Ana Priscila Cayres de Oliveira

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2011). Mestre em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste pela Faculdade de Medicina/UFMS (2016). Atualmente, exerce a função de Coordenadora e Professora do curso de Educação Física do Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande e atua como Pesquisadora no Programa de Iniciação Científica da instituição. Desenvolve pesquisa na área de Ciências da Saúde, atuando principalmente no seguinte tema: Resposta ao exercício e saúde humana.

Informações coletadas do Lattes em 01/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

2014 - 2016

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Título: Influência do exercício físico sobre a via da miostatina e o fenótipo muscular em ratos submetidos a alimentação intermitente,Ano de Obtenção: 2016
Paula Felippe Martinez.Coorientador: Silvio Assis de Oliveira Junior. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Exercício físico; Miostatina; Músculo esquelético.Grande área: Ciências da Saúde

Graduação interrompida em 2014 em Fisioterapia

2013 - Interrompido

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Ano de interrupção: 2014

Graduação em Educação Física

2007 - 2011

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Título: Nível de atividade física dos acadêmicos da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul na perspectiva crítica da qualidade de vida
Orientador: Tamir Freitas Fagundes

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2015 - 2015

Treinamento Biotério Central-UT do CCBS/UFMS. (Carga horária: 8h). , Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.

2009 - 2009

Avaliações Biométricas. (Carga horária: 4h). , Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.

2009 - 2009

Prescrição de exercícios físicos em doenças cardiovasculares. (Carga horária: 20h). , Faculdade de Campo Grande, UNAES, Brasil.

2008 - 2008

Organização de Eventos. (Carga horária: 3h). , Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, UFMS, Brasil.

2003 - 2003

Inglês Básico. (Carga horária: 80h). , Centro Social Dom Bosco, CSDB, Brasil.

2002 - 2002

Introdução a Microinformática, Windows, Word e Excel. (Carga horária: 80h). , Centro Social Dom Bosco, CSDB, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

OLIVEIRA, A. P. C. . I Fórum de Debate: Projeto de Extensão PROLETCULT - Política e Cultura na Formação de Professores. 2009. (Outro).

OLIVEIRA, A. P. C. ; NUNES, H. E. G. . IV Jogos Universitários Intercampus da UFMS. 2008. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XV Semana da EF/UFMS e II Jornada de Iniciação Científica. 2010. (Outra).

IV Encontro de Extensão Universitária.PROLETCULT: Cultura e Política na Formação de Professores. 2009. (Encontro).

XIV Semana de Educação Física/UFMS. 2009. (Outra).

XIV Semana de EF/UFMS e I Jornada de Iniciação Científica.Perspectivas e adversidade em uma disciplina do curso de Educação Física: um relato de experiência de alunos sobreviventes. 2009. (Outra).

XIV Semana de EF/UFMS e I Jornada de Iniciação Científica.Música e expressão corporal em aula de Educação Física. 2009. (Outra).

XIV Semana de EF/UFMS e I Jornada de Iniciação Científica.Níveis de IMC e percentual de gordura de alunas de uma academia de Campo Grande - MS. 2009. (Outra).

XI Encontro Regional de Estudantes de Educação Física - EREEF. 2007. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Bruno Roberto Alves Zwarg

OLIVEIRA, A. P. C.;ZWARG, B. R. A.. NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DOS ACADÊMICOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL NA PERSPECTIVA CRÍTICA DA QUALIDADE DE VIDA. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Paula Felippe Martinez

Martinez, P. F.SOUZA, A. S.CEZAR, M. D. M.; MAGNANI-SEKI, K. L.. Influência do exercício físico sobre a via da miostatina e o fenótipo muscular em ratos submetidos a alimentação intermitente. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Albert Schiaveto de Souza

MARTINEZ, P. F.;Souza, Albert Schiaveto de; CEZAR, M. D. M.; SEKI, K. L. M.. Influência do exercício físico sobre a via da miostatina e o fenótipo muscular em ratos submetidos à alimentação intermitente.. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Marcelo Diarcádia Mariano Cezar

CEZAR, M. D. M.; SOUZA, A. S.;MARTINEZ, P. F.. Influência do exercício físico sobre a via da miostatina e o fenótipo muscular em ratos submetidos a alimentação intermitente. 2016. Dissertação (Mestrado em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Karla Luciana Magnani

SOUZA, A. S.; CEZAR, M. D. M.; MARTINS, P. F.;MAGNANI, Karla Luciana. Influência do exercício físico sobre a via da miostatina e o fenótipo muscular em ratos submetidos a alimentação intermitente. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro Oeste) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Paula Felippe Martinez

Influência do exercício físico sobre a via da miostatina e o fenótipo muscular em ratos submetidos a alimentação intermitente; 2016; Dissertação (Mestrado em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Paula Felippe Martinez;

Tamir Freitas Fagundes

NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DOS ACADÊMICOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL NA PERSPECTIVA CRÍTICA DE PROMOÇÃO DA SAÚDE; 2010; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul; Orientador: Tamir Freitas Fagundes;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • OLIVEIRA, A. P. C. ; LEONE, G. B. ; NUNES, H. E. G. ; FERNANDES, M. F. B. ; FERREIRA, B. E. . Nível de conhecimento dos acadêmicos do curso de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul sobre a doença Diabetes Mellitus. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires) , v. 14, p. 1, 2009.

  • OLIVEIRA, A. P. C. ; MARQUES, G. R. ; BOTELHO, H. S. R. . Efeitos do treinamento intervalado de alta intensidade sobre variáveis antropométricas e de aptidão física em indivíduos sedentários. In: Encontro de Atividades Científicas - EAC, 2017, Londrina. Anais: resumos do 18º Encontro de Atividades Científicas, 2015.

  • MARTINEZ, P. F. ; OLIVEIRA, A. P. C. ; BASILIO, P. G. ; GOMES, M. J. ; PAGAN, L. U. ; MORAIS, C. S. ; MUZILI, N. A. ; OTA, G. E. ; SOUZA, A. S. ; OKOSHI, K. ; OKOSHI, M. P. ; OLIVEIRA JUNIOR, S. A. . Influence of physical exercise on skeletal muscle trophism and myostatin signaling in rats subjected to intermittent feeding. In: Experimental Biology 2017, 2017, Chicago, IL. The FASEB Journal, 2017. v. 31. p. 1019.7.

  • CASTRO, A. C. F. ; BASILIO, P. G. ; OLIVEIRA, A. P. C. ; OTA, G. E. ; MORAIS, C. S. ; CARVALHO, M. R. ; GASPAR-JUNIOR, J. J. ; OLIVEIRA, R. J. ; MARTINEZ, P. F. ; OLIVEIRA JUNIOR, S. A. . Avaliação da capacidade funcional e da morfologia do miocárdio em ratos submetidos a dieta intermitente e exercício físico em esteira rolante. In: 39º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte, 2016, São Paulo. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, 2016. v. 22. p. 105-105.

  • BASILIO, P. G. ; OLIVEIRA, A. P. C. ; OTA, G. E. ; MORAIS, C. S. ; MARTINEZ, P. F. ; OKOSHI, K. ; OKOSHI, M. P. ; SOUZA, A. S. ; OLIVEIRA JUNIOR, S. A. . Influência do exercício físico sobre a capacidade funcional, aspectos metabólicos sistêmicos e morfologia cardíaca em ratos submetidos a dieta intermitente. In: XXXVII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Pualo, 2016, São Paulo. Revista da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, 2016. v. 26. p. 135-135.

  • OLIVEIRA, A. P. C. ; NUNES, H. E. G. . Níveis de IMC e percentual de gordura de alunas de uma academia de Campo Grande-MS. In: XIV Semana de Educação Física/ UFMS, 2009, Campo Grande. XIV Semana de Educação Física/ UFMS, 2009. p. 78-79.

  • OLIVEIRA, A. P. C. ; NUNES, H. E. G. . Perspectivas e adversidadedes em uma disciplina do curso de Educação Física. In: XIV Semana de Educação Física/ UFMS., 2009, Campo Grande. XIV Semana de Educação Física/ UFMS., 2009.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

OLIVEIRA, A. P. C. . Atuação do Educador Físico nas diversas frentes da profissão. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2018 - Atual

