Clara Braz dos Santos

Graduada (2013) e Mestre (2016) em História pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", campus de Franca. Atualmente, é doutoranda em História pela mesma instituição. É integrante do grupo temático "Escritos sobre os Novos Mundos: uma história da construção de valores morais em língua portuguesa (Processo FAPESP 13/14786-6). Desenvolve pesquisas na área de História do Brasil colonial, mais especificamente, sobre os seguintes temas: pregação católica, escritos encomiásticos e edificantes, práticas de devoção, prescrições sobre a morte e valores morais propagados aos colonos nobres.

Informações coletadas do Lattes em 01/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em História

2017 - Atual

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Louvor e distinção no Brasil colonial (séculos XVII e XVIII),
Jean Marcel Carvalho França. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Mestrado em História

2014 - 2016

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: O exercício moral de memória da morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII),Ano de Obtenção: 2016
Jean Marcel Carvalho França.Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Graduação em História

2010 - 2014

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: A boa morte em sermões fúnebres do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII)
Orientador: Jean Marcel Carvalho França
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Traços Jurídico-Institucionais da Igreja XVI-XVIII. (Carga horária: 45h). , Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Brasil.

2013 - 2013

Os impressos literários e a história brasileira. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2013 - 2013

Relações de gênero e morte no Mediterrâneo Romano. (Carga horária: 6h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2012 - 2012

Pesquisas em arquivos e bibliotecas portuguesas. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2011 - 2011

Extensão universitária em Centro de Documentação e Apoio Pesquisa Histórica. , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2011 - 2011

A alimentação na antiguidade e no medievo. (Carga horária: 6h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

SANTOS, C. B. ; VIOTTI, A. C. . Coordenação de Simpósio Temático Registros sobre gentes e costumes no Brasil colonial (1500-1808) na "XXI Semana de História da Unesp Franca". 2017. (Outro).

SANTOS, C. B. ; FRANÇA, J. M. C. ; FRANCA, S. S. L. ; FERREIRA, R. A. ; ARAUJO, K. A. ; PEREIRA, Milena da Silveira ; GONÇALVES, Rafael Afonso ; VIOTTI, A. C. . Monitora do encontro internacional "O Atlântico que nos separa: perspectivas de lá e de cá". 2017. (Outro).

FRANÇA, J. M. C. ; FERREIRA, R. A. ; VIOTTI, A. C. ; SANTOS, C. B. . Monitora do evento "Imagens do Ocidente nos séculos XVI, XVII e XVIII". 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

O Atlântico que nos separa: perspectivas de lá e de cá. 2017. (Encontro).

XX Semana de História - A Escravidão e os Novos Mundos. 2015. (Congresso).

5º Encontro Internacional de História Colonial: Cultura, Escravidão e Poder na Expansão Ultramarina (séc. XVI ao XIX).Prescrições sobre a morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2014. (Encontro).

IX Encontro Raízes Medievais do Brasil Moderno (Escritos e Imagens no Mundo Luso-Brasileiro). 2014. (Encontro).

XIX Encontro Regional de História da Anpuh-MG: Profissão do Historiador: Formação e Mercado de Trabalho.Ideais de vida e morte nos escritos católicos do Brasil (séculos XVII e XVIII). 2014. (Encontro).

Encontro Nacional de Pós-Graduandos em História das Ciências (ENAPEHC 3).Pregadores "médicos de alma": A oratória sagrada e a salvação no Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2013. (Encontro).

Encontro Nacional de Pós-Graduandos em História das Ciências (ENAPEHC 3). 2013. (Encontro).

XIX Semana de História da UNESP: História, Leitura e Cultura Midiática. 2013. (Congresso).

XXV Congresso de Iniciação Científica da Unesp. Os sermões fúnebres e o bem morrer no Brasil Colonial (séculos XVII e XVIII). 2013. (Congresso).

Imagens do Ocidente nos séculos XVI, XVII e XVIII. 2012. (Congresso).

Imagens do Ocidente nos séculos XVI, XVII e XVIII. A boa morte na sermonística brasiliense dos séculos XVII e XVIII. 2012. (Congresso).

Música, Universidade e História. 2012. (Congresso).

XXIV Congresso de Iniciação Científica da UNESP. O Bem morrer na sermonística brasiliense dos séculos XVII e XVIII. 2012. (Congresso).

I Colóquio Internacional de História e Música. Música e Política: um olhar transdisciplinar. 2011. (Outra).

I Colóquio sobre práticas educacionais e sócios pedagógicas. 2011. (Outra).

IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais. 2011. (Outra).

IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais.Alimentação como elemento de identificação social e cultural na Atenas Clássica. 2011. (Outra).

Questões que incomodam o historiador. 2011. (Outra).

VI Simpósio de questão agrária e 1º Fórum de debates da saúde do trabalhador da agroindústria canavieira. 2011. (Simpósio).

XVIII Semana de História "Linguages da História". 2011. (Outra).

I Colóquio Internacional/III Colóquio Nacional do Laboratório de Estudos de Império Romano. 2010. (Outra).

O pensamento de Gramsci: História e Política. 2010. (Outra).

XVIII Seminário de Iniciação Científica da UFOP.O divino no banquete: o aspecto simbólico alimentar na Grécia Clássica. 2010. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ricardo Alexandre Ferreira

FERREIRA, R. A.FRANÇA, Jean Marcel Carvalho; ARAUJO, A. C. C. S. B.. O exercício moral de memória da morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2016. Dissertação (Mestrado em História e Cultura) - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - UNESP - Campus de Franca.

Ricardo Alexandre Ferreira

FERREIRA, R. A.FRANÇA, Jean Marcel Carvalho; FRAGOSO, João Luís Ribeiro. Louvor e distinção no Brasil colonial. As façanhas virtuosas da nobreza nos séculos XVII e XVIII. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em HIstória) - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - UNESP - Campus de Franca.

Ricardo Alexandre Ferreira

FERREIRA, R. A.FRANÇA, Jean Marcel Carvalho; MOURA, Denise Soares.. O exercício moral de memória da morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História e Cultura) - Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - UNESP - Campus de Franca.

Denise Aparecida Soares de Moura

MOURA, Denise Aparecida Soares de; França, Jean Marcel; FERREIRA, R. A.. O exercício moral de memória da morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Historia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Jean Marcel Carvalho França

FRANÇA, Jean Marcel Carvalho; FERREIRA, R. A.; FRAGOSO, J. L. R.; SANTOS, C. B.. Louvor e sitinção no Brasil colonial. As façanhas virtuosas da nobreza nos séculos XVII e XVIII.. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Jean Marcel Carvalho França

FRANÇA, Jean Marcel Carvalho; Moura, Denise Aparecida Soares de;FERREIRA, Ricardo Alexandre. O exercício moral da memória da morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Jean Marcel Carvalho França

Nobres dignos de louvor no Brasil colonial (séculos XVII e XVIII); Início: 2017; Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; (Orientador);

Jean Marcel Carvalho França

O exercício moral de memória da morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII); 2016; Dissertação (Mestrado em Historia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Jean Marcel Carvalho França;

Jean Marcel Carvalho França

Construções da Morte nos escritos religiosos dos séculos XVII e XVIII; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em História (Franca)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Jean Marcel Carvalho França;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SANTOS, C. B. . As cerimônias fúnebres no Brasil colonial: ponto de vista historiográfico e descrições dos séculos XVII e XVIII. TEMPORALIDADES , v. 8, p. 61-75, 2016.

  • SANTOS, C. B. . O exercício moral de memória da morte. Escritos religiosos do Brasil colonial. São Paulo: Editora Unifesp. 1ª. ed. , 2018.

  • SANTOS, C. B. . Prescrições sobre a morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). In: 5º Encontro Internacional de História Colonial: Cultura, Escravidão e Poder na Expansão Ultramarina (séc. XVI ao XIX), 2014, Maceió. Anais do V Encontro Internacional de História Colonial: Cultura, Escravidão e Poder na Expansão Ultramarina (Séculos XVI ao XIX). Maceió: Edufal, 2014. v. 5. p. 278-282.

  • SANTOS, C. B. . O papel moralizador dos encômios fúnebres no Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). In: XX Semana de História - A Escravidão e os Novos Mundos, 2015, Franca. Caderno de Resumos, 2015. p. 22-22.

  • SANTOS, C. B. . Prescrições sobre a morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). In: 5º Encontro Internacional de História Colonial: Cultura, Escravidão e Poder na Expansão Ultramarina (séc. XVI ao XIX), 2014, Maceió. Caderno de Resumos do 5º Encontro Internacional de História Colonial: Cultura, Escravidão e Poder na Expansão Ultramarina (séc. XVI ao XIX). Maceió: Edufal, 2014. p. 32-32.

  • SANTOS, C. B. . Pregadores 'médicos de almas': A oratória sagrada e a salvação no Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). In: Encontro Nacional de Pós-Graduandos em História das Ciências (ENAPEHC 3), 2013, Mariana. Caderno de resumos do III ENAPEHC, 2013. p. 27-27.

  • SANTOS, C. B. . A boa morte na sermonística brasiliense dos séculos XVII e XVIII. In: Imagens do Ocidente nos séculos XVI, XVII e XVIII, 2012, Franca. Caderno de resumos Imagens do Ocidente nos séculos XVI, XVII e XVIII, 2012.

  • SANTOS, C. B. . A boa morte em sermões fúnebres do Brasil dos séculos XVII e XVIII. In: XXIV Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2012, Franca. Anais do XXIV Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2012.

  • SANTOS, C. B. . A alimentação como elemento de identificação social e cultural na Atenas Clássica. In: IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2011, Assis. Anais do IV Ciclo Internacional de Estudos Antigos e Medievais, 2011.

  • SANTOS, C. B. . O divino no banquete: o aspecto simbólico alimentar na Grécia Clássica. In: XVIII Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2010, Ouro Preto. Anais SEIC UFOP 2010, 2010.

  • SANTOS, C. B. ; PEREIRA, Milena da Silveira . A cochonilha no mundo luso-brasileiro: o manuscrito setecentista editado por Manuel Joaquim Henriques de Paiva. História, Ciências, Saúde-Manguinhos , 2019.

  • SANTOS, C. B. . Heróis na terra, bem-aventurados no céu: as façanhas virtuosas da nobreza no Brasil colonial. 2019. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . A cura do corpo e da alma pelas palavras: apontamentos sobre o papel da devoção no tratamento dos achaques no Brasil colonial. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . Do púlpito ao prelo: peças oratórias proferidas no Brasil e impressas em Portugal (séculos XVII e XVIII). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . Descrições sobre as cerimônias fúnebres no Brasil Colonial (séculos XVII e XVIII). 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . O papel moralizador dos encômios fúnebres no Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . Prescrições sobre a morte nos escritos religiosos do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . Ideais de vida e morte nos escritos católicos do Brasil (séculos XVII e XVIII). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . Pregadores 'médicos de almas': A oratória sagrada e a salvação no Brasil colonial (séculos XVII e XVIII). 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . A boa morte na sermonística brasiliense dos séculos XVII e XVIII. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SANTOS, C. B. . A boa morte em sermões fúnebres do Brasil dos séculos XVII e XVIII. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SANTOS, C. B. . Parecer para a Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto - História. 2018.

SANTOS, C. B. . Relatório Final FAPESP. 2014. (Relatório de Pesquisa).

SANTOS, C. B. . Relatório Parcial FAPESP. 2013. (Relatório de Pesquisa).

SANTOS, C. B. . Relatório Final PIBIC. 2013. (Relatório de Pesquisa).

SANTOS, C. B. . Relatório Parcial PIBIC. 2012. (Relatório de Pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - 2018

    As devoções da nobreza nos escritos edificantes do Brasil colonial (séculos XVII e XVIII), Descrição: No Brasil dos séculos XVII e XVIII, clérigos e moralistas produziram uma série de sermões, elogios e livros de devoção, que possuíam como intuito principal moralizar os costumes e edificar as almas dos colonos nobres. Segundo tais escritos, a reforma das condutas dos homens e mulheres proeminentes dos trópicos era necessária devido à presunção que muitos nobres possuíam de terem distinções e de serem equiparados à nobreza de corte. Embora fosse imprescindível aos nobres da colônia acumular postos, cabedais e honras para manterem seus privilégios ? uma vez que não eram titulados ?, os letrados da época acreditavam que a prática da devoção à fé católica era o símbolo de distinção mais apropriado àqueles que ocupavam o topo da hierarquia no Brasil, pois, dessa forma, poderiam difundir seu exemplo de conduta devota para o vulgo. Tendo em vista a importância conferida às condutas devotas dos nobres nesses escritos edificantes, o propósito do presente projeto, a ser desenvolvido em Portugal, é investigar quais eram as principais devoções recomendadas à nobreza colonial e como elas deveriam ser praticadas. Dando, pois, continuidade à tese de doutoramento que vem sendo desenvolvida junto ao Programa de Pós-graduação em História da Universidade Estadual Paulista, campus de Franca (processo FAPESP nº 17/01498-3), e no âmbito do projeto temático Escritos sobre os novos mundos: uma história da construção de valores morais em língua portuguesa (processo FAPESP nº 13/14786-6), pretende-se mapear e consultar, nos principais acervos e bibliotecas portuguesas, durante o período de quatro meses, outros escritos edificantes e estudos que abordem os valores morais considerados caros à nobreza, e que não se encontram disponíveis no banco de dados do grupo Escritos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Clara Braz dos Santos - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2017 - Atual

    Louvor e distinção no Brasil colonial (séculos XVII e XVIII), Descrição: No Brasil dos séculos XVII e XVIII, clérigos e moralistas produziram uma série de escritos encomiásticos ? elogios, panegíricos, sermões, orações e sonetos ? em louvor a homens e mulheres considerados grandes, tais como reis, rainhas, príncipes, princesas, bispos, arcebispos, governadores, vice-reis e suas respectivas donas. Proclamados em cerimônias e festas públicas, que comemoravam momentos específicos de suas vidas, como nascimentos, aniversários, casamentos e mortes, os encômios deveriam enaltecer os membros da monarquia, da nobreza metropolitana e colonial, e difundir modelos de condutas para os nobres que habitavam o Brasil. Outro conjunto de escritos, os livros de devoção e sermões penitenciais produzidos pelos mesmos letrados, contribuiu para a difusão entre a nobreza colonial de valores morais dignos de seu estado e ajudou a fundamentar os encômios. Ao longo desses dois séculos, colonos outrora pertencentes à plebe, tiveram seus feitos nas guerras, entradas ou mercancia reconhecidos pelos monarcas portugueses. Premiados, pois, com a ascensão ao segundo estado, esses colonos distintos passaram a habitar com frequência a colônia, tornando imperativo aos letrados da época moralizar seus costumes. A partir dos exemplos de homens e mulheres ilustres, essa pesquisa pretende investigar, sobretudo, quais qualidades e feitos virtuosos foram exaltados nos encômios, com o objetivo de compreender os quadros de valores que deveriam pautar as ações dos nobres da colônia.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Clara Braz dos Santos - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

  • 2015 - Atual

    Escritos sobre os novos mundos: teorias, métodos e constituição de bancos de dados digitais (Projeto Temático), Descrição: O grupo de pesquisa Escritos Sobre os Novos Mundos surgiu a partir, sobretudo, de dois problemas centrais, comuns aos seus pesquisadores: de um lado, problemas de natureza teórica, decorrentes da necessidade de serializar documentações de matizes diversos em busca dos modos de produção da verdade em língua portuguesa; de outro, problemas de acesso à documentação, nomeadamente a obras raras e documentos, editados ou escritos entre os séculos XIII e XX e, em larga medida, indisponíveis nas bibliotecas nacionais. Para contornarmos este último problema, montamos um acervo composto por cerca de 1300 obras digitalizadas, dispostas em 4 coleções disponíveis nos sites: www.cedaph.org e http://acervo.cedaph.org/ com o seguinte conteúdo: a) 30 crônicas e relatos de viagem escritos entre os séculos XIII e XV; b) 60 obras de caráter jurídico editadas em Portugal entre os séculos XVI e XVIII, que tratam de temas envolvidos no problema da legalidade da posse e manutenção de cativos; c) 20 textos em inglês que versam a respeito da tecnologia de navegação praticada entre meados do século XVIII e início do século XIX e 20 números da Revista da Academia de Ciências de Lisboa, publicados no mesmo período; d) 980 impressos, escritos em português e publicados ao longo dos séculos XVI, XVII e XVIII, que mencionam o Brasil e seus habitantes a mais completa coleção sobre o tema reunida em um único banco de dados. Planeamos, nesta segunda fase de desenvolvimento dos trabalhos do grupo que pretende transformar-se num grupo temático , manter e aprimorar as bases de dados existentes, mas também, em virtude da experiência já acumulada, promover aí importantes alterações: em primeiro lugar, abrigar, num único tronco, com 3 entradas distintas, os bancos de dados b, c e d, criando um banco integrado, com ênfase no mundo colonial português, dos séculos XVI, XVII e XVIII; em segundo lugar, promover uma substantiva ampliação do banco de dados descrito no item a; em terceiro lugar, criar um novo banco de dados coordenado por uma pesquisadora recém incorporada ao grupo inicial , que abrigará conjuntos documentais relacionados à produção intelectual dos historiadores brasileiros do ocaso do século XIX à primeira metade do século XX. A apresentação dos documentos dos novos bancos de dados propostos e dos bancos remodelados e a consulta a tais documentos seguirão, com pequenas correções de rumo, os critérios descritos adiante.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (15) / Mestrado acadêmico: (9) / Doutorado: (11) . , Integrantes: Clara Braz dos Santos - Integrante / Jean Marcel Carvalho França - Coordenador / Ricardo Alexandre Ferreira - Integrante / Susani Silveira Lemos França - Integrante / Karina Anhezini de Araújo - Integrante / Maria Cristina Correira Leandro Pereira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de História, Direito e Serviço Social de Franca. , Av Eufrásia Monteiro Petráglia, 900, Jd Dr. Antonio Petráglia, 14409160 - Franca, SP - Brasil, Telefone: (16) 37068700

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional