Mardelson Nery de Souza

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Acre (2017). Atualmente é médico residente em Clínica Médica no HC-UFTM.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Especialização - Residência médica em andamento

2019 - Atual

Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Residência médica em:Número do registro: . Bolsista do(a): MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, ME, Brasil.

Graduação em Medicina

2012 - 2017

Universidade Federal do Acre

Ensino Médio (2º grau)

2000 - 2002

Instituto Orfanológico Santa Teresinha

Ensino Fundamental (1º grau)

1991 - 1999

Instituto Orfanológico Santa Teresinha

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 - 2018

Estágio de Adaptação e Serviço para Médicos, Farmacêuticos, Dentistas e Vet. , Exército Brasileiro, EB, Brasil.

2018 - 2018

Curso de Extensão em Geriatria. (Carga horária: 19h). , Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, SBGG, Brasil.

2015 - 2015

Estágio em Clínica Médica. (Carga horária: 200h). , Hospital das Clínicas do Acre, FUNDHACRE, Brasil.

2014 - 2014

ENDOCRINOLOGIA E COMPORTAMENTO SOCIAL. (Carga horária: 8h). , Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo, SBPC, Brasil.

2014 - 2014

Monitoria - Anatomia Humana. (Carga horária: 191h). , Universidade Federal do Acre, UFAC, Brasil.

2013 - 2014

Monitoria - Histologia e Histopatologia. (Carga horária: 203h). , Universidade Federal do Acre, UFAC, Brasil.

2012 - 2012

Humanização em Saúde Através dos Cuidados Paliativ. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal do Acre, UFAC, Brasil.

2012 - 2012

Minicurso de Primeiros Socorros. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal do Acre, UFAC, Brasil.

2012 - 2012

Curso de Atualização ABC do Câncer. (Carga horária: 30h). , Instituto Nacional de Câncer, INCA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

DE SOUZA, M. N. . V PAINEL INTEGRADO: SAÚDE DO IDOSO. 2015. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXI Congresso Brasileiro de Geriatria e Gerontologia. 2018. (Congresso).

50 Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Relato de Caso de Lobomicose em Membro Inferior com 30 Anos de Evolução. 2014. (Congresso).

66ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. OFIDISMO NA AMAZÔNIA OCIDENTAL: PREVALÊNCIA E CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS EM MÂNCIO LIMA, ACRE.. 2014. (Congresso).

1 Congresso de Ginecologia e Obstetrícia do Acre. 2013. (Congresso).

1 Seminário de Saúde Pública USP/UFAC. 2013. (Seminário).

XIII Congresso Brasileiro de Transpantes. TRATAMENTO CIRÚRGICO EM PACIENTES COM CARCINOMA HEPATOCELULAR: RESSECÇÃO OU TRANSPLANTE - REVISÃO. 2013. (Congresso).

VIII Congresso de Clínica Médica do Estado do Rio de Janeiro. 2012. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Raimunda da Costa Araruna

NUNES, M. S.;ARARUNA, R. C.; CASSEB, G. B.. ASPECTOS CLÍNICO-EPIDEMIOLÓGICO DOS ACIDENTES POR ANIMAIS PEÇONHENTOS EM MÂNCIO LIMA, ACRE.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal do Acre.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Raimunda da Costa Araruna

PERFIL CLÍNICO-EPIDEMIOLOGICO DOS ACIDENTES CAUSADOS POR ANIMAIS PEÇONHENTOS NO MUNICIPIO DE MÂNCIO LIMA, ACRE; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Acre-UFAC; Orientador: Raimunda da Costa Araruna;

Carla Bento Nelem Colturato

Monitoria; 2014; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Acre; Orientador: Carla Bento Nelem Colturato;

Monica da Silva Nunes

Aspectos Clínico Epidemiológicos dos Acidentes por Animais Peçonhentos em Mâncio Lima, Acre; ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - Universidade Federal do Acre; Orientador: Monica da Silva Nunes;

Monica da Silva Nunes

Abraçoterapia como método de humanização dos cursos da área da Saúde; 2013; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Acre, UFAC; Orientador: Monica da Silva Nunes;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PINTO, W. J. ; TRETO, R. R. R. ; CUNHA, R. M. ; SOUZA, M. N. de ; GUTIERREZ, L. A. S. . Atividade motora em camundongos submetidos a tratamento prévio com cloreto de magnésio (MgCl2) e clonazepam. Revista Ciências Médicas e Biológicas , v. 15, p. 62-67-67, 2016.

  • BRAGA, CÁSSIO BRAGA E ; MARTINS, ANTONIO CAMARGO ; CAYOTOPA, ATHAID DAVID ESCALANTE ; KLEIN, WAGNER WERNER ; SCHLOSSER, ANDREUS ROBERTO ; SILVA, ALINE FERREIRA DA ; SOUZA, MARDELSON NERY DE ; ANDRADE, BRENO WILSON BENEVIDES ; FILGUEIRA-JÚNIOR, JOSÉ ALCÂNTARA ; PINTO, WAGNER DE JESUS ; DA SILVA-NUNES, MÔNICA . Side Effects of Chloroquine and Primaquine and Symptom Reduction in Malaria Endemic Area (Mâncio Lima, Acre, Brazil). Interdisciplinary Perspectives on Infectious Diseases (Print) , v. 2015, p. 1-7, 2015.

  • DE SOUZA, M. N. ; SCHLOSSER, A. R. ; DA SILVA-NUNES, M. . Lobomycosis of the Lower Limb in an Amazonian Patient. The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene , v. 93, p. 675-676, 2015.

  • MARTINS, ANTONIO CAMARGO ; SCHLOSSER, ANDREWS ROBERTO ; ARRUDA, RAYANNE ALVES DE ; KLEIN, WAGNER WERNER ; ANDRADE, BRENO WILSON BENEVIDES ; LABAT, ANDRE LUIS BEZERRA ; SOUZA, MARDELSON NERY DE ; SILVA-NUNES, MÔNICA DA . Ensino médico e extensão em áreas Ribeirinhas da Amazônia. Revista Brasileira de Educação Médica (Impresso) , v. 37, p. 566-572, 2013.

  • MARTINS, A. C. ; SCHLOSSER, A. R. ; ARRUDA, R. A. ; KLEIN, W. W. ; ANDRADE, B. W. B. ; LABAT, A. L. B. ; SOUZA, M. N. de ; da Silva-Nunes, M. . Ensino médico e extensão em áreas ribeirinhas da Amazônia. Revista Brasileira de Educação Médica (Online) , v. 37, p. 566-572, 2013.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2013 - Atual

    PANORAMA DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE, MORBIDADES TRANSMISSÍVEIS E NÃO-TRANSMISSÍVEIS E ACESSO AOS SERVIÇOS DE ATENÇÃO BASICA EM MANCIO LIMA, ACRE., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Monica da Silva Nunes em 08/11/2015., Descrição: O conceito de saúde e? amplo, e a ?atenção a saúde? envolve o cuidado com a saúde do ser humano, incluindo as ações de promoção, proteção, reabilitação e tratamento as doenças.? As equipes multiprofissionais da Estratégia de Saúde da Família devem realizar ações planejadas e ampliadas no sentido de propiciar um maior acesso aos serviços de saúde, tendo como principal local de atuação o domicílio e a comunidade. Além disso, os hábitos de vida podem influenciar diretamente nas condições de saúde do indivíduo, bem como a interação com o meio-ambiente ao seu redor. Alguns municípios do Acre ainda carecem de atendimento e tratamento adequado para algumas morbidades específicas de cada região. Neste projeto iremos avaliar as condições de saúde da população urbana, as morbidades autoreferidas mais frequentes na população em geral e durante a gestação , o acesso aos serviços de saúde e vacinas, a qualidade da dieta e o consumo de álcool e tabaco, bem como a ocorrência de acidentes ofídicos, para efetuar um diagnóstico em Saúde nessa área, considerando seu isolamento geográfico até recentemente por causa da estrada e as possíveis carências nos serviços de Saúde.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) . , Integrantes: Mardelson Nery de Souza - Integrante / Monica da Silva Nunes - Coordenador / Rayanne Alves de Arruda - Integrante / Wagner Werner klein - Integrante / Breno Wilson Benevides Andrade - Integrante / Rudi Nogueira - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Avaliação das consequências clinicas, tratamento da malária vivax e falciparum e efeito das medidas de controle em Mâncio Lima, Acre., Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Monica da Silva Nunes em 31/12/2015., Descrição: A malária é uma das principais endemias parasitárias brasileiras. Dados referentes ao ano de 2011 indicam que foram notificados 263.323 casos de malária na Amazônia Legal, desse total, o estado do Acre contribuiu com 36.905 casos. Especialmente no município de Mâncio Lima, a maior parte dos casos concentra-se na área urbana, sendo registrados em 2005 16.125 casos. Após a implantação de medidas de controle, o número de casos em 2008 foi reduzido para 4.398, entretanto em 2010 já houve novo aumento dos casos. Até agosto de 2012 os casos confirmados de malária por Plasmodium falciparum eram tratados com artesunato e mefloquina, entretanto, a partir do referido mês, modificou-se o esquema de tratamento para o Coartem (lumefantrina + artemeter). Já o tratamento da malária vivax é efetuado com Cloroquina e Primaquina. Os hipnozoítos de P. vivax ao se reativarem são os responsáveis pelo ocorrência das recaídas, definidas como ciclos pré-eritrocitário e eritrocitário consequentes da esquizogonia tardia de parasitas dormentes no interior dos hepatócitos, contribuindo assim para a manutenção da parasitose e surgimento de novos focos de transmissão. Esse projeto tem por objetivo avaliar a frequência de possíveis recrudescências por P. falciparum com esse novo esquema de tratamento adotado no Acre em 2012; verificar as possíveis recaídas pelo P. vivax operacional e os fatores que podem estar associados a ela, verificar os efeitos colaterais dos antimaláricos e a adesão aos programas de controle vetorial (uso de mosquiteiro), proporcionando elementos para aprimorar a vigilância epidemiológica no município e uma possível diminuição nas taxas de transmissão da malária pelo P. vivax e P. falciparum.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mardelson Nery de Souza - Integrante / Monica da Silva Nunes - Coordenador / Antonio Camargo Martins - Integrante / Rayanne Alves de Arruda - Integrante / Wagner Werner klein - Integrante / Breno Wilson Benevides Andrade - Integrante / Aline Ferreira da Silva - Integrante / Cássio Braga e Braga - Integrante / Athaid David Escalante Cayotopa - Integrante / Maria Gabriela Silva Guimarães - Integrante / Rudi Nogueira - Integrante / Andreus Roberto Schlosser - Integrante / FELIPE MONTEIRO DE ARAÚJO - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Perfil clínico-epidemiológico dos acidentes causados por animais peçonhentos no município de Mâncio Lima, Acre., Descrição: Mesmo considerando a relevância, são poucos os estudos acerca dos acidentes causados por animais peçonhentos tanto no Estado do Acre, como no Brasil. Esse projeto de pesquisa visa apresentar um perfil clínico-epidemiológico das vítimas de animais peçonhentos no município de Mâncio Lima. O presente estudo se limitará ao estudo dos acidentes ofídicos e aracnídeos (escorpiões e aranhas). São comuns na Amazônia 4 espécies de serpentes (Bothrops, Lachesis, Micrurus, Crotalus), quanto aos escorpiões predomina a espécie Tityus metuendus,e por fim, verifica-se a presença de 3 espécies de aranhas (Phoneutria nigriventer, Phoneutria keyserlingi e Phoneutria fera).No Brasil foi registrado, no ano de 2011, 139 mil casos de acidentes com animais peçonhentos, sendo que desde total ocorreram 239 óbitos. Por outro lado, no município de Mâncio Lima foram notificados apenas 11 casos no ano de 2012. Iremos determinar a prevalência desses acidentes em estudo de base populacional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Mardelson Nery de Souza - Integrante / Monica da Silva Nunes - Coordenador / Raimunda da Costa Araruna - Integrante.

  • 2012 - Atual

    DETERMINANTES AMBIENTAIS E NÃO-AMBIENTAIS DA TRANSMISSÃO DO PLASMÓDIO NA PAISAGEM URBANA AMAZÔNICA E SUAS CONSEQUÊNCIAS CLÍNICAS: ESTUDO DE BASE POPULACIONAL EM MÂNCIO LIMA, ACRE., Descrição: A malária é uma das principais endemias parasitárias brasileiras, com 460.000 casos clínicos notificados na Amazônia brasileira em 2007. O interesse crescente em compreender a epidemiologia da malária no Brasil, fornecendo subsídios para seu controle, decorre principalmente de sua elevada morbidade em populações expostas continuamente ao risco de infecção em diferentes contextos epidemiológicos. Grande parte da transmissão do plasmódio é causada pelo modo com que os seres humanos modificam o meio-ambiente, causando desequilíbrios ecológicos que favorecem o aumento do vetor do plasmódio. Este ciclo de transmissão é encontrado em processos migratórios na Amazônia brasileira, que impulsionam o desflorestamento e outras mudanças ambientais, favorecendo a transmissão de malária e levando a novos processos migratórios, desta forma perpetuando o ciclo de destruição e doença. Este projeto pretende avaliar as mudanças ambientais causadas na paisagem urbana de um município com alta incidência de malária na Amazônia brasileira, quantificar estatisticamente a contribuição dessas variáveis ambientais, bem como de variáveis não-ambientais para o risco de infecção plasmodial, e verificar a associação entre características do parasita e a expressão clínica da infecção no hospedeiro humano. Financiamento: CNPq (R$ 17.000), FUNTAC (R$ 50.000,00), FAPAC (R$ 100.000,00).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (17) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mardelson Nery de Souza - Integrante / Monica da Silva Nunes - Coordenador / Cláudia Torres Codeço - Integrante / Antonio Camargo Martins - Integrante / Rayanne Alves de Arruda - Integrante / Wagner Werner klein - Integrante / Breno Wilson Benevides Andrade - Integrante / Breno Matos Delfino - Integrante / Cássio Braga e Braga - Integrante / Athaid David Escalante Cayotopa - Integrante / Felipe Monteiro Araújo - Integrante / Maria Gabriela Silva Guimarães - Integrante / Rudi Nogueira - Integrante / Aline Silva - Integrante / Andreus Roberto Schlosser - Integrante / Rosely S. Malafronte - Integrante / Carlos Eugênio Cavasini - Integrante / Saulo Augusto Silva Mantovani - Integrante / Thasciany Moraes Pereira - Integrante / Rhanderson Gardinali Campos - Integrante / Mônica de Avelar Figueiredo Mafra Magalhães - Integrante / Erlei Keppeler - Integrante / José Alcantara Filgueira Júnior - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Acre - Auxílio financeiro / Fundação de Tecnologia do Estado do Acre - Auxílio financeiro / Universidade Federal do Acre - Bolsa.

  • 2012 - Atual

    PREVALÊNCIA DO POLIMORFISMO DO RECEPTOR DUFFY E RISCO DE MALÁRIA EM ÁREA ENDÊMICA DO VALE DO JURUÁ, ACRE., Descrição: O objetivo deste projeto é caracterizar a prevalência do polimorfismo do receptor Duffy e o risco associado a esse polimorfismo em populações naturalmente expostas ao Plasmodium no Vale do Juruá, no Acre. Valor financiado: R$ 20.000,00 - Bolsa Santander... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mardelson Nery de Souza - Integrante / Monica da Silva Nunes - Coordenador / Antonio Camargo Martins - Integrante / Rayanne Alves de Arruda - Integrante / Wagner Werner klein - Integrante / Luzia H. Carvalho - Integrante / Cássio Braga e Braga - Integrante / Athaid David Escalante Cayotopa - Integrante / Felipe Monteiro Araújo - Integrante / Maria Gabriela Silva Guimarães - Integrante / Rudi Nogueira - Integrante / Aline Silva - Integrante / Andreus Roberto Schlosser - Integrante., Financiador(es): Banco Santander Banespa - Brasil - Bolsa.

  • 2011 - 2012

    PREVALÊNCIA DE ANEMIA EM ÁREA DE TRANSMISSÃO ELEVADA DE MALÁRIA: ESTUDO DE BASE POPULACIONAL EM MÂNCIO LIMA, AC., Descrição: A anemia é um sério problema de saúde pública, podendo causar a morbimortalidade infantil. Concentrações de hemoglobina em crianças de 6 a 60 meses menores que 11 g/dL e que 9,5 g/dL determinam anemia e anemia grave, respectivamente. A prevalência na América latina é de 55 %, sendo que Brasil e Peru são os países que apresentam os maiores índices. Os estados carenciais associados ao aumento das necessidades de nutrientes tornam o grupo de crianças de 6 a 60 meses mais vulneráveis à ocorrência de anemias. Este quadro é agravado pelas enteroparasitoses provocadas por geohelmintos, mas também pode ser causado por outras doenças infecciosas, como a malária. Este projeto pretende avaliar a prevalência de anemia em crianças e adultos em uma área de alta transmissão de malária, para permitir um melhor planejamento de ações de saúde locais e regionais. Financiamento: UFAC - R$ 5.000,00 .. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (11) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Mardelson Nery de Souza - Integrante / Monica da Silva Nunes - Coordenador / Antonio Camargo Martins - Integrante / Rayanne Alves de Arruda - Integrante / Wagner Werner klein - Integrante / Breno Wilson Benevides Andrade - Integrante / Cássio Braga e Braga - Integrante / Athaid David Escalante Cayotopa - Integrante / Felipe Monteiro Araújo - Integrante / Maria Gabriela Silva Guimarães - Integrante / Rudi Nogueira - Integrante / Andreus Roberto Schlosser - Integrante / Eder Arruda - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal do Acre - Auxílio financeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2013 - 2017

    Universidade Federal do Acre

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista do Grupo de Pesquisa MAMTRA, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Linha de Pesquisa: Saúde e Meio Ambiente. Objetivo: O estudo da interação entre os seres vivos e o meio ambiente vem se tornando cada vez mais importante, na medida em que a degradação ambiental acelerada, associada às mudanças climáticas globais, traz impactos para a saúde dos seres humanos e de outros seres vivos. Esta linha pretende estudar os mecanismos pelos quais as mudanças ambientais influenciam a epidemiologia dos agravos transmissíveis e não-transmissíveis na Amazônia, para elaborar estratégias de prevenção e controle desses processos.

    Atividades

    • 01/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciência da Saúde e do Desporto, .,Linhas de pesquisa

  • 2018 - 2019

    61º Batalhão de Infantaria de Selva - Exército Brasileiro, 61º BIS

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: MÉDICO DO EXÉRCITO BRASILEIRO

  • 2018 - 2019

    Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: MÉDICO UBS PROFESSORA QUITA

    Outras informações:
    MÉDICO INTEGRANTE DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA DO BAIRRO SÃO JOSÉ (CRUZEIRO DO SUL - ACRE)

  • 2019 - Atual

    Universidade Federal do Triângulo Mineiro

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: RESIDENTE EM CLÍNICA MÉDICA DO HC-UFTM

  • 2019 - Atual

    Mário Palmério Hospital Universitário

    Vínculo: MÉDICO, Enquadramento Funcional: PLANTONISTA (SETOR DE EMERGÊNCIA)