a Igualdade e a Diferença: Produção de Sentidos em Direitos Humanos e Currículo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A Temática Indígena na Escola - Subsídios para a aplicação da Lei 11.645/2008.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A Temática Indígena e o currículo escolar - desafios e limites para aplicação da Lei 11.645/2008. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . PROJETO SAGRADA NATUREZA: CURRÍCULO EM AÇÃO - UMA EXPERIÊNCIA MULTICULTURAL NA APLICAÇÃO DA LEI 11.645/2008. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Projeto Sagrada Natureza: Alternativas Multiculturais em Educação Ambiental. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Vargas, Diego da Silva ; Gonçalves de Souza, Cristiane ; Sally, Daniele . Cultura Visual e Tecnologia: Agonia do Livro ou Transformação da Literatura?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A Sagrada Natureza afro-indígena. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A Caravana Anima Ludens: docência para além da regência. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . Produção Cultural. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • Gonçalves de Souza, Cristiane . A Revista Em Guarda: Uma leitura da política de Boa Vizinhança no esforço de guerra norte-americano (1941-1945). 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

Gonçalves de Souza, Cristiane . Equipe Técnica Monitoramento e avaliação do PME Niterói. 2016.

Gonçalves de Souza, Cristiane ; Vargas, Diego da Silva ; Sally, Daniele . Cultura Visual e Tecnologia. Agonia do Livro ou Transformação da Literatura?. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Gonçalves de Souza, Cristiane ; Maya, Raquel Muniz . Projeto Sagrada Natureza. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Gonçalves de Souza, Cristiane ; Maya, Raquel Muniz . A Sagrada Natureza: Um projeto transdisciplinar. 2008 (Minicurso) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Demandas sobre desempenho docente produzindo políticas de currículo para a Iberoamérica, Descrição: Esta investigação se insere no contexto em que a Iberoamérica mobiliza diversos recursos desde a primeira década do século XXI na construção de consensos com os países da região na intenção de produzir e influenciar políticas de currículo que superassem o quadro de desigualdade na educação básica. Entre os anos de 2008 e 2016, a Organização dos Estados Iberoamericanos para a Educação, a Ciência e a Cultura ? OEI publicou uma série de textos políticos que fez circular diversas ideias que buscavam equalizar os problemas verificados forjando o Programa Metas Educativas 2021: la educación que queremos para la generación de los Bicentenarios. No ano de 2015, durante a Conferência Mundial das Nações Unidas reunida com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura - UNESCO, a região alterou sua agenda para atingir as Metas previstas em 2021 para o ano de 2030, no âmbito da Agenda da Educação 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Nesses consensos, a docência assume relevância na produção do período na defesa de novos currículos para a formação e o trabalho docente como fator que contribui para o bom desempenho da educação. Desse modo, demandas são produzidas e articuladas discursivamente significando modos de controlar o currículo da formação e da atuação docente destacando o desempenho como estratégia que pretende garantir a qualidade da educação. Pretendemos analisar as demandas sobre o desempenho nas políticas de currículo para a docência na Iberoamérica apoiada na abordagem teórico-metodológica da teoria do discurso (TD) de Laclau e Mouffe, destacando os processos de articulação discursiva e os sentidos para o significante desempenho nos textos políticos que pretendem por em marcha as políticas para a formação e o trabalho docente. Entre os textos selecionados para este trabalho apontamos as seguintes publicações: Proyecto Estratégico Regional sobre Docentes: Centro de Estudios de Políticas y Prácticas en Educación (CEPPE) da OREALC/UNESCO e Miradas sobre La Educación en Iberomérica: Desarollo profesional docente y mejora de la educación. Tencionamos interpretar as produções de políticas na região focalizando destacadamente a experiência dos seguintes países como o Brasil, o Chile, a Colômbia e o México que vem apontando como emblemáticos para a compreensão das relações entre o currículo e o desempenho no desenvolvimento curricular para a docência, no período de 2000 a 2020... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Cristiane Gonçalves de Souza - Integrante / Rosanne Evangelista Dias - Coordenador.

  • 2015 - 2018

    Discursos sobre Avaliação nas Políticas de Currículo para a Formação e o Trabalho Docente no Espaço Ibero-americano, Descrição: Este projeto visa a investigar os discursos sobre avaliação nas políticas de currículo para a formação de professores para a educação básica no espaço ibero-americano no período de 2001 a 2015. Neste período, proposições foram forjadas e confrontadas, em processos de articulação política, por diversos sujeitos e grupos em disputa por projetos que representassem suas posições a partir de demandas. Ao longo desses anos, discursos em defesa das demandas políticas de avaliação para a formação docente e para a escola básica vêm produzindo novos sentidos no trabalho docente no que tange ao desenvolvimento curricular. Tais políticas vêm sendo produzidas por diversas lideranças e grupos, em diferentes escalas e a produção por parte de organismos internacionais e redes políticas tem destacado processos de articulação que atravessam fronteiras de Estados-nação, tencionando a constituição de políticas locais e regionais. Esses processos de produção e disseminação de discursos devem ser analisados como expressão de ideias, valores e concepções sobre o currículo e a formação e o trabalho docente em diferentes arenas de significação (LOPES) dessas políticas. Esta investigação será orientada pela teoria de discurso (LACLAU) e a abordagem do ciclo contínuo de políticas (BALL; BALL & BOWE). Os discursos expressam práticas sociais encarnando expectativas em torno de propostas que são articuladas tendo em vista a produção de políticas que alcancem a hegemonia. Com base em Stephen Ball, procuramos explorar os processos de produção dos textos das políticas em ciclos contínuos compreendendo seus diferentes contextos e seus protagonistas. Nas análises dos textos políticos tencionamos compreender os processos de articulação que tornam possíveis os consensos em busca da legitimidade de determinados discursos (MOUFFE). Os textos políticos selecionados para análise têm como marco temporal a publicação do Relatório Jacques Delors da UNESCO no Brasil, além de textos produzidos por redes que se dedicam às políticas de currículo para o trabalho e a formação docente em diferentes escalas. Outros textos selecionados fazem parte da produção de entidades de caráter acadêmico-científico e associativo como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC. Tencionamos analisar, nesses textos, os discursos em defesa das demandas de avaliação para as políticas de currículo para a formação e o trabalho docente no âmbito ibero-americano, focalizando os seguintes aspectos: a) responsabilização docente no êxito do desempenho escolar; b) perspectivas de avaliação do desempenho docente; c) perspectivas de avaliação da formação docente. Argumentaremos que o processo de produção discursiva de articulação de demandas de avaliação nas políticas de currículo para a formação e o trabalho docente é marcado pela ambivalência dos textos de definições curriculares, pela multiplicidade de autorias e de interpretações e negociação de diferentes projetos em disputa. Entendemos que os discursos de avaliação produzem sentidos de ser professor e também do que deve ser o conhecimento do professor e por isso devem ser analisados para melhor compreensão das políticas curriculares que vêm sendo forjadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Cristiane Gonçalves de Souza - Integrante / Rosanne Evangelista Dias - Coordenador.

  • 2013 - 2017

    Discursos nas políticas curriculares para a formação de professores no espaço ibero-americano, Descrição: Este projeto visa a investigar os discursos das políticas de formação de professores para a educação básica no espaço ibero-americano no período de 2001 a 2014. Neste período, proposições foram forjadas e confrontadas, em processos de articulação política, por diversos sujeitos e grupos em disputa por projetos que representassem suas posições a partir de demandas. Ao longo desses anos, discursos em defesa das demandas políticas para a formação docente, vêm sendo produzidos por diversas lideranças e grupos, em diferentes escalas e a produção por parte de organismos internacionais tem destacado processos de articulação que atravessam fronteiras de Estados-nação, tencionando finalidades de virem a constituir políticas locais e para a região. Esses processos de produção e disseminação de discursos devem ser analisados como expressão de ideias, valores e concepções sobre o currículo e a formação de professores em diferentes arenas de significação (LOPES) dessas políticas. Esta investigação será orientada pela teoria de discurso (LACLAU) e a abordagem do ciclo contínuo de políticas (BALL; BALL & BOWE). As demandas expressam expectativas em torno de propostas que são articuladas tendo em vista a produção de políticas que alcancem a hegemonia. Com base em Stephen Ball, procuramos explorar os processos de produção dos textos das políticas em ciclos contínuos compreendendo seus diferentes contextos e seus protagonistas. Nas análises dos textos políticos tencionamos compreender as articulações que tornaram possíveis os consensos em busca da legitimidade de determinados discursos (MOUFFE). Os textos políticos selecionados para análise têm como marco temporal a publicação do Relatório Jacques Delors da UNESCO no Brasil, além de textos produzidos por redes que se dedicam às políticas de formação de professores em diferentes escalas. Outros textos selecionados fazem parte da produção de entidades de caráter acadêmico-científico e associativo como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC e a Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação - ANFOPE. Tencionamos analisar, nesses textos, os discursos em defesa das demandas das políticas de formação de professores no âmbito ibero-americano, focalizando os seguintes aspectos da formação: a) finalidade social; b) modalidades de ensino; c) modelos de organização curricular e, d) processos de avaliação. Argumentaremos que o processo de articulação de demandas para as políticas de formação de professores é marcado pela ambivalência dos textos de definições curriculares, pela multiplicidade de autorias e de interpretações e negociação de diferentes projetos em disputa. Entendemos que os discursos constituem os sentidos de ser professor e também do que deve ser o conhecimento do professor e por isso devem ser analisados para melhor compreensão das políticas curriculares que vêm sendo forjadas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Cristiane Gonçalves de Souza - Integrante / Rosanne Evangelista Dias - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Fundação Pública Municipal de Educação de Niteroi, Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia. , Rua Visconde de Uruguai, 414, Centro, 24030075 - Niterói, RJ - Brasil, Telefone: (21) 27196743

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

1998 - 2011

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RJ

Vínculo: , Enquadramento Funcional: PROF DOCENTE I C REF 5, Carga horária: 16

1999 - Atual

Fundação Pública Municipal de Educação de Niteroi

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: PROFESSOR IIE MTD IV, Carga horária: 22

Outras informações:
Coordenadora do Núcleo de Ações Integradas: 2015-2016 Coordenadora do curso de Relações Étnico-Raciais e Currículo na SEMECT/Niterói (2016) Coordenadora da Assessoria de Articulação Pedagógica: 2017 (em exercício)