    Relação entre indicadores de saúde cardiovascular e motora e aptidão física de adolescentes praticantes de esporte, Descrição: Os indicadores de saúde são considerados medidas de informação sobre dimensões do estado de saúde, bem como do desempenho do sistema de saúde, em determinado tempo e espaço (ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE, 2008). Em população jovem, o Ministério da Saúde tem priorizado ações de saúde voltadas para acompanhamento nutricional e do crescimento físico, e para redução dos fatores de risco para Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT´s) (BRASIL, 2010; BRASIL, 2016). Nesse sentido, o papel da atividade física como fator de proteção é destacado pelos benefícios que proporciona em aspectos antropométricos (diminuição da gordura corporal, aumento da massa muscular e da densidade óssea), neuromusculares (incremento da força e da flexibilidade) e metabólicos (aumento do volume sistólico, aumento da potência aeróbica, aumento da ventilação pulmonar, melhora do perfil lipídico, diminuição da pressão arterial, melhora da sensibilidade à insulina e diminuição da frequência cardíaca) (MATSUDO, MATSUDO, 2000). Entretanto, há escassez de estudos voltados para a análise da relação entre componentes da aptidão física (antropométricos e neuromusculares) e indicadores de saúde (cardiovascular e motora).. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Priscila Cayres de Oliveira - Integrante / Heloyse Elaine Gimenes Nunes - Integrante / Silvio Assis de Oliveira Júnior - Coordenador.

  • 2014 - 2017

    Influência do treinamento de força em circuito combinado com exercício intervalado sobre a modulação do sistema nervoso autônomo em indivíduos com comportamento sedentário, Descrição: Alterações nos meios de transporte, comunicações, locais de trabalho e tecnologias de entretenimento doméstico estão relacionadas com demanda significativamente reduzida de atividade física. Recentes estudos mostram que trabalhadores adultos passam, em média, de um terço a metade de seu dia na postura sentada. Como agravante, é também evidenciado que essa demanda laboral não é contrabalançada com comportamentos mais ativos durante os períodos de lazer. Além disso, comportamentos sedentários têm sido associados ao aumento da mortalidade por doenças cardiovasculares. Oscilações na frequência cardíaca, definidas como variabilidade da frequência cardíaca (VFC), são normais e esperadas e indicam a habilidade do coração em responder aos múltiplos estímulos fisiológicos e ambientais, bem como compensar desordens induzidas por doenças. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar a influência de um protocolo de treinamento físico integrando a combinação de treinamento de força em circuito combinado com exercício intervalado sobre a modulação autonômica da frequência cardíaca em adultos com comportamento sedentário relacionado ao trabalho. O público-alvo será constituído por servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), campus de Campo Grande/MS. Os indivíduos serão submetidos à avaliação inicial e alocados em dois grupos: Grupo Controle (G1; voluntários que não se propuserem a participar do protocolo de atividade física ou estejam em fila de espera), e Grupo Experimental (G2; indivíduos submetidos à prática de atividade física no ambiente de trabalho por período de três meses). Ao final deste período, todos os indivíduos serão reavaliados quanto à VFC, qualidade de vida e aptidão física.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Priscila Cayres de Oliveira - Integrante / Paula Felippe Martinez - Coordenador.

  • 2014 - 2016

    Estratégias de promoção, manutenção e proteção da saúde do atleta de judô: caracterização nosográfica e práticas de prevenção, Descrição: Muito embora o exercício físico resulte em inúmeros benefícios à saúde humana e deva ser sistematizado como atividade cotidiana em diferentes faixas etárias, a presença de lesões músculo-esqueléticas (LME) constitui um efeito indesejável decorrente da natureza competitiva de diferentes modalidades desportivas. Neste contexto, o exercício contínuo de artes marciais integra situações variadas de contato físico e exigências técnicas específicas de agilidade, velocidade, coordenação motora, potência e, sobretudo, força física na execução de golpes, tornando-as modalidades desportivas altamente competitivas. Entretanto, essas diversas demandas podem predispor ao aparecimento de desequilíbrios musculares, má-postura e LME em praticantes de diferentes estilos de luta, como no Judô. Em razão dos altos índices de LME decorrentes da prática regular das modalidades de artes marciais, o presente trabalho tem por objetivo analisar as principais LME e sua associação com fatores de causa intrínseca e extrínseca em praticantes de Judô. Ademais, busca-se também conferir suporte instrucional como forma de disciplinar o cuidado com a promoção, proteção e manutenção da saúde do atleta, em diferentes faixas etárias.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Priscila Cayres de Oliveira - Integrante / Silvio Assis de Oliveira Júnior - Coordenador / Dayana das Graças - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Análise longitudinal da associação entre flexibilidade segmentar, alinhamento postural, mobilidade articular, força de preensão palmar, manifestação de supratreinamento e ocorrência de lesões músculo-esqueléticas em lutadores de Jiu-Jitsu, Descrição: O Jiu-Jitsu configura um estilo de luta que requer agilidade de movimento, coordenação e, sobretudo, força física na execução de golpes. O propósito do presente trabalho é descrever o comportamento da flexibilidade nos âmbitos segmentar e global, as variações de alinhamento postural, de preensão palmar e da mobilidade sacroilíaca, bem como a incidência de lesões músculo-esqueléticas (LME) em praticantes de Jiu-Jitsu, no decorrer de uma temporada desportiva. Como objetivo adicional, busca-se avaliar a associação de atributos físicos, biomecânicos e posturais entre si e com a ocorrência de LME. Finalmente, outro objetivo é estudar a nosografia das LME, de forma retrospectiva e prospectiva, caracterizando-as em conformidade com as diferentes categorias da modalidade.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Priscila Cayres de Oliveira - Integrante / Silvio Assis de Oliveira Júnior - Coordenador / Dayana das Graças - Integrante.

  • 2014 - 2016

    Influência do antagonismo de angiotensina II sobre a remodelação e resistência à insulina no miocárdio de ratos obesos, Descrição: A obesidade constitui a principal circunstância predisponente à interação entre sistema renina-angiotensina e insulina, um mecanismo tipicamente associado à fisiopatologia da resistência à insulina e remodelação cardíaca. Inúmeros trabalhos recentes têm documentado mecanismos interativos entre angiotensina II e insulina, fundamentando a ocorrência de resistência à insulina e remodelação cardíaca em modelos transgênicos de obesidade. Contudo, poucos estudos abordaram essa relação em modelos de obesidade exógena, ou seja, induzida por dieta. Cabe realçar que a obesidade experimental por meio de intervenções dietéticas com alta densidade energética tem se mostrado um modelo mais realista e condizente com a fisiopatologia da obesidade humana. Evidências epidemiológicas mostram uma correlação significativamente positiva entre o consumo de dietas hiperlipídicas palatáveis e incidência de obesidade. Sob estas considerações, a presente pesquisa pretende contribuir para o avanço do conhecimento nas Ciências da Saúde no entendimento de mecanismos interativos que regem a remodelação e resistência à insulina no miocárdio de obesos e, assim, fundamentar possíveis alicerces para estratégias de intervenção clínica voltadas ao tratamento conjunto de distúrbios metabólicos e anormalidades cardíacas.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Ana Priscila Cayres de Oliveira - Integrante / Silvio Assis de Oliveira Júnior - Coordenador / Nayara de Araujo Muzili - Integrante.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande. , Avenida Gury Marques, BR 163, 3203, Chácara das Mansões, 79079005 - Campo Grande, MS - Brasil, Telefone: (67) 33456100, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2017 - Atual

Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Docente, Carga horária: 10

2017 - Atual

Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande

Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenadora de Curso, Carga horária: 10

Atividades

  • 01/2018

    Ensino, Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Atividades Alternativas e Meio Ambiente, Jogos, Brinquedos e Brincadeiras, Aprendizagem Motora e Psicomotricidade, Fundamentos do Movimento Humano

  • 10/2017

    Direção e administração, Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, unidade 2, .,Cargo ou função, Coordenadora do Curso de Educação Física.

  • 03/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, unidade 2, .,Cargo ou função, Membro do Núcleo Docente Estruturante.

  • 11/2018 - 11/2018

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, unidade 2, .,Cargo ou função, Elaboração de Questões Avaliação Proficiência Educação Física Licenciatura.

  • 07/2017 - 12/2017

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, unidade 2, .,Linhas de pesquisa

  • 07/2017 - 12/2017

    Ensino, Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Aptidão Física Saúde e Esporte, Metodologia do Ensino do Basquetebol

  • 03/2017 - 06/2017

    Ensino, Educação Física, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, Atividades Alternativas e Meio Ambiente, Jogos, Brinquedos e Brincadeiras

2014 - 2016

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista

2012 - 2014

Praktika Academia

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Instrutora de Educação Física

2009 - 2009

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista de Extensão, Carga horária: 20

2008 - 2008

Gueiros & Gueiros

Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora