Andre Cruz Moreno Siqueira

Tem experiência na área de Arqueologia, com ênfase em Arqueologia Histórica

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Ciências Sociais

2009 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: Histórias embriagadas: uma analise diferenciada sobre as garrafas de sítios foqueiros na antártica nos séculos XVIII e XIX.
Orientador: Andres Zarankin
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2005 - 2008

Colégio Imaculada Conceição

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Introdução a Bioarqueologia. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.

2015 - 2015

Introdução à arqueologia Sensorial. (Carga horária: 6h). , Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.

2013 - 2013

Mini-curso de Reconstrução Facil. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia Histórica.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia Antártica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

II Semana de Arqueologia da Unicamp. As paredes que tem voz: a história do museu Abílio Barreto e seus usos para a construção da identidade Mineira. 2015. (Congresso).

IV Semana de Internacional de Arqueologia Discentes MAE-USP.Entre as pequenas coisas esquecidas e os grandes contextos globais: reflexões de uma arqueologia Antártica. 2015. (Simpósio).

5ª Reunião da SAB SUDESTE. 2014. (Congresso).

Semana do Conhecimento UFMG 2014: ciência e tecnologia para o desenvolvimento Social.Cultura material e comunidade: uma proposta de Catálogo para o acervo arqueológico antártico dos séculos XVIII e XIX salvaguardado no LEACH-UFMG. 2014. (Encontro).

VII Reunión de Teoría Arqueológica de América del Sur TAAS. 2014. (Congresso).

II Semana de Antropologia e Arqueologia da UFMG: Corpo. 2013. (Congresso).

Som + Memória. 2013. (Seminário).

V Encontro regional de estudantes de arqueologia.Lugares invisíveis: realidades esquecidas no continente Antártico. 2013. (Encontro).

X Jornada de Ciências Sociais. 2013. (Congresso).

Antropologia e Memória. 2012. (Simpósio).

IX Semana de Ciências Sociais. 2012. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marcos André Torres de Souza

ZARANKIN, A.;SOUZA, M. A. T.. Histórias embriagadas: uma análise diferenciada sobre garrafas de sítios foqueiros na Antártica nos séculos 18 e 19. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SIQUEIRA, A. C. M. ; CARVALHO, B.C. . As paredes que tem voz: a história do museu Abílio Barreto e seus usos para a construção da identidade Mineira. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SIQUEIRA, A. C. M. ; CARVALHO, B.C. . Entre as pequenas coisas esquecidas e os grandes contextos globais: reflexões de uma arqueologia Antártica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SIQUEIRA, A. C. M. . Lugares invisíveis: realidades esquecidas no continente Antártico. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • SIQUEIRA, A. C. M. . Histórias embriagadas: uma analise diferenciada sobre as garrafas de sítios foqueiros na antártica nos séculos XVIII e XIX. 2014 (Trabalho de Conclusão de Curso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - Atual

    Paisagens em Branco: Arqueologia, Antropologia, História e Conservação das ocupações humanas nas Ilhas Shetland do Sul, Antártida, Descrição: A pesquisa arqueológica nos sítios da Ilha Livingston, no Arquipélago Shetland do Sul, na Antártica, vem sendo desenvolvida por uma equipe internacional, formada por pesquisadores chilenos, argentinos e brasileiros; com atividades de campo e de laboratório que se inciaram no ano de 1995, sob a coordenação do Professor Dr. Andres Zarankin e Professora Drª. Ximena Senatore. O objetivo geral do projeto é estudar o processo humano de ocupação do continente desde finais do século XVIII até a atualidade. Existem duas linhas principais de pesquisa, uma arqueológica e outra antropológica. A nível arqueológico, até o momento, foram identificados cerca de 35 sítios nessa região. Esses se caracterizam por antigos ?refúgios em pedra?, construídos pelos primeiros ocupantes da Antártica - os caçadores de focas e de lobos marinhos. Tais refúgios foram edificados como abrigos temporários para o desenvolvimento de atividades domésticas (como comer, dormir, descansar, conversar, costurar, fumar e jogar) e de trabalho (como abater e desossar animais, ou armazenar carnes, couros e ossos com fins comerciais), datam de fins do século XVIII e XIX. Parte da cultura material coletada (especialmente os vestígios referentes às campanhas realizadas em 2010, 2011 e 2012), encontra-se salvaguardada no Laboratório de Estudos Antárticos em Ciências Humanas (LEACH) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) coordenado pelo Professor Dr. Andres Zarankin. Esses artefatos podem ser classificados, sumariamente, como vestígios de vestuário (tecidos, botões, luvas e sapatos), alimentação (ossos, grès e vidros), construção / mobiliário (pregos, estacas de madeira, coberturas em couro e vértebras de baleia usadas como fogueira), bélico (munições, armas brancas e pederneiras), trabalho (ossos e couros de animais abatidos, estacas de madeiras usadas para o abate) e lúdico ou de lazer (fichas de jogos, tabuleiros e cachimbos). Até o momento estão registrados cerca de 900 vestígios. Os materiais estão sendo analisados por uma equipe interdisciplinar, formada por profissionais das áreas da arqueologia, antropologia, conservação-restauração, história, química e biologia, entre outras. Na proposta específica deste edital, pretende-se desenvolver atividades de escavação de 04 novos sítios arqueológicos localizados em Punta Elefante, na Ilha Shetland do Sul; a construção de um banco de dados georeferenciado voltado a armazenar os dados produzidos pelas diferentes linhas de indagação do projeto; o desenvolvimento de trabalhos de conservação-restauração de objetos da coleção; e por fim, a construção de um website voltado a divulgar os resultados da pesquisa de forma interativa com o público em geral... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Andre Cruz Moreno Siqueira - Integrante / Andres Zarankin - Coordenador / Fernanda Codevilla - Integrante / Will Lucas Pena - Integrante / Jimena Cruz - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 20

Outras informações:
Monitor da disciplina de Introdução a Antropologia, ministrado pelo professor Dr. Luís Claudio Symanski

2014 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Trabalho de campo, Carga horária: 40

Outras informações:
Trabalho como voluntário para o projeto do Professor Dr. Luis Claudio Symanski na escavação do sítio arqueológico da fazenda Santa Clara, Rio de Janeiro; ligado ao projeto Café com Açucar.

2014 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Trabalho de campo, Carga horária: 40

Outras informações:
Trabalho como voluntário na escavação do Sítio arqueológico do Colégio Jesuíta de Campos dos Goitacazes, ligado ao professor Dr. Luis Claudio Symanski e ao projeto Café com Açucar.

2013 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20

Outras informações:
Projeto de formação de catálogo arqueológico para os vestígios localizados pelo LEACH em incursões de 2009-2012

2012 - 2013

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Centro Arqueológico de Lagoa Santa, Carga horária: 20

Outras informações:
Programa vinculado ao museu Arqueológico da Lapinha, coordenado pelas professoras Yaci-ara Froner e Maria Jacqueline Roderte

2013 - 2013

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - DF

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20

2019 - Atual

Socioambiental Projetos

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Técnico em Arqueologia

Outras informações:
Trabalho técnico Arqueológico de monitoramente na Fazenda Água Santa, localizada próxima ao município de Perdizes - MG.

2018 - Atual

Socioambiental Projetos

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Cientista Social

Outras informações:
Serviço técnico especializado: trabalho de Educação Ambiental na Siderurgia Santo Antônio e na Escola Municipal Ismael de Souza Arruda

2019 - 2019

Socioambiental Projetos

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Cientista Social

Outras informações:
Trabalho técnico especializado, elaboração de Relatório de Impacto ao Patrimônio Imaterial para a Tear Têxtil Ind. e Com. Ltda, localizada no município de Paraopeba - MG.

2019 - 2019

Socioambiental Projetos

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Cientista Social

Outras informações:
Trabalho técnico especializado: elaboração de Relatório Técnico de impacto Imaterial para o grupo Fazenda Cancela próximo a cidade de Grão Mogol - MG.

2018 - 2018

Socioambiental Projetos

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Técnico em Arqueologia

Outras informações:
Trabalho técnico especializado, Mina Pratinha. Iguatama MG Serviço realizado Diagnóstico e prospecção arqueológica do projeto MINA PRATINHA - MG.

2018 - 2018

Socioambiental Projetos

Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Cientista Social

Outras informações:
Serviços técnicos especializados, Elaboração e produção de Relatório de Impacto ao Patrimônio Imaterial para a Virtual Engenharia Ambiental no município de Araguari, MG.