Rachel Ifanger Albrecht

A Profa. Dra. Rachel Ifanger Albrecht é docente do Departamento de Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo onde lidera grupo de estudantes de pós-graduação e graduação em física de nuvens e eletricidade atmosférica. Seus interesses de pesquisa e ensino incluem a física dos raios e da precipitação, as interações entre nuvem-aerossol-precipitação em convecção profunda, sensoriamento remoto da precipitação e dos raios para melhorar a previsão em curto prazo de tempestades severas. Nos últimos 17 anos, ela participou e liderou experimentos de campo no Brasil para investigar a microfísica das nuvens e precipitação, a física dos raios e a variabilidade das tempestades. Ela é membro do time científico do GOES-R GLM (Geostationary Lightning Mapper) e também está envolvida nas atividades de pesquisa dos satélites Tropical Rainfall Measurement Mission (TRMM) e Global Precipitation Measurement (GPM) da NASA. É membro do Nowcasting and Mesoscale Research Working Group e Inter-Programme Expert Team on Satellite Utilization and Products da WMO e membro do IAMAS International Commission on Clouds and Precipitation. Recebeu títulos de Bacharel (2000), Mestre (2004) e Doutor (2008) em Meteorologia pela Universidade de São Paulo. Antes de se juntar ao corpo docente da Universidade de São Paulo em 2014, ela foi Pesquisadora Associada do Cooperative Institute for Climate and Satellites (CICS) da NOAA na Universidade de Maryland, E.U.A., de 2008 a 2010, e Pesquisadora do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) de 2010 a 2014.

Informações coletadas do Lattes em 03/07/2020

Acadêmico

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Formação acadêmica

Doutorado em Meteorologia

2004 - 2008

Universidade de São Paulo
Título: Eletrificação dos sistemas precipitantes na região Amazônica: Processos físicos e dinâmicos do desenvolvimento de tempestades
Orientador: em Universidade de São Paulo ( Maria Assunção Faus da Silva Dias)
com Carlos Augusto Morales Rodriguez. Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: eletricidade atmosférica; LBA; Amazônia; convecção; aerossóis.

Mestrado em Meteorologia

2002 - 2004

Universidade de São Paulo
Título: Características microfísicas da precipitação convectiva e estratiforme associada à oscilação intrasazonal no sudoeste da Amazônia,Ano de Obtenção: 2004
Maria Assunção Faus da Silva Dias.Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil. Palavras-chave: convecção; LBA; disdrômetro; radar; Amazônia.Grande área: Ciências Exatas e da TerraGrande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Meteorologia Dinâmica. Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia / Especialidade: Sensoriamento Remoto da Atmosfera.

Graduação em Bacharelado em Meteorologia

1997 - 2000

Universidade de São Paulo
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Idiomas

Bandeira representando o idioma Inglês

Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Áreas de atuação

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Eletricidade Atmosférica.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Meteorologia Física.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Sensoriamento Remoto da Atmosfera.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Meteorologia Dinâmica.

Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Meteorologia/Especialidade: Climatologia.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Organização de eventos

MACHADO, LUIZ. A. T. ; ALBRECHT, R. I. ; PILAU, F. G. ; FREITAS, E. . 2ª Reunião Científica do Projeto SOS-CHUVA.. 2017. (Outro).

ALBRECHT, R. I. ; ANDREAE, MEINRAT O. ; ARTAXO, PAULO ; Machado, L. A. T. ; MARTIN, S. ; NILLIUS, BJÖRN ; POSCHL, U. ; ROSENFELD, DANIEL ; SCHLAGER, HANS ; WENDISCH, MANFRED . Workshop on Aerosol-Cloud-Precipitation Interactions in Amazonia during the ACRIDICON-CHUVA Campaign. 2016. (Outro).

MACHADO, L. A. T. ; ALBRECHT, R. I. ; FREITAS, E. . 1ª Reunião Científica do Projeto SOS-CHUVA. 2016. (Outro).

ALBRECHT, R. I. ; Machado, L. A. T. ; WENDISCH, MANFRED ; ANDREAE, MEINRAT O. ; POSCHL, U. . First ACRIDICON-CHUVA Workshop. 2014. (Outro).

ALBRECHT, R. I. ; MORALES, C. A. ; Machado, L. A. T. ; Silva Dias, M. A. ; VILA, D. ; Fisch, G. . CHUVA International Workshop. 2013. (Outro).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em eventos

2013 GLM Science Team Meeting.CHUVA Contribution to GLM and LI. 2013. (Encontro).

2013 NOAA Satellite Science Week. 2013. (Encontro).

CHUVA International Workshop.Thunderstorms and lightning activity in São Paulo metropolitan area during CHUVA-GLM Vale do Paraiba field experiment. 2013. (Oficina).

Ninth Annual Symposium on Future Operational Environmental Satellite Systems, 2013 AMS Annual Meeting. CHUVA lightning mapping field campaigns: First results and contributions to GOES-R and MTG. 2013. (Congresso).

Sixth Conference on the Meteorological Applications of Lightning Data. 2013. (Congresso).

16th International Conference on Clouds and Precipitation. 16th International Conference on Clouds and Precipitation. 2012. (Congresso).

2012 NOAA Satellite Science Week.Intercomparison of Lightning Location Systems during CHUVA-GLM field campaign. 2012. (Encontro).

Convection Working Group Workshop.CHUVA Project: 2010-2011 and Perspectives for 2012-2014. 2012. (Oficina).

EUMETSAT Lightning Imager Science Team (LIST) Meeting.Contributions from CHUVA field campaign to GOES-R and MTG. 2012. (Encontro).

International Lightning Detection Conference. Understanding the different lightning detection technologies: A contribution from CHUVA-GLM field campaign. 2012. (Congresso).

XVII Congresso Brasileiro de Meteorologia. TEMPESTADES E TEMPO SEVERO DURANTE O EXPERIMENTO CHUVA-GLM VALE DO PARAÍBA. 2012. (Congresso).

Fifth Conference on the Meteorological Applications of Lightning Data. Total lightning and precipitation over Brazil: An overview from 12-years of TRMM satellite. 2011. (Congresso).

XIV International Conference on Atmospheric Electricity. The 13 years of TRMM Lightning Imaging Sensor: From individual flash characteristics to decadal tendencies. 2011. (Congresso).

AGU Fall Meeting. Total lightning flash characteristics observed from TRMM Lightning Imaging Sensor (LIS) and their relationship with regional convection and precipitation type. 2010. (Congresso).

AGU The Meeting of Americas. Improving microwave precipitation retrieval using total lightning data: A look into GOES-R and GPM multisensor and multiplatform era. 2010. (Congresso).

XVI Congresso Brasileiro de Meteorologia. THE SÃO PAULO LIGHTNING MAPPING ARRAY (SPLMA): PROSPECTS FOR GOES-R GLM AND CHUVA. 2010. (Congresso).

2009 AGU Fall Meeting.Climate change and total tropical lightning. 2009. (Encontro).

50th Anniversary Meteorological Satellite Experiment Symposium. 2009. (Simpósio).

6th GOES Users' Conference. 2009. (Encontro).

Fourth Conference on the Meteorological Applications of Lightning Data. Tropical frequency and distribution of lightning based on 10 years of observations from space by the Lightning Image Sensor (LIS). 2009. (Congresso).

GOES-R AWG & Risk Reduction Review Meeting. 2009. (Encontro).

GOES-R GLM AWG/R3 Science Meeting. 2009. (Encontro).

NASA Precipitation Measurement Missions (PMM) Science Team Meeting.LIS total lightning climatology and beyond. 2009. (Encontro).

Southern Thunder Workshop. 2009. (Oficina).

2008 NOAA STAR GOES-R AWG Review. 2008. (Encontro).

13th International Conference on Atmospheric Electricity. The study of charge structure sensitivity in simulated thunderstorms. 2007. (Congresso).

33rd Conference on Radar Meteorology. Lightning activity on thunderstorms relative to the microphysics, thermodynamics and large-scale features in the Amazon Region. 2007. (Congresso).

III Conferência Regional sobre Mudanças Globais: América do Sul. 2007. (Congresso).

6th RAMS/BRAMS/OLAM International Users Workshop. 2006. (Oficina).

Second Conference on Meteorological Applications of Lightning Data. Applications of an electrified one-dimensional cloud model. 2006. (Congresso).

XIV Congresso Brasileiro de Meteorologia. Impacto dos aerossóis na eletrificação de tempestades: Modelo 1D de nuvem eletrificada e investigações sobre o aumento de descargas atmosféricas positivas. 2006. (Congresso).

32nd Conference on Radar Meteorology & 11th Conference on Mesoscale Processes. Electrified 1D cloud model: Investigation of the Amazonian monsoon and dry-to-wet seasonal conditions for convection. 2005. (Congresso).

III Reunião de Trabalho do Experimento RaCCI/LBA. 2005. (Oficina).

VIII Simpósio Internacional de Proteção contra Descargas Atmosféricas.Electrified 1D Cloud Model: Preliminary results during the RaCCI/LBA 2002 Field Campaign. 2005. (Simpósio).

GROUND'2004 (International Conference on Grounding and Earthing ) & 1st International Conference on Lightning Physics and Effects. 2004. (Congresso).

Third LBA Scientific Conference. 2004. (Congresso).

XIII Congresso Brasileiro de Meteorologia. Características microfísicas da precipitação convectiva e estratiforme associadas à oscilação de larga-escala no sudoeste da Amazônia. 2004. (Congresso).

Primeiro Workshop do experimento RaCCI.Características dos sistemas precipitantes durante a campanha Dry-to-Wet. 2003. (Oficina).

XII Congresso Brasileiro de Meteorologia. Evolução temporal da relação Z-R em sistemas precipitantes durante o experimento WETAMC/LBA & TRMM/LBA. 2002. (Congresso).

First LBA Scientific Conference. Temporal Evolutilon of Z-R relationship over a squall line system during WETAMC/LBA & TRMM/LBA experiments. 2000. (Congresso).

XI Congresso Brasileiro de Meteorologia. Características físicas, dinâmicas e termodinâmicas de uma linha de instabilidade em Rondônia durante o experimento TRMM-LBA. 2000. (Congresso).

