José Assunção Fernandes Leite

Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Maranhão (1990), mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001) e doutorado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Saõ Paulo - SP. (2009). Atualmente faz graduação em Psicologia pela UNDB /São Luis-MA. Atualmente é parecerista da Universidade Federal do Maranhão e professor associado I da Universidade Federal do Maranhão. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Filosofia Grega, atuando principalmente nos seguintes temas: díke - justiça, liberdade, felicidade, mitos e deus.Filosofia Medieval , Santo Agostinho, Filosofia e seu ensino.

Informações coletadas do Lattes em 30/10/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Filosofia

2007 - 2009

Pontifícia Universidade Católica de Saõ Paulo - SP.
Título: A República de Platão: relação entre os livros I, II, III, IV e VIII.
Rachel Gazolla de Andrade. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: politica- Estado; Díke - Justiça.Grande área: Ciências Humanas

Mestrado em Filosofia

1997 - 2001

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Título: Os dois significados de díke nos livros I eII da República"de Platão,Ano de Obtenção: 2001
Orientador: Rachel Gazolla de Andrade
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Díke - Justiça.Grande área: Ciências HumanasSetores de atividade: Educação Superior.

Graduação em andamento em Psicologia

2018 - Atual

Universidade Nacional Dom Bosco
Bolsista do(a): PRAVALER, PRAVALER, Brasil.

Graduação em Filosofia

1986 - 1990

Universidade Federal do Maranhão
Título: HOBBES: A Linguagem como instrumento de sedução
Orientador: Nady Moreira Domingues da Silva

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Francês

, Lê Bem.

Grego

Compreende Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Mito.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia Antiga.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Educação/Especialidade: Educação.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metodologia do Ensino da Filosofia.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Estágio.

    Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

LEITE, J. A. F. . I Congresso Nacional Jean-Jacques Rousseau - UMa: Idiossincrasias & Diálogos. 2014. (Congresso).

LEITE, J. A. F. ; GAZOLLA, Rachel A. ; PERINE, Marcelo . XVIII SIMPÓSIO INTERDISCIPLINAR DE ESTUDOS GRECO-ROMANOS. 2011. (Congresso).

LEITE, J. A. F. . XVII Simpósio Interdisciplinar de Estudos Greco-Romano "Primeiros Sábios, Primeiros Filósofos". 2010. (Congresso).

LEITE, J. A. F. . A Filosofia e seus discursos. 2010. (Congresso).

LEITE, J. A. F. . XV Semana de Filosofia. 2006. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

III Jornada Interdisciplinar de Filosofia.Filosofia e formação de professores. 2015. (Outra).

I Simpósio Internacional Interdisciplinar em Cultura e Sociedade.Filosofia e Educação: ler, pensar e dizer como atividade filosófica. 2015. (Simpósio).

Congresso Nacional Jean-Jacques - Idiossincrasias & diálogos. Platão e Rousseau: sobre a alma do governante. 2014. (Congresso).

XVI Encontro Nacional da ANPOF.Platão: da manutenção da ordem a causa da desordem. 2014. (Encontro).

XX Simpósio interdisciplinar de Estudos Greco-Romanos. 2013. (Congresso).

Colóquio Internacional Rousseau 300 anos.O teatro como modelo excessivo: Platão e Rousseau. 2012. (Simpósio).

XIX Simpósio Interdisciplinar. 2012. (Congresso).

XVIII SIMPÓSIO INTERDISCIPLINAR DE ESTUDOS GRECO-ROMANOS. 2011. (Simpósio).

X Encontro Humanístico: Linguagens.A filosofia e seus discursos. 2010. (Encontro).

X Encontro Humanístico: Linguagens.Formas de pensar e dizer na filosofia. 2010. (Encontro).

I Colóqui Internaciopnal de Filosofia Antiga na Paraíba. Minicurso: A justiça de Céfalo, Polemarco e Trasímaco e a cidade pensada em lógos na República de Platão.. 2007. (Congresso).

I Colóquio Interenacional de Filosofia Antiga na Paraíba. A Justiça de Polemarco como fundamento do estamento dos phylakói na República.. 2007. (Congresso).

XIII Simpósio Interdisciplinar de Estudos Greco-Romano.XIII Simpósio Interdisciplinar de Estudos Greco-Romano. 2006. (Simpósio).

XV Semana de Filosofia.O Ethos dos Phylakoi na República de Platão. 2006. (Outra).

II Encontro de Humanismo.II Encontro de Humanismo. 2001. (Encontro).

II Congresso Sul-Americano de Filosofia. IV Jornada de Filosofia do Cone Sul. 1999. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Francisco Eduardo Leite

OLIVEIRA, L.; SOUSA, J. R. A.;LEITE, J. A. F.. A Questão do tempo em Sêneca: sua relação com o ócio e a educação do caráter. 2015. Dissertação (Mestrado em Ética e Epistemologia) - Universidade Federal do Piauí.

