Marco Antonio Santos Reis

Marco Antonio Santos Reis é advogado e mestre em Direito Penal pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Graduado em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2008). Professor da Emerj. Professor Substituto da UFRJ - Direito Penal. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Penal, autor de artigos nesta e noutras áreas.

Informações coletadas do Lattes em 25/07/2018

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Direito

2009 - 2011

Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Jorge Luis Fortes Pinheiro da Câmara.

Graduação em Direito

2003 - 2008

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Orientador: Nilo Batista

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2007 - 2010

B1- Alemão. , Goethe-Institut - Rio de Janeiro.

1996 - 2001

Advanced. , Yazigi.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.

Espanhol

Compreende RazoavelmenteLê Bem.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Alemão

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Público/Especialidade: Direito Penal.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

Dosimetria e Aplicação da Pena. 2009. (Seminário).

Depois do grande encarceramento. 2008. (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Fernanda Lara Tórtima

BATISTA, N.; ROIG, R. D. E.;TÓRTIMA, F. L.. O injusto e os elementos subjetivos de justificação: o tratamento jurídico-penal dispensado à atuação em desconhecimento dos pressupostos objetivos de justificação. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Nilo Batista

BATISTA, Nilo. A teoria de proteção a bens jurídicos e o direito penal: uma aproximação fenomenológica à luz do valor da pessoa humana. 2011. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Nilo Batista

BATISTA, Nilo. O injusto e os elementos subjetivos de justificação: o tratamento jurídico-penal dispensado à atuação em desconhecimento dos pressupostos objetivos de justificação. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em bacharelado em Direito) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Rodrigo Duque Estrada Roig Soares

BATISTA, N.;ROIG, Rodrigo Duque Estrada; TORTIMA, F.. O INJUSTO E OS ELEMENTOS SUBJETIVOS DE JUSTIFICAÇÃO: O TRATAMENTO JURÍDICO-PENAL DISPENSADO À ATUAÇÃO EM DESCONHECIMENTO DOS PRESSUPOSTOS OBJETIVOS DE JUSTIFICAÇÃO. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Jorge Luis Fortes Pinheiro da Câmara

Da insuficiência da Teoria de proteção a bens jurídicos para delimitar os limites entre a liberdade individual e a intervenção jurídico penal; 2010; Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro,; Orientador: Jorge Luis Fortes Pinheiro da Câmara;

Nilo Batista

O injusto e os elementos subjetivos de justificação: o tratamento jurídico-penal dispensado à atuação em desconhecimento dos pressupostos objetivos de justificação; 2008; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em bacharelado em Direito) - Universidade Federal do Rio de Janeiro; Orientador: Nilo Batista;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • REIS, M. A. S. . O injusto e os elementos subjetivos de justificação.. Discursos Sediciosos (Rio de Janeiro) , v. ano 15, p. 47-78, 2011.

  • REIS, M.A.S. ; REIS, M. A. S. . O que não se ignora no véu da ignorância. Revista Jurídica da Faculdade Nacional de Direito da UFRJ , v. 1, p. 29-42, 2010.

  • REIS, M. A. S. . Novos rumos da dogmática jurídico-penal: da superação do finalismo e de sua suposta adoção pelo legislador brasileirio a um necessário esclarecimento funcionalista.. Revista Brasileira de Ciências Criminais , v. 78, p. 41-74, 2009.

  • REIS, M. A. S. . Cem anos de reprovação. Uma contribuição transdisciplinar para a crise da culpabilidade. Rio de Janeiro, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

  • REIS, M. A. S. . O lepárido. Rio de Janeiro, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional