Alexandre de Carvalho Mendes Paiva

Médico graduado em Medicina pela Universidade Federal do Estado de Rio de Janeiro - UNIRIO (2017) e graduado em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010). Atualmente cursando Residência Médica em Oftalmologia na UNIRIO e Mestrado Profissional em HIV/AIDS e Hepatites Virais na mesma Universidade. Foi monitor bolsista da disciplina de Radiobiologia para os cursos de Medicina e Biomedicina entre os anos de 2013 e 2017, sendo premiado com Honra ao Mérito em 2015, por apresentar o melhor projeto de ensino de graduação durante a IX Semana de Ensino de Graduação da UNIRIO. Presidente da Liga Acadêmica de Oftalmologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Gestão 2016-2017 (OFTALMOLIGA - UNIRIO). Possui interesse em Oftalmologia, especialmente em manifestações oculares de doenças sistêmicas. Atuou também na área de Biofísica (subáreas Radiologia e Fotobiologia) em projeto de Iniciação Científica, concluído em 2017, intitulado "Efeitos biológicos do laser de baixa potência" avaliando efeitos de lasers e LEDs terapêuticos de baixa potência na indução e no reparo de lesões no DNA e estabilidade genômica.

Informações coletadas do Lattes em 01/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Mestrado profissional em andamento em Infecção Hiv/Aids e Hepatites Virais

2019 - Atual

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Título: Manifestações oculares em pacientes vivendo com o HIV com diagnóstico de sífilis em acompanhamento em um Hospital Universitário no Rio de Janeiro, Brasil., Ano de Obtenção:
Orientador: Walter de Araújo Eyer Silva
Coorientador: Kelma Macedo Pohlmann Simões. Palavras-chave: Sífilis ocular; Neurossífilis; Coinfecção HIV-sífilis.Grande área: Ciências da SaúdeGrande Área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia. Grande Área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Infectologia.

Especialização - Residência médica em andamento

2018 - Atual

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Residência médica em: OftalmologiaNúmero do registro: . Bolsista do(a): Ministério da Educação, MEC, Brasil.

Graduação em Medicina

2011 - 2017

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Título: Prevalência de Alterações Fundoscópicas em Pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico: Um Estudo Transversal.
Orientador: Felipe César Freire

Graduação em Farmácia

2005 - 2010

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2020 -

Extensão universitária em Treinamento prático em setor de uveítes e laboratório de oftalmologia infec. (Carga horária: 4h). , Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.

2019 - 2019

Extensão universitária em Emergências Oftalmológicas. (Carga horária: 240h). , Hospital Municipal Souza Aguiar, HMSA, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Oftalmologia.

    Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Clínica Médica/Especialidade: Reumatologia.

    Grande área: Ciências Biológicas / Área: Imunologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

PAIVA, A. C. M. ; Carvalho, L.P. ; AREAS, L. M. . Jornada Oftalmoliga 2017. 2017. .

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

43 SIMASP. Baixa Acuidade Visual Súbita Bilateral Após Mamoplastia. 2020. (Congresso).

63 Congresso Brasileiro de Oftalmologia. 2019. (Congresso).

Associação Internacional Lions Clubes. Feira de saúde e cidadania - trabalho voluntário em Oftalmologia. 2019. (Feira).

Campanha Nacional de Ceratocone.Ceratocone: contribuições da oftalmologia brasileira e seus paradoxos. 2019. (Simpósio).

X Congresso Nacional da Sociedade Brasileira de Oftalmologia. Caso de uveíte recidivante crônica bilateral com manifestações vasculares em homem jovem.. 2019. (Congresso).

Fórum da Câmara Técnica de Oftalmologia do CREMERJ - Dúvidas e controvérsias em Oftalmologia. 2018. (Encontro).

XX Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Oftalmologia. Retinite por Citomegalovírus após terapia com Rituximab em paciente com Macroglobulinemia de Waldenstrom: relato de caso.. 2018. (Congresso).

Grupo de Tabagismo do CMS Hélio Pellegrino. 2017. (Encontro).

XIX Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Oftalmologia. Prevalência de Alterações Fundoscópicas do Lúpus Eritematoso Sistêmico. 2016. (Congresso).

II Jornada de Odontologia Oncológica. 2013. (Simpósio).

XII Congresso Médico dos Hospitais Públicos de Emergência do Rio de Janeiro. 2013. (Congresso).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Mário Martins dos Santos Motta

MOTTA, MARIO MARTINS DOS SANTOS; COLOMBINI, G. N. U. I.; FREIRE, F. C.. Prevalência de alterações fundoscópicas em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico: um estudo transversal. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Felipe Cesar Freire

Prevalência de Alterações Fundoscópicas em Pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Medicina) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro; Orientador: Felipe Cesar Freire;

Bianca Peres Pinto

Monitoria da disciplina Química Analítica Farmacêutica Experimental II / IQA-234; 2009; Orientação de outra natureza; (Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ; Orientador: Bianca Peres Pinto;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PAIVA, ALEXANDRE DE CARVALHO MENDES ; DA FONSECA, ADENILSON DE SOUZA . Could adverse effects and complications of selective laser trabeculoplasty be decreased by low-power laser therapy?. International Ophthalmology , v. 39, p. 243-257, 2019.

