Marlo Adriano Bison Pinto

Técnico em Agropecuária pelo Colégio Agrícola de Frederico Westphalen - RS (2008), possui Graduação em Agronomia (2013), Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente (2016) e Doutorado em Agronomia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Santa Maria. Atua na área da agronomia, com ênfase em plantio direto, atributos de solo, manejo e tratos culturais (soja, milho e trigo) e inoculação e co-inoculação de sementes.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Agronomia

2016 - 2019

Universidade Federal de Santa Maria
Título: TRATAMENTO QUÍMICO, USO DE ADITIVOS, Azospirillum brasilense E pH DO SOLO NA CULTURA DO TRIGO
Thomas Newton Martin. Coorientador: Isabel Lago. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente

2014 - 2016

Universidade Federal de Santa Maria
Título: INIBIDOR DE NITRIFICAÇÃO E MANEJOS DO DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS EM SOLO CULTIVADO COM MILHO E TRIGO,Ano de Obtenção: 2016
Claudir José Basso.Coorientador: Celso Aita. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS, Brasil.

Graduação em Agronomia

2009 - 2013

Universidade Federal de Santa Maria
Título: PRODUTIVIDADE E QUALIDADE FISIOLÓGICA DAS SEMENTES COM DESSECAÇÃO NA PRÉ-COLHEITA DO FEIJOEIRO
Orientador: Claudir José Basso
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Curso técnico/profissionalizante

2005 - 2007

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - CAFW

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2012 - 2012

Produção de plantas ornamentais. (Carga horária: 24h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR, Brasil.

2011 - 2011

Compostagem, Minhocultura e Vermicompostagem.. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, Brasil.

2008 - 2008

Recuperação de Empresas: Noções e Aspectos Legais. (Carga horária: 4h). , CENTRO UNIVERSITÁRIO LEONARDO DA VINCI, UNIASSELVI, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Italiano

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

X REUNIÃO SUL-BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO.CAMA DE FRANGO E A PRODUTIVIDADE DE GRÃOS DA SUCESSÃO TRIGO/MILHO. 2014. (Outra).

X REUNIÃO SUL-BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO.CAMA DE FRANGO E PARÂMETROS DE PLANTA DA SUCESSÃO TRIGO/MILHO. 2014. (Outra).

III SIMPÓSIO DE ATUALIZAÇÃO EM AGRONOMIA, TRILHANDO O CAMINHO DA SUSTENTABILIDADE NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO. 2013. (Simpósio).

XXXIV Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. PRODUÇÃO E COMPOSIÇÃO BROMATOLÓGICA DE FORRAGENS EM RESPOSTA A DOSES DE DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS. 2013. (Congresso).

II SIMPÓSIO DE ATUALIZAÇÃO EM AGRONOMIA, TRILHANDO O CAMINHO DA SUSTENTABILIDADE NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO. 2012. (Simpósio).

IX Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo.MANEJOS DE SOLO, DOSES DE DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS E O APROVEITAMENTO DO NITROGÊNIO PELO MILHO. 2012. (Outra).

IX Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo.USO DE DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS NA PRODUÇÃO DE TRIGO DUPLO PROPÓSITO. 2012. (Outra).

IX Reunião Sul-Brasileira de Ciência do Solo.EFEITO RESIDUAL DO DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS E DO MANEJO DE SOLO SOBRE ALGUNS PARÂMETROS DE PLANTA E NA PRODUTIVIDADE DE SOJA. 2012. (Outra).

VI Curso de capacitação e difusão de tecnologia na cultura da canola. 2012. (Seminário).

26ªJornada Acadêmica Integrada.DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS E MANEJOS DE SOLO COMO FATORES NA PRODUTIVIDADE DE MILHO NO MÉDIO ALTO URUGUAI. 2011. (Outra).

V Semana Acadêmica da Agronomia. 2011. (Outra).

XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. Dejeto liquido de suínos e menejo de solos como fatores na produtividade do milho.. 2011. (Congresso).

XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo. 2011. (Congresso).

IV Semana Acadêmica da Agronomia. 2010. (Outra).

III Semana Acadêmica da Agronomia. 2009. (Outra).

2ª FETEC.Informatização e a TV Digital. 2008. (Outra).

Feira de Tecnologia, Ciências e Artes do PEIES.O Desafio do Biodiesel. 2007. (Outra).

V Encontro Literário. 2006. (Encontro).

II Fórum do Meio Ambiente. 2005. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Alex Tagliapietra Schönell

SCHONELL, ALEX;PINTO, M. A. B.; MARTIN, T. N.; BURG, G. M.. Componentes de produtividade do trigo associados à inoculação e bioindução. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Kassia Luiza Teixeira Cocco

SILVA, V. R.; WERNER, V.;COCCO, K. L. T.. Defesa de Estágio Supervisionado em Agronomia II. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Antônio Luis Santi

BASSO, C. J.; VIEIRA, F. C. B.;SILVA, R. F.SANTI, A. L.. Inibidor de nitrificação e manejo de dejetos líquidos de suínos: dinâmica do nitrogênio do solo cultivado com milho e trigo. 2016. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente) - Universidade Federal de Santa Maria.

Luciane Almeri Tabaldi

MARTIN, T. N.; VIEIRA, F. C. B.; BENIN, G.;Luciane Almeri Tabaldi; JACQUES, R. J. S.. Implicações no tratamento químico, uso de aditivo e pH do solo sobre a inoculação em trigo. 2019. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Luciane Almeri Tabaldi

MARTIN, T. N.; BASSO, C. J.; VIEIRA, F. C. B.; LAGO, I.;TABALDI, L. A.. Cultura do trigo influenciada pelo tratamento químico, aditivo, inoculação de sementes e pH do solo. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Thomas Newton Martin

MARTIN, Thomas Newton; VIEIRA, Frederico Costa Beber;Benin, Giovani; TABALDI, Luciane Almeri; JACQUES, Rodrigo Josemar Seminoti. Implicações do tratamento químico, uso de aditivo e pH do solo sobre a inoculação em trigo. 2019. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Thomas Newton Martin

MARTIN, Thomas NewtonBasso, Claudir José; VIEIRA, Frederico Costa Beber; LAGO, Isabel; TABALDI, Luciane Almeri. Cultura do trigo influenciada pelo tratamento químico, aditivo, inoculante de sementes e pH do solo. 2017 - Universidade Federal de Santa Maria.

Rodrigo Ferreira da Silva

BASSO, CLAUDIR JOSÉ; VIEIRA, F. C. B.;SILVA, R. F.. Inibidor de nitrificação e manejo dos dejetos líquidos de suínos: dinâmica do nitrogênio no solo cultivado com milho e trigo. 2016. Dissertação (Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente) - Universidade Federal de Santa Maria.

Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

MARTIN, T. N.;JACQUES, R. J. S.; VIEIRA, F. C. B.; TABALDI, L. A.; BENIN, G.. Implicações do tratamento químico, uso de aditivo, pH do solo sobre a inoculação em trigo. 2019. Tese (Doutorado em Ciência do Solo) - Universidade Federal de Santa Maria.

Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

MARTIN, T. N.;JACQUES, R. J. S.; VIEIRA, F. C. B.; TABALDI, L. A.; BENIN, G.. Implicações do tratamento químico, uso de aditivo e pH do solo sobre a inoculação em trigo. 2019. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Claudir José Basso

Emissão de gases de efeito estufa após aplicação de dejeto liquido de suínos em um latossolo vermelho com e sem a utilização de dicioanodiamida; ; Início: 2014; Dissertação (Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; (Orientador);

Claudir José Basso

FATORES TECNOLÓGICOS NA PRODUÇÃO DE CULTURAS COMERCIAIS DE INVERNO/VERÃO NA REGIÃO NOROESTE DO RIO GRANDE DO SUL; Início: 2012; Iniciação científica (Graduando em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Claudir José Basso

Inibidor de nitrificação e manejo do dejeto liquido de suínos em solo cultivado com milho e trigo; ; 2016; Dissertação (Mestrado em Agronomia - Agricultura e Ambiente) - Universidade Federal de Santa Maria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Claudir José Basso;

Claudir José Basso

Produtividade e qualidade fisiológica das sementes com dessecação na pré-colheita do feijoeiro; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Claudir José Basso;

Rodrigo da Silveira Nicoloso

Estágio no Grupo de Pesquisa de Meio Ambiente da Embrapa Suínos e Aves; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria; Orientador: Rodrigo da Silveira Nicoloso;

Thomas Newton Martin

Tratamento químico, uso de aditivos, Azospirillum brasilense e pH do solo na cultura do trigo; 2019; Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Thomas Newton Martin;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • MARTIN, T. N. ; MINUSSI, J. E. ; STECCA, J. D. L. ; BURG, G. ; PINTO, M. A. B. . Meteorological conditions and their associations with the productive performance of wheat. AUSTRALIAN JOURNAL OF CROP SCIENCE (ONLINE) , v. 14, p. 28-35, 2020.

  • SCHEID, DOUGLAS LEANDRO ; SILVA, RODRIGO FERREIRA DA ; SILVA, VANDERLEI RODRIGUES DA ; ROS, CLOVIS ORLANDO DA ; PINTO, MARLO ADRIANO BISON ; GABRIEL, MÁRCIA ; CHERUBIN, MAURÍCIO ROBERTO . Changes in soil chemical and physical properties in pasture fertilised with liquid swine manure. SCIENTIA AGRICOLA , v. 77, p. 1-10, 2020.

  • FIPKE, G.M. ; PINTO, M.A.B. ; NUNES, U.R. ; MARTIN, T.N. . Protetor, inoculação e tratamento fitossanitário na qualidade fisiológica de sementes de trigo. REVISTA BRASILEIRA DE CIENCIAS AGRARIAS , v. 14, p. 1-6, 2019.

  • DAMIAN, JÚNIOR M. ; MURARO, DIONEI S. ; BASSO, CLAUDIR J. ; SILVA, ALIEZE N. DA ; PINTO, MARLO A. B. ; SANTI, ANTÔNIO L. . Strategies for fertilization with pig and cattle slurry in wheat crop. REVISTA BRASILEIRA DE ENGENHARIA AGRÍCOLA E AMBIENTAL (IMPRESSO) , v. 22, p. 261-266, 2018.

  • STECCA, J. D. L. ; MARTIN, T. N. ; BURG, G. M. ; MAFFINI, R. C. ; RUMPEL, V. S. ; DEAK, E. A. ; FIPKE, G. M. ; PINTO, M. A. B. . Momento de decisão. CULTIVAR GRANDES CULTURAS , v. julho 2018, p. 46-48, 2018.

  • MURARO, DIONEI SCHMIDT ; BASSO, CLAUDIR JOSÉ ; CARVALHO, IVAN RICARDO ; SZARESKI, VINÍCIUS JARDEL ; CUTTI, LUAN ; AGUIAR, ADALIN CEZAR MORAES DE ; SILVA, VANESSA ALBA DA ; PINTO, MARLO ADRIANO BISON ; LAUTENCHLEGER, FRANCINE . Agronomic Components of Brown Linseed as a Function of Spacing. Journal of Agricultural Science , v. 10, p. 527-533, 2018.

  • PINTO, M. A. B. ; NUNES, U. R. ; FIPKE, G. M. . Germinação de Trigo inoculado com Azospirillum brasilense sob distintos pH's da água de embebição. Cultura Agronômica , v. 26, p. 694, 2017.

  • BERTONCELLI, PATRICIA ; MARTIN, THOMAS NEWTON ; STECCA, JÉSSICA ; DEAK, EVANDRO ; PINTO, MARLO ADRIANO BISON ; SCHONELL, ALEX . O manejo de inverno e inoculação de sementes influenciam na produtividade e qualidade da silagem de milho sob sistema plantio direto. REVISTA CERES , v. 64, p. 523-531, 2017.

  • PINTO, M. A. B. ; MARTIN, T. N. ; POSSER, G. . Escolha certa. CULTIVAR GRANDES CULTURAS , v. 215, p. 37-39, 2017.

  • SOMAVILLA, LUCINDO ; PINTO, MARLO ADRIANO BISON ; BASSO, CLAUDIR JOSÉ ; DA ROS, CLOVIS ORLANDO ; SILVA, VANDERLEI RODRIGUES DA ; BRUN, THIARLES ; SANTI, ANTÔNIO LUIS . Response of soybean and corn to soil mechanical intervention and agricultural gypsum application to the soil surface. Semina. Ciências Agrárias (Online) , v. 37, p. 95, 2016.

  • MURARO, D. ; SILVA, V. A. ; BASSO, C. J. ; HAMANN, J. J. ; FRONZA, D. ; AGUIAR, A. ; PINTO, M. A. B. ; CUTTI, L. ; SILVA, A. . Substratos no enraizamento de segmentos radiculares de Paulownia Tomentosa (Thunb.) Sieb. & Zucc.. SODEBRÁS , v. 11, p. 124, 2016.

  • BASSO, CLAUDIR JOSÉ ; PINTO, MARLO ADRIANO BISON ; SANTI, ANTÔNIO LUIS ; SILVA, RODRIGO FERREIRA DA ; SILVA, DIECSON RUY ORSOLIN DA . Pig slurry as a nutrient source in wheat/corn succession. REVISTA CERES , v. 63, p. 412-418, 2016.

  • SOMAVILLA, L. ; BASSO, C. J. ; FABBRIS, C. ; ROS, C. O. ; SILVA, V. R. ; PINTO, M. A. B. ; BRUN, T. ; DEMARI, G. . Ciclagem do nitrogênio pela parte aérea do milho submetido a doses de dejeto líquido de suínos. Bioscience Journal , v. 31, p. 481-488, 2015.

  • PIAS, OSMAR HENRIQUE DE CASTRO ; BASSO, CLAUDIR JOSÉ ; SANTI, ANTÔNIO LUIS ; BIER, DIOGO RAFAEL ; PINTO, MARLO ADRIANO BISON . Mapeamento da produção de massa seca do Tifton 85 e sua correlação com os atributos químicos do solo. Semina. Ciências Agrárias (Online) , v. 36, p. 2093, 2015.

  • PINTO, MARLO ADRIANO BISON ; FABBRIS, CRISTIANO ; BASSO, CLAUDIR JOSÉ ; SANTI, ANTÔNIO LUIS ; GIROTTO, EDUARDO . Aplicação de dejeto líquido de suínos e manejo do solo na sucessão aveia/milho. Pesquisa Agropecuária Tropical (Online) , v. 44, p. 205-212, 2014.

  • PINTO, MARLO ADRIANO BISON ; BASSO, CLAUDIR JOSÉ ; KULCZYNSKI, STELA MARIS ; BELLÉ, CRISTIANO . Productivity and physiological quality of seeds with burn down herbicides at the pre harvest of bean crops. Journal of Seed Science , v. 36, p. 384-391, 2014.

  • BASSO, C.J. ; PIAS, O.H.C. ; SANTI, A.L. ; BIER, D.R. ; PINTO, M.A.B. . Variabilidade da produção do Tifton 85 e sua correlação com os atributos físicos do solo. Agrária (Recife. Online) , v. 9, p. 526-531, 2014.

  • BELLÉ, CRISTIANO ; KULCZYNSKI, STELA MARIS ; BASSO, CLAUDIR JOSÉ ; EDU KASPARY, TIAGO ; LAMEGO, FABIANE PINTO ; PINTO, MARLO ADRIANO BISON . Yield and quality of wheat seeds as a function of desiccation stages and herbicides. Journal of Seed Science , v. 36, p. 63-70, 2014.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    DESEMPENHO DA CULTURA DO TRIGO SOB INFLUÊNCIA DA PELICULIZAÇÃO, INOCULAÇÃO DE SEMENTES E pH DO SOLO, Descrição: Em busca de resultados satisfatórios a partir da inoculação das sementes, condições de sobrevivência e proteção adequadas devem ser oferecidas a bactéria selecionada. Objetiva-se com esse projeto avaliar as respostas da cultura do trigo frente à atividade da bactéria Azospirillum brasiliense inoculada em sementes submetidas ou não à peliculização com osmoprotetor e tratamento químico de sementes na semeadura. A pesquisa será conduzida na Universidade Federal de Santa Maria, durante dois anos agrícolas. No laboratório será adotado o arranjo em esquema fatorial (4x8), com quatro repetições, sendo o primeiro fator representado por níveis de pH (4,0; 5,0; 6,0 e 7,0) e o segundo, pelos tratamentos de sementes (controle, inoculação com A. brasilense, tratamento químico de sementes, peliculização com osmoprotetor, tratamento químico de sementes + inoculação com A. brasilense, inoculação com A. brasilense + peliculização com osmoprotetor, tratamento químico de sementes + peliculização com osmoprotetor e tratamento químico de sementes + peliculização com osmoprotetor + inoculação com A. brasilense). A campo os tratamentos serão aleatorizados segundo o esquema fatorial (2x8), com quatro repetições, sendo o primeiro fator representado pelos níveis de pH do solo (5,0 e 7,0) e, o segundo, pelos tratamentos de sementes na semeadura (controle, inoculação com A. brasilense, tratamento químico de sementes, peliculização com osmoprotetor, tratamento químico de sementes + inoculação com A. brasilense, inoculação com A. brasilense + peliculização com osmoprotetor, tratamento químico de sementes + peliculização com osmoprotetor e tratamento químico de sementes + peliculização com osmoprotetor + inoculação com A. brasilense). A campo, o experimento será desenvolvido sob um Argissolo Vermelho distrófico arênico, em área cultivada com a cultura da soja durante o período de verão. A aplicação dos tratamentos de sementes será realizada por ocasião da semeadura da cultura, sendo utilizada a densidade de 350 plantas m-. Para o tratamento químico de sementes serão utilizados: Imidacloprido + Tiodicarbe + Triazol, ambos na dose de 3 mL kg-1 de semente, como inoculante um produto contendo estirpes AbV5 e AbV6 da bactéria A. brasilense (2 x 108 Ufc/mL), na dose de 100 mL para 40 kg de semente e, como osmoprotetor, um complexo composto biopolímeros osmoprotetores e açúcares, administrado na dosagem de 100 mL para cada dose de inoculante. Os dados serão submetidos à análise de variância pelo teste F e as varáveis que apresentarem significância (P< 0,05) terão seus valores comparados pelo teste de Scott ? Knott (P< 0,05). Para a análise dos dados será utilizado o programa estatístico Genes (CRUZ, 2006).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marlo Adriano Bison Pinto - Coordenador / Thomas Newton Martin - Integrante.

  • 2014 - Atual

    FATORES TECNOLÓGICOS NA PRODUÇÃO DE CULTURAS COMERCIAIS DE INVERNO/VERÃO NA REGIÃO NOROESTE DO RIO GRANDE DO SUL, Descrição: A soja e uma das culturas de maior importância econômica a nível mundial. O nível tecnológico adotado e a variabilidade climática explicam a grande variação na produtividade de soja para os diferentes anos e locais no estado do Rio Grande do Sul. Para alguns autores, o regime térmico como a temperatura do ar e do solo, não é o fator limitante para as principais regiões produtoras de soja no estado do Rio Grande do Sul. Já a precipitação pluvial tem sido apontada como a principal variável meteorológica determinante nas oscilações das produtividades de soja entre os diferentes anos bem como para as diferentes regiões do estado. A irrigação poderia ser vista como a solução definitiva para o problema, porém, a demanda em investimento e a disponibilidade de água em anos críticos, têm limitado sua utilização nas principais regiões produtoras de soja no estado do Rio Grande do Sul. Por isso, a escolha da época de semeadura como mecanismo de escape dos veranicos, é apontada como fator importante para minimizar o problema do déficit hídrico, pois essa, pode ser ajustada para se evitar períodos de baixa precipitação durantes os estágios mais críticos da cultura, fazendo com que as etapas mais críticas no desenvolvimento coincidam com períodos de boa disponibilidade hídrica. A interação genótipo x ambiente pode ser simples, quando o resultado final com a cultura tem sua origem apenas da variabilidade genética dos genótipos, e complexa, quando ocorre a falta de correlação entre os parâmetros avaliados de um mesmo genótipo em ambientes distintos, o que pode mostrar a falta de adaptabilidade do genótipo às variações ambientais dificultando assim sua recomendação. Por isso, que cultivares de soja semeada em diferentes épocas, expressam suas potencialidades em relação às condições do ambiente, que mudam no espaço e no tempo. Como as cultivares podem responder diferencialmente ao ambiente, as indicações da melhor época para cada cultivar devem ser precedidas de ensaios regionalizados.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Marlo Adriano Bison Pinto - Integrante / Claudir José Basso - Coordenador.

  • 2014 - Atual

    DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS E CAMA DE AVES NA PRODUÇÃO DE ESPÉCIES FORRAGEIRAS E/OU BIOENERGÉTICAS NA PEQUENA PROPRIEDADE RURAL NA REGIÃO DO MÉDIO ALTO URUGUAI DO RS, Descrição: O crescimento da população mundial que vem ocorrendo e o incremento no consumo de proteína animal, tem levado a um aumento na demanda de carnes forçando o crescimento do setor agropecuário e consequentemente aumento na geração de resíduos decorrente da atividade criatória. Dentre essas atividades, a suinocultura e a avicultura se destacam na produção de resíduos, os quais se não bem manejados, podem representar uma importante fonte poluidora. Os dejetos produzidos na suinocultura, geralmente são utilizados como fertilizante em áreas agrícolas ou sob pastagem, sendo estas algumas das principais alternativas de descarte. Isso permite a ciclagem dos nutrientes dentro da própria unidade de produção o que é desejável. É bom lembrar que o uso indiscriminado desses resíduos orgânicos pode representar uma importante fonte poluidora para o ambiente (Basso et al., 2005). A produção de cana-de-açúcar no Rio Grande do Sul é realizada principalmente em pequenas propriedades rurais e destinada à produção de seus derivados como melado, açúcar mascavo, rapadura e cachaça, além de servir também de apoio na alimentação animal nos períodos de escassez de alimentos, principalmente nos meses de inverno. Porém, com a instalação de empresas do setor de bicombustíveis e a aptidão ao cultivo da cana-de-açúcar determinado pelo zoneamento agroclimático têm despertado o interesse de muitos produtores pela cultura, principalmente após o estabelecimento de parcerias entre COOPERATIVAS e pequenas propriedades rurais. Esse estímulo a produção de cana-de-açúcar está alicerçada na instalação de microusinas na região destinadas a produção de álcool. Por isso, a utilização de resíduos orgânicos provenientes da criação de suínos e aves na cultura da cana-de-açúcar representa mais uma alternativa de descarte desse resíduo e benefícios importantes sob o ponto de vista ambiental, social e econômico para o pequeno produtor rural e a agricultura familiar. Nessa região do Médio Alto Uruguai, a pequena pr.... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Marlo Adriano Bison Pinto - Integrante / Claudir José Basso - Coordenador.

  • 2012 - Atual

    DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS E CAMA DE AVES NA PRODUÇÃO DE ESPÉCIES FORRAGEIRAS E/OU BIOENERGÉTICAS NA PEQUENA PROPRIEDADE RURAL NA REGIÃO DO MÉDIO ALTO URUGUAI DO RS, Descrição: O crescimento da população mundial que vem ocorrendo e o incremento no consumo de proteína animal, tem levado a um aumento na demanda de carnes forçando o crescimento do setor agropecuário e consequentemente aumento na geração de resíduos decorrente da atividade criatória. Dentre essas atividades, a suinocultura e a avicultura se destacam na produção de resíduos, os quais se não bem manejados, podem representar uma importante fonte poluidora. Os dejetos produzidos na suinocultura, geralmente são utilizados como fertilizante em áreas agrícolas ou sob pastagem, sendo estas algumas das principais alternativas de descarte. Isso permite a ciclagem dos nutrientes dentro da própria unidade de produção o que é desejável. É bom lembrar que o uso indiscriminado desses resíduos orgânicos pode representar uma importante fonte poluidora para o ambiente (Basso et al., 2005). A produção de cana-de-açúcar no Rio Grande do Sul é realizada principalmente em pequenas propriedades rurais e destinada à produção de seus derivados como melado, açúcar mascavo, rapadura e cachaça, além de servir também de apoio na alimentação animal nos períodos de escassez de alimentos, principalmente nos meses de inverno. Porém, com a instalação de empresas do setor de bicombustíveis e a aptidão ao cultivo da cana-de-açúcar determinado pelo zoneamento agroclimático têm despertado o interesse de muitos produtores pela cultura, principalmente após o estabelecimento de parcerias entre COOPERATIVAS e pequenas propriedades rurais. Esse estímulo a produção de cana-de-açúcar está alicerçada na instalação de microusinas na região destinadas a produção de álcool. Por isso, a utilização de resíduos orgânicos provenientes da criação de suínos e aves na cultura da cana-de-açúcar representa mais uma alternativa de descarte desse resíduo e benefícios importantes sob o ponto de vista ambiental, social e econômico para o pequeno produtor rural e a agricultura familiar.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Marlo Adriano Bison Pinto - Integrante / Claudir José Basso - Coordenador.

  • 2012 - Atual

    MANEJO DE SOLO, DOSES DE CALCÁRIO E GESSO À CORREÇÃO DO PERFIL DE SOLO E A PRODUTIVIDADE DE SOJA E MILHO NA REGIÃO DO PLANALTO MÉDIO DO RIO GRANDE DO SUL, Descrição: O objetido do trabalho é avaliar esse importante resíduo orgânico gerado na pequena propriedade rural, como fonte de nutrientes as culturas associado a diferetnes manejos de solo e seu impacto sobre as propriedades químicas do solo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Marlo Adriano Bison Pinto - Integrante / Claudir José Basso - Coordenador.

  • 2010 - 2011

    ENRAIZAMENTO DE ESTACAS DE Aloysia triphylla E Lippia alba EM FUNÇÃO DE DIFERENTES ÉPOCAS DO ANO E DOSES DE REGULADORES DE CRESCIMENTO, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marlo Adriano Bison Pinto - Integrante / Denise Schmidt - Coordenador.

  • 2010 - 2011

    EFEITO DE DOSES DE DEJETO LÍQUIDO DE SUÍNOS ASSOCIADO A MANEJO DE SOLOS, SOBRE A PRODUTIVIDADE DE MILHO/SOJA E ACÚMULO DE ALGUNS COMPONENTES QUÍMICOS NO SOLO, Descrição: O objetido do trabalho é avaliar esse importante resíduo orgânico gerado na pequena propriedade rural, como fonte de nutrientes as culturas associado a diferetnes manejos de solo e seu impacto sobre as propriedades químicas do solo.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marlo Adriano Bison Pinto - Integrante / Claudir José Basso - Coordenador.

  • 2009 - 2012

    AVALIAÇÃO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS (SAF's) COMO ALTERNATIVA PARA A REGIÃO DO MÉDIO ALTO URUGUAI DO RIO GRANDE DO SUL, Descrição: Promover avaliações de diferentes sistemas agroflorestais que serão implantados com espécies nativas (Eucalyptus grandis, Mimosa scabrella, Schizolobium parahybae e Parapiptadenia rígida e Peltophororum dubium) e o eucalipto. Os experimentos serão conduzidos em blocos ao acaso no esquema bifatorial 2x5x3, sendo constituídos por dois sistemas de cultivo, cinco espécies florestais e três repetições, sendo os tratamentos o cultivo em faixas e o cultivo em linha em consórcio com a cana-de-açúcar e posteriormente a instalação de pastagens na região do Médio Alto Uruguai gaúcho. As regiões são caracterizadas por pequenos produtores rurais, atividade que responde por mais da metade da economia regional, onde a produção agrícola é baseada no cultivo de grãos e que vem apresentando baixa renda agrícola observada nos últimos anos. Logo, é urgente o desenvolvimento de sistemas de produção alternativos para a matriz agrária da região. Os últimos acontecimentos ocorridos nas regiões de estudo, com a vinda de grandes empresas no setor leiteiro, além do incentivo a produção de cana-de-açúcar como fonte primária para produção de álcool, ganham importância para a execução do projeto.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Marlo Adriano Bison Pinto - Integrante / BRAULIO OTOMAR CARON - Coordenador / Denise Schmidt - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Doutorando em Agronomia, Carga horária: 40

  • 2014 - 2016

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrado em Agronomia: Agricultura e Ambiente, Carga horária: 40

  • 2014 - 2015

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Magistério Superior - Substituto, Carga horária: 40

  • 2014 - 2014

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Docente PRONATEC, Carga horária: 8

  • 2012 - 2012

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

  • 2011 - 2011

    Universidade Federal de Santa Maria

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Cientìfica, Carga horária: 20

    Atividades

    • 03/2014

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, PPGAAA.,Linhas de pesquisa

    • 03/2014

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, PPGAAA.,Linhas de pesquisa

    • 01/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, .,Linhas de pesquisa

    • 06/2009 - 10/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, .,Linhas de pesquisa

    • 04/2010 - 12/2011

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, .,Linhas de pesquisa

    • 10/2010 - 03/2011

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Agronômicas e Ambientais, .,Linhas de pesquisa

  • 2007 - 2007

    Cooperativa Regional Triticola Serrana Ltda

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 44, Regime: Dedicação exclusiva.