Alex Fernando Ruiz

Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Paulista(2017), curso-tecnico-profissionalizante em Técnico em Mecatrônica pela ETEC Philadelpho Gouvêa Netto(2012) e ensino-medio-segundo-grau pela ETEC Philadelpho Gouvêa Netto(2012). Atualmente é Professor do União das Faculdades dos Grandes Lagos. Tem experiência na área de Engenharia Mecânica, com ênfase em Engenharia Térmica.

Informações coletadas do Lattes em 02/06/2019

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Graduação em Engenharia Mecânica

2013 - 2017

Universidade Paulista
Título: Trocador de calor aquatubular horizontal
Orientador: Prof. MSc. André Luis Ferreira Marques

Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Mecatrônica

2011 - 2012

ETEC PHILADELPHO GOUVEA NETTO

Ensino Médio (2º grau)

2010 - 2012

ETEC PHILADELPHO GOUVEA NETTO

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação complementar

2018 -

Gestão de Projetos. (Carga horária: 440h). , Centro Universitário Barão de Mauá - Jardim Paulista, CBM, Brasil.

2017 - 2017

Combustão Industrial. (Carga horária: 40h). , INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS E CIENTÍFICAS, IPTC, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Inglês

Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.

Português

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica/Especialidade: Termodinâmica.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Civil / Subárea: Estruturas metálicas.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Energia / Subárea: Bioeletricidade.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Vasos de pressão.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Tanques de armazenamento.

    Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Trocadores de calor.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

XVII Encontro Científico UNIP - 2017.Análise energética, exergética e termoeconômica de um ciclo Rankine regenerativo a combustão de biomassa. 2017. (Encontro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Pedro Luiz de Oliveira Costa Neto

Análise energética exergética e tecnoeconômica de um ciclo Rankine regenerativo e combustão de biomassa; Início: 2016; Iniciação científica (Graduando em Engenharia Básico) - Universidade Paulista - Bauru; (Orientador);

Marcos Noboru Arima

Análise Energética, Exergética e Termoeconômica de Um Ciclo Rankine Regenerativo a Combustão de Biomassa; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Engenharia Mecânica) - Universidade Paulista; Orientador: Marcos Noboru Arima;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

RUIZ, A. F. ; Arima, M.N. . Análise energética, exergética e termoeconômica de um ciclo Rankine regenerativo a combustão de biomassa. 2017. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2016 - 2017

    Análise energética, exergética e termoeconômica de um ciclo Rankine regenerativo a combustão de biomassa., Descrição: Este trabalho objetivou a obtenção de configurações ótimas para geração de energia elétrica pelo ciclo Rankine regenerativo, avaliando o impacto destas nos custos de produção da eletricidade. Considerando a potência gerada de 50 MW, foi elaborada a planta síntese e desenvolveu-se um método de cálculo para a mesma, tendo como produto dois modelos numéricos. Os modelos numéricos foram alimentados com os dados de entrada e os resultados obtidos. A avaliação energética mostrou que as principais perdas de energia nos equipamentos da planta ocorrem no condensador e na caldeira que, se somadas, correspondem a 98% da perda de energia total da planta. Na avaliação exergética viu-se que a menor eficiência exergética é obtida no condensador (29,14%), mas o equipamento responsável pela maior perda e destruição de exergia é a caldeira, 30,16 e 80,66 MW, respectivamente. Se somadas, a exergia perdida e a destruída na caldeira correspondem a aproximadamente 85,8% do total de exergia perdida e destruída na planta. Os gases de combustão da caldeira foram responsáveis por 76% da exergia destruída e perdida na caldeira e 68% na planta. No geral, a planta teve a eficiência energética líquida de 28,95% e a eficiência exergética líquida de 25,38%, o que representa ganho de 1,08% na eficiência energética e 0,94% na eficiência exergética, comparando o ciclo regenerativo com o ciclo simples. O custo calculado da planta é de R$ 327.587.260,00 e o custo médio da eletricidade é de 251,28 R$/MW*h.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) . , Integrantes: Alex Fernando Ruiz - Integrante / Marcos Noboru Arima - Coordenador.Financiador(es): Universidade Paulista - Bolsa.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

  • 2016 - 2017

    Universidade Paulista

    Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador - Iniciação científica, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Análise energética, exergética e termoeconômica de um ciclo Rankine regenerativo a combustão de biomassa

  • 2017 - Atual

    União das Faculdades dos Grandes Lagos

    Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 16

    Outras informações:
    Professor nas disciplinas: Estática das construções I; Estruturas metálicas; Tópicos especiais em engenharia civil; Desenho técnico; e Engenharia de produtos.

  • 2014 - 2016

    Areva Brasil

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário - Dep. de projetos mecânicos, Carga horária: 40

  • 2016 - 2017

    Reunion Engenharia

    Vínculo: Estagiário, Enquadramento Funcional: Estagiário de engenharia mecânica, Carga horária: 40

  • 2018 - 2018

    Ortalc Engenharia

    Vínculo: Contratado - Terceiro, Enquadramento Funcional: Engenheiro mecânico de projetos, Carga horária: 40