FLÁVIA CELEIRA CORTEZ

Mestre em COMUNICAÇÃO, CULTURA E AMAZÔNIA pelo PPGCom, da Universidade Federal do Pará (2019), e graduação em Comunicação Social - Jornalismo/UFPA. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: macrodrenagem, tucunduba, projeto, habitação e ribeirinhos, amazônia, cotidiano.

Informações coletadas do Lattes em 17/11/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em COMUNICAÇÃO, CULTURA E AMAZÔNIA

2017 - 2019

Universidade Federal do Pará
Título: Cultura e Socialidades da Coleta Seletiva em Belém - Pa, Ano de Obtenção: 2019
Otacílio Amaral Filho.

Graduação em Comunicação Social - Jornalismo

2008 - 2011

Universidade Federal do Pará
Título: Lixo Urbano na Mídia: uma análise midiática dos discursos de desenvolvimento sustentável nas matérias jornalísticas sobre lixo urbano em Belém (1997-2010)
Orientador: Otacílio Amaral Filho

Formação complementar

2015 - 2015

Iniciação a Fotografia - De olhos vendados. (Carga horária: 42h). , Associação Fotoativa, Fotoativa, Brasil.

2012 - 2012

Séminaires D'Été - Engagements et Résistances. (Carga horária: 15h). , Université Paris-Sorbonne, PARIS 4, França.

2012 - 2012

English Language Trainning Worldwide. , Embassy CES, CES, Inglaterra.

2008 - 2012

Lingua Francesa - concluído. , Aliança Francesa de Belém, AF, Brasil.

2002 - 2006

Inglês. , Cultura Inglesa - Belém, CULTURA, Brasil.

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes.

Organização de eventos

CORTEZ, F. C. . III Encontro Regional dos Estudantes de Comunicação. 2009. (Outro).

Participação em eventos

Encontro de Pesquisa em Comunicação na Amazônia.O Corpo na Sociedade do Espetáculo. 2017. (Encontro).

II SEminário Internacional América Latina.Sustentabilidade em Disputa: uma análise do discurso midiático sobre lixo urbano em Belém. 2017. (Seminário).

Expocatadores 2016. 2016. (Exposição).

Séminaires D'Été de L'Université Paris-Sorbonne. 2012. (Seminário).

X Congresso de Ciências da Comunicação na Região Norte. 2011. (Congresso).

IV Encontro Regional dos Estudantes de Comunicação. 2010. (Encontro).

IX Congresso de Ciências da Comunicação na Região Norte. Revista Popopô. 2010. (Congresso).

Conferência Estadual de Comunicação. 2009. (Outra).

IV Seminário de Jornalismo Ambiental. 2009. (Seminário).

XXX Encontro Nacional dos Estudantes de Comunicação. 2009. (Encontro).

II Encontro Regional dos Estudantes de Comunicação/ Norte. 2008. (Encontro).

Jornalismo na Amazônia. 2008. (Seminário).

Programa de Capacitação TV e Novas Mídias. 2008. (Outra).

Semana de Comunicação da UFPA - Muvuca na Cumbuca. 2008. (Seminário).

Comissão julgadora das bancas

Leandro Rodrigues Lage

AMARAL, O;LAGE, L. R.; RIBEIRO, T. G.. Luta por reconhecimento: uma análise intersubjetiva das histórias de vida de catadoras de materiais recicláveis. 2019. Dissertação (Mestrado em COMUNICAÇÃO, CULTURA E AMAZÔNIA) - Universidade Federal do Pará.

Leandro Rodrigues Lage

LAGE, L. R.CASTRO, F. F.; AMARAL, O. Luta por reconhecimento: uma análise intersubjetiva dos catadores de materiais recicláveis. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em COMUNICAÇÃO, CULTURA E AMAZÔNIA) - Universidade Federal do Pará.

Celia Regina Trindade Chagas Amorim

FILHO, Otacílio Amaral;AMORIM, Célia Regina Trindade Chagas; COSTA, Alda Cristina Silva. Lixo urbano na mídia: Uma análise midiática dos discursos de desenvolvimento sustentável nas matérias jornalísticas sobre lixo urbano em Belém (1997-2011). 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social) - Universidade Federal do Pará.

Fabio Fonseca de Castro

AMARAL FILHO, O.;CASTRO, F. F. de; LAGE, L. R.. Luta por reconhecimento: Uma análise intersubjetiva dos catadores de materiais recicláveis. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em COMUNICAÇÃO, CULTURA E AMAZÔNIA) - Universidade Federal do Pará.

ALDA CRISTINA SILVA DA COSTA

Otacilio Amaral Filho;COSTA, A. C. S.; Célia Trindade Amorim. Lixo Urbano na Mídia. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social) - Universidade Federal do Pará.

Tânia Guimarães Ribeiro

AMARAL FILHO, O.; LAGE, L. R.;RIBEIRO, Tânia G.. Luta por reconhecimento: uma análise intersubjetiva das histórias de vida de catadores de materiais recicláveis. 2019. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia (PPGCOM)) - Universidade Federal do Pará.

Otacílio Amaral Filho

AMARAL FILHO, OTACÍLIO.; CASTRO, F. F.; LAGE, L. R.. Luta por reconhecimento: uma análise intersubjetiva dos catadores de materiais recicláveis. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em COMUNICAÇÃO, CULTURA E AMAZÔNIA) - Universidade Federal do Pará.

Foi orientado por

Marise Teles Condurú

Orientação e Supervisão de Estágio de Graduação em Comunicação Social - Jornalismo (2008 a 2010); 2010; Orientação de outra natureza; (Comunicação Social) - Universidade Federal do Pará, Universidade Federal do Pará; Orientador: Marise Teles Condurú;

Danila Gentil Rodriguez Cal Lage

Supervisão de Estágio Docente em Estética da Comunicação; 2018; Orientação de outra natureza; (Comunicação Social) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Danila Gentil Rodriguez Cal Lage;

Otacílio Amaral Filho

O corpo na sociedade do espetáculo; 2017; Dissertação (Mestrado em COMUNICAÇÃO, CULTURA E AMAZÔNIA) - Universidade Federal do Pará,; Orientador: Otacílio Amaral Filho;

Otacílio Amaral Filho

LIXO URBANO NA MÍDIA: UMA ANÁLISE MIDIÁTICA DOS DISCURSOS SOBRE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NOS JORNAIS DE BELÉM; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo) - Universidade Federal do Pará; Orientador: Otacílio Amaral Filho;

Produções bibliográficas

  • CORTEZ, F. C. . O pop art nas cores da Amazônia. Amazônia Viva, , v. 18, p. 55 - 57, 09 fev. 2013.

  • CORTEZ, F. C. . No palco da vida se toca boa música. Amazônia Viva, 16 jan. 2013.

  • CORTEZ, F. C. ; AMARAL FILHO, O. . Sustentabilidade em Disputa: uma análise do discurso midiático sobre lixo urbano em Belém. In: II Seminário Internacional América Latina: políticas e conflitos contemporâneos, 2017, Belém. II Seminário Internacional América Latina: políticas e conflitos contemporâneos. Belém: NAEA UFPA, 2017. v. 2. p. 1-887.

  • CORTEZ, F. C. ; AMARAL FILHO, O. . Sustentabilidade em disputa: uma análise do discurso midiático sobre lixo urbano nos jornais de Belém. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • CORTEZ, F. C. . O Corpo na Sociedade do Espetáculo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • CORTEZ, F. C. ; CORRÊA, Keyla ; BARROS, L. M. T. ; Igor de Souza Pinto ; Santos, Juliana . Revista Popopô. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções

CORTEZ, F. C. . Macrodrenagem do Tucunduba. 2016; Tema: Macrodrenagem da Bacia do Tucunduba. (Site).

CORTEZ, F. C. . Uma lei nacional obriga todos os municípios a terem coleta seletiva do lixo. Belém adotou a medida - mas em apenas um bairro. Como anda o tratamento sustentável dos resíduos sólidos?. 2016; Tema: Coleta Seletiva. (Site).

CORTEZ, F. C. . Belém carrega o título ambiental de capital da Amazônia, mas é consenso da população que a cidade é suja. Nesta primeira reportagem, buscamos entender o motivo desta opinião e o funcionamento da coleta de lixo domiciliar.. 2016; Tema: Lixo Urbano. (Site).

CORTEZ, F. C. . 10Pintados- Arte Urbana na Cidade Velha. 2016; Tema: Arte Urbana. (Rede social).

CORTEZ, F. C. . Vidas Amazônicas #2: Roberta Barroso e a Cooperação das Catadoras de Materiais Recicláveis e Reutilizáveis da Bacia do Una. 2016; Tema: Artigo Vidas Amazônicas. (Site).

CORTEZ, F. C. . Perto do carnaval, familiares de vítimas cobram informações e mais empenho do Estado na identificação e julgamento dos culpados.. 2016; Tema: Chacina em Belém. (Site).

CORTEZ, F. C. . 2ª Marcha Nacional dos Catadores e Catadoras. 2016; Tema: Expocatadores. (Site).

CORTEZ, F. C. . Participação paraense na Expocatadores 2016: UFPA, catadores e catadoras construindo conhecimento. 2016; Tema: Expocatadores. (Site).

