Ana Maria Marques

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Campinas (2014) e mestrado em Genética e Biologia Molecular, com ênfase em Genética Animal pela Universidade Estadual de Campinas (2017). Atualmente é doutoranda em Genética e Biologia Molecular, com ênfase em Imunologia. Tem experiência na área de Genética Humana e Médica e na área de Imunologia.

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Genética e Biologia Molecular

2017 - Atual

Universidade Estadual de Campinas
Título: Regulação da expressão de RUNX3 em linfócitos T CD4+ maduros durante a evolução da encefalomielite auto-imune experimental,
Orientador: em University of Zurich ( Dr. Burkhard Becher)
com Alessandro dos Santos Farias. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Genética e Biologia Molecular

2015 - 2017

Universidade Estadual de Campinas
Título: Estimativa da idade da mutação Cys433Arg no gene MYOC em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto,Ano de Obtenção: 2017
Mônica Barbosa de Melo.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Cys433Arg; Glaucoma; Gene MYOC.Grande área: Ciências BiológicasGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Humana e Médica.

Graduação em Ciências Biológicas

2011 - 2014

Universidade Estadual de Campinas
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Curso técnico/profissionalizante

2008 - 2009

ETEC Getúlio Vargas

Ensino Médio (2º grau)

2007 - 2009

ETEC Getúlio Vargas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Análises de dados moleculares por biologia computacional: transcriptômica. (Carga horária: 54h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2017 - 2017

Introdução à Utilização da Linha de Comando em Linux. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2017 - 2017

Curso de Inverno em Bioinformática. (Carga horária: 22h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2015 - 2015

Psicobiologia do Sono. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2015 - 2015

O Estudo de Doenças Negligenciadas. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Memória e Envelhecimento. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Desenvolvimento de Vacinas. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Fundamentos da Genética Forense. (Carga horária: 3h). , Sociedade Brasileira de Genética, SBG, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Humana e Médica.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia / Subárea: Imunologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MARQUES, A. M. . II Curso de Verão de Imunologia da UNICAMP. 2019. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

GBMeeting: Encontro da Pós Graduação em Genética e Biologia Molecular.Regulation of runx3 expression in mature CD4+ T lymphocytes during the evolution of experimental autoimmune encephalomyelitis. 2019. (Encontro).

II Curso de Verão de Imunologia da UNICAMP.Regulação do fator de transcrição RUNX3 e a proteômica. 2019. (Outra).

XIV Congresso Aberto aos Estudantes de Biologia (CAEB). Avaliadora de painel/poster. 2019. (Congresso).

XLIV Congress of the Brazilian Society of Immunology. Th1-like cytotoxic T cells in early stage of multiple sclerosis: Implication to the Natalizumab treatment mechanism. 2019. (Congresso).

XXVII Congresso de Iniciação Científica da UNICAMP. Avaliadora de painel/poster. 2019. (Congresso).

Curso de Inverno em Bioinformática: Workshop. 2017. (Oficina).

Simpósio de Pós-Graduação e Pesquisa em Oftalmologia.Estimativa da idade da mutação Cys433Arg no gene MYOC em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto. 2017. (Simpósio).

2º Workshop Científico Interno do CBMEG.Análise de haplótipos da mutação Cys433Arg no gene MYOC em pacientes com glaucoma. 2016. (Oficina).

CAEB - Congresso Aberto dos Estudantes de Biologia. 2015. (Congresso).

Método Lógico para Redação Científica. 2015. (Outra).

Advanced Topics in Genomics and Cell Biology. 2014. (Oficina).

XII Profissão Biólogo. 2014. (Encontro).

Advanced Topics in Genomics and Cell Biology. 2013. (Oficina).

CAEB - Congresso Aberto dos Estudantes de Biologia. 2013. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Genética. Evaluation of polymorphisms in the gene HMOX-1 and its relation to the etiology of primary open angle glaucoma. 2013. (Congresso).

X Profissão Biólogo. 2012. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

JORGE ENRIQUE MENDOZA POSADA

POSADA, J. E. M.. "Uma reflexão acerca do Hip-Hop". 2005. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Estudos africanos e afro-brasileiros) - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Felipe Bastos Rocha

MASSIRER, K. B.; BERTUZZO, C. S.;Rocha, Felipe B.. Análise de haplótipos da mutação Cys433Arg no gene MYOC em pacientes com glaucoma. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas.

Claudia Vianna Maurer Morelli

MAURER-MORELLI, CV; SARTORATO, E. L.; MELO, M B. Estimativa da idade da mutação Cys443Arg no gene MYOC em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto. 2017. Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas.

Leandro Dias de Oliveira

FONTES, Naldeli;OLIVEIRA, Leandro Dias de. Nova visão do professor e sua formação. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão da Escola para Diretores) - Universidade de São Paulo.

Liana Maria Cardoso Verinaud

SANTOS, L. M. B.VERINAUD, L; BENTO, C. A. M.. Regulação da expressão de RUNX3 em linfócitos TCD4+ maduros durante a evolução da EAE.. 2019. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas.