Data Analysis Workshop on the WET-AMC/LBA & TRMM/LBA.Multisensor analysis of a squall line during the TRMM-LBA experiment. 1999. (Outra).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Participação em bancas

Aluno: André Arruda Rodrigues de Morais

ALVES, M. V.; PINTO, O.;NACCARATO, K. P.; MACHADO, L. A. T.;Albrecht, Rachel I.; NASCIMENTO, ERNANI L.. SIMULAÇÃO DA ELETRIFICAÇÃO E GERAÇÃO DE RELÂMPAGOS EM TEMPESTADES SEVERAS NO SUDESTE DO BRASIL UTILIZANDO O MODELO NUMÉRICO MESO-NH. 2018. Tese (Doutorado em Geofísica Espacial) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Aluno: Larissa Antunes da Silva

SABA, M. M. F.; PINTO, O.; SARAIVA, A. C. V.; VIEIRA, L. E. A.; ALVALA, P. C.; PIANTINI, A.;ALBRECHT, RACHEL. UM ESTUDO DA RELAÇÃO ENTRE CORRENTE ELÉTRICA E LUMINOSIDADE, EXTRAÍDA DE CÂMERAS DE ALTA VELOCIDADE, DE DESCARGAS ATMOSFÉRICAS. 2018. Tese (Doutorado em Geofísica Espacial) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Aluno: Izabelly Carvalho da Costa

VILA, DANIEL A.; MACHADO, LUIZ. A. T.;ANGELIS, CARLOS F.; KUMMEROW, CHRISTIAN;ALBRECHT, R. I.. Influências das propriedades microfísicas e radiativas das nuvens nas incertezas das estimativas de precipitação por sensores remotos passivos. 2018. Tese (Doutorado em Meteorologia) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Aluno: André Filipe de Moraes Batista

CORREA, P. P.; ALMEIDA JUNIOR, J. R.; RIZZO, L. V.;ALBRECHT, R. I.; DIAS, G. A.. MODELO DE AVALIAÇÃO DE CONJUNTOS DE DADOS CIENTÍFICOS POR MEIO DA DIMENSÃO DE VERACIDADE DOS DADOS. 2018. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Rodrigo Rosa Azambuja

WRASSE, C. M.; PINTO, O.; ZEPKA, G. S.; BOURSCHEIDT, V.;Albrecht, Rachel I.. Estudo da atividade de relâmpagos na região sul do Brasil a partir de dados de sistemas de deteção. 2017. Tese (Doutorado em Geofísica Espacial) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Aluno: EVANDRO MOIMAZ ANSELMO EVANDRO MOIMAZ ANSELMO EVANDRO MOIMAZ

MORALES, C. A.;ALBRECHT, R. I.; NESBITT, S. W.; SALIO, P. V.; AVILA, E. E.. Morfologia das tempestades elétricas na América do Sul. 2015. Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Robson Jaques Verly

SABA, M. M. F.; LACERDA, M.; ECHER, E.; DUTRA, S. L. G.;NACCARATO, K. P.; FERRO, M. A. S.;ALBRECHT, R. I.; MORALES, C. A.. Método para Estimar a Densidade de Carga Elétrica no Interior das Nuvens de Tempestade. 2015. Tese (Doutorado em Geofísica Espacial) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Aluno: Enrique Vieira Mattos

Machado, L. A. T.; COELHO, S. M. S. C.; SARAIVA, A. C. V.;ALBRECHT, R. I.; WILLIAMS, E.. Relações Entre Assinaturas Polarimétricas de Radar e Atividade Elétrica das Tempestades. 2015. Tese (Doutorado em Meteorologia) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Aluno: Ana Maria Pereira Nunes

SILVA DIAS, M. A. F.; FREITAS, E.; CAMARGO, R.;ALBRECHT, R. I.. TEMPESTADES SEVERAS NOTURNAS NA REGIÃO SUDOESTE DA AMAZÔNIA: UM ESTUDO DE CAUSAS E PREVISIBILIDADE. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Vanessa Ferreira

NASCIMENTO, ERNANI L.; PIVA, E. D.; GONCALVES, L. G. G.;ALBRECHT, R. I.; CALVETTI, L.. INVESTIGAÇÃO OBSERVACIONAL E NUMÉRICA DE UMA SUPERCÉLULA TORNÁDICA NO SUL BRASILEIRO. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Meteorologia) - Universidade Federal de Santa Maria.

Aluno: Enrique Vieira Mattos

Machado, L. A. T.ALBRECHT, R. I.ANGELIS, C. F.. O impacto da microfísica das nuvens na eletrificação de tempestades. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Meteorologia) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Aluno: Izabella Oliveira da Costa

ROCHA, H. R.;ALBRECHT, R. I.; HALLAK, R.. Estudo do Balanço Hídrico da Bacia do Rio Paraíba do Sul. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Eduardo Ximenes de Abreu

Morales, Carlos A.;ALBRECHT, R. I.; SILVA DIAS, MARIA A. F.. Distribuição de tamanho de gotas de chuva para tempestades com e sem descargas elétricas na cidade de São Paulo. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Janne Chu

ANDRADE, M. F.; FORNARO, A.;ALBRECHT, R. I.. Estudo do impacto do material particulado fino e black carbon na incidência de doenças do aparelho respiratório e cardiovascular e seis capitais brasileiras. 2020. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Isabela Christina Siqueira

FREITAS, E.;SILVA DIAS, M. A. F.ALBRECHT, R. I.. Experimentos Numéricos com Eventos Severos Ocorridos durante o Projeto SOS CHUVA. 2019. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: João Luiz Martins Basso

HALLAK, R.;SILVA DIAS, M. A. F.ALBRECHT, R. I.. Análise e modelagem microfísica de convecção profunda na Amazônia. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Andrea Salomé Viteri López

MORALES, C. A.;ALBRECHT, R. I.; ROCHA, R. P.. Caracterização da Chuva estimada pelo Radar durante Eventos de Alagamento na Cidade de São Paulo. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Darsys Agüero Morell

PEREIRA FILHO, A. J.ALBRECHT, R. I.SILVA DIAS, M. A. F.. Estimativa da taxa de precipitação com variáveis polarimétricas do radar meteorológico MXPOL. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Ricardo Batista Vilela

Morales, Carlos A.;ALBRECHT, R. I.; HALLAK, R.. Estrutura elétrica das nuvens na Amazônia durante os experimentos CHUVA, Acridicon e Go-Amazon. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Alberto Afonso Junior

Gonçalves, F. L. T.; ANDRADE, M. F.;ALBRECHT, R. I.. Influência das variáveis ambientais na morbidade hospitalar por doenças cardiovasculares e respiratórias no município de São Paulo. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Paulo Mauricio Moura de Souza

MORALES, C. A.;ALBRECHT, R. I.; HALLAK, R.. Características 3D das tempestades elétricas na região de Manaus. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Matheus Vicente Regis

REBOITA, M. S.; MATTOS, ENRIQUE V.;ALBRECHT, R. I.; SPERLING, V. B.. Estudo de caso de um evento convectivo de tempo severo no sul de MG. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Atmosféricas) - Universidade Federal de Itajubá.

Aluno: Isabela Siqueira

FREITAS, E.; HALLAK, R.;ALBRECHT, R. I.. Modelagem de eventos severos sobre a Região Metropolitana de São Paulo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Aluno: Isabela Christina Siqueira

FREITAS, E.;SILVA DIAS, M. A. F.ALBRECHT, R. I.. Modelagem de eventos severos sobre a Região Metropolitana de São Paulo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Bacharelado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Comissão julgadora das bancas

Leila Maria Vespoli de Carvalho

CARVALHO, L. M. V.DIAS, M. A. F. S.; MORALES, C.. A transicao entre periodos convectivos e estratiformes associados a oscilacao intrasazonal na regiao sudoeste da Amazonia. 2003. Outra participação, Universidade de São Paulo.

Paulo Eduardo Artaxo Netto

RODRIGUEZ, C. A. M.;DIAS, M. A. F. S.; MARTINS, J.; FERNANDES, W. A.;ARTAXO, P. Eletrificação dos sistemas precipitantes na região Amazônica: processos físicos e dinâmicos do desenvolvimento. 2008.

Jorge Alberto Martins

Morales, C. A.SILVA DIAS, M. A. F.Martins, J. A.; Fernandes, W. A.; Artaxo, P.. Eletrificação dos sistemas precipitantes na região amazônica: processos físicos e dinâmicos do desenvolvimento de tempestades. 2008. Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Widinei Alves Fernandes

Rodriguez, C.A.M.; SILVA DIAS, M. A. F;FERNANDES, W. A.; ARTAXO, P.; MARTINS, J. A.. Eletrificação dos sistemas precipitantes na região amazônica: processos físicos e dinâmicos do desenvolvimento de tempestades. 2008. Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Orientou

Rosamaria Hahn

Microfisica e atividade eletrica das tempestades severas na regiao sul da America do Sul; Início: 2018; Dissertação (Mestrado profissional em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Camila da Cunha Lopes

Envigoramento da Convecção Profunda na Amazônia: Observações e Comparação com Estimativas por Satélite; Início: 2019; Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Orientador);

Stefane Fonseca Freitas

Relações entre as variáveis de precipitação e atividade elétrica das tempestades da América do Sul e suas aplicações à assimilação de dados em modelos numéricos de previsão de tempo e clima; Início: 2017; Tese (Doutorado em Meteorologia) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; (Coorientador);

Raidiel Puig Beltrán

Estudo do impacto de parametrizações microfísicas na simulação da atividade elétrica nas tempestades; Início: 2017; Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo; (Orientador);

Camila da Cunha Lopes

Microfísica, Cinemática e Eletrificação em Tempestades Tropicais que geraram Granizo durante o Projeto SOS-CHUVA; 2019; Dissertação (Mestrado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Raidiel Puig Beltrán

Características da precipitação e atividade elétrica de tempestades severas da Região Metropolitana de São Paulo; 2017; Dissertação (Mestrado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Rebeca Fonseca de Oliveira Pereira

A influência da brisa de rio na precipitação e atividade elétrica das tempestades dos experimentos GoAmazon e CHUVA-Manaus; 2016; Dissertação (Mestrado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Vinicius Banda Sperling

Processos cinemáticos, microfísicos e elétricos do desenvolvimento de tempestades severas na região Sul do Brasil; 2018; Tese (Doutorado em Meteorologia) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Ramon Campos Braga

Influências dos aerossóis na altura de iniciação de chuva e gelo em nuvens convectivas da Amazônia; 2017; Tese (Doutorado em Meteorologia) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Jessica Cristina dos Santos Souza

Análise da estrutura da precipitação em tempestades com raios ascendentes; 2018; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Camila da Cunha Lopes

Características das tempestades de verão na Região Metropolitana de São Paulo durante o experimento CHUVA-GLM Vale do Paraíba; 2016; Trabalho de Conclusão de Curso; (Graduação em Bacharelado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Jessica Cristina dos Santos Souza

Propriedades microfísicas da precipitação em tempestades com Raios Ascendentes; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Pedro Henrique Nakamura

Eventos transientes luminosos em sistemas convectivos de mesoescala sobre a América do Sul; 2018; Iniciação Científica; (Graduando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Jessé Stenico

Sistema integrado de validação de redes de detecção de descargas elétricas baseado em Contadores de Raios e sensores ópticos; 2017; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Camila da Cunha Lopes

Características das tempestades de verão na Região Metropolitana de São Paulo durante o experimento CHUVA-GLM Vale do Paraíba; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Jessica Cristina dos Santos Souza

Propriedades microfísicas da precipitação em tempestades com Raios Ascendentes; 2016; Iniciação Científica; (Graduando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Jessé Stenico

Eletrificação de tempestades severas na Região Metropolitana de São Paulo durante o experimento CHUVA-GLM Vale do Paraíba; 2015; Iniciação Científica; (Graduando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Jessica Cristina dos Santos Souza

Estudo das tempestades que geram raios ascendentes; 2014; Iniciação Científica; (Graduando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Victor Keichi Tsutsumiuchi

Estimativa de precipitação a partir do radar meteorológico de dupla polarização durante o experimento CHUVA-GLM Vale do Paraíba; 2013; Iniciação Científica; (Graduando em Meteorologia) - Universidade de São Paulo; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Amanda Romão de Paiva

Raios ascendentes e sua detecção por sistemas de localização de descargas; 2012; Iniciação Científica; (Graduando em Ciências Atmosféricas) - Universidade Federal de Itajubá; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Matheus Vicente Regis

Desenvolvimento de uma célula convectiva que gerou precipitação de granizo na cidade de Itajubá, MG; 2017; Orientação de outra natureza; (Ciências Atmosféricas) - Universidade Federal de Itajubá; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Michel Yasuyuki Gejima

Tempestades durante os experimentos CHUVA-Manaus e GoAmazon; 2016; Orientação de outra natureza; (Ciências Atmosféricas) - Universidade Federal de Itajubá; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Rebeca Fonseca de Oliveira Pereira

Evolução temporal da precipitação e atividade elétrica de uma tempestade com ocorrência de tempo severo; 2015; Orientação de outra natureza; (Ciências Atmosféricas) - Universidade Federal de Itajubá; Orientador: Rachel Ifanger Albrecht;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Foi orientado por

Maria Assuncao Faus da Silva Dias

A transição entre períodos convectivos e estratiformes associados a oscilação intrasazonal na Amazônia; 2004; 150 f; Dissertação (Mestrado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Maria Assuncao Faus da Silva Dias;

Carlos Augusto Morales Rodriguez

Eletrificação dos Sistemas Precipitantes na Região Amazônica: Processos Físicos e Dinâmicos do Desenvolvimento de Tempestades; 2008; Tese (Doutorado em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Carlos Augusto Morales Rodriguez;

Augusto Jose Pereira Filho

Evolução temporal da relação de transformação do fator de refletividade em taxas de precipitação ao longo de uma linha de instabilidade durante o experimento WETAMC/LBA & TRMM/LBA; 2000; 0 f; Iniciação Científica; (Graduando em Bacharelado Em Meteorologia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; Orientador: Augusto Jose Pereira Filho;

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Produções bibliográficas

  • PETERSON, MICHAEL J. ; LANG, TIMOTHY J. ; BRUNING, ERIC C. ; ALBRECHT, RACHEL ; Blakeslee, Richard J. ; LYONS, WALTER A. ; PÉDEBOY, STÉPHANE ; RISON, WILLIAM ; ZHANG, YIJUN ; BRUNET, MANOLA ; CERVENY, RANDALL S. . New WMO Certified Megaflash Lightning Extremes for Flash Distance (709 km) and Duration (16.73 seconds) recorded from Space. GEOPHYSICAL RESEARCH LETTERS , v. 1, p. 1, 2020.

  • ANDREAE, MEINRAT O. AFCHINE, ARMIN ALBRECHT, RACHEL HOLANDA, BRUNA AMORIM ARTAXO, PAULO BARBOSA, HENRIQUE M. J. BORRMANN, STEPHAN CECCHINI, MICAEL A. COSTA, ANJA DOLLNER, MAXIMILIAN FÜTTERER, DANIEL JÄRVINEN, EMMA JURKAT, TINA KLIMACH, THOMAS KONEMANN, TOBIAS KNOTE, CHRISTOPH KRÄMER, MARTINA KRISNA, TRISMONO MACHADO, LUIZ A. T. MERTES, STEPHAN MINIKIN, ANDREAS PÖHLKER, CHRISTOPHER PÖHLKER, MIRA L. PÖSCHL, ULRICH ROSENFELD, DANIEL , et al. SAUER, DANIEL SCHLAGER, HANS SCHNAITER, MARTIN SCHNEIDER, JOHANNES SCHULZ, CHRISTIANE SPANU, ANTONIO SPERLING, VINICIUS B. VOIGT, CHRISTIANE WALSER, ADRIAN WANG, JIAN WEINZIERL, BERNADETT WENDISCH, MANFRED ZIEREIS, HELMUT ; Aerosol characteristics and particle production in the upper troposphere over the Amazon Basin. ATMOSPHERIC CHEMISTRY AND PHYSICS (ONLINE) , v. 18, p. 921-961, 2018.

  • MACHADO, L. A. T. CALHEIROS, ALAN J. P. BISCARO, THIAGO GIANGRANDE, SCOTT SILVA DIAS, MARIA A. F. CECCHINI, MICAEL A. ALBRECHT, R. I. ANDREAE, MEINRAT O. ARAUJO, WAGNER F. ARTAXO, PAULO BORRMANN, STEPHAN BRAGA, RAMON BURLEYSON, CASEY EICHHOLZ, CRISTIANO W. FAN, JIWEN FENG, ZHE FISCH, GILBERTO F. JENSEN, MICHAEL P. MARTIN, SCOT T. PÖSCHL, ULRICH PÖHLKER, CHRISTOPHER PÖHLKER, MIRA L. RIBAUD, JEAN-FRANÇOIS ROSENFELD, DANIEL SARAIVA, JACI M. B. , et al. SCHUMACHER, COURTNEY THALMAN, RYAN WALTER, DAVID WENDISCH, MANFRED ; Overview: Precipitation characteristics and sensitivities to environmental conditions during GoAmazon2014/5 and ACRIDICON-CHUVA. ATMOSPHERIC CHEMISTRY AND PHYSICS (ONLINE) , v. 18, p. 6461-6482, 2018.

  • CORDANI, UMBERTO G. ; ERNESTO, MARCIA ; DIAS, MARIA ASSUNÇÃO F. DA SILVA ; SARAIVA, ELISABETE DE SANTIS B. G. ; ALKMIM, FERNANDO F. DE ; MENDONÇA, CARLOS ALBERTO ; ALBRECHT, RACHEL . Ensino de Geociências na universidade. Estudos Avançados , v. 32, p. 309-330, 2018.

  • BRAGA, RAMON CAMPOS ; ROSENFELD, DANIEL ; WEIGEL, RALF ; JURKAT, TINA ; ANDREAE, MEINRAT O. ; WENDISCH, MANFRED ; PÖSCHL, ULRICH ; VOIGT, CHRISTIANE ; MAHNKE, CHRISTOPH ; BORRMANN, STEPHAN ; Albrecht, Rachel I. ; MOLLEKER, SERGEJ ; VILA, DANIEL A. ; MACHADO, LUIZ A. T. ; GRULICH, LUCAS . Further evidence for CCN aerosol concentrations determining the height of warm rain and ice initiation in convective clouds over the Amazon basin. ATMOSPHERIC CHEMISTRY AND PHYSICS (ONLINE) , v. 17, p. 14433-14456, 2017.

  • BRAGA, RAMON CAMPOS ; ROSENFELD, DANIEL ; WEIGEL, RALF ; JURKAT, TINA ; ANDREAE, MEINRAT O. ; WENDISCH, MANFRED ; PÖHLKER, MIRA L. ; KLIMACH, THOMAS ; PÖSCHL, ULRICH ; PÖHLKER, CHRISTOPHER ; VOIGT, CHRISTIANE ; MAHNKE, CHRISTOPH ; BORRMANN, STEPHAN ; Albrecht, Rachel I. ; MOLLEKER, SERGEJ ; VILA, DANIEL A. ; MACHADO, LUIZ A. T. ; ARTAXO, PAULO . Comparing parameterized versus measured microphysical properties of tropical convective cloud bases during the ACRIDICON-CHUVA campaign. ATMOSPHERIC CHEMISTRY AND PHYSICS (ONLINE) , v. 17, p. 7365-7386, 2017.

  • CECCHINI, MICAEL A. ; MACHADO, LUIZ A. T. ; ANDREAE, MEINRAT O. ; MARTIN, SCOT T. ; Albrecht, Rachel I. ; ARTAXO, PAULO ; BARBOSA, HENRIQUE M. J. ; BORRMANN, STEPHAN ; FÜTTERER, DANIEL ; JURKAT, TINA ; MAHNKE, CHRISTOPH ; MINIKIN, ANDREAS ; MOLLEKER, SERGEJ ; PÖHLKER, MIRA L. ; PÖSCHL, ULRICH ; ROSENFELD, DANIEL ; VOIGT, CHRISTIANE ; WEINZIERL, BERNADETT ; WENDISCH, MANFRED . Sensitivities of Amazonian clouds to aerosols and updraft speed. ATMOSPHERIC CHEMISTRY AND PHYSICS (ONLINE) , v. 17, p. 10037-10050, 2017.

  • CECCHINI, MICAEL A. ; MACHADO, LUIZ A. T. ; WENDISCH, MANFRED ; COSTA, ANJA ; KRÄMER, MARTINA ; ANDREAE, MEINRAT O. ; AFCHINE, ARMIN ; Albrecht, Rachel I. ; ARTAXO, PAULO ; BORRMANN, STEPHAN ; FÜTTERER, DANIEL ; KLIMACH, THOMAS ; MAHNKE, CHRISTOPH ; MARTIN, SCOT T. ; MINIKIN, ANDREAS ; MOLLEKER, SERGEJ ; PARDO, LIANET H. ; PÖHLKER, CHRISTOPHER ; PÖHLKER, MIRA L. ; PÖSCHL, ULRICH ; ROSENFELD, DANIEL ; WEINZIERL, BERNADETT . Illustration of microphysical processes in Amazonian deep convective clouds in the gamma phase space: introduction and potential applications. ATMOSPHERIC CHEMISTRY AND PHYSICS (ONLINE) , v. 17, p. 14727-14746, 2017.

  • MARTIN, S. T. ARTAXO, P. MACHADO, L. MANZI, A. O. SOUZA, R. A. F. SCHUMACHER, C. WANG, J. BISCARO, T. BRITO, J. CALHEIROS, A. JARDINE, K. MEDEIROS, A. PORTELA, B. DE SÁ, S. S. ADACHI, K. AIKEN, A. C. ALBRECHT, R. ALEXANDER, L. ANDREAE, M. O. BARBOSA, H. M. J. BUSECK, P. CHAND, D. COMSTOCK, J. M. DAY, D. A. DUBEY, M. , et al. FAN, J. FAST, J. Fisch, G. FORTNER, E. GIANGRANDE, S. GILLES, M. GOLDSTEIN, A. H. GUENTHER, A. HUBBE, J. JENSEN, M. JIMENEZ, J. L. KEUTSCH, F. N. KIM, S. KUANG, C. LASKIN, A. MCKINNEY, K. MEI, F. MILLER, M. NASCIMENTO, R. PAULIQUEVIS, T. PEKOUR, M. PERES, J. PETÄJÄ, T. PÖHLKER, C. PÖSCHL, U. RIZZO, L. SCHMID, B. SHILLING, J. E. DIAS, M. A. SILVA SMITH, J. N. TOMLINSON, J. M. TÓTA, J. WENDISCH, M. ; The Green Ocean Amazon Experiment (GoAmazon2014/5) Observes Pollution Affecting Gases, Aerosols, Clouds, and Rainfall over the Rain Forest. BULLETIN OF THE AMERICAN METEOROLOGICAL SOCIETY , v. 98, p. 981-997, 2017.

  • CECCHINI, MICAEL A. ; MACHADO, L. A. T. ; COMSTOCK, JENNIFER M. ; MEI, FAN ; WANG, JIAN ; FAN, JIWEN ; TOMLINSON, JASON M. ; SCHMID, BEAT ; ALBRECHT, R. I. ; MARTIN, SCOT T. ; ARTAXO, PAULO . Impacts of the Manaus pollution plume on the microphysical properties of Amazonian warm-phase clouds in the wet season. Atmospheric Chemistry and Physics (Online) , v. 16, p. 7029-7041, 2016.

  • MATTOS, ENRIQUE V. ; MACHADO, LUIZ. A. T. ; WILLIAMS, EARLE R. ; Albrecht, Rachel I. . Polarimetric Radar Characteristics of Storms With and Without Lightning Activity. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-ATMOSPHERES , v. 121, p. 14,201-14,220, 2016.

  • PEREIRA, REBECA FONSECA DE OLIVEIRA ; ALBRECHT, RACHEL . EVOLUÇÃO TEMPORAL DA PRECIPITAÇÃO E ATIVIDADE ELÉTRICA DE UMA TEMPESTADE COM OCORRÊNCIA DE TEMPO SEVERO. CIÊNCIA E NATURA , v. 38, p. 532, 2016.

  • Albrecht, Rachel I. ; GOODMAN, STEVEN J. ; BUECHLER, DENNIS E. ; Blakeslee, Richard J. ; CHRISTIAN, HUGH J. . Where are the lightning hotspots on Earth?. BULLETIN OF THE AMERICAN METEOROLOGICAL SOCIETY , v. 97, p. 160217105003003, 2016.

  • WENDISCH, MANFRED PÖSCHL, ULRICH ANDREAE, MEINRAT O. MACHADO, LUIZ A. T. ALBRECHT, RACHEL SCHLAGER, HANS ROSENFELD, DANIEL MARTIN, SCOT T. ABDELMONEM, AHMED AFCHINE, ARMIN ARAÙJO, ALESSANDRO C. ARTAXO, PAULO AUFMHOFF, HEINFRIED BARBOSA, HENRIQUE M. J. BORRMANN, STEPHAN BRAGA, RAMON BUCHHOLZ, BERNHARD CECCHINI, MICAEL AMORE COSTA, ANJA CURTIUS, JOACHIM DOLLNER, MAXIMILIAN DORF, MARCEL DREILING, VOLKER EBERT, VOLKER EHRLICH, ANDRÉ , et al. EWALD, FLORIAN FISCH, GILBERTO FIX, ANDREAS FRANK, FABIAN FÜTTERER, DANIEL HECKL, CHRISTOPHER HEIDELBERG, FABIAN HÜNEKE, TILMAN JÄKEL, EVELYN JÄRVINEN, EMMA JURKAT, TINA KANTER, SANDRA KÄSTNER, UDO KENNTNER, MAREIKE KESSELMEIER, JÜRGEN KLIMACH, THOMAS KNECHT, MATTHIAS KOHL, REBECCA KÖLLING, TOBIAS KRÄMER, MARTINA KRÜGER, MIRA KRISNA, TRISMONO CANDRA LAVRIC, JOST V. LONGO, KARLA MAHNKE, CHRISTOPH MANZI, ANTONIO O. MAYER, BERNHARD MERTES, STEPHAN MINIKIN, ANDREAS MOLLEKER, SERGEJ MÜNCH, STEFFEN NILLIUS, BJÖRN PFEILSTICKER, KLAUS PÖHLKER, CHRISTOPHER ROIGER, ANKE ROSE, DIANA ROSENOW, DAGMAR SAUER, DANIEL SCHNAITER, MARTIN SCHNEIDER, JOHANNES SCHULZ, CHRISTIANE DE SOUZA, RODRIGO A. F. SPANU, ANTONIO STOCK, PAUL VILA, DANIEL VOIGT, CHRISTIANE WALSER, ADRIAN WALTER, DAVID WEIGEL, RALF WEINZIERL, BERNADETT WERNER, FRANK YAMASOE, MARCIA A. ZIEREIS, HELMUT ZINNER, TOBIAS ZÖGER, MARTIN ; ACRIDICON-CHUVA Campaign: Studying Tropical Deep Convective Clouds and Precipitation over Amazonia Using the New German Research Aircraft HALO. BULLETIN OF THE AMERICAN METEOROLOGICAL SOCIETY , v. 97, p. 1885-1908, 2016.

  • MACHADO, LUIZ A. T. Silva Dias, Maria A. F. MORALES, CARLOS FISCH, GILBERTO VILA, DANIEL ALBRECHT, RACHEL GOODMAN, STEVEN J. CALHEIROS, ALAN J. P. BISCARO, THIAGO KUMMEROW, CHRISTIAN COHEN, JULIA FITZJARRALD, DAVID NASCIMENTO, ERNANI L. SAKAMOTO, MEIRY S. CUNNINGHAM, CHRISTOPHER CHABOUREAU, JEAN-PIERRE PETERSEN, WALTER A. ADAMS, DAVID K. BALDINI, LUCA ANGELIS, CARLOS F. SAPUCCI, LUIZ F. SALIO, PAOLA BARBOSA, HENRIQUE M. J. LANDULFO, EDUARDO SOUZA, RODRIGO A. F. , et al. Blakeslee, Richard J. BAILEY, JEFFREY FREITAS, SAULO LIMA, WAGNER F. A. TOKAY, ALI ; The Chuva Project: How Does Convection Vary across Brazil?. Bulletin of the American Meteorological Society , v. 95, p. 1365-1380, 2014.

  • Gonçalves, F. L. T. ; Martins, J. A. ; ALBRECHT, R. I. ; MORALES, C. A. ; Silva Dias, M. A. ; Morris, C. E. . Effect of bacterial ice nuclei on the frequency and intensity of lightning activity inferred by the BRAMS model. Atmospheric Chemistry and Physics (Online) , v. 12, p. 5677-5689, 2012.

  • Yuan, T. ; Lorraine, R. ; Bian, H. ; Ziemke, J. ; Albrecht, Rachel I. ; Pickering, K. E. ; Oreopoulos, L. ; GOODMAN, S. J. ; Yu, H. ; Allen, D. . Aerosol indirect effect on tropospheric ozone via lightning. Journal of Geophysical Research , v. 117, p. D18213, 2012.

  • WANG, NAI-YU ; GOPALAN, KAUSHIK ; Albrecht, Rachel I. . Application of lightning to passive microwave convective and stratiform partitioning in passive microwave rainfall retrieval algorithm over land from TRMM. Journal of Geophysical Research , v. 117, p. D23203, 2012.

  • Albrecht, Rachel I. ; Morales, Carlos A. ; Silva Dias, Maria A. F. . Electrification of precipitating systems over the Amazon: Physical processes of thunderstorm development. Journal of Geophysical Research , v. 116, p. D08209, 2011.

  • Bucsela, Eric J. ; Pickering, Kenneth E. ; Huntemann, Tabitha L. ; Cohen, Ronald C. ; Perring, Anne ; Gleason, James F. ; Blakeslee, Richard J. ; Albrecht, Rachel I. ; Holzworth, Robert ; Cipriani, James P. ; Vargas-Navarro, Dylana ; Mora-Segura, Ileana ; Pacheco-Hernández, Alexia ; Laporte-Molina, Sadí . Lightning-generated NO seen by the Ozone Monitoring Instrument during NASA's Tropical Composition, Cloud and Climate Coupling Experiment (TC ). Journal of Geophysical Research , v. 115, p. D00J10, 2010.

  • MITZEVA, R ; TSENOVA, B ; ALBRECHT, R ; PETERSEN, W . A study of charge structure sensitivity in simulated thunderstorms. Atmospheric Research (Print) , v. 91, p. 299-309, 2009.

  • ALBRECHT, R. I. ; SILVA DIAS, M. A. F. . Microphysical evidence of the transition between predominant convective/stratiform rainfall associated with the intraseasonal oscillation in the Southwest Amazon. Acta Amazonica (Impresso) , Manaus, AM, v. 35, n.2, p. 175-184, 2005.

  • SILVA DIAS, M. A. F. ; PETERSEN, W. ; DIAS, P. L. S. ; CIFELLI, R. ; BETTS, A. ; LONGO, M. ; GOMES, A. M. ; Fisch, G. ; LIMA, M. A. ; ANTONIO, M. A. ; ALBRECHT, R. I. . A case study of convective organization into precipitating lines in the Southwest Amazon during the WETAMC and TRMM-LBA. Journal of Geophysical Research , v. 107, n.D, p. 8078, 2002.

  • PEREIRA FILHO, A. J. ; SILVA DIAS, M. A. F. ; ALBRECHT, R. I. ; PEREIRA, L. G. P. ; GANDU, A. W. ; MASSAMBANI, O. ; TOKAY, A. ; RUTLEDGE, S. . Multisensor analysis of a squall line in the Amazon Region. Journal of Geophysical Research , v. 107, n.D, p. 8084, 2002.

  • LONGO, M. ; ALBRECHT, R. I. ; Machado, L. A. T. ; Fisch, G. ; SILVA DIAS, M. A. F. . Controle de qualidade dos dados de radiossondagem da campanha WET-AMC/LBA. Revista Brasileira de Meteorologia (Impresso) , v. 17, p. 243-253, 2002.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Outras produções

ALBRECHT, R. I. . Automatização climática regional e construção da home page de previsão climática. 2001.

ALBRECHT, R. I. . Organização de dados e construção da "home page" do experimento CIRSAN-LBA. 2001.

ALBRECHT, R. I. . Organização de dados e construção da "home page" do experimento WETAMC-LBA. 2001.

ALBRECHT, R. I. . Adaptação de aplicativo de coleta, plotagem e disponibilização na internet de dados de radiossondagem da América do Sul. 1998.

ALBRECHT, R. I. . Investigando a Terra. 1997.

ALBRECHT, R. I. ; GOODMAN, S. J. ; BUECHLER, DENNIS E. ; BLAKESLEE, R. J. ; CHRISTIAN, HUGH J. . LIS 0.1 Degree Very High Resolution Gridded Lightning Climatology Data Collection - Version 1. 2016.

ALBRECHT, R. I. ; TOKAY, A. . Kwajalein atoll raindrop size distribution and rainfall characteristics. 2004.

Albrecht, Rachel I. . The world's new lightning capital sees more than 100,000 flashes a year. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

SMITH, C. ; ALBRECHT, R. . Where is Lightning Most Likely to Strike?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

RHAMON, D. ; Albrecht, Rachel I. . Vídeo flagra fenômeno raro 'Gigantic Jets' na Paraíba. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

COUTINHO, M. J. ; Albrecht, Rachel I. . Jatos Gigantes. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Albrecht, Rachel I. . Como se formam as nuvens?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Albrecht, Rachel I. . Saiba o que é a tromba d'água, o fenômeno raro que assustou paraenses nesta semana. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALBRECHT, R. . Frio intenso deve continuar até o fim de semana no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

DIAS, M. A. F. S. ; MACHADO, LUIZ. A. T. ; ALBRECHT, R. I. ; ANABOR, V. ; HERDIES, D. . Caminhos para viabilizar a previsão de tempo a curto prazo no estado de Santa Catarina. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

COELHO, S. M. S. C. ; ALBRECHT, R. I. ; NEGRI, R. G. ; ITO, E. R. ; APODACA, K. . 'Meted em Português' e o sensor GLM. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

ALBRECHT, R. . Comum nesta época do ano, nevoeiro deve se intensi car nos próximos dias. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

CHAMPOUX, T. ; THOMAS-MEDWID, R. ; ALBRECHT, R. I. . The New Capital of Lightning. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ZORZETTO, R. ; ARTAXO, PAULO ; Silva Dias, Maria A. F. ; Machado, L. A. T. ; ALBRECHT, R. I. . As sementes ocultas da chuva. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

AMARAL, L. ; ALBRECHT, R. I. . O país dos raios. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

VIEIRA, M. N. ; ALBRECHT, R. I. . Se água é incolor, por que as nuvens são brancas ou escuras?. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Albrecht, Rachel I. . Lake Maracaibo - The place on Earth with most lightning. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALBRECHT, R. I. ; MARTINS, S. . Artigo recém publicado mostra quais os pontos de maior ocorrência de raios no mundo. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Albrecht, Rachel I. . Dia Meteorológico Mundial. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALBRECHT, R. I. . The World's Top Lightning Hotspot Is Lake Maracaibo in Venezuela. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

COUTINHO, M. J. ; ALBRECHT, R. I. ; Gonçalves, F. L. T. . Dia da Terra. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

COUTINHO, M. J. ; Albrecht, Rachel I. . Tornado no Sul. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Albrecht, Rachel I. . Venezuela bate el récord de tormentas eléctricas por ao. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALBRECHT, R. . The World?s 10 Biggest Lightning Hot Spots. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

LOPES, E. ; Albrecht, Rachel I. ; PINTO, O. . A capital do raios. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

PACHECO, D. ; Albrecht, Rachel I. . De olho nos céus: pesquisadores mapeiam locais com maior incidência de raios no planeta. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Albrecht, Rachel I. ; MARQUES, F. . Levantamento mapeia a concentração de raios no mundo inteiro. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

BUGALLO, F. ; Albrecht, Rachel I. . Indaiatuba terá como prever tempestades. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALBRECHT, R. . Electricity from Lightning. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

PERKINS, S. ; ALBRECHT, R. . You?re more likely to get struck by lightning here than anywhere else on Earth. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ASHMORE, R. ; ALBRECHT, R. . Revealed: The place on Earth that's struck by lightning the most - a staggering 230 times a year. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALBRECHT, R. . Lightning hotspots. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALBRECHT, R. . O local com mais relâmpagos do mundo. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ARANTES, J. T. ; MATTOS, E. V. ; MACHADO, L. A. T. ; Albrecht, Rachel I. . Modelo do INPE permite prever a ocorrência de raios durante as tempestades. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

COUTINHO, M. J. ; ALBRECHT, R. . Nevoeiro. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

BOCK, S. ; ALBRECHT, R. I. ; LOBO, B. . Desafio Profissão: Meteorologia. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

NITSCHKE, K. ; MARTIN, S. ; ALBRECHT, R ; FUENTES, J. D. ; SCHUMACHER, C. ; FAN, JIWEN ; FAST, J. ; MACHADO, LUIZ A. T. . Partnerships Put the ?Go? in the GoAmazon 2014/15 Campaign. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ALBRECHT, R. I. . Você sabe a diferença entre nevoeiro e neblina? Entenda os fenômenos. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

ARGOLO, R. ; MIRANDA, M. ; BERROCAL, J. A. ; ALBRECHT, R. I. . Azarildo, o turista precavido: Terremotos, tornados, nevascas e erupções: aprenda a se proteger de acidentes naturais incomuns no Brasil. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Albrecht, Rachel I. ; MACHADO, L. A. T. ; AVILA, A. ; LOPES, C. C. ; SANCHEZ, M. . SOS-CHUVA. 2017. (Rede social).

Albrecht, Rachel I. ; RAMOS, M. N. S. . Mapa Interativo de Tempo e Clima. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - DivulgaçãoCientífica).

YAMASOE, MARCIA A. ; YOUNE, R. ; Albrecht, Rachel I. ; CAMARGO, R. ; HALLAK, R. . Noções de meteorologia básica para professores dos Ensinos Fundamental e Médio. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Divulgação científica).

Albrecht, Rachel I. ; YAMASOE, MARCIA A. ; YOUNE, R. ; CAMARGO, R. ; HALLAK, R. . MetEd em Português. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Divulgação Científica).

ALBRECHT, R. I. . Curso de Radar Meteorológico ? Conceitos e Práticas. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

ALBRECHT, R. I. ; MORALES, C. A. . Sensoriamento Remoto e Modelagem dos processos de formação da precipitação - UFRJ, Rio de Janeiro. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

ALBRECHT, R. I. . Curso Previsão e Monitoramento de Eventos Meteorológicos Severos. 2010. .

ARKIN, P. ; ALBRECHT, R ; BRUNING, E. ; GOODMAN, S. J. . Cooperative Institute for Climate Studies Scientific Report FY09. 2009. (Relatório de pesquisa).

ARKIN, P. ; BRUNING, E. ; ALBRECHT, R ; GOODMAN, S. J. . Cooperative Institute for Climate Studies Scientific Report FY08. 2008. (Relatório de pesquisa).

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de pesquisa

  • 2020 - Atual

    Chemistry of the Atmosphere: Field Experiment in Brazil ? CAFE-Brazil, Descrição: O principal objetivo do CAFE-Brasil é entender as altas concentrações de aerossóis na alta atmosfera, estudar a fotoquímica dos oxidantes troposféricos que forma os aerossóis secundários na floresta Amazônica em regiões poluídas e limpas, validar estimativas de satélites e modelos numéricos de previsão de tempo e entender a interação nuvens-aerossol-precipitação. O experimento CAFE-Brasil vai empregar a aeronave de pesquisa (HALO) que significa aeronave de grande Altitude e longa distância que irá realizar voos na floresta com base em Manaus entre abril a maio de 2020. Os voos irão investigar as fontes das altas concentrações de nanopartículas, como as emissões de compostos voláteis da floresta influenciam a química de oxidação e como esse processo se relaciona com a formação de aerossóis e sua abundância em altas altitudes. As medições de HALO vão ser coordenadas com as medidas no Observatório Torre Alta da Amazônia (ATTO), localizado perto de Manaus, em um local remoto dentro da floresta. Alguns instrumentos realizando medidas no ATTO serão replicados no HALO. Desta forma, será possível vincular as medições no ATTO e diretamente acima da floresta com os processos de formação de aerossóis na superfície e fontes de compostos voláteis e as os processos de oxidação e aerossóis na atmosfera no alto. Além disso, as medidas realizadas proveram uma descrição da química atmosférica e servirá de base para os ajustes do modelo atmosférico e de química o WRF-CHEM (Weather Research and Forecasting Model com a componente de química) e as medidas de diversos satélites que estimam aerossóis e a espessura ótica da atmosfera.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Allan Calheiros - Integrante / Paulo Artaxo - Integrante / Luiz Augusto Toledo Machado - Integrante / BARBOSA, H. M. J. - Integrante / Dirceu Herdies - Coordenador.

  • 2018 - Atual

    As relações entre a microfísica, cinemática, eletrificação e severidade das tempestades da América do Sul, Descrição: O objetivo deste projeto de pesquisa é avaliar o impacto da formação da precipitação, principalmente do granizo, na eletrificação de tempestades severas em diferentes regiões, contrastando os diferentes regimes de precipitação e eletrificação das tempestades ao redor do Brasil e da Argentina. Mais especificamente, serão explorados a microfísica e a cinemática de tempestades observadas na região de São Paulo, Manaus, Rio Grande do Sul e Córdoba-Argentina. Nestes estudos serão identificados e quantificados (i) os mecanismos físicos da formação dos hidrometeoros (principalmente graupel e granizo) e (ii) a relação entre o fluxo de massa de gelo e a atividade elétrica dentro da nuvem, buscando definir os parâmetros que levam à severidade das tempestades. Ao final deste projeto pretendemos ter uma melhor compreensão sobre a formação da precipitação e sua influência no desenvolvimento elétrico, principalmente nos aspectos evolutivos da cinemática convectiva que levam ao desenvolvimento de tempestades tropicais produtoras de granizo.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Carlos Augusto Morales - Integrante / Enrique V. Mattos - Integrante / Vinicius Banda Sperling - Integrante / BISCARO, THIAGO - Integrante / MACHADO, LUIZ. A. T. - Integrante / Raidiel Puig - Integrante / Camila da Cunha Lopes - Integrante / Bruno Ribeiro - Integrante / Rosamaria Hahn - Integrante / Stefane Fonseca Freitas - Integrante., Financiador(es): (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    O ciclo de vida de aerossóis e nuvens na Amazônia: emissões biogênicas, emissões de queimadas e impactos no ecossistema, Descrição: A Amazônia é um excelente laboratório para estudar processos críticos que regulam a Física e Química atmosférica tropical. A floresta é uma importante fonte global de aerossóis, gases traços e vapor de água, e os complexos processos não lineares que regulam estes diferentes componentes ainda não são totalmente compreendidos. Neste projeto, estudaremos ciclo de vida do aerossol (ALC), o ciclo de vida de nuvens (CLC) e as interações entre nuvens-aerossóis-radiação e precipitação (CAPI) na Amazônia. Utilizaremos uma combinação de abordagens que permitem pesquisas inovadoras nos trópicos. O projeto envolve 4 esforços de medidas: 1) novas observações de longo prazo na torre ATTO (Amazon Tall Tower Observatory); 2) expedições fluviais na Amazônia Ocidental em áreas ainda não investigadas do ponto de vista atmosférico; 3) um experimento para investigar a atmosfera amazônica em altas altitudes (14 km), com o avião alemão HALO G5; e 4) campanhas de medição de aerossóis e gases traços transportados da Amazonia para Chacaltaya, Bolívia, a 5.240 metros de altitude nos Andes. Esses esforços de medição, que vão da torre ATTO de 325 metros de altura, através de navios fluviais e aviões até amostragens nos Andes na estação Chacaltaya, permitirão estudar um grande espectro de processos críticos na ligação entre biosfera-atmosfera-clima em regiões tropicais. Nesses sites e plataformas, nós avaliaremos, entre outras coisas, propriedades ópticas de aerossol como espalhamento e absorção espectral de radiação, distribuição de tamanho de aerossol, composição de aerossol para componentes orgânicas e inorgânicas, profundidade óptica de aerossóis e nuvens, balanço de radiação, núcleos de condensação de nuvens, tamanho de gota de nuvem e perfis verticais de aerossóis, nuvens, precipitação e variáveis termodinâmicas. Um grande conjunto de instrumentação avançada fará essas medidas em difíceis condições logísticas. A modelagem em nuvens em alta resolução integrará aerossóis, CCN e vapor de água para uma variedade de condições termodinâmicas e permitirá a integração de análises de aerossóis com processos em nuvens. A modelagem regional em alta resolução utilizando BRAMS e WRF-Chem serão realizadas para ajudar a entender os processos e o transporte regional. Com esses novos conjuntos de dados e esforços de modelagem associados, planejamos contribuir no entendimento das interações entre nuvens-aerossol-precipitação e os feedbacks entre biosfera e atmosfera em condições naturais e em condições dominadas por emissões de queimadas. Esperamos que essas medidas e esforços de modelagem proporcionem novos conhecimentos em processos críticos e importantes que regulam a Química atmosférica tropical e a Física de nuvens e radiação. A análise também fornecerá importantes informações sobre como a Amazônia está sendo perturbada pelas emissões de queima de biomassa e como ela influencia o clima regionalmente e globalmente.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Maria Assunção Faus da Silva Dias - Integrante / Edmilson Freitas - Integrante / Luciana Varanda Rizzo - Integrante / BARBOSA, HENRIQUE M. J. - Integrante / ARTAXO, PAULO - Coordenador / MACHADO, LUIZ. A. T. - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2018 - Atual

    Relação entre a microfísica da fase mista das tempestades e as propriedades físicas e elétricas dos relâmpagos, Descrição: Os relâmpagos possuem importância vital para o clima e tempo. Para o clima os relâmpagos são responsáveis pela produção de óxido de nitrogênio (NOx) e impactam o tempo pois podem produzir prejuízos que vão desde perdas de vidas humanas, colapsos na rede de distribuição de energia elétrica e incêndios florestais, até danos aos sistemas de telefonia e telecomunicações. A formação dos relâmpagos ocorre através das colisões entre graupel e cristais gelo numa camada compreendida entre -10° e -40°C, conhecida como camada de fase mista das tempestades. Embora seja conhecido que é na camada de fase mista das tempestades que ocorrem à formação dos relâmpagos, poucos estudos observacionais tem avaliado o impacto da microfísica em regiões convectivas e estratiformes na formação e propagação dos relâmpagos. Este conhecimento é crucial para melhorar a previsão de curtíssimo prazo, tanto quanto melhorar as estimativas de precipitação por radar e satélites e entender como as propriedades físicas dos relâmpagos podem impactar a produção de óxido de nitrogênio (NOx). Portanto, este projeto de pesquisa tem o objetivo de avaliar como a massa e volume de gelo na região da fase mista das tempestades impacta a estrutura de cargas elétricas, e como consequência como modulam a formação e as características físicas e elétricas dos relâmpagos como, taxa, tamanho, pico de corrente, multiplicidade e intervalo entre as descargas de retorno. As tempestades foco desta pesquisa são aquelas ocorridas na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) entre novembro de 2011 e março de 2012. Para tanto serão utilizados dados inéditos de medições de relâmpagos em três dimensões da rede SPLMA, relâmpagos em duas dimensões das redes LINET e BrasilDAT e dados de refletividade do radar alocado em Salesópolis, na grande São Paulo. Com esta base de dados será avaliado em quais regiões das tempestades os relâmpagos iniciam, propagam e dissipam, e quais os principais processos de formação dos relâmpagos nas regiões estratiformes. Com isso também será investigado qual a estrutura elétrica típica das regiões estratiformes e convectivas das tempestades. A microfísica e a estrutura elétrica das tempestades estão fortemente correlacionadas, logo será avaliado também como a massa e volume de gelo das camadas de fase mista e glaciada nas regiões convectivas e estratiformes controlam a taxa, área e comprimento dos relâmpagos. A relação entre a massa de gelo e tamanho de relâmpagos pode ser importante para ser assimilada em modelos de previsão do tempo. Adicionalmente, será avaliado como a microfísica impacta as características elétricas dos relâmpagos como duração, pico de corrente, multiplicidade e intervalo entre as descargas de retorno. Este projeto irá aprofundar este conhecimento e abrirá oportunidades para a melhoria de modelos de previsão do tempo, e como consequência natural poderá propiciar a minimização dos prejuízos ligados aos setores de telefonia e linhas de transmissão de energia elétrica.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Wever Andrade Gonçalves - Integrante / Enrique V. Mattos - Coordenador / Izabelly Costa - Integrante., Financiador(es): (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2017 - Atual

    Brazilian Ground Validation Activities for GPM: Understanding the Physical Processes of Intense Precipitation Events, Descrição: The main objective of this proposal is to understand the evolution of microphysical properties of clouds when modify to become intense precipitation events and predict these changes based on conceptual models and provide ground precipitation datasets supporting physical and direct validation of satellite-based GPM precipitation retrieval algorithms.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Izabelly Costa - Integrante / Thiago Biscaro - Integrante / Lia Amaral - Integrante / Luiz Augusto Toledo Machado - Integrante / Daniel Vila - Coordenador / Lina Esther Rivelli Zea - Integrante / Joao Chinchay Human - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Previsão imediata de tempestades intensas e entendimento dos processos físicos no interior das nuvens. O SOS-Chuva (Sistema de Observação e previsão de tempo Severo), Descrição: Este projeto visa aproveitar a oportunidade de compra final do "leasing" do radar de dupla polarização para desenvolver pesquisa em previsão imediata de tempestades com base no conhecimento adquirido sobre as propriedades físicas das nuvens no projeto temático CHUVA. A base desta pesquisa é o radar de dupla polarização operando em Campinas, por 24 meses (duas estações chuvosas) para capturar eventos intensos de precipitação que forneçam as bases para o estudo dos processos físicos no interior das nuvens visando aprimorar a previsibilidade em curto prazo, a detecção de severidade e a estimativa de precipitação com radar e satélite em alta resolução temporal e espacial. De forma inédita esse projeto irá instalar detectores de granizo para criar uma base de dados que forneça informações não somente sobre a ocorrência de granizo, mas também do seu tamanho. Além das diversas componentes de estudo, sejam elas ligadas a eletrificação, propagação, crescimento do volume de alguns hidrometeoros, como as taxas de crescimento do topo e dos processos microfísicos, este estudo visa desenvolver o SIGMA-SOS. O SIGMA SOS é um sistema de informações geográficas que integra os dados medidos bem como as previsões em curto prazo e os avisos meteorológicos. O Brasil comprou e está ainda ampliando a rede de radares de dupla polarização para monitorar eventos extremos de tempo. Contudo, o conhecimento sobre esse sistema é ainda incipiente e este projeto irá realizar pesquisa empregando esse tipo de instrumento, formar alunos nessa área e desenvolver ferramentas inéditas para uso deste instrumento. A interface com a componente agrícola abre uma nova perspectiva de uso destes sistemas em uma área de grande importância para o Brasil.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Maria Assunção Faus da Silva Dias - Integrante / Luiz Augusto Toledo Machado - Coordenador / Edmilson Freitas - Integrante / Osmar Pinto Jr - Integrante / Kleber Pinheiro Naccarato - Integrante / Earle Williams - Integrante / Izabelly Costa - Integrante / Daniel Vila - Integrante / Thiago Biscaro - Integrante / CALHEIROS, ALAN J. P. - Integrante / ANGELIS, CARLOS F. - Integrante / SAPUCCI, LUIZ F. - Integrante / FREITAS, SAULO - Integrante / Felipe Gustavo Pilau - Integrante / Marielle Gosset - Integrante / Renata Ribeiro do Valle Gonçalves - Integrante / Ernesto Kemp - Integrante / hilton silveira pinto - Integrante / ANA MARIA HEUMINSKI DE AVILA - Integrante / Fábio Ricardo Marin - Integrante / Priscila Pereira Coltri - Integrante / José Paulo Molin - Integrante / Jurandir Zullo Junior - Integrante.

  • 2016 - Atual

    Desenvolvimento de uma base de dados de propriedades dinamicas e radiativas de nuvens precipitantes sobre o Brasil, Descrição: Pretende-se desenvolver um banco de dados representativo dos processos físicos, microfísicos e radiativos dos sistemas precipitantes que atuam no Brasil afim de melhorar as estimativas de precipitação por satélite utilizando sensores em micro-ondas passivas. Para a geração deste banco de dados será realizada uma caracterização da precipitação no Brasil através dos dados coletados durante as campanhas do projeto CHUVA, como: radar de dupla polarização banda X, disdrômetros, pluviômetros, radiosondagens, radar de apontamento vertical, entre outros. Após a identificação dos eventos precipitantes mais relevantes para cada região, perfis meteorológicos, microfísicos e radiativos serão simulados através dos modelos de mesoescala da Universidade de Wisconsin (UW-NMS) e de transferência radiativa (Radiative Transfer Equation Model System - RMS). O processo descrito é utilizado para simular as temperaturas de brilho observadas pelos diferentes radiômetros a bordo dos satélites de orbita baixa (Low Earth Orbit - LEO). Dois algoritmos serão utilizados para fazer a recuperação das taxas de precipitação: o ?Cloud Dynamics and Radiation Database? (CDRD) que realiza a recuperação da precipitação através de técnicas de inversão bayesiana utilizando medições de radiômetros cônicos de micro-ondas passivo (SSMI/S), enquanto o ? Passive Microwave Neural Network Precipitation Retrieval? (PNPR) utiliza redes neurais para sensores de micro-ondas passivas de varredura cruzada 'cross-track' (AMSU-B, MHS). Após realizada a nova recuperação da precipitação com a incorporação do banco de dados proposto, serão utilizadas diferentes técnicas estatísticas para validar as taxas de precipitação obtidas e avaliar a eficiência dos algoritmos sobre o território brasileiro.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Thiago Biscaro - Integrante / Wagner Flauber de Araújo Lima - Integrante / Lia Amaral - Integrante / MACHADO, LUIZ. A. T. - Integrante / Daniel Vila - Coordenador / Mario Lemes de Figueiredo Neto - Integrante / Nelson Jesuz Ferreira - Integrante / Giulia Panegrossi - Integrante., Financiador(es): (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2016 - Atual

    RELAMPAGO (Remote sensing of Electrification, Lightning, And Mesoscale/microscale Processes with Adaptive Ground Observations), Descrição: RELAMPAGO (Remote sensing of Electrification, Lightning, And Mesoscale/microscale Processes with Adaptive Ground Observations, translates to lightning flash in Spanish and Portuguese) is a project funded by the US National Science Foundation to bring US resources to the field to observe convective storms that produce high impact weather in the lee of the Andes mountains in Argentina. It will also involve significant contributions from NASA, NOAA, Argentina (CONICET), Brazil (CNPq and FAPESP), and Chile (CONICYT), as well as universities across the region, Argentina?s national meteorological service (Servicio Meteorológico Nacional, SMN) and Brazil?s space agency (INPE) that governs Brazil?s weather and climate prediction service (CPTEC). RELAMPAGO Extended Observing Period will be 15 August 2018 ? 30 April 2019, while the Intensive Observing Period will be 1 November ? 15 December 2018.. , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Steve Goodman - Integrante / Steve Nesbitt - Coordenador / Timothy Lang - Integrante / MORALES, CARLOS - Integrante / NASCIMENTO, ERNANI L. - Integrante / SALIO, PAOLA - Integrante / Eldo Edgardo Ávila - Integrante / MACHADO, LUIZ. A. T. - Integrante / Rita Roberts - Integrante / Jeff TrapP - Integrante / Adam Varble - Integrante / Francina Dominguez - Integrante / Kristen Rasmussen - Integrante / Jim Wilson - Integrante / Karen Kosiba - Integrante / Josh Wurman - Integrante / Ed Zipser - Integrante / Robert Houze - Integrante / A. Celeste Saulo - Integrante / Daniel Cecil - Integrante / David Gochis - Integrante / Scott Ellis - Integrante / Luciano Vidal - Integrante / Diana Pozo - Integrante.

  • 2015 - 2017

    Impacto do desmatamento e poluição na eletrificação e estrutura dos sistemas convectivos da região Amazônica, Descrição: Na última década, vários autores encontraram evidências de que o desmatamento da Amazônia provoca um impacto direto na distribuição espacial e temporal da precipitação, através de mudanças na microfísica e estrutura vertical das nuvens, além de mudanças na atividade elétrica das tempestades. O objetivo deste trabalho é investigar o papel do desmatamento no desenvolvimento de tempestades e eletrificação das mesmas. O trabalho terá foco nos sistemas precipitantes de toda região Amazônica, a fim de estender o conhecimento sobre a eletrificação das nuvens nessa região e conhecer os mecanismos responsáveis pelo carregamento elétrico dos hidrometeoros. Também serão avaliadas possíveis diferenças regionais e sazonais, pois o impacto do desmatamento na eletrificação pode ser diferente para diferentes estações do ano e regiões distintas da Amazônia, como por exemplo Rondônia e Pará que possuem influências de diferentes regimes meteorológicos. Para alcançarmos o objetivo deste projeto, dados de 16 anos (1998-2013) do satélite TRMM (Tropical Rainfall Measuring Mission) serão usados para a caracterização tri-dimensional e espacial da precipitação e eletrificação dos sistemas convectivos sobre áreas desmatadas e florestadas da Amazônia. Uma base de dados de georeferenciada à observações do TRMM (PR, TMI e LIS) será construídas, onde informações sobre o tipo de vegetação (LANDSAT), a termodinâmica da atmosfera (Reanálises) e as descargas elétricas nuvem solo (BLDN/STARNET) e o raio effetivo de patículas da nuvem (MODIS) complementarão a pesquisa a ser executada. O conhecimento sobre a estrutura da precipitação e da eletrificação das nuvens é de grande importância para o estudo do impacto do desmatamento no ciclo hidrológico da Bacia Amazônica, além do impacto no futuro do sistema elétrico do Brasil, tanto no setor de geração (potencial hidroelétrico) quanto no setor de distribuição (danos nas linhas de distribuição) do país.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Alunos envolvidos: Especialização: (1) Doutorado: (2) . , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Morales, Carlos A. - Integrante., Financiador(es): (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

