Carla Vitola Gonçalves

Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Pelotas (1997), Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia na Universidade Federal de Pelotas (1998-1999), Mestrado e Doutorado em Ciências Médicas, Área de Concentração Tocoginecologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo (2002 e 2008). Atualmente é professora associada e médica ginecologista e obstetra da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Obstetrícia, atuando principalmente nos seguintes temas: Obstetrícia, DSTs e transmissão vertical.

Informações coletadas do Lattes em 05/02/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Medicina (Obstetrícia e Ginecologia)

2007 - 2008

Universidade de São Paulo
Título: Perdas de opurtunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal em município do Rio Grande do Sul, Brasil
Geraldo Duarte. Palavras-chave: assistência pré-natal; prevenção do câncer do colo uterino; exame colpocitológico; avaliação da qualidade dos cuidados de saúde; desigualdade em saúde.Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.

Mestrado em Medicina (Obstetrícia e Ginecologia)

2000 - 2002

Universidade de São Paulo
Título: Ginecologia e Obstetrícia,Ano de Obtenção: 2002
Geraldo Duarte.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Parvovirus B19; obstetrícia; Transmissão vertical; Medicina Fetal; infecções.Grande área: Ciências da SaúdeSetores de atividade: Cuidado À Saúde das Pessoas.

Especialização - Residência médica

1997 - 1999

Universidade Federal de Pelotas
Residência médica em: Ginecologia e ObstetriciaNúmero do registro: 2452. Bolsista do(a): . Grande área: Ciências da Saúde

Graduação em Medicina

1992 - 1997

Universidade Federal de Pelotas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2006 - 2006

XII Congresso sul-Brasileiro de Ginecologia e Obst. , Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP, FEBRASGO, Brasil.

2006 - 2006

XII Congresso sul-Brasileiro de Ginecologia e Obst. , Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP, FEBRASGO, Brasil.

2006 - 2006

Simpósio Gaúcho de DST. (Carga horária: 8h). , Sociedade Brasileira de DST, SBDST, Brasil.

2005 - 2005

Climatério. (Carga horária: 6h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2005 - 2005

SOGIRGS REGIÃO SUL. (Carga horária: 8h). , Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Rio Grande do Sul, SOGIRGS, Brasil.

2005 - 2005

Patologia do trato genital e colposcopia EUROGIN. (Carga horária: 14h). , European Research On Genital Infection And Neoplasia, EUROGIN-BRASIL, Brasil.

2004 - 2004

XII Congresso sul-Brasileiro de Ginecologia e Obst. (Carga horária: 120h). , Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia - SP, FEBRASGO, Brasil.

2004 - 2004

curso de manejo e promoção do aleitamento materno. (Carga horária: 18h). , Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.

2003 - 2003

Atualização Colposcopia e Cirurgia Alta Frequência. (Carga horária: 28h). , European Research On Genital Infection And Neoplasia, EUROGIN-BRASIL, Brasil.

2001 - 2001

Curso Teórico Prático Cirurgia de Alta Frequência. , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2001 - 2001

Curso Prático de Colposcopia. (Carga horária: 15h). , Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.

2000 - 2000

Estágio Ambulatório Moléstias Infecto Contagiosas. (Carga horária: 240h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

2000 - 2000

Estágio no Serviço de Laser Terapia. (Carga horária: 36h). , Universidade de São Paulo, USP, Brasil.

1998 - 1998

Extensão universitária em Curso de Inglês Interaction I. (Carga horária: 40h). , Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.

1998 - 1998

Extensão universitária em Curso de Inglês Interaction II. (Carga horária: 40h). , Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.

1996 - 1996

Internato Em Ginecologia e Obstetrícia. (Carga horária: 780h). , Hospital Santa Casa de Misericórdia de Pelotas, HSCMP, Brasil.

1996 - 1996

Ambulatório Gineco Obstetrícia Extracurricular. (Carga horária: 57h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

1995 - 1996

Internato Em Cardiologia. (Carga horária: 1152h). , Hospital Sociedade Portuguesa de Beneficência de Pelotas, HSPBP, Brasil.

1993 - 1995

Monitoração e Pesquisa Em Malformações Congênitas. (Carga horária: 1248h). , Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Ginecologia e Obstetrícia.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Doenças Infecciosas e Parasitárias.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Medicina Preventiva.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

GONÇALVES, C. V. . 21ª SEMANA ABERTA DA FURG. 2016. (Outro).

GONÇALVES, Carla Vitola ; kerber, Nalú PC ; SUSIN, L. R. O. ; COSTA, M. M. G. . II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE HUMANIZAÇÃO DA ATENÇÃO OBSTÉTRICA E NEONATAL. 2014. (Congresso).

GONÇALVES, Carla Vitola . 2ª Jornada de Obstetrícia da Maternidade da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas. 1996. (Outro).

GONÇALVES, Carla Vitola . 1ª Jornada de Serviço de Cardiologia da Sociedade Portuguesa de Beneficência de Pelotas. 1995. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

ECOS da 9th International Research Conference - Normal é Natural, da pesquisa a ação. 2014. (Congresso).

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE HUMANIZAÇÃO DA ATENÇÃO OBSTÉTRICA E NEONATAL.avaliador oral. 2014. (Simpósio).

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE HUMANIZAÇÃO DA ATENÇÃO OBSTÉTRICA E NEONATAL. 2014. (Simpósio).

II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE HUMANIZAÇÃO DA ATENÇÃO OBSTÉTRICA E NEONATAL.Feminização do HIV e seus direitos reprodutivos. 2014. (Simpósio).

I Simpósio Riograndino de Dermatologia.MESA REDONDA: HPV, UMA ABORDAGEM MULTIPROFISSIONAL. 2014. (Simpósio).

VIII Encontro Nacional de Pós-Graduação na Área de Ciências da Saúde. 2014. (Encontro).

5 Seminário de prevenção e taratmento as DST/HIV/AIDS/tuberculose e hepatite.Prevenção da Transmissão vertical das DSts no pré-natal. 2012. (Seminário).

5 Seminário de prevenção e tratamento as DST/HIV/Tuberculose e hepatites.Prevenção da transmissão vertical do HIV. 2012. (Seminário).

IX Simpósio Brasileiro de Pesquisa em HIV/AIDS.Prevalence of HPV genotypes 16 and 18 in HIV positive and negative patients treated at the gynecological ambulatory from university hospital. 2011. (Simpósio).

Mostra de Produção Universitária.Prevalencia da hepatite C, taxa de transmissão vertical e fatores associados entre as gestantes de Rio Grande. 2011. (Outra).

XXI Semana Acadêmica de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas.Partograma e MAP. 2011. (Oficina).

XXI Semana Acadêmica de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas.Humanização do Nascimento. 2011. (Encontro).

Curso de Capacitação: ''Atendiemto a Gestante e Humanização do Parto''. 2010. (Outra).

Curso de Capacitação: ''Atendiemto a Gestante e Humanização do Parto''.Hepatite B, C e Toxoplasmose na Gestação. 2010. (Outra).

Curso de Capacitação: ''Atendiemto a Gestante e Humanização do Parto''.Sífilis, infecção por HIV e outras DSTs na Gestação. 2010. (Outra).

Curso de Capacitação: ''Atendiemto a Gestante e Humanização do Parto''.Partograma e tecnicas, intercorrências no período pré, trans e pós parto. 2010. (Outra).

I Simpósio Internacional de Humanização da atenção obstétrica e Neonatal.Perfil sorológico das gestantes atendidas no pré-natal de um hospital universitário no sul do Brasil. 2010. (Simpósio).

I Simpósio Internacional de Humanização de Atenção Obstétrica e Neonatal.Humanização do Nascimento: uma visão médica. 2010. (Simpósio).

IX Mostra de Produção Universitária.Prevalência da Hepatite C, taxas de transmissão vertical e fatores associados entre as gestantes atendidas no pré-natal do Município do Rio Grande-RS, Brasil.. 2010. (Encontro).

IX Mostra de Produção Universitária.Conhecimento prévio sobre as DST das pacientes atendidas no Hospital Universitário ? HU/FURG da cidade do Rio Grande. 2010. (Encontro).

IX Mostra de Produção Universitária.Perfil sorológico das gestantes atendidas no pré-natal de um Hospital Universitário no Sul do Brasil. 2010. (Encontro).

Simpósio Internacional de Humanização de Atenção Obstétrica e Neonatal.Partograma e MAP. 2010. (Simpósio).

Programa de residência médica em Ginecologia e Obstetrícia.HIV e gestação. 2009. (Encontro).

: III Congresso Brasileiro de AIDS e VII Congesso da SBDST, 2008, Goiania. Sessão interativa 4: casos clínicos sobre HIV/Aids. 2008. (Congresso).

: III Congresso Brasileiro de AIDS e VII Congesso da SBDST, 2008, Goiania. 2008. (Congresso).

: III Congresso Brasileiro de AIDS e VII Congesso da SBDST, 2008, Goiania. Sessão de Temas Livres 5. 2008. (Congresso).

: III Congresso Brasileiro de AIDS e VII Congesso da SBDST, 2008, Goiania. Mesa redonda 12: Manifestações extragenitais da DST. 2008. (Congresso).

: III Congresso Brasileiro de AIDS e VII Congesso da SBDST, 2008, Goiania. Simpósio internacional sobre sífilis congênita. 2008. (Congresso).

Apresentação de tese de doutorado.Perdas da oportunidade da prevenção do Câncer do colo uterino no Pré-natal em Rio Grande. 2008. (Encontro).

do VII Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de DST e III Congresso Brasileiro de AIDS 2008. Estratégias para reduzir a transmissão vertical das DST/HIV, com otema: Hepatite C na gravidez. 2008. (Congresso).

Programa de Residência em Medicina Preventiva e Social.Câncer de Colo Uterino. 2008. (Encontro).

Atualização em Ginecologia e Obstetrícia.Toxoplasmose e Gestação. 2007. (Encontro).

1º Simpósio Gaúcho de DST.I Simpósio Gaucho de DST. 2006. (Simpósio).

Curso pré-congressoII: Colposcopia e atualização na patologia do trato genital inferior. 2006. (Congresso).

XIII Congresso Sul-Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 2006. (Congresso).

. EUROGIN Brasil. 2005. (Congresso).

.SOGIRGS Região Sul. 2005. (Simpósio).

.Curso de Manejo e Promoção do Aleitamento Materno. 2005. (Encontro).

Gestante de risco.IV Semana de Enfermagem do CTI. 2005. (Simpósio).

Transmissão Vertical do Vírus HIV na Cidade de Rio Grande.IV Seminário de Controle e Prevenção as DSTs/Aids. 2005. (Simpósio).

Violência Sexual.II Jornada Riograndina de Urgências e Emergências Médicas. 2005. (Simpósio).

. XXII Congresso Sul-Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia. 2004. (Congresso).

Urgências em Obstetrícia- Hemorragias na gestação.II Jornada Riograndina de Urgências e Emergências Médicas. 2004. (Simpósio).

Curso SOGIRGS Região Sul.Curso SOGIRGS Região Sul. 2003. (Outra).

.XXVII Curso teórico prático colposcopia e citopatologia do trato genital inferior. 2001. (Outra).

Jornada DSTs para o próximo milênio.Jornada DSTs para o próximo milênio. 2000. (Outra).

VI Congresso Paulista de Obstetrícia e Ginecologia da SOGESP. VI Congresso Paulista de Obstetrícia e Ginecologia da SOGESP. 2000. (Congresso).

Curso sobre AIDS em Ginecologia e Obstetrícia.Curso sobre AIDS em Ginecologia e Obstetrícia. 1999. (Outra).

VII Jornada Mercosul/Livramento.VII Jornada Mercosul/Livramento. 1999. (Outra).

XV Congresso AMRIGS e IV Congresso Médico. XV Congresso AMRIGS e IV Congresso Médico. 1998. (Congresso).

XVIII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana. XVIII Congresso Brasileiro de Reprodução Humana. 1998. (Congresso).

XIV Congresso Médico - AMRIGS. XIV Congresso AMRIGS. 1997. (Congresso).

II Jornada de Obstetrícia da Maternidade da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas.II Jornada de Obstetrícia da Maternidade da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas. 1996. (Outra).

XIII Congresso da Associação Médica do Rio Grande do sul. XIII Congresso da Associação Médica do Rio Grande do Sul. 1996. (Congresso).

XII Jornada SOGIRGS - Atualização em Ginecologia e Obstetrícia.XX Jornada da Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia do Rio Grande do Sul, SOGIRGS - Atualização em Ginecologia e Obstetrícia. 1996. (Outra).

XXVI ECEM - Encontro Científico dos Estudantes de Medicina.XXVI ECEM - Encontro Científico dos Estudantes de Medicina. 1996. (Encontro).

IV Semana Acadêmica de Medicina.IV Semana Acadêmica de Medicina. 1992. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Patricia Martinez Echevengua

GONÇALVES, C.V.MENDOZA-SASSI, R.; FIGUEIREDO, V.. . Análise psicométrica do questionário sobre infecções sexualmente transmissíveis/HIV/AIDS na população privada de liberdade no extremo Sul do Brasil. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Caroline Ribeiro Costa

GONÇALVES, C.V.; NEIVA, L.; JANSE, K.. Prevalência e fatores associados a depressão e ansiedade em pessoas privadas de liberdade na região Sul do Brasil. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Milena de Oliveira Simões

GONCALVES, CARLA V.. Avaliação do aconselhamento nutricional em um município do sul do Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Cristiane de Souza Gonçalves

GONCALVES, CARLA V.. Avaliação do puerpério em município do extremo sul do Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Vanusa Belarmino

GONCALVES, CARLA V.. Análise espacial do paradoxo do baixo peso no Brasil em 2014. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Laisa Rodrigues Moreira

GONÇALVES, C. V.; PALUDO, S. S.; SANTOS, E. C.. PRÁTICAS SEXUAIS E USO DE PRESERVATIVOS ENTRE UNIVERSITÁRIOS. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Lucas Moreira dos Santos

GONCALVES, CARLA V.. Fatores associados a infecção de GB vírus C em parturientes HIV positivas e seus neonatos atendidos em um Hospital Universitário no sul do Brasil?. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Jaqueline do Espírito Santo Costa

GONCALVES, CARLA V.. SÍFILIS CONGÊNITA: UM DESAFIO PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE MATERNO-INFANTIL. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Tchana Martinez Brandolt

Conçalves, Carla Vitola; Xavier, Melissa O; CLEFF, M. B.. Prevalência de Candida spp em amostras cérvico-vaginais de mulheres com e sem vulvovaginites e suscetibilidade in vitro dos isolados. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Emiliana Claro Avila

Conçalves, Carla VitolaMartinez, Ana Maria; FISCHER, G.. Vírus da Herpes Simples Tipo 1: Um estudo da Incidência no sangue do cordão umbilical e prevalência placentária. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Carolina Lopes França

Conçalves, Carla Vitola; OLIVEIRA, A. M. N.; CASTANHEIRA, J. S.; PALUDO, S. S.. Experiência da paternidade em um contexto de depressão pós-parto à luz da Teoria Bioecológica do desenvolvimento humano. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Rodrigo Jacbi Terlan

Cesra, JAGONÇALVES, C. V.; HORTA, B. L.. PREVALÊNCIA DE NÃO REALIZAÇÃO DE CITOPATOLÓGICO DE COLO DE ÚTERO EM GESTANTES DE RIO GRANDE-RS. 2015. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Luana Patrícia Marmitt

Conçalves, Carla VitolaCesra, JA; ORLANDI, S. P.. Ganho de peso adequado na gestação e fatores associados: um estudo de base populacional. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Luisa Dias da Mota

GONÇALVES, Carla VitolaMartinez, Ana Maria; LEVI, J. E.. Prevalência da Hepatite G em pacientes com diferentes subtipos do HIV-1 no Sul do Brasil. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Daiana Enisa Martins

GONÇALVES, Carla VitolaMENDOZA-SASSI, R.; SILVEIRA, M. F.. Frequência da realização do anti-HIV na gestação: um estudo de base populacional. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Vanessa Andréia Wachholz

GONÇALVES, Carla Vitolakerber, Nalú PC; AZAMBUJA, E. P.; LIPINSKI, J. M.. Relação entre parto prematuro e pré-natal de qualidade. 2014. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Lisiane Ortiz Teixeira

Martinez, Ana Maria; MOREIRA, M. A. M.;GONÇALVES, Carla Vitola. Prevalência do HPV na placenta e no colostro de parturientes e incidência no sangue do cordão umbelical de neonatos atendidos em um Hospital Universitário no Sul do Brasil.. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Flávia Seles Oliveira

kerber, Nalú PCGONÇALVES, Carla Vitola; Francioni, FF; NAGAHAMA, E. E. I.. Assistencia pre-natal realizada por enfermeiros na rede publica de saude do Rio Grande, Rio Grande do Sul: Um estudo avaliativo. 2012. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Gisele Rodrigues de Oliveira

Martinez, Ana MariaGONÇALVES, Carla Vitola; PASQUALOTTO, A. C.. Prevalência e fatores de risco do HPV em pacientes atendidas em Unidades Básicas de Saúde e no Hospital Universitário no extremo sul do Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Carla Cornetet

SUSIN, L. R. O.; MOTA, D. M.;GONÇALVES, Carla Vitola. Fatores Associados a prematuridade tardia. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Fabiana Finger Jardim

Martinez, Ana Maria; GERMANO, F. N.;GONÇALVES, Carla Vitola. Herpes Virus: Prevalência em placenta e incidência em sangue do cordão umbelical de parturientes e seus neonatos. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Valdimara Corrêa Vieira

Martinez, Ana Maria; Elizabeth Machado;GONÇALVES, Carla Vitola. Associação de polimorfismo genéticos do hospedeiro e da hipermutação mediada pelas enzimas APOBEC3G/F com o curso da infecção HIV-1 em pacientes soropositivos atendidos no HU-FURG. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Milene Pinto Costa

SUSIN, L. R. O.; ALBERNAZ, E. P.;MENDOZA-SASSI, R.GONÇALVES, Carla Vitola. Avaliação de Qualidade em Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal no Sul do Brasil. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Clecí de Fátima Enderle

SUSIN, L. R. O.; Serruya Suzanne J;GONÇALVES, Carla Vitola; Zhang, Linghie. Atenção ao parto de adolescentes: um estudo sob a ótica dos sujeitos. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Naylê Maria Oliveira da Silva

Martinez, Ana Maria; Fischer, Geferson;GONÇALVES, Carla Vitola; Xavier, Melissa O. Alta prevalência do Genótipo 2b do HCV em pacientes de dois centros de hemodialise da cidade do Rio Grande, RS, Brasil. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Naylê Maria Oliveira da Silva

Martinez, Ana MariaGONÇALVES, Carla Vitola; Scaini CJ. Prevalência de infecação pelo vírus HCV e distribuição do genótipo em pacientes de centros de hemodiálise na cidade de Rio Grande. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Hsu Yuan Ting

GONÇALVES, C. V.; SILVEIRA, M. F.;Cesra, JA; Isabel Cristina Oliveira Netto. Incontinência urinária na gestação: um estudo da base populacional no extremo sul do Brasil?. 2018. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Fabiana Finger Jardim

GONÇALVES, C.V.. Epidemiologia molecular do herpes vírus humano em tecido placentário e perfil sorológico em parturientes assintomáticas e neonatos atendidos em um hospital universitário no extremo sul do Brasil. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Rubens Cáurio Lobato

GONÇALVES, C.V.; DA HORA, VANUSA P; GATTI, F.; SILVEIRA, M. F.. ?Mulheres gestantes que vivem com o HIV no extremo sul do Brasil: Uma interface entre a epidemiologia e a análise dos discursos a partir de um estudo quanti-qualitativo. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Juliana Mano Hartmann

GONÇALVES, C.V.. ?Rastreamento de depressão no pós-parto imediato em puérperas residentes em município no Sul do Brasil: prevalência e fatores associados. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Gisele Rodrigues de Oliveira

Martinez, Ana Maria; Hora, Vanusa;GONÇALVES, C. V.; SILVEIRA, M. F.. DISTRIBUIÇÃO E VARIABILIDADE GÊNICA DE HPV DE ALTO E BAIXO RISCO ONCOGÊNICO EM MULHERES COM E SEM LESÕES INTRAEPITELIAIS CERVICAIS E O CARCINOMA ?in situ? NO SUL DO BRASIL. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Gisele Rodrigues de Oliveira

GONCALVES, CARLA V.. ?Distribuição e variabilidade gênica de HPV de alto e baixo risco oncogênico em mulheres com e sem lesões intraepiteliais cervicais e o carcinoma ?in situ? no sul do Brasil?. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Mariza Zanchi

GONCALVES, CARLA V.. "Maternidade na adolescência e juventude no extremo sul do Brasil?. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Claudio Moss da Silva

GONCALVES, CARLA V.. Hepatite E e o uso de álcool em paciente HIV+ no sul do Brasil. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Fabiane Aguiar dos Anjos Gatti

GONÇALVES, C. V.; Scaini CJ; Hora, Vanusa; FARIAS, N. A.. Comparação de métodos de diagnóstico de Trichomonas Vaginalis, fatores de risco e prevalência em mulheres atendidas no hospital universitário do município do Rio Grande, RS, Brasil. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Fabiane Aguiar dos Anjos Gatti

GONÇALVES, C. V.; Scaini CJ; Hora, Vanusa; FARIAS, N. A.. Comparação de métodos de diagnóstico de Trichomonas Vaginalis, fatores de risco e prevalência em mulheres atendidas no hospital universitário do município do Rio Grande, RS, Brasil. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Arnildo Agostinho Hackenhaar

ALBERNAZ, E. P.; Silva, CML; Silva, RA;Conçalves, Carla Vitola. Infecção do trato urinário em gestantes e fatores associados. 2013. Tese (Doutorado em SAÚDE E COMPORTAMENTO) - Universidade Católica de Pelotas.

Aluno: Beatris Maria Vidales Braz

Martinez, Ana Maria; Hora, Vanusa;GONÇALVES, C. V.; SOARES, A.. VÍRUS DA HEPATITE C EM PACIENTES COM DOENÇA RENAL CRÔNICA TERMINAL EM TRATAMENTO COM HEMODIÁLISE NO SUL DO BRASIL: DINÂMICA DA CARGA VIRAL E ESTRESSE OXIDATIVO RELACIONADOS COM OS DIFERENTES TIPOS DE DIALISADORES. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Lurdeti Bastos da Silva

Xavier, Melissa O; Silveira J;GONÇALVES, C. V.; SEVERO, C. B.. CRIPTOCOCOSE EM PACIENTES HIV/AIDS ATENDIDOS NO HOSPITAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE E SUSCETIBILIDADE IN VITRO DOS ISOLADOS CLÍNICOS. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Claudio Moss

Conçalves, Carla VitolaMartinez, Ana Maria; Silveira J. COINFECÇÃO HIV/E HEPATITE E: PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Mariza Zanchi

Conçalves, Carla Vitola; SUSIN, L. R. O.;kerber, Nalú PC; PINHEIRO, R. T.. MATERNIDADE PRECOCE NO EXTREMO SUL DO BRASIL: PERSPECTIVAS E VULNERABILIDADE PSICOSSOCIAL. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Gisele Rodrigues de Oliveira

GONÇALVES, Carla VitolaMartinez, Ana Maria; Hora, Vanusa; MOREIRA, M. A. M.. Variabilidade gênica e fatores de risco associados às lesões intracelulares cervicais e ao câncer cervical em mulheres portadoras dos genótipos 16 e 58 do HPV. 2014.

Aluno: Jaqueline do Espírito Santo Costa

GONÇALVES, C. V.; SUSIN, L. R. O.; ALBERNAZ, E. P.. Sífilis Congênita. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Vanessa Andréia Wachholz

GONÇALVES, Carla Vitolakerber, Nalú PC; AZAMBUJA, E. P.; LIPINSKI, J. M.. Relação entre parto prematuro e pré-natal de qualidade. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Adriano Trassantes de Oliveira

GONÇALVES, Carla Vitola; Dumith, S.C.; GIGANTE, D. P.. INSATISFAÇÃO COM A IMAGEM CORPORAL EM UNIVERSITÁRIOS DO SUL DO BRASIL. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Saúde Pública) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Rodrigo Jacobi Terlan

GONÇALVES, Carla VitolaCesra, JA; HORTA, B. L.. Prevalência de não realização de citopatológico de colo útero em gestante de Rio Grande. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Saúde Pública) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Lucas Moreira dos Santos

GONÇALVES, Carla Vitola; Hora, Vanusa; LOBATO, R. C.. Transmissão Vertical de Hepatites Virais. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Agentes Infecto-parasitários de) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Lisiane Martins Volcão

Conçalves, Carla Vitola; RAMOS, D. F.; RAMIS, I. B.; GROLL, A. V.. Resistência d a Fluoroquinolonas em Bacilos Gram-negativos de pacientes com infecção urinária. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Agentes Infecto-parasitários de) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Tchana Martinez Brandolt

GONÇALVES, Carla Vitola; MATTEI, A. S.; KLAFKE, G. B.. Falha terapêutica e resist^ncia in vitro de isolados de Candida spp. provenientes de amostras cérvico-vaginais. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Agentes Infecto-parasitários de) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Gabriel Godinho Pinto

GONÇALVES, Carla VitolaMartinez, Ana Maria; Vieira, Valdimara C. Patogênese do HPV e os mecanismos virais e do hospedeiro envolvidos. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Agentes Infecto-parasitários de) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Ludmila Gonçalves Entiauspe

Entiauspe, LGMartinez, Ana MariaGONÇALVES, Carla Vitola. Papilomavírus humano: uma abordagem atual. 2006. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-graduação Lato sensu em biologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Vanusa Pousada da Hora

Hora, Vanusa;Martinez, Ana MariaGONÇALVES, Carla Vitola. Transmissão materno-infantil do vírus da imunodeficiência humana. 2004. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-graduação Lato sensu em biologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Vanessa Andréia Wacholz

kerber, Nalú PCGONÇALVES, Carla Vitola; Francioni, FF. Elementos dificultadores da qualidade do pré-natal na visão dos trabalhadores.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Alzira Xavier Garcês

Martinez, Ana Maria; Vieira, Valdimara C;GONÇALVES, Carla Vitola. Chlamydia Trachomatis: prevalência do HPV, seus diferentes genótipos e fatores sócios demográficos em pacientes atendidas nos ambulatórios de ginecologia e obstetrícia do Hospital Universitário (HU-FURG) de Rio Grande. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

Aluno: Lisiane Ortiz Teixeira

Martinez, Ana MariaGONÇALVES, Carla Vitola; Vieira, Valdimara C. Prevalência do HPV, seus diferentes genótipos e fatores sócios demográficos em pacientes atendidas nos ambulatórios de ginecologia e obstetrícia do Hospital Universitário (HU-FURG) de Rio Grande. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande.

GONÇALVES, Carla Vitola; Lima, Ari Gonçalves; Hackenhaar, AA. Residencia médica em ginecologia e obstetricia. 2012. Universidade Federal do Rio Grande.

GONÇALVES, Carla Vitola; Lima, Ari Gonçalves; CARLOTTO, K.. Professor Assistente de Ginecologia e Obstetricia. 2011. Universidade Federal do Rio Grande.

GONÇALVES, Carla Vitola; Lima, Ari Gonçalves; CARLOTTO, K.. Médico Plantonista Técnico Administrativo do Hospital Universitário. 2009. Universidade Federal do Rio Grande.

Hackenhaar, AA;GONÇALVES, Carla Vitola; Vieira da Fonseca, TMM. Residência médica em Ginecologia e Obstetrícia. 2007. Universidade Federal do Rio Grande.

Zhang, Linghie; Prietsch, Silvio;GONÇALVES, Carla Vitola. Doenças Infecto Parasitárias. 2006. Universidade Federal do Rio Grande.

Gonçalves, Paulo;GONÇALVES, Carla Vitola; Lima, Ari Gonçalves. Seleção de Residência em Ginecologia e Obstetrícia. 2005. Universidade Federal do Rio Grande.

Zhang, Linghie;GONÇALVES, Carla Vitola; Prietsch, Silvio. Doenças Infecto Parasitárias. 2005. Universidade Federal do Rio Grande.

GONÇALVES, Carla VitolaMENDOZA-SASSI, R.; Scaini CJ. Banca para avaliar a progressão funiconal de professor adjunto IV para professor associado. 2009. Universidade Federal do Rio Grande.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Eddie Fernando Cândido Murta

DUARTE, GERALDO; QUINTANA, S. M.; Costa, J.S.D.; Zeferino, L.C.;Murta EFC. PERDAS DE OPORTUNIDADES NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE COLO UTERINO DURANTE O PRÉ-NATAL EM MUNICÍPIOS DO RIO GRANDE DO SUL, BRASIL.. 2008. Tese (Doutorado em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Usp.

Benedito Antonio Lopes da Fonseca

GONÇALVES, C. V.;FONSECA, B. A. L.DUARTE, G.; COVAS, D. T.. Infecção por Parvovírus B19 entre gestantes em Ribeirão Preto - São Paulo, Brasil. 2002. Dissertação (Mestrado em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Usp.

Luiz Tadeu Moraes Figueiredo

Figueiredo LTM. Infecção por Parvovirus B19 em gestantes em Ribeirão Preto - São Paulo. 2002. Dissertação (Mestrado em Clínica Médica) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP.

Francisco José Cândido dos Reis

DUARTE, G.; QUINTANA, S.M.; COSTA, J. S. D.; ZEFERINO, L. C.; MURTA, E. F. C.;REIS, F. J. C.; SILVEIRA, M. F.; MARTINS, M. G.. Perdas de oportunidade na prevenção do câncer de colo uterino durante pré-natal em município do Rio Grande do Sul, Brasil. 2008. Tese (Doutorado em Ginecologia e Obstetrícia - Ribeirão Preto) - Universidade de São Paulo.

Juvenal Soares Dias da Costa

GONÇALVES, C. V.DIAS DA COSTA, J. S.. Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal em município do Rio Grande do Sul, Brasil. 2008. Tese (Doutorado em Medicina) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Silvana Maria Quintana

QUINTANA, Silvana Maria. Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal em município do Rio Grande do Sul, Brasil. 2008. Tese (Doutorado em Medicina (Obstetrícia e Ginecologia)) - Universidade de São Paulo.

Silvana Maria Quintana

QUINTANA, Silvana MariaDUARTE, GeraldoANDRADE, Jurandyr Moreira de. Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal em Rio Grande-RS, Brasil.. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Pós Graduação - Ginecologia e Obstetrícia) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Usp.

Geraldo Duarte

GONÇALVES, Carla VitolaDUARTE, G.COVAS, Dimas TadeuFONSECA, B. A. L.. Infecção por parvovírus B19 entre gestantes em Ribeirão Preto-São Paulo, Brasil'.. 2002. Dissertação (Mestrado em Ginecologia e Obstetrícia) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Geraldo Duarte

GONÇALVES, Carla VitolaDUARTE, G.. Infecção pelo vírus da hepatite B e gestação no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.. 2001 - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Geraldo Duarte

DUARTE, G.QUINTANA, S. M.; MURTA, E. F.; ZEFERINO, L. C.; COSTA, J. D. S.. Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal em município do Rio Grande do Sul, Brasil.. 2008. Tese (Doutorado em Ginecologia e Obstetrícia) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo.

Jurandyr Moreira de Andrade

Gonçalves CV;Andrade JMDUARTE, G.. Perdas de oportunidade na prevenção do cancer de colo uterino durante o pré-natal em RioGrande - RS, Brasil. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Ginecologia e Obstetrícia) - Universidade de São Paulo.

MARIA CÉLIA MENDES

MENDES, M. C.. Infecção pelo vírus da hepatite B e gestação no Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - São Paulo. 2001. Outra participação, Universidade de São Paulo Ribeirão Preto.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Sabrina Leite

SÍFILIS NA GESTAÇÃO E SÍFILIS CONGÊNITA NO MUNICÍPIO DE RIO GRANDE, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL; Início: 2019; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande; (Orientador);

Patricia Martinez Echevengua

POPULAÇÃO PRIVADA DE LIBERDADE: VALIDAÇÃO DE QUESTIONÁRIO E AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO SOBRE INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS/HIV/AIDS NO EXTREMO SUL DO BRASIL; Início: 2018; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande; (Orientador);

Vanusa Belarmino

ENDÊNCIA TEMPORAL E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DO PESO AO NASCER NO BRASIL NO PERÍODO DE 2006 A 2016; Início: 2018; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Juceli sparvoli

Estudo comparativo do metabolismo glicídico em pacientes com infecção crônica pelo vírus C; Início: 2018; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande; (Orientador);

Milena de Oliveira Simões

CONSUMO ALIMENTAR DE GESTANTES ADOLESCENTES E RETENÇÃO DE PESO PÓS-PARTO: UM ESTUDO DE COORTE; Início: 2017; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande; (Orientador);

Eduardo Gauze Alexandrino

SÍFILIS NA GESTAÇÃO E SÍFILIS CONGÊNITA NO MUNICÍPIO DE RIO GRANDE, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande; (Orientador);

Nara Rodrigues Fernandes

Estudo comparativo do metabolismo glicídico em pacientes com infecção crônica pelo vírus C; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Gabriella Rama Molardi

SÍFILIS NA GESTAÇÃO E SÍFILIS CONGÊNITA NO MUNICÍPIO DE RIO GRANDE, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL; Início: 2019; Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande; (Orientador);

Nara Rodrigues Fernandes

Avaliando a prevalência da consulta puerperal e os fatores associados a sua não realização; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Andréa Delfino Torres

TAXA DE SUCESSO COM O NOVO PROTOCOLO BRASILEIRO PARA PORTADORES DE HEPATITE C CRÔNICA EM SERVIÇO DE REFERÊNCIA; 2019; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Patricia Martinez Echevengua

POPULAÇÃO PRIVADA DE LIBERDADE: VALIDAÇÃO DE QUESTIONÁRIO E AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO SOBRE INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS/HIV/AIDS NO EXTREMO SUL DO BRASIL; ; 2018; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Carolina Ribeiro Costa

Prevalência e fatores associados à transtornos mentais na população carcerária no extremo sul do Brasil; ; 2018; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Franciele Pereira Gonçalves

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DA INADEQUAÇÃO DO GANHO DE PESO NA GESTAÇÃO SOBRE O DESFECHO GESTACIONAL E NEONATAL; 2017; Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Cristiane Souza Gonçalves

Avaliando a prevalência da consulta puerperal e os fatores associados a sua não realização; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Milena de Oliveira Simões

AVALIAÇÃO DO ACONSELHAMENTO NUTRICIONAL EM SERVIÇÕS DE SAÚDE DA CIDADE DE RIO GRANDE/RS; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Vanusa Belarmino

TENDÊNCIA TEMPORAL E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DO PESO AO NASCER NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL NO PERÍODO DE 2001 A 2012; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Adriano Trassantes Oliveira

INSATISFAÇÃO COM A IMAGEM CORPORAL EM UNIVERSITÁRIOS DO SUL DO BRASIL; 2016; Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Saúde Pública) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Luana Patrícia Marmitt

Avaliação dos fatores socio-economicos e antopométricos no desfecho gestacional; ; 2015; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Daiana Martins

Cobertura do anti-HIV no pré-natal e fatores associados a não realização deste exame; ; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Thais Duquia Moraes

Avaliação da prevalência do Herpes Vírus e coinfecção do HPV e citopatológico alterado em pacientes atendidas no Hospital Universitário Dr; Miguel Riet Corrêa Jr; ; 2012; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Mariza Zanchi

QUALIDADE DO PROCESSO DA ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL: CONCORDÂNCIA ENTRE INFORMAÇÕES DO CARTÃO DA GESTANTE E DO RECORDATÓRIO MATERNO; 2012; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Michele Tornatore

Prevalência do DNA do papilomavirus humano em mulheres na cidade do Rio Grande; 2007; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Coorientador: Carla Vitola Gonçalves;

Ludmila Gonçalves Entiauspe

Papilomavírushumano: uma abordagem atual; 2007; Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Coorientador: Carla Vitola Gonçalves;

Rubens Cáurio Lobato

MULHERES GESTANTES QUE VIVEM COM O HIV NO EXTREMO SUL DO BRASIL UMA INTERFACE ENTRE A EPIDEMIOLOGIA E OS ASPECTOS EMOCIONAIS A PARTIR DE UM ESTUDO DE MÉTODOS MISTOS; 2017; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Mariza Zanchi

COORTE DE ADOLESCENTES QUE TIVERAM PARTO NO EXTREMO SUL DO BRASIL: perspectivas, marginalidade econômica e vulnerabilidade social; ; 2016; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande,; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Kelly Ortiz Scheer

Infecção Gonocócica em mulheres; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização em Agentes Infecto-parasitários de) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Ludmila Gonçalves Entiauspe

Papilomavírus humano: uma abordagem atual; 2006; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-graduação Lato sensu em biologia) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Marylin Rita da Silva

MATERNIDADE PRECOCE NO EXTREMO SUL DO BRASIL: PERSPECTIVAS E VULNERABILIDADE PSICOSSOCIAL; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Natalia do Carmo Zanella

ESTUDO DA SÍFILIS GESTACIONAL EM PARTURIENTES INTERNADAS NOS CENTROS OBSTÉTRICOS NA CIDADE DO RIO GRANDE - RS; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Carolinne Borges Alves

Ambulatório de Gestante Adolescente; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Ana Paula Backes

Ambulatório de Gestante adolescente; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Sheylla Gorges de Almeida

GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NO EXTREMO SUL DO BRASIL: PERSPECTIVAS E VULNERABILIDADE PSCICOSOCIAL; ; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Ana Paula Backes

GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NO EXTREMO SUL DO BRASIL: PERSPECTIVAS E VULNERABILIDADE PSCICOSOCIAL; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Renata Julia Moura

Prevalência da Hepatite C, taxas de transmissão vertical e fatores associados entre as gestantes atendidas no pré-natal do Município do Rio Grande-RS, Brasil; ; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Carolinne Borges Alves

Uma auditoria para a avaliação da qualidade do pré-natal realizado em município do Sul do Brasil; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Ana Paula Backes

Uma auditoria para a avaliação da qualidade do pré-natal realizado em município do Sul do Brasil; ; 2011; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Vanessa Zepka Baumgarten

Prevalência de Hepatite C entre as gestantes atendidas no pré-natal do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio Grande-FURG, taxas de transmissão vertical e fatores associados; ; 2010; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Monia Bianchi

Prevalência da Hepatite C, taxas de transmissão vertical e fatores associados entre as gestantes atendidas no pré-natal do Município do Rio Grande-RS, Brasil; ; 2009; Iniciação Científica; (Graduando em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Jonas Peter

Ambulatório de Gestante adolescente; 2012; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Mônia Steigleder Bianchi

RESOLUÇÃO GESTACIONAL:COMPARAÇÃO ENTRE PARTURIENTES SOROPOSITIVAS PARA HIV E SORONEGATIVAS DE BAIXO RISCO ATENDIDAS PELO HU-FURG; 2007; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Geane Garlet

Dados obstétricos e perinatais das parturientes adolescentes atendidas no centro obstétrico da FURG; 2007; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Mônia Steigleder Bianchi

Perfil epidemiológico das parturientes portadoras do HIV-1 do HU-FURG, Rio Grande; ; 2006; Orientação de outra natureza; (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande; Orientador: Carla Vitola Gonçalves;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Juvenal Soares Dias da Costa

Infecção por parvovírus B19 entre gestantes em Ribeirão Preto - São Paulo, Brasil; 2002; 100 f; Dissertação (Mestrado em Ginecologia e Obstetrícia) - Universidade de São Paulo,; Coorientador: Juvenal Soares Dias da Costa;

Juvenal Soares Dias da Costa

Perdas de oportunidades na prevenção do cancêr de colo uterino durante o pré-natal em município do RS; 2008; Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto,; Orientador: Juvenal Soares Dias da Costa;

Geraldo Duarte

Infecção pelo vírus da hepatite B e gestação no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo; ; 2002; 73 f; Dissertação - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Geraldo Duarte;

Geraldo Duarte

Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal em município do Rio Grande do Sul; ; 2008; Tese (Doutorado em Ginecologia e Obstetrícia) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul; Orientador: Geraldo Duarte;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • GONÇALVES, CRISTIANE DE SOUZA ; CESAR, JURACI ALMEIDA ; MARMITT, LUANA PATRÍCIA ; GONÇALVES, Carla Vitola . Frequency and associated factors with failure to perform the puerperal consultation in a cohort study. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil , v. 19, p. 63-70, 2019.

  • MOTA, LUÍSA D. DA ; FINGER-JARDIM, FABIANA ; SILVA, CLÁUDIO M. ; GERMANO, FABIANA N. ; NADER, MAIBA M. ; GONÇALVES, CARLA V. ; LUQUEZ, KAREN Y. SÁNCHEZ ; CHIES, JOSÉ A. B. ; GROLL, ANDREA V. ; HORA, VANUSA P. DA ; SILVEIRA, JUSSARA ; BASSO, ROSSANA P. ; SOARES, MARCELO A. ; MARTÍNEZ, ANA M. B. . Molecular and Clinical Profiles of Human Pegivirus Type 1 Infection in Individuals Living with HIV-1 in the Extreme South of Brazil. Biomed Research International , v. 2019, p. 1-11, 2019.

  • TEIXEIRA, LISIANE ORTIZ ; FIGUEIREDO, VERA LUCIA MARQUES DE ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MENDOZA-SASSI, RAÚL ANDRÉS . Avaliação Psicométrica da versão brasileira do -Questionário sobre Conhecimento de Doenças Sexualmente Transmissíveis-. Ciência & Saúde Coletiva , v. 24, p. 3469-3482, 2019.

  • TORRES, ANDRÉA DELFINO ; SPARVOLI, JUCÉLI MARIA HENDGES ; SPARVOLI, ANTONIO CARDOSO ; GONÇALVES, Carla Vitola . SUSTAINED VIROLOGIC RESPONSE RATE IN CHRONIC HEPATITIS C PATIENTS THROUGH DIRECT-ACTING ANTIVIRALS THERAPY. ARQUIVOS DE GASTROENTEROLOGIA (ONLINE) , v. 56, p. 394-398, 2019.

  • SIMÕES, MILENA DE OLIVEIRA ; DUMITH, SAMUEL CARVALHO ; GONÇALVES, Carla Vitola . Recebimento de aconselhamento nutricional por adultos e idosos em um município do Sul do Brasil: estudo de base populacional. REVISTA BRASILEIRA DE EPIDEMIOLOGIA , v. 22, p. 1-13, 2019.

  • SILVA, M. S. M. ; SUSIN, L. R. O. ; SANTOS, G. K. P. ; COSTA, M. M. G. ; GONÇALVES, C. V. ; COSTA, M. P. . Importance of nutrition in the extension project ?health promotion of preagnant teenagers / mothers and their children in the first year of life?. Brazilian Journal of Health Review , v. 2, p. 1, 2019.

  • VOLCÃO, LISIANE M. ; LACAVA, JULIANO P. ; GEWEHR, MARTINA F. ; REAL, VALÉRIA L. ; RAMIS, IVY B. ; RAMOS, DANIELA F. ; GONÇALVES, CARLA V. ; POSSUELO, LIA G. ; MINARINI, LUCIENE A.R. ; DA SILVA, PEDRO E.A. ; VON GROLL, ANDREA . High frequency of the aac(6?)-Ib-cr gene associated with double mutations in gyrA and parC in Escherichia coli isolates from patients with urinary tract infections. Journal of Global Antimicrobial Resistance , v. 1, p. 1, 2018.

  • JARDIM, F. F. ; AVILA, E. C. ; DA HORA, VANUSA P ; Santos, Paula C ; GONÇALVES, C. V. ; MOR, G. ; DE MARTINEZ, ANA MARIA B. ; Soares M . Herpes simplex virus type 2 IgG antibodies in sera of umbilical cord as a proxy for placental infection in asymptomatic pregnant women.. AMERICAN JOURNAL OF REPRODUCTIVE IMMUNOLOGY (ONLINE) , v. 79, p. 1, 2018.

  • VIANNA, JÚLIA SILVEIRA ; RAMIS, IVY BASTOS ; RAMOS, DANIELA FERNANDES ; GASTAL, OTÁVIO LEITE ; SILVA, RENATO AZEVEDO DA ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SILVA, PEDRO EDUARDO ALMEIDA DA . The interplay between mutations in cagA, 23S rRNA, gyrA and drug resistance in Helicobacter pylori. REVISTA DO INSTITUTO DE MEDICINA TROPICAL DE SÃO PAULO , v. 60, p. 2-5, 2018.

  • TEIXEIRA, LISIANE ORTIZ ; BELARMINO, VANUSA ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MENDOZA-SASSI, RAÚL ANDRÉS . Tendência temporal e distribuição espacial da sífilis congênita no estado do Rio Grande do Sul entre 2001 e 2012. Ciência & Saúde Coletiva , v. 23, p. 2587-2597, 2018.

  • MOTA, LUÍSA D. ; FINGER-JARDIM, FABIANA ; SILVA, CLÁUDIO M. ; GERMANO, FABIANA N. ; NADER, MAIBA M. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; DA HORA, VANUSA P. ; SILVEIRA, JUSSARA ; BASSO, ROSSANA P. ; SOARES, MARCELO A. ; MARTÍNEZ, ANA M.B. . High prevalence and autochtonous transmission of human pegivirus (HPgV-1) in blood donors in the extreme southern of Brazil. JOURNAL OF MEDICAL VIROLOGY , v. 1, p. 1, 2018.

  • ZOGBI, LUCIANO ; GONÇALVES, Carla Vitola ; TEJADA, VICTOR FELIPE ; MARTINS, DAIANE ; KARAM, FABINE ; MACHADO DOS SANTOS, SÍLVIA ; CALDEIRA, ROBERTA RASEIRA ; SENHORIN, GISELE ZANETTI ; LAUZ, SUSI . Treatment of bilateral ovarian dysgerminoma with 11-year follow-up: A case report. ANNALS OF MEDICINE AND SURGERY , v. 33, p. 50-52, 2018.

  • PEREIRA, JULIANO LACAVA ; VOLCÃO, LISIANE MARTINS ; KLAFKE, GABRIEL BARACY ; VIEIRA, ROSELI STONE ; GONÇALVES, Carla Vitola ; RAMIS, IVY BASTOS ; DA SILVA, PEDRO EDUARDO ALMEIDA ; VON GROLL, ANDREA . Antimicrobial Resistance and Molecular Characterization of Extended-Spectrum β-Lactamases of Escherichia coli and Klebsiella spp. Isolates from Urinary Tract Infections in Southern Brazil. Microbial Drug Resistance , v. 22, p. 1, 2018.

  • VIANNA, J. S. ; REIS, A. J. ; BUSATTO, C. ; ARANALDE, L. C. R. ; FERNANDES, N. R. ; GATTI, F. ; DA HORA, VANUSA P ; GONÇALVES, C.V. ; SILVA, P. E. A. ; RAMIS, I. B. . A TUBERCULOSE E OS FATORES FAVORÁVEIS À SUA DISSEMINAÇÃO ENTRE A POPULAÇÃO PRIVADA DE LIBERDADE NO EXTREMO SUL DO BRASIL. REVISTA DE EPIDEMIOLOGIA E CONTROLE DE INFECÇÃO , v. 8, p. 343-384, 2018.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; CAMARGO, V. P. ; CAGOL, J. M. ; MIRANDA, B. ; MENDOZA-SASSI, RAUL A. . Women?s knowledge of methods for secondary prevention of breast cancer. Ciencia & Saude Coletiva , v. 22, p. 4073-4081, 2017.

  • SANTOS, PAULA COSTA ; TELMO, PAULA LIMA ; LEHMANN, LIS MAURENTE ; LORENZI, CAROLINA ; HIRSCH, CAROLINA ; MATTOS, GABRIELA TORRES ; KLAFKE, GABRIEL BARACY ; BERNE, MARIA ELISABETH AIRES ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SCAINI, CARLOS JAMES . Frequency of Toxocara spp. antibodies in umbilical cords of newborns attended atthe University Hospital in Southern Brazil and factors associated with infection. ACTA TROPICA , v. 170, p. 43-47, 2017.

  • FINGER-JARDIM, FABIANA ; AVILA, EMILIANA C. ; DA HORA, VANUSA P. ; GONÇALVES, CARLA V. ; DE MARTINEZ, ANA MARIA B. ; SOARES, MARCELO A. . Prevalence of herpes simplex virus types 1 and 2 at maternal and fetal sides of the placenta in asymptomatic pregnant women. AMERICAN JOURNAL OF REPRODUCTIVE IMMUNOLOGY , v. 25, p. e12689, 2017.

  • SANTOS, LUCAS M. ; LOBATO, RUBENS C. ; BARRAL, MARIA FERNANDA M. ; GONÇALVES, CARLA V. ; DA HORA, VANUSA P. ; MARTINEZ, ANA MARIA B. . Prevalence and vertical transmission of human pegivirus among pregnant women infected with HIV. INTERNATIONAL JOURNAL OF GYNECOLOGY & OBSTETRICS , v. 8, p. 1, 2017.

  • DE OLIVEIRA, GISELE R ; Vieira, Valdimara C ; ÁVILA, EMILIANA C ; FINGER-JARDIM, FABIANA ; CALDEIRA, THAÍS DM ; GATTI, FABIANE AA ; GONÇALVES, CARLA V ; OLIVEIRA, SANDRO G ; DA HORA, VANUSA P ; SOARES, MARCELO A ; DE MARTINEZ, ANA MB . Human papillomavirus type distribution and HPV16 intratype diversity in southern Brazil in women with and without cervical lesions. MEMORIAS DO INSTITUTO OSWALDO CRUZ , v. 112, p. 492-498, 2017.

  • OLIVEIRA, GISELE R DE ; SIQUEIRA, JULIANA D ; FINGER-JARDIM, FABIANA ; Vieira, Valdimara C ; SILVA, RONALD L ; GONÇALVES, CARLA V ; SOARES, ESMERALDA A ; MARTINEZ, ANA MARIA BARRAL DE ; SOARES, MARCELO A . Characterisation of complete high- and low-risk human papillomavirus genomes isolated from cervical specimens in southern Brazil. MEMORIAS DO INSTITUTO OSWALDO CRUZ , v. 112, p. 728-731, 2017.

  • GATTI, FABIANE AGUIAR DOS ANJOS ; CEOLAN, ETIENNE ; GRECO, FERNANDO SALLES RODRIGUES ; SANTOS, PAULA COSTA ; KLAFKE, GABRIEL BARACY ; DE OLIVEIRA, GISELE RODRIGUES ; VON GROLL, ANDREA ; MARTÍNEZ, A. M. B. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SCAINI, Carlos James . The prevalence of trichomoniasis and associated factors among women treated at a university hospital in southern Brazil. PLoS One , v. 12, p. e0173604, 2017.

  • ZANCHI, M. ; MENDOZA-SASSI, RAUL A. ; SILVA, M. R. ; ALMEIDA, S. G. ; Teixeira LO ; GONÇALVES, C. V. . Pregnancy recurrence in adolescents from south of Brazil. Revista da Associacao Medica Brasileira , v. 63, p. 628-635, 2017.

  • MOTA, LUÍSA D. ; NISHIYA, ANNA S. ; FINGER-JARDIM, FABIANA ; BARRAL, MARIA F.M. ; SILVA, CLÁUDIO M. ; NADER, MAIBA M. ; VITOLA, CARLA ; DA HORA, VANUSA P. ; SILVEIRA, JUSSARA ; BASSO, ROSSANA P. ; SOARES, MARCELO A. ; LEVI, JOSÉ E. ; MARTÍNEZ, ANA M.B. . Prevalence of human pegivirus (HPgV) infection in patients carrying HIV-1C or non-C in southern Brazil. Journal of Medical Virology (Print) , v. 20, p. 1-18, 2016.

  • WACHHOLZ, V. A. ; COSTA, M. G. ; kerber, Nalú PC ; GONÇALVES, C. V. ; RAMOS, D. V. ; SENA, F. G. . Relação entre a qualidade da assistência pré-natal e a prematuridade: Uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Educação e Saúde , v. 6, p. 1-7, 2016.

  • SANTOS, P.C. ; TELMO, P.L. ; LEHMANN, L.M. ; MATTOS, G.T. ; KLAFKE, G.B. ; LORENZI, C. ; HIRSCH, C. ; LEMOS, L. ; BERNE, M.E.A. ; GONÇALVES, C.V. ; SCAINI, C.J. . Risk and other factors associated with toxoplasmosis and toxocariasis in pregnant women from southern Brazil. Journal of Helminthology , v. 14, p. 1-5, 2016.

  • ZANCHI, M. ; kerber, Nalú PC ; BIONDI, H. S. ; SILVA, M. R. ; GONÇALVES, C.V. . Teenage maternity: life?s new meaning?. Journal of Human Growth and Development (Print) , v. 26, p. 199-204, 2016.

  • Marmitt, Luana Patricia ; GONÇALVES, Carla Vitola ; CESAR, JURACI ALMEIDA . Healthy gestational weight gain prevalence and associated risk factors: A population-based study in the far South of Brazil. Revista de Nutricao , v. 29, p. 445-455, 2016.

  • GONÇALVES, C. V. ; PERES, A. C. A. ; ZATT, D. ; ZANELLA, N. C. ; SCHNEIDER, E. I. ; DAROS, P. . Prevalência de infecções de possível transmissão vertical em gestantes de um Hospital Universitário no Sul do Brasil. Medicina (Ribeirao Preto. Online) , v. 49, p. 526-532, 2016.

  • BRANDOLT, TCHANA MARTINEZ ; KLAFKE, GABRIEL BARACY ; GONÇALVES, Carla Vitola ; BITENCOURT, LAURA RIFFEL ; MARTINEZ, ANA MARIA BARRAL DE ; MENDES, JOSIARA FURTADO ; MEIRELES, MÁRIO CARLOS ARAÚJO ; XAVIER, MELISSA ORZECHOWSKI . Prevalence of Candida spp. in cervical-vaginal samples and the in vitro susceptibility of isolates. BRAZILIAN JOURNAL OF MICROBIOLOGY , v. 48, p. 145-150, 2016.

  • TEIXEIRA, L. O. ; Vieira VC ; Germano, FN ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SOARES MA ; MARTÍNEZ, A. M. B. . Prevalence of Human Papillomavirus types in women attending at University hospital in southern Brazil. MEDICINA (RIBEIRAO PRETO. ONLINE) , v. 49, p. 116, 2016.

  • WACHHOLZ, V. A. ; COSTA, M. G. ; KERBER, N. P. C. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; RAMOS, D. V. ; SENA, F. G. . Relação entre a qualidade da assistência pré-natal e a prematuridade: Uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Educação e Saúde , v. 6, p. 01-07, 2016.

  • ROSA, M. C. ; LOBATO, R. C. ; Conçalves, Carla Vitola ; SILVA, N. M. O. ; Barral MArtinez MF ; Martinez, Ana Maria ; Hora, Vanusa . Evaluation of factors associated with vertical transmission of HIV-1 in fourteen years of a referral center in Southern Brazil. Jornal de Pediatria (Impresso) , p. 1-6, 2015.

  • RAMIS, I. B. ; VIANNA, J. S. ; Conçalves, Carla Vitola ; GROLL, A. V. ; DELLAGOSTIN, O. A. ; SILVA, P. E. A. . Polymorphisms of the IL-6, IL-8 and IL-10 genes and the risk of gastric pathology in patients infected with Helicobacter pylori. Journal of Microbiology, Immunology and Infection , v. 15, p. 1-7, 2015.

  • SANTOS, PAULA COSTA ; LEHMANN, LIS MAURENTE ; LORENZI, CAROLINA ; HIRSCH, CAROLINA ; TELMO, PAULA LIMA ; MATTOS, GABRIELA TORRES ; CADORE, PRISCILA SILVA ; KLAFKE, GABRIEL BARACY ; BERNE, MARIA ELISABETH AIRES ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SCAINI, CARLOS JAMES . The Seropositivity of Toxocara spp. Antibodies in Pregnant Women Attented at the University Hospital in Southern Brazil and the Factors Associated with Infection. Plos One , v. 10, p. e0131058-10, 2015.

  • VALENÇA, M. S. ; SCAINI, J. L. R. ; ABILEIRA, F. S. ; GONÇALVES, C. V. ; VON GROLL, A. ; SILVA, P. E. A. . Prevalence of tuberculosis in prisons: risk factors and molecular epidemiology. The International Journal of Tuberculosis and Lung Disease , v. 19, p. 1182-1187, 2015.

  • RAMIS, IVY BASTOS ; VIANNA, JÚLIA SILVEIRA ; HALICKI, PRISCILA CRISTINA BARTOLOMEU ; LARA, CAROLINE ; TADIOTTO, THÁSSIA FERNANDA ; DA SILVA MACIEL, JOÃO BATISTA ; GONÇALVES, Carla Vitola ; VON GROLL, ANDREA ; DELLAGOSTIN, ODIR ANTÔNIO ; DA SILVA, PEDRO EDUARDO ALMEIDA . Relationship of interleukin-1B gene promoter region polymorphism with Helicobacter pylori infection and gastritis. Journal of Infection in Developing Countries (Online) , v. 9, p. 1, 2015.

  • TEIXEIRA, LISIANE ORTIZ ; AMARAL, SUÉLEN CAVALHEIRO ; FINGER-JARDIM, FABIANA ; HORA, Vanusa Pousada da ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SOARES, Marcelo Alves ; MARTÍNEZ, A. M. B. . Frequência do Papilomavírus Humano na placenta, no colostro e no sangue do cordão umbilical. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , v. 37, p. 203-207, 2015.

  • FINGER-JARDIM, FABIANA ; TEIXEIRA, LISIANE ORTIZ ; DE OLIVEIRA, GISELE RODRIGUES ; BARRAL, MARIA FERNANDA MARTÍNEZ ; DA HORA, VANUSA POUSADA ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SOARES, MARCELO ALVES ; DE MARTINEZ, ANA MARIA BARRAL . Herpes simplex virus: Prevalence in placental tissue and incidence in neonatal cord blood samples. Journal of Medical Virology (Print) , v. 86, p. 519-524, 2014.

  • BARRAL, MARIA F.M. ; OLIVEIRA, GISELE R. DE ; LOBATO, RUBENS C. ; MENDOZA-SASSI, RAUL A. ; MARTINEZ, ANA M.B. ; GONCALVES, CARLA V. . RISK FACTORS OF HIV-1 VERTICAL TRANSMISSION (VT) AND THE INFLUENCE OF ANTIRETROVIRAL THERAPY (ART) IN PREGNANCY OUTCOME. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (Impresso) , v. 56, p. 133-138, 2014.

  • Caldeira, TDM ; Oliveira, Gisele R ; Vieira da Fonseca, TMM ; AMARAL, C. T. ; Hora, Vanusa ; Martinez, Ana Maria ; GONÇALVES, Carla Vitola . Evaluation of herpes simplex virus type 2 and associated factors in women in Southern Brazil. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (Impresso) , v. 55, p. 315-321, 2013.

  • ZANCHI, M. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Cesra, JA ; Dumith, S.C. . Concordância entre informações do cartão da gestante e do recordatório materno em uma cidade brasileira de médio porte. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 29, p. 1019-1028, 2013.

  • OLIVEIRA, GISELE RODRIGUES DE ; VIEIRA, VALDIMARA CORRÊA ; BARRAL, MARIA FERNANDA MARTÍNEZ ; DÖWICH, VANESSA ; SOARES, MARCELO ALVES ; Conçalves, Carla Vitola ; MARTINEZ, ANA MARIA BARRAL DE . Fatores de risco e prevalência da infecção pelo HPV em pacientes de Unidades Básicas de Saúde e de um Hospital Universitário do Sul do Brasil. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso) , v. 35, p. 226-232, 2013.

  • Conçalves, Carla Vitola ; kerber, Nalú PC ; Backes, AP ; Alves, CB ; WACHHOLZ, V. A. ; Oliveira, Flavia S . CONHECIMENTO DA ROTINA LABORATORIAL POR PROFISSIONAIS PRÉ-NATALISTAS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE NO SUL DO BRASIL: ESTUDO DESCRITIVO. Online Brazilian Journal of Nursing , v. 12, p. 813-822, 2013.

  • GARCÊS, ALZIRA XAVIER ; MARTINEZ, ANA MARIA BARRAL DE ; GONÇALVES, Carla Vitola ; GERMANO, FABIANA NUNES ; BARRAL, MARIA FERNANDA MARTINEZ ; VIEIRA, VALDIMARA CORREIA . Prevalência de Chlamydia trachomatis e fatores de risco associados à infecção detectada em amostra endocervical. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso) , v. 35, p. 379-383, 2013.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; KERBER, N. P. C. ; ALVES, C. B. ; BACKES, A. P. ; WACHHOLZ, V. A. ; OLIVEIRA, F. S. . Avaliação do conhecimento da rotina pré-natal entre os profissionais do Programa Saúde da Família. Vittalle , v. 25, p. 11-19, 2013.

  • Tornatore, M ; BIANCHI, M. S. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Germano FN ; Elizabeth Machado ; Marcelo Alves Soares ; Martinez, Ana Maria . Co-infections associated with human immunodeficiency virus type 1. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz (Impresso) , v. 107, p. 1-6, 2012.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; MENDOZA-SASSI, R. ; Cesra, JA ; Bortolomedi, AP ; Castro, NB . Índice de massa corporal e ganho de peso gestacional como fatores preditores de complicações e do desfecho da gravidez. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso) , v. 34, p. 304-309, 2012.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; QUINTANA, Silvana Maria ; MARCOLIN, Alessandra Cristina . Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso) , v. 16, p. 2099-2108, 2011.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; MENDOZA-SASSI, R. ; Isabel Cristina Oliveira Netto ; Castro, NB ; Bortolomedi, AP . Cobertura do citopatológico do colo uterino em Unidades Básicas de Saúde da Família. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (Impresso) , v. 33, p. 258-263, 2011.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Vanessa Z Baumgarten ; Bianchi, MS ; Longhi, Kamila . Perfil Sorológico das gestantes atendidas no pré-natal de um hospital universitário no sul do Brasil. Vittale (FURG) , v. 23, p. 10-15, 2011.

  • Tornatore, M ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MENDOZA-SASSI, R. ; Silveira J ; DAVILA, N. ; Maas, Cláudia ; Bianchi, MS ; Elaine Pinheiro ; Elizabeth Machado ; Soares M ; Barral MArtinez MF . HIV-vertical transmission in rio Grande, Southern Brazil. International Journal of STD and AIDS , v. 21, p. 351-355, 2010.

  • MARCOLIN, Alessandra Cristina ; BEREZOWSKI, Aderson T ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Crott, GC ; DUARTE, Geraldo . Longitudinal Reference Values For Ductus Venosus Doppler In Low-Risk Pregnancies.. Ultrasound in Medicine & Biology , v. 36, p. 392-396, 2010.

  • Entiauspe, LG ; Teixeira LO ; MENDOZA-SASSI, R. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Gonçalves, Paulo ; Martinez, Ana Maria . Papilomavírus humano: prevalência e genótipos encontrados em mulheres HIV positivas e negativas, em um centro de referência no extremo Sul do Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (Impresso) , v. 43, p. 260-263, 2010.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; QUINTANA, Silvana Maria ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; DUARTE, Geraldo ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; KARAM, F. ; BIANCHI, M. S. . Microinvasive carcinoma of the uterine cervix in a 14-year-old adolescent: case report. São Paulo Medical Journal , v. 127, p. 105-107, 2009.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Cesra, JA ; MENDOZA-SASSI, R. . Qualidade e eqüidade na assistência a gestante: Um estudo de base populacional no Sul do Brasil. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 25, p. 2507-2516, 2009.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; LIMA, L. C. V. E. ; GARLET, G. ; Bianchi, MS ; SAKAI, A. F. . Avaliação da frequência de realização do exame físico das mamas, da colpocitologia cervical e da ultrassonografia obstétrica durante a assistência pré-natal. Uma inversão de valores.. Revista da Associação Médica Brasileira , v. 55, p. 290-295, 2009.

  • MARCOLIN, Alessandra Cristina ; DUARTE, Geraldo ; QUINTANA, Silvana Maria ; Araujo FM ; Patrícia El Beitune ; GONÇALVES, Carla Vitola . Evaluation of IGF-2/ApaI polymorphism in pregnant women infected with human immunodeficiency virus type 1 taking antiretroviral drugs. Growth Hormone & IGF Research , v. 19, p. 513-516, 2009.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; BIANCHI, M. S. ; DIAS, D. ; LIMA, L. C. V. E. . Diagnosis and treatment of cervix cancer during pregnancy. São Paulo Medical Journal , v. 127, p. 359-365, 2009.

  • Bianchi, MS ; GONÇALVES, Carla Vitola ; DAVILA, N. ; Tornatore, M ; MARTINS, D. E. . Tuberculose Congênita: relato de caso. Vittale (FURG) , v. 21, p. 15-22, 2009.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; GARLET, G. ; SAKAI, A. F. ; Bianchi, MS . Exame clínico das mamas em consultas de pré-natal: análise da cobertura e de fatores associados em município do Rio Grande do Sul, Brasil.. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso) , v. 24, p. 1783, 2008.

  • Entiauspe L ; MENDOZA-SASSI, R. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria . Papilomavírus Humano: uma abordagem atual. Vittale (FURG) , v. 18, p. 51-62, 2006.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; QUINTANA, Silvana Maria ; COVAS, Dimas Tadeu ; COSTA, Juvenal Soares Dias da . Avaliação longitudinal da infecção por Parvovírus B19 entre grávidas em Ribeirão Preto, SP, Brasil. RBGO. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , v. 25, n.5, p. 317-321, 2003.

  • DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; GONÇALVES, Carla Vitola ; QUINTANA, Silvana Maria ; BEREZOWSKI, Aderson T ; NOGUEIRA, Antonio A ; CUNHA, Sérgio P . Infecção urinária na gravidez: análise dos métodos para diagnóstico e do tratamento. RBGO. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , v. 24, p. 471-477, 2002.

  • DUARTE, Geraldo ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; PASCHOINI, Marina Carvalho ; QUINTANA, Silvana Maria ; PINHATA, Marisa M Mussi . Teste rápido para detecção da infecção pelo HIV-1 em gestantes.. RBGO. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia , v. 23, p. 107-111, 2001.

  • DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; GONÇALVES, Carla Vitola ; CROTT, Gerson C ; BEREZOWSKI, Aderson T . Ducto venoso: Da anatomia à avaliação do bem-estar fetal. Medicina (Ribeirão Preto) , v. 34, p. 301-307, 2001.

  • MARCOLIN, Alessandra Cristina ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Trocon, LEA ; DUARTE, Geraldo . Doença de Crohn e garavidez. Medicina (Ribeirão Preto) , v. 34, p. 64-69, 2001.

  • MARCOLIN, Alessandra Cristina ; BEREZOWSKI, Aderson T ; CROTT, Gerson C ; AZEVEDO, George D ; GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo . . Longitudinal Study of Dopplervelocimetric Aspects of the Ductus Venosus in Normal Pregnancies.. Journal of Perinatal Medicine. Supplement , v. 29, p. 564-565, 2001.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; PINHATA, Marisa M Mussi ; PASCHOINI, Marina Carvalho ; QUINTANA, Silvana Maria . Infection by Hepatitis B and Pregnancy. Journal of Perinatal Medicine , v. 29, p. 617, 2001.

  • DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; GONÇALVES, Carla Vitola ; NOGUEIRA, Antonio A ; BEREZOWSKI, Aderson T ; MAUAD, Francisco ; RODRIGUES, Reinaldo ; CUNHA, Sérgio P . Urinary Tract Infection During Pregnancy. The Old-New Problem. Journal of Perinatal Medicine , v. 29, p. 630-631, 2001.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; PINHATA, Marisa M Mussi ; PASCHOINI, Marina Carvalho ; QUINTANA, Silvana Maria ; DUARTE, Geraldo . . Infection with Parvovirus B19 (PB19) Among Pregnant Women in Ribeirão Preto - São Paulo, Brazil. Journal of Perinatal Medicine , v. 29, p. 593, 2001.

  • GONÇALVES, C. V. ; DUARTE, Geraldo ; QUINTANA, Silvana Maria . ANTICONCEPÇÃO. In: ALESSANDRA DIEHL; DENISE LEITE VIEIRA. (Org.). SEXUALIDADE DO PRAZER AO SOFRER. 2ed.RIO DE JANEIRO: ROCA, 2017, v. 1, p. 597-618.

  • GONÇALVES, C. V. ; DUARTE, Geraldo ; SAAVEDRA, J. S. ; MARTINS, D. E. ; DIEHL, A. . INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSIVEIS. In: ALESSANDRA DIEHL; DENISE LEITE VIEIRA. (Org.). SEXUALIDADE DO PRAZER AO SOFRER. 2ed.RIO JANEIRO: ROCA, 2017, v. 1, p. 557-578.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; QUINTANA, Silvana Maria . Anticoncepção. In: Alessandra Dihel e Denise Vieira. (Org.). Sexualidade: do Prazer ao sofrer. 1ed.São Paulo: Roca, 2013, v. 1, p. 1-728.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; SAAVEDRA, J. S. ; MARTINS, D. E. . Doenças Sexualmente Transmissiveis. In: Alessandra Diehl e Denise Vieira. (Org.). Sexualidade: do Prazer ao Sofrer. 1ed.São Paulo: Roca, 2013, v. 1, p. 1-728.

  • DUARTE, Geraldo ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; PINHATA, Marisa M Mussi ; LOURENCO, R. C. . Infecções virais na gravidez.. In: DUARTE, G. ; FONTES, J. A. S. (Org.). O nasciturno: Visão Interdiscilinar.. São Paulo: Editora Atheneu, 2009, v. 1, p. 161-191.

  • DUARTE, Geraldo ; GONÇALVES, Carla Vitola . Parvovirose e Gravidez. In: Peixoto S. (Org.). Pré-natal. 3ed.São Paulo: Roca, 2004, v. 1, p. 1036-1041.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Diagnóstico e tratamento do câncer ginecológico durante a gestação. Chymich, São Paulo, p. 4 - 7, 10 dez. 2010.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; kerber, Nalú PC ; Backes, AP ; Alves, CB ; WACHHOLZ, V. A. ; Oliveira, Flavia S . CONHECIMENTO DA ROTINA LABORATORIAL POR PROFISSIONAIS PRÉ-NATALISTAS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE NO SUL DO BRASIL.. In: II Convibra Online de Gestão , Educação e Promoção da Saúde, 2013, Online. Convibra Saúde. Brasilia: Convibra, 2013.

  • Conçalves, Carla Vitola ; kerber, Nalú PC ; Alves, CB ; Backes, AP ; WACHHOLZ, V. A. ; Oliveira, Flavia S . Avaliação do conhecimento da rotina pré-natal entre os profissionais do Programa de Saúde da Família.. In: II Convibra online de Gestão, Educação e proomoção da Saúde, 2013, Online. Convibra Saúde. Brasilia: Convibra, 2013.

  • DUARTE, Geraldo ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; PASCHOINI, Marina Carvalho ; PINHATA, Marisa M Mussi ; LANDERS, D V ; QUINTANA, Silvana Maria . Rapid test to detect the HIV infection among pregnant women in labor as a important tool to improve prophylactic measures to reduce vertical transmission. In: XIV International AIDS Conference, 2002, Barcelona. .In: XIV International AIDS Conference, 2002, Barcelona-Espanha, 2002. v. 1. p. 506-506.

  • DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; GONÇALVES, Carla Vitola ; PASCHOINI, Marina Carvalho ; QUINTANA, Silvana Maria . Teste rápido para detecção da infecção pelo vírus HIV em gestantes.. In: VI Congresso Paulista de Obstetrícia e Ginecologia da SOGESP, 2000, 2000.

  • DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; CUNHA, Sérgio P ; GONÇALVES, Carla Vitola ; NOGUEIRA, Antonio A ; BEREZOWSKI, Aderson T ; MAUAD, Francisco . Tocotraumatismo com repercussão neonatal. In: VI Congresso Paulista de Obstetrícia e Ginecologia da SOGESP, 2000, 2000.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Abcesso tubo-ovariano bilateral roto, parametrite, peritonite: relato de caso Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Escola da UFPel.. In: XVI Congresso da Associação Médica do Rio Grande do Sul - AMRIGS, 1999, Porto Alegre, 1999.

  • STEFFENS, Mariangela Silveira ; GONÇALVES, Carla Vitola ; CRESTANI, Roseli ; NUNES, Sandra Lara ; SCLOWITZ, Marcelo Leal . Análise de exames citopatológicos do colo uterino de pacientes HIV positivas.. In: Curso sobre AIDS em Ginecologia e Obstetrícia - SOGIRGS, 1999, Porto Alegre, 1999.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; SCLOWITZ, Marcelo Leal ; STEFFENS, Mariangela Silveira ; CRESTANI, Roseli ; NUNES, Sandra Lara . Análise dos exames citopatológicos do colo uterino de pacientes HIV positivas.. In: XII Congresso Latino-americano de Doenças Sexualmente Transmissíveis e VI Conferência Panamericana de AIDS, 1999, Salvador, 1999.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Internações por trabalho de parto prematuro no Serviço de Obstetrícia do Hospital Beneficência Portuguesa de Pelotas.. In: XVI Congresso da Associação Médica do Rio Grande do Sul - AMRIGS, 1999, Porto Alegre, 1999.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Perfil das gestantes internadas por pielonefrite no Hospital Escola da UFPel, entre junho e dezembro de 1998.. In: XVI Congresso da Associação Médica do Rio Grande do Sul - AMRIGS, 1999, Porto Alegre, 1999.

  • STEFFENS, Mariangela Silveira ; GONÇALVES, Carla Vitola ; CREMONTI, Maurice C ; SCLOWITZ, Marcelo Leal ; TESSARO, Sérgio ; TIMM, Iândora Krolow ; VERGARO, Jardel Karin . Perfil das internações no Setor de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Escola da UFPel.. In: Curso sobre AIDS em Ginecologia e Obstetrícia - SOGIRGS, 1999, Porto Alegre, 1999.

  • STEFFENS, Mariangela Silveira ; GONÇALVES, Carla Vitola ; CREMONTI, Maurice C ; SCLOWITZ, Marcelo Leal ; TESSARO, Sérgio ; TIMM, Iândora Krolow ; VERGARO, Jardel Karin . Perfil infeccioso das pielonefrites na gestação encontradas no Hospital Escola - UFPel. In: Curso sobre AIDS em Ginecologia e Obstetrícia - SOGIRGS, 1999, Porto Alegre, 1999.

  • STEFFENS, Mariangela Silveira ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SCLOWITZ, Marcelo Leal ; SILVA, Elisângela Barbosa da ; SILVA, Valéria Moreira Dutra da ; TIMM, Iândora Krolow ; VERGARO, Jardel Karin . Prevalência de endocervicite por chlamydia trachomatis em Ambulatório de Ginecologia.. In: Curso sobre AIDS em Ginecologia e Obstetrícia - SOGIRGS, 1999, Porto Alegre, 1999.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; SILVA, Elisângela Barbosa da ; TIMM, Iândora Krolow ; VERGARO, Jardel Karin ; SCLOWITZ, Marcelo Leal ; STEFFENS, Mariangela Silveira ; SILVA, Valéria Moreira Dutra da . Prevalência de endocervicite por chlamydia trachomatis em Ambulatório de Ginecologia.. In: XII Congresso Latino-americano de Doenças Sexualmente Transmissíveis e VI Conferência Panamericana de AIDS, 1999, Salvador, 1999.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Eclâmpsia complicada em gestante com 20 semanas de idade gestacional.. In: XII Congresso Latino-americano de Doenças Sexualmente Transmissíveis e VI Conferência Panamericana de AIDS, 1998, Salvador, 1998.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Ruptura uterina após uso excessivo de misoprostol.. In: XV Congresso AMRIGS e IV Congresso Médico de Passo Fundo, 1998.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Acupuntura e obstetrícia experiência com 100 pacientes em trabalho de parto na Maternidade da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas, RS.. In: XIV Congresso AMRIGS, 1997, Caxias do Sul, 1997.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Análise bivariada do estudo de demanda do Ambulatório de Ginecologia da Faculdade de Medicina da UFPel, Pelotas, RS.. In: XIV Congresso AMRIGS, 1997, Caxias do Sul, 1997.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Análise univariada do estudo de demanda do Ambulatório de Ginecologia da Faculdade de Medicina de Pelotas, UFPel, RS.. In: XIV Congresso AMRIGS, 1997, Caxias do Sul, 1997.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Incidência de infecção nas feridas operatórias pós-parto na Santa Casa de Misericórdia de Pelotas, RS.. In: XIV Congresso AMRIGS, 1997, Caxias do Sul, 1997.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Relato de seis casos de cistoadenoma de ovário.. In: XIV Congresso AMRIGS, 1997, Caxias do Sul, 1997.

  • COSTA, C. R. ; GATTI, F. ; DA HORA, VANUSA P ; TIMBOLA, V. S. ; FERNANDES, N. R. ; LAZZARI, T. R. ; MENDOZA-SASSI, R. ; GONCALVES, CARLA V. . DEPRESSÃO E ANSIEDADE EM PESSOAS PRIVADAS DE LIBERDADE NA REGIÃO SUL DO BRASIL. In: II Mostra Estadual da Atenção a Saúde Prisional, 2018, Santa Cruz do Sul. Revista de epidemiologia e Controle de Infecção. Santa Cruz do Sul: EDUNISC,, 2018. v. 8. p. 13-14.

  • COSTA, C. R. ; TIMBOLA, V. S. ; FERNANDES, N. R. ; LAZZARI, T. R. ; MENDOZA-SASSI, R. ; GONCALVES, CARLA V. . RISCO DE SUICÍDIO NA POPULAÇÃO PRIVADA DE LIBERDADE DO EXTREMO SUL DO BRASIL. In: II Mostra Estadual da Atenção à Saúde Prisional, 2018, Santa Cruz do Sul. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2018. v. 8. p. 14-15.

  • JARDIM, F. F. ; AVILA, E. C. ; Hanauer, L ; GERMANO, F. N. ; Hora, Vanusa ; Conçalves, Carla Vitola ; Marcelo Alves Soares ; Martinez, Ana Maria . ASSOCIAÇÃO ENTRE A OCORRÊNCIA DO HERPES. In: XVIII Congresso Brasileiro de Infectologia, 2013, Fortaleza. The Brazilian Journal of Infectious Diseases. São Paulo: Elsevier, 2013. v. 17. p. 83-83.

  • Bianchi, MS ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria ; MENDOZA-SASSI, R. ; Vanessa Z Baumgarten . Prevalência da Hepatite C, taxas de transmissão vertical e fatores associados entre as gestantes atendidas no pré-natal do Município do Rio Grande-RS, Brasil.. In: IX Mostra de Produção Universitária, 2010, Rio Grande. IX Mostra de Produção Universitaria, 2010.

  • Vanessa Z Baumgarten ; Longhi, Kamila ; Bianchi, MS ; MENDOZA-SASSI, R. ; Martinez, Ana Maria ; GONÇALVES, Carla Vitola . Perfil sorológico das gestantes atendidas no pré-natal de um Hospital Universitário no Sul do Brasil. In: IX Mostra de Produção Universitária, 2010, Rio Grande. IX Mostra de Produção Universitária, 2010.

  • Caldeira, TDM ; Oliveira, Gisele R ; Garcês, Alzira X ; Vieira, Valdimara C ; Pinto, Gabriel G ; Teixeira LO ; Martinez, Ana Maria ; GONÇALVES, Carla Vitola . Conhecimento prévio sobre as DST das pacientes atendidas no Hospital Universitário ? HU/FURG da cidade do Rio Grande. In: IX Mostra de Produção Universitária, 2010, Rio Grande. IX Mostra de Produção Universitária, 2010.

  • AVILA, E. C. ; JARDIM, F. F. ; Hanauer, L ; GERMANO, F. N. ; Hora, Vanusa ; Conçalves, Carla Vitola ; Soares M ; Martinez, Ana Maria . INCIDÊNCIA DO HERPES VÍRUS SIMPLES TIPO 2. In: XVIII Congresso Brasileiro de Infectologia, 2013, Fortaleza. The Brazilian Journal of Infectious Diseases. São Paulo: Elsevier, 2013. v. 17. p. 82-83.

  • Vanessa Z Baumgarten ; GONÇALVES, Carla Vitola . Perfil sorológico das gestantes atendidas no pré-natal de um hospital universitário no sul do Brasil. In: I Simpósio Internacional de Humanização da atenção obstétrica e Neonatal, 2010, Rio Grande. I Simpósio Internacional de Humanização da atenção obstétrica e Neonatal, 2010.

  • Tornatore, M ; GONÇALVES, Carla Vitola ; BIANCHI, M. S. ; MENDOZA-SASSI, R. ; Maria Fernanda Martinez Barral ; Elizabeth Machado ; Marcelo Alves Soares ; Martinez, Ana Maria . Prevalence of Co-infections in HIV-1 positive pregnant women in southern Brazil. In: VIII Simpósio Brasileiro de Pesquisa em HIV/AIDS, 2009, 2009, Rio de Janeiro. Annais do VIII Simpósio Brasileiro de Pesquisa em HIV/AIDS, 2009. Rio de Janeiro, 2009. v. 1. p. 51-51.

  • Tornatore, M ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Gonçalves DS ; MENDOZA-SASSI, R. ; DAVILA, N. ; Elizabeth Machado ; Marcelo Alves Soares ; Martinez, Ana Maria . HIV-1 vertical transmission in Rio Grande, Southern Brazil: Analysis of transmitted subtypes. In: VIII Simpósio Brasileiro de Pesquisa em HIV/AIDS, 2009,, 2009, Ri de Janeiro. Anais do VIII Simpósio Brasileiro de Pesquisa em HIV/AIDS, 2009. Ri de Janeiro, 2009. v. 1. p. 52-52.

  • Tornatore, M ; BIANCHI, M. S. ; FRITSCH, H. M ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria . Prevalência de sífilis em gestantes portadoras do HIV atendidas pelo pré-natal do HU-FURG. In: : III Congresso Brasileiro de AIDS e VII Congesso da SBDST, 2008, Goiania., 2008, Goiania. Jornal Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis., 2008. v. 20. p. 110-110.

  • Tornatore, M ; BIANCHI, M. S. ; FRITSCH, H. M ; XAVIER GARCES, A. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria . Prevalência de co-infeção HIV/Hepatites B e C em gestantes atendidas pelo pré-natal do HU-FURG.. In: III Congresso Brasileiro de AIDS e VII Congresso da SBDST, 2008, Goianaia., 2008, Goiania. Jornal Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis., 2008. v. 20. p. 144-144.

  • BIANCHI, M. S. ; Tornatore, M ; FRITSCH, H. M ; XAVIER GARCES, A. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria . . Prevalência de HPV em gestantes portadoras do HIV atendidas pelo pré-natal do HU-FURG. In: : III Congresso Brasileiro de AIDS e VII Congesso da SBDST, 2008, Goiania, 2008, Goiania. Jornal Brasileiro de Doenças Sexualmente Transmissíveis., 2008. v. 20. p. 191-191.

  • GARLET, G. ; BIANCHI, M. S. ; SAKAI, A. F. ; GONÇALVES, Carla Vitola . Exame clínico e ultrassonografia no pré-natal.Uma inversão de valores?. In: VII Mostra da Produção Universitária - FURG - XV Congresso de Iniciação Científica, 2008, Rio Grande., 2008, Rio Grande. Anais da VI Mostra da Produção Universitária - FURG., 2008.

  • BIANCHI, M. S. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; DUARTE, Geraldo ; GARLET, G. ; SAKAI, A. F. . Exame clínico das mamas em consultas de pré-natal: análise da cobertura e de fatores associados em município do Rio Grande do Sul, Brasil.. In: VII Mostra da Produção Universitária - FURG - XV Congresso de Iniciação Científica, 2008, Rio Grande., 2008. Anais da VII Mostra da Produção Universitária - FURG, 2008.

  • BIANCHI, M. S. ; Tornatore, M ; Maas, Cláudia ; MENDOZA-SASSI, R. ; Martinez, Ana Maria ; GONÇALVES, Carla Vitola . RESOLUÇÃO GESTACIONAL:COMPARAÇÃO ENTRE PARTURIENTES SOROPOSITIVAS PARA HIV E SORONEGATIVAS DE BAIXO RISCO ATENDIDAS PELO HU-FURG NO 1°SEMESTRE DE 2006. In: VI Mostra d Produção Universitária da FURG, 2007, Rio Grande. VI Mostra d Produção Universitária da FURG, 2007.

  • Tornatore, M ; BIANCHI, M. S. ; Maas, Cláudia ; MENDOZA-SASSI, R. ; DAVILA, N. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria . TRANSMISSÃO MATERNO-INFANTIL (TMI) DO HIV-1 NA CIDADE DO RIO GRANDE, RS, BRASIL: MOMENTO DA TRANSMISSÃO, FATORES PREDITORES E INFLUÊNCIA DO SUBTIPO. In: VI Mostra de Produção Universitária da FURG, 2007, Rio Grande. VI Mostra de Produção Universitária da FURG, 2007.

  • GARLET, G. ; SAKAI, A. F. ; BIANCHI, M. S. ; Tornatore, M ; Maas, Cláudia ; MENDOZA-SASSI, R. ; Martinez, Ana Maria ; GONÇALVES, Carla Vitola . Dados obstétricos e perinatais das parturientes adolescentes atendidas no centro obstétrico da FURG. In: VI Mostra de Produção Univesitária, 2007, Rio Grande. VI Mostra de Produção Univesitária, 2007.

  • Tornatore, M ; Bianchi, MS ; MENDOZA-SASSI, R. ; DAVILA, N. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria . MOMENTO DA TRANSMISSÃO, FATORES PREDITORES E INFLUÊNCIA DO SUBTIPO.. In: VI Mostra da Produção Universitária - FURG - XVI Congresso de Iniciação Científica, 2007, Rio Grande., 2007. . Anais da VI Mostra da Produção Universitária - FURG., 2007. v. 1. p. 1.

  • Bianchi, MS ; BIANCHI, M. S. ; Tornatore, M ; Martinez, Ana Maria ; GONÇALVES, Carla Vitola . Perfil epidemiológico das parturientes portadoras do HIV-1 do HU-FURG, Rio Grande.. In: V Mostra de Produção Universitária da FURG, 2006, Rio Grande. V Mostra de Produção Universitária da FURG, 2006.

  • Tornatore, M ; Martinez, Ana Maria ; GONÇALVES, Carla Vitola ; BIANCHI, M. S. ; DAVILA, N. . TRANSMISSÃO MATERNO-INFANTIL DO HIV-1 EM CRIANÇAS ATENDIDAS NA CIDADE DE RIO GRANDE, RS: FATORES PREDITIVOS E MOMENTO DA TRANSMISSÃO VERTICAL. In: V Mostra de Produção Universitária - FURG, 2006, Rio Grande. V Mostra de Produção Universitária - FURG, 2006.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria ; Maas, Cláudia ; Daniela Corrêa Alba ; BIANCHI, M. S. ; Tornatore, M . Perfil das gestantes soropositivas acompanhadas pelo pré-natal do HU-FURG. In: XIII Congresso Sul-Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2006, Florianóipolis. XIII Congresso Sul-Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2006.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria ; Maas, Cláudia ; Daniela Corrêa Alba ; BIANCHI, M. S. ; Tornatore, M . Perfil do pré-natal e do parto das pacientes acompanhadas pelo pré-natal do HU-FURG. In: XIII Congresso Sul-Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2006, Florianópoli. XIII Congresso Sul-Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2006.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; MARTINS, D. E. ; Maas, Cláudia ; Daniela Corrêa Alba ; BIANCHI, M. S. ; Tornatore, M . Diminuição da taxa de transmissão vertical do HIV nos partos realizados no HU-FURG em dis anos (2004-2006).. In: XIII Congresso Sul-Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2006, Florianópolis. XIII Congresso Sul-Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2006.

  • DUARTE, Geraldo ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; PASCHOINI, Marina Carvalho ; PINHATA, Marisa M Mussi ; QUINTANA, Silvana Maria . . Rapid test to detect the HIV infection among pregnant women in labor as an important tool to improve prophylactic measures to reduce vertical transmission.. In: . In: 3th International AIDS Society Conference on HIV Pathogenesis and Treatment, 2005, 2005. . In: 3th International AIDS Society Conference on HIV Pathogenesis and Treatment, 2005, 2005. v. 1.

  • DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; GONÇALVES, Carla Vitola ; NOGUEIRA, Antonio A ; BEREZOWSKI, Aderson T ; MAUAD, Francisco ; RODRIGUES, Reinaldo ; CUNHA, Sérgio P . Urinary tract infection during pregnancy. The old-new problem.. In: 5th Wordl Congress of Barcelona, 2001, Barcelona. Journal Perinat Med, 2001. v. 29. p. 630.

  • MARCOLIN, Alessandra Cristina ; BEREZOWSKI, Aderson T ; CUNHA, Sérgio P ; MAUAD, Francisco ; GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo . Estudo longitudinal de aspectos dopplervelocimétricos do ducto venoso em gestações normais. In: 49º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2001, São Paulo. Anais do 49º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2001. p. 47.

  • DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; BEREZOWSKI, Aderson T ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MAUAD, Francisco ; RODRIGUES, Reinaldo . Infecção do trato urinário durande a gestação. In: 49º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2001, São Paulo. Anais do 49º Congresso Brasileiro de Ginecologia e Obstetrícia, 2001. p. 84.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; PINHATA, Marisa M Mussi ; PASCHOINI, Marina Carvalho ; QUINTANA, Silvana Maria ; DUARTE, Geraldo . Infection with parvovirus B19 among pregnant women in Ribeirão Preto - São Paulo, Brasil. Journal Perinat Med, v. 29, n.suppl 1, p. 593, 2001.

  • MARCOLIN, Alessandra Cristina ; BEREZOWSKI, Aderson T ; CROTT, Gerson C ; AZEVEDO, George D ; GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo . Longitudinal study of dopplervelocimetric aspects of the ductus venosus in normal pregnancies. Journal Perinat Med, v. 29, n.suppl 1, p. 564, 2001.

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; PINHATA, Marisa M Mussi ; PASCHOINI, Marina Carvalho ; QUINTANA, Silvana Maria . Infection by hepatitis B and pregnancy. Journal Perinat Med, v. 29, n.suppl 1, p. 617, 2001.

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Feminização do HIV e seus direitos reprodutivos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . MESA REDONDA: HPV, UMA ABORDAGEM MULTIPROFISSIONAL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • LOBATO, R. C. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria . Presença de transtornos mentais comuns (TMC) e níveis de auto-estima em gestantes com HIV. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LOBATO, R. C. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria . A gestação segundo portadoras do HIV: uma análise de evocação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Barral MArtinez MF ; LOBATO, R. C. ; Oliveira, Gisele R ; Martinez, Ana Maria ; GONÇALVES, Carla Vitola . Desfecho gestacional em gestantes soropositivas para HIV: Avalição em um centro de referência no Sul do Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • França CL ; OLIVEIRA, A. M. N. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; kerber, Nalú PC . Detecção precoce da depressão pós-parto: promoção da saúde da família. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Moura J Renata ; Peter Jonas ; Ott Carla ; Vanessa Z Baumgarten ; Martinez, Ana Maria . Prevalência de Hepatite C entre as gestantes atendidas no pré-natal do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio Grande-FURG, taxas de transmissão vertical e fatores associados.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; MENDOZA-SASSI, R. ; Isabel Cristina Oliveira Netto ; Castro, NB ; Bortolomedi, AP . Cobertura do citopatológico do colo uterino em UBS da Familia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Novas perspectivas no enfrentamento do HIV/AIDS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Tratamento de outras infecções na gestação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • MARTINS, D. E. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Cesra, JA ; MENDOZA-SASSI, R. ; SAAVEDRA, J. S. ; KARAM, F. ; MARTIN, R. L. S. ; Hackenhaar, AA . Prevalência de solicitação de dois exames anti-HIV no prénatal em cidade do Sul do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, D. E. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SAAVEDRA, J. S. ; Moura J Renata ; Vanessa Z Baumgarten ; Ott Carla ; Peter Jonas ; KARAM, F. ; MARTIN, R. L. S. ; Hackenhaar, AA . Prevalência da Hepatite C e taxas de transmissão vertical entre as gestantes atendidas no pré-natal do municipio do Rio Grande-RS, Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Hackenhaar, AA ; MARTIN, R. L. S. ; ZANCHI, M. ; KARAM, F. ; SAAVEDRA, J. S. ; MARTINS, D. E. . PORTABILIDADE DA CARTEIRA DE PRÉ-NATAL POR GESTANTES DO SUL DO BRASIL. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; kerber, Nalú PC ; Backes, AP ; Alves, CB ; Oliveira, Flavia S ; MAURENTE, C. T. ; Hackenhaar, AA . CONHECIMENTO DA ROTINA PRÉ-NATAL POR PROFISSIONAIS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE NO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MAURENTE, C. T. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MENDOZA-SASSI, R. ; Cesra, JA ; Castro, NB ; Bortolomedi, AP ; Hackenhaar, AA . UTILIZAÇÃO DO ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA DO INICIO DA GESTAÇÃO E DO GANHO DE PESO. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, D. E. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; SAAVEDRA, J. S. . DESIGUALDADES SOCIODEMOGRÁFICAS NA ASSISTÊNCIA AO PARTO NO SUL DO BRASIL EM 2010.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • MARTINS, D. E. ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Cesra, JA ; MENDOZA-SASSI, R. ; SAAVEDRA, J. S. ; KARAM, F. ; MARTIN, R. L. S. ; Hackenhaar, AA . Prevalência de solicitação de dois exames anti-HIV no pré-natal em um monicipio do Sul do Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • Martinez, Ana Maria ; Barral MArtinez MF ; Oliveira, Gisele R ; GONÇALVES, Carla Vitola . prevalencia do HPV 16 e 18 em pacientes HIV positivas atendidas em ambulatorio de ginecologia em um hospital universitário. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Vanessa Z Baumgarten ; BIANCHI, M. S. ; Longhi, Kamila ; Martinez, Ana Maria ; MENDOZA-SASSI, R. ; ZANCHI, M. . Prevalencia da Hepatite C, taxa de transmissão vertical e fatores associados entre gestantes de Rio Grande. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Backes, AP ; Alves, CB ; Oliveira, Flavia S ; kerber, Nalú PC ; ZANCHI, M. . CONHECIMENTO DOS EXAMES LABORATORIAS DA ROTINA PRÉ-NATAL POR PROFISSIONAIS DAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DO RIO GRANDE/RS. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Alves, CB ; Backes, AP ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Oliveira, Flavia S ; kerber, Nalú PC . EXAME FÍSICO REALIZADO PELOS MÉDICOS NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE QUE REALIZAM ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL DO MUNICÍPIO DO RIO GRANDE/RS. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Bortolomedi, AP ; Castro, NB ; MENDOZA-SASSI, R. ; Isabel Cristina Oliveira Netto . COBERTURA DO CITPATOLÓGICO DO COLO UTERINO EM UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DA. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Caldeira, TDM ; Oliveira, Gisele R ; JARDIM, F. F. ; Martinez, Ana Maria . Prevalência do Herpes Vírus Simples tipo 2 e sua associação com alterações no exame citopatológico em pacientes atendidas no Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Castro, NB ; Bortolomedi, AP ; MENDOZA-SASSI, R. . Avaliação do estado nutricional e de suas repercussões obstétricas em gestantes de um Município do Sul do país.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • Luciano Zogbi ; GONÇALVES, Carla Vitola ; MARTINS, D. E. ; Bolsson, B ; Silva, C . Disgerminoma Ovariano Gigante e Bilateral. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DUARTE, Geraldo ; GONÇALVES, Carla Vitola ; Dias, CC ; DIAS, L. Z. ; KARAM, F. ; MARTINS, D. E. . Relato de caso de disgerminoma em paciente de 16 anos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • DUARTE, Geraldo ; GONÇALVES, Carla Vitola ; KARAM, F. ; MARTINS, D. E. . Relato de caso de carcinoma microinvasor do colo uterino em paciente de 14. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; Bianchi, MS ; GARLET, G. ; SAKAI, A. F. . Exame clínico das mamas em consultas de pré-natal: análise da cobertura e de fatores associados em município do Rio Grande do Sul, Brasil.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; GARLET, G. ; DIAS, D. ; BIANCHI, M. S. ; COSTA, Juvenal Soares Dias da ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; MARCOLIN, Alessandra Cristina ; LIMA, L. C. V. E. ; SAKAI, A. F. . O exame clínico e a ultra-sonografia no pré-natal. Uma inversão de valores?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; DIAS, L. Z. ; KARAM, F. ; MARTINS, D. E. . "Disgerminoma - Relato de Caso".. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria ; Maas, Cláudia ; Daniela Corrêa Alba ; Bianchi, MS ; Tornatore, M . Diminuição da taxa de transmissão vertical do HIV-1 nos partos realizados no HU-FURG em dois anos (2004-2006). 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria ; Maas, Cláudia ; Daniela Corrêa Alba ; Bianchi, MS ; Tornatore, M . Perfil do pré-natal e do parto das pacientes acompahadas pelo pré-natal do HU-FURG.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola ; Martinez, Ana Maria ; Maas, Cláudia ; Bianchi, MS ; Daniela Corrêa Alba ; Tornatore, M . Perfil das Gestantes soropositivas acompanhadas pelo pré-natal do HU-FURG. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Doença renal, Tuberculose, HIV e Aids na gravidez. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Prevenção do Câncer Ginecológico. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Violência Sexual. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Transmissão Vertical do Vírus HIV na cidade de Rio Grande. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Gestante de risco. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • GONÇALVES, Carla Vitola . Urgências em Obstetrícia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

GONÇALVES, Carla Vitola ; Lima, Ari Gonçalves ; CARLOTTO, K. ; Hackenhaar, AA . Ambulatório de Gestantes Adolescentes. 2010.

GONÇALVES, Carla Vitola ; Elaine Pinheiro ; Silveira J ; Martinez, Ana Maria . ambulatório de gestantes portadoras do vírus HIV. 2010.

GONÇALVES, Carla Vitola ; Tornatore, M ; Martinez, Ana Maria ; Maas, Cláudia ; Elaine Pinheiro . Ambulatório de Gestantes Portadoras do Vírus HIV. 2009.

GONÇALVES, Carla Vitola ; Lima, Ari Gonçalves ; CARLOTTO, K. . Ambulatório de Gestantes Adolescentes. 2009.

GONÇALVES, Carla Vitola ; Maas, Cláudia ; Elaine Pinheiro . Campanha de Prevençaõ do Câncer Ginecológico para Funcionária do Hospital Universitário da Universidade do Rio Grande. 2009.

GONÇALVES, Carla Vitola ; Maas, Cláudia . Campanha de prevenção do câncer de mama e ginecológico. 2008.

GONÇALVES, Carla Vitola . Revisor de resumos do VII Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de DST e III Congresso Brasileiro de AIDS 2008. 2008.

GONÇALVES, Carla Vitola . Avaliação de Pôsteres do VII Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de DST e III Congresso Brasileiro de AIDS 2008. 2008.

COSTA, M. M. G. ; SUSIN, L. R. O. ; GONÇALVES, Carla Vitola . Apoiando a adolescente: da gestação aos cuidados com seu filho.. 2007.

GONÇALVES, Carla Vitola ; Maas, Cláudia . Campanha de prevenção do câncer de Mama e Ginecológico. 2006.

GONÇALVES, Carla Vitola . Ambulatório de Colposcopia. 2006.

GONÇALVES, Carla Vitola ; DAVILA, N. ; Martinez, Ana Maria . Ambulatório de Infecções Obstétricas. 2006.

GONÇALVES, Carla Vitola ; Maas, Cláudia . campanha de Prevenção de Câncer de Mama e Ginecológico. 2005.

GONÇALVES, Carla Vitola ; DUARTE, Geraldo ; COSTA, Juvenal Soares Dias da . Estudo sobre a prevenção do câncer de colo uterino no pré-natal. 2005.

GONÇALVES, Carla Vitola . ambulatório de colposcopia. 2004.

GONÇALVES, Carla Vitola . ambulatório de Infecção Obstétrica. 2004.

GONÇALVES, Carla Vitola . Cuidados e tratamento as gestantes HIV/AIDS e Transmissão Vertical. 2008. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Sífilis Congênita. 2008. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Abordagem Sindrômica nas DSTs e Redução de danos. 2008. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Anticoncepção e DSTs na adolescência. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Folder).

GONÇALVES, Carla Vitola . SAIBA MAIS SOBRE O SEU PRÉ-NATAL. 2008. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Folder).

GONÇALVES, Carla Vitola ; DIAS-DA-COSTA, J. S. ; DUARTE, Geraldo . Estudo sobre prevenção do câncer do colo uterino no pré-natal ? Rio Grande, Brasil.. 2008. (Relatório de pesquisa).

GONÇALVES, Carla Vitola . Toxoplasmose e gestação. 2007. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Ambulatório de Infecção Obstétrica. 2007. (Relatório de pesquisa).

GONÇALVES, Carla Vitola . Ambulatório de colposcopia. 2007. (Relatório de pesquisa).

GONÇALVES, Carla Vitola . Diabete e gestação. 2006. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Infecção por HIV na gestação. 2006. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Emergências Obstétricas e Violência Sexual.. 2005. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Doença Renal, Tuberculose, HIV e AIDS na gravidez.. 2005. .

Gonçalves, Paulo ; GONÇALVES, Carla Vitola . Prevenção do Câncer Ginecológico. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

GONÇALVES, Carla Vitola . Transmissão vertical do Vírus HIV na Cidade de Rio Grande.. 2005. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Gestação de Risco. 2005. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Eclâmpsia, Hemorragia na Gestação Ectópica Rota.. 2004. .

GONÇALVES, Carla Vitola . Abortamento de repetição e dispositivo intra-uterino. 2003. (Presidente de Mini Conferência).

GONÇALVES, Carla Vitola . Anestesia e analgesia em obstetrícia.. 1999. (Participação em Palestra).

GONÇALVES, Carla Vitola . Exame citopatológico. 1999. (Participação em Palestra).

GONÇALVES, Carla Vitola . Síndrome de Hellp. 1998. (Participação em Palestra).

GONÇALVES, Carla Vitola . Diabetes gestacional. 1998. (Participação em Palestra).

GONÇALVES, Carla Vitola . Infertilidade. 1998. (Participação em Palestra).

GONÇALVES, Carla Vitola . Climatério. 1998. (Participação em Palestra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    VALIDADE DA ESTRUTURA INTERNA ATRAVÉS DA TEORIA DE RESPOSTA AO ITEM DE DOIS INSTRUMENTOS SOBRE CONHECIMENTO DE INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS/HIV/AIDS NA POPULAÇÃO PRIVADA DE LIBERDADE, Descrição: As Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) na População Privada de Liberdade constitui um problema de saúde pública devido à sua alta prevalência, mas para melhorar o impacto da prevenção nessa população, é necessário avaliar o conhecimento dessas enfermidades. Embora muitos estudos avaliem o conhecimento sobre as ISTs em diferentes populações e contexto, esses utilizam métodos distintos, com abordagens quantitativas e qualitativas. Dessa forma a comparação entre os estudos fica prejudicada, pela falta de consistência das medições. Nesse contexto este estudo objetiva avaliar as propriedades psicométricas de dois instrumentos, o Questionário sobre Conhecimento de Doenças Sexualmente Transmissíveis- STD-KQ e o Questionário sobre Conhecimento do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV-K-Q) aplicados na População Privada de Liberdade pela Teoria de Reposta ao Item. Essa pesquisa faz parte de um Projeto de Saúde Prisional que abordará a prevalência das ISTs/HIV/Aids, transtorno mental, doenças crônicas e tuberculose, entre homens e mulheres do regime fechado da 5ª Delegacia Penitenciária Regional - Sul (DPR). A coleta dos dados foi realizada através de entrevista com o questionário padronizado pré-codificado, contendo dados sócio-economicos e da situação prisional. O Questionário STD-KQ com 28 itens e o Questionário HIV-K-Q com 43 itens validados para versão portuguesa brasileira, são auto aplicados. Os dados foram codificados em entrada dupla e analisados no Stata 14.0. A análise da estrutura interna será realizada pela teoria de resposta ao item que avalia os paramétricos discriminativos, de dificuldade e acerto ao acaso, e estima o traço latente (theta) dos respondentes, através do método máxima verossimilhança. Também será desenvolvida uma da escala de medida do traço latente, para avaliar o conhecimento das ISTs/HIV. Pretende-se com este estudo validar os instrumentos, para que se possa mensurar o conhecimento das ISTs/HIV de forma válida e confiável.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Patrícia Martinez Echevenguá - Integrante.

  • 2018 - Atual

    Estudo comparativo do metabolismo glicídico em pacientes com infecção crônica pelo vírus C, Descrição: Estima-se que 1 a 3% da população mundial esteja infectada pelo vírus da hepatite C (VHC) e que entre 60% e 70% desenvolverão doença hepática crônica. A hepatite C é responsável por cerca de 700.000 óbitos por ano no mundo. Recentemente, houve grandes avanços na terapia antiviral para o manejo da hepatite C, com a maioria das terapias atuais alcançando a resposta virológica sustentada (RVS) em mais de 95% dos pacientes. Apesar disso, a hepatite C continua a ser a principal causa de carcinoma hepatocelular (CHC) e cirrose descompensada que requer transplante hepático. Embora o impacto da infecção crônica pelo VHC nas hepatopatias tenha sido bem estudado, as sequelas extra-hepáticas e as complicações da infecção crônica por VHC que resultam dos efeitos sistêmicos da infecção viral persistente são bem menos enfatizadas. A associação entre a hepatite C e as manifestações metabólicas envolve principalmente o potencial efeito diabetogênico da infecção viral persistente. Realmente, maioria dos estudos parece demonstrar a associação da infecção crônica por VHC e resistência à insulina, enfatizando ainda mais o potencial benefício metabólico de alcançar e manter a RVS. Por outro lado, o diabetes mellitus é um importante e crescente problema de saúde pública para todos os países. A prevalência do diabetes, em especial o tipo 2, está aumentando de forma exponencial, adquirindo características epidêmicas em vários países. Como alguns relatos mostraram que a erradicação do VHC melhora a sensibilidade à insulina e reduz a incidência de diabetes, uma inferência razoável seria que alguns pacientes infectados pelo VHC com alto risco de ocorrência de diabetes poderiam se beneficiar de terapia antiviral além das razões hepatológicas. Desse modo, é muito interessante e oportuno determinar se o diabetes pode ser prevenido ou revertido com a erradicação bem-sucedida do VHC. Assim, partindo do pressuposto que o diabetes mellitus possa ser uma manifestação extra-hepática da infecção crônica do VHC, este estudo avaliou se a RVS resulta em modificação do metabolismo glicídico nestes indivíduos. Foram avaliados prospectivamente pacientes atendidos e tratados no Centro de Aplicação e Monitoramento de Medicamentos Injetáveis (CAMMI) do HU-FURG durante 24 meses. Os pacientes foram submetidos à questionário-padrão que avaliou aspectos clínicos relacionados à hepatite C e à DM-2. Foi avaliada a genotipagem do VHC por PCR, que classificou os genótipos em 1, 2, 3 e 4. O grau de fibrose foi estabelecido através de biópsia hepática, critérios clínicos de cirrose hepática, varizes de esôfago por exame de endoscopia, achados de imagem sugestivos de hipertensão portal ou hepatopatia crônica, elastografia e pelos escores FIB-4 e APRI, segundo os critérios estabelecidos pelo Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Hepatite C e Coinfecções 2018 e 2019 (PCDT 2018; PCDT 2019). Os pacientes foram submetidos à entrevista médica, exame físico incluindo medidas antropométricas, avaliação laboratorial e, quando indicado, métodos para avaliação da gravidade da hepatopatia. Foram usados métodos de imagem, endoscopia digestiva alta ou o emprego de dados clínicos que permitiram o diagnóstico de cirrose compensada ou descompensada (ascite, encefalopatia hepática, hemorragia por varizes de esôfago, etc.). Um conjunto não-aleatório de pacientes foi submetido à tratamento antiviral de acordo com os PCDT 2018 e 2019 que utilizam sofosbuvir, daclatasvir, ribavirina, simeprevir, 3D (dasabuvir, ombitasvir, ritonavir e veruprevir), velpatasvir/sofosbuvir e ledipasvir/sofosbuvir. Todos os pacientes incluídos, independente da terapia antiviral usada, realizaram o conjunto de testes metabólicos antes do início do tratamento. Os pacientes repetiram esses testes metabólicos ao final do tratamento e três meses depois. Testes metabólicos: foram realizados glicemia de jejum, Hb glicada. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Juceli Marcia Hendges Sparvoli - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2018 - Atual

    SÍFILIS NA GESTAÇÃO E SÍFILIS CONGÊNITA NO MUNICÍPIO DE RIO GRANDE, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL, Descrição: O estudo objetiva investigar os casos de sífilis em gestantes, dos recém-nascidos expostos à sífilis durante a gestação e de sífilis congênita do ano de 2019 no município de Rio Grande. O projeto proposto trata-se de um estudo longitudinal onde serão acompanhadas as crianças expostas à sífilis durante a gestação até os 18 meses de idade. Farão parte do estudo mulheres que apresentarem infecção por sífilis durante a gestação, com recém-nascidos de peso igual ou superior a 500g ou pelo menos 22 semanas de idade gestacional, que tiverem parto no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2019, residentes no município do Rio Grande. Serão excluídos os casos não confirmados de sífilis na gestação pelo teste rápido na maternidade. Os dados serão coletados em questionários padronizados e pré-codificados a partir dos prontuários das crianças expostas à sífilis durante a gestação e das suas mães após o parto, e durante acompanhamento ambulatorial das crianças até os 18 meses de idade no serviço de referência do município. Os questionários serão codificados e posteriormente digitados com entrada dupla em ordem inversa e após transcrição para o pacote estatístico STATA 14.0 para análise dos dados. Primeiramente será realizada análise da consistência dos dados, seguida pela criação das variáveis derivadas, com o cálculo das médias e demonstrativo da amostra. Logo após será realizada análise bivariada através do cálculo da prevalência de sífilis em gestante, da incidência de sífilis congênita e da taxa de transmissão vertical da infecção, de acordo com as características demográficas, socioeconômicas, comportamentais, da história reprodutiva e da gestação atual das mulheres que apresentaram sífilis na gestação. Se necessário será realizada análise ajustada a partir de modelo hierárquico a ser elaborado.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Sabrina Silveira Leite - Integrante.

  • 2017 - Atual

    CONSUMO ALIMENTAR DE GESTANTES ADOLESCENTES E RETENÇÃO DE PESO PÓS-PARTO: UM ESTUDO DE COORTE, Descrição: De acordo com a literatura a gravidez na adolescência, está associada a maiores riscos não só para o concepto como também para a saúde materna. Porém, condições que foram fortemente estudadas em gestantes adolescentes nas últimas décadas como ganho de peso gestacional insuficiente, prematuridade e baixo peso ao nascer, atualmente, devido a mudança nos hábitos alimentares e no estilo de vida da população, têm sido alteradas por maiores ocorrências de ganho de peso gestacional excessivo, inadequada ingestão de nutrientes e um quadro de estado nutricional em sobrepeso ou obesidade após o período gestacional. Neste sentido, o consumo alimentar materno mostra-se como um fator importante na saúde futura das mães e dos seus recém-nascidos, fazendo com que a nutrição adequada seja decisiva para o curso gestacional e seu desfecho. Assim, este estudo tem por objetivo identificar a qualidade do consumo alimentar em gestantes adolescentes e a presença de retenção de peso quatro meses após o parto. Trata-se de um estudo longitudinal constituído por puérperas adolescentes (< 20 anos de idade) residentes do município de Governador Valadares/MG e que tiverem filho entre outubro de 2018 e junho de 2019 nas maternidades locais. Além disso, somente serão incluídas neste estudo mães cujo recém-nascido possua peso maior que 500g e idade gestacional ≥ 37 semanas. Os dados serão coletados através de questionários em dois momentos, sendo o primeiro no pós-parto imediato seguido por uma consulta nutricional quatro meses após o parto. Os desfechos investigados serão o consumo alimentar das gestantes (coletado através de um questionário de frequência alimentar) e a retenção de peso quatro meses após o parto (estimada através da diferença entre o peso no quarto mês após o parto e o peso pré-gestacional). E ainda, fatores associados, sendo eles socioeconômicos, biológicos, reprodutivos, nutricionais, e hábitos de vida. Os dados obtidos serão digitados com entrada dupla, por digitadores independentes, em ordem inversa no programa Epidata 3.0. Em seguida, realizar-se-á a categorização das variáveis e verificação de frequências, seguida da análise bruta e ajustada com o cálculo do intervalo de confiança 95%, razão de prevalência e p-valor no software Stata® 15.1. O presente projeto será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa na Área da Saúde da Universidade Federal do Rio Grande.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Milena de Oliveira Simões - Integrante / Waneska Alexandra Alves - Integrante.

  • 2016 - 2018

    Prevalência e fatores associados a transtornos mentais na população carcerária no extremo sul do Brasil., Descrição: Estimasse que 10 milhões de pessoas estejam privada de liberdade no mundo. O Brasil tem a quarta maior população carcerária do mundo e esse número vem crescendo exponencialmente nos últimos anos. Diversos estudos apontam uma alta prevalência de transtornos mentais nessa população, variando de 25% a 80%. As altas prevalências encontradas na literatura são justificadas pela maior exposição dessa população a fatores de risco. O conhecimento sobre a saúde mental dessa população é importante para a elaboração de ações que minimizem fatores agravantes ou desencadeantes do adoecimento mental e reincidência criminal, além de contribuir para maior qualidade de vida e reinserção social após o cumprimento da pena. O presente estudo tem como objetivo investigar a prevalência e os fatores associados a transtornos mentais na população carcerária na região sul do Rio Grande do Sul. Serão pesquisados os presídios de Pelotas, Rio Grande, Santa Vitória do Palmar, Jaguarão, Camaquã e Canguçu. Para avaliação dos transtornos mentais será utilizado o Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI plus), módulos: Episódio Depressivo Maior; Risco de suicídio; Transtorno de Estresse Pós-Traumático e Transtorno de Ansiedade Generalizada. Para a avaliação dos fatores associados será aplicado um questionário com variáveis socioeconômicas, prisionais, saúde mental e uso de substâncias. As variáveis serão analisadas por modelo de regressão de Poisson e as análises estatísticas serão realizadas através do software Stata® 14.0.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Caroline Ribeiro Costa - Integrante.

  • 2016 - 2018

    ANÁLISE PSICOMÉTRICA DO QUESTIONÁRIO SOBRE INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS/HIV/AIDS NA POPULAÇÃO PRIVADA DE LIBERDADE NO EXTREMO SUL DO BRASIL., Descrição: Introdução: As Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) na População Privada de Liberdade constituem um grave problema de saúde pública devido sua prevalência. Os comportamentos de risco sexual e parenteral estão entre os fatores que contribuem para tal situação. Objetivo: avaliar as Propriedades Psicométricas da versão brasileira do Questionário sobre Conhecimento de Doenças Sexualmente Transmissíveis- STD-KQ na População Privada de Liberdade. Metodologia: A pesquisa faz parte de um Projeto de Saúde Prisional que abordará ISTs/HIV/Aids, Transtorno Mental e Doenças Crônicas, atingindo a população privada de liberdade da 5ª Delegacia Penitenciária Regional - Sul (DPR), que compreende os Presídios Estaduais de Camaquã, Pelotas, Jaguarão, Canguçu, Rio Grande e Santa Vitória do Palmar. O estudo será observacional do tipo transversal. A coleta dos dados será realizada através do Questionário STD-KQ auto-aplicado validado para versão brasileira com 28 questões. Juntamente com o questionário será entregue a cada sujeito uma cópia do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A análise dos dados compreenderá a validade de constructo a partir da análise fatorial exploratória e confirmatória. Também, será calculada a fidedignidade do instrumento para verificar a consistência interna, por meio do alfa de Crombach. Resultado: Pretende-se com este estudo avaliar as propriedades psicométricas do questionário nesta população, para que se possa mensurar o conhecimento das ISTs de forma confiável e com alta fidedignidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Patrícia Martinez Echevenguá - Integrante.

  • 2016 - 2017

    MULHERES GESTANTES QUE VIVEM COM O HIV NO EXTREMO SUL DO BRASIL UMA INTERFACE ENTRE A EPIDEMIOLOGIA E OS ASPECTOS EMOCIONAIS A PARTIR DE UM ESTUDO DE MÉTODOS MISTOS, Descrição: De acordo com a UNAIDS, nos últimos anos os dados apontam para um enorme ganho adquirido no combate ao aumento do número global de casos de novas infecções pelo HIV/Aids no mundo, principalmente devido às novas estratégias de prevenção da TMI e ao tratamento efetivo e precoce dos casos. O objetivo deste estudo consiste em estabelecer o perfil sócio-demográfico e os aspectos relacionados com o sofrimento psíquico das gestantes que vivem com HIV/Aids, em um centro de referência em Rio Grande-RS. Este estudo possui caráter misto sequencial. A pesquisa foi realizada no período de 2013 a 2015, junto às bases de dados e de entrevistas às gestantes do Ambulatório e Maternidade do Hospital Universitário Dr.Miguel Riet Corrêa Jr. (HU_FURG) no município de Rio Grande-RS. Foi realizado um estudo transversal retrospectivo, com os prontuários de todas as gestantes entre 2003 e 2012, investigada da presença de transtornos mentais comuns (SRQ-20) e a avaliação dos níveis de autoestima (Escala de Rosemberg), além de realizadas entrevistas semi-estruturadas. Os dados quantitativos foram analisados no programa SPSS® versão 20.0. Para a análise temporal as pacientes foram divididas em biênios pelo ano do parto, sendo calculadas as prevalências de cada variável estudada no seu respectivo biênio e comparadas às prevalências pelo teste de qui-quadrado. As entrevistas foram gravadas em meio digital e transcritas em sua íntegra e analisadas de acordo com a Análise de Conteúdo. Os escores do SRQ-20 e da Escala de Rosemberg, foram analisados através de escores absolutos e os constructos evocados pelas gestantes entrevistadas foram classificados em aspectos positivos e negativos da gestação.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Rubens C Lobato - Integrante.

  • 2016 - Atual

    ESTUDO DA SAÚDE PRISIONAL, Descrição: A saúde da população penitenciária tem sido objeto frequente de estudo, visto que mais de 10 milhões de pessoas estão na prisão em todo o mundo (ROY WALMSLEY, 2016). O Brasil tem a quarta maior população carcerária mundial, sendo que atualmente existem 640 mil presos, em 2.776 estabelecimentos. No Rio Grande do Sul, a realidade carcerária não difere da nacional, são 21.444 vagas, para 31.484 presos; ou seja, um déficit de 10.040 vagas (46,8%). Dos 98 estabelecimentos prisionais do Estado, 43 são classificados em situação péssima e 17 em situação ruim (CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, 2016). Esse estudo objetiva conhecer a saúde da população carcerária da 5a Delegacia Penitenciária Regional ? Região Sul (DPR). O projeto proposto trata-se de um estudo transversal com amostra estratificada por presídio. Segundo dados da SUSEPE existem no momento 34190 pessoas privadas de liberdade nos seis presídios da 5ª CPR sendo 32285 (94,4%) do sexo masculino e 1905 (5,6%) do sexo feminino. Serão elegíveis os homens e as mulheres privados de liberdade em regime fechado nos presídios da 5ª DPR. Sendo excluídos os detentos que apresentarem alguma limitação cognitiva ou algum tipo de transtorno mental que não sejam capazes de compreender as perguntas realizadas. O cálculo amostral foi realizado no programa Epiinfo 7.2. A frequência esperada utilizada foi de 40% com margem de erro de 5% e nível de confiança de 95%, obtendo-se N de 755 indivíduos. Os dados serão obtidos por um questionário padronizado pré-codificado contendo variáveis de identificação, situação prisional, dados sócio-demográfico, comportamento sexual, uso de drogas, estado nutricional e saúde dos indivíduos estudados. Para o estudo da prevalência de doenças sexualmente transmissíveis será realizada coleta de material biológico para a extração do DNA genômico. Nas mulheres as amostras serão coletadas de secreção cérvico-vaginal com o auxílio de uma escova VAGISPEC®, no momento da coleta do citopatológico de rotina. Nos homens serão coletadas amostras de urina, sendo 15-30 mL onde a última micção deve ser superior a 1 h antes. As amostras armazenadas serão submetidas a extração do DNA feita a partir do Kit comercial GFX (GE Healthcare) Genomic Blood DNA Purification Kit, seguindo as recomendações do fabricante. Os questionários serão codificados e posteriormente digitados com entrada dupla em ordem inversa e após transcrição para o pacote estatístico STATA 14.0 para análise dos dados. Primeiramente será realizada à análise da consistência dos dados, seguida pela criação das variáveis derivadas, com o cálculo das médias e demonstrativo da amostra. Logo após será realizada a análise bivariada com o cálculo do IC 95%, razão de prevalência e p-valor. Em um segundo momento, as variáveis com p≤ 0,20 serão analisadas por modelo de regressão logística de Poisson sendo que as exposições de interesse serão ajustadas para variáveis de mesmo nível e de níveis superiores.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / DA HORA, VANUSA P. - Integrante / FABIANE GATTI - Integrante.

  • 2015 - 2018

    TENDÊNCIA TEMPORAL E DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DO PESO AO NASCER NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL NO PERÍODO DE 2001 A 2012, Descrição: O peso ao nascer é um importante indicador de saúde de uma população, apresentando forte repercussão no estado de saúde perinatal, seus desvios são responsáveis por complicações que podem levar ao aumento da morbimortalidade dos neonatos (MORAES, 2011). A aferição do peso na primeira hora após o nascimento é um parâmetro usado mundialmente para avaliar as condições de saúde do recém-nascido, alertando os profissionais sobre seus riscos. Essa medida reflete as condições nutricionais tanto da gestante como do neonato e tem influência direta no crescimento e desenvolvimento da criança e nas condições de saúde do indivíduo na vida adulta (PEDREIRA et al., 2011). Para classificação do peso ao nascer, utiliza-se o critério da Organização Mundial da Saúde (OMS.) Crianças com menos de 2500 g são classificadas como baixo peso, entre 2500 g e 2999 g peso insuficiente, entre 3000 g a 3999 g peso adequado e excesso de peso acima de 4000g (PUFFER; SERRANO, 1987). Em relação ao baixo peso no Brasil em 2012, verificou-se que 8,5% das crianças nasceram com menos de 2500 g (BRASIL,2012). No entanto o peso ao nascer resultante de uma série de fatores de origem biológica, social e ambiental e que coloca em evidência fatores relacionados às condições de vida da população, sendo um processo complexo (GOMES et al., 2013). Entre os fatores de risco associados à inadequação do peso do recém-nascido estão: idade materna, condições socioeconômicas, fatores comportamentais da gestante (uso de álcool, drogas e fumo) e patologias clinicas prévias ou patologias associadas a gestação (UCHIMURA et al., 2008). Dentre os fatores de riscos não patológicos que interferem no peso ao nascer, a idade materna precoce (menos de 20 anos) ou tardia (mais 35 anos) e o ganho de peso materno inadequado durante a gestação têm sido frequentemente apontados como importantes determinantes do peso do recém-nascido (SILVA, 2012). O estudo sobre o peso ao nascer mostra-se relevante e refere-se à busca de subsídios para um maior entendimento da sobreposição de fatores determinantes a respeito do tema abordado, levando em consideração as desigualdades socioeconômicas e culturais, além da falta de consenso encontrado na literatura. Estudos sobre o peso ao nascer são essenciais para que medidas de prevenção e controle sejam utilizadas para criação de políticas públicas a respeito do tema, melhorando a qualidade de vida da população. Apesar da necessidade de estudos a respeito de tema, uma revisão sistemática observou que ainda não foram realizados estudos no Rio Grande do Sul. Assim a utilização da distribuição espacial permitirá identificar as principais áreas do estado que carecem de intervenção.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Lisiane Ortiz Teixeira - Integrante / Vanusa Belarmino - Integrante.

  • 2015 - 2017

    OCORRÊNCIA DE NASCIMENTOS PREMATUROS EM UM MUNICÍPIO DO EXTREMO SUL DO BRASIL, Descrição: A prematuridade, definida como o nascimento ocorrido antes da 37ª semana de gravidez, se configura como um problema importante de saúde pública com ocorrência elevada em todo o mundo.Crianças que nascem prematuras apresentam risco aumentado de morbimortalidade no nascimento, complicações na infância, além de maior risco de mortenos primeiros anos de vida. Este estudo tem por objetivo medir a ocorrência e identificar os fatores associados à prematuridadeno município do Rio Grande (RS) no ano de 2013. O delineamento a ser utilizado é do tipo observacional de caráter transversal. Integrarão a população do estudo todos os recém-nascidos de puérperas domiciliadasno município do Rio Grande com parto ocorrido nas duas únicas maternidades locais durante o referido ano. Todas as informações do estudo foram coletadas por entrevista às mães nas primeiras 48 horas após o parto.Será considerado prematuro o nascimento ocorrido antes da 37ª semana completa de gestação, avaliado preferencialmente pela idade gestacional estimada por ultrassonografia da 6a a 20a semana de gestação. Para análise descritiva, será obtida medida de prevalência, enquanto que nas análises bruta e ajustada dos fatores associados ao desfecho, será utilizada regressão de Poisson com ajuste robusto para variância,obedecendo ao modelo hierárquico previamente definido para o estudo. Espera-se, a partir dos dados obtidos, auxiliar os serviços de saúde do município a implementar medidas que visem à redução do nascimento prematuro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Franciele Gonçalves Pereira - Integrante / Marylin Rita da Silva - Integrante.

  • 2015 - 2017

    AVALIAÇÃO DO ACONSELHAMENTO NUTRICIONAL EM SERVIÇOS DE SAÚDE DE UM MUNICÍPIO DO SUL DO BRASIL, Descrição: A transição nutricional é interpretada mundialmente como o conjunto de alterações nos padrões alimentares e, por consequência, nutricionais, resultantes de modificações na estrutura da dieta dos indivíduos e que se correlaciona com mudanças econômicas, sociais, demográficas e de saúde. É relevante evidenciar a preocupação com a saúde da população, no qual tem sido gravemente afetada pelas mudanças ocorridas nos hábitos alimentares, acarretando em um surgimento acelerado de doenças crônicas. O aconselhamento ou orientação nutricional é definido como o processo pelo qual os indivíduos são auxiliados a selecionar e implementar comportamentos adequados de alimentação e estilo de vida, desempenhando um papel de suma importância na prevenção e tratamento dessas patologias. Deste modo, este estudo tem por objetivo avaliar o recebimento de aconselhamento nutricional em adultos e idosos residentes na área urbana de um município do Sul do Brasil. Trata-se de um estudo transversal de base populacional, o qual faz parte de um projeto de pesquisa maior, intitulado ?Perfil de saúde da população da cidade do Rio Grande/RS?, a ser conduzido por alunos e professores da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Serão inclusos aqueles indivíduos que estiverem morando na zona urbana do município, possuírem 18 anos ou mais e estarem residindo no seu local de moradia, no período da coleta de dados, por pelo menos um ano. Os dados serão coletados através de um questionário único pré-codificado e padronizado, com o intuito de buscar informações sobre características sócio demográficas, comportamentais, estado nutricional, saúde dos indivíduos estudados e recebimento de aconselhamento nutricional. A análise estatística será realizada através do softwareStata 11.2 sendo que as variáveis com p≤ 0,20 na análise bivariada serão ajustadas por regressão logística de Poisson em níveis hierárquicos. O presente projeto será encaminhado para análise e aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da FURG. Apesar de a literatura evidenciar a grande importância de uma alimentação saudável, há uma escassez de estudos, que investigam a prevalência do aconselhamento a hábitos de alimentação saudável fornecido por profissionais de saúde. Assim, este estudo se vê relevante para avaliar o estado atual de exposição da população á hábitos alimentares saudáveis, podendo ser base para futuras pesquisas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador.

  • 2015 - 2017

    Avaliando a prevalência da consulta puerperal e os fatores associados a sua não realização, Descrição: O puerpério, período que se inicia após o parto, é marcado por transformações que pretendem restabelecer o organismo da mulher à situação pré-gravídica, modificações estas que não ocorrem somente no âmbito fisiológico, endócrino e genital, mas na sua totalidade como pessoa (BRASIL, 2005).Essas mudanças têm um impacto significativo na vida da mulher, podendo desencadear o início de várias dificuldades, conduzindo a disfunções e problemas com impacto negativo na saúde física e psicológica da puérpera (RODRIGUES, 2009). Segundo o Ministério da Saúde, as complicações na gestação, no parto e no puerpério aparecem com destaque como uma das dez primeiras causas de morte de mulheres, sendo que 92% desses casos poderiam ser evitados. (BRASIL, 2005). Segundo dados do PNDS 2006, em apenas 39,2% dos nascimentos a mulher realizou pelo menos uma consulta de puerpério, sendo maior a ocorrência nas regiões Sul (49,3%) e Sudeste (51,1%), a escolaridade da mãe, a classe econômica e o uso da saúde suplementar determinaram a maior realização de consultas. Vários estudos evidenciaram a importância da consulta puerperal, e desta contribuir para esclarecer, instrumentalizar e facilitar a adaptação da mulher, em seu ambiente familiar, frente à nova realidade que se apresenta com a chegada de um novo membro na família, atuando como uma estratégia que favorece e oportuniza o conhecimento do seu corpo, considerando suas crenças e o ambiente em que está inserida. A atenção à mulher no puerpério pode contribuir para esclarecer, instrumentalizar e facilitar a adaptação da mulher as dificuldades e problemas físicos e psíquicos que pode surgir no pós-parto. No entanto, estudos brasileiros mostram baixa prevalência de realização de consulta puerperal, além de observarem uma desigualdade socioeconômica. Quanto aos fatores associados a não realização dessa consulta, os trabalhos apontam a falta de orientação como um relato frequente das mulheres. Nesse cenário, o estudo da prevalência da realização de consultas de puerpério e dos fatores associados a sua não realização, pode contribuir para elaboração de políticas públicas baseadas no conhecimento dos reais determinantes da melhora da assistência materno-infantil no município e, consequentemente, evitar a ocorrência de desfechos desfavoráveis.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Nalú Pereira da Costa Kerber - Integrante / Cleci de Fátima Enderle - Integrante / Cristiane de Souza Gonçalves - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Infecção Gonocócica em mulheres, Descrição: Estudo multicêntrico realizado no Brasil mostra uma prevalência de infecção por gonococo em mulheres entorno de 1,5%, sendo que 80% dessas são assintomáticas (estudo multicêntrico). Esta infecção traz riscos à saúde da mulher podendo evoluir para uma doença inflamatória pélvica e até mesmo infertilidade, ou ainda, estar associada à transmissão vertical. Além disso, várias pesquisas têm associada à infecção gonococia a um maior risco para transmissão e aquisição do HIV, visto que a carga viral no semêm e na secreção cérvico-vaginal na presença do gonococo é 2 vezes maior que a sanguínea (manual de DST). Sendo assim, está bactéria consiste em um problema de saúde pública, pois no ano de 2010, foi responsável por 34.670 internações, com um custo para cada internação entorno de R$ 384,00 gerando um gasto de R$ 13.340.236,71 para o Sistema Único de Saúde. (http://www.aids.gov.br/pagina/resultado-de-projetos-de-pesquisa-classificados-). Acredita-se que por a infecção Gonocócica ser assintomática na maioria dos casos, não apresentar notificação compulsória no Brasil e muitas vezes ser confundida com infecção por clamídia, a sua situação se torna preocupante, justificando assim uma revisão de literatura sobre este assunto.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Kelly Ortiz Scheer - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Prevalência de infecções de possível transmissão vertical em gestantes de um Hospital Universitário no Sul do Brasil., Descrição: Modelo do estudo: Trata-se de um estudo retrospectivo através de revisão de prontuários junto aos Serviços de Arquivo Médico e Estatística (SAME) do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. (HU-FURG) das mulheres internações no serviço de Ginecologia e Obstetrícia de 01/01/2011 a 31/12/2012. Objetivo: Avaliar a prevalência de infecções de possível transmissão vertical entre as gestantes atendidas em um Hospital Universitário. Métodologia: Foram incluídos os prontuários das gestantes que internaram para parto ou aborto e excluídas as mulheres não residentes no município. Foi preenchido um questionário estruturado e pré-codificado, com os dados coletados da Declaração de Nascido Vivo (DNV) e/ou a ficha de internação da paciente. Sendo o diagnóstico de infecção confirmado pelos exames realizados na internação em anexo no prontuário. Realizou-se a análise bruta e multivariada com o calculo dos intervalos de confiança de 95%, o p- valor pelo teste de qui-quadrado no programa SPSS 19.0. Resultados: Entre 1070 mulheres incluídas no estudo 77 (7,4%) tinham alguma infecção, sendo 31 (3,1%) HIV, 29 (2,6%) sífilis, 11 (2%) toxoplasmose IgM, 5 (0,5%) Hepatite C, 2 (0,2%) hepatite B e 3 co-infectadas. Após a análise ajustada observamos que as mulheres com menos de 5 consultas ou sem pré-natal tinham um risco 2 e 5 vezes maior de ter infecção, respectivamente. Conclusões: Encontramos uma alta prevalência de infecções em gestante principalmente HIV e sífilis. Chamamos a atenção para o fato que as mulheres que menos procuram o serviço de pré-natal são as mais vulneráveis a apresentarem alguma infecção.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Daniel Zatt - Integrante / Natália do C Zanella - Integrante / Anna Carolina A Peres - Integrante.

  • 2014 - 2016

    INSATISFAÇÃO COM A IMAGEM CORPORAL EM UNIVERSITÁRIOS DO SUL DO BRASIL, Descrição: Este estudo tem por objetivo conhecer a prevalência de insatisfação corporal dos universitários, assim como identificar o perfil das pessoas mais propensas à insatisfação corporal, com base em características sociodemográficas, comportamentais (uso de medicamentos para emagrecer, nível de atividade física, ingestão de alimentos ricos em gordurae uso de dietas) e mais proximais como o estado nutricional. O estudo será transversal com amostra representativa de universitários da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), localizada no município de Rio Grande através de um questionário de caráter comportamental (alimentação, uso de dietas enível de atividade física) e uma escala de silhuetas, adaptada e validada para o Brasil por Kakeshita (2009) e será autoaplicável. As análises serão feitas usando o pacote estatístico Stata versão 13.1, e dados serão analisados através da regressão de Poisson, na qual serão extraídas as análises brutas e ajustadas e para avaliar a concordância entre a imagem percebida e a desejada será utilizado o teste Kappa. Espera-se encontrar uma alta prevalência de insatisfação corporal entre os universitários, com diferenças, principalmente, ao sexo, em relação ao índice de massa corporal, uso de dieta para emagrecer e consumo de medicamentos para emagrecer.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Adriano Trassantes Oliveira - Integrante.

  • 2013 - 2017

    GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NO EXTREMO SUL DO BRASIL: PERSPECTIVAS E VULNERABILIDADE PSCICOSOCIAL., Descrição: Este estudo busca ampliar os conhecimentos sobre as consequências socioeconômicas da maternidade na adolescência na cidade do Rio Grande e constatar a qualidade de vida destas jovens após a maternidade. Estudos já realizados mostram que a gravidez precoce pode acarretar problemas na saúde materno-infantil, bem como dificuldades para realização de projetos de vida da adolescente, particularmente quanto à escolaridade e inclusão no mercado de trabalho remunerado. Frente a isto, a recorrência de gravidez na adolescência justifica uma maior preocupação. Visando subsidiar educadores e gestores em saúde no enfrentamento da atenção à saúde do adolescente, o presente estudo se justifica para gerar informações que contribuam no delineamento de estratégias que resultem em qualidade na assistência, com equidade e ações de orientação para evitar gestações indesejadas e sua recorrência, e assim, melhorar a saúde e a qualidade de vida das jovens e de seus filhos. Reforçando a importância das políticas de saúde voltadas para os adolescentes. Este estudo objetiva estudar as consequências socioeconômicas da gravidez na adolescência e os fatores associados a sua recorrência na cidade do Rio Grande; Identificar o perfil socioeconômico da jovem mãe na cidade do Rio Grande; Avaliar o apoio familiar e do companheiro para a adolescente no pós-parto na cidade do Rio Grande; Verificar o conhecimento da jovem sobre anticoncepção, DST, uso de drogas, e acesso aos serviços de saúde, na cidade do Rio Grande; Verificar a incidência de recorrência de gravidez e os fatores associados à mesma, na cidade do Rio Grande; Avaliar a qualidade de vida da adolescente após a maternidade na cidade do Rio Grande.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Mariza zanchi - Integrante.

  • 2013 - 2015

    AVALIAÇÃO DO PERFIL NUTRICIONAL MATERNO E SUA INFLUÊNCIA NO DESFECHO GESTACIONAL, Descrição: As recomendações de ganho de peso durante a gestação visam otimizar o crescimento e o desenvolvimento fetal e a preservação da saúde materna. Levam em conta o aumento da prevalência de obesidade e sobrepeso atual, assim como o ganho de peso excessivo na gestação (IOM, 2009). Estudos apontam que desvios no ganho de peso materno em relação a essas recomendações, uma vez que são de etiologia multifatorial, podem atuar como marcadores úteis de fatores biológicos e sociais que se relacionam com desfechos desfavoráveis da gestação (Rodrigues, Lacerda et al., 2008; Drehmer, Camey et al., 2010; Melzer e Schutz, 2010). A falta de consenso na literatura em relação ao efeito da escolaridade, idade e nível socioeconômico materno sugerem mais estudos para esta avaliação. As medidas antropométricas maternas atuam identificando mulheres em risco nutricional, porém não revelam os fatores determinantes de tais problemas. O entendimento da contribuição dos diversos fatores que atuam no ganho de peso gestacional, acima ou abaixo das recomendações, é imprescendível para a identificação das gestantes sob risco, possibilitando intervenções oportunas e efetivas de acordo com cada caso (Fraga, 2012). Estudo avaliando o impacto do IMC pré-gestacional e do ganho de peso no desfecho gestacional foi realizado previamente na cidade de Rio Grande (Gonçalves, Mendoza-Sassi et al., 2012). Porém este estudo não verificou a adequação do ganho de peso materno em relação ao estado nutricional inicial sob o ponto de vista das recomendações na gestação e nem os determinantes desta condição. Sendo assim, dada a carência de informações a respeito da adequação do ganho de peso na gestação e de fatores associados na cidade do Rio Grande, bem como a ausência de resultados conclusivos na literatura sob o efeito de alguns determinantes, faz-se relevante a elucidação dessas informações para o planejamento de estratégias de baixo custo, visando atender à população de mulheres com maior vulnerabilidade nessa região. Os objetivos deste estudo são avaliar o estado nutricional materno e fatores associados ao ganho de peso gestacional na cidade do Rio Grande no ano de 2013; Caracterizar o estado nutricional pré-gestacional materno; Verificar adequação do ganho de peso na gestação; Estudar a associação entre os fatores antropométricos, sócio-demográficos, obstétricos, reprodutivos, comportamentais e a adequação de ganho de peso gestacional; Relacionar o ganho de peso gestacional com características antropométricas do recém-nascido.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Luana Patricia Marmitt - Integrante.

  • 2013 - Atual

    PREVALÊNCIA DE INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS (IST) NA PLACENTA E COLOSTRO DE GESTANTES E INCIDÊNCIA DE IST NO CORDÃO UMBILICAL DE NEONATOS ATENDIDOS NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO (FURG), RIO GRANDE ? RS, Descrição: Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) estão entre os problemas de saúde pública mais frequentes em todo o mundo. As mulheres têm maiores índices de prevalência e consequências mais sérias do que os homens frente às IST, com consequente risco de transmissão vertical da infecção. Entre as IST mais importantes e frequentes, encontram-se as infecções virais causadas pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), papilomavírus humano (HPV), herpesvírus humano (HSV tipo 1 e 2), vírus da hepatite B e C (HBV e HCV respectivamente) e as infecções bacterianas por Treponema pallidum e Chlamydia trachomatis. Estudos têm demonstrando que tais infecções podem ser transmitidas através de maneira não-sexual, como pela via transversal pela placenta e/ou colostro e/ou sangue do cordão umbilical. Este modo de transmissão não-sexual pode ter um impacto importante sobre as estratégias de controle, vacinação e manejo clínico de mulheres infectadas antes ou durante a gravidez, porém ele é pouco estudado. Dessa forma, esse projeto tem como objetivo estimar a prevalência desses agentes de IST na biópsia da placenta e no colostro de gestantes atendidas no Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. ? HU/FURG na cidade do Rio Grande e a incidência daqueles agentes no sangue do cordão umbilical dos neonatos dessas gestantes e os fatores de risco associados. Participarão do estudo mulheres atendidas no Centro Obstétrico do HU/FURG que concordarem em assinar o termo de consentimento livre e esclarecido. Todas as participantes responderão a um questionário auto-aplicável. Serão coletados duas biópsias do disco da placenta (uma no lado materno e a outra no lado fetal), o sangue arterial do cordão umbilical e o colostro. As amostras serão levadas em recipiente próprio a temperatura refrigerada ao laboratório de Biologia Molecular da FAMED/FURG. A detecção dos agentes infecciosos causadores das IST será realizada através da técnica da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) a partir do DNA e/ou RNA extraídos das amostras. Quando aplicável, a determinação dos genótipos será realizada por sequenciamento automático do produto de PCR. Para a análise estatística e associação das IST com os fatores de risco associados será utilizado o programa STATA versão 9.0 e o programa Epi-info.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Vanusa Pousada da Hora - Integrante / Ana Maria Barral de Martinez - Integrante / Raul Mendoza-Sassi - Integrante / Marcelo Soares - Integrante / Andrea Von Groll - Integrante / Pedro Eduardo Almeida da Silva - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

  • 2012 - 2014

    Prevalência da realização do exame ANTI-HIV no pré-natal no município do Rio Grande, Descrição: A Organização Mundial da Saúde estima que a pandemia da AIDS no mundo contabilize um número de 42 milhões de pessoas, sendo que 50% delas são mulheres na faixa etária que vai dos 15 aos 49 anos. O mesmo ocorre no Brasil, onde se observa a feminização da doença, a qual passou da faixa de 5,3%, em 1983, para 36%, em 2002. Isto implica em um maior número de mulheres em idade fértil portadoras do HIV no país e, conseqüentemente, um risco maior de transmissão vertical (TV). O presente estudo tem como objetivo avaliar não só a cobertura do exame anti-hiv no pré-natal no município do Rio Grande bem como avaliar a prevalência de gestantes portadoras do HIV no município. Foi realizado um estudo transversal de base populacional nas duas maternidades do município do Rio Grande de 1° de janeiro a 31 de dezembro de 2010. Nesse período, entrevistadoras previamente treinadas abordavam as puérperas e lhes explicava o caráter da pesquisa, sendo que, caso essas desejassem participar da pesquisa, assinavam o termo de consentimento e respondiam a um questionário único. Os critérios de inclusão foram: residir no município do Rio Grande e ter idade gestacional no momento do parto igual ou superior a 22 semanas ou recém-nascido com peso maior que 500g. Foram excluídas as puérperas sem pré-natal. Ao avaliarmos a prevalência de gestantes HIV positivas e seu perfil epidemiológico, acreditamos que Rio Grande tenha uma prevalência superior ao referido pelo Ministério da Saúde e que pacientes de risco podem estar deixando de serem testadas, incrementando as taxas de TV.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Daiana Enisa Martins - Integrante.

  • 2012 - 2012

    Avaliação da confiabilidade entre o dado informado pela gestante e o anotado da carteira de pré-nata.l, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Mariza zanchi - Integrante / Ana Paula Backes - Integrante / Carolinne Borges Alves - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2012 - 2012

    Avaliação da portabilidade da carteira de pré-natal na maternidade., Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Mariza zanchi - Integrante / Ana Paula Backes - Integrante / Carolinne Borges Alves - Integrante., Número de orientações: 1

  • 2011 - 2016

    Prevalência de anticorpos contra Toxocara canis em gestantes e neonatos atendidos no Hospital Universitário da cidade do Rio Grande, Descrição: Estudos realizados com crianças, em várias regiões do Brasil, revelam prevalência alta para toxocaríase, entretanto, existem poucos estudos avaliando esta patologia durante a gestação e seu impacto no desenvolvimento fetal (PEREIRA, et al., 2007). A transmissão vertical de T. canis é importante na espécie canina, e foi comprovada em estudos experimentais com camundongos (TAYLOR, et al., 1996). Recentemente, Maffrand et al. (2006) relataram a ocorrência de transmissão vertical em humanos, evidenciando a importância de estudos nessa área, bem como o controle dessa parasitose, não somente na infância mas também na gestação. Em outras parasitoses, como a toxoplasmose e a Doença de Chagas a transmissão vertical tem um papel importante na patologia e epidemiologia destas doenças (DUARTE, 2003).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Integrante / Carlos James Scaini - Coordenador / Paula Costa dos Santos - Integrante.

  • 2010 - 2012

    Uma auditoria para a avaliação da qualidade do pré-natal realizado em município do Sul do Brasil, Descrição: Este estudo busca ampliar os conhecimentos sobre as características do atendimento pré-natal oferecido a gestante no município de Rio Grande. Há poucos estudos na literatura que avaliam a qualidade dos serviços oferecidos à população e, menor ainda é o número de estudos que investigam a estrutura do local de trabalho dos trabalhadores de saúde. Além disso, esta auditoria visa avaliar o conhecimento dos profissionais de saúde frente à rotina de pré-natal orientada pelo Ministério da Saúde do Brasil. Esperamos encontrar deficiências tanto na estrutura do local de pré-natal, como falta de conhecimento dos profissionais de saúde e dificuldades destes em realizarem a rotina mínima preconizada pelo PHPN. Uma vez diagnosticada determinada realidade, serão implementadas ou redirecionadas as ações necessárias, para se quantificar o problema no sentido de se verificar constantemente a efetividade das medidas adotadas. Por fim, este estudo visa estruturar ações futuras, no sentido de tornar mais efetivas as abordagens dos trabalhadores que realizam pré-natal no município do Rio Grande e garantir ações com custo-benefício favoráveis. Há, também, a possibilidade de sugerir intervenções na realidade dos serviços, e atualizações por meio de cursos e palestras realizadas em conjunto com a Secretária de Saúde do município do Rio Grande.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Flavia Seles Oliveira - Integrante / Nalú Pereira da Costa Kerber - Integrante / Ana Paula Backes - Integrante / Carolinne Borges Alves - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1

  • 2010 - 2012

    Avaliação da prevalência do Herpes Vírus e coinfecção do HPV e citopatológico alterado em pacientes atendidas no Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr., Descrição: Estudos sobre a co-infecção de HSV e HPV nas pacientes e seus fatores de risco associados são recentes na literatura. No Brasil as pesquisas que visam avaliar a prevalência de HSV e HPV entre as pacientes e as taxas de citopatológico alterado destes vírus são escassas. Com este estudo objetivamos avaliar o perfil epidemiológico, em relação a coinfecção de HSV e HPV entre as pacientes atendidas no serviço de ginecologia e obstetricia do Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Correa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande do Município do Rio Grande (HU-FURG) e verificar quais fatores estão associados a presença de alterações no exame citopatológico. Visando possibilitar as autoridades de saúde a embasar e direcionar intervenções de saúde para a população de maior risco.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Ana Maria Barral de Martinez - Integrante / Thaís D M Caldeira - Integrante., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

  • 2010 - 2012

    Estudo Perinatal 2010:, Descrição: Na quase totalidade dos municípios brasileiros, o conhecimento das condições de assistência pré e perinatal são provenientes de dados coletados de rotina pelos serviços de saúde. Embora bastante úteis, estes dados são afetados pela falta de padronização e coleta de informações desnecessárias que, se não impedem, pelo menos dificulta definir prioridades de intervenção. Em decorrência disso, oportunidades de intervenção são perdidas, os gastos com os cuidados oferecidos são mais elevados e os índices de morbimortalidade materno-infantil maiores. Cerca de um quarto dos óbitos infantis poderia ser evitado se todas as mães realizassem os exames básicos de rotina, seis consultas durante todo o pré-natal e recebessem atendimento adequado no momento do parto e no pós-parto imediato. Por esta razão, oferecer cuidados adequados durante a gestação e o parto é essencial à melhoria de indicadores de saúde materno-infantil em qualquer localidade. Em 2007 realizou-se estudo que inclui todos os nascimentos ocorridos na Santa Casa de Misericórdia de Rio Grande e no Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Dentre os 2.557 nascimentos incluídos neste estudo (98,6% do total), 96% das mães fizeram pelo menos uma consulta de pré-natal, três quartos iniciaram as consultas no primeiro trimestre e foram atendidas pelo mesmo profissional durante todo o pré-natal, pelo menos 90% realizaram exames de urina, sorologia para sífilis e HIV e ultrassonografia pélvica. Cerca de 60% das mães receberam sulfato ferros e realizaram citopatológico de colo uterino durante o prénatal; 52% das crianças nasceram por cesariana, 7% nasceram via fórcipe, 74% das mães foram submetidas a episiotomia e 79% dos partos ocorreram através do SUS. Por fim, 9% das crianças nasceram com baixo peso, 16% nasceram prematuros e 2% nasceram mortos. Há inúmeros outros resultados provenientes deste estudo. Seguir monitorando estes indicadores é essencial ao planejamento e defi. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Integrante / Silvio Omar Macedo Prietsch - Integrante / Arnildo Agostinho Hackenhaar - Integrante / Tânia Maria Moraes Vieira da Fonseca - Integrante / Raul Mendoza-Sassi - Integrante / Marilice M G da Costa - Integrante / Lulie R O Susin - Integrante / Juraci Almeida Cesar - Coordenador / Kharen Carlotto - Integrante.

  • 2009 - 2011

    Prevalência da Hepatite C, taxas de transmissão vertical e fatores associados entre as gestantes atendidas no pré-natal do Município do Rio Grande-RS, Brasil., Descrição: Com este estudo objetivamos avaliar o perfil sorológico, em relação à hepatite C, das gestantes atendidas no serviço de pré-natal do Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio Grande (HU-FURG) e verificar quais fatores estão associados a transmissão vertical deste vírus ao neonato.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Ari Gonçalves Lima - Integrante / Ana Maria Barral de Martinez - Integrante / Mônia Steigleder Bianchi - Integrante / Antônio Cardoso Sparvoli - Integrante / BAUMGARTEN, Vanessa Z - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

  • 2009 - 2010

    Projeto PET Saúde. Satisfação e necessidades em saúde na população materno-infantil atendida pelo Programa de Saúde da Família na cidade de Rio Grande, RS., Descrição: O Programa Saúde da Família ou PSF, teve início, em 1994, como um dos programas propostos pelo governo federal aos municípios para implementar a atenção básica. O PSF é tido como uma das principais estratégias de reorganização dos serviços e de reorientação das práticas profissionais neste nível de assistência, promoção da saúde, prevenção de doenças e reabilitação. É uma atenção cujo centro é a família incluída no contexto físico e social, o que permite uma visão mais adequada do processo saúde-doença e das intervenções que vão além da prática curativa. O PSF, tem, entre outras características, a de ter uma população adstrita e a implementação de programas para o atendimento de determinados grupos com maior risco. Entre estes grupos, pela sua importância em termos de saúde pública e clínico se encontram as crianças e as mulheres em idade fértil.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (40) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Ana Maria Barral de Martinez - Integrante / Raul Mendoza-Sassi - Integrante / Netto, Isabel CO - Integrante / Natália Bolbadilha de Castro - Integrante / Ana Paula Bortolomedi - Integrante., Número de produções C, T & A: 1

  • 2007 - 2010

    Descrevendo o perfil, identificando fatores associados e promovendo intervenção: a gravidez na adolescência em municípios de pequeno porte no Nordeste do Brasil., Descrição: A gravidez na adolescência é um problema de proporção desmedida nos países em desenvolvimento. Nestes países, cerca de 40% de todas as mulheres têm o primeiro parto antes dos 20 anos de idade. No Brasil, estima-se que isto ocorra para 25% delas, com este percentual variando bastante entre as regiões, de cerca de 15% na região Sul a 35% nas regiões Norte-Nordeste. Embora a taxa de fertilidade no país tenha declinado nos últimos anos, a proporção de gravidez entre adolescentes vem aumentando. Avanços significativos têm sido obtidos no que diz respeito ao conheceimento sobre seus hábitos e costumes, sexualidade, padrão de reprodução, de morbidade e de utilização de serviços de saúde, entre outros. No entanto, isto tem ocorrido quase que exclusivamente em relação àqueles adolescentes residentes nos grandes centros urbanos. Logo, muito pouco se sabe sobre os adolescentes vivendo nos pequenos municípios, em geral os mais pobres, os mais distantes dos grandes centros urbanos, onde há pouca opção de lazer e a perspectiva de trabalho pouco promissora. São estes mesmos municípios que apresentam taxa de crescimento superior ao observado em qualquer outra área do país. Neles vivem pelo menos um terço dos adolescentes brasileiros. Este estudo tem por objetivo estimar a prevalência e identificar fatores associados à ocorrência de gravidez na adolescência em dois pequenos municípios no semi-árido nordestino, no sul do estado do Piauí, em uma das regiões mais pobres do país. Propõe ainda a realização de um estudo de intervenção cujo objetivo é reduzir a ocorrência de gravidez em um destes municípios. Este estudo será realizado em três etapas: baseline, intervenção e endline. Inicialmente, todos os adolescentes residentes nos municípios de Caracol e Anisio de Abreu serão investigados quando a características demográficas, socioeconômicas, ambientais, comportamentais, reprodutivas e de conhecimento sobre contracepção, sexo seguro e DST... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Integrante / Tatiane S. Gonçalves - Integrante / Juraci Almeida Cesar - Coordenador., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Cooperação.

  • 2007 - 2008

    Perdas de oportunidades na prevenção do câncer de colo uterino durante o pré-natal, Descrição: A gravidez representa uma excelente oportunidade para prevenção do carcinoma cervical, já que o exame ginecológico faz parte da rotina de pré-natal. Este estudo objetiva avaliar a cobertura e descrever características associadas a não realização do citopatológico no pré-natal. Estudo transversal, realizado em Rio Grande-RS, entre maio e julho de 2007, sendo entrevistadas 445 puérperas. A prevalência de citopatológico atualizado era de 38,9% no inicio, chegando a 59,1% no puerpério (p>0,001). As puérperas com 19 anos ou menos, não brancas, com escolaridade inferior a oito anos, com renda familiar inferior a um salário mínimo, sexarca aos 15 anos ou menos, inicio do pré-natal no 2º e 3º trimestres, com cinco consultas ou menos e com o acompanhamento no SUS, apresentaram menor cobertura do citopatológico. Revelando a necessidade de aumentar a cobertura do citopatológico no pré-natal, pois este pode ser o único contato que uma mulher em idade reprodutiva tem com o serviço de saúde.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Coordenador / Geraldo Duarte - Integrante / Juvenal Soares Dias da Costa - Integrante.

  • 2006 - Atual

    Transmissão Materno-Infantil de diferentes subtipos do HIV-1 e co-infecção por DST em gestantes infectadas pelo HIV na Região Sul e Sudeste do Brasil: fatores preditivos e momento da transmissão vertical, Descrição: Linha de pesquisa desenvolvida por esta pesquisadora e colaboração com a UFRJ sobre epidemiologia molecular do HIV-1; transmissão meterno infantil do virus, importância das co-infecções mais prevalentes e fatores preditores de transmissibilidade. Alem disto o projeto visa determinar o momento da transmissão vertical do HIV-1 em gestantes infectadas por virus do subtipo C principalemte, ja que este é o subtipo que predomina em pacientes da região sul do Brasil. Projeto aprovado pelo PROCAD.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Integrante / Ana Maria Barral de Martinez - Coordenador / Michele Tornatore - Integrante / Nildo Dávila - Integrante / Raul Mendoza-Sassi - Integrante / JUSSARA SILVEIRA - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2006 - Atual

    Papiloma Vírus Humano (HPV): Prevalências e genótipos encontrados em mulheres HIV positivas e negativas em um Centro de referência no Extremo Sul do Brasil, Descrição: Projeto visa pesquisar os genótipos mais prevalentes do HPV em pacientes HIV positivas e HIV negativas atendidas no HU-FURG, Rio Grande, RS.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Integrante / Ana Maria Barral de Martinez - Coordenador / Raul Mendoza-Sassi - Integrante / Ludmila Entiauspe - Integrante / Lisiane Ortiz Teixeira - Integrante.

  • 2005 - 2008

    Transmissão materno-infantil de diferentes subtipos do HIV-1 e co-infecção por DST em gestantes infectadas pelo HIV na Região Sul e Sudeste do Brasil: fatores preditivos e momento da transmissão vertical, Descrição: Estudo das co-infecções mais importantes envolvidas na transmissão materno-infantil do HIV-1 em pacientes infectadas com subtipos diferentes do HIV... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Carla Vitola Gonçalves - Integrante / Ana Maria Barral de Martinez - Coordenador / Michele Tornatore - Integrante / Raul Mendoza-Sassi - Integrante / JUSSARA SILVEIRA - Integrante / Maria Fernanda MArtinez Barral - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2008

Professora Homenageada, Fundação Universidade Federal do Rio Grande - FURG.

2007

Profossora Homenageada, Fundação Universidade Federal do Rio Grande - FURG.

2002

Diploma e Consagração Pública, Instituto de Pesquisa Millennium.

2000

Prêmio SOGESP 2000 - Melhor pôster de obstetrícia: Teste rápido para detecção da infecção pelo vírus HIV em gestantes, SOGESP - Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Fundação Universidade Federal do Rio Grande, Departamento Materno-Infantil. , Av Visconde de Paranagua, 102, Centro, 96020550 - Rio Grande, RS - Brasil, Telefone: (53) 32338800, Ramal: 8842, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2009 - 2010

    Universidade Federal do Rio Grande

    Vínculo: Outro (especifique), Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 40

  • 2007 - 2008

    Universidade de São Paulo

    Vínculo: Pós-graduanda, Enquadramento Funcional: pòs-graduanda

  • 2001 - 2002

    Prefeitura Municipal do Capão do Leão

    Vínculo: contrato, Enquadramento Funcional: Médica Ginecologista e obstétra, Carga horária: 33

  • 2004 - Atual

    Fundação Universidade Federal do Rio Grande

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40

  • 2002 - Atual

    Fundação Universidade Federal do Rio Grande

    Vínculo: , Enquadramento Funcional: Médica Ginecologista Obstétra, Carga horária: 20

  • 2001 - 2003

    Fundação Universidade Federal do Rio Grande

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Substituto, Carga horária: 20

    Atividades

    • 08/2004

      Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Clínica da Mulher, Concepção e Gestação

    • 07/2004

      Extensão universitária , Departamento Materno-Infantil, .,Atividade de extensão realizada, Ambulatório de Infecção Obstétrica.

    • 07/2004

      Extensão universitária , Departamento Materno-Infantil, .,Atividade de extensão realizada, Ambulatório de colposcopia.

    • 07/2004

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento Materno-Infantil, .,Cargo ou função, cordenadora da diciplina de concepção e gestação.

    • 04/2004

      Pesquisa e desenvolvimento , Departamento Materno-Infantil, .,Linhas de pesquisa

    • 07/2002

      Ensino, Residência de Ginecologia e Obstetrícia, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Infecção em ginecologia e obstetrícia, Gestação de alto risco

    • 07/2002

      Serviços técnicos especializados , Faculdade de Medicina, Hospital Universitário Dr Miguel Riet Corrêa Júnior.,Serviço realizado, Médica plantonista do centro obstétrico.

    • 05/2001 - 05/2003

      Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Moléstias Infecciosas e Parasitárias

  • 2001 - 2002

    Fundação de Apoio Ao Hospital de Ensino de Rio Grande

    Vínculo: contrato, Enquadramento Funcional: Mádica ginecologista obstétra, Carga horária: 33