Jaqueline Cristina Dias

Possui graduação em Licenciatura Plena em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1997) e mestrado em Ciência da Religião pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2006). Atualmente é professor de história - SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS e professor de história - Secretaria de Educação de Juiz de Fora. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Cultural.

Informações coletadas do Lattes em 26/11/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em Ciência da Religião

2004 - 2006

Universidade Federal de Juiz de Fora
Título: Feitiço e Feiticeiros: Repressão às Tradições Religiosas Afro-brasileiras na Juiz de Fora do Primeiro Código Penal Republicano (1890-1942).,Ano de Obtenção: 2006
Fátima Regina Gomes Tavares.Palavras-chave: Repressão; Imiscuir.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Especialização em História e Cultura Afro-bras. e africana: educ. para as relações étnico-rac

2010 - 2011

Universidade Federal de Juiz de Fora
Título: História das religiões afro-brasileiras na escola
Orientador: Robert Daibert Júnior

Especialização em Especialização em Ciências da Religião

1999 - 2000

Universidade Federal de Juiz de Fora
Título: História do Candomblé em Juiz de Fora no período pós abolição da escravatura (1888-1898)
Orientador: Eduardo Gross

Graduação em Licenciatura Plena em História

1994 - 1997

Universidade Federal de Juiz de Fora
Título: Cotidiano da Imigração Italiana em Juiz de Fora (1888-1898)
Orientador: Alexandre Mansur Barata

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: História.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia.

Comissão julgadora das bancas

Francisco Luiz Pereira da Silva Neto

SILVA NETO, F. L. P.. Feitiços e Feiticeiros: repressão à tradição religiosa afro-brasileira na Juiz de Fora do Primeiro Código Penal Republicano (1890-1942). 2006. Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Robert Daibert Junior

DAIBERT JR, Robert.; STEPHAN, Ana Maria; BERKENBROCK, Volney. Religiões de matriz africana: uma proposta para abordagem da (in)tolerância religiosa na sala de aula. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em História e Cultura Afro-brasileira e africana) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Fátima Regina Gomes Tavares

TAVARES, F. R. G.; SILVA NETO, F. L. P.; SHERMANN, P. S.. Feitiços e feiticeiros: repressão à tradição religiosa afro-brasileira na Juiz de Fora do Primeiro Código Penal Republicano (1890-1942). 2006. Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

Foi orientado por

Eduardo Gross

O candombé em Salvador após a abolição da escravatura (1888-1898); 1999; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Ciência da Religião) - Universidade Federal de Juiz de Fora; Orientador: Eduardo Gross;

Robert Daibert Junior

Religiões de matriz africana: uma proposta para abordagem da (in)tolerância religiosa na sala de aula; 2011; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em História e Cultura Afro-brasileira e africana) - Universidade Federal de Juiz de Fora; Orientador: Robert Daibert Junior;

Fátima Regina Gomes Tavares

Feitiços e feiticeiros: repressão à tradição religiosa afro-brasileira na Juiz de Fora do Primeiro Código Penal Republicano (189-1942); 2006; Dissertação (Mestrado em Ciência da Religião) - Universidade Federal de Juiz de Fora,; Orientador: Fatima Regina Gomes Tavares;

Histórico profissional

Endereço profissional

  • Escola estadual Clorindo Burnier, Escola estadual Clorindo Burnier. , R: cabo Raul José Maria, Barbosa Lage, 36085-030 - Juiz de Fora, MG - Brasil, Telefone: (32) 32216227

Experiência profissional

2006 - Atual

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 20

Outras informações:
Trabalho com turmas de Ensino Médio

1995 - Atual

Secretaria de Educação de Juiz de Fora

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor de História, Carga horária: 20

Outras informações:
Trabalho com as séries finais do Ensino Fundamental; com Educação de jovens e adultos e com turmas de inclusão de portadores de paralisia cerebral.