Sandro Percário

Possui graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela Escola Paulista de Medicina (1989), mestrado em Morfologia pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP (1995), tendo desenvolvido a parte experimental do estudo no Hospital Saint Michael's da Universidade de Toronto - Canadá. É Doutor em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (2000). Obteve o título de Livre Docente em Ciências pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (2009). Realizou Pós-Doutoramento no US Centers for Disease Control and Prevention (Atlanta-USA) estudando alterações oxidativas em vetores da malária. Foi Professor Colaborador da Disciplina de Cirurgia Vascular da Universidade Federal de São Paulo de 2000 a 2004. É Professor Associado I do Instituto de Ciências Biológicas- ICB da Universidade Federal do Pará - UFPA. É orientador de Dissertações e Teses no Programa de Pós-Graduação em Biologia dos Agentes Infecciosos e Parasitários do ICB/UFPA, do qual foi Coordenador. Coordena o Laboratório de Pesquisas em Estresse Oxidativo do ICB/UFPA. Premiado com a medalha "Leading Scientists of the World" em 2015 e nomeado "2016 Highly Cited Researcher" pela Thomsom Reuters. Tem experiência na área de Bioquímica, com ênfase em Bioquimica Oxidativa, atuando principalmente nos seguintes temas: radicais livres, estresse oxidativo, antioxidantes, malondialdeido, óxido nítrico, aterosclerose e malária. Tem mais de 65 artigos completos publicados em periódicos e mais de 130 comunicações em anais de eventos científicos.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciências

1996 - 2000

Universidade Federal de São Paulo
Título: Alterações oxidativas e da defesa antioxidante no broncoespasmo agudo induzido em cobaias
Orientador: Helio Romaldini
Palavras-chave: Radicais Livres; Asma; Antioxidantes.Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Saúde Humana.

Mestrado em Morfologia

1990 - 1995

Universidade Federal de São Paulo
Título: Estudo imunohistoquimico, ultraestutural e por Imunomicroscopia eletrônica de hipófises normais e adenomas hipofisários clinicamente funcionantes e clinicamente não-funcionantes,Ano de Obtenção: 1996
Orientador: Vania Nose Alberti
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Imunomicroscopia eletronica; imunohistoquimica; microscopia eletronica; adenoma; hipofise.Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Saúde Humana.

Graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica

1983 - 1989

Universidade Federal de São Paulo
Título: Comparação entre fatores lipídicos e trombótico como indicador de risco de doença aterosclerótica
Orientador: Tania Leme da Rocha Martinez

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

2009

Livre-docência. , Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, FAMERP, Brasil. , Título: Prevenção de aterosclerose com o uso de antioxidantes, Ano de obtenção: 2009., Palavras-chave: aterosclerose; Antioxidantes; ácido úrico; agaricus; estresse oxidativo; Radicais Livres. , Grande área: Ciências da Saúde, Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Nutrição. , Setores de atividade: Saúde e Serviços Sociais.

2015 - 2016

Pós-Doutorado. , YERKES NATIONAL PRIMATE CENTER - EMORY UNIVERSITY, YERKES, Estados Unidos. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas

2014 - 2016

Pós-Doutorado. , US Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos. , Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil. , Grande área: Ciências Biológicas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Hazardous Chemical Waste Management. (Carga horária: 1h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Environmental Health and Safety Program. , YERKES NATIONAL PRIMATE CENTER - EMORY UNIVERSITY, YERKES, Estados Unidos.

2015 - 2015

Emergency Planning. , YERKES NATIONAL PRIMATE CENTER - EMORY UNIVERSITY, YERKES, Estados Unidos.

2015 - 2015

Pain Management in Laboratory Animals. , Emory University, EMORY, Estados Unidos.

2015 - 2015

Blood Borne Pathogens. , Emory University, EMORY, Estados Unidos.

2015 - 2015

Online Waste Ticket System. , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Dual Use Research of Concern. , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Inhalation Anesthesia for Rodents. , Emory University, EMORY, Estados Unidos.

2015 - 2015

Chemical Hazards and Tracking System (CHATS). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Post-Procedure Care of Mice and Rats in Research. , Emory University, EMORY, Estados Unidos.

2015 - 2015

Research Laboratory Safety. , Emory University, EMORY, Estados Unidos.

2015 - 2015

Vivarium Trainning. , YERKES NATIONAL PRIMATE CENTER - EMORY UNIVERSITY, YERKES, Estados Unidos.

2015 - 2015

Personal Protective Equipment. , YERKES NATIONAL PRIMATE CENTER - EMORY UNIVERSITY, YERKES, Estados Unidos.

2015 - 2015

Biosafety. , Emory University, EMORY, Estados Unidos.

2015 - 2015

Safety Survival Skills V: Animal Resources Orientation. (Carga horária: 4h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Bloodborne Pathogens. , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Working with the IACUC. , Emory University, EMORY, Estados Unidos.

2015 - 2015

Occupational Health and Safety Program. , YERKES NATIONAL PRIMATE CENTER - EMORY UNIVERSITY, YERKES, Estados Unidos.

2015 - 2015

Introduction to Mice. , Emory University, EMORY, Estados Unidos.

2015 - 2015

The Humane Care and Use of Laboratory Animals. , YERKES NATIONAL PRIMATE CENTER - EMORY UNIVERSITY, YERKES, Estados Unidos.

2015 - 2015

Safe Use of Biological Safety Cabinets. (Carga horária: 2h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Overview of Federal Records Management. (Carga horária: 1h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Security Awareness Course. (Carga horária: 2h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2015 - 2015

Overview of Federal Records Management. (Carga horária: 1h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2014 - 2014

Formaldehyde/Glutaraldehyde Hazard Awareness. (Carga horária: 2h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2014 - 2014

Records Management 2014 Refreshment Training. (Carga horária: 4h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2014 - 2014

Biosafety in Microbiological / Biomedical Laboratories. (Carga horária: 2h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2014 - 2014

Hazardous Chemical Waste Management. (Carga horária: 4h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2014 - 2014

Safety Survival Skills. Part I. (Carga horária: 2h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2014 - 2014

Safety Survival Skills. Part II. (Carga horária: 2h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2014 - 2014

Malaria 101 for the Health Care Provider. (Carga horária: 4h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2014 - 2014

Counterintelligence and Insider Threats. (Carga horária: 4h). , Centers for Disease Control and Prevention, CDC, Estados Unidos.

2005 - 2006

Curso de Capacitação Ética em Pesquisa. (Carga horária: 60h). , Fundação UNIRG, UNIRG, Brasil.

1997 - 1997

Formação de Auditores Internos de Laboratórios Clínicos. (Carga horária: 24h). , Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.

1997 - 1997

ISO 9000 para Laboratório Clínico. (Carga horária: 4h). , Associação Paulista de Biomedicina, APBM, Brasil.

1997 - 1997

ISO 9000 em Laboratório Clínico. (Carga horária: 4h). , Conselho Regional de Biomedicina 1º Região, CRBM, Brasil.

1997 - 1997

Conscientização para obtenção de ISO 9000. (Carga horária: 4h). , Licciardi & Aguiar Consultoria e Assessoria, LACA, Brasil.

1992 - 1992

Anatomia Funcional do Sistema Circulatório. (Carga horária: 84h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1991 - 1991

Bioestatística I. (Carga horária: 60h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1991 - 1991

Esterilização, Desinfecção, Descarte e Transporte. (Carga horária: 4h). , Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, SBPC, Brasil.

1991 - 1991

Bacteriologia e Imunologia da Hanseníase. (Carga horária: 4h). , Sindicato dos Biomédicos do Estado de São Paulo, SBSP, Brasil.

1991 - 1991

Pedagogia Médica e Didática Especial. (Carga horária: 30h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1991 - 1991

Clínica e Fisiopatologia do Cólera. (Carga horária: 4h). , Sindicato dos Biomédicos do Estado de São Paulo, SBSP, Brasil.

1991 - 1991

Citologia Hematológica. (Carga horária: 4h). , Sindicato dos Biomédicos do Estado de São Paulo, SBSP, Brasil.

1991 - 1991

Patologia Neuroendócrina. (Carga horária: 120h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1991 - 1991

Diagnóstico Laboratorial do Cólera. (Carga horária: 4h). , Sindicato dos Biomédicos do Estado de São Paulo, SBSP, Brasil.

1991 - 1991

Fundamentos Cientifico de Conhecimento em Anatomia. (Carga horária: 84h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1991 - 1991

Metodologia Científica. (Carga horária: 84h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1991 - 1991

Intensivo de Biologia Celular e Molécular. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1990 - 1991

Extensão universitária em Estágio em Patologia Hipofisária Especial. (Carga horária: 1200h). , TORONTO UNIVERSITY - SAINT MICHAEL´S HOSPITAL, STM, Canadá.

1990 - 1990

Conceito em Técnicas Aplicadas á Anatomia Patologica. (Carga horária: 30h). , Fundação Antônio Prudente, FAP, Brasil.

1990 - 1990

Onconpatologia Geral. (Carga horária: 120h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1990 - 1990

Imunopatologia Especial. (Carga horária: 120h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1990 - 1990

Neuropatologia. (Carga horária: 96h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1990 - 1990

Engenharia Genética. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, FMUSP, Brasil.

1990 - 1990

Metabolismo celular. (Carga horária: 4h). , Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, FMUSP, Brasil.

1990 - 1990

Infarto do Agudo do Miocárdio. (Carga horária: 4h). , Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, SOCESP, Brasil.

1989 - 1989

Radicais Livres. (Carga horária: 4h). , Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, SBPC, Brasil.

1989 - 1989

Técnicas de Hemostasia. (Carga horária: 4h). , Sociedade Brasileira de Patologia Clinica, SBPC*, Brasil.

1989 - 1989

Micologia Médica: Diagnóstico Laboratorial. (Carga horária: 4h). , Sociedade Brasileira de Patologia Clinica, SBPC*, Brasil.

1989 - 1989

Colesterol e a Aterogênese. (Carga horária: 12h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1988 - 1988

Sexualidade Humana. (Carga horária: 32h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

1988 - 1988

Informática Médica para Biomédicos. (Carga horária: 16h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Italiano

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Bioquimica Oxidativa.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Anatomia Patológica e Patologia Clínica.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Medicina Tropical.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PERCARIO, S. . XI Congresso Brasileiro de Biomedicina. 2008. (Congresso).

PERCARIO, S. . VI Semana de Saúde da UNISO. 2002. (Congresso).

PERCARIO, S. . 2 Simpósio de Biomedicina. 2000. (Congresso).

PERCARIO, S. . I Congresso Paulista de Diagnóstico Laboratorial. 1997. (Congresso).

PERCARIO, S. ; FELIPPE JR, J. . III Congresso Brasileiro de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1996. (Congresso).

PERCARIO, S. . II Curso de Atualização em Bioquímica Clínica. 1996. (Outro).

ABREU, A. C. ; PERCARIO, S. . V Congresso Brasileiro de Biomedicina. 1996. (Congresso).

ABREU, A. C. ; JABLONKA, F. ; PERCARIO, S. . I Semana Biomédica do CRBM-1. 1995. (Congresso).

PERCARIO, S. . I Curso de Atualização em Sorologia. 1995. (Outro).

PERCARIO, S. . I Curso de Atualização em Microbiologia. 1995. (Outro).

PERCARIO, S. . I Curso de Atualização em Hematologia. 1995. (Outro).

PERCARIO, S. . I Curso de Atualização em Bioquímica Clínica. 1995. (Outro).

FELIPPE JR, J. ; PERCARIO, S. . II Simpósio Brasileiro de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1994. (Congresso).

ABREU, A. C. ; JABLONKA, F. ; PERCARIO, S. . I Workshop Paulista de Biomedicina. 1994. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

13 Congresso Nacional de Iniciação Científica. Padronização do método de coloração de tecido cerebral na malária experimental ocasionada pelo Plasmodium berghei. 2013. (Congresso).

Congresso de Educação em Saúde da Amazônia. Papel do óxido nítrico nas alterações oxidativas induzidas pelo Plasmodium berghei em camundongos. 2012. (Congresso).

XIII Congresso Brasileiro de Cirurgia Experimental. Mediadores químicos no envelhecimento. 2012. (Congresso).

XVI CONGRESSO MÉDICO AMAZÔNICO. níves plasmáticos de óxido nítrico em criaças e adolecenrtes portadores do vírus HIV: correlação com função pulmonar.. 2012. (Congresso).

11 CONGRESSO BRASILEIRO DE CLÍNICA MÉDICA. avaliação dos efeito de suplementos antioxidantes sobre o extresse oxidativo cerbral e pulmonar e na sobrevida de camundongos infectados com o Plasmodium berghei.. 2011. (Congresso).

18th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine. Effects of antioxidant supplementation on oxidative stress in experimental malaria. 2011. (Congresso).

2011 EPS Huhhot Animal Sciences Development Forum. Edible mushrom Agaricus sylvaticus can prevent the onset of atheroma plaques in hipercholesterolemic rabbits. 2011. (Congresso).

8th International Congress of Pharmaceuitical Sciences. Preliminary assessment of cytotoxicity of Morinda citrifolia L. (RUBIACEAE) fruit pulp extract. 2011. (Congresso).

8th World Congress of Neuroscience. Antioxidant capacity alterations in serum of Parkinson's disease patients: a possible biomarker?. 2011. (Congresso).

17th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine & XV Biennial Meeting of the Society for Free Radical Research International. effects of antioxidant supplementation and nitric oxide synthesis inhibition in murine malaria by Plasmodium berghei.. 2010. (Congresso).

VI ONCOVET e III SIMPÓSIO DE ONCOLOGIA VETERINÁRIA. avaliação bioquímica em imunohistoquímica do estresse oxidativo em cadelas portadoras de neoplasia mamária.. 2010. (Congresso).

XIIth International Congress of Parasitology. oxidative stresse involviment in murine malaria by Plasmodium berghei: effects of antioxidant supplentation and nitric oxide synthesis inhibition.. 2010. (Congresso).

XV Congresso Medico Amazônico. Efeitos da Inibição da síntese do óxido nítrico sobre o estresse oxidativo cerebral e pulmonar em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei. 2010. (Congresso).

16th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine.susceptibily to micobacterium tuberculosis infection and clinical manifestation of tuberculosis are associated with ifn-y gene polimorphism (+874t/a) but not to nitric oxide levels.. 2009. (Encontro).

16th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine.Avaliador de temas livres e Juiz do Prêmio Jovem Investigador. 2009. (Encontro).

II Jornada de extensão e I Jornada de Pesquisa do Instituto de Ciências da Saúde da UFPA.Papel do óxido nítrico (NO) no desenvolvimento de formas severas da malária em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei. 2009. (Encontro).

15th Annual Meeting of the Society for Free Radical Biology and Medicine.Young Investigator Award Judge. 2008. (Encontro).

55th Annual Meeting of the American College of Sports Medicine. Effects of creatine supplementation and intensive resistence training on body composition and muscular strength. 2008. (Congresso).

Congresso Brasileiro de Hematologia e Hemoterapia 2008. Estresse oxidativo e capacidade antioxidante na talassemia beta heterozigota. 2008. (Congresso).

XI Congresso Brasileiro de Biomedicina. Homenagem Especial por Relevantes Serviços Prestados à Biomedicina. 2008. (Congresso).

XI Congresso Brasileiro de Biomedicina. Suplementação de Creatina em Atletas Aumenta a Força de Contração e o Estresse Oxidativo. 2008. (Congresso).

XXIX Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Influência dos flavonóides no combate ao estresse oxidativo em crianças submetidas à cirurgia cardíaca. 2008. (Congresso).

7th International Congress on Coronary Artery Disease. Involvement of oxidative stress in atherosclerosis: experimental study with Agaricus sylvaticus and antioxidant vitamins supplementation. 2007. (Congresso).

Congresso Acadêmico de inicição Científica da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto - FAMERP. Estresse oxidatico em cirurgias cardíacas. 2007. (Congresso).

I Panamerican Congress of Atherosclerosis. Correlation among hormone replacement therapy, oxidative stress and lipid profile in hysterectomizated women. 2007. (Congresso).

III Congresso Anual de Iniciação Científica da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. Influência dos flavonóides no pós operatório de crianças submetidas à cirurgia cardíaca. 2006. (Congresso).

IX Simpósio de Genética.Estresse Oxidativo. 2006. (Simpósio).

World Congress of Cardiology. Prevention of experimental atherosclerosis with Agaricus sylvaticus: comparison with antioxidant vitamins C and E. 2006. (Congresso).

I Encontro de Gestores da UNIRG. 2005. (Encontro).

I Fórum Tocantinense de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde. 2005. (Outra).

II Simpósio de Tapiraí.Propriedades medicinais de Agaricus sylvaticus. 2005. (Simpósio).

IV Congresso Científico da Fundação UNIRG. Capacidade antioxidante 'in vitro' de apresentações comerciais de Agaricus sylvaticus. 2005. (Congresso).

V Congresso Nacional da Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar. Pesquisa e desenvolvimento de fitoterápicos. 2005. (Congresso).

X Simpósio Cogumelo do Sol.Propriedades medicinais de Agaricus sylvaticus. 2005. (Simpósio).

Congresso Ibero-Americano de Plantas Medicinais. Atividade antioxidante do Agaricus brasiliensis e outros cogumelos. 2004. (Congresso).

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE COGUMELOS NO BRASIL.Prevenção de aterosclerose em coelhos com o uso de Agaricus sylvaticus. 2004. (Simpósio).

I Workshop de Fitoterapia.Aspectos práticos da pesquisas com fitoterápicos. 2004. (Outra).

IX SIMPÓSIO INTERNACIONAL DO COGUMELO DO SOL.O cogumelo do sol na prevenção de aterosclerose: resultados de experimentos em animais. 2004. (Simpósio).

Seminário Natureza e Cultura: Aspectos Teóricos e Experimentais.Natureza e cultura: aspectos teóricos e experimentais. 2004. (Seminário).

Seminário Temas Sorocabanos nas Pesquisas em Farmácia e Economia.Pesquisa em Farmácia. 2004. (Seminário).

XVIth Congress on the Science and Cultivation of Edible and Medicinal Fungi. Effect of Agaricus brasiliensis dietary supplementation on NK cell count in cancer patientes. 2004. (Congresso).

XXVII Simpósio Internacional de Ciências do Esporte.Manifestação da síndrome de isquemia e reperfusão no exercício resistido. 2004. (Seminário).

3 Congresso Nacional de Iniciação Científica e 1 Congresso Internacional de Iniciação Científica. Alterações oxidativas pós-isquemia e reperfusão renal aguda em ratos. 2003. (Congresso).

4 Simpósio de Biomedicina - palestrante.Atuação do Biomédico em pesquisa. 2003. (Simpósio).

6 Encontro de Pesquisadores e de Iniciação Científica da Universidade de Sorocabakhj.Alterações oxidativas pós isquemia e reperfusão renal aguda em ratos. 2003. (Encontro).

Semana de Nutrição.Doenças degenerativas. 2003. (Outra).

Seminário Novas Abordagens de Pesquisa em Transplantes.Novas abordagens de pesquisa em transplantes. 2003. (Seminário).

V Congresso Internacional de Nutrição, Longevidade e Qualidade de Vida. Indicadores do estresse oxidativo em atletas de handebol. 2003. (Congresso).

12th European Respiratory Society Annual Congress. Influence of oxygen therapy on oxidative stress parameters in severe COPD patients. 2002. (Congresso).

2 Workshop O Professor e a Qualidade da Voz. 2002. (Outra).

5 Encontro de Pesquisadores e de Iniciação Científica.A Prática da Pesquisa em Saúde. 2002. (Encontro).

Fórum Científico da Saúde.Dislipidemias. 2002. (Outra).

I Curso de Modelos Experimentais para Pesquisa em Cirurgia Plástica.Módulo 3. 2002. (Outra).

Pediatric Academic Societies Annual Meeting.Increased of erythrocyte glutathione peroxidase activity after 24hours of life in premature babies under oxygen therapy and who developed bronchopulmonary dysplasia (BPD) and retinopathy of prematurity (ROP). 2002. (Encontro).

Workshop O Professor e a Qualidade da Voz. 2002. (Outra).

X Congresso de Iniciação Científica da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. Avaliação dos níveis séricos e teciduais de malondialdeído pré e pós isquemia e reperfusão em alça jejunal de ratos. 2002. (Congresso).

X Jornada Sorocabana e I Simpósio Ibero-Americano de Geriatria e Gerontologia. 2002. (Simpósio).

XVI Jornada Científica do Hospital da Aeronáutica de São Paulo.Efeito do tempo de isquemia renal sobre o estresse oxidativo e a produção de óxido nítrico pós-reperfusão. 2002. (Outra).

Curso de Evolução dos Retalhos Cutâneos Isquêmicos x Radicais livres e antioxidantes.Perspectivas futuras no campo dos antioxidantes. 2001. (Outra).

II Simpósio Interdisciplinar do Campus Osasco da Universidade Bandeirante de São Paulo... 2001. (Simpósio).

II Simpósio Interdisciplinar do Campus Osasco da Universidade Bandeirante de São Paulo.Anatomia do instinto. 2001. (Simpósio).

Pediatric Academic Societies Annual Meeting.Oxidative. 2001. (Encontro).

5 Congresso Latino Americano de Perinatologia. .. 2000. (Congresso).

Pediatric Academic Societies Annual Meeting... 2000. (Encontro).

Seminário Aplicações em Espectroscopia Molecular na Indústria Farmacêutica. 2000. (Seminário).

XIII Congresso Internacional de Medicina com Resultados em Terapia Orto-Biomolecular, Nutrição Celular e Medicina Funcional. 2000. (Congresso).

XXXI Congresso Brasileiro de Pediatria. .. 2000. (Congresso).

XXXVII Congresso Anual do Centro Médico Cearense. Estresse oxidativo e capacidade antioxidante em retalho cutâneo no rato. 2000. (Congresso).

XXXVIII Reunião Anual da Sociedad Latino Americana de Investigación Pediátrica... 2000. (Encontro).

I Simpósio de Ciências Biomédicas da Universidade Bandeirante de São Paulo.IRadioisótopos e biossegurança. 1999. (Simpósio).

VIII Jornada de Nutrição da Universidade Bandeirante de São Paulo.Interpretação de laudos laboratoriais. 1999. (Outra).

XI Congresso Internacional de Medicina com Resultados em Terapia Orto-Biomolecular, Nutrição Celular e Medicina Funcional. Peroxinitrito como agente de lesão tecidual: relação clínico-laboratorial e terapêutica. 1999. (Congresso).

67th Annual Scientific Meeting of the American Society of Plastic and Reconstructive Surgery... 1998. (Encontro).

Pediatric Academic Societies Annual Meeting... 1998. (Encontro).

VI Congresso Brasileiro de Biomedicina. Prêmio Biomédico Ciência. 1998. (Congresso).

VI Congresso Brasileiro de Biomedicina. Automação em bioquímica. 1998. (Congresso).

VI Congresso Brasileiro de Biomedicina. Especialista em Análises Clínicas. 1998. (Congresso).

VI Congresso Brasileiro de Biomedicina. Aplicação laboratorial de radicais livres. 1998. (Congresso).

VI Encontro Nacional Sobre Contaminantes Inorganicos e I Simpósio Sobre Essencialidade de Elementos na Nutrição Humana. 1998. (Encontro).

XXII Jornada e XV Semana do Curso de Biomedicina da Universidade de Santo Amaro.Radicais livres. 1998. (Encontro).

1ª Jornada de Medicina Biomolecular do Oeste do Paraná.Bioquímica dos radicais livres. 1997. (Outra).

1ª Jornada de Medicina Biomolecular do Oeste do Paraná.Radicais livres a aterosclerose. 1997. (Outra).

1ª Jornada Norte-Nordeste de Medicina Biomolecular.Bioquímica dos radicais livres. 1997. (Outra).

I Congresso Paulista de Diagnóstico Laboratorial. 1997. (Congresso).

II Congresso Acadêmico de Biomedicina e XVI Semana Paulista. Diagnóstico laboratorial dos radicais livres. 1997. (Congresso).

III Simpósio Goiano de Medicina Ortomolecular e Simpósio Regional de Medicina Biomolecular e Radicais Livres.Novos marcadores laboratoriais em medicina biomolecular. 1997. (Simpósio).

III Simpósio Goiano de Medicina Ortomolecular e Simpósio Regional de Medicina Biomolecular e Radicais Livres.Lipoproteínas modificadas e aterogênese. 1997. (Simpósio).

II Jornada Medica Internacional Radicales Libres En Medicina. 1997. (Outra).

II Simpósio de Atualização Terapêutica do ABC -.Métodos diagnósticos em medicina ortomolecular. 1997. (Simpósio).

IV Congresso Brasileiro de Clínica Médica. Radicais livres e sua importância em clínica médica - aspectos bioquímicos. 1997. (Congresso).

Pediatric Academic Societies Annual Meeting... 1997. (Encontro).

Reunião Científica do Comitê de Medicina Biomolecular da Associação Paulista de Medicina.Avaliação da permeabilidade intestinal através de marcadores imunológicos e do coprológico funcional. 1997. (Outra).

Reunião Científica do Departamento de Medicina de Tráfego da Associação Paulista de Medicina.Acidentes de tráfego: visão biomolecular. 1997. (Outra).

Seminário Conceitos Básicos de Cromatografia de Líquidos. 1997. (Seminário).

XVIII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Medicina biomolecular e terapia nutricional em cardiologia. 1997. (Congresso).

8th Biennial Scientific Meeting of the International Society for Free Radical Research... 1996. (Encontro).

American Thoracic Society International Conference... 1996. (Encontro).

Congresso Internacional de Radicais Livres e Medicina Bio-Ortomolecular em Clínica Médica. 1996. (Congresso).

I Congresso Brasileiro de Mesoterapia. Papel dos radicais livres no envelhecimento cutâneo. 1996. (Congresso).

I Congresso Pan-Americano de Medicina Estética, IV Congresso Brasileiro de Medicina Estética e II Jornada Paulista de Medicina Estética. Metodologia diagnóstica em medicina biomolecular. 1996. (Congresso).

III Congresso Brasileiro de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. Novos métodos laboratoriais em medicina biomolecular. 1996. (Congresso).

III Congresso Brasileiro de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. Papel dos radicais livres na gênese da doença aterosclerótica. 1996. (Congresso).

