Marcelo Garcia Pereira de Camargo

Geólogo (2016) pelo Instituto de Geociências (IGc) da Universidade de São Paulo (USP). Atualmente bolsista a nível de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Geoquímica e Geotectônica, da mesma instituição (início em 2017). Possuo interesse nas áreas de recursos energéticos, petróleo e gás natural e mudanças climáticas, além de experiência no estudo de gás de folhelho (shale gas) em bacias do sudeste brasileiro e de potencial hidrelétrico na Amazônia, com ênfase na UHE Belo Monte (Rio Xingu).

Informações coletadas do Lattes em 04/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Programa de Pós-Graduação em Geoquímica e Geotectônica

2017 - Atual

INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS - USP
Título: Simulações de vazão do rio Xingu sob cenários de reconstrução paleoclimática e projeções de mudança climática.,Orientador:
André Oliveira Sawakuchi.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Bacia do Rio Xingu; Mudança Climática; Simulação de Vazão.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Recursos Energéticos. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Climatologia.

Graduação em Geologia

2012 - 2016

Universidade de São Paulo

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

São Paulo School on Advanced Methane Science. (Carga horária: 70h). , Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geologia.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Recursos Não-Convencionais.

    Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Recursos Energéticos.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Belém+30. EFEITOS DA MUDANÇA CLIMÁTICA SOBRE A GERAÇÃO DE ENERGIA DA USINA HIDRELÉTRICA DE BELO MONTE: IMPACTOS AMBIENTAIS, ECONÔMICOS E SOCIAIS. 2018. (Congresso).

GSA Annual Meeting in Indianapolis, Indiana, USA 2018. CLIMATE CHANGE EFFECTS OVER BELO MONTE DAM'S HYDROELECTRICITY GENERATION CAPACITY: ECONOMIC, ENVIRONMENTAL AND SOCIAL IMPACTS IN THE HEART OF BRAZILIAN AMAZON. 2018. (Congresso).

São Paulo School of Advanced Methane Science.The Belo Monte effect: how an enormous dam has already affected a rich Amazon ecosystem - and what the future might hold for it. 2018. (Seminário).

48° Congresso Brasileiro de Geologia. Geração de energia na UHE Belo Monte sob cenários de mudanças climáticas e desmatamento na Bacia do Rio Xingu. 2016. (Congresso).

47º Congresso Brasileiro de Geologia. Quantificação de Metano em Folhelhos da Formação Irati, Borda Leste da Bacia do Paraná. 2014. (Congresso).

6th Latin American Congress of Sedimentology. 2013. (Congresso).

XIX Simpósio Brasileiro sobre Pesquisa Antártica. 2012. (Simpósio).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rogério Guitarrari Azzone

SAWAKUCHI, A. O.; AMBRIZZI, T.;AZZONE, R. G.. Geração de energia hidrelétrica pela UHE Belo Monte sob cenário futuro de mudança climática. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geologia) - INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS - USP.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Gyrlene Aparecida Mendes da Silva

Simulações de vazão do rio Xingu sob cenários de reconstrução paleoclimática e projeções de mudança climática (Coorientação); Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Geoquímica e Geotectônica) - Instituto de Geociencias, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Tatiana Luiz dos Santos Tavares

Delimitação de Áreas de Restrição e Controle da captação e uso das águas subterrâneas da Bacia Hidrográfica do rio Baquirivu-Guaçu e porção sedimentar no entorno leste, municípios de Guarulhos e Arujá, SP; ; 2016; Orientação de outra natureza; (Centro de Tecnologias Geoambientais - CTGeo) - Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo; Orientador: Tatiana Luiz dos Santos Tavares;

ANDRE OLIVEIRA SAWAKUCHI

Caracterização do fluxo natural e da concentração de metano em folhelhos da Formação Irati na borda da Bacia do Paraná; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Geologia) - Instituto de Geociências - USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Andre Oliveira Sawakuchi;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BERTASSOLI, D.J. ; SAWAKUCHI, H.O. ; ALMEIDA, N.S. ; CASTANHEIRA, B. ; ALEM, V.A.T. ; CAMARGO, M.G.P. ; KRUSCHE, A.V. ; BROCHSZTAIN, S. ; SAWAKUCHI, A.O. . Biogenic methane and carbon dioxide generation in organic-rich shales from southeastern Brazil. International Journal of Coal Geology , v. 162, p. 1-13, 2016.

  • CAMARGO, MARCELO G.P. ; SAWAKUCHI, ANDRÉ O. ; SACEK, VICTOR ; SILVA, GYRLENE A.M. . CLIMATE CHANGE EFFECTS OVER BELO MONTE DAM'S HYDROELECTRICITY GENERATION CAPACITY: ECONOMIC, ENVIRONMENTAL AND SOCIAL IMPACTS IN THE HEART OF BRAZILIAN AMAZON. In: GSA Annual Meeting in Indianapolis, Indiana, USA 2018, 2018, Indianapolis, 2018. v. 50.

  • CAMARGO, M. G. P. ; SAWAKUCHI, A. O. ; SILVA, G. A. M. . Geração de Energia na UHE Belo Monte sob cenários de mudanças climáticas e desmatamento na Bacia do Rio Xingu. In: 48° Congresso Brasileiro de Geologia, 2016, Porto Alegre - RS. CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 48, 2016, Porto Alegre - RS. Anais, 2016.

  • ALMEIDA, N. S. ; SAWAKUCHI, H. O. ; BERTASSOLI JR., D. J. ; FURUKAWA, L. Y. ; CAMARGO, M. G. P. . Potencial da Formação Irati na geração e emissão de metano biogênico. In: 48° Congresso Brasileiro de Geologia, 2016, Porto Alegre - RS. CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 48, 2016, Porto Alegre - RS. Anais, 2016.

  • BERTASSOLI JR., D. J. ; SAWAKUCHI, H. O. ; ALMEIDA, N. S. ; CASTANHEIRA, B. ; ALEM, V. A. T. ; CAMARGO, M. G. P. ; KRUSCHE, A. V. ; BROCHSZTAIN, S. ; SAWAKUCHI, A. O. . METANO E DIÓXIDO DE CARBONO BIOGÊNICOS EM FOLHELHOS DO SUDESTE BRASILEIRO. In: 48° Congresso Brasileiro de Geologia, 2016, Porto Alegre - RS. CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 48, 2016, Porto Alegre - RS. Anais, 2016.

  • FURUKAWA, L. Y. ; SAWAKUCHI, A. O. ; ALMEIDA, N. S. ; BERTASSOLI JR., D. J. ; CAMARGO, M. G. P. ; SAWAKUCHI, H. O. . EMISSÕES DE METANO (CH4) E DIÓXIDO DE CARBONO (CO2) EM PILHAS DE REJEITO DAS MINERAÇÕES DE CALCÁRIO DA FORMAÇÃO IRATI. In: 48° Congresso Brasileiro de Geologia, 2016, Porto Alegre - RS. CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 48, 2016, Porto Alegre - RS. Anais, 2016.

  • CAMARGO, M. G. P. ; ALEM, V. A. T. ; SAWAKUCHI, H. O. ; SAWAKUCHI, A. O. . Quantificação de Metano em Folhelhos da Formação Irati, Borda Leste da Bacia do Paraná. In: Marcelo Garcia Pereira de Camargo, 2014. Anais do 47º Congresso Brasileiro de Geologia. v. 1. p. 294.

  • CAMARGO, M. G. P. ; SAWAKUCHI, A. O. ; SILVA, G. A. M. . GERAÇÃO DE ENERGIA NA UHE BELO MONTE SOB CENÁRIOS DE MUDANÇA CLIMÁTICA E DESMATAMENTO NA BACIA DO RIO XINGU. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • CAMARGO, M. G. P. ; ALEM, V. A. T. ; SAWAKUCHI, H. O. ; SAWAKUCHI, A. O. . Quantificação de Metano em Folhelhos da Formação Irati, Borda Leste da Bacia do Paraná. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ALBUQUERQUE FILHO, J. L. ; CARVALHO, A. M. ; CAVANI, A. C. M. ; MARINS, A. M. A. D. ; KOPEZYNSKI, A. C. ; FERREIRA, A. L. ; BALADORE, A. J. C. ; NACHBAL, B. ; MOARA, C. ; TERRELL, D. ; STEFANI, F. L. ; FERNANDEZ, F. ; CORTEZ, G. P. C. ; SANTOS, J. P. A. ; FACCINI, L. G. ; CAMARGO, M. G. P. ; CORREA, N. F. ; IKEMATSU, P. ; ARGENTIN, P. M. ; TAVARES, T. L. S. . Delimitação de Áreas de Restrição e Controle da captação e uso das águas subterrâneas da Bacia Hidrográfica do rio Baquirivu-Guaçu e porção sedimentar no entorno leste, municípios de Guarulhos e Arujá, SP. Relatório Parcial 1 (RP1).. 2016.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    A resposta da dinâmica sedimentar dos rios Xingu e Tapajós às mudanças climáticas e barragens de usinas hidrelétricas: riscos para conservação da biodiversidade e produção de energia na Amazônia, Descrição: The Xingu and Tapajós rivers comprise the main hydropower projects planned or under construction in Amazônia. These rivers also stand out due to their specific biodiversity, with emphasis on lithophilic (rocky substrates) and rheophilic (rapids) fishes and endemic birds of flooded areas. Additionally, the Xingu and Tapajós watersheds are hot spots for the expansion of agriculture and pasture activities over Amazônia during the last decades. Climate models forecast an increase of the intensity and/or frequency of extreme events, with special regard to severe droughts, in areas drained by the Xingu and Tapajós rivers. In this context, the sustainable management of hydropower production, agriculture/pasture and biodiversity conservation in the Xingu and Tapajós rivers is a great challenge for a climate change future. Precipitation changes, deforestation and rivers impoundment shift the fluvial sedimentary dynamics (supply, erosion and deposition of sediments). Shifts in sedimentation can affect the characteristics of aquatic or flooded ecosystems as well as the availability and storage of water for hydropower production, agriculture and pasture. This project comprises a multidisciplinary approach to characterize the past hydrology variability (last 3,000 years), the present sedimentary dynamics and biodiversity and forecasting of future sedimentation scenarios and their possible impacts over biodiversity conservation and hydropower production in the Xingu and Tapajós rivers. We will combine methods for reconstruction of paleohydrology, paleovegetation and paleolimnology, present distribution and abundancy of biodiversity (lithophilic and rheophilic fishes, birds from flooded areas and diatoms) and forecasting of precipitation scenarios and their effects over sedimentation. Data produced by this project will help to support strategies for a sustainable management of biodiversity conservation and hydropower production.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Marcelo Garcia Pereira de Camargo - Integrante / André Oliveira Sawakuchi - Coordenador / Henrique Oliveira Sawakuchi - Integrante / Dailson José Bertassoli Jr. - Integrante / Alex Vladimir Krusche - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2013 - 2015

    Caracterização do fluxo natural e da concentração de metano em folhelhos da Formação Irati na borda da Bacia do Paraná, Descrição: O termo gás de folhelho (shale gas), muitas vezes chamado erroneamente de "gás de xisto" no Brasil, diz respeito a hidrocarbonetos gasosos (principalmente metano) armazenados nesta rocha, os quais têm como origem a degradação, de caráter térmico ou biogênico, da matéria orgânica pré-existente. O gás de folhelho ganhou destaque no cenário mundial recentemente, devido à sua crescente utilização como fonte alternativa de combustíveis fósseis por países como os Estados Unidos e o Canadá. Este fato impulsionou a pesquisa e desenvolvimento de técnicas de exploração e explotação, e, em poucos anos, a quantidade de informação sobre potenciais depósitos desse gás cresceu acentuadamente. No Brasil, há importantes bacias sedimentares cuja ocorrência de metano em folhelhos é conhecida, tais como as Bacias do Parnaíba, do Amazonas e do Paraná. Nesta última, destaca-se a Formação Irati, composta por lamitos, folhelhos e calcários (Hachiro, 1997), estendendo-se ao longo da região Centro-Sul do Brasil, devido à sua localização próxima aos pólos comerciais e gasodutos e ao seu potencial gerador de gás. O presente projeto pretende avaliar diversos aspectos do gás de folhelhos da Formação Irati, destacando-se a borda leste da Bacia do Paraná. Entre os objetivos, estão a quantificação do fluxo natural de metano que ocorre dos reservatórios para a atmosfera, a determinação do volume total de gás por volume de amostra (ou seja, a concentração) e a avaliação da origem do gás e da possível poluzição de aquíferos, solos, etc. devido à sua extração. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Marcelo Garcia Pereira de Camargo - Integrante / André Oliveira Sawakuchi - Coordenador / Henrique Oliveira Sawakuchi - Integrante / Victor Amadeus Tropiano Alem - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Prêmio Thomas Rich Fairchild - Trabalho de Formatura IGc USP, Departamento de Geologia Sedimentar e Ambiental.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional