Gabriela Fernandes Xavier

Graduada em Engenharia Agronômica pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerias - Campus Muzambinho

Informações coletadas do Lattes em 19/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Engenharia Agronômica

2014 - 2017

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais
Título: DESEMPENHO DE CULTIVARES DE ALGODÃO EM MUZAMBINHO/MG
Orientador: Ariana Vieira Silva

Ensino Médio (2º grau)

2010 - 2013

Colégio Santa Inês

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2017 - 2017

Treinamento em colheita, pós colheita e classificação de café. (Carga horária: 16h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais, IFSULDEMINAS, Brasil.

2016 - 2016

Treinamento Milho - Plantio Direto. (Carga horária: 16h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - AR, SENAR-AR/SP, Brasil.

2015 - 2015

fossa séptica. (Carga horária: 4h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais, IFSULDEMINAS, Brasil.

2015 - 2015

Inseminação Artificial em Bovinos. (Carga horária: 32h). , Alta Genetics do Brasil, Alta Brasil, Brasil.

2015 - 2015

Agricultura urbana. (Carga horária: 4h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais, IFSULDEMINAS, Brasil.

2014 - 2014

Laboratório de Bromatologia e Água. (Carga horária: 128h). , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais, IFSULDEMINAS, Brasil.

2014 - 2014

Manejo Reprodutivo de Bovinocultura Leiteira. , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais, IFSULDEMINAS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

XAVIER, G. F. ; SILVA, A. V. ; Maia, J.P.T. ; OLIVEIRA, E. . ENCONTEC - Encontro Tecnológico. 2017. (Outro).

XAVIER, G. F. ; OLIVEIRA, E. . Dia de Campo "Café com Vigor". 2017. (Outro).

XAVIER, G. F. ; OLIVEIRA, E. ; Maia, J.P.T. . 4ª Semana Acadêmica da Agronomia. 2016. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

1º Seminário de Crédito Fundiário e Agricultura Familiar. 2016. (Seminário).

Encontro Tecnológico - ENCONTEC. 2016. (Feira).

Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas - FEMAGRI. 2016. (Feira).

Sistema de Irrigação Ancestrais na Bolívia. 2016. (Outra).

V Encontro Cana Substantivo Feminino. 2016. (Encontro).

1º Seminário SOS Rio Muzambo. 2015. (Seminário).

AGRISHOW. 2015. (Feira).

Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas - FEMAGRI. 2015. (Feira).

I Fórum de desenvolvimento da cafeicultura. 2015. (Outra).

3ª Semana Acadêmica de Agronomia. 2014. (Outra).

AGRISHOW. 2014. (Feira).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Otávio Duarte Giunti

SILVA, A. V.; ALVES, A. D.;GIUNTI, O. D.. DESEMPENHO DE CULTIVARES DE ALGODÃO EM MUZAMBINHO / MG. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais.

Ariana Vieira Silva

SILVA, A. V.; ALVES, A. D.; GIUNTI, O. D.. Desempenho de cultivares de algodão em Muzambinho/MG. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agronômica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Bianca Sarzi de Souza

AVALIAÇÃO DE CULTIVARES DE MARACUJAZEIRO; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Agronomia) - IFSULDEMINAS, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Orientador: Bianca Sarzi de Souza;

Ariana Vieira Silva

Desempenho de cultivares de algodão em Muzambinho/MG; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Engenharia Agronômica) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais; Orientador: Ariana Vieira Silva;

Milena Moura de Araujo Biazuzo

Disciplina de Genética; 2016; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais; Orientador: Milena Moura de Araujo Biazuzo;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • XAVIER, G. F. ; SILVA, A. V. ; GIUNTI, O. D. ; LEITE, G. T. . PRODUTIVIDADE DE CULTIVARES DE ALGODÃO EM MUZAMBINHO/MG. In: 9ª Jornada Científica e Tecnológica e 6º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS, 2017, Machado. 9ª Jornada Científica e Tecnológica e 6º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS, 2017.

  • XAVIER, G. F. ; SANCHES, M. M. ; CANDIDO, T. A. T. ; SOUZA, B. S. . Determinação da composição centesimal de farinhas de casca de maracujá. In: 8ª Jornada Científica e Tecnológica e 5º Simpósio da Pós-Graduação do IFSULDEMINAS, 2016, PASSOS. 8ª Jornada Científica e Tecnológica e 5º Simpósio da Pós-Graduação do IFSULDEMINAS, 2016.

  • XAVIER, G. F. ; SANTOS, C. S. ; APARECIDO, L. E. O. ; SOUZA, P. S. ; SOUZA, B. S. . ESTUDO DAS CARACTERÍSTICAS AGROINDUSTRIAIS DE SEIS CULTIVARES DE MARACUJÁ CULTIVADAS EM MUZAMBINHO-M. In: 8ª Jornada Científica e Tecnológica e 5º Simpósio da Pós-Graduação do IFSULDEMINAS, 2016, PASSOS. 8ª Jornada Científica e Tecnológica e 5º Simpósio da Pós-Graduação do IFSULDEMINAS,, 2016.

  • VIEIRA, F. A. ; XAVIER, G. F. ; SANTOS, C. S. ; SOUZA, B. S. . ACEITABILIDADE SENSORIAL DO BOLO DE BAUNILHA INCORPORADO COM FARINHA DA CASCA DE MARACUJÁ. In: 7ª Jornada Científica e Tecnológica do IFSULDEMINAS e 4º Simpósio de Pós-Graduação, 2015, 2015, POÇOS DE CALDAS. 7ª Jornada Científica e Tecnológica do IFSULDEMINAS e 4º Simpósio de Pós-Graduação, 2015, 2015.

  • MORAES, I. F. ; XAVIER, G. F. ; SOUZA, B. S. ; CARDOSO, P. F. ; CANDIDO, T. A. T. . UTILIZAÇÃO DA FARINHA DA CASCA DO MARACUJÁ NA PRODUÇÃO DE BOLO DE BAUNILHA. In: 7ª Jornada Científica e Tecnológica do IFSULDEMINAS e 4º Simpósio de Pós-Graduação, 2015, 2015. 7ª Jornada Científica e Tecnológica do IFSULDEMINAS e 4º Simpósio de Pós-Graduação, 2015.

  • XAVIER, G. F. ; SOUZA, B. S. ; CANDIDO, T. A. T. . DETERMINAÇÃO DA COMPOSIÇÃO CENTESIMAL DA CASCA DO MARACUJÁ 'IN NATURA' E DA FARINHA DA CASCA DE MARACUJÁ. In: 7ª JORNADA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA E 4º SIMPÓSIO DA PÓS-GRADUAÇÃO DO IFSULDEMINAS, 2015, POÇOS DE CALDAS. 7ª JORNADA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA E 4º SIMPÓSIO DA PÓS-GRADUAÇÃO DO IFSULDEMINAS, 2015.

  • XAVIER, G. F. ; SILVA, A. V. ; GIUNTI, O. D. ; LEITE, G. T. . CARACTERÍSTICAS FISIOLÓGICAS DE CRESCIMENTO DE CULTIVARES DE ALGODÃO EM MUZAMBINHO, SUL DE MINAS GERAIS. In: 11º Congresso Brasileiro do Algodão, 2017, Maceió. Anais do 11º Congresso Brasileiro do Algodão, 2017. p. 140-140.

  • SILVA, A. V. ; XAVIER, G. F. ; GIUNTI, O. D. ; SILVA, H. C. C. . CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DE CULTIVARES DE ALGODÃO NO SUL DE MINAS GERAIS. In: 11º Congresso Brasileiro do Algodão, 2017, Maceió. Anais do 11º Congresso Brasileiro do Algodão, 2017. p. 141-141.

  • SILVA, A. V. ; XAVIER, G. F. ; GIUNTI, O. D. ; OLIVEIRA, T. C. . ÍNDICE DE CLOROFILA FALKER TOTAL E TEOR DE NITROGÊNIO FOLIAR PARA DIFERENTES CULTIVARES DE ALGODÃO. In: 11º Congresso Brasileiro do Algodão, 2017, Maceió. Anais do 11º Congresso Brasileiro do Algodão, 2017. p. 51-51.

  • XAVIER, G. F. ; SANTOS, C. S. ; APARECIDO, L. E. O. ; SOUZA, P. S. ; SOUZA, B. S. . Estudo das características agroindustriais de seis cultivares de Maracujá cultivadas em Muzambinho-MG. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • XAVIER, G. F. ; SOUZA, B. S. ; TRANCHES, T. A. . Determinação da composição centesimal da casca do maracujá 'in natura' e da farinha da casca de maracujá. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2017 - 2018

    Resposta agronômica da aveia branca sob inoculação com Azospirillum brasilense e diferentes doses de adubação nitrogenada em cobertura, Descrição: A busca por técnicas cada vez mais sustentáveis e econômicas para cultivo de aveia são extremamente necessárias. A associação de bactérias diazotróficas inoculadas nas sementes têm demonstrado resultados significativos com gramíneas, entretanto a escolha de uma estirpe especializada tem sido um gargalo para sua utilização. Objetiva-se com o presente trabalho, a avaliação das características agronômicas da aveia branca sob presença e ausência de inoculação de Azospirillum brasilense sob diferentes doses de nitrogênio em cobertura. O delineamento experimental utilizado será em blocos casualizados em esquema fatorial 2x3, com 4 repetições, totalizando 24 parcelas. As parcelas experimentais terão 2,0 m de comprimento e 1,6 m de largura, contendo oito linhas espaçadas a 0,2 m umas das outras, considerando que a área total de cada parcela experimental será de 3,2 m2 e a área útil para a coleta dos dados será de 1,6 m2, ou seja, as quatro linhas centrais. Serão avaliadas altura do colmo principal, comprimento da panícula, o diâmetro do colmo principal, a matéria seca das plantas, índice de área foliar e teor de N foliar por ocasião do florescimento, na maturação fisiológica serão colhidas as panículas da área útil para contagem do número total de espiguetas por panícula, massa de 100 grãos e produtividade transformada em kg ha-1. Será coletado no posto meteorológico padrão, localizado no campus Muzambinho, os valores médios de precipitação (mm) e temperatura (ºC) ocorridas no período de abril a setembro de 2017, durante o período de cultivo da aveia. Após a coleta de todos os dados, os mesmos serão tabulados em planilha e, em seguida submetidos à análise de variância e as médias comparadas entre si por Scott-Knott, a 5% de probabilidade, utilizando o programa estatístico SISVAR. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Coordenador / Ariana Vieira Silva - Integrante / Otávio Duarte Giunti - Integrante / Juliane Almeida de Oliveira - Integrante.

  • 2017 - 2018

    Aspectos fisiológicos e produtividade de híbridos de milho em função do N proveniente de diferentes fontes, Descrição: O fornecimento adequado de nitrogênio (N) é essencial para a obtenção de altas produtividades na cultura do milho, tornando a adubação nitrogenada prática indispensável, muito embora esta apresente elevado custo econômico. No entanto, existem alternativas como a aplicação de compostos orgânicos e o uso de bactérias, como Azospirillum spp., que podem reduzir os custos da adubação nitrogenada. Além disso, diversos híbridos de milho são lançados no mercado anualmente, justificando a necessidade de avaliá-los nas diversas condições ambientais. Assim, o objetivo é o de avaliar os aspectos fisiológicos e produtividade de silagem de híbridos de milho em função do N proveniente de diferentes fontes. O delineamento experimental será em blocos casualizados, em esquema fatorial 2x4, sendo dois híbridos de milho (híbrido simples e híbrido triplo) e quatro fontes de N (mineral, composto da avicultura, composto da suinocultura e inoculação das sementes com Azospirillum brasilense) com três repetições, totalizando 24 parcelas. As doses dos adubos a serem utilizados serão determinadas em função da análise do solo e fechadas no nitrogênio (N) e se necessário complementadas com fósforo (P) e potássio (K). No florescimento serão marcadas, ao acaso, dez plantas na área útil de cada parcela para as seguintes coletas de dados: altura média das plantas (m); altura média da espiga superior (m); diâmetro médio do colmo (cm); estimativa do teor de clorofila; N foliar; índice de área foliar (IAF); matéria seca da parte aérea (g). A colheita da forragem será no estádio R4, ao acaso, vinte plantas na área útil de cada parcela a 20 cm do solo, trituradas e ensiladas, após 40 dias será avaliado: produtividade de silagem (t ha-1); em triplicata no laboratório de bromatologia: umidade, cinzas, fibra bruta, FDA, FDN, proteína e extrato etéreo. Os dados, os mesmos serão tabulados em planilha e, em seguida submetidos à análise de variância e as médias comparadas entre si por Scott-Knott, a 5% de probabilidade, utilizando o programa estatístico SISVAR.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Coordenador / Ariana Vieira Silva - Integrante.

  • 2017 - 2018

    Resposta agronômica do trigo sob inoculação com Azospirillum brasilense e diferentes doses de adubação nitrogenada em cobertura, Descrição: Inocular sementes de trigo com Azospirillum brasilense pode ser benéfico à cultura do trigo, bem como reduzir a necessidade de aplicação do fertilizante nitrogenado. Assim, objetiva-se com esse trabalho avaliar a eficiência agronômica da inoculação com Azospirillum brasilense sobre o rendimento de grãos e componentes do rendimento da cultura do trigo, associados à diferentes doses de nitrogênio em cobertura. O delineamento experimental adotado será o de blocos ao acaso, em esquema fatorial de 2x3, com quatro repetições, totalizando 24 unidades experimentais. O primeiro fator se refere à presença e ausência de Azospirillum brasilense (0 e 250 mL ha-1); o segundo fator se refere às doses de nitrogênio em cobertura (0, 20 e 40 kg ha-1). As seguintes características agronômicas serão avaliadas: diâmetro de colmo, altura de planta, índice de clorofila Falker, teor de nitrogênio foliar, índice de área foliar, massa verde de parte aérea, matéria seca de parte aérea, massa verde de raiz, matéria seca de raiz, número de espigas por planta, número de grãos por espiga e produtividade. Será coletado no posto meteorológico padrão, localizado no campus Muzambinho, os valores médios de precipitação (mm) e temperatura (ºC) ocorrida no período de abril a setembro de 2017, durante o período de cultivo do trigo. Após a coleta de todos os dados, os mesmos serão tabulados em planilha e, em seguida submetidos à análise de variância e as médias comparadas entre si por Scott-Knott, a 5% de probabilidade, utilizando o programa estatístico SISVAR. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Coordenador / Ariana Vieira Silva - Integrante / Otávio Duarte Giunti - Integrante / Natália Vieira Silva - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Características agronômicas de cultivares de algodão com boro foliar, Descrição: Por ser a principal fibra natural, o cultivo do algodoeiro vem crescendo exponencialmente. Desta forma, o presente estudo pretende verificar o crescimento/desenvolvimento e produtividade de algodão cultivado com boro foliar em Muzambinho/MG. O delineamento experimental será parcelas subdivididas, sendo quatro cultivares (TMG 42 WS, TMG 43 WS RX, FM 951 LL, FM 975 WS) nas parcelas e a presença e ausência do boro foliar no florescimento na dose de 2 L ha-1 do produto comercial OMEX® com 5 repetições, totalizando 50 parcelas. Os parâmetros avaliados serão: altura média de plantas (m) e diâmetro do caule (cm) em todos os estádios da cultura (aparecimento do primeiro botão floral; abertura da primeira flor branca; primeira maçã cheia; primeiro capulho; completa maturação); enquanto que altura de inserção do 1º ramo frutífero (cm), número de ramos vegetativos e frutíferos e número de internódios, serão verificados por ocasião da colheita, bem como o número de dias para fechamento do ciclo e produtividade. No florescimento, por ocasião da aplicação do boro foliar, serão avaliados antes da aplicação e aos 7, 14 e 21 dias após a aplicação a massa seca da parte aérea (g), IAF, clorofila e nutrientes foliares. Os dados coletados serão submetidos às análises de variância pelo teste F e as médias comparadas entre si pelo teste de Skott-Knott ao nível de 5% de probabilidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Coordenador / Ariana Vieira Silva - Integrante.

  • 2016 - 2017

    Desempenho de cultivares de algodão no Sul de Minas Gerais, Descrição: Atualmente, o Brasil é o quinto maior produtor de algodão no mundo e o terceiro maior exportador, sendo o estado de Minas Gerais o quinto maior produtor no país. Desta forma, o presente estudo pretende verificar o crescimento/desenvolvimento e produtividade de algodão no sul de Minas Gerais. O delineamento experimental será blocos casualizados com quatro cultivares (TMG 42 WS, TMG 43 WS RX, FM 951 LL, FM 975 WS) e 5 repetições, totalizando 20 parcelas. Os parâmetros avaliados serão: massa seca da parte aérea (g), IAF e clorofila em todos os estádios da cultura (aparecimento do primeiro botão floral; abertura da primeira flor branca; primeiro capulho; completa maturação); enquanto que a altura média de plantas (m), altura de inserção do 1º ramo frutífero (cm), diâmetro do caule (cm), número de ramos vegetativos e frutíferos e número de internódios, serão verificados por ocasião da colheita, bem como o número de dias para fechamento do ciclo e produtividade. Os dados coletados serão submetidos às análises de variância pelo teste F e as médias comparadas entre si pelo teste de Skott-Knott ao nível de 5% de probabilidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Integrante / Ariana Vieira Silva - Coordenador.

  • 2015 - 2017

    Desempenho agronômico e características nutricionais da chia sob diferentes arranjos espaciais no sul de Minas Gerais, Descrição: Descrição: O potencial produtivo apresentado em algumas das regiões do país tem demonstrado a viabilidade do cultivo da chia, mas faltam informações básicas de cultivo, devido aos poucos resultados fitotécnicos encontrados na literatura científica. Dessa forma, propôs-se no presente trabalho avaliar o desempenho agronômico e as características nutricionais da chia sob diferentes arranjos espaciais no sul de Minas Gerais. O delineamento experimental será em blocos ao acaso, em esquema fatorial 2 x 2, sendo dois espaçamento entre linhas (0,30 e 0,60 m) e duas densidades de plantas por metro linear (0,30 e 0,60 m) com 5 repetições, totalizando 20 parcelas. Na área útil de cada parcela experimental, serão avaliadas dez plantas ao acaso quanto à altura de plantas, diâmetro do caule, tamanho da panícula e, na área útil de cada parcela serão avaliados o número total de panículas e a produtividade. Posteriormente, serão realizadas análises centesimais para determinação de proteína, fibra e gordura e nutrientes minerais. Os valores encontrados para as variáveis estudadas serão submetidos à análise de variância utilizando o teste F, ao nível de 95% de confiança. Posteriormente, para as causas de variação significativas, será aplicado o teste de comparação de médias de Scott-Knott (p < 0,05) utilizando o programa estatístico SISVAR. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Integrante / Ariana Vieira Silva - Coordenador / João Paulo Teodoro Maia - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Avaliação da Cultivares de Maracujazeiro, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Integrante / Bianca Sarzi de Souza - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - Bolsa.

  • 2015 - 2016

    Caracterização de fatores agronômicos e produtivos de cultivares de milho para grão e silagem no sul de Minas Gerais, Descrição: Descrição: O presente trabalho tem por objetivo caracterizar os fatores agronômicos e produtivos de cultivares de milho com finalidade para grão e para silagem para os produtores da região do sul de Minas Gerais. O delineamento experimental tanto para o experimento de milho grão quanto para o de milho forrageiro será em faixas, sendo o primeiro com 14 híbridos e, o segundo com 10 híbridos, ambos com três repetições, totalizando 42 parcelas para grãos e, 30 parcelas para silagem. As características agronômicas e produtivas avaliadas na cultura do milho grão e do milho forrageiro serão: altura de plantas, altura da espiga superior, diâmetro do colmo, estimativa do teor de clorofila, análise foliar, estande final, número de plantas acamadas e quebradas, matéria seca da parte aérea, número de fileiras por espiga, número de grãos por fileira, número de grãos por espiga e produtividade. Ainda, no milho forrageiro serão realizadas análises bromatológicas da silagem. Após a coleta de todos os dados, os dois experimentos serão tabulados em planilha separadamente e, em seguida submetidos à análise de variância e as médias comparadas entre si por Scott-Knott, a 5% de probabilidade, utilizando o programa estatístico SISVAR... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Integrante / Ariana Vieira Silva - Coordenador.

  • 2015 - 2016

    Avaliação da adubação nitrogenada associada à inoculação com bactérias Azospirillum brasiliense na cultura do milho, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Integrante / Ariana Vieira Silva - Coordenador.

  • 2015 - 2016

    Produção e qualidade do milho verde convencional e transgênico com diferentes doses de sulfato de amônio em cobertura, Descrição: Descrição: Há poucos estudos em relação a adubação de milho verde no sul de Minas Gerais e, para a produção de pamonha até então era obtida a partir de milho convencional, com o advento da transgenia e seu emprego nessa produção ocorre que muitos produtores e consumidores informalmente apontam diferenças na menor qualidade e tempo de prateleira da pamonha produzida a partir de híbridos transgênicos de milho. Assim, o presente estudo irá avaliar a produtividade de milho verde em função de diferentes níveis de adubação de cobertura com sulfato de amônio e a qualidade bormatológica da pamonha produzida a partir de dois híbridos de milho. O delineamento experimental é em faixas, em esquema fatorial 2 híbridos de milho (convencional; transgênico) X 5 doses de adubação de cobertura com sulfato de amônio (0; 60; 120; 180; e 240 Kg N ha-1). Os dados a serem coletados por ocasião do florescimento são: altura média de plantas, altura média de inserção da espiga superior, diâmetro médio do colmo, número médio de folhas acima da espiga superior; na colheita: número médio de plantas acamadas, número médio de plantas quebradas, número de fileiras de grãos por espiga, número de grãos por fileira; produtividade. Os resultados obtidos serão submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos comparadas entre si por Scott-Knott, a 5% de probabilidade, utilizando o programa estatístico SISVAR (FERREIRA, 2011)... , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Gabriela Fernandes Xavier - Integrante / Ariana Vieira Silva - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional