Ana Maria Marson Bonatti

Engenheira agrônoma graduada pela Universidade de São Paulo, atuando na área de Nutrição de Plantas na empresa UBY Agroquímica (UBYFOL)

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Engenharia Agronômica

2012 - 2016

Universidade de São Paulo
Título: Desempenho agronômico da consorciarão de oleaginosas com cana-de-açúcar
Orientador: Felipe Gustavo Pilau

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2011

EPHIGENIA CARDOSO MACHADO FORTUNATO

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2009 - 2011

L.E.M Espanhol. (Carga horária: 480h). , Centro de Estudos de Línguas, CEL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Curso de Manutenção e Operação de Tratores Massey Ferguson séries 4200 e 7100.Manutenção e Operação de Tratores Massey Ferguson séries 4200 e 7100. 2013. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Murilo dos Santos Vianna

PILAU, F. G.;VIANNA, M. S.; ALVES, B. A.. P&SS - Professional & Specialty Solutions BASF. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Agronomia) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Murilo dos Santos Vianna

PILAU, F. G.;VIANNA, M. S.; ALVES, B. A.. Consorciação da cana-de-açúcar com crambe e canola em região de clima tropical de altitudes no Brasil SE. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Felipe Gustavo Pilau

Desempenho agronômico da consorciação de oleaginosas com cana-de-açúcar; Início: 2015; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Agronômica) - Universidade de São Paulo; (Orientador);

Felipe Gustavo Pilau

Consorciação de oleaginosas com cana-de-açúcar: desempenho agronômico e bases para simulação; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade de São Paulo; Orientador: Felipe Gustavo Pilau;

Durval Dourado Neto

Estágio Supervisionado em Produção Vegetal I; 2014; Orientação de outra natureza; (Agronomia) - Esalq; Orientador: Durval Dourado Neto;

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - Atual

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 8, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Experimentos com desempenho e micrometeorologia da consorciação de oleaginosas com cana-de-açúcar.

  • 2013 - 2014

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 8, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Grupo de Fisiologia Aplicada a Sistemas de Produção (GFASP) Coordenado pelo prof. Durval Dourado Neto, do Departamento de Produção Vegetal (LPV), o GFASP tem como objetivos: - realizar atividades de experimentação agronômica, atuando principalmente nas culturas de soja e milho; - gerar conhecimento através de pesquisas aplicadas sobre as interações entre os defensivos agrícolas e a influência na fisiologia e produtividade de culturas; - difundir conhecimento à comunidade de modo a auxiliar no desenvolvimento técnico-acadêmico dos profissionais envolvidos na área; - promover o desenvolvimento do profissional, estimulando o trabalho em equipe, a responsabilidade e o comprometimento; - contribuir para a formação de profissionais qualificados para atuarem no setor, para o desenvolvimento da agricultura brasileira.

  • 2013 - 2013

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 22, Regime: Dedicação exclusiva.

    Outras informações:
    Desenvolver, agrupar e difundir conceitos de produção sustentável, coerentes à realidade tropical, atendendo as necessidades da planta e em beneficio do setor produtivo.