CORTEZ, F. C. . Reciclagem e Artesanato: uma parceria possível. 2016; Tema: Expocatadores. (Site).

CORTEZ, F. C. . Delegação paraense na Expocatadores 2016. 2016; Tema: Expocatadores. (Site).

CORTEZ, F. C. . Espaço de Empoderamento de Mulheres Catadoras na Expocatadores 2016. 2016; Tema: Expocatadores. (Site).

CORTEZ, F. C. . Ex-presidente Lula fala na Expocatadores 2016. 2016; Tema: Expocatadores. (Site).

CORTEZ, F. C. . NOTÍCIAS Experiências Internacionais na Expocatadores 2016. 2016; Tema: Expocatadores. (Site).

CORTEZ, F. C. . ?Entre a poética e a pesquisa? será o tema do próximo Café Fotográfico com Mariano Klautau Filho. 2015; Tema: Evento Fotográfico da Associação FotoAtiva. (Site).

CORTEZ, F. C. . Fotoativa Portas Abertas na 9ª edição do Circular. 2015; Tema: FotoAtiva no Circular Campina - Cidade Velha. (Site).

CORTEZ, F. C. . Fotoativa convida para o lançamento da publicação Viver ou Narrar ? resultado do projeto Fotoativa em Residência. 2015; Tema: Lançamento de publicação. (Site).

CORTEZ, F. C. . Inscrições abertas para o Lab. Círio 2015 ? Laboratório de Criação em Narrativas Visuais. 2015; Tema: Inscrições Abertas para o Lab. Círio 2015. (Site).

CORTEZ, F. C. . Casa Studio PP Conduru. 2015; Tema: Produção Cultural. (Blog).

CORTEZ, F. C. ; Thiago Kazu . Oficina de Fanzine. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Projetos de pesquisa

  • 2009 - 2010

    OS ANFITEATROS EXISTENTES NOS ESPAÇOS LIVRE PÚBLICOS DA CIDADE DE BELÉM DO PARÁ E SUA UTILIZAÇÃO CÊNICA, Descrição: Dentre os diversos espaços livres de uso público existentes nas cidades brasileiras, encontramos a figura da praça pública, que incorporou ao longo dos anos diversos equipamentos, dentre eles encontramos o anfiteatro, que é o objeto de investigação desta pesquisa. Anfiteatros são arenas ovais ou circulares, geralmente rodeadas de degraus a céu aberto, destinadas a apresentações artísticas e/ou culturais. Os anfiteatros modernos buscaram inspiração nos moldes dos teatros greco-romanos e, tentaram reproduzir seu aspecto formal, tornando-se uma representação simbólica dos mesmos. Estes estão presentes nos espaços livres públicos de algumas cidades brasileiras, implantados em variadas dimensões. As praças públicas integram o Sistema de Lazer de uma cidade, exercendo um importante papel na vida urbana. A cidade de Belém do Pará, de acordo com o Anuário Estatístico de 1995, elaborado pela PMB, apresenta um total de 113 praças oficializadas pela Prefeitura Municipal. O Poder Público em geral, classifica o anfiteatro como um equipamento a mais no projeto do espaço público, integrando seu setor cultural, entretanto, estes espaços são praticamente abandonados logo após sua inauguração, pois não existe uma ação que apresente uma programação artístico/cultural constante que efetive sua utilização. A proposta desta pesquisa é fazer o levantamento dos diferentes tipos de anfiteatros existentes nas praças públicas da cidade de Belém do Pará, procedendo-se a análise dos projetos de cada um deles em relação à função inicial a qual estariam destinados. Estes dados serão disponibilizados para consulta pública, com o intuito de conscientizar e contribuir para que ocorra a apropriação efetiva dos mesmos com produções artísticas e culturais.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (2) . , Integrantes: Flávia Celeira Cortez - Integrante / Ezia do Socorro Neves da Silva - Coordenador / Rayane Clicia Ataíde Palheta - Integrante.

Prêmios

2010

XVII Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação - EXPOCOM., Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares em Comunicação.

Histórico profissional

Experiência profissional

2016 - 2017

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Jornalista, Carga horária: 20

Outras informações:
Participa como jornalista no Programa Interdisciplinar Trópico em Movimento/ UFPA no "Projeto Incubação para fortalecimento de cooperativas e associações de catadores e catadoras de materiais recicláveis e reutilizáveis ? em municípios do Pará". Atua como jornalista com textos para o site cataamazon.net e oficina de comunicação para os catadores das redes de cooperativas e associações incubadas.

2010 - 2011

Universidade Federal do Pará

Vínculo: bolsista, Enquadramento Funcional: Assessoria de Comunicação, Carga horária: 20

Outras informações:
Bolsa de Estágio como Assessoria de Comunicação do Instituto de Educação em Ciencias e Matemática da Universidade Federal do Pará. Atualização da página do Programa de Pós-Graduação em Ciencias e em Matemáticas - PPGECM (www.ufpa.br/ppgecm).

2009 - 2010

Universidade Federal do Pará

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Outras informações:
bolsista do Programa de Apoio ao Recém-Doutor - PARD, vinculado ao Plano de Atividades de Pesquisa "Os anfiteatros nos espaços livres públicos da cidade de Belém do Pará e sua utilização cênica", com orientação do Profª Drª Ézia do Socorro Neves da Silva.

Atividades

  • 03/2017

    Pesquisa e desenvolvimento, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Cultura e Amazônia.,Linhas de pesquisa

2016 - 2016

Outros 400

Vínculo: colaboradora, Enquadramento Funcional: Jornalista

Outras informações:
Participei como jornalista colaboradora do Portal Outros400, portal de notícias criado por um grupo de jornalistas em 2016 no contexto dos 400 anos de Belém,com o intuito de investigar e escrever sobre os problemas da capital no ano de aniversário, colocando-se como um meio de comunicação alternativo e independente na busca por um jornalismo mais crítico.

2015 - 2016

Prefeitura Municipal de Belém

Vínculo: Projeto 10Pintados, Enquadramento Funcional: Jornalista e Social Mídia

Outras informações:
Participei como jornalista, social mídia e produtora do Projeto 10Pintados - Arte Urbana na Cidade Velha, cujo principal meio de divulgação e informação foi a página no Facebook: www.facebook.com/10pintados. O Projeto 10Pintados- Arte Urbana na Cidade Velha foi selecionado ainda em 2015 pela Prefeitura de Belém como integrante das comemorações de 400 anos de Belém. Em parceria com o Projeto Circular-Campina Cidade Velha, teve como proposta reunir 10 artistas/coletivos que realizaram 9 murais no bairro da Cidade Velha. O projeto foi finalizado no dia 17 de Abril de 2016 para visitação durante a 7ª edição do Circular. Tinha como objetivo ressignificar o bairro a partir da arte, fomentando atividades criativas e a valorização do patrimônio e do espaço público através das diversas linguagens contemporâneas.

2015 - 2015

Associação FotoAtiva

Vínculo: temporário, Enquadramento Funcional: Assessoria de Comunicação

Outras informações:
Trabalhei como assessora de comunicação para a Associação Fotoativa no período de Agosto a Dezembro de 2015 com o objetivo de pagar um curso de formação em fotografia ministrado no local. O trabalho incluiu textos e matérias para o site: www.fotoativa.org.br. A Associação Fotoativa desde 1984 desenvolve projetos coletivos nas áreas de arte, educação, memória e patrimônio, com base em processos que interligam pensamento, ação e reflexão continuados.

2015 - 2015

Casa Studio PP Conduru

Vínculo: temporária, Enquadramento Funcional: Jornalista e produtora

Outras informações:
Trabalhei como jornalista, fotógrafa e social mídia do espaço cultural Casa Studio PP Conduru para as edições do projeto Circular Campina-Cidade Velha que ocorriam a cada 2 meses nos bairros Campina e Cidade Velha. A casa Studio é a residência e atelier do artista plástico Pedro Conduru, e participou até Novembro de 2015 do projeto Circular enquanto espaço cultural na Cidade Velha, com exposição de arte e eventos alternativos como o "onda de calçada". A divulgação e informações do espaço estão no Facebook: www.facebook.com/p.p.conduru.casa.studio

2013 - 2014

Dubas Editora Musical

Vínculo: Empregatício, Enquadramento Funcional: Assistente de Direitos Autorais, Carga horária: 40

Outras informações:
Trabalhei como assistente de direitos autorais na empresa Dubas Editora Musical, localizada no Rio de Janeiro, uma empresa do ramo musical estabelecida desde 1994 e gerencia títulos de discos, catálogos musicais e administra catálogos internacionais. www.dubas.net.

2017 - 2017

Secretaria de Estado de Comunicação

Vínculo: Contrato, Enquadramento Funcional: Oficina de texto jornalístico - Projeto Biizu, Carga horária: 20

Outras informações:
Contratação para ministrar oficina de texto jornalístico pelo Projeto Biizu, ligado a Diretoria de Comunicação Popular e Comunitária (DCPC), sujo objetivo é de incentivar as comunidades a produzirem conteúdos que democratizem o acesso à informação de forma planejada e continuada, proporcionando, sobretudo, a interação dos cidadãos com o governo