III Congresso Brasileiro de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. Aspectos avançados em bioquímica oxidativa. 1996. (Congresso).

III Congresso Brasileiro de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. Metais pesados e peroxidação lipídica. 1996. (Congresso).

III Jornada Integrada de Farmácia e Biomedicina da Fundação Hermínio Ometto.Fisiopatologia básica dos radicais livres. 1996. (Outra).

I Jornada de Medicina Biomolecular nas Serras Gaúchas.Radicais livres em medicina. 1996. (Outra).

I Jornada Sul Sudeste de Medicina Ortomolecular.Coprologia Funcional. 1996. (Outra).

I Simpósio Brasileiro de Radicais Livres e Terapêutica Ortomolecular.Aterosclerose e radicais livres. 1996. (Simpósio).

Pediatric Academic Societies Annual Meeting... 1996. (Encontro).

V Congresso Brasileiro de Biomedicina e I Congresso Paulista de Biomedicina. Radicais livres. 1996. (Congresso).

V Congresso Brasileiro de Biomedicina e I Congresso Paulista de Biomedicina. .. 1996. (Congresso).

V Congresso Brasileiro de Biomedicina e I Congresso Paulista de Biomedicina. Avaliação laboratorial de radicais livres. 1996. (Congresso).

Vth International Symposium on Orthomolecular Medicine... 1996. (Simpósio).

XV Congresso Brasileiro de Perinatologia e Reunião de Enfermagem Perinatal. Avaliação do status antioxidante do plasma e sua relação com bilirrubina no período neonatal. 1996. (Congresso).

XXV Semana de Estudos Farmacêuticos e Bioquímicos de Ouro Preto.Fisiopatologia básica de radicais livres. 1996. (Outra).

Congresso Internacional de Oxidologia e Medicina Biomolecular. Antioxidantes e síndrome de isquemia e reperfusão. 1995. (Congresso).

Congresso Internacional de Oxidologia e Medicina Biomolecular. Métodos diagnósticos em Medicina Ortomolecular. 1995. (Congresso).

I Congresso de Produtos Farmacêuticos II Seminário de Cosmetologia e II Exposição de Equipamentos, Serviços, Produtos Farmacêuticos e Cosméticos. Ortomoleculares: teoría e prática. 1995. (Congresso).

I Encontro de Medicina Biomolecular, Radicais Livres e Nutrição Humana.Radicais livres. 1995. (Encontro).

III Simpósio Internacional e do II Congresso Latino Americano de Radicais Livres em Medicina. Papeis fisiológicos dos radicais livres. 1995. (Congresso).

III Simpósio Internacional e do II Congresso Latino Americano de Radicais Livres em Medicina. Metodologia e métodos de medição de radicais livres. 1995. (Congresso).

III Simpósio Internacional e do II Congresso Latino Americano de Radicais Livres em Medicina.Antioxidantes endovenosos. 1995. (Simpósio).

II Simpósio Goiano de Medicina Ortomolecular.Radicais livres e aterosclerose. 1995. (Simpósio).

II Simpósio Goiano de Medicina Ortomolecular.Papéis benéficos dos radicais livres. 1995. (Simpósio).

I Jornada Santista de Atualização em Medicina Ortomolecular.Radicais livre e antioxidantes. 1995. (Outra).

I Semana Biomédica do Conselho Regional de Biomedicina.Atualização em processos laboratoriais. 1995. (Outra).

I Simpósio Mineiro de Medicina Ortomolecular e Radicais Livres.Atualização em métodos diagnósticos dos radicais livres. 1995. (Simpósio).

I Simpósio Mineiro de Medicina Ortomolecular e Radicais Livres.Efeitos benéficos dos radicais livres. 1995. (Simpósio).

Reuniões Científicas do Comitê de Medicina Biomolecular da Associação Paulista de Medicina.Avaliação laboratorial de radicais livres. 1995. (Outra).

Reuniões Científicas do Comitê de Medicina Biomolecular da Associação Paulista de Medicina. 1995. (Outra).

Reuniões Científicas do Comitê de Medicina Biomolecular da Associação Paulista de Medicina.Paradoxo do oxigênio. 1995. (Outra).

Reuniões Científicas do Comitê de Medicina Biomolecular da Associação Paulista de Medicina.Antioxidantes. 1995. (Outra).

Seminário Aplicado Clínica da Medicina Biomolecular e Radicais Livres.Clínica da medicina biomolecular e radicais livres. 1995. (Seminário).

Seminário de Fisiopatologia dos Radicais Livres.Fisiopatologia dos radicais livres. 1995. (Seminário).

XV Congresso Paulista de Medicina. Radicais livres na gênese das patologias da mulher. 1995. (Congresso).

1 Jornada de Medicina Ortomolecular e Radicais Livres da Zona da Mata.Bioquímica básica dos radicais livres. 1994. (Outra).

7th Biennial Scientific Meeting of the International Society for Free Radical Research... 1994. (Encontro).

Conference cellular oxidants: production and consequences. 1994. (Outra).

II Simpósio Brasileiro de Medicina Biomolecular e Radicais Livres.Radicais livres: conceitos básicos e avançados. 1994. (Simpósio).

II Simpósio Brasileiro de Medicina Biomolecular e Radicais Livres.Avaliação laboratorial dos radicais livres. 1994. (Simpósio).

II Simpósio Internacional e I Congresso Brasileiro e Latino Americano de Aplicação Prática de Radicais Livres em Medicina.MDA método indireto para medir a peroxidação lipídica. 1994. (Simpósio).

I Seminário Brasileiro de Alimentos Enriquecidos.Fisiologia dos nutrientes. 1994. (Seminário).

IV Congresso Brasileiro de Biomedicina. Radicais livres. 1994. (Congresso).

I Workshop Paulista de Biomedicina.Radicais livres. 1994. (Outra).

IX Reunião Anual da Federação das Sociedades de Biologia Experimental... 1994. (Encontro).

Seminário Bioquímica, Nutrição e Saúde da Sociedade de Medicina de Campinas.Radicais livres. 1994. (Seminário).

Simpósio de Lesões por Esforços Repetitivos da associação Paulista de Medicina.Radicais livres: avaliação laboratorial e pesquisa atual. 1994. (Simpósio).

Simpósio Fisiopatologia dos Radicais Livres.Bioquímica dos radicais livres. 1994. (Simpósio).

XIV Congresso Brasileiro de Perinatologia. Avaliação dos níveis de radicais livres de oxigênio no período neonatal. 1994. (Congresso).

XIV Jornada Farmacêutica de Riberão Preto.Diagnóstico clínico e laboratorial do estresse oxidativo. 1994. (Outra).

XVI Congresso Brasileiro de Neurologia. .. 1994. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Nefrologia. XVII Congresso Brasileiro de Nefrologia - apresentador de tema livre. 1994. (Congresso).

XXVII Congresso Brasileiro de Pneumologia e Tisiologia. Dosagem dos radicais livres de oxigênio na malária pulmonar produzida pelo Plasmodium berghei em camundongos. 1994. (Congresso).

3rd International Conference on Preventive Cardiology... 1993. (Outra).

Encontro Internacional de Cardiologia.Radicais livres e aterosclerose. 1993. (Encontro).

Fórum de Pesquisa Docente da Universidade Bandeirante de São Paulo.Efeito do tempo de isquemia sobre a produção de radicais livres e de óxido nítrico em um modelo de isquemia e reperfusão renal em ratos. 1993. (Outra).

I Encontro Regional Sudeste de Ciência e Tecnologia de Alimentos.Radicais livres. 1993. (Encontro).

II Congresso Brasileiro de Clínica Medica. I.. 1993. (Congresso).

III Congresso Paulista de Cirurgia Pediátrica. Transplante hepático: definição da lesão celular correlacionando a mensuração de malondialdeído e altrações histopatológicas na preservação de 24h (estudo experimental em cães). 1993. (Congresso).

International Conference on Critical Aspects of Free Radicals in Chemistry, Biochemistry and Medicine... 1993. (Outra).

I Simpósio Brasileiro de Radicais Livres em Medicina.Avaliação laboratorial dos radicais livres. 1993. (Simpósio).

IV International Symposium of Orthomolecular Medicine. 1993. (Simpósio).

Simpósio Radicais Livres da Associação Médica Brasileira de Oxidologia.Medição laboratorial de radicais livres. 1993. (Simpósio).

V Congresso Acadêmico Paulista de Medicina da Escola Paulista de Medicina. Radicais livres noções e perspectivas. 1993. (Congresso).

VII Congresso Mineiro de Análises Clíncas e VII Congresso de Análises Clínicas de Juiz de Fora. Radicais livres. 1993. (Congresso).

XXVII Congresso Brasileiro de Patologia Clínica. .. 1993. (Congresso).

I Simpósio Aplicação Prática dos Radicais Livres em Medicina. 1992. (Simpósio).

II Congresso Nacional de Cirurgia Experimental. Anticorpos monoclonais na adaptação intestinal: estudo experimental em ratas. 1991. (Congresso).

III International Symposium of Orthomolecular Medicine. 1991. (Simpósio).

Primer Congreso de la Sociedad Latinoamericana de Ateroesclerosis. .. 1991. (Congresso).

XLVII Congresso da Sociedade Brasileira de Cardiologia. .. 1991. (Congresso).

X Semana Paulista de Biomedicina.Radicais livres. 1991. (Encontro).

XXV Congresso Brasileiro de Patologia Clínica. 1991. (Congresso).

International Symposium on Human Papillomavirus. 1990. (Simpósio).

Simpósio de Aterosclerose e Trombose. 1990. (Simpósio).

VII Congresso Brasileiro de Biologia Celular. 1990. (Congresso).

XI Congresso Paulista de Cardiologia. Avaliação crítica do uso de aparelho reflotron para dosagem de colesterol. 1990. (Congresso).

XLVI Congresso da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Rastreamento de hipercolesterolemia através de dosagem rápida em sangue capilar para uso ambulatorial e populacional. 1990. (Congresso).

XVIII International Congress of the International Academy of Pathology and 9th World Congress of Academic and Environmental Pathology. 1990. (Congresso).

XXIV Congresso Brasileiro de Patologia Clínica. .. 1990. (Congresso).

Grande Circuito Nacional de Atualização em Hipercolesterolemia. 1989. (Outra).

II Mobilização pela Excelência dos Laboratórios Médicos. 1989. (Outra).

II Simpósio Internacional de Medicina Ortomolecular. 1989. (Simpósio).

Simpósio Internacional de Aterosclerose, É possível prevenir?. 1989. (Simpósio).

Simpósio Internacional de Hipercolesterolemia. 1989. (Simpósio).

XI Congresso Médico do Oeste Paulista. Uso de aparelho reflotronomo aval para rastreamento de hipercolesterolemia. 1989. (Congresso).

XXIII Congresso Brasileiro de Patologia Clínica. Técnica fluorimétrica para dosagem de MDA como parâmetro discriminador de pacientes com coronariopatia obstrutiva grave. 1989. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Diego Pacheco Ferreira

PERCÁRIO, SANDROFerreira, Lydia Masako; CHAVES, R. O.; PONTES, H. A. R.. PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DO PRIMEIRO CENTRO DE REFERÊNCIA PARA TRATAMENTO DE SEQUELAS E DEFORMIDADES CRANIOFACIAIS DA REGIÃO NORTE. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Luciano Gomes Moura

YASOJIMA, EDSON YUZUR;PERCÁRIO, SANDROFerreira, Lydia Masako; CHAVES, R. O.. Modelo de treinamento para retalhos de face em silicone. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Lêda Lima da Silva

Brito, Marcus Vinicius HenriquesPERCÁRIO, SANDRO; BRASIL, I. R. C.; NUNES, S. F.. Desenvolvimento e validação de simuladores para uso no ensino. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Luane Cristine Batista Cunha

Brito, Marcus Vinicius HenriquesPERCÁRIO, SANDRO; YASOJIMA, EDSON YUZUR. Jogo digital Super Hero Kid como apoio à redução da ansiedade pré operatória em escolares. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Rubens Fernando Gonçalves Ribeiro Júnior

Percario, Sandro; BRITO, M. V. H.; BARROS, CHARLES ALBERTO VILLACORTA DE;Ferreira, Lydia Masako; PANTOJA, M. S.. Proteção do Condicionamento isquêmico associado à soluções salinas na síndrome de isquemia e reperfusão renal em ratos. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Leonam Olivier Durval Oliveira

Percario, Sandro; KIETZER, K. S.; DOMINGUES, R. J. S.; CARNEIRO, F. R. O.. O Efeito do exercício físico sobre o metabolismo oxidativo na via nigroestriatal de ratos submetidos ao parksonismo experimental. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Rosana Moura Sarmento

Percario, Sandro; BAHIA, M.; SILVA, J. R.; DOLABELA, MARIA FANI. Avaliação da capacidade antioxidante, proteção da indução de apoptose e fragmantação de DNA de Annona glabra. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: João Victor da Silva e Silva

Percario, Sandro; DOLABELA, MARIA FANI; MONTEIRO, M. C.; MARINHO, A. M. R.. Atividade antileishmania de espécies de Geissospermum (Apocynaceae). 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Eduardo André Louzeiro Lama

Percario, SandroBrito, Marcus Vinicius Henriques; YASOJIMA, E. Y.; FREITAS, J.. O exercício físico de curto prazo aumenta a concentração de proteína muscular, mas intensifica o metabolismo oxidativo em ratos com caquecia tumoral. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade Estadual do Pará.

Aluno: Adreanne Oliveira da Silva

DOLABELA, M. F.PERCARIO, S.; OLIVEIRA, A. B.. Estudo fitoquímico, avaliação da toxicidade aguda e da atividade antimalárica in vitro e in vivo dos extratos, frações e lupeol das cascas de Parahancornia fasciculata (Poir.) Benoist (Apocynaceae). 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Rosyana de Fátima Vieira Albuquerque

PERCARIO, S.; AMADO, L. L.; MONTEIRO, M. C.. Ação antioxidante do resveratrol e ácido alfa lipóico no processo oxidativo induzido pelo metabólito DDS-NOH em eritrócitos de indivíduos saudáveis in vitro. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Luana de Nazaré da Silva Santana

DOMINGUES, S. F. S.; MIRANDA, M. S.;PERCARIO, S.. Expressão gênica e viabilidade de folículos pré-antrais submetidos à vitrificação do córtex ovariano de Cubus apella (macacas-prego). 2012. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Dayse Lúcia do Nascimento Brandão

PERCARIO, S.DOLABELA, M. F.. Portulaca pilosa L. e Geissospermum vellosii leavis: Estudos botânicos, farmacognóstico, fitoquímico e atividades biológicas. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Luana Almeida de Sá

PERCARIO, S.DOLABELA, M. F.; MONTEIRO, M. C.; TEIXEIRA, R. C.. Níveis plasmáticos de óxido nítrico em crianças e adolescentes portadores do vírus HIV: correlação com função pulmonar. 2012. Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Michel Tavares Martins

PERCARIO, S.DOLABELA, M. F.VASCONCELOS, F.. Estudo farmacognóstico, fitoquímico e atividades biológicas de Aspidosperma nitidum Benth. Ex Mull. Arg.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Amanda Karoline Pereira dos Santos

Percario, Sandro; MONTEIRO, M. C.;DOLABELA, M. F.; AMADO, L. L.. Avaliação da expressão de PPAR gama em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei: corrrelação com o estresse oxidativo e síntese de óxido nítrico. 2012. Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Bruno Alexandre Quadros Gomes

PERCARIO, S.CONTE, M.VASCONCELOS, F.VIEIRA, J. L. F.. Efeitos da suplementação com antioxidantes sobre as alterações oxidativas cerebrais e pulmonares em malária murina. 2011. Dissertação (Mestrado em Doenças Tropicais) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Lúcio Flávio Demétrio da Silva

Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.SOUZA, D. R. S.DOLABELA, M. F.. Efeito da suplementação com antioxidantes sobre as alterações oxidativas e produção de interferon gamma e fator de necrose tumoral alfa em tecido pulmonar de camundongos infectados por Plasmodium berghei. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Marcela de Souza Figueira

PERCARIO, S.; ODORRIZZI, V. F.;VIEIRA, J. L. F.; MONTEIRO, M. C.. O efeito da suplementação nutricional de Agaricus sylvaticus sobre alterações oxidativas e da defesa antioxidante associadas à infecção pelo HIV em crianças e adolescentes. 2011. Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Michelli Erica Souza Ferreira

PERCARIO, S.VIEIRA, J. L. F.. Concentração plasmática de primaquina e metemoglobinemia em pacientes com malária por plamodium vivax. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Danilo Reymão Moreira

PERCARIO, S.VIEIRA, J. L. F.; SILVA, L. C. S.; NOVAES, M. R. C. G.. alterações oxidativas na malária experimental. 2010. Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Fabiana Peçanha Valadares

NOVAES, M. R. C. G.; ARRUDA, S. F.;PERCARIO, S.. Efeitos dos fungos Agaricus sylvaticus em pacientes com câncer de mama. 2010. Dissertação (Mestrado em Nutrição Humana) - Universidade de Brasília.

Aluno: Juan Gonzalo Bardalez Rivera

VIEIRA, J. L. F.PERCARIO, S.; MONTEIRO, M. C.;VASCONCELOS, F.. Correlação entre teores séricos de mefloquina e carboximefloquina com colesterol total, frações e triglicerídeos de pacientes com malária por P. falciparum não complicada. 2010. Dissertação (Mestrado em Doenças Tropicais) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Helena Elisabete dos Santos Tarraf

SOUZA, D. R. S.PERCARIO, S.; LIBERATORE JUNIOR, R. D.. Fatores de risco para doença arterial coronária em crianças com obesidade. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.

Aluno: Myrlena Regina Machado Mescouto Borges

PERCARIO, S.; DORTA, M. C. L.; NETTO, J. A.. Leishmaniose visceral - Uma endemia em expansão no Brasil e emergente no Estado do Tocantins. 2004. Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical) - Universidade Federal de Goiás.

Aluno: Valdir Francisco Odorizzi

PERCARIO, S.; GODOY, M. F.;SOUZA, D. R. S.. Estresse oxidativo e perfil lipídico em mulheres histerectomizadas com ou sem terapia de reposição hormonal. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.

Aluno: Vandicley Vieira Vale

PERCÁRIO, SANDRO; DOLABELA, MARIA FANI;VIEIRA, J. L. F.; BARBOSA, W. L. R.; MAIA, J. G. S.. Estudos químicos e atividades biológicas de Eleutherine plicata Herb.. 2019. Tese (Doutorado em Inovação Farmacêutica) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Edison Sales Abrahim Filho

Percario, Sandro; MACHADO, L. F. A.; DOLABELA, MARIA FANI; VIEIRA, J. R. S.; MELO, M. F. C.; DE VASCONCELOS, FLÁVIO. Perfil do estresse oxidativo em mulheres com alteração no exame preventivo do câncer do colo de útero. 2016. Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Paula do Socorro Oliveira da Costa laurindo

Percario, SandroSOUZA, D. R. S.VASCONCELOS, F.DOLABELA, M. F.. Efeitos da inibição da NADPH oxidase sobre a defesa antioxidante em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei. 2014. Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Michelli Erica Souza Ferreira

Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.DOLABELA, M. F.; GONCALVES, E. C.;SOUZA, D. R. S.. Papel do NF-KB na regulação redox da sinalização celular na malária experimental. 2014. Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Danielle Tupinanbá Emmi

Percario, Sandro; ODA, M.; SILVA, P. M. F. C. E.; RODRIGUES FILHO, L. E.; AGRA, C. M.. Influência dos óleos do tucumã (Astrocaryum vulgare) e da pupunha (Bactris gasipae) na composição do biofilme dental e dinâmica do processo de cárie em esmalte: um estudo in situ. 2013. Tese (Doutorado em Odontologia (Dentística)) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Joyce Vinhal Costa

Percario, Sandro. Composição química, toxicidade, genotoxicidade e antigenotoxicidade do cogumelo Agaricus sylvaticus (Cogumelo do Sol). 2013. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade de Brasília.

Aluno: Valdir Francisco Odorizzi

PERCARIO, S.; Braile, D M; Martinez, TLR; Brandão,AC; Naoum, PC. Efeito de Agaricus sylvaticus sobre o estresse oxidativo em coelhos com aterosclerose. 2006. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.

Aluno: Fabíola Dutra Rocha

KAPLAN, M. A. C.;PERCARIO, S.; VALENTIN, Y. Y.; GATTASS, C. R.; PARENTE, J. P.. Atividade antioxidante de produtos naturais de algas marinhas bentônicas e espécies de bromeliaceae. 2004. Tese (Doutorado em Química de Produtos Naturais) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Carlos Kusano Bucalen Ferrari

PERCARIO, S.; MURADIAN, L. B. A.; FISBERG, R. M.; AREAS, J. A. G.; TORRES, E. A. F. S.. Avaliação da capacidade antioxidante (CAT) e colorimetria de vinte e um diferentes tipos de alimentos comercializados no município de São Paulo, Brasil. 2002. Tese (Doutorado em Saúde Pública) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Ana Carolina Musa Gonçalves

PERCARIO, S.; AMADO, L. L.;DOLABELA, M. F.; GONCALVES, E. C.. Efeitos da inibição das enzimas NADPH oxidase sobre o estresse oxidativo e a síntese de óxido nítrico em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Andressa do Lourdes Souza Gomes

SILVA, J. M. C.;Percario, Sandro; Marceliano, M.L.V.; LOPES, M. A.. Aves frugívoras de sub-bosque no processo de regenação natural da Amazônia. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Zoologia) - Museu Paraense Emílio Goeldi.

Aluno: Luiz Carlos de Souza Rodrigues

VIEIRA, J. L. F.Percario, SandroVASCONCELOS, F.DOLABELA, M. F.. Correlação entre as concentrações séricas de cloroquina, desetilcloroquina e primaquina com índices de estresse oxidativo em pacientes com malária por Plasmodium vivax. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Doenças Tropicais) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Michelli Erica Souza Ferreira

Percario, Sandro; MONTEIRO, M. C.;DOLABELA, M. F.; AMADO, L. L.. Papel do NF-kB na regulação redox da sinalização celular na malária experimental. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Danilo Reymão Moreira

Percario, SandroDOLABELA, M. F.; AMADO, L. L.; SILVA, E. O.. Papel do óxido nítrico e da resposta inflamatória nas alterações redox em camundongos infectados com o Plasmodium berghei. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Edison Sales Abrahim Filho

Percario, SandroDOLABELA, M. F.; VIEIRA, J. R. S.; MONTEIRO, M. C.. Alterações do estresse oxidativo, do óxido nítrico e da defesa antioxidante relacionados à infecção causada pelo papilomavírus humano (hpv) em mulheres com alterações cervicais pré-malignas ou malígnas. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Amanda Soares de Vasconcelos

Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.VASCONCELOS, F.; MONTEIRO, M. C.. Efeitos da suplementação com Agaricus sylvaticus sobre o estresse oxidativo, defesa antioxidante e perfil lipídico em crianças portadoras do HIV. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Paula do Socorro de Oliveira da Costa

Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.VASCONCELOS, F.DOLABELA, M. F.. AVALIAÇÃO DO PAPEL DAS ENZIMAS NADPH OXIDASE EM CAMUNDONGOS INFECTADOS COM Plasmodium berghei. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Valdir Francisco Odorizzi

SOUZA, D. R. S.PERCARIO, S.; GODOY, M. F.. Aspectos bioquímicos da oxidação da lipoproteína de baixa densidade. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.

Aluno: Luciano Gomes Moura

PERCÁRIO, SANDROBrito, Marcus Vinicius Henriques; YASOJIMA, EDSON YUZUR; SILVA, L. L.; BARROS, CHARLES ALBERTO VILLACORTA DE. Modelo de treinamento para retalhos de face em silicone. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Milena Cristina Martins da Silva

Percario, SandroDOLABELA, M. F.; OLIVEIRA, A. B.; MARINHO, A. M. R.. Efeito fitoterápico e atividae antiplasmódica de aspidosperma eteanum Markgr.. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Natasha Cristina Silva da Silva

Percario, SandroVASCONCELOS, F.; PIECZARKA, J. C.. Atividae antilleishmania e citotoxidade de Copaiba reticulata Ducke. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Rubens Fernando Gonçalves Ribeiro Júnior

Percario, SandroBrito, Marcus Vinicius Henriques; BARROS, CHARLES ALBERTO VILLACORTA DE; REIS, J. M. C.. Efeitos do Pré, Per e Pós-condicionamento Isquêmico na Síndrome de Isquemia e Reperfusão Renal em Ratos. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Eduardo André Louzeiro Lama

Percario, Sandro; FREITAS, J.; YASOJIMA, E. Y.; REIS, J. M. C.. O exercício físico protege a perda de músculo e regula o metabolismo oxidativo em ratos com caquexia tumoral. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará.

