Josiane Alessandra Vignoli

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Londrina (2001) (licenciatura e bacharelado), Mestrado (2003) e Doutorado (2009) em Ciência de Alimentos pela Universidade Estadual de Londrina. Atuou na área de Biotecnologia e Estudo de Compostos Bioativos em Alimentos. Atualmente é docente do Departamento de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrina. Apresenta experiência na produção de metabólitos bioativos, isolamento e caracterização de metabólitos, avaliação do potencial terapêutico de compostos bioativos.

Informações coletadas do Lattes em 21/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciência de Alimentos

2005 - 2009

Universidade Estadual de Londrina
Título: Efeito da matéria-prima e do processamento nos compostos biativos e na atividade antioxidante do café
Marta de Toledo Benassi. Palavras-chave: café solúvel; antioxidantes; matéria-prima; processo.Grande área: Ciências Agrárias

Mestrado em Ciências de Alimentos

2001 - 2003

Universidade Estadual de Londrina
Título: Processos Biotecnológicos para a Produçao de Sorbitol por Z. mobilis ATCC29191,Ano de Obtenção: 2003
Maria Antonia P Colabone Celligoi.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Grande área: Ciências Agrárias

Graduação em Ciencias Biológicas

1997 - 2001

Universidade Estadual de Londrina
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2008 - 2008

Preparo de Amostra. (Carga horária: 8h). , Congresso Latino Americano de Cromatografia, COLACRO, Brasil.

2008 - 2008

Avanços Recentes em HPLC. (Carga horária: 8h). , Congresso Latino Americano de Cromatografia, COLACRO, Brasil.

2004 - 2004

Preparação de Amostras para Sistemas HPLC. (Carga horária: 16h). , Water Technologies do Brasil, WATERS, Brasil.

2004 - 2004

Introdução à Técnica de GPC (Gel Permeabilization. (Carga horária: 40h). , Water Technologies do Brasil, WATERS, Brasil.

2004 - 2004

Preparação de Amostras para Sistemas HPLC. (Carga horária: 32h). , Water Technologies do Brasil, WATERS, Brasil.

2003 - 2003

Qualificação de Sistemas de Cromatografia e Valida. (Carga horária: 8h). , DIONEX BRASIL, DIONEX, Brasil.

2003 - 2003

Manutenção e Solução de Problemas em Cromatografia. (Carga horária: 8h). , DIONEX BRASIL, DIONEX, Brasil.

2003 - 2003

Desenvolvimento de Métodos em Cromatografia de Íon. (Carga horária: 8h). , DIONEX BRASIL, DIONEX, Brasil.

2002 - 2002

M3B ? Operação e Manutenção do GC/MS. (Carga horária: 24h). , Agilent Technologies Brasil, AGILENT, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

ZAIA, C. T. B. V. ; TARLEY, C. R. T. ; MIURA, E. A. ; VIGNOLI, J. A. ; Baracat, M. M. ; SOUZA, P. M. . VI EAITI- Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação. 2016. (Outro).

Vignoli, J.A. ; CAMILIOS NETO, D. ; Melo, M. R. . V SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA. 2015. (Outro).

Gasparin, F. G. M. ; Vignoli, J.A. ; CAMILIOS NETO, D. ; Melo, M. R. . IV Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia- SIMBBTEC. 2014. (Outro).

ZAIA, C. T. B. V. ; TARLEY, C. R. T. ; MIURA, E. A. ; VIGNOLI, J. A. ; Baracat, M. M. ; SOUZA, P. M. . VI EAITI- Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação. 2016. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Ciclo de Palestras em Alimentos.Relação composição e benefícios à saúde de produtos de café. 2017. (Outra).

5 Congresso Brasileiro de Biotecnologia. Effects Of Different Nitrogen Sources On The Production Of Hyaluronic Acid By Streptococcus. 2013. (Congresso).

III Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrina.Influência do pH, temperatura e agitação na produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920. 2013. (Simpósio).

Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrinrina. 2012. (Simpósio).

Simpósio Brasileiro de Cromatografia e Técnicas Afins.Determinação de compostos antioxidantes em bebidas de café por cromatografia líquida e gasosa. 2010. (Simpósio).

International Conference on Coffee Science - ASIC. Compounds related to antioxidant activity in coffee with different roasting degrees. 2008. (Congresso).

XII-Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas. Metodologia para análise simultânea de compostos bioativos em café torrado e solúvel por cromatografia líquida de alta eficiência. 2008. (Congresso).

VII Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos. Atividade antioxidante de café solúvel proveniente de diferentes torras, matéria-prima e método de extração. 2007. (Congresso).

V Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos. Influência da Temperatura de Extração na Composição de Carboidratos dos Extratos de Café Solúvel em Comparação com Café Espresso. 2003. (Congresso).

XVIII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. Influência da alta concentração de sacarose e da adição de maltose na produção de sorbitol por Zymomonas mobilis ATCC2919. 2002. (Congresso).

Análise Integrada do Projeto: Aspectos da Fauna e Flora da Bacia do Rio Tibagi. 2000. (Outra).

I Encontro Paranaense de Microbiologia. 2000. (Outra).

IX Encontro Anual de Iniciação Científica.Produção de sorbitol por Zymomonas mobilis variando a concentração de açúcares e a temperatura do processo fermentativo. 2000. (Encontro).

XX Congresso Brasileiro de Microbiologia. Influência do pH na produção de etanol e a relação com o teor lipídico de Zymomonas mobilis. 1999. (Congresso).

IV Encontro Paranaense de Genética. 1998. (Encontro).

XII Semana da Biologia. 1997. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Talita LAIANE CARDOZO CEZAR

CASAGRANDE, RUBIA; CERAVOLO, G. S.;VIGNOLI, JOSIANE A.. Avaliação do Efeito da 7(S) Maresina 1 na Inflamação e Estresse Oxidativo Induzidos pela Radiação UVB. 2017. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Mayara de Souza Góis

Benassi, M. T.; Mori, A. L. B.;VIGNOLI, JOSIANE A.. Relação entre a composição do grão cru e a qualidade da bebida de cafe arábica.. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Rodolfo Campos Zanin

Vignoli, J.A.Benassi, M. T.; DIAS, R. C. E.. Perfil de Ácidos Clorogênicos, Cafeína e Diterpenos em Cafés Arábicas Torrados Brasileiros. 2014. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Antônio José De Conti

VIGNOLI, J. A.; VIEGAS, M. C.; SAKANAKA, L. S.. Influência de um Tratamento com vapor e Ácido nas Características da Bebida de Café Conilon. 2013. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Alimentos) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Aluno: Carolina Tolentino Marcucci

Benassi, M. T.Vignoli, J.A.; VIEGAS, M. C.. Atividade antioxidante e teores de compostos bioativos em cafés solúveis comerciais brasileiros. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Francieli Bortoluzzi

Buzato, J. B.;Vignoli, J.A.; Melo, M. R.. Otimização da Produção de Asparaginase de Zymomonas mobilis por Fermentação Contínua. 2012. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Carla Fabiana Souza Guazelli

VERRI, WALDICEU A.VIGNOLI, JOSIANE A.; GEORGETTI, SANDRA R.; URBANO, A.; ARAKAWA, N. S.. Efeito Terapêutico e Mecanismos de Ação da Hesperidina Metil Chalcona, Trans-Chalcona e Suas Formas Microencapsuladas em Modelo de Colite Ulcerativa em Camundongos. 2017. Tese (Doutorado em Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Marcos Roberto de Oliveria

CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C.; BALDO, CRISTIANI;VIGNOLI, JOSIANE A.; PEDRAO, M. R.. Produção de Soforolipídeos por Células Imobilizadas de Candida bombicola ATCCR 22214TM em Alginato de Cálcio. 2017. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Daniela Cristina de Medeiros

VERRI JR, W. A.; GERARDIN, D. C. C.;VIGNOLI, J. A.; Georgetti, S. R.; PAVANELLI, W. R.. Desenvolvimento de Sistemas Microencapsulados para Liberação Modificada de Frutose-1,6-Bifosfato e Rutina e Avaliação da sua Eficácia In Vivo em Modelos de Inflamação. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: MARIA RITA ALANIZ PORTO

Prudencio, S. H;Vignoli, J.A.; SAKANAKA, L. S.; GARCIA, S.; SPINOSA, W. A.. Estabilidade de suco misto de beterraba e laranja puro e com Lactobacillus acidophilus. 2015. Tese (Doutorado em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Marines Paula Corso

Benassi, M. T.Vignoli, J.A.; SAKANAKA, L. S.;Silva, R. S. F.; Prudencio, S. H. Café Solúvel Enriquecido Com Antioxidantes Naturais do Café Verde: Estudo de Mercado, Desenvolvimento e Caracterização. 2013. Tese (Doutorado em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Ilton José Baraldi

ZANGIROLAMI, T. C.; GIORDANO, R. L. C.; BADINO JUNIOR, A. C.;VIGNOLI, J. A.; VIEGAS, M. C.; FARINAS, C. S.; ZUNIGA, U. F. R.. Hidrólise Enzimática dos Polissacarídeos do Café. 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Química) - Universidade Federal de São Carlos.

Aluno: Carla Fabiana Souza Guazelli

VERRI, WALDICEU A.VIGNOLI, JOSIANE A.; GEORGETTI, SANDRA R.; ARAKAWA, N. S.; URBANO, A.. Efeito terapêutico e mecanismo de ação da hesperidina metil chalcona, trans-chalcona e suas formas microencapsuladas em modelo de colite ulcerativa em camundongos. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Daniela Cristina Medeiros

VERRI JR, W. A.; URBANO, A.; GERARDIN, D. C. C.;VIGNOLI, J. A.; PAVANELLI, W. R.. Desenvolvimento de sistemas microencapsulados para liberação modificada de frutose 1,6 bifosfato e rutina e avaliação da sua eficácia in vivo em modelos de inflamação. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Marines Paula Corso

Prudencio, S. H;Vignoli, J.A.. Atributos da Embalagem para um Café Solúvel Enriquecido com Antioxidantes e seu Impacto na Intenção de Compra de Consumidores Brasileiros. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Cíntia Sorane Good Kitzberger

Nixdorf, S. L.;Vignoli, J.A.. Influência da Diversidade Genética na Bioatividade de Cafés Arábica Produzidos nas mesmas condiçoes Edafoclimáticas. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Tailita Laine Cardoso Cezar

CASAGRANDE, RUBIAVignoli, J.A.; CERAVOLO, G. S.. Avaliação do efeito da 7(S) maresina 1 na inflamação e estresse oxidativo induzidos pela radiação UVB. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Janaina Mantovan

Celligoi, M.A.P.C.;VIGNOLI, J. A.; Melo, M. R.. Modificação e caracterização da levana produzida por Bacillus subtilis natto para potencial aplicação biomédica. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Mayara de Souza Gois Barbosa

Prudencio, S. H;VIGNOLI, J. A.. Relação entre a composição do grão cru e a qualidade da bebida de café arábica. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Mirelli Bianchin

Nixdorf, S. L.;VIGNOLI, J. A.. METODOLOGIA PARA EXTRAÇÃO DE DITERPENOS EM CAFÉ TORRADO EMPREGANDO ULTRASSOM E MICRO-ONDAS. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Marcelo Zuchi Sanches

Nixdorf, S. L.;VIGNOLI, J. A.. Avaliação das características fisico-químicas de óleo de café torrado (Coffea arabica) durante armazenamento. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Tecnologia de Alimentos) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Aluno: MARIANA ASSIS DE QUEIROZ CANCIAN

SOUZA, C. H. B.;VIGNOLI, J. A.. Potencial Antioxidante e Antimicrobiano de Fermentado Acético de Cúrcuma. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: [Nome removido após solicitação do usuário]

VIGNOLI, J. A.; TISCHER, P. C. S. F.. Estudo da Produção Consorciada de Ácido Acético e Celulose, por Bactérias Acéticas, a Partir de Melaço de Soja. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Pós Graduação em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Tamires Minucelli

Celligoi, M.A.P.C.;VIGNOLI, J. A.; CELY, M. V. T.. Produção, Caracterização e Aplicação de Soforolipídios de Candida bombicola em Substratos Industrias de Baixo Custo. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Francielle Lina Vidotto

CAMILIOS NETO, D.;VIGNOLI, J. A.; TISCHER, C. A.. Produção de celulose e perfil dos metabólitos de fermentação do glicerol associado às fontes glicose e sacarose por Glucona acetobacter xylinus. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Diessy Alves dos Santos

VIGNOLI, J. A.; Prudencio, S. H. Produção de Fruto-oligossacarídeos por Bacillus subtilis Natto CCT7712 e aplicação como prebiótico em alimento. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Rodolfo Campos Zanin

VIGNOLI, J. A.; Nixdorf, S. L.. Caracterização do perfil de diterpenos e cafeína em cafés arábica torrados brasileiros. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Leonel Vinícius Constantino

Nixdorf, S. L.;Vignoli, J.A.; Yabe, M. J. S.. Validação de Metodologia para Extração de Açúcares em Café Verde Utilizando Cromatografia Líquida de Alta Performance com Detecção por Índice de Refração. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Karen Stefany Conceição

CAMILIOS-NETO, DOUMIT;VIGNOLI, J. A.. . PRODUÇÃO DE BIOETANOL POR ZYMOMONAS MOBILIS A PARTIR DA FERMENTAÇÃO DO HIDROLISADO ÁCIDO DA CASCA DO ARROZ. 2016. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Isadora Angelo de Araújo

CAMILIOS NETO, D.; TISCHER, C. A.;Vignoli, J.A.. Modelo de estudo de virulência de Pseudomonas aeruginosa PAO1 crescida em membrana de celulose bacteriana.. 2015. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Ozélio Antonio de Farias

VIGNOLI, J. A.. Uso de metabólitos microbianos para biorremediação. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Bioquímica Aplicada) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Nicole Caldas Pan

Celligoi, M.A.P.C.;Vignoli, J.A.; Gasparin, F. G. M.. Ácido Hialurônico: Produção e Aplicações. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Bioquímica Aplicada) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Bruna Tofolli Ferreira da Silva

Celligoi, M.A.P.C.;Vargas, L. H. M.Vignoli, J.A.. Frutooligossacarídeo: Produção, Aplicação e Benefícios a Saúde. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Bioquímica Aplicada) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Juliana Barion

Vargas, L. H. M.; Celligoi, M.A.P.C.;Vignoli, J.A.. Óleos essenciais: Propriedades, Métodos de Extração e Aplicação Industrial. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Bioquímica Aplicada) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Bruna Tofolli Ferreira da Silva

VIGNOLI, J. A.. Aplicação de frutooligossacarídeos em alimentos. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Bioquímica Aplicada) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Hanny Cristina Braga Pereira

Celligoi, M.A.P.C.;VIGNOLI, J. A.; BALDO, CRISTIANI. Produção de Ácido Hialurônico por Streptococcus zooepidemicus em Sacarose com Suplementação de Aminoácidos. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Janaina Montovan

VIGNOLI, J. A.. Efeito de sais metálicos e subprodutos agroindustriais como fonte de carbono e nitrogênio na atividade enzimática de levanasacarase e produção de levana por Bacillus subtilis Natto. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Sara Nunes Rodrigues

VIGNOLI, J. A.. Extração e Caracterizaçao Parcial de Surfactina de Bacillus amyloliquefaciens MO-04b. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Vitor A

VIGNOLI, J. A.. Marengo.Desenvolvimento de bandejas biodegradaveis de amido de mandioca e bagaço de mandioca para aplicacao como embalagem de alimentos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Mayara Baptistucci Ogaki

Buzato, J. B.;Vignoli, J.A.; Machado, M. R.. Otimização da Produção de Naringinase de Aspergillus niger na fermentação em Estado Sólido. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Tamires Minucelli

Celligoi, M.A.P.C.;Vignoli, J.A.; Andrade, T. Avaliação das Condições de Cultivo na Produção de Lipase de Acidovorax temperans por Metodologia Estatística. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

Aluno: Dayane Oscarina Vanzela

Schiabel, V. C.; Santos, J. S.;Vignoli, J.A.. Análise Comparativa das Propriedades Antioxidativas dos Vinhos. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Faculdade Dom Bosco- Cornélio Procópio.