  • PAIVA, A C M ; FONSECA, A S . Low-power lasers on amblyopia. Laser Physics Letters , v. 16, p. 073001, 2019.

  • RODRIGUES, FELIPE ; PAIVA, ALEXANDRE ; VALDEZ, CATHERINE ; DE MELO BENTO, CLEONICE ; DE ANDRADE, REGIS . Cytomegalovirus Retininis in a Patient with Waldenstrom Macroglobulinemia. Afro-Egyptian Journal of Infectious and Endemic Diseases , v. 8, p. 103-104, 2018.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

PAIVA, A. C. M. ; Carvalho, L.P. . Liga de Oftalmologia da UNIRIO - OFTALMOLIGA. 2017. (Rede social).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Manifestações oculares em pacientes vivendo com o HIV com diagnóstico de sífilis em acompanhamento em um Hospital Universitário no Rio de Janeiro, Brasil., Descrição: A sífilis é uma doença infecto-contagiosa de distribuição cosmopolita, transmitida por via sexual, vertical, hemotransfusões, e acidentes biológicos. É capaz de acometer todos os tecidos do organismo, inclusive os oculares. A principal manifestação ocular da sífilis é a uveíte, e a frequência desta aumenta sobremaneira em pacientes coinfectados HIV/AIDS - sífilis. Este projeto tem como objetivo estabelecer a frequência de manifestações oftalmológicas em pacientes coinfectados HIV/AIDS e sífilis com e sem neurossífilis previamente diagnosticada em testes sorológicos e liquóricos. Será realizada anamnese completa, exame físico oftalmológico composto por reflexos pupilares, motilidade ocular, biomicroscopia, tonometria de aplanação, gonioscopia e fundoscopia sob midríase. Também serão pesquisadas as alterações tomográficas nestes pacientes através de Tomografia de Coerência Óptica (OCT) de nervo óptico, coroide e mácula.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (2) . , Integrantes: Alexandre de Carvalho Mendes Paiva - Integrante / Kelma Macedo Pohlmann Simões - Integrante / Patrícia Ferreira Ney - Integrante / Isabelle de Carvalho Rangel - Integrante / Ricardo de Souza Carvalho - Integrante / Walter de Araujo Eyer Silva - Coordenador.

  • 2020 - Atual

    Estudo descritivo da prevalência e causas de visão subnormal e cegueira em pacientes HIV positivo no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle no ano de 2020, Rio de Janeiro, Brasil, Descrição: A infeccção pelo HIV constitui importante causa de cegueira em todo o mundo. Pacientes com baixas contagens de linfócitos T CD4 podem apresentar redução da camada de fibras nervosas da retina, além da susceptibilidade aumentada a infecções oculares oportunistas, como histoplasmose, toxoplasmose e citomegalovirose, esta última importante causa de cegueira irreversível na era pré-terapia antirretroviral de alta eficácia (HAART). Este projeto de pesquisa tem como objetivo estabelecer a frequência de cegueira e de visão subnormal em pacientes vivendo com HIV/AIDS em acompanhamento em hospital terciário do Rio de janeiro, e descrever suas etiologias mais comuns.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (2) . , Integrantes: Alexandre de Carvalho Mendes Paiva - Integrante / Patrícia Ferreira Ney - Integrante / Fernando Raphael de Almeida Ferry - Coordenador.

  • 2016 - 2017

    Efeitos biológicos do laser de baixa potência, Descrição: Lasers (light amplification by stimulated emission of radiation) e LEDs (light emitting diode) de baixa potência têm sido utilizados com sucesso para cicatrização de feridas e de fraturas ósseas, reparo de lesões musculares e alívio da dor. Estes efeitos estão associados à absorção da radiação por cromóforos intracelulares, como a citocromo c oxidase. Em consequência, há aumento da síntese de ATP, ácidos nucléicos e proteínas. Estudos recentes relacionaram radicais livres aos mecanismos de ação destes lasers e LEds. Entretanto, os mecanismos de ação destas radiações e seus efeitos no DNA ainda não são totalmente conhecidos e há dúvidas sobre as doses, modos de emissão e potências mais adequados, que trariam menos efeitos indesejados e efeitos terapêuticos mais eficazes. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar efeitos de lasers e LEDs terapêuticos de baixa potência na indução e no reparo de lesões no DNA e estabilidade genômica. Estes efeitos serão avaliados em diferentes fluências, potências e modos de emissão através do(a): (i) perfil eletroforético de preparações de DNA isolado; (ii) sobrevivência, filamentação e expressão de genes de reparo do DNA em células de Escherichia coli proficientes e deficientes em mecanismos de reparo do DNA (em condições normais de cultivo e de estresse); (iii) avaliação da geração de espécies reativas de oxigênio e indução de lesões no DNA em células de câncer de mama humana; (iv) avaliação da expressão de microRNAs, genes de reparo do DNA e estabilidade genômica em tecidos de ratos Wistar; (v) avaliação da indução de micronúcleos em tecidos de ratos Wistar e, (vi) avaliação da indução de apoptose em tecidos de ratos Wistar. Os resultados a serem obtidos neste projeto serão de grande relevância para compreensão de efeitos biológicos de lasers e LEDs de baixa potência, que poderá ser utilizado para determinação de doses seguras e eficazes para o paciente submetido a protocolos terapêuticos baseados em lasers e LEDs de baixa potência.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) . , Integrantes: Alexandre de Carvalho Mendes Paiva - Integrante / DA FONSECA, ADENILSON DE SOUZA - Coordenador / Solange Campos Vicentini - Integrante.

  • 2015 - 2016

    Frequência de alterações fundoscópicas em pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico, Descrição: O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma desordem autoimune crônica, multissistêmica e multifatorial, que pode acometer diversos órgãos e tecidos do organismo. A principal manifestação ocular do LES é a ceratoconjuntivite seca, porém todos os segmentos oculares podem ser comprometidos. Dentre os achados fundoscópicos do LES, encontram-se edema de papila, atrofia óptica, coroidopatia hipertensiva, descolamento de epitélio pigmentar da retina, tortuosidades vasculares, hemorragias retinianas, manchas algodonosas, neovasos de retina, descolamentos de retina tracionais, turvação vítrea. Este projeto tem como objetivo estabelecer a frequência de manifestações oftalmoscópicas atribuíveis ao LES, em pacientes ambulatoriais em acompanhamento no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) . , Integrantes: Alexandre de Carvalho Mendes Paiva - Integrante / Layla Mariz Arêas - Integrante / Felipe César Freire - Coordenador / Mário Martins dos Santos Motta - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2015

Honra ao Mérito, IX Semana de Ensino de Graduação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Universidade. , Rua Frei Caneca, Centro, 01307-002 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2019 - Atual

    Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Monitor

    Outras informações:
    Atua como monitor de oftalmologia prática e teórica dos graduandos de Medicina da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Promove atividades em sala de aula e ambulatório destinadas à Oftalmologia básica para clínicos gerais.

  • 2019 - Atual

    Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Preceptor da Liga Acadêmica de Oftalmologia

    Outras informações:
    Atua promovendo orientação e preceptoria de forma acadêmica, teórica e prática aos acadêmicos de Medicina membros da Liga de Oftalmologia da UNIRIO.

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Não-bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário de Iniciação Científica, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Projeto de pesquisa: Efeitos biológicos do laser de baixa potência. Projeto de Iniciação Científica voluntária realizado no Departamento de Ciências Fisiológicas, situado no Instituto Biomédico da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO.

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Interno de Medicina Intensiva, Enquadramento Funcional: Interno de Medicina Intensiva, Carga horária: 12

  • 2016 - 2017

    Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Liga Acadêmica de Oftalmologia, Enquadramento Funcional: Presidente, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Atuou como presidente da Liga Acadêmica de Oftalmologia da UNIRIO, coordenando os demais membros diretores e ligantes, desenvolvendo projetos de ensino para alunos de graduação, palestras relacionadas a grandes temas oftalmológicos. Foi também responsável pela organização da Jornada da Oftalmoliga de 2017.

  • 2013 - 2017

    Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor, Carga horária: 20

    Outras informações:
    Atuou como monitor da disciplina de Radiobiologia, pertencente a grade horária de disciplinas obrigatórias para o curso de Biomedicina e de disciplinas eletivas para o curso de graduação em Medicina. Desenvolveu, durante os projetos de monitoria, atividades em sala de aula com resolução de estudos dirigidos e exercícios. Participou de eventos nas Semanas de Ensino de Graduação da Universidade, em 2014, 2015 e 2016, com apresentação de pôster expondo as atividades realizadas em sala de aula. Em 2015 foi premiado como melhor trabalho de ensino de graduação da Universidade, recebendo Honra ao Mérito, concedido durante a IX Semana de ensino de graduação da Unirio.

  • 2015 - 2015

    Hospital Municipal Souza Aguiar

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Acadêmico Bolsista, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Realizou estágio não obrigatório em Emergências Médicas no referido hospital, tendo sido aprovado por concurso público e classificado em 2° lugar no mesmo.

  • 2016 - 2016

    CMS Hélio Pellegrino

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estagiário de Medicina de Família Comunidade, Carga horária: 12

  • 2017 - 2017

    Clínica da Família Rinaldo Delamare

    Vínculo: Não-bolsista, Enquadramento Funcional: Interno de Medicina de Família e Comunidade, Carga horária: 40

  • 2017 - 2017

    Hospital Municipal Rocha Maia

    Vínculo: Interno em Emergências Médicas, Enquadramento Funcional: Interno em Emergências Médicas, Carga horária: 12

  • 2008 - 2009

    Universidade Federal do Rio de Janeiro

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação científica, Carga horária: 12

    Outras informações:
    Iniciação científica em Microbiologia e Imunologia, realizada no Laboratório de Bacteriologia Médica da UFRJ (Instituto de Microbiologia Professor Paulo de Goes - IMPPG), com ênfase na avaliação da resistência de cepas de estafilococos coagulase-negativos a antimicrobianos.