Rodrigo Valandro Mazzaro

Graduando no curso de Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Pelotas. Atualmente atua como bolsista de Iniciação Científica no projeto Modelos de espaço de estados e análise em wavelets no estudo do relacionamento entre atributos físico-hídricos do solo e atributos topográficos em duas bacias hidrográficas da região sul do Rio Grande do Sul

Informações coletadas do Lattes em 22/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em andamento em Engenharia Agrícola

2017 - Atual

Universidade Federal de Pelotas

Graduação interrompida em 2016 em Engenharia de Controle e Automação

2014 - Atual

Universidade Federal de Pelotas
Ano de interrupção: 2016

Ensino Médio (2º grau)

2011 - 2013

Escola Estadual de Ensino Medio Ruy Barbosa

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 - 2019

Extensão universitária em Ciclo Hidrológico e Bacias Hidrográficas. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2019 - 2019

Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias. (Carga horária: 40h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2018 - 2018

Excel Intermediário. (Carga horária: 15h). , SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL, SENAR -RN, Brasil.

2018 - 2018

Agricultura de Precisão na Aplicação de Defensivos Agrícolas. (Carga horária: 17h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, SENAR - EAD, Brasil.

2018 - 2018

Gestão, Operação e Manutenção de Perímetros Irrigados. (Carga horária: 4h). , Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.

2017 - 2017

Metrologia. (Carga horária: 14h). , SENAI - Departamento Regional do Espírito Santo, SENAI/DR/ES, Brasil.

2015 - 2015

Programação de Computadores. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

2014 - 2015

Inglês - Nível Básico. (Carga horária: 150h). , Cultura Norte Americana, CNA, Brasil.

2013 - 2013

Auxiliar Administrativo. (Carga horária: 180h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC/RS, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XXVII CIC - Congresso de Iniciação Cientifica. Estrutura de Dependência Espacial entre Propriedades Físico-Hídricas do Solo e Atributos Topográficos ao Longo de uma Transeção Espacial na Bacia Hidrográfica do Arroio Fragata. 2018. (Congresso).

XXXI CONEEAGRI - Congresso Nacional dos Estudantes de Engenharia Agrícola e Engenharia Agrícola e Ambiental. 2018. (Congresso).

Engenharia Agrícola na Expofeira. 2017. (Outra).

XXVI CIC - Congresso de Iniciação Científica. Influência do conteúdo de água no solo na amplitude diária da variação do diâmetro do tronco de pessegueiro. 2017. (Congresso).

VI Encontro de Iniciação Científica e Pós-graduação da Embrapa Clima Temperado Ciência: Empreendedorismo e Inovação. Medição do crescimento do diâmetro de tronco utilizando sensor de movimento e posição. 2016. (Congresso).

VI Encontro de Iniciação Científica e Pós-graduação da Embrapa Clima Temperado Ciência: Empreendedorismo e Inovação. 2016. (Congresso).

XXV CIC - Congresso de Iniciação Científica. Avaliação do uso do sensor de movimento e posição para determinar a variação do diâmetro de tronco. 2016. (Congresso).

VII SEMA - Simpósio de Energia e Meio Ambiente. 2015. (Simpósio).

XXIV CIC - Congresso de Iniciação Científica. 2015. (Congresso).

XXIV CIC - Congresso de Iniciação Científica. Instrumentos de baixo custo para estimativa da radiação fotossinteticamente ativa (PAR). 2015. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Luana Nunes Centeno

Análise da correlação entre as doenças contidas no CID 10 com os índices de saneamento básico para os municípios que integram o COREDE Sul; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Pelotas; (Orientador);

Luís Carlos Timm

Modelos de espaço de estados e análise em wavelets no estudo do relacionamento entre atributos físico-hídricos do solo e atributos topográficos em duas bacias hidrográficas da região sul do Rio Grande do Sul; Início: 2018; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Pelotas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Luís Carlos Timm

Efeito da irrigação sobre os componentes de produção de um pomar de pessegueiro, cultivar Esmeralda; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Luís Carlos Timm;

Luís Carlos Timm

Efeito da irrigação sobre os componentes de produção de um pomar de pessegueiro, cultivar Esmeralda; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Pelotas, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Luís Carlos Timm;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CENTENO, L. N. ; CECCONELLO, S. T. ; SILVEIRA, N. B. ; MAZZARO, R. V. . CANONIC CORRELATION BETWEEN QUALITY PARAMETERS OF RIVER WATER LOCATED IN THE SOUTH OF RIO GRANDE DO SUL. HOLOS (NATAL. ONLINE) , v. 1, p. 19, 2020.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

SILVEIRA, N. B. ; MAZZARO, R. V. . LASTU. 2018.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2019 - Atual

    Desenvolvimento de um software de aquisição de dados de sensores de temperatura e umidade de um silo, Descrição: Desenvolvimento de um software de aquisição de dados de temperatura e umidade de um silo de armazenamento de grãos. O software também mostrará os dados em uma tela em tempo real e fará o acionamento automático de um motor para entrada de ar em um silo de armazenagem de grãos. Posteriormente será criado um sistema de controle que a partir dos valores medidos irá acionar um motor monofásico responsável por ventilar o silo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Rodrigo Valandro Mazzaro - Integrante / Nathan Belluzzo da Silveira - Integrante / Carlos Alberto Silveira da Luz - Coordenador / Marcelo Lemos Rossi - Integrante / ADAMO DE SOUSA ARAÚJO - Integrante / Rafael Galli - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Modelos de espaço de estados e análise em wavelets no estudo do relacionamento entre atributos físico-hídricos do solo e atributos topográficos em duas bacias hidrográficas da região sul do Rio Grande do Sul, Descrição: O objetivo principal do projeto é o de avaliar ferramentas da Análise de Séries Espaciais para caracterizar a variabilidade de atributos do solo e de atributos topográficos bem como estudar o relacionamento entre eles em duas bacias hidrográficas localizadas no Rio Grande do Sul. Também será avaliado o desempenho de funções de pedotransferência para estimar os atributos hídricos do solo determinados ao longo de duas transeções espaciais. O trabalho de campo foi desenvolvido em uma transeção espacial de 25 km construída na Bacia Hidrográfica do Arroio Pelotas e em uma de 15 km construída na do Arroio Fragata, ambas localizadas em Pelotas. Em cada transeção foram demarcados 100 pontos onde amostras de solo foram coletadas para determinação de atributos físicos, químicos e hídricos do solo. De posse do modelo digital de elevação de cada bacia serão obtidos os atributos topográficos altitude, declividade, aspecto, curvatura, plano e perfil de curvatura. A estatística clássica será aplicada aos atributos do solo e aos topográficos e ferramentas da análise de séries espaciais e da análise em wavelets serão aplicadas para caracterizar a variabilidade espacial de cada atributo bem como estudar o relacionamento entre eles. O desempenho de funções de pedotransferência para estimar os atributos hídricos do solo será avaliado. Espera-se: i. quantificar as correlações espaciais entre os atributos do solo e os topográficos em escala de bacia; e ii. selecionar a(s) função(ões) de pedotransferência(s) para estimar os atributos hídricos do solo em escala de bacia hidrográfica, iii. formação de um Doutor e/ou Mestre.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Rodrigo Valandro Mazzaro - Integrante / Luís Carlos Timm - Coordenador / LUCIANA MARINI KOPP - Integrante / OSVALDO RETTORE NETO - Integrante / VITOR EMANUEL QUEVEDO TAVARES - Integrante / CLAUDIA LIANE RODRIGUES DE LIMA - Integrante / ELOY ANTONIO PAULETTO - Integrante / LUIZ FERNANDO SPINELLI PINTO - Integrante / SAMUEL BESKOW - Integrante / SERGIO LEAL FERNANDES - Integrante / TAMARA LEITZKE CALDEIRA - Integrante / Mauricio Fornalski Soares - Integrante.