Mara Coelho de Souza Lago

LAGO, M. C. de S.WOLFF, Cristina Scheibe; MOTTA, A.; PEDRO, Joana Maria; NECKEL, Rosalane; CUNHA, M. T. S.; SANTANNA, M. R.. Velhices problematizadas. Redes discursivas sobre envelhecimento em Santa Catarina, no Brasil e no contexto das décadas de 1970 a 1990. 2007. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em História) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Mara Coelho de Souza Lago

LAGO, M. C. de S.WOLFF, Cristina Scheibe; PEDRO, Joana Maria. Gênero e Envelhecimento. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Mônica Barbosa de Melo

Análise de haplótipos da mutação Cys433Arg no gene MYOC associada ao glaucoma na população brasileira; 2017; Dissertação (Mestrado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Mônica Barbosa de Melo;

Mônica Barbosa de Melo

Avaliação da presença de polimorfismos nos genes HMOX-1 e CYBA e sua relação com a etiologia do glaucoma primário de ângulo aberto; 2014; Iniciação Científica - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Mônica Barbosa de Melo;

Alessandro dos Santos Farias

Regulação da expressão de RUNX3 em linfócitos T CD4+ maduros durante a evolução da encefalomielite auto-imune experimental; ; Início: 2017; Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MARQUES, ANA MARIA ; ANANINA, GALINA ; COSTA, VITAL PAULINO ; VASCONCELLOS, JOSÉ PAULO CABRAL DE ; DE MELO, MÔNICA BARBOSA . Estimating the age of the p.Cys433Arg variant in the MYOC gene in patients with primary open-angle glaucoma. PLoS One , v. 13, p. e0207409, 2018.

  • MARQUES, A. M. . Regulação do fator de transcrição RUNX3 e a proteômica. 2019. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • MARQUES, A. M. ; Farias, A. S. . Regulation of RUNX3 expression in mature CD4+ T lymphocytes during the evolution of experimental autoimmune encephalomyelitis. 2019. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MARQUES, A. M. ; Boldrini, V. O. ; Pradella, F. ; GUILLEN, A. C. M. ; Campos, B. B. ; Júnior, M. B. ; Silva, N. B. ; LIMA, V. C. ; Santos, L. M. B. ; Farias, A. S. . Th1-Like cytotoxic T Cells in early stage of Multiple Sclerosis: implication to the Natalizumab treatment mechanism. 2019. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Boldrini, V. O. ; Quintiliano, R. ; Moraes, A. S. ; Pradella, F. ; Morais, G. A. D. ; MARQUES, A. M. ; Cocenza, R. S. ; Furlan, S. S. ; Rovarotto, C. F. ; Santos, L. M. B. ; Farias, A. S. . Ectopic Expression of Runx3 drives cytotoxic-like profile in CD4+ T Cells during Experimental Autoimmune Encephalomyelitis and Multiple Sclerosis. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Lopes, B. S. ; MARQUES, A. M. ; Farias, A. S. . Analysis of the Runx3 expression during experimental autoimmune encephalomyelitis. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Cocenza, R. S. ; Campos, B. B. ; Pradella, F. ; MARQUES, A. M. ; Furlan, S. S. ; Silva, N. B. ; Júnior, M. B. ; Rovarotto, C. F. ; Farias, A. S. . Regulation of JAK/STAT/SOCS axis during the ontogeny of encephalitogenic IFNΓ-producing TH17 cells. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Furlan, S. S. ; Pradella, F. ; Cocenza, R. S. ; MARQUES, A. M. ; Campos, B. B. ; Silva, N. B. ; Júnior, M. B. ; Rovarotto, C. F. ; Farias, A. S. . CD4+CD8+ mature T cells infiltrate into the central nervous system during the clinical evolution of experimental autoimmune encephalomyelitis. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARQUES, A. M. ; MELO, M. B. . Estimativa da idade da mutação Cys433Arg no gene MYOC em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • MARQUES, A. M. ; MELO, M. B. . Análise de haplótipos da mutação Cys433Arg no gene MYOC em pacientes com glaucoma. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • MARQUES, A. M. ; MELO, M. B. . Avaliação da presença de polimorfismos nos genes HMOX-1 e CYBA e sua relação com a etiologia do glaucoma primário de ângulo aberto. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

MARQUES, A. M. . Avaliador de poster no XIV Congresso Aberto aos Estudantes de Biologia (CAEB). 2019.

MARQUES, A. M. . Avaliadora de poster no XXVII Congresso de Iniciação Científica da UNICAMP. 2019.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - Atual

    Regulação da expressão de RUNX3 em linfócitos T CD4+ maduros durante a evolução da encefalomielite auto-imune experimental, Descrição: A esclerose múltipla (EM) é uma doença crônica desmielinizante do sistema nervoso central (SNC), que se atribui a um mecanismo autoimune autossustentável. A maioria dos conhecimentos sobre os mecanismos auto agressivos da EM é resultante de estudos realizados em seu modelo experimental. Embora, sabemos há muito tempo que a EAE é mediada por células T CD4+ pró-inflamatórias, não está completamente claro como essas células, classicamente consideradas como uma célula auxiliar, seriam capazes de iniciar a doença quando adotivamente transferidos para animais saudáveis. Existem muitos protótipos, mas nenhuma prova inequívoca de como as células T CD4+ encefalitogênicas pioneiras exerceriam sua função efetora. Resultados recentes de nosso laboratório mostraram que os linfócitos T CD4+ infiltrados no SNC expressam altos níveis de moléculas relacionadas à citotoxicidade, como a granzima B. Contudo, nossos dados preliminares mostraram que o aumento da expressão de Runx3 em linfócitos CD4+ encefalitogênicos ou CD4+CD8+ não alterou a expressão de ThPok. Portanto, nós acreditamos que Runx3 apresenta um papel central durante a regulação e progressão da atividade efetora nos linfócitos CD4+ encefalitogênicos. Esta atividade é provavelmente mediada por mecanismos de regulação, que ainda não estão bem descritos. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Maria Marques - Integrante / Alessandro dos Santos Farias - Coordenador.

  • 2015 - 2017

    Estimativa da idade da mutação Cys433Arg no gene MYOC em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto, Descrição: O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível, afetando mais de 60 milhões de pessoas e com perspectiva de atingir 76 milhões em 2020. O glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA) é a forma mais comum da doença, com padrão de herança complexo e que se caracteriza como uma neuropatia ótica crescente causando a perda de células ganglionares da retina. O principal fator de risco é a pressão intraocular elevada, além do histórico familiar positivo, idade avançada e etnia negra. Vários loci já foram associados ao GPAA, e o mais reprodutível e representativo é o locus GLC1A no gene MYOC. A mutação Cys433Arg no gene MYOC foi observada apenas na população brasileira e os poucos estudos sobre essa mutação revelam uma alta penetrância em portadores de GPAA juvenil (GPAA-J), variando de 28 a 100%, de acordo com a idade do paciente. Estudos do tipo caso/controle apontam que, no Estado de São Paulo, aproximadamente 30% dos pacientes com GPAA-J portadores de alterações no gene MYOC apresentam a mutação Cys433Arg. O objetivo desse estudo foi estimar a idade da mutação Cys433Arg por meio da comparação dos genótipos dos indivíduos afetados e não afetados pelo GPAA-J. A genotipagem foi realizada por meio de sequenciamento de Sanger para SNPs e eletroforese automatizada para microssatélites. A determinação dos haplótipos e a estimativa da idade foram realizadas por meio do software DMLE+. Com base neste estudo é possível sugerir que esta mutação foi trazida para o Brasil pelos colonizadores europeus, e aqui sua frequência foi aumentada. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Maria Marques - Integrante / Mônica Barbosa de Melo - Coordenador / José Paulo Cabral de Vasconcellos - Integrante / Galina Ananina - Integrante.

  • 2013 - 2014

    Avaliação da presença de polimorfismos nos genes HMOX-1 e CYBA e sua relação com a etiologia do glaucoma primário de ângulo aberto, Descrição: O glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA) é caracterizado como uma neuropatia ótica progressiva que tem como característica a perda de células ganglionares da retina com correspondente alteração de campo visual que afeta milhões de pessoas no mundo, sendo a maior causa de cegueira irreversível. Dentre os fatores de risco para o desenvolvimento da doença estão o avanço da idade, a raça negra, histórico familiar positivo, além do estresse oxidativo que pode levar à apoptose das células do tecido fundamental para a drenagem do humor aquoso, a malha trabecular. Essa resistência à drenagem do humor aquoso está relacionada ao aumento da pressão intraocular, que é o principal fator de risco para a doença. O gene HMOX-1 tem participação nas ações antioxidantes, portanto alterações na sequência deste gene poderiam levar a um aumento do estresse oxidativo. Da mesma forma, acredita-se que o gene CYBA tenha participação no desenvolvimento do glaucoma através de polimorfismos que causem anormalidade na cabeça do nervo ótico, levando a uma variação do fluxo sanguíneo durante a síntese de óxido nítrico. Por meio de um estudo do tipo caso-controle, propõe-se avaliar a existência de associação entre o polimorfismo -413 T/A (rs 2071746) no gene HMOX-1 e os polimorfismos C242T (rs 4673) e -930A/G (rs 9932581) no gene CYBA e o GPAA. Este estudo pode ser de grande importância para a melhor compreensão do papel do estresse oxidativo em relação à etiologia do GPAA. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Maria Marques - Integrante / Mônica Barbosa de Melo - Coordenador / Bruno Batista de Souza - Integrante / Mariana Borges de Oliveira - Integrante / Pedro Rodrigues Sousa Cruz - Integrante / José Paulo Cabral de Vasconcellos - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Trabalho Selecionado para Apresentação Oral no GBMeeting: Encontro da Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular, Programa de Pós Graduação em Genética e Biologia Molecular - IB/UNICAMP.

2017

Trabalho Selecionado para Apresentação Oral no Simpósio de Pós-Graduação e Pesquisa em Oftalmologia., Jornada Paulista de Oftalmologia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2016 - 2016

Universidade Estadual de Campinas

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor no Ciência e Arte nas Férias, Carga horária: 30