Aluno: Mariela Costa Carvalho

LEITE, J. A. F.; SILVA, I. G.; CONCEICAO, F. G.. Comunicação e Saúde: interações do ministério da saúde com os usuários das redes socais na internet. 2015. Dissertação (Mestrado em Políticas Públicas) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Carlos Magno Matos Pinheiro

LEITE, J. A. F.; FAÇANHA, Luciano da Silva; CASTRO, Sílvio Rogério Rocha. Esboços da filosofia política de Rousseau no Discurso sobre as ciências e as artes. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Filosofia Política) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Layse Cristiny Ramos de Souza

LEITE, J. A. F.. Tempo, História e ação política no Político de Platão. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Edson José Travassos Vidigal

LEITE, J. A. F.. Considerações acerca do entendimento de Norberto Bobbio, defendido em sua obra "Locke e o direto natural" sobre o estado de natureza de John Locke.. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Diogo Silva Corrêa

LEITE, J. A. F.. O papel da pequena-família burguesa na formação de uma privacidade atrelada ao público. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Nêmora Matos Carvalho Procópio

LEITE, J. A. F.. A questão do poder no âmbito das relações de gênero. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Luis Augusto Rabelo Junior

LEITE, J. A. F.. A justiça como equidade em John Rawis. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Joelma Rebelo Vieira

VIEIRA, J. R.;LEITE, J. A. F.. O papel da perícia contábil financeira nos contratos bancários na decisão juducial. 2001. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Especialização Em Auditoria Contábil) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Emanuel Elisclibe da Silva

FERREIRA, Nilma Maria Cardoso;LEITE, J. A. F.. O Sofrimento humano e o sentimento da vida:uma análise das experiências registradas por Viktor Frankl e Anne Frank. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Raimundo Nonato Nunes Filho

SILVA, C.; PORTELA, Carmem Maria Almeida.;LEITE, J. A. F.. Deus entre a razão e o coração: a crítica de Pascal a Descartes acerca da prova da ideia de Deus. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: André Sales de Abreu Lisboa

SILVA, L. V.; COLINS, Abraão Marques;LEITE, J. A. F.. O humano como ser de fronteira: a antropologia filosófica de Lima Vaz diante do niilismo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Márcio Ravelli Oliveira Sousa

SERRA, M. O.; SOUSA, Erica Costa.;LEITE, J. A. F.. A questão da responsabilidade e do julgamento segundo Hannah Arendt. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Adriano Pereira Ribeiro

SOUSA, Erica Costa.; PRAZERES, Girsivania Teixeira.;LEITE, J. A. F.. O rosto do outro: apelo ético a responsabilidade. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Stannley Cunha dos Santos

LEITE, J. A. F.. O conceito de felicidade em Santo Agostinho. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Ivo Orlando Marques Esposito

LEITE, J. A. F.. O sentido de liberdade em Hannah Arendt uma trajetória de vida de ação por amor ao mundo.. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Wainer Furtado Neves

LEITE, J. A. F.. A potência do imemorial: a gênese da arte trágica e sua relação com a vida por meio da ritualização do mito. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão.

Aluno: Liniel Alves do Nascimento

LEITE, J. A. F.. Aspectos Conceituais e Tipológicos do Imperativo Kantiano na Fundamentação da Metafísica dos Costumes. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Cícero Sousa de Araújo

LEITE, J. A. F.. Propriedade e Igualdade em Locke: uma abordage a partir do Segundo Tratado do Governo Civil. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Iran Gomes Brito

LEITE, J. A. F.. Santo Agostinho: uma discursão do problema da felicidade. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Francisco de Assis Barros Ferreira

LEITE, J. A. F.. Educação e liberdade em Kant. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão.

Aluno: Flavio Rodrigues Santos

SANTOS, F. R.;LEITE, J. A. F.. Da Educação à libertação à luz de Paulo Freire. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão.

LEITE, J. A. F.. Concurso Público de Filosofia. 2010. Universidade Federal do Maranhão.

LEITE, J. A. F.. Concruso Público de Filosofia. 2010. Universidade Federal do Maranhão.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Rachel Gazolla de Andrade

OLIVEIRA, L.; PERINE, Marcelo;GAZOLLA, R.; NORJOSA, Solange; BARROS, G. N. M.. A República de Platão: relação entres os livros I, II, III, IV e VIII. 2009. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

MARCELO PERINE

PERINE, Marcelo. Os dois significados de Dike nos livros I e II da República de Platão. 2001. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

MARCELO PERINE

PERINE, Marcelo; GAZOLLA, Rachel; OLIVEIRA, Luizie de; GONZAGA, Solange Maria Norjosa; BARROS, Gilda Naécia Maciel de. A República de Platão: relação entre os livros I, II, III, IV e VIII.. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Luizir de Oliveira

OLIVEIRA, Luizir de; ANDRADE, R. G.; BARROS, G. N. M.; GONZAGA, S. M. N.; PERINE, M.. A República de Platão: relação entre os livros I, II, III, IV e VIII. 2009. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Milla Tamires Amorim Pereira

O tempo em Agostinho: eternidade, memória einfinito; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Railson Silva Lima

O homem do status naturalis ao status civilis: uma reflexão filosófica sobre o homem social em Thomas Hobbes; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filoaofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Jerferson Rodrigues Silva

