Mariéle Carolina Ebertz

Técnica Agrícola com Habilitação em Agropecuária pelo Instituto Federal Catarinense (IFC). Atualmente acadêmica em Engenharia Agronômica na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Contato. marie_ebertz@hotmail.com

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Agronomia

2017 - Atual

Universidade Federal de Santa Catarina

Ensino Médio (2º grau)

2014 - 2016

Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense

Ensino Fundamental (1º grau)

2010 - 2013

Escola de Educação Básica Nadir Becker

Ensino Fundamental (1º grau)

2006 - 2009

Escola Municipal Padre Bruno

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 -

Estagiária. (Carga horária: 20h). , Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.

2016 - 2016

Monitoria Zootecnia III.. (Carga horária: 240h). , Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense, Brasil.

2015 - 2015

Monitoria de Mecanização Agrícola. (Carga horária: 120h). , Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense, Brasil.

2014 - 2015

Bolsista de Iniciação Científica. (Carga horária: 240h). , Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I SIMPOSIO DE AGRONOMIA. 2018. (Simpósio).

FETEC. Avaliação do feijoeiro sob três densidades de semadura. 2015. (Feira).

MICTI. Avaliação do feijoeiro sob três densidades de semeadura. 2015. (Feira).

III FEIRA NACIONAL DE MATEMÁTICA. Matemática na Ovinicultura. 2014. (Feira).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

André Kuhn Raupp

Assistência Técnica para Agricultores na Cooperativa Copercampos (Relatório de Estágio Curricular Obrigatório); 2016; Orientação de outra natureza; (Curso Técnico em Agropecuária) - Instituto Federal Catarinense - Campus Rio do Sul; Orientador: André Kuhn Raupp;

Douglas Adams Weiler

Decomposição e liberação de nutrientes da biomassa de ervilhaca e aveia-preta no sistema de plantio-direto com diferentes períodos de dessecação; Início: 2020; Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Catarina; (Orientador);

Gilmar Silvério da Rocha

Avaliação do feijoeiro sob três densidades de semeadura; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Técnico em Agropecuária) - Instituto Federal Catarinense, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Gilmar Silvério da Rocha;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2014 - 2015

    Densidades de semeadura no feijoeiro: 06, 12 ou 18 sementes por metro?, Descrição: O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho do feijoeiro sob diferentes densidades de semeadura. Para isso foi conduzido um experimento com três densidades: 6, 12 e 18 sementes por metro linear. As características avaliadas foram: altura de inserção da primeira vagem, número de vagens por planta, número de grãos por vagem, produção e massa de cem sementes. Concluiu-se que, para produção de grãos em feijoeiro, não há diferença entre utilizar 6, 12 ou 18 sementes por metro e o aumento do número de plantas por metro ocasionou redução do número de vagens por planta.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Mariéle Carolina Ebertz - Integrante / Gilmar Silvério da Rocha - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal de Santa Catarina. , Rodovia Ulysses Gaboardi, São José, 89520000 - Curitibanos, SC - Brasil, Telefone: (49) 21220305

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - 2015

Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2016 - 2016

Coperativa Regional Agropecuária de Campos Novos

Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 45, Regime: Dedicação exclusiva.