Maitê de Oliveira Freitas

Doutoranda em Mudança Social e Participação Política na EACH - USP. Mestre em Estudos Culturais na EACH - USP. Jornalista. Atriz. Produtora e gestora cultural. Documentarista. Criadora da editora Oralituras. Idealizadora e coordenadora do projeto Samba Sampa, da coleção literária Sambas Escritos e atua como colaborada na websérie Empoderadas.

Informações coletadas do Lattes em 01/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em andamento em Mudança Social e Participação Política

2020 - Atual

Escola de Artes Ciências e Humanidades - USP
Orientador: Elizabete Franco Cruz

Mestrado em Estudos Culturais

2017 - 2019

Escola de Artes Ciências e Humanidades - USP
Título: Vozescritas: feminismos negros e estudos culturais em Sambas Escritos,Ano de Obtenção: 2019
Luis Paulo de Carvalho Piassi.Coorientador: Núbia Regina Moreira. Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil. Palavras-chave: Mulheres Negras; afrobrasileira; literatura afro; diáspora negra.Grande área: Lingüística, Letras e Artes

Graduação

2008 - 2011

Faculdade Casper Líbero
Título: Corpos D'África - Construções do feminino em Terra Sonâmbula, O Outro Pé da Sereia e Antes de Nascer o Mundo
Orientador: Welignton Wagner Andrade

Curso técnico/profissionalizante

2004 - 2007

Escola Livre de Teatro de Santo André

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2019 -

Introducción a las Teorías Feministas. , Universidad de Chile, UC, Chile.

2013 - 2013

Elaboração e Gestão de Projetos Culturais. (Carga horária: 20h). , Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - DF, SENAC/DF, Brasil.

2009 - 2009

Iniciação Científica. (Carga horária: 200h). , Faculdade Cásper Líbero, FCL, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Bandeira representando o idioma Espanhol

Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.

Bandeira representando o idioma Francês

Compreende Pouco, Fala Razoavelmente, Lê Pouco.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Comunicação.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.

Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cultura Popular.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MARTINS, R. C. ; FREITAS, M. O. . Gritem-me Negra!. 2018. (Outro).

FREITAS, M. O. ; LOURENA, A. ; RODRIGUES, C. M. . Sambas e Dissembas: fluxos e geografias da memória negra no estado do Rio. 2017. (Outro).

FREITAS, M. O. ; MARTINS, R. C. . Encontro Nacional Empoderadas - Mulheres Negras no Audiovisual. 2017. (Festival).

MARTINS, R. C. ; FREITAS, M. O. . Empoderadas do Samba. 2016. (Outro).

MARTINS, R. C. ; FREITAS, M. O. . Empoderadas - websérie. 2016. (Outro).

FREITAS, M. O. . Sambas e Dissembas - websérie. 2014. (Outro).

FREITAS, M. O. . Clementina de Jesus - Uma Breve Trajetória Bibliográfica. 2012. (Exposição).

FREITAS, M. O. . Desde que o Samba é Sampa. 2012. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

FELIZS - Festa Literária da Zona Sul. A literatura como instrumento de revolução no mundo. 2019. (Feira).

Lançamento do livro Mulheres e caças às bruxas.Eu, uma feiticeira preta.. 2019. (Encontro).

I Congresso de Estudos Culturais - CIECI. Vozescritas: narrativas de mulheres negras no samba. 2018. (Congresso).

II Seminário Mulheres Negras Ubuntu: 40 anos do movimento negro sob o prisma feminino.Vozescritas: narrativas de mulheres negras no samba. 2018. (Simpósio).

Semana Afrikanse.As Mamas mulheres em conexão. 2018. (Encontro).

Simpósio Racismo e Intolerância Religiosa.Negro(a), Afro-religioso(a), Quilombola: Racismo e Intolerância Religiosa no Brasil e seus Reflexos no Mundo do Trabalho. 2018. (Simpósio).

Semana de Jornalismo na USJT.Mulher negra e produção audiovisual. 2017. (Encontro).

Jornada Municipal de Educação para as Relações Étnico-raciais.Mapa do Samba - criando espaço para mapear a memória cultural. 2016. (Oficina).

SP Território Digital.Mapa do Samba - o direito à memória e à cultura na geografia da cidade. 2016. (Encontro).

Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais. Sambas e Dissembas - as geografias humanas das rodas de samba de SP. 2015. (Congresso).

Afrolatinas. 2014. (Congresso).

Congresso Latinoamericano Cultura Viva Comunitária. Cultura de Paz, Convivência e Interculturalidade. 2013. (Congresso).

Seminário de Economia Criativa. 2012. (Seminário).

Emoção e Imaginação: Os Sentidos e as Imagens em Movimento. 2011. (Seminário).

ENECULT - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura. 2011. (Encontro).

III Congresso de Jornalismo Cultural. 2011. (Congresso).

XI CONLAB - Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais. 2011. (Congresso).

II Congresso de Jornalismo Cultural. 2010. (Congresso).

I Congresso de Jornalismo Cultural. 2009. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: Bruna Cambraia

FREITAS, M. O.. Mulheres Negras no RAP. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em comunicação social - jornalismo) - Faculdade Cásper Líbero.

FREITAS, M. O.; MAIA, H.; LOMBA, F.. Criando Asas. 2018. Instituto Criar TV, Cinema e Novas Mídias.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

FREITAS, M. O. . Mapa do Samba: memória e georeferenciamento. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FREITAS, M. O. ; MARTINS, R. C. . Empoderadas - Introdução ao Audiovisual. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

FREITAS, M. O. . Produção no audiovisual - da ideia para o fazer. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

HICKS, G. ; SHAKESPEARE, W. ; FREITAS, M. O. . Macbeth. 2016. Teatral.

FREITAS, M. O. ; COUTO, M. . Mulheres de Cinzas. 2015. Performática.

FREITAS, M. O. ; MORENO, N. ; SUASSUNA, A. . Avaros - um estudo sobre a mão de mvaquice. 2007. Teatral.

FREITAS, M. O. . Clementina de Jesus - Uma Breve Trajetória Bibliográfica. 2012 (Exposição).

FREITAS, M. O. . Desde que o Samba é Sampa. 2012 (Seminário).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2016

Programa VAI - Valorizações de Iniciativas Culturais, Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

2015

Elas nas Exatas e Tecnologia, Fundo Elas.

2012

Programa VAI - Valorizações de Iniciativas Culturais, Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

2007

Proac - Programa de Ação Cultural, Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2013 - Atual

Instituto de Estudos, Formação e Assessoria em Políticas Sociais

Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Assessora de Comunicação, Carga horária: 20

Outras informações:
Assessora de Comunicação do Pontão de Convivência e Cultura de Paz do Instituto Pólis.

2010 - 2011

Serviço Social do Comércio (SP)

Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estágio, Carga horária: 30

Outras informações:
Integrou a equipe do Núcleo de Comunicação, realizando trabalhos de assessoria de imprensa na unidade do SESC Vila Mariana.

2010 - 2016

Núcleo Bartolomeu de Depoimentos

Vínculo: Prestadora de Serviço, Enquadramento Funcional: Assessora de Comunicação, Carga horária: 30

Outras informações:
Prestação de serviço de produção e assessoria de comunicação aos projetos do Núcleo.

2012 - 2013

Revista Raça Brasil

Vínculo: Jornalista, Enquadramento Funcional: Prestadora de Serviço, Carga horária: 20