  • 2014 - 2015

    GoAmazon (Observations and Modeling of the Green Ocean Amazon: Year-to-Year Differences), Descrição: The hydrologic cycle of the Amazon Basin is one of the primary heat engines of the Southern Hemisphere. Any accurate climate model must succeed in a good description of the Basin, both in its natural state and in states perturbed by regional and global human activities. At the present time, however, tropical deep convection in a natural state is poorly understood and modeled, with insufficient observational data sets for model constraint. An ARM planning document conferred a priority status to studies of deep tropical convection over land in the Amazon Basin [ACRF, 2007]. Furthermore, future climate scenarios resulting from human activities globally show the possible drying and the eventual possible conversion of rain forest to savanna in response to global climate change. Based on our current state of knowledge, the governing conditions of this catastrophic change are not defined. Human activities locally, including the economic development activities that are growing the population and the industry within the Basin, also have the potential to shift regional climate, most immediately by an increment in aerosol number and mass concentrations, and the shift is across the range of values to which cloud properties are most sensitive (e.g., natural conditions of 300 particles cm-3 still prevail in much of the Amazon Basin during the pristine wet season and cloud properties are most sensitive to shifts from 300 to 1000 cm 3). The present proposal expands GoAmazon2014, approved in October 2010, into a GoAmazon campaign, consisting of GoAmazon2014 and GoAmazon2015 (this present proposal). The GoAmazon campaign seeks to quantify and understand how aerosol and cloud life cycles in a particularly clean background in the tropics are influenced by pollutant outflow from a large industrial city. The GoAmazon project addresses the susceptibility of cloud-aerosol-precipitation interactions to present-day and future pollution in the tropics. In particular, the proposed second year of measurements as part of GoAmazon2015 will enable comparative year-to-year variability in the measurements and will be an important step forward in knowledge about interannual differences in the Amazon Basin and their effects of atmospheric and ecosystem functioning. The interannual differences in the Amazon Basin are already known to be very significant. For instance, both 2005 and 2010 were very dry years. Year 2009 was exceptionally wet. Owing to dramatic changes from year-to-year, we can state that to a high likelihood that the observations of GoAmazon2014 and GoAmazon2015 will be quite different in rainfall totals and associated impact in atmospheric composition, in particular for atmospheric cleansing downwind of the Manaus plume. Differences in rainfall initiate sequences of key differences in atmospheric and ecosystem functioning. The purpose of GoAmazon2015 is to increase the statistical population of cases and subcases, identifying those findings specific to one year or the other compared to those findings common to both years, thus validating the general representation in models of the effects of pollution on the natural atmosphere and ecosystem. The strategy to meet this objective is to employ a comparative analysis to a consecutive year's data set. In the context of interannual variability, comparative differences and similarities between years 2014 and 2015 will both quantitatively define the representativeness of many of the observations and place years 2014 and 2015 within the context of longer historical and future time records. The proposed study is aligned with the ARM vision of obtaining a detailed, representative, and accurate description of Earth's atmosphere in diverse climate regimes through the deployment of strategically located in situ and remote sensing observatories. In particular, the proposed study will improve the understanding and representation in climate and earth system models of clouds and aerosols as well as their intera. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Adilson Wagner Gandu - Integrante / Luiz Augusto Toledo Machado - Integrante / Gilberto Fisch - Integrante / Edmilson Freitas - Integrante / Carlos Frederico Angelis - Integrante / Morales, Carlos A. - Integrante / Gonçalves, F. L. T. - Integrante / Martins, J. A. - Integrante / Silva Dias, M. A. - Integrante / Scot Martin - Coordenador / Jian Wang - Integrante / Paulo Artaxo - Integrante / Scott Giangrande - Integrante / Michael Jensen - Integrante / Karla Maria Longo - Integrante / Antônio Manzi - Integrante / Rodrigo Souza - Integrante / Márcia Yamasoe - Integrante / Courtney Schumacher - Integrante / Graham Feingold - Integrante / Lawrence Kleinman - Integrante / Stephen Schwartz - Integrante / Jeffrey Chambers - Integrante / Manvendra Dubey - Integrante / Jiwen Fan - Integrante / Jerome Fast - Integrante / John Shilling - Integrante / Daniel Jacob - Integrante / Steven Wofsy - Integrante / Zhiming Kuang - Integrante / Loretta Mickley - Integrante / Jun Wang - Integrante / Laszlo Nagy - Integrante / Julio Tota - Integrante / Rosa Maria do Nascimento Santos - Integrante / Maria Betânia Leal de Oliveira - Integrante / Simone S. Costa - Integrante / Saulo Freitas - Integrante / Leila Martins - Integrante / Luciana Varanda Rizzo - Integrante / Theotonio Pauliquevis - Integrante / Luiz Candido - Integrante / Hillandia da Cunha - Integrante / Yoko Ishida - Integrante / Henrique Barbosa - Integrante / Ralph Kahn - Integrante.

  • 2013 - 2015

    Características dos Raios Ascendentes no Brasil, Descrição: Até janeiro de 2012 nenhum raio ascendente (RA) havia sido registrado no Brasil. Com a ajuda de algumas câmeras registramos, durante os meses de janeiro, março e abril, quinze raios ascendentes que tiveram início a partir de uma ou mais torres situadas sobre o Pico do Jaraguá, na cidade de São Paulo. Este projeto de pesquisa visa caracterizar os raios ascendentes até então nunca observados e estudados no Brasil e pretende responder algumas questões que as primeiras e recentes observações suscitaram. Entre elas estão: Qual a frequência de tais descargas? Como se iniciam? Que tipo de estruturas são propícias para a sua iniciação? Quais os processos físicos que regem os raios ascendentes? Em que diferem dos raios descendentes extensivamente observados pelo grupo nos últimos anos? Em que diferem dos raios ascendentes observados em outros países? Para responder estas e outras questões descritas neste documento, combinaremos observações de câmeras de vídeo de alta resolução temporal, medidas de campo elétrico e dados de redes de detecção de relâmpagos. Prevemos ao longo do projeto três campanhas de observação de raios ascendentes. Duas delas para observação de raios ascendentes nas torres de comunicação situadas no Pico do Jaraguá e na Avenida Paulista, e no arranha-céu Edifício Itália na cidade de São Paulo, e uma outra campanha patrocinada pela National Science Foundation (NSF) e pela Universidade do Arizona (Dept. of Atmospheric Sciences) para observação de raios ascendentes em uma fazenda de geradores eólicos no Kansas e torres de comunicação em South Dakota, EUA. Como os atuais padrões de proteção contra raios são baseados em raios descendentes, esta pesquisa poderá identificar riscos exclusivamente associados com raio ascendentes, que não são atualmente conhecidos e nem mesmo incluídos em normas de proteção. O resultado da pesquisa irá ainda ajudar a aprimorar os sistemas de detecção e localização de descargas atmosféricas que monitoram a incidência de raios no Brasil visto que o local em que tocam o solo é conhecido.Grande parte da instrumentação necessária para este estudo utilizado já se encontra disponível no grupo e boa parte das campanhas será custeada por meio de cooperações internacionais. Um fator essencial para a consecução deste projeto será a aquisição de uma câmera que atenda as necessidades específicas para este estudo pioneiro no Brasil. Esta câmera possui melhor resolução temporal e espacial, maior sensibilidade e mobilidade para poder observar processos físicos dos raios que não puderam ser observados com as câmeras atuais do grupo. (AU). , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Morales, Carlos A. - Integrante / Marco Antônio Ferro - Integrante / Marcelo M F Saba - Coordenador.

  • 2012 - 2013

    Assessment on CHUVA-GLM Vale do Paraiba lightning location systems and thunderstorm characteristics, Descrição: CHUVA-GLM will provide for the first time a comprehensive intercomparison between almost all LLS available today and the TRMM/LIS, which is the GOES-R GLM heritage instrument. This assessment will focus on the different lightning propagation processes (e.g., stepped leaders to return strokes) and the performance of lightning location systems in detecting the radiation sources according to the employed technology. The CHUVA-GLM LLS detects lighting from ELF to VHF and can provide important information on how optical radiation from lightning correlates with radio frequency emissions. Most LLS have poorly known or poorly documented performance characteristics. Establishing and understanding the performance of these systems is essential for the usage of these networks in providing proxy data, post-calibration for GLM and better data for GOES-R R3 products.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Carlos Augusto Morales - Integrante / Steven J. Goodman - Integrante / Richard J. Blakeslee - Integrante / Scott D. Rudlosky - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Cooperação.

  • 2011 - 2014

    Combining GLM and ABI Data for Enhanced GOES-R Rainfall Estimates, Descrição: The objective of this study is to develop a rational basis and approach to use data from the Geostationary Lightning Mapper (GLM) in combination with that of the Advanced Baseline Imager (ABI) to produce an enhanced baseline rainfall estimation product for use possibly at GOES-R launch or soon thereafter. The general approach for this investigation will: a) Examine lightning-convective core relations with TRMM data (LIS, PR, TMI, and VIRS). By looking at a number of case studies we will develop relations and understanding of how the lightning occurrences (LIS) relate to the occurrence and intensity of convective rainfall (PR and TMI) and the convective features as they appear (or don?t) in the window IR and other channels (VIRS). b) Develop a scheme to use lightning information (based on findings from the first item above) from the GLM to identify convective cores and lightning flash rate/area relations to volume rainfall. These results would then be carefully incorporated into the baseline GOES-R precipitation algorithm code to produce an enhanced version. This work will be done in close collaboration with the baseline algorithm PI (Kuligowski). c) Test, validate and make adjustments to the enhanced GLM/ABI precipitation scheme in preparation for GOES-R launch. Testing will be done within the GOES-R program and will involve SEVIRI data and possible ground lightning measurements and validation against surface rainfall over the U.S.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Eric Bruning - Integrante / Nai-Yu Wang - Integrante / Ralph R. Ferraro - Integrante / Robert Adler - Coordenador / Robert Kuligowski - Integrante / Mircea Grecu - Integrante / Dennis Chesters - Integrante / Steve Nesbitt - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Cooperação.

  • 2011 - Atual

    Amazonian Tall Tower Observatory (ATTO), Descrição: The Amazon Tall Tower Observatory (ATTO) is a scientific research tower in the Amazon rainforest with 325 metres of height, about 150 kilometres northeast of Manaus. It is a joint project between Germany and Brazil coordinated by the Max Planck Institute for Chemistry, the Max Planck Institute for Biogeochemistry, the Brazilian National Institute of Amazonian Research - INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), and the University of the State of Amazonas, UEA (Universidade do Estado do Amazonas). ?Specific research objectives of ATTO are: 1) to obtain regionally representative measurements of carbon gas concentrations (CO2, CH4, CO, and VOC), in order to improve our understanding of the carbon budget of the Amazonian rain forest under changing climate, land use, and other anthropogenic influences in the fetch region of ATTO; 2. to continuously observe anthropogenic and biogenic greenhouse gases in the lower troposphere, within the planetary boundary layer by day and outside it at night, in order to help constrain inverse methods for deriving continental source and sink strengths and their changes over time. 3. to continuously measure trace gases and aerosols for improvement of our understanding of atmospheric chemistry and physics in the Amazon, with emphasis on the atmospheric oxidant cycle and the life cycle of the Amazonian aerosol, and to identify the effects of anthropogenic perturbations, e.g., land use change and pollution, on these processes. Measurements of isotopic composition will be made to help distinguish anthropogenic and biogenic fluxes; 4. to determine vertical trace gas and aerosol fluxes and gradients from the tower top to the ground to estimate biosphere?atmosphere exchange rates; 5. to study turbulence and transport processes in the lower atmospheric boundary layer, as well as to understand the extent and characteristics of the roughness sublayer over the forest; 6. to develop and validate dynamic vegetation models, atmospheric boundary layer models, and inverse models for the description of heat, moisture, aerosol, and trace gas fluxes; 7. to evaluate satellite estimates of greenhouse gas concentrations and temperature and humidity profiles by providing ground truth site.? (doi:10.5194/acp-15-10723-2015, http:www.atmos-chem-phys.net/15/107). , Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Paulo Artaxo - Integrante / Rodrigo Souza - Integrante / Julio Tota - Integrante / Rosa Maria do Nascimento Santos - Integrante / Maria Betânia Leal de Oliveira - Integrante / BARBOSA, HENRIQUE M. J. - Integrante / ANDREAE, MEINRAT O. - Integrante / ARAÙJO, ALESSANDRO - Integrante / MANZI, ANTONIO O. - Integrante / YAMASOE, MARCIA A. - Integrante / Luiz Augusto Toledo Machado - Integrante / Niro Higuchi - Coordenador / Jürgen Kesselmeier - Integrante / Reiner Ditz - Integrante / Matthias Sörgel - Integrante / Ricardo Godoi - Integrante / Ari de Oliveira Marque Filho - Integrante / Leonardo Deane de Abreu Sá - Integrante / Celso von Randow - Integrante / Carlos Alberto Nobre Quesada - Integrante / Edson Pereira Marques Filho - Integrante / Jochen Schongart - Integrante / Otavio Costa Acevedo - Integrante / Ana Carolina Batista Mafra - Integrante / Bruno Barçante Ladvocat Cintra - Integrante / Claudomiro Batista Sales - Integrante / Demétrius Lira Martins - Integrante / Giordane Augusto Martins - Integrante / Ana Maria Yaez Serrano - Integrante / Stefan Aiko Wolf - Integrante.

  • 2010 - 2016

    ACRIDICON-CHUVA (Aerosol, Cloud, Precipitation, and Radiation Interactions and Dynamics of Convective Cloud Systems - Cloud processes of the main precipitation systems in Brazil: A contribution to cloud resolving modeling and to the GPM, Descrição: The ACRIDICON-CHUVA is aiming at the elucidation and quantification of aerosol-cloud-precipitation interactions and their thermodynamic, dynamic and radiative effects in convective cloud systems by in-situ aircraft observations combined with indirect measure-ments (aircraft, satellite, X Band dual Pol radar, and ground based) and numerical simulations.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Gilberto Fisch - Integrante / Silva Dias, M. A. - Integrante / Luiz Machado - Integrante / Paulo Artaxo - Integrante / Manfred Wendisch - Coordenador / Ulrich Pöschl - Integrante / Karla Maria Longo - Integrante / Meinrat O. Andreae - Integrante / Daniel Rosenfeld - Integrante / Hans Schlager - Integrante / André Ehrlich - Integrante / Antônio Manzi - Integrante / Bjorn Stevens - Integrante / Rodrigo Souza - Integrante / Andreas Minikin - Integrante / Márcia Yamasoe - Integrante / Bernadett Weinzierl - Integrante.

  • 2010 - 2015

    Cloud processes of tHe main precipitation systems in Brazil: A contribUtion to cloud resolVing modeling and to the GPM (CHUVA), Descrição: The physical process inside the clouds is one of the most unknown components of the weather and climate system. A description of the cloud processes through the use of standard meteorological parameters in numerical models has to be strongly improved to accurately describe the characteristics of hydrometeors, the latent heating profiles, the radiative balance, the air entrainment and the cloud updrafts and downdrafts. Numerical models have been improved to run at higher spatial resolutions where it is necessary to describe explicit these cloud processes. For instance, to analyze the effects of global warming in a given region is necessary to perform simulations considering all these cloud processes described above. Another important application that needs to have this knowledge is the precipitation estimation by satellite. The Brazilian space program is planning to launch, in 2014 a satellite to measure precipitation, which will be part of the GPM (Global Precipitation Measurement) constellation program. Warm clouds are responsible for a large amount of the precipitation in the tropics, especially in coastal regions. This cloud type is little studied and is not considered in satellite rainfall retrievals. This project will carry out field experiments at seven sites to investigate the different precipitation regimes in Brazil. To study these precipitation regimes, the field campaigns will make use of dual polarization radar, lidar, microwave radiometers, disdrometer, Radiosonde and various other instruments. The analysis will be performed considering the microphysical evolution and the cloud life cycle, the different precipitation estimation algorithms, the development of thunderstorms and lightning formation, the processes in the boundary layer and cloud microphysics modeling. This project intends to progress in the knowledge of the cloud processes to reduce the uncertainties in the precipitation estimation, mainly from warm clouds and consequently improving the kno. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Maria Assunção Faus da Silva Dias - Integrante / Luiz Augusto Toledo Machado - Coordenador / Gilberto Fisch - Integrante / Carlos Augusto Morales - Integrante / Carlos Frederico Angelis - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Outra.

  • 2010 - 2012

    Combining GOES-R and GPM to improve GOES-R rainrate product, Descrição: This project focuses on the multi-instrument and multi-platform synergy of combining GOES-R and NASA GPM to improve precipitation products. The proposed project has two objectives: 1) to improve microwave-based precipitation by connecting the ice-phased microphysics commonly observed by GOES-R GLM and GPM microwave instruments 2) to provide GOES-R rain-rate (QPE) algorithm a better microwave rain-rate calibration. Innovative strategy to make use of lighting and microwave data in identifying the convective and stratiform rain types will be developed, which will improve microwave-based rain rate estimates. Because GOES-R ABI rainfall rate (QPE) algorithm requires the microwave-based rain rates as a calibration target (Kuligowski, 2009), the better microwave rain rates will improve the accuracy of GOES-R rainfall rate retrievals.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Eric Bruning - Integrante / Kaushik Gopalan - Integrante / Nai-Yu Wang - Coordenador., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2009 - 2016

    Detecção de Sinais de Variabilidade relacionados a Mudanças Climáticas na Incidência e Características das Descargas Atmosféricas no Brasil, Descrição: Este projeto tem como objetivo a detecção de sinais de variabilidade relacionados a mudanças climáticas na incidência e características das descargas atmosféricas registradas no Brasil na última década e o aperfeiçoamento das atuais técnicas de observação de raios no estado de São Paulo de modo a permitir um melhor monitoramento destas variabilidades para o futuro.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Steven J. Goodman - Integrante / Osmar Pinto Jr - Coordenador / Iara Regina Cardoso de Almeida Pinto - Integrante / Kleber Pinheiro Naccarato - Integrante / Earle Williams - Integrante / Kenneth Cummins - Integrante., Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.

  • 2008 - 2010

    Algorithm research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide providing proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations.. , Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Integrante / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Coordenador / Eric Bruning - Integrante / Scott D. Rudlosky - Integrante.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Projetos de desenvolvimento

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

  • 2008 - 2011

    Risk Reduction Research for the GOES-R Geostationary Lightning Mapper, Descrição: The instrument complement on the planned GOES-R operational geostationary meteorological satellite will include the Geostationary Lightning Mapper (GLM). This instrument will, for the first time, provide regular and frequent depictions of lightning occurrence from geostationary orbit, offering a significant advance in the ability of scientists to observe and understand the role of lightning in severe weather, tropical storms and climate. This project will provide risk reduction and algorithm development activities in support of the GOES R Geostationary Lightning Mapper (GLM). It will initially be developed methods to ensure user readiness for GLM data by working with proxy data from other observing programs, including the Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM), the available Lightning Mapping Arrays (LMA), and models, including numerical weather prediction forecast models and models that combine observations from Meteosat Second Generation and ground-based lightning observations. The algorithms will utilize data from the GLM in a variety of nowcasting, severe storm identification, aviation weather, forest fire, and precipitation applications.. , Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento. , Integrantes: Rachel Ifanger Albrecht - Coordenador / Steven J. Goodman - Integrante / Phillip Arkin - Integrante / Eric Bruning - Integrante., Financiador(es): National Oceanic and Atmospheric Administration - Outra.

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Prêmios

2019

Prêmio Péter Murányi 2019 - Ciência & Tecnologia, Fundação Péter Murányi.

2017

2017 Agency Honor Awards, Group Achievement Award, GOES-R Team, NASA.

2012

Melhor trabalho oral no comitê de Sensoriamento Remoto e Microfísica de Nuvens, Sociedade Brasileira de Meteorologia.

2012

2012 Agency Honor Awards, Group Achievement Award, GLM Validation Science Team, NASA.

2004

Melhor trabalho oral no comitê de Sensoriamento Remoto e Microfísica de Nuvens, Sociedade Brasileira de Meteorologia.

Histórico profissional

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Endereço profissional

  • Universidade de São Paulo, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas. , Rua do Matão, 1226, Butantã, 05508090 - São Paulo, SP - Brasil, Telefone: (11) 30914738, Fax: (11) 30914714, URL da Homepage:

Seção coletada automaticamente pelo Escavador

Experiência profissional

2014 - Atual

Universidade de São Paulo

Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

  • 08/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, .,Cargo ou função, Coordenadora da COMISSÃO COORDENADORA DO CURSO DE BACHARELADO EM METEOROLOGIA.

  • 08/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, .,Cargo ou função, Membro Titular da COMISSÃO DE GRADUAÇÃO.

  • 05/2016

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.,Cargo ou função, Membro Titulor de Colegiado Superior - Congregação.

  • 11/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.,Cargo ou função, Membro Suplente do CONSELHO DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ATMOSFÉRICAS.

  • 10/2015

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.,Cargo ou função, Membro Suplente da COMISSÃO DE PESQUISA.

  • 08/2015

    Ensino, Meteorologia, Nível: Pós-Graduação,Disciplinas ministradas, AGM5720 - Tópicos em Meteorologia por Radar e Satélite

  • 08/2014

    Ensino, Meteorologia, Nível: Graduação,Disciplinas ministradas, ACA0220 - Climatologia e Hidrometeorologia, ACA0324 - Meteorologia Física I, ACA0413 - Meteorologia por Satélites, 9300001 - Climatologia, Hidrometeorologia e Oceanografia

  • 04/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.,Linhas de pesquisa

  • 09/2015 - 08/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.,Cargo ou função, Membro Titular da COMISSÃO COORDENADORA DO CURSO DE BACHARELADO EM METEOROLOGIA.

  • 08/2014 - 08/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.,Cargo ou função, Membro Suplente da COMISSÃO DE GRADUAÇÃO.

  • 06/2014 - 06/2017

    Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, Departamento de Ciências Atmosféricas.,Cargo ou função, Membro Titular da COMISSÃO DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA.

2008 - 2010

University Of Maryland

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Pesquisador Associado, Carga horária: 40

Outras informações:
Pesquisadora Associada do "Cooperative Institute for Climate and Satellite Studies" (CICS) da NOAA, vinculado à Universidade de Maryland, College Park, EUA. Atividades de pesquisa e desenvolvimento de aplicações para o sensor geoestacionário de raios (GLM - "Geostationary Lightning Mapper") a bordo do próximo satélite GOES-R, nas áreas de estimativa de precipitação com técnicas multi-sensorial e multi-plataformas, e alertas de tempestade e tempo severo.

Atividades

  • 05/2010

    Pesquisa e desenvolvimento , Cooperative Institute for Climate and Satelites, .,Linhas de pesquisa

2010 - 2014

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40

Outras informações:
Pesquisadora da Divisão de Satélites e Sistemas Ambientais (DSA) do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC). Atividades de pesquisa e desenvolvimento de produtos em eletricidade atmosférica, sensoriamento remoto, microfísica de nuvens e meteorologia por radar.

Atividades

  • 05/2010 - 04/2014

    Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, .,Linhas de pesquisa