Aluno: Mirian Letícia Carmo Bastos

Percario, Sandro; DOLABELA, MARIA FANI;VASCONCELOS, F.; BAHIA, M.. Atividade antitumoral e genotoxicidade de G. sericeum. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Rafaelli de Souza Gomes

Percario, Sandro; MONTEIRO, M. C.; FONTES JUNIOR, E. A.. Avaliação do efeito imunomodulador da saliva do Aedes aegypti em modelo de sepse. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Adreanne Oliveira da Silva

Percario, Sandro. Estudo fitoquímico e atividade antimalárica in vitro e in vivo dos extratos, frações e substância pura das cascas de Parahancornia fasciculata (poir.) Benoist (Apocynaceae). 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Satomi Fujihara

LIMA, P. D. L.; KIETZER, K. S.;Percario, Sandro. Avaliação do metabolismo oxidativo de pacientes com a doença de Alzheimer. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Léa Lima dos Santos Barros

MONTEIRO, M. C.; TEIXEIRA, R. C.; SILVA, S. H. M.;Percario, Sandro. O perfil epidemiológico dos pacientes com sepse internados na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB). 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Danielle Regina Gomes Ribeiro

Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.VASCONCELOS, F.DOLABELA, M. F.. Avaliação das alterações oxidativas induzidas pelo Plasmodium berghei em camundongos: efeitos da suplementação nutricional com o cogumelo Agaricus sylvaticus. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Luana Almeida de Sá

Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.; MONTEIRO, M. C.;VASCONCELOS, F.. Níveis plasmáticos de óxido nítrico em crianças e adolescentes portadores do vírus HIV: correlação com a função pulmonar. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Amanda Gabryelle Nunes Cardoso de Mello

VIEIRA, J. L. F.; AMADO, L. L.;Percario, Sandro. Marcadores de estresse oxidativo em pacientes com malária por Plasmodium vivax. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Doenças Tropicais) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Thiago Leite da Silva

VASCONCELOS, F.Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.. Avaliação da toxicidade e estudo da atividade do extrato etanólico seco dos bulbos de Eleutherine plicata Herb. (Iridaceae) sobre alguns parâmetros do estresse oxidativo na malária experimental in vivo. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Maria do Ceu Azevedo Souza

Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.VASCONCELOS, F.DOLABELA, M. F.. Efeitos da inibição do TNF-alfa sobre a síntese de óxido nítrico, marcadores do estresse oxidativo e da defesa antioxidante em camundongos infectados com Plasmodium berghei. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Amanda Karoline Pereira dos Santos

Percario, SandroVIEIRA, J. L. F.VASCONCELOS, F.. Avaliação da expressão do PPAR-gama em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei: correlação com estresse oxidativo e síntese de óxido nítrico. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Thyago da Costa Vilhena

Percario, Sandro. Avaliação da toxicidade e estudo da atividade antimalárica in vitro do extrato etanólico das cascas de Himatanthus articulatus (Vahl) Woodson (Apocynaceae). 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Lúcio Flávio Demétrio da Silva

Percario, Sandro; MONTEIRO, M. C.;VIEIRA, J. L. F.. Efeito do polimorfismo no gene interferon-gamma sobre a síntese de óxido nítrico, marcadores do estresse oxidativo e defesa antioxidante em crianças infectadas pelo Plasmodium vivax do município de Goianésia - PA. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Marcela de Souza Figueira

Percario, Sandro; MONTEIRO, M. C.;VIEIRA, J. L. F.. O efeito da suplementação nutricional de Agaricus sylvaticus associada a terapia antiretroviral na evoluçãoda infecção por HIV em criança. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Bruno Alexandre Quadros Gomes

Percario, Sandro; SILVA, L. C. S.; MACHADO, L. F. A.. Efeitos da suplementação nutricional com antioxidantes sobre as alterações oxidativas em malária murina. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Doenças Tropicais) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Taysa Ribeiro Schalcher

Percario, Sandro. Correlação entre concentração de dapsona e estresse oxidativo em amostras sanguineas de pacientes com hanseníase. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Kátia Maki Omura

YAMADA, E.; KIETZER, K. S.;Percario, Sandro. Avaliação da correlação entre estresse oxidativo e défict motor funcional de pacientes com a doença de Parkinson. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Neurociências e Biologia Celular) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Maria Alice Freitas Garcia

MACHADO, L. F. A.; CABRAL, I. R.;Percario, Sandro. Frequencia polimórfica dos genes CYP3A4 e CYP3A5 em portadores do virus da imunodeficiência humana 1 (HIV-1) em Belém - PA. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Danilo Reymão Moreira

Percario, Sandro; VALLINOTO, A. C. R.;VIEIRA, J. L. F.. Avaliação da expressão do GM-CSF em camundongos infectados com Plasmodium berghei: correlação com estresse oxidativo, óxido nítrico e citocinas. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em Doenças Tropicais) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Mariely Cristine Amador Pessôa

PERCARIO, S.VASCONCELOS, F.; GONCALVES, A. C. B.. Avaliação da citotoxicidade e da capacidade antioxidante in vivtro de Morinda citrifolia Linn. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Danielle Regina Gomes Ribeiro

PERCARIO, S.; VALLINOTO, A. C. R.; SILVA, L. C. S.. Potencial Benefício da Associação de Substâncias Antioxidantes à Terapia Antiretroviral em Indivíduos Portadores do HIV-1/2.. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Pará.

Aluno: Bruno Ortega

PERCARIO, S.; DelFIOL, F. S.; SILVA, M. G.. Efeito da adição de cogumelos à dieta na prevenção das alterações oxidativas associadas à aterosclerose. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia-Bioquímica) - Universidade de Sorocaba.

Aluno: Karina Sasada Gonçalves

PERCARIO, S.. Antioxidantes de origem vegetal. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Farmácia-Bioquímica) - Universidade de Sorocaba.

Aluno: Marcio dos Santos Damascena

PERCARIO, S.; DURAN, C. G.; WOLKOFF, A. G.. Efeito de trinta minutos de isquemia renal sobre o estresso oxidativo e a produção de óxido nítrico pós-reperfusão em ratos. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Tatiana Lourenço Pereira

PERCARIO, S.. A ação dos isoflavonóides na aterosclerose. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Evelyn Cristina Magnani Fernandes

PERCARIO, S.. Diagnóstico diferencial da Candida dubliniensis em comparação com a Candida albicans. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Josilda Ferreira da Silva

PERCARIO, S.. Infecção por Papiloma Vírus Humano(HPV) em gestantes e suas complicações em recém-nascidos e na infância. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: [Nome removido após solicitação do usuário]

PERCARIO, S.. Avanços no diagnóstico da tuberculose. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Cinthya Gutierrez Duran

PERCARIO, S.. Efeito de dez minutos de isquemia renal sobre o estresse oxidativo e a produção de óxido nítrico pós-reperfusão em ratos. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Fernanda Cristina Gonçalves

PERCARIO, S.. Efeito de vinte minutos de isquemia renal sobre o estresse oxidativo e a produção de óxido nítrico pós-reperfusão em ratos. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Juliana Gonçalo Mendes

PERCARIO, S.. Efeito de sessenta minutos de isquemia renal na produção de radicais livres e óxido nítrico pós-reperfusão em ratos. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Eliane Gonçalves da Silva

PERCARIO, S.. Suplementação de alfa tocoferol em hipercolesterolêmicos. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biomedicina) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Maria Lucia Raquel Beirigo

PERCARIO, S.. Variação no hemograma normal de indivíduos sadios. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Priscila Roberta Canesin

PERCARIO, S.. Métodos laboratoriais empregados para o diagnóstico e prognóstico da síndrome de imunodeficiência humana adquirida. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Elaine Moura Augusto

PERCARIO, S.; WOLKOFF, A. G.; POPPE, S.. Estudo das alterações oxidativas tardias em ratos submetidos à indução de asma aguda. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Renata Cristina Pançonato Brito

PERCARIO, S.; WOLKOFF, A. G.; FORTI, F.. Efeito da N-acetilcisteína (NAC) na prevenção das alterações oxidativas em ratos submetidos à indução de asma aguda. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Heliete Gonçalves R

PERCARIO, S.; WOLKOFF, A. G.; POPPE, S.. Garcia.Estudo das alterações oxidativas imediatas em ratos submetidos à indução de asma aguda pela vaporização de histamina. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Fabiana Ferreira Barnabé

PERCARIO, S.. Atuação do laboratório de microbiologia no controle da infecção hospitalar. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Ana Cristina Colla

PERCARIO, S.. Alterações citológicas causadas pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) no epitélio escamoso do colo uterino de mulheres com lesão de baixo e alto risco. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: CLAUDIA FERIOTTI TUNES

PERCARIO, S.; WOLKOFF, A. G.; FORTI, F.. Efeito da N-acetilcisteína (NAC) no tratamento de ratos submetidos à indução de asma aguda. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

Aluno: Simone Federbar

PERCARIO, S.. LDL oxidada como fator de risco para aterosclerose. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo.

SILVA, O. P. P.; MELO, M. F. C.;PERCARIO, S.. Concurso para Professor Adjunto da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Pará. Tema: Análises Clínicas e Hematologia. 2012. Universidade Federal do Pará.

PERCARIO, S.. Concurso Público para Ascenção Funcional para Técnico de Laboratório. 1991. Escola Paulista de Medicina.

PERCARIO, S.. Concurso Público para Ascenção Funcional para Técnico de Laboratório. 1991. Escola Paulista de Medicina.

PERCARIO, S.. Processo Seletivo Simplificado para Professor Substituto da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Pará. Disciplina Práticas em Bioquímica Clínica. 2008. Universidade Federal do Pará.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2005. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Concurso para Ingresso de Professor no Curso de Medicina da Faculdade UNIRG. 2004. FUNDAÇÃO UNIRG.

PERCARIO, S.. Prêmio Biomédico Ciência. 1998. Associação Brasileira de Biomedicina.

PERCARIO, S.. Título de Especialista em Análises Clínicas. 1998. Associação Brasileira de Biomedicina.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Maurício Iasi

IASI, M.. Alterações Oxidativas e da Defesa Antioxidante no Broncoespasmo Agudo Induzido em Cobaias. 2000. Tese (Doutorado em Medicina (Pneumologia)) - Universidade Federal de São Paulo.

MOACIR CYMROT

CYMROT, M.; ROMALDINE, Hélio; IASI, Maurício; HOLAND, Marcelo Alcântara; RODRIGUES, Francisco Paulo Martins. Alterações Oxidativas e da Defesa Antioxidante no Broncoespasmo Agudo Induzido em Cobaias. 2000. Tese (Doutorado em Medicina (Pneumologia)) - Universidade Federal de São Paulo.

ANA LUISA GODOY FERNANDES

FERNANDES, A. L. G.. Alterações Oxidativas e da Defesa Antioxidante no Broncoespasmo Agudo Induzido em Cobaias. 2000. Tese (Doutorado em Ciências Pneumológicas) - Universidade Federal de São Paulo.

Marcello Delano Bronstein

BRONSTEIN, M. D.. Estudo histoquímico,imuno-histoquímico, ultra-estrutural e por imunomicroscopia eletrônica de adenomas hipofisários clinicamente funcionantes ou não-funcionantes.. 1996. Dissertação (Mestrado em Morfologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Júlio Zaki Abucham Filho

ABUCHAM , J.. Estudo histoquímico, imuno-histoquímico, ultraestrutural e por imunomicroscopia eletrônica de adenomas hipofisários. 1995. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Jeíse Pereira Rodrigues

QSOFA: Adequação do questionário ao público especifico de gestantes para identificação de choque séptico precoce; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará; (Orientador);

Gisele Rodrigues de Carvalho Oliveira

Manual de acolhimento ambulatório para diversidade sexual; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará; (Orientador);

Jaqueline Miranda de Oliveira

MONITORAMENTO E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES CLÍNICO CIRURGICAS EM PACIENTES DIABÉTICOS; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará; (Orientador);

Tatiana T

de Castro Carvalho; Centro Multidisciplinar de Atendimento ao Paciente Portador de Pé Diabético; Início: 2019; Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós-Graduação em Cirurgia e Pesquisa Experimental) - Universidade do Estado do Pará; (Orientador);

Aline da Silva Barbosa

Papel do óxido nítrico no envolvimento do estresse oxidativo na malária experimental; Início: 2019; Tese (Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia da Amazonia Legal - BIONORTE) - Universidade Federal do Pará; (Orientador);

Everton Luiz Pompeu Varela

AVALIAÇÃO DO EFEITO DO LICOPENO SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS ASSOCIADAS À MALÁRIA MURINA; Início: 2018; Tese (Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia da Amazonia Legal - BIONORTE) - Universidade Federal do Pará; (Orientador);

Thayana de Nazaré Araújo Moreira

AVALIAÇÃO DO EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL DE Euterpe oleracea E SUA CAPACIDADE ANTIOXIDANTE SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS INDUZIDAS PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; Início: 2018; Tese (Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia da Amazonia Legal - BIONORTE) - Universidade Federal do Pará; (Orientador);

Antonio Rafael Quadros Gomes

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMALÁRICA DE Eleutherine plicata Herb; SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO Plasmodium berghei; Início: 2017; Tese (Doutorado em Inovação Farmacêutica) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Maria do Ceu Azevedo Souza

Efeitos da inibição do TNF-alfa sobre a síntese de óxido nítrico, marcadores do estresse oxidativo e defesa antioxidante em camundongos infectados por Plasmodium berghei; 2013; Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará,; Orientador: Sandro Percário;

Luana Almeida de Sá

Níveis plasmáticos de óxido nítrico em crianças e adolescentes portadores do vírus HIV: correlação com função pulmonar; 2012; Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Amanda Karoline Pereira dos Santos

Avaliação da expressão do PPAR-gama em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei: correlação com o estresse oxidativo e síntese de óxido nítrico; 2012; Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Thyago da Costa Vilhena

Avaliação da toxicidade e estudo da atividade antimalárica in vitro do extrato etanólico das cascas de Himatanthus articulatus (Vahl) Woodson (Apocynaceae); 2012; Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Sandro Percário;

Thiago Leite da Silva

Avaliação da toxicidade e estudo da atividade do extrato etanólico seco dos bulbos de Eleutherine plicata Herb; (Iridaceae) sobre alguns parâmetros do estresse oxidativo na malária experimental in vivo; 2012; Dissertação (Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Sandro Percário;

Bruno Alexandre Quadros Gomes

Efeito da suplementação com antioxidantes sobre as alterações oxidativas cerebrais e pulmonares em malária murina; 2011; Dissertação (Mestrado em Doenças Tropicais) - Universidade Federal do Pará, Fundação de Amparo à Pesquisa do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Marcela de Souza Figueira

Efeito da suplementação nutricional com Agaricus sylvaticus sobre alterações oxidativas e da defesa antioxidante associadas à infecção pelo HIV em crianças e adolescentes; 2011; Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Sandro Percário;

Lúcio Flávio Demétrio da Silva

Efeito da suplementação com antioxidantes sobre as alterações oxidativas e produção de interferon-gamma e fator de necrose tumoral alfa em tecido pulmonar de camundongos infectados por Plasmodium berghei; 2011; Dissertação (Mestrado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Sandro Percário;

Danilo Reymão Moreira

Avaliação da expressão da GM-CSF em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei: correlação com o estresse oxidativo, óxido nítrico e citicinas; 2010; Dissertação (Mestrado em Doenças Tropicais) - Universidade Federal do Pará, Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa; Orientador: Sandro Percário;

Sueli Teresinha Freire

Ácido Úrico como Monitor de Estresse Oxidativo Precoce em Retalho Cutâneo Randômico no Rato; 2002; Dissertação (Mestrado em Cirurgia Plástica) - Universidade Federal de São Paulo,; Coorientador: Sandro Percário;

Álvaro Cesar Bogacz

Óxido nítrico como monitor da fase inicial da isquemia em retalhos cutâneos; 2002; Dissertação (Mestrado em Cirurgia Plástica) - Universidade Federal de São Paulo,; Coorientador: Sandro Percário;

Camille Rodrigues da Silva

Estresse oxidativo em portadores de DPOC usuários e não-usuários de oxigenoterapia; 2002; Dissertação (Mestrado em Reabilitação) - Universidade Federal de São Paulo,; Coorientador: Sandro Percário;

Edison Sales Abrahim Filho

PERFIL DO ESTRESSE OXIDATIVO EM MULHERES COM ALTERAÇÃO NO EXAME PREVENTIVO DO CÂNCER DO COLO DE ÚTERO; 2016; Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará,; Orientador: Sandro Percário;

Paula do Socorrro Oliveira Figueira da Costa

Efeitos da inibição da NADPH oxidase sobre a defesa antioxidante em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei; 2014; Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Sandro Percário;

Michelli Erica Souza Ferreira

Papel do nf-kb na regulação redox da sinalização celular na malária experimental; 2014; Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Ana Carolina Musa Gonçalves

Efeitos da inibição da NADPH oxidase sobre o estresse oxidativo e a síntese de óxido nítrico em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei; 2014; Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Sandro Percário;

Amanda Soares de Vasconcelos

Efeito da suplementação de Agaricus sylvaticus sobre o estresse oxidativo, defesa antioxidante e perfil lipídicio em adultos HIV positivos em uso da trapia antiretroviral; 2013; Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Sandro Percário;

Danilo Reymão Moreira

Papel do óxido nitrico nas alterações do estado redox emcamundongos infectados pelo Plasmodium berghei; 2013; Tese (Doutorado em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Agdamar Affini Suffredini

Influência dos oleos de linhaça e peixe no perfil lipídico e estresse oxidativo e nos fatores antropométricos em coronariopatas; 2008; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto,; Coorientador: Sandro Percário;

Valdir Francisco Odorizzi

Efeito de Agaricus sylvaticus sobre o estresse oxidativo em coelhos com aterosclerose; 2006; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto,; Orientador: Sandro Percário;

Acácio Francisco Neto

Estudo das alterações oxidativas, da capacidade antioxidante total e do óxido nítrico, em ratos submetidos à isquemia e reperfusão de membros posteriores; ; 2004; Tese (Doutorado em Técnicas Operatórias e Cirurgia Experimental) - Universidade Federal de São Paulo,; Coorientador: Sandro Percário;

Laelcio Lins Ramos dos Santos

Vitamina C no estresse oxidativo em queratinócitos cultivados e submetidos a hipóxia; 2002; Tese (Doutorado em Cirurgia Plástica) - Universidade Federal de São Paulo,; Coorientador: Sandro Percário;

Cleia Fernandes Dias

IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO DA QUALIDADE NA CLÍNICA REPRODUÇÃO HUMANA: CENTRO DE REPRODUÇÃO NASCER; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão e Controle da Qualidade em Laboratórios) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Samara Silveira da Cruz

PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DA GESTÃO DE EXCELÊNCIA NO LABORATÓRIO DE HEMATOLOGIA CLÍNICA DO HOSPITAL SANTO ANTÔNIO MARIA ZACCARIA, BRAGANÇA-PA; 2019; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Gestão e Controle da Qualidade em Laboratórios) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Rosemeire Preto de Sales e Souza

Importância da avaliação dos parâmetros laboratoriais do estresse oxidativo e da defesa antioxiante e sua utilidade no diagnóstico clínico; 1999; 0 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Análises Clínicas) - Universidade de Santo Amaro; Orientador: Sandro Percário;

Ana Paula Da Silva Tromps

Avaliação dos efeitos da infecção pelo Plasmodium berghei em camundongos sobre a peroxidação lípidica; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Victor Hugo de Carvalho Vieira

Atualização do Papel da NADPH oxidase na malária; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Ana Paula Da Silva Tromps

Alterações oxidativas decorrentes da infecção pelo Plasmodium berghei em camundongos; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Antonilde Cristina Alves Ruiz

Análise da atividade antioxidante da Physalis angulata L; ; 2017; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biomedicina) - Faculdades Integradas Brasil Amazônia; Orientador: Sandro Percário;

Luan Fabricio Moreira Jaste

Efeito da estimulação da síntese do óxido nítrico sobre a capacidade antioxidante total em camundongos infectados com Plasmodium berghei; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Antonio Rafael Quadros Gomes

Avaliação do efeito da suplementação coml-argininasobre a sobrevida de camundongos infectados pelo Plasmodium berghei: correlação com metabolismo rodox; 2014; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Danielle Regina Gomes Ribeiro

Envolvimento do estresse oxidativo na infecção pelo vírus HIV; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Thyago da Costa Vilhena

Efeito da inibição da síntes sobre o estresse óxidativo cerebral e pulmonar em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Tiago Leite da Silva

Efeito da inibição da síntes sobre o estresse óxidativo cerebral e pulmonar em camundongos infectados pelo Plasmodium berghei; 2009; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Janainna Rocha Batista

Alterações da defesa antioxidante na infecção pelo Plasmodium berghei em camundongos; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Ocione de Nazaré Bacha Figueiredo

O papel do óxido nítrico na malária; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Bruno Ortega

Efeito da adição de cogumelos medicinais à dieta na prevenção das alterações oxidativas associadas à aterosclerose; 2004; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Farmácia-Bioquímica) - Universidade de Sorocaba; Orientador: Sandro Percário;

Marcio dos Santos Damascena

Efeito de trinta minutos de isquemia renal sobre o estresse oxidativo e a produção de óxido nítrico pós-reperfusão em ratos; ; 2003; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo; Orientador: Sandro Percário;

Cinthya Cosme Gutierrez Duran

Efeito de dez minutos de isquemia renal sobre o estresse oxidativo e a produção de óxido nítrico pós-reperfusão em ratos; 2002; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo; Orientador: Sandro Percário;

Juliana Gonçalo Mendes

Efeito de sessenta minutos de isquemia renal na produção de radicais livres e óxido nítrico pós-reperfusão em ratos; ; 2002; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo; Orientador: Sandro Percário;

Heliete Gonçalves R

Garcia; Estudo das alterações oxidativas imediatas em ratos submetidos à indução de asma aguda pela vaporização de histamina; 2001; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo; Orientador: Sandro Percário;

Elaine Moura Augusto

Estudo das alterações oxidativas tardias em ratos submetidos á indução de asma aguda; 2001; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo; Orientador: Sandro Percário;

Renata Cristina Pançonato Brito

Efeito da N-acetilcisteína na prevenção das alterações oxidativas em ratos submetidos à indução de asma aguda; 2001; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo; Orientador: Sandro Percário;

CLAUDIA FERIOTTI TUNES

Efeito da N-acetilcisteína (NAC) no tratamento de ratos submetidos à indução de asma aguda; ; 2001; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica) - Universidade Bandeirante de São Paulo; Orientador: Sandro Percário;

Jeane Camila Rodrigues dos Santos

EFEITOS DA SUPLEMENTAÇÃO COM O COGUMELO Agaricus sylvaticus SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS CAUSADAS PELA INFECÇÃO PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Thuany Carreira Lima Peres

EFEITOS DA SUPLEMENTAÇÃO COM N-ACETIL-L-CISTEINA SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS CAUSADAS PELA INFECÇÃO PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; 2019; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Pará, Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa; Orientador: Sandro Percário;

Danilo Sales de Brito

APLICAÇÃO DE ESTRATÉGIA COMBINADA NA PREVENÇÃO DE RISCO ATEROSCLERÓTICO EM JOVENS; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Pará, UFPA; Orientador: Sandro Percário;

Thuanny Carrera lima Peres

EFEITOS DA INFECÇÃO PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS SOBRE A CAPACIDADE ANTIOXIDANTE; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará, UFPA; Orientador: Sandro Percário;

Ana Paula Da Silva Tromps

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DA INFECÇÃO PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS SOBRE A PEROXIDAÇÃO LÍPIDICA; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Thuany Carreira Lima Peres

Comparação entre os Métodos de Griess e de Eletrodos Íon-Seletivo para Avaliação Indireta de Óxido Nítrico; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Pará, UFPA; Orientador: Sandro Percário;

Ana Paula Da Silva Tromps

Comparação entre os métodos TEAC e DPPH para avaliação da capacidade antioxidante total; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Amanda Freire Pereira da Silva

identificação imuno-histoquímica das enzimas de síntese; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Enfermagem) - Universidade do Estado do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Luan Fabricio Moreira Jaste

IDENTIFICAÇÃO IMUNO-HISTOQUÍMICA DAS ENZIMAS DE SÍNTESE DE ÓXIDO NÍTRICO (NO) APÓS A INIBIÇÃO DA SÍNTESE DE NO EM CAMUNDONGOS INFECTADOS COM O Plasmodium berghei; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Biomedicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Aline da Silva Barbosa

AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE ANTIOXIDANTE NA QUEBRA DA BARREIRA HEMATOCEREBRAL DURANTE A MALÁRIA CEREBRAL INDUZIDA PELO Plasmodium berguei EM CAMUNDONGOS; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Lângela dos Santos Carmo

AVALIAÇÃO DA PEROXIDAÇÃO LIPÍDICA NA QUEBRA DA BARREIRA HEMATOCEREBRAL DURANTE A MALÁRIA CEREBRAL INDUZIDA PELO Plasmodium berguei EM CAMUNDONGOS; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Lucas Vinagre Bembom

ANÁLISE HISTOPATOLÓGICA DE PULMÕES DE CAMUNDONGOS INFECTADOS POR Plasmodium berghei; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Marília Barbosa Cavalcante Silva

AVALIAÇÃO DA PEROXIDAÇÃO LIPÍDICA PULMONAR NA MALÁRIA EXPERIMENTAL CAUSADA PELO Plasmodium berghei; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Marcelle Amanda Sena Gonçalves

AVALIAÇÃO DA DEFESA ANTIOXIDANTE PULMONAR NA MALÁRIA EXPERIMENTAL CAUSADA PELO Plasmodium beghei; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Naiara Almeida Campos

AVALIAÇÃO HISTOPATOLÓGICA DO TECIDO CEREBRAL NA MALÁRIA EXPERIMENTAL OCASIONADA PELO Plasmodium berghei; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Antonio Rafael Quadros Gomes

AVALIAÇÃO DO EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO COM L-ARGININA SOBRE A SOBREVIDA DE CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO Plasmodium berghei: CORRELAÇÃO COM METABOLISMO REDOX; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Aline da Silva Barbosa

PADRONIZAÇÃO DO MÉTODO DE COLORAÇÃO DE TECIDO CEREBRAL NA MALÁRIA EXPERIMENTAL OCASIONADA PELO Plasmodium berghei; ; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Antonio Rafael Quadros Gomes

AVALIAÇÃO DO EFEITO DA FORMA DE APRESENTAÇÃO DE SUPLEMENTOS DO COGUMELO Agaricus sylvaticus NA SOBREVIDA DE CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO Plasmodium berghei; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Mayani Costa Ribeiro

O PAPEL DE ÓXIDO NÍTRICO NAS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS INDUZIAS PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Antonio Rafael Quadros Gomes

AVALIAÇÃO DA EXPRESSÃO DE GM-CSF E SÍNTESE DE ÓXIDO NÍTRICO EM CAMUNDONGOS; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Laura Vianna Warwick

AVALIAÇÃO DO EFEITO DE SUPLEMENTOS ANTIOXIDANTES SOBRE O ESTRESSE OXIDATIVO; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Tainah Brasil Melgaço

EXPRESSÃO DE IFN-GAMA E ÓXIDO NÍTRICO INDUZIDAS PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Vitor Nina de Lima

EXPRESSÃO DE IFN-ALFA E ÓXIDO NÍTRICO INDUZIDAS PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Thyago da Costa Vilhena

PAPEL DA ENZIMA I-NOS NA PRODUÇÃO DE ÓXIDO NÍTRICO NA INFECÇÃO PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Alexandra Atolini Percario

PAPEL DA ENZIMA ÓXIDO NÍTRICO SINTETASE CONSTRUTIVA (C-NOS) NAS ALTERAÇÕES ÓXIDO NÍTRICO INDUZIDAS PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; ; 2009; Iniciação Científica - Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará, Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa; Orientador: Sandro Percário;

Régis Piloni Maestri

PAPEL DA ENZIMA C-NOS NA PRODUÇÃO DE ÓXIDO NÍTRICO NA INFECÇÃO PELO Plasmodium berghei EM CAMUNDONGOS; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia e Bioquímica) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Sandro Percário;

Priscila Cardoso Leal

ESTRESSE OXIDATIVO NA SÍNDROME DE ISQUEMIA RENAL AGUDA EM RATO; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia-Bioquímica) - Universidade de Sorocaba, Fundação Dom Aguirre; Orientador: Sandro Percário;

Bruna dos Santos Batista

ESTRESSE PÓS-ISQUEMIA E REPERFUSÃO RENAL DE 24H EM RATOS; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia-Bioquímica) - Universidade de Sorocaba, Fundação Dom Aguirre; Orientador: Sandro Percário;

Paula Zanon Arza

PREVENÇÃO DO ESTRESSE OXIDATIVO NA SÍNDROME DE ISQUEMIA E REPERFUSÃO RENAL EM RATOS COM O USO DE DIETA RICA EM VITAMINAS ANTIOXIDANTE; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade de Sorocaba, Fundação Dom Aguirre; Orientador: Sandro Percário;

Audrey Stefani Naufal

PROPOSTA PARA SUPLEMENTAÇÃO DE CREATINA EM ATLETAS DE HANDEBOL E CORRELAÇÃO COM ESTRESSE OXIDATIVO; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Farmácia-Bioquímica) - Universidade de Sorocaba, Fundação Dom Aguirre; Orientador: Sandro Percário;

Ingrid Cavalcante da Silva

EFEIO DE ENRIQUECIMENTO DE VITAMINAS ANTIOXIDANTES NA DIETA DA PREVENÇÃO DE ALTERAÇÕES OXIDATIVAS EM COELHOS SUBMENTIDOS Á INDUÇÃO DE ATEROSCLEROSE POR INGESTÃO DE DIETA RICA EM COLESTEROL; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade de Sorocaba, Fundação Dom Aguirre; Orientador: Sandro Percário;

Dayane Aparecida Mensatto Paraizo

EFEITO DE SUPLEMNETAÇÃO DE CREATINA EM ALETAS DE HANDEBOL: UM ESTUDO APARTIR DA SELEÇÃO DE SOROCABA, CATEGORIA JÚNIOR E CADETE; ; 2003; Iniciação Científica; (Graduando em Nutrição) - Universidade de Sorocaba; Orientador: Sandro Percário;

Caio Fernando Lima Ribeiro

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Amanda Pereira da Silva

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Lorena Vilhena de Moraes

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Lucas Alberto Antunes Sanches

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Evelly Silva de Moraes

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Breno Roberto Reis de Souza Silva

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Adria Lorena de Aquino Melo

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Gabriel Silva Novais

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Natalia Henriques Menezes Bentes

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Gustavo Raiol da Silva

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Lavinia Juvenal Nicodemos

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Raimundo Pinto Soares

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2019; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Andre Luiz Malcher

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará, UFPA; Orientador: Sandro Percário;

Marcos da Cruz dos Prazeres

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Sofia Mika Shimo Wakimoto

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Sinara Franco Freitas

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Gabriela Goes Costa

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Mayumi Aragão Fujishima

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Mayumi Aragão Fujishima

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Sofia Mika Shimo Wakimoto

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Andre Luiz Malcher

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Sinara Franco Freitas

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Gabriela Goes Costa

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Jones Vinicius Santana Chaves

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Raissa Sampaio Souza

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Lucas Favacho Pastana

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Fernanda Furtado Aragão

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Aline Carolina castro mota

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Jeiel de Moraes Fayal

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Suel Do Nascimento de Oliveira

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória do Curso de Medicina; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Lucas Favacho Pastana

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará, UFPA; Orientador: Sandro Percário;

Aline Carolina castro mota

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará, UFPA; Orientador: Sandro Percário;

Adria Lorena de Aquino Melo

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Gabriel Silva Novais

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Natalia Henriques Menezes Bentes

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Gustavo Raiol da Silva

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Lavinia Juvenal Nicodemos

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Raimundo Pinto Soares

Monitoria da Disciplina de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória; 2018; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Ana Paula Da Silva Tromps

Orientação de Estágio Rotatório V; 2017; Orientação de outra natureza; (Biomedicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Ariane Flexa de Castro

Estágio Rotatório; 2017; Orientação de outra natureza; (Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Ana Paula Da Silva Tromps

Estágio Rotatório do Curso de Biomedicina da UFPA; 2016; Orientação de outra natureza; (Biomedicina) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Sandro Percário;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

TÂNIA LEME DA ROCHA MARTINEZ

Comparação entre fatores lipídicos e trombótico como indicador de risco de doença aterosclerótica; 1989; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Paulo; Orientador: Tania Leme da Rocha Martinez;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • BRANDAO, D. L. N. ; VALE, V. V. ; VEIGA, A. S. S. ; SILVEIRA, F. T. ; PERCÁRIO, SANDRO ; COELHO, M. R. F. ; DOLABELA, MARIA FANI . Importância do amor-crescido (Portulaca pilosa L.) para a medicina tradicional amazônica: uma revisão bibliográfica. REVISTA ELETRÔNICA ACERVO EM SAÚDE , v. 12, p. e2371, 2020.

  • DAMASCENO, A. V. B. S. ; BARROS, CHARLES ALBERTO VILLACORTA DE ; PERCÁRIO, SANDRO ; RIBEIRO JUNIOR, R. F. G. ; MONTEIRO, ANDREW MORAES ; GOUVEIA, E. H. ; HENRIQUES, H. Y. B. . Remote ischemic conditioning protects against testicular ischemia-reperfusion injury in rats. ACTA CIRÚRGICA BRASILEIRA (ONLINE) , v. 35, p. e202000203, 2020.

  • FERRANTE, A. A. ; MARTINS, I. R. ; SILVA, L. A. C. ; Percario, Sandro ; FERREIRA, MICHELLI ERICA SOUZA . Analytical Methodology for Determination of the Plasma Antioxidant Capacity Through the Radical 2,2-azino-bis-3- ethylbenzthiazoline-6-sulfonic Acid (ABTS). AUSTRALIAN JOURNAL OF BASIC AND APPLIED SCIENCES , p. 19-22, 2019.

  • DA SILVA E SILVA, JOÃO VICTOR ; CORDOVIL BRIGIDO, HELITON PATRICK ; OLIVEIRA DE ALBUQUERQUE, KELLY CRISTINA ; MIRANDA CARVALHO, JOSIWANDER ; FERREIRA REIS, JORDANO ; VINHAL FARIA, LARA ; COELHO-FERREIRA, MÁRLIA ; SILVEIRA, FERNANDO TOBIAS ; DA SILVA CARNEIRO, AGNALDO ; PERCÁRIO, SANDRO ; DO ROSÁRIO MARINHO, ANDREY MOACIR ; DOLABELA, MARIA FÂNI . Flavopereirine-An Alkaloid Derived from Geissospermum vellosii-Presents Leishmanicidal Activity In Vitro. MOLECULES , v. 24, p. 785, 2019.

  • VALE, V. V. ; BRANDAO, D. L. N. ; SILVA, M. C. M. ; BUENO, D. ; GREEN, M. D. ; PERCÁRIO, SANDRO ; DOLABELA, MARIA FANI . Malaria parasite resistance vicious cycle. REVISTA ELETRÔNICA ACERVO EM SAÚDE , v. 11, p. e1708, 2019.

  • PINHEL, Marcela Augusta de Souza ; TARRAF, H. S. ; NICOLETTI, C. F. ; PERCÁRIO, SANDRO ; OLIVEIRA, B. A. P. ; OLIVEIRA, C. C. ; GREGORIO, M. L. ; PINHANELLI, V. C. ; SOUZA, D. R. S. . Oxidative Stress and Biochemical Parameters in Childhood Obesity. Austin Journal of Nutrition and Food Sciences , v. 6, p. 1097, 2018.

  • ALBUQUERQUE, K. C. O. ; VEIGA, A. S. ; Silva JVS ; Brigido HLC ; Texeira, E.P.R. ; Costa, E.V.S. ; Marinho A.M.R. ; PERCARIO, S. ; DOLABELA, M. F. . Brazilian Amazon Traditional Medicine and the Treatment of Difficult to Heal Leishmaniasis Wounds with Copaifera . Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine (Print) , v. 2017, p. 1-9, 2017.

  • Brito, Marcus Vinicius Henriques ; YASOJIMA, EDSON YUZUR ; PERCÁRIO, SANDRO ; RIBEIRO JÚNIOR, RUBENS FERNANDO GONÇALVES ; CAVALCANTE, LAINY CAROLLYNE DA COSTA ; MONTEIRO, ANDREW MORAES ; COUTEIRO, RODRIGO PARACAMPO ; RODRIGUES, IVONE ALINE DA SILVA ; SANTOS, HELLEN APARECIDA GEYER DOS . Effects of hypertonic saline solution associated to remote ischemic perconditioning in kidney ischemia/reperfusion injury in rats. ACTA CIRÚRGICA BRASILEIRA (ONLINE) , v. 32, p. 211-218, 2017.

  • DA SILVA BARBOSA, ALINE ; FERREIRA, M. E. S. ; CARMO, L. S. ; GREEN, MICHAEL ; DOLABELA, M. F. ; Percario, Sandro . Evans blue staining for the assessment of blood-brain barrier integrity in experimental malaria. European Journal of BioMedical Research , v. 2, p. 15, 2016.

  • Costa, Felipe Lobato da Silva ; TEIXEIRA, RENAN KLEBER COSTA ; Yamaki, Vitor Nagai ; VALENTE, ANDRÉ LOPES ; SILVA, ANDRESSA MILÉO FERRAIOLI ; Brito, Marcus Vinicius Henriques ; PERCÁRIO, SANDRO . Remote ischemic conditioning temporarily improves antioxidant defense. The Journal of Surgical Research (Print) , v. 200, p. 105-109, 2016.

  • VALE, V. V. ; VILHENA, T. C. ; TRINDADE, R. C. S. ; COELHO, M. R. F. ; PERCARIO, S. ; SOARES, L. F. ; PEREIRA, W. L. A. ; BRANDAO, G. C. ; OLIVEIRA, A. B. ; DOLABELA, MARIA FANI ; VASCONCELOS, F. . Anti-malarial activity and toxicity assessment of Himatanthus articulatus, a plant used to treat malaria in the Brazilian Amazon. Malaria Journal (Online) , v. 14, p. 132, 2015.

  • SCALERCIO, SARAH R. ; AMORIM, CHRISTIANI A. ; BRITO, DANIELLE C. ; PERC'RIO, SANDRO ; OSKAM, IRMA C. ; DOMINGUES, SHEYLA F. S. ; SANTOS, REGIANE R. . Trolox enhances follicular survival after ovarian tissue autograft in squirrel monkey (Saimiri collinsi). Reproduction, Fertility and Development , v. 2015, p. RD14454, 2015.

  • FERREIRA, MICHELLI ERICA SOUZA ; DE VASCONCELOS, AMANDA SOARES ; DA COSTA VILHENA, THYAGO ; DA SILVA, THIAGO LEITE ; DA SILVA BARBOSA, ALINE ; GOMES, ANTONIO RAFAEL QUADROS ; DOLABELA, MARIA FANI ; PERCÁRIO, SANDRO . Oxidative Stress in Alzheimer?s Disease: Should We Keep Trying Antioxidant Therapies?. Cellular and Molecular Neurobiology , v. 35, p. 595-614, 2015.

  • QUADROS GOMES, BRUNO ; DA SILVA, LUCIO ; QUADROS GOMES, ANTONIO ; MOREIRA, DANILO ; DOLABELA, MARIA ; SANTOS, ROGÉRIO ; GREEN, MICHAEL ; CARVALHO, ELIETE ; PERCÁRIO, SANDRO . N-acetyl cysteine and mushroom Agaricus sylvaticus supplementation decreased parasitaemia and pulmonary oxidative stress in a mice model of malaria. Malaria Journal (Online) , v. 14, p. 202-224, 2015.

  • LOPES, LETÍCIA NOBRE ; SANTOS, FELIPE AUGUSTO FOLHA ; OLIVEIRA, LOUIZE CAROLINE MARQUES ; PERCÁRIO, SANDRO ; BARROS, CHARLES ALBERTO VILLACORTA DE ; Brito, Marcus Vinicius Henriques . Copaiba oil effect on induced fecal peritonitis in rats. Acta Cirúrgica Brasileira (Online) , v. 30, p. 568-573, 2015.

  • FERRARI, CARLOS ; PERCARIO, S. ; BAPTISTA-SILVA, José Carlos Costa ; DA SILVA TORRES, ELIZABETH . An apple plus a nut a day keepS the doctors away: antioxidant capacity OF foods and THEIR health benefits. CURRENT PHARMACEUTICAL DESIGN , v. 22, p. 189-195, 2015.

  • SILVA, J. P. B. ; NAVEGANTES, K. C. ; PEREIRA, G. C. B. ; CHIBA, J. M. C. ; DIAS, R. G. C. ; PERCARIO, S. . Avaliação do impacto de laboratórios de análises clínicas de hospitais de urgência e emergência do município de Belém-PA na saúde. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada , v. 35, p. 127-132, 2014.

  • FIGUEIRA, M. S. ; SA, L. A. ; Vasconcelos, Amanda Soares ; MOREIRA, D. R. ; LAURINDO, PAULA ; RIBEIRO, D. R. G. ; SANTOS, R. S. ; GUZZO, P. ; DOLABELA, M. F. ; Percario, Sandro . Nutritional Supplementation with the Mushroom Agaricus sylvaticus Reduces Oxidative Stress in Children with HIV. Canadian Journal of Infectious Diseases & Medical Microbiology , v. 25, p. 257-264, 2014.

  • Costa, Felipe Lobato da Silva ; Yamaki, Vitor Nagai ; Gonçalves, Thiago Barbosa ; Coelho, João Vitor Baia ; PERCARIO, S. ; Brito, Marcus Vinicius Henriques . Combined remote ischemic perconditioning and local postconditioning on liver ischemia-reperfusion injury. The Journal of Surgical Research (Print) , v. 192, p. 98-102, 2014.

  • DOLABELA, M. F. ; OLIVEIRA, A. B. ; PERCARIO, S. . Amazon?s medicinal plants: A new Solution for malaria treatment?. Malaria Chemoterapy Control & Elimination , v. 3, p. e122, 2014.

  • WARWICK, L. V. ; GOMES, A. R. Q. ; MOREIRA, D. R. ; CARVALHO, E. P. ; PERCARIO, S. . Avaliação do efeito de suplementos antioxidantes sobre o estresse oxidativo cerebral e pulmonar e na sobrevida de camundongos infectados pelo Plasmodium berghei. Revista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica , v. 11, p. 246-251, 2013.

  • BRITO, D. C. ; BRITO, A. ; SCARLECIO, S. ; PERCARIO, S. ; MIRANDA, M. S. ; ROCHA, R. ; DINIZ, J. ; OSKAN, I. ; HURK, R. ; PARIS, M. ; DOMINGUES, S. F. S. ; SANTOS, R. . Vitamin E-analog Trolox prevents endoplasmic reticulum stress in frozen-thawed ovarian tissue of capuchin monkey (Sapajus apella). Cell and Tissue Research (Print) , v. 1, p. 1, 2013.

  • ONDEI, LUCIANA DE SOUZA ; ESTEVÃO, ISABETH DA FONSECA ; ROCHA, MARINA IBELLI PEREIRA ; PERCARIO, S. ; SOUZA, D. R. S. ; PINHEL, Marcela Augusta de Souza ; BONINI-DOMINGOS, CLAUDIA REGINA . Oxidative stress and antioxidant status in beta-thalassemia heterozygotes. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia (Impresso) , v. 35, p. 409-413, 2013.

  • SILVA, JOÃO VICTOR DA S. ; ROSÁRIO, DIELE M. DO ; VEIGA, ANDREZA DO S. S. DA ; VASCONCELOS, FLÁVIO DE ; PERCÁRIO, SANDRO ; DOLABELA, MARIA F. . A bibliographic review on the family Araceae with foccus on the genera Pistia, Philodendron and Montrichardia : botanical, phytochemical and biological activity aspects. Revista Fitos (Farmanguinhos/FIOCRUZ) , v. 8, p. 79-93, 2013.

  • GONCALVES, THIAGO BARBOSA ; Yamaki, Vitor Nagai ; BAIA COELHO, JOAO VITOR ; HENRIQUES BRITO, MARCUS VINICIUS ; Percario, Sandro . First Demonstration of the Effects of Remote Per- and Postconditioning on Ischemia and Reperfusion Induced Hepatic Injury. The Open Transplantation Journal , v. 7, p. 33-34, 2013.

  • CONTE, M. ; DOMINGUES, S. P. T. ; TEIXEIRA, L. F. M. ; VIEIRA, J. L. F. ; VASCONCELOS, F. ; CIARROCCHI, D. M. ; ALMEIDA, E. D. ; Percario, Sandro . Effects of creatine supplementation on oxidative stress profile of athletes. Journal of the International Society of Sports Nutrition , v. 9, p. 56, 2012.

  • PERCÁRIO, SANDRO ; MOREIRA, DANILO ; GOMES, BRUNO ; FERREIRA, MICHELLI ; GONÇALVES, ANA ; LAURINDO, PAULA ; VILHENA, THYAGO ; DOLABELA, MARIA ; GREEN, MICHAEL . Oxidative Stress in Malaria. International Journal of Molecular Sciences (Online) , v. 13, p. 16346-16372, 2012.

  • LIMA, A. D. L. ; COSTA-FORTES, R. ; NOVAES, M. R. C. G. ; PERCARIO, S. . Poisonous mushrooms; a review of the most common intoxications. Nutrición Hospitalaria , v. 27, p. 402-408, 2012.

  • PERCARIO, S. . Prevenção do estresse oxidativo na síndrome de isquemia e reperfusão renal em ratos com suplementação nutricional com antioxidantes. Revista de Nutricao-Brazilian Journal of Nutrition , v. 23, p. 259-267, 2010.

  • PERCARIO, S. ; GENNARI, M. S. ; GENNARI, J. L. ; BACH, E. . Antioxidant activity of edible blushing wood mushroom, Agaricus sylvaticus schaeff (Agaricomycetideae) in vitro. International Journal of Medicinal Mushrooms , v. 11, p. 133-139, 2009.

  • ONDEI, L. S. ; SILVEIRA, L. M. ; LEITE, A. A. ; SOUZA, D. R. S. ; Pinhel, MAS ; PERCARIO, S. ; RICCI JUNIOR, O. ; BONINI-DOMINGOS, C. R. . Lipid peroxidation and antioxidant capacity in G6PD-deficiet individuals with A-(202G>A) mutation. Genetics and Molecular Research , v. 8, p. 1345-1351, 2009.

  • PERCARIO, S. ; ODORRIZZI, V. F. ; SOUZA, D. R. S. ; Pinhel, MAS ; GENNARI, J. L. ; GENNARI, M. S. ; GODOY, M. F. . Edible mushroom Agaricus sylvaticus can prevent the onset of atheroma plaques in hipercholesterolemic rabbits.. CELLULAR AND MOLECULAR BIOLOGY , v. 54, p. OL-1055-OL1061, 2008.

  • PERCARIO, S. . Lípides, radicais livres e exercício físico. Arquivos de Ciências da Saúde (FAMERP) , v. 14, p. 1, 2007.

  • LEITE, M. T. ; GOMES, H. C. ; PERCARIO, S. ; ABRANTES, C. R. ; Ferreira, Lydia Masako . Dimethyl sulfoxide as a block to the deleterious effect of nicotine in a randon skin flap in the rat. Plastic and Reconstructive Surgery (1963) , v. 120, p. 1819-1822, 2007.

  • SALOMAO, A. B. ; AGUILAR-NASCIMENTO, J. E. ; PERCARIO, S. ; SANO, V. ; MARQUES, N. R. ; DIAS, C. C. G. O. . Intestinal intraluminal injection of glutamine increases trolox equivalent antioxidant capacity (TEAC) in hepatic ischemia-reperfusion. Acta Cirurgica Brasileira (Impresso) , v. 21, p. 69-73, 2006.

  • FRANCISCO NETO, A. ; FERREIRA, L. M. ; SILVA, J. C. C. B. ; FAGUNDES, D. J. ; PERCARIO, S. ; NOVO, N. F. ; JULIANO, Y. ; MOREIRA NETO, A. A. . Estudo das alterações oxidativas, da capacidade antioxidante total e do óxido nítrico em ratos submetidos a isquemia e reperfusão de membros posteriores. Acta Cirúrgica Brasileira (Impresso) , Brasil, v. 20, n.2, p. 134-139, 2005.

  • ABLA, L. E. F. ; GOMES, H. C. ; PERCARIO, S. ; FERREIRA, L. M. . Acetylcisteine in random skin flap in rats. Acta Cirúrgica Brasileira , Brasil, v. 20, n.2, p. 121-123, 2005.

  • CYMROT, M. ; PERCARIO, S. ; FERREIRA, L. M. . Comportamento do estresse oxidativo e da defesa antioxidante total em ratos submetidos a retalhos cutâneos isquêmicos. Acta Cirúrgica Brasileira , São Paulo, v. 19, n.1, p. 18-26, 2004.

  • FONSECA, A. V. ; FERREIRA, L. M. ; GOMES, H. C. ; PERCARIO, S. . Terazosin and propranolol as blockers of the deleterious effect of nicotine in a random skim flap, in the rat. Acta Cirúrgica Brasileira , v. 19, n.3, p. 183-195, 2004.

  • CONTE, M. ; PERCARIO, S. ; DOMINGUES, S. P. T. ; RIYIS, M. T. ; FERMI, J. P. ; PIMENTA, L. . Treinamento resistido intenso como indutor da síndrome de isquemia e reperfusão: uma análise exploratória. Corpoconsciência (São Paulo) , v. 14, p. 41-52, 2004.

  • PERCARIO, S. ; ODORRIZZI, V. F. . Uso de vitaminas antioxidantes na prevenção da aterosclerose em coelhos submetidos à dieta rica em colesterol. Revista de Estudos Universitárias (Sorocaba) , Brasil, v. 29, n.1, p. 135-153, 2003.

  • PERCARIO, S. ; ODORRIZZI, V. F. . Uso de antioxidantes na prevenção de lesões ateroscleróticas em coelhos submetidos à dieta rica em colesterol. LAES/HAES , Brasil, v. 25, n.145, p. 94-114, 2003.

  • FREIRE, S. T. ; FERREIRA, L. M. ; GOMES, H. C. ; PERCARIO, S. . Uric acid as a monitor of oxidative stress in a randon skin flap in rats. Acta Cirúrgica Brasileira (Impresso) , São Paulo, v. 18, n.6, p. 534-536, 2003.

  • PERCARIO, S. ; ODORRIZZI, V. F. . Avaliação do estresse oxidativo em pacientes portadores de síndrome de imunodeficiência adquirida (SIDA). Revista de Estudos Universitárias (Sorocaba) , Sorocaba, v. 28, n.2, p. 09-25, 2002.

  • RODRIGUES, F. P. M. ; PERCARIO, S. ; BEREZIN, A. ; PACHI, P. R. . Atividade eritrocitária da superóxido dismutase e o uso de oxigênio em prematuros com doenças de membranas hialinas. Revista Paulista de Pediatria (Impresso) , impresso, v. 20, n.04, p. 167-168, 2002.

  • SALES, R. P. ; PERCARIO, S. . Devemos avaliar o estresse oxidativo e a defesa antioxidante de nossos pacientes. LAES/HAES , Sao Paulo, v. 23, n.130, p. 122-142, 2001.

  • PERCARIO, S. ; ROMALDINI, H. ; ODORRIZZI, V. F. . Papel dos radicais livres e da defesa antioxidante no broncoespasmo agudo induzido em cobaias.. LAES/HAES , São Paulo, v. 23, n.133, p. 126-156, 2001.

  • RODRIGUES, F. P. M. ; BEREZIN, A. ; PERCARIO, S. . Analise dos radicais livres do oxigênio no período neonatal pela medida dos níveis séricos de malondialdeido e sua correlação com a PO2 sanguínea.. Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo , São Paulo, v. 45, n.1, p. 18-23, 2000.

  • PERCARIO, S. . O papel dos radicais livres na gênese da doença aterosclerótica. Revista Racine (São Paulo) , Sao Paulo, v. 49, p. 48-50, 1999.

  • PERCARIO, S. . Radicais livres e antioxidantes. Revista Racine (São Paulo) , São Paulo, v. 49, p. 11-13, 1999.

  • FELIPPE JR, J. ; ROCHA, F. T. L. ; CHAVES, D. ; PERCARIO, S. ; YONEDA, T. . A degeneração macular senil pode ser prevenida?. Journal of Biomolecular Medicine & Free Radicals , Sao Paulo, v. 4, n.2, p. 47-54, 1998.

  • GOMES, H. C. ; BUENO, P. C. S. ; SCARDOELI, C. A. C. ; PERCARIO, S. ; LANDMAM, M. R. L. ; FERREIRA, L. M. . Effect of N-acetylcysteine in a random skim flap after administration of nicotine in the rat. Folha Médica , São Paulo, v. 117, n.3, p. 209-211, 1998.

  • CATTAPAN, A. ; MARCHESE, L. M. T. ; PERCARIO, S. ; CATTAPAN, E. . Emprego da N-acetilcisteina, antioxidante e antídoto, na terapia alternativa da psoriase e na prevenção da toxicidade hepato-renal por fármacos citostaticos e imunossupressores. Journal of Biomolecular Medicine & Free Radicals , v. 3, n.4, p. 128-147, 1997.

  • PERCARIO, S. ; CALDEIRA, A. A. B. ; CASTANHEIRA, C. P. ; GANDOLFI, D. ; TAKASE, P. ; FELIPPE JR, J. . Uso do EDTA na prevenção de doença aterosclerótica em coelhos alimentados com ração rica em colesterol.. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 3, n.3, p. 105-108, 1997.

  • DUARTE, I. ; GOMES, H. C. ; PERCARIO, S. ; SANTOS, P. C. ; SCARDOELI, C. A. C. ; MEDICI, C.A. ; FERREIRA, L. M. . Efeito do dimetil sulfóxido na necrose da porção distal de retalhos cutâneos randomicos em ratos. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 3, n.1, p. 29-33, 1997.

  • PERCARIO, S. . Permeabilidade intestinal alterada: o "lado escuro" da medicina biomolecular. Journal of Biomolecular Medicine & Free Radicals , v. 3, n.1, p. 1-1, 1997.

  • IASI, M. ; UVO, R. A. B. ; FAVERO, S. S. G. ; SZULTAN, J. .. A. ; ASSEF, J. C. ; ARAUJO, M. J. ; PERCARIO, S. ; FELIPPE JR, J. ; CAPUA JR, A. ; MASTROTI, R. A. . Transplante hepático: avaliação do estresse oxidativo e das alterações histopatologicas na detecção de lesão celular em preservação de 24 horas estudo experimental em cães.. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 2, n.2, p. 55-59, 1996.

  • HOLANDA, M. A. ; PERCARIO, S. ; ROMALDINI, H. ; FELIPPE JR, J. . Repercussões hemodinâmicas e pulmonares na isquemia/reperfusão supracelíaca da aorta em modelo experimental canino.. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 2, n.1, p. 19-27, 1996.

  • PERCARIO, S. . Radicais livres, antioxidantes e oligoelementos.. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 2, n.1, p. 10-13, 1996.

  • DUARTE, I. ; GOMES, H. F. C. ; Percario, Sandro ; SANTOS, P. C. ; SCARDOELI, C. A. C. ; MEDICI, C.A. ; FERREIRA, L. M. . Efeito do dimetil sulfóxido na necrose da porção distal de retalhos cutâneos randõmicos em ratos. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 2, p. 78, 1996.

  • FELIPPE JR, J. ; PERCARIO, S. . Efeito de antioxidantes endovenosos sobre a peroxidação lipídica em humanos.. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 1, n.5, p. 19-23, 1995.

  • PERCARIO, S. ; FEUZ, A. C. . Avaliação laboratorial dos radicais livres.. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 1, n.5, p. 11-14, 1995.

  • FELIPPE JR, J. ; PERCARIO, S. . Prevenção de aterosclerose experimental com uso de antioxidantes: papel das vitaminas e do beta-caroteno. Journal of Biomolecular Medicine & Free Radicals , v. 1, n.3, p. 21-25, 1995.

  • FELIPPE JR, J. ; PERCARIO, S. . Uso do EDTA na prevenção da doença aterosclerótica em coelhos alimentados com ração rica em colesterol.. Journal of Biomolecular Medicine & Free Radicals , v. 1, n.2, p. 22-25, 1995.

  • PERCARIO, S. ; ZULIANI, C. R. . Efeito da N-acetilcistena em um modelo animal de asma bronquica aguda.. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 1, n.2, p. 20-21, 1995.

  • PERCARIO, S. ; VITAL, A. C. C. ; FELIPPE JR, J. . Efeito de duas formas farmacêuticas da vitamina E sobre a peroxidação lipídica.. Journal of Biomolecular Medicine e Free Radicals , v. 1, n.1, p. 17-18, 1994.

  • PERCARIO, S. ; VITAL, A. C. C. ; JABLONKA, F. . Dosagem do malondialdeido. Newslab , v. 2, n.6, p. 46-50, 1994.

  • PERCARIO, S. ; VITAL, A. C. C. ; FELIPPE JR, J. . Avaliação dos Radicais Livres pela Dosagem da Peroxidação Lipídica. Padronização da Técnica.. Revista de Oxidologia , v. 3, n.2, p. 25-29, 1994.

  • ROCHA, F. T. L. ; CHAVES, D. ; FELIPPE JR, J. ; PERCARIO, S. ; YONEDA, T. . A degeneração Macular Senil Pode ser Prevenida?. Arquivos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo , v. 2, n.1, p. 17-25, 1994.

  • FELIPPE JR, J. ; PERCARIO, S. . Radicais livres em medicina. Rev. Bras. Inflam. Dor, v. 1, n.3, p. 6-10, 1993.

  • PERCARIO, S. . Dosagem da LDLs modificadas através da peroxidação lipídica: correlação com risco aterogênico.. Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (Impresso) , v. 13, n.49-52, p. 7-9, 1993.

  • PERCARIO, S. ; FELIPPE, J ; MARTINEZ, Tania Leme da Rocha . Radicais livres: o papel do laboratório clínico na avaliação. Ars Cvrandi , v. 25, p. 58-65, 1992.

  • FELIPPE JR, J. ; PERCARIO, S. . Radicais livres em medicina intensiva. Rev. Bras. Med. Intens., v. 3, n.3, p. 66-72, 1991.

  • ALBERTI, V. N. ; TAKITA, L. C. ; MESQUITA, M. I. S. ; PERCARIO, S. ; MACIEL, R. M. B. . Immunohystochemichal demonstration of insulin like growth factor-1 (IGF-1) in normal and pathological human pituitary glands.. Pathology, Research and Practice (Print) , v. 187, n.5, p. 541-542, 1991.

  • PERCARIO, S. ; MARTINEZ, Tania Leme da Rocha ; MESQUITA, M I S ; LIMA, M . Dosagem das LDLs modificadas através da peroxidação lipídica: correlação com risco aterogênico. Arquivos Brasileiros de Cardiologia , v. 57, p. 20, 1991.

  • MARTINEZ, T. L. R. ; PINTO, L. E. S. A. ; SILVA, A. M. A. P. ; OLIVEIRA, A. P. ; CENDOROGLO, M. S. ; BARBOSA, L. A. ; MELO, R. S. ; COTRIM, F. L. S. ; PERCARIO, S. ; SILVA, J. F. . Lipoproteinas: formas menos freqüentes de dislipidemias. Laes & Haes , v. 64, p. 12-18, 1990.

  • MARIO, A. C. ; PERCARIO, S. ; MARTINEZ, T. L. R. ; IHARA, S. ; FELIPPE JR, J. . Uso de um antioxidante como bloqueador da instalação de lesões ateroscleróticas em coelhos submetidos a dieta rica em colesterol. Rev. Oxidologia, v. 3, n.2, p. 26-27, 1994.

  • PERCARIO, S. ; THOME, D. C. ; PINTO, L. E. S. A. ; IHARA, S. ; MARTINEZ, T. L. R. ; CAMARGO, C. X. ; FELIPPE JR, J. . Efeito da sinvastatina na redução de aterosclerose experimental em coelhos. Rev. Oxidologia, v. 3, n.2, p. 26, 1994.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PERCARIO, S. . Juiz dos trabalhos inscritos para premiação no 4 Congresso Nacional de Extensão Universitária e 13 Encontro de Atividades Científicas da UNOPAR. 2010.

PERCARIO, S. . Revisão do Edital do Programa de Apoio à Publicação Qualificada. 2009.

PERCARIO, S. . Projeto para Implantação de Linha Terapêutica Preventiva e Biomolecular na NOVARTIS. 1998.

DOLABELA, M. F. ; BORGES, E. S. ; MARINHO, A. M. R. ; SILVA, T. L. ; VILHENA, T. C. ; BRANDAO, D. L. N. ; MARTINS, M. T. ; VASCONCELOS, F. ; PERCARIO, S. ; MOTA, E. F. ; SILVA, A. V. C. ; OLIVEIRA, A. B. ; BRANDAO, G. C. ; OLIVEIRA, R. ; POVOA, M. M. ; COELHO, M. R. F. ; BUSMAN, D . Eleutherine plicata Herb.: Extrato etanólico e fração rica em naftoquinonas e sua atividade antiplasmódica. 2012.

DOLABELA, M. F. ; BRANDAO, D. L. N. ; QUARESMA, C. C. ; BORGES, E. S. ; MARTINS, M. T. ; PERCARIO, S. ; MOTA, E. F. ; MELO, M. F. C. ; SILVA, M. S. ; OLIVEIRA, A. B. ; BRANDAO, G. C. ; PAULA, R. C. ; NASCIMENTO, M. F. A. ; POVOA, M. M. ; COELHO, M. R. F. ; BUSMAN, D . Portulaca pilosa L.: Frações acetato de etila e metanólica e sua atividade antiplasmódica. 2012.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Plastic, Reconstructive & Aesthetic Surgery (JPRAS-D-20-00083). 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Infection and Public Health (JIPH-D-19-01029R1). 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Medicinal Plants Research (JMPR-17.04.20.6966)). 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Avaliação do mérito científico do processo BIC-0782-4.01/20 submetido ao edItal FACEPE PIBIC 2020 - 01/2020. 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Avaliação do mérito científico do processo BIC-0912-4.06/20 submetido ao edItal FACEPE PIBIC 2020 - 01/202. 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Molecular Biology Reports (MOLE-D-19-00623). 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista International Research Journal of Public and Environmental Health (IRJPEH-20-030). 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Avaliação do mérito científico do processo BIC-1663-4,06/20 submetido ao edItal FACEPE PIBIC 2020 - 01/2020. 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Avaliação do mérito científico do processo BIC-1609-4.01/20 submetido ao edItal FACEPE PIBIC 2020 - 01/2020. 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Avaliação do mérito científico do processo BIC-1552-4.01/20 submetido ao edItal FACEPE PIBIC 2020 - 01/2020. 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Medicinal Chemistry (BMC-MC-2020-83)). 2020.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutrition and Cancer (N&C-05-19-3836). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutrition and Cancer (N&C-05-19-3836-R1). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutrition and Cancer (N&C-01-19-3685-R1). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutrition and Cancer (N&C-05-19-3836). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Pathophysiology (PATPHY-2019-26-R2). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Pathophysiology (PATPHY-2019-26-R4). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Molecular Biology Reports (MOLE-D-19-00623). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Para Research Medical Journal (). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Pareceres sobre Projetos submetidos ao Edital UFPA/PIBEX 2019. 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Infection and Public Health (JIPH-D-19-01029). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutrition and Cancer (N&C-01-19-3685-R2). 2019.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Current Medicinal Chemistry (CMC-2018-0013). 2018.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Oxidative Medicine and Cellular Longevity (5490218). 2018.

PERCÁRIO, SANDRO . Pareceres sobre Projetos submetidos ao Edital UFPA/PIBEX 2018. 2018.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutrition and Cancer (N&C-04-18-3377). 2018.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Molecular and Cellular Biology (MCBI-D-18-00466). 2018.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Environmental Health Research (CIJE-2018-0110). 2018.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Para Research Medical Journal (PRMJ-CS-001G-0002-2017). 2018.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Biochemical and Molecular Toxicology (CMC-2018-0013). 2018.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Archives of the Institute for Medical Research and Occupational Health(2599). 2017.

Percario, Sandro . Avaliação do mérito científico do projeto APQ-0902-4.01/17 submetido ao edutal FACEPE 10/2017 - PPSUS2017. 2017.

Percario, Sandro . Pareceres sobre Projetos submetidos ao Edital de Processo Seletivo de Doutorado da BIONORTE. 2017.

Percario, Sandro . Parecer sobre 4 trabalhos inscritos para o Prêmio de Incentivo em Ciência, Tecnologia e Inovação para o SUS 2017. 2017.

PERCÁRIO, SANDRO . Pareceres sobre Projetos submetidos ao Edital UFPA/PIBEX 2017. 2017.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista European Journal of Biomedical Research. 2016.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Current Drug Metabolism. 2016.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo cietífico para a revista Archives of Industrial Hygiene and Toxicology (2015-AIHT-2599). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Microbiology Research Journal (2015-BMRJ-16204). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista European Journal of Medicinal Plants (2015-EJMP-16259). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista International Blood Research & Reviews (2015-IBRR-17177). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of International Research in Medical and Pharmaceutical Sciences (2015-JIRMPS-986). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of International Research in Medical and Pharmaceutical Sciences (2015-JIRMPS-986R1). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Biochemistry Research & Review (2015-IJBcRR-17638). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2015-BJMMR-17767). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Acta Tropica (ACTROP-D-15-00148). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Advances in Medical and Pharmaceutical Sciences (2015-JAMPS-18117). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Advances in Medical and Pharmaceutical Sciences(2015-JAMPS-18138). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Biochemistry International (2015-JOBI-1368). 2015.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Tropical Diseases & Health (2015-IJTDH-18502). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Disease and Global Health (2015-JODAGH-1517). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista African Journal of Pharmacy and Pharmacology (2015-AJPP-4257). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Toxicological and Environmental Chemistry (GETC-2015-0230). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutrition and Cancer (N&C-04-15-2330). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2015-BJMMR-17767-R1). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Applied Science & Technology (2015-BJAST-19787). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Medicine and Medical Sciences (2015-IJMMS-1174). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2015-BJMMR-17767-R2). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Applied Science & Technology (2015-BJAST-19787 - R1). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2015-BJMMR-17767-R3). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2015-BJMMR-17767-R4). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutrition and Cancer (N&C-04-15-2330-R1). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Medicine and Medical Sciences (2015-IJMMS-1171). 2015.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista Scientific Research and Essays (SRE.15.08.15.6318). 2015.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Pharmaceutical Research (2015-BJPR-21361). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Advances in Hematology (2015 - 343571). 2015.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Medicine and Medical Sciences (2015-IJMMS-1156). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Clinical Cardiology (2015-9-1). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre 2 Relatórios Finais de pesquisadores inscritos no Edital PIBIC 2014. 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Tropical Diseases & Health (2015-IJTDH-22447). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Tropical Diseases & Health (2015-IJTDH-22447R1). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Cellular and Molecular Biology. 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Cellular and Molecular Biology. 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Microbiology Research Journal (2015-BMRJ-16204 II). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Scholars Journal (ISJ-15-2215). 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista European Journal of Medicinal Plants (2015-EJMP-22024). 2015.

PERCARIO, S. . Parecer sobre 2 Relatórios Parciais de pesquisadores inscritos no Edital PIBIC 2014. 2015.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Biochemistry Research & Review (2014-IJBcRR-11127). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Biotechnology Journal (2014-BBJ-10669-R1). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2014-BJMMR-9438). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Medicinal Food (JMF-2014-0018). 2014.

PERCÁRIO, SANDRO . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Biochemistry Research & Review (2014-IJBcRR-11127-R1). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista European Journal of Medicinal Plants (2014-EJMP-11584). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Biotechnology Journal (2014-BBJ-10669). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre 2 Planilhas e Planos de Trabalho de pesquisadores inscritos no Edital PIBIC 2014. 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Medicinal Food (JMF-2014-0018-R1). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista European Journal of Medicinal Plants (2014-EJMP-11584-R1). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Tropical Diseases & Health (2014-IJTDH-11856). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Biotechnology Journal (2014-BBJ-10669-R2). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Scientific Research and Review (2014-JSRR-12491). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Biotechnology Journal (2014-BBJ-10669-R3). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Scientific Research and Review (2014-JSRR-12491-R1). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Scientific Research and Review (2014-JSRR-12491-R2). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Biotechnology Journal (2014-BBJ-10669-R4). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista European Journal of Medicinal Plants (2014-EJMP-13230). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Tropical Diseases & Health (2014-IJTDH-14070). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2014-BJMMR-14525). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Tropical Diseases & Health (2014-IJTDH-14070-R1). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Tropical Diseases & Health (2014-IJTDH-14609). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2014-BJMMR-14525-R1). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Medicine and Medical Research (2014-BJMMR-14525-R2). 2014.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Advances in Medical and Pharmaceutical Sciences(2014-JAMPS-15333). 2014.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Tropical Diseases & Health (2014-IJTDH-14609 -R1). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Pharmaceutical Research (2014-BJPRR-14948). 2014.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista British Journal of Pharmaceutical Research (2014-BJPRR-14948-R1). 2014.

PERCARIO, S. . Parecer ético sobre projeto 030-13 para Comitê de Ética na Pesquisa com Animais de Experimentação (CEPAE) da UFPA. 2013.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Journal of Biomarkers in Drug Development. 2013.

PERCARIO, S. . Parecer ético sobre projeto 167-13 para Comitê de Ética na Pesquisa com Animais de Experimentação (CEPAE) da UFPA. 2013.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Endocrine. 2013.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista UNOPAR Científica. 2013.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista International Journal of Biochemistry Research & Review. 2013.

Percario, Sandro . Parecer sobre proposta de projeto de pesquisa submetido ao edital FACEP 15/2012 - ApQ 0244-4.03/12. 2013.

Percario, Sandro . Parecer sobre 2 Planilhas e Planos de Trabalho de pesquisadores inscritos no Edital PIBIC 2013. 2013.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Relatórios Parciais de Bolsistas do Programa PIBIC/CNPq da UFPA. 2012.

PERCARIO, S. . Parecer sobre 2 Planilhas e Planos de Trabalho de pesquisadores inscritos no Edital PIBIC 2012. 2012.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Diabetes, Methabolic Syndrome and Obesity. 2012.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Pathology and Laboratory Medicine International. 2012.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Proposta de Projeto de Pesquisa Submetido ao edital FACEP 15/2012 - ApQ 1840-4.03/12. 2012.

Percario, Sandro . Parecer sobre 2 Relatórios Parciais de bolsistas do Programa PIBIC/CNPq da UFPA. 2011.

PERCARIO, S. . Parecer sobre 2 Relatórios Finais de bolsistas do PIBIC UFPA/CNPq. 2011.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Current Topics in Nutraceutical Research. 2011.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Comparative Biochemistry and Physiology. 2011.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Propostas ao Programa de Apoio ao Recém-Doutor - PARD 2010. 2010.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Projeto de Inscrição ao Doutorado do Curso de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciossos e Parasitárioas (PPG-BAIP/UFPA). 2010.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Planilhas do Edital PIBIC 2010. 2010.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para a revista Nutritional Journal. 2010.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para revista Anti Cancer Agentes in Medicinal Chemistry. 2010.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Relatórios Parciais de Bolsistas do Programa PIBIC/CNPq da UFPA. 2010.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Relatórios Finais de Bolsistas do Programa PIBIC/CNPq da UFPA. 2010.

Percario, Sandro . Parecer sobre Resumos do 17th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine. 2010.

Percario, Sandro . Juiz dos trabalhos inscritos para o "Prêmio Jovem Pesquisador" do 17th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine. 2010.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Resumos do 16th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine. 2009.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Planilhas do Edital PIBIC 2009. 2009.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Relatórios Finais de Bolsistas do Programa PIBIC/CNPq da UFPA. 2009.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Relatórios Parcias de Bolsistas do Programa PIBIC/CNPq da UFPA. 2009.

PERCARIO, S. . Parecer sobre trabalhos inscritos para 'Prêmio Jovem Pesquisador' do 16th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine. 2009.

Percario, Sandro . Juiz dos Trabalhos Inscrito para o 'Prêmio Jovem Pesquisado' do 16th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine. 2009.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Propostas ao Programa de Apoio ao Recém-Doutor - PARD 2009. 2009.

PERCARIO, S. . Parecer sobre o artigo "FLOW CYTOMETRY PROTOCOL TO EVALUATE IONIZING RADIATION EFFECTS ON P-GLYCOPROTEIN ACTIVITY". 2008.

PERCARIO, S. . Parecer sobre o Relatório Parcial de Pesquisa. 2008.

PERCARIO, S. . Parecer sobre o Relatório Parcial da Pesquisa 'Analise da interação in vitro entre Fonsecae Pedrosoi e Macrófagos Peritoneais de Camundongons balb/c e c57'. 2008.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Resumos do 15th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine. 2008.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Planilhas do Edital PIBIC 2008. 2008.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Trabalhos Inscritos para 'Prêmio Jovem Pesquisador' do 15th Annual Meeting of The Socity for Free Radicals in Biology and Medicine. 2008.

Percario, Sandro . Juiz dos Trabalhos Inscritos para o 'Prêmio Jovem Pesquisador'do 15th Annual Meeting of the Society for Free Radicals in Biology and Medicine. 2008.

Percario, Sandro . Parecer sobre artigo científico para a revista Brazilian Archives of Biology and Technology. 2008.

PERCARIO, S. . Parecer sobre projetos submetidos ao Comitê de Ética na Pesquisa com Animais de Experimentação. 2008.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Resumos do VI Congresso da Sociedade Brasileira de Biociências Nucleares. 2008.

SOUZA, J. P. I. ; SLVA, R. F. ; CHAVES, M. H. ; PERCARIO, S. ; ALMEIDA, L. F. . Relatório de Visita Técnica ao Hospital Bettina Fero Souza HUBFS - Setor de Radiologia. 2007.

PERCARIO, S. . Parecer sobre a Pesquisa 'Prevalência de Teste Imunodiagnósticos Reagentes em Gestantes da Região Noroeste Paulista. 2007.

PERCARIO, S. . Parecer sobre a Pesquisa. 2007.

PERCARIO, S. . Parecer sobre a Pesquisa 'Frequência de Mycobacterium sp. Islado a partir de pacientes co-infectados pelo vírus HIV-1'. 2007.

PERCARIO, S. . Parecer sobre Projetos Inscritos para Processo Seletivo 2007/2008 do Programa Institucional de Bolsas da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. 2007.

PERCARIO, S. . Parecer sobre artigo científico para revista LAES & HAES. 2006.

PERCARIO, S. . Parecer sobre o Relatório Final da Pesquisa 'Caracterização dos Agentes de Infecção Hospitalar do Conjunto Hospitalar de Sorocaba no Período de 1999 a 2000'. 2003.

PERCÁRIO, SANDRO ; BRITO, D. S. . Relatório Final de Projeto de Pesquisa PIBEX UFPA. 2018. (Relatório de pesquisa).

PERCÁRIO, SANDRO ; TROMPS, A. P. S. . Relatório Final de Projeto de Pesquisa PIBIC CNPq. 2017. (Relatório de pesquisa).

PERCÁRIO, SANDRO ; PERS, T. C. L. . Relatório Final de Projeto de Pesquisa PIBIC UFPA. 2017. (Relatório de pesquisa).

PERCÁRIO, SANDRO ; PERS, T. C. L. . Relatório Parcial de Projeto de Pesquisa PIBIC UFPA. 2017. (Relatório de pesquisa).

PERCÁRIO, SANDRO ; TROMPS, A. P. S. . Relatório Parcial de Projeto de Pesquisa PIBIC CNPq. 2017. (Relatório de pesquisa).

PERCÁRIO, SANDRO ; BRITO, D. S. . Relatorio Parcial de Projeto de Pesquisa PIBEX UFPA. 2017. (Relatório de pesquisa).

PERCARIO, S. . Gestão, Controle de Qualidade e Biossegurança no Laboratório. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PERCARIO, S. . Instrumentação analítica. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

PERCARIO, S. . Oficina Bioquímica Oxidativa do Exercício Físico. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . Instituto Evandro Chagas. 2010. (Elaboração de Questões para Concurso do Instituto Evandro Chagas).

PERCARIO, S. . Plano Geral de Gerenciamento de Resíduos da UFPA. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Manual Tácnico).

MOREIRA, D. R. ; PERCARIO, S. . Relatório Parcial de Bolsista de Mestrado Fapespa. 2008. (Relatório de pesquisa).

PERCARIO, S. . Curso Teórico-Prático de Avaliação Laboratorial do Estresse Oxidativo e da Defesa Antioxidante. 2007. .

PERCARIO, S. . Bioquímica Basica do Estresse Oxidativo. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . Mecanismos do Envolvimento do Estresse Oxidativo em Doenças: Ênfase para Doenças Tropicais. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . Estresse Oxidativo. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . Mecanismos do Envolvimento do Estresse Oxidativo em Doenças: Ênfase para Doenças Tropicais. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. ; GENNARI, M. S. . I Prólogo de Iniciação Científica e sua Aplicação na Fitoterapia. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERCARIO, S. . Bioquímica Celular, Mecanismo de Fisiopatogeneicidade de Estresse Oxidativo e Peroxidação Lipídica. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERCARIO, S. . IV Curso de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1999. .

PERCARIO, S. . Curso Básico de Formação em Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1998. .

PERCARIO, S. . II Curso Básico de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1998. .

PERCARIO, S. . Curso Radicais Livres. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERCARIO, S. . Curso Bioquímica e Fisiopatogenia dos Radicais Livres. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . I Curso Básico Medicina Biomolecular. 1998. .

PERCARIO, S. . 3 Curso de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1998. .

PERCARIO, S. . I Curso Básico de Formação em Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1997. .

PERCARIO, S. . II Curso de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1997. .

PERCARIO, S. . Curso de Fisiopatologia dos Radicais Livres. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERCARIO, S. . Curso de Formação em Nutrologia e Ciências Bio-Ortomoleculares e Radicais Livres. 1996. .

PERCARIO, S. . Curso de Nutrologia e Ciências Bio-Ortomoleculares. 1996. .

PERCARIO, S. . Fisiopatologia Básica dos Radicais Livres. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . Fisiopatologia Básica de Radicais Livres. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . 1 Curso de Medicina Biomolecular e Radicais Livres. 1996. .

PERCARIO, S. . Métodos Diagnósticos em Medicina Ortomolecular. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . III Curso de Fisiopatologia dos Radicais Livres. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERCARIO, S. . Radicais Livres em Odontologia. 1994. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

PERCARIO, S. . I Curso de Fisiopatologia dos Radicais Livres. 1993. .

PERCARIO, S. . Radicais Livres. 1993. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . Radicais Livres. 1993. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

PERCARIO, S. . Técnicas em Imunohistoquímica. 1990. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Alterações oxidativas em doenças humans e modelos experimentais de doenças infectocontagiosas e parasitárias: benefícios da terapia antixodante, Descrição: O projeto visa a avaliação sistemática dos mecanismos oxidativos em doenças humanas, através de estudos clínicos e em modelos experimentais de doenças, com ênfase para doenças infectocontagiosas e parasitárias, tais como malária, leishmaniose, hanseníase e outras,bem como investigar os potenciais benefícios da terapia antioxidante, associada ou não à terapia convencional e visa identificar produtos naturais com potencial terapêutico.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / DOLABELA, MARIA FANI - Integrante / Michael Dean Green - Integrante / Everton Luiz Pompeu Varela - Integrante / Thayana de Nazaré Araújo Moreira - Integrante / Aline da Silva Barbosa - Integrante., Financiador(es): Universidade Federal do Pará - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 6

  • 2016 - 2019

    ESTUDO DOS MECANISMOS DO ENVOLVIMENTO DO ESTRESSE OXIDATIVO NA MALÁRIA EXPERIMENTAL, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico e das defesas antioxidantes nestes processos, porém os resultados apresentados até o momento são bastante contraditórios. No mínimo, os resultados deste estudo poderão acrescentar conhecimento a este campo de estudo e, com a realização de estudos posteriores, poderão levar ao entendimento de mecanismos particulares da doença no Brasil, tais como particularidades do Plasmodium vivax, ou ainda, acerca de vetores de importância no País. Os resultados obtidos no presente estudo poderão levar ao desenvolvimento de estratégias de prevenção da doença mais eficientes, bem como a novas estratégias terapêuticas mais eficazes, com grande potencial para o desenvolvimento de novos fármacos a partir de plantas amazônicas, sendo este um objetivo perseguido pelo nosso grupo de estudo, o qual já vem estudando sistematicamente plantas amazônicas usadas por comunidades da região para o tratamento da doença. Assim, o objetivo do presente estudo é investigar sistematicamente o envolvimento do estresse oxidativo, nos fenômenos fisiopatológicos associados à infecção causada pelo Plasmodium beghei em um modelo experimental de malária em camundongos. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / GREEN, MICHAEL - Integrante / GOMES, ANTONIO RAFAEL QUADROS - Integrante / DOLABELA, MARIA FANI - Integrante / Thuany Carreira Lima Peres - Integrante / Ana Paula da Silva Tromps - Integrante / Everton Luiz Pompeu Varela - Integrante / Thayana de Nazaré Araújo Moreira - Integrante / Aline da Silva Barbosa - Integrante / Jeane Camila Rodrigues dos Santos - Integrante., Financiador(es): Centers for Disease Control and Prevention - Cooperação.Número de orientações: 11

  • 2015 - 2019

    AVALIAÇÃO DO ESTRESSE OXIDATIVO DE PACIENTES COM HANSENÍASE EM USO DE POLIQUIMIOTERAPIA, Descrição: Ao se considerar o pacto pela vida de 2006, em que a Hanseníase é classificada como doença emergente e endêmica, visando intensificar o seu combate, e desta forma, diminuir o elevado número de casos notificados da doença no Brasil, com destaque para o Maranhão como estado de maior prevalência, aliado ao aparecimento de resistência à poliquimioterapia em uso prolongado no combate ao Mycobacterum leprae e a produção de efeitos adversos como o estresse oxidativo, somado a ausência de estudos disponíveis na literatura médica dos referidos efeitos crônicos, torna-se relevante a realização da análise dos efeitos dos medicamentos utilizados no tratamento da hanseníase sobre o balanço redox do organismo, ou seja, a produção de radicais livres e defesa antioxidante, e na presença da deficiência de G-6-PD, visando a uma melhor assistência diante de ações oxidativas e adesão ao tratamento da doença. Assim, o O presente projeto tem como objetivo avaliar o estresse oxidativo de pacientes em uso da poliquimioterapia para o combate da hanseníase multibacilar, diagnosticada nas Unidades Básicas de Saúde Nova Imperatriz e Vila Nova, ambas localizadas em Imperatriz-MA.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (6) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / FERREIRA, MICHELLI ERICA SOUZA - Coordenador / Luecya Alves de Carvalho Silva - Integrante / Guilherme Graziany Camelo de Carvalho - Integrante / Aramys Silva dos Reis - Integrante / Marisa Cristina Aranha Batista - Integrante / Walquiria Lemos Ribeiro da Silva Soares - Integrante / Ana Lígia Barros Marques - Integrante / Cecilma Miranda de Souza Teixeira - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2019

    BUSCA DE NOVAS ALTERNATIVAS TERAPÊUTICAS PARA O TRATAMENTO DA MALÁRIA, Descrição: O presente projeto tem como objetivo obter fração diclorometano e isoeleuterina em quantidade suficiente para realização de estudos de toxicidade e atividade antimalárica. Este extrato será obtido por percolação e submetido ao fracionamento por técnica cromatográficas. A elucidação estrutural será realizada por RMN. Na avaliação da atividade antimalárica será utilizada a técnica de Peters. Para avaliar o envolvimento do estresse oxidativo serão avaliados: a Capacidade Antioxidante Equivalente ao Trolox, Capacidade Antioxidante pela Redução do Radical DPPH e Malondialdeído. A toxicidade aguda e subcrônica seguirá as recomendações da OECD, sendo realizado avaliações diárias: secrenning hipocrático, o ganho de peso e consumo de ração/água. Ao final do ensaio serão realizados os exames hematológicos, bioquímicos e anatohistologicos. Ao final do projeto espera-se responder as seguintes questões: 1- qual a amostra com maior atividade antimalárica (extrato, fração ou isoeleuterina); 2- se o estresse oxidativo pode estar envolvido nesta atividade; 3- se o fracionamento interferiu na toxicidade aguda e subcrônica. Desta forma, ter-se-á subsídios científicos suficientes para o desenvolvimento do medicamento.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Coordenador / ALAIDE BRAGA DE OLIVEIRA - Integrante / MARLIA REGINA F COELHO - Integrante., Financiador(es): Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2016

    EFFECTS OF NITRIC OXIDE IN THE CAPACITY OF TRANSMISSION OF MALARIA VECTORS OF THE DISEASE: COMPARISON WITH REFRACTORY MOSQUITOES, Descrição: Malaria is one of the oldest diseases, but still causes a high mortality worldwide, in spite of the immense efforts to study the mechanisms of the disease, to the development of new drugs, and of preventive strategies, such as the eradication of the vectors. Recently, the involvement of oxidative stress as a consequence of the infection of vectors by parasites was revealed, as well as the suggestion that it may be responsible for the development of refractoriness by certain species of mosquitoes. On the other hand, there is also the possibility that these oxidative changes are important in the selection of Plasmodium strains able to resist to oxidative stress, which would allow a greater virulence to the parasite when infecting vertebrate hosts. In addition, among the oxidative mechanisms involved, production of nitric oxide is noteworthy 49, which can present both positive and negative aspects to the development of infection in vectors and, thus, regulate the capacity of disease transmission. Thereby, it is necessary to deepen the knowledge about the oxidative changes arisen from Plasmodium infection to malaria vectors, as well as the potential role of nitric oxide in this process, aiming at developing more efficient strategies for disease prevention and with less environmental impact. The choice of the disease vector to be studied in this project is based on the fact that An. gambiae be the vector of greater importance in the world to disease transmission, as well as by the existence of great response similarity to Plasmodium infection displayed by this vector and An. aquasalis or An. albitarsis, vectors of importance to Brazil, combined with the existence of a established mosquitoes? colony of this species in the insectarium of the US Centers for Disease Control and Prevention (CDC). Additionally, CDC?s insectarium also holds a refractory strain of An. gambiae 50. Similarly, Plasmodium berghei will be the infecting species to be tested due to the availability of strains established at CDC, the low risk of human contamination it presents, coupled with the fact of existing previous studies documenting the high capacity of resistance to this parasite by the refractory strain of An. gambiae available at CDC 50. Surely, with the achievement of positive results by the present study, studies of the same nature using anopheline and parasite species of Brazil's interest will be carried out to confirm these results and justify further studies about the development of preventive strategies to the transmission of the disease. The objective of this study is to investigate the oxidative changes caused by Plasmodium berghei infection on Anopheles gambiae mosquitoes, as well as the effects of nitric oxide synthesis on the ability of malaria transmission by these vectors.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Michael Dean Green - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.

  • 2013 - 2019

    REDE DE PESQUISA EM SAÚDE - PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERÁPICOS, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / Maria Fani Dolabela - Coordenador / MARLIA REGINA F COELHO - Integrante., Financiador(es): Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2018

    CAPACITAÇÃO MICROCIRURGIA E OTIMIZAÇÃO DA PRESERVAÇÃO DE ENXERTO MULTIVISCERAL COM ÁGUA DE COCO, Descrição: O desenvolvimento de alternativas regionais para preservação de enxertos para transplante tem grande importância, pois facilita o acesso e diminui substancialmente o gasto. Em se tendo produtos nacionais, eficazes, de fácil acesso e baixo custo, diminui nossa dependência de produtos estrangeiros. Os benefícios de uma solução adequada à preservação de órgãos não se restringem a fase de captação, mas também refletem na diminuição de complicações pós transplante. Com a economia em escala podemos viabilizar no âmbito do SUS o tratamento de mais pacientes.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / M. Iasi - Integrante / André Luis Santos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante / Paulo Roberto Alves de Amorim - Integrante / Jose Augusto Pereira Carneiro Muniz - Integrante / Marcus Vinicius Henriques Brito - Integrante., Financiador(es): Secretaria de Estado da Saúde do Pará - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2015

    ESTUDOS FITOQUÍMICOS, ATIVIDADES BIOLÓGICAS E CITOTOXIDADE DE ELEUTHERINE PLICATA, Descrição: O presente projeto realizará estudos fitoquímicos e avaliará a citotoxicidade e atividades antimalárica e antileishmania de extrato, frações e substâncias isoladas de E. plicata. O extrato será obtido por maceração, seguido de fracionamento em cromatografia em coluna e/ou placa preparativa. As substâncias serão identificadas por espectrometria em ultra-violeta, infra-vermelho, massa e RMN. Extratos, frações e substancias puras serão submetidos aos ensaios: viabilidade celular, micronúcleo, antipromastigota, antiamastigota e antimalárica. Espera-se ao final do projeto obter-se uma amostra ativa e com baixa citotoxicidade e que não cause danos ao DNA. OBJETIVO Objetivo gera: l Realizar estudos fitoquímicos e avaliar a citotoxicidade e atividades antimalárica e antileishmania de extrato, frações e substâncias isoladas de E. plicata. Objetivos específicos Realizar estudos fitoquímicos de E. plicata; Avaliar a atividade antileishmania; Avaliar a atividade antimalárica;- Investigar os possíveis mecanismos de ação das amostras ativas; Determinar a citotoxicidade; Estabelecer o índice de seletividade para a amostra ativa.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Coordenador / EDINILZA DA SILVA BORGES - Integrante / ANDREY MOACIR DO R MARINHO - Integrante / ALAIDE BRAGA DE OLIVEIRA - Integrante / MARLIA REGINA F COELHO - Integrante / DÂMARIS BUSMAN - Integrante / Edilene Oliveira da Silva - Integrante / Adreanne Oliveira da Silva - Integrante / Fernando Tobias Silveira - Integrante / Andreza do Socorro Silva da Veiga - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 9

  • 2012 - 2015

    AVALIAÇÃO DE MERCADORES DE ESTRESSE OXIDATIVO COMO BIOINDICADORES DE ALTERAÇÕES, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / ONDEI, LUCIANA DE SOUZA - Coordenador., Financiador(es): Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Goiás - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2014

    ALTERAÇÕES OXIDATIVAS, DO ÓXIDO NITRICO E DA DEFESA ANTIOXIDANTE EM MODELOS EXPERIMENTAIS DE MALÁRIA. 000/5925/2012, Descrição: Nos últimos anos se discute o envolvimento de vias de regulação redox em diversos estágios da infecção pelo Plasmodium. Este envolvimento pode estar relacionado aos mecanismos patogênicos desencadeados pelo parasita, bem como pela produção de radicais livres e defesas antioxidantes nas células hospedeiras, com o intuito de debelar a infecção 1-8. Também se sugere um potencial uso do estresse oxidativo e das defesas antioxidantes no tratamento medicamentoso da doença. Assim, o objetivo do presente estudo é investigar o envolvimento do estresse oxidativo, nos fenômenos fisiopatológicos associados à infecção causada pelo Plasmodium beghei em um modelo experimental de malária em camundongos. Serão utilizados 500 camundongos machos da raça Swiss, adultos jovens, procedentes do Biotério do Instituto Evandro Chagas ? Belém ? PA. Os animais serão divididos randomicamente em trinta e cinco grupos, como segue: Grupos I-V: (N=15 cada), no qual os animais serão inoculados com P. berghei e antes e durante o período de estudo. Os animais do Grupo I serão submetidos à eutanásia após 24h da infecção; Os animais do Grupo II serão submetidos à eutanásia após 5 dias da infecção; Os animais do Grupo III serão submetidos à eutanásia após 10 dias da infecção; Os animais do Grupo IV serão submetidos à eutanásia após 15 dias da infecção; Os animais do Grupo V serão submetidos à eutanásia após 20 dias da infecção; Grupos VI-X: (N=15 cada), no qual os animais serão pré-tratados com L-NIEO e serão inoculados com P. berghei e submetidos à eutanásia nos mesmos períodos que os animais dos Grupos I a V; Grupos XI-XV: (N=15 cada), no qual os animais serão pré-tratados com L-NAME e serão inoculados com P. berghei e submetidos à eutanásia nos mesmos períodos que os animais dos Grupos I a V; Grupos XVI-XX: (N=15 cada), no qual os animais serão pré-tratados com aminoguanidina (solução aquosa 10%; 0,1 mL/Kg; gavagem), serão inoculados com P. berghei e submetidos à eutanásia nos mesmos períodos que os animais dos grupos I-V.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Marcela de Souza Figueira - Integrante / Flavio de Vasconcelos - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / COGUMELO DO SOL AGARICUS DO BRASIL, COM. IMP. E EXP.LTDA - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 15

  • 2011 - 2013

    EFEITOS DA SUPLEMENTAÇÃO COM Agaricus sylvaticus SOBRE O ESTRESSE OXIDATIVO, DEFESA ANTIOXIDANTE E PERFIL LIPÍDICO EM ADULTOS HIV POSITIVOS EM USO DA TERAPIA ANTIRRETROVIRAL, Descrição: O projeto tem por objetivo avaliar o efeito da suplementação nutricional de Agaricus sylvaticus sobre o estresse oxidativo e o perfil lipídico em adultos infectados pelo HIV em uso da terapia antirretroviral.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Figueira, Marcela Souza - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa., Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 1

  • 2010 - 2011

    CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE POPULAÇÕES DE PARASITAS CIRCULANTES NO HOSPEDEIRO VERTEBRADO E VETOR. Subprojeto vinculado ao Projeto Rede Paraense de Malária, Descrição: O presente projeto é um subprojeto do projeto de REDE aprovado pelo edita e MCT/CNPq 09/2009 - PRONEX - REDE MALARIA. Objetivos: Geral: Investigar fatores biológicos relacionados ao hospedeiro, os quais participam dos mecanismos de proteção inata e específica na malária, e analisar a diversidade genética da população de parasitos, visando descrever o perfil imunogenético do hospedeiro e identificar possíveis associações com a proteção natural ou com a proteção mediada pela resposta imune do hospedeiro. Específicos: Analisar os níveis séricos de óxido nítrico e possíveis alterações do estado redox (radicais livres e antioxidantes) e correlacionar com a parasitemia e com as manifestações clínicas; Verificar a potencial relação entre a síntese de NO e os níveis séricos das citocinas TNF-alfa e INF-gama, analisando também polimorfismos no gene da citocina INF-gama; População do estudo: Pacientes residentes na localidade de abrangência do projeto, selecionadas após a confirmação do diagnóstico positivo para malária por Plasmodium vivax pelo método da Gota Espessa (GE) corada pelo método de Walker. Serão preenchidas fichas clínico-epidemiológicas para cada paciente. No momento da consulta médica, serão coletadas amostras de sangue endovenosso ou da polpa digital que será aplicado em papel de filtro tipo Whatman 3MM (Whatman International, Maidstone ? England) no dia da admissão no estudo, isto é, antes da administração da primeira dose da medicação (Dia 0). Todas as amostras de sangue total serão submetidas à extração de DNA por meio do QIAamp DNA mini kit da Qiagem (Alemanha) e realização do diagnóstico molecular (RT-PCR), para detecção de baixas parasitemias, infecções mistas e portadores assintomáticos.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / Antonio Carlos Rosario Vallinoto - Integrante / Lucio Flávio Demétrio da Silva - Integrante / João Farias Guerreiro - Coordenador / Eduardo José Melo dos Santos - Integrante / Maristela Cunha - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1

  • 2010 - 2011

    DOSAGEM DA CAPACIDADE ANTIOXIDANTE EQUIVALENTE AO TROLOX, Descrição: O presente projeto é um subprojeto do projeto de REDE aprovado pelo edita e MCT/CNPq 09/2009 - PRONEX - REDE MALARIA. Objetivos: Geral: Investigar fatores biológicos relacionados ao hospedeiro, os quais participam dos mecanismos de proteção inata e específica na malária, e analisar a diversidade genética da população de parasitos, visando descrever o perfil imunogenético do hospedeiro e identificar possíveis associações com a proteção natural ou com a proteção mediada pela resposta imune do hospedeiro. Específicos: Analisar os níveis séricos de óxido nítrico e possíveis alterações do estado redox (radicais livres e antioxidantes) e correlacionar com a parasitemia e com as manifestações clínicas; Verificar a potencial relação entre a síntese de NO e os níveis séricos das citocinas TNF-alfa e INF-gama analisando também polimorfismos no gene da citocina INF-gama, População do estudo: Pacientes residentes na localidade de abrangência do projeto, selecionadas após a confirmação do diagnóstico positivo para malária por Plasmodium vivax pelo método da Gota Espessa (GE) corada pelo método de Walker. Serão preenchidas fichas clínico-epidemiológicas para cada paciente. No momento da consulta médica, serão coletadas amostras de sangue endovenosso ou da polpa digital que será aplicado em papel de filtro tipo Whatman 3MM (Whatman International, Maidstone ? England) no dia da admissão no estudo, isto é, antes da administração da primeira dose da medicação (Dia 0). Todas as amostras de sangue total serão submetidas à extração de DNA por meio do QIAamp DNA mini kit da Qiagem (Alemanha) e realização do diagnóstico molecular (RT-PCR), para detecção de baixas parasitemias, infecções mistas e portadores assintomáticos.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2010

    ESTUDO DA CORRELAÇÃO DE MARCADORES IMUNOLÓGICOS, GENÉTICOS E DE ESTRESSE OXIDATIVO COM A APRESENTAÇÃO CLÍNICA DA HEPATITE B CRÔNICA, Descrição: A hepatite B continua sendo um grande problema de saúde pública, visto a existência de evidência sorológica da infecção em cerca de dois bilhões de indivíduos no mundo, sendo destes, 350 milhões são cronicamente infectados. Apesar da nítida redução da incidência de hepatite B em nível mundial, ainda há um passivo muito grande de portadores crônicos da infecção, mantendo esta doença como um verdadeiro problema mundial de saúde pública. Em todas as fases da resposta imune, seja inata ou adaptativa, o papel das citocinas é fundamental. Sua secreção surge em resposta a antígenos variados, estimulando o desenvolvimento da imunidade e da inflamação. Entre as suas funções, destaca-se o estímulo para a diferenciação e crescimento de linfócitos, ativação de diferentes células efetoras para eliminação de antígenos e estimulação do crescimento das células hematopoiéticas. No contexto da infecção pelo VHB, o TNF-alfa, o INF-gama e a TGF-beta, 1 exercem papel de destaque. Assim sendo, o presente projeto visa avaliar os níveis séricos e os polimorfismos nos genes do TNF-alfa, TGF-beta 1 e INF-gama, bem como a expressão dos genes Fas e FasL em pacientes portadores de hepatite B crônica, buscando identificar possíveis marcadores imunogenéticos associados à infecção pelo VHB.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / Ricardo Ishak - Integrante / Marluísa de Oliveira Guimarães Ishak - Integrante / Antonio Carlos Rosario Vallinoto - Coordenador / Luiz Fernando Almeida MAchado - Integrante / Izaura Cayres Vallinoto - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro.

  • 2009 - 2013

    O EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL DE Agaricus sylvaticus ASSOCIADA À TERAPIA ANTIRETROVIRAL NA EVOLUÇÃO DA INFECÇÃO POR HIV EM CRIANÇAS - PPQ-CCB 0228/2009, Descrição: O estresse oxidativo que ocorre durante a infecção pelo HIV é responsável pela rápida progressão da doença, por induzir dano celular a apoptose, constituindo uma importante forma de diminuição dos linfócitos T CD4+. Uma capacidade antioxidante adequada torna-se necessária para controlar estes danos, o que requer uma ingestão adequada de nutrientes com atividade antioxidante, como o zinco, cobre, selênio e vitaminas A, C e E. Porém, observa-se uma deficiência desses micronutrientes em pacientes infectados pelo HIV. Neste contexto, é provável que a utilização de Agaricus sulvaticus como tratamento adjuvante à terapia antiretroviral provoque uma redução da carga viral e a melhoria na condição clínica desses pacientes, uma vez que trata-se de um alimento rico em nutrientes antioxidantes. Para realizar este estudo, será feito uma suplementação deste alimento em crianças e adolescentes portadoras do vírus HIV por 12 meses. Ao início e ao final do estudo serão colhidas amostras de sangue periférico para análise laboratorial de marcadores do estresse oxidativo e da defesa antioxidante: malondialdeído (MDA), radical difenilpicrilidrazila (DPPH), capacidade antioxidante equivalente ao Trolox (Trolox Equivalent Antioxidant Capacity ? TEAC), glutationa reduzida (GSH), glutationa oxidada (GSSG), a relação entre estas (GSH/GSSG), nitritos e nitratos (NO) e marcadores convencionais da capacidade imunológica dos pacientes: linfócitos T CD4+ e T CD8+, células CD56 (natural killer - NK), carga viral, interleucinas 10 e 2 (IL-10 e IL-2). Também será feita uma avaliação nutricional destes pacientes, incluindo avaliação do consumo alimentar por meio do inquérito recordatório de 24 horas com a finalidade de caracterizar o consumo habitual e avaliação antropométrica, utilizando-se os índices de peso e estatura para a idade a fim de avaliar o crescimento e desenvolvimento destes indivíduos. Após a realização deste estudo, espera-se obter redução dos marcadores do estresse oxidativo, aument. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Marcela de Souza Figueira - Integrante / Danielle Regina Gomes Ribeiro - Integrante., Financiador(es): COGUMELO DO SOL AGARICUS DO BRASIL, COM. IMP. E EXP.LTDA - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa., Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 3

  • 2009 - 2011

    AVALIAÇÃO DE FATORES DE RISCO DO HOSPEDEIRO (RESPOSTA IMUNOLÓGICA, INFLAMATÓRIA E ESTRESSE OXIDATIVO), DA CHLAMYDIA PNEUMONIAE E C. TRACHOMATIS, QUE INFLUENCIAM NA FORMAÇÃO DA PLACA DE ATEROMA E PROGRESSÃO À DOENÇA VASCULAR E CARDÍACA, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / Ricardo Ishak - Coordenador / Marluísa de Oliveira Guimarães Ishak - Integrante / Antonio Carlos Rosario Vallinoto - Integrante / Luiz Fernando Almeida MAchado - Integrante / José Alexandre Rodrigues Lemos - Integrante / Edvaldo Carlos Brito Loureiro - Integrante / Moacyr Magno Palmeira - Integrante / Vânia Nakuth Azevedo - Integrante / Juarez Antonio Smões Quaresma - Integrante / Nubia Caroline Costa de Almeida - Integrante., Financiador(es): Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2011

    ALTERAÇÕES OXIDATIVAS, DO OXÍDO NÍTRICO E EXPRESSÕES DE CINTOCINAS E GM-CSF, INDUZIDAS PELO PLASMODIUM BERGHEI EM CAMUNDONGOS (PROPESP - PPQ-NMT-0049/2008), Descrição: Nos últimos anos se discute o envolvimento de vias de regulação redox em diversos estágios da infecção pelos plasmódios. Este envolvimento pode estar relacionado aos mecanismos patogênicos desencadeados pelo parasita, bem como pela produção de radicais livres e defesas antioxidantes nas células hospedeiras, integradas à expressão de citocinas diversas, tais como o fator estimulador de colônias de granulócitos e macrófagos (GM-CSF), com o intuito de debelar a infecção. Também se sugere um uso potencial do estresse oxidativo no tratamento medicamentoso da doença, uma vez que diversos medicamentos antimaláricos são indutores da produção de radicais livres, tais como a cloroquina e a artemisina. O plasmódio é altamente suscetível a alterações no equilíbrio oxidativo, as quais podem contribuir para manifestações da doença, tal como a malária cerebral. Paralelamente, a relação entre o estado redox do parasita e das células hospedeiras é muito complexa, inclusive envolvendo a produção de óxido nítrico (NO). Assim, com o objetivo de investigar o envolvimento do estresse oxidativo, do NO e das defesas antioxidantes, bem como sua relação com a expressão de citocinas e de GM-CSF nos fenômenos fisiopatológicos associados à infecção causada pelo Plasmodium berghei em um modelo experimental de malária, serão utilizados camundongos inoculados com o P. berghei e divididos em 30 grupos de 15 animais para os seguintes fins: 1- Verificação do envolvimento do estresse oxidativo (através da peroxidação lipídica) e das defesas antioxidantes na infecção pelo plasmódio: em animais infectados pelo P. berghei se fará avaliação de marcadores da peroxidação lipídica e da defesa antioxidante; 2- Avaliação do efeito da adição de antioxidantes na potencialização da infecção: será utilizada uma fonte natural rica em diversos antioxidantes (extrato do cogumelo Agaricus sylvaticus) e a suplementação de N-Acetilcisteína a animais infectados; 3- Avaliação da participação do óxido nítrico na expressão.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (3) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Dorotéia Rossi Silva Souza - Integrante / Danilo Reymão Moreira - Integrante / Rosana Feio Libonati - Integrante / Ocione de Nazaré Bacha Figueiredo - Integrante / Janainna Rocha Batista - Integrante / Ricardo Luiz Dantas Machado - Integrante / Amanda Karoline Pereira dos Santos - Integrante / Simone Daria Assunção Vasconcelos Galdino - Integrante / Thyago da Costa Vilhena - Integrante / Bruno Alexandre Quadros Gomes - Integrante / Lucio Flávio Demétrio da Silva - Integrante., Financiador(es): COGUMELO DO SOL AGARICUS DO BRASIL, COM. IMP. E EXP.LTDA - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 8

  • 2006 - 2008

    SUPLEMENTAÇÃO DE FLAVONOIDES ATRÁVES DE SUCO DE UVA EM CRIANÇAS SUBMETIDAS Á CIRURGIA CARDÍACA, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Integrante / Dorotéia Rossi Silva Souza - Integrante / Rafael Clark de Oliveira Piteri - Integrante / Ulisses Alexandre Croti - Coordenador., Número de produções C, T & A: 5

  • 2004 - 2009

    PAPEL DO ESTRESSE OXIDATIVO NA ATEROSCLEROSE EXPERIMENTAL EM COELHOS, Descrição: Com o objetivo de verificar o potencial efeito preventivo de aterosclerose de A. sylvaticus, 27 coelhos da raça Nova Zelândia foram submetidos à indução de aterosclerose, sendo que 11 receberam apenas a dieta rica em colesterol (Grupo A), enquanto 6 (Grupo B) foram tratados simultaneamente com suplementação de vitaminas C e E, e 10 com solução aquosa do cogumelo Agaricus sylvaticus (Grupo C). Foram comparados a um grupo controle que recebeu apenas ração normal (Grupo D; N=10). Ao final de dez semanas de tratamento, os animais foram submetidos à eutanásia, sendo coletadas amostras séricas para dosagem do perfil lipídico e marcadores do estresse oxidativo (malondialdeído ? MDA e capacidade antioxidante ? TAS). As aortas foram retiradas para avaliação da área total das placas de ateroma por planimetria computadorizada. Os grupos A, B e C apresentaram valores de colesterol total significantemente mais elevados (2.139,8178,3; 1.913,3407,2; 2.112,5242,7mg/dL, respectivamente) além de capacidade antioxidante total significantemente reduzida (0,470,13; 0,560,14; 0,530,39mmol/L, respectivamente), comparado ao grupo controle (65,326,6mg/dL; 0,960,16mmol/L, respectivamente). No entanto, os valores de MDA para os animais do Grupo C foram estatisticamente reduzidos (61,036,6ng/mL), comparado aos Grupos A e B (71,338,2; 74,120,0ng/mL, respectivamente) e semelhantes aos do Grupo D (56,535,2ng/mL). Paralelamente, os animais do Grupo A desenvolveram extensas áreas de aterosclerose sobre a aorta (47,0 14,0%), o que foi parcialmente prevenido pelo uso de vitaminas C e E (14,0 4,8%) ou cogumelo (6,6 2,9%). Em conclusão, o uso de vitaminas antioxidantes ou do A. sylvaticus pode prevenir a aterosclerose. Isso reforça a sugestão de que o estresse oxidativo seja um fator importante na patogenia da doença aterosclerotica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Valdir Francisco Odorrizzi - Integrante / Moacir Fernandes de Godoy - Integrante / Dorotéia Rossi Silva Souza - Integrante / Marcela Augusta de Souza Pinhel - Integrante., Financiador(es): COGUMELO DO SOL AGARICUS DO BRASIL, COM. IMP. E EXP.LTDA - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 18

  • 2004 - 2006

    PROPRIEDADES MEDICINAIS DE agaricus sylvaticus, Descrição: Estudo da atividade antioxidante do cogumelo Agaricus sylvaticus e do seu uso na prevenção de doenças em modelos animais de aterosclerose, asma crônica, DPOC e síndrome de isquemia e reperfusão renal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Valdir Francisco Odorrizzi - Integrante / Jorge Laerte Gennari - Integrante / Marcelo de Souza Gennari - Integrante / Marcia Castanho Martinez Josefczyk - Integrante / Wataro Nelson Ogawa - Integrante / Joaquim dos Santos Penoni - Integrante / Ariane Pena Bueno - Integrante., Financiador(es): COGUMELO DO SOL AGARICUS DO BRASIL, COM. IMP. E EXP.LTDA - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 26 / Número de orientações: 2

  • 2004 - 2006

    CARACTERISAÇÃO FITOQUIMICAS E INDENTIFICAÇÃO DE PROPRIEDADES MEDICINAIS EM VEGETAIS DO TOCANTINS, Descrição: Visa estudar vegetais oriundos do estado do Tocantins para identificação de propriedades medicinais, especialmente relacionadas à antioxidação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Fabíola Rocha Dutra - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6

  • 2003 - 2004

    ESTRESSE OXIDATIVO E DEFESA ANTIOXIDANES EM PORTADORES DE DPOC, Descrição: Avaliar o estresse oxidativo em portadores de DPOC após prática de exercício físico, comparando com indivíduos normais. Avaliar o estresse oxidativo em exercício físico de alta intensidade em pacientes com DPOC. Avaliar o efeito da oferta de Oxigênio durante a atividade física em pacientes com DPOC sobre os marcadores de estresse oxidativo. Verificar a possível correlação existente em porcentagem de massa magra corporal, dieta antioxidante e capacidade antioxidante do plasma em repouso e após exercício físico.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Camille Rodrigues da Silva - Integrante / José Roerto Jardim - Integrante., Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1

  • 2003 - 2004

    EFEITO DO ENRIQUECIMENTO DE VITAMINAS ANTIOXIDANTES À DIETA NA PREVENÇÃO DE ALTERAÇÕES OXIDATIVAS EM COELHOS SUBMETIDOS À INDUÇÃO DE ATEROSCLEROSE POR INGESTÃO DE DIETA RICA EM COLESTEROL, Descrição: Com o objetivo de verificar o potencial efeito preventivo de aterosclerose de A. sylvaticus, 27 coelhos da raça Nova Zelândia foram submetidos à indução de aterosclerose, sendo que 11 receberam apenas a dieta rica em colesterol (Grupo A), enquanto 6 (Grupo B) foram tratados simultaneamente com suplementação de vitaminas C e E, e 10 com solução aquosa do cogumelo Agaricus sylvaticus (Grupo C). Foram comparados a um grupo controle que recebeu apenas ração normal (Grupo D; N=10). Ao final de dez semanas de tratamento, os animais foram submetidos à eutanásia, sendo coletadas amostras séricas para dosagem do perfil lipídico e marcadores do estresse oxidativo (malondialdeído ? MDA e capacidade antioxidante ? TAS). As aortas foram retiradas para avaliação da área total das placas de ateroma por planimetria computadorizada. Os grupos A, B e C apresentaram valores de colesterol total significantemente mais elevados (2.139,8178,3; 1.913,3407,2; 2.112,5242,7mg/dL, respectivamente) além de capacidade antioxidante total significantemente reduzida (0,470,13; 0,560,14; 0,530,39mmol/L, respectivamente), comparado ao grupo controle (65,326,6mg/dL; 0,960,16mmol/L, respectivamente). No entanto, os valores de MDA para os animais do Grupo C foram estatisticamente reduzidos (61,036,6ng/mL), comparado aos Grupos A e B (71,338,2; 74,120,0ng/mL, respectivamente) e semelhantes aos do Grupo D (56,535,2ng/mL). Paralelamente, os animais do Grupo A desenvolveram extensas áreas de aterosclerose sobre a aorta (47,0 14,0%), o que foi parcialmente prevenido pelo uso de vitaminas C e E (14,0 4,8%) ou cogumelo (6,6 2,9%). Em conclusão, o uso de vitaminas antioxidantes ou do A. sylvaticus pode prevenir a aterosclerose. Isso reforça a sugestão de que o estresse oxidativo seja um fator importante na patogenia da doença aterosclerotica.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Valdir Francisco Odorrizzi - Integrante / Marcela Siqueira Gutierrez - Integrante / Marcia Castanho Martinez Josefczyk - Integrante / Sonia Maria Barbosa Maciel - Integrante., Financiador(es): COGUMELO DO SOL AGARICUS DO BRASIL, COM. IMP. E EXP.LTDA - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 9 / Número de orientações: 2

  • 2003 - 2004

    PREVENÇÃO DO ESTRESSE OXIDATIVO NA SÍNDROME DE ISQUEMIA E REPERFUSÃO RENAL EM RATOS COM O USO DE DIETA RICA EM VITAMINAS ANTIOXIDANTES, Descrição: verificou o benefício do uso prévio de vitaminas antioxidantes em animais submetidos à síndrome de isquemia e reperfusão. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Paula Zanon Arza - Integrante / Marcia Castanho Martinez Josefczyk - Integrante., Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1

  • 2003 - 2004

    PROPRIEDADES MEDICINAIS DE AGARICUS SYLVATICUS, Descrição: Estudou propriedades medicinais do cogumelo Agaricus sylvaticus, com ênfase para propriedades antioxidantes. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Priscila Cardoso Leal - Integrante / Bruna dos Santos Batista - Integrante / Dayanne Aparecida Mensato Paraizo - Integrante / Paula Zanon Arza - Integrante / Marcelo Conte - Integrante / Sergio Paulo de Tarso Domingues - Integrante / Marcia Castanho Martinez Josefczyk - Integrante., Financiador(es): COGUMELO DO SOL AGARICUS DO BRASIL, COM. IMP. E EXP.LTDA - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4

  • 2003 - 2004

    ESTRESSE OXIDATIVO NA SÍNDROME DE ISQUEMIA E REPERFUSÃO RENAL AGUDA EM RATOS/, Descrição: estudou as consequências agudas do estresse oxidativo decorrente da síndrome de isquemia e reperfusão em um modelo animal de isquemia renal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Priscila Cardoso Leal - Integrante / Marcia Castanho Martinez Josefczyk - Integrante., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2003 - 2004

    ESTRESSE OXIDATIVO NA SÍNDROME DE ISQUEMIA E REPERFUSÃO RENAL DE 24H EM RATOS., Descrição: estudou as consequencias tardias da estresse oxidativo decorrente da síndrome de isquemia e reperfusão em um modelo animal de isquemia renal.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Bruna dos Santos Batista - Integrante / Marcia Castanho Martinez Josefczyk - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2003 - 2004

    ENVOLVIMENTO DO ESTRESSE OXIDATIVO NA NEFROTOXICIDADE INDUZIDA PELA VANCOMICINA, Descrição: estudou o papel dos radicais livres na nefrotoxicidade renal induzida pela vancomicina em pacientes hospitalizados.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Priscila Cardoso Leal - Integrante / Maria Inês de Toledo - Integrante / Elen Francini Jardini - Integrante.

  • 2003 - 2004

    AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE DE FRAÇÕES DA ESPECIE VEGETAL Cissus Sulciccaulis Baker SOBRE ISQUEMIA CEREBRAL E REPERFUSÃO REMOTA EM RATOS, Descrição: Verificou o efeito remoto do estresse oxidativo em um modelo de síndrome de isquemia e reperfuração de membros posteriores em ratos em função da adição prévia de extrato aquoso da espécie vegetal Cissus Sulciccaulis Baker. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Priscila Cardoso Leal - Integrante / Bruna dos Santos Batista - Integrante / Marcia Castanho Martinez Josefczyk - Integrante.

  • 2003 - 2004

    PROPOSTA PARA SUPLEMENTAÇÃO DE CREATINA EM ATLETAS DE HANDEBOL: ESTUDO DO ENVOLVIMENTO DO ESTRESSE OXIDATIVO, Descrição: Estudou o efeito da suplementação de creatina sobre o estresse oxidativo em atletas de Handebol. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Audrey Stefani Naufal - Integrante / Dayanne Aparecida Mensato Paraizo - Integrante / Marcelo Conte - Integrante., Número de produções C, T & A: 14 / Número de orientações: 2

  • 2002 - 2004

    EVOLVIMENTO DOS RADICAS LIVRES NA SINDROME DE ISQUEMIA E REPERFUSÃO RENAL EM RATOS, Descrição: Estudou a produção de radicais livres decorrente da variação do tempo de isquemia ou de reperfusão em um modelo animal de transplante renal. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Lizandra C C Lorenzo - Integrante / Danilo Roucourt - Integrante / Cynthia Gutierrez Duran - Integrante / Acácio Francisco Neto - Integrante / José Carlos Costa Baptista Silva - Integrante / Fernanda Gonçalves - Integrante / Marcio S Damascena - Integrante / Juliana Gonçalves Mendes - Integrante., Número de produções C, T & A: 22 / Número de orientações: 4

  • 1998 - 2002

    ENVOLVIMENTO DOS RADICAIS LIVRES NA NECROSE DE RETALHOS CUTÂNEOS ISQUÊMICOS, Descrição: Estudar a produção de radicais livres decorrente da síndrome de isquemia e reperfusão em modelos de retalhos cutâneos pediculados. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / H C Gomes - Integrante / I. Duarte - Integrante / Moacir Cymrot - Integrante / Andre V Fonseca - Integrante / Lydia Masako Ferreira - Integrante / Luiz Eduardo Felipe Abla - Integrante / Sueli Terezinha Freire - Integrante / Alvaro Bogacz - Integrante / Laelcio Lins Ramos Santos - Integrante., Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 3

  • 1996 - 2000

    ENVOLVIMENTO DOSESTRESSE OXIDATIVO NO BRONCOESPASMO AGUDO INDUZIDO EM COBAIAS, Descrição: Estudou a produção de radicais livres e o consumo de antioxidantes em um modelo de broncoespasmo agudo. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Zambom Farmacêutica - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 6

  • 1994 - 1996

    MODULAÇÃO DA N-ACETILCISTEÍNA NAS ALTERAÇÕES PULMONARES DA MALÁRIA PROVOCADA PELO PLASMODIUM BERGHEI EM CAMUNDONGOS, Descrição: Estudou as alterações oxidativas induzidas pela infecção pelo Plasmodium berghei em camundos, bem como os efeitos antioxidantes promovidos pela utilização prévia de N-Acetilcisteína. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / C A C Scardoeli - Integrante / Clystenes Odyr Soares Silva - Integrante., Financiador(es): Zambom Farmacêutica - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1

  • 1993 - 1996

    ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E DA DEFESA ANTIOXIDANTE EM RECÉM NASCIDOS A TERMO E PREMATUROS, Descrição: Estudos a produção de radicais livres induzida pelo ato do nascimento, além de avaliar as defesas antioxidantes em recém nascidos sadios a termo e prematuros, bem como estudou o estresse oxidativo em recém nascidos com doença.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / F P M Rodrigues - Integrante / A Berezin - Integrante / Paulo R Pachi - Integrante., Número de produções C, T & A: 17

  • 1993 - 1995

    ENVOLVIMENTO DOS RADICAIS LIVRES NA SÍNDROME DE ISQUEMIA E REPERFURAÇÃO HEPÁTICA EM PORCO, Descrição: Estudou o envolvimento dos radicais livres na rejeição à enxertos hepáticos, bem como a possibilidade de uso de substâncias antioxidantes na preservação do órgão.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / J Felippe Jr - Integrante / M. Iasi - Integrante / R. A. B. Uvo - Integrante / S. S. G. Favero - Integrante / R. A Mastroti - Integrante., Número de produções C, T & A: 3

  • 1992 - 1996

    RADICAIS LIVRES EM DOENÇAS HUMANAS, Descrição: Estudou sistematicamente o envovimento de radicais livres em inúmeras doenças humanas, tais como: aterosclerose, degeneração macular senil, asma, estresse, inflamação, síndrome nefrótica, epilepsia, dentre outras. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / J Felippe Jr - Integrante / C P Castanheira - Integrante / A. C. C. Vital - Integrante / C. X. Camargo - Integrante / F L Malisano - Integrante / Claudia R. Zuliani - Integrante / Julio Toporowsky - Integrante / H G silva - Integrante / M W Rosauro - Integrante / N F Z Rodrigues - Integrante / P Jabur - Integrante / Esper Cavalheiro - Integrante / C L Takeuchi - Integrante / L S F Marques - Integrante., Financiador(es): Novaquímica Farmacêutica - Bolsa / Novaquímica Farmacêutica - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 31

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxida. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vicnulado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Sub0projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do PArá, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxida. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vicnulado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Sub0projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do PArá, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxida. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vicnulado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Sub0projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do PArá, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxida. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vicnulado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Sub0projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do PArá, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxida. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vicnulado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Sub0projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do PArá, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2019 - Atual

    APLICATIVO PARA GERENCIAMENTO, MONITORAMENTO E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES CLÍNICO CIRURGICAS EM PACIENTES DIABÉTICOS, Descrição: O diabetes mellitus é o grupo de doenças decorrentes de um distúrbio hormonal relacionado, por vezes, à ação da insulina e, em casos mais graves, à sua secreção, caracterizando-se pela hiperglicemia. Desta patologia, não raramente, decorrem diversas complicações a órgãos alvos, como rins, coração e olhos. São essas complicações as responsáveis pelas elevadas taxas de morbimortalidade do diabetes. (SANTOS et al., 2018) Diversos estudos sobre a doença provaram que o estilo de vida é um dos determinantes mais significativos no surgimento de doenças crônicas. Kolchraiber et al. (2018) expõe que o número de diabéticos no mundo duplicou nos últimos 20 anos, e houve uma crescente vertiginosa na prevalência do diabetes mellitus tipo 2 em crianças e adolescentes. Quanto aos dados nacionais, a maior concentração de portadores de diabetes no Brasil se encontram em regiões economicamente mais desenvolvidas, devido ao sedentarismo a maus hábitos alimentares. Da mesma maneira, o estilo de vida de um paciente diabético é o fator crucial para o desencadeamento de complicações e danos à sua saúde. Isso significa dizer que o diabético, nos dias atuais, pode conter o avanço da doença e ter qualidade de vida, através de mudanças comportamentais, suporte familiar e profissional. (KOLCHRAIBER et al., 2018) Seguindo este mesmo raciocínio, o SUS guia a atenção básica para promoção da saúde e prevenção de doenças e agravos. Ou seja, o enfoque é voltado para o acompanhamento e aconselhamento do cidadão, visando-se incentivar o autocuidado e o protagonismo em seu tratamento. O motivo é simples, essa política visa a, além das complicações da saúde do paciente, evitar gastos maiores com tratamentos médicos. Nesse sentido, o diabetes, segundo as diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes, representa uma doença bastante onerosa, ou seja, um alto custo para o Estado (entre 5 e 20% do seu gasto total com saúde), principalmente, devido à necessidade dos doentes de cuidados contínuos e ao custo do tratamento dos agravos da doença, que inclui, comumente, cirurgias, como em casos de problemas cardíacos, cegueira e pé diabético. Outro tópico especialmente relevante diz respeito à complexidade do tratamento medicamentoso dos diabéticos, que consiste em um grande desafio da atenção primária. Nascimento et al., afirma que o aumento desta complexidade está diretamente relacionado à não adesão da terapia farmacológica, bem como aos erros de medicamentos por parte dos usuários, estes frequentemente observados pelos profissionais da saúde. (NASCIMENTO et al., 2018). Sendo assim, o aplicativo em questão busca monitorar os valores glicêmicos dos pacientes, auxiliar na alimentação adequada dos mesmos, calcular suas doses corretas de insulina e, possui, como objetivo maior, promover a saúde de seus usuários a fim de preveni-los de complicações mais graves, onde um melhor prognóstico se dê mediante amputação de algum membro. O aplicativo estará disponível, no primeiro momento, apenas para os participantes do estudo, e, posteriormente, deverá ser implementado a todos pacientes portadores de diabetes mellitus e usuários do serviço público de atenção primária à saúde do município de Marabá.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Marcus Vinicius Henriques Brito - Integrante / Jaqueline Miranda de Oliveira - Integrante.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2019 - Atual

    APLICATIVO PARA GERENCIAMENTO, MONITORAMENTO E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES CLÍNICO CIRURGICAS EM PACIENTES DIABÉTICOS, Descrição: O diabetes mellitus é o grupo de doenças decorrentes de um distúrbio hormonal relacionado, por vezes, à ação da insulina e, em casos mais graves, à sua secreção, caracterizando-se pela hiperglicemia. Desta patologia, não raramente, decorrem diversas complicações a órgãos alvos, como rins, coração e olhos. São essas complicações as responsáveis pelas elevadas taxas de morbimortalidade do diabetes. (SANTOS et al., 2018) Diversos estudos sobre a doença provaram que o estilo de vida é um dos determinantes mais significativos no surgimento de doenças crônicas. Kolchraiber et al. (2018) expõe que o número de diabéticos no mundo duplicou nos últimos 20 anos, e houve uma crescente vertiginosa na prevalência do diabetes mellitus tipo 2 em crianças e adolescentes. Quanto aos dados nacionais, a maior concentração de portadores de diabetes no Brasil se encontram em regiões economicamente mais desenvolvidas, devido ao sedentarismo a maus hábitos alimentares. Da mesma maneira, o estilo de vida de um paciente diabético é o fator crucial para o desencadeamento de complicações e danos à sua saúde. Isso significa dizer que o diabético, nos dias atuais, pode conter o avanço da doença e ter qualidade de vida, através de mudanças comportamentais, suporte familiar e profissional. (KOLCHRAIBER et al., 2018) Seguindo este mesmo raciocínio, o SUS guia a atenção básica para promoção da saúde e prevenção de doenças e agravos. Ou seja, o enfoque é voltado para o acompanhamento e aconselhamento do cidadão, visando-se incentivar o autocuidado e o protagonismo em seu tratamento. O motivo é simples, essa política visa a, além das complicações da saúde do paciente, evitar gastos maiores com tratamentos médicos. Nesse sentido, o diabetes, segundo as diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes, representa uma doença bastante onerosa, ou seja, um alto custo para o Estado (entre 5 e 20% do seu gasto total com saúde), principalmente, devido à necessidade dos doentes de cuidados contínuos e ao custo do tratamento dos agravos da doença, que inclui, comumente, cirurgias, como em casos de problemas cardíacos, cegueira e pé diabético. Outro tópico especialmente relevante diz respeito à complexidade do tratamento medicamentoso dos diabéticos, que consiste em um grande desafio da atenção primária. Nascimento et al., afirma que o aumento desta complexidade está diretamente relacionado à não adesão da terapia farmacológica, bem como aos erros de medicamentos por parte dos usuários, estes frequentemente observados pelos profissionais da saúde. (NASCIMENTO et al., 2018). Sendo assim, o aplicativo em questão busca monitorar os valores glicêmicos dos pacientes, auxiliar na alimentação adequada dos mesmos, calcular suas doses corretas de insulina e, possui, como objetivo maior, promover a saúde de seus usuários a fim de preveni-los de complicações mais graves, onde um melhor prognóstico se dê mediante amputação de algum membro. O aplicativo estará disponível, no primeiro momento, apenas para os participantes do estudo, e, posteriormente, deverá ser implementado a todos pacientes portadores de diabetes mellitus e usuários do serviço público de atenção primária à saúde do município de Marabá.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Marcus Vinicius Henriques Brito - Integrante / Jaqueline Miranda de Oliveira - Integrante.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2019 - Atual

    APLICATIVO PARA GERENCIAMENTO, MONITORAMENTO E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES CLÍNICO CIRURGICAS EM PACIENTES DIABÉTICOS, Descrição: O diabetes mellitus é o grupo de doenças decorrentes de um distúrbio hormonal relacionado, por vezes, à ação da insulina e, em casos mais graves, à sua secreção, caracterizando-se pela hiperglicemia. Desta patologia, não raramente, decorrem diversas complicações a órgãos alvos, como rins, coração e olhos. São essas complicações as responsáveis pelas elevadas taxas de morbimortalidade do diabetes. (SANTOS et al., 2018) Diversos estudos sobre a doença provaram que o estilo de vida é um dos determinantes mais significativos no surgimento de doenças crônicas. Kolchraiber et al. (2018) expõe que o número de diabéticos no mundo duplicou nos últimos 20 anos, e houve uma crescente vertiginosa na prevalência do diabetes mellitus tipo 2 em crianças e adolescentes. Quanto aos dados nacionais, a maior concentração de portadores de diabetes no Brasil se encontram em regiões economicamente mais desenvolvidas, devido ao sedentarismo a maus hábitos alimentares. Da mesma maneira, o estilo de vida de um paciente diabético é o fator crucial para o desencadeamento de complicações e danos à sua saúde. Isso significa dizer que o diabético, nos dias atuais, pode conter o avanço da doença e ter qualidade de vida, através de mudanças comportamentais, suporte familiar e profissional. (KOLCHRAIBER et al., 2018) Seguindo este mesmo raciocínio, o SUS guia a atenção básica para promoção da saúde e prevenção de doenças e agravos. Ou seja, o enfoque é voltado para o acompanhamento e aconselhamento do cidadão, visando-se incentivar o autocuidado e o protagonismo em seu tratamento. O motivo é simples, essa política visa a, além das complicações da saúde do paciente, evitar gastos maiores com tratamentos médicos. Nesse sentido, o diabetes, segundo as diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes, representa uma doença bastante onerosa, ou seja, um alto custo para o Estado (entre 5 e 20% do seu gasto total com saúde), principalmente, devido à necessidade dos doentes de cuidados contínuos e ao custo do tratamento dos agravos da doença, que inclui, comumente, cirurgias, como em casos de problemas cardíacos, cegueira e pé diabético. Outro tópico especialmente relevante diz respeito à complexidade do tratamento medicamentoso dos diabéticos, que consiste em um grande desafio da atenção primária. Nascimento et al., afirma que o aumento desta complexidade está diretamente relacionado à não adesão da terapia farmacológica, bem como aos erros de medicamentos por parte dos usuários, estes frequentemente observados pelos profissionais da saúde. (NASCIMENTO et al., 2018). Sendo assim, o aplicativo em questão busca monitorar os valores glicêmicos dos pacientes, auxiliar na alimentação adequada dos mesmos, calcular suas doses corretas de insulina e, possui, como objetivo maior, promover a saúde de seus usuários a fim de preveni-los de complicações mais graves, onde um melhor prognóstico se dê mediante amputação de algum membro. O aplicativo estará disponível, no primeiro momento, apenas para os participantes do estudo, e, posteriormente, deverá ser implementado a todos pacientes portadores de diabetes mellitus e usuários do serviço público de atenção primária à saúde do município de Marabá.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Marcus Vinicius Henriques Brito - Integrante / Jaqueline Miranda de Oliveira - Integrante.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2019 - Atual

    APLICATIVO PARA GERENCIAMENTO, MONITORAMENTO E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES CLÍNICO CIRURGICAS EM PACIENTES DIABÉTICOS, Descrição: O diabetes mellitus é o grupo de doenças decorrentes de um distúrbio hormonal relacionado, por vezes, à ação da insulina e, em casos mais graves, à sua secreção, caracterizando-se pela hiperglicemia. Desta patologia, não raramente, decorrem diversas complicações a órgãos alvos, como rins, coração e olhos. São essas complicações as responsáveis pelas elevadas taxas de morbimortalidade do diabetes. (SANTOS et al., 2018) Diversos estudos sobre a doença provaram que o estilo de vida é um dos determinantes mais significativos no surgimento de doenças crônicas. Kolchraiber et al. (2018) expõe que o número de diabéticos no mundo duplicou nos últimos 20 anos, e houve uma crescente vertiginosa na prevalência do diabetes mellitus tipo 2 em crianças e adolescentes. Quanto aos dados nacionais, a maior concentração de portadores de diabetes no Brasil se encontram em regiões economicamente mais desenvolvidas, devido ao sedentarismo a maus hábitos alimentares. Da mesma maneira, o estilo de vida de um paciente diabético é o fator crucial para o desencadeamento de complicações e danos à sua saúde. Isso significa dizer que o diabético, nos dias atuais, pode conter o avanço da doença e ter qualidade de vida, através de mudanças comportamentais, suporte familiar e profissional. (KOLCHRAIBER et al., 2018) Seguindo este mesmo raciocínio, o SUS guia a atenção básica para promoção da saúde e prevenção de doenças e agravos. Ou seja, o enfoque é voltado para o acompanhamento e aconselhamento do cidadão, visando-se incentivar o autocuidado e o protagonismo em seu tratamento. O motivo é simples, essa política visa a, além das complicações da saúde do paciente, evitar gastos maiores com tratamentos médicos. Nesse sentido, o diabetes, segundo as diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes, representa uma doença bastante onerosa, ou seja, um alto custo para o Estado (entre 5 e 20% do seu gasto total com saúde), principalmente, devido à necessidade dos doentes de cuidados contínuos e ao custo do tratamento dos agravos da doença, que inclui, comumente, cirurgias, como em casos de problemas cardíacos, cegueira e pé diabético. Outro tópico especialmente relevante diz respeito à complexidade do tratamento medicamentoso dos diabéticos, que consiste em um grande desafio da atenção primária. Nascimento et al., afirma que o aumento desta complexidade está diretamente relacionado à não adesão da terapia farmacológica, bem como aos erros de medicamentos por parte dos usuários, estes frequentemente observados pelos profissionais da saúde. (NASCIMENTO et al., 2018). Sendo assim, o aplicativo em questão busca monitorar os valores glicêmicos dos pacientes, auxiliar na alimentação adequada dos mesmos, calcular suas doses corretas de insulina e, possui, como objetivo maior, promover a saúde de seus usuários a fim de preveni-los de complicações mais graves, onde um melhor prognóstico se dê mediante amputação de algum membro. O aplicativo estará disponível, no primeiro momento, apenas para os participantes do estudo, e, posteriormente, deverá ser implementado a todos pacientes portadores de diabetes mellitus e usuários do serviço público de atenção primária à saúde do município de Marabá.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Marcus Vinicius Henriques Brito - Integrante / Jaqueline Miranda de Oliveira - Integrante.

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

  • 2020 - Atual

    QUICK SOFA: UMA READAPTAÇÃO PARA A POPULAÇÃO DE MULHERES GRÁVIDAS, Descrição: O presente estudo tem como objetivo geral, verificar a adequação do questionário QSOFA ao publico especifico de gestante para identificação da ocorrência de choque sepse precoce, e como específicos, investigar a eventual necessidade de adaptação ao questionário e comprovar/ convalidar a validação do questionário. Hodiernamente, não existem critérios de choque séptico padrão ouro para cotejos de validade preditiva, tampouco para público gestante .Carecem ser tomadas medidas com foco na identificação imediata e imiscuição rápida para elencar as complicações eventualmente fatais da sepse relacionada à gravidez. Pesquisas demonstram que certas particularidades desta população, apresentam um risco superior de desenvolver sepse correlacionada a gestação, e que a taxa de morte materna por ?todas as causas? é substancialmente mais alta que a da sepse do trato genital sozinha, e semelhante à taxa de mortalidade materna de todas as doenças infecciosas neste público alvo. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Número de orientações: 1

  • 2019 - Atual

    Acolhimento Ambulatorial para Diversidade Sexual, Descrição: O projeto objetiva a elaboração de um Manual de acolhimento ambulatorial para diversidade sexual em Marabá-PA, com finalidade de atender a população LGBTI através de elaboração de informações condutas e procedimentos de extrema importância para Sistema único de Saúde de Marabá. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Número de orientações: 1

  • 2019 - Atual

    DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS PARA GERENCIAMENTO, MONITORAMENTO E PREVENÇÃO DE COMPLICAÇÕES CLÍNICO CIRURGICAS EM PACIENTES DIABÉTICOS, Descrição: O diabetes mellitus é o grupo de doenças decorrentes de um distúrbio hormonal relacionado, por vezes, à ação da insulina e, em casos mais graves, à sua secreção, caracterizando-se pela hiperglicemia. Desta patologia, não raramente, decorrem diversas complicações a órgãos alvos, como rins, coração e olhos. São essas complicações as responsáveis pelas elevadas taxas de morbimortalidade do diabetes. (SANTOS et al., 2018) Diversos estudos sobre a doença provaram que o estilo de vida é um dos determinantes mais significativos no surgimento de doenças crônicas. Kolchraiber et al. (2018) expõe que o número de diabéticos no mundo duplicou nos últimos 20 anos, e houve uma crescente vertiginosa na prevalência do diabetes mellitus tipo 2 em crianças e adolescentes. Quanto aos dados nacionais, a maior concentração de portadores de diabetes no Brasil se encontram em regiões economicamente mais desenvolvidas, devido ao sedentarismo a maus hábitos alimentares. Da mesma maneira, o estilo de vida de um paciente diabético é o fator crucial para o desencadeamento de complicações e danos à sua saúde. Isso significa dizer que o diabético, nos dias atuais, pode conter o avanço da doença e ter qualidade de vida, através de mudanças comportamentais, suporte familiar e profissional. (KOLCHRAIBER et al., 2018) Seguindo este mesmo raciocínio, o SUS guia a atenção básica para promoção da saúde e prevenção de doenças e agravos. Ou seja, o enfoque é voltado para o acompanhamento e aconselhamento do cidadão, visando-se incentivar o autocuidado e o protagonismo em seu tratamento. O motivo é simples, essa política visa a, além das complicações da saúde do paciente, evitar gastos maiores com tratamentos médicos. Nesse sentido, o diabetes, segundo as diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes, representa uma doença bastante onerosa, ou seja, um alto custo para o Estado (entre 5 e 20% do seu gasto total com saúde), principalmente, devido à necessidade dos doentes de cuidados contínuos e ao custo do tratamento dos agravos da doença, que inclui, comumente, cirurgias, como em casos de problemas cardíacos, cegueira e pé diabético. Outro tópico especialmente relevante diz respeito à complexidade do tratamento medicamentoso dos diabéticos, que consiste em um grande desafio da atenção primária. Nascimento et al., afirma que o aumento desta complexidade está diretamente relacionado à não adesão da terapia farmacológica, bem como aos erros de medicamentos por parte dos usuários, estes frequentemente observados pelos profissionais da saúde. (NASCIMENTO et al., 2018). Sendo assim, o aplicativo em questão busca monitorar os valores glicêmicos dos pacientes, auxiliar na alimentação adequada dos mesmos, calcular suas doses corretas de insulina e, possui, como objetivo maior, promover a saúde de seus usuários a fim de preveni-los de complicações mais graves, onde um melhor prognóstico se dê mediante amputação de algum membro. O aplicativo estará disponível, no primeiro momento, apenas para os participantes do estudo, e, posteriormente, deverá ser implementado a todos pacientes portadores de diabetes mellitus e usuários do serviço público de atenção primária à saúde do município de Marabá.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Marcus Vinicius Henriques Brito - Integrante / Jaqueline Miranda de Oliveira - Integrante., Número de orientações: 2

  • 2012 - Atual

    EFEITO DA ADMINISTRAÇÃO DE PGE2 E EXTRATO DE Portulaca pilosa SOBRE AS ALTERAÇÕES OXIDATIVAS E PARASITEMIA EM CULTURAS DE Plasmodium falciparum E EM CAMUNDONGOS INFECTADOS PELO P. berghei. ESTUDOS DE TOXICIDADE E DESENVOLVIMENTO DE FORMA FARMACÊUTICA, Descrição: A malária é reconhecida como um grave problema de saúde pública no mundo, estimando-se que 40% da população está exposta ao risco de contrair a doença, em mais de 100 países. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocorrem cerca de 300 a 500 milhões de novos casos e um milhão de mortes por ano. No Brasil, a doença ainda apresenta elevado risco de transmissão na região da Amazônia Legal. Nos últimos anos, com a implantação do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Malária (PIACM) na região Amazônica, têm sido alcançados resultados positivos, com a redução do dano produzido por essa doença. Não obstante, a incidência da doença ainda é muito elevada (IPA 15,9/1.000) e precisa ser reduzida de forma sustentável para melhorar a saúde e possibilitar o desenvolvimento socioeconômico daquela região 73. A região amazônica é composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O risco de contrair a doença não é uniforme nesta região. Este risco é medido pela Incidência Parasitária Anual (IPA), que corresponde à quantidade de lâminas positivas dividido pela população sob risco e multiplicado por 1.000. Nestes Estados a doença tem apresentado elevado risco de transmissão, mantendo-se em níveis muito superiores àqueles reportados em 1970, quando foram observados 3,9 casos por mil habitantes. Nos anos de 1999, 2000 e 2001, a IPA na região foi de 31,9, 30,3 e 18,8 casos por mil habitantes, respectivamente 73. Aliado ao aumento da incidência da doença ocorre o fenômeno de resistência ao tratamento medicamentoso, notadamente em indivíduos infectados com o Plasmodium falciparum, resultado da inexistência de um completo entendimento dos mecanismos de fisiopatogenia da doença. Nesse sentido, recentemente diversos autores discutem o envolvimento dos radicais livres, através do estresse oxidativo, na fisiopatogenia da malária 1-8. Também se discute o papel do óxido nítrico 13-14, 23-24 e das defesas antioxidantes. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador / Flavio de Vasconcelos - Integrante / Maria Fani Dolabela - Integrante.

  • 2009 - 2011

    REESTRUTURAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE PESQUISA VINCULADOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA DE AGENTES INFECCIOSOS E PARASITÁRIOS, Descrição: Subprojeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará, aprovado no edital CAPES PRÓ-EQUIPAMENTOS 2009, no valor de R$ 149.100,00.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.

  • 2009 - Atual

    REESTRUTURAÇÃO DO BIOTÉRIO DA UFPA E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA DO ICB, Descrição: Sub projeto vinculado à proposta da Universidade Federal do Pará - UFPA, aprovada em edital FINEP CT-INFRA-PROINFA 1-2008, NO VALOR DE 1.631.700,00.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Sandro Percário - Coordenador., Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2020

Who's Who in teh World, Marquis Who's Who Publications Board.

2019

Best Researcher in 2019, World Research Council and United Medical Coucil.

2018

Homenagem especial, Programa de Mestrado Profissional em Cirurgia e Pesquisa Experimental - UEPA.

2017

Cambridge Certificate for Outstanding Scientific Anchievement, The International Biographical Centre - England.

2017

Medalha Bons Serviços 5 anos, União dos Escoteiros do Brasil.

2017

Medalha Cruz de São Jorge, União dos Escoteiros do Brasil.

2017

Benjamin Gilbert Award - Best Poster, 4th International Symposium on Challenges and New Technologies in Drug Discovery.

2016

Who's Who in the World, Marquis Who's Who Publications Board.

2016

216 Highly Cited Researcher, Thomsom Reuters.

2015

Medalha Leading Scientists of the World, International Biographical Centre, England.

2015

Who's Who in the World, Marquis Who's Who Publications Board.

2014

Medalha de Gratidão - Grau Ouro, União dos Escoteiros do Brasil.

2014

Who's Who in the World, Marquis Who's Who Publications Board.

2014

Prêmio Excelência e Qualidade Brasil 2014, Associação Brasileira de Liderança (Braslider).

2013

Who's Who in the World, Marquis Who's Who Publications Board.

2012

Whos Who in the World, Marquis Who's Who Publications Board.

2012

Honored Member of Continental Who's Who, Continental Who's Who.

2012

Melhor trabalho de pesquisa apresentado no Congresso de Educação em Saúde da Amazônia, Instituto de Ciências da Saúde-UFPA.

2011

Who's Who in the World, Marquis Who's Who Publications Board.

2008

Prêmio Henri Nestlé - finalista categoria Nutrição em Saúde Pública, Nestlé.

2008

Homenagem Especial e Medalha Jubileu de Prata do Conselho Federal de Biomedicina pelos Relevantes Serviços Prestados à Biomedicina Brasileira, Conselho Regional de Biomedicina 4a Região.

2008

Prêmio "Dissertações e Teses" - 1o Lugar, XI Congresso Brasileiro de Biomedicina.

2007

Prêmio Primeiro lugar Categoria Professor, Congresso Acadêmico de Iniciação Científica da Fac. de Medicina de São José do Rio Preto - FAMERP.

2005

Prêmio 2 lugar categoria professor, IV Congresso Científico 'Tocantins, Pesquisa Desenvolvimento e Biodiversidade.

2005

Prêmio 3 lugar categoria professor, IV Congresso Científico 'Tocantins, Pesquisa Desenvolvimento e Biodiversidade' - Fundação UNIRG.

2005

Professor homenageado, Alunos do curso de Farmácia e Bioquímica da Universidade de Sorocaba.

2003

Paraninfo, Alunos do Curso de Biomedicina da Universidade Bandeirante de São Paulo.

2002

Prêmio Melhor Tema Livre, Hospital da Aeronáutica de São Paulo - HASP.

2002

Paraninfo, Alunos do Curso de Biomedicina da Universidade Bandeirante de São Paulo.

2001

Paraninfo, Alunos do Curso de Biomedicina da Universidade Bandeirante de São Paulo.

1993

Premio Ethicon de Cirurgia, Associação Paulista de Medicina.

1993

Prêmio Manoel de Abreu, Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas. , Av. Augusto Correa, 1, Guamá, 66075110 - Belém, PA - Brasil, Telefone: (91) 32018904, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2019 - Atual

Universidade do Estado do Pará

Vínculo: , Enquadramento Funcional:

2006 - Atual

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
Aprovado em primeiro lugar no concurso público para professor adjunto. Publicado no DOU seção 3 pag 68 em 28/07/2006.

Atividades

  • 04/2020

    Direção e administração, Instituto de Ciências Biológicas, Program de Pós-Graduação em Biotecnologia e Biodiversidade - BIONORTE.,Cargo ou função, Coordenador Estadual - Portaria 1242/2020.

  • 10/2017

    Ensino, Biodiversidade e Biotecnologia da Amazonia Legal - BIONORTE, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, Orientação de doutorado

  • 10/2009

    Direção e administração, Instituto de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, COORDENADOR DO LABORATÓRIO DE PESQUISAS EM ESTRESSE OXIDATIVO - Portaria N. 178/2009 - ICB.

  • 08/2009

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR E RESPIRATÓRIA

  • 07/2017 - 03/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, Coordenador da Comissão de Avaliação dos Biotérios do ICB - Portaria 0232/2017.

  • 10/2008 - 12/2013

    Ensino, Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, MECANISMOS DA AÇÃO DO ESTRESSE OXIDATIVO EM DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS

  • 11/2012 - 12/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, MEMBRO DE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL DA PROFA SARITA BORGES DE FAVERI - Portaria N. 301/2012 - ICB.

  • 09/2012 - 10/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, MEMBRO DE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL DO PROF. MOISÉS BATISTA DA SILVA - Portaria N. 253/2012 - ICB.

  • 12/2011 - 01/2012

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, MEMBRO DE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL DO PROF. LUIZ GUILHERME MACHADO DE MACEDO - Portaria N. 308/2011 - ICB.

  • 09/2006 - 12/2011

    Ensino, Doenças Tropicais, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, MECANISMO DO ENVOLVIMENTO DO ESTRESSE OXIDATIVO EM DOENÇAS TROPICAIS

  • 03/2011 - 03/2011

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, MEMBRO DE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL DO PROF JERÔNIMO LAMEIRA SILVA - Portaria N. 92/2011 - ICB.

  • 12/2010 - 01/2011

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, MEMBRO DE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL DA PROFA. JANAINA GELL DE PONTES VIEIRA - Portaria N. 354/2010 - ICB.

  • 03/2010 - 12/2010

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Pro-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.,Cargo ou função, MEMBRO DA COMMISSÃO GESTORA PARA O ACOMPANHAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO DOUTORAL DOCENTE - Portaria N. 1344/2010 REITORIA.

  • 07/2009 - 10/2010

    Direção e administração, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.,Cargo ou função, COORDENADOR DE PROGRAMA - Portaria N. 3136/2009 - REITORIA.

  • 06/2009 - 10/2010

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Biológicas, .,Cargo ou função, MEMBRO DA CÂMARA DE PESQUISA DO ICB - Portaria N. 135/2009 - ICB.

  • 02/2009 - 06/2009

    Direção e administração, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.,Cargo ou função, VICE-COORDENADOR DO PROGRAMA - Portaria N.1511/2009 - REITORIA.

  • 10/2008 - 06/2009

    Direção e administração, Núcleo de Medicina Tropical - NMT, .,Cargo ou função, COORDENADOR DO LABORATÓRIO DE PESQUISAS EM BIOQUÍMICA APLICADA ÀS DOENÇAS TROPICAIS - Portira N. 12/2008 - NMT.

  • 07/2007 - 06/2009

    Extensão universitária , Núcleo de Medicina Tropical - NMT, .,Atividade de extensão realizada, INTEGRAÇÃO DE SERVIÇOS CLÍNICO-AMBULATORIAL NO ESTUDO DA INFECÇÃO POR HTLV EM BELÉM -PARÁ.

  • 10/2006 - 06/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Núcleo de Medicina Tropical - NMT, .,Cargo ou função, MEMBRO DA COMISSÃO DE PLANEJAMENTO DO NMT - Portaria 28/2006 - NMT.

  • 10/2006 - 06/2009

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .,Cargo ou função, MEMBRO DA COMISSÃO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS - COGERE Portaria.

  • 08/2006 - 06/2009

    Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo de Medicina Tropical - NMT, .,Linhas de pesquisa

  • 03/2006 - 06/2009

    Ensino, Farmácia e Bioquímica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, BIOQÍMICA CLÍNICA

  • 03/2008 - 06/2008

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Superior de Ensino e Pesquisa, Comite de Ética na Pesquisa com Animais de Experimentação.,Cargo ou função, REVISOR AD-HOC DO COMTÊ DE ÉTICA NA PESQUISA COM ANIMAIS DE EXPERIMENTAÇÃO - CEPAE.

  • 03/2008 - 04/2008

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Núcleo de Medicina Tropical - NMT, .,Cargo ou função, MEMBRO DE COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROGRESSÃO FUNCIONAL DO PROF HABIB FRAIHA NETO - Portaria N. 03/NMT.

  • 08/2006 - 05/2007

    Direção e administração, Núcleo de Medicina Tropical - NMT, .,Cargo ou função, COORDENADOR DO LABORATÓRO DE ANÁLISES CLÍNICAS - Portaria NMT 29/2006.

  • 10/2006 - 02/2007

    Ensino, Farmácia e Bioquímica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM BIOQUÍMICA CLÍNICA

2014 - 2016

US Centers for Disease Control and Prevention

Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Research Scholar, Carga horária: 40

Atividades

  • 03/2014 - 02/2016

    Pesquisa e desenvolvimento , Division of Parasitic Diseases and Malaria - DPDM, .,Linhas de pesquisa

2014 - 2016

YERKES NATIONAL PRIMATE CENTER - EMORY UNIVERSITY

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisador colaborador, Carga horária: 20

2006 - 2014

Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Vínculo: Professor colaborador, Enquadramento Funcional: Professsor-pesquisador, Carga horária: 4

Atividades

  • 04/2006 - 02/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Biologia Molecular, Nucleo de Pesquisa em Bioquimica e Biologia Molecular.,Linhas de pesquisa

  • 04/2006 - 02/2014

    Ensino, Ciências da Saúde, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, BIOQUÍMICA BÁSICA DO ESTRESSE OXIDATIVO

2001 - 2004

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: professor colaborador-pesquisador, Carga horária: 4

Outras informações:
Professor colaborador e pesquisador da Disciplina de Cirurgia Vascular.

1990 - 1991

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Técnico de Laboratório, Carga horária: 40

1989 - 1989

Universidade Federal de São Paulo

Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40

Outras informações:
Estágio em Laboratório Clínico

Atividades

  • 02/2004 - 08/2004

    Ensino, Cirurgia Vascular, Cardiaca, Teóracica e anestesiologica, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, SEMINÁRIO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

  • 01/2001 - 08/2004

    Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Medicina, Disciplina de Pneumologia.,Linhas de pesquisa

  • 01/1990 - 06/1991

    Serviços técnicos especializados , Departamento de Patológica, Disciplina de Patologia Aplicada.,Serviço realizado, TECNICO DE LABORATORIO DO SETOR DE IMUNOHISTOQUIMICA.

  • 02/1989 - 11/1989

    Estágios , Departamento de Medicina, Disciplina de Propedêutica Médica.,Estágio realizado, Estagio em Laboratorio Clinico.

2012 - 2015

Universidade Federal do Maranhão

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador colaborador

Atividades

  • 01/2012 - 02/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, .,Cargo ou função, PESQUISADOR COLABORADOR.

2012 - 2015

Universidade Estadual de Goiás

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: pesquisador colaborador, Carga horária: 0

1992 - 2000

Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40

Atividades

  • 07/1992 - 06/2000

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, FISIOLOGIA - RESPONSÉVEL PELO MÓDULO DE FISIOLOGIA RENAL

  • 08/1993 - 06/1994

    Direção e administração, Diretoria, .,Cargo ou função, COORDENADOR DO BIOTÉRIO.

  • 07/1992 - 06/1994

    Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Ciências Fisiológicas - Disciplina de Fisiologia, .,Linhas de pesquisa

2004 - 2006

Fundação UNIRG

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40

Atividades

  • 04/2005 - 02/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Diretoria de Ciência Tecnologia e Inovação, .,Cargo ou função, MEMBRO DA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROJETOS.

  • 02/2005 - 02/2006

    Pesquisa e desenvolvimento , NÚCLEO DE PESQUISAS EM SAÚDE COMUNITÁRIA, .,Linhas de pesquisa

  • 01/2005 - 02/2006

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Superior, .,Cargo ou função, VICE PRESIDENTE DA COMISSÃO ÉTICA EM PESQUISA - CEP.

  • 08/2004 - 02/2006

    Direção e administração, NÚCLEO DE PESQUISAS EM SAÚDE COMUNITÁRIA, .,Cargo ou função, COORDENADOR.

  • 08/2004 - 02/2006

    Ensino, MEDICINA, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, FISIOLOGIA I, FISIOLOGIA II

2001 - 2004

Universidade de Sorocaba

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 30

Atividades

  • 01/2003 - 06/2004

    Direção e administração, Curso de Farmácia e Bioquímica, .,Cargo ou função, LÍDER DO GRUPO DE PESQUISA "BIOQUÍMICA DO ESTRESSE OXIDATIVO".

  • 02/2002 - 06/2004

    Ensino, Farmácia-Bioquímica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Prática Supervisionada em Bioquímica, BIOQUÍMICA CLÍNICA , FISIOLOGIA , NEUROFISIOLOGIA, PRÁTICA SUPERVISIONADA EM BIOQUÍMICA

  • 02/2002 - 06/2004

    Estágios , Curso de Farmácia e Bioquímica, .,Estágio realizado, SUPERVISÃO DE ESTÁGIO EM ANALISES CLÍNICAS.

  • 01/2002 - 06/2004

    Pesquisa e desenvolvimento , Curso de Farmácia e Bioquímica, .,Linhas de pesquisa

  • 08/2001 - 06/2004

    Ensino, Nutrição, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, BIOQUÍMICA , FISIOLOGIA

1999 - 2003

Universidade Bandeirante de São Paulo

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 24

Atividades

  • 01/2001 - 02/2003

    Ensino, Ciências Biológicas Modalidade Médica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, BIOQUÍMICA CLÍNICA , BIOSSEGURANÇA E ADMINISTRAÇÃO LABORATORIAL

  • 01/2001 - 12/2002

    Ensino, Farmácia-Bioquímica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, FISIOLOGIA

  • 01/2000 - 12/2002

    Ensino, Psicologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, FISIOLOGIA , NEUROFISIOLOGIA

  • 01/2000 - 11/2001

    Ensino, Ciências Biológicas Modalidade Médica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, FISIOLOGIA , NEUROFISIOLOGIA

  • 01/2000 - 11/2001

    Ensino, Psicologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, FISIOLOGIA , NEUROFISIOLOGIA

  • 01/2000 - 09/2001

    Ensino, Ciências Biológicas Modalidade Médica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA

  • 08/1999 - 12/2000

    Ensino, Ciências Biológicas Modalidade Médica, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, BIOQUÍMICA MÉDICA , LABORATÓRIO CLÍNICO

2002 - 2004

Universidade Paulista

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 10

Atividades

  • 02/2003 - 07/2004

    Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, INTRODUÇÃO AO MÉTODO CIENTÍFICO

  • 02/2003 - 07/2004

    Ensino, NUTRIÇÃO, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, FISIOLOGIA HUMANA

  • 02/2002 - 06/2003

    Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, BIOQUÍMICA

1997 - 1997

Universidade de Santo Amaro

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 10

Atividades

  • 03/1997 - 06/1997

    Ensino, Especializacao Em Analises Clinicas, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, BIOQUÍMICA CLÍNICA E URIANÁLISE

1993 - 2006

Oxilab Patologia Clínica Biomolecular S/C Ltda

Vínculo: Sócio e Diretor Técnico, Enquadramento Funcional: Cotista, Carga horária: 10

Atividades

  • 11/1993 - 05/2006

    Direção e administração, Oxilab Patologia Clínica Biomolecular S/C Ltda - OXILAB, .,Cargo ou função, DIRETOR TÉCNICO-CIENTIFÍCO.

  • 11/1993 - 05/2006

    Serviços técnicos especializados , Oxilab Patologia Clínica Biomolecular S/C Ltda - OXILAB, .,Serviço realizado, DESENVOLVIMENTO DE MÉTODOS LABORATORIAS EM MEDICINA BIOLECULAR.