Aluno: Débora Barbosa Leal

Ferraes, A. M. B.;Vignoli, J.A.. Educação Sexual de Adolescentes de seus Reflexos na Saúde Pública no Município de Santa Mariana-PR. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Faculdade Dom Bosco- Cornélio Procópio.

Aluno: VIrginia Dias Ázara

BARALDI, I. J.;Vignoli, J.A.. Efeito da Secagem por Liofilização na Atividade de Protease do Abacaxi.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia) - Faculdade Dom Bosco- Cornélio Procópio.

Aluno: Gisele André Baptista Canuto

Nixdorf, S. L.;VIGNOLI, J. A.Benassi, M. T.. Caracterização físico-química e da atividade antioxidante de polpas de frutas exóticas da região Amazônica. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Química) - Universidade Estadual de Londrina.

Vignoli, J.A.. III Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia da Universidade Estadual de Londrina. 2012. Universidade Estadual de Londrina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Lúcia Helena Mendonça Vargas

CELLIGOI, Maria Antonia P Colabone;VARGAS, L. H. M.; BUZATO, João Batista. Avaliação de diferentes agentes osmóticos na produção de sorbitol por Zymomonas mobilis. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina.

João Batista Buzato

CELLIGOI, Maria Antonia P CBUZATO, J. B.. Efeitos da osmolalidade do meio, permeabilização e imobilização de Z. mobilis na produção de sorbitol.. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Adriana Zerlotti Mercadante

MERCADANTE, A. Z.. Influência das condições de processamento e matéria-prima na composição química e atividade antioxidante do café. 2009. Tese (Doutorado em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Rui Sérgio dos Santos Ferreira da Silva

BENASSI, Marta Toledo; DINIZ, Andréa; da Silva, Rui Sérgio dos Santos Ferreira; Glória, M. B. A.; Mercadante, A. Z.. Efeito da matéria-prima e do processamento nos compostos bioativos e na atividade antioxidante do café.. 2009. Tese (Doutorado em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Rui Sérgio dos Santos Ferreira da Silva

DINIZ, Andréa; da Silva, Rui Sérgio dos Santos Ferreira. Atividade antioxidante de café solúvel: influência das condições de processamento e matéria prima e correlação com a composição química.. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Marta Cristina Teixeira Duarte

DUARTE, M. C. T.; COLABONE, Maria Antonia Pedrine; BUZATTO, João. Efeito da osmolalidade do meio, permeabilização e imobilização de Zymomonas mobilis na produção de sorbitol.. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Andréa Diniz

BENASSI, M. T.; MERCADANTE, A. Z.; GLORIA, M. B. A.; Silva, R.S.F.;DINIZ, A.. Caracterização da atividade antioxidante em café solúvel. 2009. Tese (Doutorado em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Andréa Diniz

Silva, R.S.F.;DINIZ, A.. Caracterização de compostos antioxidantes no processo de fabricação de café solúvel. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Marta de Toledo Benassi

CELLIGOI, M. A. P. C.BENASSI, Marta de ToledoBUZATO, J. B.. Efeito da osmolalidade do meio, permeabilização e imobilização de Zymomonas mobilis na produção de sorbitol. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Marta de Toledo Benassi

BENASSI, Marta de ToledoMERCADANTE, A. Z.GLORIA, M. B. A.SILVA, R. S. S. F.DINIZ, A.. Efeito da matéria-prima e do processamento nos compostos bioativos e na atividade antioxidante do café. 2009. Tese (Doutorado em Ciência de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Gabriela Dornelas Marques

Produção de ramnolipídeos por cultivos submersos com presença de substrato sólido; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Ana Paula Queiroz Mello

Avaliação das atividades anti-inflamatória e antioxidante de congêneres de ramnolipídeos; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual de Londrina; (Coorientador);

Kamila Byanca Baldin Wessel

Fenazinas de Pseudomonas aeruginosa: Produção e Avaliação do Potencial Antioxidante; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Mayara de Alencar Almeida

PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR BIOFILME DE Pseudomonas aeruginosa; 2018; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Karen Stephany Conceição

Produção de ramnolipídeos por cultivos submersos estáticos em suporte de membranas de celulose bacteriana; ; 2018; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Sheila Marim Raksa Petenuci

Produção de etanol de segunda geração por Zymononas mobilis; 2017; Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina,; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Nicole Caldas Pan

Produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus em diferentes condições de cultivo utilizando metodologias estatísticas; 2013; Dissertação (Mestrado em Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Kamila Byanca Baldin Wessel

Efeito das Moléculas Sinalizadoras do Quorum Sensing de Pseudomonas aeruginosa na Produção de Ramnolipídeos; 2017; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Rodrigo Alves da Silva

PROCESSOS DE UTILIZAÇÃO DO BAGAÇO DA CANA- DE- AÇÚCAR; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Dayane Oscarina Aparecida Vanzela

PRODUÇÃO DE ETANOL POR ZYMOMONAS MOBILIS CP4 A PARTIR DA FERMENTAÇÃO DO HIDROLISADO ÁCIDO DE TORTA DE MILHO; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Renata Ribas Fadel

ENZIMA NATTOKINASE: PRODUÇÃO, APLICAÇÃO E EFICIÊNCIA NO TRATAMENTO TROMBOLÍTICO; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Talita Vigo Longhi

APLICAÇÃO DE MICRORGANISMOS EM GRÃOS DE CAFÉ CEREJA PARA MELHORIA DA QUALIDADE; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Vanessa Bocato

Efeito das condições de cultivo na produção de nattokinase por Bacillus subtilis natto; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Biotecnologia) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Pamella Karla de Oliveira

Produção Microbiana De Polissacarídeos Com Aplicação na Área Médica/Farmacêutica; 2013; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Bioquímica Aplicada) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Monique Moleiro Matiusso

Avaliação dos Efeitos dos Circuitos de Quorum Sensing de Pseudomonas aeruginosa na Produção de Ramnolipídeos em Cultivos Submersos de Leito Raso; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Mayara de Alencar Almeida

PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR Zymomonas mobilis, A PARTIR DO HIDROLISADO ÁCIDO DE CASCA DE ARROZ; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Mariane Palhares

Atividade Antioxidante e Teor de Polifenóis de Sucos de Uva Comerciais; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Faculdade Dom Bosco- Cornélio Procópio; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Aline Possinelli

Desenvolvimento de bolos isentos de glúten a partir de farinha de mandioca e arroz; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Faculdade Dom Bosco- Cornélio Procópio; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Mariane Alves Moreira

Avaliação da Atividade Antioxidante e Teor de Melanoidina em Amostras de Café Torrado Comercializadas no Brasil; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Faculdade Dom Bosco- Cornélio Procópio; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Monique Moleiro Matiusso

VALIDAÇÃO DE MODELO DE PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR FERMENTAÇÃO SUBMERSA ESTÁTICA DE LEITO RASO; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Juliana Perez Marques Teixeira

AVALIAÇÃO DA EXPRESSÃO DE rhlI NA PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR FERMENTAÇÃO SUBMERSA ESTÁTICA DE LEITO RASO (BIOFILME); 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Monique Moleiro Matiusso

PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR FERMENTAÇÃO SEMISSÓLIDA ESTÁTICA EM SISTEMA DE DIFUSÃO CONTROLADA DE NUTRIENTES; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Monique Moleiro Matiusso

Produção de ramnolipídeos por fermentação em estado sólido; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Leandro Afonso da Silva

Produção, Purificação Parcial e Caracterização de Nattokinase Obtida por Fermentação de Bacillus subtilis natto; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Leandro Afonso da Silva

Produção, Purificação Parcial e Caracterização de Nattokinase Obtida por Fermentação de Bacillus subtilis natto; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Mayara de Alencar Almeida

Produção de nattokinase por Bacillus subtilis natto em resíduos agroindustriais; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Mayara de Alencar Almeida

Otimização do meio de cultivo para produção de nattokinase por Bacillus subtilis natto; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Laís Soares Medina

PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE NATTOKINASE DE Bacillus subtilis NATTO; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Josiane Alessandra Vignoli;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Maria Antonia Pedrine Colabone Celligoi

EFEITO DA OSMOLALIDADE DO MEIO, PERMEABILIZAÇÃO E IMOBILIZAÇÃO DE Zymomonas mobilis NA PRODUÇÃO DE SORBITOL; 2004; Dissertação (Mestrado em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Maria Antonia Pedrine Colabone Celligoi;

Marta de Toledo Benassi

Efeito da matéria-prima e do processamento nos compostos bioativos e na atividade antioxidante do café; 2009; 0 f; Tese (Doutorado em Ciências de Alimentos) - Universidade Estadual de Londrina,; Orientador: Marta de Toledo Benassi;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • CEZAR, TALITA L. C. ; MARTINEZ, RENATA M. ; ROCHA, CAMILA DA ; MELO, CRISTINA P. B. ; VALE, DAVID L. ; BORGHI, SERGIO M. ; FATTORI, VICTOR ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT ; BARACAT, MARCELA M. ; GEORGETTI, SANDRA R. ; VERRI, WALDICEU A. ; CASAGRANDE, RUBIA . Treatment with maresin 1, a docosahexaenoic acid-derived pro-resolution lipid, protects skin from inflammation and oxidative stress caused by UVB irradiation. Scientific Reports , v. 9, p. 1-14, 2019.

  • GUAZELLI, CARLA F.S. ; STAURENGO-FERRARI, LARISSA ; ZARPELON, ANA C. ; PINHO-RIBEIRO, FELIPE A. ; RUIZ-MIYAZAWA, KENJI W. ; VICENTINI, FABIANA T.M.C. ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT ; GEORGETTI, SANDRA R. ; BARACAT, MARCELA M. ; CASAGRANDE, RUBIA ; VERRI, WALDICEU A. . Quercetin attenuates zymosan-induced arthritis in mice. BIOMEDICINE & PHARMACOTHERAPY , v. 102, p. 175-184, 2018.

  • SAITO, PRISCILA ; MELO, CRISTINA P. B. ; MARTINEZ, RENATA M. ; FATTORI, VICTOR ; CEZAR, TALITA L. C. ; PINTO, INGRID C. ; BUSSMANN, ALLAN J. C. ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; GEORGETTI, SANDRA R. ; BARACAT, MARCELA M. ; VERRI, WALDICEU A. ; CASAGRANDE, RUBIA . The Lipid Mediator Resolvin D1 Reduces the Skin Inflammation and Oxidative Stress Induced by UV Irradiation in Hairless Mice. Frontiers in Pharmacology , v. 9, p. 1-10, 2018.

  • MARTINEZ, RENATA M. ; PINHO-RIBEIRO, FELIPE A. ; VALE, DAVID L. ; STEFFEN, VINICIUS S. ; VICENTINI, FABIANA T.M.C. ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; BARACAT, MARCELA M. ; GEORGETTI, SANDRA R. ; VERRI, WALDICEU A. ; CASAGRANDE, RUBIA . Trans-chalcone added in topical formulation inhibits skin inflammation and oxidative stress in a model of ultraviolet B radiation skin damage in hairless mice. JOURNAL OF PHOTOCHEMISTRY AND PHOTOBIOLOGY B-BIOLOGY , v. 171, p. 139-146, 2017.

  • MARTINEZ, RENATA M. ; PINHO-RIBEIRO, FELIPE A. ; STEFFEN, VINICIUS S. ; CAVIGLIONE, CARLA V. ; FATTORI, VICTOR ; BUSSMANN, ALLAN J. C. ; BOTTURA, CAROLINA ; FONSECA, MARIA J. V. ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; BARACAT, MARCELA M. ; GEORGETTI, SANDRA R. ; VERRI, WALDICEU A. ; CASAGRANDE, RUBIA . trans-Chalcone, a flavonoid precursor, inhibits UV-induced skin inflammation and oxidative stress in mice by targeting NADPH oxidase and cytokine production. PHOTOCHEMICAL & PHOTOBIOLOGICAL SCIENCES , v. 16, p. 1162-1173, 2017.

  • CORSO, MARINÊS PAULA ; Vignoli, Josiane Alessandra ; BENASSI, MARTA DE TOLEDO . Development of an instant coffee enriched with chlorogenic acids. Journal of Food Science and Technology , v. 53, p. 1-9, 2016.

  • BORGHI, SERGIO M. ; PINHO-RIBEIRO, FELIPE A. ; FATTORI, VICTOR ; BUSSMANN, ALLAN J. C. ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT ; CASAGRANDE, RUBIA ; VERRI, WALDICEU A. . Quercetin Inhibits Peripheral and Spinal Cord Nociceptive Mechanisms to Reduce Intense Acute Swimming-Induced Muscle Pain in Mice. Plos One , v. 11, p. e0162267, 2016.

  • MARTINEZ, RENATA M. ; PINHO-RIBEIRO, FELIPE A. ; STEFFEN, VINICIUS S. ; SILVA, THAIS C. C. ; CAVIGLIONE, CARLA V. ; BOTTURA, CAROLINA ; FONSECA, MARIA J. V. ; VICENTINI, FABIANA T. M. C. ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; BARACAT, MARCELA M. ; GEORGETTI, SANDRA R. ; VERRI, WALDICEU A. ; CASAGRANDE, RUBIA . Topical Formulation Containing Naringenin: Efficacy against Ultraviolet B Irradiation-Induced Skin Inflammation and Oxidative Stress in Mice. Plos One , v. 11, p. e0146296, 2016.

