Sarah Gonçalves Ribeiro

Possui graduação em Direito pela Universidade Positivo. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito

Informações coletadas do Lattes em 16/03/2021

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado profissional em andamento em Direito, Justiça e Sociedade

2021 - Atual

Instituto Brasiliense de Direito Público
Título: A moral e a finalidade da pena: ética e o processo de conhecimento prático jurídico no Brasil, Ano de Obtenção:
Orientador: Nefi Cordeiro

Especialização em andamento em Direito Médico

2020 - Atual

Centro Universitário Curitiba

Especialização em andamento em Pós graduação em Direito

2020 - Atual

Fundação Escola do Ministério Público do Estado do Paraná

Graduação em andamento em Filosofia

2019 - Atual

Centro Universitário Claretiano PR

Graduação em Direito

2010 - 2019

Universidade Positivo
Título: Desmaterialização dos Títulos de Crédito no Brasil
Orientador: Alexsandra Belnoski Marilac

Ensino Médio (2º grau)

2000 - 2008

Grupo Positivo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

Rodrigo Chemim ; RIBEIRO, Sarah G. ; VEIGA, Fabio ; GONCALVES, R. M. . V CINBEJUR. 2020. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

IV CIDIGIN. A desmaterialização do "juiz das garantias" com o inquérito policial eletrônico. 2020. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PANZA, L. O. M. ; CATANI, G. S. A. ; RIBEIRO, Sarah G. . O eventual crime de responsabilidade pelo Poder Executivo com a utilização da hidroxicloroquina no tratamento da COVID-19. REVISTA DOS TRIBUNAIS (SÃO PAULO. IMPRESSO) , v. 1024, p. 171-190, 2021.

  • RÉGNIER CHEMIM GUIMARÃES, RODRIGO ; RIBEIRO, SARAH . A introdução do juiz das garantias no Brasil e o inquérito policial eletrônico. Revista Brasileira de Direito Processual Penal , v. 6, p. 147-174, 2020.

  • RIBEIRO, SARAH ; RÉGNIER CHEMIM GUIMARÃES, RODRIGO . O caso das Bruxas de Salem e a origem do plea bargaining norte-americano: contrapondo o entendimento dicotômico dos sistemas processuais penais. REVISTA BRASILEIRA DE DIREITO PROCESSUAL PENAL , v. 6, p. 835-872, 2020.

  • PANZA, L. O. M. ; CATANI, G. S. A. ; RIBEIRO, Sarah G. . O eventual crime de responsabilidade pelo Poder Executivo brasileiro com a utilização da hidroxicloroquina no tratamento da COVID-19. Cadernos de Dereito Actual , v. 2020, p. 238-255, 2020.

  • RIBEIRO, Sarah G. ; GONCALVES, R. M. ; MACEDO NETO, N. R. . A Supremacia do interesse público no combate ao Covid-19 e as controvérsias na aplicação teoria do garantismo penal de Ferrajoli. DIREITO DA CIDADE , v. 12, p. 2579-2599, 2020.

  • RIBEIRO, SARAH ; RÉGNIER CHEMIM GUIMARÃES, RODRIGO . A desmaterialização do "juiz das garantias" com o inquérito policial eletrônico.. 1. ed. Madrid: Dykinson, 2020. v. 1. 10p .

  • RIBEIRO, Sarah G. . Resenha da obra: El régimen jurídico del patrimonio cultural subacuático, Rubén Miranda Gonçalves. Revista de Seguridad del CESEG , 2020.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - 2020

    A telemedicina o direito do consumo no Brasil, Descrição: A telemedicina no Brasil teve a sua prática ampliada pela resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) n 2227 de 2018 e a sua aplicabilidade foi revogada antes da sua vigência devido ao recebimento de inúmeras críticas no Brasil. Em julho de 2019, o plano de saúde Amil passou a ofertar consultas online, mesmo sem aprovação do Conselho Federal de Medicina no País. O presente artigo visa fazer uma breve análise sobre o atendimento da saúde por meios eletrônicos e os direitos do paciente previstos no código de defesa do consumidor brasileiro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sarah Gonçalves Ribeiro - Coordenador.

  • 2020 - Atual

    Sócrates: estudo do sistema de inteligência artificial do STJ, Descrição: A proposta de pesquisa visa um estudo aprofundado do sistema Sócrates, que faz uso de Inteligência Artificial (IA). A tecnologia foi implementada no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em maio de 2019. Essa ferramenta tecnológica disponibilizou ao Tribunal uma aceleração na triagem e classificação dos processos, pois incluiu a leitura automática de peças, bem como a comparação entre textos para as tomadas de decisões judiciais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Sarah Gonçalves Ribeiro - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2020 - 2020

Centro Universitário Curitiba

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2019 - Atual

Fundação Escola do Ministério Público do Estado do Paraná

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2020 - Atual

Procuradoria Geral de Justiça

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: estagio de pós graduação, Carga horária: 30

2018 - 2019

Procuradoria Geral de Justiça

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: estagiário