Colete multi-ameaça

  • Número do pedido da patente:
  • PI 0405356-7 A2
  • Data do depósito:
  • 01/12/2004
  • Data da publicação:
  • 30/08/2005
Inventores:
  • Classificação:
  • F41H 1/02
    Acessórios para prote??o pessoal; / Roupas blindadas ou ? prova de balas ou m?sseis; Tecidos compostos de prote??o;
    ;

"COLETE MULTI-AMEAÇA". Escreve-se um colete constituído por uma parte frontal (F) e uma parte dorsal (D), compostas, cada uma, por um painel (4), formado por uma multiplicidade de camadas laminares superpostas de tecido de aramida KEVLAR com gramatura em torno de 132 g/m^ 2^, tal painel (4) sendo superposto e fixado a um painel (1), formado por uma multiplicidade de camadas laminares superpostas de tecido de aramida KEVLAR com gramatura em torno de 258 g/m^ 2^; os painéis (1) e ( 4) da parte frontal (F) ficam no interior de uma capa de proteção (5) à prova de umidade, enquanto os painéis (1) e (4) da parte dorsal (D) ficam no interior de outra capa de proteção (5) também à prova de umidade; a parte frontal (F) fica fixada a uma capa externa (6), e a parte dorsal (D) fixa-se a uma capa externa (9), e o colete assim formado proporciona proteção ao usuário, tanto contra projeteis disparados de arma de fogo como contra objetos e instrumentos pontiagudos perfurantes.

Página de 2

Documento

V/

"COLETE MULTI-AMEAÇA".

CAMPO TÉCNICO

Trata a presente invenção de um colete protetor para o corpo, capaz de proteger contra projeteis disparados de arma 5 de fogo e também proteger contra objetos pontiagudos manuseados por um eventual atacante.

DESCRIÇÃO DO ESTADO DA TÉCNICA

São já conhecidos outros coletes defensivos à prova de balas (projeteis), porém estes não oferecem proteção contra 10 objetos e instrumentos dotados de pontas, (pontiagudos) operados manualmente, como por exemplo facas caseiras, pregos, pedaços de vidro, metal, madeira, e afins; também já se conhecem coletes protetores à prova de objetos e instrumentos pontiagudos, que entretanto não protegem contra projeteis disparados de armas de 15 fogo. Portanto, atualmente, o usuário que estiver utilizando qualquer um desses coletes, principalmente se for autoridade policial e estiver enfrentando situações de perigo é desejável a existência de um colete único que seja capaz de resistir à ambas ameaças, protegendo o usuário totalmente contra projeteis e instrumentos objetos 20 pontiagudos.

São conhecidos do estado da técnica diversos modelos de coletes a prova de balas, sendo que a grande maioria é confeccionada com placas de metal especial. Um modelo do estado da técnica encontrado no acervo do INPI sob n° MU7502290-7 25 compreende uma disposição introduzida em placa cerâmica para colete a prova de balas, especialmente de uma placa cerâmica para ser utilizada em uma bolsa na parte frontal do colete a prova de balas consistindo basicamente em segmentar-se com a finalidade de que, ao receber o impacto da munição, apenas uma pastilha se fragmente

• • • •



permitindo que as demais continuem intactas.

Outro colete pertencente ao estado da técnica apresenta-se sob n° PI0012210-6 e prevê uma proteção que compreende uma seção frontal no lado da frente de uma pessoa que 5 estiver usando o colete e uma seção dorsal no lado das costas, além tiras para conectar as duas seções; uma série de partes de cobertura de blindagem forram a seção frontal; pelo menos uma parte de cobertura de blindagem em forma de placa cobre, substancialmente a região do peito e pelo menos uma parte de cobertura de blindagem 10 inferior em forma de placa cobre a região abdominal, enquanto que as partes de cobertura de blindagem são arranjadas em uma relação de sobreposição parcial de uma em relação a outra.

Outro colete a prova de projéteis balísticos, de n° MU 8201594-5 é constituído por partes frontal e posterior com 15 revestimento externo de tecido sintético de malha fechada de grande resistência e internamente impermeabilizado e tecido interno sintético telado de grande resistência; tecidos preferencialmente com o fio cordura da Dupont ou outro com resistência similar ou superior estas ' com aberturas transversais fechadas por fecho carrapicho onde serão 20 colocadas as mantas retentoras de projeteis e atenuadoras de impactos e com as abas ambi-laterais também confeccionadas com tecido de fio cordura da Dupont ou outro com resistência similar ou superior e que conforma um espaço interno que permite a colocação de uma manta complementar para retenção de projeteis; utilização de 25 tecidos sintéticos impermeabilizados pretende evitar que o colete fique encharcado com a chuva e seu tecido interno não absorva e retenha o suor do usuário.

Como pode ser visto, existem soluções variadas para problemas distintos, porém nenhum dos casos acima citados e

3/7

outros também analisados se dispõe a propor um colete que seja leve, portanto passível de ser utilizado com freqüência pelo usuário e que ao mesmo tempo seja capaz de resistir a projeteis de arma de fogo e objetos pontiagudos operados manualmente.

5 OBJETIVO DO INVENTO

É, portanto, objetivo do invento, apresentar um colete protetor para o corpo, capaz de proteger contra a projéteis de arma de fogo e objetos e instrumentos pontiagudos operados manualmente, sendo que tal objetivo é alcançado por meio de um 10 colete leve e confortável reunindo painéis protetores adequados para proteção contra projeteis e objetos e instrumentos pontiagudos oferecendo proteção contra ambas ameaças.

O colete multi-ameaça, pleiteado na presente invenção, foi desenvolvido de maneira a atender simultaneamente 15 todos os níveis de proteção especificados nas seguintes normas de proteção, nas versões mais atualizadas ou aquelas que venham a subsisti-las. a norma NIJ-0115.00, que se refere a proteção contra ao ataque de objetos e instrumentos pontiagudos; as normas NIJ0101.03 e NIJ0101.04, que se referem a proteção contra o ataque com balas 20 disparadas por armas de fogo. Ambas normas, internacionalmente aceitas, foram emitidas pelo Instituto Nacional de Justiça dos Estados Unidos (National Institute of Justice, USA).

DESCRIÇÃO SIMPLIFICADA DAS FIGURAS

A invenção será, a seguir, resumidamente descrita 25 com base em um exemplo de execução representado nos desenhos. As figuras exibem:

Figuras 1 e 2 - vistas da parte frontal(F) e dorsal (D) do colete multi-ameaça da invenção, com porções em corte mostrando sua confecção;

• • • » • • • «• «••• ••

Figura 3 - uma vista em detalhe da união de painéis protetores, das partes frontal (F) e dorsal (D), que compõem o colete multi-ameaça;

Figura 4 - uma vista mostrando o conjunto geral completo do colete multi-ameaça, visto da parte posterior. DESCRIÇÃO DETALHADA DAS FIGURAS E DO INVENTO

Com referências aos desenhos ilustrados, a presente invenção se    refere a "COLETE MULTI-AMEAÇA",

especialmente desenvolvido para ser capaz de proteger contra projéteis disparados de arma de fogo e objetos e instrumentos pontiagudos operados manualmente.

A figura 1 exibe a parte frontal (F) do colete multi-ameaça, enquanto que a figura 2 ilustra a parte dorsal (D) do mesmo colete, havendo porções em corte permitindo observar que tais partes frontal (F) e dorsal (D) são compostas, cada uma, por um painel (4) formado de acordo com o nível de proteção desejado por uma multiplicidade de camadas laminares superpostas de tecido de aramida KEVLAR® com gramatura em torno de 132g/m2, tal painel sendo superposto e fixado a um painel (1), formado, de acordo com o nível de proteção desejado por uma multiplicidade de camadas laminares superpostas de tecido de aramida KEVLAR® com gramatura em torno de 258 g/m2. O painel (1), denominado painel balístico, é o painel capaz de proteger contra impactos de projeteis disparados de armas de fogo, enquanto o painel (4), chamado de painel correcional, protege contra a penetração de objetos dotados de pontas como facas caseiras, pregos, estiletes, pedaços pontiagudos de vidro, metal, madeira, e afins.

Os painéis (1) e (4), com mesmo formato geométrico, são colocados no interior de uma capa de proteção (5)

fabricada em plástico vinílico e selada por costura (10), eletrônica prensagem e fusão, em todo o seu contorno, o que garante que a umidade não vai penetrar no seu interior; alternativamente, a capa (5) é fabricada em nylon resinado e costurada por método tradicional em toda a extremidade do seu contorno com a costura (10) também à prova de penetração de umidade. As capas (5) têm a forma geométrica dos painéis (1) e (4), e têm dimensões físicas apenas ligeiramente maiores, para permitir as mencionadas costuras. Logo, seja em plástico vinílico ou nylon resinado, a dita capa protege as lâminas que constituem os painéis (1) e (4) contra a umidade, que com o tempo pode causar deterioração dos ditos painéis. As capas (5) das partes frontal e dorsal do colete recebem, cada uma, uma etiqueta informativa (2) de cor clara, com dizeres em tamanho legível, sobre o nível de proteção oferecido pelo colete e sua forma de utilização, de acordo com os dados recomendados pelas normas NIJ-0101.03, NIJ-0104.04 e NIJ-0115.00, ou as suas versões mais atualizadas ou que venham a substituí-las.

Na figura (3) observa-se em detalhe a união dos painéis protetores (1) e (4) que vão tanto na parte frontal (F) como na dorsal (D) do colete do presente invento, percebendo-se regiões de fixação (3) localizadas de modo esparsos nas áreas periféricas dos painéis (1) e (4). Tais regiões de fixação (3) são costuras, mas nada impede que outra forma de fixação seja empregada, como colagem, por exemplo.

A figura (4) ilustra o conjunto geral completo do colete multi-ameaça, visto da parte posterior, notando-se a existência de uma capa externa (6) para a parte frontal (F) do colete (não mostrada na figura), e de uma capa externa (9) para a parte dorsal (D) (também não mostrada). Assim, na capa (6) fica a capa

de proteção (5) por sua vez contendo os painéis (1) e (4), referentes à parte frontal (F) do colete, e na capa (9) fica a capa de proteção (5) que contém os painéis (1) e (4) da parte dorsal (D) do colete. As capas (6) e (9) têm porções de velcro macho (7) ou fêmea (8) 5 fixadas à sua parte interna, que por sua vez se prendem a porções de velcro fêmea (8) ou macho (7) respectivamente fixadas à parte externa das capas (5). Alternativamente, outro método de fixação das capas (5) às capas (6) e (9) pode ser utilizado, como, por exemplo, ilhoses de encaixe, costura simples, etc. ío    A capa externa (6) possui tiras ajustáveis (11) com

porções de velcro macho (7), a fixarem-se em porções de velcro fêmea (8) existentes na capa externa (9), permitindo um perfeito ajuste e fixação do colete à compleição física do usuário, bem como facilitando o ato de vestir e fechar o colete com rapidez e conforto. As 15 regiões das laterais das capas (6) e (9) superpõe-se ligeiramente, na lateral do corpo do usuário, na região abaixo dos braços, de modo que os painéis (1) e (4) das partes frontal (F)/dorsal (D) do colete também ficam ligeiramente superpostas; deste modo, o colete oferece proteção, além do abdômen e costas, também para a lateral 20 do corpo do usuário, na dita região abaixo dos braços. Alternativamente as capas externas (6) e (9) são permanentemente unidas entre si, formando uma peça única, porém também ajustando-se ao corpo do usuário, protegendo-o igualmente da forma descrita (abdômen/costas/lateral do corpo).

25    As    capas externas (6) e (9) são fabricadas em

tecido composto por uma mistura de cerca de 65% de poliéster e cerca de 35% de algodão, podendo ser confeccionadas em cores e tecidos que melhor convierem ao usuário, permitindo assim uma adaptação às cores do uniforme adotado pelo mesmo. As tiras

ajustáveis (11) são constituídas do próprio tecido das capas (6) e (9) e/ou nylon.

O colete multi-ameaça da invenção pode ser usado de maneira dissimulada, montado em capas externas (6) e (9) com 5 formato e dimensões adequadas para uso do colete escondido sob a roupa do usuário; ou pode ser utilizado de modo ostensivo, montado em capas externas (6) e (9) com formato e dimensões próprias para o uso do colete visível sobre a roupa do usuário.

Devido à constituição do colete aqui descrito, ele é 10 confortável e mais leve que os antigos existentes no estado da técnica, e devido ao fato dele, além de proteger contra projeteis de arma de fogo e instrumentos pontiagudos perfurantes, também proteger o usuário em acidentes de automóveis ou motocicletas, comuns por exemplo no emprego policial. Portanto, o presente colete 15 é especialmente útil para o policiamento de rua, em contenção de rebeliões em presídios e tumultos nas vias públicas.

Tendo sido descrito um exemplo de concretização preferida, deve ser entendido que o escopo do presente invento abrange outras possíveis variações, sendo limitada tão 20 somente pelo teor das reivindicações apensas, aí incluídos os possíveis equivalentes.

REIVINDICAÇÕES

Ia) "COLETE MULTI-AMEAÇA", caracterizado por compreender uma parte frontal (F) e uma parte dorsal (D), compostas, cada uma, por um painel (4), formado por uma multiplicidade de camadas laminares 5 superpostas de tecido de aramida KEVLAR® com gramatura em torno de 132 g/m2, tal painel (4) sendo superposto e fixado a um painel (1), formado por uma multiplicidade de camadas laminares superpostas de tecido de aramida KEVLAR® com gramatura em torno de 258 g/m2; os painéis (1) e (4) da parte frontal (F) ficam no io interior de uma capa de proteção (5) à prova de umidade, enquanto os painéis (1) e (4) da parte (D) ficam no interior de outra capa de proteção (5) também à prova de umidade; a parte frontal (F) fica fixada a uma capa externa (6), e a parte dorsal (D) fixa-se a uma capa externa (9), e o colete assim formado proporciona proteção ao 15 usuário, tanto contra projeteis disparados de arma de fogo como contra objetos e instrumentos pontiagudos perfurantes.

2a) "COLETE", de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de que o painel (1), denominado painel balístico, é o painel capaz de proteger contra impactos de projeteis disparados de armas 20 de fogo, enquanto o painel (4), chamado de painel correcional, protege contra a penetração de objetos dotados de instrumentos pontiagudos perfurantes.

3a) "COLETE", de acordo com as reivindicações 1 ou 2, caracterizado pelo fato de também proteger o usuário em acidentes de automóveis 25 ou motocicletas, sendo especialmente útil para o policiamento de rua, em contenção de rebeliões em presídios e tumultos nas vias públicas. 4a) "COLETE", de acordo com as reivindicações 1,    2 ou 3,

caracterizado pelo fato de que as regiões das laterais das capas (6) e (9) superpõe-se ligeiramente, na lateral do corpo do usuário, na

2/4

• • « • • •••• • • •• • ••

• •••••• • • • • • •

• • •• •• •• • • •• •


região abaixo dos braços, de modo que os painéis (1) e (4) das partes frontal(F)/dorsal(D) do colete também ficam ligeiramente superpostas, e deste modo o colete oferece proteção, além do abdômen e costas, também para a lateral do corpo do usuário, na dita região abaixo dos braços.

5a) "COLETE", de acordo com as reivindicações 1, 2, 3 ou 4, caracterizado pelo fato de que a união dos painéis protetores (1) e (4) é feita por regiões de fixação (3) localizadas de modo esparsos esparsamente nas áreas periféricas dos painéis (1) e (4), tais regiões de fixação (3) sendo costuras ou, alternativamente, outra forma de fixação como, por exemplo, colagem.

6a) "COLETE", de acordo com as reivindicações 1, 2, 3, 4 ou 5, caracterizado pelo fato de que as capas (6) e (9) têm porções de velcro macho (7) ou fêmea (8) fixadas à sua parte interna, que por sua vez se prendem a porções de velcro fêmea (8) ou macho (7) respectivamente fixadas à    parte externa das    capas    (5);

alternativamente, outro método    de fixação das capas    (5) às    capas

(6)e(9) pode ser utilizado, como por exemplo ilhoses de encaixe ou costura simples.

7a) "COLETE", de acordo com as reivindicações 1, 2, 3, 4, 5 ou 6, caracterizado pelo fato de ser usado de maneira dissimulada, montado em capas externas (6) e (9) com formato e dimensões adequadas para uso do colete escondido sob a roupa do usuário; ou alternativamente, ser utilizado de modo ostensivo, montado em capas externas (6) e (9) com formato e dimensões próprias para o uso do colete visível sobre a roupa do usuário.

8a) "COLETE", de acordo com    as reivindicações 1, 2, 3,    4, 5, 6    ou 7,