Kelly Cristine Borsatto

Graduada em Ciências Biológicas pelo IBILCE/UNESP.

Informações coletadas do Lattes em 20/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Bacharel em Ciências Biológicas

2014 - 2018

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
Título: Chave de identificação dos triatomíneos brasileiros, com base em dados citogenéticos
Orientador: Profa. Dra. Maria Tercilia Vilela de Azeredo Oliveira
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2014 - 2014

Como preencher seu currículo na Plataforma Lattes. (Carga horária: 8h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2014 - 2014

Genética do câncer e suas interfaces biológicas. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

2014 - 2014

Ética em pesquisa animal. (Carga horária: 4h). , Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Parasitologia / Subárea: Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Morfologia dos Grupos Recentes.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Genética / Subárea: Genética Animal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

BORSATTO, K. C. . XXVII Congresso de Iniciação Cientifica da Unesp. 2015. (Congresso).

BORSATTO, K. C. . V Simpósio Brasileiro de Acarologia - Acaralogia Interativa. 2015. (Outro).

BORSATTO, K. C. . III Fórum de Extensão Universitária do IBILCE. 2014. (Outro).

BORSATTO, K. C. . XXVI Congresso de Iniciação Científica da Unesp. 2014. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Congresso Paulista de Ciencias Biologicas. Chave de identificação dos triatomineos do estado de São Paulo, com base em dados citologicos. 2017. (Congresso).

XIX Simpósio de Genética.Seria Nesotriatoma bruneri Usinger, 1944( Hemiptera, Triatominae) uma espécie valida?. 2016. (Simpósio).

XXVIII Congresso de Iniciação Cientifica da Unesp. Cariossistemática confirma a relação evolutiva entre o complexo flavida e o gênero Panstrongylus (Hemiptera, Triatominae). 2016. (Congresso).

61° Congresso Brasileiro de Genética. Nucleolar persistence during spermatogenesis of the dipetalogaster maxima. 2015. (Congresso).

IX Simpósio de Biologia Animal.Descrição do conjunto cromossômico diploide de Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). 2015. (Simpósio).

XVIII Simpósio de genética.Análises Citogenética em Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). 2015. (Simpósio).

XXVII Congresso de Iniciação Científica da Unesp. Citotaxonomia de Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). 2015. (Congresso).

XXXI Semana da Biologia.Análise da espermatogênese de Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). 2015. (Outra).

Ciclo de Seminários- Bioética: história, conceitos e aplicações. 2014. (Seminário).

II Simpósio de Ética em Pesquisa. 2014. (Simpósio).

Semana do Meio Ambiente. 2014. (Outra).

VI Simpósio de Microbiologia. 2014. (Simpósio).

XVII Simpósio de Genética.Espermatogênese em Triatoma Rubrofasciata (Hemíptera, Triatominae. 2014. (Simpósio).

XXVI Congresso de Iniciação Cientifica. Cariossistemática de Triatoma rubrofasciata (Hemiptera, Triatominae). 2014. (Congresso).

XXX Semana da Biologia do Instituto de Biociencias, Letras e c e Ciencências Exatas, IBILCE-UNESP. 2014. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira

AZEREDO-OLIVEIRA, M.T.V.ALEVI, K. C. C.; ARMELIN, V. A.. Chave de identificação dos triatomíneos brasileiros com base em dados citogenéticos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas.

Kaio Cesar Chaboli Alevi

Alevi, Kaio Cesar Chaboli; ARMELIN, V. A.; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V.. Chave de identificação dos triatomíneos brasileiros com base em dados citogenéticos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharel em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista campus São José do Rio Preto.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira

Chave de Identificação dos Triatomíneos brasileiros, com base em dados citogenéticos; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas; Orientador: Maria Tercilia Vilela de Azeredo Oliveira;

Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira

Análise citogenética comparativa da espermatogênese em dez gêneros de vetores da doença de Chagas (Hemiptera, Triatominae); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharel em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; Orientador: Maria Tercilia Vilela de Azeredo Oliveira;

Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira

Caracterização citogenética e molecular do fenômeno de hibridização homoploidal em triatomíneos (Hemiptera, Triatominae); 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Conselho Nacional de Pesquisa Programa Institucional de Iniciação Científic; Orientador: Maria Tercilia Vilela de Azeredo Oliveira;

Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira

Análises citogenéticas em Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae); ; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas; Orientador: Maria Tercilia Vilela de Azeredo Oliveira;

Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira

Análise cromossômica da relação evolutiva entre Nesotriatoma bruneri e o gênero Panstrongylus (Hemiptera, Triatominae); 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Maria Tercilia Vilela de Azeredo Oliveira;

Kaio Cesar Chaboli Alevi

Análise da Interação Parasito-Vetor da Doença de Chagas - Perfil Metabólico -; Início: 2019; Tese (Doutorado em Microbiologia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; (Coorientador);

Kaio Cesar Chaboli Alevi

(coorientador) Caracterização citogenética e molecular do fenômeno de hibridização homoploidal em triatomíneos (Hemiptera, Triatominae); 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharel em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista campus São José do Rio Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kaio Cesar Chaboli Alevi;

Kaio Cesar Chaboli Alevi

(coorientador) Análises citogenéticas em Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae); 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharel em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista campus São José do Rio Preto; Orientador: Kaio Cesar Chaboli Alevi;

Kaio Cesar Chaboli Alevi

(coorientador) Análise cromossômica da relação evolutiva entre Nesotriatoma bruneri e o gênero Panstrongylus (Hemiptera, Triatominae); 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharel em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista campus São José do Rio Preto, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Kaio Cesar Chaboli Alevi;

Raghuvir Krishnaswamy Arni

Análise da Interação Parasito-Vetor da Doença de Chagas - Perfil Metabólico; Início: 2019; Tese (Doutorado em Microbiologia) - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; (Orientador);

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BORSATTO, K. C. ; REIS, Y. V. ; MOREIRA, F. F. F. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. ; ALEVI, K. C. C. . New evidence of the evolutionary relationship of the flavida complex with the genus Panstrongylus (Hemiptera, Triatominae) by karyosystematic. BRAZILIAN JOURNAL OF BIOLOGY (ONLINE) , v. 78, p. 802-804, 2018.

  • MADEIRA, F. F. ; BORSATTO, K. C. ; LIMA, A. C. C. ; RAVAZI, A. ; DE OLIVEIRA, J. ; DA ROSA, J. A. ; DE AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. ; ALEVI, K. C. C. . Nucleolar Persistence: Peculiar Characteristic of Spermatogenesis of the Vectors of Chagas Disease (Hemiptera, Triatominae). The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene , v. 95, p. 1118-1120, 2016.

  • ALEVI, KAIO CESAR CHABOLI ; BORSATTO, KELLY CRISTINE ; MOREIRA, FELIPE FERRAZ FIGUEIREDO ; JURBERG, JOSÉ ; AZEREDO-OLIVEIR, MARIA TERCÍLIA VILELA DE . Karyosystematics of Triatoma rubrofasciata (De Geer, 1773) (Hemiptera: Reduviidae: Triatominae) . Zootaxa (Online) , v. 3994, p. 433, 2015.

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, KAIO CESAR CHABOLI ; AZEREDO-OLIVEIR, MARIA TERCÍLIA VILELA DE . Chave de identificação dos triatomíneos do Estado de São Paulo, com base em dados citológicos.. In: Congresso Paulista de Ciências Biológicas, 2017, São José do Rio Preto. Anais do Congresso Paulista de Ciências Biológicas, 2017, 2017.

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, KAIO CESAR CHABOLI ; AZEREDO-OLIVEIR, MARIA TERCÍLIA VILELA DE . Seria Nesotriatoma bruneri Usinger, 1944 (Hemiptera, Triatominae) uma espécie válida?. In: XIX Simpósio de Genética, 2016, São José do Rio Preto. Anais do XIX Simpósio de Genética.

  • BORSATTO, KELLY CRISTINE ; ALEVI, KAIO CESAR CHABOLI ; REIS, Y. V. ; AZEREDO-OLIVEIR, MARIA TERCÍLIA VILELA DE . Cariossistemática confirma a relação evolutiva entre o complexo flavida e o gênero Pantrongylus (Hemiptera, Triatominae). In: XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2016, São José do Rio Preto. Anais do XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2016., 2016.

  • BORSATTO, K. C. . Análises Citogenéticas em Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). In: XVIII Simpósio de Genética, 2015, São José do Rio Preto. Anais do XVIII Simpósio de Genética, 2015.

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Espermatogênese em Triatoma rubrofasciata (Hemiptera, Triatominae). In: XVII Simpósio de Genética, 2014, São José do Rio Preto. Anais do XVII Simpósio de Genética, 2014.

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Cariossistemática de Triatoma rubrofasciata (Hemiptera, Triatominae). In: XXVI Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2014, São José do Rio Preto. Anais do XXVI Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2014.

  • BORSATTO, K. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. ; TEIXEIRA, N. P. D. ; GUERRA, A. L. ; ALEVI, K. C. C. . Estudos genéticos confirmam o fenômeno de hibridização homoploidal em Triatominae (Hemiptera, Triatominae). In: XXIX CIC - Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2017, São José do Rio Preto. Anais do XXIX CIC - Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2017.

  • BORSATTO, K. C. . Análise da Espermatogênese de Dipetalogaster maxima(Hemiptera, Triatominae). In: XXXI Semana da Biologia, 2015, São José do Rio Preto. Anais da XXXI Semana da Biologia, 2015.

  • BORSATTO, K. C. . Citotaxonomia de Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). In: XXVII Congresso de Iniciação Científica da Unesp, 2015, São José do Rio Preto. Anais do XXVII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 2015.

  • BORSATTO, K. C. . Nucleolar persistence during spermatogenesis of the dipetalogaster maxima. In: 61° Congresso Brasileiro de Genética, 2015, Águas de Lindóia. Anais do 61° Congresso Brasileiro de Genética, 2015.

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Descrição do Conjunto cromossômico diploide de Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). In: IX Simpósio de Biologia Animal, 2015, São José do Rio Preto. Anais do IX Simpósio de Biologia Animal, 2015.

  • BORSATTO, K. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. ; ALEVI, K. C. C. . CytoKey: Identification key for the Chagas disease vectors of the largest Brazilian urban center, based on cytogenetics data. AMERICAN JOURNAL OF TROPICAL MEDICINE AND HYGIENE , 2019.

  • BORSATTO, K. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. ; ALEVI, K. C. C. . Identification key for the Chagas disease vectors of five Brazilian states, based on cytogenetics data. AMERICAN JOURNAL OF TROPICAL MEDICINE AND HYGIENE , 2018.

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; DE OLIVEIRA, J. ; DE AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Cytotaxonomy of Dipetalogaster maxima Uhler, 1894 (Hemiptera, Reduviidae, Triatominae). BRAZILIAN JOURNAL OF BIOLOGY , 2018.

  • GUERRA, A. L. ; BORSATTO, K. C. ; TEIXEIRA, N. P. D. ; DA ROSA, J. A. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. ; ALEVI, K. C. C. . Revisiting the homoploid hybrid speciation process of the Triatoma brasiliensis macromelasoma Galvão, 1956 (Hemiptera, Triatominae) using cytogenetic and molecular markers.. AMERICAN JOURNAL OF TROPICAL MEDICINE AND HYGIENE , 2018.

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Chave de identificação dos triatomineos do estado de São Paulo, com base em dados citológicos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BORSATTO, K. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. ; TEIXEIRA, N. P. D. ; GUERRA, A. L. ; ALEVI, K. C. C. . Estudos genéticos confirmam o fenômeno de hibridização homoploidal em Triatominae (Hemiptera, Triatominae). 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BORSATTO, K. C. . Cariossistemática confirma a relação evolutiva entre o complexo flavida e o gênero Panstrongylus (Hemiptera, TRiatominae). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BORSATTO, K. C. . Seria Nesotriatoma bruneri Usinger, 1944 (Hemiptera, Triatominae) uma espécie válida?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Descrição do conjunto cromossômico diploide de Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Análise da espermatogênese de Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • BORSATTO, K. C. . Citotaxonomia de Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BORSATTO, K. C. . Nucleolar persistence during spermatogenesis of the dipetalogaster maxima. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • BORSATTO, K. C. . Análises Citogenéticas em Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae). 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Espermatogênese em Triatoma rubrofasciata (Hemiptera, Triatominae). 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • BORSATTO, K. C. ; ALEVI, K. C. C. ; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. . Cariossistemática de Triatoma rubrofasciata (Hemiptera, Triatominae). 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - 2018

    Métodos de Expressão, Purificação e Cristalização do domínio D3 da proteína Nix do mosquito Aedes aegypti, Descrição: O Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) é um mosquito originário da África, onde existem populações selvagens e domésticas e possuem distribuição mundial. É um mosquito adaptado ao ambiente urbano, para o desenvolvimento de sua fase larvária, o mosquito utiliza os recipientes mais frequentes no domicílio ou peridomicílio, como exemplo; tanques de armazenamento de água e vasilhames temporários, dentro e fora das casas, potes, barris, pneus usados, latas, garrafas e vasos de plantas. O A. aegypti é um vetor importante para o vírus da dengue, febre amarela, chikungunya e para o vírus Zika. É importante ressaltar que apenas os mosquitos fêmeas se alimentam de sangue e transmitem esses agentes patogênicos. Partindo disso, a determinação do sexo nos mosquitos é de particular interesse uma vez que apenas as fêmeas adultas transmitem os patógenos. O desenvolvimento do sexo masculino em A. aegypti é iniciado por um fator M que fica localizado em uma região do cromossomo chamada locus M. Após a utilização do método de quociente cromossômico para encontrar sequências genômicas específicas de macho (M-ligadas) foram feitas comparações das sequências obtidas com machos e fêmeas de A. aegypti com sequências de referência. Através das análises, os pesquisadores identificaram um novo gene que é homologo a dois reguladores chave na diferenciação sexual em Drosophila melanogaster. O gene foi denominado Nix. Após mais testes constataram que o Nix está presente apenas nos machos e para determinar se Nix foi suficiente para determinação masculina, investigaram o efeito da expressão de Nix em fêmeas genéticas. Como resultado ele notaram que mais de dois terços das fêmeas exibiram masculinização ou deformidades extensas da genitália. Sendo assim, o gene Nix funciona como um fator M na diferenciação sexual do A. aegypti. Isso fornece as bases para o desenvolvimento de estratégias de controle de mosquitos, convertendo as fêmeas em machos inofensivos. No entanto, pouco se sabe sobre o gene Nix, sobre suas características e funções. Para que possamos conhecer o funcionamento dessa proteína é necessário conhecer primeiramente a estrutura terciaria da mesma.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2016 - 2017

    Caracterização citogenética e molecular do fenômeno de hibridização homoploidal em triatomíneos (Hemiptera, Triatominae), Descrição: Os triatomíneos são insetos hematófagos de grande importância epidemiológica, uma vez que todas as espécies são potenciais vetoras do protozoário Trypanosoma cruzi, agente etiológico da doença de Chagas. Tanto mecanismos de isolamento reprodutivo pré-zigóticos, como, por exemplo, isolamento de habitat, incompatibilidade das genitálias (isolamento mecânico) e incompatibilidade dos gametas, quanto mecanismos pós-zigóticos, como inviabilidade dos híbridos em F1, esterilidade dos híbridos em F1 e desmoronamento do híbrido foram descritos para os triatomíneos. Por meio de análises morfológicas, moleculares e de cruzamento híbrido experimental foi sugerido que Triatoma brasiliensis macromelasoma é uma espécie de triatomíneo originada a partir do cruzamento híbrido entre T. juazeirensis e T. b. brasiliensis, pelo fenômeno de hibrização homoploidal. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo caracterizar citogeneticamente e molecularmente as espécies T. brasiliensis, T. juazeirensis e a subespécie T. b. macromelasoma, com o intuito de esclarecer as questões cromossômicas envolvidas no processo de hibrização homoploidal e, principalmente, confirmar, pela primeira vez, esse fenômeno biológico, por meio dos dados moleculares. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2015 - 2016

    Analise cromossomico da relação evolutiva entre Nesotriatoma bruneri e o gênero Panstrongylus (Hemiptera, Triatominae), Descrição: A subfamilia Triatominae é composta por 150 espécies, agrupadas em 18 gêneros e seis tribos. Com base, principalmente, em caracteres morfológicos e na disposição geográfica, esses vetores foram agrupados em complexos e subcomplexos específicos. O complexo Flavida é composto por três espécies do gênero Nesotriatoma, a saber, N. flavida, N. bruneri e N. obscura. Recentemente, por meio de análises moleculares, o complexo Flavida foi agrupado com espécies do gênero Panstrongylus. Assim, o presente trabalho tem como objetivo analisar as características citogenéticas de N. bruneri e comparar com espécies do gênero Panstrongylus, com o intuito de auxiliar no esclarecimento da relação evolutiva desses vetores.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

  • 2015 - 2015

    Análises citogenéticas em Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae), Descrição: O gênero Dipetalogaster Usinger, 1939 é composto apenas pela espécie Dipetalogaster maxima Uhler, 1894. Esse triatomíneo é um inseto exclusivo do México e apresenta importância vetorial para a doença de Chagas, pois já foi encontrado infectado pelo protozoário Trypanosoma cruzi Chagas, 1909 em ambientes naturais, assim como, ocasionalmente, em habitações rurais e em áreas de periferia. A principal forma de minimizar a incidência da doença de Chagas é por meio do controle de vetores. Com isso, conhecer todos os aspectos da biologia dos triatomíneos é de extrema importância para auxiliar os programas de controle de vetores na profilaxia da doença. As análises citogenéticas em D. maxima são restritas apenas a descrição do cariótipo. Esse vetor, assim como a maioria das espécies de triatomíneos apresenta 22 cromossomos (20A + XY). Diante disso, o presente projeto tem como objetivo descrever citogeneticamente D. maxima, com ênfase na biologia da reprodução, abordando a espermatogênese, o comportamento nucleolar durante a meiose, assim como a caracterização dos cromossomos desse vetor.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2017

Menção honrosa - melhor trabalho na área de Zoologia apresentado no Congresso Paulista de Ciências Biológicas. Autores: Borsatto, KC, Azeredo-Oliveira, MTV e Alevi, KCC., IBILCE/UNESP.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - 2017

    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

    Vínculo: , Enquadramento Funcional:

  • 2014 - 2018

    Instituto de Biociencias, Letras e Ciencias Exatas

    Vínculo: Estudante de Graduação, Enquadramento Funcional: Estudante, Carga horária: 40

    Atividades

    • 04/2018 - 09/2018

      Estágios , Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, .,Estágio realizado, Iniciação Científica intitulada "Métodos de Expressão, Purificação e Cristalização do domínio D3 da proteína Nix do mosquito Aedes aegypti", sob orientação da Dra. Monika Aparecida Coronado..

    • 01/2017 - 07/2017

      Estágios , Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, .,Estágio realizado, Iniciação Científica intitulada "Caracterização citogenética e molecular do fenômeno de hibridização homoploidal em triatomíneos (Hemiptera, Triatominae)", com bolsa PIBIC/CNPq, sob orientação da Profa. Dra. Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira..

    • 03/2015 - 10/2016

      Extensão universitária , Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, .,Atividade de extensão realizada, Participação do projeto de extensão Grupo de Estudos em Bioética (GED).

    • 01/2016 - 07/2016

      Estágios , Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, .,Estágio realizado, Iniciação Científica intitulada "Analise cromossomico da relação evolutiva entre Nesotriatoma bruneri e o gênero Panstrongylus (Hemiptera, Triatominae)", com bolsa PIBIC/CNPq, sob orientação da Profa. Dra. Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira..

    • 04/2015 - 02/2016

      Estágios , Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, .,Estágio realizado, Iniciação científica intitulada "Análises citogenéticas em Dipetalogaster maxima (Hemiptera, Triatominae)", desenvolvida sob orientação da Profa. Dra. Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira..

    • 08/2014 - 02/2015

      Estágios , Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, .,Estágio realizado, Treinamento em Microtécnica Vegetal: Confecção de Lâminas Histológicas de Material Botânico, Utilizadas em Disciplinas da Área de Morfologia Vegetal.