  • 2014 - 2017

    Efeito da irrigação sobre os componentes de produção de um pomar de pessegueiro, cultivar Esmeralda, Descrição: O pessegueiro tem sido uma boa opção para os produtores que buscam alternativas para suas propriedades. A técnica de irrigação pode oferecer para o agricultor maior garantia na sua produção, propiciando uma maior estabilidade e confiança do investimento realizado, bem como agregar valor de mercado ao produto, especialmente no fruto destinado ao mercado ?in natura?. O presente trabalho tem os seguintes objetivos: i) determinar o melhor manejo da irrigação para o pessegueiro; ii) determinar o nível de estresse do pessegueiro para as condições do Sul do Brasil; iii) avaliar a influência da textura do solo no manejo de irrigação no pomar de pessegueiro; e iv) avaliar a influência da irrigação durante o estádio de pós-colheita no crescimento e desenvolvimento e na produtividade do pessegueiro. O pomar foi implantado com a cultivar Esmeralda e atualmente possui 7 anos de idade. O espaçamento entre plantas é de 1,7 m e entre linhas de 5,5 m, sendo que a área experimental possui aproximadamente 1,8 ha (total de 18 linhas). Entre 2010 e 2012, foram selecionadas 101 plantas aleatoriamente, sendo coletadas amostras de solo, com estrutura deformada, nas camadas de 0,00-0,10 m e 0,10-0,20 m, ao lado de cada uma das 101 plantas, onde foram determinados os teores de areia, silte e argila. O mapa de distribuição espacial da textura do solo norteou a seleção de quatro linhas de plantas onde será instalado um sistema de irrigação por gotejamento em duas linhas, sendo as outras duas sem irrigação. O delineamento experimental será em blocos, com 20 plantas por bloco, que serão selecionadas através da avaliação do diâmetro de tronco. A lâmina de irrigação a ser aplicada será avaliada levando em consideração parâmetros do solo, da planta e do clima. A condição hídrica da planta será avaliada medindo-se o seu potencial de água. Serão avaliados os seguintes atributos da planta: crescimento do diâmetro de caule, curva de crescimento de ramos, época do período de dormência, produção total, crescimento do fruto e sólidos solúveis totais. O efeito da irrigação no pessegueiro será avaliado por meio da estatística experimental e as possíveis relações entre os atributos do solo, da planta e do clima serão avaliados por meio da análise estatística multivariada. Espera-se estabelecer e indicar para os produtores de pessegueiro da metade Sul do Rio Grande do Sul o correto manejo da irrigação para o pessegueiro e a formação de um Doutor e um Mestre em Manejo e Conservação do Solo e da Água.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Rodrigo Valandro Mazzaro - Integrante / Carlos Reisser Júnior - Integrante / Luís Carlos Timm - Coordenador / Flavio Luiz Carpena Carvalho - Integrante / José Francisco Martins Pereira - Integrante / LEDEMAR CARLOS VAHL - Integrante / LUCIANA MARINI KOPP - Integrante / OSVALDO RETTORE NETO - Integrante / Ricardo Alexandre Valgas - Integrante / VITOR EMANUEL QUEVEDO TAVARES - Integrante / Alex Becker Monteiro - Integrante / Luciano Recart Romano - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Destaque na Sessão do XXVIII Congresso de Iniciação Científica, Universidade Federal de Pelotas.

2016

Destaque na Sessão do XXV Congresso de Iniciação Cientifca, UFPel - Universidade Federal de Pelotas.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2018 - Atual

Universidade Federal de Pelotas

Vínculo: Bolsista PIBIC - CNPq, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica, Carga horária: 20

Outras informações:
Atuando no projeto "Modelos de espaço de estados e análise em wavelets no estudo do relacionamento entre atributos físico-hídricos do solo e atributos topográficos em duas bacias hidrográficas da região sul do Rio Grande do Sul".

2015 - 2017

Embrapa Clima Temperado

Vínculo: Bolsista FAPERGS, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Cientifica, Carga horária: 20

Outras informações:
Atuação como bolsista de iniciação científica no projeto "Efeito da irrigação sobre os componentes de produção de um pomar de pessegueiro, cultivar Esmeralda".