Geraldo Pereira de Morais Junior

Bacharel em Antropologia com habilitação em Arqueologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Teve duas bolsas de iniciação científica durante a graduação voltadas ao estudo de vestígios faunístico. Atualmente é mestrando do Programa de Pós-Graduação de Antropologia com ênfase em Arqueologia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Tem interesse na área de arqueologia da diáspora africana, zooarqueologia e filosofia da arqueologia. É colaborador do site de divulgação científica "Arqueologia e Pré-História" (www.arqueologiaeprehistoria.com).

Informações coletadas do Lattes em 24/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Antropologia

2019 - Atual

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: PRÁTICAS ALIMENTARES DOS ESCRAVIZADOS DO COLÉGIO DOS JESUÍTAS (RJ): uma proposta de estudo de sua variabilidade e de seus significados,Orientador:
Luís Cláudio Pereira Symanski.Palavras-chave: Arqueologia; Arqueologia Histórica; arqueologia da diáspora africana; zooarqueologia; Alimentação.Grande área: Ciências HumanasGrande Área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia Histórica. Grande Área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia da Diáspora Africana.

Graduação em Antropologia

2013 - 2017

Universidade Federal de Minas Gerais
Título: A carne e os ossos da escravidão: explorando as práticas alimentares de senhores e escravizados do Colégio dos Jesuítas (RJ)
Orientador: Luís Claudio Pereira Symanski
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Ensino Médio (2º grau)

2009 - 2012

Colégio São Francisco Xavier

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2012 - 2013

Agrimensura. (Carga horária: 800h). , Colégio CEST, CEST, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Zooarqueologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Arqueologia / Subárea: Arqueologia da Diáspora Africana.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

III Encuentro Latinoamericano de Zooarqueología. Explorando os hábitos alimentares de senhores e escravos com base em amostras zooarqueológicas: o caso do Colégio dos Jesuítas, Campos dos Goytacazes (RJ). 2016. (Congresso).

Seminário: Arqueologia do Passado Contemporanêo: uma visão desde o sul. 2015. (Seminário).

XII Jornada de Ciências Socias da UFMG: Conexões Africanas.Explorando os hábitos alimentares de senhores e escravos com base em amostras zooarqueológicas: o caso do Colégio dos Jesuítas, Campos dos Goytacazes (RJ). 2015. (Simpósio).

V Reunião da SAB Sudeste. 2014. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Marcos André Torres de Souza

SYMANSKI, L. C. P.SOUZA, M. A. T.. A carne e os ossos da escravidão: explorando as práticas alimentares de senhores e escravizados do Colégio dos Jesuítas. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Luís Cláudio Pereira Symanski

Práticas alimentares dos escravizados do Colégio dos Jesuítas (RJ): uma proposta de estudo de sua variabilidade e de seus significados; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-Graduação em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais; (Orientador);

Luís Cláudio Pereira Symanski

A carne e os ossos da escravidão: explorando as práticas alimentares de senhores e escravizados do Colégio dos Jesuítas; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Antropologia) - Universidade Federal de Minas Gerais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Luís Cláudio Pereira Symanski;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • JUNIOR, G. P. M. ; SYMANSKI, L. C. P. . IDENTIDADES Y PRÁCTICAS ALIMENTARIAS EN LA COMUNIDAD ESCLAVIZADA DEL COLEGIO DE LOS JESUITAS DE CAMPOS DOS GOYTACAZES (RIO DE JANEIRO). REVISTA DE ARQUEOLOGÍA HISTÓRICA ARGENTINA Y LATINOAMERICANA , v. 1, p. 33-56, 2019.

  • JUNIOR, G. P. M. . A CARNE E OS OSSOS DA ESCRAVIDÃO: ENTENDENDO OS HÁBITOS ALIMENTARES DE SENHORES E ESCRAVOS COM BASE EM AMOSTRAS ZOOARQUEOLÓGICAS DO COLÉGIO DOS JESUÍTAS. REVISTA TRÊS [...] PONTOS (UFMG) , v. 12, p. 24-34, 2016.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

GUIMARAES, C. M. ; ROEDEL, L. A. ; MORAIS, C. F. ; JUNIOR, G. P. M. . Minicurso de Fotografia: Arte e Arqueologia. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

GUIMARAES, C. M. ; MORAIS, C. F. ; MORAIS JUNIOR, G. P. . Minicurso de Fotografia: Arte e Arqueologia. 2019. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2016 - 2016

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Trabalho de campo, Carga horária: 40

Outras informações:
Voluntário na escavação arqueológica coordenada pelo professor Luís Cláudio Pereira Symanski na senzala do Colégio dos Jesuítas, no norte fluminense.

2015 - 2016

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20

Outras informações:
Bolsista no Laboratório de Arqueologia da Diáspora Africana, sob coordenação do Dr. Luís C. P. Symanski.

2014 - 2015

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Científica, Carga horária: 20

Outras informações:
Bolsista no Laboratório de Arqueologia da Diáspora Africana, sob coordenação do Dr. Luís C. P. Symanski.

2014 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Trabalho de Campo, Carga horária: 48

Outras informações:
Escavação arqueológica coordenada pelo professor Luís Cláudio Symanski no Colégio dos Jesuítas localizado no município de Campos dos Goytacazes, no norte do estado do Rio de Janeiro.

2013 - 2014

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 8

Outras informações:
Voluntário no Laboratório de Arqueologia da Diáspora Africana, sob coordenação do Dr. Luís C. P. Symanski.

2013 - 2013

Universidade Federal de Minas Gerais

Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Trabalho de Campo, Carga horária: 40

Outras informações:
Trabalho como voluntário para o projeto do Professor Dr. Luis Claudio Symanski na escavação do sítio arqueológico da fazenda Santa Clara, Rio de Janeiro; ligado ao projeto Café com Açucar.

2017 - 2017

Stratus Consultoria Arqueológica Ltda

Vínculo: Arqueólogo, Enquadramento Funcional: Técnico em arqueologia., Carga horária: 40

Outras informações:
Participação, na qualidade de Técnico de Arqueologia, no projeto de ESCAVAÇÃO E ACOMPANHAMENTO ARQUEOLÓGICO DA OBRA DE RESTAURAÇÃO DA CATEDRAL DA SÉ DE MARIANA- MG. Atividades: Auxílio no trabalho de monitoramento arqueológico e escavação no decorrer da obra; Auxílio no trabalho de resgate dos vestígios considerados como de interesse arqueológico, assim como limpeza, análise e identificação dos mesmos; Produção de relatórios de campo.

2019 - 2019

A Lasca Arqueologia

Vínculo: Empregatício, Enquadramento Funcional: Arqueólogo coordenador de campo, Carga horária: 40

Outras informações:
Contratado como arqueólogo coordenador de campo no Programa de Avaliação de Impacto ao Patrimônio Arqueológico na área de implantação do Loteamento Brisas do Rio Doce, no município de Colatina, Espírito Santo.

2018 - 2018

A Lasca Arqueologia

Vínculo: Empregatício, Enquadramento Funcional: Arqueólogo, Carga horária: 40

Outras informações:
Arqueólogo contratado para participar do Programa de Prospecção Arqueológica e Educação Patrimonial na Localidade Histórica de Queimado, município de Serra, estado do Espírito Santo.