Nicole Brandão Rodrigues de Aquino

Graduanda da turma III de Psicologia pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - FAMERP (2019). Coordenadora Geral do Departamento Científico do Centro Acadêmico de Psicologia da FAMERP - CAPsi (2021). Coordenadora Adjunta do Departamento de Ensino - CAPsi (2021). Coordenadora de Pesquisa da Liga de Cuidados Paliativos FAMERP (2021). Coordenou como geral no Departamento Científico do CAPsi (2020). Monitorou da Disciplina de Neuroanatomia (2020). Foi membro do Conselho das Ligas Acadêmicas da FAMERP - COLIG (2020). Organizou e idealizou o III Encontro de Psicologia do Centro Acadêmico de Psicologia da FAMERP - CAPsi (2020). Desenvolvendo os seguintes projetos de pesquisas: Qualidade de Vida e Saúde Mental em Policiais Militares do Interior de São Paulo (Financiada pelo CNPq) e Educação Inclusiva durante a pandemia do COVID-19: autoeficácia, ansiedade e percepção de professores atuantes na àrea.

Informações coletadas do Lattes em 16/03/2021

Acadêmico

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Psicologia

2019 - Atual

Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Curso técnico/profissionalizante interrompido em 2017 em Informática

2015 - Atual

Colégio Técnico Industrial Prof. Isaac Portal Roldan - UNESP
Ano de interrupção: 2017

Formação complementar

2021 -

Liga de Cuidados Paliativos - FAMERP. (Carga horária: 50h). , Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, FAMERP, Brasil.

2020 - 2020

Psicologia e Análise do Comportamento: Despatologizando a Psicopatologia. (Carga horária: 10h). , Instituto de Psicologia, Educação, Comportamento e Saúde de Rio Preto Ltda, IPECS, Brasil.

2020 - 2020

Psicologia Sócio-Histórica: Teoria e Prática. (Carga horária: 10h). , Instituto de Psicologia do Grande ABC, IPABC, Brasil.

2019 - 2019

Extensão universitária em Liga de Atenção às Populações Negligenciadas - LIPOP. (Carga horária: 10h). , Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, FAMERP, Brasil.

2019 - 2019

Extensão universitária em Projeto maquininha do futuro - ciclo 9. (Carga horária: 12h). , Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, FAMERP, Brasil.

2019 - 2019

Liga de Atenção às Populações Negligenciadas - LIPOP. (Carga horária: 50h). , Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, FAMERP, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Organização de eventos

AQUINO, N. B. R. ; REGIOLLI, G. F. D. . III Encontro de Psicologia da FAMERP. 2020. (Outro).

Participação em eventos

Mini Curso Transexualidade: perspectivas e trabalho na clínica analítico comportamental. 2021. (Simpósio).

Curso Livre de Férias - Psicologia Sócio Histórica: Teoria e Prática. 2020. (Outra).

Jornada clínica sobre depressão. 2020. (Simpósio).

Mini Curso ?Psicopatologia e Análise do Comportamento: Despatologizando a Psicopatologia?,. 2020. (Outra).

II Corredor Cultural. 2019. (Oficina).

II Encontro Acadêmico de Psicologia.Monitoria. 2019. (Encontro).

II Simpósio de mindfulness. 2019. (Simpósio).

I Simpósio de Atuação das Mulheres nas Áreas da Saúde e da Ciência. 2019. (Simpósio).

I Simpósio de Pesquisa, Saúde e Comunidade. 2019. (Simpósio).

Semana cultural. 2019. (Outra).

Simpósio "Aspectos de morte e Autópsia". 2019. (Simpósio).

Simpósio de Humanização em Saúde: "Apenas outra alma humana". 2019. (Simpósio).

Foi orientado por

Neide Aparecida Micelli Domingos

Depressão, desesperança e ideação suicida em Policiais Militares do interior de São Paulo; 2020; Iniciação Científica; (Graduando em Psicologia) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto; Orientador: Neide Aparecida Micelli Domingos;

Produções bibliográficas

  • AQUINO, N. B. R. . Gravidez na pandemia: quais são as mudanças. Helenas, 29 jun. 2020.

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Qualidade de vida e saúde mental em Policiais Militares do Interior de São Paulo, Descrição: A Polícia Militar (PM) é a categoria das forças de segurança mais propensa ao agravo em saúde mental. A profissão de policial é pontuada pela literatura como um dos principais grupos sujeitos à de morte por suicídio. O suicídio resulta de um ato deliberado e levado a cabo por uma pessoa com pleno conhecimento de sua consequência final. O suicídio está fortemente atrelado à depressão, sendo a desesperança considerada como o nexo causal entre o comportamento depressivo e o suicida. A qualidade de vida dos policiais militares, por sua vez, depende diretamente da preservação da saúde mental destes. Esta pesquisa é relevante devido à importância de oferecer subsídios para a prevenção de um grave risco de vitimização que compromete o desempenho profissional de policiais militares e consequentemente a segurança dos cidadãos. Objetivos: investigar os índices de depressão, desesperança e qualidade de vida em Policiais Militares do interior do estado de São Paulo. Metodologia: estudo do tipo transversal; será realizado com 60 Policiais Militares do 4° Batalhão de Polícia Militar do Interior (4° BPM-I), no interior de São Paulo, de ambos os gêneros e acima de 18 anos. Para a coleta de dados serão utilizados: questionário sociodemográfico; Inventário Beck de Depressão II (BDI-II); Escala de Desesperança Beck (BSI) e Inventário de Qualidade de Vida (WHOQOL-Bref). Desfecho primário: espera-se obter informações sobre níveis de depressão, desesperança e qualidade de vida de policias militares para elaborar estratégias de enfrentamento para que possam auxiliar no manejo de tais sintomas.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Nicole Brandão Rodrigues de Aquino - Integrante / Neide Micelli Domingos - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2020 - Atual

    Educação Inclusiva durante a pandemia do COVID-19: autoeficácia, ansiedade e percepção de professores atuantes na àrea, Descrição: Por educação inclusiva, entende-se toda educação que se baseia na inclusão e reconhecimento da diversidade humana em sua totalidade. Ainda que esse direito seja garantido pela constituição brasileira, a escola inclusiva ainda não é uma realidade para todos. São muitos os desafios enfrentados pela educação para que essa inclusão aconteça em sua totalidade. Com a nova pandemia do COVID-19, vários aspectos da vida em escala global nos âmbitos sociais, econômicos, políticos, culturais, tecnológicos e de saúde, sofrem grandes dificuldades e mudanças. Muitos países, incluindo o Brasil, estão em isolamento social. A educação, nesse contexto, se encontra frente a um novo desafio: se adequar ao ensino não presencial. Dentro deste cenário, ressalta-se a situação dos alunos com deficiência, que foram afetados significativamente frente ao abrupto fechamento das escolas e à ausência de uma sistemática educacional que pudesse atender às suas demandas. O educador que atende esses alunos com deficiência, necessita de um olhar cauteloso. O trabalho incessante e a percepção da dificuldade dos alunos no aprendizado em casa, podem gerar sentimentos de fracasso e ansiedade, bem como afetar a saúde mental destes indivíduos. Objetivo: Compreender a percepção profissional dos professores da modalidade educação inclusiva sobre o ensino remoto e seus impactos, no período de pandemia. Metodologia: estudo do tipo transversal; será realizado com 60 professores do ensino regular ou especializado na modalidade educação inclusiva notados no interior do estado de São Paulo, com faixa etária entre 21 e 65 anos. Para a coleta de dados, serão utilizados os instrumentos: questionário sociodemográfico; entrevista semiestruturada; Escala de Autoeficácia Geral Percebida; Escala Hospitalar de Ansiedade e Depressão ? HADS. Desfecho primário: espera-se como resultados, obter informações sobre níveis de autoeficácia e ansiedade em comparação com a percepção de professores de educação inclusiva sobre o ensino remoto.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Nicole Brandão Rodrigues de Aquino - Coordenador / Pedro Junior Rodrigues Coutinho - Integrante.

Histórico profissional

Experiência profissional

2021 - Atual

Centro Acadêmico de Psicologia da FAMERP

Vínculo: Coordenadora, Enquadramento Funcional: Coordenadora Geral - Departamento Científico, Carga horária: 10

Outras informações:
O Centro Acadêmico de Psicologia da FAMERP - CAPsi é o órgão representativo dos acadêmicos de psicologia da Faculdade de Medicina - FAMERP, fundado em Abril de 2017 pelos membros da primeira turma de Graduação em Psicologia da FAMERP. Tem como principais objetivos defender interesses dos alunos na parte da educação, de projetos, de extensões à comunidade, de debates, de assistência aos alunos, de divulgação de temas relacionados à área de Psicologia e de esportes.

2021 - Atual

Centro Acadêmico de Psicologia da FAMERP

Vínculo: Coordenadora, Enquadramento Funcional: Coordenadora Adjunta do Dpto. de Ensino CAPsi, Carga horária: 10

Outras informações:
O Centro Acadêmico de Psicologia da FAMERP - CAPsi é o órgão representativo dos acadêmicos de psicologia da Faculdade de Medicina - FAMERP, fundado em Abril de 2017 pelos membros da primeira turma de Graduação em Psicologia da FAMERP. Tem como principais objetivos defender interesses dos alunos na parte da educação, de projetos, de extensões à comunidade, de debates, de assistência aos alunos, de divulgação de temas relacionados à área de Psicologia e de esportes.

2020 - 2020

Centro Acadêmico de Psicologia da FAMERP

Vínculo: Coordenadora, Enquadramento Funcional: Coordenadora Geral - Departamento Científico, Carga horária: 10

Outras informações:
O Centro Acadêmico de Psicologia da FAMERP - CAPsi é o órgão representativo dos acadêmicos de psicologia da Faculdade de Medicina - FAMERP, fundado em Abril de 2017 pelos membros da primeira turma de Graduação em Psicologia da FAMERP. Tem como principais objetivos defender interesses dos alunos na parte da educação, de projetos, de extensões à comunidade, de debates, de assistência aos alunos, de divulgação de temas relacionados à área de Psicologia e de esportes.

2021 - Atual

Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Vínculo: Coordenadora, Enquadramento Funcional: Coordenador da Liga de Cuidados Paliativos, Carga horária: 30

Outras informações:
A Liga de Cuidados Paliativos é um grupo de estudantes de Psicologia, Medicina e Enfermagem que se reúne semanalmente para discutir o tema dos cuidados paliativos, luto, notícias difíceis, morte entre outros. Toda semana são convidados professores de diversas instituições para mediar a conversa. A liga possui sua formação baseada no tripé acadêmico ensino, pesquisa e extensão.

2020 - 2020

Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora da disciplina de Neuroanatomia, Carga horária: 2

2020 - 2020

Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro Conselho das Ligas Acadêmicas FAMERP, Carga horária: 30

Outras informações:
O Conselho de Ligas Acadêmicas da FAMERP cuida da regularização, manutenção e protocolamento das Ligas Acadêmicas da FAMERP.