A importância da arte apresentada na Poética de Aristóteles; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Roberto Freitas dos Santos

A relação entre meios e fins na obra "Teoria das concepções do mundo"de Wilhelm Dilthey; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Romildo Carneiro Ferreira

O pensamento de Plotino na mística de Santa Teresa de Jesus; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Leonardo Nascimento Silva

Rousseau e a educação enquanto projeto emancipatório do sujeito; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Willyan Kelson da Silva Rocha

O conceito de identidade em Heráclito de Éfeso; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Adecir das Chagas Gomes

A subjetividade no pensamento de Jean-Jacques Rousseau; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Irvisson Ribeiro Serejo

O livre arbítrio em Santo Agostinho; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Luiz Josivan Luna Santos

O caminho até Deus na reflexão de Santo Agostinho; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Enedino da Silva Ribeiro

A eudaimonia aristotélica; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Danilo Pereira Santos

A questão da subjetividade em Husserl; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Gothardo de Freitas Dias

O conceito de amizade em Aristóteles e Exupéry; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Josivaldo Ramos Rodrigues

Mito como fundamento da natureza filosófica do homem arcaico; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

David Cabral da Silva Júnior

O rosto: apelo à responsabilidade; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Anderson Lima

A vida humana como reinvenção em Soren Kierkegaard; 2016; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Jaqueline Pinto da SIlva

Aristóteles e o conceito de philia; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Adna Regina Soares Maia

Platão e as formas de diálogo em A República; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Edineuda Garcês Pinheiro

A República de Platão: as virtudes que fundam a cidade; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Elza Maria Lindoso Fernandes

A ausência do ensino da filosofia na série inicial do ensino fundamental na escola pública de Pindaré Mirim; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Laurinete de Sousa Pinheiro

A felicidade e sua implicações éticas em Arestóteles; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Rosana Silveira Ripardo

Ética: Aristóteles e a questão da felicidade; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Sara Raysa Bonfim Rodrigues

Do mito à filosofia: as primeiras indagações; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Gracilene Pinheiro Cutrim

A concepção política de Platão: em A República; 2015; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Antônio Augusto Oliveira da Silva

Mitologia: cosmologia grega e cristà; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filoaofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Rosenilce Lima Santos

Matthew Lipman como fundamento do ensino da filosofia nas series fundamentais no Brasil; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Marnhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Noricelma Diniz Souza da Silva

Fé e razão em santo Agostinho; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Pricila da Conceição Ramos Silva

Ética: uma breve reflexão; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Mary Luce Silva Correa

O problema do mal em Santo Agostinho; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Lucidalva Silva

Implantação do ensino de filosofia no ensino fundamental no Brasil segundo Matthew Lipman; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Hellen Marcy da Silva

A importância da filosofia para a Educação; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Francipaula Pontes Marques

A proposta filosófica educacional de Matthew Lipman para o ensino fundamental; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Edenilce Azevedo Costa

O pensar de Matthew Lipman, ensino de filosofia para criança; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em FILOSOFIA - PROEB) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Linelson dos Santos Pereira Monteiro

A origem do conhecimento segundo Locke; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Luciano Carrias dos Santos

Fé e razão em uma abordagem Agostiniana; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Raimundo Edson Nogueira de Lima

Agostinho: uma concepção filosófica para a liberdade do homem; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Romário Silva Correia

O pensamento político no "Príncipe de Maquiavel"; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Jonas Rodrigues Lima Silva

A imortalidade da alma humana em santo Agostinho; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Francisco dos Santos Sampaio

Locke e a liberdade religiosa; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Francielio dos Santos

O problema do mal na concepção de santo Agostinho; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Jean Chaves Neves

Retórica e dialética na concepção de Platão; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Luiz Carlos da Silva

Aristóteles: uma reflexão acerca da philia; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Josean Ribeiro da Silva

John Locke: doutrina do direito natural; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Franciscleyton dos Santos da Silva

O homem e o virtual: uma antropologia filosófica; 2014; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

GILSON RODRIGUES DIAS

A Felicidade em Santo Agostinho na Obra De Beata Vita; 2010; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Gilcilene de Jesus Coordeiro Lindoso

O Amor no Pensamento de Platão; 2008; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Jorgeane Braga Ribeiro

Antígona e a Ética da Dor: A Physis e o Nomus na Cultura Grega Arcaica; 2002; 140 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

CLAUDIO JOSÉ MORAES

Sócrates Segundo a Visão de Xenofonte e Platão: Uma Abordagem Apologética; 2002; 85 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

José Assunção Fernandes Leite

O Estado Mundial na Filosofia Política de Éric Weil; 1996; 77 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Claudson Cardoso de Menezes

Estética Plantiniana a beleza do informe; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

João Paulo da Silva Oliveira

Livre arbítrio e o problema do mal em Santo Agostinho; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Alessandro Rodrigues da Silva

Consideração acerca da liberdade na teoria de Karl Marx e sua relação com a prática da Teologia da Libertação; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Cristóvão Jackson dos Santos Melo

Santo Agostinho e a origem do mal; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Ronaldo da Conceição Cruz

Aurélio Agostinho: a essência da liberdade humana; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Donizete Quaresma dos Santos

A liberdade e olivre arbítrio em Santo Agostinho; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Wilton Lacerda Meira

Que é isto: filosofia para criança?; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Moisés Bispo

O fundamento ontológico do pensamento de Plotino; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Romário Avelino da Silva

A concepção da graça divina segundo o pensamento Agostiniano; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Romeu de Melo Rodrigues

Existencialismo, homem e liberdade em Sartre; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Pedro Leandro Melo da Silva Fernandes

Uma abordagem pedagógica de Paulo Freire: relação educação e educando; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Arlyson Ernesto Ferreira

Uma concepção ontológica acerca do livre-arbítrio agostiniana; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Jafélix de Souza de Lima

O pecado na visão de Santo Agostinho; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Mauro José Ferreira Jansen

Filosofia para criança: um modelo da educação para o pensar na perspectiva lipmaniana; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Ademilson Pereira Castro

A crítica de Nietzsche aos valores da moral: uma perspectiva da moral; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Maurivan Pereira Gomes

A ideia cartesiana de Deus; 2013; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Gilmara Bezerra Muniz

Educaç na Grécia Antiga: dos pré-socráticos- Sócrates e Platão; ; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Allan Henrique Bacelar da Silva

A visão de Santo Agostinho sobre o tempo; 2012; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em FILOSOFIA) - Instituto de Estudos Superiores do Marnhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Evaristo de Assis Oliveira

A ética como principio para a felicidade: Aristóteles; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Otainan da Silva Matos

A problemática do conhecimento em Hume; 2011; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Félix Cardoso da Silva

A ética aristotélica: a felicidade como fim último a ser alcançada na vida dentro da polis; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Gilmar Gomes da Luz

O conceito de Justiça em Aristóteles; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Otainan da Silva Matos

A problemática do conhecimento em Hume; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Evaristo de Assis Oliveira dos Santos

A ética como princípio para a felicidade: Aristóteles; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Instituto de Estudos Superiores do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

José Assunção Fernandes Leite

Paidéia: Uma breve reflexão nos poetas e filósofos na Grécia Antiga; ; 2001; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

José Assunção Fernandes Leite

A Sociedade Civil segundo Hobbes; 1996; 34 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

José Saulo Santos

A influência do contexto histórico de Platão na elaboração do seu conceito de virtude; 2005; Iniciação Científica; (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

José Assunção Fernandes Leite

O Estado Mundial na Filosofia Política de Éric Weil; 1996; 77 f; Monografia; (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

José Assunção Fernandes Leite

Paidéia: Uma breve reflexão nos poetas e filósofos na Grécia Antiga; ; 2001; 0 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

José Assunção Fernandes Leite

A Sociedade Civil segundo Hobbes; 1996; 34 f; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Maranhão; Orientador: José Assunção Fernandes Leite;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • LEITE, J. A. F. ; FAÇANHA, Luciano da Silva ; CRUZ, E. S. . Platão: crítica e censura a poesia. Griot , v. 13, p. 01-19, 2016.

  • LEITE, J. A. F. . PLATÃO E ROUSSEAU: sobre a alma do governante. Cadernos de Pesquisa , v. 22, p. 58-65, 2015.

  • LEITE, J. A. F. . Platão e Rousseau: Princípios e Justificativa da Justiça. Cadernos de Pesquisa - Universidade Federal do Maranhão , v. 16, p. 53-57, 2008.

  • LEITE, J. A. F. . Platão: da manutenção da ordem a causa da desordem. In: Marcelo Carvalho; Jovino Pizzi; Maria Constança Peres Pissarra; Ricardo Bins di Napoli. (Org.). Ética e Filosofia Política. 1ed.São Paulo: ANPOF, 2015, v. 1, p. 416-427.

  • LEITE, J. A. F. . Platão: da manutenção da ordem a causa da desordem. In: Marcelo Carvalho, Jovino Pizzi, Maria Constança Peres Pissarra, Ricardo Bins di Napoli. (Org.). Ética e filosofia política. 01ed.São Paulo: ANPOF, 2015, v. XVI, p. 416-427.

  • LEITE, J. A. F. . O olhar de Foucault sobre o cuidado de si em Sêneca. Ciências Humanas em revistas, São Luis, p. 39 - 45, 06 jun. 2004.

  • LEITE, J. A. F. . O Ethos dos Phylakoi na República de Platão. In: XV Semana de Filosofia: Ética Discursos Possíveis?, 2007, São Luis. Anais de Filosofia. São Luis: EDUFMA, 2007. v. 01. p. 45-53.

  • LEITE, J. A. F. . O olhar de Foucaul sobre o cuidado de si em Sêneca. In: Ciências Humanas em Revista, 2004, São Luis. Ciências Humanas em Revista. São Luis: EDUFMA, 2004. v. v.2.

  • LEITE, J. A. F. . Platão e Rousseau: sobre a alma do governante. In: I Congresso Nacional Jean-Jacques Rousseau-UFMA, 2014, São Luis - MA. I Congresso Nacional Jean-Jacques Rousseau-UFMA: Idiossincrasias &diálogos. São Luis: EDUFMA, 2014. v. 1. p. 19-99.

  • LEITE, J. A. F. . O teatro como modelo excessivo: Platão e Rousseau. In: Colóquio Internacional Rousseau 300 anos, 2012, São Paulo. Programação e Resumo. São Paulo: EDUC, 2012. v. 01. p. 05-107.

  • LEITE, J. A. F. ; FAÇANHA, Luciano da Silva ; SILVA, I. G. . O discurso da diversidade no pensamento político: Platão, Rousseau e na democracia moderna. In: XI Encontro Humanistico, 2011, São Luís. Diversidade. São Luís: EDUFMA, 2011. v. 01. p. 08-73.

  • LEITE, J. A. F. . As formas de pensar e de dizer na Filosofia. In: X encontro Humanistico, 2010, São Luis. Linguagens. São Luís: EDUFMA, 2010. v. 01. p. 06-372.

  • LEITE, J. A. F. . Céfalo, Polemarco e Trasímaco: Três personagens e três modelos de cidade.. In: XIII Simpósio Interdisciplinar de Estudos Greco-Romanos, 2006, São Paulo. Sobre o Tempo. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

  • LEITE, J. A. F. . Céfalo, Polemarco e Trasímaco: três personagens e três modelos de cidade. In: XIII Simpósio Interdisciplinar de estudos grego-romano, 2006. Sobre o Tempo. São Paulo: Loyola. v. 01. p. 04-16.

  • LEITE, J. A. F. . V Colóquio do Grupo de Pesquisa em Ética e Filosofia Política. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • LEITE, J. A. F. . II Congresso Nacional Jean-Jacques Rousseau - UFMA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LEITE, J. A. F. . Filosofia e Educação: ler,pensar e dizer como atividade filosófica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

  • LEITE, J. A. F. . Filosofia e formação de professores. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • LEITE, J. A. F. . Filosofia e formação de professores. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • LEITE, J. A. F. . Platão:Da manutenção da ordem a causa da desordem. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LEITE, J. A. F. . A filosofia como condição do educar em Platão. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

  • LEITE, J. A. F. . O teatro como modelo excessivo: Platão e Rousseau. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LEITE, J. A. F. . Ética e Política na República de Platão. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

  • LEITE, J. A. F. . O discurso da diversidade no pensamento político: Platão, Rousseau e na democracia moderna. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LEITE, J. A. F. . As formas de pensar e dizer em Platão: A República in: Mesa As formas de pensar e dizer na filosofia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LEITE, J. A. F. . A Justiça de Polemarco como fundamento do estamento dos Phylakoi a República. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LEITE, J. A. F. . O Ethos dos Phylakoi na República de Platão. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LEITE, J. A. F. . Platão e Rousseau: princípios e justificativas da justiça. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

  • LEITE, J. A. F. . Céfalo, Polemarco e Trasímaco: Três Personagens e Três Modelos de Cidade. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

LEITE, J. A. F. . Projeto Pedagógico do Curso de Filosofai. 2015.

LEITE, J. A. F. . Platão: a philia como fundamento da cidade justa. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

LEITE, J. A. F. . Convergências do mito de Glauco entre Platão e Rousseau. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

LEITE, J. A. F. . A Polis grega como princípio para pensar o Estado Moderno. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

LEITE, J. A. F. . Metodologia da Pesquisa Filosoófica. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

LEITE, J. A. F. . Ética e Política: Platão, Aristóteles e Thomás de Aquino. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

LEITE, J. A. F. . A Justiça de Céfalo, Polemarco e Trasímaco e a Cidade pensada em Lógos na República de Platão. 2007. (MINI-CURSO).

LEITE, J. A. F. . MITOS E LÓGOS. 2003. (MINI-CURSO).

LEITE, J. A. F. . Ética e Política na República de Platão.. 2010 (Conferencia) .

LEITE, J. A. F. . Ler, pensar e dizer como atividade da filosofia. 2010 (Conferencia) .

LEITE, J. A. F. . Céfalo,Polemarco e Trasímaco: Três personagens e três modelos de cidade. 2006 (Simpósio) .

LEITE, J. A. F. . Ciências Fisico-naturais e sua interlocução com as ciências humanas e sociais. 2002 (Painel) .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - Atual

    II Congresso Nacional Jean-Jacques Rousseau - UFMA: Educação, Linguagem, Política e Estética., Descrição: Descrição: Projeto aprovado na modalidade AUXÍLIO PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS CIENTÍFICO- FAPEMA - AREC-05623/15 ? Edital 30/2015. O II CONGRESSO NACIONAL JEAN-JACQUES ROUSSEAU ? UFMA: O EDUCAÇÃO, LINGUAGEM, POLÍTICA E ESTÉTICA da Universidade Federal do Maranhão é uma iniciativa do GRUPO DE ESTUDO E PESQUISA INTERDISCIPLINAR JEAN-JACQUES ROUSSEAU ? UFMA (GEPI ROUSSEAU), que este ano completa 10 anos de funcionamento. Tem por objetivo a integração dos vários orientandos da iniciação científica, da Graduação e da Pós-Graduação, bem como de pesquisadores da comunidade acadêmica cujas pesquisas se relacionam à obra do pensador genebrino Jean-Jacques Rousseau. Tal evento, com a temática ?EDUCAÇÃO, LINGUAGEM, POLÍTICA E ESTÉTICA?, pretende abarcar a diversidade de trabalhos e reflexões desenvolvidas atualmente acerca da filosofia de Rousseau e suas implicações com as ciências humanas e sociais, na perspectiva em que insira a Universidade Federal do Maranhão no debate nacional sobre os temas estudados acerca do filósofo. Jean-Jacques Rousseau (1712-1778), filósofo iluminista, de grande importância, muitas vezes restrito ao escaninho da política, é observado na atualidade como o precursor de diversas questões, estando inclusive no cânone da história da filosofia. Renovador capital dos problemas da ontologia, epistemologia, ética, além de uma concepção inovadora da linguagem, que segundo a crítica especializada, unifica a obra do filósofo da Ilustração. Aliás, o porte da obra desse filósofo se dá, sobretudo pelo fato de ser desenvolvida ?uma ideia de linguagem absolutamente original, e em tudo estranha àquilo que seus pares iluministas e outros filósofos até então haviam pensado.? Nesse sentido, Rousseau recoloca a política no cerne da linguagem. Para o antropólogo Claude Lévi-Strauss, Rousseau é um crítico do cogito cartesiano, e fundador das ciências humanas. Ao contrário de Descartes, que procura fundamentar toda ciência na certeza da existência do ?eu?, para Rousseau, mais importante do que o ?conhecimento de si mesmo? é o ?reconhecimento de si pelos outros?, ou seja, contrariamente a ideia de autoconhecimento, no genebrino, há uma busca pelo reconhecimento de si pelo outro. Rousseau, segundo Lévi-Strauss, questiona essa centralidade do ?eu?, percebendo, antes de diversos outros pensadores, que o ?eu? é determinado desde um ?outro?, desde o lado de fora, e que não existe sem essas determinações. Mas, além disso, o pensador nascido em Genebra propôs questões que tomam conta das polêmicas contemporâneas, na educação, sobre a atenção às particularidades de cada indivíduo; no que se refere alinguagem, trata sobre o seu estatuto ambíguo; na política, sobre a validade da democracia; na estética, assinalou o limite da tradição clássica quando focalizou a verdade como expressão da subjetividade, da imaginação, articulando sua filosofia com a estética, passando pela literatura, música, teatro, festa, romance, escritos autobiográficos em seu pensamento. Além de ter antecipado uma das maiores preocupações do século XXI e que afeta todos nós: a ecologia. Portanto, podendo se encontrar uma chave de leitura de problemas fundamentais da filosofia contemporânea. Dessa forma, são questões como todas essas expostas aqui, que podemos insistir na leitura e discussão de seus textos em um grande debate, tanto por meio de suas obras, quanto por meio de inúmeros diálogos travados com uma infinidade de autores de diversas áreas do conhecimento. Colocando a Universidade Federal do Maranhão no centro dos debates mais atualizados acerca do filósofo genebrino Jean-Jacques Rousseau... , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Especialização: (15) / Mestrado acadêmico: (15) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (15) . , Integrantes: José Assunção Fernandes Leite - Integrante / Luciano da Silva Façanha - Coordenador / Zilmara de Jesus Viana de Carvalho - Integrante / Maria Olilia Serra - Integrante / Maria Constança Peres Pissarra - Integrante.

  • 2015 - Atual

    Grupo de Estudo e Pesquisa Interdiciplinar em Filosofia e Religião, Descrição: O grupo de estudo e pesquisa interdisciplinar Filosofia e Religião, visa, a partir de uma perspectiva interdisciplinar, incentivar, promover e desenvolver junto aos discentes da graduação e pós-graduação de filosofia e áreas e aos docentes interessados, a pesquisa sobre temas comuns à filosofia e a religião, através da realização de reuniões sistemáticas para fins de leitura, apresentação, análise e discussão sobre várias reflexões empreendidas pela filosofia e pela teologia sobre a religião e seus objetos. Pretendo-se com isso fomentar tanto a produção de artigos acadêmicos, quanto a divulgação dos mesmos através de comunicações em simpósios, colóquios, jornadas e publicação em anais e periódico. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (10) . , Integrantes: José Assunção Fernandes Leite - Coordenador / Zilmara de Jesus Viana de Carvalho - Integrante.

  • 2015 - Atual

    O ENTRELAÇAMENTO ENTRE MITO, ARTE E FILOSOFIA NA GRECIA, Descrição: A Grécia, como se sabe, é o berço da cultura ocidental e por ser esse berço, nos coloca diante de certas questões que levam os investigadores da filosofia a si debruçarem em textos e contextos para responderem, a saber: como a filosofia na sua origem se desvincula do mito? E a arte, mais precisamente o teatro trágico grego, qual o seu atrelamento com o mito e com a filosofia? Se o mito e a tragédia são partes do contexto grego antigo, teria a filosofia grega registro, mais precisamente em Platão, do mito e da tragédia no seu corpo teórico? Como estaria o atrelamento entre mito, tragédia e filosofia na Grécia clássica? Quanto à essência do mito, da tragédia e da filosofia o que se percebe são níveis de entendimento e de representação da realidade diferentes, possibilitando assim, ao investigador a enveredar por fronteiras organizadas pelo logos e encontrar significados e semelhanças em suas estruturas. Quando nos aproximamos do texto poético de Hesíodo, mas especificamente de sua Teogonia, nos deparar com uma cosmogonia expondo a origem de vários deuses que farão parte do panteão de Atenas e de algumas outras cidades grega, tais como Creta, Esparta, Corinto etc. Esses deuses em um primeiro momento devem ser investigados enquanto ordem do cosmo e das cidades, mas achamos necessário também investigar de forma mais detalhada o significado de cada um na sua natureza. Isso se torna imprescindível, porque consideramos que muitas das relações sócias e conceitos filosóficos vão se apropriar da essência significativa dessas divindades, tanto na tragédia, quanto na filosofia. Ao nos apropriarmos do significado, investigaremos a relação da divindade com a cidade onde ela tem cidadania adquirida e a forma como os cultos e ritos são realizados. Essa investigação surge da percepção que tivemos no texto de Hesído, Teogonia, em um primeiro momento quanto à origem de Zeus e de Thêmis quando o poeta trata dos deuses primordiais e suas descendências. Em um segundo momento já nos versos 885 e seguintes, quando Zeus se apossa do poder e desposa Thêmis e gera com ela Díke. Achamos que merece uma investigação bem mais elaborada dessa trilogia: Zeus, Thêmis e Díke e, de mais alguns divinos: Dionísio, Apolo, Artêmis, Poseidon, Hades, Athenas, Fúria etc., que emprestam seus significados para a tragédia e filosofia. Quando lemos o mito hesiódico, encontramos Zeus como o deus da larga visão e que governa o Olimpo e Thêmis como a divindade que dá a medida de cada coisa enquanto aquilo que é. E eles geram Díke que coordenada às relações entre os seres, inclusive as humanas. Logo em seguida, em um dos textos que compõem a trilogia tebana, Antígona de Sófocles, encontramos o trágico apresentando uma nova forma de relação que a cidade impõe ao seu cidadão, seguir a lei que ela está deliberando em não mais a divina segundo a tradição. Bem, mas o que significa mesmo a justiça de Antígona e a proposta por Creontes? De onde vem os seus significados? Como se não fosse suficiente, Platão em sua obra A República vai procurar construir uma cidade em logos, mas para isso precisa de uma virtude ou arete como elemento condutor da organização. Para isso, ele investiga o que é a justiça. O interessante é que ele faz um recolhimento do que na cidade se pensa sobre o que seja ela. A investigação inicia no Livro I, onde apresenta três teses segundo expostas pelos personagens Céfalo, Polemarco e Trasímaco. No Livro II, logo no inicio uma quarta tese é exposta pelos personagens Glaucon e Ademantos, mas o que se observa é que somente no Livro IV que o filósofo se posiciona é dar a sua definição. Ao dar a sua versão do que seja a justiça nela mesma, nos parece que ele retoma os significados míticos de Thêmis e Díke para fundamentar a sua cidade justa criada em logos. Além desse significado, Platão aponta para o medo da morte na fala do ancião Céfalo. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: José Assunção Fernandes Leite - Coordenador / Michael Max Pires Amorim - Integrante / Hiago Christian Cordiero - Integrante / Janilson Carvalho Silva - Integrante.

  • 2015 - Atual

    FILOSOFIA, EDUCAÇÃO E LINGUAGEM: da natureza poética ao reconhecimento das paixões, da memória, da imaginação e de Outrem em Rousseau. PIBIC/UNIVERSAL FAPEMA, Descrição: Objetiva-se o estudo interdisciplinar entre a filosofia, a educação e a linguagem em algumas obras do pensador Jean-Jacques Rousseau, a partir de uma atualização desse estudo na contemporaneidade, no âmbito das ciências humanas e sociais. Mesmo Rousseau tendo elaborado uma análise específica sobre as línguas em seu Ensaio sobre a origem das línguas, ou seja, tendo destacado, possivelmente, do contexto de uma obra como o Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens, porém, a questão principal, não é deslocada do contexto de sua temática, que compõe a sua inquietação, qual seja: a origem das línguas está intrinsecamente vinculada à saída do estado de natureza e à concatenação de uma sociedade da desigualdade, por seus ?progressos sofridos?? Ora, com o rompimento da igualdade, os desenvolvimentos, a invenção das outras artes e o progresso das línguas, as necessidades foram se multiplicando a partir da nova ordem das coisas. Mas, como observa Salinas Fortes , todos esses acontecimentos não foram dados de uma vez, pois é algo histórico e socialmente adquirido; e é nisso que constitui a ambição de Rousseau, verificar como isto é produzido a partir da vivência do homem na sociedade, assim como a política, a educação, a linguagem etc. Conforme Rousseau, ?o homem de livre e independente que antes era devido a uma multidão de novas necessidades passou a estar sujeito, por assim dizer, a toda a natureza e, sobretudo, a seus semelhantes dos quais num certo sentido se tornou escravo, mesmo quando se tornou senhor.? E, a ?força da voz? ainda fraca, impossibilitou voltar sobre seus passos e a renunciar às aquisições infelizes que realizara, dessa maneira, abusando das faculdades que tanto o dignificaram. Essa perplexidade do pensador é um dos motivos que fez com que se debruçasse de forma pormenorizada sobre a origem das línguas no seu Ensaio, e, que irá refletir no seu ?tratado filosófico sobre educação?, Emílio ou Da Educação, situação esta, em que o homem já se encontra na sociedade. Antes, porém, no final do Segundo Discurso, Rousseau sinaliza que, é buscando nos sentimentos (da piedade e do amor-de-si-mesmo), que, além de encontrarmos a causa da repugnância que todo homem experimentaria por agir mal, também nos orientaria aos seguimentos da vida, não como é sugerido a partir de argumentos sutis e nas máximas da educação de seu tempo. Pelo menos, não de uma ?educação insensata?, mas sim, de uma educação conveniente, levando-se em consideração, o período da infância humana, confiante na sua condição existencial por meio da moral e da justiça; pois, no século do lugar mais alto do racionalismo iluminista, quando os filósofos buscavam demonstrar como, pela razão, os homens podiam e deviam corrigir seus desvios da ordem natural universal a fim de seguramente alcançarem a felicidade, Rousseau faz da sã consciência um guia mais seguro do que a razão, e da moral, a verdadeira ordem natural. O presente projeto de pesquisa contará com a participação de professores pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da UFMA, e de professores do curso de Graduação em Filosofia ? UFMA, além de alunos da Graduação e alunos da Pós-Graduação, de modo a promover uma investigação em que estejam implicadas tanto as questões de cunho filosófico e educacional, como questões que perpassam os problemas da linguagem no âmbito da sociedade e da cultura contemporânea.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Especialização: (8) / Mestrado acadêmico: (6) / Doutorado: (5) . , Integrantes: José Assunção Fernandes Leite - Integrante / Luciano da Silva Façanha - Coordenador / Zilmara de Jesus Viana de Carvalho - Integrante / Maria Olilia Serra - Integrante / Maria do Socorro Gonçalves da Costa - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA - Auxílio financeiro.

  • 2010 - 2012

    A filosofia no ensino fundamental: métodos e conteúdos, Descrição: O projeto visa primeiramente entender essa fase da educação chamada de "Ensino Fundamental" para que se possa desenvolver uma metodologia para o ensino da Filosofia compatível com esse período de formação.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: José Assunção Fernandes Leite - Coordenador.

  • 2010 - 2011

    O uso dos métodos como impulso qualitativo na República de Platão, Descrição: Analisar a diferenciação metodológica no diálogo platônico como impulso qualitativo da reflexão filosófica, a partir da obra A República.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (3) . , Integrantes: José Assunção Fernandes Leite - Coordenador.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Maranhão, Centro de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia. , Avenida dos Portugueses, Bacanga, 65075675 - São Luís, MA - Brasil, Telefone: (98) 21098328, Fax: (98) 2178702, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - Atual

    Universidade Federal do Maranhão

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Permanente do Pro-Filo UFPR, Carga horária: 20

  • 2011 - Atual

    Universidade Federal do Maranhão

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Parecerista, Carga horária: 2

    Outras informações:
    Parecerista da Revista Littera on line. Artigo científico para número II, volume I da revista.

  • 1994 - Atual

    Universidade Federal do Maranhão

    Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

    Atividades

    • 06/2013

      Direção e administração, Centro de Ciências Humanas, .,Cargo ou função, Coordenador do Curso de Filosofia.

    • 06/2013

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, .,Cargo ou função, Conselheiro.

    • 01/2009

      Ensino, Filosofia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Filosofia Medieval, Metafísica, Filosofia Grega

    • 04/2001

      Direção e administração, Centro de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia.,Cargo ou função, Chefe de Departamento.

    • 04/2001

      Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia.,Cargo ou função, Conselho de Administração - CONSAD.

    • 10/1994

      Ensino, Filosofia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Filosofia Grega, Filosofia Medieval, Metodologia Científica

    • 04/2010 - 12/2012

      Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas, .,Linhas de pesquisa

    • 04/2011 - 05/2011

      Ensino, Pós-Graduação em Filosofia: Estética, Nível: Especialização,Disciplinas ministradas, Módulo I - Mímesis e Criação Poética. 60 horas - Ministrada no Curso de Especialização em Filosofia: Estética

    • 03/2009 - 12/2010

      Direção e administração, Centro de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia.,Cargo ou função, Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Filosofia Política - UFMA.

    • 06/2001 - 06/2001

      Extensão universitária , Centro de Ciências Humanas, Departamento de Filosofia.,Atividade de extensão realizada, PROEB.