Matheus Acevedo Montano

Bacharel em Biotecnologia pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Tem experiência com produção de goma xantana, controle de bioprocessos e na parte de imunologia com o desenvolvimento de vacinas recombinantes e testes diagnósticos.

Informações coletadas do Lattes em 31/01/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Biotecnologia

2015 - 2018

Universidade Federal de Pelotas
Título: Construção e avaliação de dispositivo para monitoramento e controle automático de ph e oxigênio dissolvido em agitadores orbitais
Orientador: Dra. Patrícia Diaz de Oliveira

Ensino Médio (2º grau)

2012 - 2014

DEHON

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2016 - 2016

Extensão universitária em Redação de Patentes. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2016 - 2016

Extensão universitária em Espectroscopia no infravermelho para bioprospecção de microrganismos. (Carga horária: 8h). , Universidade do Vale do Taquari - UNIVATES, UNIVATES, Brasil.

2016 - 2016

Extensão universitária em Vacinologia Estrutural e Reversa. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2015 - 2015

Extensão universitária em Modelagem molecular de sistemas biológicos. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2007 - 2012

Inglês. , Wizard Brasil, WIZARD, Brasil.

2011 - 2011

Informática Avançada. (Carga horária: 30h). , Yesbras, YES, Brasil.

2009 - 2010

Office Profissional. (Carga horária: 70h). , Yesbras, YES, Brasil.

2008 - 2009

Editoração Gráfica. (Carga horária: 50h). , Yesbras, YES, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Italiano

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Alemão

Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Microbiologia Industrial.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Microbiologia / Subárea: Imunologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

1° BiotecSul. A bacterina induz proteção de longa duração contra leptospirose?. 2016. (Congresso).

Avanços e novas perspectivas no controle dos carrapatos dos bovinos. 2016. (Outra).

IV Simpósio de Biotecnologia: Mercado e inovação. 2016. (Simpósio).

XVI Congreso Latinoamericano de Genética. Desarrollo de vacuna universal contra leptospirosis con proteína conservada en el genoma de especies patógenas. 2016. (Congresso).

XXV Congresso de Iniciação Científica. Vacina inativada associada à proteína externa de membrana contra leptospirose. 2016. (Congresso).

III SIMPÓSIO DE BIOTECNOLOGIA Da pesquisa à aplicação. 2015. (Simpósio).

I Jornada Multidisciplinar de Saúde Mental. 2015. (Seminário).

I workshop em Bioquímica e Bioprospecção. 2015. (Oficina).

XXIV Congresso de Iniciação Científica da UFPel. Resposta imunoprotetora e esterilizante da bacterina contra leptospirose. 2015. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Adriel Penha Munhoz

OLIVEIRA, P. D.; MOREIRA JUNIOR, C.;MUNHOZ, A. P.; ALVE, M. I.. Construção e avaliação de equipamento para monitoramento e controle automático de pH e oxigênio dissolvido em agitadores orbitais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas.

Patrícia Diaz de Oliveira

DIAZ, PATRÍCIA DE OLIVEIRA; MOREIRA JUNIOR, C.; ALVES, M. I.; MUNHOZ, A. P.. Construção e avaliação de equipamento para monitoramento e controle automático de pH e oxigênio dissolvido em agitadores orbitais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas.

Mariane Igansi Alves

ALVES, MARIANE IGANSI; MOREIRA JUNIOR, C.; MUNHOZ, A. P.; OLIVEIRA, P. D.. Construção e avaliação de equipamento para monitoramento e controle automático de pH e oxigênio dissolvido em agitadores orbitais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Adriel Penha Munhoz

Construção e avaliação de equipamento para monitoramento e controle automático de pH e oxigênio dissolvido em agitadores orbitais; 2018; Orientação de outra natureza; (Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Adriel Penha Munhoz;

Patrícia Diaz de Oliveira

CONTROLE E MONITORAMENTO DE OXIGÊNIO DISSOLVIDO E PH PARA FERMENTAÇÕES MICROBIANAS; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Patrícia Silva Diaz;

Patrícia Diaz de Oliveira

Seleção de cepas Xanthomonas arboricola pv pruni produtoras de xantana; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas; Orientador: Patrícia Silva Diaz;

Alan John Alexander McBride

Desenvolvimento de vacinas de subunidade contra Leptospirose; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Alan John Alexander McBride;

Alan John Alexander McBride

Desenvolvimento de vacinas de subunidade contra Leptospirose; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Alan John Alexander McBride;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • SILVEIRA, M. M. ; MONTANO, M. A. ; CONRAD, N. L. ; SOUZA, J. D. ; GRASSMANN, A. A. ; MCBRIDE, A. J. A. . Vacina inativada associada à proteína de membrana externa contra leptospirose. Brazilian Journal of Animal and Environmental Research , v. 1, p. 459-473, 2018.

  • MONTANO, M. A. ; MUNHOZ, A. P. ; BECKER, J. G. M. ; OLIVEIRA, P. D. . Construção e calibração de equipamento para monitoramento de cultivos microbianos em agitadores. In: II Congresso de Inovação Tecnológica, 2018, Pelotas. Ciências Biológicas, 2018.

  • TIMM, G. N. R. ; SOUZA, J. D. ; ALBA, V. S. ; MONTANO, M. A. ; GRASSMANN, A. A. ; MCBRIDE, A. J. A. . Desenvolvimento de uma metodologia para determinação da localização celular de proteínas de leptospiras. In: XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016, Pelotas. Anais 2016, 2016.

  • MONTANO, M. A. ; SILVEIRA, M. M. ; SOUZA, J. D. ; CONRAD, N. L. ; MCBRIDE, A. J. A. . Vacina inativada associada à proteína externa de membrana contra leptospirose. In: XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016, Pelotas. Anais 2016, 2016.

  • RAMOS, J. C. ; GONCALVES, C. A. S. ; MONTANO, M. A. ; FELIX, S. R. ; MCBRIDE, A. J. A. . Desenvolvimento de um teste diagnóstico para Leptospirose canina utilizando proteínas recombinantes. In: XXV Congresso de Iniciação Científica, 2016, Pelotas. Anais 2016, 2016.

  • MONTANO, M. A. ; SILVEIRA, M. M. ; SOUZA, J. D. ; CONRAD, N. L. ; TIM, G. ; MCBRIDE, A. J. A. . Resposta imunoprotetora e esterilizante da bacterina contra leptospirose. In: XXIV Congresso de iniciação científica da Universidade Federal de Pelotas, 2015, Pelotas. Anais 2015, 2015.

  • RAMOS, J. C. ; GONCALVES, C. A. S. ; MONTANO, M. A. ; MCBRIDE, A. J. A. . Desenvolvimento de um teste diagnóstico para leptospirose utilizando proteinas recombinantes. In: BiotecSul, 2016, Lajeado. ANAIS DO I CONGRESSO DE BIOTECNOLOGIA DA REGIÃO SUL: CENÁRIO ATUAL E PERSPECTIVAS FUTURAS, 2016.

  • MONTANO, M. A. ; SILVEIRA, M. M. ; CONRAD, N. L. ; SOUZA, J. D. ; MCBRIDE, A. J. A. . A Bacterina induz proteção de longa duração contra leptospirose?. In: BiotecSul, 2016, Lajeado. ANAIS DO I CONGRESSO DE BIOTECNOLOGIA DA REGIÃO SUL: CENÁRIO ATUAL E PERSPECTIVAS FUTURAS, 2016.

  • MONTANO, M. A. ; SILVEIRA, M. M. ; MCBRIDE, A. J. A. ; SOUZA, J. D. ; CONRAD, N. L. . Desarrollo de vacuna universal contra leptospirosis con proteína conservada en el genoma de las especies patogénicas. In: XVI Congreso Latinoamericano de Genética, 2016, Montevideo. Actas del Congreso ALAG 2016. Buenos Aires: Jounal of Basics & Applied Genetics, 2016. v. XXVII. p. 278-278.

  • MENEGON, Y. A. ; SANTOS, F. D. S. ; MONTANO, M. A. ; CSORDAS, B. G. ; GONCALVES, V. S. ; LEITE, F. P. L. . Efeito in vitro de Bacillus coagulans no controle do crescimento de Salmonella typhimurium. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2017

    Aprimoramento de uma vacina universal contra Leptospirose, Descrição: A Leptospirose é uma zoonose responsável por grandes epidemias em centros urbanos de países em desenvolvimento. Somente no Brasil, ~10,000 casos de leptospirose grave são registrados anualmente durante as epidemias urbanas com uma taxa de mortalidade entre 15 e 70%, dependendo da evolução clínica da doença. A ausência de medidas de controle e a falta de um teste diagnóstico laboratorial com alta sensibilidade e especificidade têm sido grandes barreiras na geração de uma resposta efetiva para saúde pública. Esta proposta é uma continuidade dos projetos CNPq Universal 2011 e 2012, nos quais identificamos uma região da proteína LigB, um determinante de virulência específico para Leptospira spp. patogênicas, que protege hamsters contra um desafio letal (80-100%, P 0.01) induzindo imunidade esterilizante nos sobreviventes. Desta forma, considerando que agora temos uma candidata a vacina, os principais objetivos desta proposta são: 1) Desenvolver uma vacina universal com proteção cruzada; 2) Avaliar a duração de eficácia induzida pela LigB/Alhydrogel; 3) Desenvolver uma vacina oral; e 4) Identificar correlatos de imunidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Matheus Acevedo Montano - Integrante / Jéssica Dias Souza - Integrante / Alan John Alexander McBride - Coordenador / ODIR ANTONIO DELLAGOSTIN - Integrante / Caroline Amurim da Silva Gonçalves - Integrante / GABRIANA NATHÁLIA ROSA TIMM - Integrante / Vítor da Silveira Alba - Integrante / ANDRÉ ALEX GRASSMANN - Integrante / Liana Nunes Barbosa - Integrante / ÉVERTON BURLAMARQUE BETTIN - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Vacinologia Reversa: localização de proteínas de superfície de Leptospira interrogans, Descrição: A vacinologia reversa é um método que tem início em análises computacionais com o objetivo de identificar possíveis candidatos a vacinas no proteoma de organismos patogênicos. A vacinologia reversa tem sido aplicada principalmente a agentes patogênicos bacterianos para identificar proteínas que podem ser utilizadas em vacinas de subunidades, que consistem de uma ou mais proteínas antigênicas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Matheus Acevedo Montano - Integrante / Jéssica Dias Souza - Integrante / Alan John Alexander McBride - Coordenador / ODIR ANTONIO DELLAGOSTIN - Integrante / GABRIANA NATHÁLIA ROSA TIMM - Integrante / ANDRÉ ALEX GRASSMANN - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Microbiologia básica de Leptospira spp.: ferramenta para otimização dos estudos em Leptospirose, Descrição: A leptospirose é uma importante zoonose com alta incidência mundial atualmente, causada por bactérias espiroquetas do gênero Leptospira. Para a avaliação de novos candidatos para vacinas no modelo animal, o crescimento in vitro e a manutenção das cepas é muito importante. Infelizmente, ainda são processos muito lentos e dificultosos, tornando-se evidente a necessidade da otimização das técnicas de cultivo em laboratório. Os objetivos deste projeto são determinar o perfil de crescimento in vitro de Leptospira spp. utilizando os meios de cultura EMJH comercial e EMJH caseiro. Testando ainda diferentes temperaturas, recipientes e adição de outros reagentes aos meios como condições diversas, bem como testar as virulências das cepas patogênicas através de desafio em modelo animal. Quatro espécies patogênicas L. interrogans, L. borgpetersenii, L. kirschneri e L. noguchii e a espécie saprófita L. biflexa serão cultivadas para elucidação da curva de crescimento bacteriano. Os desafios para determinar a dose de virulência para 50% (DV50) e a dose infecciosa para 50% (DI50) dos animais serão realizados em hamsters Golden Syrian e ratos Wistar, respectivamente.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Matheus Acevedo Montano - Integrante / Marcelle Moura Silveira - Integrante / Jéssica Dias Souza - Integrante / Neida Lucia Conrad - Integrante / Alan John Alexander McBride - Coordenador / ODIR ANTONIO DELLAGOSTIN - Integrante / GABRIANA NATHÁLIA ROSA TIMM - Integrante / Liana Nunes Barbosa - Integrante.

  • 2014 - 2017

    Desenvolvimento de vacinas de subunidade contra leptospirose, Descrição: Nossa proposta envolve a identificação de candidatas a vacinas de subunidade que possam ser conduzidas em avaliações pré-clínicas e clínicas. O Brasil assumiu um compromisso com o desenvolvimento destas intervenções e a UFPel e seus colaboradores submeteram uma patente para o uso das proteínas Lig. Os objetivos específicos do projeto proposto são: Determinar se as proteínas rLig servirão como candidatas a vacinas de subunidade que possam ser conduzidas em avaliações pré-clínicas e clínicas e estabelecer os ensaios necessários para avaliar a potência da vacina e sua imunogenicidade em tais avaliações.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Matheus Acevedo Montano - Integrante / Marcelle Moura Silveira - Integrante / Neida Lucia Conrad - Integrante / Alan John Alexander McBride - Coordenador / JESSICA DA CUNHA RAMOS - Integrante / ODIR ANTONIO DELLAGOSTIN - Integrante / FLAVIA WEYKAMP DA CRUZ MCBRIDE - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal de Pelotas - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Secretário do Polo Pelotas da Liga Nacional dos Acadêmicos em Biotecnologia (LiNAbiotec), Liga Nacional dos Acadêmicos em Biotecnologia (LiNAbiotec).

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2015 - Atual

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário

  • 2016 - 2016

    Universidade Federal de Pelotas

    Vínculo: Monitoria Voluntária, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Monitoria realizada nas disciplinas de Química Biotecnológica e Biotecnologia Microbiana I