  • MARTINEZ, RENATA M. ; PINHO-RIBEIRO, FELIPE A. ; STEFFEN, VINICIUS S. ; CAVIGLIONE, CARLA V. ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; BARACAT, MARCELA M. ; GEORGETTI, SANDRA R. ; VERRI, WALDICEU A. ; CASAGRANDE, RUBIA . Hesperidin methyl chalcone inhibits oxidative stress and inflammation in a mouse model of ultraviolet B irradiation-induced skin damage. Journal of Photochemistry and Photobiology. B, Biology , v. 148, p. 145-153, 2015.

  • MARTINEZ, RENATA M. ; PINHO-RIBEIRO, FELIPE A. ; STEFFEN, VINICIUS S. ; CAVIGLIONE, CARLA V. ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; BARBOSA, DÉCIO S. ; BARACAT, MARCELA M. ; GEORGETTI, SANDRA R. ; VERRI, WALDICEU A. ; CASAGRANDE, RUBIA . Naringenin Inhibits UVB Irradiation-Induced Inflammation and Oxidative Stress in the Skin of Hairless Mice. Journal of Natural Products (Print) , v. 78, p. 1647-1655, 2015.

  • PAN, N. C. ; PEREIRA, H. C. B. ; BALDO, CRISTIANI ; Vignoli, J.A. ; Silva, Rui Sérgio Santos ; Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone . Agroindustrial Byproducts For The Production Of Hyaluronic Acid By Streptococcus Zooepidemicus ATCC 39920. INTERNAT IONAL JOURNAL OF SCI ENTIFIC & TECHNOLOGY RESEARCH , v. 4, p. 114-118, 2015.

  • PAN, NICOLE CALDAS ; Vignoli, Josiane Alessandra ; BALDO, CRISTIANI ; PEREIRA, HANNY CRISTINA BRAGA ; SILVA, RUI SÉRGIO DOS SANTOS FERREIRA ; Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone . Effect of fermentation conditions on the production of hyaluronic acid by Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 . Acta Scientiarum. Biological Sciences (Online) , v. 37, p. 411, 2015.

  • Vignoli, Josiane Alessandra ; VIEGAS, MARCELO CALDEIRA ; BASSOLI, DENISLEY GENTIL ; BENASSI, MARTA DE TOLEDO . Roasting process affects differently the bioactive compounds and the antioxidant activity of arabica and robusta coffees. Food Research International , v. 61, p. 279-285, 2014.

  • CALDAS PAN, NICOLE ; Vignoli, Josiane Alessandra ; BALDO, CRISTIANI ; PEDRINE COLABONE CELLIGOI, MARIA ANTONIA . Ácido hialurônico: características, produção microbiana e aplicações industriais. BBR - Biochemistry and Biotechnology Reports , v. 2, p. 42, 2013.

  • BERTE, S. D. ; SILVA, P. B. ; BORSATO, D. ; VIGNOLI, J. A. ; Celligoi, M.A.P.C. . Statistical optimization of levansucrase production from Bacillus subtilis ATCC 6633 using response surface methodology. African Journal of Microbiology Research , v. 7, p. 898-904, 2013.

  • VIGNOLI, J. A. ; Bassoli, D.G. ; Benassi, M. T. . Atividade antioxidante de cafés torrado e solúvel: padronização e validação de métodos.. Coffee Science , v. 7, p. 1-1, 2012.

  • VIGNOLI, J. A. ; Bassoli, D.G. ; Benassi, M.T. . Antioxidant activity, polyphenols, caffeine and melanoidins in soluble coffee: The influence of processing conditions and raw material. Food Chemistry , v. 124, p. 863-868, 2011.

  • Vignoli, Josiane Alessandra ; Cazetta, Marcia Luciana ; Silva, Rui Sérgio Santos ; Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone . Influence of high osmotic pressure on sorbitol production by Zymomonas mobilis. Brazilian Archives of Biology and Technology (Impresso) , v. 53, p. 1169-1175, 2010.

  • DELGADO, P. A. ; VIGNOLI, J. A. ; SIIKA-AHO, M. ; FRANCO, T. T. . Sediments in coffee extracts: Composition and control by enzymatic hydrolysis. Food Chemistry , v. 110, p. 168-176, 2008.

  • VIGNOLI, J. A. ; Bassoli, D. G. . Determinação de ácidos carboxílicos e fenólicos em café solúvel utilizando HPLC/DAD. Analytica (São Paulo) , v. 5, p. 76-79, 2007.

  • VIGNOLI, J. A. ; Celligoi, M.A.P.C. ; Silva, R. S. F. . Development of a statistical model for sorbitol production by Zymomonas mobilis immobilized in loofa sponge Luffa cylindrica. Process Biochemistry , v. 41, p. 240-243, 2006.

  • Barros, de M ; VIGNOLI, J. A. ; Vargas, L. H. M. ; Celligoi, M.A.P.C. . Influence of ultrasound on sorbitol release by Zymomonas mobilis in high sugar concentration. Brazilian Archives of Biology and Technology (Impresso) , v. 49, p. 371-374, 2006.

  • VIGNOLI, J. A. ; Barros, de M ; Silva, R. S. F. ; Celligoi, M.A.P.C. . The production of sorbitol by permeabilized and immobilized cells of Zymomonas mobilis in sucrose. BRAZILIAN ARCHIVES OF BIOLOGY AND TECHNOLOGY , v. 49, p. 683-687, 2006.

  • VIGNOLI, J. A. . Produção de Sorbitol por Zymomonas mobilis ATCC29191 em Meio de Sacarose Pré-Tratado com Invertase. Semina. Ciências Exatas e Tecnológicas , 2002, v. 23, p. 83-86, 2002.

  • VIGNOLI, J. A. ; VIEGAS, M. C. ; BASSOLI, DENISLEY GENTIL ; BENASSI, MARTA DE TOLEDO . Coffee Brews Preparation: Extraction of Bioactive Compounds and Antioxidant Activity. In: John L. Massey. (Org.). Coffee: Production, Consumption and Health Benefits. 1ed.Hauppauge: Nova Publishers, 2016, v. , p. 1-28.

  • MARQUES, G. D. ; SAWONIUK, I. C. ; VIGNOLI, J. A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT . PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR Pseudomonas aeruginosa UTILIZANDO TORTA DE MILHO. In: VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017, Londrina. VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017.

  • WESSEL, K. B. B. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT ; VIGNOLI, J. A. . Efeito das Moléculas Sinalizadoras do Quorum Sensing de Pseudomonas aeruginosa na produção de Ramnolipídeos. In: VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017, Londrina. VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017.

  • CONCEICAO, K. S. ; ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; SAWONIUK, I. C. ; MARQUES, G. D. ; TISCHER, C. A. ; VIGNOLI, J. A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT . Caracterização das Propriedades Tensoativas e Estruturais de Ramnolipídeos Produzidos por Pseudomonas aeruginosa PAO1 em Matriz Sólida de Celulose Bacteriana. In: VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017, Londrina. VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017.

  • CONCEICAO, K. S. ; ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; SAWONIUK, I. C. ; MARQUES, G. D. ; TISCHER, C. A. ; VIGNOLI, J. A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT . Efeito da Profundidade do Leito de Cultivo Durante a Produção de Ramnolipídeos por Cultivos Submersos Estáticos em Matriz de Celulose Bacteriana. In: VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017, Londrina. VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017.

  • ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; CONCEICAO, K. S. ; MATIUSSO, M. M. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT ; VIGNOLI, J. A. . Produção de Etanol por Zymomonas mobilis a partir de hidrolisado ácido de casca de arroz.. In: VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017, Londrina. VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017.

  • SAWONIUK, I. C. ; MARQUES, G. D. ; ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; MATIUSSO, M. M. ; CONCEICAO, K. S. ; VIGNOLI, J. A. ; CAMILIOS NETO, D. . Produção de ramnolipídeos por Pseudomonas aeruginosa PAO1 em cultivos submersos com presença de matriz sólida inerte. In: VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017, Londrina. VI SIMPÓSIO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, 2017.

  • PAN, N. C. ; PEREIRA, H. C. B. ; Vignoli, J.A. ; Celligoi, M.A.P.C. . Produção de Ácido Hialurônico e Ácidos Orgânicos por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 em Cultivo Batelada. In: XX Simpósio Nacional de Bioprocessos (SINAFERM) e XI Simpósio de Hidrólise Enzimática de Biomassas (SHEB), 2015, Fortaleza. Anais e Proceedings do SINAFERM SHEB SINAFERM SHEB, 2015. v. 2. p. 1-4.

  • PAN, NICOLE CALDAS ; PEREIRA, HANNY CRISTINA BRAGA ; Vignoli, Josiane Alessandra ; MAGRI, AGNES ; CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. COLABONE . Crescimento Celular e Produção de Ácido Hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920. In: V Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia, 2015, Londrina. Anais do V Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia. p. 28-31.

  • ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; MEDINA, LAÍS SOARES ; SILVA, JENIFER FREITAS DA ; Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone ; Vignoli, Josiane Alessandra . Otimização do meio de cultivo para produção de nattokinase por Bacillus subtilis natto. In: V Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia, 2015, Londrina. Anais do V Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia. p. 283-286.

  • MEDINA, LAÍS SOARES ; ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; SILVA, JENIFER FREITAS DA ; MELO, MARCELO RODRIGUES DE ; CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. ; Vignoli, Josiane Alessandra . Produção de Nattokinase por Bacillus subtilis natto em Diferentes Fontes de Carbono e Nitrogênio. In: V Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia, 2015, Londrina. Anais do V Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia. p. 287-290.

  • CORSO, MARINÊS PAULA ; VIEGAS, M. C. ; Vignoli, J.A. ; Benassi, M.T. . Aceitação sensorial de café solúvel enriquecido com ácidos clorogênicos pela adição de extrato de café verde. In: IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, 2015, Curitiba. Anais do IX Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, 2015. v. 1. p. 1-4.

  • PAN, N. C. ; PEREIRA, H. C. B. ; Vignoli, J.A. ; Celligoi, M.A.P.C. . Biossíntese de Ácido Hialurônico por Streptococcus zooepidemicos: Efeito da Concentração de Extrato de Levedura e Glutamina. In: IV Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia, 2014, Londrina. Anais do IV SIMBBTEC 2014, 2014. p. 1-4.

  • PAN, N. C. ; PEREIRA, H. C. B. ; MARQUES, R. C. ; VIGNOLI, J. A. ; Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone . Otimização de Parâmetros Físicos na Produção de Ácido Hialurônico por Streptococcus equi subsp. zooepidemicus ATCC 39920. In: XIX Simpósio Nacional de Bioprocessos, 2013, Foz de Iguaçú., 2013, Foz de Iguaçú. Anais do XIX SINAFERM, 2013.. p. 1-4.

  • Barros, de M ; VIGNOLI, J. A. ; MACEDO, G. A. . Alkaline esterase from sorghum: identification, biochemical and biocatalitic characterization. In: International Conference on Food and Biosystems Engineering, 2013, Skiathos Island, Greece. Proceedings of Fabe, 2013. v. II. p. 1-11.

  • PAN, N. C. ; PEREIRA, H. C. B. ; MARQUES, R. C. ; SANTOS, D. A. ; VIGNOLI, J. A. ; Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone . Influência do pH, Temperatura e Agitação na Produção de Ácido Hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920. In: III Simpósio de Bioquímica e Biotecnologia, 2013, Londrina. BBR Biochemistry and Biotechnology Reports,, 2013. v. 2. p. 216-219.

  • VIGNOLI, J. A. ; VIEGAS, M. C. ; Bassoli, D. G. ; Benassi, M. T. . Compounds related to antioxidant activity in coffee with different roasting degrees. In: 22nd International Conference on Coffee Science - ASIC, 2008, Campinas. Proceedings of the 22nd International Conference on Coffee Science - ASIC, 2008. v. 1. p. 1-4.

  • VIEGAS, M. C. ; Bassoli, D. G. ; VIGNOLI, J. A. ; Silva, R. S. F. . Comparison of Diferent Extraction Methods for the Identification of Soluble Coffee Volatile Compounds. In: 22nd International Conference on Coffee Science - ASIC 2008, 2008, Campinas. Proceedings of the 22nd International Conference on Coffee Science - ASIC 2008, 2008.

  • VIGNOLI, J. A. ; VIEGAS, M. C. ; Bassoli, D. G. ; Benassi, M. T. . Compounds related to antioxidant activity in coffee with diffrent roasting degrees. In: 22nd International Conference on Coffee Science - ASIC 2008, 2008, Campinas. Proceedings of the 22nd International Conference on Coffee Science. Lausanne: Association for Science and Information on Coffee, 2008., 2008. v. 1. p. 1-4.

  • EVANGELISTA, T. M. L. ; Vignoli, J.A. ; Bassoli, D. G. ; GLORIA, M. B. . Profile and Levels of Bioactive Amines During Instant Coffee Processing. In: 22nd International Conference on Coffee Science, 2008, Campinas. Proceedings of the 22nd International Conference on Coffee Science, 2008.

  • Barros, de M ; VIGNOLI, J. A. ; Celligoi, M.A.P.C. . Estudo da Concentração do Inóculo Inicial Visando a Produção de Sorbitol por Z. mobilis ATCC 29191 em Meio Sacarose. In: XIV Simpósio Nacional de Fermentações, 2003, Florianópolis. XIV Simpósio Nacional de Fermentações, 2003.

  • MATIUSSO, M. M. ; Vignoli, J.A. . PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR FERMENTAÇÃO SEMISSÓLIDA ESTÁTICA EM SISTEMA DE DIFUSÃO CONTROLADA DE NUTRIENTES. In: VII EAITI - Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2017, Ponta Grossa. VII EAITI, 2017.

  • SAWONIUK, I. C. ; VIGNOLI, J. A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT . PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR Pseudomonas aeruginosa UTILZADO TORTA DE MILHO COMO SUBSTRATO SÓLIDO EM FERMENTAÇÃO SUBMERSA. In: VI Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2016, Londrina. VI EAITI: Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2016.

  • MARQUES, G. D. ; VIGNOLI, J. A. ; CAMILIOS NETO, D. . PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR FERMENTAÇÃO EM ESTADO SÓLIDO UTILIZANDO TORTA DE MILHO. In: XXV EAIC (Encontro Anual de Iniciação Científica, 2016, Londrina. XXV EAIC (Encontro Anual de Iniciação Científica, 2016.

  • SILVA, L. A. ; ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; VIGNOLI, J. A. . PRODUÇÃO, PURIFICAÇÃO PARCIAL E CARACTERIZAÇÃO DE NATTOKINASE OBTIDA POR FERMENTAÇÃO DE BACILLUS SUBTILIS NATTO. In: XXV ENCONTRO ANUAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEL, 2016, Londrina. XXV ENCONTRO ANUAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEL, 2016.

  • ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; Vignoli, J.A. . MEIOS DE CULTIVO PARA A PRODUÇÃO DE NATTOKINASE POR BACILLUS SUBTILIS NATTO. In: V Encontro Anual de Iniciação Tecnológica e Inovação, 2015, Bandeirantes. Anais EAITI 2015, 2015. p. 1-4.

  • MEDINA, LAÍS SOARES ; Vignoli, J.A. . PRODUÇÃO DE NATTOKINASE POR FERMENTAÇÃO DE BACILLUS SUBTILIS NATTO EM DIFERENTES FONTES DE CARBONO E NITROGÊNIO. In: 24.o Encontro Anual de Iniciação Científica, 2015, Londrina. Anais do 24.o Encontro Anual de Iniciação Científica, 2015. p. 1-4.

  • PAN, N. C. ; MARQUES, R. C. ; PEREIRA, H. C. B. ; VIGNOLI, J. A. ; Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone . Effects Of Different Nitrogen Sources On The Production Of Hyaluronic Acid By Streptococcus. In: 5 Congresso Brasileiro de Biotecnologia, 2013, Florianópolis. Anais, 2013.

  • VANZELA, D. A. O. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT ; ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; CONCEICAO, K. S. ; VIGNOLI, JOSIANE A. . PRODUÇÃO DE BIOETANOL POR Zymomonas mobilis CP4 A PARTIR DO HIDROLISADO ÁCIDO TOTAL DE TORTA DE MILHO.. In: IV Semana Científica de Bioquímica da UFPR, 2016, Curitiba. IV Semana Científica de Bioquímica da UFPR, 2016.

  • CONCEICAO, K. S. ; VANZELA, D. A. O. ; ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; VIGNOLI, J. A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT . PRODUÇÃO DE ETANOL POR Zymomonas mobilis A PARTIR DA FERMENTAÇÃO DE HIDROLISADO ÁCIDO DE CASCA DE ARROZ. In: II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016, 2016, Londrina. II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016.

  • ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; CONCEICAO, K. S. ; PETENUCI, S. M. R. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT ; VIGNOLI, J. A. . PRODUÇÃO DE ETANOL POR Zymomonas mobilis A PARTIR DA FERMENTAÇÃO DE HIDROLISADO ÁCIDO DE BAGAÇO CANA-DE-AÇÚCAR. In: II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016, Londrina. II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016.

  • PETENUCI, S. M. R. ; ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR ; CONCEICAO, K. S. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT ; VIGNOLI, J. A. . SUBSTITUIÇÃO PARCIAL DO MEIO DE FERMENTAÇÃO POR HIDROLISADOS ÁCIDOS DO BAGAÇO DE CANA-DE-AÇÚCAR E DA CASCA DE ARROZ PARA PRODUÇÃO DE ETANOL POR Zymomonas mobilis. In: II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016, Londrina. II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016.

  • MARQUES, G. D. ; SAWONIUK, I. C. ; Vignoli, J.A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT . AVALIAÇÃO DE DIFERENTES PROCESSOS DE CULTIVO NA PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR Pseudomonas aeruginosa PAO1. In: II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016, Londrina. II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016.

  • SAWONIUK, I. C. ; MARQUES, G. D. ; VIGNOLI, J. A. ; CAMILIOS-NETO, DOUMIT . AVALIAÇÃO DE DIFERENTES FONTES DE CARBONO NA PRODUÇÃO DE RAMNOLIPÍDEOS POR Pseudomonas aeruginosa. In: II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016, Londrina. II Congresso Paranaense de Microbiologia, 2016.

  • Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone ; PAN, N. C. ; MARQUES, R. C. ; PEREIRA, H. C. B. ; VIGNOLI, J. A. ; Buzato, J. B. . Optimization of medium culture for hyaluronic acid production by Streptococcus zooepidemicus. In: V international Conference on Environmental, industrial and applied Microbipology- Biomicroworld2013, 2013, Madrid. Book of Abstracts: Biomicroworld 2013, 2013. v. 1. p. 367-370.

  • Celligoi, M.A.P.C. ; SANTOS, D. A. ; PAN, N. C. ; Buzato, J. B. ; VIGNOLI, J. A. . High production of nystose from sucrose by Bacillus natto. In: V international Conference on Environmental, Industrial and Applied microbiology,, 2013, Madrid. Book of abstracts: Biomicroworld 2013. Madrid: Formatex, 2013. v. 1. p. 339-342.

  • SFEIR, N ; Casagrande, R. ; Georgetti, S. R. ; Vignoli, J.A. ; Medeiros, D. C. ; Verri, W. A. ; Baracat, M. M. . Desenvolvimento de microcápsulas contendo D-frutose-1,6-difosfato e avaliação do seu perfil de dissolução e quantificação por CLAE. In: Encontro paranaense de inserção do farmacêutico no SUS e XII Jornada de farmácia e análises clínicas, 2013, Londrina. Anais do I Encontro paranaense de inserção do farmacêutico no SUS e XII Jornada de farmácia e análises clínicas, 2013. p. 1-1.

  • VIGNOLI, J. A. ; VIEGAS, M. C. ; Bassoli, D.G. ; Benassi, M. T. . Determinação de compostos antioxidantes em bebidas de café por cromatografia líquida e gasosa. In: Simpósio Brasileiro de Cromatografia e Técnicas Afins, 2010, Campos do Jordão. Anais do Simpósio Brasileiro de Cromatografia e Técnicas Afins. São Carlos: Instituto Internacional de Cromatografia, 2010. v. 1. p. 1.

  • SILVEIRA, T. M. L. ; EVANGELISTA, T. M. L. ; Vignoli, J.A. ; Bassoli, D. G. ; GLORIA, M. B. . Influência do processamento do café solúvel no perfil e teores de aminas bioativas livres e conjugadas. In: VI Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, 2009, Vitória. VI Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, 2009.

  • VIGNOLI, J. A. ; VIEGAS, M. C. ; Bassoli, D. G. ; Benassi, M. T. . Metodologia para análise simultânea de compostos bioativos em café torrado e solúvel por cromatografia líquida de alta eficiência. In: COLACRO XII - Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, 2008, Florianópolis. Anais do COLACRO XII - Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, 2008.

  • VIEGAS, M. C. ; VIGNOLI, J. A. ; Mori, A. L. B. ; Bassoli, D. G. . Desenvolvimento e Validação de Método para Determinação de Traços de Off-flavor em Café Verde HS-SPME e GC-MS. In: COLACRO XII-Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, 2008, Florianópolis. Anais do COLACRO XII - Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, 2008.

  • VIEGAS, M. C. ; VIGNOLI, J. A. ; Bassoli, D. G. . Utilização da Técnica HS-SPME e GC-MS e Análise de Componentes Principais para Caracterização de Café Torrado e Moído. In: COLACRO XII - Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, 2008, Florianópolis. Anais do COLACRO XII - Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, 2008.

  • Mori, A. L. B. ; Bassoli, D. G. ; Espírito Santo, M. ; Fontanini, J. I. ; VIEGAS, M. C. ; VIGNOLI, J. A. . Desenvolvimento e Validação de Metodologia de Análise de Aflatoxina (B1, B2, G1, G2) em Café Solúvel Usando HPLC com Derivatização Pós-Coluna e Detecção por Fluorescência. In: COLACRO XII - Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, 2008, Florianópolis. Anais do COLACRO XII - Congresso Latino-Americano de Cromatografia e Técnicas Relacionadas, 2008.

  • VIGNOLI, J. A. ; Bassoli, D. G. ; Benassi, M. T. . Atividade antioxidante de café solúvel proveniente de diferentes torras, matéria-prima e método de extração. In: VII Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2007, Campinas. Anais do VII Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2007. v. 1. p. 1.

  • Masucci, M. ; VIGNOLI, J. A. ; Vargas, L. H. M. ; Celligoi, M.A.P.C. . Utilização de Glicose e Frutose por Z. mobilis para Produção de Sorbitol. In: 5° Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2003, Campinas. 5° Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2003.

  • Celligoi, M.A.P.C. ; Vargas, L. H. M. ; Barros, de M ; VIGNOLI, J. A. . Efeito do Ultra-som na Liberação de Sorbitol por Z. mobilis. In: XXII Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2003, Florianópolis. XXII Congresso Brasileiro de Microbiologia, 2003.

  • VIEGAS, M. C. ; Bassoli, D. G. ; VIGNOLI, J. A. ; Alcântara, P.H. N. ; Hacbart, S. ; Marques, F. L. . Comparação da Sensibilidade entre os Métodos Headspace e Extração por Solvente para Análise dos Compostos Voláteis Presentes no Café Solúvel. In: 5° Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2003, Campinas. 5° Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2003.

  • VIGNOLI, J. A. ; Bassoli, D. G. ; Alcântara, P.H. N. ; VIEGAS, M. C. ; Hacbart, S. ; Marques, F. L. . Influência da Temperatura de Extração na Composição de Carboidratos dos Extratos de Café Solúvel em Comparação ao Café Espresso. In: 5°Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2003, Campinas. 5°Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2003.

  • VIGNOLI, J. A. ; Celligoi, M.A.P.C. ; Silva, R. S. F. . Processos Biotecnológicos para Produção de Sorbitol por Zymomonas mobilis ATCC 29191. In: I Mostra Integrada de Projetos da UEL, 2002, Londrina. I Mostra Integrada de Projetos da UEL, 2002.

  • VIGNOLI, J. A. ; Schiabel, V. C. ; Barros, de M ; Silva, R. S. F. ; Celligoi, M.A.P.C. . Influência da Alta Concentração de Sacarose e da Adição de Maltose na Produção de Sorbitol por Zymomonas mobilis ATCC 29191. In: XVIII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos, 2002, Porto Alegre. XVIII Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia de Alimentos. Porto Alegre, 2002.

  • Schiabel, V. C. ; VIGNOLI, J. A. ; Barros, de M ; Caneparo, R. C. G. A. ; Buzato, J. B. ; Celligoi, M.A.P.C. . Influência das Condições de Cultivo - Temperatura, Concentração de Açúcar e Suplementação do Meio- na Produção de Levana por Zymomonas mobilis CP4. In: 4 Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2001, Campinas. 4 Simpósio Latino Americano de Ciência de Alimentos, 2001.

  • VIGNOLI, J. A. ; Barros, de M ; Celligoi, M.A.P.C. ; Buzato, J. B. . Obtenção de Levana, um agente antitumoral, por Zymomonas mobilis cp4 em meio de sacarose. In: IV Congresso Londrinense de Biologia Aplicada à saúde e I Encontro Paranaense de Biomedicina, 2001, Londrina. Biosaúde, 2001. v. 3. p. 67-67.

  • VIGNOLI, J. A. ; Cazetta, M. L. ; Schiabel, V. C. ; Celligoi, M.A.P.C. . Influência do pH na produção de etanol e sorbitol por Zymomonas mobilis. In: I Encontro Paranaense de Microbiologia, 2000, Londrina. I Encontro Paranaense de Microbiologia, 2000.

  • VIGNOLI, J. A. ; Cazetta, M. L. ; Schiabel, V. C. ; Celligoi, M.A.P.C. . Produção de sorbitol por Zymomonas mobilis variando a concentração de açúcares e a temperatura do processo fermentativo. In: IX Encontro Anual de Iniciação Científica, 2000, Londrina. IX Encontro Anual de Iniciação Científica, 2000.

  • VIGNOLI, J. A. ; Cazetta, M. L. ; Schiabel, V. C. ; Celligoi, M.A.P.C. . Influência do pH na produção de etanol e a relação com o teor lipídico de Zymomonas mobilis. In: XX Congresso Brasileiro de Microbiologia, 1999, Salvador. XX Congresso Brasileiro de Microbiologia, 1999.

  • VIGNOLI, J. A. . Relação composição e benefícios à saúde de produtos de café.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • VIGNOLI, J. A. . Biotecnologia e Saúde. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • VIGNOLI, J. A. . Café e suas Propriedades Funcionais. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

CORSO, MARINÊS PAULA ; VIGNOLI, JOSIANE A. ; BENASSI, MARTA DE TOLEDO . Development of an instant coffee enriched with chlorogenic acids. 2016.

MARTINEZ, RENATA M. ; PINHO-RIBEIRO, FELIPE A. ; STEFFEN, VINICIUS S. ; SILVA, THAIS C. C. ; CAVIGLIONE, CARLA V. ; BOTTURA, CAROLINA ; FONSECA, MARIA J. V. ; VICENTINI, FABIANA T. M. C. ; Vignoli, Josiane Alessandra ; BARACAT, MARCELA M. ; GEORGETTI, SANDRA R. ; VERRI, WALDICEU A. ; CASAGRANDE, RUBIA . Topical Formulation Containing Naringenin: Efficacy against Ultraviolet B Irradiation-Induced Skin Inflammation and Oxidative Stress in Mice. 2016.

PAN, NICOLE CALDAS ; PEREIRA, HANNY CRISTINA BRAGA ; BALDO, CRISTIANI ; Vignoli, J.A. ; CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. . Agroindustrial Byproducts For The Production Of Hyaluronic Acid By Streptococcus Zooepidemicus ATCC 39920. 2015.

VIGNOLI, J. A. ; Bassoli, D.G. ; VIEGAS, M. C. ; Benassi, M.T. . Roasting process affects differently the bioactive compounds and the antioxidant activity of arabica and robusta coffees. 2014.

BERTE, S. D. ; SILVA, P. B. ; BORSATO, D. ; VIGNOLI, J. A. ; CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. . Statistical optimization of levansucrase production from Bacillus subtilis ATCC 6633 using response surface methodology. 2013.

Vignoli, J.A. ; Bassoli, D.G. ; Benassi, M.T. . Antioxidant activity, polyphenols, caffeine and melanoidins in soluble coffee: The influence of processing conditions and raw material. 2011.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Processo de produção, extração e purificação de fenazinas de Pseudomonas aeruginosa: Avaliação do potencial antioxidante, anti-inflamatório e analgésico, Descrição: As fenazinas são importantes pigmentos redox-ativos produzidos por muitas bactérias Gram-negativas. Pseudomonas aeruginosa excreta várias tonalidades destas substâncias, incluindo piocianina (azul-esverdeada) e piorubrina (vermelho). Apesar do grande número de estudos dos diferentes pigmentos fenazínicos produzidos por Pseudomonas aeruginosa pouco se sabe sobre as funções biológicas destes compostos. No entanto, há relatos na literatura científica sobre potenciais propriedades antioxidantes e não-citotóxicas destes compostos, que sugerem um grande potencial de aplicação nas indústrias farmacêutica e cosmética. Neste contexto, o presente projeto propõe o desenvolvimento de um processo de produção extração, purificação e avaliação da atividade antioxidante, anti-inflamatória e analgésica de piocianina e piorubrinas produzidas por Pseudomonas aeruginosa.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / Waldiceu Aparecido Verri JR - Integrante / CASAGRANDE, RUBIA - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Kamila Byanca Baldin Wessel - Integrante / Ismael R Amador - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR Zymomonas mobilis: AVALIAÇÃO DE DIFERENTES PROCESSOS FERMENTATIVOS, Descrição: O uso de combustíveis fósseis como principal matriz energética mundial é um fator limitante do desenvolvimento sustentável da sociedade moderna. As mudanças climáticas globais, a poluição atmosférica, o acúmulo de gases estufa e a própria disponibilidade limitada dos combustíveis fósseis são fatores complicadores do atual cenário. Adicionalmente, a crescente demanda energética mundial e a dada dependência pelos combustíveis fósseis evidenciam a necessidade urgente de desenvolvimento de tecnologias alternativas para obtenção de energia sustentável. Neste contexto, a substituição parcial dos combustíveis fósseis por biocombustíveis já é uma realidade e está em grande evidência. No entanto, as tecnologias de biocombustíveis de primeira geração também apresentam suas próprias limitações, principalmente as relacionadas à necessidade de ampliação de área plantada e a competição com a produção de alimentos. Desta forma, as tecnologias de obtenção de biocombustíveis de segunda geração, com destaque para o etanol proveniente de biomassa lignocelulósica, estão em ampla escala de estudo e em menor escala de desenvolvimento e implantação. Assim, a presente proposta tem como objetivo estudar a produção de etanol de segunda geração por Zymomonas mobilis, proveniente da substituição parcial dos meios de cultivo por hidrolisados de resíduos lignocelulósicos agroindustriais (e.g., torta de milho, bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz) através de diferentes processos fermentativos (i.e., fermentação submersa, fermentação submersa com suporte sólido e fermentação em estado sólido).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Karen Stephany Conceição - Integrante / SHEILA MARIM RAKSA PETENUCI - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Análise transcricional por RNA-seq de Pseudomonas aeruginosa durante a produção de ramnolipídeos por fermentação em estado sólido, Descrição: O presente projeto é motivado pela hipótese de que as altas taxas de produção de ramnolipídeos obtidas por fermentação em estado sólido (FES) estão relacionadas com estímulos ao circuito quorum sensing (QS) de P. aeruginosa proporcionados por esta tecnologia fermentativa. Esta hipótese baseia-se nas considerações: (1) a produção de ramnolipídeos por FES apresenta maiores taxas de produção; (2) a produção de ramnolipídeos é quorum-regulada; e (3) as condições fornecidas pela FES ao microrganismo podem ser capazes de estimular os circuitos QS. Com o intuito de se testar a hipótese levantada, o presente plano de trabalho tem como objetivos: Fazer um estudo do transcriptoma por RNA-seq de P. aeruginosa crescendo em cultivos sólidos versus crescendo em cultivos líquidos; Fazer fermentações em estado sólido utilizando substratos sólidos com potencial para estimular o circuito QS e consequentemente a produção de ramnolipídeos; Avaliar a produção das moléculas sinalizadoras dos circuitos QS durante a produção dos ramnolipídeos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Doumit Camilios Neto - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2014 - Atual

    Produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 em melaço de cana-de-açúcar: caracterização e aplicação do produto., Descrição: O ácido hialurônico é um polissacarídeo de alta massa molar constituído de ácido D-glicurônico e N-acetilglicosamina. Suas propriedades viscoelástica, hidratante, e antioxidante, fazem do ácido hialurônico um produto com inúmeras aplicações, sendo a maior delas na indústria de cosméticos. A produção microbiana do polímero vem substituindo o ácido hialurônico extraído da crista de galo, devido ao risco de contaminação viral em produtos de origem animal. O ácido hialurônico microbiano é sintetizado como uma capsula extracelular por Streptococcus do grupo A e C de Lancerfield. Essas bactérias apresentam exigências nutricionais que podem ser obtidas do melaço de cana-de-açúcar, subproduto agroindustrial rico em açúcares, nitrogênio e sais. A economia de um processo de fermentação industrial depende do meio de cultivo utilizado, logo o objetivo deste trabalho é viabilizar o custo de produção do ácido hialurônico utilizando melaço de cana-de-açúcar. A estratégia de otimização alternará etapas de triagem e escolha de variáveis com etapas de otimização por metodologia de superfície de resposta. O produto obtido após as etapas será caracterizado e aplicado em uma formulação tópica para avaliações de seus benefícios quando utilizado em cosméticos. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Celligoi, Maria Antonia Pedrine Colabone - Coordenador / Nicole Caldas Pan - Integrante / Hanny Cristina Braga Pereira - Integrante / BARACAT, MARCELA M. - Integrante / GEORGETTI, SANDRA R. - Integrante / CASAGRANDE, RUBIA - Integrante.

  • 2013 - Atual

    PRODUÇÃO DE NATTOKINASE POR BACILLUS SUBTILIS NATTO, Descrição: Nattokinase, uma enzima fibrinolítica, tem mostrado grande potencial no tratamento de trombose e doenças relacionadas. Esta enzima é produzida pelo micro-organismo Bacillus subtillis em condições adequadas. Composição do meio de cultivo tem sido identificado como fator primordial para produção de nattokinase por esta bactéria. Desta maneira, este projeto buscará a otimização das condições de cultivo para produção de nattokinase por Bacillus subtilis natto ATCC 6633. Inicialmente serão estudados, por meio de um planejamento fatorial completo 33 os parâmetros pH, agitação e temperatura, que selecionados os ideais serão mantidos nas etapas subseqüentes: definição das fontes de carbono e nitrogênio por meio de um planejamento fatorial fracionado 2(8-4) e otimização do meio de cultivo por um delineamento central composto que definirá a relação carbono/nitrogênio e concentração dos sais cloreto de cálcio e sulfato de magnésio ideais para produção de nattokinase. Após definição da condição ótima da produção de nattokinase esta será aplicada em um processo de batelada alimentada.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / Maria Antonia P. C. Celligoi - Integrante / Vargas, Lúcia Helena Mendonça - Integrante / Fabiana Guillen Moreira Gasparin - Integrante / Marcelo Caldeira Viegas - Integrante.

  • 2013 - Atual

    PRODUÇÃO DE PROTEASES, LIPASES E BIOSSURFACTANTES PARA APLICAÇÕES, Descrição: Tecnologia que apresente potencial para contribuir com o desenvolvimento sustentável é prioritário para o futuro da humanidade e a biotecnologia tem muito a oferecer, especialmente nos campos da produção de alimentos, geração de energia, prevenção da poluição ambiental e biorremediação. No campo da biotecnologia, a microbiologia é muito aplicada isso porque os microrganismos sintetizam uma variedade de metabólitos como as enzimas e os biossurfactantes que apresentam infinitas aplicações em diferentes setores como indústria de alimentos, indústria farmacêutica, biorremediação, geração de biodiesel e outros. As enzimas microbiológicas apresentam vantagens como grande variedade de atividades catalíticas, fácil manipulação, possível alta produção, fornecimento regular devido a ausência de flutuações sazonais e o rápido crescimento dos microrganismos em meios baratos. Os biossurfactantes, compostos tensoativos de origem microbiológica, também apresentam várias vantagens como baixa toxicidade, Biodegradabilidade, aceitabilidade ecológica, capacidade de ser produzido por substratos renováveis e baratos, efetividade em extremos de ph e temperatura. O objetivo deste projeto é desenvolver um banco de microrganismos potenciais de uso biotecnológico através da produção de protease, lipase e biossurfactante. Microrganismos isolados de efluentes e de solo devidamente identificados por biologia molecular serão selecionados quanto a atividade proteolítica e lipolítica, e quanto a produção de biossurfactatne de modo qualitativo pelo teste em placa com caseína, com rodamina e pelo teste do índice de emulsificação, respectivamente. Posteriormente, a produção de proteases, lipases e biossurfactantes em fermentação submersa será investigada sob diferentes condições de cultivo, variando fonte de carbono, fonte de nitrogênio, ph inicial e temperatura. O perfil proteolítico e lipolítico das enzimas sobre diferentes substratos será avaliado e características como abaixamento da tensão supe. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Fabiana Guillen Moreira Gasparin - Coordenador / Marcelo Rodrigues de Melo - Integrante / Maria Ines Rezende - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Efeitos terapêuticos e mecanismos de ação de flavonóides nos danos cutâneos fotoxidativos induzidos pela irradiação UVB em camundongos: avaliação da trans-chalcona, naringenina e hesperidina metil-chalcona, Descrição: Edital Universal Fundação Araucária (24/2012 Programa de Pesquisa Básica e Aplicada). VAlor Financiado de R$ 25.000,00. A pele é uma interface biológica com o meio ambiente continuamenteexposta a fatores que ameaçam a integridade de estruturas celulares como radiação visível, radiação UV (RUV) e altas concentrações de oxigênio. A RUV é o fator físico mais importante e é uma das principais causas de danos na pele, que resulta em lesões pré-cancerosas e cancerosas e aceleração do envelhecimento cutâneo. A hipótese provável para o aparecimento de patologias de pele devido exposição à radiação solar é formação de espécies reativas de oxigênio (EROs) e mobilização de metais de transição. Com o aumento do fluxo de EROs, a regeneração de antioxidantes endógenos torna-se insuficiente ocasionando a sua depleção e o desequilíbrio entre a formação de EROs e a atividade de defesa antioxidante é denominado estresse oxidativo. Portanto, considerando que a pele está constantemente exposta a fatores que levam a instalação do estresse oxidativo e poucos tecidos estão sujeitos a similar grau de exposição, a utilização de antioxidantes de fontes exógenas pode ser uma estratégia terapêutica de sucesso para prevenir danos cutâneos fotoxidativos mediados pela RUV. Nesse sentido, os flavonóides têm despertado interesse, uma vez que apresentam diferentes ações em eventos que envolvem a participação de EROs e substâncias pró-inflamatórias. No entanto, a avaliação dos mecanismos antioxidantes dos flavonóides: trans-chalcona, naringenina e hesperidina metil-chalcona frente a diferentes radicais livres e suas possíveis contribuições e mecanismos de ação na redução dos danos cutâneos fotoxidativos induzidos pela RUV ainda não foram demonstradas. Os flavonóides constituem um grupo de compostos fenólicos amplamente biossintetizados nas plantas, os quais possuem uma estrutura química que confere um baixo potencial redox e uma alta probabilidade em transferir elétrons nas reações, o que tem sugerido o uso potencial destas substâncias como agentes terapêuticos. Assim, a investigação dos mecanismos antioxidantes e dos efeitos terapêuticos e mecanismos de ação destes três flavonóides nos danos fotoxidativos cutâneos contribuirá para estabelecimento de novas evidências científicas a respeito da utilização destes compostos. Os resultados deste projeto visam sugerir os flavonóides: trans-chalcona, naringenina e hesperidina metil-chalcona como novas e possíveis abordagens terapêuticas para a prevenção e tratamento de patologias cutâneas relacionadas com o estresse oxidativo como câncer e fotoenvelhecimento. Além disso, os resultados esperados apresentam importantes implicações científicas, sociais e econômicas, uma vez que a diminuição da incidência de câncer e dos danos fotoxidativos resultará numa melhora na qualidade de vida dos pacientes, como também os estudos pré-clínicos sugeridos neste projeto devem promover o interesse no desenvolvimento de um novo medicamento e ainda contribuirá com a formação de recursos humanos. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Marcela Maria Baracat - Integrante / Rubia Casagrande - Coordenador / Sandra Regina Georgetti - Integrante / Maria Jose V. Fonseca - Integrante / Renata M. Martinez - Integrante / Fabiana Testa Moura de Carvalho Vicentini - Integrante / Ana Laura Mantuani Ivan - Integrante / Marcela Zambrim Campanini - Integrante / Ana Carla Zarpelon - Integrante / Nilton Syogo Arakawa - Integrante / Karla Guivernau Gaudens Serafim - Integrante / Maria Ines Possebon - Integrante / Vitor Sottero Ferreira - Integrante / Fabiane Yuri Yamacita - Integrante / Suelen Andrade Navarro - Integrante / Vinicius Soares Steffen - Integrante / Danilo Pala - Integrante / CARLA VENTURELLI CAVIGLIONE - Integrante / Waldiceu Aparecido Verri JR - Integrante.

  • 2012 - Atual

    PRODUÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE ÁCIDO HIALURÔNICO POR STREPTOCOCCUS EQUI SUBSP. ZOOEPIDEMICUS ATCC 39920., Descrição: O ácido hialurônico (AH) é um polissacarídeo linear de alta massa molar presente nos tecidos conjuntivos de animais. Devido à sua elevada viscoelasticidade e capacidade de reter grandes volumes de água, o AH tem aplicações importantes nas indústrias médica, farmacêutica e cosmética. Neste trabalho será estudado a otimização da produção de ácido hialurônico por cultivo de Streptococcus equi subsp. Zooepidemicus ATCC 39920 utilizando planejamentos experimentais com o objetivo de extrair o máximo de informação útil do sistema em estudo, realizando o número mínimo de experimentos. As condições ambientais estudadas serão a temperatura, pH e agitação, fonte de nitrogênio, fonte de carbono e adição de glutamina, glutamato e acido oxálico no meio de cultivo. A variável resposta, concentração de ácido hialurônico em g/l obtida dos planejamentos estatísticos, será analisada pelo programa Statistica 7.0 para análise de variância (ANOVA) com a probabilidade de 5% de confiança e metodologia de superfície de resposta (MRS) para otimização da produção. A quantificação do polímero será determinada pelo método colorimétrico de carbazol. Depois de identificado o melhor meio de cultivo será realizado uma produção em escala maior nas condições otimizadas. O ácido hialurônico produzido em escala maior será quantificado por cromatografia de alta eficiência (HPLC), e qualificado por cromatografia de exclusão molecular para a determinação da massa molar. A capacidade antioxidante deste polímero será analisada pela redução do radical DPPH (2,2- difenil- 1 ?picrilhidrazil). Determinada as características do ah produzido, este pode ser aplicado em produtos cosméticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Maria Antonia P. C. Celligoi - Coordenador / Nicole Caldas Pan - Integrante.

  • 2010 - Atual

    Bacillus subtilis Natto: Produção e aplicação da levanasacarase para a síntese de levana e Frutooligossacarídeos objetivando aplicação industrial, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Maria Antonia P. C. Celligoi - Coordenador.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2013 - Atual

    PRODUÇÃO DE NATTOKINASE POR BACILLUS SUBTILIS NATTO, Descrição: Nattokinase, uma enzima fibrinolítica, tem mostrado grande potencial no tratamento de trombose e doenças relacionadas. Esta enzima é produzida pelo micro-organismo Bacillus subtillis em condições adequadas. Composição do meio de cultivo tem sido identificado como fator primordial para produção de nattokinase por esta bactéria. Desta maneira, este projeto buscará a otimização das condições de cultivo para produção de nattokinase por Bacillus subtilis natto ATCC 6633. Inicialmente serão estudados, por meio de um planejamento fatorial completo 33 os parâmetros pH, agitação e temperatura, que selecionados os ideais serão mantidos nas etapas subseqüentes: definição das fontes de carbono e nitrogênio por meio de um planejamento fatorial fracionado 2(8-4) e otimização do meio de cultivo por um delineamento central composto que definirá a relação carbono/nitrogênio e concentração dos sais cloreto de cálcio e sulfato de magnésio ideais para produção de nattokinase. Após definição da condição ótima da produção de nattokinase esta será aplicada em um processo de batelada alimentada. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / Maria Antonia P. C. Celligoi - Integrante / Vargas, Lúcia Helena Mendonça - Integrante / Fabiana Guillen Moreira Gasparin - Integrante / Marcelo Caldeira Viegas - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Produção de Proteases, Lipases e Biossurfactantes para Aplicações, Descrição: Tecnologia que apresente potencial para contribuir com o desenvolvimento sustentável é prioritário para o futuro da humanidade e a biotecnologia tem muito a oferecer, especialmente nos campos da produção de alimentos, geração de energia, prevenção da poluição ambiental e biorremediação. No campo da biotecnologia, a microbiologia é muito aplicada isso porque os microrganismos sintetizam uma variedade de metabólitos como as enzimas e os biossurfactantes que apresentam infinitas aplicações em diferentes setores como indústria de alimentos, indústria farmacêutica, biorremediação, geração de biodiesel e outros. As enzimas microbiológicas apresentam vantagens como grande variedade de atividades catalíticas, fácil manipulação, possível alta produção, fornecimento regular devido a ausência de flutuações sazonais e o rápido crescimento dos microrganismos em meios baratos. Os biossurfactantes, compostos tensoativos de origem microbiológica, também apresentam várias vantagens como baixa toxicidade, Biodegradabilidade, aceitabilidade ecológica, capacidade de ser produzido por substratos renováveis e baratos, efetividade em extremos de ph e temperatura. O objetivo deste projeto é desenvolver um banco de microrganismos potenciais de uso biotecnológico através da produção de protease, lipase e biossurfactante. Microrganismos isolados de efluentes e de solo devidamente identificados por biologia molecular serão selecionados quanto a atividade proteolítica e lipolítica, e quanto a produção de biossurfactatne de modo qualitativo pelo teste em placa com caseína, com rodamina e pelo teste do índice de emulsificação, respectivamente. Posteriormente, a produção de proteases, lipases e biossurfactantes em fermentação submersa será investigada sob diferentes condições de cultivo, variando fonte de carbono, fonte de nitrogênio, pH inicial e temperatura. O perfil proteolítico e lipolítico das enzimas sobre diferentes substratos será avaliado e características como abaixamento da tensão superficial.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Maria Antonia P. C. Celligoi - Integrante / Fabiana Guillen Moreira Gasparin - Coordenador / Marcelo Rodrigues de Melo - Integrante / Maria Ines Rezende - Integrante.

  • 2013 - Atual

    Efeitos terapêuticos e mecanismos de ação de flavonóides nos danos cutâneos fotoxidativos induzidos pela irradiação UVB em camundongos: avaliação da trans-chalcona, naringenina e hesperidina metil-chalcona, Descrição: A pele é uma interface biológica com o meio ambiente continuamenteexposta a fatores que ameaçam a integridade de estruturas celulares como radiação visível, radiação UV (RUV) e altas concentrações de oxigênio. A RUV é o fator físico mais importante e é uma das principais causas de danos na pele, que resulta em lesões pré-cancerosas e cancerosas e aceleração do envelhecimento cutâneo. A hipótese provável para o aparecimento de patologias de pele devido exposição à radiação solar é formação de espécies reativas de oxigênio (EROs) e mobilização de metais de transição. Com o aumento do fluxo de EROs, a regeneração de antioxidantes endógenos torna-se insuficiente ocasionando a sua depleção e o desequilíbrio entre a formação de EROs e a atividade de defesa antioxidante é denominado estresse oxidativo. Portanto, considerando que a pele está constantemente exposta a fatores que levam a instalação do estresse oxidativo e poucos tecidos estão sujeitos a similar grau de exposição, a utilização de antioxidantes de fontes exógenas pode ser uma estratégia terapêutica de sucesso para prevenir danos cutâneos fotoxidativos mediados pela RUV. Nesse sentido, os flavonóides têm despertado interesse, uma vez que apresentam diferentes ações em eventos que envolvem a participação de EROs e substâncias pró-inflamatórias. No entanto, a avaliação dos mecanismos antioxidantes dos flavonóides: trans-chalcona, naringenina e hesperidina metil-chalcona frente a diferentes radicais livres e suas possíveis contribuições e mecanismos de ação na redução dos danos cutâneos fotoxidativos induzidos pela RUV ainda não foram demonstradas. Os flavonóides constituem um grupo de compostos fenólicos amplamente biossintetizados nas plantas, os quais possuem uma estrutura química que confere um baixo potencial redox e uma alta probabilidade em transferir elétrons nas reações, o que tem sugerido o uso potencial destas substâncias como agentes terapêuticos. Assim, a investigação dos mecanismos antioxidantes e dos efeitos terapêuticos e mecanismos de ação destes três flavonóides nos danos fotoxidativos cutâneos contribuirá para estabelecimento de novas evidências científicas a respeito da utilização destes compostos. Os resultados deste projeto visam sugerir os flavonóides: trans-chalcona, naringenina e hesperidina metil-chalcona como novas e possíveis abordagens terapêuticas para a prevenção e tratamento de patologias cutâneas relacionadas com o estresse oxidativo como câncer e fotoenvelhecimento. Além disso, os resultados esperados apresentam importantes implicações científicas, sociais e econômicas, uma vez que a diminuição da incidência de câncer e dos danos fotoxidativos resultará numa melhora na qualidade de vida dos pacientes, como também os estudos pré-clínicos sugeridos neste projeto devem promover o interesse no desenvolvimento de um novo medicamento e ainda contribuirá com a formação de recursos humanos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Marcela Maria Baracat - Integrante / Rubia Casagrande - Coordenador / Sandra Regina Georgetti - Integrante / Ana Carla Zarpelon - Integrante / Waldiceu Aparecido Verri JR - Integrante.

  • 2010 - 2013

    BACCILLUS SUBTILIS NATTO: PRODUÇÃO E APLICAÇÃO DE LEVANASACARASE PARA A SÍNTESE DE LEVANA E FRUTOOLIGOSSACARÍDEOS OBJETIVANDO APLICAÇÃO INDUSTRIAL, Descrição: ALGUNS POLISSACARÍDEOS, PROVENIENTES DE PROCESSOS FERMENTATIVOS, SÃO FOCADOS PELA VERSATILIDADE DE SUAS APLICAÇÕES, NA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA E NO USO FARMACOLÓGICO. FRUTANAS TÊM ESSA CAPACIDADE, INCLUSIVE O POLÍMERO DE FRUTOSE ß (2-6), A LEVANA. OS OLIGOSSACARÍDEOS DE FRUTOSE SÃO DENOMINADOS DE FOS, ESSES OLIGÔMEROS DE FRUTOSE POSSUEM CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS, QUE PERMITE APLICAÇÃO EM VÁRIAS ÁREAS. POSSUEM UM TERÇO DO PODER ADOÇANTE DA SACAROSE E NÃO SÃO CALÓRICOS, NÃO CRISTALIZAM E NÃO PRECIPITAM. OS FOS NÃO SÃO DIGERIDOS PELO ORGANISMO HUMANO E A MAIORIA DAS BIFIDOBACTÉRIAS É CAPAZ DE FERMENTÁ-LOS, O QUE DESCREVE UMA ATIVIDADE PREBIÓTICA DESSES COMPOSTOS. O BACILLUS SUBTILIS NATTO, UMA LINHAGEM ISOLADA NO DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, TEM MOSTRADO BOA PRODUTORA DE LEVANA, SENDO ASSIM OBJETIVA-SE NESSE PROJETO ESTUDAR A PRODUÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE LEVANA E DOS FOS PRODUZIDOS POR ESSE MICRORGANISMO, VARIANDO AS CONDIÇÕES DE FERMENTAÇÃO BEM COMO A SÍNTESE PELA ENZIMA LEVANASACARASE.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

  • 2010 - 2013

    BACCILLUS SUBTILIS NATTO: PRODUÇÃO E APLICAÇÃO DE LEVANASACARASE PARA A SÍNTESE DE LEVANA E FRUTOOLIGOSSACARÍDEOS OBJETIVANDO APLICAÇÃO INDUSTRIAL, Descrição: ALGUNS POLISSACARÍDEOS, PROVENIENTES DE PROCESSOS FERMENTATIVOS, SÃO FOCADOS PELA VERSATILIDADE DE SUAS APLICAÇÕES, NA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA E NO USO FARMACOLÓGICO. FRUTANAS TÊM ESSA CAPACIDADE, INCLUSIVE O POLÍMERO DE FRUTOSE ß (2-6), A LEVANA. OS OLIGOSSACARÍDEOS DE FRUTOSE SÃO DENOMINADOS DE FOS, ESSES OLIGÔMEROS DE FRUTOSE POSSUEM CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS, QUE PERMITE APLICAÇÃO EM VÁRIAS ÁREAS. POSSUEM UM TERÇO DO PODER ADOÇANTE DA SACAROSE E NÃO SÃO CALÓRICOS, NÃO CRISTALIZAM E NÃO PRECIPITAM. OS FOS NÃO SÃO DIGERIDOS PELO ORGANISMO HUMANO E A MAIORIA DAS BIFIDOBACTÉRIAS É CAPAZ DE FERMENTÁ-LOS, O QUE DESCREVE UMA ATIVIDADE PREBIÓTICA DESSES COMPOSTOS. O BACILLUS SUBTILIS NATTO, UMA LINHAGEM ISOLADA NO DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, TEM MOSTRADO BOA PRODUTORA DE LEVANA, SENDO ASSIM OBJETIVA-SE NESSE PROJETO ESTUDAR A PRODUÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE LEVANA E DOS FOS PRODUZIDOS POR ESSE MICRORGANISMO, VARIANDO AS CONDIÇÕES DE FERMENTAÇÃO BEM COMO A SÍNTESE PELA ENZIMA LEVANASACARASE.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

  • 2010 - 2013

    BACCILLUS SUBTILIS NATTO: PRODUÇÃO E APLICAÇÃO DE LEVANASACARASE PARA A SÍNTESE DE LEVANA E FRUTOOLIGOSSACARÍDEOS OBJETIVANDO APLICAÇÃO INDUSTRIAL, Descrição: ALGUNS POLISSACARÍDEOS, PROVENIENTES DE PROCESSOS FERMENTATIVOS, SÃO FOCADOS PELA VERSATILIDADE DE SUAS APLICAÇÕES, NA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA E NO USO FARMACOLÓGICO. FRUTANAS TÊM ESSA CAPACIDADE, INCLUSIVE O POLÍMERO DE FRUTOSE ß (2-6), A LEVANA. OS OLIGOSSACARÍDEOS DE FRUTOSE SÃO DENOMINADOS DE FOS, ESSES OLIGÔMEROS DE FRUTOSE POSSUEM CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS, QUE PERMITE APLICAÇÃO EM VÁRIAS ÁREAS. POSSUEM UM TERÇO DO PODER ADOÇANTE DA SACAROSE E NÃO SÃO CALÓRICOS, NÃO CRISTALIZAM E NÃO PRECIPITAM. OS FOS NÃO SÃO DIGERIDOS PELO ORGANISMO HUMANO E A MAIORIA DAS BIFIDOBACTÉRIAS É CAPAZ DE FERMENTÁ-LOS, O QUE DESCREVE UMA ATIVIDADE PREBIÓTICA DESSES COMPOSTOS. O BACILLUS SUBTILIS NATTO, UMA LINHAGEM ISOLADA NO DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA E BIOTECNOLOGIA, TEM MOSTRADO BOA PRODUTORA DE LEVANA, SENDO ASSIM OBJETIVA-SE NESSE PROJETO ESTUDAR A PRODUÇÃO, CARACTERIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE LEVANA E DOS FOS PRODUZIDOS POR ESSE MICRORGANISMO, VARIANDO AS CONDIÇÕES DE FERMENTAÇÃO BEM COMO A SÍNTESE PELA ENZIMA LEVANASACARASE.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Avaliação das atividades antioxidante, anti-inflamatória e analgésica de fatores de virulência de Pseudomonas aeruginosa, Descrição: Pseudomonas aeruginosa é um patógeno oportunista metabolicamente versátil capaz de sobreviver em vários tipos de ambiente. A maior contribuição para a patogenicidade deste microrganismo deve-se a sua habilidade de produzir vários fatores de virulência, como a formação de biofilme, secreção de exotoxinas, motilidade, fenazinas, ramnolipídeos, entre outros. Estes fatores de virulência desempenham um papel central durante a infecção incluindo uma modulação direta das respostas do sistema imune do hospedeiro. Dado a importância da influência do arsenal de fatores de virulência na interação com o hospedeiro a presente proposta é motivada pela hipótese de que estes compostos apresentem potencial para o desenvolvimento de novas drogas anti-inflamatórias e antioxidantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / VERRI, WALDICEU A. - Integrante / CASAGRANDE, RUBIA - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Kamila Byanca Baldin Wessel - Integrante / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante / Monique Moleiro Matiusso - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR Zymomonas mobilis: AVALIAÇÃO DE DIFERENTES PROCESSOS FERMENTATIVOS, Descrição: O uso de combustíveis fósseis como principal matriz energética mundial é um fator limitante do desenvolvimento sustentável da sociedade moderna. As mudanças climáticas globais, a poluição atmosférica, o acúmulo de gases estufa e a própria disponibilidade limitada dos combustíveis fósseis são fatores complicadores do atual cenário. Adicionalmente, a crescente demanda energética mundial e a dada dependência pelos combustíveis fósseis evidenciam a necessidade urgente de desenvolvimento de tecnologias alternativas para obtenção de energia sustentável. Neste contexto, a substituição parcial dos combustíveis fósseis por biocombustíveis já é uma realidade e está em grande evidência. No entanto, as tecnologias de biocombustíveis de primeira geração também apresentam suas próprias limitações, principalmente as relacionadas à necessidade de ampliação de área plantada e a competição com a produção de alimentos. Desta forma, as tecnologias de obtenção de biocombustíveis de segunda geração, com destaque para o etanol proveniente de biomassa lignocelulósica, estão em ampla escala de estudo e em menor escala de desenvolvimento e implantação. Assim, a presente proposta tem como objetivo estudar a produção de etanol de segunda geração por Zymomonas mobilis, proveniente da substituição parcial dos meios de cultivo por hidrolisados de resíduos lignocelulósicos agroindustriais (e.g., torta de milho, bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz) através de diferentes processos fermentativos (i.e., fermentação submersa, fermentação submersa com suporte sólido e fermentação em estado sólido).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Karen Stephany Conceição - Integrante / SHEILA MARIM RAKSA PETENUCI - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 em melaço de cana-de-açúcar: caracterização e aplicação do produto., Descrição: O ácido hialurônico é um polissacarídeo de alta massa molar constituído de ácido D-glicurônico e N-acetilglicosamina. Suas propriedades viscoelástica, hidratante, e antioxidante, fazem do ácido hialurônico um produto com inúmeras aplicações, sendo a maior delas na indústria de cosméticos. A produção microbiana do polímero vem substituindo o ácido hialurônico extraído da crista de galo, devido ao risco de contaminação viral em produtos de origem animal. O ácido hialurônico microbiano é sintetizado como uma capsula extracelular por Streptococcus do grupo A e C de Lancerfield. Essas bactérias apresentam exigências nutricionais que podem ser obtidas do melaço de cana-de-açúcar, subproduto agroindustrial rico em açúcares, nitrogênio e sais. A economia de um processo de fermentação industrial depende do meio de cultivo utilizado, logo o objetivo deste trabalho é viabilizar o custo de produção do ácido hialurônico utilizando melaço de cana-de-açúcar. A estratégia de otimização alternará etapas de triagem e escolha de variáveis com etapas de otimização por metodologia de superfície de resposta. O produto obtido após as etapas será caracterizado e aplicado em uma formulação tópica para avaliações de seus benefícios quando utilizado em cosméticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Nicole Caldas Pan - Integrante / Hanny Cristina Braga Pereira - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Avaliação das atividades antioxidante, anti-inflamatória e analgésica de fatores de virulência de Pseudomonas aeruginosa, Descrição: Pseudomonas aeruginosa é um patógeno oportunista metabolicamente versátil capaz de sobreviver em vários tipos de ambiente. A maior contribuição para a patogenicidade deste microrganismo deve-se a sua habilidade de produzir vários fatores de virulência, como a formação de biofilme, secreção de exotoxinas, motilidade, fenazinas, ramnolipídeos, entre outros. Estes fatores de virulência desempenham um papel central durante a infecção incluindo uma modulação direta das respostas do sistema imune do hospedeiro. Dado a importância da influência do arsenal de fatores de virulência na interação com o hospedeiro a presente proposta é motivada pela hipótese de que estes compostos apresentem potencial para o desenvolvimento de novas drogas anti-inflamatórias e antioxidantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / VERRI, WALDICEU A. - Integrante / CASAGRANDE, RUBIA - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Kamila Byanca Baldin Wessel - Integrante / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante / Monique Moleiro Matiusso - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR Zymomonas mobilis: AVALIAÇÃO DE DIFERENTES PROCESSOS FERMENTATIVOS, Descrição: O uso de combustíveis fósseis como principal matriz energética mundial é um fator limitante do desenvolvimento sustentável da sociedade moderna. As mudanças climáticas globais, a poluição atmosférica, o acúmulo de gases estufa e a própria disponibilidade limitada dos combustíveis fósseis são fatores complicadores do atual cenário. Adicionalmente, a crescente demanda energética mundial e a dada dependência pelos combustíveis fósseis evidenciam a necessidade urgente de desenvolvimento de tecnologias alternativas para obtenção de energia sustentável. Neste contexto, a substituição parcial dos combustíveis fósseis por biocombustíveis já é uma realidade e está em grande evidência. No entanto, as tecnologias de biocombustíveis de primeira geração também apresentam suas próprias limitações, principalmente as relacionadas à necessidade de ampliação de área plantada e a competição com a produção de alimentos. Desta forma, as tecnologias de obtenção de biocombustíveis de segunda geração, com destaque para o etanol proveniente de biomassa lignocelulósica, estão em ampla escala de estudo e em menor escala de desenvolvimento e implantação. Assim, a presente proposta tem como objetivo estudar a produção de etanol de segunda geração por Zymomonas mobilis, proveniente da substituição parcial dos meios de cultivo por hidrolisados de resíduos lignocelulósicos agroindustriais (e.g., torta de milho, bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz) através de diferentes processos fermentativos (i.e., fermentação submersa, fermentação submersa com suporte sólido e fermentação em estado sólido).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Karen Stephany Conceição - Integrante / SHEILA MARIM RAKSA PETENUCI - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 em melaço de cana-de-açúcar: caracterização e aplicação do produto., Descrição: O ácido hialurônico é um polissacarídeo de alta massa molar constituído de ácido D-glicurônico e N-acetilglicosamina. Suas propriedades viscoelástica, hidratante, e antioxidante, fazem do ácido hialurônico um produto com inúmeras aplicações, sendo a maior delas na indústria de cosméticos. A produção microbiana do polímero vem substituindo o ácido hialurônico extraído da crista de galo, devido ao risco de contaminação viral em produtos de origem animal. O ácido hialurônico microbiano é sintetizado como uma capsula extracelular por Streptococcus do grupo A e C de Lancerfield. Essas bactérias apresentam exigências nutricionais que podem ser obtidas do melaço de cana-de-açúcar, subproduto agroindustrial rico em açúcares, nitrogênio e sais. A economia de um processo de fermentação industrial depende do meio de cultivo utilizado, logo o objetivo deste trabalho é viabilizar o custo de produção do ácido hialurônico utilizando melaço de cana-de-açúcar. A estratégia de otimização alternará etapas de triagem e escolha de variáveis com etapas de otimização por metodologia de superfície de resposta. O produto obtido após as etapas será caracterizado e aplicado em uma formulação tópica para avaliações de seus benefícios quando utilizado em cosméticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Nicole Caldas Pan - Integrante / Hanny Cristina Braga Pereira - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Avaliação das atividades antioxidante, anti-inflamatória e analgésica de fatores de virulência de Pseudomonas aeruginosa, Descrição: Pseudomonas aeruginosa é um patógeno oportunista metabolicamente versátil capaz de sobreviver em vários tipos de ambiente. A maior contribuição para a patogenicidade deste microrganismo deve-se a sua habilidade de produzir vários fatores de virulência, como a formação de biofilme, secreção de exotoxinas, motilidade, fenazinas, ramnolipídeos, entre outros. Estes fatores de virulência desempenham um papel central durante a infecção incluindo uma modulação direta das respostas do sistema imune do hospedeiro. Dado a importância da influência do arsenal de fatores de virulência na interação com o hospedeiro a presente proposta é motivada pela hipótese de que estes compostos apresentem potencial para o desenvolvimento de novas drogas anti-inflamatórias e antioxidantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / VERRI, WALDICEU A. - Integrante / CASAGRANDE, RUBIA - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Kamila Byanca Baldin Wessel - Integrante / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante / Monique Moleiro Matiusso - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Produção e purificação dos diferentes congêneres de ramnolipídeos de Pseudomonas aeruginosa e avaliação do potencial antioxidante, Descrição: Biossurfactantes são compostos de natureza anfipática- apresentam uma região hidrofílica caracterizada por uma porção polar, podendo ser iônica, não iônica ou anfotérica, e outra hidrofóbica, caracterizada pela cadeia de ácido graxo apolar. Dentre os principais biossurfactantes microbianos destacam-se os ramnolipídeos (RL). São classificados como glicolipídeos, podendo apresentar uma ou duas moléculas de ramnose ligadas a diferentes ácidos graxos beta hidroxilados (monorramnolipídeos e dirramnolipídeos, respectivamente). Os RL são produzidos por Pseudomonas aeruginosa em uma mistura heterogênea contendo diversas espécies de homólogos. A ação desses congêneres quando isolados e purificados é de grande interesse para indústria farmacêutica, pois garante a aplicação das propriedades tensoativa e surfactante com precisão possibilitando o desenvolvimento de fármacos. Assim, o presente trabalho propõe a produção e purificação dos diferentes congêneres de ramnolipídeos a partir de cromatografia líquida de alta performance (CLAE) preparativa, assim como, a avaliação in vitro do potencial antioxidante dos congêneres através dos métodos ABTS e FRAP, visando o desenvolvimento de novos produtos biotecnológicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Coordenador / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR Zymomonas mobilis: AVALIAÇÃO DE DIFERENTES PROCESSOS FERMENTATIVOS, Descrição: O uso de combustíveis fósseis como principal matriz energética mundial é um fator limitante do desenvolvimento sustentável da sociedade moderna. As mudanças climáticas globais, a poluição atmosférica, o acúmulo de gases estufa e a própria disponibilidade limitada dos combustíveis fósseis são fatores complicadores do atual cenário. Adicionalmente, a crescente demanda energética mundial e a dada dependência pelos combustíveis fósseis evidenciam a necessidade urgente de desenvolvimento de tecnologias alternativas para obtenção de energia sustentável. Neste contexto, a substituição parcial dos combustíveis fósseis por biocombustíveis já é uma realidade e está em grande evidência. No entanto, as tecnologias de biocombustíveis de primeira geração também apresentam suas próprias limitações, principalmente as relacionadas à necessidade de ampliação de área plantada e a competição com a produção de alimentos. Desta forma, as tecnologias de obtenção de biocombustíveis de segunda geração, com destaque para o etanol proveniente de biomassa lignocelulósica, estão em ampla escala de estudo e em menor escala de desenvolvimento e implantação. Assim, a presente proposta tem como objetivo estudar a produção de etanol de segunda geração por Zymomonas mobilis, proveniente da substituição parcial dos meios de cultivo por hidrolisados de resíduos lignocelulósicos agroindustriais (e.g., torta de milho, bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz) através de diferentes processos fermentativos (i.e., fermentação submersa, fermentação submersa com suporte sólido e fermentação em estado sólido).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Karen Stephany Conceição - Integrante / SHEILA MARIM RAKSA PETENUCI - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 em melaço de cana-de-açúcar: caracterização e aplicação do produto., Descrição: O ácido hialurônico é um polissacarídeo de alta massa molar constituído de ácido D-glicurônico e N-acetilglicosamina. Suas propriedades viscoelástica, hidratante, e antioxidante, fazem do ácido hialurônico um produto com inúmeras aplicações, sendo a maior delas na indústria de cosméticos. A produção microbiana do polímero vem substituindo o ácido hialurônico extraído da crista de galo, devido ao risco de contaminação viral em produtos de origem animal. O ácido hialurônico microbiano é sintetizado como uma capsula extracelular por Streptococcus do grupo A e C de Lancerfield. Essas bactérias apresentam exigências nutricionais que podem ser obtidas do melaço de cana-de-açúcar, subproduto agroindustrial rico em açúcares, nitrogênio e sais. A economia de um processo de fermentação industrial depende do meio de cultivo utilizado, logo o objetivo deste trabalho é viabilizar o custo de produção do ácido hialurônico utilizando melaço de cana-de-açúcar. A estratégia de otimização alternará etapas de triagem e escolha de variáveis com etapas de otimização por metodologia de superfície de resposta. O produto obtido após as etapas será caracterizado e aplicado em uma formulação tópica para avaliações de seus benefícios quando utilizado em cosméticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Nicole Caldas Pan - Integrante / Hanny Cristina Braga Pereira - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Avaliação das atividades antioxidante, anti-inflamatória e analgésica de fatores de virulência de Pseudomonas aeruginosa, Descrição: Pseudomonas aeruginosa é um patógeno oportunista metabolicamente versátil capaz de sobreviver em vários tipos de ambiente. A maior contribuição para a patogenicidade deste microrganismo deve-se a sua habilidade de produzir vários fatores de virulência, como a formação de biofilme, secreção de exotoxinas, motilidade, fenazinas, ramnolipídeos, entre outros. Estes fatores de virulência desempenham um papel central durante a infecção incluindo uma modulação direta das respostas do sistema imune do hospedeiro. Dado a importância da influência do arsenal de fatores de virulência na interação com o hospedeiro a presente proposta é motivada pela hipótese de que estes compostos apresentem potencial para o desenvolvimento de novas drogas anti-inflamatórias e antioxidantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / VERRI, WALDICEU A. - Integrante / CASAGRANDE, RUBIA - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Kamila Byanca Baldin Wessel - Integrante / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante / Monique Moleiro Matiusso - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Produção e purificação dos diferentes congêneres de ramnolipídeos de Pseudomonas aeruginosa e avaliação do potencial antioxidante, Descrição: Biossurfactantes são compostos de natureza anfipática- apresentam uma região hidrofílica caracterizada por uma porção polar, podendo ser iônica, não iônica ou anfotérica, e outra hidrofóbica, caracterizada pela cadeia de ácido graxo apolar. Dentre os principais biossurfactantes microbianos destacam-se os ramnolipídeos (RL). São classificados como glicolipídeos, podendo apresentar uma ou duas moléculas de ramnose ligadas a diferentes ácidos graxos beta hidroxilados (monorramnolipídeos e dirramnolipídeos, respectivamente). Os RL são produzidos por Pseudomonas aeruginosa em uma mistura heterogênea contendo diversas espécies de homólogos. A ação desses congêneres quando isolados e purificados é de grande interesse para indústria farmacêutica, pois garante a aplicação das propriedades tensoativa e surfactante com precisão possibilitando o desenvolvimento de fármacos. Assim, o presente trabalho propõe a produção e purificação dos diferentes congêneres de ramnolipídeos a partir de cromatografia líquida de alta performance (CLAE) preparativa, assim como, a avaliação in vitro do potencial antioxidante dos congêneres através dos métodos ABTS e FRAP, visando o desenvolvimento de novos produtos biotecnológicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Coordenador / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR Zymomonas mobilis: AVALIAÇÃO DE DIFERENTES PROCESSOS FERMENTATIVOS, Descrição: O uso de combustíveis fósseis como principal matriz energética mundial é um fator limitante do desenvolvimento sustentável da sociedade moderna. As mudanças climáticas globais, a poluição atmosférica, o acúmulo de gases estufa e a própria disponibilidade limitada dos combustíveis fósseis são fatores complicadores do atual cenário. Adicionalmente, a crescente demanda energética mundial e a dada dependência pelos combustíveis fósseis evidenciam a necessidade urgente de desenvolvimento de tecnologias alternativas para obtenção de energia sustentável. Neste contexto, a substituição parcial dos combustíveis fósseis por biocombustíveis já é uma realidade e está em grande evidência. No entanto, as tecnologias de biocombustíveis de primeira geração também apresentam suas próprias limitações, principalmente as relacionadas à necessidade de ampliação de área plantada e a competição com a produção de alimentos. Desta forma, as tecnologias de obtenção de biocombustíveis de segunda geração, com destaque para o etanol proveniente de biomassa lignocelulósica, estão em ampla escala de estudo e em menor escala de desenvolvimento e implantação. Assim, a presente proposta tem como objetivo estudar a produção de etanol de segunda geração por Zymomonas mobilis, proveniente da substituição parcial dos meios de cultivo por hidrolisados de resíduos lignocelulósicos agroindustriais (e.g., torta de milho, bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz) através de diferentes processos fermentativos (i.e., fermentação submersa, fermentação submersa com suporte sólido e fermentação em estado sólido).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Karen Stephany Conceição - Integrante / SHEILA MARIM RAKSA PETENUCI - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 em melaço de cana-de-açúcar: caracterização e aplicação do produto., Descrição: O ácido hialurônico é um polissacarídeo de alta massa molar constituído de ácido D-glicurônico e N-acetilglicosamina. Suas propriedades viscoelástica, hidratante, e antioxidante, fazem do ácido hialurônico um produto com inúmeras aplicações, sendo a maior delas na indústria de cosméticos. A produção microbiana do polímero vem substituindo o ácido hialurônico extraído da crista de galo, devido ao risco de contaminação viral em produtos de origem animal. O ácido hialurônico microbiano é sintetizado como uma capsula extracelular por Streptococcus do grupo A e C de Lancerfield. Essas bactérias apresentam exigências nutricionais que podem ser obtidas do melaço de cana-de-açúcar, subproduto agroindustrial rico em açúcares, nitrogênio e sais. A economia de um processo de fermentação industrial depende do meio de cultivo utilizado, logo o objetivo deste trabalho é viabilizar o custo de produção do ácido hialurônico utilizando melaço de cana-de-açúcar. A estratégia de otimização alternará etapas de triagem e escolha de variáveis com etapas de otimização por metodologia de superfície de resposta. O produto obtido após as etapas será caracterizado e aplicado em uma formulação tópica para avaliações de seus benefícios quando utilizado em cosméticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Nicole Caldas Pan - Integrante / Hanny Cristina Braga Pereira - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Avaliação das atividades antioxidante, anti-inflamatória e analgésica de fatores de virulência de Pseudomonas aeruginosa, Descrição: Pseudomonas aeruginosa é um patógeno oportunista metabolicamente versátil capaz de sobreviver em vários tipos de ambiente. A maior contribuição para a patogenicidade deste microrganismo deve-se a sua habilidade de produzir vários fatores de virulência, como a formação de biofilme, secreção de exotoxinas, motilidade, fenazinas, ramnolipídeos, entre outros. Estes fatores de virulência desempenham um papel central durante a infecção incluindo uma modulação direta das respostas do sistema imune do hospedeiro. Dado a importância da influência do arsenal de fatores de virulência na interação com o hospedeiro a presente proposta é motivada pela hipótese de que estes compostos apresentem potencial para o desenvolvimento de novas drogas anti-inflamatórias e antioxidantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / VERRI, WALDICEU A. - Integrante / CASAGRANDE, RUBIA - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Kamila Byanca Baldin Wessel - Integrante / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante / Monique Moleiro Matiusso - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Produção e purificação dos diferentes congêneres de ramnolipídeos de Pseudomonas aeruginosa e avaliação do potencial antioxidante, Descrição: Biossurfactantes são compostos de natureza anfipática- apresentam uma região hidrofílica caracterizada por uma porção polar, podendo ser iônica, não iônica ou anfotérica, e outra hidrofóbica, caracterizada pela cadeia de ácido graxo apolar. Dentre os principais biossurfactantes microbianos destacam-se os ramnolipídeos (RL). São classificados como glicolipídeos, podendo apresentar uma ou duas moléculas de ramnose ligadas a diferentes ácidos graxos beta hidroxilados (monorramnolipídeos e dirramnolipídeos, respectivamente). Os RL são produzidos por Pseudomonas aeruginosa em uma mistura heterogênea contendo diversas espécies de homólogos. A ação desses congêneres quando isolados e purificados é de grande interesse para indústria farmacêutica, pois garante a aplicação das propriedades tensoativa e surfactante com precisão possibilitando o desenvolvimento de fármacos. Assim, o presente trabalho propõe a produção e purificação dos diferentes congêneres de ramnolipídeos a partir de cromatografia líquida de alta performance (CLAE) preparativa, assim como, a avaliação in vitro do potencial antioxidante dos congêneres através dos métodos ABTS e FRAP, visando o desenvolvimento de novos produtos biotecnológicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Coordenador / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR Zymomonas mobilis: AVALIAÇÃO DE DIFERENTES PROCESSOS FERMENTATIVOS, Descrição: O uso de combustíveis fósseis como principal matriz energética mundial é um fator limitante do desenvolvimento sustentável da sociedade moderna. As mudanças climáticas globais, a poluição atmosférica, o acúmulo de gases estufa e a própria disponibilidade limitada dos combustíveis fósseis são fatores complicadores do atual cenário. Adicionalmente, a crescente demanda energética mundial e a dada dependência pelos combustíveis fósseis evidenciam a necessidade urgente de desenvolvimento de tecnologias alternativas para obtenção de energia sustentável. Neste contexto, a substituição parcial dos combustíveis fósseis por biocombustíveis já é uma realidade e está em grande evidência. No entanto, as tecnologias de biocombustíveis de primeira geração também apresentam suas próprias limitações, principalmente as relacionadas à necessidade de ampliação de área plantada e a competição com a produção de alimentos. Desta forma, as tecnologias de obtenção de biocombustíveis de segunda geração, com destaque para o etanol proveniente de biomassa lignocelulósica, estão em ampla escala de estudo e em menor escala de desenvolvimento e implantação. Assim, a presente proposta tem como objetivo estudar a produção de etanol de segunda geração por Zymomonas mobilis, proveniente da substituição parcial dos meios de cultivo por hidrolisados de resíduos lignocelulósicos agroindustriais (e.g., torta de milho, bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz) através de diferentes processos fermentativos (i.e., fermentação submersa, fermentação submersa com suporte sólido e fermentação em estado sólido).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Karen Stephany Conceição - Integrante / SHEILA MARIM RAKSA PETENUCI - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 em melaço de cana-de-açúcar: caracterização e aplicação do produto., Descrição: O ácido hialurônico é um polissacarídeo de alta massa molar constituído de ácido D-glicurônico e N-acetilglicosamina. Suas propriedades viscoelástica, hidratante, e antioxidante, fazem do ácido hialurônico um produto com inúmeras aplicações, sendo a maior delas na indústria de cosméticos. A produção microbiana do polímero vem substituindo o ácido hialurônico extraído da crista de galo, devido ao risco de contaminação viral em produtos de origem animal. O ácido hialurônico microbiano é sintetizado como uma capsula extracelular por Streptococcus do grupo A e C de Lancerfield. Essas bactérias apresentam exigências nutricionais que podem ser obtidas do melaço de cana-de-açúcar, subproduto agroindustrial rico em açúcares, nitrogênio e sais. A economia de um processo de fermentação industrial depende do meio de cultivo utilizado, logo o objetivo deste trabalho é viabilizar o custo de produção do ácido hialurônico utilizando melaço de cana-de-açúcar. A estratégia de otimização alternará etapas de triagem e escolha de variáveis com etapas de otimização por metodologia de superfície de resposta. O produto obtido após as etapas será caracterizado e aplicado em uma formulação tópica para avaliações de seus benefícios quando utilizado em cosméticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Nicole Caldas Pan - Integrante / Hanny Cristina Braga Pereira - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

  • 2017 - Atual

    Avaliação das atividades antioxidante, anti-inflamatória e analgésica de fatores de virulência de Pseudomonas aeruginosa, Descrição: Pseudomonas aeruginosa é um patógeno oportunista metabolicamente versátil capaz de sobreviver em vários tipos de ambiente. A maior contribuição para a patogenicidade deste microrganismo deve-se a sua habilidade de produzir vários fatores de virulência, como a formação de biofilme, secreção de exotoxinas, motilidade, fenazinas, ramnolipídeos, entre outros. Estes fatores de virulência desempenham um papel central durante a infecção incluindo uma modulação direta das respostas do sistema imune do hospedeiro. Dado a importância da influência do arsenal de fatores de virulência na interação com o hospedeiro a presente proposta é motivada pela hipótese de que estes compostos apresentem potencial para o desenvolvimento de novas drogas anti-inflamatórias e antioxidantes.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / VERRI, WALDICEU A. - Integrante / CASAGRANDE, RUBIA - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Kamila Byanca Baldin Wessel - Integrante / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante / Monique Moleiro Matiusso - Integrante.

  • 2017 - Atual

    Produção e purificação dos diferentes congêneres de ramnolipídeos de Pseudomonas aeruginosa e avaliação do potencial antioxidante, Descrição: Biossurfactantes são compostos de natureza anfipática- apresentam uma região hidrofílica caracterizada por uma porção polar, podendo ser iônica, não iônica ou anfotérica, e outra hidrofóbica, caracterizada pela cadeia de ácido graxo apolar. Dentre os principais biossurfactantes microbianos destacam-se os ramnolipídeos (RL). São classificados como glicolipídeos, podendo apresentar uma ou duas moléculas de ramnose ligadas a diferentes ácidos graxos beta hidroxilados (monorramnolipídeos e dirramnolipídeos, respectivamente). Os RL são produzidos por Pseudomonas aeruginosa em uma mistura heterogênea contendo diversas espécies de homólogos. A ação desses congêneres quando isolados e purificados é de grande interesse para indústria farmacêutica, pois garante a aplicação das propriedades tensoativa e surfactante com precisão possibilitando o desenvolvimento de fármacos. Assim, o presente trabalho propõe a produção e purificação dos diferentes congêneres de ramnolipídeos a partir de cromatografia líquida de alta performance (CLAE) preparativa, assim como, a avaliação in vitro do potencial antioxidante dos congêneres através dos métodos ABTS e FRAP, visando o desenvolvimento de novos produtos biotecnológicos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Coordenador / Ana Paula Queiroz Melo - Integrante.

  • 2016 - Atual

    PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR Zymomonas mobilis: AVALIAÇÃO DE DIFERENTES PROCESSOS FERMENTATIVOS, Descrição: O uso de combustíveis fósseis como principal matriz energética mundial é um fator limitante do desenvolvimento sustentável da sociedade moderna. As mudanças climáticas globais, a poluição atmosférica, o acúmulo de gases estufa e a própria disponibilidade limitada dos combustíveis fósseis são fatores complicadores do atual cenário. Adicionalmente, a crescente demanda energética mundial e a dada dependência pelos combustíveis fósseis evidenciam a necessidade urgente de desenvolvimento de tecnologias alternativas para obtenção de energia sustentável. Neste contexto, a substituição parcial dos combustíveis fósseis por biocombustíveis já é uma realidade e está em grande evidência. No entanto, as tecnologias de biocombustíveis de primeira geração também apresentam suas próprias limitações, principalmente as relacionadas à necessidade de ampliação de área plantada e a competição com a produção de alimentos. Desta forma, as tecnologias de obtenção de biocombustíveis de segunda geração, com destaque para o etanol proveniente de biomassa lignocelulósica, estão em ampla escala de estudo e em menor escala de desenvolvimento e implantação. Assim, a presente proposta tem como objetivo estudar a produção de etanol de segunda geração por Zymomonas mobilis, proveniente da substituição parcial dos meios de cultivo por hidrolisados de resíduos lignocelulósicos agroindustriais (e.g., torta de milho, bagaço de cana-de-açúcar e casca de arroz) através de diferentes processos fermentativos (i.e., fermentação submersa, fermentação submersa com suporte sólido e fermentação em estado sólido).. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Coordenador / ALMEIDA, MAYARA DE ALENCAR - Integrante / CAMILIOS-NETO, DOUMIT - Integrante / Karen Stephany Conceição - Integrante / SHEILA MARIM RAKSA PETENUCI - Integrante.

  • 2014 - Atual

    Produção de ácido hialurônico por Streptococcus zooepidemicus ATCC 39920 em melaço de cana-de-açúcar: caracterização e aplicação do produto., Descrição: O ácido hialurônico é um polissacarídeo de alta massa molar constituído de ácido D-glicurônico e N-acetilglicosamina. Suas propriedades viscoelástica, hidratante, e antioxidante, fazem do ácido hialurônico um produto com inúmeras aplicações, sendo a maior delas na indústria de cosméticos. A produção microbiana do polímero vem substituindo o ácido hialurônico extraído da crista de galo, devido ao risco de contaminação viral em produtos de origem animal. O ácido hialurônico microbiano é sintetizado como uma capsula extracelular por Streptococcus do grupo A e C de Lancerfield. Essas bactérias apresentam exigências nutricionais que podem ser obtidas do melaço de cana-de-açúcar, subproduto agroindustrial rico em açúcares, nitrogênio e sais. A economia de um processo de fermentação industrial depende do meio de cultivo utilizado, logo o objetivo deste trabalho é viabilizar o custo de produção do ácido hialurônico utilizando melaço de cana-de-açúcar. A estratégia de otimização alternará etapas de triagem e escolha de variáveis com etapas de otimização por metodologia de superfície de resposta. O produto obtido após as etapas será caracterizado e aplicado em uma formulação tópica para avaliações de seus benefícios quando utilizado em cosméticos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Josiane Alessandra Vignoli - Integrante / Nicole Caldas Pan - Integrante / Hanny Cristina Braga Pereira - Integrante / CELLIGOI, MARIA ANTONIA P. C. - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Estadual de Londrina. , Rodovia Celso Garcia Cid, Km 380, 86051-990 - Londrina, PR - Brasil, Telefone: (43) 33714270, Ramal: 27, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional