Anna Caroline Ferreira Lisboa

Possui graduação em Direito pelo Centro Universitário do Estado do Pará (CESUPA). Tem interesse na área Cível, com foco em Direito de Família. Desenvolve pesquisa sobre a influência de gênero nas relações jurídicas e de parentesco. Atualmente é mestranda do Programa de Pós-Graduação em Direito pela Universidade Federal do Pará (UFPA), na linha de pesquisa em Direitos Humanos e inclusão social.

Informações coletadas do Lattes em 03/03/2022

Acadêmico

Formação acadêmica

Mestrado em andamento em Direito

2017 - Atual

Universidade Federal do Pará
Orientador:Monica Prates Conrado.Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.

Graduação em Direito

2011 - 2015

Centro Universitário do Estado do Pará
Título: Licença parental: uma forma de atingir a igualdade de gênero
Orientador: Thiago Augusto Galeão de Azevedo

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Organização de eventos

CONRADO, M. P. ; LISBOA, A. C. F. . Seminário Meninas e Mulheres Amazônidas e o escalpelamento. 2017. (Outro).

Participação em eventos

II Seminário Nacional Territórios da Negritude Amazônica: Interfaces de gênero , raça e sexualidade na socialização e na produção de subjetividades negras. 2017. (Seminário).

Workshop sobre pesquisa acadêmica. 2017. (Outra).

Comissão julgadora das bancas

Raimundo Wilson Gama Raiol

CONRADO, M. P.;RAIOL, RAIMUNDO WILSON GAMA; SOUZA, L. T.. Investigação de Paternidade: O reconhecimento paterno e as imbricações de gênero e raça levadas ao judiciário. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Direito) - Universidade Federal do Pará.

Luanna Tomaz de Souza

CONRADO, M. P.SOUZA, Luanna Tomaz de.RAIOL, RAIMUNDO WILSON DA GAMA. INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE: O RECONHECIMENTO PATERNO E AS IMBRICAÇÕES DE GÊNERO E RAÇA LEVADAS AO JUDICIÁRIO. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Direitos Humanos) - Universidade Federal do Pará.

Mônica Prates Conrado

CONRADO, M. P.; SOUZA, L. T.; Raiol, Raimundo. Investigação de paternidade: o reconhecimento paterno e as imbricações de gênero e raça levadas ao judiciário. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Direito) - Universidade Federal do Pará.

Jean Francois Yves Deluchey

DELUCHEY, Jean Francois Y.; MARTINS(R. E.); GALEAO, T.. O RECONHECIMENTO VOLUNTÁRIO DE PATERNIDADE À LUZ DAS RELAÇÕES DE GÊNERO: uma análise do projeto pai presente Belém. 2021. Dissertação (Mestrado em PPGDireito) - Programa de Pós-Graduação em Direito da UFPA.

Thiago Augusto Galeão de Azevedo

DELUCHEY, JEAN FRANÇOIS;GALEÃO DE AZEVEDO, THIAGO AUGUSTO; Evandro, Ricardo. O RECONHECIMENTO VOLUNTÁRIO DE PATERNIDADE À LUZ DAS RELAÇÕES DE GÊNERO: uma análise do projeto pai presente Belém. 2021. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal do Pará.

Thiago Augusto Galeão de Azevedo

GALEÃO DE AZEVEDO, T. A; DIAS, B. L. C. V.. LICENÇA PARENTAL: uma forma de atingir a igualdade de gênero. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário do Estado do Pará.

Foi orientado por

Jean Francois Yves Deluchey

O RECONHECIMENTO VOLUNTÁRIO DE PATERNIDADE À LUZ DAS RELAÇÕES DE GÊNERO: uma análise do projeto pai presente Belém; 2021; Dissertação (Mestrado em PPGDireito) - Programa de Pós-Graduação em Direito da UFPA,; Orientador: Jean Francois Yves Deluchey;

Thiago Augusto Galeão de Azevedo

Licença Parental: uma forma de atingir a igualdade de gênero; ; 2015; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Direito) - Centro Universitário do Estado do Pará; Orientador: Thiago Augusto Galeão de Azevedo;

Produções bibliográficas

  • LISBOA, A. C. F. . MATERNIDADE E BIOPOLÍTICA: AS IMBRICAÇÕES ENTRE BIO REGULAMENTAÇÃO DO ESTADO E DESIGUALDADE DE GÊNERO MANIFESTADA NOS INSTITUTOS DAS LICENÇAS MATERNIDADE E PATERNIDADE BRASILEIRA. In: XXVI CONGRESSO NACIONAL DO CONPEDI, 2017, São Luís. GÊNERO, SEXUALIDADES E DIREITO II, 2017. p. 27-46.

  • LISBOA, A. C. F. . A INSTITUIÇÃO FAMILIAR NA TEORIA DA JUSTIÇA DE JOHN RAWLS: UMA ANÁLISE NECESSÁRIA DO AMBIENTE DE DESIGUALDADE DE GÊNERO. In: XXVI CONGRESSO NACIONAL DO CONPEDI, 2017, São Luís. TEORIAS DA JUSTIÇA, DA DECISÃO E DA ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA, 2017. p. 43-62.

  • LISBOA, A. C. F. . O dano moral decorrente da quebra de sigilo médico nos casos em que profissionais de saúde denunciam pacientes por auto aborto. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • LISBOA, A. C. F. . Advocacy e feminismo no Brasil: o êxito dos movimentos feministas ao tratar da violência doméstica contra a mulher por meio do litígio estratégico e da mobilização interna. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

  • LISBOA, A. C. F. . Judiciário e gênero: Um contraponto entre a evolução da legislação e a práxis jurídica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LISBOA, A. C. F. . A luta feminista - Coletivo de mulheres estudantes do Cesupa. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

  • LISBOA, A. C. F. ; LISBOA, A. C. F. . Ação afirmativa como estratégia de promoção da igualdade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Projetos de pesquisa

  • 2015 - 2016

    Grupo de Estudos Temático: Gênero, Direito e Sexualidades, Descrição: O foco principal do GET propõe discutir as questões relativas às desigualdades sociais marcadas especificamente pelo viés das categorias gênero, direito e sexualidades, abrangendo recortes de raça e classe social no âmbito da Antropologia e do Direito. O desafio principal do GET será envolver várias discussões que tangenciam os cursos de Direito e Ciências Sociais. Nesse contexto, emergem as discussões de gênero, direito e sexualidades de maneira interdisciplinar. A partir das relações teóricas entre Direito e Antropologia serão abordadas a categoria gênero e sexualidades, os efeitos produzidos em corpos, a efetivação dos direitos humanos, sociabilidades, afetividades e ordenações sociais. Mulheres e relações de trabalho. Prostituição e tráfico de pessoas. Mídia, mulheres e sociedade de consumo. Violência doméstica e familiar (Lei 11.340 - Lei Maria da Penha). Direito das famílias. Aborto e (des)criminalização. Sexualidades, homofobia e homoafetividade. Crimes sexuais: assédio sexual, estupro, atentado violento ao pudor e pedofilia. Assim, busca-se preparar, basilarmente, acadêmicos para discussões teóricas que poderão servir de alicerce para produções acadêmicas relacionadas ao tema desse GET.. , Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (15) . , Integrantes: Anna Caroline Ferreira Lisboa - Integrante / Francisco Rodrigues da Silva Neto - Coordenador.

Histórico profissional

Experiência profissional

2013 - 2015

Ministério Público do Estado do Pará

Vínculo: Estágio, Enquadramento Funcional: Estagiária da 4ª P.J. da Infância e Juventude, Carga horária: 20

2014 - 2014

Centro Universitário do Estado do Pará

Vínculo: voluntária, Enquadramento Funcional: Monitora, Carga horária: 12

Outras informações:
Monitoria voluntária da disciplina de Direitos Humanos, sob a orientação do professor Elísio Augusto Velloso Bastos.