Luciane Cardoso da Silva


Informações coletadas do Lattes em 06/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Farmácia

2006 - Atual

Universidade Estadual de Ponta Grossa

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

III Simpósio Ibero Americano de Plantas Medicinais. 2008. (Simpósio).

Campanha 5 de Maio - Uso Racional de Medicamentos.Campanha 5 de Maio - Uso Racional de Medicamentos. 2008. (Outra).

VI Semana de Fármacia " Prof. Frederico Germano de Geus". 2008. (Outra).

1º Simpósio de Farmácia e Análises Clínicas de Ponta Grossa. 2007. (Simpósio).

VII Jornada Farmacêutica da Univali; II Simpósio Iberoamericano de Plantas Medicinais e VII Ciclo de Atualização em Investigações Químico-Farmacêuticas-CAIQFAR. 2007. (Simpósio).

Palestra: Comunicação com o paciente na Orientação Farmacêutica. 2007. (Outra).

Curso: Desenvolvendo as boas práticas de farmácia com ênfase na fiscalização (Promovido pela Associação Pontagrossense de Farmacêuticos). 2007. (Outra).

XV Encontro Anual de Iniciação Científica e VI Encontro de Pesquisa da UEPG. 2006. (Encontro).

Projeto de Ensino: Profissão Farmacêutico. 2006. (Outra).

UNIVERSOUEPG - II Mostra de ciência, tecnologia & arte. 2006. (Outra).

Palestra: Hanseníase e Isolamento Compulsório no Brasil - Uma abordagem através de imagens (. 2006. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Flávio Luis Beltrame

SILVA, L. C.;BELTRAME, F. L.. Antimicrobial Activity of Alternanthera brasiliana Kuntze (Amaranthaceae): a Biomonitored Study. 2010.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Daniele Pedrosa Fioravante

Formação Contínuada; 2009; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão e Orientação Escolar) - Universidade Norte do Paraná; Orientador: Daniele Pedrosa Fioravante-Tristão;

Flávio Luis Beltrame

Estudo biomonitorado por ensaios microbiológicos da espécie vegetal Althernanthera brasiliana; 2010; Iniciação Científica - Universidade Estadual de Ponta Grossa; Orientador: Flávio Luís Beltrame;

Rosangela Stadnick Lauth de Almeida Torres

NOVOS DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO DA COQUELUCHE; Início: 2015; Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Microbiologia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná; (Orientador);

Rosangela Stadnick Lauth de Almeida Torres

CONSIDERAÇÕES A CERCA DE NOVOS DESAFIOS NO ENFRENTAMENTO DA COQUELUCHE; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Microbiologia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná; Orientador: Rosângela Stadnick Lauth de Almeida Torres;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVA, L. C. ; BELTRAME, F. L . "Avaliação da Atividade Antimicrobiana de Cordyline dacraenoides Kunth (Uvarana) e Alternanthera brasiliana L.Kuntze (Carrapichinho). In: VIII Encontro de Pesquisa - II Simpósio de Pós - Graduação, 2009, Ponta Grossa. "Avaliação da Atividade Antimicrobiana de Cordyline dacraenoides Kunth (Uvarana) e Alternanthera brasiliana L.Kuntze (Carrapichinho), 2009.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2008 - 2009

    " Avaliação da atividade antimicrobiana de Cordyline dracaenoides Kunth (Uvarana) e Alternanthera brasiliana L.Kuntze (Carrapichinho), Descrição: Cordyline dracaenoides e Alternanthera brasiliana são plantas endêmicas na região dos Campos Gerais. Cordyline dracaenoides, conhecida popularmente como uvarana , é utilizada como antiinflamatória e no tratamento de reumatismo e doenças correlatas. A Alternanthera brasiliana (L.) Kuntze (Amaranthaceae) é conhecida popularmente como penicilina e perpétua do mato e tem sido utilizada por suas propriedades analgésicas e antiinflamatórias. Pesquisas voltadas para o estudo e a avaliação de produtos naturais como terapêuticos e principalmente com atividade antimicrobiana devem ser estimuladas no intuito de se descobrir novas drogas e fármacos. Dentro deste contexto, é objetivo deste trabalho avaliar o potencial antimicrobiano de extratos destas plantas e compostos isolados. Os extratos e compostos isolados foram submetidos a avaliações preliminares da atividade antimicrobiana, teste de bioautografia e determinação da concentração inibitória mínima de acordo com metodologias específicas padronizadas pelo Laboratório de Microbiologia do Departamento de Análises Clínicas da UEPG, utilizando-se cepas padrões de Escherichia coli, Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa, Enterococos e Candida albicans. As análises das frações, com diferentes polaridades, de Cordyline dracaenoides e Alternanthera brasiliana demonstraram que estas apresentaram atividade frente a algumas das cepas selecionadas, ressaltando-se que a atividade mostrou-se dose-dependente. Os resultados obtidos constituem expressiva contribuição para a caracterização da atividade antimicrobiana destas duas plantas, colaborando para a busca por novas drogas e substâncias, a partir de fontes naturais.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Luciane Cardoso da Silva - Coordenador / Flávio Luís Beltrame - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional