ELIANE VOLCHAN

possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1976), mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1980) e doutorado em Ciências pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986). Realizou pós-doutorado na Rockefeller University (Nova York, EUA). Professora titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, chefe do Laboratório de Neurobiologia do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da UFRJ, membro do Laboratório Integrado de Pesquisa do Estresse (LINPES/UFRJ) do Instituto de Psiquiatria da UFRJ e membro associado do NIMH Center for the Study of Emotion and Attention (Gainesville, EUA) . Tem experiência na área de Neurociências, atuando principalmente no tema da Neurobiologia da Emoção Humana.

Informações coletadas do Lattes em 23/06/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)

1980 - 1986

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: Eixos de referência do sistema visual do gambá: visuotopia do córtex estriado e distribuição de células ganglionares retinianas
CARLOS EDUARDO DA ROCHA MIRANDA.

Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)

1977 - 1980

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Título: REPRESENTACAO DO CAMPO VISUAL NO COLICULO SUPERIOR DO GAMBA.,Ano de Obtenção: 1980
CARLOS EDUARDO GUINLE DA ROCHA MIRANDA.Palavras-chave: Visuotopia; Gamba; Coliculo.Grande área: Ciências Biológicas

Graduação em Medicina

1971 - 1976

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Pós-doutorado

1992 - 1992

Pós-Doutorado. , Rockefeller University, ROCKEFELLER, Estados Unidos. , Grande área: Ciências Biológicas

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Neurobiologia.

Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia de Órgãos e Sistemas/Especialidade: Neurofisiologia.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Fisiológica/Especialidade: Processos Psico-Fisiológicos.

Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Psiquiatria/Especialidade: Transtornos do Estresse.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Experimental/Especialidade: Estados Subjetivos e Emoção.

Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Psicologia Experimental/Especialidade: Processos Perceptuais e Motores.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

NORRIS, C. ; Volchan, E. . 2019 Annual Meeting Society for Psychophysiological Research. 2019. (Congresso).

EDWARDS, E. ; KING, J. ; WEINREB, O. ; VOLCHAN, E. . Women in World Neuroscience. 2015. (Congresso).

Volchan, E. ; GUIMARAES, M. Z. P. ; HUYER, S. ; ARAUJO, H. P. M. H. . Gender and Science. 2014. (Outro).

Volchan, E. ; AZEVEDO, S. M. F. . Mulher e Ciência. 2014. (Outro).

VOLCHAN, E ; KOTANI, Y. ; BOBES-LEON, M. A. ; HACKLEY, S. . Psychophysiology and the decline and fall of cold cognition. 2012. (Outro).

Ventura, D ; Baldo, MV ; HEDIN, C. ; Hamassaki-Britto, D ; Quinfeldt J ; Volchan, E. . I Congresso IBRO/LARC de Neurociências da América Latina, Caribe e Península Ibérica. 2008. (Congresso).

HALLAK, M. ; VOLCHAN, E. ; Vanegas H ; SILVEIRA, L. C. L. ; TORREALBA, F. ; UCHITEL, O. ; ALONSO, F. G. . Reunião Anual da Latin-American Regional Committee (LARC-IBRO). 2007. (Outro).

VOLCHAN, E. ; VILA, J. . The Defense Cascade: The Dynamics of Fear Reaction. 2007. (Outro).

VOLCHAN, E. ; HEDIN, C. ; Reis, R ; LINDEN, R. . Simpósios PAN 20 anos. 2007. (Outro).

VOLCHAN, E. . Reunião Anual da Latin American Regional Committee(LARC/ IBRO) ? Evento Pré-FESBE. 2006. (Outro).

CARVALHO, R. P. ; HEDIN, C. ; VOLCHAN, E. . II ISBRA: IBRO SCHOOL IN BRAZIL. 2004. (Outro).

VOLCHAN, E. ; DACUNHA, C. ; FRANCI, J. ; GUEDES, R. . I ISBRA: IBRO SCHOOL IN BRAZIL. 2001. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

I Encontro Anual da Rede Nacional de Ciência para Educação.Motivação Pró-Social e Cooperação. 2018. (Encontro).

VII Semana Nacional do Cérebro. Programa Avançado de Neurociências.Mulheres na Ciência - Desafios. 2018. (Seminário).

VII Simpósio de Neurociências da UFF / II Simpósio Neurociências UFF-FIOCRUZ.Reações defensivas e transtorno do stress pós-traumático. 2018. (Simpósio).

XLI Reunião Anual da SBNeC. Honraria Medalha Neurociências Brasil 2018. 2018. (Congresso).

XLI Reunião Anual da SBNeC. Amor, Cooperação e Neurociência. 2018. (Congresso).

Programa Avançado de Neurociência.30 anos do Programa Avançado de Neurociência. 2017. (Seminário).

Congress of The International Stress and Behavior Society.Social grooming in humans. 2016. (Simpósio).

International Schools of Ethology & Neuroscience at the ?Ettore Majorana" Foundation and Centre for Scientific Culture.From attentive to tonic immobility: defensive reactions in humans to violence-related threat.. 2016. (Simpósio).

Rede Ciência para Educação.Mídia virtual: promover motivação para atitudes pró-sociais ou anti-sociais?. 2016. (Seminário).

2ª Reunião da Rede Nacional de Ciência para Educação.Percepções e Reações Implícitas: Implicações para viés de atitude, julgamento e desempenho.. 2015. (Encontro).

3ª Reunião da Rede Nacional de Ciência para Educação.Invisible bias: unconscious modulation of performance and attitudes.. 2015. (Encontro).

FIOCRUZ-INSERM Meeting: celebrating 25 years of Cooperation.Body and brain changes associated with invasion of peripersonal space in posttraumatic stress disorder. 2015. (Encontro).

Seminários Integrados: Mestrado Profissional em Educação, Gestão e Difusão em Ciências.Viés invisível: Processos neurais inconscientes dirigindo decisões e atitudes.. 2015. (Seminário).

Simpósio Satélite do 9 Congresso da International Brain Research Organization (IBRO).Promoting awareness of implicit evaluation bias.. 2015. (Simpósio).

Ciclo de palestras do Programa de Pós-graduação em Ciências Biomédicas UFF.Bias invisível: Processos neurais inconscientes dirigindo decisões e atitudes. 2014. (Seminário).

XXXVIII Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento. Implicit perceptions and reactions: implications in paradigms and in the interpretation of results in Neuroscience. 2014. (Congresso).

Tobacco Control - Fundação do Câncer.Pictorial health warnings for tobacco control: A neuroscience approach.. 2013. (Encontro).

Visita Cognitive and Affective Lab - Colorado University.Body and Brain Changes Associated with Invasion of Peripersonnal Space in PTSD.. 2013. (Seminário).

28th Annual Meeting International Society for Traumatic Stress Studies. They Know their Trauma by Heart: An Assessment of Psychophysiological Failure to Recovery in PTSD. 2012. (Congresso).

52nd Annual Meeting of the Society for Psychophysiological Research. FACILITATION OF SOFT TOUCHES UNDER AFFILIATIVE PRIMING IS PREDICTED BY LPP AMPLITUDES, AFFILIATIVE STATES, AND MUTUAL GROOMING. 2012. (Congresso).

I Congreso Federacion de Asociaciones Latinoamericanas y del Caribe de Neurociencias. Body and Brain Changes Associated with Invasion fo Peripersonnal Space in PTSD. 2012. (Congresso).

I Congresso Federación de Asociationes Latinoamericanas y del Caribe de Neurociencias. Forceful Invasion of Peripersonal Space is Associated with Abnormalities in Premotor Cortex: A SMRI Study in Victims of Urban Violence with PTSD. 2012. (Congresso).

27th Annual Meeting International Society for Traumatic Stress Studies. The Impact of Cognitive Behavioral Therapy in Biological Parameters of PTSD Patients. 2011. (Congresso).

51st Annual Meeting of SPR. Affiliative pictures modulate late positive potentials and facilitate grooming-like movements.. 2011. (Congresso).

Simpósio pré-Fesbe: Women in Science.Pistas implícitas e modulação das atitudes: influências no dia-a-dia de neurocientistas. 2011. (Simpósio).

Workshop Internacional sobre Embalagem e Rotulagem dos Produtos de Tabaco.Desenvolvimento e avaliação das Advertencias Sanitarias no Brasil. 2011. (Oficina).

XX Jornada de Pesquisa e Inovação em Psicologia.Emoção: Percepções e Reações Implícitas. 2011. (Encontro).

XXVI Reunião Anual da FESBE.Estresse Traumático: Reação de Imobilidade em Humanos. 2011. (Simpósio).

26th Annual Meeting of the International Society for Traumatic Stress Studies.. Intense Fright: Immobility Measures in PTSD Patients. 2010. (Congresso).

Encontro Satélite à Reunião Anual do International Society for Traumatic Stress Studies.Tonic immobility and PTSD: a multi-disciplinary study. 2010. (Encontro).

II Fórum de Neurobiologia do Estresse e da I Reunião Anual do Instituto Brasileiro de Neuropsicologia e Comportamento (IBNeC).. Imobilidade Tônica em Pacientes com Transtorno de Estresse Pós-Traumático. 2010. (Congresso).

IV Simpósio de Oncobiologia.Neurobiologia da Emoção: Como se proteger da propaganda da indústria tabagista?. 2010. (Simpósio).

Oficina sobre Advertências Sanitárias. Secretaria Executiva da Comissão Nacional para a implementação da Convenção Quadro para o Controle do Tabaco (CONICQ)..Neurociência e Advertências Sanitárias. 2010. (Oficina).

Seminários do Institute des Sciences Cognitives.Emotion and Action. 2010. (Seminário).

Seminários do Laboratório de Psicofisiologia Humana.Approach and Avoidance. 2010. (Seminário).

VIII Congresso Iberoamericano de Ciência, Tecnologia e Gênero. Neurocientistas e Gênero. 2010. (Congresso).

XXXIV Congresso Anual da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento. As fronteiras das ciências: corpo, sexo e comportamento na produção científica. 2010. (Congresso).

25th Annual Meeting of the International Society for Traumatic Stress Studies. Volume reduction in pre-motor cortical gray matter in victims of urban violence with PTSD. 2009. (Congresso).

49th Annual Meeting of the Society for Psychophysiological Research. PTSD and Immobility: A Posturographic Study. 2009. (Congresso).

Advertências Sanitárias nos Maços de Cigarros - Defesa ou Afronta à Dignidade Humana?.Impacto Emocional das Advertências Sanitárias Brasileiras. 2009. (Seminário).

A Brain Research Meeting: Stress, Coping and Disease.(1) Peritraumatic tonic immobility predicts PTSD symptoms severity, (2) Emotional Numbing, Vulnerability And Resilience: A Study Of Cortisol And Dehydroepiandrosterone (DHEA) In Victims Of Urban Violence.. 2008. (Encontro).

Encontro Nacional de Controle do Tabagismo.Novas imagens de advertência da embalagens dos produtos do tabaco: fundamento e pesquisas. 2008. (Encontro).

I Congresso IBRO/LARC de Neurociências da América latina, Caribe e Península Ibérica. Human emotion: for good and for bad. 2008. (Congresso).

I Simpósio Internacional de Violência e Saúde Mental.Imobilidade Tônica: a Paralisia do Medo na cascata Defensiva. 2008. (Simpósio).

Master in Psychotraumatology.Fear paralysis: Psychophysiological Concepts and Clinical Applications. 2008. (Seminário).

47th Annual Meeting of the Society for Psychophysiological Research. The Defense Cascade: The Dynamics of Fear Reaction. 2007. (Congresso).

First SRNT Latin America and 2nd Iberoamerican conference on Tobacco Control. International Campaign Development Workshop. 2007. (Congresso).

NIMH CSEA Meeting.Vulnerability and Resilience. 2007. (Encontro).

1 Seminário de Avaliação do Pró-Defesa.ESTUDO PROSPECTIVO DO IMPACTO DA VIOLÊNCIA NA SAÚDE MENTAL E FÍSICA DAS. 2006. (Seminário).

41st Meeting of the Brazilian Physiological Society & Joint Meeting with The Physiological Society. Psychophysiological reactions to stress: potential neurobiological markers of resilience and vulnerability to stress. 2006. (Congresso).

46TH ANNUAL MEETING OF THE SOCIETY FOR PSYCHOPHYSIOLOGICAL RESEARCH. Cortisol and cardiovascular responses to psychological stress: Vulnerability and individual differences. 2006. (Congresso).

5th Congress of the Spanish Society of Psychophysiology. Attention and Emotion in the Context of Fear and Threat. 2006. (Congresso).

1o Congresso Brasileiro de Neuroimagem Funcional. 1o Congresso Brasileiro de Neuroimagem Funcional. 2005. (Congresso).

45th Anual meeting of the Society for Psychophysiological Research. 45th Anual meeting of the Society for Psychophysiological Research. 2005. (Congresso).

44th Annual meeting. 44th Annual meeting Society for Psychophysiological Research. 2004. (Congresso).

Tamagawa Brain Dynamics.8th Tamagawa Brain Dynamics. 2004. (Simpósio).

Visita científica.Conferences ISC: Interactions between emotion, attention and vision. 2004. (Seminário).

43rd Annual Meeting. 43rd Annual Meeting of the Society for Psychophysiological Research. 2003. (Congresso).

43rd Annual Meeting of the Society for Psychophysiological Research. Context modulates skin conductance response to unpleasant visual stimuli. 2003. (Congresso).

III Encontro Internacional.Conferência: Emotion, attention and vision. 2003. (Encontro).

SOPERJ.Conferência - Neurofisiologia do Sistema Visual.. 2003. (Encontro).

XVIII Reunião Anual da FESBE. Módulo Temático Measuring Emotion na XVIII Reunião Anual da FESBE.. 2003. (Congresso).

XVII Reunião Anual da FESBE. Conferência: Measuring predispositions to approach and avoidance in humans.. 2003. (Congresso).

12th Annual Rotman Research Institute Conference. Emotions and the Brain. 2002. (Congresso).

Atividades Científicas e Culturais do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.Processamento Cerebral de Imagens Afetivas.. 2002. (Outra).

First IBRO School in Brazil. Emotion and Attention: processing of affective visual stimuli.. 2002. (Congresso).

IX Simpósio sobre o Cérebro.Processamento cerebral de figuras afetivas.. 2001. (Simpósio).

Seminários em Física Médica e Biológica I e II.Processamento Cerebral de Imagens Afetivas.. 2001. (Seminário).

XVI Reunião anual da FESBE. Structural relationships between objects and representations.. 2001. (Congresso).

XVI Reunião Anual da FESBE. Módulos de áreas visuais: arquitetura e sincronização.. 2001. (Congresso).

parceria com a Seção de Treinamento da SR-4 e o Depto de Anatomia do ICB.Ética na Manipulação de Animais de Laboratório.. 2000. (Outra).

Programa de Pós-Graduação em Farmacologia.O Sistema Visual de Mamíferos. 2000. (Seminário).

XV Reunião Anual da FESBE.Coordenou o Simpósio Córtex Somestésico: abordagens multidisciplinares.. 2000. (Simpósio).

Implementação de Novos Modelos Conceituais e Metodológicos no Ensino das Ciências Básicas para a Graduação na Área da Sáude.Potencialidades das Ciências Básicas: Novas Disciplinas.. 1999. (Simpósio).

Pesquisa básica e aplicada em Hospitais Universitários ou Centro Biomédicos.A pesquisa básica: importância dos modelos animais no avanço científico.. 1999. (Seminário).

International Symposium of Neuroscience.Metabolic activity GABAergic neurons in the nucleus of the optic tract (NOT) and dorsal terminal nucleus (DNT) as revealed by cytochrome oxidase histochemistry.. 1996. (Simpósio).

International Symposium of Neuroscience.Diaphorase positive neurons in the neocortex: comparison of their distribution in opossums and rats.. 1996. (Simpósio).

Programa Avançado de Neurociências.Legislação sobre o uso de animais em pesquisa.. 1995. (Seminário).

46 Reunião Anual da SBPC.Uso de Animais para pesquisa científica. 1994. (Outra).

Pós-Graduação do Depto. de Histologia e Embriologia.Protocolo de uso e cuidados com animais.. 1992. (Outra).

VII Reunião Anual da FESBE. Neurociências e Comportamento. 1992. (Congresso).

XV Semana Científica da Faculdade de Medicina.Evidências para as interações comissurais entre os núcleos do tracto do gambá.. 1992. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: camila Monteiro Fabrício Gama

FIGUEIRA, IMENDLOWICZ, MauroVolchan, E.. Investigação de Traumas e Respostas Peritraumática Durante a Vida.. 2017. Dissertação (Mestrado em Neurologia/Neurociências) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Paula Oliveira Esteves

Volchan, E.. Cinemática da Ação Dirigida A Estímulos com Valência Emocional. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Laura Krutman

VOLCHAN, E.. Modulação da reatividade facial a resposta motora frente a estímulos de interação social: um estudo de eletromiografia. 2013. Dissertação (Mestrado em Neurologia/Neurociências) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Carine Viegas Cavalheiro

Volchan, E.. Desenvolvimento de um Protocolo de Avaliação Psicofisiológica do Transtorno de Estresse Pós-Traumático. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Carlos Eduardo Lourenço dos Santos Norte

VOLCHAN, E. Transtorno do Estresse Pós-Traumático:Reatividade Cardíaca a Evocação do Evento Traumático. 2012. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria e Saúde Mental) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Rita de CássiaSoares Alves

VOLCHAN, E. Modulação da frequência cardíaca pela visualização de estímulos de ameaça. 2012. Dissertação (Mestrado em Neurologia/Neurociências) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Eduardo Furtado Martins

VOLCHAN, E. Influência da imprevisibilidade temporal de uma oclusão sobre a atividade eletroencefalográfica. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Isabela Villarinho de Paula Lobo

VOLCHAN, E. Regulação da Emoção e Sintomas de Estresse Pós-Traumático: um Estudo de Potenciais Evocados em uma Amostra de Estudantes Expostos a Traumas. 2011. Dissertação (Mestrado em Neurologia/Neurociências) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Letícia Galery Medeiros

Volchan, E.. Psicoterapia Cognitivo-Comportamental em grupos com uso da Realidade Virtual para o Tratamento do Transtorno de Estresse Pós-Traumático. 2011. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Aluno: Orlando Fernandes Junior

VOLCHAN, E. O Impacto da Visualização de Fotos de Violência Sobre o Comportamento. 2010. Dissertação (Mestrado em Neurologia/Neurociências) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Maitê Mello Russo de Souza

VOLCHAN, E. Avaliação do Equilíbrio Postural em Deficientes Visuais. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Gisele Pereira Dias

Volchan, E.. Proliferação Celular e Caracterização Comportamental e Cognitiva de um Modelo Animal de Transtorno de Ansiedade Generalizada. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Sabrina Guimarães Silva

VOLCHAN, E.. Influência de pistas centrais e periféricas e do apagar do ponto de fixação sobre os tempos de reação oculares sacádicos.. 2003. Dissertação (Mestrado em Neuroimunologia) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Aydamari Pereira Faria Júnior

VOLCHAN, E.. Influência do contexto experimental sobre tempo de reação manual.. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Bruss Rebouças COELHO LIMA

VOLCHAN, E.. Seletividade espacial das células do córtex perirrinal de pramatas.. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ana Lucia Ovais Carvalho

VOLCHAN, E.. Avaliação computadorizada da atenção visual e auditiva em estudantes do ensino fundamental do Estado do Rio de Janeiro.. 2001. Dissertação (Mestrado em Biologia (Biociências Nucleares)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Mateus Joffily

VOLCHAN, E.. NEUROLAB - Instrumentação Virtual para Pesquisa de Potenciais Extracelulares Corticiais.. 2000. Dissertação (Mestrado em Engenharia Biomédica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Adalberto Augusto de Lima Cruz

VOLCHAN, E.. Efeitos da orientação da atenção e da preparação motora sobre os tempos de reação manuais.. 1999. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Mirtes Garcia pereira

VOLCHAN, E.. Efeitos da avaliação da frequência espacial e do contraste de uma pista visual periférica sobre o tempo de reação a um estímulo visual.. 1998. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Paula Campello Costa

VOLCHAN, E.. Óxido nítrico modula o desenvolvimento e a plasticidade das conexões retinotectais.. 1997. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Fabíola Ribeiro Rocha

VOLCHAN, E.. O efeito protetor da cicloheximida na morte celular induzida pela radiação ionizante na zona subventricular de camundongos recém-natos.. 1997. Dissertação (Mestrado em Biologia (Biociências Nucleares)) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Aluno: Antonio Marcos Mello Moraes

VOLCHAN, E.. Células ganglionares na retina do gambá: uma análise morfológica.. 1996. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Sheila Nascimento-Silva

VOLCHAN, E.. Origem das vias corticiais ventral, sorso-lateral e dorso-medial de processamento da informação visual na área V2 do cebus.. 1996. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ronald Marques dos Santos

VOLCHAN, E.. Caracterização ontogênica e topográfica de uma nova população de células dopaminérgicas na retina de pinto.. 1995. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Sidarta Tollendal Gomes Ribeiro

VOLCHAN, E.. Mobilização rápida de citocromo-oxidase por estimulação sensorial em córtex visual de gatos e primatas.. 1994. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Tania Gouvêa Thomaz

VOLCHAN, E.. Efeitos facilitadores e inibidores provocados pela orientação da atenção visual.. 1994. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Sidarta Tollendal Gomes Ribeiro

VOLCHAN, E.. Mobilização rápida de citocromo-oxidase por estimulação sensorial em córtex visual de gatos e primatas.. 1994. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Alex Christian Manhães

VOLCHAN, E.. O desenvolvimento do corpo caloso e estabelecimento da lateralidade comportamental.. 1993. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Maitê Mello Russo de Souza

Volchan, E.. Bases Neurais da Representação das Ações em Cegos Congênitos. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: André Vieira dos Santos

Volchan, E.. Investigação das Respostas Defensivas a Contextos de Violência Urbana:Correlatos Posturais e Cardíacos. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Gisele Pereira Dias

Volchan, E.. Aspectos Comportamentais e Neurogêncios de um Modelo Animal para o Estudo das Bases Biológicas do Transtorno de Ansiedade Generalizada. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Rosana Shuhama

VOLCHAN, E.. Imagem Mental de Cenários de Ameaça Coespecífica:um estudode neuroimagem por ressonância magnética funcional. 2012. Tese (Doutorado em Medicina - Ribeirão Preto) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Liana Catarina Lima Portugal

VOLCHAN, E. Efeito da Visualização de Imagens de Violência na Reatividade Cerebral. 2012. Tese (Doutorado em Neurologia/Neurociências) - Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Thiago Lemos de Carvalho

VOLCHAN, E. Simulação Mental da Ação na Investigação dos Mecanismos de Controle Postural. 2012. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Wilson Vieira Melo

VOLCHAN, E. Avaliação da Ansiedade e do Viés de Atenção nos Canais Visual e Auditivo. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Laura Alice Santos de Oliveira

VOLCHAN, E. Preparação para a ação direcionada a objetos com valência emocional. 2011. Tese (Doutorado em Ciencias Biologicas - Fisiologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Rafaela Ramos Campagnoli

Volchan, E.. Interação Social: Modulação Neural e Comportamental por Estímulos Pró-Sociais. 2011. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Billy Edving Muniz Nascimento

VOLCHAN, E. Neuromarketing e Saúde: Psicofisiologia da Emoção na Elaboração e Testagem de Advertências Sanitárias para Controle do Tabagismo. 2010. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ghislain Jean André Saunier

VOLCHAN, E. Interação percepção-ação durante o processo de inferência do movimento humano. 2009. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Izabela Mocaiber Freire

VOLCHAN, E. Neurobiologia da regulação emocional:Evidências de neuroimagem. 2009. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Sheila Nascimento Silva

VOLCHAN, E.; FIORANI, M.; HEDIN, C.. Parcelamento do córtex do sulco temporal superior do Cebus: estudos anatômicos, imunohistoquímicos, hodológicos e eletrofisiológicos.. 2003. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Rafaela Larsen Ribeiro

VOLCHAN, E.. Avaliação de relatos subjetivos e de alterações fisiológicas a estímulos do International affective picture system (IAPS) em estudantes universitários brasileiros.. 2003. Tese (Doutorado em Psicobiologia) - Universidade Federal de São Paulo.

Aluno: Marcia Soares da Mota e Silva

VOLCHAN, E.. Efeitos da deaferentação retiniana sobre o fenótipo neuroquímico das células nitrérgicas do colículo superior.. 2003. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Claudia Maria de Castro Batista

VOLCHAN, E.. Aspectos ultraestruturais e bioquímicos da sintase neuronal do óxido nítrico no colículo supeiror de ratos normais e deprivados de aferências retinianas.. 2001. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Yossi Zana

VOLCHAN, E.. Estudo Fisiológico e Morfológico do Processamento Cromático na Retina da Tartaruga.. 2001. Tese (Doutorado em Neurociências e Comportamento) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Paula Rui Ventura

VOLCHAN, E.. Memória verbal explícita em pacientes com Doença de Parkinson.. 1999. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: FRANK TENÓRIO DE ALMEIDA COSTA

VOLCHAN, E.. Papel das aferências retinianas e corticais na distribuição intracelular do óxido nítrico síntase no colicular superior de ratos.. 1999. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Silene Maria Araújo de Lima

VOLCHAN, E.. Ontogênese e distribuição de subtipos e fotorreceptores na retina do gambá, Didelphis marsupialis aurita.. 1998. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Juliana Guimarães Martins Soares

VOLCHAN, E.. Efeito da inativação do núcleo pulvinar sobre a atividade da área visual secundária (V2) no macaco Cebus apella.. 1998. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Maira Monteiro Fróes Ferrão

VOLCHAN, E.. Comunicação juncional entre neurônios e astrócitos em culturas primárias.. 1997. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Marco Marcondes de Moura

VOLCHAN, E.. Distribuição tangencial de zonas ricas em citocromo c oxidase no córtex visual primário de homens normais e com lesões retinianas.. 1997. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Valmara dos Santos Pereira

Volchan, E.. Sistema Vestibular. 2014 - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: ÉRICA DE LANA MEIRELLES

Volchan, E.. Neurofisiologia de Sistemas. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ana Virginia de Oliveira Pinto

Volchan, E.. Neuroanatomia do Prazer. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Maitê Mello Russo de Souza

Volchan, E.. Bases Neurais da Representação das Ações em Cegos Congênitos. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Maria Luiza Sales Rangel

Volchan, E.. Plasticidade Cortical após Amputação de Membro Superior: Efeitos sobre a Ressonância Motora. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Thaís de Medeiros Gameiro

Volchan, E.. Análise da Variabilidade Individual em Resposta ao Estresse Agudo em Humanos. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Marina Verjovsky de Almeida Ribeiro de Souza

VOLCHAN, E. Experimentação animal sob a ótica popular:afetividade, moralidade e ética. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Bioquímica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Humberto Andrade Moraes

VOLCHAN, E. Aspectos neurobiológicos do transtorno autista. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Nathalia Daflon Yunes

VOLCHAN, E. O Papel da Oxitocina no Autismo. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Química Biológica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Gisele Pereira Dias

Volchan, E.. Neurobiologia da Ansiedade: Aspectos Neuroquímicos e Ambientais num Modelo Animal em Pacientes com Transtono do Pânico. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Laura Alice dos Santos Oliveira

Volchan, E.. Efeito dos Estímulos Aversivos sobre a Preparação para a Ação e sobre a Representação dos Movimentos. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Thiago Lemos de Carvalho

Volchan, E.. Sinergias musculares durante a postura ereta quieta: Identificação e representação cortical. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Cristiano Neiva Pessôa

Volchan, E.. Neurofisiologia de Sistemas. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Wilson Vieira Melo

Volchan, E.. Construção da Tarefa de Viés de Atenção para os Canais Auditivo e Visual na Ansiedade de Traço e de Estado. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aluno: Arthur Giraldi Guimarães

VOLCHAN, E.. Neurobiologia. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Sheila Nascimento Silva

VOLCHAN, E.. Neurofisiologia de Sistemas.. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Antonia Cinira de Melo Diogo

VOLCHAN, E.. Neurobiologia de Sistemas. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Egas Caparelli Moniz de Aragão Dáquer

VOLCHAN, E.. Neurofisiologia de Sistemas. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ana Karla Jansen Amorim

VOLCHAN, E.. Neurofisiologia de Sistema. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Alex Christian Manhães

VOLCHAN, E.. Neurofisiologia de Sistemas. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Renan Wesley Farinazzo Vitral

VOLCHAN, E.. Neurofisiologia de Sistemas. 2000. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Paula Rui Ventura

VOLCHAN, E.. Neurofisiologia de sistemas. 1998. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: FRANK TENÓRIO DE ALMEIDA COSTA

VOLCHAN, E.. Neurofisiologia de Sistemas. 1998. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Silene Maria Araújo de Lima

VOLCHAN, E.. Neurofisiologia de Sistemas. 1997. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Joaquim Pereira Brasil

VOLCHAN, E.. Neurobiologia. 1995. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ana Carolina Ferraz Mendonça de Souza

VOLCHAN, E.VARGAS, C D; COUTINHO, R.. Estudo do efeito da apresentação de figuras afetivas sobre o afeto, o volume de saliva e a imunoglobulina do tipo A salivar em mulheres de 18 a 30 anos.. 2003. Outra participação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Sheila Nascimento Silva

VOLCHAN, E.. Parcelamento das áreas corticais do sulco temporal superior (sts) no Cebus apella: anatomia, conexões e espevidicidade imunorreativa.. 2001. Outra participação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Ana Karla JANSEN DE AMORIM

VOLCHAN, E.. Estudos dos efeitos da inativação gabaérgica de V1 e V4 sobre a seletividade orientacional e direcional de neurônios da área visual secundária (V2).. 1998. Outra participação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Marcelo Felippe Santiago

VOLCHAN, E.. Migração neuronal durante o desenvolvimento do cerebelo: papel dos gangliosídeos 9-0- acetilados.. 1998. Outra participação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Adriana Leandro Camara

VOLCHAN, E.. Estudo da função colinérgica numa cultura organotípica de hipocampo de rato.. 1997. Outra participação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Juliana Guimarães Martins Soares

VOLCHAN, E.. Estudo da influência do núcleo pulvinar sobre a área visual V2.. 1996. Outra participação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Luiz Renato R

VOLCHAN, E.. Carreiro. A atenção visual e as inibições ON e OFF: efeito do aumento e da diminuição da luminosidade de um primeiro estímulo sobre os tempos de reação manual a um alvo visual.. 1995. Outra participação, Universidade Federal Fluminense.

Aluno: Silene Maria Araújo de Lima

VOLCHAN, E.. Sintase do óxido nítrico em fotorreceptores na retina de gambá.. 1995. Outra participação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Aluno: Maria Carmen Giraldez Pereira Piñon

VOLCHAN, E.. Organização visuotópica da área visual V4 no macaco Cebus apella.. 1993. Outra participação, Universidade Federal do Rio de Janeiro.

PAIXAO, I.;VOLCHAN, E.; COUTINHO, R.; MARTINEZ, A.; ALLODI, S.. Karin da Costa Calaza. 2018. Universidade Federal Fluminense.

PAIXAO, I.;VOLCHAN, E.; MARTINEZ, A.; ALLODI, S.; COUTINHO, R.. Paula Campello Costa Lopes. 2018. Universidade Federal Fluminense.

VOLCHAN, E.. Regina Coeli dos Santos Goldemberg. 2018. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

VOLCHAN, E.; Hamassaki-Britto, D; Daniel-Ribeiro CT; Santos, MF. Concurso público para Professor Titular. 2015. Universidade Federal do Pará.

Volchan, E.. Concurso Público para Professor Adjunto A setorizado em Bioimagem Translacional do Programa de Anatomia do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 2014. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

VOLCHAN, E. Concurso Público para Professor Adjunto do Setor de Biofísica e Fisiologia do Polo Xerém da UFRJ. 2010. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

VOLCHAN, E.. Concurso Público para Pesquisador Professor Doutor do Departamento de Fisiologia e Biofísica.. 2003. Universidade de São Paulo.

VOLCHAN, E.. Concurso público: Pesquisador Titular do Instituto Fernandez Figueira da Fundação Oswaldo Cruz.. 2002. Fundação Oswaldo Cruz.

VOLCHAN, E.. Concurso público: Pesquisador Associado do Instituto Oswaldo Cruz.. 2002. Fundação Oswaldo Cruz.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Ricardo Gattass

GATTASS, R.. Eixos de referência do sistema visual do gambá: visuotopia do córtex estriado e distribuição de células ganglionares retinianas.. 1986. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Rafael Linden

LINDEN, R.. Revisor da tese de mestrado - Representação do campo visual no colículo superior do Didelphis marsupialis aurita. 1980. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Luana Mello da Silva

Estudo da reatividade cardíaca a estímulos aversivos no transtorno de estresse pós-traumático; ; Início: 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; (Orientador);

Olga Grichtchouk

Bases neurobiológicas de comportamentos pró-sociais em humanos; ; Início: 2018; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Camila Franklin Martins

Modulação comportamental em contextos de vinculação social: efeitos deletérios do isolamento social; Início: 2017; Tese (Doutorado em Psiquiatria e Saúde Mental) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Aline Furtado Bastos Campos

Início: 2019; Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico;

Vanessa Rocha Rego

Início: 2014; Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ;

José Magalhães de Oliveira

Abordagem experimental no estudo de eficácia de advertências sanitárias pictóricas para controle do tabaco: comparação entre dois grupos de advertências no Brasil; ; 2017; Dissertação (Mestrado em Psiquiatria e Saúde Mental) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Eliane Volchan;

Maria Fernanda Santos

Exposição exacerbada a videogames violentos: associação com reatividade defensiva atípica e sintomas de transtorno de estresse pós-traumático; ; 2017; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Aline Furtado Bastos

Reações defensivas em contextos de ameaça coespecífica humana; ; 2014; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Carlos Eduardo Lourenço dos Santos Norte

Transtorno de estresse pós-traumático: reatividade cardíaca persistente à evocação do evento traumático; ; 2012; Dissertação (Mestrado em Psiquiatria e Saúde Mental) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Nastassja Lopes Fischer

Fatores protetores do esrtresse: parâmetros neuro-endócrinos e variáveis psicométricas em Tropa da Missão de Paz no Haiti; 2010; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Thaís de Medeiros Gameiro

Estratégias Defensivas: Predisposições Individuais e Correlatos Neuro-endócrinos; 2010; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

CAMILA MARTINS FRANKLIN

Estudo Fisiológico da Imobilidade Tônica em Humanos: Relevância para o Transtorno de Estresse Pós-Traumático; ; 2010; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

André Vieira dos Santos

Reatividade do cortisol ao despertar em vítimas de violência urbana; ; 2008; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Billy Edving Muniz Nascimento

Respostas Emocionais na Tomada de Decisão Econômica; 2007; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Eliane Volchan;

Rafaela Ramos Campagnoli

Fator-chave para captura da atenção por estímulos emocionais: ativação emocional ou valência?; 2007; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Isabel de Paula Antunes David

Curso temporal do efeito Stroop; 2005; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Lívia Dumont Facchinetti

Reações Posturais a Estímulos com Conteúdo Afetivo; 2005; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Ana Carolina Ferraz Mendonça de Souza

Medindo as emoções na saliva:cortisol, imunoglobulina A e volume salivar; 2005; 100 f; Dissertação (Mestrado em Bioquímica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Izabela Mocaiber Freire

Estímulos aversivos sempre capturam a atenção? Influências atenuantes do contexto e da intoxicação alcoólica; ; 2005; 0 f; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Laura Alice dos Santos Oliveira

Modulação da resposta de sudorese a estímulos visuais negativos; 2004; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Gabriela Guerra Leal de Souza

Modulação emocional sobre a detecção visual: benefício da estimulação positiva sobre o desempenho das mulheres; 2004; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Fatima Erthal Smith

Influência da carga emocional e atencional sobre o desempenho de tarefa de escolha; 2004; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Janaina Pantoja

Categorias neuronais no circuito tálamo-cortical do rato durante uma tarefa de discriminação; 2003; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Tatiana Maia Azevedo

A visualização de estímulos negativos modula as oscilações posturais; 2003; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Mateus Jofilly

Neurolab- Instrumentação Virtual para Pesquisa de Potenciais Extracelulares Corticais; 2000; Dissertação (Mestrado em Engenharia Biomédica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Eliane Volchan;

Antônio Pereira Júnior

O Papel das Interações Comissurais Subcorticais na Binocularidade dos Neurônios do Núcleo do Trato Óptico do Gambá (Didelphis marsupialis); 1993; 0 f; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Eliane Volchan;

Claudia Domingues Vargas

Anatomia Funcional do Núcleo do Trato Öptico do Gambá (Didelphis marsupialis aurita); 1992; 0 f; Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Eliane Volchan;

Aline Furtado Bastos Campos

Impacto das pistas de segurança na reatividade cerebral a estimulos emocionais: implicações para o transtorno de estresse pós-traumático; ; 2018; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ; Orientador: Eliane Volchan;

Carlos Eduardo Nórte

Variabilidade da Frequência Cardíaca no Transtorno de Estresse Pós-Traumático: Revisão Sistemática, Meta-Análise e Meta-Regressão; 2016; Tese (Doutorado em Psiquiatria e Saúde Mental) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

André Vieira dos Santos

Investigação das respostas defensivas a contextos de violência urbana; ; 2013; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Rafaela Ramos Campagnoli

Interação Social: Modulação Neural e Comportamental por Estímulos Pró-Sociais; ; 2011; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Ana Carolina Ferraz Mendonça de Souza

Impacto de eventos traumáticos em militares brasileiros enviados ao Haiti: Estudo longitudinal do cortisol salivar; 2010; Tese (Doutorado em Ciencias Biologicas - Fisiologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Billy Edving Muniz Nascimento

Neuromarketing e Saúde: Psicofisiologia da Emoção na Elaboração e Testagem de Advertências Sanitárias para Controle do Tabagismo; 2010; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Izabela Mocaiber Freire

Regulação da emoção: um estudo em potencial evocado e ressonância magética funcional; ; 2009; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Fatima Erthal Smith

Interferência de figuras emocionais em tarefas atencionais; 2008; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Eliane Volchan;

Gabriela Guerra Leal de Souza

Regulação das respostas fisiológicas a estímulos estressores: influência do contexto e da variabilidade individual; ; 2008; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Vanessa Rocha Rego

Alterações Cerebrais Morfométricas no Trasnstorno de Estresse Pós-Traumático: um estudo de morfometria baseada em voxel; ; 2008; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Isabel de Paula Antunes David

Manipulação temporal da atenção e sua importância para a resolução do conflito semântico em uma tarefa Stroop; 2008; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Coorientador: Eliane Volchan;

Aydamari João Pereira Faria Júnior

Dinâmica temporal da influência de estímulos emocionais sobre o processamento de uma tarefa atencional; 2007; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Coorientador: Eliane Volchan;

Mateus Joffily

Um modelo matemático das dimensões básicas da emoção; 2005; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Eliane Volchan;

Ana Paula Fontana

Captura da atenção por faces e expressões faciais; 2004; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Mirtes Garcia Pereira Fortes

Emoções sustentadas e interferência em tarefas atencionais; 2003; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Fisiologia)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Janaina Mourão Miranda

Neuroimagem Funcional: Processamento Cerebral de Imagens Afetivas; ; 2002; 0 f; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Eliane Volchan;

Letícia de Oliveira

Completamento de bordos na área visual primário do gambá; 2001; 0 f; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Eliane Volchan;

João Guedes da Franca

NADPH-diaforase no isocórtex de mamíferos: neurônios do tipo I e neurópila reativa no córtex visual e somato-sensorial; 1999; 0 f; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Eliane Volchan;

Claudia Domingues Vargas

O Núcleo do Trato Óptico e O Sistema Óptico Acessório do Gambá; 1997; 0 f; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Eliane Volchan;

Antônio Pereira Júnior

O Papel do Córtex e de Aferentes Sub-corticais Na Modulação da Atividade do Núcleo do Trato Óptico; ; 1997; 0 f; Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro,; Orientador: Eliane Volchan;

Rafaela Ramos Campagnoli

2015; Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Eliane Volchan;

Filipe Braga

2013; Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Eliane Volchan;

Nastassja Lopes Fischer

Avaliação do Perfil Diurno do Hormônio Dehidroepiandrosterona em Pacientes com Transtorno de Estresse Pós-Traumático; ; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Billy Edving Muniz Nascimento

Avaliação emocional das fotos da campanha antitabagista impressas em maços de cigarro; 2005; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Ana Carolina Ferraz Mendonça de Souza

Estudo do efeito da apresentação de figuras afetivas sobre o afeto, o volume de saliva e a imunoglobulina do tipo A salivar em mulheres de 18 a 30 anos; ; 2003; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Eliane Volchan;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Carlos Eduardo Guinle da Rocha Miranda

Representacao do Campo Visual No Coliculo Superior do Didelphis Marsupialis Aurita; ; 1980; Dissertação - Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho,; Orientador: Carlos Eduardo Guinle da Rocha Miranda;

Carlos Eduardo Guinle da Rocha Miranda

Eixos de Referencia do Sistema Visual do Gamba: Visuotopia do Cortex Estriado e Distribuicao de Celulas Ganglionares Retinianas; ; 1986; Tese - Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho,; Orientador: Carlos Eduardo Guinle da Rocha Miranda;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • FONTANA, A. P. ; FACCHINETTI, L.D. ; JOFFILY, M. ; VARGAS, C.D. ; PEREIRA, Mirtes Garcia ; FERREIRA, C. T. ; VOLCHAN, E. . Unattended faces interfere with recognition of facial expressions.. Brain and Cognition, Inglaterra, v. 51, n.2, p. 9-10, 2003.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

JOFFILY, M. ; VOLCHAN, E. ; NADAL, J. . Neurolab - Instrumento Virtual para Pesquisa em Neurofisiologia. 2000.

OLIVEIRA, J. M. ; VOLCHAN, E ; VARGAS, C.D. ; Gleiser, S ; DAVID, I. A. . BIO - Box for Interaction with Objects.. 2012.

Cavalcante, T ; Perez, C ; VOLCHAN, E ; OLIVEIRA, L. ; PEREIRA, Mirtes G. ; NASCIMENTO, B.E.M. ; Gleiser, S ; GambaJr, N ; Spitz, R . Advertências sanitárias nos produtos de tabaco. 2008.

Volchan, E. ; OLIVEIRA, J. M. ; NASCIMENTO, B.E.M. ; OLIVEIRA, L. ; PEREIRA, Mirtes G. ; Gleiser, S . Adaptação e aplicação de instrumento psicofisiológico para testagem de advertências sanitárias para controle do tabaco.. 2008.

VOLCHAN, E. . Tonic Immobility in Humans. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VOLCHAN, E. . Ciência: um território ainda dominado pelos homens.. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VOLCHAN, E. . Mulheres cientistas, por que ainda são poucas?. 2014. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

VOLCHAN, E. . Imagens nos maços de cigarro - quanto mais aversivas, mais eficazes.. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

VOLCHAN, E ; CAMPAGNOLI, R. ; DAVID, I. P. A. ; Krutman, L . Espaço Aberto - Saúde. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VOLCHAN, E . Espaço Aberto Saúde. 2012.

VOLCHAN, E . Atualidades em Pesquisa. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VOLCHAN, E . Bem Estar - A felicidade é contagiosa. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Campagnoli, Rafaela R. ; VOLCHAN, E . Caderno Saúde - Jornal O Globo. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VOLCHAN, E . Cigarette pack warnings scarier in other countries - USA Today. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VOLCHAN, E ; Oliveira, L . Dia Mundial Sem Tabaco - Impacto Emocional das Novas Advertências Sanitárias Brasileiras. 2009. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    FAPERJ CIENTISTA DO NOSSO ESTADO - Reações emocionais a contextos de segurança e ameaça: Implicações para ações de saúde, Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira1 - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Evandro da Silva Freire Coutinho - Integrante / Ivan Figueira - Integrante / Rocha-Rego, Vanessa - Integrante / Fátima Cristina Smith Erthal - Integrante / SZKLO, ANDRE - Integrante / Rafaela Ramos Campagnoli - Integrante / Isabe A David - Integrante / Aline Furtado Bastos - Integrante / BRAGA, FILIPE - Integrante / Eduardo Andrade - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Metodologia de Reconhecimento de Padrão e Neuroimagem Funcional: Desdobramentos Translacionais em Neurociências, Descrição: O objetivo deste projeto é consolidar a utilização da metodologia de reconhecimento de padrões aplicada ao sinal de ressonância magnética funcional nos grupos de pesquisa que trabalham com este sinal no Brasil. Esta abordagem recente tem sido sugerida como uma alternativa mais eficiente à análise tradicional do sinal de ressonância magnética funcional além de um potencial biomarcador para o diagnóstico e prognóstico de distúrbios psiquiátricos. A aplicação desta tecnologia para os grupos de pesquisa no Brasil seria de grande importância para o desenvolvimento da neurociência e sua aplicação clínica, em especial, ao que se refere à análise do sinal de ressonância magnética funcional.. Palavras-chave: Metodologia de Reconhecimento de Padrões; Transtornos Psiquiátricos; Ressonância Magnética Funcional.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eliane Volchan - Integrante / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Coordenador / Alves, Rita de Cássia S - Integrante / PORTUGAL, LIANA C. L. - Integrante / FERNANDES JR, ORLANDO - Integrante.

  • 2013 - 2016

    FAPERJ-CIENTISTA DO NOSSO ESTADO: Emoção e ação: marcadores psicofisiológicos de segurança e de perigo, Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / CLAUDIA DOMINGUES VARGAS - Integrante / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Izabela Mocaiber - Integrante / Evandro da Silva Freire Coutinho - Integrante / Paula Ruy Ventura - Integrante / Ivan Figueira - Integrante / Rocha-Rego, Vanessa - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Perez, Cristina - Integrante / Renata Araujo - Integrante / Fabio Gomes - Integrante / Gabriela Guerra Leal de Souza - Integrante / Isabel A David - Integrante / Fátima Cristina Smith Erthal - Integrante / Andre Szklo - Integrante / Aline Furtado Bastos - Integrante.

  • 2013 - 2016

    CAPES/MECD-DGU Cooperação Internacional Brasil/Espanha- EMOÇÃO HUMANA E MARCADORES PSICOFISIOLÓGICOS DE SEGURANÇA E DE PERIGO, Descrição: Este projeto visa compreender os aspectos neurobiológicos envolvidos nas reações defensivas e pró-sociais. O entendimento destes mecanismos básicos de sobrevivência, relacionados à aproximação de estímulos positivos e ao afastamento de estímulos negativos tem implicações em estratégias de saúde pública. Participam do presente projeto pesquisadores brasileiros da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal Fluminense e Universidade Federal do Rio Grande do Sul, abrangendo quatro Programas de Pós-graduação em projeto de colaboração internacional com pesquisadores da Universidade de Granada.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (6) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Izabela Mocaiber - Integrante / Paula Ruy Ventura - Integrante / Jaime Vila - Integrante / Ivan Figueira - Integrante / F BRAGA - Integrante / Rocha-Rego, Vanessa - Integrante / ERTHAL, F. S. - Integrante / Campagnoli, Rafaela R. - Integrante / Renata Araujo - Integrante / Isabel A David - Integrante / Lisiane Bizarro - Integrante / Rosa de Almeida - Integrante / Aline Furtado Bastos - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Cooperação.

  • 2011 - 2015

    Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net)., Descrição: A Rede Instituto Brasileiro de Neurociência (IBN Net) funciona em dois domínios de abordagem teórico-experimental: 1) Estudos de processos fisiológicos do sistema nervoso central; 2) Estudos de disfunção e proteção do sistema nervoso central. Um dos sub-projetos desenvolve-se na Universidade Federal do Rio de Janeiro e aborda a a função neural no organismo em interação com o meio externo e interno, na forma de substratos cognitivos dos processos perceptuais, emocionais e motores.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Eliane Volchan - Integrante / Mario Fiorani - Integrante / CLAUDIA DOMINGUES VARGAS - Integrante / João Guedes da Franca - Integrante / Cecília Hedin - Integrante / Luiz Carlos de Lima Silveira - Integrante / Ivan Figueira - Integrante / Diogo Onofre - Coordenador.

  • 2011 - 2012

    Programa de Oncobiologia: IMPACTO EMOCIONAL DE ADVERTÊNCIAS SOBRE O RISCO DO CONSUMO DE ALIMENTOS NÃO-SAUDÁVEIS., Descrição: Populações expostas a alimentos altamente processados, prontos pra consumo ou prontos para aquecer, os quais possuem altas concentrações de calorias, açúcar, gorduras e/ou sal, estão mais vulneráveis a apresentarem sobrepeso e obesidade, com os riscos associados de diabetes e doenças cardio-vasculares; assim como mais vulneráveis ao desenvolvimento de câncer. Diversos estudos sugerem que depois do tabagismo, as principais causas evitáveis de câncer estão relacionadas à alimentação. A pressão das indústrias de alimentos, que desenvolvem sofisticadas estratégias de marketing para os seus produtos, leva a distorções no consumo alimentar com aumento excessivo da ingestão de alimentos nutricionalmente desequilibrados (basicamente sal, carboidratos e gorduras). Exemplo de política pública para regulamentar a promoção comercial destes alimentos foi a promulgação da resolução RDC 24 pela ANVISA. A resolução institui que a divulgação e a promoção comercial de alimentos considerados com quantidades elevadas de açúcar, de gordura saturada, de gordura trans, de sódio, e de bebidas com baixo teor nutricional, sejam acompanhadas de advertências em forma de frases, contendo informações sobre o excesso destes componentes e sobre os riscos à saúde. Pretendemos investigar, em amostra de estudantes universitários, os efeitos da exposição a advertências sobre os riscos do consumo de produtos alimentícios de alto valor calórico e baixo valor nutricional e mudanças na atitude e comportamento com relação a alimentos não-saudáveis. Pretende-se que este projeto proveja respaldo científico para a utilização do uso de advertências associadas à propaganda de produtos alimentícios.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Leticia de Oliveira - Integrante / Isabel de Paula Antunes David - Integrante / Mirtes Pereira - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante / Renata Araujo - Integrante / Fabio Gomes - Integrante., Financiador(es): Fundação Ary Frauzino para Pesquisa e Controle do Câncer - Auxílio financeiro / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa., Número de produções C, T & A: 1

  • 2010 - Atual

    ESTUDO NEUROBIOLÓGICO DO IMPACTO DE ADVERTÊNCIAS SANITÁRIAS PARA CONTROLE DO tABACO, Descrição: No âmbito das ações mundiais de controle do tabagismo os objetivos de advertências sanitárias nas embalagens são gerar uma ativação emocional de repulsa que afaste o consumidor do produto. Estampadas nos maços, as advertências devem interferir no apelo emocional positivo que a propaganda da industria tabagista transmite através dos bonitos designs do próprio maço, idealizados para atrair os consumidores. A meta principal do presente projeto é evidenciar através de marcadores neurobiológicos que as advertências sanitárias são efetivas em refrear o impulso de aproximação do maço.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / L Oliveira - Integrante / Mirtes G. Pereira - Integrante / Isabel de Paula Antunes David - Integrante / Jose Magalhães Oliveira - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante / Andre Szklo - Integrante / José Magalhães de Oliveira - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Ary Frauzino para Pesquisa e Controle do Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2010 - Atual

    INTERAÇÃO SOCIAL: EFEITOS NEURAIS E COMPORTAMENTAIS DE ESTÍMULOS PRÓ-SOCIAIS, Descrição: O comportamento pró-social é de extrema importância para a espécie humana. Há evidencias de que predisposições pró-socias automáticas e implícitas já estejam presentes em estágios precoces do desenvolvimento. O objetivo é investigar a atividade cerebral associada à indução de predisposições pró-sociais (envolvendo o toque social) evocadas pela apresentação de estímulos visuais contendo cenas de interação social. Pretendemos também avaliar a implicação dos traços individuais pró-sociais na modulação psicofisiológica evocada por estes estímulos.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / CLAUDIA DOMINGUES VARGAS - Integrante / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Isabel de Paula Antunes David - Integrante / Jaime Vila - Integrante / Rafaela Campagnoli - Integrante / Vanessa Rego Rocha - Integrante / Ivan Figueira - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante / Andreas Keil - Integrante., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1

  • 2010 - Atual

    PSICOFISIOLOGIA DA REATIVIDADE AO PERIGO, Descrição: A crescente violência nas grandes cidades é uma das principais preocupações da sociedade brasileira atual constituindo um problema de saúde pública. O transtorno de estresse pós-traumático, uma das principais seqüelas da violência urbana, é altamente prevalente, incapacitante e de difícil tratamento. Este projeto investiga as variáveis psicofisiológicas associadas à exposição a eventos traumáticos de violência urbana, analisando os fatores de vulnerabilidade e de proteção para o desenvolvimento do transtorno de estresse pós-traumático. A busca de correlatos biológicos de vulnerabilidade e proteção aos efeitos deletérios de eventos adversos é de grande importância para a compreensão dos mecanismos subjacentes às reações adaptativas assim como para o desenvolvimento de estratégias de prevenção e terapia. A investigação será direcionada para o estudo da reatividade psicofisiológica à estimulação aversiva, aos traços individuais de vulnerabilidade e resiliência que predispõem à apresentação de reações defensivas distintas em face de situações de ameaça, e à interação desses fatores internos com contextos externos atenuantes ou agravantes das situações ameaçadoras. A meta é contribuir para propostas de estratégias de prevenção e tratamento para vítimas de violência, fornecendo subsídios para ações que contribuam para o bem estar social e desenvolvimento econômico do Estado do Rio de Janeiro.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / CLAUDIA DOMINGUES VARGAS - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Isabel de Paula Antunes David - Integrante / Ivan Figueira - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante / PEREIRA, M. G. - Integrante / Fátima Cristina Smith Erthal - Integrante / Aline Furtado Bastos - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 4

  • 2008 - 2010

    FAPERJ/APOIO ÀS INSTITUIÇÕES DE ENSINO E PESQUISA: TRANSTORNO DO ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO EM VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA URBANA: MARCADORES CLÍNICOS, NEUROBIOLÓGICOS E PSICO-SOCIAIS PARA PREVENÇÃO E TRATAMENTO, Descrição: Coordenação: prof Ivan Figueira A crescente violência nas grandes cidades é uma das principais preocupações da sociedade brasileira atual constituindo um problema de saúde pública. O transtorno de estresse pós-traumático, uma das principais seqüelas da violência urbana, é altamente prevalente, incapacitante e de difícil tratamento. Este projeto investiga as variáveis clínicas, psicométricas, bioquímicas e psicofisiológicas associadas à exposição a eventos traumáticos de violência urbana, analisando os fatores de vulnerabilidade e de proteção para o desenvolvimento do transtorno de estresse pós-traumático. O projeto se propõe a desenvolver estratégias psicoterápicas e farmacológicas para prevenção e tratamento deste transtorno e de suas seqüelas. O grande diferencial deste projeto será o estudo multidisciplinar deste transtorno, através da integração de grupos de pesquisa das áreas clínica, epidemiológica e básica. A rede de pesquisa ligada a esse projeto é constituída de pesquisadores de diversas instituições do Estado do Rio de Janeiro (UFRJ: Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Instituto de Psiquiatria, Instituto de Psicologia; Hospital Universitário Clementino Fraga Filho; UFF: Instituto Biomédico; Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental; FIOCRUZ: Escola Nacional de Saúde Pública; IPCFEx: Instituto de Pesquisa em Capacitação Física do Exército).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (4) . , Integrantes: Eliane Volchan - Integrante / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Evandro da Silva Freire Coutinho - Integrante / Mauro Vitor Mendlowicz - Integrante / Ivan Figueira - Coordenador / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 4

  • 2007 - 2009

    FAPERJ/ PENSA RIO: IMPACTO DA VIOLÊNCIA URBANA NA SAÚDE MENTAL, Descrição: Coordenação: Prof Evandro Coutinho O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é uma das principais seqüelas da violência urbana estando fortemente associado a eventos traumáticos tais como sequestro, assalto, estupro, acidente de trânsito e violência doméstica. O TEPT é altamente prevalente, incapacitante e de difícil tratamento. Este projeto permitirá conhecer a prevalência desse transtorno mental, os fatores de risco para o seu desenvolvimento, assim como dos eventos traumáticos na população do município do Rio de Janeiro. Tal conhecimento é essencial para propor estratégias de prevenção entre indivíduos expostos a eventos traumáticos, assim como para o seu tratamento. O projeto visa conhecer a prevalência do trantorno do estresse pós-traumático na cidade do Rio de Janeiro, assim como os eventos traumáticos envolvidos em sua gênese e seu curso; investigar fatores de risco para o desenvolvimento deste transtorno; avaliar as variáveis clínicas, psicométricas, bioquímicas e psicofisiológicas associadas à exposição a eventos traumáticos de violência urbana; desenvolver estratégias psicoterápicas e farmacológicas para prevenção e tratamento deste transtorno e de suas seqüelas. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Eliane Volchan - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Mirtes G. Pereira - Integrante / Evandro da Silva Freire Coutinho - Coordenador / Paula Ruy Ventura - Integrante / Mauro Vitor Mendlowicz - Integrante / Adriana Fiszman - Integrante / Ivan Figueira - Integrante / Marques-Portella, Carla - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante / Vargas, Claudia D. - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 3

  • 2006 - 2010

    PRONEX/FAPERJ Núcleo de Excelência - COGNIÇÃO: PERCEPÇÃO, EMOÇÃO E AÇÃO, Descrição: Núcleo de Biologia da Cognição. Coordenador: Prof Ricardo Gattass Este projeto, desenvolvido pelo Núcleo de Biologia da Cognição, tem como tema principal o estudo da Cognição e suas vertentes: a percepção, a emoção e a ação. As representações neurais, que formam o substrato cognitivo dos processos sensório-emocionais-motores, são investigadas de forma multidisciplinar e integrada em três patamares teórico-experimentais. Em um primeiro nível, explora-se os aspectos morfológicos das representações neurais, que consistem na definição de mapas e circuitos sensoriais e motores. Num segundo nível, as representações neurais são avaliadas por inspeção eletrofisiológica, focalizada em aspectos dinâmicos da excitabilidade celular em extensas redes neuronais. Finalmente, investiga-se a função neural no organismo em interação com o meio externo e interno, na forma de substratos cognitivos dos processos perceptuais, emocionais e motores. Transversalizando estes três níveis, estuda-se aspectos da reorganização destas representações, investigando a plasticidade intrínseca e pós-lesional do sistema nervoso em paradigmas de lesão neural central e periférica e manobras de estresse.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (5) . , Integrantes: Eliane Volchan - Integrante / Luiz Pessoa - Integrante / Ricardo Gattass - Coordenador / CLAUDIA DOMINGUES VARGAS - Integrante / João Guedes da Franca - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Cecília Hedin - Integrante / Evandro da Silva Freire Coutinho - Integrante / Jorge Moll - Integrante / Ivan Luiz de Vasconcelos Figueira - Integrante / Mirtes Pereira - Integrante / Ivan Figueira - Integrante., Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 11

  • 2005 - 2011

    CAPES-MD/PRÓ-DEFESA- Estudo prospectivo do impacto da violência na saúde mental e física das tropas de paz brasileiras, Descrição: Edital Pró-Defesa da CAPES e Ministério da Defesa Coordenação: Profa Eliane Volchan. Rede de pesquisa: Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF/UFRJ), Instituto de Pesquisa da Capacitação Física do Exército (IPCFEx), Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/FIOCRUZ) e Instituto de Psiquiatria (IPUB/UFRJ) . O projeto pretende determinar fatores predisponentes ou protetores aos efeitos deletérios do estresse sobre a saúde mental e física das tropas de paz brasileiras. As equipes do IBCCF e o IPUB da UFRJ trazem um conjunto de procedimentos para o estudo dos substratos neurais e fisiológicos que conferem maior vulnerabilidade ou proteção ao estresse. A equipe da ENSP/FIOCRUZ contribui com o tratamento estatístico e análise psicométrica e a equipe do IPCFEx atua na avaliação dos efeitos do condicionamento físico sobre a condição física e mental dos militares.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (3) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Evandro da Silva Freire Coutinho - Integrante / Mauro Vitor Mendlowicz - Integrante / Ivan Luiz de Vasconcelos Figueira - Integrante / Antônio Fernando Araújo Duarte - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2

  • 2005 - 2008

    MCT/CNPq INSTITUTO MILENIO DA VIOLÊNCIA E SAÚDE MENTAL: O impacto da violência na saúde mental da população brasileira., Descrição: Apoiado pelo Edital MCT/CNPq, sob a coordenação do Prof Jair de Jesus Mari. O projeto pesquisa o impacto da violência na saúde mental em vários níveis da população brasileira por meio de diferentes abordagens (qualitativa, epidemiológica e biológica). A pesquisa qualitativa realiza análises dos significados da violência através de estudos da análise do discurso das vítimas urbanas e domésticas (avaliações etnográficas). A pesquisa epidemiológica avalia o impacto da violência na morbidade psiquiátrica das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. A magnitude da violência na morbidade populacional é desconhecida na nossa população. É estudada a prevalência de transtornos mentais e correlatos comportamentais e biológicos em populações especiais, tais como: equipes de resgate de urgência, e tropas de elite das forças armadas destacadas para a missão de paz no Haiti. São realizados estudos sobre a prevalência de violência doméstica e transtornos mentais em crianças e mulheres de áreas periféricas das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Fortaleza. O resultado deste estudo auxiliará na elaboração de um projeto nacional de capacitação de profissionais de saúde e na criação de uma rede atendimento. São realizadas uma pesquisas de avaliação de fatores de risco para desenvolvimento de transtorno do estresse pós-traumático (psicológicos, sociais e biológicos), assim como da eficácia de medidas terapêuticas. O Instituto do Milênio engloba áreas distintas do saber incluindo diversos domínios de pesquisa permitindo avaliar as conseqüências da violência na população brasileira e fornecer dados para o planejamento de saúde, no atendimento de suas vítimas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (4) . , Integrantes: Eliane Volchan - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Jair de Jesus Mari - Coordenador / Ivan Luiz de Vasconcelos Figueira - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 3

  • 2005 - 2008

    PROGRAMA DE ONCOBIOLOGIA- UFRJ: Investigação da vulnerabilidade e resistência ao estresse., Descrição: O projeto investiga os substratos neurobiológicos que conferem uma maior capacidade de enfrentar situações estressantes com consequências fisiopatológicas mínimas (resiliência) e extrair desse conhecimento dados que permitam propor estratégias de prevenção para aqueles mais susceptíveis. Além disso, avalia-se o impacto de campanhas públicas de alerta para os comportamentos que colocam em risco a saúde individual e a de terceiros.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mateus Joffily - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Vivian Rumjaneck - Integrante / Ivan Figueira - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 4

  • 2004 - 2009

    CAPES/MECD-DGU Cooperação Internacional Brasil/Espanha - Emoção e atenção em contexto de ameaça e medo, Descrição: Coordenação Brasil: Profa Eliane Volchan (UFRJ) Coordenação Espanha: Prof Jaime Vila Castellar (Universidade de Granada) Reações psicofisiológicas foram investigadas através de mensurações que incluíram a análise de respostas comportamentais, neurais, somáticas, vegetativas e neuro-imuno-endócrinas. Os estudos foram desenvolvidos em diferentes amostras: (i) estudantes universitários brasileiros e espanhóis, (ii) profissionais que lidam com situações que envolvem risco de vida (tropas de paz do Exército), (iii) vítimas de violência urbana com e sem diagnóstico de transtorno do estresse pós-traumático. Os contextos experimentais envolveram situações de ativação de sistemas defensivos: audição de ruídos intensos, visualização de fotos desagradáveis, tarefas de apresentação oral, audição de um evento pessoal traumático; e de ativação de sistemas apetitivos: visualização de fotos agradáveis. Nos paradigmas experimentais o foco dos estudos envolveu a investigação da variabilidade individual nas reações psicofisiológicas e a modulação destas respostas por fatores externos positivos e negativos. Além disso os trabalhos também investigaram a modulação de reações defensivas à estimulação sonora aversiva após a indução do estresse agudo psico-social. Neste último, foram pesquisados os reflexos defensivos somático (sobressalto) e autonômico (resposta de defesa cardíaca).. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (7) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Leticia de Oliveira - Integrante / Luís Aureliano Imbiriba Silva - Integrante / Jaime Vila - Integrante / Walter MachadoPinheiro - Integrante / Mirtes Pereira - Integrante., Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países. . , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante.Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

  • 2006 - 2009

    INCA/MS: NEUROCIÊNCIAS E CONTROLE DO TABACO, Descrição: Pesquisas em neurobilogia da emoção revelaram a influência explícita e implícita dos estímulos visuais sobre atitudes e comportamentos. Objetivos: (i) Avaliação do impacto emocional de advertências sanitárias para o controle do tabagismo. (ii) Elaboração e testagens de novas advertênciassanitárias para o controle do tabagismo. Sob os auspícios da Organização Mundial de Saúde foi elaborado pela primeira vez um tratado (Convenção Quadro para o Controle do Tabaco, 2005) dedicado à saúde pública envolvendo estratégias para controlar a epidemia do tabagismo. O governo do Brasil é signatário do tratado e tem se destacado mundialmente em relação às políticas de controle do tabaco. Dentre as recomendações estão a utilização de imagens aversivas em advertências sanitárias nas embalagens de produtos derivados do tabaco. Considerando que as imagens devem ser substituídas regularmente para que não percam o impacto e visando ampliar a divulgação de informações sobre os malefícios do tabagismo, o Ministério da Saúde passou a investir esforços para inovar na construção de um novo conjunto de advertências sanitárias. Com este objetivo, sob a liderança do INCa, foi criado o Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Informação para Prevenção. Esse grupo trabalhou no desenvolvimento e em testes do impacto emocional de protótipos de novas advertências. Os resultados serviram de base para a seleção de 10 novas advertências com potencial para induzir repulsa aos produtos derivados do tabaco, ajudando as pessoas a pararem de fumar e prevenindo a iniciação de novos consumidores. A construção das novas advertências através deste trabalho inovador e multi-disciplinar teve destacada repercussão internacional e tem servido de modelo para as ações de controle de tabagismo em vários países.. , Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Eliane Volchan - Coordenador / Mirtes G. Pereira - Integrante / Leticia de Oliveira - Integrante / Tania Cavalcante - Integrante / Cristina Perez - Integrante / Rejane Spitz - Integrante / Antonio GambaJr - Integrante / Sonia Gleiser - Integrante., Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Auxílio financeiro., Número de produções C, T & A: 3

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2018

Medalha Neurociências Brasil 2018, Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNeC).

2005

Comendador da Ordem do Mérito Científico, Presidência do Brasil.

1997

Mulher do ano de 1997 em Ciência, Conselho Nacional de Mulheres do Brasil.

1997

Membro Associado, Academia Brasileira de Ciências.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Neurobiologia. , IBCCF/CCS/BLOCO G/UFRJ, ILHA DO FUNDAO, 21949-900 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil, Telefone: (21) 25626556, Fax: (21) 22808193

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2004 - 2013

Society for Psychophysiological Research

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Comitê, Carga horária: 2

Outras informações:
Coordenadora do "Ad hoc International Outreach Committee (Latin America)".

2015 - Atual

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

1987 - Atual

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 03/2006

    Ensino, Fonoaudiologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, PCI de Bases Morfofuncionais dos Sistemas Sensoriais

  • 03/2004

    Ensino, Nutrição, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fisiologia

  • 03/2002

    Ensino, Psicologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Fisiologia II - Psicologia

  • 01/2002

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, .,Linhas de pesquisa

  • 01/1999

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, .,Linhas de pesquisa

  • 01/1999

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, .,Linhas de pesquisa

  • 01/1999

    Ensino, Ciências Biológicas (Fisiologia), Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, TópicosAvançados em Neurobiologia I, TópicosAvançados em Neurobiologia II, TópicosAvançados em Neurobiologia III, Neurobiologia da Emoção I, Neurobiologia da Emoção II, Neurofisiologia Fundamental II

  • 02/1992 - 10/2008

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, PCI Sistema Nervoso

  • 03/1987 - 01/2006

    Ensino, Ciências Biológicas (Biofísica), Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, TópicosAvançados em Neurobiologia I, TópicosAvançados em Neurobiologia II, TópicosAvançados em Neurobiologia III, Neurobiologia da Emoção I, Neurobiologia da Emoção II, Neurofisiologia Fundamental II

  • 03/1987 - 12/1991

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Neurofisiologia

2003 - Atual

NIMH Center for the Study of Emotion and Attention

Vínculo: Membro Associado, Enquadramento Funcional: Membro associado, Carga horária: 5

2006 - 2009

Instituto Nacional de Câncer

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 5

2008 - 2015

International Brain Research Organization

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro do Comitê Women in World Neuroscience, Carga horária: 2

2005 - 2008

International Brain Research Organization

Vínculo: Membro Comitê Latino-Americano, Enquadramento Funcional: Vice-presidente LARC, Carga horária: 2

Outras informações:
LARC: Latin American Regional Committee

Atividades

  • 04/2005 - 08/2008

    Conselhos, Comissões e Consultoria, International Brain Research Organization, .,Cargo ou função, Membro de conselho.

1999 - 2002

Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento

Vínculo: Vice-presidenta, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 5

1983 - 1989

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 20

Atividades

  • 03/1983 - 02/1989

    Ensino, Medicina, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas